Código de Ética da CASSI

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Código de Ética da CASSI"

Transcrição

1 Código de Ética da CASSI APRESENTAÇÃO O Código de Ética da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil (CASSI) reflete a identidade cultural da Instituição e os compromissos a serem assumidos por seus funcionários diante dos diversos públicos com quem se relaciona. Os princípios éticos orientam a atuação da CASSI e fundamentam a sua imagem de organização sólida, íntegra e confiável no exercício de todas as atividades em favor da saúde e da vida. A finalidade deste Código é zelar pelos valores da CASSI, mantendo postura compatível com a sua imagem e resgatando a importância da valorização do bom relacionamento com seus colaboradores, usuários, Corpo Social, Banco do Brasil, prestadores de serviços de saúde, parceiros, associações e entidades de classe, outras empresas de autogestão, mídia e a sociedade em geral. Este Código de Ética aplica-se a todos os administradores, funcionários da CASSI, funcionários do Banco do Brasil cedidos à CASSI e demais funcionários de empresas e instituições por ela controladas. Os profissionais contratados pautam seus comportamentos também pelos princípios deste Código. Estes preceitos devem ser também cumpridos pelos integrantes do Conselho Deliberativo e Fiscal. PRINCÍPIOS BÁSICOS E VALORES A CASSI identificou e ratificou os princípios e os valores, como a responsabilidade, a cooperação, o respeito, a justiça, a confiança, a transparência, a imparcialidade e a civilidade, que devem reger cada relação, interna ou externa, de maneira a fundamentar suas proposições e estratégias para inspirar e manter a confiança e a credibilidade perante seu propósito e seus públicos. Os funcionários da CASSI devem conduzir suas atitudes baseados neste Código, tornando-se condutores da ética e principais responsáveis pela sua disseminação e assimilação. Os usuários, prestadores de serviços de saúde, parceiros, associações, mídia e a sociedade, em geral, são também estimulados, através do exemplo dado pela CASSI, a adotarem princípios que se baseiam, incondicionalmente, na transparência, justiça, respeito, igualdade e eqüidade. As ações da CASSI devem ser sempre pautadas pela integridade, confiança e lealdade, bem como pelo respeito à pluralidade e valorização do ser humano, em sua privacidade, individualidade e dignidade. 1

2 É repudiada qualquer atitude guiada por preconceito relacionado à origem, raça, crença, classe social, sexo, cor, idade, incapacidade física e quaisquer outras formas de discriminação. Por tratar-se de uma instituição de saúde, a CASSI reconhece a sua missão de "assegurar atenção integral à saúde para uma vida melhor", alinhando os valores éticos e morais à integridade física e mental de cada ser humano com quem se relaciona, através do desafio estabelecido em sua visão de ser "a referência em soluções e sistema de saúde". OS RELACIONAMENTOS Funcionários Os valores e princípios éticos da CASSI são comuns a todos os seus funcionários, cabendo a eles zelar por sua manutenção dentro e fora da Instituição. Os funcionários do quadro próprio e os cedidos pelo patrocinador Banco do Brasil, independentemente dos cargos que ocupam, devem agir e se relacionar baseados neste Código de Ética. A responsabilidade, a cooperação, o respeito e a busca constante pela qualidade regem as relações internas e externas e o trabalho individual de cada colaborador. Estes também se dispõem a compartilhar informações de interesse coletivo e a manter sigilo quanto às informações estratégicas, de saúde e de segurança, sem contudo, abdicarem da gestão democrática e participativa. Os funcionários zelam pela imagem da CASSI, pelos seus bens materiais, pela qualidade de vida, sua e de seus colegas, e pelo ambiente de trabalho. Suas atitudes, neste contexto, devem ser refletidas na comunidade onde vivem e, conseqüentemente, na sociedade em geral. No ambiente interno da CASSI, todos os funcionários devem evitar manifestações política, religiosa ou de ordem pessoal, respeitando as opiniões e as crenças alheias. Os mesmos devem manter os interesses da CASSI acima dos interesses pessoais. Usuários O relacionamento da CASSI e de seu corpo funcional com os usuários (associados, beneficiários e pensionistas, do Plano de Associados, e participantes do plano CASSI Família) é baseado nos princípios da confiança, da transparência, do respeito, da receptividade e do acolhimento. A Instituição prioriza o objetivo da atenção integral à saúde, buscando a manutenção e o desenvolvimento das práticas, estruturas e serviços mais adequados, de forma a atender o usuário com presteza, eficiência, cordialidade e resolutividade. A CASSI e seus funcionários se comprometem a prestar orientações e informações completas e transparentes, que conduzirão os usuários à melhor solução para seus problemas e demandas de saúde. A Caixa de Assistência também é receptiva às críticas 2

3 e às sugestões dos usuários dentro do processo da melhoria contínua dos serviços oferecidos e, dentro da legalidade, têm seus direitos respeitados. A CASSI valoriza e acata as sugestões dos conselhos formados por seus usuários, mantendo com esses um relacionamento estreito e regido pela solidariedade e transparência que potencializam os serviços e atendimento prestados. Corpo Diretivo O Conselho Deliberativo, o Conselho Fiscal e a Diretoria Executiva da CASSI também são instâncias reconhecidas, valorizadas e respeitadas por seu caráter de decisão e fiscalização da Caixa de Assistência. Os diretores executivos e os membros dos Conselhos Deliberativo e Fiscal da CASSI se comprometem a zelar por este Código de Ética, agindo conforme os princípios e valores constantes neste documento. Estes também devem disseminar a cultura de cuidado e zelo com o patrimônio e com a imagem da CASSI. Prestadores de Serviços Os trabalhos desenvolvidos pela CASSI com os diversos tipos de prestadores de serviços de saúde são conduzidos eticamente com os valores da transparência, fidelidade, imparcialidade e honestidade, para que sejam mantidos e realizados os serviços demandados, buscando o equilíbrio entre a qualidade e a viabilidade econômica, com foco no usuário. A relação da CASSI e seus funcionários com os prestadores de serviços é permeada pela idoneidade e pela presteza, pelo cumprimento dos acordos firmados. Os funcionários zelam pela cordialidade e atenção no atendimento aos prestadores de serviços, tendo a rede credenciada como um dos seus mais preciosos bens. Patrocinador Corpo Social A CASSI interage de maneira ética, participativa e democrática com o Corpo Social, assegurando-lhe o direito da utilização dos serviços de saúde. Cabe ao Corpo Social a apreciação do desempenho das atividades à indicação de representantes na gestão, através do voto secreto e individual. Patrocinador Banco do Brasil O relacionamento da CASSI com o patrocinador Banco do Brasil é pautado pela cooperação mútua, buscando sempre, com eqüidade, a melhor solução de saúde para seu público-alvo em comum (funcionários BB-associados CASSI). 3

4 Sociedade A CASSI e seus funcionários respeitam os valores morais da sociedade e seguem os princípios dos direitos humanos e as leis que regem as condutas dos cidadãos brasileiros. A Instituição também incentiva e respeita os valores culturais individuais e coletivos e contribui para a qualidade de vida de todos os cidadãos, disseminando informações em saúde e realizando ações de promoção, prevenção, cura e reabilitação, por iniciativa própria ou com o apoio de parceiros e patrocinadores. Parceiros A CASSI desenvolve projetos com diversos parceiros dentro do seu objetivo de prestar atenção integral à saúde e mantém um relacionamento baseado na cooperação, troca de experiências, honestidade e confiança. Os funcionários da CASSI, ao se relacionarem com qualquer ser humano ou organização, devem primar pelo bom atendimento interpessoal, despidos de qualquer tipo de preconceito, focando suas ações na manutenção das parcerias, para que as ações se mantenham e os objetivos sejam alcançados. A CASSI também zela pelo total cumprimento dos contratos firmados, quer seja com pessoa física ou jurídica, buscando ética e transparência nos negócios e na gestão. Entidades Representativas dos Funcionários A CASSI estabelece parceria com as Entidades Representativas dos Funcionários, baseando-se na valorização, no reconhecimento e na cooperação mútua. A troca de informações e experiência é realizada dentro da disponibilidade e da veracidade. Os funcionários da CASSI devem agir sempre com consideração e zelo no tratar com as Entidades que contactam a Instituição. Outras Empresas de Autogestão em Saúde O relacionamento da CASSI e de seus funcionários com outras empresas de autogestão é de respeito e de civilidade. A busca ou envio de informações a essas empresas é marcada pela transparência e pela verdade, mantendo o devido sigilo de informações relativas à estratégia, à saúde e à segurança institucionais. No relacionamento com as instituições de saúde, os funcionários da CASSI devem agir com responsabilidade e cortesia, dentro da conveniência do relacionamento. 4

5 Mídia A relação da CASSI com a mídia é conduzida pelo respeito e transparência. A Instituição disponibiliza as informações de interesse coletivo à imprensa e, conseqüentemente, ao público em geral. GESTÃO DO CÓDIGO DE ÉTICA A gestão deste Código caberá à uma Comissão de Ética, que representará o corpo funcional da CASSI e será responsável por sua atualização e aplicação, bem como prestar assessoria às instâncias julgadoras, nos casos de descumprimento deste Código. É de competência da Diretoria Executiva o julgamento de casos de violação do Código de Ética, não previstos nas Normas de Conduta da CASSI, e a deliberação sobre dúvidas de interpretação do Código. Casos mais complexos, em última instância, serão encaminhados para apreciação e julgamento do Conselho Deliberativo. Compete à Diretoria Executiva avaliar permanentemente a atualidade e pertinência deste Código, bem como determinar as ações necessárias para divulgação e disseminação dos mais elevados padrões de conduta ética dentro da Instituição. 5

CÓDIGO DE ÉTICA FAÇOPAC Sociedade de Previdência Privada

CÓDIGO DE ÉTICA FAÇOPAC Sociedade de Previdência Privada INTRODUÇÃO Está entre os objetivos da mais representativos, manter a imagem de Entidade sólida e confiável. Nossa ação deve ser sempre marcada pela integridade, confiança e lealdade, bem como pelo respeito

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DA BB PREVIDÊNCIA FUNDO DE PENSÃO BANCO DO BRASIL

CÓDIGO DE ÉTICA DA BB PREVIDÊNCIA FUNDO DE PENSÃO BANCO DO BRASIL CÓDIGO DE ÉTICA DA BB PREVIDÊNCIA FUNDO DE PENSÃO BANCO DO BRASIL 0 8 0 0 7 2 9 1 1 1 2 w w w. b b p r e v i d e n c i a. c o m. b r Código de Ética da BB Previdência Fundo de Pensão Banco do Brasil Introdução

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO DISTRITO FEDERAL CÓDIGO DE ÉTICA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO DISTRITO FEDERAL CÓDIGO DE ÉTICA SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO DISTRITO FEDERAL CÓDIGO DE ÉTICA SUMÁRIO 1. Introdução...3 2. VISÃO, MISSÃO, VALORES E TEMAS ESTRATÉGICOS... 4 2.1 Missão... 4 2.2 Visão...

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Dos Fundamentos. Do Objetivo. Da Abrangência. DELIBERAÇÃO 01/15 Em, 26 de maio de 2015

CÓDIGO DE ÉTICA. Dos Fundamentos. Do Objetivo. Da Abrangência. DELIBERAÇÃO 01/15 Em, 26 de maio de 2015 DELIBERAÇÃO 01/15 Em, 26 de maio de 2015 Dos Fundamentos Do Objetivo Da Abrangência Dos Valores Da Observância de Normativos Da Responsabilidade Da Confidencialidade Dos Relacionamentos Do Conflito de

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA PREVI NOVARTIS - SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA

CÓDIGO DE ÉTICA PREVI NOVARTIS - SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA CÓDIGO DE ÉTICA PREVI NOVARTIS - SOCIEDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA 1. INTRODUÇÃO 1.1 A Previ Novartis Sociedade de Previdência Complementar ( Previ Novartis ) adotou este Código de Ética com a finalidade

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Nesse ano, estamos disponibilizando o nosso Código Ética nas versões impressa e eletrônica.

CÓDIGO DE ÉTICA. Nesse ano, estamos disponibilizando o nosso Código Ética nas versões impressa e eletrônica. CÓDIGO DE ÉTICA Nestes três anos de muitas realizações, as relações da Agência de Desenvolvimento Paulista com seus parceiros, clientes, fornecedores, acionistas, entre outros, foram pautadas por valores

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA SUMÁRIO O que é Código de Ética e Conduta?...04 Condutas esperadas...06 Condutas intoleráveis sujeitas a medidas disciplinares...10 Suas responsabilidades...12 Código de Ética

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA RECKITTPREV RECKITT BENCKISER SOCIEDADE PREVIDENCIÁRIA

CÓDIGO DE ÉTICA RECKITTPREV RECKITT BENCKISER SOCIEDADE PREVIDENCIÁRIA CÓDIGO DE ÉTICA RECKITTPREV RECKITT BENCKISER SOCIEDADE PREVIDENCIÁRIA 1. INTRODUÇÃO 1.1 A RECKITTPREV RECKITT BENCKISER SOCIEDADE PREVIDENCIÁRIA ( RECKITTPREV ) adotou este Código de Ética com a finalidade

Leia mais

Sociedade Alphaville Residencial 11 Sede Administrativa - Av. Alpha Norte, 700 PABX:

Sociedade Alphaville Residencial 11 Sede Administrativa - Av. Alpha Norte, 700 PABX: 1. INTRODUÇÃO Código de Ética Este Código de Ética reúne diretrizes que devem ser observadas em nossa ação profissional para atingirmos padrões Éticos no exercício de nossas atividades. Para a Sociedade

Leia mais

Código de Conduta Ética

Código de Conduta Ética Código de Conduta Ética Dezembro 2015 2015 Delta Economics & Finance Índice 1 Introdução 1 2 Visão, Missão e Valores 1 3 Conduta Esperada dos Funcionários 2 4 Conflito de Interesse 2 5 Informações Sigilosas

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA 2 ÍNDICE 3 1. OBJETIVO 2. ABRANGÊNCIA MISSÃO E VALORES 3.1. A Nossa Missão 3.2. Os Nossos Valores

CÓDIGO DE CONDUTA 2 ÍNDICE 3 1. OBJETIVO 2. ABRANGÊNCIA MISSÃO E VALORES 3.1. A Nossa Missão 3.2. Os Nossos Valores CÓDIGO DE CONDUTA 2 ÍNDICE 3 1. OBJETIVO 2. ABRANGÊNCIA 4 3. MISSÃO E VALORES 3.1. A Nossa Missão 3.2. Os Nossos Valores 5 4. RELAÇÃO COM OS CLIENTES 5. RELAÇÃO COM OS FORNECEDORES 6. RELAÇÃO COM OS CONCORRENTES

Leia mais

MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ZÊZERE CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ZÊZERE CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ZÊZERE CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA 1 DO MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ZÊZERE O presente Código de Ética e Conduta, a seguir designado abreviadamente por Código, estabelece o conjunto

Leia mais

Código de conduta ética

Código de conduta ética Código de conduta ética Mensagem da presidência O Código de Conduta Ética reflete os padrões de comportamento adotados por nossa empresa baseados na nossa Missão, Visão e Valores. Todos os nossos negócios

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DA FUNDAÇÃO VISABEIRA INSTITUIÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL CÓDIGO DE CONDUTA

CÓDIGO DE CONDUTA DA FUNDAÇÃO VISABEIRA INSTITUIÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL CÓDIGO DE CONDUTA CÓDIGO DE CONDUTA DA FUNDAÇÃO VISABEIRA INSTITUIÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL (Aprovado em reunião do Conselho de Administração de 28 de Março de 2014) PREÂMBULO As fundações são instituições privadas sem

Leia mais

Santa Casa da Misericórdia de Pombal

Santa Casa da Misericórdia de Pombal Manual de Políticas Santa Casa da Misericórdia de Pombal Índice 1. Política da Qualidade 2. Politica de Apoio Social 3. Politica de Recursos Humanos 4. Politica de Ética 5. Politica de Envolvimento Ativo

Leia mais

Código de Ética da ABTT

Código de Ética da ABTT Código de Ética da ABTT Prezados (as) Associados (as), A ABTT, ao longo de sua existência, tem conduzido suas atividades na crença de que para seu associado desenvolver-se e ter sucesso, é imprescindível

Leia mais

Celpa. serviços. Código de ética do prestador de serviços da Celpa

Celpa. serviços. Código de ética do prestador de serviços da Celpa Código de ética do prestador de da Índice Apresentação... 04 Missão, visão e valores... 04 Bom senso... 06 Abrangência... 06 Definição de Prestador de Serviços... 06 1. Conflito de interesses 1.1. Recursos

Leia mais

1. DA APRESENTAÇÃO. Profissionalismo Valorizamos o profissionalismo para melhorar os serviços aos Participantes e Patrocinadoras.

1. DA APRESENTAÇÃO. Profissionalismo Valorizamos o profissionalismo para melhorar os serviços aos Participantes e Patrocinadoras. P R E V I G 4 C Ó D I G O D E É T I C A P R E V I G 5 C Ó D I G O D E É T I C A 1. DA APRESENTAÇÃO A ética é o ideal de conduta humana, criada em conformidade com os mais elevados padrões da civilização,

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DO MUNICÍPIO DE SALVATERRA DE MAGOS

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DO MUNICÍPIO DE SALVATERRA DE MAGOS CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DO MUNICÍPIO DE SALVATERRA DE MAGOS 1 ÍNDICE Siglas... 3 1.Introdução... 4 2.Objeto... 4 3. Âmbito de aplicação... 4 4. Princípios gerais... 4 5. Princípios básicos.7 6. Disposições

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. ANS nº 41431.0

CÓDIGO DE ÉTICA. ANS nº 41431.0 CÓDIGO DE ÉTICA Aprovado pelo Conselho Consultivo da Saúde BRB Caixa de Assistência em sua 37ª Reunião Extraordinária, realizada em 10.12.2010. Brasília, 22 de fevereiro de 2011 I - APRESENTAÇÃO CÓDIGO

Leia mais

É o estudo geral do que é bom ou mau, correto ou incorreto, justo ou injusto, adequado ou inadequado.

É o estudo geral do que é bom ou mau, correto ou incorreto, justo ou injusto, adequado ou inadequado. O que é Ética São princípios e Valores. É agir bem. É o estudo geral do que é bom ou mau, correto ou incorreto, justo ou injusto, adequado ou inadequado. É fazer com os outros o que gostaríamos que fizessem

Leia mais

Cabe a todos os integrantes e colaboradores diretos ou indiretos fazer valer, respeitar e cumprir todos os itens abordados neste código de ética.

Cabe a todos os integrantes e colaboradores diretos ou indiretos fazer valer, respeitar e cumprir todos os itens abordados neste código de ética. CÓDIGO CORPORATIVO DE CONDUTA ÉTICA Introdução A Alta Engenharia de Consultoria Ltda tem como seu objetivo principal, a transparência e a ética de conduta em seus negócios orientados por um conjunto de

Leia mais

Encontro com Fornecedores Gestão da Ética nos Correios

Encontro com Fornecedores Gestão da Ética nos Correios Comissão de Ética Encontro com Fornecedores Gestão da Brasília, 29/06/2016 Conceitos Conceitos Fundamentos para o Código de Ética dos Correios Ética é a atribuição de valor ou importância a pessoas, condições

Leia mais

ENGEMAN - MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS COM. E IND. LTDA. CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA PROFISSIONAL

ENGEMAN - MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS COM. E IND. LTDA. CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA PROFISSIONAL 1- INTRODUÇÃO A ética é um princípio que orienta todo ser humano sobre o que é bom e correto e o que pode favorecer a sua relação com seu semelhante, promovendo o bem comum. No ambiente de trabalho, a

Leia mais

Código de conduta. Aristóteles Ética a Nicómaco

Código de conduta. Aristóteles Ética a Nicómaco Código de conduta Toda a teoria da conduta tem de ser apenas um esquema, e não um sistema exacto ( ) os temas de conduta e comportamento não têm em si nada de fixo e invariável, tal como os temas de saúde.

Leia mais

Política de Sustentabilidade do Grupo Neoenergia

Política de Sustentabilidade do Grupo Neoenergia Política de Sustentabilidade do Grupo Neoenergia 1 Índice: 1. Introdução 2. Objetivo 3. Abrangência e público-alvo 4. Referências 5. Valores 6. Princípios de Sustentabilidade 7. Responsabilidades 8. Atualização

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

CÓDIGO DE ÉTICA E DE RESPONSABILIDADE SOCIAL CÓDIGO DE ÉTICA E DE RESPONSABILIDADE SOCIAL 1. OBJETIVO Descrever e comunicar os princípios que norteiam o relacionamento da youdb com clientes, sócios, colaboradores, fornecedores e sociedade (meio-ambiente,

Leia mais

RANSP. RÊNCIA Código de conduta da FPC

RANSP. RÊNCIA Código de conduta da FPC RANSP RÊNCIA Código de conduta da FPC Código de Conduta O Código de Conduta da Fundação Portuguesa das Comunicações (FPC) apresenta dois objetivos fundamentais: regular as obrigações de transparência,

Leia mais

ABF ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRANCHISING CÓDIGO DE CONDUTA E PRINCÍPIOS ÉTICOS CAPÍTULO I DA NATUREZA DO DOCUMENTO CAPÍTULO II OBJETIVOS E ABRANGÊNCIA

ABF ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRANCHISING CÓDIGO DE CONDUTA E PRINCÍPIOS ÉTICOS CAPÍTULO I DA NATUREZA DO DOCUMENTO CAPÍTULO II OBJETIVOS E ABRANGÊNCIA ABF ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRANCHISING CÓDIGO DE CONDUTA E PRINCÍPIOS ÉTICOS CAPÍTULO I DA NATUREZA DO DOCUMENTO Art. 1º. O presente Código de Conduta é orientado por princípios éticos e desdobrado em

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ITUVERAVA

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE ITUVERAVA OUVIDORIA Apresentação A Ouvidoria-Geral da Faculdade Dr. Francisco Maeda foi criada para garantir um canal permanente de comunicação, proporcionando maior aproximação entre a Direção e comunidade externa

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Senac-RS

CÓDIGO DE ÉTICA. Senac-RS CÓDIGO DE ÉTICA Senac-RS APRESENTAÇÃO Reconhecida como uma das maiores instituições de ensino profissionalizante do país, o Senac-RS adota uma postura clara e transparente no que diz respeito aos objetivos

Leia mais

Manual de Governança Corporativa

Manual de Governança Corporativa Documento: Área Emitente: Manual de Governança Corporativa Assessoria de Planejamento, Orçamento, Controle e Regulatório HISTÓRICO DAS REVISÕES Rev. nº. Data Descrição 01 19/12/2012 Segregação do Manual

Leia mais

GUIA DE RELACIONAMENTO MERCUR

GUIA DE RELACIONAMENTO MERCUR A Mercur S.A., empresa estabelecida desde 1924, se preocupa em conduzir as suas relações de acordo com padrões éticos e comerciais, através do cumprimento da legislação e das referências deste Guia. Seu

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA 1 Objetivos do Código de Ética A Câmara Municipal de Cascais está motivada em criar todas as condições necessárias para que os seus colaboradores desenvolvam as suas funções

Leia mais

Código de Conduta Ética Profissional

Código de Conduta Ética Profissional Código de Conduta Ética Profissional 1. CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA DA BRASIL BROKERS A Brasil Brokers é uma empresa de intermediação e consultoria imobiliária que atua em todo território nacional e para nos

Leia mais

Código de Ética Janeiro de 2013

Código de Ética Janeiro de 2013 Janeiro de 2013 Índice 1 PREÂMBULO... 3 2 ÂMBITO DE APLICAÇÃO... 3 3 OBJECTIVOS... 3 4 PRINCÍPIOS... 4 5 NORMAS DE CONDUTA... 4 6 CONFLITOS DE INTERESSES... 6 7 DISPOSIÇÕES FINAIS... 7 2013 espap Entidade

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA QUALIDADOS

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA QUALIDADOS 1 CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA QUALIDADOS ÍNDICE CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA QUALIDADOS 2016/2017 1. OBJETIVO 03 2. COMPROMISSO COM A GOVERNANÇA 03 3. COMPROMISSOS COM COLABORADORES 03 4. COMPROMISSOS DOS COLABORADORES

Leia mais

NOSSOS PRINCÍPIOS, NOSSOS VALORES, NOSSA ATITUDE.

NOSSOS PRINCÍPIOS, NOSSOS VALORES, NOSSA ATITUDE. CÓDIGO DE CONDUTA NOSSOS PRINCÍPIOS, NOSSOS VALORES, NOSSA ATITUDE. Mensagem do presidente. Quando criamos a Heads Propaganda, em 1989, partíamos de um princípio: fazer uma agência que oferecesse comunicação

Leia mais

Codigo de Conduta e Etica das empresas do GRUPO PARCERIA: PARCERIA CONSULTORIA EMPRESARIAL LTDA. CNPJ /

Codigo de Conduta e Etica das empresas do GRUPO PARCERIA: PARCERIA CONSULTORIA EMPRESARIAL LTDA. CNPJ / Codigo de Conduta e Etica das empresas do GRUPO PARCERIA: PARCERIA CONSULTORIA EMPRESARIAL LTDA. CNPJ 01194833/0001-01 PARCERIA SERVIÇOS TEMPORARIOS LTDA. CNPJ: 01253339/0001-01 1. Introdução do Codigo

Leia mais

MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E CONDUTA EMPRESARIAL

MANUAL DE CONDUTA ÉTICA E CONDUTA EMPRESARIAL E CONDUTA EMPRESARIAL R WEM EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS LTDA. Página 2 de 9 Ciente de sua responsabilidade como fabricante de produtos médicos, a WEM divulga seu manual de conduta ética e conduta empresarial.

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO ÉTICO DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ELOTECH - CPQ

TERMO DE COMPROMISSO ÉTICO DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ELOTECH - CPQ TERMO DE COMPROMISSO ÉTICO DO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ELOTECH - CPQ INTRODUÇÃO 1. As presentes regras que integram o programa de Certificação Profissional Elotech, instituído pela Diretoria

Leia mais

Unidade de Recursos Humanos

Unidade de Recursos Humanos 2016 1 CODIGO DE ÉTICA E CONDUTA 2016 INTRODUÇÃO O presente tem como objectivo, não só estar em consonância com a alínea a) do ponto 3 da Recomendação do Conselho de Prevenção da Corrupção de 7 de Novembro

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DEZEMBRO, 2016 GRUPO DE CAPOEIRA CAMBOATÁ PALAVRA DO MESTRE TUCANO FUNDADOR DO GRUPO CAMBOATÁ "O CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DO GRUPO CAMBOATÁ é um documento que reúne os princípios

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO QUE INSTITUI O CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA DA FPAS PREÂMBULO

REGULAMENTO INTERNO QUE INSTITUI O CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA DA FPAS PREÂMBULO REGULAMENTO INTERNO QUE INSTITUI O CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA DA FPAS PREÂMBULO As obrigações de transparência, de responsabilidade, de solidariedade e cooperação que recaem sobre a Federação Portuguesa

Leia mais

PLANO DE TRABALHO ANUAL

PLANO DE TRABALHO ANUAL PLANO DE TRABALHO 2017 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG OUVIDORIA PLANO DE TRABALHO ANUAL 2017-2018 A FURG quer lhe ouvir... Você melhorando a Universidade!

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA Versão:

CÓDIGO DE ÉTICA Versão: CÓDIGO DE ÉTICA Versão: 01.2007 Índice I. CONSIDERAÇÕES INICIAIS...3 II. DOS PRINCÍPIOS E VALORES A PRESERVAR...3 III. A LEALDADE COMO DEVER FUNDAMENTAL...3 IV. DO RESPEITO E DA OBEDIÊNCIA À LEGISLAÇÃO...4

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA PROFISSIONAL DOS TRABALHADORES DA CÂMARA MUNICIPAL DE CHAVES

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA PROFISSIONAL DOS TRABALHADORES DA CÂMARA MUNICIPAL DE CHAVES CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA PROFISSIONAL DOS TRABALHADORES DA CÂMARA MUNICIPAL DE CHAVES Divisão de Recursos Humanos 1 Março de 2015 2 Índice 1 - Introdução... 3 2 - CAPITULO I Âmbito... 3 3 - Artigo 1.º

Leia mais

Código de Ética e Conduta

Código de Ética e Conduta Página 1 de 6 Introdução O da Rotta Paletes busca o compromisso de alcançar seus objetivos empresariais com visão sempre na responsabilidade social, valorização do seu relacionamento com clientes, fornecedores

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E DISCIPLINA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SPRINKLERS - ABSPK

CÓDIGO DE ÉTICA E DISCIPLINA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SPRINKLERS - ABSPK CÓDIGO DE ÉTICA E DISCIPLINA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SPRINKLERS - ABSPK Introdução Os membros da ABSpk Brasileira de Sprinklers entendem que a atuação no mercado de proteção contra incêndio não é uma

Leia mais

Sumário. 1. Política de Sustentabilidade da Rede D Or São Luiz Objetivos Abrangência Diretrizes...2

Sumário. 1. Política de Sustentabilidade da Rede D Or São Luiz Objetivos Abrangência Diretrizes...2 Rede D Or São Luiz Sumário 1. Política de Sustentabilidade da Rede D Or São Luiz...2 1.1. Objetivos...2 1.2. Abrangência...2 1.3. Diretrizes...2 Diretriz Econômica...2 Diretriz Social...3 Diretriz Ambiental...4

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA 1/7

CÓDIGO DE CONDUTA 1/7 CÓDIGO DE CONDUTA 1/7 ÍNDICE Página A Missão da Fundação AEP 3 Visão 3 Valores 3 Objetivos 3 Objeto, Âmbito e Aplicação 4 Transparência na Atuação e Publicitação das Contas 4 Impedimentos ou Incompatibilidades

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA PROSYS ENGENHARIA

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA PROSYS ENGENHARIA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA PROSYS ENGENHARIA Página 1 de 7 Código: PA05-IT01-A Data: 31/03/2016 Elaboração: Cibele de Souza (Analista Administrativo) Assinatura: Aprovação: Alexandre Zamith (Diretor

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA Sumário Introdução Regras de Conduta da MIP Gestão do Código de Ética e Conduta da MIP Glossário Termo de Compromisso 03 05 10 12 15 3 Introdução O propósito da MIP Engenharia

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA ESTE CÓDIGO TEM POR OBJETIVOS: Externar os princípios e valores que regem a conduta dos sócios, funcionários e colaboradores (integrantes) do Zeigler e Mendonça de Barros Sociedade

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA FUNDAÇÃO CELPE DE SEGURIDADE SOCIAL 2ª EDIÇÃO

CÓDIGO DE ÉTICA FUNDAÇÃO CELPE DE SEGURIDADE SOCIAL 2ª EDIÇÃO CÓDIGO DE ÉTICA FUNDAÇÃO CELPE DE SEGURIDADE SOCIAL 2ª EDIÇÃO O Código de Ética foi elaborado e desenvolvido pelo Conselho Deliberativo cujo texto final foi aprovado em 18 de novembro de 2005 e revisado

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA 1 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA SP-PREVCOM CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DA FUNDAÇÃO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO ESTADO DE SÃO PAULO SP PREVCOM Seção I Abrangência e Objetivos Artigo

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DO GRUPO EDF

CÓDIGO DE ÉTICA DO GRUPO EDF CÓDIGO DE ÉTICA DO GRUPO EDF A energia elétrica não é uma mercadoria como outra qualquer. É por isso que sua geração, transmissão, distribuição e comercialização são assuntos do interesse de todos. Desde

Leia mais

Código de Conduta Ética e Profissional

Código de Conduta Ética e Profissional Código de Conduta Ética e Profissional Este Código destina-se à administração, colaboradores, associados, fornecedores, parceiros estratégicos e clientes. Deve ser de conhecimento público e adoção mandatória.

Leia mais

INSPETOR. defesa da sociedade. Importante aliado na DO CREA SP ANOS INSPETORES

INSPETOR. defesa da sociedade. Importante aliado na DO CREA SP ANOS INSPETORES INSPETOR DO CREA SP Importante aliado na defesa da sociedade ANOS C O M V O C Ê INSPETORES 1 Inspetor do Crea-SP: nosso importante aliado na defesa da sociedade Para garantir a segurança da sociedade e

Leia mais

Seção I Abrangência e Objetivos

Seção I Abrangência e Objetivos CÓDIGO DE ÉTICA Código de Ética e Conduta da Fundação de Previdência Complementar do Estado de Minas Gerais, aprovado na forma da Resolução nº 3 do Conselho Deliberativo, de 28 de janeiro de 2015 Seção

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA. No relacionamento com colegas e outros Profissionais, cada Profissional deverá:

CÓDIGO DE CONDUTA. No relacionamento com colegas e outros Profissionais, cada Profissional deverá: CÓDIGO DE CONDUTA Introdução Este Código define as regras de conduta aos quais os Sócios, os Diretores, bem como todos os funcionários da AGROFEL Agro Comercial Ltda, e terceiros, que ajam em seu interesse

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA Sumário Introdução Regras de Conduta da MIP Gestão do Código de Ética e Conduta da MIP Glossário Termo de Compromisso 03 05 10 12 15 2 Introdução A missão da MIP Engenharia S.A.

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Senac-RS

CÓDIGO DE ÉTICA. Senac-RS CÓDIGO DE ÉTICA Senac-RS APRESENTAÇÃO Reconhecida como uma das maiores instituições de ensino profissionalizante do país, o Senac-RS adota uma postura clara e transparente no que diz respeito aos objetivos

Leia mais

1 Código de Conduta do Fornecedor

1 Código de Conduta do Fornecedor 1 Código de Conduta do Fornecedor 2 Código de Conduta do Fornecedor Índice 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS...03 2. DIRETRIZES...03 2.1. QUANTO À INTEGRIDADE NOS NEGÓCIOS...03 2.2. QUANTO À CORRUPÇÃO... 04 2.3.

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA Janeiro de

CÓDIGO DE CONDUTA Janeiro de CÓDIGO DE CONDUTA Janeiro de 2010 1 1. ÂMBITO DE APLICAÇÃO O presente Código de Conduta (a seguir designado por «Código») estabelece linhas de orientação em matéria de ética profissional para todos os

Leia mais

Gestão de reclamações em instituições de saúde

Gestão de reclamações em instituições de saúde Gestão de reclamações em instituições de saúde Rosalvo Almeida neurologista e eletroencefalografista, aposentado membro do CNECV presidente da Comissão de Ética do ISPUP membro da conselho consultivo da

Leia mais

ENQUADRAMENTO CLIENTES

ENQUADRAMENTO CLIENTES ENQUADRAMENTO A promoção da integração na sociedade do cidadão com deficiência mental assim como a defesa dos seus direitos, são valores considerados como fundamentais pela APPACDM, no respeito pelos princípios

Leia mais

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO 12/5/2017 INFORMAÇÃO PÚBLICA ÍNDICE 1 OBJETIVO... 3 2 ABRANGÊNCIA... 3 3 REFERÊNCIAS... 4 4 CONCEITOS... 4 5 DIRETRIZES... 4 6 REGRAS... 5 7 RESPONSABILIDADES... 7 8 INFORMAÇÕES DE CONTROLE... 7 2 1 OBJETIVO

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA OUVIDORIA

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA OUVIDORIA CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA OUVIDORIA REGULAMENTO DA OUVIDORIA Serra, 2016 Página 1 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA OUVIDORIA REGULAMENTO DA OUVIDORIA Prof. Me. Eber da Cunha Mendes Serra, 2016 Página

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DO GEIPREV INTRODUÇÃO

CÓDIGO DE ÉTICA DO GEIPREV INTRODUÇÃO CÓDIGO DE ÉTICA DO GEIPREV INTRODUÇÃO O presente Código de Ética é extensivo a todo o universo de relacionamento do GEIPREV e tem como objetivo primordial levar a todos noções básicas conceituais, orientando

Leia mais

Caixa de Assistência dos Empregados. do Banco do Estado do Rio Grande do Sul - Cabergs CÓDIGO DE ÉTICA

Caixa de Assistência dos Empregados. do Banco do Estado do Rio Grande do Sul - Cabergs CÓDIGO DE ÉTICA Caixa de Assistência dos Empregados do Banco do Estado do Rio Grande do Sul - Cabergs CÓDIGO DE ÉTICA SUMÁRIO 1. OBJETIVO...03 2. PRINCÍPIOS E DEVERES FUNDAMENTAIS...03 3. REGRAS DE CONDUTA...04 4. REGRAS

Leia mais

Política institucional de governança corporativa. 1. Esta Política institucional de governança corporativa:

Política institucional de governança corporativa. 1. Esta Política institucional de governança corporativa: 1. Esta Política institucional de governança corporativa: a) é elaborada por proposta da área de Normas da Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob (Sicoob Confederação), entidade definida como

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA EQS ENGENHARIA LTDA

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA EQS ENGENHARIA LTDA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA EQS ENGENHARIA LTDA Revisão: 00 Data: 03/2016 Palavras chave: Ética, Conduta. 1. INTRODUÇÃO O presente Código de Ética e Conduta tem como objetivo apontar diretrizes e normas

Leia mais

FUNDAÇÃO AGA KHAN PORTUGAL CÓDIGO DE CONDUTA

FUNDAÇÃO AGA KHAN PORTUGAL CÓDIGO DE CONDUTA FUNDAÇÃO AGA KHAN PORTUGAL CÓDIGO DE CONDUTA ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Missão... 3 3. Principais objetivos... 3 4. Legalidade... 4 5. Governação... 4 6. Principais regras de conduta... 4 7. Transparência...

Leia mais

Código de Ética e de Conduta

Código de Ética e de Conduta Código de Ética e de Conduta Edição: 1 Maio - 2015 CAPÍTULO I INTRODUÇÃO Art. 1º Finalidade O estabelecimento de princípios e regras gerais de ética e conduta que assegurem o cumprimento dos valores estabelecidos

Leia mais

BASES CONCEITUAIS - SISTEMA DE NEGOCIAÇÃO PERMANENTE da Administração Pública Federal - SINP/FEDERAL

BASES CONCEITUAIS - SISTEMA DE NEGOCIAÇÃO PERMANENTE da Administração Pública Federal - SINP/FEDERAL BASES CONCEITUAIS - SISTEMA DE NEGOCIAÇÃO PERMANENTE da Administração Pública Federal - SINP/FEDERAL 1- As bases conceituais do Sistema de Negociação Permanente da Administração Pública Federal - SINP/FEDERAL

Leia mais

DEONTOLOGIA POLICIAL. Código Deontológico do Serviço Policial

DEONTOLOGIA POLICIAL. Código Deontológico do Serviço Policial ESCOLA PRÁTICA DE POLÍCIA DEONTOLOGIA POLICIAL 2 - Como zeladores pelo cumprimento da lei, os membros das forças de segurança cultivam e promovem os valores do humanismo, justiça, integridade, honra, dignidade,

Leia mais

Manual de Governança Corporativa. Previplan - Sociedade de Previdência Privada

Manual de Governança Corporativa. Previplan - Sociedade de Previdência Privada Manual de Governança Corporativa Previplan - Sociedade de Previdência Privada Manual de Governança Corporativa Índice 1. Apresentação... 3 2. Governança... 4 3. Manual Governança... 5 4. Ideais Corporativos...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAÇOIABA DA SERRA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAÇOIABA DA SERRA DECRETO Nº. 1491, DE 10 DE JANEIRO DE 2013. Institui a Mesa Permanente de Negociação com os Servidores Municipais - MESA e dá outras providências.. MARA LÚCIA FERREIRA DE MELO, Prefeita Municipal da Cidade

Leia mais

BANDEPREV BANDEPE PREVIDÊNCIA SOCIAL CÓDIGO DE ÉTICA BANDEPREV BANDEPE PREVIDÊNCIA SOCIAL

BANDEPREV BANDEPE PREVIDÊNCIA SOCIAL CÓDIGO DE ÉTICA BANDEPREV BANDEPE PREVIDÊNCIA SOCIAL BANDEPREV BANDEPE PREVIDÊNCIA SOCIAL CÓDIGO DE ÉTICA BANDEPREV BANDEPE PREVIDÊNCIA SOCIAL Setembro de 2005 1. Introdução 1.1 A ética é o ideal de conduta humana desenvolvido de acordo com os mais elevados

Leia mais

Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo. Código de Ética e Conduta Profissional da CCDR-LVT

Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo. Código de Ética e Conduta Profissional da CCDR-LVT Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo Código de Ética e Conduta Profissional Agosto 2009 Código de Ética e Conduta Profissional Um Código de Ética e Conduta Profissional

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E INTEGRIDADE DE TERCEIROS

CÓDIGO DE CONDUTA E INTEGRIDADE DE TERCEIROS CÓDIGO DE CONDUTA E INTEGRIDADE DE TERCEIROS 1. Introdução O Grupo Micromazza é formado a partir de princípios éticos que orientam sua atuação e são base da imagem de empresa sólida e confiável. Este Código

Leia mais

CREA-PB O FOCO É NO CIDADÃO

CREA-PB O FOCO É NO CIDADÃO CREA-PB O FOCO É NO CIDADÃO Um dos aspectos da Democracia Participativa Luta pela Democracia Instrumento de Controle Social OUVIDORIA OUVIDORIA É... 1 É um instrumento democrático de defesa do cidadão,

Leia mais

Divisão Gestão de Pessoas 16/12/2016

Divisão Gestão de Pessoas 16/12/2016 1 Área responsável pelo assunto 1.1 Divisão Gestão de Pessoas. 2 Abrangência 2.1 Esta política orienta o comportamento da BB Seguridade e suas sociedades controladas. Espera-se que as empresas coligadas

Leia mais

PLANO ANUAL DE TRABALHO DA OUVIDORIA

PLANO ANUAL DE TRABALHO DA OUVIDORIA 2017 PLANO ANUAL DE TRABALHO DA OUVIDORIA Instituto Federal Farroupilha 10/03/2017 Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 2 2. A OUVIDORIA DO... 3 2.1. Relacionamento com a Sociedade... 3 3. OBJETIVO DO PLANO DE TRABALHO...

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA CENTRO COMUNITÁRIO IRMANDADE DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DA BATALHA

CÓDIGO DE ÉTICA CENTRO COMUNITÁRIO IRMANDADE DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DA BATALHA CÓDIGO DE ÉTICA CENTRO COMUNITÁRIO IRMANDADE DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DA BATALHA 02-05-2012 1 Introdução... 3 2 Principais objetivos do Código... 3 3 Âmbito de aplicação... 4 4 Legislação e Ética...

Leia mais

POLÍTICA DE PATROCÍNIOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE PATROCÍNIOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE PATROCÍNIOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS Versão 3.0 06/02/2017 Sumário 1 Objetivo... 3 2 Conceito... 3 3 Princípios... 3 4 Diretrizes... 4 4.1 Áreas de atuação... 4 4.2 Restrições... 5 4.3 Modalidades

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ CONSELHO DIRETOR RESOLUÇÃO N 007/ CONDIR DE 29 DE DEZEMBRO DE 2016.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ CONSELHO DIRETOR RESOLUÇÃO N 007/ CONDIR DE 29 DE DEZEMBRO DE 2016. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PARÁ CONSELHO DIRETOR RESOLUÇÃO N 007/2016 - CONDIR DE 29 DE DEZEMBRO DE 2016. PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETOR DO INSTITUTO

Leia mais

Código de Conduta e Integridade de Terceiros

Código de Conduta e Integridade de Terceiros 1. Introdução A Tecnoeurobras é formada a partir de princípios éticos que orientam sua atuação e são base de uma imagem de empresa sólida e confiável. Este Código de Conduta de Terceiros da Tecnoeurobras,

Leia mais

INDICE POLÍTICA DA QUALIDADE 2 POLÍTICA DE ÉTICA 3 POLÍTICA DE ENVOLVIMENTO E PARTICIPAÇÃO 4 POLÍTICA DE CONFIDENCIALIDADE 5

INDICE POLÍTICA DA QUALIDADE 2 POLÍTICA DE ÉTICA 3 POLÍTICA DE ENVOLVIMENTO E PARTICIPAÇÃO 4 POLÍTICA DE CONFIDENCIALIDADE 5 INDICE POLÍTICA DA QUALIDADE 2 POLÍTICA DE ÉTICA 3 POLÍTICA DE ENVOLVIMENTO E PARTICIPAÇÃO 4 POLÍTICA DE CONFIDENCIALIDADE 5 POLÍTICA DE PREVENÇÃO DE ABUSO FÍSICO, MENTAL E FINANCEIRO 6 POLÍTICA DE RECRUTAMENTO

Leia mais

Código de Ética e Conduta dos Colaboradores da Fundação Educacional de Barretos

Código de Ética e Conduta dos Colaboradores da Fundação Educacional de Barretos Código de Ética e Conduta dos Colaboradores da Fundação Educacional de Barretos BARRETOS Agosto/2016 Podemos considerar ética como sendo aquilo que pode ser contado para a esposa, o filho e até publicado

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Parágrafo único. Para os fins deste Código, considera-se:

CÓDIGO DE ÉTICA. Parágrafo único. Para os fins deste Código, considera-se: CÓDIGO DE ÉTICA Art. 1º Este Código de Ética aplica-se a todos os sócios, parceiros, colaboradores, empregados e quaisquer profissionais que atuem no âmbito da Câmara de Mediação e Arbitragem Especializada

Leia mais

E NORMAS DE CONDUTA GABINETE DE AUDITORIA INTERNA (GAI)

E NORMAS DE CONDUTA GABINETE DE AUDITORIA INTERNA (GAI) CÓDIGO de ÉTICA E NORMAS DE CONDUTA GABINETE DE AUDITORIA INTERNA (GAI) «Para um serviço de excelência» 2015 INTRODUÇÃO O presente Código de Ética do Gabinete de Auditoria Interna (GAI) da Direção-Geral

Leia mais

Carta dos Direitos e Deveres dos Doentes

Carta dos Direitos e Deveres dos Doentes Carta dos direitos e deveres dos doentes O direito à proteção da saúde está consagrado na Constituição da República Portuguesa, e assenta num conjunto de valores fundamentais como a dignidade humana, a

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL. O Código de Ética da Empresa BeSafe

RESPONSABILIDADE SOCIAL. O Código de Ética da Empresa BeSafe RESPONSABILIDADE SOCIAL O Código de Ética da Empresa BeSafe 02 de Março de 2012 ÍNDICE 1.CÓDIGO DE ÉTICA DA BESAFE... 3 2 OBJECTIVOS GERAIS... 4 3. VALORES... 4 4. NORMAS DE CONDUTA... 5 4.1. Âmbito da

Leia mais

REDE NACIONAL PRIMEIRA INFÂNCIA CARTA DE PRINCÍPIOS. 10 de Dezembro 2013

REDE NACIONAL PRIMEIRA INFÂNCIA CARTA DE PRINCÍPIOS. 10 de Dezembro 2013 REDE NACIONAL PRIMEIRA INFÂNCIA CARTA DE PRINCÍPIOS 10 de Dezembro 2013 I Denominação Fundada no Brasil em 16 de março de 2007, denomina-se REDE NACIONAL PRIMEIRA INFÂNCIA o conjunto de organizações da

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DESEMBARGADOR SÁVIO BRANDÃO - FAUSB

FACULDADES INTEGRADAS DESEMBARGADOR SÁVIO BRANDÃO - FAUSB FACULDADES INTEGRADAS DESEMBARGADOR SÁVIO BRANDÃO - FAUSB PROGRAMA DE OUVIDORIA VÁRZEA GRANDE - 2015 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente regulamento tem por finalidade normatizar as atividades

Leia mais

Vinci. Código de Ética

Vinci. Código de Ética Vinci Código de Ética Março de 2017 APRESENTAÇÃO A atividade de administração de recursos exige a mais completa relação de credibilidade e confiança entre nós e nossos clientes. Exige, ademais, o compromisso

Leia mais

Política Institucional de Governança Corporativa. 1. Esta Política Institucional de Governança Corporativa:

Política Institucional de Governança Corporativa. 1. Esta Política Institucional de Governança Corporativa: Anexo II (Ata da 14ª Assembleia Geral Extraordinária do Sicoob Confederação) 1. Esta Política Institucional de Governança Corporativa: Política Institucional de Governança Corporativa a) é elaborada por

Leia mais

Seminário de Atualização e implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed

Seminário de Atualização e implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor Procon/SP Seminário de Atualização e implantação de Ouvidoria do Sistema Unimed Importância da Atuação da Ouvidoria

Leia mais