3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Ituiutaba Curadoria de Defesa de Infância e Juventude

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Ituiutaba Curadoria de Defesa de Infância e Juventude"

Transcrição

1 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Ituiutaba Curadoria de Defesa de Infância e Juventude RECOMENDAÇÃO Nº /2016/IJ O MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL, por sua Promotora de Justiça, titular da 3ª Promotoria da Infância e da Juventude de Ituiutaba, no uso de suas atribuições legais, com fundamento no artigo 27, inciso IV, da Lei nº 8.625, de 12 de fevereiro de 1993 (Lei Orgânica Nacional do Ministério Público), da Lei Complementar nº 34/94 (Lei Orgânica do Ministério Público do Estado de Minas Gerais), e artigo 201, 5º, alínea c do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), e CONSIDERANDO que a Constituição Federal e o Estatuto da Criança e do Adolescente garantem a toda criança e adolescente, com absoluta prioridade, a efetivação de direitos fundamentais; CONSIDERANDO que a Constituição Federal, no Art. 205, estabelece que a Educação, direito de todos e dever do Estado, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho; CONSIDERANDO que a finalidade principal da educação é a preparação para o exercício da cidadania, e que, para ser cidadão, são necessários sólidos conhecimentos, memória, respeito pelo espaço público, um conjunto mínimo de normas de relações interpessoais, e diálogo franco entre olhares éticos; 1

2 CONSIDERANDO que os artigos 3º, 4º e 70 do ECA, assim como o artigo 227 da CF, estabelecem como dever de todos, família, sociedade e Estado, prevenir a ocorrência de ameaça ou violação aos direitos da criança e do adolescente; CONSIDERANDO que o artigo 81, inciso II do ECA, estabelece a proibição da venda de bebidas alcoólicas à criança e ao adolescente; CONSIDERANDO que aquele que descumpri a proibição acima referida incorrerá nas penas do CRIME previsto no art. 243 do ECA, que tem a seguinte redação: Art Vender, fornecer ainda que gratuitamente, ministrar ou entregar, de qualquer forma, a criança ou adolescente, sem justa causa, produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica, ainda que por utilização indevida: Pena - detenção de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa, se o fato não constitui crime mais grave ; CONSIDERANDO a infração administrativa prevista no artigo 258- C do ECA, in verbis: Art. 258-C. Descumprir a proibição estabelecida no inciso II do art. 81: Pena - multa de R$ 3.000,00 (três mil reais) a R$ ,00 (dez mil reais); Medida Administrativa - interdição do estabelecimento comercial até o recolhimento da multa aplicada. (Redação dada pela Lei nº , de 2015); CONSIDERANDO a previsão dos artigos 18, 26 e 30, da Portaria 02/2005 da Vara da Infância e Juventude desta Comarca de Ituiutaba, respectivamente: Art. 18-É proibida a venda as crianças e aos adolescentes (menores de 18 anos de idade) de: II- bebidas alcoólicas; 2

3 Art.26- Pelas infrações às disposições desta Portaria responderão os pais, responsáveis, aqueles que tenham o menor sob guarda ou cuidado, ou quem a elas der causa, na forma da lei, podendo ser aplicada pena de multa de 03 (três) a 100 (cem) salários de referência, poderá ser aplicado o dobro, a suspensão do espetáculo, o fechamento ou interdição do estabelecimento por até 15 (quinze) dias. Art.30- Os promotores, organizadores, dirigentes ou gerentes, assim como seus funcionários, ainda que eventuais, serão solidariamente responsáveis pela fiscalização, da entrada e da permanência de crianças e adolescentes nos locais em que se realizam espetáculos, show ou musical, assim como pela fiscalização da venda OU OFERTA DE BEBIDA ALCOÓLICA no interior do recinto onde se realiza o evento. Parágrafo único. Serão também solidariamente responsáveis os proprietários ou os diretores, gerentes e funcionários da pessoa jurídica proprietária dos recintos onde se realiza o espetáculo, show ou musical. (Destaque nosso); CONSIDERANDO a Lei Estadual Mineira de nº 15427/2005 que alterou a Lei n.º , de 31 de maio de 1996, que proíbe a venda de cigarro e bebida alcoólica nas escolas públicas de 1º - e 2º - graus da rede estadual de ensino e nas conveniadas. E conforme o artigo 1º: "Art. 1º - Fica proibida, nas escolas de ensino fundamental e médio da rede estadual de ensino e nas conveniadas, a venda de cigarro, de bebida alcoólica e de produto cuja embalagem contenha ilustração, fotografia, legenda ou anúncio de: I - bebida alcoólica; II - tabaco; 3

4 III - jogo de azar; IV - produto impróprio para crianças e adolescentes. Parágrafo único. Inclui-se no disposto neste artigo a proibição da venda durante festa realizada nas dependências das escolas, qualquer que seja o promotor do evento.". CONSIDERANDO que de acordo com o Centro Brasileiro de informação sobre drogas psicotrópicas, nos últimos cinco anos a ingestão de bebidas aumento 30% entre jovens de 12 a 17 anos e 25% entre jovens de 18 a 24 anos; CONSIDERANDO a necessidade de desencadear trabalho preventivo e fiscalizatório para evitar e coibir o fornecimento e consumo de bebidas alcoólicas por crianças e adolescentes nas festas promovidas pelas escolas (festas juninas, mães, pais etc) e de formaturas do ensino fundamental e médio das escolas das redes públicas- estadual e municipal- e particular da Comarca de Ituiutaba, Municípios de Ituituaba e de Gurinhatã, tendo em vista que estas festas são dirigidas ao público em sua maioria que não completou 18 anos; CONSIDERANDO o que prevê o parágrafo único do artigo 1º da Lei Estadual supracitada: Inclui-se no disposto neste artigo a proibição da venda durante festa realizada nas dependências das escolas, qualquer que seja o promotor do evento.", e ainda, o que prevê as normas supracitadas da Portaria 02/2005 que proíbe a venda ou OFERTA de bebida alcoólicas; CONSIDERANDO que compete ao Ministério Público, objetivando tornar efetivo o respeito aos direitos e garantias legais assegurados às crianças e aos adolescentes, expedir recomendações visando à melhoria dos serviços públicos e 4

5 de relevância pública (artigos 27, IV, da Lei nº 8.625/93, 75, IV, da Lei Complementar nº 11/96 e 201, 5º, c, da Lei nº 8.069/90); RECOMENDA que: À 16ª SUPERINTENDENTE REGIONAL DE EDUCAÇÃO a) Providencie às devidas orientações e esclarecimentos à equipe diretiva, funcionários e corpos docentes de todas as Escolas Públicas Estaduais de Ituiutaba e de Gurinhatã, bem como de todas as Escolas Particulares situadas nesses dois Municípios, de área de abrangência dessa Superintendência de Ensino, devendo as escolas repassar tais informações aos círculos de Pais e Mestres de cada instituição de ensino, para que não vendam e/ou ofereçam bebidas alcoólicas por ocasião das festas em geral e de formatura promovidas pelos estabelecimentos de ensino, bem como para que alertem e mobilizem a todos para a imperiosa necessidade de exercerem intensiva fiscalização nesse sentido, salientando-se que eventual constatação dessas condutas em fiscalização por agentes competentes, poderá ensejar a aplicação de sanções administrativas, cíveis e criminais. b) Em tratando-se de estabelecimentos escolares que não organizam tais festas de formatura, juninas etc, as quais ficam sob responsabilidade de produtores de eventos, comissões de alunos e/ou pais, mas que a escola tem conhecimento e sua realização 5

6 no ambiente externo deverá a escola exigir dos alunos envolvidos na organização da festa, informações que permitam identificar as empresas/pessoas envolvidas na organização do evento e estes sejam comunicados da proibição e venda e/ou disponibilização a qualquer título de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos e informem as medidas adotadas para controle deste fornecimento. c) Deverá, ainda, a 16ª Superintendência Regional de Ensino, além de outras providências a serem adotadas, encaminhar cópia da presente Recomendação às Escolas acima referidas, orientado-as a afixar no mural da instituição de ensino para conhecimento dos Círculos de Pais e Mestres, frisando-se que, na hipótese de flagrante de venda ou fornecimento de bebida alcoólica dentro das escolas ou o fornecimento fora delas à criança ou adolescente, a autoridade policial e/ou esta Curadoria de Defesa da Criança e do Adolescente deverão ser imediatamente comunicadas para as providências cabíveis. ÀS SECRETÁRIAS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DE ITUIUTABA E DE GURINHATÃ: a) Providencie às devidas orientações e esclarecimentos à equipe diretiva, funcionários e corpos docentes de todas as Escolas Públicas Municipais de Ituiutaba e de Gurinhatã, bem como de todas as Escolas Particulares situadas nesses dois Municípios, de área de abrangência dessas Secretarias de Educação, devendo as escolas repassar tais informações aos círculos de Pais e Mestres de cada instituição de ensino, para que não vendam e/ou ofereçam bebidas alcoólicas por 6

7 ocasião das festas em geral e de formatura promovidas pelos estabelecimentos de ensino, bem como para que alertem e mobilizem a todos para a imperiosa necessidade de exercerem intensiva fiscalização nesse sentido, salientandose que eventual constatação dessas condutas em fiscalização por agentes competentes, poderá ensejar a aplicação de sanções administrativas, cíveis e criminais; b) Em tratando-se de estabelecimentos escolares que não organizam tais festas de formatura, juninas etc, as quais ficam sob responsabilidade de produtores de eventos, comissões de alunos e/ou pais, mas que a escola tem conhecimento e sua realização no ambiente externo deverá a escola exigir dos alunos envolvidos na organização da festa, informações que permitam identificar as empresas/pessoas envolvidas na organização do evento e estes sejam comunicados da proibição e venda e/ou disponibilização a qualquer título de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos e informem as medidas adotadas para controle deste fornecimento; c) Deverão, ainda, as Secretárias Municipais de Educação, além de outras providências a serem adotadas, encaminharem cópia da presente Recomendação às Escolas acima referidas, orientado-as a afixar no mural da instituição de ensino para conhecimento dos Círculos de Pais e Mestres, frisando-se que, na hipótese de flagrante de venda ou fornecimento de bebida alcoólica dentro das escolas ou o fornecimento fora delas à criança ou adolescente, a autoridade policial e/ou esta Curadoria de Defesa da Criança 7

8 e do Adolescente deverão ser imediatamente comunicadas para as providências cabíveis. As providências adotadas em cumprimento à presente Recomendação deverão ser comunicadas ao Ministério Público no prazo de 15 (quinze) dias a contar do seu recebimento. Sem mais para o momento, colocamo-nos à inteira disposição para esclarecimentos complementares e auxílio no que for preciso para ver os direitos das crianças e adolescentes, que têm prioridade absoluta em todas as ações de governo, assegurados. Registre-se em livro próprio, com as diligências de praxe, publique-se, e após, encaminhe-se cópia da presente RECOMENDAÇÃO às autoridades declinadas acima, bem como: a) Ao Conselho Tutelar local. b) À Vara da Infância e Juventude desta Comarca, para ciência; c) Em especial, à Escola Estadual Risoleta Neves, em decorrência dos fatos noticiados, neste IC; d) Ao Conselho Municipal de Defesa da Criança e do Adolescente. Ituiutaba/MG, 06 de julho de Ana Paula Lourenço de Paula 3ª Promotora de Justiça 8

Estado de Mato Grosso MINISTÉRIO PÚBLICO 2ª Promotoria de Justiça Cível de Alta Floresta/MT

Estado de Mato Grosso MINISTÉRIO PÚBLICO 2ª Promotoria de Justiça Cível de Alta Floresta/MT ASSUNTO: RECOMENDAÇÃO MINISTERIAL ACERCA DO USO DE APARELHOS ELETRÔNICOS EM SALA DE AULA NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA Nº. 03/2014 O DO ESTADO DE MATO GROSSO, por intermédio da Promotora de Justiça titular

Leia mais

FONE FAX: (63) ou CEP PORTARIAM0 01/2017

FONE FAX: (63) ou CEP PORTARIAM0 01/2017 AVENIDA PARANÁ, ESQ. COMA RUA 08, S/N" - CENTRO PORTARIAM0 01/2017 O Doutor Ciro Rosa de Oliveira, Juiz de Direito da 2a Vara de Família, Sucessões, Precatórias, Infância e Juventude da Comarca de Guaraí,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE CASCAVEL PR VARA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE

PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE CASCAVEL PR VARA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE PORTARIA N 03/07 Disciplina o ingresso e permanência de crianças e adolescentes desacompanhados dos pais ou responsáveis em bailes, promoções dançantes, eventos esportivos, espetáculos públicos e ensaios,

Leia mais

Ministério Público do Estado de Mato Grosso 1ª Promotoria de Justiça Cível de Barra do Bugres-MT

Ministério Público do Estado de Mato Grosso 1ª Promotoria de Justiça Cível de Barra do Bugres-MT NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA nº 003/2015 Considerando o teor de fls. 17/19, o Sr. José Damião é o locador do imóvel em questão, e o Sr. José Limeira da Silva Filho é o locatário, o Promotor de Justiça, oficiante

Leia mais

Ministério Público DO ESTADO DE MATO GROSSO 1ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Barra do Bugres

Ministério Público DO ESTADO DE MATO GROSSO 1ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Barra do Bugres SIMP nº. 000954-033/2016 NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA nº 002/2016 O Promotor de Justiça, oficiante na Comarca de Barra do Bugres/MT, no uso de suas atribuições legais e constitucionais, na defesa do patrimônio

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE CASCAVEL PR VARA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE

PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE CASCAVEL PR VARA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE PORTARIA N 01/07 Disciplina a entrada e permanência de crianças e adolescentes em casas que exploram diversões eletrônicas e congêneres, assim como a autuação pela ocorrência de infrações administrativas

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE JUÍZO DE DIREITO DA COMARCA DE PARNAMIRIM VARA DE INFÂNCIA E JUVENTUDE E DO IDOSO

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE JUÍZO DE DIREITO DA COMARCA DE PARNAMIRIM VARA DE INFÂNCIA E JUVENTUDE E DO IDOSO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE JUÍZO DE DIREITO DA COMARCA DE PARNAMIRIM VARA DE INFÂNCIA E JUVENTUDE E DO IDOSO PORTARIA Nº 01/2012 Disciplina a participação de crianças e adolescentes

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHEIRO MACHADO. Secretaria Municipal da Administração

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHEIRO MACHADO. Secretaria Municipal da Administração PROJETO DE LEI Nº 42, DE 21 DE OUTUBRO DE 2015 Determina medidas a serem adotadas e estabelece a penalidades, na esfera municipal, por venda de bebidas alcoólicas para menores de dezoito anos Art. 1º Fica

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Procuradoria da República em Cáceres Mato Grosso RECOMENDAÇÃO N. 12/2014

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Procuradoria da República em Cáceres Mato Grosso RECOMENDAÇÃO N. 12/2014 IC n. 1.20.001.000104/2011-27 RECOMENDAÇÃO N. 12/2014 O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, nos autos dos Inquérito Civil nº 1.20.001.000104/2011-27, pelo Procurador da República signatário, no cumprimento de

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO E AJUSTAMENTO DE CONDUTA

TERMO DE COMPROMISSO E AJUSTAMENTO DE CONDUTA TERMO DE COMPROMISSO E AJUSTAMENTO DE CONDUTA O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO ESTADO DO TOCANTINS, neste ato representado pela Promotora de Justiça Titular da ### Promotoria de Defesa do Consumidor,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO Av.Sal",",,_ 678~ Jardim Aqu.,;u.- SãoIn,'; d", C.mp. _ C~l': 12246.2W Fone: (12) 3922-5832/3922_3943 - enl"il pjinf.,nctnsj

Leia mais

Direito à Saúde da Criança e do Adolescente

Direito à Saúde da Criança e do Adolescente Direito à Saúde da Criança e do Adolescente Constituição Federal de 1988 Art. 227. É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade,

Leia mais

ART. 245 ART. 246 ART. 247

ART. 245 ART. 246 ART. 247 ART. 245 Sujeito ativo: responsável pela comunicação de maus tratos (ex.: médico, professor, etc.); Sujeito passivo: criança ou adolescente vítima de maus tratos; Tipo objetivo: deixar de comunicar à autoridade

Leia mais

Notícia de fato nº MPPR

Notícia de fato nº MPPR Notícia de fato nº MPPR-0051.12.000423-2 Interessada: 3º Promotoria de Justiça de Fazenda Rio Grande PR. Natureza: Solicitação de sugestões de diligências nos autos originais de Notícia de Fato nº MPPR-0051.12.000423-3,

Leia mais

TERMO DE RECOMENDAÇÃO Nº 013/2012

TERMO DE RECOMENDAÇÃO Nº 013/2012 TERMO DE RECOMENDAÇÃO Nº 013/2012 Ementa: RECOMENDAÇÃO MINISTERIAL. CONDICOES PRECÁRIAS DO EDIFICIO ESCOLAR. GRAVES RISCOS À SEGURANCA DA COMUNIDADE ESCOLAR. O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RORAIMA através

Leia mais

RECOMENDAÇÃO N. 24/2014/PR-AC/5º OFÍCIO

RECOMENDAÇÃO N. 24/2014/PR-AC/5º OFÍCIO RECOMENDAÇÃO N. 24/2014/PR-AC/5º OFÍCIO Ementa: necessidade de manutenção e reformas na estrutura física das escolas. O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL e o MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO ACRE, nos autos do

Leia mais

NOTA RECOMENDATÓRIA Nº 01/2016

NOTA RECOMENDATÓRIA Nº 01/2016 Ao Exmo. Senhor Peterson Tanan Portinho Superintendente de Segurança Urbana e Prevenção à Violência NOTA RECOMENDATÓRIA Nº 01/2016 EMENTA: DEFENSORIA PÚBLICA. FUNÇÕES INSTITUCIONAIS. DEFESA DOS INTERESSES

Leia mais

2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE PARANAGUÁ/PR

2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE PARANAGUÁ/PR Destinatários: a) Prefeito Municipal de Paranaguá Sr. Edison de Oliveira Kersten b) Coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social Sra. Jussara Ferreira das Neves c) Secretária

Leia mais

II - afastamento do lar, domicílio ou local de convivência com a ofendida;

II - afastamento do lar, domicílio ou local de convivência com a ofendida; Art. 22. Constatada a prática de violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos desta Lei, o juiz poderá aplicar, de imediato, ao agressor, em conjunto ou separadamente, as seguintes medidas

Leia mais

DA COMPETÊNCIA DO PROCON

DA COMPETÊNCIA DO PROCON DA COMPETÊNCIA DO PROCON Os PROCONs são órgãos oficiais locais, podendo ser estaduais, distrital e municipais de defesa do consumidor. Foram criados especificamente para este fim, com competências no âmbito

Leia mais

PORTARIA Nº 001/2017

PORTARIA Nº 001/2017 PODER JUDICIÁRIO DE PERNAMBUCO VARA REGIONAL DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE DA 1ª CIRCUNSCRIÇÃO JUDICIAL RUA JOÃO FERNANDES VIEIRA, 405, BOA VISTA, RECIFE-PECEP 50050-200 PORTARIA Nº 001/2017 Disciplina a

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE SÃO PAULO

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE SÃO PAULO RECOMENDAÇÃO MPF/PRSP Nº 32/2008 O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, nos autos do procedimento administrativo n.º 1.34.001.002555/2008-16 que apura a demora excessiva na entrega de diploma pela Instituição Educacional

Leia mais

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA- 1990) regulamenta o Artigo da Constituição Federal de 1988 que prevê:

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA- 1990) regulamenta o Artigo da Constituição Federal de 1988 que prevê: 1 O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA- 1990) regulamenta o Artigo - 227 da Constituição Federal de 1988 que prevê: É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente,

Leia mais

PORTARIA n.º 33/2013-DF

PORTARIA n.º 33/2013-DF PORTARIA n.º 33/2013-DF O Excelentíssimo Senhor Doutor Fabrício Sávio da Veiga Carlota, MM.º Juiz Substituto e Diretor do Foro da Comarca de Aripuanã, Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições

Leia mais

Educação no Sistema Prisional

Educação no Sistema Prisional Educação no Sistema Prisional Pacto Federativo Brasil, um sonho intenso, um raio vívido De amor e de esperança à terra desce, Se em teu formoso céu, risonho e límpido, A imagem do Cruzeiro resplandece.

Leia mais

PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE DA CAPITAL SETOR DE DEFESA DOS INTERESSES DIFUSOS E COLETIVOS

PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE DA CAPITAL SETOR DE DEFESA DOS INTERESSES DIFUSOS E COLETIVOS SIS MP nº 43.0522.0000071/2016-2 INQUÉRITO CIVIL Nº 048/16 Trata-se de representação oferecida pelo Instituto Alana - Projeto Criança e Consumo, noticiando possível publicidade abusiva feita e promovida

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS 4ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE UBÁ PROMOTORIA DE DEFESA DO CONSUMIDOR E PROCON ESTADUAL RECOMENDAÇÃO Nº 01/2013 PROCON ESTADUAL Dispõe sobre a obrigatoriedade de afixação de preços nos estabelecimentos

Leia mais

O Conselho Tutelar e o Ministério Público PAOLA DOMINGUES BOTELHO REIS DE NAZARETH PROMOTORA DE JUSTIÇA COORDENADORA CAO-DCA

O Conselho Tutelar e o Ministério Público PAOLA DOMINGUES BOTELHO REIS DE NAZARETH PROMOTORA DE JUSTIÇA COORDENADORA CAO-DCA O Conselho Tutelar e o Ministério Público PAOLA DOMINGUES BOTELHO REIS DE NAZARETH PROMOTORA DE JUSTIÇA COORDENADORA CAO-DCA CONSELHO TUTELAR 1. CONCEITO (art. 131, ECA): órgão permanente e autônomo, não

Leia mais

São Paulo, 03 de janeiro de 2017.

São Paulo, 03 de janeiro de 2017. São Paulo, 03 de janeiro de 2017. Exmo. Sr. Presidente da FPF, CONSIDERANDO pelos informes documentais, de notícias vinculadas pela imprensa, e de forma até notória, que reiteradamente vem ocorrendo em

Leia mais

Lei nº , de 19 de Junho de 2008

Lei nº , de 19 de Junho de 2008 Lei nº 11.705, de 19 de Junho de 2008 Altera a Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que 'institui o Código de Trânsito Brasileiro', e a Lei nº 9.294, de 15 de julho de 1996, que dispõe sobre as restrições

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 102, DE 28 DE MARÇO DE 2013 (DOU de 02/04/2013 Seção I Pág. 71) Dispõe sobre a fiscalização do trabalho infantil

Leia mais

Instruções: iv. O penúltimo candidato a terminar seu teste deverá aguardar a que o último termine para sair da sala. Questões:

Instruções: iv. O penúltimo candidato a terminar seu teste deverá aguardar a que o último termine para sair da sala. Questões: Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Timbó - SC Teste de Qualificação para os Candidatos ao Conselho Tutelar Novembro de 2010 Número do Nota Candidato Instruções: i. Marque seu

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DOS HORÁRIOS DOS ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS DO CONCELHO DE SINES. Preâmbulo

REGULAMENTO MUNICIPAL DOS HORÁRIOS DOS ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS DO CONCELHO DE SINES. Preâmbulo REGULAMENTO MUNICIPAL DOS HORÁRIOS DOS ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS DO CONCELHO DE SINES Preâmbulo Na sequência da publicação do Decreto-Lei nº 111/2010, de 15 de outubro, e do Decreto-lei nº 48/2011, de

Leia mais

BOLETIM JURÍDICO TRABALHISTA Nº 012/2013

BOLETIM JURÍDICO TRABALHISTA Nº 012/2013 1 CA 017/2013 Jur. Piracicaba, 01 de abril de 2013 BOLETIM JURÍDICO TRABALHISTA Nº 012/2013 Trabalho infantil e do adolescente - Novas regras Por meio da Instrução Normativa SIT nº 102/2013 foi disciplinada

Leia mais

REGULAMENTO DISCIPLINAR DOS ESTUDANTES PREÂMBULO

REGULAMENTO DISCIPLINAR DOS ESTUDANTES PREÂMBULO REGULAMENTO DISCIPLINAR DOS ESTUDANTES PREÂMBULO Considerando o disposto nos números 3 e 4 do artigo 143.º do Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior (RJIES), aprovado pela Lei n.º 62/2007,

Leia mais

Marco Civil e a Proteção de Dados Brasília, 10 de novembro de 2016

Marco Civil e a Proteção de Dados Brasília, 10 de novembro de 2016 Marco Civil e a Proteção de Dados Brasília, 10 de novembro de 2016 Carlos Bruno Ferreira da Silva Procurador da República Secretário de Cooperação Internacional Adjunto da PGR Coordenador do GT de Tecnologia

Leia mais

Diário Oficial da União, nº 164, Seção I, p. 63,

Diário Oficial da União, nº 164, Seção I, p. 63, Diário Oficial da União, nº 164, Seção I, p. 63, 27.08.2009 Portaria Superintendente Regional do Trabalho e Emprego no Estado de São Paulo SURTE / SP nº 43 de 24.08.2009 Dispõe sobre as informações fornecidas

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº A DE 2010

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº A DE 2010 COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 7.672-A DE 2010 EMENDA DE REDAÇÃO Altera a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990, que dispõe sobre o Estatuto da Criança

Leia mais

Lema: Garantir a autonomia e as atribuições do Conselho Tutelar.

Lema: Garantir a autonomia e as atribuições do Conselho Tutelar. LVIII Fórum Permanente dos Conselheiros e Ex-Conselheiros Tutelares do Rio de Janeiro: Interface do Conselho Tutelar com o Sistema de Justiça da Criança e do Adolescente. Lema: Garantir a autonomia e as

Leia mais

RELAÇÕES POSSÍVEIS ENTRE O ECA E A LEI /2006

RELAÇÕES POSSÍVEIS ENTRE O ECA E A LEI /2006 RELAÇÕES POSSÍVEIS ENTRE O ECA E A LEI 11.343/2006 LUCIANA LINERO Promotora de Justiça Centro de Apoio Operacional das Promotorias da Criança e do Adolescente MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARANÁ A política

Leia mais

Prof. Edison Luiz Devos Barlem

Prof. Edison Luiz Devos Barlem Prof. Edison Luiz Devos Barlem O artigo 227 da Constituição Federal de 1988 originou o ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE ( ECA ) e diz: É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança

Leia mais

XXI Congresso Nacional das Guardas Municipais. Novo Hamburgo/RS, 17 a 19 de agosto de 2011

XXI Congresso Nacional das Guardas Municipais. Novo Hamburgo/RS, 17 a 19 de agosto de 2011 XXI Congresso Nacional das Guardas Municipais Novo Hamburgo/RS, 17 a 19 de agosto de 2011 Em 2011, a Secretaria Nacional de Segurança Pública criou Grupo de Trabalho para iniciar processo de discussão

Leia mais

Ministério Público do Estado de Mato Grosso 2º Promotoria de Justiça Cível de Sorriso

Ministério Público do Estado de Mato Grosso 2º Promotoria de Justiça Cível de Sorriso PORTARIA DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO CIVIL Considerando que o menor David Ryann Rodrigues Gomes, nascido aos 3 de outubro de 2013, filho de Jéssica Rodrigues dos Reis e de Jean Carlos Gomes Araci, que

Leia mais

DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) Paulo Sérgio Lauretto titular da DEPCA Campo Grande/MS

DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) Paulo Sérgio Lauretto titular da DEPCA Campo Grande/MS DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) Paulo Sérgio Lauretto titular da DEPCA Campo Grande/MS Objetivo Fazer um resgate histórico do funcionamento da DEPCA como era e como

Leia mais

DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 426, DE 04 DE OUTUBRO DE 2001 DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 426, DE 04 DE OUTUBRO DE 2001

DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 426, DE 04 DE OUTUBRO DE 2001 DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 426, DE 04 DE OUTUBRO DE 2001 DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 426, DE 04 DE OUTUBRO DE 2001 MINISTÉRIO DO ESPORTE E TURISMO EMBRATUR - Instituto Brasileiro de Turismo DELIBERAÇÃO NORMATIVA Nº 426, DE 04 DE OUTUBRO DE 2001 A Diretoria da EMBRATUR

Leia mais

Portaria MTE nº 40, de 14/1/ DOU 1 de 17/1/2011

Portaria MTE nº 40, de 14/1/ DOU 1 de 17/1/2011 Portaria MTE nº 40, de 14/1/2010 - DOU 1 de 17/1/2011 Disciplina os procedimentos relativos aos embargos e interdições. O Ministro de Estado do Trabalho e Emprego, no uso da atribuição conferida pelo art.

Leia mais

Política de Prevenção à. Corrupção

Política de Prevenção à. Corrupção Política de Prevenção à Corrupção Versão atualizada 22.04.2015 Page 1 of 5 1. OBJETIVOS A Política de Prevenção à Corrupção ( Política ) tem o objetivo de estabelecer as diretrizes para detectar e sanar

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL IV

DIREITO PROCESSUAL PENAL IV AULA DIA 18/05 Docente: TIAGO CLEMENTE SOUZA E-mail: tiago_csouza@hotmail.com DIREITO PROCESSUAL PENAL IV 2.3 PROCEDIMENTO DA LEI DE DROGAS (Lei 11.343/06) - Procedimento Previsto nos artigos 54 a 59 da

Leia mais

Conselheira Meliane Higa Cimatti Conselho Tutelar Norte

Conselheira Meliane Higa Cimatti Conselho Tutelar Norte Conselheira Meliane Higa Cimatti Conselho Tutelar Norte O Conselho Tutelar é um instrumento fundamental de defesa dos direitos da criança e do adolescente. Ele existe para corrigir os desvios dos que,

Leia mais

Ministério Público do Estado de Mato Grosso Promotoria de Justiça de Porto dos Gaúchos...

Ministério Público do Estado de Mato Grosso Promotoria de Justiça de Porto dos Gaúchos... NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA Para empresa de ônibus de transporte intermunicipal Verde Transportes atuante nas cidades de Porto dos Gaúchos-MT e Novo Horizonte do Norte/MT. O Ministério Público do Estado

Leia mais

RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA N. 001/2014

RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA N. 001/2014 RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA N. 001/2014 OBJETO: ADEQUADA E REGULAR PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE PERANTE O HOSPITAL SANTA TEREZA/INSTITUTO VIRMOND DE GUARAPUAVA (PR) CONSIDERANDO as informações recebidas

Leia mais

Apresentação de documento de identificação pessoal - (Lei 5.553/68)

Apresentação de documento de identificação pessoal - (Lei 5.553/68) Legislação Penal Extravagante PROFESSOR SAMUEL SILVA Apresentação de documento de identificação pessoal - (Lei 5.553/68) 1. Introdução: A Lei n.º 5.553/68 tem uma redação simples, com poucos artigos, e

Leia mais

Resolução nº 55 de 17/03/2005 / ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária (D.O.U. 21/03/2005)

Resolução nº 55 de 17/03/2005 / ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária (D.O.U. 21/03/2005) Resolução nº 55 de 17/03/2005 / ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária (D.O.U. 21/03/2005) Fica estabelecidos, por meio do presente regulamento, os requisitos mínimos relativos à obrigatoriedade,

Leia mais

DIREITO AMBIENTAL. Aula 9. Responsabilidades Administrativa e Penal Ambiental. Prof. Wander Garcia

DIREITO AMBIENTAL. Aula 9. Responsabilidades Administrativa e Penal Ambiental. Prof. Wander Garcia DIREITO AMBIENTAL Aula 9 Responsabilidades Administrativa e Penal Ambiental Prof. Wander Garcia 1. Responsabilidade administrativa ambiental 1.1. Infração administrativa ambiental - toda ação ou omissão

Leia mais

OBJETIVOS DA AULA 03/09/2009 POLÍTICA SOCIAL SETORIAL: INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA AULA 3 ECA: UMA LEI ESPECÍFICA NA ÁREA DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA

OBJETIVOS DA AULA 03/09/2009 POLÍTICA SOCIAL SETORIAL: INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA AULA 3 ECA: UMA LEI ESPECÍFICA NA ÁREA DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA POLÍTICA SOCIAL SETORIAL: INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA DATA: 08/09/09 AULA 3 ECA: UMA LEI ESPECÍFICA NA ÁREA DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA PROFESSORAS: Suely Quixabeira Arely Soares Lúcia Helena Anastácio OBJETIVOS

Leia mais

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Aula 4 Direitos Fundamentais II, Sistema de Prevenção e Medidas de Proteção Prof. Diego Vale de Medeiros CAPÍTULO V DO DIREITO À PROFISSIONALIZAÇÃO E À PROTEÇÃO NO TRABALHO

Leia mais

Ministério Público do Estado de Mato Grosso Promotoria de Justiça de Água Boa

Ministério Público do Estado de Mato Grosso Promotoria de Justiça de Água Boa NOTIFICANTE: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO NOTIFICADO: PREFEITO DO MUNICÍPIO DE ÁGUA BOA, Sr. MAURO ROSA DA SILVA NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA Nº 03/2016 (Simp nº 002493-005/2013) O MINISTÉRIO

Leia mais

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Aula 3 Direitos Fundamentais I Prof. Diego Vale de Medeiros 3.1 Do Direito à Vida e à Saúde Art. 7º A criança e o adolescente têm direitoaproteçãoà vida e à saúde, mediante

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina 103ª Zona Eleitoral - Balneário Camboriú

Poder Judiciário Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina 103ª Zona Eleitoral - Balneário Camboriú 1 REPRESENTAÇÃO Nº 462-05.2016.6.24.0103 COLIGAÇÃO MAIS E MELHOR PARA VOCÊ: PSDB, DEM, PV, PRP, SD, PT do B, PTB interpôs REPRESENTAÇÃO ELEITORAL em face de ANTONIEL SILVA TONY, candidato a vereador para

Leia mais

Conselho Federal de Farmácia

Conselho Federal de Farmácia RESOLUÇÃO Nº 584 DE 29 DE AGOSTO DE 2013 Ementa: Inclui o Capítulo XV no Anexo I da Resolução nº 387, de 13 de dezembro de 2002, que regulamenta as atividades do farmacêutico na indústria farmacêutica.

Leia mais

Aprendendo a ser Enfermeira Pediátrica. P rofª Graça P i menta UCSal

Aprendendo a ser Enfermeira Pediátrica. P rofª Graça P i menta UCSal Aprendendo a ser Enfermeira Pediátrica P rofª Graça P i menta UCSal A ssi stên ci a de Enfermagem P edi átri ca Na Assistência de Enfermagem Pediátrica torna-se necessário para a prestação de cuidados

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL

RESPONSABILIDADE SOCIAL RESPONSABILIDADE SOCIAL Você pode praticar a responsabilidade social ao abrir vagas na sua empresa para adolescentes, na condição de aprendizes ou estagiários. Nesta seção você poderá saber quais as diferenças

Leia mais

NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA

NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA INQUÉRITO CIVIL N. 27/2014/SIMP 000277-002/2014 NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA Nº 12/2014 NOTIFICADO: VIGILÂNCIA SANITÁRIA DE CUIABÁ (SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE) DESTINATÁRIO: ILUSTRÍSSIMO SECRETARIO MUNICIPAL

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA MUNICÍPIO DE ROLIM DE MOURA PODER LEGISLATIVO Gabinete do Vereador ROBERTO DINIZ - PMDB. Preclaros representantes dos munícipes,

ESTADO DE RONDÔNIA MUNICÍPIO DE ROLIM DE MOURA PODER LEGISLATIVO Gabinete do Vereador ROBERTO DINIZ - PMDB. Preclaros representantes dos munícipes, Rolim de Moura, RO, 07 de outubro de 2013. Preclaros representantes dos munícipes, Nobres pares, nos termos do Art. 31, XII, Art. 39, III, e Art. 41, todos, da LOM, e na forma regimental, o signatário

Leia mais

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Mangaratiba Gabinete do Prefeito

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Mangaratiba Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 3442, DE 07 OUTUBRO DE 2015. ESTABELECE NORMAS PARA O REQUERIMENTO DE LICENÇA TEMPORÁRIA PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS EM GERAL, NO MUNICÍPIO DE MANGARATIBA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO

MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO CURSO DE INGRESSO PARA OFICIAIS DE JUSTIÇA REGULAMENTO 1. O Curso de Ingresso para Oficiais de Justiça, adiante designado Curso, decorrerá de 24 de julho a 05 de agosto de 2017, nas instalações do Liceu

Leia mais

RESOLUÇÃO-RDC Nº 42, DE 25 DE OUTUBRO DE 2010

RESOLUÇÃO-RDC Nº 42, DE 25 DE OUTUBRO DE 2010 RESOLUÇÃO-RDC Nº 42, DE 25 DE OUTUBRO DE 2010 Dispõe sobre a obrigatoriedade de disponibilização de preparação alcoólica para fricção antisséptica das mãos, pelos serviços de saúde do País, e dá outras

Leia mais

RECOMENDAÇÃO Nº 35/2013 MPF/RR

RECOMENDAÇÃO Nº 35/2013 MPF/RR MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO ESTADO DE RORAIMA RECOMENDAÇÃO Nº 35/2013 MPF/RR REFERÊNCIAS: inquéritos civis n. 08125.000123/98-51; 1.32.000.000243/2010-69; 1.32.000.000702/2013-57

Leia mais

PROMOTORIA DE JUSTIÇA DO CONSUMIDOR Rua Riachuelo, o andar CEP fone /fax São Paulo Capital

PROMOTORIA DE JUSTIÇA DO CONSUMIDOR Rua Riachuelo, o andar CEP fone /fax São Paulo Capital 1 PORTARIA DE INQUÉRITO CIVIL Indiciados: CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL CBF E SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA DESPORTIVA - STJD CONSIDERANDO que a 4ª Comissão Disciplinar do STJD Superior Tribunal de

Leia mais

MINISTÉRIO PUBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS 17a PROMOTORIA DE HJSTIÇA DE DEFESA DO PATRIMÓNIO PUBLICO DE BELO HORIZONTE

MINISTÉRIO PUBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS 17a PROMOTORIA DE HJSTIÇA DE DEFESA DO PATRIMÓNIO PUBLICO DE BELO HORIZONTE MINISTÉRIO PUBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS 17a PROMOTORIA DE HJSTIÇA DE DEFESA DO PATRIMÓNIO PUBLICO DE BELO HORIZONTE t B" E ais» \* r\ U C \ vv^x > & INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO N 0024.14.009875-7 OBJETO:

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 62/XIII

PROJETO DE LEI N.º 62/XIII PROJETO DE LEI N.º 62/XIII 41ª ALTERAÇÃO AO CÓDIGO PENAL, APROVADO PELO DECRETO-LEI N.º 400/82, DE 23 DE SETEMBRO, CRIMINALIZANDO UM CONJUNTO DE CONDUTAS QUE ATENTAM CONTRA OS DIREITOS FUNDAMENTAIS DOS

Leia mais

Vem Pra Potere!

Vem Pra Potere! Provas de Terça Vem Pra Potere! www.poteresocial.com.br/site www.poteresocial.com.br\site Fone: 85 3224.0127// WhatsApp 85 99952.2704 Insta @poteresocial Face: Potere Social PREFEITURA MUNICIPAL DE MOJUÍ

Leia mais

Ministério Público do Estado de Mato Grosso

Ministério Público do Estado de Mato Grosso NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA N 006/2015 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO, por seu representante legal com atuação na /MT, no uso de suas atribuições legais, com espeque no art. 129, incisos

Leia mais

II INFÃNCIA EM FOCO O ATO INFRACIONAL E (IN)DISCIPLINAR NO CONTEXTO ESCOLAR: busca de alternativas com trabalhos em parceria

II INFÃNCIA EM FOCO O ATO INFRACIONAL E (IN)DISCIPLINAR NO CONTEXTO ESCOLAR: busca de alternativas com trabalhos em parceria II INFÃNCIA EM FOCO - 2006 O ATO INFRACIONAL E (IN)DISCIPLINAR NO CONTEXTO ESCOLAR: busca de alternativas com trabalhos em parceria Msc. Celeste Aparecida Dias (IN)DISCIPLINAR NO CONTEXTO OBJETIVO Caracterizar

Leia mais

CONSIDERANDO que ao Ministério Público do

CONSIDERANDO que ao Ministério Público do RECOMENDAÇÃO nº 003/2009, de 21 de setembro de 2009. CONSIDERANDO que ao Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, por meio da Procuradoria Distrital dos Direitos do Cidadão PDDC, incumbe a

Leia mais

Conselho Regional de Educação Física 11ª Região Mato Grosso do Sul e Mato Grosso

Conselho Regional de Educação Física 11ª Região Mato Grosso do Sul e Mato Grosso Resolução CREF11/MS-MT nº 124/2013. Campo Grande /MS, 02 de dezembro de 2013. VERSÃO ALTERADA PELA RESOLUÇÃO Nº 132/2014 Dispõe sobre a atuação da fiscalização, tabela de infrações, penalidades, aplicação

Leia mais

RECOMENDAÇÃO MINISTERIAL Nº 002/2015

RECOMENDAÇÃO MINISTERIAL Nº 002/2015 Procedimento administrativo nº 201400036940 RECOMENDAÇÃO MINISTERIAL Nº 002/2015 Objeto: Dispõe sobre o dever de atuação de diversas autoridades públicas, durante a Romaria Nossa Senhora d'abadia do Muquém

Leia mais

Ministério Público do Estado de Mato Grosso

Ministério Público do Estado de Mato Grosso NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA N 04/2015 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO, por seu agente de execução atuante na Promotoria de Justiça desta comarca, no uso das atribuições que lhe são conferidas

Leia mais

RECOMENDAÇÃO nº 16/2016

RECOMENDAÇÃO nº 16/2016 Autos nº 1.14.012.000020/2012-42 Espécie: Inquérito Civil Público ICP Assunto: Recomenda ao Município de Irecê a adoção de medidas e a instalação de instrumentos que permitam o controle social do horário

Leia mais

TERMO DE INTEGRAÇÃO OPERACIONAL PARA INSTITUIR O FÓRUM PERMANENTE DE PREVENÇÃO À VENDA E AO CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS POR CRIANÇAS E ADOLESCENTES

TERMO DE INTEGRAÇÃO OPERACIONAL PARA INSTITUIR O FÓRUM PERMANENTE DE PREVENÇÃO À VENDA E AO CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS POR CRIANÇAS E ADOLESCENTES TERMO DE INTEGRAÇÃO OPERACIONAL PARA INSTITUIR O FÓRUM PERMANENTE DE PREVENÇÃO À VENDA E AO CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS POR CRIANÇAS E ADOLESCENTES CONSIDERANDO que o art. 227 da Constituição da República

Leia mais

Polícia Civil Direito Administrativo Improbidade Administrativa Clóvis Feitosa

Polícia Civil Direito Administrativo Improbidade Administrativa Clóvis Feitosa Polícia Civil Direito Administrativo Improbidade Administrativa Clóvis Feitosa 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Improbidade Administrativa Clovis Feitosa IMPROBIDADE

Leia mais

Comissão de Planejamento Recursos Públicos e Avaliação Indicação nº 007/2013

Comissão de Planejamento Recursos Públicos e Avaliação Indicação nº 007/2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Comissão de Planejamento Recursos Públicos e Avaliação Indicação nº 007/2013 Orienta as escolas e os Conselhos

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DOS EQUIPAMENTOS DESPORTIVOS, CULTURAIS E DE LAZER

REGULAMENTO MUNICIPAL DOS EQUIPAMENTOS DESPORTIVOS, CULTURAIS E DE LAZER REGULAMENTO MUNICIPAL DOS EQUIPAMENTOS DESPORTIVOS, CULTURAIS E DE LAZER CAPÍTULO II Dos Equipamentos Desportivos Secção I Objecto Artigo 6º (Objecto) As normas gerais, as condições de cedência e as condições

Leia mais

TEXTO FINAL. Projeto de Lei n.º 507/XIII/2.ª (PSD) Defesa da transparência e da integridade nas competições desportivas. Artigo 1.

TEXTO FINAL. Projeto de Lei n.º 507/XIII/2.ª (PSD) Defesa da transparência e da integridade nas competições desportivas. Artigo 1. TEXTO FINAL Projeto de Lei n.º 507/XIII/2.ª (PSD) Defesa da transparência e da integridade nas competições desportivas Artigo 1.º Objeto A presente lei procede à criação de deveres de transparência relativos

Leia mais

Em vigor a partir de fevereiro/2016

Em vigor a partir de fevereiro/2016 Em vigor a partir de fevereiro/2016 O que é bullying? A importância da Lei nº 13.185 O que é bullying na Lei? Lei do Bullying na imprensa O Bullying no Cinema O que é cyberbullying na Lei? Riscos do cyberbulling

Leia mais

DISPOSITIVOS LEGAIS E CONSTITUCIONAIS SOBRE CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA CONSTITUIÇÃO FEDERAL

DISPOSITIVOS LEGAIS E CONSTITUCIONAIS SOBRE CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DISPOSITIVOS LEGAIS E CONSTITUCIONAIS SOBRE CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Artigo 5 o, inciso IV: Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA ASSESSORIA JURÍDICA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA ASSESSORIA JURÍDICA Processo nº : 201400525905 Assunto : Conflito de Atribuições Suscitante : 10ª Promotoria de Justiça de Rio Verde-GO Suscitado : 2ª Promotoria de Justiça de Rio Verde-GO Parecer n. 003/3/2015. EMENTA: Conflito

Leia mais

POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DELEGACIA GERAL DE POLÍCIA DR. MAURÍCIO GUIMARÃES PEREIRA Portaria DGP-38, de Dá nova disciplina ao Sistema Ethos,

POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DELEGACIA GERAL DE POLÍCIA DR. MAURÍCIO GUIMARÃES PEREIRA Portaria DGP-38, de Dá nova disciplina ao Sistema Ethos, POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DELEGACIA GERAL DE POLÍCIA DR. MAURÍCIO GUIMARÃES PEREIRA Portaria DGP-38, de 01-11-2013 Dá nova disciplina ao Sistema Ethos, visando à comprovação de idoneidade e conduta escorreita,

Leia mais

Ministério Público do Rio Grande do Norte Procuradoria-Geral de Justiça Colégio de Procuradores de Justiça. RESOLUÇÃO nº 006/2006 CPJ

Ministério Público do Rio Grande do Norte Procuradoria-Geral de Justiça Colégio de Procuradores de Justiça. RESOLUÇÃO nº 006/2006 CPJ Ministério Público do Rio Grande do Norte Procuradoria-Geral de Justiça Colégio de Procuradores de Justiça RESOLUÇÃO nº 006/2006 CPJ Dá nova redação ao artigo 1º da Resolução n.º 002/2001-CPJ, bem como

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 67, DE 16 DE MARÇO DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº 67, DE 16 DE MARÇO DE 2011. RESOLUÇÃO Nº 67, DE 16 DE MARÇO DE 2011. Dispõe sobre a uniformização das fiscalizações em unidades para cumprimento de medidas socioeducativas de internação e de semiliberdade pelos membros do Ministério

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Procuradoria da República no Estado da Bahia RECOMENDAÇÃO Nº 01/2006

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Procuradoria da República no Estado da Bahia RECOMENDAÇÃO Nº 01/2006 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Procuradoria da República no Estado da Bahia RECOMENDAÇÃO Nº 01/2006 CONSIDERANDO que cabe ao Ministério Público Federal a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos

Leia mais

A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161.º da Constituição (JusNet 7/1976), o seguinte:

A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161.º da Constituição (JusNet 7/1976), o seguinte: 1/7 Lei n.º 19/2013, de 21 de fevereiro, 29.ª alteração ao Código Penal, aprovado pelo Decreto- Lei n.º 400/82, de 23 de setembro, e primeira alteração à Lei n.º 112/2009, de 16 de setembro, que estabelece

Leia mais

(Em apenso os PLs 6.362, de 2009, e 800, de 2011)

(Em apenso os PLs 6.362, de 2009, e 800, de 2011) COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI N o 4.569, DE 2008 (Em apenso os PLs 6.362, de 2009, e 800, de 2011) Altera a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990, que dispõe sobre o Estatuto da

Leia mais

WALLACE FRANÇA ESTATUDO DO IDOSO E ECA

WALLACE FRANÇA ESTATUDO DO IDOSO E ECA WALLACE FRANÇA ESTATUDO DO IDOSO E ECA 1. (Ano: 2015 Banca: CONSULPLAN Órgão: TJ-MG) Prova: Titular de Serviços de Notas e de Registros Quanto à legislação especial, assinale a alternativa (ADAPTADA):

Leia mais

Tropa de Elite - Polícia Civil Direito Administrativo Improbidade Administrativa - Parte 02 Clóvis Feitosa

Tropa de Elite - Polícia Civil Direito Administrativo Improbidade Administrativa - Parte 02 Clóvis Feitosa Tropa de Elite - Polícia Civil Direito Administrativo Improbidade Administrativa - Parte 02 Clóvis Feitosa 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 6) DAS PENALIDADES:

Leia mais

CONSELHO TUTELAR Professora Cristiane Dupret

CONSELHO TUTELAR Professora Cristiane Dupret CONSELHO TUTELAR E SUAS ALTERAÇÕES NO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE PELA LEI 12.696/12 1.1 Natureza e formação do Conselho Tutelar O ECA dispõe acerca do Conselho Tutelar a partir do seu artigo

Leia mais

Fonte: Diário Oficial da União, Seção 1, Edição 17, p. 108, Instrução Normativa RFB nº 1.324, de DOU 1 de

Fonte: Diário Oficial da União, Seção 1, Edição 17, p. 108, Instrução Normativa RFB nº 1.324, de DOU 1 de Fonte: Diário Oficial da União, Seção 1, Edição 17, p. 108, 24.02.2013 Instrução Normativa RFB nº 1.324, de 23.01.2013 - DOU 1 de 24.01.2013 Estabelece os procedimentos pertinentes aos Depósitos Judiciais

Leia mais

Ministério Público do Estado de Mato Grosso 1ª Promotoria de Justiça Cível de Juara

Ministério Público do Estado de Mato Grosso 1ª Promotoria de Justiça Cível de Juara TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 16/2013 1ª PJ CÍVEL DE JUARA-MT O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, doravante denominado COMPROMITENTE, por intermédio da -MT, representada

Leia mais

ACUMULAÇÃO DE FUNÇÕES

ACUMULAÇÃO DE FUNÇÕES ACUMULAÇÃO DE FUNÇÕES Ex.mo(a) Senhor(a) Nome n.º, com relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado/termo resolutivo desta Câmara Municipal, com a carreira/categoria de e afeto ao setor,

Leia mais