MICROORGANISMOS. Prof.: Alessandra Miranda

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MICROORGANISMOS. Prof.: Alessandra Miranda"

Transcrição

1 MICROORGANISMOS Prof.: Alessandra Miranda

2 Microbiologia mikros = pequenos bios = vida logotipos = ciência Microorganismos: Bactérias Fungos (leveduras e fungos filamentosos [bolores]) Protozoários Vírus Algas microscópicas

3 Microorganismo Bactérias Importância - Produtores de antibióticos e antifúngicos - Fixadoras de nitrogênio - Controle biológico - Produtores de alimentos: iogurte - Produtores de ácidos e vitaminas - Sintetizadores de hormônios por engenharia genética Algas Microscópicas Vírus Fungos -Fotossintetizantes -Base da cadeia alimentar - Controle biológico - Engenharia genética (vetores de terapia genética) - Produtores de alimentos: queijos, cerveja, pão, vinho, rum, uísque. - Produtores de antibióticos e antifúngicos - Maiores decompositores do planeta - Controle biológico

4 Microorgamismos nos alimentos: Mocinhos ou Vilões? Deteriorantes ou Saprófitas Estragam os alimentos Patogênicos Causam doenças Benéficos Transformam os alimentos

5 BACTÉRIAS Bactérias são procariontes Procariontes: organismos unicelulares e microscópicos que não possuem núcleo organizado Só podem ser vistas com microscópio Sem microscópio é possível ver as colônias A maior bactéria conhecida foi descoberta em 1999 e se chama Pérola de Enxofre de Namibia (Thiomargarita Namibiensis). Ela pode ser vista com olho nu devido a um diâmetro até 0,75mm.

6 Existência Bactérias existem há mais do que 3,5 bilhões anos. Graça às estruturas simples, bactérias podem sobreviver em todos ambientes da terra. Podem ser encontrados por exemplo no ar, no solo, na água, vulcão, no mar profundo, nas fontes quentes, no gelo, no sal, na pele dos homens, etc. Em condições desfavoráveis algumas bactérias formam esporos, que podem sobreviver milhões de anos.

7 Estrutura Celular Parede celular - Envoltório extracelular rígido responsável pela forma da bactéria constituída por um complexo protéico - glicídico (proteína + carboidrato) com a função de proteger a célula contra agressões físicas do ambiente. Não possui celulose como as das células vegetais. Cápsula - Camada de consistência mucosa ou viscosa formada por polissacarídeos que reveste a parede celular em algumas bactérias. É encontrada principalmente nas bactérias patogênicas, protegendo-as contra a fagocitose. Membrana plasmática - Mesma estrutura e função das células eucariontes. Citoplasma - Formado pelo hialoplasma e pelos ribossomos. Ausência de organelas membranosas. Mesosomo invaginação da membrana plasmática, importante durante a duplicação e divisão bacteriana. Nucleóide - Região onde se concentra o cromossomo bacteriano, constituído por uma molécula circular de DNA. É o equivalente bacteriano dos núcleos de células eucariontes. Não possui carioteca ou envoltório nuclear. Além do DNA presente no nucleóide, a célula bacteriana pode ainda conter moléculas adicionais de DNA, chamadas plasmídios ou epissomas. Plasmódios também possuem material genético Flagelos - Apêndices filiformes usados na locomoção. Fímbrias - Apêndices filamentares, de natureza protéica, mais finos e curtos que os flagelos. Nas bactérias que sofrem conjugação, as fímbrias funcionam como pontes citoplasmáticas permitindo a passagem do material genético.

8 Modelo esquemático de uma bactéria

9 Esporos O esporo é uma camada que protege a bactéria e é responsável pela resistência e ao ataque dos agentes fisicos e químicos da esterilização e desinfecção Na fase esporulada, as bactérias não realizam atividade biossintética e reduzem sua atividade respiratória. Nesta fase também não ocorre a multiplicação e crescimento bacteriano. Altamente resistentes (calor, desidratação, radiação e substâncias químicas) Destruídos com exposição prolongada a radiação ou/e autoclavação (121 C) por 3 a 30 min.

10 Classificação das Bactérias Formas: Esféricas Forma de bastão Forma espiral Forma de virgula Cocos Bacilos Espiroquetas ou Espirilos Vibrião Cocos e Bacilos podem unir-se => colônias cadeias grupos pares ( estrepto- ) ( estafilo- ) ( diplo- ) Por exemplo cocos em cadeias são chamados estreptococos

11 Classificação das bactérias Coloração de Gram Assim designada em memória de Christian Gram, que desenvolveu o procedimento em 1884, a coloração de Gram classifica as bactérias em Gram-positivas ou Gramnegativas e continua a ser um dos métodos mais úteis para classificar as bactérias. Neste procedimento, as bactérias são submetidas primeiro à ação de um corante violeta, seguido de fixação com iodo e depois um agente de descoloração, como o metanol. Seguidamente, são novamente coradas com safranina. As bactérias Gram-positivas fixam o primeiro corante, devido à maior espessura da parede celular, e ficam coradas de azul ou violeta, enquanto que as bactérias Gramnegativas, após a descoloração pelo metanol, são coradas pela safranina e ficam vermelhas. Esta distinção de manchas é um reflexo das suas diferenças no que diz respeito à composição básica das suas paredes celulares. Cristal violeta Iodo Álcool Safranina Microscópio

12 São exemplos de bactérias Gram-positivas várias espécies de: - Estreptococos; - Estafilococos; - Enterococos. São exemplos de bactérias Gram-negativas: - Vibrão Colérico; - Colibacilo; - Salmonelas.

13 Classificação das bactérias Respiração e Nutrição Aeróbicas podem crescer apenas na presença de oxigénio Anaeróbicas podem crescer apenas na ausência de oxigénio Facultativas podem crescer tanto na presença como na ausência de oxigénio Heterótrofos - Saprófitos decompõem material orgânico de animais e plantas mortas - Parasitas envenenam o organismo do hospede com os seus produtos de metabolismo - Simbióticos vivem por exemplo no intestino dos animais que comem plantas e quebram celulose Autótrofos - Fotossintetizantes obtêm a energia na forma de luz, para a fotossíntese - Quimiossintetizantes obtêm energia pela oxidação de compostos químicos

14 Classificação das bactérias PSICRÓFILOS: Crescimento: -5 a 5 C Temp. ótima: 15 a 18 C Temp. máxima: 19 a 22 C MESÓFILOS: Crescimento: 10 a 15 C Temp. ótima: 25 a 40 C Temp. máxima: 35 a 47 C TERMÓFILOS: Crescimento: 25 C Temp. ótima: 50 a 75 C Temp. máxima: 80 a 105 C TERMO-RESISTENTES: Crescimento: acima 37 C Temp. ótima: 80 C Temp. máxima: 113 C Temperatura

15 Reprodução Assexuada - Bipartição ou cissiparidade Nesse processo a célula bacteriana duplica seu cromossomo e se divide ao meio, originando duas novas bactérias idênticas à original. O tempo de multiplicação é variável entre 6 e 20 minutos. Sexuada ou Transmissão genética - Conjugação - Consiste na passagem (ou troca) de material genético entre duas bactérias através de uma ponte citoplasmática formada pelas fímbrias.

16 Toxinas Não tem aroma Não tem sabor Não tem cor Não se destroem com o calor Não se destroem com o frio Resistem a falta de água

17 Características FUNGOS E LEVEDURAS Unicelular ou Pluricelular. Eucariontes. Habitat: lugares úmidos. Como parasitas,causam doenças vegetais,humanas e animais. São sapróficos. Reprodução assexuada por esporos, brotamento ou gemulação.

18 Tipos de Fungos: Fungos para fins medicinais. Fungos alucinógenos. Fungos tóxicos e venenosos. Fungos comestíveis.

19 Principais classificações dos fungos: Zigomicetos (mofo de pão, alimentos) Ascomicetos (fabricação de bebidas) Deuteromicetos (pé-de-atleta e candidíase) Basidiomicetos (cogumelos e orelhas de pau)

20 PROTOZOÁRIOS São eucariontes São heterótrofos Vivem em ambientes úmidos ou aquáticos Doenças mais comuns: toxoplasmose, doença do sono, malária, doença de chagas, amebíase. Geralmente as doenças atacam o sangue e o tubo digestório.

21 VÍRUS: Vírus (toxina, veneno) Capazes de se auto-replicar Parasitas intracelulares obrigatórios Podem viver até 40 dias sem nenhum hospedeiro. Principais doenças alimentares: hepatite A e rotavírus

OS SERES PROCARIÓTICOS: BACTÉRIAS E ARQUEAS.

OS SERES PROCARIÓTICOS: BACTÉRIAS E ARQUEAS. OS SERES PROCARIÓTICOS: BACTÉRIAS E ARQUEAS CARACTERISTICAS GERAIS - Unicelulares; - Célula procarionte; - Variam de 0,2 a 1,5 μm; - Só podem ser vistas com microscópio Leeuwenhoek (final do sec. XVI).

Leia mais

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 3 Bactérias

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 3 Bactérias Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia Aula 3 Bactérias CARACTERÍSTICAS: Bactérias existem há mais do que 3,5 bilhões anos; Pertencem ao Reino Monera; São unicelulares e procarióticas.

Leia mais

REINO MONERA. Capítulo 8 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti

REINO MONERA. Capítulo 8 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti REINO MONERA Capítulo 8 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti CARACTERÍSTICAS GERAIS Formado por arqueas, bactérias e cianobactérias. São seres muito simples - unicelulares e procariontes.

Leia mais

REVISÃO 1 VÍRUS BACTÉRIAS FUNGOS. Tia Ka

REVISÃO 1 VÍRUS BACTÉRIAS FUNGOS. Tia Ka REVISÃO 1 VÍRUS BACTÉRIAS FUNGOS Tia Ka Vírus, um grupo a parte. VÍRUS:organismos sem reino. Do latim, veneno ; A existência do vírus foi reconhecida pela primeira vez há 100 anos; Demonstração da doença

Leia mais

BACTÉRIAS EXISTÊNCIA ESTRUTURA CLASSIFICAÇÃO REPRODUÇÃO BENEFÍCIOS E PATOGENIDADE

BACTÉRIAS EXISTÊNCIA ESTRUTURA CLASSIFICAÇÃO REPRODUÇÃO BENEFÍCIOS E PATOGENIDADE BACTÉRIAS EXISTÊNCIA ESTRUTURA CLASSIFICAÇÃO REPRODUÇÃO BENEFÍCIOS E PATOGENIDADE CARACTERISTICAS Bactérias são procariontes Procariontes: organismos unicelulares e microscópicos que não possuem núcleo

Leia mais

Bactérias Vírus Fungos Protozoários O QUE SÃO

Bactérias Vírus Fungos Protozoários O QUE SÃO Bactérias Vírus Fungos Protozoários RESUMO DOS PRINCIPAIS MICRORGANISMOS, O QUE SÃO MEIOS DE PROLIFERAÇÃO... Diferença entre as células Bactérias São seres muito simples, unicelulares e com célula procariótica

Leia mais

Microbiologia de Alimentos

Microbiologia de Alimentos Microbiologia de Alimentos 1) Introdução à Microbiologia de Alimentos A Microbiologia de Alimentos é um ramo da biologia que estuda os microrganismos e suas atividades, envolvendo a análise das características

Leia mais

REINO MONERA (Procariontes)

REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) São as células mais simples, chamadas PROCARIONTES. São desprovidas de carioteca e da maioria das organelas (possuem apenas ribossomo). CAPSULA CITOPLASMA

Leia mais

REINO MONERA (Procariontes)

REINO MONERA (Procariontes) Reino Monera REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) São as células mais simples, chamadas PROCARIONTES. São desprovidas de carioteca e da maioria das organelas (possuem apenas ribossomo).

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia. Célula Procariótica. Prof. Macks Wendhell Gonçalves, Msc.

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia. Célula Procariótica. Prof. Macks Wendhell Gonçalves, Msc. Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Célula Procariótica Prof. Macks Wendhell Gonçalves, Msc mackswendhell@gmail.com Roteiro Células procarióticas não possuem envoltório nuclear

Leia mais

Características Gerais. Representantes: Bactérias e cianobactérias (algas azuis).

Características Gerais. Representantes: Bactérias e cianobactérias (algas azuis). REINO MONERA Características Gerais Representantes: Bactérias e cianobactérias (algas azuis). Procariontes: ausência de carioteca e organelas membranosas no citoplasma. Unicelulares - Isolados ou coloniais.

Leia mais

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 3.1 Bactérias

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 3.1 Bactérias Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia Aula 3.1 Bactérias CLASSIFICAÇÃO: Bactérias Quanto a respiração: Aeróbicas: crescem apenas na presença de O 2. Anaeróbicas: crescem em ausência

Leia mais

Reino Monera Reino Monera Características da célula Fonte de energia Reino Monera Reino Monera Fonte de matéria orgânica Reprodução

Reino Monera Reino Monera Características da célula Fonte de energia Reino Monera Reino Monera Fonte de matéria orgânica Reprodução Características da célula Procariontes Unicelulares Fonte de energia Anaeróbicos não utilizam O2 como fonte de energia Aeróbicos utilizam O2 como fonte de energia 1 2 Fonte de matéria orgânica Autótrofos

Leia mais

PROCARIONTES PROF. FERNANDO BELAN BIOLOGIA MAIS

PROCARIONTES PROF. FERNANDO BELAN BIOLOGIA MAIS PROCARIONTES PROF. FERNANDO BELAN BIOLOGIA MAIS Seres unicelulares, sem núcleo organizado. Bactérias e cianobactérias. São agrupadas na reino monera. Os procariontes podem ser de vida livre, simbióticos,

Leia mais

CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 11 Pequenos reinos 7º anos 3º período

CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 11 Pequenos reinos 7º anos 3º período CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 11 Pequenos reinos 7º anos 3º período - 2012 01. Um organismo unicelular, sem núcleo diferenciado, causador de infecção em ratos provavelmente será:

Leia mais

UNIDADE 2 Vírus, bactérias, protistas e fungos

UNIDADE 2 Vírus, bactérias, protistas e fungos UNIDADE 2 Vírus, bactérias, protistas e fungos A descoberta do Vírus pág. 45 Em 1892, o cientista russo Dimitri Ivanovski descobriu que existia algo menor do que uma bactéria atacando as folhas do tabaco.

Leia mais

CONTEÚDOS A SEREM AVALIADOS NAS PROVAS ESCRITAS

CONTEÚDOS A SEREM AVALIADOS NAS PROVAS ESCRITAS COLÉGIO PEDRO II CSCII CONTEÚDOS A SEREM AVALIADOS NAS PROVAS ESCRITAS - 2017 DISCIPLINA: CIÊNCIAS CERTIFICAÇÃO: 1ª X 2ª 3ª COORDENADOR: MÔNICA FIUZA ANO: X 6º 7º 8º 9º Solos: formação / composição / tipos

Leia mais

Engenharia Agronômica. Biologia Celular 1º Período

Engenharia Agronômica. Biologia Celular 1º Período Engenharia Agronômica Biologia Celular 1º Período Apresentação Introdução: Estrutura, funções e evoluções das células Cap. 01 (Junqueira e Carneiro) e Biologia das células (Amabis e Martho, UFRJ) videos\a

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Lista de exercícios de Ciências - 1º Bimestre Nome: Ano: 7º A / B Prof. Paula Jacinto N.: / /17 Volume 1: Conhecendo a Biosfera Vírus e bactérias Protistas 1) Explique

Leia mais

MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA

MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA MEIO AMBIENTE E MICRORGANISMOS Professor Esp. André Luís Souza Stella ENFERMAGEM 1º E 2º semestre profandreluis@anhanguera.com SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Sistemas

Leia mais

BIOLOGIA MÓDULO 7 REINO MONERA 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS 2. CLASSIFICAÇÃO

BIOLOGIA MÓDULO 7 REINO MONERA 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS 2. CLASSIFICAÇÃO REINO MONERA 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS Os primeiros organismos vivos que estudaremos são agrupados no reino Monera. Estes procariontes, sem núcleo definido ou qualquer estrutura membranosa interna, podem

Leia mais

Introdução. As bactérias são os menores organismos que contém todo o mecanismo necessário ao crescimento e autorenovação

Introdução. As bactérias são os menores organismos que contém todo o mecanismo necessário ao crescimento e autorenovação BACTERIOLOGIA Introdução As bactérias são os menores organismos que contém todo o mecanismo necessário ao crescimento e autorenovação às custas de alimentos; São chamadas de procarióticas porque não possuem

Leia mais

Aulas Multimídias Santa Cecília

Aulas Multimídias Santa Cecília Aulas Multimídias Santa Cecília Prof. Marcôncio Reino Fungi (Fungos) Características: São heterótrofos. Podem ser unicelulares e pluricelulares. São eucariontes. Condições para um fungo germinar: Pouca

Leia mais

O MUNDO MICROSCÓPICO VÍRUS, BACTÉRIAS E PROTOZOÁRIOS. Professora: Edilene, Janaina e Ana Laura

O MUNDO MICROSCÓPICO VÍRUS, BACTÉRIAS E PROTOZOÁRIOS. Professora: Edilene, Janaina e Ana Laura O MUNDO MICROSCÓPICO VÍRUS, BACTÉRIAS E PROTOZOÁRIOS Professora: Edilene, Janaina e Ana Laura VÍRUS Vírusvem do latim = veneno São pequenos - ultramicroscópicos Um pouco de história Louis Pasteur (1822-1895)

Leia mais

PROCARIONTES PROF. FERNANDO BELAN BIOLOGIA MAIS

PROCARIONTES PROF. FERNANDO BELAN BIOLOGIA MAIS PROCARIONTES PROF. FERNANDO BELAN BIOLOGIA MAIS Seres unicelulares, sem núcleo organizado. Bactérias e cianobactérias. São agrupadas na reino monera. Os procariontes podem ser de vida livre, simbiótcos,

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 1º Disciplina: Ciências da Natureza/ Biologia

Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 1º Disciplina: Ciências da Natureza/ Biologia Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 1º Disciplina: Ciências da Natureza/ Biologia Data da prova: 1) (Fuvest-SP) O organismo A é um parasita intracelular constituído por uma cápsula

Leia mais

Bacteriologia 29/03/2016. Estrutura geral das bactérias. Estrutura bacteriana. Bactérias

Bacteriologia 29/03/2016. Estrutura geral das bactérias. Estrutura bacteriana. Bactérias Bactérias Profª Fernanda Silva Pereira Bacteriologia A palavra bactéria vem do Grego, onde bakteria significa bastão. São seres procariontes, pertencentes ao Reino Monera, unicelulares, visíveis somente

Leia mais

Morfologia e Estrutura Bacteriana

Morfologia e Estrutura Bacteriana Morfologia e Estrutura Bacteriana Bactérias São seres vivos microscópicos que ocupam os mais diversos ambientes e ainda, podem apresentar formas distintas, que podem varias entre: Esféricas Cilíndricas

Leia mais

Apesar da diversidade, muitas semelhanças! CAPÍTULO II SISTEMA DE ENSINO POLIEDRO PROFESSORA VANESSA GRANOVSKI

Apesar da diversidade, muitas semelhanças! CAPÍTULO II SISTEMA DE ENSINO POLIEDRO PROFESSORA VANESSA GRANOVSKI Apesar da diversidade, muitas semelhanças! CAPÍTULO II SISTEMA DE ENSINO POLIEDRO PROFESSORA VANESSA GRANOVSKI Características gerais dos seres vivos... Os seres vivos reagem a estímulos. Características

Leia mais

MICOLOGIA - Estudo sobre Fungos

MICOLOGIA - Estudo sobre Fungos MICOLOGIA - Estudo sobre Fungos Champignon Amanita (alucinógeno) Orelha de pau os fungos Amanita (alucinógeno) Queijo gorgonzola Tuber (trufas) Levedura Aspergilus INTRODUÇÃO FUNGOS: Filamentosos + Leveduras

Leia mais

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Muitos pensam que apenas provocamos doenças, o que não é verdade! Somos organismos unicelulares e procariontes! Podemos ser encontrados em uma

Leia mais

Prof. Msc. Cleysyvan Macedo

Prof. Msc. Cleysyvan Macedo Prof. Msc. Cleysyvan Macedo PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DOS VÍRUS: Não possui estruturas celulares (membrana plasmática, citoplasma, etc.). São formado basicamente por uma cápsula protéica denominada capsômero

Leia mais

Colégio XIX de Março Educação do jeito que deve ser

Colégio XIX de Março Educação do jeito que deve ser Colégio XIX de Março Educação do jeito que deve ser 2017 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 7 Turma: Data: 08/05/2017 Nota: Professor(a): Sirlene Valor da Prova: 40 pontos Orientações

Leia mais

Microscopia, técnicas de coloração, manuseio de culturas, semeadura, morfologia e fisiologias de bactérias e fungos, esterilização e desinfecção,

Microscopia, técnicas de coloração, manuseio de culturas, semeadura, morfologia e fisiologias de bactérias e fungos, esterilização e desinfecção, Microscopia, técnicas de coloração, manuseio de culturas, semeadura, morfologia e fisiologias de bactérias e fungos, esterilização e desinfecção, isolamento e identificação de bactérias. REFERÊNCIAS BÁSICAS

Leia mais

Prof. Marcelo Langer. Curso de Biologia. Aula 47 Citologia

Prof. Marcelo Langer. Curso de Biologia. Aula 47 Citologia Prof. Marcelo Langer Curso de Biologia Aula 47 Citologia PROCARIONTES Todos são classificados dentro do Reino Monera ser vivo com núcleo primitivo e unicelulares. Não formam tecidos e nem órgãos. Formados

Leia mais

Trilha dos Reinos Microscópicos. Prof.ª Adriana Gomes de Almeida

Trilha dos Reinos Microscópicos. Prof.ª Adriana Gomes de Almeida Trilha dos Reinos Microscópicos Prof.ª Adriana Gomes de Almeida Para lembrar! REINO MONERA O reino monera é formado por bactérias, cianobactérias e arqueobactérias (também chamadas arqueas). Todos são

Leia mais

REINO FUNGI. Amanita muscarina

REINO FUNGI. Amanita muscarina REINO FUNGI Amanita muscarina I. Características gerais: Ex.: cogumelos, mofos, bolores, leveduras.... Heterótrofos (aclorofilados).. Não apresentam tecidos verdadeiros pletênquima.. Produção de esporos

Leia mais

As bactérias são organismos unicelulares procarióticos e não apresentam núcleo ou organelas membranosas;

As bactérias são organismos unicelulares procarióticos e não apresentam núcleo ou organelas membranosas; REINO MONERA CAP. 6: ORGANIZAÇÃO INTERNA DA CÉLULA BATERIANA As bactérias são organismos unicelulares procarióticos e não apresentam núcleo ou organelas membranosas; As bactérias podem apresentar: + Nutrição:

Leia mais

CITOLOGIA. A área da Biologia que estuda a célula, no que diz respeito à sua estrutura e funcionamento. Kytos (célula) + Logos (estudo)

CITOLOGIA. A área da Biologia que estuda a célula, no que diz respeito à sua estrutura e funcionamento. Kytos (célula) + Logos (estudo) Professora Priscila F Binatto Biologia - Maio/2015 CITOLOGIA A área da Biologia que estuda a célula, no que diz respeito à sua estrutura e funcionamento. Kytos (célula) + Logos (estudo) As células são

Leia mais

Características gerais:

Características gerais: Os Vírus Características gerais: São organismos acelulares; São parasitas intracelulares obrigatórios; Não possuem metabolismo próprio, portanto não fazem síntese protéica nem respiração celular; Seu material

Leia mais

Curso de Nivelamento Biologia

Curso de Nivelamento Biologia CENTRO UNVERSITÁRIO CESUMAR Curso de Nivelamento Biologia Procariontes e Eucariontes Aula 1 Profª. Priscila Brustin Definição: CÉLULA A célula é a menor unidade dos seres vivos com formas e funções definidas.

Leia mais

Classificação dos seres vivos

Classificação dos seres vivos Classificação dos seres vivos Estudos filogenéticos separam os seres vivos em três grandes grupos ou domínios. Células Eucariontes e Procariontes Profª bióloga: Fernanda Pereira O que são células? As células

Leia mais

Os Reinos. Reino Monera

Os Reinos. Reino Monera A biodiversidade do planeta Terra é muito grande. Os cientistas estimam que haja de 5 a 30 milhões de espécies diferentes, mas apenas cerca de 1,5 milhão foram descritas, estudadas e classificadas. A classificação

Leia mais

Ribossomos: Grânulos encontrados geralmente no retículo endoplasmático rugoso. Têm a função de produzir proteínas.

Ribossomos: Grânulos encontrados geralmente no retículo endoplasmático rugoso. Têm a função de produzir proteínas. A CÉLULA A célula é a menor parte funcional dos seres vivos multicelulares e ainda pode ser um ser vivo como um todo, por exemplo, uma bactéria, que é uma única célula (ser vivo unicelular). As células

Leia mais

A palavra célula foi usada pela primeira vez em 1667 pelo inglês Robert Hooke.

A palavra célula foi usada pela primeira vez em 1667 pelo inglês Robert Hooke. CITOLOGIA A CÉLULA é a menor unidade estrutural básica do ser vivo. A palavra célula foi usada pela primeira vez em 1667 pelo inglês Robert Hooke. Com um microscópio muito simples, ele observou pedacinhos

Leia mais

FUNGOS MÓDULO 6 BOTÂNICA

FUNGOS MÓDULO 6 BOTÂNICA FUNGOS MÓDULO 6 BOTÂNICA FUNGOS Fungos são organismos eucariontes, uni- ou pluricelulares, heterótrofos decompositores. Eles não são plantas nem fazem fotossíntese! Fungos são, na verdade, mais próximos

Leia mais

NOÇÕES DE ESCALA C I T O L O G I A

NOÇÕES DE ESCALA C I T O L O G I A NOÇÕES DE ESCALA C I T O L O G I A NOÇÕES DE ESCALA C I T O L O G I A MICROSCOPIA C I T O L O G I A MICROSCÓPIO ÓPTICO CITOLOGIA MICROSCÓPIO ÓPTICO C I T O L O G I A MICROSCÓPIO ÓPTICO C I T O L O G I

Leia mais

CONHECENDO AS CÉLULAS. Prof. Msc. Cleysyvan Macedo

CONHECENDO AS CÉLULAS. Prof. Msc. Cleysyvan Macedo CITOLOGIA CONHECENDO AS CÉLULAS Prof. Msc. Cleysyvan Macedo CITOLOGIA A área da Biologia que estuda a célula, no que diz respeito à sua estrutura e funcionamento. Kytos (célula) + Logos (estudo) As células

Leia mais

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 2 Classificação biológica dos seres vivos

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 2 Classificação biológica dos seres vivos Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia Aula 2 Classificação biológica dos seres vivos Classificação biológica dos seres vivos A evolução contribuiu para o aparecimento de grande variedade

Leia mais

A célula é a menor unidade estrutural básica do ser vivo. A palavra célula foi usada pela primeira vez em 1667 pelo inglês Robert Hooke.

A célula é a menor unidade estrutural básica do ser vivo. A palavra célula foi usada pela primeira vez em 1667 pelo inglês Robert Hooke. A célula é a menor unidade estrutural básica do ser vivo. A palavra célula foi usada pela primeira vez em 1667 pelo inglês Robert Hooke. Com um microscópio muito simples, ele observou pedacinhos de cortiça

Leia mais

Conhecendo a Estrutura das Bactérias

Conhecendo a Estrutura das Bactérias Reino moneras Reino Monera O Reino Monera é formado pelas bactérias e cianobactérias, seres muito simples cuja característica mais marcante é o fato de não apresentarem núcleo diferenciado, ou seja, são

Leia mais

REINO PROTOCTISTA OCTIST

REINO PROTOCTISTA OCTIST REINO PROTOCTISTA INTRODUÇÃO O termo protista deriva do grego e significa primeiros de todos, dando a idéia de que eles teriam sido os primeiros eucariontes a surgir no curso da evolução. Reino Protoctista

Leia mais

Origem e Evolução da Célula. Todos os seres vivos são formados por células;

Origem e Evolução da Célula. Todos os seres vivos são formados por células; Todos os seres vivos são formados por células; A origem da célula Prof. Ancélio Ricardo de Oliveira Gondim Engenheiro Agrônomo, D. Sc. E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada

Leia mais

Gabi Rabelo facebook whatsapp

Gabi Rabelo facebook whatsapp Gabi Rabelo facebook whatsapp 35 9 99087226 e-mail: s.gabiv@hotmail.com Organismos vivos Células Formas: simples unicelulares (se multiplicam por bipartição) e complexas pluricelulares (grupo de células

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA Microbiologia do Solo BACTÉRIAS. Profª. Renata Silva Canuto de Pinho

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA Microbiologia do Solo BACTÉRIAS. Profª. Renata Silva Canuto de Pinho UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA Microbiologia do Solo BACTÉRIAS Profª. Renata Silva Canuto de Pinho EUBACTERIA As bactérias são unicelulares, classificadas como procariontes e constituem o maior e mais diversificado

Leia mais

A célula é a menor unidade estrutural básica do ser vivo. A palavra célula foi usada pela primeira vez em 1667 pelo inglês Robert Hooke.

A célula é a menor unidade estrutural básica do ser vivo. A palavra célula foi usada pela primeira vez em 1667 pelo inglês Robert Hooke. A célula é a menor unidade estrutural básica do ser vivo. A palavra célula foi usada pela primeira vez em 1667 pelo inglês Robert Hooke. Com um microscópio muito simples, ele observou pedacinhos de cortiça

Leia mais

APÊNDICE. Ciências. Moleculares. Ciências Moleculares. e Celulares

APÊNDICE. Ciências. Moleculares. Ciências Moleculares. e Celulares APÊNDICE UNIDADE 1 Ciências Moleculares Ciências e Celulares Moleculares Apêndice Gabaritos comentados com resposta-padrão Ciências Moleculares e Celulares: UNIDADE 1 1. RESPOSTA: Célula é a unidade fundamental

Leia mais

Biologia de Microrganismos: Células Procariontes e Células Eucariontes

Biologia de Microrganismos: Células Procariontes e Células Eucariontes UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ - UTFPR - Biologia de Microrganismos: Células Procariontes e Células Eucariontes Prof. Dr. Daniel Rodrigues Blanco Santa Helena - PR As células apresentam uma

Leia mais

POR QUE ESTUDAR MICROBIOLOGIA?

POR QUE ESTUDAR MICROBIOLOGIA? POR QUE ESTUDAR MICROBIOLOGIA? POR QUE ESTUDAR MICROBIOLOGIA? O corpo humano contém normalmente bilhões de microorganismos, quer na pele, debaixo das unhas, na boca, nariz, intestino e em outras cavidades

Leia mais

Citoplasma. ocorrem as reações químicas. 1. Contém uma substância gelatinosa onde. 2. Local onde estão submersas as organelas.

Citoplasma. ocorrem as reações químicas. 1. Contém uma substância gelatinosa onde. 2. Local onde estão submersas as organelas. CITOLOGIA Citoplasma 1. Contém uma substância gelatinosa onde ocorrem as reações químicas. 2. Local onde estão submersas as organelas. Citoesqueleto 1. Formado por proteínas que mantém a forma celular;

Leia mais

BIOLOGIA CELULAR. Msc. Jessica Borges de Oliveira

BIOLOGIA CELULAR. Msc. Jessica Borges de Oliveira BIOLOGIA CELULAR Msc. Jessica Borges de Oliveira Citoplasma Citoplasma Citoesqueleto Organelas Celulares Citoplasma Também chamado de hialoplasma. Em células eucariontes o citoplasma compreende o espaço

Leia mais

PDF created with pdffactory Pro trial version Cyra Carvalho Bianchi Márcia Souza Americano

PDF created with pdffactory Pro trial version  Cyra Carvalho Bianchi Márcia Souza Americano Cyra Carvalho Bianchi Márcia Souza Americano Microbiologia: 4 É um ramo da biologia que estuda os seres microscópicos: bactérias, fungos, vírus e protozoários*, e sua interação com outros seres e o meio

Leia mais

Célula bacteriana. Membrana plasmática Parede celular Cápsula. DNA associado ao mesossomo. Mesossomo

Célula bacteriana. Membrana plasmática Parede celular Cápsula. DNA associado ao mesossomo. Mesossomo Reino Monera Célula bacteriana Mesossomo DNA associado ao mesossomo Membrana plasmática Parede celular Cápsula Enzimas relacionadas com a respiração, ligadas à face interna da membrana plasmática Flagelo

Leia mais

ORIGEM EVOLUTIVA DAS CÉLULAS. Prof a Cristiane Oliveira

ORIGEM EVOLUTIVA DAS CÉLULAS. Prof a Cristiane Oliveira ORIGEM EVOLUTIVA DAS CÉLULAS Prof a Cristiane Oliveira COMO SURGIU A VIDA NA TERRA? Idade da Terra: 4,6 bilhões de anos. COMO SURGIU A VIDA NA TERRA? Primeiras evidências de vida: 3,5 bilhões de anos atrás.

Leia mais

Organização Geral das Células

Organização Geral das Células Faculdade Vértice Univértix Cursos: Medicina Veterinária Organização Geral das Células Aula Revisão Professor, Enfº. Laudineide de Carvalho Gomes Matipó, fevereiro de 2015. e-mail: laudineic.gomes@hotmail.com

Leia mais

A célula como unidade básica da biodiversidade

A célula como unidade básica da biodiversidade C1 A célula como unidade básica da biodiversidade Diversidade de vida Mamíferos Lontra Raposa Golfinho Aves Abelharuco Flamingo Peneireiro Répteis Sardão Plantas Carvalho Borboleta Insetos Peixes Tubarão

Leia mais

MORFOLOGIA E ESTRUTURA DA CÉLULA BACTERIANA

MORFOLOGIA E ESTRUTURA DA CÉLULA BACTERIANA MORFOLOGIA E ESTRUTURA DA CÉLULA BACTERIANA MICROBIOLOGIA I AULA 2 Profa Cristina Lacerda S Petraro Silva 1- FORMA E ARRANJO A forma: - diz respeito ao formato individual da célula bacteriana -determinada

Leia mais

CITOPLASMA E ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS. Instituto Federal de Santa Catarina Curso de Biotecnologia Prof. Paulo Calixto

CITOPLASMA E ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS. Instituto Federal de Santa Catarina Curso de Biotecnologia Prof. Paulo Calixto CITOPLASMA E ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS Instituto Federal de Santa Catarina Curso de Biotecnologia Prof. Paulo Calixto 1943 1944 1953 1956 1961-66 1973 1975 1982 1988 1990 1996 2000-03 Biotecnologia Algumas

Leia mais

Citologia: Membrana e Organelas

Citologia: Membrana e Organelas FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Citologia: Membrana e Organelas Uma breve revisão Disciplina: Histologia Prof. Me. Cássio Resende de Morais Introdução

Leia mais

Disciplina: Biologia Educacional. Curso: Pedagogia 2 Semestre

Disciplina: Biologia Educacional. Curso: Pedagogia 2 Semestre Disciplina: Biologia Educacional Curso: Pedagogia 2 Semestre Texto1: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA BIOLOGIA CARACTERÍSTICAS GERAIS Todos os organismos com exceção dos vírus são formados por células. Célula é

Leia mais

QUESTÕES DE REVISÃO PARA EXAME DE BIOLOGIA - 1º ANO

QUESTÕES DE REVISÃO PARA EXAME DE BIOLOGIA - 1º ANO QUESTÕES DE REVISÃO PARA EXAME DE BIOLOGIA - 1º ANO 1- Muitas pessoas não sabem diferenciar corretamente o que é um ser vivo de um ser não vivo, entretanto, os organismos vivos apresentam características

Leia mais

As células constituem os seres vivos

As células constituem os seres vivos As células constituem os seres vivos Prof. Calina Capítulo 1 Aula 1/3 Conceito Estrutura Tipos de células Membrana plasmática Constituição Propriedades A célula Os seres vivos são constituídos de células.

Leia mais

MONERA E PROTISTA PROCARIONTES E EUCARIONTES

MONERA E PROTISTA PROCARIONTES E EUCARIONTES MONERA E PROTISTA PROCARIONTES E EUCARIONTES Algas produtor primário no ecossistema aquático Algas Moneras procariontes cianobactérias Algas Protistas - eucariontes uni ou multicelulares exemplo as clorofíceas

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: BioFera SÉRIE: 2º. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: BioFera SÉRIE: 2º. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / / 2017 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: BioFera SÉRIE: 2º ALUNO(a): Lista P2 No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

Aula 2: Principais Grupos de Micro-organsimos Morfologia e Citologia Bacteriana

Aula 2: Principais Grupos de Micro-organsimos Morfologia e Citologia Bacteriana Instituto Federal de Santa Catarina Câmpus Florianópolis Unidade Curricular: MICROBIOLOGIA Aula 2: Principais Grupos de Micro-organsimos Morfologia e Citologia Bacteriana Prof. Leandro Parussolo leandro.parussolo@ifsc.edu.br

Leia mais

GABARITO_AVALIAÇÃO MENSAL DE CIÊNCIAS 2º TRIMESTRE

GABARITO_AVALIAÇÃO MENSAL DE CIÊNCIAS 2º TRIMESTRE GABARITO_AVALIAÇÃO MENSAL DE CIÊNCIAS 2º TRIMESTRE 1. A partir da leitura da reportagem a cima, responsa as seguintes questões: a) De acordo com o texto, existem pessoas que acreditam que os fungos fazem

Leia mais

- CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO À BIOLOGIA

- CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO À BIOLOGIA - CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO À BIOLOGIA 1. Quais são os elementos encontrados, geralmente, em maior quantidade no corpo dos seres vivos? 2. Todos os seres vivos, com exceção dos vírus, são compostos por células.

Leia mais

A Célula. A teoria celular, postulada por Schleiden e Schwann, assenta nos seguintes pressupostos:

A Célula. A teoria celular, postulada por Schleiden e Schwann, assenta nos seguintes pressupostos: A Célula Teoria celular: A teoria celular, postulada por Schleiden e Schwann, assenta nos seguintes pressupostos: A célula é a unidade básica estrutural e funcional de todos os seres vivos (isto é, todos

Leia mais

Reino Fungi Características gerais Classificação Associações. Introdução Exemplos REINO FUNGI

Reino Fungi Características gerais Classificação Associações. Introdução Exemplos REINO FUNGI Introdução Exemplos REINO FUNGI Introdução Exemplos Introdução Morfologia Nutrição e excreção Respiração Reprodução Aclorofilados; Parede celular de quitina; Glicogênio como principal molécula energética;

Leia mais

Licenciatura em Biologia. Biologia Celular 2º Período

Licenciatura em Biologia. Biologia Celular 2º Período Licenciatura em Biologia Biologia Celular 2º Período Apresentação Introdução: Estrutura, funções e evoluções das células Cap. 01 (Junqueira e Carneiro) ..\Material\Videos\A Vida no interior da célula.mp4

Leia mais

Sala de Estudo Ciências 7º ano 1º Trimestre. Profº Guilherme. Livros:

Sala de Estudo Ciências 7º ano 1º Trimestre. Profº Guilherme. Livros: Sala de Estudo Ciências 7º ano 1º Trimestre Profº Guilherme Livros: Teoria celular: de Hooke a Schwann. Maria Elice B. Prestes. São Paulo: Scipione, 1997. (Série Ponto de Apoio). Antes e depois de Charles

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS

CARACTERÍSTICAS GERAIS REINO FUNGI CARACTERÍSTICAS GERAIS São os bolores, os mofos, cogumelos, leveduras (fermento biológico) e orelhas de pau; Podem ser uni ou pluricelulares. Todos são eucariontes e imóveis; Todos são heterotróficos

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ CAPÍTULO 3. Pág. 32

COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ CAPÍTULO 3. Pág. 32 COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ CAPÍTULO 3 Pág. 32 Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ PROBLEMATIZAÇÃO

Leia mais

Disciplina: Citologia e Embriologia. Profª Dra. Adriana Soeiro de F. Silva J. Ayres

Disciplina: Citologia e Embriologia. Profª Dra. Adriana Soeiro de F. Silva J. Ayres Disciplina: Citologia e Embriologia Profª Dra. Adriana Soeiro de F. Silva J. Ayres a.soeiro.f@hotmail.com . EMENTA UNIDADE I Aspectos gerais da estrutura celular Microscopias Métodos empregados no estudo

Leia mais

Ano: 7º Turma: Entrega: / / Devolução: / / Disciplina: Ciências Recuperação: 1º trimestre Ass. Professor: Nome do Professor: Silvia M.

Ano: 7º Turma: Entrega: / / Devolução: / / Disciplina: Ciências Recuperação: 1º trimestre Ass. Professor: Nome do Professor: Silvia M. Aluno: Ano: 7º Turma: ntrega: / / Devolução: / / Disciplina: Ciências Recuperação: 1º trimestre Ass. Professor: Nome do Professor: Silvia M. G Chiarello Ass. Resp./Aluno: TARFA D RCUPRAÇÃO 1) Complete

Leia mais

COLÉGIO MONJOLO DESAFIO N / 1 BIMESTRE

COLÉGIO MONJOLO DESAFIO N / 1 BIMESTRE COLÉGIO MONJOLO DESAFIO N 01 2017 / 1 BIMESTRE DISCIPLINA: CIÊNCIAS NOME DO PROFESSOR (A): FRANCISCO JARDEL Data da entrega: 24/02/2017. Aluno(a): 8 Ano: CÉLULA, UNIDADE BÁSICA DOS SERES VIVOS. Todos os

Leia mais

Microbiologia Florestal. Iane Barroncas Gomes Engenheira Florestal, M.Sc.

Microbiologia Florestal. Iane Barroncas Gomes Engenheira Florestal, M.Sc. Microbiologia Florestal Iane Barroncas Gomes Engenheira Florestal, M.Sc. Carga horária 60 h Estudo da microbiologia como ciência e as áreas de aplicação O controle de microrganismos EMENTA Estudo dos microrganismos:

Leia mais

Microscopia e Método de Coloração Bacteriana 1

Microscopia e Método de Coloração Bacteriana 1 Microscopia e Método de Coloração Bacteriana 1 MICROSCOPIO DE LUZ: 1000 a 1500 x Até 5000 x Microscopia e Método de Coloração Bacteriana 2 MICROSCOPIO DE LUZ : Partes do Microscópio de Luz: Microscopia

Leia mais

CITOLOGIA. Equipe de Biologia Leonardo da Vinci

CITOLOGIA. Equipe de Biologia Leonardo da Vinci CITOLOGIA Equipe de Biologia Leonardo da Vinci CITOLOGIA Unicelulares x Pluricelulares Procariontes x Eucariontes CÉLULA ANIMAL CÉLULA ANIMAL Citoplasma (Citosol ou Hialoplasma) Substância gelatinosa (aquosa)

Leia mais

CÉLULAS. 8 ano Profª Elisete

CÉLULAS. 8 ano Profª Elisete CÉLULAS 8 ano Profª Elisete Quanto ao número de células Os seres vivos podem ser: UNICELULARES apresentam uma única célula. Ex: bactérias e protozoários. PLURICELULARES apresentam mais células. Ex: seres

Leia mais

REINO PROTOCTISTA OCTIST

REINO PROTOCTISTA OCTIST REINO PROTOCTISTA INTRODUÇÃO O termo protista deriva do grego e significa primeiros de todos, dando a idéia de que eles teriam sido os primeiros eucariontes a surgir no curso da evolução. Reino protista

Leia mais

. a d iza r to u a ia p ó C II

. a d iza r to u a ia p ó C II II Sugestões de avaliação Ciências 7 o ano Unidade 4 5 Unidade 4 Nome: Data: 1. Em 1928, Alexander Fleming isolou a penicilina com base em culturas de fungos do gênero Penicilium. Primeiro antibiótico

Leia mais

Vírus! O vírus é ou não um ser vivo?

Vírus! O vírus é ou não um ser vivo? Vírus O vírus é ou não um ser vivo? Não Vivo Vivo 8 1 2 Estrutura Uma partícula viral consiste de ácido nucleico, DNA ou RNA, circundado por uma capa proteica A partícula é chamada de vírion, a capa de

Leia mais

MORFOLOGIA DA CÉLULA; AGREGAÇÃO DA COLÔNIA; COMPOSIÇÃO DA PAREDE

MORFOLOGIA DA CÉLULA; AGREGAÇÃO DA COLÔNIA; COMPOSIÇÃO DA PAREDE Classificação das Bactérias: As bactérias podem ser classificadas quanto a: RESPIRAÇÃO; MORFOLOGIA DA CÉLULA; AGREGAÇÃO DA COLÔNIA; COMPOSIÇÃO DA PAREDE CELULAR;Menores e mais Quanto ao grau de agregação

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO PROCARIONTES, EUCARIONTES E VÍRUS

EXERCÍCIOS DE REVISÃO PROCARIONTES, EUCARIONTES E VÍRUS EXERCÍCIOS DE REVISÃO PROCARIONTES, EUCARIONTES E VÍRUS 1) Em uma aula de Biologia, um aluno observava uma célula ao microscópio. Nessa célula, era possível verificar uma região mais corada na lâmina,

Leia mais

Características gerais

Características gerais Características gerais Organismos eucariontes, unicelulares ou pluricelulares; Podem ser de vida livre ou não; Podem ser encontrados nos mais variados ambientes, preferencialmente em lugares úmidos; Característica

Leia mais

ESTUDO SOBRE AS CÉLULAS E SUAS ORGANELAS

ESTUDO SOBRE AS CÉLULAS E SUAS ORGANELAS ESTUDO SOBRE AS CÉLULAS E SUAS ORGANELAS Entendemos que uma célula é a menor unidade estrutural e funcional básica do ser vivo, sendo considerada a menor porção de uma matéria viva. Segundo a Teoria Celular,

Leia mais

DESCOBRINDO O MUNDO MICROBIANO

DESCOBRINDO O MUNDO MICROBIANO Microbiologia Ambiental Aplicada Estudo das bactérias e dos fungos Prof. Dra. Marta Cristina Souza DESCOBRINDO O MUNDO MICROBIANO Em todas as questões humanas há um único fator dominante; o tempo. Para

Leia mais

DIVERSIDADE NA BIOSFERA

DIVERSIDADE NA BIOSFERA DIVERSIDADE NA BIOSFERA A BIOSFERA - Diversidade Organização biológica Extinção e conservação A CÉLULA - Unidade estrutural e funcional dos seres vivos Constituintes básicos Biologia e Geologia 10º ano

Leia mais