SOMOS DA AMÉRICA E QUEREMOS SER AMERICANOS ONDE TUDO COMEÇOU?

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SOMOS DA AMÉRICA E QUEREMOS SER AMERICANOS ONDE TUDO COMEÇOU?"

Transcrição

1 A CAMINHO DA REPÚBLICA fatos que antecederam a P. da República 1870 RIO DE JANEIRO fundação do Partido Republicano e lançamento do MANISFESTO REPUBLICANO por Quintino Bocaiúva SOMOS DA AMÉRICA E QUEREMOS SER AMERICANOS Ser americanos, significava ser igual aos demais países da América, uma república, pois o Brasil era o único país com regime monárquico 1873 fundação do Partido Republicano Paulista, em Itu, ( CONVENÇÃO DE ITU) composto basicamente por cafeicultores que defendiam: a descentralização política ( autonomia para os Estados ) e a necessidade de modernização das relações sociais e econômicas do Brasil ONDE TUDO COMEÇOU? NA ESCOLA MILITAR DA PRAIA VERMELHA Rio de Janeiro Era o centro dos militares que lideravam o fim do regime monárquico.além de um centro de treinamento militar ( academia ), os alunos aprendiam filosofia, onde tiveram contato com o Positivismo, da Escola Filosófica do francês AUGUSTO COMTE que muito influenciou os militares.

2 AUGUSTO COMTE Francês - fundador da Escola Positivista Um grupo de oficiais, influenciados pelas idéias positivistas passaram a difundir os ideais republicanos Para os positivistas, um país só atinge o progresso e o desenvolvimento, através da ordem, da disciplina e do autoritarismo, Assim, os militares acreditavam que seriamos únicos capazes de fazer o Brasil caminhar para o progresso Em termos políticos, os positivistas pregavam o culto à autoridade e a necessidade de ordem como condição básica para atingir o progresso. LEMA POSITIVISTA: O AMOR POR PRINCÍPIO, A ORDEM POR BASE E O PROGRESSO POR FIM Augusto Comte

3 O BAILE DA ILHA FISCAL TORNOU-SE O ÚLTIMO SUSPIRO DA MONARQUIA NO BRASIL O Canto do Cisne O BAILE DA ILHA FISCAL TORNOU- SE O ÚLTIMO SUSPIRO DA MONARQUIA NO BRASIL A Ilha Fiscal ficou famosa e histórica por nela ter-se realizado o último Baile do Império, ocorrido em 9 de novembro de 1889, seis dias antes da Proclamação da República, em comemoração às Bodas de Prata da princesa Isabel e do Conde D Eu e uma homenagem aos convidados especiais, os oficiais do navio Cochrane, da Marinha Chilena. ( ler página 101 ) Enquanto a Corte e os convidados saboreavam as finas iguarias e usufruíam do banquete oferecido pela família Imperial, BENJAMIN CONSTANT, militar e professor planejava o GOLPE MILITAR que derrubaria a república dias depois.

4 Enquanto a Corte e os convidados saboreavam as finas iguarias e usufruíam do banquete oferecido pela família Imperial, BENJAMIN CONSTANT, militar e professor planejava o GOLPE MILITAR que derrubaria a república dias depois. PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA O Golpe Militar que derrubou a monarquia no Brasil foi liderado por Marechal Deodoro da Fonseca, convencido a participar do golpe militar após o boato do decreto de sua prisão. Na manhã de15 de novembro de 1889 Marechal Deodoro depôs o Ministério Ouro Preto e sem resistência, aboliu a Monarquia no Brasil e Proclamou a República. Alguns republicanos, entre eles José do Patrocínio, proclamou oficialmente a República na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro, considerado por todos como O Proclamador civil da República. Assim, desapareceu a única Monarquia da América e nasceu a República dos Estados Unidos do Brasil, sem nenhuma participação popular. Dois dias depois, a Família Real partia para o exílio na Europa - ( França )

5 15 DE NOVEMBRO DE 1889 Proclamação da República foi um golpe militar liderado por Marechal Deodoro da Fonseca Nome do Brasil República dos Estados Unidos do Brasil Governo Provisório formado no dia 15 de Novembro de 1889 Presidente nomeado provisoriamente Marechal Deodoro da Fonseca eleito para Presidente em 1891 Nomes importantes da nossa República Marechal Deodoro da Fonseca Rui Barbosa Quintino Bocaiúva Benjamin Constant José do Patrocínio O Proclamador Civil da República

6 REPÚBLICA BRASILEIRA REPÚBLICA VELHA 1º República República da Espada PRESIDENTES MILITARES Marechal Deodoro da Fonseca Floriano Peixoto República Civil ou Oligárquica Presidentes - Cafeicultores Primeiro Presidente Civil Prudente de Morais

7 GOVERNO DE GETÚLIO VARGAS REPÚBLICA POPULISTA DITADURA MILITAR NOVA REPÚBLICA -Atual

8 MEDIDAS DO GOVERNO PROVISÓRIO SEPARAÇÃO DA IGREJA E ESTADO o Estado era ligado à Igreja - Padroado REGULAMENTAÇÃO DO CASAMENTO CIVIL CRIAÇÃO DO REGISTRO CIVIL REFORMA DO CÓDIGO CRIMINAL REFORMA DO ENSINO NATURALIZAÇÃO EM MASSA DE RESIDENTES NO PAÍS CRIAÇÃO DA NOVA BANDEIRA DO BRASIL

9 Inspirado no Positivismo, Benjamin Constant propôs a adoção de uma nova bandeira. Sua esposa e filhas bordaram o primeiro Estandarte republicano com o dístico: ORDEM E PROGRESSO 19 de Novembro, Dia da Bandeira A CONSTITUIÇÃO DE 1891 Promulgada em Fevereiro de 1891 foi a segunda do Brasil e a primeira da república Estabeleceu: República Presidencialista Federativa - Chefe de Estado Presidente Chefe de Governo - Presidente República = forma de governo em que o presidente é eleito pelo povo Presidencialista = o chefe de estado e de governo é o presidente Federativa = significa que os estados teriam autonomia para escolherem seus governadores voto universal masculino voto aberto não secreto idade maiores de 21 anos primeiro Presidente seria eleito pelo voto indireto, isto é, pela Assembléia criação dos Três Poderes : LEGISLATIVO, EXECUTIVO e JUDICIÁRIO

10 1891 Primeira Eleição para Presidente CANDIDATOS Marechal Deodoro da Fonseca e Almirante Wandenkolk ( Vice ) Prudente de Morais e Floriano Peixoto ( vice ) Marechal Deodoro da Fonseca militar ( de um partido ) Eleitos: Floriano Peixoto militar e vice-presidente ( de outro partido ) OBS... Hoje não votamos para vice separadamente

11 Marechal Deodoro, hostilizado pelo Congresso e acusado de monarquista e autoritário, acabou por renunciar ao cargo, alegando agravamento do estado de saúde ) Floriano Peixoto Marechal de Ferro e vice - assume a presidência e governa até o fim do mandato Floriano enfrentou duas revoltas Revolução Federalista Rio Grande do Sul Revolta da Armada Rio de Janeiro REVOLUÇÃO FEDERALISTA RGS exigiam a demissão do governador do Estado e a instalação de uma República Parlamentarista no Brasil seu objetivo era diminuir o poder do presidente da República.(expansão Sta Catarina e Paraná) Revolta da Armada Rio de Janeiro liderada por oficiais da Marinha que Contestavam a legitimidade e não aceitavam o governo de Floriano Peixoto Principal líder - Custódio de Melo Final Floriano compôs uma nova armada ( Marinha) para combater os rebeldes chamada de Esquadra de Papelão Floriano combateu as duas revoltas com firmeza, autoritarismo e violência,o que lhe conferiu o título de Marechal de Ferro

12 GOVERNO DE PRUDENTE DE MORAIS Primeiro Presidente Civil da República Finalmente, os cafeicultores no poder ele representava a oligarquia cafeeira Problema de seu governo GUERRA DE CANUDOS

Mas, um golpe de Estado militar instaurou a forma republicana presidencialista, em 15 de novembro de 1889.

Mas, um golpe de Estado militar instaurou a forma republicana presidencialista, em 15 de novembro de 1889. Brasil no período de transição: Império para República. Éramos governados por um dos ramos da Casa de Bragança, conhecido como família imperial brasileira que constituía o 11º maior império da história

Leia mais

Revolução de 1930. Fatores: Crise de 1929. Movimento Tenentista. Resultado das eleições.

Revolução de 1930. Fatores: Crise de 1929. Movimento Tenentista. Resultado das eleições. Revolução de 1930 Revolução de 1930 Fatores: Crise de 1929. Movimento Tenentista. Resultado das eleições. Revolução de 1930 Responsável pelo fim da chamada Política café com leite Política café com leite

Leia mais

O fim do Regime Monárquico e a. O nascimento da República

O fim do Regime Monárquico e a. O nascimento da República O fim do Regime Monárquico e a Primeira República O nascimento da República MONARQUIA Forma de governo em que o poder supremo está nas mãos de um monarca ou rei. O cargo é vitalício e passado aos descendentes,

Leia mais

REPÚBLICA VELHA (1889 1930) Disciplina: História. Professora: Daianne. Série: 9º ano.

REPÚBLICA VELHA (1889 1930) Disciplina: História. Professora: Daianne. Série: 9º ano. REPÚBLICA VELHA (1889 1930) Disciplina: História. Professora: Daianne. Série: 9º ano. PROJETOS DE REPÚBLICA MILITARES Relutava em convocar eleições para a Assembleia Constituinte; Queria um governo forte,

Leia mais

FUNDACIÓN MAPFRE VOLUME 3_ 1890/1930 A crise do liberalismo

FUNDACIÓN MAPFRE VOLUME 3_ 1890/1930 A crise do liberalismo Cronologia 1890 11 de janeiro Ultimatum inglês, que exige a retirada das forças militares portuguesas dos territórios entre Angola e Moçambique, sob pena de corte de relações diplomáticas. 1891 31 de janeiro

Leia mais

Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos

Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos QUESTÃO 01 (1,0 ponto) A Segunda Grande Guerra (1939-1945), a partir de 7 de dezembro de 1941, adquire um caráter mundial quando os a) ( ) russos tomam a iniciativa

Leia mais

Durante. Utilize os conteúdos multimídia para ilustrar a matéria de outras formas.

Durante. Utilize os conteúdos multimídia para ilustrar a matéria de outras formas. Olá, Professor! Assim como você, a Geekie também tem a missão de ajudar os alunos a atingir todo seu potencial e a realizar seus sonhos. Para isso, oferecemos recomendações personalizadas de estudo, para

Leia mais

Exercícios A República das Espadas

Exercícios A República das Espadas Exercícios A República das Espadas 1ª. Questão: Caracteriza o processo eleitoral durante a Primeira República, em contraste com o vigente no Segundo Reinado: a) a ausência de fraudes, com a instituição

Leia mais

Escola de Formação Política Miguel Arraes. Módulo I História da Formação Política Brasileira. Aula 2 A História do Brasil numa dimensão ética

Escola de Formação Política Miguel Arraes. Módulo I História da Formação Política Brasileira. Aula 2 A História do Brasil numa dimensão ética LINHA DO TEMPO Módulo I História da Formação Política Brasileira Aula 2 A História do Brasil numa dimensão ética SEC XV SEC XVIII 1492 A chegada dos espanhóis na América Brasil Colônia (1500-1822) 1500

Leia mais

PRIMEIRA REPÚBLICA (1889-1930) * República da Espada (1889-1894) - militares no poder * República Oligárquica (1894-1930) cafeicultores no poder.

PRIMEIRA REPÚBLICA (1889-1930) * República da Espada (1889-1894) - militares no poder * República Oligárquica (1894-1930) cafeicultores no poder. PRIMEIRA REPÚBLICA (1889-1930) * República da Espada (1889-1894) - militares no poder * República Oligárquica (1894-1930) cafeicultores no poder. Vai da proclamação da República até a ascensão de Getúlio

Leia mais

REVOLUÇÃO FRANCESA MCC

REVOLUÇÃO FRANCESA MCC REVOLUÇÃO FRANCESA MCC REVOLUÇÃO FRANCESA. MOVIMENTO BURGUÊS França antes da revolução TEVE APOIO DO POVO Monarquia absolutista Economia capitalista.(costumes feudais) sociedade estamental. 1º Estado-

Leia mais

Rei (controla poder moderador) além de indicar o primeiro ministro e dissolve a Câmara de Deputados Monarquia torna-se estável

Rei (controla poder moderador) além de indicar o primeiro ministro e dissolve a Câmara de Deputados Monarquia torna-se estável História do Brasil Professora Agnes (Cursinho Etec Popular de São Roque) Política Interna O SEGUNDO REINADO (1840-1889) * Apogeu da monarquia brasileira. * Centralização política e administrativa. * Pacificação

Leia mais

POLÍTICA DOS GOVERNADORES

POLÍTICA DOS GOVERNADORES POLÍTICA DOS GOVERNADORES Nome com que ficou conhecido o arranjo político promovido pelo presidente Campos Sales (1898-1902) e os governadores e presidentes estaduais com o objetivo de superar as incertezas

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA ENSINO MÉDIO ÁREA CURRICULAR: CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS DISCIPLINA: HISTÓRIA SÉRIE 1.ª CH 68 ANO 2012 COMPETÊNCIAS:. Compreender

Leia mais

1º ano CULTURA, DIVERSIDADE E SER HUMANO TRABALHO, CONSUMO E LUTAS POR DIREITOS

1º ano CULTURA, DIVERSIDADE E SER HUMANO TRABALHO, CONSUMO E LUTAS POR DIREITOS 1º ano Estudo da História Estudo da História O Brasil antes dos portugueses América antes de Colombo Povos indígenas do Brasil A colonização portuguesa A colonização europeia na América Latina Introdução:

Leia mais

MESQUITA, Júlio de * jornalista; dep. fed. SP 1892-1894.

MESQUITA, Júlio de * jornalista; dep. fed. SP 1892-1894. MESQUITA, Júlio de * jornalista; dep. fed. SP 1892-1894. Júlio César Ferreira de Mesquita nasceu em Campinas (SP) no dia 18 de agosto de 1862, filho de Francisco Ferreira de Mesquita e de Maria da Conceição

Leia mais

CRISE E RUPTURA NA REPÚBLICA VELHA. Os últimos anos da República Velha

CRISE E RUPTURA NA REPÚBLICA VELHA. Os últimos anos da República Velha CRISE E RUPTURA NA REPÚBLICA VELHA Os últimos anos da República Velha Década de 1920 Brasil - as cidades cresciam e desenvolviam * Nos grandes centros urbanos, as ruas eram bem movimentadas, as pessoas

Leia mais

VESTIBULAR 2011 1ª Fase HISTÓRIA GRADE DE CORREÇÃO

VESTIBULAR 2011 1ª Fase HISTÓRIA GRADE DE CORREÇÃO VESTIBULAR 2011 1ª Fase HISTÓRIA GRADE DE CORREÇÃO A prova de História é composta por três questões e vale 10 pontos no total, assim distribuídos: Questão 1 3 pontos (sendo 1 ponto para o subitem A, 1,5

Leia mais

HISTÓRIA DO DINHEIRO NO BRASIL

HISTÓRIA DO DINHEIRO NO BRASIL HISTÓRIA DO DINHEIRO NO BRASIL Marcos Faber www.historialivre.com Introdução Numismática (do grego antigo νόµισµα - nomisma, através do latim numisma, moeda) é a ciência que tem por objetivo o estudo das

Leia mais

AULA 16 - Monarquia Brasileira. O Segundo Reinado (1840/1889)

AULA 16 - Monarquia Brasileira. O Segundo Reinado (1840/1889) AULA 16 - Monarquia Brasileira A aula de número quinze, tratou do Primeiro Reinado e do Período Regencial, nesta aula, abordaremos a Segundo Reinado. O Segundo Reinado (1840/1889) Política interna A vida

Leia mais

Getúlio Vargas e a Era Vargas

Getúlio Vargas e a Era Vargas Getúlio Vargas e a Era Vargas http://www.suapesquisa.com/vargas/ AGOSTO RUBEM FONSECA Getúlio Vargas e a Era Vargas: ASPECTOS A RESSALTAR Vida de Getúlio Vargas; Revolução

Leia mais

COLÉGIO LUIZA DE MARILLAC

COLÉGIO LUIZA DE MARILLAC COLÉGIO LUIZA DE MARILLAC EXTERNATO POPULAR SÃO VICENTE DE PAULO Rua Voluntários da Pátria, 1.653 - Santana - São Paulo - CEP: 02011-300 Tel/fax: 2226-6161 - www.marillac.g12.br - marillac@marillac.g12.br

Leia mais

D.Pedro II vendo o projeto original da Ilha Fiscal fica decepcionado e exclama: Este é delicado estojo, digno de uma brilhante jóia...

D.Pedro II vendo o projeto original da Ilha Fiscal fica decepcionado e exclama: Este é delicado estojo, digno de uma brilhante jóia... O último e maior baile da realeza brasileira Foto do dia da festa 09/11/1889 Não esqueça o som Local ILHA FISCAL D.Pedro II vendo o projeto original da Ilha Fiscal fica decepcionado e exclama: Este é delicado

Leia mais

HISTÓRIA DO LEGISLATIVO

HISTÓRIA DO LEGISLATIVO HISTÓRIA DO LEGISLATIVO Maurício Barbosa Paranaguá Seção de Projetos Especiais Goiânia - 2015 Origem do Poder Legislativo Assinatura da Magna Carta inglesa em 1215 Considerada a primeira Constituição dos

Leia mais

PATROCÍNIO, José do *jornalista; mov. abolicionista.

PATROCÍNIO, José do *jornalista; mov. abolicionista. PATROCÍNIO, José do *jornalista; mov. abolicionista. José Carlos do Patrocínio nasceu em Campos (RJ) no dia 9 de outubro de 1853, filho de João Carlos Monteiro e de Justina Maria do Espírito Santo. Seu

Leia mais

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 2009 PROVA DE HISTÓRIA. Fase 1

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 2009 PROVA DE HISTÓRIA. Fase 1 FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 2009 PROVA DE HISTÓRIA Fase 1 Novembro 2008 INTRODUÇÃO Na prova de História de 2009 foi possível concretizar vários dos objetivos do programa do Vestibular.

Leia mais

BANDEIRA NACIONAL. Clique para avançar. Ria Slides

BANDEIRA NACIONAL. Clique para avançar. Ria Slides BANDEIRA NACIONAL Clique para avançar A Bandeira Nacional é um dos Símbolos Nacionais, assim como o são o Hino Nacional, as Armas Nacionais e o Selo Nacional. É o Símbolo da nossa Pátria. O Símbolo do

Leia mais

Exercícios de História República da Espada

Exercícios de História República da Espada Exercícios de História República da Espada TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufrj) "A cidadania moderna _ ou seja, a integração das pessoas no governo, via participação política; na sociedade, via direitos

Leia mais

NAPOLEÃO BONAPARTE. Pode-se dividir seu governo em três partes: Consulado (1799-1804) Império (1804-1815) Governo dos Cem Dias (1815)

NAPOLEÃO BONAPARTE. Pode-se dividir seu governo em três partes: Consulado (1799-1804) Império (1804-1815) Governo dos Cem Dias (1815) NAPOLEÃO BONAPARTE 1 Profª Adriana Moraes Destaca-se política e militarmente no Período Jacobino. DIRETÓRIO Conquistas militares e diplomáticas na Europa defesa do novo governo contra golpes. Golpe 18

Leia mais

EUROPA NO SÉCULO XIX. http://historiaonline.com.br

EUROPA NO SÉCULO XIX. http://historiaonline.com.br EUROPA NO SÉCULO XIX A INGLATERRA NO SÉCULO XIX: Era Vitoriana (1837-1901): Hegemonia marítima inglesa. Fortalecimento do poder político da burguesia. Expansão da economia industrial 2ª Revolução Industrial.

Leia mais

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2012-2 GABARITO DA PROVA DE HISTÓRIA

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2012-2 GABARITO DA PROVA DE HISTÓRIA Questão 1 Leia o seguinte trecho: Sem dúvida sempre houve cidades no Ocidente, mas os cadáveres das cidades romanas do Baixo Império não continham em suas muralhas mais do que um punhado de habitantes,

Leia mais

Governo Provisório ( 1930/1934 ).

Governo Provisório ( 1930/1934 ). Aula 20 Era Vargas (1930/45) A chamada Era Vargas está dividida em três momentos: Governo Provisório, Governo Constitucional e Estado Novo. O período inaugurou um novo tipo de Estado, denominado Estado

Leia mais

HISTORIADOR INSTRUÇÃO PÚBLICA PAULISTA PEDRO VOSS E A. EX-COMBATENTE RELEMBRA MOMENTOS DA 2a GUERRA

HISTORIADOR INSTRUÇÃO PÚBLICA PAULISTA PEDRO VOSS E A. EX-COMBATENTE RELEMBRA MOMENTOS DA 2a GUERRA EDIÇÃO 173 R E V I S TA D O MAIO E JUNHO DE 2014 HISTORIADOR EX-COMBATENTE RELEMBRA MOMENTOS DA 2a GUERRA CHARLES MILLER O PAULISTANO QUE TROUXE O FUTEBOL PARA O BRASIL SÃO LUIZ DO PARAITINGA 245 ANOS

Leia mais

CONHEÇA A FACCENTRO. MANUAL DO CANDIDATO - Vestibular de Inverno 2012

CONHEÇA A FACCENTRO. MANUAL DO CANDIDATO - Vestibular de Inverno 2012 CONHEÇA A FACCENTRO Educação de excelência de mãos dadas com o mercado de trabalho. Esse é o compromisso da rede de ensino FACCENTRO, que possui mais de 15 anos de tradição e reconhecimento em ensino técnico.

Leia mais

BANDEIRA DA FUNDAÇÃO. D. Afonso Henriques. (1128-1185) Fundador de Portugal

BANDEIRA DA FUNDAÇÃO. D. Afonso Henriques. (1128-1185) Fundador de Portugal BANDEIRA DA FUNDAÇÃO D. Afonso Henriques (1128-1185) Fundador de Portugal ÍNDICE Origem de Portugal Península Ibérica 8 Primeiros habitantes da Península Ibérica (Iberos-Celtas)... 8 Lusitanos 9 Lusitânia

Leia mais

FACULDADE FACCENTRO MANUAL DO CANDIDATO

FACULDADE FACCENTRO MANUAL DO CANDIDATO FACULDADE FACCENTRO MANUAL DO CANDIDATO Processo Seletivo 2015/2 CURSOS Administração - Bacharelado Gestão de Recursos Humanos - Tecnológico Gestão Comercial - Tecnológico Gestão Financeira - Tecnológico

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA 8º ANO PROFESSOR: MÁRCIO AUGUSTO

Leia mais

REVOLTAS DURANTE A REPÚBLICA VELHA

REVOLTAS DURANTE A REPÚBLICA VELHA REVOLTAS DURANTE A REPÚBLICA VELHA Unidade 2, Tema 2 e 3. Págs. 50 53 Personagem. Pág. 55 e 64 Ampliando Conhecimentos. Págs. 60-61 Conceitos Históricos. Pág. 65 Em foco. Págs. 66-71 GUERRA DE CANUDOS

Leia mais

República Velha 1889-1930

República Velha 1889-1930 República Velha 1889-1930 Fases Períodos da República no Brasil: 1889-1930: República Velha (Primeira República) # 1889-1894 República das Espadas # 1894-1930 República Oligárquica 1930-1945: Era Vargas

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS. Disciplina: História. Professor Hércules Alfredo Batista Alves

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS. Disciplina: História. Professor Hércules Alfredo Batista Alves CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS Curso Pró-Técnico Disciplina: História Texto Experimental 1 a Edição Professor Hércules Alfredo Batista Alves Varginha, Minas Gerais Dezembro de 2006

Leia mais

Fundador da Comunidade Judaica do Porto

Fundador da Comunidade Judaica do Porto Fundador da Comunidade Judaica do Porto Arthur Carlos de Barros Bastos nasceu a 18 de Dezembro de 1887 em Amarante e faleceu no Porto a 8 de Março de 1961. Foi um militar de carreira, mas também um escritor

Leia mais

Os Símbolos Nacionais

Os Símbolos Nacionais Os Símbolos Nacionais Falar das origens das bandeiras, dos hinos, dos brasões de armas e dos selos não é tarefa fácil uma vez que o homem sempre tentou registrar seu dia a dia, seus feitos, sua passagem

Leia mais

Uma reconstituição histórica

Uma reconstituição histórica Órgão do Senado da República REPRODUÇÃO Deodoro e demais líderes diante do Quartel-General: canhões só foram disparados depois, para celebrar a vitória do movimento e a Proclamação da República BRASIL

Leia mais

A crise européia entre os séculos XIV-XVI contribuiu para o expansionismo marítimo-comercial porque, EXCETO:

A crise européia entre os séculos XIV-XVI contribuiu para o expansionismo marítimo-comercial porque, EXCETO: 9 P R O V A D E H I S T Ó R I A Q U E S T Ã O 2 1 A dissolução da ordem feudal clássica está intimamente relacionada com as seguintes alterações sociopolíticas entre os séculos XII XV na Europa Ocidental,

Leia mais

SÉCULO XIX NOVOS ARES NOVAS IDEIAS Aula: 43 e 44 Pág. 8 PROFª: CLEIDIVAINE 8º ANO

SÉCULO XIX NOVOS ARES NOVAS IDEIAS Aula: 43 e 44 Pág. 8 PROFª: CLEIDIVAINE 8º ANO SÉCULO XIX NOVOS ARES NOVAS IDEIAS Aula: 43 e 44 Pág. 8 PROFª: CLEIDIVAINE 8º ANO 1 - INTRODUÇÃO Séc. XIX consolidação da burguesia: ascensão do proletariado urbano (classe operária) avanço do liberalismo.

Leia mais

50 ANOS DO GOLPE MILITAR

50 ANOS DO GOLPE MILITAR 50 ANOS DO GOLPE MILITAR (1964-1985) Prof. Dr. Rogério de Souza CAUSAS Guerra Fria Contexto Internacional: Construção do Muro de Berlim (1961) Cuba torna-se Socialista (1961) Crise dos Mísseis (1962) CAUSAS

Leia mais

Temas Governo de Vargas 1930-1945), Populismo (1945-1964) Ditadura Militar (1964-1985) e República Nova (Redemocratização do Brasil) (1985-2010)

Temas Governo de Vargas 1930-1945), Populismo (1945-1964) Ditadura Militar (1964-1985) e República Nova (Redemocratização do Brasil) (1985-2010) Trabalho de História Recuperação _3ºAno Professor: Nara Núbia de Morais Data / /2014 Aluno: nº Ens. Médio Valor: 40 Nota: Temas Governo de Vargas 1930-1945), Populismo (1945-1964) Ditadura Militar (1964-1985)

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 180 ANOS DO SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR

Leia mais

PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE

PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE PLANO DE ENSINO DE HISTÓRIA 5ª. SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL 1º BIMESTRE - Sistemas sociais e culturais de notação de tempo ao longo da história, - As linguagens das fontes históricas; - Os documentos escritos,

Leia mais

CONGRESSO ESTADUAL DE VEREADORES DE PERNAMBUCO EM TRIUNFO

CONGRESSO ESTADUAL DE VEREADORES DE PERNAMBUCO EM TRIUNFO CONGRESSO ESTADUAL DE VEREADORES DE PERNAMBUCO EM TRIUNFO Durante o evento promovido pela UVP foi feita a eleição para a escolha da nova diretoria entre as chapas de Biu Farias, atual presidente (Chapa

Leia mais

10 MULHERES PODEROSAS DA HISTÓRIA. No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, uma seleção com aquelas que governaram com mãos de ferro.

10 MULHERES PODEROSAS DA HISTÓRIA. No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, uma seleção com aquelas que governaram com mãos de ferro. 10 MULHERES PODEROSAS DA HISTÓRIA No mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, uma seleção com aquelas que governaram com mãos de ferro. 10. Maria Stuart País que governou Escócia Período 1542-1567

Leia mais

PROJETO PARA O BRASIL E CONTROLE SOCIAL

PROJETO PARA O BRASIL E CONTROLE SOCIAL PROJETO PARA O BRASIL E CONTROLE SOCIAL Tiago Siqueira de Oliveira (Pós-graduação em Ciências Sociais, UNESP Marília) Paulo Ribeiro Rodrigues da Cunha (Orientador) RESUMO Esta pesquisa tem como objetivo

Leia mais

A UNIVERSIDADE BRASILEIRA É BRASILEIRA? C A R L O S A L B E R T O S T E I L D E P A R T A M E N T O D E A N T R O P O L O G I A / U F R G S

A UNIVERSIDADE BRASILEIRA É BRASILEIRA? C A R L O S A L B E R T O S T E I L D E P A R T A M E N T O D E A N T R O P O L O G I A / U F R G S A UNIVERSIDADE BRASILEIRA É BRASILEIRA? C A R L O S A L B E R T O S T E I L D E P A R T A M E N T O D E A N T R O P O L O G I A / U F R G S INTRODUÇÃO Identidade: não é um propriedade das coisas, mas das

Leia mais

Cap.3 Europa e América antes da primeira Guerra Mundial BELLE EPOQUE IMPERIALISMO DOS ESTADOS UNIDOS A REVOLUÇÃO MEXICANA

Cap.3 Europa e América antes da primeira Guerra Mundial BELLE EPOQUE IMPERIALISMO DOS ESTADOS UNIDOS A REVOLUÇÃO MEXICANA Cap.3 Europa e América antes da primeira Guerra Mundial BELLE EPOQUE IMPERIALISMO DOS ESTADOS UNIDOS A REVOLUÇÃO MEXICANA Café Van Gogh - 1888 EXPOSIÇÃO UNIVERSAL DE LONDRES - 1851 BIG BEN - 1859 1889

Leia mais

O DIREITO CONSTITUCIONAL NO BRASIL E NA CHINA: ANÁLISE COMPARATIVA

O DIREITO CONSTITUCIONAL NO BRASIL E NA CHINA: ANÁLISE COMPARATIVA SÃO PAULO RIO DE JANEIRO BRASÍLIA CURITIBA PORTO ALEGRE RECIFE BELO HORIZONTE LONDRES LISBOA XANGAI BEIJING MIAMI BUENOS AIRES O DIREITO CONSTITUCIONAL NO BRASIL E NA CHINA: ANÁLISE COMPARATIVA DURVAL

Leia mais

Vestibular Comentado - UVA/2011.1

Vestibular Comentado - UVA/2011.1 HISTÓRIA Comentários: Profs. Renato Paiva Osvaldo Filho, Liduína Gomes 13. - A Partir do século IV a.c. iniciou-se decadência da Grécia, que pode ser atribuída, entre outros fatores: A. - à invasão de

Leia mais

JOÃO PAULO HOTEL JPH AMAZÔNIA PALACE HOTEL CHURRASCARIA E HOTEL TRIÂNGULO H0TEL DO PAPAI INÁCIO PÁLACE HOTEL. Reservas (68) 2106-8900

JOÃO PAULO HOTEL JPH AMAZÔNIA PALACE HOTEL CHURRASCARIA E HOTEL TRIÂNGULO H0TEL DO PAPAI INÁCIO PÁLACE HOTEL. Reservas (68) 2106-8900 A SBPC a Ufac as Comissões Organizadoras do evento não possuem qualquer vínculo com empresas de turismo ou hospedagem. Os expositores e/ou inscritos no evento são responsáveis pela sua própria reserva

Leia mais

Augusto Comte e o positivismo no Brasil

Augusto Comte e o positivismo no Brasil ESTUDIOS HISTORICOS CDHRP- Año III - Octubre 2011 - Nº 7 ISSN: 1688 5317. Uruguay Augusto Comte e o positivismo no Brasil Dra. Margaret Bakos Solitário e deprimido, o filósofo Augusto Comte criou a sociologia

Leia mais

PERÍODO DA ENFERMAGEM NO BRASIL. PROFª Mestre Maria da Conceição Muniz Ribeiro

PERÍODO DA ENFERMAGEM NO BRASIL. PROFª Mestre Maria da Conceição Muniz Ribeiro PERÍODO DA ENFERMAGEM NO BRASIL PROFª Mestre Maria da Conceição Muniz Ribeiro PRIMÓRDIOS DA ENFERMAGEM NO BRASIL No Brasil, a organização da enfermagem iniciou-se no período colonial, quando os cuidados

Leia mais

PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. PUC - Rio - 2012 Rio VESTIBULAR 2012 PROVAS DISCURSIVAS DE HISTÓRIA 2 o DIA MANHÃ GRUPO 2 Novembro / 2011 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este

Leia mais

TEMA 3 UMA EXPERIÊNCIA

TEMA 3 UMA EXPERIÊNCIA TEMA 3 UMA EXPERIÊNCIA DOLOROSA: O NAZISMO ALEMÃO A ascensão dos nazistas ao poder na Alemanha colocou em ação a política de expansão territorial do país e o preparou para a Segunda Guerra Mundial. O saldo

Leia mais

ANAIS DO XXXII COLÓQUIO CBHA 2012 ISSN 2236-0719

ANAIS DO XXXII COLÓQUIO CBHA 2012 ISSN 2236-0719 ISSN 2236-0719 ANAIS DO XXXII COLÓQUIO CBHA 2012 Organização Ana Maria Tavares Cavalcanti Emerson Dionisio Gomes de Oliveira Maria de Fátima Morethy Couto Marize Malta Universidade de Brasília Outubro

Leia mais

CRONOGRAMA ESCOLAR 2013

CRONOGRAMA ESCOLAR 2013 CRONOGRAMA ESCOLAR 2013 Início do ano letivo: 18.02 EI, EF, EM, CTI, CTST e CTC Recesso de inverno: 13.07 a 28.07 (EI ao EM e ) Término do período letivo: 04.12 (3º ano do EM) 10.12 (EI ao 2º ano do EM)

Leia mais

REPUBLICA VELHA HISTÓRIA DO BRASIL (1889-1930)

REPUBLICA VELHA HISTÓRIA DO BRASIL (1889-1930) REPUBLICA VELHA HISTÓRIA DO BRASIL (1889-1930) INTRODUÇÃO A mudança do regime político não mudou a situação do Brasil; Apesar de não existir mais escravidão, a massa trabalhadora seguiu sendo explorada;

Leia mais

Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. Junho / 2014 Metodologia Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.126 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas

Leia mais

A REPÚBLICA DEMOCRÁTICA POPULISTA (1945 1964):

A REPÚBLICA DEMOCRÁTICA POPULISTA (1945 1964): A REPÚBLICA DEMOCRÁTICA POPULISTA (1945 1964): 1. - PRINCIPAIS PARTIDOS: PSD (Partido Social Democrático): Principal partido. Criado por Getúlio Vargas. Base rural. Industriais, banqueiros e latifundiários

Leia mais

Revolução francesa. Monarquia absolutista*

Revolução francesa. Monarquia absolutista* Revolução francesa No desenrolar dos fatos históricos, alguns deles de tão marcantes, dividem os períodos da humanidade. Atualmente os seres humanos dividem a sua atuação no mundo em cinco partes. Pré-História

Leia mais

Professor Tiago / 9º Ano / 3º Trimestre / História

Professor Tiago / 9º Ano / 3º Trimestre / História Professor Tiago / 9º Ano / 3º Trimestre / História 1. Assinale V(verdadeira) e F(falsa): a) ( ) Em 1929, o mundo capitalista enfrentou grave crise econômica, causada principalmente pelo crescimento exagerado

Leia mais

Arquivos Municipais no Brasil

Arquivos Municipais no Brasil Arquivos Municipais no Brasil Arquivo Público da Cidade de Aracaju Av. Hermes Fontes, 399 - São José - Aracaju - SE 49015-350 Arquivo Municipal de Amélia Rodrigues Av. Justiniano Silva, 98 - Centro - BA

Leia mais

A Bandeira Brasileira e Augusto Comte

A Bandeira Brasileira e Augusto Comte A Bandeira Brasileira e Augusto Comte Resumo Este documentário tem como ponto de partida um problema curioso: por que a frase Ordem e Progresso, de autoria de um filósofo francês, foi escolhida para constar

Leia mais

VESTIBULAR 2013 1ª Fase. HISTÓRIA Grade de Correção. Instruções Gerais: Instruções para a prova de História:

VESTIBULAR 2013 1ª Fase. HISTÓRIA Grade de Correção. Instruções Gerais: Instruções para a prova de História: Instruções Gerais: VESTIBULAR 2013 1ª Fase HISTÓRIA Grade de Correção Hoje você deverá responder às questões de Artes e Questões Contemporâneas, História, Geografia e de Raciocínio Lógico-Matemático. Você

Leia mais

Proposta de Recomendações. GT dos Trabalhadores da CNV

Proposta de Recomendações. GT dos Trabalhadores da CNV Proposta de Recomendações GT dos Trabalhadores da CNV DOS CRIMES CONTRA A HUMANIDADE 1. Reconhecer e acatar as normas do direito internacional sobre crimes contra a humanidade. Ratificação da Convenção

Leia mais

Governadores de Santa Catarina

Governadores de Santa Catarina Governadores de Santa Catarina Lauro Severiano Müller 1889 a 1891 -Primeiro governador republicano de Santa Catarina. -Müller fez um plano viário para Santa Catarina. -Em 1891, Lauro Müller renuncia ao

Leia mais

Guerra por domínio territorial e econômico.

Guerra por domínio territorial e econômico. Guerra da Crimeia Quando: De 1853 até 1856 Guerra por domínio territorial e econômico. Cerca de 595 mil mortos Por que começou: A Rússia invocou o direito de proteger os lugares santos dos cristãos em

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 53 Discurso na cerimónia de assinatura

Leia mais

O Positivismo e a Bandeira Brasileira

O Positivismo e a Bandeira Brasileira O Positivismo e a Bandeira Brasileira Ricardo Seyssel É o céu estrelado que lhe inspira a idéia de ordem... Introdução Caso fosse alguém com um pouco de conhecimento, um tantinho que fosse, e lesse a frase

Leia mais

HISTÓRIA. a) Movimento Tenentista b) Revolta Federalista c) Frente Libertadora d) Revolução Constitucionalista e) Levante Bandeirante

HISTÓRIA. a) Movimento Tenentista b) Revolta Federalista c) Frente Libertadora d) Revolução Constitucionalista e) Levante Bandeirante HISTÓRIA 1) Durante a sua presidência ocorreu o episódio conhecido como a Guerra de Canudos, que tornou conhecida a figura do líder carismático Antônio Conselheiro, que morreu durante os confrontos com

Leia mais

Pré-História (600.000-4.000 a.c)

Pré-História (600.000-4.000 a.c) Pré Exame História HISTÓRIA GERAL Pré-História (600.000-4.000 a.c) Paleolítico - fogo - nômades - coletores REVOLUÇÃO do NEOLÍTICO agricultura e pecuária Neolítico - roda - produtores - sedentários Idade

Leia mais

ESTATUTOS DA ASSOCIAÇÃO HÍPICA DE ALCOBAÇA

ESTATUTOS DA ASSOCIAÇÃO HÍPICA DE ALCOBAÇA ESTATUTOS DA ASSOCIAÇÃO HÍPICA DE ALCOBAÇA CAPITULO I ARTIGO 1 º É constituída uma Associação com a denominação ASSOCIAÇÃO HÍPICA DE ALCOBAÇA, com a sede em Av. dos Combatentes, nº. 27 1º E - apartado

Leia mais

EXERCÍCIOS HISTÓRIA REPÚBLICA DO CAFÉ COM LEITE

EXERCÍCIOS HISTÓRIA REPÚBLICA DO CAFÉ COM LEITE LICEU DE ESTUDOS INTEGRADOS Aluno:... Série: 3º ano do ENSINO MÉDIO Professor: ANSELMO EXERCÍCIOS HISTÓRIA REPÚBLICA DO CAFÉ COM LEITE 1ª) A instauração da República no Brasil foi inspirada por uma doutrina

Leia mais

INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA INDEPENDÊNCIA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA http://www.youtube.com/watch?v=lmkdijrznjo Considerações sobre a independência -Revolução racional científica do

Leia mais

Professor BÓRIS em DEMOCRACIA

Professor BÓRIS em DEMOCRACIA Professor BÓRIS em DEMOCRACIA AUTORA Luciana de Almeida COORDENAÇÃO EDITORIAL Maria Fernanda Moscheta PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO Linea Creativa ILUSTRAÇÃO Pierre Trabbold REVISÃO DE TEXTO Sandra Aymone

Leia mais

1º ano. I. O Surgimento do Estado e a Organização de uma Sociedade de Classes

1º ano. I. O Surgimento do Estado e a Organização de uma Sociedade de Classes Africana: África como berço da humanidade Capítulo 1: Item 1 Européia Capítulo 1: Item 2 Asiática Capítulo 1: Item 2 Americana Capítulo 1: Item 3 Arqueologia Brasileira Capítulo 1: Item 4 A paisagem e

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR JANEIRO 75 0 75 2 73 1440 0 1440 104 1336 7 0 7 5 2 119 0 119 1 118 293 0 293 11 282 225 0 225 5 220 2 0 2 0 2 116 0 116 4 112 Página 1 de 12 FEVEREIRO 73 0 73 2 71 1336 0 1336 385 951 2 0 2 2 0 118 0

Leia mais

Polícia Militar do Distrito Federal

Polícia Militar do Distrito Federal Polícia Militar do Distrito Federal Guardiã da Primeira República? INTRODUÇÃO O presente artigo, objetiva demonstrar que no período de 1889 até 1930, a PMDF Polícia Militar do Distrito Federal - a raiz

Leia mais

Caderno de Aprendizagem

Caderno de Aprendizagem Caderno de Aprendizagem Módulo IV Unidade 3 Nome tutor data de entrega / / Governo Federal Ministério da Educação Secretaria de Educação a Distância Módulo IV Unidade 3 3 LINGUAGENS E CÓDIGOS Leia o poema

Leia mais

S N I. ORGANOGRAMA DO SISNI (Sistema Nacional de Informações) Demais informações e informes. Informações e informes estratégicos

S N I. ORGANOGRAMA DO SISNI (Sistema Nacional de Informações) Demais informações e informes. Informações e informes estratégicos ORGANOGRAMA DO SISNI (Sistema Nacional de Informações) Poder Judiciário Poder Legislativo (Eventual) Presidência da República S N I C. S. N. Ministros de Estado Ministérios Militares Exército (CIE) E M

Leia mais

História B Aula 21. Os Agitados Anos da

História B Aula 21. Os Agitados Anos da História B Aula 21 Os Agitados Anos da Década de 1930 Salazarismo Português Monarquia portuguesa foi derrubada em 1910 por grupos liberais e republicanos. 1ª Guerra - participação modesta ao lado da ING

Leia mais

Ciências Humanas. História e Geografia Professor: Renato Pellizzari e Claudio Hansen 08/10/2014. Material de apoio para Aula ao Vivo

Ciências Humanas. História e Geografia Professor: Renato Pellizzari e Claudio Hansen 08/10/2014. Material de apoio para Aula ao Vivo Ciências Humanas Material de apoio para Aula ao Vivo 1. A charge expressa enfaticamente uma característica do processo histórico de urbanização da sociedade brasileira. A crítica contida na charge refere-se

Leia mais

Santo Antonio da patrulha

Santo Antonio da patrulha Turismo fotográfico Santo Antonio da patrulha Pelos Viajantes da Câmera Novembro de 2014 Foto: Vera Carlotto Turismo Fotográfico em Santo Antonio da Patrulha Um lugar mágico! É um dos quatro primeiros

Leia mais

ESTUDANDO A Primeira República e o pacto federativo Para o vestibular

ESTUDANDO A Primeira República e o pacto federativo Para o vestibular ESTUDANDO A Primeira República e o pacto federativo Para o vestibular 1 (Fuvest-SP) Canudos não se rendeu. Exemplo único em toda a História, resistiu até ao esgotamento completo. (...) Caiu no dia 5, ao

Leia mais

Aluguel de imóvel na praia para o feriado de 7 de setembro varia de R$100,00 a R$760,00

Aluguel de imóvel na praia para o feriado de 7 de setembro varia de R$100,00 a R$760,00 Pesquisa CRECI Locação de Temporada Feriado de 7 de Setembro Aluguel de imóvel na praia para o feriado de 7 de setembro varia de R$100,00 a R$760,00 Quem deseja aproveitar na praia o fim de semana prolongado

Leia mais

Período Populista (1945/64)

Período Populista (1945/64) Período Populista (1945/64) INTRODUÇÃO Período de Democracia, sem censura e eleições direta (o( o povo vota) para presidente. O mundo encontrava-se no Período de Guerra Fria : Capitalistas (EUA) X Socialistas

Leia mais

OS JORNAIS E AS REPRESENTAÇÕES DE GETÚLIO VARGAS EM RIBEIRÃO PRETO

OS JORNAIS E AS REPRESENTAÇÕES DE GETÚLIO VARGAS EM RIBEIRÃO PRETO OS JORNAIS E AS REPRESENTAÇÕES DE GETÚLIO VARGAS EM RIBEIRÃO PRETO Autor: Lucas Dario ROMERO Y GALVANIZ Orientador: Prof. Me. Rafael Cardoso de MELLO APRESENTAÇÃO: A cidade de Ribeirão Preto, no final

Leia mais

Hospitais com Registros Hospitalares de Câncer Região Sul (atualizado em junho de 2009)

Hospitais com Registros Hospitalares de Câncer Região Sul (atualizado em junho de 2009) Hospitais com Registros Hospitalares de Câncer Região Sul (atualizado em junho de 2009) PARANÁ CASCAVEL Clinica Médica Nossa Senhora de Salete Rua Carlos de Carvalho, 4183 - Centro - Cascavel - PR Cep:

Leia mais

A GUERRA DO PARAGUAI FOI O MAIOR E MAIS SANGRENTO CONFLITO ARMADO OCORRIDO NA AMÉRICA DO SUL PERÍODO= 1864-1870

A GUERRA DO PARAGUAI FOI O MAIOR E MAIS SANGRENTO CONFLITO ARMADO OCORRIDO NA AMÉRICA DO SUL PERÍODO= 1864-1870 Não é possível exibir esta imagem no momento. A GUERRA DO PARAGUAI FOI O MAIOR E MAIS SANGRENTO CONFLITO ARMADO OCORRIDO NA AMÉRICA DO SUL PERÍODO= 1864-1870 É também chamada Guerra da Tríplice Aliança

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2011 DIREITO PROVA DISCURSIVA

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2011 DIREITO PROVA DISCURSIVA ESCREVA AQUI SEU NÚMERO DE INSCRIÇÃO: PROVA DISCURSIVA - O presente caderno contém 0 (três) questões de História e 0 (três) questões de Geografia, dentre as quais você deverá escolher DUAS de cada disciplina

Leia mais

Governos. Populistas Brasileiros (1946-1964) Entregar? Nacionalizar? Prof. Abdulah 3ºano/Pré- vesjbular Aulas 20 e 21 (SAS)

Governos. Populistas Brasileiros (1946-1964) Entregar? Nacionalizar? Prof. Abdulah 3ºano/Pré- vesjbular Aulas 20 e 21 (SAS) Governos Entregar? Populistas Brasileiros (1946-1964) OU Prof. Abdulah 3ºano/Pré- vesjbular Aulas 20 e 21 (SAS) Nacionalizar? PRINCIPAIS PARTIDOS PSD (Par(do Social Democrá(co): Principal par*do. Criado

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA CÂMARA DE VEREADORES DE BIGUAÇU

ESTADO DE SANTA CATARINA CÂMARA DE VEREADORES DE BIGUAÇU AUTOGRAFO PROJETO DE LEI N 48/2011 Dispõe Sobre a Execução do Hino Nacional Brasileiro nas Escolas do município de Biguaçu e dá outras providencias. Autora: Vereadora Salete Orlandina Cardoso O 1 - As

Leia mais