Aula 2: Principais Grupos de Micro-organsimos Morfologia e Citologia Bacteriana

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aula 2: Principais Grupos de Micro-organsimos Morfologia e Citologia Bacteriana"

Transcrição

1 Instituto Federal de Santa Catarina Câmpus Florianópolis Unidade Curricular: MICROBIOLOGIA Aula 2: Principais Grupos de Micro-organsimos Morfologia e Citologia Bacteriana Prof. Leandro Parussolo

2 Principais grupos de micro-organismos VÍRUS Parasitas intracelulares obrigatórios Utiliza a maquinaria celular para síntese de elementos de sua estrutura Genoma = DNA ou RNA DIFERENÇAS DOS DEMAIS SERES VIVOS: NÃO apresentam a cell como unidade estrutural básica; Apenas um tipo de ác. nucleico São inertes em ambiente extracelular Replicam-se dentro das cells

3 Principais grupos de micro-organismos PROTOZOÁRIOS - Seres unicelulares eucariontes; - Heterotróficos; - Mobilidade por cílios, flagelos, emissão de pseudópodes (amebas); - Amplamente distribuídos na natureza (água, solo).

4 Principais grupos de micro-organismos FUNGOS - Eucariontes (uni ou pluricelulares); - Apresentam parede celular rígida; - Fungos c/ estruturas filamentosas (hifas) bolores - Leveduras = fungos unicelulares - Ampla aplicação na indústria (antibióticos, alimentos, etc) - Deterioração alimentos; Doenças.

5 Principais grupos de micro-organismos BACTÉRIAS - Procariontes unicelulares; - Material genético DNA circular (cromossomo único); - Eubactérias (Gram +; Gram -); - Arqueobactérias; - Importância econômica - Patologias

6 MORFOLOGIA E CITOLOGIA BACTERIANA

7 Cells Procarióticas menores micro-organismos unicelulares existentes (1 a 1,5 μm largura ; 2 a 6 μm comprimento) Bactéria mais estudada E. coli Micoplasmas menores bactérias (diâmetro 0,1 μm) Beggiatoa gigantea assimiladora de enxofre (comp. 25 a 60 μm)

8 Estrutura Celular Bacteriana Citoplasma Membrana citoplasmática Parede celular Cápsula Flagelos Pili

9 Morfologia Bacteriana 3 tipos fundamentais: Cocos Bacilos Espiraladas Cocos redondos, ovais, achatados em 1 extremidade Ex: Neisseria meningitides Streptococcus pneumoniae Streptococcus salivarius Staphylococcus aureus

10 Bacilos formas cilíndricas Morfologia variada: Obs: Maior parte bacilos apresentam-se como bacilos isolados

11 Forma e Arranjo

12 Formas Espiraladas bastonetes apresentando-se em forma de hélice; Vibriões ex: Vibrio cholerae Espirilos ex: Spirillum minor Forma espiralada rígida, mobil. flagelos Espiroquetas ex: Treponema pallidum Espira flexível, mobil. filamento axial (endoflagelos)

13 Bacillus cereus Staphylococcus sp Campylobacter jejuni

14 Micro-organismos transparentes uso corantes para melhor visualização da forma e do tipo de arranjo Gram Ziehl-Neelsen mais empregadas 1884 desenvolveu o método de coloração que permite dividir as bactérias em 2 grupos: Gram-positivas Gram-negativas Christian Gram

15 absorve absorve absorve cristal violeta lugol absorve Não descora álcool fucsina descora cora

16

17 Qual a diferença entre bactérias Gram + e Gram -? Staphylococcus aureus Escherichia coli

18 Citologia Bacteriana ESTRUTURA BACTERIANA E SUAS FUNÇÕES: Algumas estão presentes em determinadas espécies; Outras são essenciais (presentes em todas spp)

19 Citologia Bacteriana

20 PAREDE CELULAR Estrutura rígida que recobre a membrana citoplasmática; Presente em todas bactérias exceto micoplasmas {constituídas de peptideoglicano (mucopeptídeo ou mureína)} Constitui 25% do peso seco da bactéria, protege a cell e mantém a pressão osmótica intrabacteriana; Não é homogênea (pode diferir quimicamente e estruturalmente em cada spp); Principais diferenças estruturais: Bactérias Gram-positivas, Gram-negativas, micobactérias e espiroquetas.

21

22 Parede cel. Parede cel.

23 Parede Celular de Bacterias Gram + e Gram - Gram - Gram +

24 Gram + parede celular composta por mureína (peptideoglicano); Durante o processo de descoloração com álcool etílico, retém o corante, permanecendo com a cor do corante primário (roxa). Gram Parede celular composta predominantemente por ácidos graxos (lipopolissacarídeos e lipoproteínas), perdem o composto iodo-pararosanilina, são incapazes de reter o violeta, assumindo a cor do corante de fundo (vermelho)

25 Componentes Caracteristicos da Parede de Bacterias Gram + 90% da parede é constituída de peptidioglicano; Ácidos Teicóicos (polimeros de resíduos de glicerol ou ribitol ligados por ligacões fosfodiester) Funções: a) Regular a entrada e saída de cátions na célula; b) Regular a atividade de autolisinas; c) Sítio receptor de bacteriófagos; d) Sítio de ligação com o epitélio do hospedeiro; e) Constituir-se como antígeno celular.

26 ENVELOPE CELULAR GRAM POSITIVO Ácido lipoteicóico Ácido teicóico Membrana citoplasmática Citoplasma

27 Componentes Caracteristicos da Parede de Bacterias Gram - Parede celular mais complexa; 1 ou poucas camadas de peptidioglicano; Membrana externa (lipopolissacarídeo LPS = lipídeo complexo (A) + polissacarídeo (antígeno O), presença de proteínas (difusão passiva) Nao possuem ácidos teicóicos; Espaço periplasmático (enzimas hidrolíticas, proteínas de ligação).

28 ENVELOPE CELULAR GRAM NEGATIVO Membrana externa (Barreira de permeabilidade) Porina Lipopolissacarídeo Braun lipoprotein Membrana citoplasmática (interna) Proteína ligadora Permease Citoplasma

29 Parede Celular das Micobactérias Modificação na estrutura da parede Gram-positiva com grande quantidade de lipídios, constituída de ácidos micólicos Essa camada interfere na resposta à coloração de Gram. Parede Celular das Espiroquetas Sobre a camada de peptideoglicano encontra-se camada contendo os filamentos axiais (endoflagelos), que são recobertos por membrana externa, semelhante à das Gram-negativas.

30 Citoplasma 1- NUCLEÓIDE COMPOSTO DE DNA ( MOLÉCULA ÚNICA). PLASMÍDIOS. 2-RIBOSSOMOS SÍNTESE PROTÉICA. 3-INCLUSÕES ( DEPÓSITOS DE RESERVA) GRÂNULOS METACROMÁTICOS (VOLUTINA); GRÂNULOS DE POLISSACARÍDEOS(GLICOGÊNIO E AMIDO); GRÂNULOS DE ENXOFRE (SÃO UTILIZADOS COMO RESERVA DE ENERGIA); INCLUSÕES LIPÍDICAS; VACÚOLOS DE GÁS ( FLUTUAÇÃO)

31 Membrana Citoplasmatica Estrutura Proteínas (integral e periférica) Fosfolipídios Mesossomos (invaginacoes da membrana)

32 Membrana Citoplasmática Funções *Permeabilidade Seletiva e Transporte de solutos Processos Passivos (Difusão Simples e Difusão Facilitada) Processos Ativos

33 Cápsula e Glicocálice CÁPSULA CAMADA CONDENSADA E BEM DEFINIDA QUE CIRCUNDA A CÉLULA; CONTRIBUI PARA CAPACIDADE DE INVASÃO DAS BACTÉRIAS PATOGÊNICAS. GLICOCÁLICE REDE FROUXA DE FIBRILAS QUE SE ESTENDE PARA FORA DA CÉLULA; DESEMPENHA PAPEL NA ADERÊNCIA. Klebsiella sp

34 Flagelos APÊNDICES FILIFORMES COMPOSTOS DE PROTÉINA ( FLAGELINA ) SÃO ORGÃOS DE LOCOMOÇÃO DIVIDEM-SE EM: MONOTRÍQUIO ( POLAR ) LOFOTRÍQUIO ( POLARES MÚLTIPLOS ) PERITRÍQUIO ( DISTRIBUÍDOS POR TODA SUPERFÍCIE) ANFITRÍQUIO (EM AMBOS POLOS CELULARES)

35 TIPOS DE FLAGELOS

36 PILI (Fimbrias) APÊNDICES SUPERFICIAIS RÍGIDOS COMPOSTOS DE PROTEÍNAS ( PILINAS ) CLASSIFICAM-SE: PILI COMUNS: ADERÊNCIA DAS BACTÉRIAS ÀS CÉLULAS HOSPEDEIRAS. FACILITAM A COLONIZAÇÃO. PILI SEXUAIS: FIXAÇÃO DAS CÉLULAS DOADORAS E RECEPTORAS DA CONJUGAÇÃO BACTERIANA

37 Fímbrias sexuais (pili F): Responsáveis pela ligação entre cells doadoras e receptoras durante a conjugação bacteriana; Atuam como receptor para vírus bacteriófagos; De 1 a 10 por cell. Fímbrias comuns: 100 a 200 por bactéria; participam na aderência de bactérias sobre a superfície de cells do hospedeiro;

38 PILI SEXUAL O PROCESSO DE CONJUGAÇÃO

39 ESPOROS: Cells de resistência das bactérias (algumas espécies); Resistentes aos agentes físicos (calor e dessecação) e químicos (anti-sépticos); Representa uma forma de sobrevivência, e não reprodução; Ex: gêneros Bacillus e Clostridium

40 Referências Bibliográficas Jorge, A.O.C. Princípios de Microbiologia e Imunologia. São Paulo: Santos, Trabulsi, L.R. et al. Microbiologia. 4ª ed. São Paulo: Atheneu, p. Tortora, G.T.; Funke, B. R.; Case, C. L. Microbiologia. 8ª ed. Porto Alegre: Artmed, p.

Morfologia e Estrutura Bacteriana

Morfologia e Estrutura Bacteriana Morfologia e Estrutura Bacteriana Bactérias São seres vivos microscópicos que ocupam os mais diversos ambientes e ainda, podem apresentar formas distintas, que podem varias entre: Esféricas Cilíndricas

Leia mais

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 3 Bactérias

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 3 Bactérias Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia Aula 3 Bactérias CARACTERÍSTICAS: Bactérias existem há mais do que 3,5 bilhões anos; Pertencem ao Reino Monera; São unicelulares e procarióticas.

Leia mais

Morfologia e citologia bacteriana

Morfologia e citologia bacteriana 23 de agosto de 2011 Graduação em Biotecnologia Disciplina de Biotecnologia Microbiana I Morfologia e citologia bacteriana CLÁUDIA PINHO HARTLEBEN claudia.hartleben@pq.cnpq.br clauhart@terra.com.br MORFOLOGIA

Leia mais

MORFOLOGIA E ESTRUTURA DA CÉLULA BACTERIANA

MORFOLOGIA E ESTRUTURA DA CÉLULA BACTERIANA MORFOLOGIA E ESTRUTURA DA CÉLULA BACTERIANA MICROBIOLOGIA I AULA 2 Profa Cristina Lacerda S Petraro Silva 1- FORMA E ARRANJO A forma: - diz respeito ao formato individual da célula bacteriana -determinada

Leia mais

CITOLOGIA BACTERIANA

CITOLOGIA BACTERIANA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE INSTITUTO BIOMÉDICO DEPARTAMENTO DE MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA CITOLOGIA BACTERIANA Profa. Carmen Saramago Microscópio

Leia mais

Ultra-Estrutura das Bactérias (Componentes Celulares)

Ultra-Estrutura das Bactérias (Componentes Celulares) Ultra-Estrutura das (Componentes Celulares) 1. Flagelos 2. Pêlos ou Fímbrias 3. Glicocálice (Camada Limosa e Cápsula) 4. Parede Celular 5. Membrana Plasmática (ou Membrana Citoplasmática) 6. Citoplasma

Leia mais

Bacteriologia 29/03/2016. Estrutura geral das bactérias. Estrutura bacteriana. Bactérias

Bacteriologia 29/03/2016. Estrutura geral das bactérias. Estrutura bacteriana. Bactérias Bactérias Profª Fernanda Silva Pereira Bacteriologia A palavra bactéria vem do Grego, onde bakteria significa bastão. São seres procariontes, pertencentes ao Reino Monera, unicelulares, visíveis somente

Leia mais

CITOLOGIA 15/10/2009. Prof. Renata F. Rabello PROCARIOTOS X EUCARIOTOS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE. BACTERIOLOGIA I, II e III

CITOLOGIA 15/10/2009. Prof. Renata F. Rabello PROCARIOTOS X EUCARIOTOS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE. BACTERIOLOGIA I, II e III UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PROCARIOTOS X EUCARIOTOS BACTERIOLOGIA I, II e III Parede celular (PG) Cloroplasto Mitocôndria FARMÁCIA, ODONTOLOGIA E VETERINÁRIA CITOLOGIA citoplasmática Citoplasma DNA:

Leia mais

16/08/2012. Célula. Introdução à Bioquímica Tipos de células. Hierarquia estrutural na organização molecular da célula

16/08/2012. Célula. Introdução à Bioquímica Tipos de células. Hierarquia estrutural na organização molecular da célula UNIVERSIDADE NORTE DO PARANÁ Curso de Enfermagem Disciplina: Bioquímica Introdução à Bioquímica Tipos de células Profa. Cínthia Hoch Batista de Souza Email: : cinthiahoch@yahoo.com.br Célula Unidades estruturais

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia. Célula Procariótica. Prof. Macks Wendhell Gonçalves, Msc.

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia. Célula Procariótica. Prof. Macks Wendhell Gonçalves, Msc. Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Célula Procariótica Prof. Macks Wendhell Gonçalves, Msc mackswendhell@gmail.com Roteiro Células procarióticas não possuem envoltório nuclear

Leia mais

Morfologia e citologia bacteriana

Morfologia e citologia bacteriana Morfologia e citologia bacteriana Prof. Cláudio Galuppo Diniz Profa. Juliana Resende Bactérias de importância em saúde humana Caracterizadas morfologicamente pelo seu tamanho, forma e arranjo - Cocos(formas

Leia mais

ED1- Citologia Microbiana

ED1- Citologia Microbiana 1. Quais os principais morfotipos procarióticos? Determinação na morfologia celular coco bacilo espirilo Parede celular: confere forma e rigidez a célula Citoesqueleto: MreB e crescentina espiroqueta Bactérias

Leia mais

Estrutura da Célula Bacteriana

Estrutura da Célula Bacteriana Estrutura da Célula Bacteriana Introdução Morfologia Tamanho Forma Estrutura Arranjos (Agrupamentos) Estrutura da célula bacteriana Relativamente mais simples que de células eucariotas Célula Bacteriana

Leia mais

Profa. Carmen Saramago

Profa. Carmen Saramago UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE INSTITUTO BIOMÉDICO DEPARTAMENTO DE MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA INTRODUÇÃO À MICROBIOLOGIA Profa. Carmen Saramago

Leia mais

Dannubia Bastos. Acadêmica de Medicina / UECE

Dannubia Bastos. Acadêmica de Medicina / UECE Reino Monera Dannubia Bastos Acadêmica de Medicina / UECE Reino Monera Estrutura celular simples Procariontes Unicelulares Ex: Bactérias e cianobactérias (algas azuis) Variedade de ambientes Não possuem

Leia mais

10/12/2013 ESTRUTURA, MORFOLOGIA E REPRODUÇÃO DAS BACTÉRIAS IMPORTÂNCIA BACTÉRIAS

10/12/2013 ESTRUTURA, MORFOLOGIA E REPRODUÇÃO DAS BACTÉRIAS IMPORTÂNCIA BACTÉRIAS CONCEITOS GERAIS UNIDADE ACADÊMICA DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA DISCIPLINA: BIOQUÍMICA GERAL PROFESSORAS: Adriana Silva Lima e Márcia Aparecida Cezar ESTRUTURA, MORFOLOGIA E REPRODUÇÃO

Leia mais

Engenharia Agronômica. Biologia Celular 1º Período

Engenharia Agronômica. Biologia Celular 1º Período Engenharia Agronômica Biologia Celular 1º Período Apresentação Introdução: Estrutura, funções e evoluções das células Cap. 01 (Junqueira e Carneiro) e Biologia das células (Amabis e Martho, UFRJ) videos\a

Leia mais

15/10/2009 IMPORTÂNCIA E CARACTERIZAÇÃO DOS MICRORGANISMOS CITOLOGIA I E II. Prof. Renata F. Rabello UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE.

15/10/2009 IMPORTÂNCIA E CARACTERIZAÇÃO DOS MICRORGANISMOS CITOLOGIA I E II. Prof. Renata F. Rabello UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE. UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE MICROBIOLOGIA GERAL (BACTERIOLOGIA) NUTRIÇÃO IMPORTÂNCIA E CARACTERIZAÇÃO DOS MICRORGANISMOS CITOLOGIA I E II Prof. Renata F. Rabello Introdução Microbiologia: Ciência que

Leia mais

BACTÉRIAS - Classificação entre os seres vivos - Forma e dimensão das células - Estruturas celulares e funções * Estruturas externas

BACTÉRIAS - Classificação entre os seres vivos - Forma e dimensão das células - Estruturas celulares e funções * Estruturas externas BACTÉRIAS - Classificação entre os seres vivos - Forma e dimensão das células - Estruturas celulares e funções * Estruturas externas * Estruturas internas * Parede e membrana - Reprodução celular e crescimento

Leia mais

REINO MONERA (Procariontes)

REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) São as células mais simples, chamadas PROCARIONTES. São desprovidas de carioteca e da maioria das organelas (possuem apenas ribossomo). CAPSULA CITOPLASMA

Leia mais

Microbiologia. Morfologia e Citologia Bacteriana 22/03/2017. Professora: Vânia Lúcia da Silva

Microbiologia. Morfologia e Citologia Bacteriana 22/03/2017. Professora: Vânia Lúcia da Silva UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA DEPARTAMENTO DE PARASITOLOGIA, MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA Morfologia e Citologia Bacteriana Professora: Vânia Lúcia da Silva Microbiologia 1 Aspectos Históricos da

Leia mais

REINO MONERA (Procariontes)

REINO MONERA (Procariontes) Reino Monera REINO MONERA (Procariontes) REINO MONERA (Procariontes) São as células mais simples, chamadas PROCARIONTES. São desprovidas de carioteca e da maioria das organelas (possuem apenas ribossomo).

Leia mais

Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Bacharelado em Gestão Ambiental Componente curricular: Microbiologia Ambiental Aula 5

Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Bacharelado em Gestão Ambiental Componente curricular: Microbiologia Ambiental Aula 5 Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Bacharelado em Gestão Ambiental Componente curricular: Microbiologia Ambiental Aula 5 Professor Antônio Ruas 1. Créditos: 60 2. Carga horária semanal: 4 3. Semestre:

Leia mais

Prof. Msc. Cleysyvan Macedo

Prof. Msc. Cleysyvan Macedo Prof. Msc. Cleysyvan Macedo PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DOS VÍRUS: Não possui estruturas celulares (membrana plasmática, citoplasma, etc.). São formado basicamente por uma cápsula protéica denominada capsômero

Leia mais

DATA CONTEÚDO TURNO LOCAL HORÁRIO

DATA CONTEÚDO TURNO LOCAL HORÁRIO Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel Departamento de Ciência e Tecnologia Agroindustrial Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos Bacteriologia Maio

Leia mais

Prof (a) Dra Luciana D. Carvalho

Prof (a) Dra Luciana D. Carvalho Universidade Federal de Juiz de Fora Instituto de Ciências Biológicas Departamento de Parasitologia, Microbiologia e Imunologia. Disciplina: MICROBIOLOGIA GERAL E APLICADA A ENFERMAGEM Prof (a) Dra Luciana

Leia mais

Bactérias Vírus Fungos Protozoários O QUE SÃO

Bactérias Vírus Fungos Protozoários O QUE SÃO Bactérias Vírus Fungos Protozoários RESUMO DOS PRINCIPAIS MICRORGANISMOS, O QUE SÃO MEIOS DE PROLIFERAÇÃO... Diferença entre as células Bactérias São seres muito simples, unicelulares e com célula procariótica

Leia mais

Biologia geral das bactérias. Prof. Dario S. Zamboni, FMRP/USP

Biologia geral das bactérias. Prof. Dario S. Zamboni, FMRP/USP Biologia geral das bactérias Prof. Dario S. Zamboni, FMRP/USP Porque eu tenho que aprender estrutura bacteriana? A estrutura das organelas bacterianas difere drasticamente das encontradas nas nossas células......aí

Leia mais

PROCARIONTES PROF. FERNANDO BELAN BIOLOGIA MAIS

PROCARIONTES PROF. FERNANDO BELAN BIOLOGIA MAIS PROCARIONTES PROF. FERNANDO BELAN BIOLOGIA MAIS Seres unicelulares, sem núcleo organizado. Bactérias e cianobactérias. São agrupadas na reino monera. Os procariontes podem ser de vida livre, simbiótcos,

Leia mais

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 2 Classificação biológica dos seres vivos

Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia. Aula 2 Classificação biológica dos seres vivos Curso Técnico em Análises Químicas Disciplina: Microbiologia Aula 2 Classificação biológica dos seres vivos Classificação biológica dos seres vivos A evolução contribuiu para o aparecimento de grande variedade

Leia mais

DESCOBRINDO O MUNDO MICROBIANO

DESCOBRINDO O MUNDO MICROBIANO Microbiologia Ambiental Aplicada Estudo das bactérias e dos fungos Prof. Dra. Marta Cristina Souza DESCOBRINDO O MUNDO MICROBIANO Em todas as questões humanas há um único fator dominante; o tempo. Para

Leia mais

Características Gerais das Bactérias

Características Gerais das Bactérias Universidade Estadual do Oeste do Paraná Especialização em Microbiologia Aplicada Características Gerais das Bactérias Profª. Graziela Braun Características Gerais das Bactérias Morfologia Cocos: bactérias

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS AULA 1

CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS AULA 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BACTÉRIAS AULA 1 ASSUNTOS ABORDADOS q Presença e distribuição das bactérias no organismo humano; q Aspectos da infecção; q Morfologia bacteriana. PRESENÇA E DISTRIBUIÇÃO DAS

Leia mais

ZOOLOGIA - REINO MONERA

ZOOLOGIA - REINO MONERA ZOOLOGIA - REINO MONERA REINO MONERA Unicelulares Procariontes Isoladas ou Colônias Ausência de estruturas membranosas Autótrofos ou Heterótrofos Obrigatórios ou facultativos Aeróbico / Anaeróbico Bactéria

Leia mais

MORFOLOGIA E CITOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA

MORFOLOGIA E CITOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA MORFOLOGIA E CITOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA Prof a. Dr a. Vânia Lúcia da Silva MORFOLOGIA BACTERIANA BACTÉRIAS - células procariontes, constituindo os menores seres vivos e os mais simples estruturalmente,

Leia mais

CITOLOGIA E FISIOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA. Prof a. Dr a. Vânia Lúcia da Silva

CITOLOGIA E FISIOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA. Prof a. Dr a. Vânia Lúcia da Silva CITOLOGIA E FISIOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA Prof a. Dr a. Vânia Lúcia da Silva A primeira pessoa a relatar a observação de estruturas com um microscópio foi o inglês Robert Hooke em 1665 - microscópio

Leia mais

ORGANIZAÇÃO, ESTRUTURAS e FUNÇÕES

ORGANIZAÇÃO, ESTRUTURAS e FUNÇÕES CAPÍTULO II OS PROCARIOTAS ORGANIZAÇÃO, ESTRUTURAS e FUNÇÕES 4ª AULA TEÓRICA MICROBIOLOGIA 2010/2011 24.02.2011 António Inês MICROBIOLOGIA 2008/2009 SUMÁRIO: Estruturas opcionais CAPÍTULO II. OS PROCARIOTAS:

Leia mais

Licenciatura em Biologia. Biologia Celular 2º Período

Licenciatura em Biologia. Biologia Celular 2º Período Licenciatura em Biologia Biologia Celular 2º Período Apresentação Introdução: Estrutura, funções e evoluções das células Cap. 01 (Junqueira e Carneiro) ..\Material\Videos\A Vida no interior da célula.mp4

Leia mais

Morfologia e Citologia Bacteriana

Morfologia e Citologia Bacteriana UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA DEPARTAMENTO DE PARASITOLOGIA, MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA Morfologia e Citologia Bacteriana Professora: Vânia Lúcia da Silva Universidade Federal de Juiz de Fora -

Leia mais

V e t e r i n a r i a n D o c s Microbiologia Geral. 1-Forma da célula: 3 formas principais: - esféricas (cocos)

V e t e r i n a r i a n D o c s  Microbiologia Geral. 1-Forma da célula: 3 formas principais: - esféricas (cocos) V e t e r i n a r i a n D o c s Microbiologia Geral Estrutura da Célula Bacteriana Todas as bactérias são organismos procarióticos. Morfologia: 1-Forma da célula: 3 formas principais: - esféricas (cocos)

Leia mais

Características Gerais. Representantes: Bactérias e cianobactérias (algas azuis).

Características Gerais. Representantes: Bactérias e cianobactérias (algas azuis). REINO MONERA Características Gerais Representantes: Bactérias e cianobactérias (algas azuis). Procariontes: ausência de carioteca e organelas membranosas no citoplasma. Unicelulares - Isolados ou coloniais.

Leia mais

As bactérias são organismos unicelulares procarióticos e não apresentam núcleo ou organelas membranosas;

As bactérias são organismos unicelulares procarióticos e não apresentam núcleo ou organelas membranosas; REINO MONERA CAP. 6: ORGANIZAÇÃO INTERNA DA CÉLULA BATERIANA As bactérias são organismos unicelulares procarióticos e não apresentam núcleo ou organelas membranosas; As bactérias podem apresentar: + Nutrição:

Leia mais

Morfologia e Estrutura das Bactérias. Patrícia de Lima Martins

Morfologia e Estrutura das Bactérias. Patrícia de Lima Martins Morfologia e Estrutura das Bactérias Patrícia de Lima Martins Considerações Gerais- A célula Os seres vivos formados por células podem ser divididos em: Unicelulares: Seres vivos formados por uma única

Leia mais

Histórico. Pasteur (1877) bactéria x bactéria

Histórico. Pasteur (1877) bactéria x bactéria ANTIBIÓTICOS Histórico Pasteur (1877) bactéria x bactéria Histórico Fleming (1928) Penicilina - Cogumelo Penicillium (1943) - Início da era dos antibióticos DEFINIÇÃO DE BACTÉRIA Bactérias são organismos

Leia mais

MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA

MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA MEIO AMBIENTE E MICRORGANISMOS Professor Esp. André Luís Souza Stella ENFERMAGEM 1º E 2º semestre profandreluis@anhanguera.com SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO DOS SERES VIVOS Sistemas

Leia mais

Reino Monera; a célula eucariótica e a procariótica. Classificação dos microrganismos. Estrutura e ultraestrutura da célula bacteriana.

Reino Monera; a célula eucariótica e a procariótica. Classificação dos microrganismos. Estrutura e ultraestrutura da célula bacteriana. Reino Monera; a célula eucariótica e a procariótica. Classificação dos microrganismos. Estrutura e ultraestrutura da célula bacteriana. Tipos Celulares Básicos - Tanto as células procarióticas quanto as

Leia mais

Citoplasma. ocorrem as reações químicas. 1. Contém uma substância gelatinosa onde. 2. Local onde estão submersas as organelas.

Citoplasma. ocorrem as reações químicas. 1. Contém uma substância gelatinosa onde. 2. Local onde estão submersas as organelas. CITOLOGIA Citoplasma 1. Contém uma substância gelatinosa onde ocorrem as reações químicas. 2. Local onde estão submersas as organelas. Citoesqueleto 1. Formado por proteínas que mantém a forma celular;

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO CELULAR

CLASSIFICAÇÃO CELULAR BACTERIOLOGIA Prof. Danielly Cantarelli CLASSIFICAÇÃO CELULAR CÉLULAS EUCARIÓTICAS Possuem núcleo verdadeiro, contendo cromossomos circundados por membrana nuclear; Mitose Organelas (mitocôndrias, lisossomos),

Leia mais

MICROORGANISMOS. Prof.: Alessandra Miranda

MICROORGANISMOS. Prof.: Alessandra Miranda MICROORGANISMOS Prof.: Alessandra Miranda alessandra.referencial@gmail.com Microbiologia mikros = pequenos bios = vida logotipos = ciência Microorganismos: Bactérias Fungos (leveduras e fungos filamentosos

Leia mais

TAXONOMIA BACTERIANA. Bactérias. aa aa aa aa. Parte I COLORAÇÃO DE GRAM

TAXONOMIA BACTERIANA. Bactérias. aa aa aa aa. Parte I COLORAÇÃO DE GRAM Parte I Bactérias 1 TAXONOMIA BACTERIANA Todos os organismos têm um nome composto por duas partes: o gênero seguido pelo epíteto específico (i.e, Homo sapiens). As bactérias foram inicialmente agrupadas

Leia mais

Classificação dos seres vivos

Classificação dos seres vivos Classificação dos seres vivos Estudos filogenéticos separam os seres vivos em três grandes grupos ou domínios. Células Eucariontes e Procariontes Profª bióloga: Fernanda Pereira O que são células? As células

Leia mais

15/10/2009 GENÉTICA BACTERIANA. Disciplina: Microbiologia Geral Curso: Nutrição Prof. Renata Fernandes Rabello. Informação genética essencial.

15/10/2009 GENÉTICA BACTERIANA. Disciplina: Microbiologia Geral Curso: Nutrição Prof. Renata Fernandes Rabello. Informação genética essencial. GENÉTICA BACTERIANA GENOMA BACTERIANO Cromossoma (nucleóide) Informação genética essencial. Ácido desoxirribonucléico (DNA). Disciplina: Microbiologia Geral Curso: Nutrição Prof. Renata Fernandes Rabello

Leia mais

MORFOLOGIA, CITOLOGIA E FISIOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA. Prof a. Francis Moreira Borges

MORFOLOGIA, CITOLOGIA E FISIOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA. Prof a. Francis Moreira Borges MORFOLOGIA, CITOLOGIA E FISIOLOGIA DA CÉLULA BACTERIANA Prof a. Francis Moreira Borges SISTEMAS DE CLASSIFICAÇÃO DOS ORGANISMOS Linnaeus Primeiro sistema de classificação de microrganismos 1753 (Carollus

Leia mais

Ribossomos: Grânulos encontrados geralmente no retículo endoplasmático rugoso. Têm a função de produzir proteínas.

Ribossomos: Grânulos encontrados geralmente no retículo endoplasmático rugoso. Têm a função de produzir proteínas. A CÉLULA A célula é a menor parte funcional dos seres vivos multicelulares e ainda pode ser um ser vivo como um todo, por exemplo, uma bactéria, que é uma única célula (ser vivo unicelular). As células

Leia mais

Aula3: Nutrição, Metabolismo e Reprodução Microbiana

Aula3: Nutrição, Metabolismo e Reprodução Microbiana Instituto Federal de Santa Catarina Câmpus Florianópolis Unidade Curricular: MICROBIOLOGIA Aula3: Nutrição, Metabolismo e Reprodução Microbiana Prof. Leandro Parussolo leandro.parussolo@ifsc.edu.br Mesmas

Leia mais

PDF created with pdffactory Pro trial version Cyra Carvalho Bianchi Márcia Souza Americano

PDF created with pdffactory Pro trial version  Cyra Carvalho Bianchi Márcia Souza Americano Cyra Carvalho Bianchi Márcia Souza Americano Microbiologia: 4 É um ramo da biologia que estuda os seres microscópicos: bactérias, fungos, vírus e protozoários*, e sua interação com outros seres e o meio

Leia mais

Morfologia e Citologia Bacteriana

Morfologia e Citologia Bacteriana UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA DEPARTAMENTO DE PARASITOLOGIA, MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA Morfologia e Citologia Bacteriana Professora: Vânia Lúcia da Silva Universidade Federal de Juiz de Fora -

Leia mais

MORFOLOGIA DA CÉLULA; AGREGAÇÃO DA COLÔNIA; COMPOSIÇÃO DA PAREDE

MORFOLOGIA DA CÉLULA; AGREGAÇÃO DA COLÔNIA; COMPOSIÇÃO DA PAREDE Classificação das Bactérias: As bactérias podem ser classificadas quanto a: RESPIRAÇÃO; MORFOLOGIA DA CÉLULA; AGREGAÇÃO DA COLÔNIA; COMPOSIÇÃO DA PAREDE CELULAR;Menores e mais Quanto ao grau de agregação

Leia mais

BIOLOGIA MÓDULO 7 REINO MONERA 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS 2. CLASSIFICAÇÃO

BIOLOGIA MÓDULO 7 REINO MONERA 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS 2. CLASSIFICAÇÃO REINO MONERA 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS Os primeiros organismos vivos que estudaremos são agrupados no reino Monera. Estes procariontes, sem núcleo definido ou qualquer estrutura membranosa interna, podem

Leia mais

Membrana plasmática (plasmalema)

Membrana plasmática (plasmalema) Membrana plasmática (plasmalema) Bicamada lipídica (fosfolipídio + colesterol) responsável pela proteção e pelo controle da entrada e saída de substâncias da célula (permeabilidade seletiva). Modelo do

Leia mais

Biologia Celular. Profa Cristina L S Petrarolha Silva

Biologia Celular. Profa Cristina L S Petrarolha Silva Biologia Celular Visão Geral das Células Profa Cristina L S Petrarolha Silva Vírus não são células: partículas intracelulares obrigatórias Propagação dos vírus com lise da célula hospedeira. Fonte: http://www.brasilescola.com/biologia/virus.htm

Leia mais

25/08/2014 CÉLULAS. Células Procariontes. Raduan. Célula Eucarionte Vegetal. Raduan

25/08/2014 CÉLULAS. Células Procariontes. Raduan. Célula Eucarionte Vegetal. Raduan CÉLULAS Células Procariontes Célula Eucarionte Vegetal 1 Célula Eucarionte Animal Núcleo Citoplasma Célula Animal Estrutura geral Membrana citoplasmática Mitocôndrias Retículo endoplasmático Complexo de

Leia mais

Disciplina: Citologia e Embriologia. Profª Dra. Adriana Soeiro de F. Silva J. Ayres

Disciplina: Citologia e Embriologia. Profª Dra. Adriana Soeiro de F. Silva J. Ayres Disciplina: Citologia e Embriologia Profª Dra. Adriana Soeiro de F. Silva J. Ayres a.soeiro.f@hotmail.com . EMENTA UNIDADE I Aspectos gerais da estrutura celular Microscopias Métodos empregados no estudo

Leia mais

Célula bacteriana. Membrana plasmática Parede celular Cápsula. DNA associado ao mesossomo. Mesossomo

Célula bacteriana. Membrana plasmática Parede celular Cápsula. DNA associado ao mesossomo. Mesossomo Reino Monera Célula bacteriana Mesossomo DNA associado ao mesossomo Membrana plasmática Parede celular Cápsula Enzimas relacionadas com a respiração, ligadas à face interna da membrana plasmática Flagelo

Leia mais

Reino Monera Reino Monera Características da célula Fonte de energia Reino Monera Reino Monera Fonte de matéria orgânica Reprodução

Reino Monera Reino Monera Características da célula Fonte de energia Reino Monera Reino Monera Fonte de matéria orgânica Reprodução Características da célula Procariontes Unicelulares Fonte de energia Anaeróbicos não utilizam O2 como fonte de energia Aeróbicos utilizam O2 como fonte de energia 1 2 Fonte de matéria orgânica Autótrofos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA DEPARTAMENTO DE PARASITOLOGIA, MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA DEPARTAMENTO DE PARASITOLOGIA, MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA DEPARTAMENTO DE PARASITOLOGIA, MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA Genética Bacteriana Disciplina: Biologia de Microrganismos Professora: Alessandra Machado Genética Bacteriana

Leia mais

CÉLULAS. 8 ano Profª Elisete

CÉLULAS. 8 ano Profª Elisete CÉLULAS 8 ano Profª Elisete Quanto ao número de células Os seres vivos podem ser: UNICELULARES apresentam uma única célula. Ex: bactérias e protozoários. PLURICELULARES apresentam mais células. Ex: seres

Leia mais

CITOLOGIA. kytos = célula logos = estudo) Unidade morfológica e funcional dos seres vivos

CITOLOGIA. kytos = célula logos = estudo) Unidade morfológica e funcional dos seres vivos Luci Freitas CITOLOGIA kytos = célula logos = estudo) Unidade morfológica e funcional dos seres vivos Tamanho das células Glóbulo vermelho na ponta de uma agulha Embrião humano na ponta de uma agulha Neste

Leia mais

Curso de Nivelamento Biologia

Curso de Nivelamento Biologia CENTRO UNVERSITÁRIO CESUMAR Curso de Nivelamento Biologia Procariontes e Eucariontes Aula 1 Profª. Priscila Brustin Definição: CÉLULA A célula é a menor unidade dos seres vivos com formas e funções definidas.

Leia mais

A Célula. Origem e evolução. Procariotas e Eucariotas

A Célula. Origem e evolução. Procariotas e Eucariotas A Célula Origem e evolução Procariotas e Eucariotas A primeira célula Como surgiu a vida e como se formou a primeira célula? A vida emergiu há 3,5 biliões de anos, 1 bilhão após a formação da terra. As

Leia mais

Colorações de Bactérias: Coloração Simples e Coloração Diferencial(Coloração de Gram)

Colorações de Bactérias: Coloração Simples e Coloração Diferencial(Coloração de Gram) Escola Secundária com 3º Ciclo D.Manuel I Beja Acção de Formação ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DOS LABORATÓRIOS ESCOLARES Guião de actividade laboratorial versão aluno Colorações de Bactérias: Coloração Simples

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 1º Disciplina: Ciências da Natureza/ Biologia

Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 1º Disciplina: Ciências da Natureza/ Biologia Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 1º Disciplina: Ciências da Natureza/ Biologia Data da prova: 1) (Fuvest-SP) O organismo A é um parasita intracelular constituído por uma cápsula

Leia mais

CITOPLASMA E ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS. Instituto Federal de Santa Catarina Curso de Biotecnologia Prof. Paulo Calixto

CITOPLASMA E ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS. Instituto Federal de Santa Catarina Curso de Biotecnologia Prof. Paulo Calixto CITOPLASMA E ORGANELAS CITOPLASMÁTICAS Instituto Federal de Santa Catarina Curso de Biotecnologia Prof. Paulo Calixto 1943 1944 1953 1956 1961-66 1973 1975 1982 1988 1990 1996 2000-03 Biotecnologia Algumas

Leia mais

Morfologia e Estrutura de Microrganismos. Morfologia e Estrutura de Microrganismos

Morfologia e Estrutura de Microrganismos. Morfologia e Estrutura de Microrganismos Morfologia e Estrutura de Microrganismos Eucariotos Esfriamento da crosta Procariotos Cianobactérias : grandes quantidades de O 2 na atmosfera Plantas e animais Bilhões de anos a partir do presente Estrutura

Leia mais

Características Gerais dos Vírus

Características Gerais dos Vírus Características Gerais dos Vírus Vírus Agentes causadores de infecções no homem, outros animais, vegetais e bactérias. São desprovidos de organelas e sem metabolismo próprio. Parasitas intracelulares obrigatórios.

Leia mais

Cap. 6 Citoplasma e Organelas

Cap. 6 Citoplasma e Organelas Cap. 6 Citoplasma e Organelas CITOPLASMA Características gerais: Kytos célula / Plasma Líquido Em PROCARIONTES: Líquido viscoso Citosol + DNA (nucleoide + plasmídios) + ribossomos Ausência de membranas

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Lista de exercícios de Ciências - 1º Bimestre Nome: Ano: 7º A / B Prof. Paula Jacinto N.: / /17 Volume 1: Conhecendo a Biosfera Vírus e bactérias Protistas 1) Explique

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DAS BACTÉRIAS CAUSADORAS DE DOENÇAS HUMANAS

CARACTERIZAÇÃO DAS BACTÉRIAS CAUSADORAS DE DOENÇAS HUMANAS 2.1 Introdução 2.2 Morfologia bacteriana 2.3 Estrutura Bacteriana 2.3.1 Estrutura Externa 2.3.2 Estrutura Interna CARACTERIZAÇÃO DAS BACTÉRIAS CAUSADORAS DE DOENÇAS HUMANAS 2.3.2.1. Área Citoplasmática

Leia mais

André Fioravante Guerra Bacteriologia Valença, 1ª Edição, p. Disponível em:

André Fioravante Guerra Bacteriologia Valença, 1ª Edição, p. Disponível em: André Fioravante Guerra Bacteriologia Valença, 1ª Edição, 2016. 20p. Disponível em: www.microbiologia-de-alimentos.com BACTERIOLOGIA As bactérias, apesar de serem seres relativamente simples, são capazes

Leia mais

Licenciatura em Biologia. Biologia Celular 2º P

Licenciatura em Biologia. Biologia Celular 2º P Licenciatura em Biologia Biologia Celular 2º P Célula Eucariótica Vegetal Tipos de células Seres procarióticos (bactérias e cianobactérias): Células procarióticas. Seres eucarióticos (algas, protozoários,

Leia mais

Conceitos fundamentais de Biologia Celular

Conceitos fundamentais de Biologia Celular Conceitos fundamentais de Biologia Celular Principais estruturas da célula eucariótica O NÚCLEO Contém nos cromossomos todo o genoma (DNA) das células; Responsável pela síntese e processamento dos RNAs

Leia mais

CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 11 Pequenos reinos 7º anos 3º período

CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 11 Pequenos reinos 7º anos 3º período CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 11 Pequenos reinos 7º anos 3º período - 2012 01. Um organismo unicelular, sem núcleo diferenciado, causador de infecção em ratos provavelmente será:

Leia mais

INTRODUÇÃO À BIOQUÍMICA DA CÉLULA. Bioquímica Celular Prof. Júnior

INTRODUÇÃO À BIOQUÍMICA DA CÉLULA. Bioquímica Celular Prof. Júnior INTRODUÇÃO À BIOQUÍMICA DA CÉLULA Histórico INTRODUÇÃO 1665: Robert Hooke Compartimentos (Células) 1840: Theodor Schwann Teoria Celular 1. Todos os organismos são constituídos de uma ou mais células 2.

Leia mais

Organização Geral das Células

Organização Geral das Células Faculdade Vértice Univértix Cursos: Medicina Veterinária Organização Geral das Células Aula Revisão Professor, Enfº. Laudineide de Carvalho Gomes Matipó, fevereiro de 2015. e-mail: laudineic.gomes@hotmail.com

Leia mais

O MUNDO MICROSCÓPICO VÍRUS, BACTÉRIAS E PROTOZOÁRIOS. Professora: Edilene, Janaina e Ana Laura

O MUNDO MICROSCÓPICO VÍRUS, BACTÉRIAS E PROTOZOÁRIOS. Professora: Edilene, Janaina e Ana Laura O MUNDO MICROSCÓPICO VÍRUS, BACTÉRIAS E PROTOZOÁRIOS Professora: Edilene, Janaina e Ana Laura VÍRUS Vírusvem do latim = veneno São pequenos - ultramicroscópicos Um pouco de história Louis Pasteur (1822-1895)

Leia mais

As células constituem os seres vivos

As células constituem os seres vivos As células constituem os seres vivos Prof. Calina Capítulo 1 Aula 1/3 Conceito Estrutura Tipos de células Membrana plasmática Constituição Propriedades A célula Os seres vivos são constituídos de células.

Leia mais

REVISÃO: A CÉLULA E SEU FUNCIONAMENTO

REVISÃO: A CÉLULA E SEU FUNCIONAMENTO REVISÃO: A CÉLULA E SEU FUNCIONAMENTO 2 O que são Células? São as unidades estruturais e funcionais dos organismos vivos; Envolvidas por membranas preenchidas por solução aquosa, onde estão presentes biomoléculas

Leia mais

Unidade II MICROBIOLOGIA, IMUNOLOGIA E PARASITOLOGIA. Profa. Dra. Eleonora Picoli

Unidade II MICROBIOLOGIA, IMUNOLOGIA E PARASITOLOGIA. Profa. Dra. Eleonora Picoli Unidade II MICROBIOLOGIA, IMUNOLOGIA E PARASITOLOGIA Profa. Dra. Eleonora Picoli Metabolismo bacteriano Conjunto de reações responsáveis pela manutenção das funções bacterianas básicas. Tipos de metabolismo

Leia mais

Permeabilidade da Bicamada Lipídica. Barreira hidrofóbica impermeável a solutos e íons. tamanho da molécula. solubilidade da molécula (em óleo)

Permeabilidade da Bicamada Lipídica. Barreira hidrofóbica impermeável a solutos e íons. tamanho da molécula. solubilidade da molécula (em óleo) Permeabilidade da Bicamada Lipídica Barreira hidrofóbica impermeável a solutos e íons tamanho da molécula solubilidade da molécula (em óleo) TRÂNSITO ATRAVÉS DA MEMBRANA MEMBRANA PLASMÁTICA TRÂNSITO ATRAVÉS

Leia mais

Princípio da Fisiologia Animal. Profª Talita Silva

Princípio da Fisiologia Animal. Profª Talita Silva Princípio da Fisiologia Animal Profª Talita Silva O que é Fisiologia A fisiologia (do grego physis = fundamento da natureza, e logos = estudo) O que a Fisiologia estuda: As múltiplas funções mecânicas,

Leia mais

Vírus - Caracterização Geral

Vírus - Caracterização Geral Noções de Vírus By Profª. Cynthia Vírus - Caracterização Geral Vírus = veneno ou fluído venenoso (Latim) Acelulares/ Partículas Infecciosas Composição química de nucleoproteínas (DNA ou RNA+Proteínas)

Leia mais

MULTIPLICAÇÃO VIRAL Danielly Cantarelli

MULTIPLICAÇÃO VIRAL Danielly Cantarelli MULTIPLICAÇÃO VIRAL Danielly Cantarelli 1 Os vírus não possuem enzimas para a produção de energia nem para a síntese protéica Para que um vírus se multiplique, ele deve invadir uma célula hospedeira e

Leia mais

ara acompanhar esta aula, o aluno de er re er conceitos de biologia estudados no ensino médio.

ara acompanhar esta aula, o aluno de er re er conceitos de biologia estudados no ensino médio. MORFOLOGIA E CITOLOGIA BACTERIANA META Introduzir alguns conceitos sobre morfologia incluídos tamanho, forma e arranjos das bactérias, e conceitos sobre citologia bacteriana como os componentes internos

Leia mais

Gabi Rabelo facebook whatsapp

Gabi Rabelo facebook whatsapp Gabi Rabelo facebook whatsapp 35 9 99087226 e-mail: s.gabiv@hotmail.com Organismos vivos Células Formas: simples unicelulares (se multiplicam por bipartição) e complexas pluricelulares (grupo de células

Leia mais

Fundamentos de Bacteriologia

Fundamentos de Bacteriologia Fundamentos de Bacteriologia 1 Definição do grego bakteríon, pequeno bastão. Trata se de organismos unicelulares pertencentes ao reino Monera, vivendo isolados ou constituindo colônias filamentosas móveis

Leia mais

10º ANO MÓDULO 2 (dois) F i c h a d e p r e p a r a ç ã o p a r a o t e s t e d o d i a 31 d e M a r ç o GRUPO I

10º ANO MÓDULO 2 (dois) F i c h a d e p r e p a r a ç ã o p a r a o t e s t e d o d i a 31 d e M a r ç o GRUPO I E S C O L A S E C U N D Á R I A A N T Ó N I O S É R G I O 10º ANO MÓDULO 2 (dois) F i c h a d e p r e p a r a ç ã o p a r a o t e s t e d o d i a 31 d e M a r ç o 2 7-03- 201 4 GRUPO I 1 1 Os seres vivos

Leia mais

A Célula. A teoria celular, postulada por Schleiden e Schwann, assenta nos seguintes pressupostos:

A Célula. A teoria celular, postulada por Schleiden e Schwann, assenta nos seguintes pressupostos: A Célula Teoria celular: A teoria celular, postulada por Schleiden e Schwann, assenta nos seguintes pressupostos: A célula é a unidade básica estrutural e funcional de todos os seres vivos (isto é, todos

Leia mais

Estrutura e função celular em bactérias e Archaea. Prof. Everlon Cid Rigobelo

Estrutura e função celular em bactérias e Archaea. Prof. Everlon Cid Rigobelo Estrutura e função celular em bactérias e Archaea Prof. Everlon Cid Rigobelo Posição dos Microrganismos na Árvore da Vida Morfologia e Citologia de Procariotos A classificação dos Microrganismos (Taxonomia)

Leia mais