Linguagens de. Aula 01. Profa Cristiane Koehler

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Linguagens de. Aula 01. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br"

Transcrição

1 Linguagens de III Aula 01 Profa Cristiane Koehler

2 Linguagens de III Horário das Aulas: 6as feiras das 7h40 às 10h55 Objetivo principal desta disciplina é: utilizar uma linguagem de programação com tratamento de eventos 24/02/2012 2

3 Para isso, nós vamos: Linguagens de III - utilizar uma linguagem de programação orientada a eventos que tenha um ambiente visual de desenvolvimento: Java com a biblioteca Swing/NetBeans. - estudar como implementar interfaces gráficas e conexão com banco de dados com base em programação orientada a eventos. - utilizar o Ambiente de Aprendizagem: 24/02/2012 3

4 Nesta disciplina vamos... Conhecer os principais paradigmas de programação. Conhecer os conceitos básicos de implementação de linguagens de programação orientada a eventos. Conhecer os comandos da programação orientada a eventos usando a linguagem de programação Java com Swing no Netbeans. 24/02/2012 4

5 Qualquer notação para descrição de algoritmos e estruturas de dados que é implementada em um computador pode ser chamada de uma Linguagem de. Toda Linguagem de faz parte de um Paradigma de Linguagem. Esta disciplina discutirá justamente quais são os Paradigmas de Linguagens de que existem e nos deteremos mais no Paradigma Orientado a Eventos. 24/02/2012 5

6 UmlivroquetratadeParadigmasdeLinguagensdeéo SEBESTA, Robert. Conceitos de Linguagens de. Bookman, 4a edição. 24/02/2012 6

7 Uma Linguagem de : Paradigmas de Linguagens de São notações usadas para especificar e organizar algoritmos. São ferramentas para se escrever software; Foram inventadas com objetivo de facilitar o uso das máquinas na criação e especificação de soluções para problemas de software. 24/02/2012 7

8 Uma Linguagem de pode ser de: Baixo Nível - Linguagem de máquina é a linguagem nativa de computadores, sendo de baixíssimo nível e dependente de máquina, onde programas são expressos somente por números. Linguagem de máquina é praticamente ilegível para humanos, mas é o que o computador entende. Exemplo: Linguagem Assembly ou Assembler. Alto Nível- Linguagens de alto nível são aquelas que são independentes de máquina. O uso de linguagens de alto nível possui diversos benefícios, como: a) Notações legíveis e familiares aos programadores; b) Independência de máquina portabilidade; c) Maior facilidade para detecção de erros durante desenvolvimento e execução. Exemplo: FORTRAN, Algol, COBOL, Pascal, Python, C, Java 24/02/2012 8

9 Principais Paradigmas de Linguagens de Oque é paradigma? Algumas linguagens criadas durante a história da evolução das linguagens introduziram novas formas de se pensar sobre programação, resultando em formas distintas de modelagem de soluções para problemas de software. Exemplos são FORTRAN (imperativas), LISP (funcionais), Simula (orientadas a objetos), Prolog(lógicas) e Delphi ou Visual Basic(orientadas a eventos). Outras linguagens são o resultado da evolução de linguagens mais antigas, muitas vezes mesclando características de diferentes linguagens existentes. Por exemplo, C++ é uma evolução do C com características de orientação a objetos, importadas de Simula. 24/02/2012 9

10 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A EVENTOS Não segue um fluxo de controle padronizado, sendo que seus fluxos de controles são guiados por sinais externos, como por exemplo,quandoomouseéclicado,ouquandoomousepassa porcimadeumobjeto. Um exemplo de linguagem de programação que trabalha com tratamento de eventos é o DELPHI. 24/02/

11 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A EVENTOS Uma linguagem de programação orientada a eventos, diferente de linguagens como Pascal ou C, é uma linguagem em que todas as ações que ocorrem durante a execução do programa são estruturadas nos eventos dos objetos. Por exemplo: se existir um Botão chamado "Button1", e o usuário clicar sobre ele, será acionado o evento Button1Click do Button1. 24/02/

12 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A EVENTOS Os comandos usados no Delphi são basicamente os mesmos usados no Pascal, com a diferença de que foram ampliados para satisfazer as necessidades de uma aplicação voltada para Ambientes Gráficos. O Delphi serve para gerar aplicações que serão executadas em ambientes gráficos como o Windows. 24/02/

13 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A EVENTOS Os comandos usados no Delphi são basicamente os mesmos usados no Pascal, com a diferença de que foram ampliados para satisfazer as necessidades de uma aplicação voltada para Ambientes Gráficos. O Delphi serve para gerar aplicações que serão executadas em ambientes gráficos como o Windows. 24/02/

14 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A EVENTOS Os eventos são funções executadas em um determinado momento, dependendo de seu tipo. Por exemplo: o evento FormShow do formulário é acionado quando o formulário for executado(antes deste ser exibido), o evento MouseDown quanto o botão é pressionado, o evento MouseUp quando o botão é solto e assim por diante. Nem todos os componentes possuem os mesmos eventos. O evento FormShow por exemplo é usado apenas no form. 24/02/

15 Linguagens de III Aula 01 Profa Cristiane Koehler

Linguagens de Programação. Introdução. Carlos Bazilio bazilio@ic.uff.br http://www.ic.uff.br/~bazilio/cursos/lp

Linguagens de Programação. Introdução. Carlos Bazilio bazilio@ic.uff.br http://www.ic.uff.br/~bazilio/cursos/lp Linguagens de Programação Introdução Carlos Bazilio bazilio@ic.uff.br http://www.ic.uff.br/~bazilio/cursos/lp Motivação Algumas questões filosóficas Por quê existe mais de uma linguagem de programação?

Leia mais

Paradigmas de Programação

Paradigmas de Programação Paradigmas de Programação Aula I Apresentação Prof.: Edilberto M. Silva http://www.edilms.eti.br Prof. Edilberto Silva / edilms.eti.br Professor EDILBERTO M. SILVA edilms@yahoo.com Bacharel em Ciência

Leia mais

Paradigmas de Linguagens de Programação

Paradigmas de Linguagens de Programação Paradigmas de Linguagens de Programação Faculdade Nova Roma Cursos de Ciências da Computação (6 Período) Prof. Adriano Avelar - Site: www.adrianoavelar.com Email: edson.avelar@yahoo.com.br Ementa Introdução

Leia mais

1 INTRODUÇÃO 1.1 CONCEITO DE PARADIGMAS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO PARADIGMAS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO

1 INTRODUÇÃO 1.1 CONCEITO DE PARADIGMAS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO PARADIGMAS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO 1 INTRODUÇÃO 1.1 CONCEITO DE PARADIGMAS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO Desde o seu surgimento, o manuseio da computação é baseado em linguagens de programação. Ela permite que sejam construídos aplicativos

Leia mais

Programação de Computadores. Turma CI-180-B. Josiney de Souza. josineys@inf.ufpr.br

Programação de Computadores. Turma CI-180-B. Josiney de Souza. josineys@inf.ufpr.br Programação de Computadores Turma CI-180-B Josiney de Souza josineys@inf.ufpr.br Agenda do Dia Aula 2 (06/03/15) Como está organizado um computador Computadores antigos Modelo von-neumann Quais suas partes

Leia mais

Organização de Computadores Software

Organização de Computadores Software Organização de Computadores Software Professor Marcus Vinícius Midena Ramos Colegiado de Engenharia de Computação (74)3614.1936 marcus.ramos@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~marcus.ramos Objetivos: Entender

Leia mais

Indústria de Software - Histórico

Indústria de Software - Histórico Indústria de Software - Histórico A indústria de Software está em constante evolução Década de 1960 Orientação Batch Distribuição limitada Software customizado Década de 1970 Multiusuário Tempo real Bancos

Leia mais

Nesta aula... Analisamos na ultima aula a evolução e caraterísticas de computadores e linguagens de programação. Nesta aula iremos ver:

Nesta aula... Analisamos na ultima aula a evolução e caraterísticas de computadores e linguagens de programação. Nesta aula iremos ver: Nesta aula... Programação de Computadores Analisamos na ultima aula a evolução e caraterísticas de computadores e linguagens de programação. Nesta aula iremos ver: 1 Programação de Computadores O que é?

Leia mais

Introdução à Programação Aula 2 Introdução à linguagem Python

Introdução à Programação Aula 2 Introdução à linguagem Python Introdução à Programação Aula 2 Introdução à linguagem Python Pedro Vasconcelos DCC/FCUP 2015 Pedro Vasconcelos (DCC/FCUP) Introdução à Programação Aula 2 Introdução à linguagem Python 2015 1 / 24 Nesta

Leia mais

Paradigmas e Histórico de

Paradigmas e Histórico de Paradigmas e Histórico de Linguagens de Programação Linguagens de Programação Departamento de Computação Universidade Federal de Sergipe Influências sobre o projeto de linguagens Arquitetura do computador

Leia mais

LINGUAGENS E PARADIGMAS DE PROGRAMAÇÃO. Ciência da Computação IFSC Lages. Prof. Wilson Castello Branco Neto

LINGUAGENS E PARADIGMAS DE PROGRAMAÇÃO. Ciência da Computação IFSC Lages. Prof. Wilson Castello Branco Neto LINGUAGENS E PARADIGMAS DE PROGRAMAÇÃO Ciência da Computação IFSC Lages. Prof. Wilson Castello Branco Neto Conceitos de Linguagens de Roteiro: Apresentação do plano de ensino; Apresentação do plano de

Leia mais

Lógica para a Programação - 1º semestre AULA 01 Prof. André Moraes

Lógica para a Programação - 1º semestre AULA 01 Prof. André Moraes Pág 4 Lógica para a Programação - 1º semestre AULA 01 Prof. André Moraes 1 APRESENTAÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR A unidade curricular de Lógica para a programação tem como objetivo promover o estudo dos principais

Leia mais

Apostila da disciplina Introdução à Engenharia de Software Professor: Sandro Melo Faculdades São José Curso de Tecnologia de Sistemas de Informação

Apostila da disciplina Introdução à Engenharia de Software Professor: Sandro Melo Faculdades São José Curso de Tecnologia de Sistemas de Informação Capítulo 1: Software e Engenharia de Software O que é? E quem produz? Porque é importante? Quais são as fases? Qual o resultado? Como avaliar? Arcabouço: processo, conjunto de métodos e ferramentas. 1.1

Leia mais

Curso Técnico em Redes

Curso Técnico em Redes Curso Técnico em Redes Prof. Airton Ribeiro - 2012 Histórico das Linguagens de Programação O que é? É um método padronizado para expressar instruções para um computador. É um conjunto de regras sintáticas

Leia mais

Introdução à Engenharia de Computação

Introdução à Engenharia de Computação Introdução à Engenharia de Computação Tópico: O Computador como uma Multinível José Gonçalves - Introdução à Engenharia de Computação Visão Tradicional Monitor Placa-Mãe Processador Memória RAM Placas

Leia mais

Definição de Programas de Computadores e Linguagem de Programação de Comutadores

Definição de Programas de Computadores e Linguagem de Programação de Comutadores Definição de Programas de Computadores e Linguagem de Programação de Comutadores O computador é um equipamento eletrônico composto por circuitos eletrônicos, que trabalham com o estado ligado(1) e desligado(0),

Leia mais

Disciplina: Organização de computadores

Disciplina: Organização de computadores Disciplina: Organização de computadores Professora: Carolina D. G. dos Santos E-mail: profcarolinadgs@gmail.com Página: profcarolinadgs.webnode.com.br Unip / Prof. a Carolina 1 à Computador Conceitos Básicos

Leia mais

Técnicas de Programação II

Técnicas de Programação II Técnicas de Programação II Apresentação da Disciplina Edirlei Soares de Lima Objetivos da Disciplina Apresentar os principais conceitos da orientação a objetos; Capacitar o

Leia mais

Introdução à Arquitetura de Computadores. Renan Manola Introdução ao Computador 2010/01

Introdução à Arquitetura de Computadores. Renan Manola Introdução ao Computador 2010/01 Introdução à Arquitetura de Computadores Renan Manola Introdução ao Computador 2010/01 Introdução Conceitos (1) Computador Digital É uma máquina que pode resolver problemas executando uma série de instruções

Leia mais

Programação de. Programa. Bibliografia. Páginas electrónicas de PM. Regras das aulas de laboratório. Métodos de Ensino - Aulas

Programação de. Programa. Bibliografia. Páginas electrónicas de PM. Regras das aulas de laboratório. Métodos de Ensino - Aulas Programa Programação de Microprocessadores 1º Ano 2º Semestre A arquitectura dos computadores A linguagem C 1 aula 7 aulas Talvez haja mais algum assunto a abordar nas aulas seguintes Mestrado Integrado

Leia mais

SOFTWARES. Rotina de Instruções. Dados

SOFTWARES. Rotina de Instruções. Dados SOFTWARES 1 CONCEITOS Podemos dizer que os softwares são a alma do computador, eles são responsáveis pelo seu funcionamento e aproveitamento. De uma forma geral os softwares se desenvolvem através de uma

Leia mais

Linguagem de Montagem

Linguagem de Montagem Linguagem de Montagem Uma introdução à Programação Assembly do PC Slides baseados em material associado ao livro Introduction to Assembly Language Programming, Sivarama Dandamudi 1 A Visão do Usuário sobre

Leia mais

ENIAC. Introdução aos Computadores e à Programação (Noções Básicas)

ENIAC. Introdução aos Computadores e à Programação (Noções Básicas) ENIAC Introdução aos Computadores e à ção (Noções Básicas) Introdução aos Computadores e à ção (Noções Básicas) 1 Introdução aos Computadores e à ção (Noções Básicas) 2 O transistor foi inventado em 1947

Leia mais

Introdução. Sumários. Objectivos da cadeira. História das linguagens de programação. Classificação das Linguagens de programação

Introdução. Sumários. Objectivos da cadeira. História das linguagens de programação. Classificação das Linguagens de programação Introdução Sumários Objectivos da cadeira História das linguagens de programação Classificação das Linguagens de programação Aplicação das linguagens de programação Noção de compiladores Software à usar

Leia mais

Fonte (livro-texto): Conceitos de Linguagens de Programação, 4ed. Robert W. Sebesta

Fonte (livro-texto): Conceitos de Linguagens de Programação, 4ed. Robert W. Sebesta 1 Fonte (livro-texto): Conceitos de Linguagens de Programação, 4ed. Robert W. Sebesta Agenda 1. Razões para estudar conceitos de LPs 2. Domínios de programação 3. Critérios de avaliação de linguagens 4.

Leia mais

Construção de Compiladores. Construção de Compiladores. Motivação. Motivação. Contexto Histórico. Classificações: Gerações 09/03/2010

Construção de Compiladores. Construção de Compiladores. Motivação. Motivação. Contexto Histórico. Classificações: Gerações 09/03/2010 Construção de Compiladores Prof. Raimundo Santos Moura (http://www.ufpi.br/rsm) Construção de Compiladores Livro-Texto: AHO, Alfred V.; ULLMAN, Jeffrey D.; SETHI, R. Compiladores: princípios, técnicas

Leia mais

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS João Gabriel Ganem Barbosa Sumário Motivação História Linha do Tempo Divisão Conceitos Paradigmas Geração Tipos de Dados Operadores Estruturada vs

Leia mais

Apresentação. Rio de Janeiro, 19 de fevereiro de 2002 Waldemar Celes

Apresentação. Rio de Janeiro, 19 de fevereiro de 2002 Waldemar Celes Apresentação A disciplina de Estruturas de Dados (ED) está sendo ministrada em sua nova versão desde o segundo semestre de 1998. Trata-se da segunda disciplina de informática oferecida no curso de Engenharia

Leia mais

Roteiro. MC-102 Aula 01. Hardware e dispositivos. O que é um computador? Primeiro Semestre de 2008 3 A linguagem C

Roteiro. MC-102 Aula 01. Hardware e dispositivos. O que é um computador? Primeiro Semestre de 2008 3 A linguagem C Roteiro Introdução à Programação de Computadores 1 Instituto de Computação Unicamp 2 Primeiro Semestre de 2008 3 O que é um computador? Computador: o que computa, calculador, calculista. (dicionário Houaiss).

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO

INTRODUÇÃO ÀS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO Capítulo 1 INTRODUÇÃO ÀS LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO 1.1 Histórico de Linguagens de Programação Para um computador executar uma dada tarefa é necessário que se informe a ele, de uma maneira clara, como ele

Leia mais

Introdução às Linguagens de Programação

Introdução às Linguagens de Programação Introdução às Linguagens de Programação Histórico de Linguagens de Programação O computador não faz nada sozinho Precisamos informar, de forma clara, como ele deve executar as tarefas Ou seja, o computador

Leia mais

Capítulo 1. INTRODUÇÃO

Capítulo 1. INTRODUÇÃO Capítulo 1. INTRODUÇÃO OBJETIVOS DO CAPÍTULO Conceitos de: linguagem de programação, FORTRAN, projeto, programa-fonte, programa-objeto, programa-executável, compilação, comando Procedimentos básicos para

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação Aula 02 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Lógica de Programação Lógica de Programação é a técnica de criar sequências lógicas de ações para

Leia mais

Carga horária : 4 aulas semanais (laboratório) Professores: Custódio, Daniel, Julio foco: introdução a uma linguagem de programação Linguagem Java

Carga horária : 4 aulas semanais (laboratório) Professores: Custódio, Daniel, Julio foco: introdução a uma linguagem de programação Linguagem Java Carga horária : 4 aulas semanais (laboratório) Professores: Custódio, Daniel, Julio foco: introdução a uma linguagem de programação Linguagem Java 1 Objetivo: O aluno deverá adquirir capacidades e habilidades

Leia mais

Programação científica C++

Programação científica C++ Programação científica C++ NIELSEN CASTELO DAMASCENO Slide 1 Linguagens de Programação Uma linguagem de programação é um método padronizado para expressar instruções para um computador. É um conjunto

Leia mais

Linguagem de Programação Orientada a Objeto. Introdução a Orientação a Objetos Professora Sheila Cáceres

Linguagem de Programação Orientada a Objeto. Introdução a Orientação a Objetos Professora Sheila Cáceres Linguagem de Programação Orientada a Objeto Introdução a Orientação a Objetos Professora Sheila Cáceres Introdução a Orientação a Objetos No mundo real, tudo é objeto!; Os objetos se relacionam entre si

Leia mais

Breve Histórico & Conceitos Básicos

Breve Histórico & Conceitos Básicos Breve Histórico & Conceitos Básicos compiladores interpretadores montadores filtros pré-processadores carregadores linkers compilador cruzado (cross-compiler) auto-compilável (bootstraping) auto-residente

Leia mais

TechProf Documento de Arquitetura

TechProf Documento de Arquitetura TechProf Projeto SuporteProf Versão 1.0 15 de junho de 2016 Responsáveis: Adelson Santos de Melo Filho, Edvaldo Nicolau da Silva, Moisés Luis da Silva Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor

Leia mais

Computador Digital Circuitos de um computador (Hardware)

Computador Digital Circuitos de um computador (Hardware) Computador Digital SIS17 - Arquitetura de Computadores (Parte I) Máquina que pode resolver problemas executando uma série de instruções que lhe são fornecidas. Executa Programas conjunto de instruções

Leia mais

Introdução a Linguagens de Programação

Introdução a Linguagens de Programação Introdução a Linguagens de Programação Prof a.dra.thatyana de Faria Piola Seraphim Universidade Federal de Itajubá thatyana@unifei.edu.br Dados Importantes O material com todas as informações referentes

Leia mais

Informática Aplicada à Engenharia Florestal

Informática Aplicada à Engenharia Florestal Informática Aplicada à Engenharia Florestal Computação Científica Renato Dourado Maia Instituto de Ciências Agrárias Universidade Federal de Minas Gerais Computação Científica Conceito Computação Científica

Leia mais

Algoritmo e Técnica de Programação - Linguagem C

Algoritmo e Técnica de Programação - Linguagem C Algoritmo e Técnica de Programação Linguagem C Gilbran Silva de Andrade 5 de junho de 2008 Introdução A liguagem C foi inventada e implementada por Dennis Ritchie em um DEC PDP-11 que utilizava o sistema

Leia mais

INF1621 Linguagens de Programação I

INF1621 Linguagens de Programação I INF1621 Linguagens de Programação I Prof.: Marcus Leal mleal@inf.puc-rio.br 4as e 6as, 15-17hs, 17hs, sala 520L Todo o material apresentado em aula será disponibilizado na web http://www.inf.puc-rio.br/~

Leia mais

Protótipo de ferramenta para monitoração de computadores utilizando o padrão de gerência WMI da Microsoft e a plataforma de desenvolvimento.

Protótipo de ferramenta para monitoração de computadores utilizando o padrão de gerência WMI da Microsoft e a plataforma de desenvolvimento. Protótipo de ferramenta para monitoração de computadores utilizando o padrão de gerência WMI da Microsoft e a plataforma de desenvolvimento.net Acadêmico:Rodrigo Jacobowski Orientador: Prof. Francisco

Leia mais

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. 2005 by Pearson Education do Brasil

Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web. 2005 by Pearson Education do Brasil 1 Introdução aos computadores, à Internet e à World Wide Web OBJETIVOS Neste capítulo, você aprenderá: Conceitos básicos de hardware e software. Conceitos básicos de tecnologia de objeto, como classes,

Leia mais

Algoritmos DCC 119. Introdução e Conceitos Básicos

Algoritmos DCC 119. Introdução e Conceitos Básicos Algoritmos DCC 119 Introdução e Conceitos Básicos Sumário Sistemas de Numeração Sistemas Computacionais Estrutura de um Computador Digital Sistemas Operacionais Algoritmo Introdução Formas de representação

Leia mais

Software Livre e Engenharia Elétrica

Software Livre e Engenharia Elétrica Software Livre e Engenharia Elétrica Diego Cézar Silva de Assunção Henrique Ribeiro Soares José Rubens Guimarães Vilaça Lima Pedro Dias de Oliveira Carvalho Rafael Viegas de Carvalho Carlos Gomes O software

Leia mais

IDE (Integrated Development Environment) / RAD (Rapid Application Development)

IDE (Integrated Development Environment) / RAD (Rapid Application Development) IDE (Integrated Development Environment) / RAD (Rapid Application Development) Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro Agosto de 2012 Prof. Edwar Saliba Júnior 1 Introdução

Leia mais

O Windows é um software de sistema, que permite ao utilizador interagir com o computador e com os seus periféricos.

O Windows é um software de sistema, que permite ao utilizador interagir com o computador e com os seus periféricos. Sistema Operativo Windows - Ambiente de trabalho - Janelas - Atalhos - Programas - Gestão de pastas e ficheiros - Menu iniciar O Windows é um software de sistema, que permite ao utilizador interagir com

Leia mais

Algoritmos e Estrutura de Dados. Introdução a Linguagem Python (Parte I) Prof. Tiago A. E. Ferreira

Algoritmos e Estrutura de Dados. Introdução a Linguagem Python (Parte I) Prof. Tiago A. E. Ferreira Algoritmos e Estrutura de Dados Aula 1 Introdução a Linguagem Python (Parte I) Prof. Tiago A. E. Ferreira Linguagem a ser Utilizada? Nossa disciplina é de Algoritmos e Estrutura de Dados, e não de linguagem

Leia mais

DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR

DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR DELPHI 7 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO AMBIENTE CLIENTE SERVIDOR Fortaleza - CE Introdução ao ambiente de desenvolvimento delphi e preparação da interface basíca O ambiente delphi foi criado pela Borland Software

Leia mais

Representação de Algoritmos - Linguagens de Programação

Representação de Algoritmos - Linguagens de Programação Representação de Algoritmos - Linguagens de Programação A representação de algoritmos em uma pseudo-linguagem mais próxima às pessoas é bastante útil principalmente quando o problema a ser tratado envolve

Leia mais

Sobre C. Linguagem de Programação C

Sobre C. Linguagem de Programação C Sobre C Linguagem de Programação C As Origens de C Ken Thompson e Dennis Ritchie (da esquerda pra direita), os criadores das linguagens B e C, respec4vamente: 2 As origens de C Nas palavras de D. Ritchie:

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO

ARQUITETURA DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO CURSO TÉCNICO DE REDES DE COMPUTADORES Disciplina de Arquitetura de Computadores Juliana Cristina dos Santos ARQUITETURA DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO Processamento de Dados Computador máquina capaz de coletar,

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES. Rogério Spindula Rosa

ARQUITETURA DE COMPUTADORES. Rogério Spindula Rosa ARQUITETURA DE COMPUTADORES 1 Rogério Spindula Rosa 2 EXECUÇÃO DE PROGRAMAS PROGRAMA 3 4 INTRODUÇÃO Hoje é raro escrever um programa diretamente em linguagem de computador em virtude da enorme dificuldade

Leia mais

Programação de Computadores

Programação de Computadores Programação de Computadores INTRODUÇÃO AOS ALGORITMOS E À PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES PARTE 1 Renato Dourado Maia Instituto de Ciências Agrárias Universidade Federal de Minas Gerais Programas e Programação

Leia mais

Análise e Desenvolvimento de Sistemas ADS Programação Orientada a Obejeto POO 3º Semestre AULA 03 - INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO (POO)

Análise e Desenvolvimento de Sistemas ADS Programação Orientada a Obejeto POO 3º Semestre AULA 03 - INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO (POO) Análise e Desenvolvimento de Sistemas ADS Programação Orientada a Obejeto POO 3º Semestre AULA 03 - INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO (POO) Parte: 1 Prof. Cristóvão Cunha Objetivos de aprendizagem

Leia mais

Objetivos: -Dar uma visão integrada do que é a Informática -Refletir sobre as motivações e problemas que envolvem o uso de ferramentas computacionais

Objetivos: -Dar uma visão integrada do que é a Informática -Refletir sobre as motivações e problemas que envolvem o uso de ferramentas computacionais Informática I Objetivos: -Dar uma visão integrada do que é a Informática -Refletir sobre as motivações e problemas que envolvem o uso de ferramentas computacionais -Introduzir os aspectos conceituais e

Leia mais

Ricardo Pereira e Silva UML 2. Modelagem Orientada a Objetos. Visual. Books

Ricardo Pereira e Silva UML 2. Modelagem Orientada a Objetos. Visual. Books Ricardo Pereira e Silva UML 2 Modelagem Orientada a Objetos Visual Books Sumário Parte I - Modelagem em Desenvolvimento de Software Orientado a Objetos...15 1 Modelagem em Desenvolvimento de Software...17

Leia mais

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS EM JAVA*

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS EM JAVA* PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS EM JAVA* Adair Santa Catarina Curso de Ciência da Computação Unioeste Campus de Cascavel PR Fev/2014 *Adaptado de PACHECO, R C S & RIEKE, R N INE UFSC Disponível em: http://wwwstelaufscbr/~pacheco/dsoo/htm/downloadshtm

Leia mais

TRABALHO DE PROGRAMAÇÃO FUNCIONAL LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO I

TRABALHO DE PROGRAMAÇÃO FUNCIONAL LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO I TRABALHO DE PROGRAMAÇÃO FUNCIONAL LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO I Raimundo Alan F. Moreira, Antônio Victor C. Passos, Otavio R. Neto, José Almeida Júnior. Bacharelado em Ciências da Computação Centro de Ciências

Leia mais

Paradigmas de Linguagens de Programação. Aspectos Preliminares

Paradigmas de Linguagens de Programação. Aspectos Preliminares Aspectos Preliminares Cristiano Lehrer Motivação (1/6) Aumento da capacidade de expressar idéias: Difícil conceituar estruturas quando não se pode descreve-las. Programadores são limitados pelas linguagens.

Leia mais

AULA 1: PARADIGMAS DE PROGRAMAÇÃO

AULA 1: PARADIGMAS DE PROGRAMAÇÃO 1 AULA 1: PARADIGMAS DE PROGRAMAÇÃO Curso: Ciência da Computação Profª.: Luciana Balieiro Cosme Ementa 2 Programação Imperativa. Programação Paralela e Concorrente. Programação Lógica. Programação Funcional.

Leia mais

Descrição do Produto. Altus S. A. 1

Descrição do Produto. Altus S. A. 1 Descrição do Produto O software MasterTool IEC é um ambiente completo de desenvolvimento de aplicações para os controladores programáveis da Série Duo. Esta ferramenta permite a programação e a configuração

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Módulo 1 Introdução à Prof. Maxwell Anderson www.maxwellanderson.com.br Agenda : uma visão geral Maxwell Anderson 2 O que é software? não é somente o programa, mas todos os dados de documentação e configuração

Leia mais

1 - Processamento de dados

1 - Processamento de dados Conceitos básicos sobre organização de computadores 2 1 - Processamento de dados O que é processamento? O que é dado? Dado é informação? Processamento é a manipulação das informações coletadas (dados).

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMAS DE COMPUTADOR DEDICADOS AO ENSINO DE LIBRAS DE FORMA LÚDICA E BASEADOS EM TÉCNICAS MULTIMÍDIA

DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMAS DE COMPUTADOR DEDICADOS AO ENSINO DE LIBRAS DE FORMA LÚDICA E BASEADOS EM TÉCNICAS MULTIMÍDIA DESENVOLVIMENTO DE PROGRAMAS DE COMPUTADOR DEDICADOS AO ENSINO DE LIBRAS DE FORMA LÚDICA E BASEADOS EM TÉCNICAS MULTIMÍDIA BOTARO, Cássio Oliveira 1 ALMEIDA, Matheus Henrique Nascimento 2 CORRÊA, Gean

Leia mais

MC-102 Aula 01. Instituto de Computação Unicamp

MC-102 Aula 01. Instituto de Computação Unicamp MC-102 Aula 01 Introdução à Programação de Computadores Instituto de Computação Unicamp 2015 Roteiro 1 Por que aprender a programar? 2 Hardware e Software 3 Organização de um ambiente computacional 4 Algoritmos

Leia mais

Introdução. Paradigmas de Linguagens de Programação. Heloisa de Arruda Camargo. Motivos para estudar os conceitos de linguagens de programação

Introdução. Paradigmas de Linguagens de Programação. Heloisa de Arruda Camargo. Motivos para estudar os conceitos de linguagens de programação Paradigmas de Linguagens de Programação Heloisa de Arruda Camargo Introdução Motivos para estudar os conceitos de linguagens de programação Aumento da capacidade de expressar idéias É difícil para as pessoas

Leia mais

Programação Funcional. Capítulo 1. Introdução. José Romildo Malaquias. Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2015.

Programação Funcional. Capítulo 1. Introdução. José Romildo Malaquias. Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2015. Programação Funcional Capítulo 1 Introdução José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2015.1 1/13 1 Paradigmas de programação 2 Programação funcional 3 A Crise

Leia mais

IB I M B - PC. 1982 ( C ( P C U U

IB I M B - PC. 1982 ( C ( P C U U Microinformática 1981 (CPU 80086 e 80088 8bits/16bits XT) O MS-DOS funciona em um protótipo do IBM- PC. 1982 (CPU 80286 16bits AT) Intel lança chip 286, com 134.000 transistores. Sai a planilha eletrônica

Leia mais

Programação Orientada a Objeto

Programação Orientada a Objeto Programação Orientada a Objeto Classes, Atributos, Métodos e Objetos Programação de Computadores II Professor: Edwar Saliba Júnior 1) Java é uma linguagem orientada a objetos. Para que possamos fazer uso

Leia mais

Introdução à Engenharia de Computação

Introdução à Engenharia de Computação Introdução à Engenharia de Computação Tópico: O Computador como uma Máquina Multinível (cont.) José Gonçalves - LPRM/DI/UFES Introdução à Engenharia de Computação Máquina Multinível Moderna Figura 1 Máquina

Leia mais

JAVA Express com Lógica

JAVA Express com Lógica JAVA Express com Lógica Sobre a KTEC A KTEC Escola de Tecnologia oferece uma série de cursos, para os que procuram uma base sólida no aprendizado, com foco nas boas práticas que fazem a diferença no mercado

Leia mais

Linguagens de programação

Linguagens de programação Prof. André Backes Linguagens de programação Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve ser descrito em termos de 1 s ou 0 s

Leia mais

Aula 1 - Programação III Programação Visual (Visual Basic)

Aula 1 - Programação III Programação Visual (Visual Basic) Aula 1 - Programação III Programação Visual (Visual Basic) 1. Introdução O objetivo da disciplina Programação III é apresentar uma nova visão de programação chamada de programação visual. A programação

Leia mais

Programação de Computadores

Programação de Computadores Programação de Computadores Curso Engenharia Civil Modalidade Superior Professora Michelle Nery Agenda Introdução a Programação Algoritmos VS Programa 2 Algoritmos Um algoritmo pode ser definido como uma

Leia mais

Paradigmas e Linguagens de Programação. Prof. Josino Rodrigues Neto Email: josinon@gmail.com

Paradigmas e Linguagens de Programação. Prof. Josino Rodrigues Neto Email: josinon@gmail.com Paradigmas e Linguagens de Programação Prof. Josino Rodrigues Neto Email: josinon@gmail.com Linguagens de Programação: Módulo 1 Introdução às Linguagens de Programação Sobre o Curso Objetivos do Curso

Leia mais

Linguagens de Programação Aula 10

Linguagens de Programação Aula 10 Linguagens de Programação Aula 10 Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br Na aula passada As sentenças de controle das LP imperativas ocorrem em diversas categorias: seleção, seleção múltipla, iteração

Leia mais

UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com

UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com 1 Algoritmos Representação Exercícios Linguagens de Programação Compilador Interpretador Ambiente de Desenvolvimento Python Característica Para que serve Onde

Leia mais

MODELIX SYSTEM SOFTWARE DE PROGRAMAÇÃO DE ROBÔS

MODELIX SYSTEM SOFTWARE DE PROGRAMAÇÃO DE ROBÔS MODELIX SYSTEM SOFTWARE DE PROGRAMAÇÃO DE ROBÔS A Modelix Robotics é pioneira dentre as empresas nacionais no segmento de robótica educacional (uso acadêmico e educação tecnológica) e robótica para usuário

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS SOBRE PROGRAMAÇÃO Programação Orientada a Objetos (POO)

CONCEITOS BÁSICOS SOBRE PROGRAMAÇÃO Programação Orientada a Objetos (POO) CONCEITOS BÁSICOS SOBRE PROGRAMAÇÃO Programação Orientada a Objetos (POO) Profa. Vania V. Estrela, Profa. Albany E. Herrmann 1. Programação Programação requer o uso de uma linguagem, cuja sintaxe geralmente

Leia mais

Módulo 1 -Algoritmos e Programação

Módulo 1 -Algoritmos e Programação Curso de Programação em Computadores V Módulo 1 -Algoritmos e Programação Aura Conci & Erick Oliveira aconci@ic.uff.br, erickr@id.uff.br Disciplina: Programação V Bibliografia básica: W. Celes, R. Cerqueira

Leia mais

Linguagem de Programação

Linguagem de Programação Linguagem de Programação Introdução a Linguagem C Princípios de Programação em C Gil Eduardo de Andrade Conceitos Iniciais: Linguagem C Introdução É uma linguagem estruturada; Foi desenvolvida na década

Leia mais

Delphi 7 Aula 02 Preço do Automóvel

Delphi 7 Aula 02 Preço do Automóvel Delphi 7 Aula 02 Preço do Automóvel Prof. Gilbert Azevedo da Silva I. Objetivos Conhecer os tipos de propriedades dos objetos, Utilizar a ajuda do Delphi (help), Utilizar os componentes: GroupBox, ComboBox,

Leia mais

Protótipo de um Software Tutorial para Auxílio na Construção de Interfaces Padrão Windows

Protótipo de um Software Tutorial para Auxílio na Construção de Interfaces Padrão Windows Protótipo de um Software Tutorial para Auxílio na Construção de Interfaces Padrão Windows Eduardo Comin Prof. Dalton Solano dos Reis Orientador 1 Roteiro Introdução Ergonomia Interface Software Educacional

Leia mais

Edeyson Andrade Gomes

Edeyson Andrade Gomes Sistemas Operacionais Conceitos de Arquitetura Edeyson Andrade Gomes www.edeyson.com.br Roteiro da Aula Máquinas de Níveis Revisão de Conceitos de Arquitetura 2 Máquina de Níveis Máquina de níveis Computador

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Sistemas de Informação FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( X ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

UNIP - UNIVERSIDADE PAULISTA. Arquitetura de computadores

UNIP - UNIVERSIDADE PAULISTA. Arquitetura de computadores UNIP - UNIVERSIDADE PAULISTA Arquitetura de computadores ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES Bibliografia: MONTEIRO, M. A. Introdução à organização de computadores. 4 ed. RJ. LTC 2001. TANEMBAUM, A. S. Organização

Leia mais

Programação Orientada a Objetos OOP. IFES Campus Vitória Engenharia Elétrica 2015-2 Professor: Danilo A. Silva

Programação Orientada a Objetos OOP. IFES Campus Vitória Engenharia Elétrica 2015-2 Professor: Danilo A. Silva Programação Orientada a Objetos OOP IFES Campus Vitória Engenharia Elétrica 2015-2 Professor: Danilo A. Silva Sobre a disciplina Carga horária : 60 horas (30 teóricas e 30 práticas) Material do curso estará

Leia mais

Introdução sobre Scilab

Introdução sobre Scilab Ivanovitch Medeiros Dantas da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Computação e Automação DCA0399 - Métodos Computacionais para Engenharia Civil Natal, 14 de

Leia mais

EVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS

EVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS A ERA DA COMPUTAÇÃO EVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS Wagner de Oliveira Década de 40 1946: Konrad Zuze desenvolve a Plankalkul: a primeira linguagem de programação de alto nível, não foi usada. 1949: Aparece a

Leia mais

Introdução. Capítulo 1. 1.1. Breve sinopse

Introdução. Capítulo 1. 1.1. Breve sinopse Capítulo 1 Introdução 1.1. Breve sinopse O C é uma linguagem de programação criada por Dennis Ritchie no início da década de 70 do século XX. É uma linguagem de complexidade baixa, estruturada, imperativa

Leia mais

Faculdade Latino Americana Programação Orientada a Objetos II - 4º Período Ciências da Computação APRESENTAÇÃO

Faculdade Latino Americana Programação Orientada a Objetos II - 4º Período Ciências da Computação APRESENTAÇÃO Faculdade Latino Americana Programação Orientada a Objetos II - 4º Período Ciências da Computação APRESENTAÇÃO Professora: Cíntia Simões 2º º Semestre 2008 Apresentações Apresentação - Alunos Nome e/ou

Leia mais

Parte II Introdução a Linguagens de Programação

Parte II Introdução a Linguagens de Programação Programação de Computadores III Aula 1 Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2011.1/tcc-03.063 Roteiro da Aula

Leia mais

BREVE HISTÓRIA DA LINGUAGEM FORTRAN

BREVE HISTÓRIA DA LINGUAGEM FORTRAN 2 BREVE HISTÓRIA DA LINGUAGEM FORTRAN 2.1 Os primeiros tempos Nos primórdios dos computadores, programar era uma tarefa extremamente complicada e, de certa forma, extenuante. Aos programadores era exigido

Leia mais

Linguagens de Programação

Linguagens de Programação Capítulo 4 Linguagens de Programação 4.0 Índice 4.1 Programação de Computadores 2 4.2 Níveis de Linguagens de Programação 2 4.2.1 Linguagem de Máquina 2 4.2.2 Linguagem Hexadecimal 3 4.2.3 Linguagem Assembly

Leia mais

ALGORITMOS MEMÓRIA, VARIÁVEIS E CONSTANTES, OPERADORES Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br

ALGORITMOS MEMÓRIA, VARIÁVEIS E CONSTANTES, OPERADORES Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br ALGORITMOS MEMÓRIA, VARIÁVEIS E CONSTANTES, OPERADORES Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br ROTEIRO Memória Variáveis e constantes Tipos primitivos de dados Operadores Comandos

Leia mais

Evolução dos Sistemas de Informação

Evolução dos Sistemas de Informação Evolução dos Sistemas de Informação 2012 1 Sistemas de Informação e Informação de Qualidade Sistema de Informação é a expressão utilizada para descrever sistema automático ou manual, que abrange pessoas,

Leia mais