LOCALIZA RENT A CAR S.A.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LOCALIZA RENT A CAR S.A."

Transcrição

1 Informações Trimestrais 30 de setembro de 2013 Localiza LOCALIZA RENT A CAR S.A. CNPJ/MF /

2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração do Fluxo de Caixa 8 Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido DMPL - 01/01/2013 à 30/09/ DMPL - 01/01/2012 à 30/09/ Demonstração do Valor Adicionado 11 DFs Consolidadas Balanço Patrimonial Ativo 12 Balanço Patrimonial Passivo 13 Demonstração do Resultado 15 Demonstração do Resultado Abrangente 16 Demonstração do Fluxo de Caixa 17 Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido DMPL - 01/01/2013 à 30/09/ DMPL - 01/01/2012 à 30/09/ Demonstração do Valor Adicionado 20 Comentário do Desempenho Comentário Sobre o Comportamento das Projeções Empresariais 59 Outras Informações que a Companhia Entenda Relevantes 60 Pareceres e Declarações Relatório da Revisão Especial - Sem Ressalva 62

3 Dados da Empresa / Composição do Capital Número de Ações (Mil) Trimestre Atual 30/09/2013 Do Capital Integralizado Ordinárias Preferenciais 0 Total Em Tesouraria Ordinárias Preferenciais 0 Total PÁGINA: 1 de 63

4 Dados da Empresa / Proventos em Dinheiro Evento Aprovação Provento Início Pagamento Espécie de Ação Classe de Ação Provento por Ação (Reais / Ação) Reunião do Conselho de Administração Reunião do Conselho de Administração Reunião do Conselho de Administração 08/03/2013 Juros sobre Capital Próprio 03/05/2013 Ordinária 0, /12/2012 Juros sobre Capital Próprio 08/02/2013 Ordinária 0, /06/2013 Juros sobre Capital Próprio 14/08/2013 Ordinária 0,07441 Assembléia Geral Ordinária 29/04/2013 Dividendo 18/06/2013 Ordinária 0,02588 Reunião do Conselho de Administração 30/09/2013 Juros sobre Capital Próprio 14/11/2013 Ordinária 0,06996 PÁGINA: 2 de 63

5 DFs Individuais / Balanço Patrimonial Ativo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 30/09/2013 Exercício Anterior 31/12/ Ativo Total Ativo Circulante Caixa e Equivalentes de Caixa Contas a Receber Clientes Tributos a Recuperar Tributos Correntes a Recuperar Despesas Antecipadas Outros Ativos Circulantes Ativos Não-Correntes a Venda Outros Dividendos a receber Outros Ativo Não Circulante Ativo Realizável a Longo Prazo Tributos Diferidos Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos Créditos com Partes Relacionadas Créditos com Controladas Outros Ativos Não Circulantes Depósitos Judiciais Outros Investimentos Participações Societárias Participações em Controladas Imobilizado Imobilizado em Operação Imobilizado Arrendado Imobilizado em Andamento Intangível Intangíveis Software PÁGINA: 3 de 63

6 DFs Individuais / Balanço Patrimonial Passivo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 30/09/2013 Exercício Anterior 31/12/ Passivo Total Passivo Circulante Obrigações Sociais e Trabalhistas Obrigações Sociais Obrigações Trabalhistas Fornecedores Fornecedores Nacionais Obrigações Fiscais Obrigações Fiscais Federais Imposto de Renda e Contribuição Social a Pagar Outros impostos federais Obrigações Fiscais Municipais Empréstimos e Financiamentos Empréstimos e Financiamentos Em Moeda Nacional Em Moeda Estrangeira Debêntures Financiamento por Arrendamento Financeiro Outras Obrigações Passivos com Partes Relacionadas Débitos com Controladas Outros Dividendos e JCP a Pagar Outros passivos circulantes Passivo Não Circulante Empréstimos e Financiamentos Empréstimos e Financiamentos Em Moeda Nacional Em Moeda Estrangeira Debêntures Financiamento por Arrendamento Financeiro Outras Obrigações Outros Outros passivos não circulantes Tributos Diferidos Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos Provisões Provisões Fiscais Previdenciárias Trabalhistas e Cíveis Provisões Fiscais Provisões Previdenciárias e Trabalhistas Provisões Cíveis Lucros e Receitas a Apropriar Receitas a Apropriar Patrimônio Líquido Capital Social Realizado Reservas de Capital PÁGINA: 4 de 63

7 DFs Individuais / Balanço Patrimonial Passivo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 30/09/2013 Exercício Anterior 31/12/ Ágio na Emissão de Ações Opções Outorgadas Ações em Tesouraria Reservas de Lucros Reserva Legal Reserva Estatutária Retenção de Lucros Lucros/Prejuízos Acumulados PÁGINA: 5 de 63

8 DFs Individuais / Demonstração do Resultado (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta 3.01 Receita de Venda de Bens e/ou Serviços Custo dos Bens e/ou Serviços Vendidos Resultado Bruto Despesas/Receitas Operacionais Despesas com Vendas Despesas Gerais e Administrativas Outras Receitas Operacionais Outras Despesas Operacionais Resultado de Equivalência Patrimonial Resultado Antes do Resultado Financeiro e dos Tributos Resultado Financeiro Receitas Financeiras Despesas Financeiras Resultado Antes dos Tributos sobre o Lucro Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro Corrente Diferido Resultado Líquido das Operações Continuadas Lucro/Prejuízo do Período Lucro por Ação - (Reais / Ação) Lucro Básico por Ação ON 0, , , , Lucro Diluído por Ação Trimestre Atual 01/07/2013 à 30/09/2013 Acumulado do Atual Exercício 01/01/2013 à 30/09/2013 Igual Trimestre do Exercício Anterior 01/07/2012 à 30/09/2012 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2012 à 30/09/ ON 0, , , ,77798 PÁGINA: 6 de 63

9 DFs Individuais / Demonstração do Resultado Abrangente Justificativa para o não preenchimento do quadro: A Companhia não possui Demonstração do Resultado Abrangente no período corrente e no anterior. PÁGINA: 7 de 63

10 DFs Individuais / Demonstração do Fluxo de Caixa - Método Indireto (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta 6.01 Caixa Líquido Atividades Operacionais Caixa Gerado nas Operações Lucro líquido do período Depreciações e amortizações Valor residual do imobilizado baixado (Const.) Reversão de IR e CS diferidos Equivalência Patrimonial Outros Variações nos Ativos e Passivos Aquisição de carros, líq. da variação do saldo a pagar a montadoras de carros Fornecedores - outros Salários e encargos sociais Imposto de Recolher Juros sobre empréstimos, financiamentos e debêntures outros passivos Acumulado do Atual Exercício 01/01/2013 à 30/09/2013 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2012 à 30/09/ Contas a receber Depósitos judiciais Impostos a recuperar Outros ativos Prêmios de seguro a repassar Outros passivos Outros Imposto de renda e contribuição social pagos Juros pagos Caixa Líquido Atividades de Investimento Aquisições de outros imobilizados Aquisições de ativos intangíveis Aumento de capital em controlada Dividendos de controladas Aquisição de investimento Ágio na aquisição de Investimento Mais valia de ativo Caixa Líquido Atividades de Financiamento Empréstimos e financiamentos - captações Empréstimos e financiamentos - amortizações Dividendos Juros sobre o capital próprio Ações em tesouraria Outros Aumento (Redução) de Caixa e Equivalentes Saldo Inicial de Caixa e Equivalentes Saldo Final de Caixa e Equivalentes PÁGINA: 8 de 63

11 DFs Individuais / Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido / DMPL - 01/01/2013 à 30/09/2013 (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Capital Social Integralizado Reservas de Capital, Opções Outorgadas e Ações em Tesouraria Reservas de Lucro Lucros ou Prejuízos Acumulados Outros Resultados Abrangentes Patrimônio Líquido 5.01 Saldos Iniciais Saldos Iniciais Ajustados Transações de Capital com os Sócios Aumentos de Capital Opções Outorgadas Reconhecidas Ações em Tesouraria Adquiridas Ações em Tesouraria Vendidas Juros sobre Capital Próprio Resultado Abrangente Total Lucro Líquido do Período Saldos Finais PÁGINA: 9 de 63

12 DFs Individuais / Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido / DMPL - 01/01/2012 à 30/09/2012 (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Capital Social Integralizado Reservas de Capital, Opções Outorgadas e Ações em Tesouraria Reservas de Lucro Lucros ou Prejuízos Acumulados Outros Resultados Abrangentes Patrimônio Líquido 5.01 Saldos Iniciais Saldos Iniciais Ajustados Transações de Capital com os Sócios Opções Outorgadas Reconhecidas Ações em Tesouraria Vendidas Juros sobre Capital Próprio Resultado Abrangente Total Lucro Líquido do Período Saldos Finais PÁGINA: 10 de 63

13 DFs Individuais / Demonstração do Valor Adicionado (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Acumulado do Atual Exercício 01/01/2013 à 30/09/2013 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2012 à 30/09/ Receitas Vendas de Mercadorias, Produtos e Serviços Outras Receitas Receitas refs. à Construção de Ativos Próprios Provisão/Reversão de Créds. Liquidação Duvidosa Insumos Adquiridos de Terceiros Custos Prods., Mercs. e Servs. Vendidos Materiais, Energia, Servs. de Terceiros e Outros Valor Adicionado Bruto Retenções Depreciação, Amortização e Exaustão Valor Adicionado Líquido Produzido Vlr Adicionado Recebido em Transferência Resultado de Equivalência Patrimonial Receitas Financeiras Valor Adicionado Total a Distribuir Distribuição do Valor Adicionado Pessoal Remuneração Direta Benefícios F.G.T.S Outros Impostos, Taxas e Contribuições Federais Estaduais Municipais Remuneração de Capitais de Terceiros Juros Aluguéis Remuneração de Capitais Próprios Juros sobre o Capital Próprio Lucros Retidos / Prejuízo do Período PÁGINA: 11 de 63

14 DFs Consolidadas / Balanço Patrimonial Ativo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 30/09/2013 Exercício Anterior 31/12/ Ativo Total Ativo Circulante Caixa e Equivalentes de Caixa Contas a Receber Clientes Tributos a Recuperar Tributos Correntes a Recuperar Despesas Antecipadas Outros Ativos Circulantes Ativos Não-Correntes a Venda Outros Ativo Não Circulante Ativo Realizável a Longo Prazo Contas a Receber Clientes Tributos Diferidos Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos Outros Ativos Não Circulantes Depósitos judiciais Outros Imobilizado Imobilizado em Operação Imobilizado Arrendado Imobilizado em Andamento Intangível Intangíveis Ágio na aquisição de investimentos Software PÁGINA: 12 de 63

15 DFs Consolidadas / Balanço Patrimonial Passivo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 30/09/2013 Exercício Anterior 31/12/ Passivo Total Passivo Circulante Obrigações Sociais e Trabalhistas Obrigações Sociais Obrigações Trabalhistas Fornecedores Fornecedores Nacionais Obrigações Fiscais Obrigações Fiscais Federais Imposto de Renda e Contribuição Social a Pagar Outros impostos federais Obrigações Fiscais Municipais Empréstimos e Financiamentos Empréstimos e Financiamentos Em Moeda Nacional Em Moeda Estrangeira Debêntures Financiamento por Arrendamento Financeiro Outras Obrigações Outros Dividendos e JCP a Pagar Outros passivos circulantes Passivo Não Circulante Empréstimos e Financiamentos Empréstimos e Financiamentos Em Moeda Nacional Em Moeda Estrangeira Debêntures Financiamento por Arrendamento Financeiro Outras Obrigações Outros Outros passivos não circulantes Tributos Diferidos Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos Provisões Provisões Fiscais Previdenciárias Trabalhistas e Cíveis Provisões Fiscais Provisões Previdenciárias e Trabalhistas Provisões Cíveis Lucros e Receitas a Apropriar Receitas a Apropriar Patrimônio Líquido Capital Social Realizado Reservas de Capital Ágio na Emissão de Ações Opções Outorgadas PÁGINA: 13 de 63

16 DFs Consolidadas / Balanço Patrimonial Passivo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 30/09/2013 Exercício Anterior 31/12/ Ações em Tesouraria Reservas de Lucros Reserva Legal Reserva Estatutária Retenção de Lucros Lucros/Prejuízos Acumulados PÁGINA: 14 de 63

17 DFs Consolidadas / Demonstração do Resultado (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta 3.01 Receita de Venda de Bens e/ou Serviços Custo dos Bens e/ou Serviços Vendidos Resultado Bruto Despesas/Receitas Operacionais Despesas com Vendas Despesas Gerais e Administrativas Outras Receitas Operacionais Outras Despesas Operacionais Resultado Antes do Resultado Financeiro e dos Tributos Resultado Financeiro Receitas Financeiras Despesas Financeiras Resultado Antes dos Tributos sobre o Lucro Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro Corrente Diferido Resultado Líquido das Operações Continuadas Lucro/Prejuízo do Período Atribuído a Sócios da Empresa Controladora Lucro por Ação - (Reais / Ação) Lucro Básico por Ação ON 0, , , , Lucro Diluído por Ação Trimestre Atual 01/07/2013 à 30/09/2013 Acumulado do Atual Exercício 01/01/2013 à 30/09/2013 Igual Trimestre do Exercício Anterior 01/07/2012 à 30/09/2012 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2012 à 30/09/ ON 0, , , ,77798 PÁGINA: 15 de 63

18 DFs Consolidadas / Demonstração do Resultado Abrangente Justificativa para o não preenchimento do quadro: A Companhia não possui Demonstração do Resultado Abrangente no período corrente e no anterior. PÁGINA: 16 de 63

19 DFs Consolidadas / Demonstração do Fluxo de Caixa - Método Indireto (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta 6.01 Caixa Líquido Atividades Operacionais Caixa Gerado nas Operações Lucro líquido do período Depreciações e amortizações Valor residual do imobilizado baixado (Const.) Reversão de IR e CS diferidos Outros Variações nos Ativos e Passivos Aquisição de carros, líq. da variação do saldo a pagar a montadoras de carros Fornecedores - outros Salários e encargos sociais Juros sobre empréstimos, financiamentos e debêntures e outros passivos Acumulado do Atual Exercício 01/01/2013 à 30/09/2013 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2012 à 30/09/ Contas a receber Depósitos judiciais Impostos a recuperar Outros ativos Impostos a recolher Prêmios de seguro a repassar Outros passivos Outros Imposto de renda e contribuição social pagos Juros pagos Caixa Líquido Atividades de Investimento Aquisições de outros imobilizados Aquisições de ativos intangíveis Outros Aquisição de investimento Ágio na aquisição de investimento Caixa Líquido Atividades de Financiamento Empréstimos e financiamentos - captações Empréstimos e financiamentos - amortizações Dividendos Juros sobre o capital próprio Ações em tesouraria Outros Aumento (Redução) de Caixa e Equivalentes Saldo Inicial de Caixa e Equivalentes Saldo Final de Caixa e Equivalentes PÁGINA: 17 de 63

20 DFs Consolidadas / Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido / DMPL - 01/01/2013 à 30/09/2013 (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Capital Social Integralizado Reservas de Capital, Opções Outorgadas e Ações em Tesouraria Reservas de Lucro Lucros ou Prejuízos Acumulados Outros Resultados Abrangentes Patrimônio Líquido Participação dos Não Controladores Patrimônio Líquido 5.01 Saldos Iniciais Saldos Iniciais Ajustados Transações de Capital com os Sócios Aumentos de Capital Opções Outorgadas Reconhecidas Ações em Tesouraria Adquiridas Ações em Tesouraria Vendidas Juros sobre Capital Próprio Resultado Abrangente Total Lucro Líquido do Período Saldos Finais PÁGINA: 18 de 63

21 DFs Consolidadas / Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido / DMPL - 01/01/2012 à 30/09/2012 (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Capital Social Integralizado Reservas de Capital, Opções Outorgadas e Ações em Tesouraria Reservas de Lucro Lucros ou Prejuízos Acumulados Outros Resultados Abrangentes Patrimônio Líquido Participação dos Não Controladores Patrimônio Líquido 5.01 Saldos Iniciais Saldos Iniciais Ajustados Transações de Capital com os Sócios Opções Outorgadas Reconhecidas Ações em Tesouraria Vendidas Juros sobre Capital Próprio Resultado Abrangente Total Lucro Líquido do Período Saldos Finais PÁGINA: 19 de 63

22 DFs Consolidadas / Demonstração do Valor Adicionado (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Acumulado do Atual Exercício 01/01/2013 à 30/09/2013 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2012 à 30/09/ Receitas Vendas de Mercadorias, Produtos e Serviços Outras Receitas Receitas refs. à Construção de Ativos Próprios Provisão/Reversão de Créds. Liquidação Duvidosa Insumos Adquiridos de Terceiros Custos Prods., Mercs. e Servs. Vendidos Materiais, Energia, Servs. de Terceiros e Outros Valor Adicionado Bruto Retenções Depreciação, Amortização e Exaustão Valor Adicionado Líquido Produzido Vlr Adicionado Recebido em Transferência Receitas Financeiras Valor Adicionado Total a Distribuir Distribuição do Valor Adicionado Pessoal Remuneração Direta Benefícios F.G.T.S Outros Impostos, Taxas e Contribuições Federais Estaduais Municipais Remuneração de Capitais de Terceiros Juros Aluguéis Remuneração de Capitais Próprios Juros sobre o Capital Próprio Lucros Retidos / Prejuízo do Período PÁGINA: 20 de 63

23 Comentário do Desempenho Dados em R$ milhões 1 Aluguel de Carros (AC) 3T12 3T13 Var. % 9M12 9M13 Var. % Receita líquida 595,7 717,0 20,4% 1.755, ,3 8,5% Custos (441,2) (526,6) 19,4% (1.360,2) (1.370,6) 0,8% Despesas operacionais (SG&A): Com vendas (57,9) (66,5) 14,9% (168,8) (184,7) 9,4% Gerais, administrativas e outras (18,9) (21,1) 11,6% (60,2) (65,0) 8,0% Resultado antes do resultado financeiro e dos impostos (EBIT) 77,7 102,8 32,3% 166,3 285,0 71,4% 2 Terceirização de Frotas (TF) 3T12 3T13 Var. % 9M12 9M13 Var. % Receita líquida 206,8 214,0 3,5% 603,0 622,6 3,3% Custos (143,0) (130,2) 9,0% (415,4) (384,8) 7,4% Despesas operacionais (SG&A): Com vendas (9,6) (9,5) 1,0% (27,5) (27,6) 0,4% Gerais, administrativas e outras (5,6) (5,6) 0,0% (17,0) (15,9) 6,5% Resultado antes do resultado financeiro e dos impostos (EBIT) 48,6 68,7 41,4% 143,1 194,3 35,8% 3 Franchising (FR) 3T12 3T13 Var. % 9M12 9M13 Var. % Receita líquida 4,5 4,9 8,9% 12,7 14,4 13,4% Custos (2,0) (2,1) 5,0% (6,4) (6,3) 1,6% Despesas operacionais (SG&A): Com vendas (0,1) (0,1) Gerais, administrativas e outras Resultado antes do resultado financeiro e dos impostos (EBIT) 2,5 2,8 12,0% 6,2 8,0 29,0% 4 3T12 3T13 Var. % 9M12 9M13 Var. % Receita líquida 807,0 935,9 16,0% 2.371, ,4 7,2% Custos (*) (587,1) (660,3) 12,5% (1.784,7) (1.765,9) 1,1% Despesas operacionais (SG&A) (*): Com vendas (67,0) (75,3) 12,4% (195,0) (210,4) 7,9% Gerais, administrativas e outras (24,1) (26,0) 7,9% (75,9) (78,8) 3,8% EBIT (AC + TF + FR) 128,8 174,3 35,3% 315,6 487,3 54,4% Despesas financeiras, líquidas (30,4) (28,1) 7,6% (108,2) (72,2) 33,3% Lucro operacional 98,4 146,2 48,6% 207,4 415,1 100,1% Imposto de renda e contribuição social (27,0) (44,1) 63,3% (52,6) (120,7) 129,5% Lucro líquido 71,4 102,1 43,0% 154,8 294,4 90,2% % sobre receita líquida 8,8% 10,9% 6,5% 11,6% (*) O saldo consolidado contempla reclassificação de R$4,2 milhões entre as rubricas de custos de despesas operacionais no 9M13 e R$1,4 milhão no 3T13. PÁGINA: 21 de 63

24 Comentário do Desempenho Receita líquida A receita líquida consolidada da Companhia no 9M13 aumentou 7,2% em comparação com o mesmo período de 2012 basicamente em função de: Aumento de 8,5% na receita líquida de aluguel de carros (inclui a receita da venda dos carros renovados na frota), em função do crescimento de 6,2% na receita do aluguel de carros devido a: (i) aumento de 3,3% no volume de diárias e 3,1% no valor da diária média quando comparada ao 9M12, e (ii) 10,5% nas receitas de vendas dos carros desativados em função do aumento de 7,8% no volume e 3,3% no preço médio dos carros vendidos. Aumento de 3,3% na receita líquida de terceirização de frotas (inclui a receita da venda dos carros renovados na frota), em função de: (i) crescimento de 8,8% nas receitas de terceirização de frotas, devido principalmente ao aumento de 3,3% no volume de diárias e aumento de 4,4% no valor da diária média, e (ii) receita extraordinária de R$2,4 milhões registrada em maio de 2013, relativos à indenização pela devolução antecipada de 185 carros, e parcialmente compensadas pela redução das receitas de vendas dos carros desativados para renovação da frota desta divisão que diminuíram 7,6% em função da redução de 12,3% no volume de carros vendidos parcialmente compensados pelo aumento 6,9% no preço médio dos carros vendidos. A receita de franchising aumentou 13,4%, ou R$1,7 milhão. A receita líquida consolidada da Companhia no 3T13 aumentou 16% basicamente em função de: Aumento de 20,4% na receita líquida de aluguel de carros (inclui a receita da venda dos carros renovados na frota), resultado do crescimento de 6,8% nas receitas de aluguel. Este aumento ocorreu basicamente em função do aumento de 2,4% no volume de diárias do aluguel de carros e de 4,9% na diária média quando comparado ao 3T12. As receitas de vendas dos carros desativados para renovação da frota desta divisão aumentaram 31,7% em função do aumento de 25,1% no volume e 6,9% no preço médio dos carros vendidos. Aumento de 3,5% na receita líquida de terceirização de frotas (inclui a receita da venda dos carros renovados na frota) em função do aumento da receita de terceirização da frota devido a: (i) crescimento de 1,4% no volume de diárias e aumento de 3,9% no valor da diária média quando comparada ao 3T12. As receitas de vendas dos carros desativados para renovação da frota desta divisão mantiveram se estáveis. A receita de franchising aumentou 8,9% ou 0,4 milhão. Custos Os custos consolidados no 9M13 diminuíram 1,1%. A redução de 46,2% na depreciação de carros devido à contabilização de depreciação adicional de R$124,5 milhões nos 9M12 para refletir a expectativa de redução do valor residual dos carros foi compensado pelo aumento de: (i) 5,5% no custo dos carros vendidos devido ao aumento no volume de venda de carros de 4,1% quando comparado com os 9M12, (ii) 19,4% nos custos de salários, encargos e participação nos lucros devido à Convenção Coletiva, antecipação salarial e reavaliação de cargos no final de 2012, e (iii) 10,8% nos custos dos aluguéis de imóveis, impactados pela inflação e pelo mercado. PÁGINA: 22 de 63

25 Comentário do Desempenho No 3T13, os custos aumentaram 12,5% em função de: (i) 26,4% no custo dos carros vendidos devido ao aumento no volume de venda de carros de 19,5% quando comparado com o 3T12, (ii) 16,9% nos custos de salários, encargos e participação nos lucros devido à Convenção Coletiva, antecipação salarial e reavaliação de cargos no final de 2012, e (iii) 16,9% nos custos dos aluguéis, impactados pela inflação e pelo mercado. Esse aumento foi parcialmente compensado pela redução de 36,5% na depreciação de carros devido à contabilização de depreciação adicional de R$24,5 milhões no 3T12 para refletir a expectativa de redução do valor residual dos carros. Despesas operacionais As despesas operacionais consolidadas aumentaram 6,8% no 9M13. Esse aumento decorreu, principalmente, do crescimento das despesas de aluguel de imóveis, salários e comissões, parcialmente compensado pela redução dos gastos com publicidade. Como percentual da receita líquida, as despesas operacionais se mantiveram estáveis em torno de 11% no 9M12 e no 9M13. Despesas financeiras, líquidas As despesas financeiras líquidas diminuíram 33,3% no 9M13 e 7,6% no 3T13. As variações ocorreram principalmente em função de nos 9M13 acumularem efeito de R$12,0 milhões da marcação a mercado dos contratos de swap, que trocaram taxa com base na variação do CDI para taxa pré fixada, e pela redução de 10,7% na divida líquida média no 9M13. Imposto de renda e contribuição social As despesas de imposto de renda e contribuição social aumentaram 129,5% no 9M13 e 63,3% ou R$17,1 milhões no 3T13 em função do aumento do lucro gerado no período. A alíquota efetiva do imposto de renda e da contribuição social apresentou aumento de 2,8% no 3T13 e 3,7% no 9M13 quando comparado com os mesmos períodos anteriores, em função da maior representatividade do juros sobre o capital próprio em relação ao lucro antes do imposto de renda e contribuição social, (vide maiores detalhes na nota explicativa 15b). PÁGINA: 23 de 63

26 LOCALIZA RENT A CAR S.A. E SUBSIDIÁRIAS NOTAS EXPLICATIVAS ÀS INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS PARA O PERÍODO FINDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013 (Em milhares de reais, exceto se indicado de outra forma) 1. CONTEXTO OPERACIONAL A Localiza Rent a Car S.A. Localiza com sede na Avenida Bernardo Monteiro, 1563, em Belo Horizonte, Minas Gerais, é uma sociedade anônima, brasileira, de capital aberto desde maio de 2005, registrada no Novo Mercado da BM&FBOVESPA, que caracteriza o mais alto nível de Governança Corporativa no mercado de capitais brasileiro, sendo negociada sob o código RENT3. A Localiza e suas subsidiárias Companhia possuem como principais atividades: aluguel de carros, terceirização de frotas e concessão de franquias. Como parte de seu programa de renovação da frota, a Localiza e sua subsidiária Total Fleet S.A. Total Fleet alienam seus carros desativados para renovação da frota nas operações de aluguel. Em 30 de setembro de 2013, a Plataforma Localiza, (inclui os franqueados no Brasil e exterior), era composta de 539 agências de aluguel de carros, sendo: i) 477 agências em 338 cidades do Brasil, das quais 286 são operadas pela Localiza e o restante por empresas franqueadas e ii) 62 agências em 36 cidades de 8 países da América do Sul, todas operadas por empresas franqueadas. Em 30 de setembro de 2013, a frota da Plataforma Localiza era composta de carros, sendo: i) próprios, incluindo da Divisão de Terceirização de Frotas, ii) pertencentes a franqueados no Brasil e iii) pertencentes a franqueados no exterior. Após a utilização nas atividades de aluguel, os carros são vendidos com o objetivo de gerar caixa para a renovação da frota. Os carros desativados são substancialmente vendidos ao consumidor final por meio de 74 pontos para a venda, localizados em 44 cidades do Brasil, evitando assim os custos de intermediação. As subsidiárias diretas e indiretas da Localiza estão sumariadas na Nota 7(a). 2. BASES DE ELABORAÇÃO, APRESENTAÇÃO DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS INTERMEDIÁRIAS E RESUMO DAS PRINCIPAIS PRÁTICAS CONTÁBEIS As informações contábeis intermediárias da Companhia compreendem: As informações contábeis intermediárias individuais elaboradas e apresentadas de acordo com o Pronunciamento Técnico CPC 21 (R1) Demonstração Intermediária e de forma condizente com as normas expedidas pela Comissão de Valores Mobiliários, aplicáveis à elaboração das Informações Trimestrais ITR, identificadas como Individual BR GAAP ; As informações contábeis intermediárias consolidadas elaboradas e apresentadas de acordo com o Pronunciamento Técnico CPC 21 (R1) Demonstração Intermediária e com a norma internacional IAS 34 Interim Financial Reporting, emitida pelo International Accounting Standards Board IASB, e de forma condizente com as normas expedidas pela Comissão de Valores Mobiliários, aplicáveis à elaboração das Informações Trimestrais ITR, identificadas como IFRS e BR GAAP. PÁGINA: 24 de 63

27 As práticas contábeis adotadas no Brasil compreendem aquelas incluídas na legislação societária brasileira e os novos Pronunciamentos, as Orientações e as Interpretações emitidas pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis CPC e aprovadas pela Comissão de Valores Mobiliários CVM. As informações trimestrais individuais apresentam a avaliação dos investimentos em subsidiárias pelo método da equivalência patrimonial, de acordo com a legislação brasileira vigente. As práticas contábeis adotadas no Brasil aplicadas nas informações trimestrais individuais diferem do IFRS aplicável às informações trimestrais separadas apenas pela mensuração dos investimentos em subsidiárias que, conforme IFRS, deve ser avaliado pelo custo ou valor justo. Imobilizado A Localiza e Total Fleet efetuam, ao menos trimestralmente, revisões do prazo de vida útil estimada e do valor residual dos carros da frota. O valor depreciável é a diferença positiva entre o custo de aquisição e o valor residual estimado. A depreciação é calculada desde que o valor residual estimado do ativo não exceda o seu valor contábil. A depreciação é reconhecida durante o prazo da vida útil estimada de cada ativo, pelo método linear. Na Divisão de Terceirização de Frotas os carros são depreciados pelo método da soma dos dígitos, ou exponencial, por ser o método que melhor reflete o padrão do consumo dos benefícios econômicos que são decrescentes ao longo da vida útil dos carros. A depreciação é reconhecida de modo que o valor do custo menos o seu valor residual (preço estimado de venda deduzido das despesas estimadas de venda), após sua vida útil, seja integralmente baixado. A Companhia não possui outros resultados abrangentes no período corrente e no anterior. As demais informações referentes às bases de elaboração, apresentação das informações contábeis intermediárias e resumo das principais práticas contábeis não sofreram alterações relevantes em relação àquelas divulgadas na Nota Explicativa 2 às demonstrações financeiras anuais referentes ao exercício findo em 31 de dezembro de 2012 (doravante denominadas de demonstrações financeiras de 31 de dezembro de 2012 ), publicadas no dia 20 de março de 2013 nos jornais Diário Oficial de Minas Gerais, Diário do Comércio de Minas Gerais, Valor Econômico (formato sintético), e disponibilizadas por meio dos seguintes websites: e 3. PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS E INTERPRETAÇÕES EMITIDAS RECENTEMENTE Para os Pronunciamentos e Interpretações Contábeis que estavam em vigor em 31 de dezembro de 2012 não houve alterações significativas para essas informações trimestrais em relação àquelas divulgadas na Nota Explicativa 3 às demonstrações financeiras de 31 de dezembro de Para os Pronunciamento e Interpretações Contábeis que entraram em vigor a partir de 1º de janeiro de 2013, conforme divulgado da Nota Explicativa 3 às demonstrações financeiras de 31 de dezembro de 2012, não há impactos relevantes para a Companhia e subsidiárias. PÁGINA: 25 de 63

28 4. CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA A composição do saldo de caixa e equivalentes de caixa é como segue: Individual (BR GAAP) (IFRS e BR GAAP) 30/09/13 31/12/12 30/09/13 31/12/12 Caixa e bancos Certificados de Depósito Bancário CDB Aplicação financeira com garantia de recompra Total Em 30 de setembro de 2013, as aplicações em CDB e as aplicações financeiras com garantia de recompra apresentam remuneração média de 101,9% da variação da taxa do Certificado de Depósito Interbancário CDI (101,6% em 31 de dezembro de 2012) e possuem liquidez imediata. 5. CONTAS A RECEBER A composição do saldo das contas a receber de clientes é como segue: Individual (BR GAAP) (IFRS e BR GAAP) 30/09/13 31/12/12 30/09/13 31/12/12 Aluguel de Carros Terceirização de Frotas Venda dos carros desativados Franchising Provisão para créditos de liquidação duvidosa (12.946) (10.827) (19.034) (15.279) Total Circulante Não circulante As demais informações referentes às contas a receber (individual e consolidado) não sofreram alterações significativas em relação àquelas divulgadas na Nota Explicativa 5 às demonstrações financeiras de 31 de dezembro de 2012, exceto pelo saldo de contas a receber proveniente da venda dos carros desativados que aumentou em função do maior volume de carros vendidos no 3T13. PÁGINA: 26 de 63

29 6. OUTROS ATIVOS CIRCULANTES E NÃO CIRCULANTES A composição do saldo de outros ativos circulantes e não circulantes é como segue: Individual (BR GAAP) (IFRS e BR GAAP) 30/09/13 31/12/12 30/09/13 31/12/12 Saldos destacados na abertura do ativo circulante: Pagamentos antecipados (*) Impostos recuperáveis Outros ativos circulantes: Valores a receber de seguradora (**) Outras contas a receber subsidiárias (Nota 7 (b)) Outros Total dos outros ativos circulantes Saldos destacados na abertura do ativo não circulante: Outras contas a receber subsidiárias (Nota 7 (b)) Outros ativos não circulantes Total outros ativos circulantes e não circulantes (*) Refere se basicamente a despesas antecipadas com IPVA, que são amortizados no exercício com base na vida útil estimada para cada carro. (**) Gastos incorridos com sinistros, custo dos carros roubados e valores a receber da seguradora pela intermediação da contratação de seguros (Nota às demonstrações financeiras de 31 de dezembro de 2012). 7. INVESTIMENTOS E TRANSAÇÕES COM PARTES RELACIONADAS (a) Informações sobre empresas subsidiárias Os negócios de aluguel de carros, terceirização de frotas, franquias no Brasil e exterior são conduzidas pela Localiza ou por suas subsidiárias. As operações das principais subsidiárias são definidas a seguir: Total Fleet S.A.: sociedade anônima de capital fechado que conduz o negócio de terceirização de frotas. Localiza Franchising Brasil S.A.: sociedade anônima de capital fechado que conduz os negócios de franquia da marca Localiza no Brasil. Localiza Serviços Prime S.A.( Prime ) (anteriormente denominada Prime Prestadora de Serviços S.A.).: sociedade anônima de capital fechado que conduz principalmente a intermediação na venda dos carros desativados, previamente utilizados pela Localiza e Total Fleet. Localiza JF Aluguel de Carros Ltda: sociedade de responsabilidade limitada, ex franqueada da marca Localiza que conduzia os negócios de franquia nas cidades de Juiz de Fora e Rio Novo em Minas Gerais e Três Rios, Resende e Volta Redonda no Rio de Janeiro. Em 6 de agosto de 2013 foi adquirida pela Companhia (vide item b(ii) a seguir), passando a operar o aluguel de carros nestas cidades. As demais subsidiárias da Companhia, Localiza Car Rental S.A., Rental International LLC, Car Assistance PÁGINA: 27 de 63

30 Serviços de Administração de Sinistros S.A., Localiza Franchising International SRL, FR Assistance Serviços de Administração de Sinistros S.A. (anteriormente denominada TF Assistance Serviços de Administração de Sinistros S.A.) e Rental Brasil Administração e Participação S.A. são subsidiárias integrais e sociedades anônimas de capital fechado. Em Assembleia Geral Extraordinária realizada em 26 de julho de 2013, foi aprovada a alteração da razão social da TF Assistance Serviços de Administração de Sinistros S.A. para FR Assistance Serviços de Administração de Sinistros S.A. As participações no capital social, patrimônio líquido e resultado das subsidiárias diretas e indiretas são como segue: Subsidiárias diretas: Participação Número de ações No capital (%) No patrimônio líquido No resultado 30/09/13 31/12/12 30/09/13 31/12/12 30/09/13 31/12/12 9M13 9M12 Total Fleet ,0 100, Franchising Brasil ,0 100, Prime (*) ,0 100,0 (697) Car Rental ,0 100, Rental International (*) ,0 100,0 (71) (67) Car Assistance ,0 100, LFI SRL ,0 95, (8) (2) Rental Brasil ,0 100, Localiza JF , Ágio e mais valia na aquisição de investimentos: Mais valia de ativos imobilizados Ágio Total Subsidiária indireta: FR Assistance ,0 100, Participação indireta: LFI SRL ,0 5,0 4 4 (*) Nos 9M13, a Localiza contabilizou em seu passivo provisão para cobertura de passivo a descoberto referente às subsidiárias Rental Internacional e Localiza Serviços Prime. A movimentação do saldo de investimentos em empresas subsidiária, incluindo o ágio, é como segue: Saldo em 31 de dezembro de Aquisição de investimento em empresa franqueada: (*) Investimento Mais valia de ativos imobilizados Ágio Resultado de equivalência patrimonial Dividendos de subsidiárias (19.376) Provisão de equivalência patrimonial negativa (**) 768 Saldo em 30 de setembro de (*) Referente a investimento, mais valia de ativos imobilizados e ágio na aquisição da empresa franqueada de Juiz de Fora em agosto de (**) Prime e Rental International. PÁGINA: 28 de 63

31 O resumo das informações financeiras dos principais grupos do balanço patrimonial e da demonstração dos resultados das subsidiárias diretas é como segue: (i) Balanços Patrimoniais Franchising Brasil Prime Car Rental Rental Internacional Car Assistance Rental Brasil LFI SRL Localiza Juiz de Fora 30/09/2013 Total Fleet Ativos Circulantes Não circulantes: Realizável a longo prazo Investimento 4 Imobilizado (*) Intangível Total Passivos Circulantes Não circulantes Patrimônio líquido (7.513) (462) Total Franchising Brasil Prime Car Rental Rental Internacional Car Assistance Rental Brasil LFI SRL 31/12/2012 Total Fleet Ativos Circulantes Não circulantes: Realizável a longo prazo Investimento 4 Imobilizado (*) Intangível Total Passivos Circulantes Não circulantes Patrimônio líquido (6.816) (391) Total (*) Refere se a terreno transferido pela Localiza para a Rental Brasil S.A. como aumento de capital. Para fins de divulgação foi apresentado no ativo imobilizado. PÁGINA: 29 de 63

32 (ii) Demonstrações dos Resultados Franchising Rental Car Localiza Total Fleet 9M13 Brasil Prime Car Rental International Assistance LFI SRL Juiz de Fora Demonstração dos resultados Receita líquida Resultado bruto Resultado antes do lr e CS (536) (71) (8) 8 Lucro (prejuízo) líquido (697) (71) (8) 6 Total Fleet Franchising Brasil Prime Car Rental Rental International Car Assistance 9M12 LFI SRL Demonstração dos resultados Receita líquida Resultado bruto (1) Resultado antes do IR e CS (67) (2) Lucro (prejuízo) líquido (67) (2) (iii) Dividendos de Subsidiárias 9M13 Car Assistance Franchising Brasil Car Rental Total Dividendos antecipados de Total Total Fleet Franchising Brasil Car Rental Car Assistance Total Dividendos de Total (b) Saldos e transações com partes relacionadas (i) Saldos e transações com empresas subsidiárias Total Fleet Prime Outros Totais 30/09/13 31/12/12 30/09/13 31/12/12 30/09/13 31/12/12 30/09/13 31/12/12 Saldos: Contas a receber Dividendos Outras contas a receber (circulante e não circulante) (Nota 6) Passivo a descoberto de subsidiárias (Nota 13) Contas a pagar a subsidiárias (Nota 13) Total Fleet Car Rental Outros Totais 9M13 9M12 9M13 9M12 9M13 9M12 9M13 9M12 Transações: Recuperação de custos e despesas Receita de aluguel de carros PÁGINA: 30 de 63

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - CIA CAT. DE ÁGUAS E SANEAMENTO - CASAN Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - CIA CAT. DE ÁGUAS E SANEAMENTO - CASAN Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Fluxo de Caixa 6 Demonstração das Mutações

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2015 - REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S/A Versão : 1. Composição do Capital 1

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2015 - REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S/A Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS-AMBEV Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS-AMBEV Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 4 Balanço Patrimonial Passivo 6 Demonstração do Resultado 9 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 5 Balanço Patrimonial Passivo 9 Demonstração do Resultado 12 Demonstração do Resultado

Leia mais

A T I V O S LOCALIZA RENT A CAR S.A. BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 E DE 2013 (Em milhares de reais R$)

A T I V O S LOCALIZA RENT A CAR S.A. BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 E DE 2013 (Em milhares de reais R$) LOCALIZA RENT A CAR S.A. BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 E DE 2013 (Em milhares de reais R$) Ativos circulantes A T I V O S Nota 31/12/14 31/12/13 31/12/14 31/12/13 Caixa e equivalentes

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2012 - BPMB I Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2012 - BPMB I Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2015 - UNIDAS S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2015 - UNIDAS S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - INEPAR TELECOMUNICAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - INEPAR TELECOMUNICAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - PARTICIPAÇÕES INDUST. DO NORDESTE S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - PARTICIPAÇÕES INDUST. DO NORDESTE S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2015 - SUL AMERICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2015 - SUL AMERICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2012 - VIX LOGÍSTICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2012 - VIX LOGÍSTICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - ALPARGATAS SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - ALPARGATAS SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2013 - SANTOS BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2013 - SANTOS BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

Banrisul Armazéns Gerais S.A.

Banrisul Armazéns Gerais S.A. Balanços patrimoniais 1 de dezembro de 2012 e 2011 Nota Nota explicativa 1/12/12 1/12/11 explicativa 1/12/12 1/12/11 Ativo Passivo Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 4 17.891 18.884 Contas

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2015 - UNICASA INDÚSTRIA DE MÓVEIS S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2015 - UNICASA INDÚSTRIA DE MÓVEIS S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2014 - SUZANO PAPEL E CELULOSE SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2014 - SUZANO PAPEL E CELULOSE SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2014 - CIA CACIQUE CAFE SOLUVEL Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2014 - CIA CACIQUE CAFE SOLUVEL Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 8 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2015 - CONSTRUTORA TENDA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2015 - CONSTRUTORA TENDA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC Versão : 2. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC Versão : 2. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - VIX LOGÍSTICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - VIX LOGÍSTICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2010 - FIBRIA CELULOSE S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2010 - FIBRIA CELULOSE S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração

Leia mais

Raízen Combustíveis S.A.

Raízen Combustíveis S.A. Balanço patrimonial consolidado e condensado (Em milhares de reais, exceto quando indicado de outra forma) Ativo 30.06.2014 31.03.2014 Passivo 30.06.2014 31.03.2014 Circulante Circulante Caixa e equivalentes

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - MULTIPLAN EMP. IMOBILIARIOS S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - MULTIPLAN EMP. IMOBILIARIOS S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Conta Descrição (em R$ mil) 31/03/2011 31/12/2010. 1 Ativo Total 13.623.774 13.422.948. 1.01 Ativo Circulante 1.403.533 1.180.328

Conta Descrição (em R$ mil) 31/03/2011 31/12/2010. 1 Ativo Total 13.623.774 13.422.948. 1.01 Ativo Circulante 1.403.533 1.180.328 Conta Descrição (em R$ mil) /0/0 //00 Ativo Total.6.77..98.0 Ativo Circulante.0.5.80.8.0.0 Caixa e Equivalentes de Caixa 69.7 8.657.0.0.0 Bens Numerários.0 05.0.0.0 Depósitos Bancários.07.57.0.0.0 Aplicações

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2011 - TOTVS S.A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2011 - TOTVS S.A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

6 Balanço Patrimonial - Passivo - Classificações das Contas, 25 Exercícios, 26

6 Balanço Patrimonial - Passivo - Classificações das Contas, 25 Exercícios, 26 Prefácio 1 Exercício Social, 1 Exercícios, 2 2 Disposições Gerais, 3 2.1 Demonstrações financeiras exigidas, 3 2.2 Demonstrações financeiras comparativas, 4 2.3 Contas semelhantes e contas de pequenos,

Leia mais

01279-3 FIBRIA CELULOSE SA 60.643.228/0001-21 6 - DDD 7 - TELEFONE 8 - TELEFONE 9 - TELEFONE 10 - TELEX

01279-3 FIBRIA CELULOSE SA 60.643.228/0001-21 6 - DDD 7 - TELEFONE 8 - TELEFONE 9 - TELEFONE 10 - TELEX DFP - DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS PADRONIZADAS EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Data-Base - 31/12/29 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2014 - USINAS SIDERURGICAS DE MINAS GERAIS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2014 - USINAS SIDERURGICAS DE MINAS GERAIS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - JOSAPAR- JOAQUIM OLIVEIRA S/A PARTICIP Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - JOSAPAR- JOAQUIM OLIVEIRA S/A PARTICIP Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2014 - GERDAU SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2014 - GERDAU SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2010 - SARAIVA SA LIVREIROS EDITORES Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2010 - SARAIVA SA LIVREIROS EDITORES Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Fluxo de Caixa

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 17.488 25.888 Fornecedores e outras obrigações 17.561 5.153 Contas a receber

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - DURATEX S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - DURATEX S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2011 - BRF - BRASIL FOODS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2011 - BRF - BRASIL FOODS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2014 - Ambev S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2014 - Ambev S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2015 - DOMMO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2015 - DOMMO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2012 - KLABIN S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2012 - KLABIN S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2015 - LOJAS RENNER SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2015 - LOJAS RENNER SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - CEMEPE INVESTIMENTOS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - CEMEPE INVESTIMENTOS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 54 RELATÓRIO ANUAL GERDAU 2011 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RESUMIDAS Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 GERDAU S.A. e empresas controladas BALANÇOS PATRIMONIAIS CONSOLIDADOS

Leia mais

Graficamente, o Balanço Patrimonial se apresenta assim: ATIVO. - Realizável a Longo prazo - Investimento - Imobilizado - Intangível

Graficamente, o Balanço Patrimonial se apresenta assim: ATIVO. - Realizável a Longo prazo - Investimento - Imobilizado - Intangível CONTABILIDADE GERAL E GERENCIAL AULA 03: ESTRUTURA DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS TÓPICO 02: BALANÇO PATRIMONIAL. É a apresentação padronizada dos saldos de todas as contas patrimoniais, ou seja, as que representam

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - Libra Terminal Rio S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - Libra Terminal Rio S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - CEMIG TELECOMUNICAÇÕES S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - CEMIG TELECOMUNICAÇÕES S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2011 - CEMEPE INVESTIMENTOS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2011 - CEMEPE INVESTIMENTOS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Fluxo de Caixa 5 Demonstração das Mutações

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - JOSAPAR- JOAQUIM OLIVEIRA S/A PARTICIP Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - JOSAPAR- JOAQUIM OLIVEIRA S/A PARTICIP Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2013 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2013 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Indústrias Romi S.A. Informações Trimestrais - ITR em 30 de setembro de 2014 e relatório sobre a revisão de informações trimestrais

Indústrias Romi S.A. Informações Trimestrais - ITR em 30 de setembro de 2014 e relatório sobre a revisão de informações trimestrais Indústrias Romi S.A. Informações Trimestrais - ITR em 30 de setembro de 2014 e relatório sobre a revisão de informações trimestrais Relatório sobre a revisão de informações trimestrais Aos Administradores

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - MARCOPOLO SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - MARCOPOLO SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Dados da Empresa / Composição do Capital

Dados da Empresa / Composição do Capital Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - GENERAL SHOPPING BRASIL SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - GENERAL SHOPPING BRASIL SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Fluxo de Caixa 5 Demonstração das Mutações

Leia mais

Contabilidade Avançada Fluxos de Caixa DFC

Contabilidade Avançada Fluxos de Caixa DFC Contabilidade Avançada Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Prof. Dr. Adriano Rodrigues Normas Contábeis: No IASB: IAS 7 Cash Flow Statements No CPC: CPC 03 (R2) Demonstração dos Fluxos de Caixa Fundamentação

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis 12.1. Introdução O artigo 176 da Lei nº 6.404/1976 estabelece que, ao fim de cada exercício social, a diretoria da empresa deve elaborar, com base na escrituração mercantil, as

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2011 - BRASIL BROKERS PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2011 - BRASIL BROKERS PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2010 - HOTEIS OTHON SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2010 - HOTEIS OTHON SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - TECNISA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - TECNISA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01896-1 MEHIR HOLDINGS S.A. 04.310.392/0001-46 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01896-1 MEHIR HOLDINGS S.A. 04.310.392/0001-46 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/25 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01999-2 TOTVS S/A 53.113.791/0001-22 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01999-2 TOTVS S/A 53.113.791/0001-22 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/6/21 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Reapresentação Espontânea O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES

Leia mais

Eneva S.A. - Em recuperação judicial Informações Trimestrais - ITR em 30 de setembro de 2015 e relatório sobre a revisão de informações trimestrais

Eneva S.A. - Em recuperação judicial Informações Trimestrais - ITR em 30 de setembro de 2015 e relatório sobre a revisão de informações trimestrais Eneva S.A. - Em recuperação judicial Informações Trimestrais - ITR em 30 de setembro de 2015 e relatório sobre a revisão de informações trimestrais Relatório sobre a revisão de informações trimestrais

Leia mais

Relatório da Administração Dommo 2014

Relatório da Administração Dommo 2014 Relatório da Administração Dommo 2014 A Administração da Dommo Empreendimentos Imobiliários S.A. apresenta o Relatório da Administração e as correspondentes Demonstrações Financeiras referentes aos exercícios

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2014 - NSG FINPAR S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2014 - NSG FINPAR S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01765-5 TELE NORTE LESTE PARTICIPAÇÕES S/A 02.558.134/0001-58 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01765-5 TELE NORTE LESTE PARTICIPAÇÕES S/A 02.558.134/0001-58 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DFP - DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS PADRONIZADAS EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Reapresentação Espontânea Data-Base - 31/12/29 Divulgação

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2015 - BRF S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2015 - BRF S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - NSG FINPAR S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - NSG FINPAR S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01176-2 VULCABRAS SA 50.926.955/0001-42 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01176-2 VULCABRAS SA 50.926.955/0001-42 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/1999 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente 8 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS Versão : 2. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS Versão : 2. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

11 CIRCULANTE 111 DISPONÍVEL 1111 CAIXA 11111 CAIXA 1112 VALORES EM TRÂNSITO 11121 VALORES EM TRÂNSITO 11122 CHEQUES EMITIDOS

11 CIRCULANTE 111 DISPONÍVEL 1111 CAIXA 11111 CAIXA 1112 VALORES EM TRÂNSITO 11121 VALORES EM TRÂNSITO 11122 CHEQUES EMITIDOS 1 ATIVO 1 11 CIRCULANTE 111 DISPONÍVEL 1111 CAIXA 11111 CAIXA 1112 VALORES EM TRÂNSITO 11121 VALORES EM TRÂNSITO 11122 CHEQUES EMITIDOS 1113 BANCOS CONTA DEPÓSITOS 11131 BANCOS CONTA DEPÓSITOS - MOVIMENTO

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2011 - ESTACIO PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2011 - ESTACIO PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - TOTVS S.A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - TOTVS S.A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

1.1.2.07.001 Empréstimos a empregados 1.1.2.07.002 Empréstimos a terceiros 1.1.2.08 Tributos a Compensar 1.1.2.08.001 IR Retido na Fonte a Compensar

1.1.2.07.001 Empréstimos a empregados 1.1.2.07.002 Empréstimos a terceiros 1.1.2.08 Tributos a Compensar 1.1.2.08.001 IR Retido na Fonte a Compensar A seguir um modelo de Plano de Contas que poderá ser utilizado por empresas comerciais, industriais e prestadoras de serviços, com as devidas adaptações: 1 Ativo 1.1 Ativo Circulante 1.1.1 Disponível 1.1.1.01

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 00121-0 BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S/A 92.702.067/0001-96 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 00121-0 BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S/A 92.702.067/0001-96 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF DFP - DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS PADRONIZADAS INSTITUIÇÃO FINANCEIRA Data-Base - 31/12/29 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2010 - COMPANHIA DE CONCESSÕES RODOVIÁRIAS Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2010 - COMPANHIA DE CONCESSÕES RODOVIÁRIAS Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2015 - ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2015 - ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Divulgação de Resultados do 4T13 e 2013

Divulgação de Resultados do 4T13 e 2013 R$ milhões R$ milhões R$ milhões R$ milhões Divulgação de Resultados do 4T13 e 2013 As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto quando indicado o contrário e, a partir de 2011,

Leia mais

Empreendimentos Florestais Santa Cruz Ltda. Demonstrações financeiras em 30 de setembro de 2009 e relatório dos auditores independentes

Empreendimentos Florestais Santa Cruz Ltda. Demonstrações financeiras em 30 de setembro de 2009 e relatório dos auditores independentes Empreendimentos Florestais Santa Cruz Ltda. Demonstrações financeiras em 30 de setembro de 2009 e relatório dos auditores independentes Relatório dos auditores independentes Aos Administradores e Quotistas

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - Encalso Participações em Concessões S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - Encalso Participações em Concessões S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS.

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. I. BALANÇO ATIVO 111 Clientes: duplicatas a receber provenientes das vendas a prazo da empresa no curso de suas operações

Leia mais

NOVAS REGRAS CONTÁBEIS PARA 2010 CONTINUAÇÃO DE PADRONIZAÇÃO INTERNACIONAL CONTÁBIL

NOVAS REGRAS CONTÁBEIS PARA 2010 CONTINUAÇÃO DE PADRONIZAÇÃO INTERNACIONAL CONTÁBIL NOVAS REGRAS CONTÁBEIS PARA 2010 CONTINUAÇÃO DE PADRONIZAÇÃO INTERNACIONAL CONTÁBIL Ana Beatriz Nunes Barbosa Em 31.07.2009, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aprovou mais cinco normas contábeis

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - REFINARIA PET MANGUINHOS SA Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - REFINARIA PET MANGUINHOS SA Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - TRACTEBEL ENERGIA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - TRACTEBEL ENERGIA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP. PROF. Ms. EDUARDO RAMOS. Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO

CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP. PROF. Ms. EDUARDO RAMOS. Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP PROF. Ms. EDUARDO RAMOS Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. PRINCÍPIOS CONTÁBEIS E ESTRUTURA CONCEITUAL 3. O CICLO CONTÁBIL

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01901-1 EMPR. CONCESS. DE RODOVIAS DO NORTE S.A. 02.222.736/0001-30 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01901-1 EMPR. CONCESS. DE RODOVIAS DO NORTE S.A. 02.222.736/0001-30 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/25 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2013 e 2012

Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2013 e 2012 Ourinvest Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2013 e 2012 KPDS 82388 Ourinvest Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. Demonstrações

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2013 - MINUPAR PARTICIPACOES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2013 - MINUPAR PARTICIPACOES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2011 - BRADESPAR S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2011 - BRADESPAR S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2014 - CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2014 - CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - RENOVA ENERGIA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - RENOVA ENERGIA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

Participações Industriais do Nordeste S.A. e Empresas Controladas

Participações Industriais do Nordeste S.A. e Empresas Controladas Participações Industriais do Nordeste S.A. e Empresas Controladas Demonstrações financeiras de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com o IFRS, em 31 de dezembro de 2013 e Relatório dos

Leia mais

FAPAN Faculdade de Agronegócio de Paraíso do Norte

FAPAN Faculdade de Agronegócio de Paraíso do Norte DLPA DEMONSTRAÇÃO DE LUCROS OU PREJUÍZOS ACUMULADOS A DLPA expõe as variações ocorridas, durante o exercício, na conta Lucros ou Prejuízos Acumulados. Ela pode ser incluída na DMPL Demonstração das Mutações

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2012 - COMPANHIA ENERGÉTICA DE BRASÍLIA - CEB Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2012 - COMPANHIA ENERGÉTICA DE BRASÍLIA - CEB Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

ANEXO - CAPÍTULO III - Modelo de Publicação BALANÇO PATRIMONIAL - ATIVO

ANEXO - CAPÍTULO III - Modelo de Publicação BALANÇO PATRIMONIAL - ATIVO BALANÇO PATRIMONIAL - ATIVO 200Y 200X ATIVO Contas ATIVO CIRCULANTE 12 Disponível 121 Realizável 122+123+124+125+126+127+128+129 Aplicações Financeiras 122 Aplicações Vinculadas a Provisões Técnicas 1221

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - WEG SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - WEG SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - WEG SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - WEG SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Prática - desenvolvimento de sistemas Av. Assis Brasil 1800/302 - Porto Alegre - RS - CEP:91010-001. Empresa: Plano referencial 4 - Seguradoras

Prática - desenvolvimento de sistemas Av. Assis Brasil 1800/302 - Porto Alegre - RS - CEP:91010-001. Empresa: Plano referencial 4 - Seguradoras 1 ATIVO 1.01 CIRCULANTE 1.01.01 DISPONÍVEL 1.01.01.01 Caixa 1.01.01.02 Valores em Trânsito 1.01.01.03 Bancos Conta Depósitos 1.01.01.04 Aplicações no Mercado Aberto 1.01.02 APLICAÇÕES 1.01.02.01 Títulos

Leia mais

Informações Trimestrais Unidas S.A. e Empresas Controladas. 31 de março de 2014 e 2013

Informações Trimestrais Unidas S.A. e Empresas Controladas. 31 de março de 2014 e 2013 Informações Trimestrais Unidas S.A. e Empresas Controladas 31 de março de 2014 e 2013 Unidas S.A. e Empresas Controladas InformaçõesTrimestrais 31 de março de 2014 e 2013 Índice Comentário de desempenho

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA CAPÍTULO 33 Este Capítulo é parte integrante do Livro Contabilidade Básica - Finalmente Você Vai Entender a Contabilidade. 33.1 CONCEITOS A demonstração dos fluxos de caixa evidencia as modificações ocorridas

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 30

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais