Parecer Consultoria Tributária Segmentos Tributação do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) incidente sobre Loterias prêmios pagos em dinheiro

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Parecer Consultoria Tributária Segmentos Tributação do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) incidente sobre Loterias prêmios pagos em dinheiro"

Transcrição

1 Tributação do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) incidente sobre Loterias prêmios pagos em 17/07/2014

2 Sumário Título do documento 1. Questão Normas apresentadas pelo cliente Análise da Legislação Prêmios Obtidos em Loterias Rendimentos do Trabalho Assalariado no País (Código 0561) Trabalho Não-assalariado Sem Vínculo Empregatício (Código 0588) Conclusão Informações Complementares Referências Histórico de alterações

3 1. Questão Abordaremos nesta análise as regras de tributação do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) incidente sobre Loterias e prêmios pagos em. 2. Normas apresentadas pelo cliente Apresenta como embasamento legal para sua solicitação o Decreto nº 3.000, de 26 de março de 1999, Art Prêmios em Dinheiro Art Estão sujeitos à incidência do imposto, à alíquota de trinta por cento, exclusivamente na fonte: I - os lucros decorrentes de prêmios em obtidos em loterias, inclusive as instantâneas, mesmo as de finalidade assistencial, ainda que exploradas diretamente pelo Estado, concursos desportivos em geral, compreendidos os de turfe e sorteios de qualquer espécie, exclusive os de antecipação nos títulos de capitalização e os de amortização e resgate das ações das sociedades anônimas (Lei n º 4.506, de 1964, art. 14); II - os prêmios em concursos de prognósticos desportivos, seja qual for o valor do rateio atribuído a cada ganhador (Decreto-Lei n º 1.493, de 7 de dezembro de 1976, art. 10). 1 º O imposto de que trata o inciso I incidirá sobre o total dos prêmios lotéricos e de sweepstake superiores a onze reais e dez centavos, devendo a Secretaria da Receita Federal pronunciar-se sobre o cálculo desse imposto (Decreto-Lei n º 204, de 27 de fevereiro de 1967, art. 5 º, 1 º e 2 º, Lei n º 5.971, de 11 de dezembro de 1973, art. 21, Lei n º 8.383, de 1991, art. 3 º, inciso II, e Lei n º 9.249, de 1995, art. 30). 2 º O recolhimento do imposto, seja qual for a residência ou domicílio do beneficiário do rendimento, poderá ser efetuado no agente arrecadador do local em que estiver a sede da entidade que explorar a loteria (Lei n º 4.154, de 1962, art. 19, 1 º ). 3 º O imposto será retido na data do pagamento, crédito, entrega, emprego ou remessa. 3. Análise da Legislação De acordo com o Decreto nº 3.000, de 26 de março de 1999, Art. 676, estabelece o seguinte. Prêmios em Dinheiro Art Estão sujeitos à incidência do imposto, à alíquota de trinta por cento, exclusivamente na fonte: I - os lucros decorrentes de prêmios em obtidos em loterias, inclusive as instantâneas, mesmo as de finalidade assistencial, ainda que exploradas diretamente pelo Estado, concursos desportivos em geral, compreendidos os de turfe e sorteios de qualquer espécie, exclusive os de antecipação nos títulos de capitalização e os de amortização e resgate das ações das sociedades anônimas (Lei n º 4.506, de 1964, art. 14); 3

4 II - os prêmios em concursos de prognósticos desportivos, seja qual for o valor do rateio Título do documento atribuído a cada ganhador (Decreto-Lei n º 1.493, de 7 de dezembro de 1976, art. 10). 1 º O imposto de que trata o inciso I incidirá sobre o total dos prêmios lotéricos e de sweepstake superiores a onze reais e dez centavos, devendo a Secretaria da Receita Federal pronunciar-se sobre o cálculo desse imposto (Decreto-Lei n º 204, de 27 de fevereiro de 1967, art. 5 º, 1 º e 2 º, Lei n º 5.971, de 11 de dezembro de 1973, art. 21, Lei n º 8.383, de 1991, art. 3 º, inciso II, e Lei n º 9.249, de 1995, art. 30). 2 º O recolhimento do imposto, seja qual for a residência ou domicílio do beneficiário do rendimento, poderá ser efetuado no agente arrecadador do local em que estiver a sede da entidade que explorar a loteria (Lei n º 4.154, de 1962, art. 19, 1 º ). 3 º O imposto será retido na data do pagamento, crédito, entrega, emprego ou remessa. 3.1 Prêmios Obtidos em Loterias FATO GERADOR Lucros decorrentes de prêmios em obtidos em loterias, inclusive as instantâneas e as de finalidade assistencial ou exploradas pelo Estado, concursos desportivos, compreendidos os de turfe, sorteios de qualquer espécie, exceto os de antecipação nos títulos de capitalização e os de amortização e resgate das ações das sociedades anônimas, bem como os prêmios em concursos de prognósticos desportivos, qualquer que seja o valor do rateio atribuído a cada ganhador. (RIR/1999, art. 676) BENEFICIÁRIO Pessoa física ou jurídica beneficiária do rendimento ALÍQUOTA/BASE DE CÁLCULO Prêmios Lotéricos e de Sweepstake: 30% (trinta por cento) do valor do prêmio, quando este exceder ao valor da primeira faixa da tabela de incidência mensal do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF), para fatos geradores a partir de 1º de janeiro de O limite para o ano-calendário de 2014 é de R$ 1.787,77; Demais prêmios: 30% (trinta por cento) do valor do prêmio. OBSERVAÇÃO: O limite acima não se aplica no caso de prêmios em concursos de prognósticos desportivos. (RIR/1999, art. 676; Lei nº , de 27 de maio de 2009, art. 56) REGIME DE TRIBUTAÇÃO Exclusivo na fonte. (RIR/1999, art. 676) RESPONSABILIDADE/ RECOLHIMENTO O recolhimento do imposto poderá ser efetuado junto à rede arrecadadora do local em que estiver a sede da entidade que explorar a loteria, independente do domicílio do beneficiário. O imposto será retido na data do pagamento, crédito, entrega, emprego ou remessa. 4

5 PRAZO DE RECOLHIMENTO Até o 3º (terceiro) dia útil subsequente ao decêndio de ocorrência dos fatos geradores, por meio de DARF preenchido com o código (Lei nº , de 2005, art. 70, I, b.2) Art. 70. Em relação aos fatos geradores ocorridos a partir de 1o de janeiro de 2006, os recolhimentos do Imposto de Renda Retido na Fonte - IRRF e do Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguro, ou Relativas a Títulos ou Valores Mobiliários - IOF serão efetuados nos seguintes prazos: b) até o 3o (terceiro) dia útil subseqüente ao decêndio de ocorrência dos fatos geradores. 3.2 Rendimentos do Trabalho Assalariado no País (Código 0561) Pessoa física residente no Brasil, remunerada em virtude de trabalhos ou serviços prestados no exercício de empregos, cargos e funções, de acordo com o Decreto nº 3.000, de 26 de março de 1999, Art Rendimentos do Trabalho Assalariado, diz que; Art Estão sujeitos à incidência do imposto na fonte, calculado na forma do art. 620, os rendimentos do trabalho assalariado pagos por pessoas físicas ou jurídicas (Lei nº 7.713, de 1988, art. 7º, inciso I). Pagos por Pessoa Física ou Jurídica Os rendimentos de que trata este capítulo estão sujeitos à incidência do imposto na fonte, mediante aplicação de alíquotas progressiva, conforme tabela abaixo 5

6 1º O imposto de que trata este artigo será calculado sobre os rendimentos efetivamente Título do documento recebidos em cada mês, observado o disposto no parágrafo único do art. 38 (Lei nº 9.250, de 1995, art. 3º, parágrafo único). 2º O imposto será retido por ocasião de cada pagamento e se, no mês, houver mais de um pagamento, a qualquer título, pela mesma fonte pagadora, aplicar-se-á a alíquota correspondente à soma dos rendimentos pagos à pessoa física, ressalvado o disposto no art. 718, 1º, compensando-se o imposto anteriormente retido no próprio mês (Lei nº 7.713, de 1988, art. 7º, 1º, e Lei nº 8.134, de 1990, art. 3º). ALÍQUOTA/BASE DE CÁLCULO O imposto será calculado mediante a utilização da tabela progressiva mensal. Para efeito de determinação da base de cálculo sujeita à incidência do imposto na fonte, poderão ser deduzidas do rendimento bruto: a) as importâncias pagas a título de pensão alimentícia em face das normas do direito de família, quando em cumprimento de decisão judicial ou acordo homologado judicialmente, inclusive a prestação de alimentos provisionais, ou por escritura pública; b) a quantia de R$ 179,71 por dependente; c) as contribuições para a Previdência Social da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios; d) as contribuições para as entidades de previdência complementar domiciliadas no Brasil e as contribuições para o Fapi, cujo ônus tenha sido do contribuinte, destinadas a custear benefícios complementares assemelhados aos da Previdência Social no caso de trabalhador com vínculo empregatício ou de administrador que seja também contribuinte do regime geral de previdência social. RESPONSABILIDADE/RECOLHIMENTO Compete à fonte pagadora. PRAZO DE RECOLHIMENTO Até o último dia útil do 2º (segundo) decêndio do mês subsequente ao mês de ocorrência dos fatos geradores. (Lei nº , de 2005, art. 70, I, d, com a redação dada pelo art. 5º da Lei nº , de 2009) 3.3 Trabalho Não-assalariado Sem Vínculo Empregatício (Código 0588) De acordo com o Decreto nº 3.000, de 26 de março de 1999, Art Rendimentos Não Assalariado, diz que Art Estão sujeitos à incidência do imposto na fonte, calculado na forma do art. 620, os rendimentos do trabalho não-assalariado, pagos por pessoas jurídicas, inclusive por cooperativas e pessoas jurídicas de direito público, a pessoas físicas (Lei nº 7.713, de 1988, art.7º, inciso II). Pagos por Pessoa Física ou Jurídica 6

7 ALÍQUOTA/BASE DE CÁLCULO O imposto será calculado mediante a utilização da tabela progressiva mensal. Para efeito de determinação da base de cálculo sujeita à incidência do imposto na fonte, poderão ser deduzidas do rendimento bruto: a) as importâncias pagas a título de pensão alimentícia, quando em cumprimento de decisão judicial ou acordo homologado judicialmente, inclusive a prestação de alimentos provisionais, ou por escritura pública; b) a quantia de R$ 179,71 por dependente; e c) as contribuições para a Previdência Social da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. RESPONSABILIDADE/RECOLHIMENTO Compete à fonte pagadora. PRAZO DE RECOLHIMENTO Até o último dia útil do 2º (segundo) decêndio do mês subsequente ao mês de ocorrência dos fatos geradores. (Lei nº , de 2005, art. 70, I, d, com a redação dada pelo art. 5º da Lei nº , de 2009) 4. Conclusão Diante as considerações acima, conforme apresentado pelo art. 676, I, do Decreto n. 3000/1999, que determina a incidência do imposto de renda, à alíquota de 30%, exclusivamente na fonte sobre os lucros decorrentes de prêmio obtidos em sorteios de qualquer espécie, aplicando as observações descritas acima. Lembrando que para a realização de distribuição de prêmios em, obrigatoriamente é necessária autorização, onde deverão ter condições previstas na legislação. 7

8 Temos o seguinte a esclarecer sobre as situações expostas Título pelo cliente. do documento 1.Caso Exposto pelo Cliente. Empresa A Empresa B (Emissora) A Empresa A contrata a Empresa B, para que a apresentadora da empresa B realize um comercial/propaganda. Resposta: Nesta situação aplica-se a tabela progressiva mensal. Mesma que a Empresa A, contrata-se a apresentadora diretamente para realizar o comercial/propaganda, seria aplicado a tabela progressiva, pois seria uma prestação de serviço. 2.Caso Exposto pelo Cliente. Empresa B (Emissora) A Empresa B realiza um concurso e o ganhador será premiado em. Resposta: Nesta situação aplica-se 30%. Pois trata-se de um concurso e o pagamento está sendo realizado em. 5. Informações Complementares Na visão dos processos junto ao ERP, poderão ter impactos apuração de imposto de renda sobre pagamento de prêmios em. 6. Referências Histórico de alterações ID Data Versão Descrição Chamado FL 17/07/ Tributação do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) incidente sobre Loterias prêmios pagos em TQCVEF 8

Parecer Consultoria Tributária Segmentos - THZMPX - Dedução INSS da base de imposto de renda sobre salários e férias do empregado quando ela tiver

Parecer Consultoria Tributária Segmentos - THZMPX - Dedução INSS da base de imposto de renda sobre salários e férias do empregado quando ela tiver - THZMPX - Dedução INSS da base de imposto de renda sobre 19/02/2016 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 6 3. Análise da Legislação... 7 4. Conclusão... 9

Leia mais

Entenda como é realizado o cálculo do Imposto de Rende Retido na Fonte:

Entenda como é realizado o cálculo do Imposto de Rende Retido na Fonte: Entenda como é realizado o cálculo do Imposto de Rende Retido na Fonte: Observação: Como exemplo, será utilizado o Demonstrativo de Pagamento fictício apresentado abaixo, cuja competência é de junho de

Leia mais

Janeiro-Dezembro/2014

Janeiro-Dezembro/2014 IRRF - Décimo terceiro salário 2014 - Roteiro Aqui serão analisados os aspectos gerais relacionados à retenção do Imposto de Renda incidente no pagamento do décimo terceiro salário. Introdução Os rendimentos

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos IRRF Título financeiro em dólar

Parecer Consultoria Tributária Segmentos IRRF Título financeiro em dólar IRRF 30/09/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. Da Tributação na Fonte - RIR/99... 3 3.2. Ato Declaratório Interpretativo...

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos Apuração e tributação de rendimento recebido acumuladamente (RRA)

Orientações Consultoria de Segmentos Apuração e tributação de rendimento recebido acumuladamente (RRA) Orientações Consultoria de Segmentos acumuladamente (RRA) 20/08/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 3.1 Dos RRA Relativos

Leia mais

Data 18 de dezembro de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF

Data 18 de dezembro de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 373 - Cosit Data 18 de dezembro de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE A RENDA DE PESSOA FÍSICA - IRPF REGIME DE TRIBUTAÇÃO.

Leia mais

Posicionamento Consultoria De Segmentos Desconto de IRRF em Boleto

Posicionamento Consultoria De Segmentos Desconto de IRRF em Boleto Desconto 26/03/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4. Conclusão... 4 5. Informações Complementares... 4 6. Referências...

Leia mais

Tabela Mensal de Obrigações - Agosto/2016 Setor Contábil

Tabela Mensal de Obrigações - Agosto/2016 Setor Contábil Tabela Mensal de Obrigações - Agosto/2016 Setor Contábil Dia 03 (quarta-feira) Recolhimento do correspondente aos fatos geradores ocorridos no período de 21 a 31.07.2016, incidente sobre rendimentos de:

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 14 13 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 15 - Data 29 de fevereiro de 2016 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE A RENDA DE PESSOA FÍSICA - IRPF PENSÃO ALIMENTÍCIA

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos

Orientações Consultoria de Segmentos Introdução Cliente alega que deve ser abatido da base de cálculo da pensão alimentícia o valor do IRRF calculado sobre o adiantamento, pago durante o mês de referência e, também, o valor do IRRF calculado

Leia mais

ANO XXVI ª SEMANA DE ABRIL DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 17/2015

ANO XXVI ª SEMANA DE ABRIL DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 17/2015 ANO XXVI - 2015-4ª SEMANA DE ABRIL DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 17/2015 IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE RENDIMENTOS DO TRABALHO SEM VÍNCULO EMPREGATÍCIO - TRIBUTAÇÃO NA FONTE 2015... Pág. 327 SIMPLES

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Patrocínio a Time de Futebol Profissional

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Patrocínio a Time de Futebol Profissional 15/10/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 3.1 SEFIP... 4 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares... 6 6. Referências...

Leia mais

CIRCULAR Nº 11/2017 São Paulo, 22 de fevereiro de IRPF 2017 Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda

CIRCULAR Nº 11/2017 São Paulo, 22 de fevereiro de IRPF 2017 Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda CIRCULAR Nº 11/2017 São Paulo, 22 de fevereiro de 2017. IRPF 2017 Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda Pessoa Física Ano-Base 2016 Prezado Cliente, No dia 20 de fevereiro de 2017 a Receita

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 09 A 15 DE JUNHO DE 2016

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 09 A 15 DE JUNHO DE 2016 AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 09 A 15 DE JUNHO DE 2016 Até: Quinta-feira, dia 9 Histórico: Substituição tributária Imposto devido por substituição tributária relativamente à seguinte mercadoria: - energia elétrica

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 2 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 232 - Data 11 de dezembro de 2015 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE A RENDA RETIDO NA FONTE - IRRF CLÁUSULA CONTRATUAL.

Leia mais

Fiscal Legislação Tributária Questões Imposto de Renda - 1 Rafael Saldanha

Fiscal Legislação Tributária Questões Imposto de Renda - 1 Rafael Saldanha Fiscal Legislação Tributária Questões Imposto de Renda - 1 Rafael Saldanha 2014 2015 Copyright. Curso Agora Eu Eu Passo - - Todos os direitos reservados ao ao autor. Legislação Receita Federal IRPF e IRPJ

Leia mais

Agenda de Contribuições, Tributos e Obrigações. Mês de Fevereiro de 2017.

Agenda de Contribuições, Tributos e Obrigações. Mês de Fevereiro de 2017. Agenda de Contribuições, Tributos e Obrigações. Mês de Fevereiro de 17. DIAS OBRIGAÇÕES D E S C R I Ç Ã O FUNDAMENTAÇÃO LEGAL 17.01 à 17.03.17 03 06 RAIS SALÁRIOS SECONCI O Ministério do Trabalho e Emprego,

Leia mais

Agenda Tributária: de 01 a 04 de maio de 2016

Agenda Tributária: de 01 a 04 de maio de 2016 Agenda Tributária: de 01 a 04 de maio de 2016 Até: Segunda -feira, dia 2 Histórico: Substituição tributária Recolhimento do imposto retido por substituição tributária nas operações com água natural, mineral,

Leia mais

IRPF Imposto sobre a Renda da Pessoa Física. Leonardo Ribeiro

IRPF Imposto sobre a Renda da Pessoa Física. Leonardo Ribeiro IRPF 2016 Imposto sobre a Renda da Pessoa Física Leonardo Ribeiro Sumário Capítulo 1. Obrigatoriedade...3 Capítulo 2. Tabela IRPF 2016... 7 Capítulo 3. Documentação necessária...9 Capítulo 4. Documentação

Leia mais

IRPF 2013 Imposto de Renda Pessoa Física

IRPF 2013 Imposto de Renda Pessoa Física CIRCULAR Nº 10/2013 São Paulo, 21 de Fevereiro de 2013. IRPF 2013 Imposto de Renda Pessoa Física Ano-Base 2012 Prezado cliente, No dia 19 de Fevereiro de 2013 a Receita Federal publicou a Instrução Normativa

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos IRRF de Transportador Autônomo

Parecer Consultoria Tributária Segmentos IRRF de Transportador Autônomo Parecer Consultoria Tributária Segmentos IRRF de 10/02/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Incidência do IRRF para

Leia mais

DECRETO Nº 3.000, DE 26 DE MARÇO DE REGULAMENTO DO IMPOSTO DE RENDA RIR - 99 LIVRO III TRIBUTAÇÃO NA FONTE E SOBRE OPERAÇÕES FINANCEIRAS

DECRETO Nº 3.000, DE 26 DE MARÇO DE REGULAMENTO DO IMPOSTO DE RENDA RIR - 99 LIVRO III TRIBUTAÇÃO NA FONTE E SOBRE OPERAÇÕES FINANCEIRAS DECRETO Nº 3.000, DE 26 DE MARÇO DE 1999. REGULAMENTO DO IMPOSTO DE RENDA RIR - 99 LIVRO III TRIBUTAÇÃO NA FONTE E SOBRE OPERAÇÕES FINANCEIRAS TÍTULO I TRIBUTAÇÃO NA FONTE CAPÍTULO I RENDIMENTOS SUJEITOS

Leia mais

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO CONTABILIDADE E Prof. Cássio Marques da Silva 2016 IR Imposto sobre a Renda e Proventos de Qualquer Natureza IMPOSTO SOBRE A RENDA E PROVENTOS DE QUALQUER NATUREZA Écomumentechamadode imposto de renda

Leia mais

Guia de Tributos Retidos na Fonte: IRRF sobre 13º Salário. Resumo: 1) Introdução:

Guia de Tributos Retidos na Fonte: IRRF sobre 13º Salário. Resumo: 1) Introdução: Guia de Tributos Retidos na Fonte: IRRF sobre 13º Salário Resumo: No presente Roteiro de Procedimentos, serão abordados os aspectos atinentes ao Imposto de Renda a ser retido na fonte sobre os rendimentos

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE DEZEMBRO DE 2016

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE DEZEMBRO DE 2016 AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE DEZEMBRO DE 2016 Até: Quinta-feira, dia 1 Histórico: Transportador revendedor retalhista (TRR) Entrega das informações relativas às operações interestaduais com combustíveis

Leia mais

MANUAL PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA

MANUAL PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA MANUAL PARA DECLARAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA 2017 ESSE MANUAL FOI DESENVOLVIDO PELO PORTO SEGURO PREVIDÊNCIA PARA AJUDAR NO PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO DE AJUSTE ANUAL DO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA 2017,

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Como é calculada a contribuição previdenciária sobre a remuneração paga ao transportador autônomo de veículo

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Como é calculada a contribuição previdenciária sobre a remuneração paga ao transportador autônomo de veículo Como é calculada a contribuição previdenciária sobre a remuneração paga ao transportador 30/06/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação...

Leia mais

Relatório. Data 17 de dezembro de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF

Relatório. Data 17 de dezembro de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 354 - Cosit Data 17 de dezembro de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE A RENDA RETIDO NA FONTE - IRRF PENSÃO ALIMENTÍCIA.

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Incidência do IRRF sobre Multas por Rescisão de Contrato

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Incidência do IRRF sobre Multas por Rescisão de Contrato Incidência do IRRF sobre Multas por Rescisão de Contrato 05/08/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Incidência do

Leia mais

Instrução Normativa RFB nº 1.127, de 7 de fevereiro de 2011

Instrução Normativa RFB nº 1.127, de 7 de fevereiro de 2011 Instrução Normativa RFB nº 1.127, de 7 de fevereiro de 2011 DOU de 8.2.2011 Dispõe sobre a apuração e tributação de rendimentos recebidos acumuladamente de que trata o art. 12-A da Lei nº 7.713, de 22

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 16 A 22 DE JUNHO DE 2016

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 16 A 22 DE JUNHO DE 2016 AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 16 A 22 DE JUNHO DE 2016 Até: Quinta-feira, dia 16 ICMS - GIA Histórico: GIA Eletrônica A GIA Eletrônica relativa ao mês anterior deverá ser apresentada por meio da Internet (www.pfe.fazenda.sp.gov.br),

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Pagamentos a Beneficiários Não Identificados - Evento S esocial.docx

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Pagamentos a Beneficiários Não Identificados - Evento S esocial.docx Evento S-1220 - esocial.docx 11/12/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 4 3. Análise da Legislação... 4 4. Conclusão... 7 5. Informações Complementares...

Leia mais

QUADRO 3 Rendimentos Tributáveis, Deduções e Imposto Retido na Fonte

QUADRO 3 Rendimentos Tributáveis, Deduções e Imposto Retido na Fonte Entenda o Comprovante de Rendimentos dos Assistidos Para a Declaração do IRPF exercício 2017, ano-calendário 2016, a FAPES preparou um roteiro explicando os principais campos do Comprovante de Rendimentos

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Calculo de ICMS ST Optante pelo Simples Nacional

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Calculo de ICMS ST Optante pelo Simples Nacional Calculo de 07/11/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. Resolução CGSN nº51 de 22/12/2008... 3 3.2. Lei complementar

Leia mais

Guia de Tributos Retidos na Fonte: IRRF: Cooperativas de trabalho e associações profissionais ou assemelhados

Guia de Tributos Retidos na Fonte: IRRF: Cooperativas de trabalho e associações profissionais ou assemelhados Guia de Tributos Retidos na Fonte: IRRF: Cooperativas de trabalho e associações profissionais ou assemelhados Resumo: Analisaremos no presente Roteiro de Procedimentos as regras para retenção do Imposto

Leia mais

Para acessar o Guia de Preenchimento de Declaração de Imposto de Renda, observe a modalidade do seu Plano de Previdência.

Para acessar o Guia de Preenchimento de Declaração de Imposto de Renda, observe a modalidade do seu Plano de Previdência. Caso não tenha recebido o Informe, via correios, acesse os Serviços ao Cliente, clicando no menu ao lado. Para acessar o Guia de Preenchimento de Declaração de Imposto de Renda, observe a modalidade do

Leia mais

ANO XXVI ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 28/2015

ANO XXVI ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 28/2015 ANO XXVI - 2015-2ª SEMANA DE JULHO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 28/2015 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA TAXAS DE CÂMBIO PARA ATUALIZAÇÃO DOS CRÉDITOS E OBRIGAÇÕES EM MOEDA ESTRANGEIRA ATUALIZAÇÃO EM 30.06.2015...

Leia mais

Boletim de Atualização Tributária BOLETIM DE ATUALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA. Código das Melhores Práticas de

Boletim de Atualização Tributária BOLETIM DE ATUALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA. Código das Melhores Práticas de BOLETIM DE ATUALIZAÇÃO TRIBUTÁRIA Código das Melhores Práticas de N 40 Data 02.12.2016 Período Governança pesquisado: Atos publicados entre 25.11.2016 a 02.12.2016 RECEITA FEDERAL DO BRASIL Data da publicação:

Leia mais

RENDIMENTOS TRIBUTÁVEIS RECEBIDOS DE PESSOA FÍSICA E DO EXTERIOR PELOS DEPENDENTES

RENDIMENTOS TRIBUTÁVEIS RECEBIDOS DE PESSOA FÍSICA E DO EXTERIOR PELOS DEPENDENTES IDENTIFICAÇÃO DO CONTRIBUINTE Nome: BARBARA NOLLI BITTENCOURT Data de Nascimento: 16/02/1985 Título Eleitoral: 167745080256 Possui cônjuge ou companheiro(a)? Não Houve mudança de endereço? Não Um dos declarantes

Leia mais

LEI Nº 9.249, DE 26 DE DEZEMBRO DE 1995

LEI Nº 9.249, DE 26 DE DEZEMBRO DE 1995 LEI Nº 9.249, DE 26 DE DEZEMBRO DE 1995 Altera a Legislação do Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas, bem como da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, e dá outras providências. Art. 13. Para efeito

Leia mais

Lei nº 9.779, de 19 de janeiro de 1999

Lei nº 9.779, de 19 de janeiro de 1999 Lei nº 9.779, de 19 de janeiro de 1999 Dou de 20/01/99, pág. 1/3 Altera a legislação do Imposto sobre a Renda, relativamente à tributação dos Fundos de Investimento Imobiliário e dos rendimentos auferidos

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 2 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 155 - Data 24 de junho de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE A RENDA DE PESSOA FÍSICA - IRPF HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS.

Leia mais

COMISSÃO MISTA DESTINADA A PROFERIR PARECER À MEDIDA PROVISÓRIA Nº 670, DE 15 DE MARÇO DE

COMISSÃO MISTA DESTINADA A PROFERIR PARECER À MEDIDA PROVISÓRIA Nº 670, DE 15 DE MARÇO DE MPV 670 00117 CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO MISTA DESTINADA A PROFERIR PARECER À MEDIDA PROVISÓRIA Nº 670, DE 15 DE MARÇO DE 2015. MEDIDA PROVISÓRIA Nº 670, DE 2015 Altera a Lei nº 11.482, de 31 de maio

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1106/09, de 29 de dezembro de 2009.

LEI MUNICIPAL Nº 1106/09, de 29 de dezembro de 2009. LEI MUNICIPAL Nº 1106/09, de 29 de dezembro de 2009. Altera a Lei Complementar nº 001/06 de 13 de fevereiro de 2006, Código Tributário Municipal de Camocim e determina outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Dedução de dependentes da base de cálculo do IRRF - Federal

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Dedução de dependentes da base de cálculo do IRRF - Federal Dedução de dependentes da base de cálculo do IRRF - Federal 03/02/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 4 4. Conclusão...

Leia mais

ORIENTAÇÃO CECO Nº 4. Ementa:

ORIENTAÇÃO CECO Nº 4. Ementa: ORIENTAÇÃO CECO Nº 4 I Objeto Ementa: A remuneração anual dos associados de sociedade cooperativa de crédito, na proporção do capital integralizado por cada associado, e limitada ao valor da SELIC, constitui

Leia mais

CÓDIGOS DE RECEITA IRPJ

CÓDIGOS DE RECEITA IRPJ S DE RECEITA Os códigos de receita estão disponíveis no sítio da Receita Federal, na opção códigos de receita, no menu onde encontro. Abaixo, destacamos os principais códigos de receita: IRPJ 2089 LUCRO

Leia mais

ANO XXVII ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 24/2016

ANO XXVII ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 24/2016 ANO XXVII - 2016-2ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 24/2016 IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE REMESSAS AO EXTERIOR DESTINADAS A COBERTURA DE GASTOS PESSOAIS, EDUCACIONAIS, CIENTÍFICOS OU CULTURAIS,

Leia mais

Agenda Tributária: de 16 a 22 de Fevereiro de 2012

Agenda Tributária: de 16 a 22 de Fevereiro de 2012 Agenda Tributária: de 16 a 22 de Fevereiro de 2012 Dia: 16 SP - Guia de Informação e Apuração - GIA - Regime mensal - I.E. finais 0 e 1 Os contribuintes com a inscrição estadual final 0 ou 1, deverão apresentar

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos IRRF de Locador Residente no Exterior

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos IRRF de Locador Residente no Exterior IRRF de 23/07/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 5 3.1 Incidência do Imposto de Renda Sobre Locação de Imóveis... 5 3.2

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Compensação e Contabilização IRRF com IRPJ

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Compensação e Contabilização IRRF com IRPJ 25/10/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas Pelo Cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares... 5 6. Referências...

Leia mais

IRPF 2017 Novidades. IRPF 2017 Novidades 17/02/2017. Obrigatoriedade de CPF

IRPF 2017 Novidades. IRPF 2017 Novidades 17/02/2017. Obrigatoriedade de CPF IRPF 2017 Novidades Obrigatoriedade de CPF (IN RFB nº1.688, DE 31/01/2017) Redução para 12 anos Obrigatoriedade de informar o CPF de dependentes/alimentandos com 12 anos ou mais, completados até a data

Leia mais

Atualização automática do programa Entrega sem necessidade de instalação do Receitanet Recuperação de nomes Rendimentos isentos e não tributáveis

Atualização automática do programa Entrega sem necessidade de instalação do Receitanet Recuperação de nomes Rendimentos isentos e não tributáveis Atualização automática do programa Entrega sem necessidade de instalação do Receitanet Recuperação de nomes Rendimentos isentos e não tributáveis Rendimentos sujeitos à tributação exclusiva/definitiva

Leia mais

Fechamento Anual / Geração da DIRF

Fechamento Anual / Geração da DIRF Fechamento Anual / Geração da DIRF Fechamento Anual / Dirf Nesta versão está disponível a geração do arquivo para a entrega da Dirf 2017 (referente ao ano calendário 2016), com data de entrega até dia

Leia mais

Rua Batista de Oliveira, 470, sala 403, Bairro Centro, JF/MG. Telefax (32) / (32)

Rua Batista de Oliveira, 470, sala 403, Bairro Centro, JF/MG. Telefax (32) / (32) CARNÊ LEÃO Quem está sujeito ao recolhimento mensal obrigatório (carnê-leão)? Sujeita-se ao recolhimento mensal obrigatório a pessoa física residente no Brasil que receber: 1 - rendimentos de outras pessoas

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 11 A 17 DE AGOSTO DE 2016

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 11 A 17 DE AGOSTO DE 2016 AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 11 A 17 DE AGOSTO DE 2016 Até: Quinta-feira, dia 11 dígito do CNPJ corresponda a 1, devem efetuar o registro eletrônico dos documentos fiscais na Secretaria da Fazenda. Nota Na hipótese

Leia mais

Relatório. Data 17 de junho de 2015 Processo Interessado CNPJ/CPF

Relatório. Data 17 de junho de 2015 Processo Interessado CNPJ/CPF 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 157 - Cosit Data 17 de junho de 2015 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE A RENDA RETIDO NA FONTE - IRRF COMISSÃO PAGA A AGENTE

Leia mais

Fatores para o cálculo do preço de exportação

Fatores para o cálculo do preço de exportação Fatores para o cálculo do preço de exportação No cálculo do preço de exportação devem ser levados em conta, entre outros fatores: IPI - IMUNIDADE do Imposto sobre Produtos Industrializados, na saída de

Leia mais

Aula 3 Imposto de Renda Pessoa Jurídica CSLL Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. Prof. Dr. Érico Hack

Aula 3 Imposto de Renda Pessoa Jurídica CSLL Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. Prof. Dr. Érico Hack Aula 3 Imposto de Renda Pessoa Jurídica CSLL Contribuição Social sobre o Lucro Líquido Prof. Dr. Érico Hack IR Pessoa Jurídica Pessoa Física equiparada à pessoa jurídica (Empresas individuais) Empresário

Leia mais

1) do termo final do período de apuração;

1) do termo final do período de apuração; RESOLUÇÃO NO 2.554, DE 17 DE AGOSTO DE 1994 (MG de 18 e ret. em 25) REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 2.880/97 Trata da atualização monetária dos créditos tributários do Estado, da cobrança de juros de mora,

Leia mais

Posicionamento Consultoria de Segmentos Empregado com mais de um Vínculo Empregatício

Posicionamento Consultoria de Segmentos Empregado com mais de um Vínculo Empregatício Empregado com mais de um Vínculo Empregatício 25/09/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 6 5. Informações

Leia mais

ANO XXVII ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 26/2016

ANO XXVII ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 26/2016 ANO XXVII - 2016-4ª SEMANA DE JUNHO DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 26/2016 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA DECLARAÇÃO SOBRE A OPÇÃO DE TRIBUTAÇÃO DE PLANOS PREVIDENCIÁRIOS DPREV 2016 INFORMAÇÕES GERAIS...

Leia mais

RESUMO DA CARTILHA DA RECEITA FEDERAL

RESUMO DA CARTILHA DA RECEITA FEDERAL RESUMO DA CARTILHA DA RECEITA FEDERAL Cartilha PUBLICADA AGORA EM SETEMBRO PELO TSE/RECEITA FEDERAL CAPTURADO URL: http://www.justicaeleitoral.jus.br/arquivos/cartilha-tse-e-receita-federaleleicoes-2016

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 10.336, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2001. Institui Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico incidente sobre a importação e

Leia mais

ANO XXVI ª SEMANA DE NOVEMBRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 48/2015

ANO XXVI ª SEMANA DE NOVEMBRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 48/2015 ANO XXVI - 2015-4ª SEMANA DE NOVEMBRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 48/2015 ASSUNTOS CONTÁBEIS IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE - TRATAMENTO CONTÁBIL... Pág. 705 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA GANHOS

Leia mais

DECLARAÇÃO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA WOS ASSESSORIA CONTÁBIL E RH LTDA

DECLARAÇÃO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA WOS ASSESSORIA CONTÁBIL E RH LTDA DECLARAÇÃO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA - 2017 Declaração - Obrigatoriedade de Apresentação Critérios Condições Renda - recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma anual

Leia mais

Edição Número 2 de 05/01/2004 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 381, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2003

Edição Número 2 de 05/01/2004 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 381, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2003 Edição Número 2 de 05/01/2004 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 381, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2003 Dispõe sobre a retenção de tributos e contribuições nos pagamentos efetuados pelas pessoas jurídicas que menciona a outras

Leia mais

Posicionamento Consultoria De Segmentos INSS Retenção sobre serviços de transportes de passageiros, presunção de base de cálculo mínima em 30%

Posicionamento Consultoria De Segmentos INSS Retenção sobre serviços de transportes de passageiros, presunção de base de cálculo mínima em 30% INSS Retenção sobre serviços de transportes de passageiros, 22/01/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. Fato Gerador

Leia mais

CÁLCULO E PAGAMENTO DE IMPOSTOS NO SETOR CULTURAL

CÁLCULO E PAGAMENTO DE IMPOSTOS NO SETOR CULTURAL CÁLCULO E PAGAMENTO DE IMPOSTOS NO SETOR CULTURAL IMPOSTO DE RENDA 1. O que é Imposto de Renda? É a contribuição aos cofres públicos sobre a renda em geral. Ele é cobrado de pessoas físicas e jurídicas,

Leia mais

COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 954, DE 2013

COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 954, DE 2013 COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 954, DE 2013 Redação final do Projeto de Lei de Conversão nº 20, de 2013 (Medida Provisória nº 613, de 2013). A Comissão Diretora apresenta a redação final do Projeto de Lei

Leia mais

Aviso Prévio indenizado OBS: o posicionamento do STJ não há a incidência de INSS sobre o aviso prévio indenizado, devendo o verificado o posicionament

Aviso Prévio indenizado OBS: o posicionamento do STJ não há a incidência de INSS sobre o aviso prévio indenizado, devendo o verificado o posicionament de qualquer natureza, salvo o de férias Sim. Art. 28, I, Lei nº e 1º, art. 457 da CLT Abono Adicionais (Insalubridade, periculosidade, noturno, de função e tempo de serviço, de transferência, Horas extras)

Leia mais

Guia do IRPF: Recolhimento complementar (mensalão) Resumo: 1) Introdução: 2) Conceitos: 2.1) Dependentes:

Guia do IRPF: Recolhimento complementar (mensalão) Resumo: 1) Introdução: 2) Conceitos: 2.1) Dependentes: Guia do IRPF: Recolhimento complementar (mensalão) Resumo: Analisaremos neste Roteiro de Procedimentos as principais regras (inclusive exemplos de cálculo) que envolvem o recolhimento complementar (antigo

Leia mais

Efeitos financeiros do Simples

Efeitos financeiros do Simples Efeitos financeiros do Simples Limites de sua utilização frente ao ordenamento jurídico PAULO AYRES BARRETO Simples e Efeitos Financeiros Arrecadação Custo de Conformidade Constituição Federal Lei Complementar

Leia mais

IRPF, IRPJ e CSLL: Tabelas Progressivas do Imposto de Renda vigentes desde 1998

IRPF, IRPJ e CSLL: Tabelas Progressivas do Imposto de Renda vigentes desde 1998 IRPF, IRPJ e CSLL: Tabelas Progressivas do Imposto de Renda vigentes desde 1998 Resumo: Neste Roteiro apresentaremos para nossos leitores as Tabelas Progressivas, anual e mensal, para cálculo do Imposto

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 0 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 46 - Data 26 de fevereiro de 2015 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE A RENDA RETIDO NA FONTE - IRRF REMESSAS PARA O EXTERIOR.

Leia mais

Marciel Augusto R. Lima

Marciel Augusto R. Lima Marciel Augusto R. Lima Advogado tributarista, contador, consultor de empresas nas áreas contábil e tributária, ex-profº de Direito Tributário FANAP, professor de Pósgraduação da PUC GOIÁS/IPECON, UFG,

Leia mais

Instrução Normativa SRF nº 358, de 9 de setembro de 2003

Instrução Normativa SRF nº 358, de 9 de setembro de 2003 Instrução Normativa SRF nº 358, de 9 de setembro de 2003 Altera a Instrução Normativa SRF nº 247, de 21 de novembro de 2002, que dispõe sobre o PIS/Pasep e a Cofins. O SECRETÁRIO DA RECEITA FEDERAL, no

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Antecipação tributária do imposto - entrada de mercadoria proveniente de outra UF - SP

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Antecipação tributária do imposto - entrada de mercadoria proveniente de outra UF - SP Segmentos mercadoria proveniente de outra UF - SP 11/05/2016 Título do documento Sumário 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 3.1 Antecipação Tributária...

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA O MÊS DE OUTUBRO/2011

AGENDA DE OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA O MÊS DE OUTUBRO/2011 AGENDA DE OBRIGAÇÕES FEDERAIS PARA O MÊS DE OUTUBRO/2011 Até do dia Obrigação Histórico correspondente a fatos geradores ocorridos no período de 21 a 30.09.2011, incidente sobre rendimentos de: 05 IRRF

Leia mais

SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 15, DE 22 DE JANEIRO DE 2009

SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 15, DE 22 DE JANEIRO DE 2009 DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO 8ª Região Fiscal SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 15, DE 22 DE JANEIRO DE 2009 Assunto: Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social - Cofins TRIBUTAÇÃO CONCENTRADA. REGIME DE APURAÇÃO

Leia mais

Comissões pagas por exportadores

Comissões pagas por exportadores Instrução Normativa SRF nº 252, de 3 de dezembro de 2002 (DOU de 4.12.2002) Dispõe sobre a incidência do imposto de renda na fonte sobre rendimentos pagos, creditados, empregados, entregues ou remetidos

Leia mais

Como a Constituição trata tal imposto:

Como a Constituição trata tal imposto: Como a Constituição trata tal imposto: Art. 155. Compete aos Estados e ao Distrito Federal instituir impostos sobre: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 3, de 1993) (...) II - operações relativas

Leia mais

2) Como localizar o Comprovante de Rendimentos? Para localizar o Comprovante de Rendimentos o servidor deve proceder da seguinte forma:

2) Como localizar o Comprovante de Rendimentos? Para localizar o Comprovante de Rendimentos o servidor deve proceder da seguinte forma: Comprovante de Rendimentos Perguntas Frequentes 1) O que é Comprovante de Rendimentos? Comprovante de Rendimentos é um documento disponibilizado ao servidor pela Secretaria de Estado da Administração contendo

Leia mais

Formulário Consulta Pública RFB. Apresentação e orientações

Formulário Consulta Pública RFB. Apresentação e orientações BAPTISTA LUZ ADVOGADOS R. Ramos Batista. 444. Vila Olímpia 04552-020. São Paulo SP baptistaluz.com.br Formulário Consulta Pública RFB Apresentação e orientações Este Formulário tem a finalidade de receber

Leia mais

Agenda Tributária: de 12 a 18 de fevereiro de 2015

Agenda Tributária: de 12 a 18 de fevereiro de 2015 Agenda Tributária: de 12 a 18 de fevereiro de 2015 Dia: 13 CIDE - Combustíveis - 9331 Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico incidente sobre a comercialização de petróleo e seus derivados, gás

Leia mais

FOLHA DE ROSTO. Estes dados são cópia fiel dos constantes em nossos arquivos. Informações protegidas por sigilo fiscal.

FOLHA DE ROSTO. Estes dados são cópia fiel dos constantes em nossos arquivos. Informações protegidas por sigilo fiscal. . MIDAS Módulo de Impressão de Declarações Assinadas Usuário: 606422628 Data/Hora de impressão: 31/07/2013 12:11:21 CPF do declarante: 318.386.618-83 ND: 08/24.152.429 Data/Hora Entrega: 29/04/2013 22:17:53

Leia mais

Orçamento de Pessoal Aula

Orçamento de Pessoal Aula Orçamento de Pessoal Aula 6 30-05-2012 Prof. Procópio Aula 6 30-05-2012 Salário Família Imposto de Renda Encargos Sociais Exercícios Salário Família Benefício previdenciário que corresponde a uma quota

Leia mais

Tributação do Download.

Tributação do Download. Tributação do Download Agenda Download. Objeto Software. Definição Legal Supremo Tribunal Federal. Jurisprudência Software. Suporte Físico. Operações Licença de Uso Natureza Jurídica de Software A Lei

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Redução da Base de Cálculo no ICMS ST

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Redução da Base de Cálculo no ICMS ST Redução 10/04/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4. Conclusão... 4 5. Informações Complementares... 4 6. Referências...

Leia mais

ABONO SALARIAL DO PIS/PASEP - EXERCÍCIO 2011/ Cronograma. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 04/07/2011.

ABONO SALARIAL DO PIS/PASEP - EXERCÍCIO 2011/ Cronograma. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 04/07/2011. ABONO SALARIAL DO PIS/PASEP - EXERCÍCIO 2011/2012 - Cronograma Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 04/07/2011. Sumário: 1 - Introdução 2 - Conceito 3 - Beneficiário 4 - Requerimento 4.1

Leia mais

ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). FGTS

ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). FGTS TABELA DE OBRIGAÇÕES PARA SETEMBRO DE 2011 Até dia Obrigação Histórico 5 IRRF Pagamento dos salários mensais. Nota: O prazo para pagamento dos salários mensais é até o 5º dia útil do mês subsequente ao

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Cálculo do ICMS Órgãos Públicos - SP

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Cálculo do ICMS Órgãos Públicos - SP Cálculo do ICMS Órgãos Públicos - SP 18/06/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares...

Leia mais

Instrução Normativa SRF nº 038, de 27 de junho de 1996 DOU de 28/06/1996 Dispõe sobre a tributação de lucros, rendimentos e ganhos de capital

Instrução Normativa SRF nº 038, de 27 de junho de 1996 DOU de 28/06/1996 Dispõe sobre a tributação de lucros, rendimentos e ganhos de capital Instrução Normativa SRF nº 038, de 27 de junho de 1996 DOU de 28/06/1996 Dispõe sobre a tributação de lucros, rendimentos e ganhos de capital auferidos no exterior pelas pessoas jurídicas domiciliadas

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES - 30/03 A 05/04/2014

AGENDA DE OBRIGAÇÕES - 30/03 A 05/04/2014 AGENDA DE OBRIGAÇÕES - 30/03 A 05/04/2014 Dia: 01 SP - Transmissão Eletrônica de Dados - Operações Interestaduais com Combustíveis - Transportador Revendedor Retalhista - TRR O Transportador Revendedor

Leia mais

PARECER. Trata-se de consulta formulada acerca da obrigatoriedade ou não dos Regimes Próprios de Previdência de contribuírem com o PASEP.

PARECER. Trata-se de consulta formulada acerca da obrigatoriedade ou não dos Regimes Próprios de Previdência de contribuírem com o PASEP. PARECER EMENTA: Contribuição PASEP. Regimes Próprios de Previdência. Trata-se de consulta formulada acerca da obrigatoriedade ou não dos Regimes Próprios de Previdência de contribuírem com o PASEP. As

Leia mais

OBRIGAÇÕES ÁREA FEDERAL MÊS JUNHO 2014

OBRIGAÇÕES ÁREA FEDERAL MÊS JUNHO 2014 OBRIGAÇÕES ÁREA FEDERAL MÊS JUNHO 2014 04/06-4 Feira Último dia para recolhimento do Imposto de Renda na Fonte referente a juros sobre o capital próprio, aplicações financeiras, títulos de capitalização;

Leia mais

Agenda Tributária: de 16 a 24 de fevereiro de 2016

Agenda Tributária: de 16 a 24 de fevereiro de 2016 Agenda Tributária: de 16 a 24 de fevereiro de 2016 Dia: 16 SP - Guia de Informação e Apuração - GIA - Regime mensal - I.E. finais 0 e 1 Os contribuintes com a inscrição estadual final 0 ou 1, deverão apresentar

Leia mais

De acordo com a legislação atualmente em vigor, estão sujeitas à apuração de ganho de capital as operações que importem:

De acordo com a legislação atualmente em vigor, estão sujeitas à apuração de ganho de capital as operações que importem: Guia do IRPF: Ganho de capital em moeda estrangeira Resumo: Analisaremos no presente Roteiro de Procedimentos a apuração e a tributação de ganhos de capital nas alienações de bens ou direitos e na liquidação

Leia mais

Dos Créditos a Descontar na Apuração da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins

Dos Créditos a Descontar na Apuração da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins Assunto: Contribuição para PIS/PASEP e COFINS Instrução Normativa SRF nº 594, de 26 de dezembro de 2005 Dispõe sobre a incidência da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins, da Contribuição para o PIS/Pasep-Importação

Leia mais

PIS/COFINS SOBRE RECEITAS FINANCEIRAS: alcance e inconstitucionalidade do Decreto 8.426/2015

PIS/COFINS SOBRE RECEITAS FINANCEIRAS: alcance e inconstitucionalidade do Decreto 8.426/2015 1 2 PIS/COFINS SOBRE RECEITAS FINANCEIRAS: alcance e inconstitucionalidade do Decreto 8.426/2015 Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil 18 de junho de 2015 1. Introdução 3 Lei 10.637/02 e 10.833/03

Leia mais