Hor arios de visita: Local:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Hor arios de visita: Local:"

Transcrição

1 Hor arios de visita: Voceest ˆ a cordialmente convidado a visitar nossas instalaçoes. Os hor arios de visita sao de segunda a sexta as ` 8h30, 9h30, 10h30, 13h30, 14h30 e 15h30. Local: Avenida Concha y Toro, 3456 (continuaçao da avenida Vicuna Mackenna), paradero (ponto de onibus) ˆ 30, Puente Alto, Regi ao Metropolitana, estaç ao do metr ˆ o do Hospital S otero del R ıo. Telefone: (56-2) Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania. Impresso no Brasil Todos os direitos reservados. fo-t Ch

2 ˆ E um INTRODUC AO prazer recebe-los na sede das Testemunhas de Jeov a no Chile. Esperamos que sua visita seja agrad avel. Este conjunto de pr edios echamado de Betel, que significa Casa de Deus. Esse nome b ıblico e apropriado, pois os 130 volunt arios que moram e servem aqui sao ministros cristaos que dedicaram sua vida a Jeov a Deus e participam por tempo integral em promover a obra mundial de pregaçao. Mais de 7 milhoes de Testemunhas de Jeov aem mais de 235 pa ıses fazem o trabalho que Jesus deu aos seus disc ıpulos pregarasboasnovasdoreino de Deus. (Mateus 24:14; 28:19, 20) H amaisde 110 filiais e congeneres ˆ em todo o mundo, todas trabalhando sob a direçao do Corpo Governante das Testemunhas de Jeov a. Para acompanhar o crescimento dessa obra aqui no Chile, a sede foi ampliada v arias vezes desde que foi estabelecida em O escrit orio administrativo foi transferido para Puente Alto em 1986 e ampliado em 1991 e 2007.

3 PROGRAMAS ESPIRITUAIS Toda manha, de segunda a sexta, a fam ılia de Betel se re une no caf e-da-manh aparaconsiderar um texto da B ıblia usando o folheto Examine as Escrituras Diariamente. Um irm ao dirige essa consideraç ao de 15 minutos e membros da fam ılia s ao designados para comentar sobre o texto. Ap os a consideraç ao, a fam ılia ouve uma oraç ao, e da ıocaf e-da-manh a eservido. ` As vezes, s ao inclu ıdos outros programas especiais Nas noites de segunda-feira, a fam ılia inteira se re une para estudar a B ıblia com a ajuda da revista ASentinela. ap os o estudo da revista. Essas consideraçoes feitas em todas as manhas de trabalho e as ` segundas-feiras a ` noite sao parte importante da vida em Betel. Assim que chegam, os novos membros da fam ılia de Betel matriculam-se na Escola de Iniciantes. Eles precisam tamb em ler a B ıblia inteira durante seu primeiro ano em Betel. Cada membro da fam ılia de Betel tamb em programa tempo para o estudo pessoal da B ıblia. Eles t ˆ em acesso a uma biblioteca contendo as publicaç oes das Testemunhas de Jeov a e outras obras de refer ˆ encia. Al em do mais, membros da fam ılia de Betel sao designados para congregaçoes nas redondezas para poderem participar plenamente no minist erio. Muitos betelitas servem como anciaos e servos ministeriais.

4 O LAR DE BETEL Todos os membros da fam ılia de Betel recebem acomodaçoes, alimento e um modesto reembolso para ajudar nas despesas pessoais. E pode-se realmente dizer que sao uma fam ılia, pois eles servem a seu Pai celestial, Jeov adeus,emuni ao. Como fam ılia, trabalham, tomam refeiç oes e estudam a B ıblia juntos. Os membros da fam ılia de Betel realizam uma variedade de serviços essenciais. Por exemplo, os que trabalham na cozinha e no refeit orio providenciam refeiç oes nutritivas para a fam ılia. Outros membros cuidam da limpeza, da arrumaçao e da lavagem de roupas. Essas designaçoes contribuem para o alto padrao de limpeza da fam ılia. O lar de Betel e os equipamentos recebem manutençao cuidadosa, o que reduz a necessidade de reparos ou consertos e proporciona uma consider avel economia.

5 ESCRIT ORIOS Comissao de Filial. Sob a direçao do Corpo Governante das Testemunhas de Jeov a, a Comissao de Filial supervisiona o trabalho de educaç ao b ıblica feito no Chile e nas ilhas Malvinas (Falkland). Departamento de Servico. Esse departamento cuida da correspondencia ˆ com superintendentes viajantes, anciaos congregacionais, pioneiros e publicadores. O Departamento de Serviço tamb em programa congressos de distrito, assembleias de circuito e dias de assembleia especial. Al em disso, aqui se faz o registro e o processamento das designaç oes de territ orio e dos relat orios de serviço de campo das congregaçoes. Tamb em sao providenciados programas educacionais como a Escola de Treinamento Ministerial, a Escola do Serviço de Pioneiro e cursos de idiomas. Departamento de Construc ao de Saloes do Reino. Esse departamento supervisiona a construç ao e a reforma de Saloes do Reino. Ajuda as congregaçoes a organizar projetos de construçao, atender aos requisitos legais, seguir altos padroes de segurança e se certificar de que a construçao seja de excelente qualidade. Desde seu in ıcio, centenas de Sal oes do Reino foram constru ıdos ou reformados por todo o pa ıs. Departamento de Traduc ao. Aqui, publicaçoes b ıblicas sao traduzidas para a l ıngua de sinais chilena, o rapanui e o mapudungun. Departamento de Informac oes sobre Hospitais. Esse departamento fornece ` as Comiss oes de Ligaçao com Hospitais em todo o pa ıs informaçoes atualizadas a respeito de procedimentos m edicos sem sangue. Por sua vez, essas comissoes passam as informaçoes a m edicos dispostos a tratar Testemunhas de Jeov a sem o uso de sangue. O Departamento de Informaçoes sobre Hospitais tamb em coordena os esforços dos Grupos de Visitas a Pacientes, que dao apoio amoroso a irm aos e irm as que est ao hospitalizados. Os volunt arios que servem em outros escrit orios cuidam da contabilidade, correspond ˆ encia e de assuntos legais, enquanto outros cuidam da compra de equipamentos e suprimentos, importaçao de publicaçoes e revistas, e d ao suporte t ecnico para sistemas de comunicaç ao e inform atica. DISTRIBUIC AO DE PUBLICAC OES B IBLICAS Nossa sede nao imprime publicaçoes b ıblicas, mas distribui B ıblias e publicaçoes b ıblicas para todas as partes do territ orio da filial. Departamento de Expedic ao. Os pedidos para livros e revistas recebidos das congregaçoes em todo o Chile s ao processados cada m ˆ es. As publicaç oes s ao ent ao empacotadas e enviadas por nossos caminh oes a algumas partes do pa ıs. Para outras regi oes, s ao usadas transportadoras contratadas. Esperamos sinceramente que voc ˆ e tenha gostado de sua visita a Betel. Sem d uvida, agora voc ˆ e tem uma compreens ao melhor do trabalho que as Testemunhas de Jeov a realizam para ajudar aqueles que anseiam condiç oes melhores sob o Reino de Deus. Nosso desejo e que voc ˆ e continue a assimilar conhecimento de nosso amoroso Criador e se esforce para viver em harmonia com suas normas justas.. Departamento de Servi co. Mesa de Congressos % Gravac ao em l ıngua de sinais + Departamento de Expedic. ao + Departamento de Tradu c ao + Departamento de Informac oes sobre Hospitais + Departamento de Construc ao de Saloes do Reino

6

PROGRAMA IMITE JESUS! 2015 Congresso das Testemunhas de Jeov a

PROGRAMA IMITE JESUS! 2015 Congresso das Testemunhas de Jeov a PROGRAMA IMITE JESUS! 2015 Congresso das Testemunhas de Jeov a SEXTA-FEIRA Aprenda de Mim MATEUS11:29 MANHA 9:20 M usica 9:30 Cantico ˆ 5 e Orac ao 9:40 DISCURSO DO PRESIDENTE: Imite Jesus PorqueeComo?(Lucas

Leia mais

P ROGRAM A IMITE A JESUS. 2015 Congresso das Testemunhas de Jeov á L Í NGUA BRASILEIRA DE SINA IS

P ROGRAM A IMITE A JESUS. 2015 Congresso das Testemunhas de Jeov á L Í NGUA BRASILEIRA DE SINA IS P ROGRAM A IMITE A JESUS 2015 Congresso das Testemunhas de Jeov á L Í NGUA BRASILEIRA DE SINA IS SEXTA-FEIRA Aprendam de mim MATEUS 11:29 MANHÃ 9:20 M úsica 9:30 Cântico ˆ 5 e oraç ão 9:40 DISCURSO DO

Leia mais

Bem-vindo asededas ` Testemunhas de Jeov a no Brasil

Bem-vindo asededas ` Testemunhas de Jeov a no Brasil Esperamos que tenha gostado de sua visita a Betel. Com certeza, ela o ajudou a conhecer melhor a obra que as Testemunhas de Jeov a realizam para ajudar as pessoas que buscam um futuro melhor sob o Reino

Leia mais

ao pelos idosos 19-25 de maio Mostre considerac 26 de maio 1. de junho Quando pais idosos precisam de cuidados Edic ao de Letras Grandes PARTE 2

ao pelos idosos 19-25 de maio Mostre considerac 26 de maio 1. de junho Quando pais idosos precisam de cuidados Edic ao de Letras Grandes PARTE 2 34567 15 DE MARCO DE 2014 19-25 de maio Mostre considerac ao pelos idosos P AGINA 3 CANTICOS: ˆ 90, 135 26 de maio 1. de junho Quando pais idosos precisam de cuidados P AGINA 18 CANTICOS: ˆ 134, 29 Edic

Leia mais

CONTINUE A BUSCAR PRIMEIRO O REINO. Congresso das. Testemunhas de Jeov a P R O G R A M A

CONTINUE A BUSCAR PRIMEIRO O REINO. Congresso das. Testemunhas de Jeov a P R O G R A M A CONTINUE A BUSCAR PRIMEIRO O REINO Congresso das Testemunhas de Jeov a 2014 P R O G R A M A CONTINUE A BUSCAR PRIMEIRO O REINO 2014 Congresso das Testemunhas de Jeov a Organizado pelo Corpo Governante

Leia mais

nosso melhor Amigo 21-27 de abril Jeov a nosso Provisor e Protetor 28 de abril 4 de maio Edic ao de Letras Grandes PARTE 2 P AGINA CANTICOS: ˆ 60, 51

nosso melhor Amigo 21-27 de abril Jeov a nosso Provisor e Protetor 28 de abril 4 de maio Edic ao de Letras Grandes PARTE 2 P AGINA CANTICOS: ˆ 60, 51 34567 15 DE FEVEREIRO DE 2014 21-27 de abril Jeov a nosso Provisor e Protetor P AGINA 3 CANTICOS: ˆ 60, 51 28 de abril 4 de maio Jeov a nosso melhor Amigo P AGINA 18 CANTICOS: ˆ 91, 63 Edic ao de Letras

Leia mais

PROTEJA SEU PROGRAMA. Congresso de Distrito. das Testemunhas de Jeov a

PROTEJA SEU PROGRAMA. Congresso de Distrito. das Testemunhas de Jeov a PROTEJA SEU CORAÇ AO! Congresso de Distrito das Testemunhas de Jeov a 2012 PROGRAMA PROTEJA SEU CORAÇ AO! Congresso de Distrito das Testemunhas de Jeov a 2012 Organizado pelo Corpo INFORMAC OES Governante

Leia mais

P ROGRAM A CONTINUE LEAL. Congresso das Testemunhas de Jeov á

P ROGRAM A CONTINUE LEAL. Congresso das Testemunhas de Jeov á P ROGRAM A CONTINUE LEAL A JEOV Á 2016 Congresso das Testemunhas de Jeov á SEXTA-FEIRA Ame a lealdade Miqueias 6:8 MANHÃ 9:20 Apresentaç 9:30 Cântico ˆ 102 e oraç ão 9:40 DISCURSO DO PRESIDENTE: Jeov á

Leia mais

Minhas Primeiras Li coes da Bıblia

Minhas Primeiras Li coes da Bıblia Minhas Primeiras Liçoes da B ıblia 1 2 3 4 5 6 2013 WATCH TOWER BIBLE AND TRACT SOCIETY OF PENNSYLVANIA ASSOCIAC AO TORRE DE VIGIA DE B IBLIAS E TRATADOS Todososdireitosreservados Minhas Primeiras Liçoes

Leia mais

P ROGRAM A IMITE A JESUS Congresso das Testemunhas de Jeov á

P ROGRAM A IMITE A JESUS Congresso das Testemunhas de Jeov á P ROGRAM A IMITE A JESUS 2015 Congresso das Testemunhas de Jeov á SEXTA-FEIRA Aprendam de mim MATEUS 11:29 MANHÃ 9:20 M úsica 9:30 Cântico ˆ 5 e oraç ão 9:40 DISCURSO DO PRESIDENTE: Imite a Jesus Por que

Leia mais

ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO

ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO ANOTAÇÕES Como Planejar Um Culto Sensível Aos Não-crentes INTRODUÇÃO Uma das características do ministério de Jesus é que ele atraía muitas pessoas A Bíblia diz que "Numerosas

Leia mais

Nossa Vida e Minist ério Cristão

Nossa Vida e Minist ério Cristão N. 5 2016 SETEMBRO DE 2016 Nossa Vida e Minist ério Cristão APOSTILA DO MÊS Ideias para Apresentaç ões 34567 Quem pode nos dar verdadeiro consolo? A SENTINELA Pergunte: De vez em quando, todos n ós precisamos

Leia mais

Selecionando e Desenvolvendo Líderes

Selecionando e Desenvolvendo Líderes DISCIPULADO PARTE III Pr. Mano Selecionando e Desenvolvendo Líderes A seleção de líderes é essencial. Uma boa seleção de pessoas para a organização da célula matriz facilitará em 60% o processo de implantação

Leia mais

Dons Espirituais. A maior causa de nossa fraqueza espiritual como um povo é a falta de fé real nos dons espirituais. (Review and Herald 14/08/1868).

Dons Espirituais. A maior causa de nossa fraqueza espiritual como um povo é a falta de fé real nos dons espirituais. (Review and Herald 14/08/1868). Dons Espirituais Por que é importante conhecer o tema? Somos admoestados a conhecê-los. (I Corintios 12:1). Somos motivados a usá-los. (I Timóteo 4:10). Somos responsáveis pelo uso. (I Pedro 4:10). A maior

Leia mais

Meu Caminho para a Autossuficiência

Meu Caminho para a Autossuficiência Meu Caminho para a Autossuficiência Queridos irmãos e irmãs, O Senhor declarou: É meu propósito suprir a meus santos (D&C 104:15). Essa revelação é uma promessa do Senhor de que Ele proverá bênçãos materiais

Leia mais

Porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade. Filipenses 2:13. Prezado amigo,

Porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade. Filipenses 2:13. Prezado amigo, S o l i c i ta ç ã o d e A n ú n c i o d e E n f e r m e i r o d a C i ê n c i a C r i s tã no The Christian Science Journal (e O Arauto da Ciência Cristã ) Porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer

Leia mais

GUIA DO ESTAGIÁRIO CURSO SUPERIOR

GUIA DO ESTAGIÁRIO CURSO SUPERIOR GUIA DO ESTAGIÁRIO CURSO SUPERIOR FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO VICENTE CURSO SUPERIOR EM BACHAREL EM SITEMAS DE INFORMAÇÃO 1 Faculdade de Tecnologia de São Vicente Av. Presidente Wilson, 1013 Centro

Leia mais

VAMOS OUSAR A ALEGRIA DO DEUS CONNOSCO JESUS CRISTO

VAMOS OUSAR A ALEGRIA DO DEUS CONNOSCO JESUS CRISTO VAMOS OUSAR A ALEGRIA DO DEUS CONNOSCO JESUS CRISTO DIOCESE DE AVEIRO - CAMINHADA DE ADVENTO 2014 - ANO B semana 1 semana 2 semana 3 semana 4 Natal O Tempo do Advento tem dupla característica: é tempo

Leia mais

Lição Três. Falando com Deus. (Aprendendo a Orar) QUE É A ORAÇÃO

Lição Três. Falando com Deus. (Aprendendo a Orar) QUE É A ORAÇÃO Livro 1 página 20 Lição Três Falando com Deus (Aprendendo a Orar) QUE É A ORAÇÃO Definição: A oração é simplesmente falar com Deus e escutá-lo. É como ter uma conversa com um bom amigo. Que Privilégio!

Leia mais

Guia do Estagiário Curso Superior Faculdade de Tecnologia de São Vicente Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial (Mecatrônica)

Guia do Estagiário Curso Superior Faculdade de Tecnologia de São Vicente Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial (Mecatrônica) Guia do Estagiário Curso Superior Faculdade de Tecnologia de São Vicente Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial (Mecatrônica) Faculdade de Tecnologia de São Vicente Av Presidente Wilson,

Leia mais

Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Informações Acadêmicas - Intercâmbio Destino (Cidade/País): Waltham, Estados Unidos Nome: Renato Barroco Informações Acadêmicas FEA Administração Graduação Diurno Economia Pós Noturno Contabilidade Atuaria Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Leia mais

Décima Primeira Lição

Décima Primeira Lição 70 Décima Primeira Lição AUTORIDADE NA EDUCAÇÃO DOS FILHOS A EDUCAÇÃO DOS FILHOS NO LAR A) O lar tem suma importância na vida humana, pois é o berço de costumes, hábitos, caráter, crenças e morais de cada

Leia mais

O Que a B Realmente Ensina?

O Que a B Realmente Ensina? O Que a B íblia Realmente Ensina? s Peça um curso da B íblia. É gr átis! bh-t 150227 OQueaB ıblia Realmente Ensina? ESTE LIVRO PERTENCE A Cr edito das fotos: P aginas 24-25: foto de Edouard Boubat, OMS

Leia mais

Pós-graduação em Missões

Pós-graduação em Missões Pós-graduação em Missões Diretor Executivo Pr. Ricardo Chen (Reitor) Diretor Acadêmico Prof. Ziel Machado Cooperador e parceiro Prof. Marcos Amado 1) Servo de Cristo e a legislação vigente O Servo de Cristo

Leia mais

2010 United States Spiritist Council

2010 United States Spiritist Council 2010 United States Spiritist Council O Evangelho no Lar é um espaço para o crescimento espiritual. Nos ajuda a sermos tolerantes, respeitosos e compassivos para com os outros e nós mesmos, ao mesmo tempo

Leia mais

Treinamento de Administrador de Grupo

Treinamento de Administrador de Grupo Resumo do Treinamento Funções de Indexação Este é um breve resumo das funções em um programa de indexação e como elas trabalham juntas. Administrador de Grupo O Administrador de Grupo supervisiona o programa

Leia mais

O Segredo de Uma FAM ILIA FELIZ

O Segredo de Uma FAM ILIA FELIZ O Segredo de Uma FAM ILIA FELIZ A O Segredo de Uma FAM ILIA FELIZ FAM ILIA e a mais antiga instituic aohumanaqueseconhece, mas hoje em dia passa por dificuldades. O assustador aumentodoabusodedrogasedaimoralidade

Leia mais

EVANGELISMO CRIATIVO Pr. Carlos Alberto. Leitura do Contexto Observar a realidade. Qualidade Total Eficiência do produto apresentado

EVANGELISMO CRIATIVO Pr. Carlos Alberto. Leitura do Contexto Observar a realidade. Qualidade Total Eficiência do produto apresentado EVANGELISMO CRIATIVO Pr. Carlos Alberto Leitura do Contexto Observar a realidade Qualidade Total Eficiência do produto apresentado Relacionamentos Capacidade de fazer amizades Conservando Resultados Discipulado

Leia mais

Você foi criado para fazer parte da família de Deus.

Você foi criado para fazer parte da família de Deus. 3ª Semana Você foi criado para fazer parte da família de Deus. I- CONECTAR: Inicie o encontro com dinâmicas que possam ajudar as pessoas a se conhecer e se descontrair para o tempo que terão juntas. Descreva

Leia mais

Um de seus principais objetivos como professor(a) da Escola Dominical é incentivar os jovens a aprender como estudar

Um de seus principais objetivos como professor(a) da Escola Dominical é incentivar os jovens a aprender como estudar Atividades de Aprendizado Atividades para as aulas da Escola Dominical APRENDIZADO do EVANGELHO Um de seus principais objetivos como professor(a) da Escola Dominical é incentivar os jovens a aprender como

Leia mais

Dia de Descoberta Familiar

Dia de Descoberta Familiar RootsTech Dia de Descoberta Familiar Guia de Planejamento: Nível 2 Publicado por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias Salt Lake City, Utah 2015 Intellectual Reserve, Inc. Todos os direitos

Leia mais

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 Apostila Fundamentos Batismo nas Águas batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 B a t i s m o n a s Á g u a s P á g i n a 2 Batismo nas Águas Este é outro passo que está

Leia mais

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil Documento do MEJ Internacional Para que a minha alegria esteja em vós Por ocasião dos 100 anos do MEJ O coração do Movimento Eucarístico Juvenil A O coração do MEJ é a amizade com Jesus (Evangelho) B O

Leia mais

3ª LIÇÃO - AS 4 LEIS ESPIRITUAIS

3ª LIÇÃO - AS 4 LEIS ESPIRITUAIS 0 3ª LIÇÃO - AS 4 LEIS ESPIRITUAIS Este material tem sido usado em quase todo mundo e traduzido em diversas línguas por ter sido comprovado por sua eficácia por todos que o usam. Muitos são os seus benefícios,

Leia mais

BETEL ADMITE DIVULGAR DOUTRINA FALSA

BETEL ADMITE DIVULGAR DOUTRINA FALSA PÁGINA 1 BETEL ADMITE DIVULGAR DOUTRINA FALSA POR CAUSA DE DINHEIRO! Rildo Arantes (ril.arantes@hotmail.com) Fiquei bem surpreso ao receber a "Edição de 2006" da brochura O Governo Que Estabelecerá o Paraíso.

Leia mais

Lembrança da Primeira Comunhão

Lembrança da Primeira Comunhão Lembrança da Primeira Comunhão Jesus, dai-nos sempre deste pão Meu nome:... Catequista:... Recebi a Primeira Comunhão em:... de... de... Local:... Pelas mãos do padre... 1 Lembrança da Primeira Comunhão

Leia mais

tradicional amizade que une o Brasil e o Chile, tural, e para êsse fim nomeiam seus Plenipotenciârios, a saber:

tradicional amizade que une o Brasil e o Chile, tural, e para êsse fim nomeiam seus Plenipotenciârios, a saber: CONVÊNIO DE INTERCÂMBIO CULTURAL BRASIL-CHILE Os Governos dos Estados Unidos do Brasil e da República do Chile, CONVENCIDOS de que, para o mais amplo desenvolvimen to da cultura americana e da política

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 1 REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA CAPÍTULO I DO NOME, FINALIDADE E LEMA. Art. 1 - O Conselho de Educação Religiosa (CER) é um departamento interno da Igreja Presbiteriana Betel que

Leia mais

SOCIEDADE BATISTA DE BENEFICÊNCIA TABEA

SOCIEDADE BATISTA DE BENEFICÊNCIA TABEA ALTERAÇÃO ESTATUTÁRIA Conforme Assembléia Geral Extraordinária realizada em vinte e três de julho de dois mil e dez (23.07.2010), devidamente convocada na forma prevista pelo estatuto, para o fim específico

Leia mais

Visite o nosso site: www.convencaocieb.com.br

Visite o nosso site: www.convencaocieb.com.br Contábil e Jurídico Página 2 REPRESENTAÇÃO Seja um Representante Página 3 ATENÇÃO! CANTORES VEM AI 1ª Coletânea CIEB Página 4 Agende um cantor ou um pregador Página 5 JORNAL O MENSAGEIRO CULTO DOS AMIGOS

Leia mais

Texto do dia. "Disse-lhes, então: Dai, pois, a César o que é de César e a Deus, o que é de Deus" (Lc 20.25).

Texto do dia. Disse-lhes, então: Dai, pois, a César o que é de César e a Deus, o que é de Deus (Lc 20.25). Lição 12 21/06/2015 Texto do dia "Disse-lhes, então: Dai, pois, a César o que é de César e a Deus, o que é de Deus" (Lc 20.25). Síntese O exercício da cidadania terrena e a participação política dos servos

Leia mais

O DNA DOS QUE SERVEM A DEUS POR AMOR

O DNA DOS QUE SERVEM A DEUS POR AMOR Mensagem: 21/04/2013 No domingo passado aprendemos sobre os sinais na vida de quem serve a Deus pelo amor. Vimos que, servir a Deus por amor a Ele e ao Seu filho Filho Jesus é o centro da vida cristã e

Leia mais

ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS.

ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS. ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS. 01. SERVENTE Descrição Sintética: compreende os cargos que se destinam a executar, sob supervisão, serviços de limpeza como varrer, lavar, desinfetar e arrumar as dependências

Leia mais

Anexo I Atribuições e Requisitos dos Empregos

Anexo I Atribuições e Requisitos dos Empregos 15 Anexo I Atribuições e Requisitos dos Empregos SÍNTESE DOS DEVERES E ATRIBUIÇÕES DOS EMPREGOS 1. ATRIBUIÇÕES COMUNS: 1.1 Aos empregos de nível fundamental, médio e técnico: - Participar de atividades

Leia mais

JEREMIAS E A MENSAGEM DE DEUS PARA N OS. Ediçao de Letras Grandes

JEREMIAS E A MENSAGEM DE DEUS PARA N OS. Ediçao de Letras Grandes JEREMIAS E A MENSAGEM DE DEUS PARA N OS Ediçao de Letras Grandes ` ˇ Como os escritos de Jeremias se aplicam as pessoas em nossos dias? ˇ Que liçoes podemos tirar do livro de Jeremias? JEREMIAS E A MENSAGEM

Leia mais

GESTÃO DE CUSTOS E CONTROLES

GESTÃO DE CUSTOS E CONTROLES GESTÃO DE CUSTOS E CONTROLES No fascículo anterior tratamos da importância de desenvolver e treinar os profissionais que trabalham no consultório médico e o quanto são importantes para que a empresa seja

Leia mais

http://www.webmail.ufop.br/webmail/src/download.php?absolute_dl=true&passed_id=552...

http://www.webmail.ufop.br/webmail/src/download.php?absolute_dl=true&passed_id=552... Página 1 de 8 Formulário do Plano de Desenvolvimento Institucional PDI O Plano de Desenvolvimento Institucional PDI consiste num documento em que se definem a missão da instituição de ensino superior e

Leia mais

Anexo 1 DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES DO CARGO

Anexo 1 DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES DO CARGO Anexo 1 DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES DO CARGO Cargos Classe B Auxiliar de Laboratório: desenvolver atividades auxiliares gerais de laboratório bem como, de áreas específicas, de acordo com as especialidades,

Leia mais

ENCONTRO COM A PALAVRA

ENCONTRO COM A PALAVRA CURSO BÍBLICO INTERNACIONAL ENCONTRO COM A PALAVRA O EVANGELHO DE JOÃO (VERSÍCULO POR VERSÍCULO) (Capítulos 1-10) Apostilas 23, 24 e 25 PR. DICK WOODWARD Toda glória e honra ao Senhor nosso Deus! Este

Leia mais

Juniores aluno 7. Querido aluno,

Juniores aluno 7. Querido aluno, Querido aluno, Por acaso você já se perguntou algumas destas questões: Por que lemos a Bíblia? Suas histórias são mesmo verdadeiras? Quem criou o mundo? E o homem? Quem é o Espírito Santo? Por que precisamos

Leia mais

QUEM EST Á FAZENDO A VONTADE DE JEOV Á HOJE?

QUEM EST Á FAZENDO A VONTADE DE JEOV Á HOJE? QUEM EST Á FAZENDO A VONTADE DE JEOV Á HOJE? TESTEMUNHAS DE JEOV Á QUEM SOMOS Liç ões 1-4 As Testemunhas de Jeov á estão espalhadas em 240 pa íses e são de todas as raças e culturas. O que levou pessoas

Leia mais

PROPOSTA DE LEI N.º 37/X. Exposição de Motivos

PROPOSTA DE LEI N.º 37/X. Exposição de Motivos PROPOSTA DE LEI N.º 37/X Exposição de Motivos Através da presente iniciativa visa-se a aprovação de disposições que complementem o quadro legal vigente sobre asilo e refugiados, estabelecido pela Lei n.º

Leia mais

Manual de Estágio Supervisionado. Curso de Engenharia Civil da UFC

Manual de Estágio Supervisionado. Curso de Engenharia Civil da UFC UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CENTRO DE TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Manual de Estágio Supervisionado Curso de Engenharia Civil da UFC Fortaleza Ceará Março/2006 SUMÁRIO 1. Introdução...3

Leia mais

PROJETO MISSIONÁRIO JUAZEIRO/BAHIA 14 a 26 de janeiro de 2014 FORTALECENDO A IGREJA E SERVINDO PESSOAS

PROJETO MISSIONÁRIO JUAZEIRO/BAHIA 14 a 26 de janeiro de 2014 FORTALECENDO A IGREJA E SERVINDO PESSOAS PROJETO MISSIONÁRIO JUAZEIRO/BAHIA 14 a 26 de janeiro de 2014 FORTALECENDO A IGREJA E SERVINDO PESSOAS Nome do Projeto Projeto Missionário em Juazeiro-Ba Coordenadora da Missão Zero Liliana M. Dhein Coordenador

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty

Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty Nome Data de início: / / Data de término: / / 2 Leitura Pessoal David Batty 1ª Edição Brasil As referências Bíblicas usadas nesta Lição foram retiradas

Leia mais

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões OBJETIVOS CONSULTAR A OPINIÃO DOS BRASILEIROS SOBRE A SAÚDE NO PAÍS, INVESTIGANDO A SATISFAÇÃO COM SERVIÇOS PÚBLICO E PRIVADO, ASSIM COMO HÁBITOS DE SAÚDE PESSOAL E DE CONSUMO DE MEDICAMENTOS METODOLOGIA

Leia mais

AS LIÇÕES DE PARA EL SHADAI

AS LIÇÕES DE PARA EL SHADAI AS LIÇÕES DE PARA EL SHADAI A SITUAÇÃO DA INGLATERRA NO SÉCULO XIX - 1801-1900 Revol. Industrial e desemprego Epidemia de cólera na Europa. 1834 Muitas mortes. Péssimas condições sociais. Crianças famintas

Leia mais

Relatório - Casa de Apoio dos Pais Participantes Janeiro a junho de 2008

Relatório - Casa de Apoio dos Pais Participantes Janeiro a junho de 2008 Relatório - Casa de Apoio dos Pais Participantes Janeiro a junho de 2008 A Casa de Apoio dos Pais Participantes encontra-se em atividade desde 1999. Tem sido coordenada por profissionais do Departamento

Leia mais

Meu Caminho para a Autossuficiência

Meu Caminho para a Autossuficiência Meu Caminho para a Autossuficiência Queridos irmãos e irmãs, O Senhor declarou: É meu propósito suprir a meus santos (D&C 104:15). Essa revelação é uma promessa do Senhor de que Ele proverá bênçãos materiais

Leia mais

RECAPITULANDO... MATEUS 28:18-20

RECAPITULANDO... MATEUS 28:18-20 MÓDULO 1 RECAPITULANDO... MATEUS 28:18-20 18 Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. 19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os

Leia mais

www.portalcpm.com.br

www.portalcpm.com.br www.portalcpm.com.br 2015 Pr. Elvis Alexandre Garcia Pastor da Igreja de Cristo de Monte Carmelo 12 ANOS. Formação Profissional Curso Superior em Comunicação Institucional; Curso Superior em Letras; MBA

Leia mais

D-18911-2010. Ao seu lado na área de emergência

D-18911-2010. Ao seu lado na área de emergência D-18911-2010 Ao seu lado na área de emergência 2 Em um caso de emergência, cada segundo conta. D-18913-2010 D-18914-2010 Lidando com o inesperado Na emergência, você nunca sabe o que esperar. Na Dräger,

Leia mais

SISTEMA DE SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE CLÍNICAS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGENS

SISTEMA DE SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE CLÍNICAS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGENS SISTEMA DE SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE CLÍNICAS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGENS OBJETIVO DA SOLUÇÃO GERCLIM WEB A solução GERCLIM WEB tem por objetivo tornar as rotinas administrativas e profissionais de sua clínica,

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO DEPARTAMENTO REGIONAL DE PERNAMBUCO. Faculdade Senac PE/Sesc PE

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO DEPARTAMENTO REGIONAL DE PERNAMBUCO. Faculdade Senac PE/Sesc PE SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO DEPARTAMENTO REGIONAL DE PERNAMBUCO Faculdade Senac PE/Sesc PE FACULDADE ABERTA À TERCEIRA IDADE 2014.2 O Sistema FECOMÉRCIO, através

Leia mais

Nos Estados Unidos da América estima-se que aproximadamente 12. crianças americanas influenciam compras que totalizam

Nos Estados Unidos da América estima-se que aproximadamente 12. crianças americanas influenciam compras que totalizam Nos Estados Unidos da América estima-se que aproximadamente 12 bilhões de dólares por ano sejam gastos com anúncios para as crianças, já que as crianças americanas influenciam compras que totalizam 500

Leia mais

Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO

Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO ORIENTAÇÕES GERAIS Bem-vindos à nova estação dos GFs: a estação do evangelismo! Nesta estação queremos enfatizar pontos sobre nosso testemunho de vida

Leia mais

A ESCOLHA CERTA. UM PARCEIRO QUE SE IMPORTA COM VOCÊ. Serviços Inteligentes

A ESCOLHA CERTA. UM PARCEIRO QUE SE IMPORTA COM VOCÊ. Serviços Inteligentes Serviços Inteligentes UM PARCEIRO QUE SE IMPORTA COM VOCÊ. Oferecemos 100 anos de liderança na inovação de imagens e em TI na área de saúde. Nossa equipe de serviços em todo o mundo trabalha junto com

Leia mais

Conselho Missionário da Igreja. O que é? Como organizar?

Conselho Missionário da Igreja. O que é? Como organizar? Conselho Missionário da Igreja O que é? Como organizar? O que é? Como organizar? É o agente da Missão é o Corpo de Cristo e o comprometimento da Igreja surge a partir da oração, estudo dos princípios bíblia

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Roteiro 4 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo I Aprendendo com as Profecias Objetivos Interpretar, à luz da Doutrina

Leia mais

GUIA PRÁTICO COMO FINANCIAR SUA CASA PRÓPRIA PELO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA

GUIA PRÁTICO COMO FINANCIAR SUA CASA PRÓPRIA PELO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA GUIA PRÁTICO COMO FINANCIAR SUA CASA PRÓPRIA PELO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA INTRODUÇÃO O que você vai encontrar neste guia Todos os anos, milhões de brasileiros realizam o sonho da casa própria graças

Leia mais

Liderança. da Primária

Liderança. da Primária Liderança da Primária Alcançando Cada Um A Presidência da Primária da Estaca está aconselhando as Presidências da Primária das Alas a revisar as listas de membros regularmente. 1. Procure padrões de freqüência.

Leia mais

terça-feira, 26 de junho de 12

terça-feira, 26 de junho de 12 Recapitulando: O compromisso do descanso O compromisso do serviço O compromisso da vida comunitária hoje: O compromisso da devocionalidade Cuidamos do corpo e da alma? 1 Timóteo 4.7-8 Versão Revista e

Leia mais

FENG SHUI E A NUMEROLOGIA. 2 e 6. 7 e 9 4 e 3

FENG SHUI E A NUMEROLOGIA. 2 e 6. 7 e 9 4 e 3 FENG SHUI E A NUMEROLOGIA 8 e 3 3 2 e 6 2 e 6 4 3 e 7 7 e 9 4 e 3 5 Para localizar sua residência, é preciso o seu endereço nome da rua e o número da casa. Mas, será que estes números que nos cercam tem

Leia mais

PALAVRA DE DEUS NA CATEQUESE. Conselho Inter-paroquial de Catequese São Miguel de Guizande, 30 de Outubro de 2007

PALAVRA DE DEUS NA CATEQUESE. Conselho Inter-paroquial de Catequese São Miguel de Guizande, 30 de Outubro de 2007 PALAVRA DE DEUS NA CATEQUESE Conselho Inter-paroquial de Catequese São Miguel de Guizande, 30 de Outubro de 2007 ESCUTA ISRAEL Mim Sol Ré Mim Sh ma Israel, Adoshem Elokhenou, Adoshem Ehad (2x) Sol Ré Dó

Leia mais

JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO

JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO ORIENTAÇÕES BÁSICAS JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO JPEG é Jovens em Pequenos Grupos. A nova identidade dos pequenos grupos para jovens. NECESSIDADE DE ORGANIZAÇÃO DA IGREJA PEQUENOS GRUPOS Pequenos grupos

Leia mais

A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa fé, uma luz na caminhada de nossa vida.

A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa fé, uma luz na caminhada de nossa vida. LITURGIA DA PALAVRA A Palavra de Deus proclamada e celebrada - na Missa - nas Celebrações dos Sacramentos (Batismo, Crisma, Matrimônio...) A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa

Leia mais

CHEFE DA SEÇÃO DE MANUTENÇÃO ESCOLAR compete acompanhar a tramitação de documentos e processos, observando o protocolo do mesmo; classificar, informar e conservar documentos; controle de matériais, providenciando

Leia mais

Somos chamados a servir, não a sermos servidos, segundo a disposição do próprio Jesus, que serviu em nosso lugar, de livre e espontanea vontade.

Somos chamados a servir, não a sermos servidos, segundo a disposição do próprio Jesus, que serviu em nosso lugar, de livre e espontanea vontade. Somos chamados a servir, não a sermos servidos, segundo a disposição do próprio Jesus, que serviu em nosso lugar, de livre e espontanea vontade. Evangelho de Mateus, capítulo 20, versículo 28: "Assim como

Leia mais

Deus chama você para orar

Deus chama você para orar 1 Deus chama você para orar Deus tem um plano maravilhoso por meio do qual você pode ter uma influência de alcance mundial. Este plano não é apenas para alguns poucos escolhidos. É para você e para mim.

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DA IGREJA METODISTA 1ª REGIÃO ECLESIÁSTICA SEDE REGIONAL

ASSOCIAÇÃO DA IGREJA METODISTA 1ª REGIÃO ECLESIÁSTICA SEDE REGIONAL Rio de Janeiro, 29 de fevereiro de 2008. CGE/011/08 Aos/Às Pastores e Pastoras Estimados/as irmãos e irmãs Jesus Cristo é o Senhor! Encaminho esta carta através do seu pastor/a, visto não possuirmos ainda

Leia mais

MANUAL PARA GESTORES DAS

MANUAL PARA GESTORES DAS MANUAL PARA GESTORES DAS BIBLIOTECAS AZUIS Dezembro 2011 MANUAL PARA OS GESTORES DE BIBLIOTECA AZUL índice O QUE É O PROJETO BIBLIOTECA AZUL?... 2 Página QUAL O PÚBLICO-ALVO DAS BIBLIOTECAS AZUIS?... 4

Leia mais

Considerando que o Acordo entrou em vigor, no plano jurídico externo, para a República Federativa do Brasil em 23 de abril de 2008;

Considerando que o Acordo entrou em vigor, no plano jurídico externo, para a República Federativa do Brasil em 23 de abril de 2008; DECRETO No 7.552, DE 12 DE AGOSTO DE 2011 Promulga o Acordo de Estabelecimento da Rede Internacional de Centros para Astrofísica Relativística - ICRANET e seu Estatuto, assinados em 21 de setembro de 2005.

Leia mais

ABDEPP/Freinet ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA PARA DIVULGAÇÃO, ESTUDOS E PESQUISAS DA PEDAGOGIA FREINET.

ABDEPP/Freinet ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA PARA DIVULGAÇÃO, ESTUDOS E PESQUISAS DA PEDAGOGIA FREINET. ABDEPP/Freinet ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA PARA DIVULGAÇÃO, ESTUDOS E PESQUISAS DA PEDAGOGIA FREINET. Capítulo I DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FORO ART. 1 o - Sob a denominação de ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA PARA DIVULGAÇÃO,

Leia mais

Excursionista Nome: Unidade: Geral 1. Ter no mínimo 14 anos de idade. Cole aqui sua copia de identidade. Excursionista. Desbravador Unidade 1

Excursionista Nome: Unidade: Geral 1. Ter no mínimo 14 anos de idade. Cole aqui sua copia de identidade. Excursionista. Desbravador Unidade 1 Excursionista Nome: Unidade: Geral 1. Ter no mínimo 14 anos de idade. Cole aqui sua copia de identidade 2. Ser membro ativo do Clube de Desbravadores. Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez R

Leia mais

Guia de Processo de Avaliação de Hospital para Acreditação da Joint Commission International

Guia de Processo de Avaliação de Hospital para Acreditação da Joint Commission International Data de Vigência 1 Abril 2014 Guia de Processo de Avaliação de Hospital para Acreditação da Joint Commission International Brazilian Portuguese Incluindo padrões de hospital de centro médico acadêmico

Leia mais

ESCOLA DE AVIAÇÃO CIVIL DE POUSO ALEGRE EAPA REGIMENTO INTERNO TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO

ESCOLA DE AVIAÇÃO CIVIL DE POUSO ALEGRE EAPA REGIMENTO INTERNO TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO ESCOLA DE AVIAÇÃO CIVIL DE POUSO ALEGRE EAPA REGIMENTO INTERNO TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO Art. 1 - A Escola de Aviação Civil de Pouso Alegre, inscrita no CNPJ sob número

Leia mais

Visão Subnormal. Guia do Apresentador

Visão Subnormal. Guia do Apresentador Visão Subnormal Guia do Apresentador SLIDE 1 Introdução do apresentador. O propósito desta apresentação é oferecer informações sobre o que é a visão subnormal, o que pode ser feito sobre ela e onde se

Leia mais

VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE

VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE É Preciso saber Viver Interpretando A vida na perspectiva da Espiritualidade Cristã Quem espera que a vida seja feita de ilusão Pode até ficar maluco ou morrer na solidão É

Leia mais

L í d e r de M ú s i c a d a

L í d e r de M ú s i c a d a L í d e r de M ú s i c a d a Primaria da Ala "A música é de enorme importância em nossos serviços de adoração. Acredito que aqueles que escolhem, regem, apresentam e acompanham a música podem influenciar

Leia mais

NHS ROTEIROPARAA SAÚDESUSTENTÁVEL. Unidade de Desenvolvimento Sustentável

NHS ROTEIROPARAA SAÚDESUSTENTÁVEL. Unidade de Desenvolvimento Sustentável NHS Unidade de Desenvolvimento Sustentável CHEGANDOLÁASUSTENTABILIDADEÉROTINEIRA,CUL RALMENTEINCORPORADEAUTORREGULADORATRAN RMAÇÃOACAMINHOEXPECTATIVADEQUEASUSTENT LIDADEESTEJASETORNANDOANORMATRANSIÇÃOCO

Leia mais

Destaque. Vamos viver em harmonia transcendendo Nacionalidades e Culturas! Dados da cidade de Kanuma (31de dezembro de 2010)

Destaque. Vamos viver em harmonia transcendendo Nacionalidades e Culturas! Dados da cidade de Kanuma (31de dezembro de 2010) Este artigo foi extraído do informativo Koho Kanuma da edição de abril. Enviamos aos estrangeiros registrados esta tradução que foi feita através da colaboração da Associação Internacional de Kanuma. Destaque

Leia mais

VIVO EM CRISTO. UM ESTUDO DA SALVAÇÃO Por David D. Duncan LIVRO DE ESTUDO AUTODIDÁTICO

VIVO EM CRISTO. UM ESTUDO DA SALVAÇÃO Por David D. Duncan LIVRO DE ESTUDO AUTODIDÁTICO VIVO EM CRISTO UM ESTUDO DA SALVAÇÃO Por David D. Duncan LIVRO DE ESTUDO AUTODIDÁTICO Universidade Global Instituto de Correspondência Internacional 1211 South Glenstone Avenue Springfield, Missouri 65804

Leia mais

MISSÕES - A ESTRATÉGIA DE CRISTO PARA A SUA IGREJA

MISSÕES - A ESTRATÉGIA DE CRISTO PARA A SUA IGREJA MISSÕES - A ESTRATÉGIA DE CRISTO PARA A SUA IGREJA 1 40 dias vivendo para Jesus 12/05/2013 At 1 4 Um dia, quando estava com os apóstolos, Jesus deu esta ordem: Fiquem em Jerusalém e esperem até que o Pai

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL

RESPONSABILIDADE SOCIAL RESPONSABILIDADE SOCIAL Antes mesmo de inaugurar seu hospital, em 1971, a Sociedade já se dedicava ao exercício da responsabilidade social, atendendo crianças carentes da comunidade na área de Pediatria

Leia mais

manual liga elo7 2.0 ORIENTAÇÕES E RECOMENDAÇÕES PARA PLANEJAMENTO DE EVENTOS

manual liga elo7 2.0 ORIENTAÇÕES E RECOMENDAÇÕES PARA PLANEJAMENTO DE EVENTOS ORIENTAÇÕES E RECOMENDAÇÕES PARA PLANEJAMENTO DE EVENTOS Olá Elosetter, Então você está com vontade de organizar um evento? O Elo7 incentiva as ações que fortaleçam e integram a comunidade artesanal e

Leia mais

EVENTO: FORMAÇÃO PROFISSIONAL GRATUITA E ATENDIMENTO AOS REQUISITOS LEGAIS DE CONTRATAÇÃO DE APRENDIZES

EVENTO: FORMAÇÃO PROFISSIONAL GRATUITA E ATENDIMENTO AOS REQUISITOS LEGAIS DE CONTRATAÇÃO DE APRENDIZES EVENTO: FORMAÇÃO PROFISSIONAL GRATUITA E ATENDIMENTO AOS REQUISITOS LEGAIS DE CONTRATAÇÃO DE APRENDIZES Prezado associado, A legislação determina que, além da obrigatoriedade de contratação de aprendizes,

Leia mais

INSTITUTO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR IMES - CATANDUVA CURSO DE PSICOLOGIA ATIVIDADES PRÁTICAS DE FORMACÃO

INSTITUTO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR IMES - CATANDUVA CURSO DE PSICOLOGIA ATIVIDADES PRÁTICAS DE FORMACÃO INSTITUTO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR IMES - CURSO DE PSICOLOGIA ATIVIDADES PRÁTICAS DE FORMACÃO 1 ATIVIDADES PRÁTICAS DE FORMACÃO O curso de Psicologia do IMES- se compromete com a organização e desenvolvimento

Leia mais

Estudos na Palavra de Deus. Jovens

Estudos na Palavra de Deus. Jovens Estudos na Palavra de Deus Jovens Grandes Santos de Deus Jovens programação Jovens Sirvo a um Deus preciso Richard Roger (1550-1618) Jovens Família Igreja Sociedade Jovens CTB Os Puritanos Juliano Heyse

Leia mais

LIÇÃO 5 Outros Dons de Serviço: (Parte 1) Ministrar, Ensinar, Exortar

LIÇÃO 5 Outros Dons de Serviço: (Parte 1) Ministrar, Ensinar, Exortar LIÇÃO 5 Outros Dons de Serviço: (Parte 1) Ministrar, Ensinar, Exortar Terminámos o nosso estudo dos quatro dons a que chamámos dons de serviço. Embora a lista de Efésios 4 indique cinco dons, considerámos

Leia mais