Data de liberação: 20/01/ :31

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Data de liberação: 20/01/ :31"

Transcrição

1 SOROLOGIA PARA CITOMEGALOVIRUS Anticorpos de Classe IgG: Superior a UA/mL Anticorpos de Classe IgM: Não Reagente Método: Imunoensaio por Quimioluminescência Valores de Referência IgG: Não reagente: Inferior a 6,0 UA/mL Reagente: Superior ou igual a 6,0 UA/mL IgM: Não Reagente Nota Mudança de metodologia a partir de 13/08/2012. Data de liberação: 20/01/ :31 HEMOGRAMA COM PLAQUETAS Material : Sangue SÉRIE ERITROCITÁRIA: Valores de Referência Hemácias : 4.28 x10~6/ul Hemoglobina : 13.4 g/dl Hematócrito : 38.5 % VCM : 90.0 fl HCM : 31.3 pg CHCM : 34.8 g/dl RDW : 12.9 % SÉRIE LEUCOCITÁRIA: Valores Absolutos Valores de Referência Leucócitos : 4.58 x10~3/ul 4580 ul Neutrófilos : 58.3 % 2670 ul Eosinófilos : 2.0 % 92 ul Basófilos : 0.4 % 18 ul Linfócitos : 33.4 % 1530 ul Monócitos : 5.9 % 270 ul SÉRIE PLAQUETÁRIA: Plaquetas : 169 x10~3/ul Volume Médio Plaquetário: 11.2 fl Obs.: Modificação dos valores de referência a partir de 04/10/2006. Notas: Contagem diferencial eletrônica realizada pelo equipamento XE Bastonetes dentro dos limites da normalidade. Data de liberação: 20/01/ :26 FERRITINA Resultado: 257 ng/ml Material: Soro Método: Ensaio imunométrico quimioluminescente Observação: Valores de referência modificados em 19/02/2013 Data de liberação: 20/01/ :56 URÉIA Uréia: 32 mg/dl 21-53

2 Método: Colorimétrico - (Urease) - Fusion - Química Seca CREATININA Creatinina: 0.87 mg/dl Método: Cinético de dois pontos- Fusion Clearence estimado pela fórmula simplificada de MDRD: Para indivíduos de etnias não-afrodescendentes: Superior a 60mL/min Para indivíduos de etnias afrodescendentes : Superior a 60mL/min Valor de referência para TGF: superior a 60 ml/min. Observação: O clearence será estimado apenas para indivíduos maiores de 16 anos. SÓDIO Sódio: 141 meq/l Método: Potenciométrico (eletrodo íon-seletivo)-fusion POTÁSSIO Potássio: 4.2 meq/l Método: Potenciométrico (eletrodo íon-seletivo)-fusion AST - ASPARTATO AMINOTRANSFERASE (TGO) TGO: 33 U/L Método: Enzimático - Fusion - Química Seca ALT - ALANINO AMINOTRANSFERASE (TGP)

3 TGP: 37 U/L Método: Cinético - Fusion - Química Seca GAMA GT Gama GT: 40 U/L Método: Cinético - Fusion - Química Seca FOSFATASE ALCALINA Fosfatase Alcalina: 61 U/L Método: Cinético - Fusion - Química Seca A partir de 24/03/2004 foram alterados os valores de referência. COLESTEROL TOTAL E FRAÇÕES Colesterol Total: 158 mg/dl Método: Enzimático por Química Seca Valores de referência : ADULTOS FAIXA ETÁRIA DE 2 a 19 ANOS Desejável: Inferior a 200 mg/dl Inferior a 150 mg/dl Limítrofe: mg/dl mg/dl Alto : Superior a 240 mg/dl Superior a 170 mg/dl Obs: Valores de colesterol total superiores ou iguais a 310 mg/dl (para adultos) ou superiores a 230 mg/dl (2 a 19 anos) podem ser indicativos de hipercolesterolemia familiar (HF). HDL Colesterol: 48 mg/dl Método: Enzimático Direto Valores de referência : Desejável: Superior a 60 mg/dl Desejável pacientes de 2 a 19 anos: Superior a 45 mg/dl Baixo : inferior a 40 mg/dl LDL Colesterol: 97 mg/dl Método: Calculado. Valores de referência (adultos maiores de 20 anos): Faixa etária de 2 a 19 anos: Ótimo :Inferior a 100 mg/dl Desejável : mg/dl Desejável: inferior a 100 mg/dl Limítrofe : mg/dl Limítrofe: mg/dl Alto : mg/dl Elevado : superior a 130 mg/dl Muito alto: superior a 190 mg/dl Colesterol não - HDL : 110 mg/dl Método: calculado Ótimo : inferior a 130 mg/dl Desejável : mg/dl Alto : mg/dl Muito alto : superior a 190 mg/dl Triglicérides: 66 mg/dl

4 Método: Enzimático por Química Seca Valores de referência : ADULTOS FAIXA ETÁRIA DE 2 A 19 ANOS Desejável : Inferior a 150 mg/dl inferior a 100 mg/dl Limítrofe : mg/dl mg/dl Alto : mg/dl superior a 130 mg/dl Muito Alto : Superior a 500 mg/dl Fonte: V Diretriz - Sociedade Brasileira de Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose, publicada nos arquivos Brasileiros de Cardiologia, ISSN X, volume 101, número 4 Suplemento 1, outubro de Observação: Valores de referência atualizados em 05/11/2013 Data de liberação: 20/01/ :20 TRIGLICÉRIDES Triglicérides: 66 mg/dl Método: Enzimático por Química Seca Valores de referência: ADULTOS FAIXA ETÁRIA DE 2 A 19 ANOS Desejável : Inferior a 150 mg/dl Inferior a 100 mg/dl Limítrofe : mg/dl mg/dl Alto : mg/dl Superior a 130 mg/dl Muito Alto : Superior a 500 mg/dl Fonte: V Diretriz - Sociedade Brasileira de Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose, publicada nos arquivos Brasileiros de Cardiologia, ISSN X, volume 101, número 4,Suplemento 1, outubro de Observação: Valores de referência atualizados em 05/11/2013 Data de liberação: 20/01/ :20 T4 LIVRE T4 LIVRE Resultado: 0.96 ng/dl Material : Soro Valores de referência para gestantes: Método : Quimioluminescência Primeiro trimestre: 0,85-1,64 Segundo trimestre : 0,78-1,48 Terceiro trimestre: 0,68-1,41 Observação: Valores de referência alterados em 13/09/2013. Data de liberação: 20/01/ :39 TSH HORMÔNIO TIREOESTIMULANTE (TSH) Resultado: 2.34 mcui/ml Material : Soro Método : Quimioluminescência Observação: Metodologia alterada em 28/11/2011. Data de liberação: 20/01/ :01

5 CK-MB CK-MB: 3.04 ng/ml Método: Quimioluminescência Data de liberação: 20/01/ :15 MAGNÉSIO Magnésio: 1.8 meq/l Método: Colorimétrico - Fusion - Química Seca CÁLCIO Cálcio: 9.6 mg/dl Método: Colorimétrico - Fusion - Química Seca ACIDO URICO Valor de referência Ácido Úrico: 6.4 mg/dl Método: Colorimétrico (Uricase) - Fusion - Química Seca A partir de 29/01/2010 os valores de referência foram alterados de acordo com as recomendações do CLSI para nossa população adulta. PROTEÍNAS TOTAIS E FRAÇÕES Valores de Referência Proteínas Totais: 7.2 g/dl Método: Colorimétrico (Biureto) - Fusion - Química Seca Albumina : 4.7 g/dl Método: Verde bromocresol - Fusion - Química Seca Globulina : 2.5 g/dl

6 GLICOSE Glicose: 93 mg/dl Método: Enzimático (GOD-POD) - Fusion - Química Seca Nota: Valor de referência alterado em 30/12/2003 segundo recomendação da Associação Americana de Diabetes (Diabetes Care 26: , 2003) INSULINA DE JEJUM INSULINA DE JEJUM Resultado da Insulina: 3.5 mu/l Método : Quimioluminescência HOMA IR: 0.8 Valores de referência para HOMA IR : Adultos: IMC menor ou igual a 27,5 : até 4,65 IMC maior que 27,5 : até 3,60 Fonte: Diabetes 2005;54: Observação: Metodologia alterada em 26/12/2011. Data de liberação: 20/01/ :44 HEMOGLOBINA GLICADA Material: sangue Hemoglobina Glicada : 5.10 % Glicemia média estimada: 100 mg/dl Método: Cromatografia Líquida de Alto Desempenho - HPLC. Este método é certificado pelo NGSP (National Glycohemoglobin Standardization Program). Interpretação: A hemoglobina glicada reflete os níveis glicêmicos das 8 a 12 semanas anteriores ao exame e é utilizada no seguimento de pacientes com diabetes mellitus. Níveis inferiores a 7% estão associados a significativa redução de complicações do diabetes. De acordo com a American Diabetes Association (2010), pacientes com hemoglobina glicada maior ou igual a 6,5% confirmada em pelo menos 2 ocasiões podem ser considerados portadores de diabetes mellitus. Valores entre 5,7 e 6,4% podem caracterizar uma situação de pré-diabetes. Data de liberação: 20/01/ :21 VITAMINA D TOTAL 25OH - VITAMINA D TOTAL Resultado: 36 ng/ml Interpretação: Material: Soro Menor que 10 ng/ml: deficiência Método: Imunoensaio competitivo eletroquimioluminescente 10 a 30 ng/ml: insuficiência 30 a 100 ng/ml : suficiência Maior que 100 ng/ml: toxicidade Obervação: valores de referência alterados em 12/06/2013. Data de liberação: 20/01/ :45

7 URINA TIPO 1 Material: Urina EXAME FÍSICO: VALORES DE REFERÊNCIA Densidade : Cor : Amarela Amarela Aspecto : Límpido Límpido PH : EXAME QUÍMICO VALORES DE REFERÊNCIA Proteína : Não detectado Não detectado Açúcar : Ausente Ausentes Corpos cetônicos : Ausentes Ausentes Pigmentos biliares : Ausentes Ausentes Urobilinogênio : Normal Normal até 1/20 Nitrito : Negativo Negativo Esterase : Ausente Ausentes Hemoglobina : Ausente Ausentes ANÁLISE DO SEDIMENTO: VALORES DE REFERÊNCIA Hemácias : 2000 por ml Leucócitos : 2000 por ml Cilindros hialinos : Ausentes Ausentes Cilindros granulosos : Ausentes Ausentes Leveduras : Ausentes Ausentes Cristais : Ausentes Ausentes Método : Análise bioquímica realizada através de tiras reativas (equipamento Velocity) e do sedimento urinário por captura de imagem (equipamento Iris iq-200). Data de liberação: 20/01/ :21 UROCULTURA Resultado Houve crescimento de: UFC/ml Escherichia coli (ESCCOL) Método: Cultura realizada em meio cromogênico. Pode-se utilizar ainda, métodos manuais, automatizados e moleculares para identificação e teste de sensibilidade. - UFC/ml: Unidades Formadoras de Colônias / ml Final -Para a interpretação dos testes de sensibilidade foram utilizados os critérios vigentes preconizados pelo CLSI associados às modificações em vigor indicadas em nota técnica da ANVISA. SENSIBILIDADES Antibiótico/Cultura: Ampicilina / Amoxacilina Cefalotina Cefuroxime - Sodium Ceftriaxone Cefepime Piperacilina/Tazobactam Amoxa/Ac. clavulânico Amicacina Gentamicina Ciprofloxacina Ácido Nalidixico Norfloxacina Sulfametoxa./Trimetoprim Nitrofurantoina Ertapenem Meropenem ESCCOL MIC >=32 R 32 R 4 S <=1 S <=1 S <=4 S 8 S <=2 S <=1 S <=0.25 S <=2 S <=0.5 S <=20 S 32 S <=0.5 S <=0.25 S INTERPRETAÇÃO: S = Sensível R = Resistente I = Intermediário MIC = Concentração Inibitória Mínima Data de liberação: 22/01/ :43

8

CREATININA PROTEÍNAS TOTAIS E FRAÇÕES

CREATININA PROTEÍNAS TOTAIS E FRAÇÕES _ CREATININA Valor de Referncia CREATININA: 0,6 mg/dl 0,5 a 1,1 mg/dl erfg: 137 erfg Afrodescendente: 166 erfg Doença Renal Crônica: < 60 ml/min/1,73m2 erfg Insuficiência Renal : < 15 ml/min/1,73m2 Obs.:

Leia mais

Rua Luiz Simon, 75 - (Largo do Riachuelo) - Jacareí - SP REG.: CRBM ( ) TeleFax: (12)

Rua Luiz Simon, 75 - (Largo do Riachuelo) - Jacareí - SP REG.: CRBM ( ) TeleFax: (12) Impresso em 01/12/2016 171714 Página 1 Laboratório Direção Dr.João Pasqualin Neto - CRBM 0278 Rua Luiz Simon, 75 - (Largo do Riachuelo) - Jacareí - SP REG. CRBM (1986-0040-0) TeleFax (12) 3953-2778 Num.Lab.

Leia mais

HEMOGRAMA LUCAS WILBERT MARILIA DE N. C. BERGAMASCHI

HEMOGRAMA LUCAS WILBERT MARILIA DE N. C. BERGAMASCHI HEMOGRAMA ERITROGRAMA Hemácias milhões/mm3...: 4,67 4,00 a 5,10 Hemoglobina g/dl...: 13,00 11,20 a 15,10 Hematócrito %...: 37,80 34,00 a 43,00 Vol. Glob. Média em fl...: 80,94 78,00 a 92,00 Hem. Glob.

Leia mais

Isaac de Melo Xavier Junior Fernando Jose Goncalves Cardoso

Isaac de Melo Xavier Junior Fernando Jose Goncalves Cardoso 535C5710 «$E9T"J0 03.362451.01.41:15 Setor Técnico Urinalise Emissão 03/10/2008 SUMARIO DE URINA Coleta: 03/10/2008 ASPECTOS FÍSICO-QUÍMICOS Valores de referência Cor Amarelo claro Amarelo claro - amarelo

Leia mais

PSA - ANTÍGENO ESPECÍFICO Coleta: 20/11/ :05 PROSTÁTICO LIVRE. PSA - ANTIGENO ESPECÍFICO Coleta: 20/11/ :05 PROSTÁTICO TOTAL

PSA - ANTÍGENO ESPECÍFICO Coleta: 20/11/ :05 PROSTÁTICO LIVRE. PSA - ANTIGENO ESPECÍFICO Coleta: 20/11/ :05 PROSTÁTICO TOTAL AUTENTICIDADE: 31BA47 Set.Tecnico Imunoensaio PSA - ANTÍGENO ESPECÍFICO Coleta: 20/11/2004 07:05 PROSTÁTICO LIVRE Resultado 0.15 ng/ml Metodo: Eletroquimioluminescência (ECLIA) Referencial: Até 0.72 ng/ml

Leia mais

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS. Dúvidas Técnicas: Telefone: PABX (011) 3053-6611 Ramal: 2028

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS. Dúvidas Técnicas: Telefone: PABX (011) 3053-6611 Ramal: 2028 Telefone PABX (011) 3053-6611 e-mail hcor@hcor.com.br Dúvidas Técnicas Telefone PABX (011) 3053-6611 Ramal 2028 EQUIPE CLINIC CHECK UP Num. Pedido 050802886 10/08/2005 060000 Emissão 11/08/2005 135055

Leia mais

Método: RESISTIVIDADE - IMPEDÂNCIA - MICROSCOPIA

Método: RESISTIVIDADE - IMPEDÂNCIA - MICROSCOPIA HEMOGRAMA COMPLETO Método: RESISTIVIDADE - IMPEDÂNCIA - MICROSCOPIA ERITOGRAMA: Referências Hemácias...: 4,45 milhões/mm³ 3,9 a 5,3 milhões/mm³ Hemoglobina...: 12,2 g/dl 12,0 a 16,0 g/dl Hematócrito...:

Leia mais

T3 - TRIIODOTIRONINA Coleta: 18/11/2005 06:28. T3 LIVRE Coleta: 18/11/2005 06:28. T4 - TETRAIODOTIRONINA Coleta: 18/11/2005 06:28

T3 - TRIIODOTIRONINA Coleta: 18/11/2005 06:28. T3 LIVRE Coleta: 18/11/2005 06:28. T4 - TETRAIODOTIRONINA Coleta: 18/11/2005 06:28 AUTENTICIDADE: 755339 Set.Tecnico Imunoensaio T3 - TRIIODOTIRONINA Coleta: 18/11/2005 06:28 Resultado 108.6 ng/dl Referencial: Criancas ate 5 anos 105.0 a 269.0 ng/dl 5 a 10 anos 94.0 a 241.0 ng/dl Maiores

Leia mais

SÓDIO 139 meq/l Valores de ref erência: 134 a 147 meq/l Material: Soro Anteriores:(11/10/2016): 139 Método: Eletrodo Seletiv o

SÓDIO 139 meq/l Valores de ref erência: 134 a 147 meq/l Material: Soro Anteriores:(11/10/2016): 139 Método: Eletrodo Seletiv o SÓDIO 139 meq/l Valores de ref erência: 134 a 147 meq/l (11/10/2016): 139 Método: Eletrodo Seletiv o POTÁSSIO 3,6 meq/l Valores de ref erência: 3,5 a 5,4 meq/l Método: Eletrodo Seletiv o URÉIA 37 mg/dl

Leia mais

HEMOGRAMA. Paciente : MARCIA SILVIANE DOS SANTOS ROSA Idade : 45 anos, 10 meses Série/No.: REC2/ ERITROGRAMA

HEMOGRAMA. Paciente : MARCIA SILVIANE DOS SANTOS ROSA Idade : 45 anos, 10 meses Série/No.: REC2/ ERITROGRAMA HEMOGRAMA Amostra: Sangue total com EDTA Metodologia: Laser. Realizado em equipamento automatizado modelo ABBOTT CELL-DYN 3500. ERITROGRAMA Valores de Referência Eritrócitos 4,32 milhões/mm³ 4,50 a 5,90

Leia mais

HEMOGRAMA COMPLETO SERIE VERMELHA

HEMOGRAMA COMPLETO SERIE VERMELHA Histórico de exames desde 1996 Laudo HEMOGRAMA COMPLETO SERIE VERMELHA CONTAGEM DE HEMACIAS : 4,83 m ilhoes/m m 3 DOSAGEM DA HEMOGLOBINA : 14,4 g/dl AVALIACAO DO HEMATOCRITO : 44,4 % VOLUME GLOBULAR MEDIO

Leia mais

HEMOGRAMA COMPLETO Método : Análise realizada por Citometria de fluxo fluorescente e impedância "XE2100-Sysmex" Material: SANGUE TOTAL COM EDTA

HEMOGRAMA COMPLETO Método : Análise realizada por Citometria de fluxo fluorescente e impedância XE2100-Sysmex Material: SANGUE TOTAL COM EDTA Unidade : VICENTE PIRES Página: 1/7 HEMOGRAMA COMPLETO Método : Análise realizada por Citometria de fluxo fluorescente e impedância "XE2100-Sysmex" Material: SANGUE TOTAL COM EDTA Eritrograma Valores de

Leia mais

HEMOGRAMA COMPLETO Valores de Referencia (Adultos - Masculino) ERITROCITOS...: 5.54 milhoes/mm3 4.5 a 6.0

HEMOGRAMA COMPLETO Valores de Referencia (Adultos - Masculino) ERITROCITOS...: 5.54 milhoes/mm3 4.5 a 6.0 Resultados Página: 1/10 HEMOGRAMA COMPLETO Valores de Referencia (Adultos - Masculino) ERITROCITOS...: 5.54 milhoes/mm3 4.5 a 6.0 HEMOGLOBINA...: 16.1 g/dl 13.0 a 20.0 Exame assinado eletronicamente por

Leia mais

HEMOGRAMA COMPLETO. GRUPO SANGUINEO Data de Coleta: 10/09/2013 Material: Sangue Método: Aglutinação Resultado...: Tipo B ERITOGRAMA:

HEMOGRAMA COMPLETO. GRUPO SANGUINEO Data de Coleta: 10/09/2013 Material: Sangue Método: Aglutinação Resultado...: Tipo B ERITOGRAMA: HEMOGRAMA COMPLETO Método: Automação ERITOGRAMA: Referências Hemácias...: 4,47 milhões /mm3 4.00 a 5.20 milhôes/mm3 Hemoglobina...: 14,70 g % 11.7 a 15.7 g% Hematócrito...: 41,6 % 36.0 a 47.0 % Volume

Leia mais

Material: Sangue c/edta Método..: Citometria/Automatizado e estudo morfológico em esfregaço corado

Material: Sangue c/edta Método..: Citometria/Automatizado e estudo morfológico em esfregaço corado HEMOGRAMA COMPLETO Material: Sangue c/edta Método..: Citometria/Automatizado e estudo morfológico em esfregaço corado ERITROGRAMA V.R: Homens Mulheres Hemacias em milhoes/mm3...: 5,08 4,5 a 5,9 4,0 a 5,4

Leia mais

Histórico de exames desde 1996

Histórico de exames desde 1996 Endereço: R Itaipava, 62, Apto 303 - Jd Botanico - Rio de Janeiro - RJ Nascimento: 12/08/1951 (62 anos), Sexo: M: Médico: Luiz Maurino Abreu (RJ-CRM-52355942) Unidade: Leblon - Cid Leblon HEMOGRAMA COMPLETO

Leia mais

SÓDIO: 140 meq/l [DATA DA COLETA : 19/11/13 07:00] Método...: Fotometria de chama Vlor. Ref.: 135 a 145 meq/l Material..: sangue

SÓDIO: 140 meq/l [DATA DA COLETA : 19/11/13 07:00] Método...: Fotometria de chama Vlor. Ref.: 135 a 145 meq/l Material..: sangue GLICEMIA DE JEJUM: 115 mg/dl Método...: Enzimático Vlor. Ref.: 65 a 99 mg/dl Material..: Plasma fluoretado RESULTADOS ANTERIORES: 06/09/13 = 110 mg/dl 02/08/13 = 97 mg/dl URÉIA: 32 mg/dl Método...: Enzimático

Leia mais

HEMOGRAMA Material: Sangue Edta Método: AUTOMATIZADO

HEMOGRAMA Material: Sangue Edta Método: AUTOMATIZADO Página...: 1/5 Qtd. de Procedimentos: 5 / 5 HEMOGRAMA Material: Sangue Edta Método: AUTOMATIZADO ERITROGRAMA Valores encontrados Valores de referência Hemacias 5,58 milhões/mm3 4,3 a 5,7 milhões/mm3 Hemoglobina

Leia mais

LABORATORIO NEFRODATA - LIFESYS

LABORATORIO NEFRODATA - LIFESYS HEMOGRAMA COMPLETO 2e7cca4ba4544fca5241caf8039deedb Método: Sistema Automatizado - Citometria de Fluxo ERITROGRAMA Hemoglobina..: 15,0 g/dl 13,5 a 17,5 g/dl Hemácias...: 5,0 milhões/mm³ 4,50 a 5,90 milhões/mm3

Leia mais

HEMOGRAMA COMPLETO Método : Analise realizada por Citometria de fluxo fluorescente e impedância "XE2100-Sysmex" Material: SANGUE TOTAL COM EDTA

HEMOGRAMA COMPLETO Método : Analise realizada por Citometria de fluxo fluorescente e impedância XE2100-Sysmex Material: SANGUE TOTAL COM EDTA Unidade : GAMA LESTE Página: 1/5 HEMOGRAMA COMPLETO Método : Analise realizada por Citometria de fluxo fluorescente e impedância "XE2100-Sysmex" Material: SANGUE TOTAL COM EDTA Eritrograma Resultados Homens

Leia mais

Layout de Importação de Resultados de Exames

Layout de Importação de Resultados de Exames Layout de Importação de Resultados de Exames O processo de atualização dos resultados de exames laboratoriais é uma tarefa extensa e exaustiva. Para tal, foi implementada uma rotina no Nefrodata-ACD que

Leia mais

Método: RESISTIVIDADE - IMPEDÂNCIA - MICROSCOPIA ERITOGRAMA:

Método: RESISTIVIDADE - IMPEDÂNCIA - MICROSCOPIA ERITOGRAMA: HEMOGRAMA COMPLETO Método: RESISTIVIDADE - IMPEDÂNCIA - MICROSCOPIA ERITOGRAMA: Referências Hemácias...: 5,83 milhões/mm³ 4,3 a 6,0 milhões/mm³ Hemoglobina...: 16,0 g/dl 13,5 a 17,8 g/dl Hematócrito...:

Leia mais

Valores de Referencia (Adultos - Homens) HEMACIAS: 4.85 milhoes/mm3. Relativo (%) /mm3 VR (%) VR (mm3) LEUCOCITOS: 4.400

Valores de Referencia (Adultos - Homens) HEMACIAS: 4.85 milhoes/mm3. Relativo (%) /mm3 VR (%) VR (mm3) LEUCOCITOS: 4.400 Resultados Página: 1/13 HEMOGRAMA ERITROGRAMA Valores de Referencia (Adultos - Homens) HEMACIAS: 4.85 milhoes/mm3 04.50 a 06.10 HEMOGLOBINA: 13.5 g/dl 13.00 a 16.50 HEMATOCRITO: 41.1 % 36.00 a 54.00 VCM:

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS UNIDADE FUNCIONAL PATOLOGIA E MEDICINA LABORATORIAL

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS UNIDADE FUNCIONAL PATOLOGIA E MEDICINA LABORATORIAL Emissão: 28/06/2015 às 17:45 Fl.: 1 PROLACTINA Método: ELETROQUIMILUMINESCÊNCIA RESULTADO: 10,3 ng/ml V.R.: Mulher não grávida: 3,0-18,6 ng/ml Homens: 3,7-17,9 ng/ml SÓDIO MATERIAL: SANGUE Método: POTENCIOMÉTRICO

Leia mais

Método: RESISTIVIDADE - IMPEDÂNCIA - MICROSCOPIA ERITOGRAMA:

Método: RESISTIVIDADE - IMPEDÂNCIA - MICROSCOPIA ERITOGRAMA: HEMOGRAMA COMPLETO Método: RESISTIVIDADE - IMPEDÂNCIA - MICROSCOPIA ERITOGRAMA: Referências Hemácias...: 5,59 milhões/mm³ 4,3 a 6,0 milhões/mm³ Hemoglobina...: 15,0 g/dl 13,5 a 17,8 g/dl Hematócrito...:

Leia mais

HEMOGRAMA COMPLETO Método : Análise realizada por Citometria de fluxo fluorescente e impedância "XE2100-Sysmex" Material: SANGUE TOTAL COM EDTA

HEMOGRAMA COMPLETO Método : Análise realizada por Citometria de fluxo fluorescente e impedância XE2100-Sysmex Material: SANGUE TOTAL COM EDTA Unidade :CRISPIM Página: 1/18 HEMOGRAMA COMPLETO Método : Análise realizada por Citometria de fluxo fluorescente e impedância "XE2100-Sysmex" Material: SANGUE TOTAL COM EDTA Eritrograma Valores de Referência

Leia mais

TABELA DE PREÇOS. BIOQUÍMICA SÉRICA VALOR MATERIAL PRAZO Ácidos biliares totais (jejum) 115,00 Soro sanguíneo 5 dias

TABELA DE PREÇOS. BIOQUÍMICA SÉRICA VALOR MATERIAL PRAZO Ácidos biliares totais (jejum) 115,00 Soro sanguíneo 5 dias TABELA DE PREÇOS ANÁLISE CITOLÓGICA VALOR MATERIAL PRAZO Líquidos cavitários (pleural, pericárdico e peritoneal) 100,00 Fluido em tubo seco e EDTA 24 horas Líquor 100,00 Fluido em tubo seco 24 horas Citologia

Leia mais

ANTI-GLIADINA - IGM Data de Coleta: 20/02/2016

ANTI-GLIADINA - IGM Data de Coleta: 20/02/2016 ANTI-GLIADINA - IGM Resultado...: Negativo Método: ENZIMAIMUNOENSAIO Valor de referência:negativo Responsável Técnico - - Médico - Patologia Clínica Lincença de funcionamento CNES 2617536 Endereço: QD

Leia mais

PATOLOGIA CLÍNICA I - 5º Período 09/08/2016

PATOLOGIA CLÍNICA I - 5º Período 09/08/2016 PATOLOGIA CLÍNICA I - 5º Período 09/08/2016 CASO I Paciente do sexo masculino, peso = 70 kg, com hemorragia traumática. Hemograma realizado imediatamente após o sangramento mostrou: Hemácias = 5.000.000/mm

Leia mais

EXAMES BIOQUÍMICOS. Profa Dra Sandra Zeitoun Aula 3

EXAMES BIOQUÍMICOS. Profa Dra Sandra Zeitoun Aula 3 EXAMES BIOQUÍMICOS Profa Dra Sandra Zeitoun Aula 3 Íons/Eletrólitos do plasma No plasma existem diversos eletrólitos positivos: Na+, K+, Ca², Mg² E eletrólitos negativos: Cl-, HCO3-, fosfatos e proteínas.

Leia mais

Perfil Laboratorial do Homem

Perfil Laboratorial do Homem Perfil Laboratorial do Homem Dr. Miguel Zerati Filho Dr. Cesar Nardy Zillo Dr. José Carlos Trindade Filho Dra. Ita Pfeferman Heilberg Saude do Homem - fasc 2 - perfil laboratorial do homem_v2.indd 1 8/5/2009

Leia mais

Layout de Exportação de Solicitações de Exames

Layout de Exportação de Solicitações de Exames Layout de Exportação de Solicitações de Exames Este manual descreve de forma detalhada o arquivo em formato texto, contendo informações sobre as solicitações dos exames dos pacientes, que deverá ser enviado

Leia mais

APLICAÇÕES GOLD ANALISA PARA O QUICK LAB

APLICAÇÕES GOLD ANALISA PARA O QUICK LAB ÁCIDO ÚRICO - PP - Cat. 451 200 Determinações - Volume: 200 ml Técnica de Análise: Seguir as Instruções de Uso do produto. Calibração Para a calibração, usar o (1) do kit ou o Calibrador Gold Analisa Cat.

Leia mais

Hemograma Material...: SANGUE COM E.D.T.A. Equipamento: PENTRA 120 DX

Hemograma Material...: SANGUE COM E.D.T.A. Equipamento: PENTRA 120 DX Endereço Fone : : R Herculano De Freitas (11) 3237-1518 Hemograma Material...: SANGUE COM E.D.T.A. Equipamento: PENTRA 120 DX Eritrograma Eritrócitos... 7,13 milhões/mm³ 5,7 A 7,4 milhões/mm³ Hemoglobina...

Leia mais

Layout de Importação de Resultado de Exames

Layout de Importação de Resultado de Exames Nefrodata-ACD Automação para Centros de Hemodiálise Layout de Importação de Resultado de Exames O processo de atualização dos resultados de exames laboratoriais é uma tarefa extensa e exaustiva. Para tal,

Leia mais

Descrição do Procedimento VALOR (R$) Prazo de entrega Material enviado. Ácidos biliares totais (jejum ou pós prandial) 130,00 4 dias Soro sanguíneo

Descrição do Procedimento VALOR (R$) Prazo de entrega Material enviado. Ácidos biliares totais (jejum ou pós prandial) 130,00 4 dias Soro sanguíneo Bioquímicos Ácidos biliares totais (jejum ou pós prandial) 130,00 4 dias Soro sanguíneo Ácidos biliares totais (2 dosagens- jejum e pós prandial) 250,00 4 dias Soro sanguíneo Ácido úrico 47,00 48 horas

Leia mais

INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA AGUDA EM GATOS

INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA AGUDA EM GATOS INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA AGUDA EM GATOS Rafael Fighera Laboratório de Patologia Veterinária Hospital Veterinário Universitário Universidade Federal de Santa Maria SUSPEITANDO DE INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA AGUDA

Leia mais

Exames de análises clínicas Laboratório Central

Exames de análises clínicas Laboratório Central Exames de análises clínicas Laboratório Central Simples o Ácido úrico sérico o Ácido úrico urinário o Albumina o Amilase (LIQUOR) o Amilase (sérica) o Anti estreptolisina (ASLO) o Antibiograma o Baciloscopia

Leia mais

Resultados de Exames. Data do Exame: 16/04/2015. GASOMETRIA VENOSA Método: Potenciometria/Amperometria/Espectrofotometria

Resultados de Exames. Data do Exame: 16/04/2015. GASOMETRIA VENOSA Método: Potenciometria/Amperometria/Espectrofotometria Data do Exame: 16/04/2015 Paciente: CLAUDIA MACEDO Resultados de Exames GASOMETRIA VENOSA Método: Potenciometria/Amperometria/Espectrofotometria ph : 7,37 7,33 a 7,43 po2 : 157 mmhg 30 a 50 mmhg pco2:

Leia mais

REVISÃO: 14 (11/2013) CKMB HDLD LDL D C C EMOGLOBINA ICROALBUMINÚRIA. HbA1c URBIDIMÉTRICO P P

REVISÃO: 14 (11/2013) CKMB HDLD LDL D C C EMOGLOBINA ICROALBUMINÚRIA. HbA1c URBIDIMÉTRICO P P Manual de Automação A15 REVISÃO: 14 (11/2013) M A F R C SLOTEST C P P H T OLESTEROL OLESTEROL T U URBIDIMÉTRICO T HDLD LDL D T IRETO IRETO ERRITINA TURBIDIMÉTRICA EMOGLOBINA ICROALBUMINÚRIA CRTEST CRTEST

Leia mais

Urinálise Sedimentoscopia Identificação

Urinálise Sedimentoscopia Identificação Caso Clínico Item EAS04 Paciente masculino, 60 anos, transplantado renal em acompanhamento no ambulatório de pacientes transplantados. Foram solicitados o Exame físico-químico da urina e análise do sedimento

Leia mais

PROTOCOLO DE APLICAÇÃO TARGA 3000

PROTOCOLO DE APLICAÇÃO TARGA 3000 ÁCIDO ÚRICO ENZIMÁTICO CÓDIGO VOLUME (ml) Nº. TESTES 100/100-100 100 333 100/100-200 200 666 AUR Pt. Final Único Filtros (A/B) 510 mg/dl Trinder Number of Needle Washes 1 Incub. Reagentes (Sec) 300 Tempo

Leia mais

DISCIPLINA DE PATOLOGIA CLÍNICA I - 5º período CASOS CLÍNICOS. A.A., 68 anos de idade, sexo feminino, natural e residente em Contagem, MG

DISCIPLINA DE PATOLOGIA CLÍNICA I - 5º período CASOS CLÍNICOS. A.A., 68 anos de idade, sexo feminino, natural e residente em Contagem, MG DISCIPLINA DE PATOLOGIA CLÍNICA I - 5º período CASOS CLÍNICOS CASO CLÍNICO 1 A.A., 68 anos de idade, sexo feminino, natural e residente em Contagem, MG HMA: Paciente procura assistência médica com queixas

Leia mais

Solicitação e interpretação de exames bioquímicos: visão do nutricionista

Solicitação e interpretação de exames bioquímicos: visão do nutricionista Solicitação e interpretação de exames bioquímicos: visão do nutricionista Felipe Fedrizzi Donatto Nutricionista CRN3:18.215 (UNIMEP) Mestre em Educação Física (UNIMEP) Doutorando em Biologia Celular (ICB-USP)

Leia mais

Parasitológico de Fezes

Parasitológico de Fezes Data de impressão: 03/04/2012 14:52:53 Parasitológico de Fezes Material: Fezes (a fresco) Método: HPJ e Microscopia Ótica Resultado: Análise Macroscópica: - Consistência: Pastosa - Coloração...: Castanho

Leia mais

Programações de Automação Biotécnica Clinline 150

Programações de Automação Biotécnica Clinline 150 Indice ÁCIDO ÚRICO - MONO 3 ALBUMINA 4 α-amilase 5 ALT / TGP 6 AST / TGO 7 BILIRRUBINA DIRETA 8 BILIRRUNINA TOTAL 9 CÁLCIO ASX 10 CÁLCIO 11 CK NAC 12 CK MB 13 CLORO 14 COLESTEROL 15 CREATININA 16 DESIDROGENASE

Leia mais

Urinálise Sedimentoscopia Identificação

Urinálise Sedimentoscopia Identificação Caso Clínico Item EAS04 Paciente feminino, 8 anos foi levada pela mãe ao hospital com evidente edema nas pernas. Foram solicitados exames de rotina para avaliação do quadro da paciente entre estes o Exame

Leia mais

QUICK LAB / Drake ÁCIDO ÚRICO MONOREAGENTE. NOME ÁCIDO ÚRICO Preparo do Reagente de Cor: MODO PONTO FINAL O Reagente está pronto para uso.

QUICK LAB / Drake ÁCIDO ÚRICO MONOREAGENTE. NOME ÁCIDO ÚRICO Preparo do Reagente de Cor: MODO PONTO FINAL O Reagente está pronto para uso. ÁCIDO ÚRICO MONOREAGENTE NOME ÁCIDO ÚRICO Preparo do Reagente de Cor: MODO PONTO FINAL O Reagente está pronto para uso. LEITURA MONOCROMÁTICA FILTRO 546 nm Estabilidade do Reagente de Uso: TEMPERATURA

Leia mais

Layout de Exportação de Resultado de Exames. 1º Grupo. Descrição Tipo Tamanho Obrigatoriedade Valores Possíveis

Layout de Exportação de Resultado de Exames. 1º Grupo. Descrição Tipo Tamanho Obrigatoriedade Valores Possíveis Nefrodata-ACD Automação para Centros de Hemodiálise Layout de Exportação de Resultado de Exames Este manual descreve de forma detalhada o arquivo em formato texto, contendo informações sobre as solicitações

Leia mais

DISCIPLINA DE PATOLOGIA CLÍNICA I 5º período CASOS CLÍNICOS. A.A., 68 anos de idade, sexo feminino, natural e residente em Contagem, MG

DISCIPLINA DE PATOLOGIA CLÍNICA I 5º período CASOS CLÍNICOS. A.A., 68 anos de idade, sexo feminino, natural e residente em Contagem, MG DISCIPLINA DE PATOLOGIA CLÍNICA I 5º período CASOS CLÍNICOS CASO CLÍNICO 1 A.A., 68 anos de idade, sexo feminino, natural e residente em Contagem, MG HMA: Paciente procura assistência médica com queixas

Leia mais

KATAL. BTS 302 a 310 BioSystems ACIDO URICO. SAC INTERTECK KATAL : (_11) LOCALIDAD...* PUNTO FINAL COM ESTANDAR

KATAL. BTS 302 a 310 BioSystems ACIDO URICO. SAC INTERTECK KATAL : (_11) LOCALIDAD...* PUNTO FINAL COM ESTANDAR ACIDO URICO : mg/dl MODO LECTURA : MONOCROMÁTICA : 546nm TIEMPO ESTABIL. : 1 VOL.ASP. :800 TIPO DE REACCION : CRESCIENTE ESTANDAR : * Reagente de trabalho: Pronto para uso. Estabilidade: 18 meses, se armazenado

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORAÍ ESTADO DO PARANÁ

PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORAÍ ESTADO DO PARANÁ ATA REFERENTE Á ABERTURA E JULGAMENTO Nº 078/2014 CHAMADA PÚBLICA N 003/2014 Processo. : 146/2014 Chamada Pública n 003/2014 OBJETO DA LICITAÇÃO: Contratação de laboratório para realização de exames clínicos

Leia mais

ESTADO DO MATO GROSSO

ESTADO DO MATO GROSSO Folha: 1/12 (As propostas serão abertas para julgamento às 08:30 horas do dia 09/08/2016). Fornecedor: Cidade: Endereço: CNPJ / CPF: Validade da Proposta:......... Estado:...... Inscrição Estadual:......

Leia mais

DEZ PASSOS NA INTERPRETAÇÃO LABORATORIAL NO VEGETARIANO PROF. ANTONIO CLÁUDIO GOULART DUARTE 2006

DEZ PASSOS NA INTERPRETAÇÃO LABORATORIAL NO VEGETARIANO PROF. ANTONIO CLÁUDIO GOULART DUARTE 2006 DEZ PASSOS NA INTERPRETAÇÃO LABORATORIAL NO VEGETARIANO PROF. ANTONIO CLÁUDIO GOULART DUARTE 2006 Agradecimento: A todos os pacientes e seus familiares que permitem que possamos usar seus exames laboratoriais

Leia mais

INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA AGUDA EM CÃES

INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA AGUDA EM CÃES INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA AGUDA EM CÃES Rafael Fighera Laboratório de Patologia Veterinária Hospital Veterinário Universitário Universidade Federal de Santa Maria Quando se suspeita de insuficiência hepática

Leia mais

EXAME HEMATOLÓGICO Hemograma

EXAME HEMATOLÓGICO Hemograma EXAME HEMATOLÓGICO Hemograma Profa Dra Sandra Zeitoun Aula 2 Na coleta de sangue para exames são usados anticoagulantes específicos, indicados pela cor da tampa dos frascos. Cor da Tampa Anticoagulante

Leia mais

AVALIAÇÃO BIOQUÍMICA NO IDOSO

AVALIAÇÃO BIOQUÍMICA NO IDOSO C E N T R O U N I V E R S I T Á R I O C AT Ó L I C O S A L E S I A N O A U X I L I U M C U R S O D E N U T R I Ç Ã O - T U R M A 6 º T E R M O D I S C I P L I N A : N U T R I Ç Ã O E M G E R I AT R I A

Leia mais

BIO PLUS / BIO 2000 PROTOCOLOS DE APLICAÇÃO

BIO PLUS / BIO 2000 PROTOCOLOS DE APLICAÇÃO α-amilase 027 120 ml 120 MODO: CIN IMPRESSÃO: EXTENSA WL1: 405 INTERVALO CINÉTICO: 60 WL2: - Nº INTERVALOS: 2 BLANK: NÃO DA/min: 0.220 BLANK- AMOSTRA / PAD: NAO % LIM. LIN: 20 CUB. FLUXO: SIM DIR: INCR

Leia mais

Exames realizados pela Unidade de Patologia Clínica do HC-UFTM

Exames realizados pela Unidade de Patologia Clínica do HC-UFTM Exames realizados pela Unidade de Patologia Clínica do HC-UFTM SETOR BIOQUÍMICA E HORMÔNIOS- RAMAL: 3318-5546 25 - HIDROXIVITAMINA D ACIDO FOLICO ACIDO URICO ACIDO URICO NA URINA DE 24H ÁCIDO URICO NA

Leia mais

Explicação do conteúdo

Explicação do conteúdo Ítens do exame Explicação do conteúdo Nível normal Os níveis regulares (normais) podem variar de acordo a como o exame é realizado. Procure se informar no local onde realizou o exame, os níveis básicos

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: INTERPRETAÇÃO DE EXAMES COMPLEMENTARES Código: ENF 313 Pré-requisito: Nenhum

Leia mais

Sangue: funções gerais

Sangue: funções gerais Sangue Sangue: funções gerais Transporte de nutrientes para órgãos e tecidos; Regulação térmica e hídrica; Transporte de gases para órgãos e tecidos; Defesa do organismo; Coagulação. Componentes do Sangue

Leia mais

Coombs Indireto Soro Jejum desnecessário Fibrinogênio Plasma Jejum desnecessário Grupo Sangüíneo Sangue total com EDTA e K3 Jejum desnecessário

Coombs Indireto Soro Jejum desnecessário Fibrinogênio Plasma Jejum desnecessário Grupo Sangüíneo Sangue total com EDTA e K3 Jejum desnecessário HEMATOLOGIA: Células LE Sangue sem anticoagulante Jejum desnecessário Coombs Direto Sangue total com EDTA Jejum desnecessário Coombs Indireto Soro Jejum desnecessário Fibrinogênio Plasma Jejum desnecessário

Leia mais

Prof. Ms. Elton Pallone de Oliveira. Exames laboratoriais: definição, tipos, indicação, cuidados pré e pós exame. Urinálise

Prof. Ms. Elton Pallone de Oliveira. Exames laboratoriais: definição, tipos, indicação, cuidados pré e pós exame. Urinálise Exames laboratoriais: definição, tipos, indicação, cuidados pré e pós exame. Urinálise Objetivos Saber a definição, tipos, indicações e principais cuidados pré e pós exame de urinálise e parasitológico.

Leia mais

Determinação de parâmetros bioquímicos algumas considerações

Determinação de parâmetros bioquímicos algumas considerações Determinação de parâmetros bioquímicos algumas considerações Como vimos anteriormente, são feitas análises ao sangue porque: papel de transporte através do organismo resposta rápida em termos de flutuações

Leia mais

ÁCIDO ÚRICO. REAGENTES Primary Inject (A): Reagente de Cor O reagente está pronto para uso. Aconselhamos a leitura das Instruções de Uso.

ÁCIDO ÚRICO. REAGENTES Primary Inject (A): Reagente de Cor O reagente está pronto para uso. Aconselhamos a leitura das Instruções de Uso. ÁCIDO ÚRICO Primary Inject (A): Reagente de Cor O reagente está pronto para uso. Aconselhamos a leitura das Instruções de Uso. # Usar os calibrador protéico da Katal. Verificar os parâmetros da aplicação

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO. Introdução 1

RELATÓRIO DE ESTÁGIO. Introdução 1 ÍNDICE RELATÓRIO DE ESTÁGIO Introdução 1 Técnicas / Equipamentos Utilizados Bioquímica 2 1. Cálculo Urinário 3 2. Contagem de Addis 4 3. Espermograma 5 4. Grau de digestão das Fezes 6 5. Pesquisa de Drogas

Leia mais

APLICAÇÕES GOLD ANALISA PARA O BIO 2000

APLICAÇÕES GOLD ANALISA PARA O BIO 2000 ÁCIDO ÚRICO - Cat. 430M ÁCIDO ÚRICO - Cat. 430 100 Determinações - Volume: 100 ml 200 Determinações - Volume: 200 ml 3-Para a Calibração, usar o Padrão do kit ou Calibrador Gold Analisa Cat. 410. 4-É importante

Leia mais

Leucocitoses: o que há além dos processos inflamatórios

Leucocitoses: o que há além dos processos inflamatórios Leucocitoses: o que há além dos processos inflamatórios Inflamação Leucocitose fisiológica (epinefrina) Dor, medo, exercício Leucograma de estresse (glicocorticoide) Hiperadrenocorticismo, corticoterapia,

Leia mais

Laboratório do HPM Lista de Exames

Laboratório do HPM Lista de Exames 1 de 9 Exames realizados nas dependências do Laboratório de Análises Clínicas: BIOQUÍMICA, HORMÔNIOS, IMUNOLOGIA E MARCADORES TUMORAES ACIDO URICO ACIDO URICO U24H ALBUMINA AMILASE ANTIESTREPTOLISINA O

Leia mais

ECLIPSE. Indice ÁCIDO ÚRICO 3 ALBUMINA 4

ECLIPSE. Indice ÁCIDO ÚRICO 3 ALBUMINA 4 Indice ÁCIDO ÚRICO 3 ALBUMINA 4 α-amilase 5 BILIRRUBINA DIRETA 6 BILIRRUBINA TOTAL 7 CÁLCIO 8 CÁLCIO AZUL DE METILTIMOL 9 CLORETO 10 COLESTEROL 11 COLESTEROL HDL 12 CREATININA 13 CREATINO KINASE MB (CK-MB)

Leia mais

Resultados Anteriores:89.0[19/04/2016];91.0[30/09/2015];113.0[09/09/2015];101.0[28/07/2015];85.0[26/06/2015];

Resultados Anteriores:89.0[19/04/2016];91.0[30/09/2015];113.0[09/09/2015];101.0[28/07/2015];85.0[26/06/2015]; Pag.: 1 de 7 GLICOSE (GLICEMIA JEJUM) 84.0 mg/dl MÉTODO:CINÉTICO ENZIMÁTICO - ADVIA 1800 - SIEMENS VALORES DE REFERÊNCIA: 60-99 mg/dl Resultados Anteriores:89.0[19/04/2016];91.0[30/09/2015];113.0[09/09/2015];101.0[28/07/2015];85.0[26/06/2015];

Leia mais

Métodos de avaliação da função renal

Métodos de avaliação da função renal Métodos de avaliação da função renal Fernando Domingos Instituto de Fisiologia Faculdade de Medicina de Lisboa 2014 1 Avaliação clínica Medição da pressão arterial (pode estar elevada na doença renal)

Leia mais

Tempo de Jejum para realização de Exames

Tempo de Jejum para realização de Exames Tempo de Jejum para realização de Exames Jejum não necessário Amilase, Bilirrubina, Células LE, CKMB, Coombs Direto, Coombs Indireto, CPK, Desidrogenase Lática, Gasometria, Pesquisa de Drepanócitos, Eletroforese

Leia mais

Anexo Técnico de Acreditação Nº E0009-1 Accreditation Annex nr.

Anexo Técnico de Acreditação Nº E0009-1 Accreditation Annex nr. Tel +351.212 948 21 Fax +351.212 948 22 Anexo Técnico de Acreditação Nº E9-1 A entidade a seguir indicada está acreditada como Laboratório Clínico, segundo a norma NP EN ISO 15189:27 Endereço Address Contacto

Leia mais

HEMATOLOGIA CASOS CLÍNICOS

HEMATOLOGIA CASOS CLÍNICOS HEMATOLOGIA CASOS CLÍNICOS VALORES DE REFERÊNCIA ADULTOS Parâmetro Sexo Sexo feminino Parâmetro masculino Hemácias (10 6 /mm 3 ) 4.3 5.7 3.8 5.1 Leucócitos (10 3 /mm 3 ) 4 11 Hemoglobina (g/dl) 13.5 17.5

Leia mais

O Laboratório Clínico do D.A.V. do Jockey Club de São Paulo conta com amplo e bem estruturado espaço, além de equipamentos modernos que conferem

O Laboratório Clínico do D.A.V. do Jockey Club de São Paulo conta com amplo e bem estruturado espaço, além de equipamentos modernos que conferem O Laboratório Clínico do D.A.V. do Jockey Club de São Paulo conta com amplo e bem estruturado espaço, além de equipamentos modernos que conferem fidedignidade aos resultados. Seu principal objetivo é assegurar

Leia mais

Após a leitura deste texto não deixe de ler também nossas outras postagens sobre exames laboratoriais:

Após a leitura deste texto não deixe de ler também nossas outras postagens sobre exames laboratoriais: Aula Prática Profa. Dra. Fernanda Ayala O exame de urina é usado como método diagnóstico complementar desde o século II. Trata-se de um exame indolor e de simples coleta, o que o torna muito menos penoso

Leia mais

INTERPRETAÇÃO DE RESULTADOS DE EXAMES CUIDADOS - PROCEDÊNCIA DATA DADOS IDADE

INTERPRETAÇÃO DE RESULTADOS DE EXAMES CUIDADOS - PROCEDÊNCIA DATA DADOS IDADE INTERPRETAÇÃO DE RESULTADOS DE EXAMES CUIDADOS - PROCEDÊNCIA NOME DO PACIENTE DATA DADOS IDADE COMPONENTES DO SANGUE HEMÁCIAS LEUCÓCITOS PLAQUETAS Hemograma ANEMIAS CARENCIAIS CONGÊNITAS - HEMOGLOBINOPATIAS

Leia mais

PORTARIA Nº 3.193/GM DE 24 DEZEMBRO DE 2008.

PORTARIA Nº 3.193/GM DE 24 DEZEMBRO DE 2008. PORTARIA Nº 3.193/GM DE 24 DEZEMBRO DE 2008. Altera a Tabela de s, Medicamentos, Órteses/Próteses e Materiais Especiais do Sistema Único de Saúde SUS. O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso das atribuições

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Instrumento de convênio que entre si fazem, de um lado a CNPJ nº, com sede social na CEP Nº inscrita no CREMEB-BA sob o Nº, Telefone, Endereço eletrônico, doravante denominado

Leia mais

Preparo para Exames Laboratoriais

Preparo para Exames Laboratoriais Preparo para Exames Laboratoriais Seção: Bioquímica 1) Dosagem de Colesterol 1.1) Dosagem de colesterol (sangue) :Dosagem de Colesterol Total 2.1) Permanecer em jejum, à exceção de água, durante 12 a 14

Leia mais

Relatório de Caso Clínico

Relatório de Caso Clínico UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL Faculdade de Veterinária Departamento de Patologia Clínica Veterinária Disciplina de Bioquímica e Hematologia Clínica (VET03121) http://www.ufrgs.br/favet/bioquimica

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Instrumento de convênio que entre si fazem, de um lado a CNPJ nº, com sede social na CEP Nº -inscrita no CREMEB-BA sob o Nº, Telefone ( ), Endereço eletrônico, doravante

Leia mais

LEPTOSPIROSE?? Bruna Coelho

LEPTOSPIROSE?? Bruna Coelho LEPTOSPIROSE?? Bruna Coelho M. V. do Serviço de Clínica Médica de Pequenos Animais HOVET FMVZ USP Residência em Clínica e Cirurgia de Pequenos animais HOVET FMVZ USP Especialização em Clínica Médica FMVZ

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS UNIDADE FUNCIONAL PATOLOGIA E MEDICINA LABORATORIAL

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS UNIDADE FUNCIONAL PATOLOGIA E MEDICINA LABORATORIAL Emissão: 28/06/2015 às 17:42 Fl.: 1 PROLACTINA Método: ELETROQUIMILUMINESCÊNCIA RESULTADO: 6,9 ng/ml V.R.: Mulher não grávida: 3,0-18,6 ng/ml Homens: 3,7-17,9 ng/ml GLICOSE RESULTADO: 92 mg/dl V.R.: Jejum:

Leia mais

Matriz/Analito. Gram - Esfregaço preparado a partir de crescimento bacteriano, na forma física e digitalizada.

Matriz/Analito. Gram - Esfregaço preparado a partir de crescimento bacteriano, na forma física e digitalizada. Folha: 1 de 19 BACTERIOLOGIA Bacterioscopia BAAR e Gram, identificação e teste de susceptibilidade a antimicrobianos de microrganismos ambulatoriais e hospitalares BAAR - Lâmina com esfregaço prepara com

Leia mais

SCIENTIA PLENA VOL. 8, NUM. 4 2012 www.scientiaplena.org.br

SCIENTIA PLENA VOL. 8, NUM. 4 2012 www.scientiaplena.org.br SCIENTIA PLENA VOL. 8, NUM. 4 2012 www.scientiaplena.org.br Valores de referência Hematológicos e Bioquímicos de Ratos (Rattus novergicus linhagem Wistar) provenientes do biotério central da Universidade

Leia mais

GORDUROSA NÃO ALCOÓLICA LICA DIAGNÓSTICO HELMA PINCHEMEL COTRIM FACULDADE DE MEDICINA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

GORDUROSA NÃO ALCOÓLICA LICA DIAGNÓSTICO HELMA PINCHEMEL COTRIM FACULDADE DE MEDICINA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DOENÇA A HEPÁTICA GORDUROSA NÃO ALCOÓ DIAGNÓSTICO HELMA PINCHEMEL COTRIM FACULDADE DE MEDICINA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DOENÇA A HEPÁTICA GORDUROSA NÃO ALCOÓ ESTEATOSE ESTEATO-HEPATITE (NASH) FIBROSE

Leia mais

Ministério da Saúde GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.193, DE 24 DEZEMBRO DE 2008

Ministério da Saúde GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.193, DE 24 DEZEMBRO DE 2008 Ministério da Saúde GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.193, DE 24 DEZEMBRO DE 2008 Altera a Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses/Próteses e Materiais Especiais do Sistema Único de Saúde - SUS.

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina VET362 Laboratório Clínico Veterinário

Programa Analítico de Disciplina VET362 Laboratório Clínico Veterinário 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Veterinária - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 5 Carga horária semanal Períodos

Leia mais

PODER EXECUTIVO LUIZ FABRÍCIO DO RÊGO TORQUATO Prefeito Municipal ZÉLIA MARIA LEITE Vice-Prefeito CPL

PODER EXECUTIVO LUIZ FABRÍCIO DO RÊGO TORQUATO Prefeito Municipal ZÉLIA MARIA LEITE Vice-Prefeito CPL DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO Instituído pela Lei Municipal n 901, de 02 de julh o de 2002. ADMINISTRAÇÃO DO EXMO. SR. PREFEITO LUIZ FABRÍCIO DO REGO TORQUATO ANO XI N 1089 PAU DOS FERROS/RN, Sexta-feira,

Leia mais

Recomendações do NUCDEM para diagnóstico e acompanhamento do diabetes mellitus

Recomendações do NUCDEM para diagnóstico e acompanhamento do diabetes mellitus Recomendações do NUCDEM para diagnóstico e acompanhamento do diabetes mellitus Há um desafio imposto a nós cooperados, de mantermos a anamnese e o exame físico como os pilares da avaliação médica, evitando

Leia mais

Já neste mês estará disponível a troca do LOGIN e

Já neste mês estará disponível a troca do LOGIN e Novidade no acesso aos resultados on-line Já neste mês estará disponível a troca do LOGIN e SENHA para os resultados on line. Estamos assim concretizando um dos pedidos mais recorrentes em nossa pesquisa

Leia mais

DETERMINAÇÃO DA CONCENTRAÇÃO PLASMÁTICA DE TRIGLICÉRIDOS E COLESTEROL

DETERMINAÇÃO DA CONCENTRAÇÃO PLASMÁTICA DE TRIGLICÉRIDOS E COLESTEROL DETERMINAÇÃO DA CONCENTRAÇÃO PLASMÁTICA DE TRIGLICÉRIDOS E COLESTEROL Determinação da concentração plasmática de triglicéridos por um método enzimático O conteúdo em triglicéridos pode ser determinado

Leia mais

NÚMERO: 021/2012 DATA: 04/12/2012 ASSUNTO: PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS:

NÚMERO: 021/2012 DATA: 04/12/2012 ASSUNTO: PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS: ASSUNTO: PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS: NÚMERO: 021/2012 DATA: 04/12/2012 Acompanhamento Médico da Pessoa com Esclerose Múltipla Esclerose Múltipla; EDSS Centros de Tratamento e de Neurologia de Esclerose

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA PERFIL HEMATOLÓGICO E BIOQUÍMICO SÉRICO DE GATOS DOMÉSTICOS (Felis catus - Linnaeus, 1758), DA RAÇA PERSA E MESTIÇOS Álisson Souza Costa

Leia mais

Hemoglobina. Uma mulher com Hb de 11,5 a vida toda pode ser considerada normal e não anêmica.

Hemoglobina. Uma mulher com Hb de 11,5 a vida toda pode ser considerada normal e não anêmica. 11 de Agosto de 2008. Professor Fernando Pretti. Anemia Abordagem Diagnóstica Definição É a redução, abaixo do normal, da concentração de hemoglobina circulante total. A anemia não é um diagnóstico de

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE CONTROLE EXTERNO DA QUALIDADE - CEQ

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE CONTROLE EXTERNO DA QUALIDADE - CEQ INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE CONTROLE EXTERNO DA QUALIDADE - CEQ O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de

Leia mais