- Perícia, Auditoria e Gestão Ambiental IPOG - Oswaldo Cruz - Saúde Pública - FSC - SP.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "- Perícia, Auditoria e Gestão Ambiental IPOG - Oswaldo Cruz - Saúde Pública - FSC - SP."

Transcrição

1 GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE COORDENADORIA DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS Solange Fátima de Oliveira Cruz Coordenadora de Gestão de Resíduos Sólidos CGRS/SEMA/MT Bióloga Mestrado em Ecologia e Conservação da Biodiversidade UFMT Especializações em: - Perícia, Auditoria e Gestão Ambiental IPOG - Oswaldo Cruz - Saúde Pública - FSC - SP. -Entomologia em Saúde Pública e Controle de vetores - OMS/OPAS/FNS-AM. -Ciências Ambientais - FERP -RJ. -Biologia de Ambientes Inundáveis - Pantanal Mato-grossense UFMT. -Docência Superior - IBMR-RJ. -Ecologia CRBio-01 2/9/2011 1

2 GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM MATO GROSSO Área km 2 Estado de Mato Grosso População hab Municípios 141 Densidade Demográfica 2,78 hab/km 2 2/9/2011 2

3 Divisão Geopolítica do Estado Missão da Secretaria de Estado do Meio Ambiente "Garantir o uso ordenado dos recursos naturais visando o desenvolvimento sócio- econômico com qualidade ambiental". 2/9/2011 3

4 Novo Ciclo de Desenvolvimento Possui 3 Biomas: Pantanal, Cerrado e Floresta Amazônica. Desafio do processo de desenvolvimento: compatibilizar a necessidade de gerar riqueza econômica com a preservação ambiental e equidade social. 2/9/2011 4

5 Floresta E E Mato Grosso, 52,16% ,47 Km² como está? Três Grandes Ecossistemas Cerrado 40,80% ,22 Km² Pantanal 07,04% ,20 Km²

6 6

7 Instrumentos Legais que Criaram a SEMA e a CGRS Lei /06/2005 Cria a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dá outras Providências. Decreto /10/2005 Publicação do organograma Criação da Coordenadoria de Gestão de Resíduos Sólidos 2/9/2011 7

8 Instrumentos Legais Constituição Federal, Art.225; Lei nº9605/98 (Crimes Ambientais), 2º, Art.54; Código Ambiental do Estado - Lei Complementar n 38, 21/11/95; Política Estadual de Resíduos Sólidos Lei n 7862/2002; Resoluções CONAMA e CONSEMA; Normas Técnicas - NBRs Instruções Normativas (PGRSS, PGRSI e Inventários) Termos de Referências Portarias Roteiros Técnicos Específicos 2/9/2011 8

9 NOÇÃO DE RESÍDUO A noção de resíduo, em geral, só aparece quando a capacidade de absorção pelo meio é ultrapassada. O que é Resíduo? - Toda matéria que, em um dado momento e em certo lugar, é destinada ao descarte pelo seu responsável. 2/9/2011 9

10 Classificação de Resíduos Resíduos Urbanos (domiciliar, comercial etc); Resíduos da agricultura e da indústria agro-alimentar; alimentar; Resíduos Industriais; Resíduos de Serviços de saúde; Resíduos da Construção Civil E segundo a NBR : Resíduos de Classe I Especiais ou perigosos; Resíduos de Classe IIA Comuns (não inertes); e Resíduos de Classe IIB- Inertes 2/9/

11 Responsabilidade de Gerenciamento Tipo de Resíduos Responsável - Domiciliar Prefeitura - Comercial Prefeitura - Público Prefeitura - Serviços de Saúde Gerador - Portos, Aeroportos, terminais Gerador - Agrícola Gerador - Entulhos Gerador 2/9/

12 O que é gestão de resíduos Atividades de planejamento, responsabilidades, recursos, procedimentos e processos aplicados aos resíduos de modo a garantir a prevenção (e a remediação) da poluição; Tais atividades envolvem: geração; manuseio; acondicionamento; armazenamento; transporte; e tratamento de resíduos. 2/9/

13 Licenciamento Ambiental de Aterros Sanitários Segue Resolução Conama 237/1997 e o Código Ambiental do Estado de Mato Grosso: - 1ª Etapa: requerer vistoria técnica em 3 alternativas locacionais; - 2ª Etapa: Licenciamento Ambiental Licença Prévia Licença de Instalação Licença de Operação 2/9/

14 Relação de Municípios por tipo de Licença (LP, LI e LO) L.P. (11) Primavera do Leste, Alto Garças, Água Boa, Alto Araguaia, Lucas do Rio Verde, Alto Taquari, Peixoto de Azevedo, Itiquira, Canarana, Sapezal e Jaciara. L.I. (13) - Mirassol D Oeste, Glória D Oeste, Rosário Oeste, Ribeirão Cascalheira, Nobres, Cáceres, Campo Novo do Parecis, Juína, Nova Maringá, Torixoreu, Feliz Natal, Nova Olimpia e Rio Branco. L.O. (12) - Cuiabá, Tangará da Serra, Matupá, Cotriguaçu, Jaurú, Denise, Diamantino, Barra do Garças, Colíder, Sorriso, Campo Verde e Alta Floresta. Deve-se destacar o sistema de triagem e compostagem de Cuiabá. 2/9/

15 Pedidos de Regularização Requereram LP (08) Apiacás, Castanheira, Nova Brasilândia, Nova Mutum, Pedra Preta, Santa Carmem, São José do Rio Claro e São José dos Quatro Marcos. Escolha de área (24) - Cocalinho, Dom Aquino, General Carneiro, Guiratinga, Itaúba, Jangada, Juscimeira, Planalto da Serra, Pontes e Lacerda, Nortelândia, Nova Xavantina, Novo São Joaquim, Reserva de Cabaçal, Ribeirãozinho, Vera, Vila Bela da Santíssima Trindade, Barra do Bugres, Arenápolis, Nova Olímpia, Santo Afonso, Nova Marilândia e Campinápolis e Santa Carmem. Para apresentação de EIA/RIMA Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Sinop. Consórcios intermunicipais = Existem 8 propostas em discussão: Região de Jaciara(4); Região de Arenápolis (4), Região de Colíder (3); Região de Barra do Garças/Pontal do Araguaia; Região de Alta Floresta (3); Região de Rio Branco (3), Região de Cuiabá/Várzea Grande. 2/9/

16 COLETA SELETIVA E RECICLAGEM DE RESÍDUOS Programas de coleta seletiva municipal Primavera do Leste e Tangará da Serra Cuiabá - Cooperativa de Catadores de Lixo da Central de Triagem (recicla aproximadamente 20% dos materiais que são destinados para o aterro sanitário) Empresas de Reciclagem/triagem/compostagem, incluindo os Postos e Centrais de Recebimento de embalagens de agrotóxicos tríplice lavadas 90 (sendo 32 de Reciclagem e Comércio de Sucatas); 2/9/

17 Indústrias de Reciclagem com Processo de Licenciamento/Município Cuiabá 03 Várzea Grande 05 Jaciara 01 Rondonópolis- 02 Sorriso 01 Campo Verde 01 Sinop 02 Lucas do Rio Verde 01 Alta Floresta 01 Total: 17 2/9/

18 Comércio de Sucatas com Processo de Licenciamento/Município Cuiabá 06 Várzea Grande 06 Rondonópolis 02 Primavera 01 Total: 15 2/9/

19 Usinas de Compostagem Resíduos Industriais Cuiabá - 02 Várzea Grande 02 Nossa Senhora do Livramento 01 Pedra Preta 01 2/9/

20 Postos e Centrais e Embalagens Postos: Cuiabá Água boa Alto Taquari Juína Matupá Sinop Tapurah Barra do Garças Querência Boa Esperança Nova Ubiratã Vera Nova Monte Verde Centrais: Campo Novo do Parecis Campo Verde Campos de Júlio Canarana Diamantino Lucas do Rio Verde Mirassol D Oeste Nova Mutum Primavera do Leste Rondonópolis - 02 Sapezal Sorriso Tangará da Serra 2/9/

21 Coordenadoria de Gestão de Resíduos Sólidos Licenciamento Ambiental Aterros Sanitários; Usinas de Triagem, Reciclagem e Compostagem; Indústrias de Reciclagem; Cemitérios; Autocláveis; Incineradores; Transportadoras de Resíduos; Coleta, Tratamento e Transporte de Resíduos; Centrais e Postos de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos; Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Urbanos, Industriais, Agrícolas e de Serviços de Saúde;

22 BASE LEGAL Lei nº12.305/2010 Política Nacional de Resíduos Sólidos PNRS Lei nº /2007 Saneamento Básico Lei nº /2005 Consórcios Públicos 22

23 RESÍDUOS E REJEITOS RESÍDUOS: descarte da produção e do consumo/sistemasistema de limpeza pública REJEITOS: resíduos sólidos que não têm aproveitamento econômico por nenhum processo tecnológico disponível e acessível 23

24 POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS LEI DE 02/08/2010 REÚNE: Princípios, Objetivos, Instrumentos, Diretrizes, Metas e Ações A A serem adotados pela União isoladamente ou em parceria com Estados, Distrito Federal, Municípios e Particulares VISANDO 24

25 LOGÍSTICA REVERSA: UMA MUDANÇA CULTURAL E ABRANGENTE EM GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS Responsabili dade Compartilhad a Acordos Setoriais Logística Reversa 25

26 RESPONSABILIDADE COMPARTILHADA DOS: VISANDO À: Minimização da geração de resíduos sólidos e rejeitos; e Redução dos impactos à saúde humana e à qualidade ambiental decorrentes do ciclo de vida dos produtos 26

27 SEMA - SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE ENDEREÇO: RUA C / esquina c/ RUA F, S/N CENTRO POLÍTICO ADMINISTRATIVO. CEP: CUIABÁ- MATO GROSO FONE: (65) MSc Solange Fátima de Oliveira Cruz Coordenadora

Valores de repasse do FETHAB aos Municípios de Mato Grosso

Valores de repasse do FETHAB aos Municípios de Mato Grosso INFORME TÉCNICO APROSOJA Nº 104/2016 13 de Janeiro de 2016 Valores de repasse do FETHAB aos Municípios de Mato Grosso No dia 08 de janeiro de 2016, foi publicada no Diário Oficial do Estado N 26693 a Portaria

Leia mais

Protected Areas Index (%) Acorizal Cerrado 0, , , ,0000 0, ,06

Protected Areas Index (%) Acorizal Cerrado 0, , , ,0000 0, ,06 SCENARIO I Using the same percentage of total Ecological ICMS (5%) and, taking into account an annual collection of R$ 1,848,013,322.65 for 2015, and the criteria of Areas of 2%,, and of in 1% each, we

Leia mais

OFERTA E DEMANDA POTENCIAIS DE CRA EM MUNICÍPIOS DE MATO GROSSO - ICV, DEZEMBRO DE 2013 SEM aplicação da flexibilização do ZEE Dados em hectares

OFERTA E DEMANDA POTENCIAIS DE CRA EM MUNICÍPIOS DE MATO GROSSO - ICV, DEZEMBRO DE 2013 SEM aplicação da flexibilização do ZEE Dados em hectares SEM aplicação da flexibilização do ZEE de ACORIZAL 0 84.182 40.520 26.930 13.957 583 33 84.182 40.520 26.930 13.957 583 33 AGUA BOA 15.392 3.713 7.347 1.204 1.885 0 731.544 461.238 86.199 62.377 39.667

Leia mais

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM MATO GROSSO

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM MATO GROSSO ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM MATO GROSSO, e de François E. J. de Bremaeker Rio de, janeiro de ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM MATO GROSSO, e de François E. J. de Bremaeker Economista e Geógrafo Gestor do

Leia mais

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM MATO GROSSO

ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM MATO GROSSO ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM MATO GROSSO e de e de François E. J. de Bremaeker Rio de, novembro de ESTIMATIVAS DAS COTAS DO FPM MATO GROSSO e de e de François E. J. de Bremaeker Economista e Geógrafo Gestor

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1099, 28 DE NOVEMBRO DE 2017.

LEI MUNICIPAL Nº 1099, 28 DE NOVEMBRO DE 2017. 1 LEI MUNICIPAL Nº 1099, 28 DE NOVEMBRO DE 2017. Sumula: Autoriza o Município de Tabaporã/MT a participar do Consórcio Público Intermunicipal de Sistema Único de Saúde do Estado de Mato Grosso - CONSUSMT

Leia mais

GOVERNO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA

GOVERNO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA GOVERNO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA PORTARIA N 162/2016-SEFAZ Divulga os índices percentuais definitivos de participação dos municípios mato-grossenses no produto da arrecadação do Imposto

Leia mais

Cidades e Vilas do Brasil

Cidades e Vilas do Brasil 1 gg mm ss gg mm ss UF Nome do Município Cat Lat Long MT Acorizal Cidade -15 12 17 56 21 57 MT Água Boa Cidade -14 03 00 52 09 31 MT Água Fria Vila -15 10 47 55 45 02 MT Aguapeí Vila -16 12 14 59 42 15

Leia mais

INSTITUTO DE DEFESA AGROPECUÁRIA RIA DO ESTADO DE MATO GROSSO INDEA/MT POLÍTICA DE DEFESA AGROPECUÁRIA RIA

INSTITUTO DE DEFESA AGROPECUÁRIA RIA DO ESTADO DE MATO GROSSO INDEA/MT POLÍTICA DE DEFESA AGROPECUÁRIA RIA INSTITUTO DE DEFESA AGROPECUÁRIA RIA DO ESTADO DE MATO GROSSO INDEA/MT POLÍTICA DE DEFESA AGROPECUÁRIA RIA CONTEXTUALIZAÇÃO DA DEFESA AGROPECUARIA A DEFESA AGROPECUÁRIA RIA É UMA OBRIGAÇÃO ESTATAL DEFINIDA

Leia mais

GOVERNO DE ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO

GOVERNO DE ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO GOVERNO DE ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO DE TÉCNICO E AGENTE DA ÁREA INSTRUMENTAL DO GOVERNO; TÉCNICO E AGENTE DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Boletim Epidemiológico nº 21 Ed. 01 S.E. 23/2017 Dengue, Febre Chikungunya e Febre pelo Vírus Zika.

Boletim Epidemiológico nº 21 Ed. 01 S.E. 23/2017 Dengue, Febre Chikungunya e Febre pelo Vírus Zika. Nº CASOS SUSPEITOS Boletim Epidemiológico 1. APRESENTAÇÃO Monitoramento dos casos de Dengue, Febre pelo Vírus Zika e Febre Chikungunya no Estado de Mato Grosso 1 Semana Epidemiológica (SE) 23/2017 (até

Leia mais

Diário Oficial. Página 53. Sexta-Feira, 30 de Junho de 2017 Nº 27052

Diário Oficial. Página 53. Sexta-Feira, 30 de Junho de 2017 Nº 27052 Diário Oficial Sexta-Feira, 30 de Junho de 2017 Nº 27052 ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA COORDENADORIA DE PATRIMÔMIO E SERVIÇOS - CPAS GERÊNCIA DE MERCADORIAS APREENDIDAS

Leia mais

PLANILHA REFERENCIAL DE PREÇOS DE TERRAS NO ESTADO DE MATO GROSSO

PLANILHA REFERENCIAL DE PREÇOS DE TERRAS NO ESTADO DE MATO GROSSO PLANILHA REFERENCIAL DE PREÇOS DE TERRAS NO ESTADO DE MATO GROSSO Apresentação Trata a presente planilha do resultado de uma discussão entre os Peritos Federais Agrários avaliadores do INCRA/MT com a informação

Leia mais

Projeto Mato Grosso Sustentável Eulinda de Campos Lopes

Projeto Mato Grosso Sustentável Eulinda de Campos Lopes Projeto Mato Grosso Sustentável Eulinda de Campos Lopes Coordenadora Unidade de Programas e Projetos Estratégicos SEMA-MT Fundo Amazônia Mato Grosso Sustentável O Projeto Mato Grosso Sustentável é mantido

Leia mais

Cartórios que emitem certidão de nascimento com CPF incluso Mato Grosso. Nº CNJ Ofício Endereço Telefone

Cartórios que emitem certidão de nascimento com CPF incluso Mato Grosso. Nº CNJ Ofício Endereço Telefone Cartórios que emitem certidão de nascimento com CPF incluso Mato Grosso Nº CNJ Ofício Endereço Telefone 06372-7 Pedra Preta - 2 Serviço 06368-5 Água Boa - 2º Oficio 06366-9 Alto Paraguai 06451-9 Alto Taquari

Leia mais

COMUNICADO DIRAB/SUOPE/GEOPE N.º 143, DE 12/8/2014

COMUNICADO DIRAB/SUOPE/GEOPE N.º 143, DE 12/8/2014 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO - MAPA COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO - CONAB DIRETORIA DE OPERAÇÕES E ABASTECIMENTO DIRAB SUPERINTENDÊNCIA DE OPERAÇÕES COMERCIAIS - SUOPE GERÊNCIA

Leia mais

1º de Outubro - Dia Mundial da Pessoa Idosa

1º de Outubro - Dia Mundial da Pessoa Idosa 1º de Outubro - Dia Mundial da Pessoa Idosa Procuradoria de Justiça Especializada na Defesa da Cidadania e do Consumidor 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 a) Ministério Público: Em Cuiabá, Promotorias

Leia mais

VAGAS TOTAIS VAGAS AMPLA CONCORRÊNCIA

VAGAS TOTAIS VAGAS AMPLA CONCORRÊNCIA AMPLA 5.100.102.000 MT ACORIZAL ACORIZAL 5 4 1 AC ACORIZAL AVENIDA HONORATO PEDROSO DE BARROS CENTRO 78480-970 5.100.201.000 MT ÁGUA BOA ÁGUA BOA 20 19 1 AC AGUA BOA RUA CINCO 484 CENTRO 78635-970 5.100.250.000

Leia mais

Total de domicílios particulares não-ocupados de uso ocasional. Total de domicílios particulares não-ocupados vagos

Total de domicílios particulares não-ocupados de uso ocasional. Total de domicílios particulares não-ocupados vagos com sem 5100102 Acorizal 1.742 0 355 350 2.447 1 0 1 5100201 Água Boa 6.202 242 478 728 7.650 32 9 23 5100250 Alta Floresta 14.951 252 604 1.568 17.375 44 23 21 5100300 Alto Araguaia 4.716 450 381 264

Leia mais

MAPA DAS MACRORREGIÕES DO IMEA

MAPA DAS MACRORREGIÕES DO IMEA INSTITUTO MATO-GROSSENSE DE ECONOMIA AGROPECUÁRIA IMEA Novembro de 2017 MAPA DAS MACRORREGIÕES DO IMEA 1. INTRODUÇÃO Mato Grosso é um Estado de dimensões continentais, possuindo 906.806 km² de área total,

Leia mais

ASSESSORIAS PEDAGÓGICAS

ASSESSORIAS PEDAGÓGICAS ACORIZAL AV. ANTÔNIO HERMENEGILDO, Nº 350-65 33531281 aco.ass.pedagogica@seduc.mt.gov.br ÁGUA BOA RUA 8, Nº 425-66 3468-1156 agb.ass.pedagogica@seduc.mt.gov.br ALTA FLORESTA ALTA FLORESTA ALTO ARAGUAIA

Leia mais

VALORES DE INCENTIVO AO PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DOS CONSÓRCIOS INTERMUNICIPAIS DE SAÚDE - COMPETÊNCIA FEVEREIRO/2007 A N E X O I

VALORES DE INCENTIVO AO PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DOS CONSÓRCIOS INTERMUNICIPAIS DE SAÚDE - COMPETÊNCIA FEVEREIRO/2007 A N E X O I PORTARIA Nº 146/2007/GBSES O SECRETÁRIO DE ESTADO DE SAÚDE, no uso de suas atribuições legais e, Considerando o Decreto nº 2.312 de 12/02/2001, que dispõe sobre a instituição do Sistema de Transferência

Leia mais

1ªMarcha a Cuiabá Prefeitos e Vereadores em Defesa dos Municípios Mato grossenses.

1ªMarcha a Cuiabá Prefeitos e Vereadores em Defesa dos Municípios Mato grossenses. 1ªMarcha a Cuiabá Prefeitos e Vereadores em Defesa dos Municípios Mato grossenses. Centro de Eventos do Pantanal - 10/07/2017 Nelson Antônio de Souza Vice-Presidente de Habitação da CAIXA Soluções e parcerias

Leia mais

Hospital de Pequeno. Junho /2015

Hospital de Pequeno. Junho /2015 Hospital de Pequeno Porte -HPP Junho /2015 MATO GROSSO Número de municípios com Hospitais de Pequeno Porte Publico HPP (menor que 50.000 hab) 62 Hospitais com menos de 20 leitos -20 Hospitais com 20-50

Leia mais

ASSOCIAÇÃO MATO-GROSSENSE DOS MUNICÍPIOS

ASSOCIAÇÃO MATO-GROSSENSE DOS MUNICÍPIOS ASSOCIAÇÃO MATO-GROSSENSE DOS CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, SOCIAL, AMBIENTAL E TURISMO"COMPLEXO NASCENTES DO PANTANAL" 1 Araputanga 2 Cáceres 3 Curvelândia 4 Glória D Oeste 5

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2011/CSPJC

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2011/CSPJC INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2011/CSPJC O Conselho Superior de Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso, considerando a competência de elaborar atos normativos pertinentes ao serviço policial civil

Leia mais

CONTATO MUNICÍPIOS CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, SOCIAL E AMBIENTAL "NASCENTES DO ARAGUAIA"

CONTATO MUNICÍPIOS CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, SOCIAL E AMBIENTAL NASCENTES DO ARAGUAIA AMBIENTAL "NASCENTES DO ARAGUAIA" Alto Araguaia Alto Garças Alto Taquari Araguainha Guiratinga Itiquira São José do Povo Tesouro PRESIDENTE: Roland Trentini PREFEITO MUNICIPAL DE: Alto Garças FONE: (66)

Leia mais

Boletim Técnico. Título do documento. Obrigatório. SIGAFIS GIAMT Guia de Informações e Apuração de ICMS. Versão 4.0

Boletim Técnico. Título do documento. Obrigatório. SIGAFIS GIAMT Guia de Informações e Apuração de ICMS. Versão 4.0 GIA-MT Guia de Informação de Apuração de ICMS do MT Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais, Versão 11 Chamado : THOPD6 Data da publicação : 15/07/14 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Disponível

Leia mais

TABELA REFERENCIAL DE PREÇOS DE TERRAS NO ESTADO DE MATO GROSSO

TABELA REFERENCIAL DE PREÇOS DE TERRAS NO ESTADO DE MATO GROSSO TABELA REFERENCIAL DE PREÇOS DE TERRAS NO ESTADO DE MATO GROSSO Apresentação Trata a presente planilha do resultado de uma discussão entre os Peritos Federais Agrários avaliadores do INCRA/MT com a informação

Leia mais

DINÂMICA DAS QUEIMADAS NO ESTADO DO MATO GROSSO E SUAS RELAÇÕES COM AS ATIVIDADES ANTRÓPICAS E A ECONOMIA LOCAL

DINÂMICA DAS QUEIMADAS NO ESTADO DO MATO GROSSO E SUAS RELAÇÕES COM AS ATIVIDADES ANTRÓPICAS E A ECONOMIA LOCAL DINÂMICA DAS QUEIMADAS NO ESTADO DO MATO GROSSO E SUAS RELAÇÕES COM AS ATIVIDADES ANTRÓPICAS E A ECONOMIA LOCAL Aluno: Alexandre C. Coutinho Orientador: Prof. Dr. José Eli da Veiga PROCAM / USP Outubro

Leia mais

HOSPITAIS DE REFERÊNCIA E UNIDADES DE APLICAÇÃO DE ANTIVENENOS MATO GROSSO

HOSPITAIS DE REFERÊNCIA E UNIDADES DE APLICAÇÃO DE ANTIVENENOS MATO GROSSO Ministério da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde Departamento de Vigilância Epidemiológica Coordenação Geral de Doenças Transmissíveis Coordenação de Vigilância de Doenças Transmitidas por Vetores

Leia mais

GEOGRAFIA DO MATO GROSSO

GEOGRAFIA DO MATO GROSSO GEOGRAFIA DO MATO GROSSO EDITAL Nº 1 PJC/MT, DE 16 DE MARÇO DE 2017 DELEGADO DE POLÍCIA CIVIIL - MT Prof. Kanduka Oliveira Redes Sociais kanduka.oliveira@facebook.com Instagram: @professorkanduka Periscope:

Leia mais

A N E X O I QUADRO I - CARGOS / PERFIS PROFISSIONAIS / REQUISITOS

A N E X O I QUADRO I - CARGOS / PERFIS PROFISSIONAIS / REQUISITOS CARGO TÉCNICO DO Administrador Analista de Sistemas Assistente Social Advogado Contador Economista Engenheiro Civil Médico Psicólogo Técnico em Assuntos Educacionais A N E X O I QUADRO I - CARGOS / PERFIS

Leia mais

PROVIMENTO N.º 019/2007/CM

PROVIMENTO N.º 019/2007/CM Enc. à IOMAT em: / / Publicado no D.J. de n.º Em: / / Circulado em: / / ESTADO DE MATO GROSSO PROVIMENTO N.º 019/2007/CM Institui a divisão territorial do Estado de Mato Grosso em pólos judiciais regionais,

Leia mais

DATALUTA. Mato Grosso. Relatório Fotos: Acervo Dataluta/GECA

DATALUTA. Mato Grosso. Relatório Fotos: Acervo Dataluta/GECA DATALUTA Mato Grosso Relatório 2012 Fotos: Acervo Dataluta/GECA. 2013. DATALUTA Banco de Dados da Luta pela Terra Relatório Mato Grosso 2012 Coordenação Grupo de Pesquisas em Geografia Agrária e Conservação

Leia mais

EDITAL 01/2017 EDITAL DE EXAME DE SELEÇÃO DE CREDENCIAMENTO DE ESTAGIÁRIOS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO.

EDITAL 01/2017 EDITAL DE EXAME DE SELEÇÃO DE CREDENCIAMENTO DE ESTAGIÁRIOS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO. EDITAL 01/2017 EDITAL DE EXAME DE SELEÇÃO DE CREDENCIAMENTO DE ESTAGIÁRIOS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO. O PRESIDENTE DA COMISSÃO DE EXAME DE SELEÇÃO, no uso de suas legais atribuições,

Leia mais

Rodrigo Figueiredo Secretário-Executivo

Rodrigo Figueiredo Secretário-Executivo CAMINHOS PARA O DESENVOLVIMENTO URBANO Rodrigo Figueiredo Secretário-Executivo CRIAÇÃO DO MINISTÉRIO DAS CIDADES 2003 PRES. LULA Missão: garantir o direito à cidade a todos os seus habitantes, promovendo

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE NOVEMBRO -2008 PACTO PELA SAÚDE Compromisso negociado e assumido pelos gestores de saúde das três esferas de governo, visando qualificar a

Leia mais

Frente a Política Nacional de Resíduos Sólidos

Frente a Política Nacional de Resíduos Sólidos O desafio das CEASA S Frente a Política Nacional de Resíduos Sólidos QTC Visão Sobre a Saúde no Brasil A CLÍNICA Privilegia o indivíduo. O processo Saúde Doença tem a ver apenas com o agente e o homem.

Leia mais

Visão Estratégica da SEFAZ

Visão Estratégica da SEFAZ Visão Estratégica da SEFAZ MISSÃO Garantir a realização da receita pública e o controle da aplicação do gasto público, com justiça fiscal, contribuindo para a sustentabilidade econômica e social do Estado.

Leia mais

MT PRÓ-CATADOR Convênio 010-2013

MT PRÓ-CATADOR Convênio 010-2013 MT PRÓ-CATADOR Convênio 010-2013 Patrocinadores Ministério do Trabalho e Emprego -MTE Secretaria Nacional de Economia Solidária - SENAES Secretaria de Estado do Meio Ambiente SEMA-MT Duração 12/06/2013

Leia mais

Análise e quantificação de focos de calor utilizando satélites NOAA-12 e NOAA-15 no estado de Mato Grosso.

Análise e quantificação de focos de calor utilizando satélites NOAA-12 e NOAA-15 no estado de Mato Grosso. Anais XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, Curitiba, PR, Brasil, 30 de abril a 05 de maio de 2011, INPE p.7888 Análise e quantificação de focos de calor utilizando satélites NOAA-12 e

Leia mais

Secretaria de Estado do Meio. Superintendência de Recursos Hídricos. Superintendente Julho/2008

Secretaria de Estado do Meio. Superintendência de Recursos Hídricos. Superintendente Julho/2008 GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO Secretaria de Estado do Meio Ambiente Superintendência de Recursos Hídricos Luiz Henrique Magalhães Noquelli Superintendente Julho/2008 Política Estadual de Recursos Hídricos

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Zilda Maria Faria Veloso

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Zilda Maria Faria Veloso MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MMA Zilda Maria Faria Veloso Diretora de Ambiente Urbano Secretaria de Recursos Hídricos e Meio Urbano POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS PNRS POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS

Leia mais

2º Balanço. Julho - Setembro Mato Grosso

2º Balanço. Julho - Setembro Mato Grosso 2º Balanço Julho - Setembro 2011 Mato Grosso Apresentação O programa que mudou o Brasil agora está de cara nova. Mais recursos para continuar construindo a infraestrutura logística e energética e sustentar

Leia mais

P L O Í L TI T CA C A NA N C A I C ON O A N L A L D E D E R E R S E Í S DU D O U S O S SÓ S L Ó I L DO D S O S

P L O Í L TI T CA C A NA N C A I C ON O A N L A L D E D E R E R S E Í S DU D O U S O S SÓ S L Ó I L DO D S O S MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MMA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS PNRS RESÍDUOS SÓLIDOS RESÍDUOS SÓLIDOS: UM PROBLEMA DE CARÁTER SOCIAL, AMBIENTAL E ECONÔMICO AÇÃO ADOTADA: TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS

Leia mais

Boletim Epidemiológico da Dengue, Chikungunya e Zika no estado de MT Semana 34/2015 nº28

Boletim Epidemiológico da Dengue, Chikungunya e Zika no estado de MT Semana 34/2015 nº28 Boletim Epidemiológico da Dengue, Chikungunya e Zika no estado de MT Semana 34/2015 nº28 SITUAÇÃO DENGUE Em 2015, período que compreende de 01 de Janeiro a 01 de setembro, no estado de Mato Grosso foram

Leia mais

COORDENADORIA GERAL DE EXECUÇÃO DESCONCENTRADA

COORDENADORIA GERAL DE EXECUÇÃO DESCONCENTRADA Secretaria Adjunta da Receita Pública Assessoria Executiva da Receita Pública COORDENADORIA GERAL DE EXECUÇÃO DESCONCENTRADA MARÇO DE 2006 Secretaria Adjunta da Receita Pública SARP SECRETARIA ADJUNTA

Leia mais

NÚMERO MÁXIMO DE VEREADORES NAS ELEIÇÕES DE 2008 E Mato Grosso -

NÚMERO MÁXIMO DE VEREADORES NAS ELEIÇÕES DE 2008 E Mato Grosso - NÚMERO MÁXIMO DE VEREADORES NAS ELEIÇÕES DE 2008 E 2012 - Mato Grosso - François E. J. de Bremaeker (Estudo Técnico nº 167) Salvador, março de 2012 2 NÚMERO MÁXIMO DE VEREADORES NAS ELEIÇÕES DE 2008 E

Leia mais

19. DA NOMEAÇÃO, POSSE E LOTAÇÃO 19.3 A nomeação dos candidatos dar-se-á por meio de ato governamental publicado no Diário Oficial do Estado de Mato G

19. DA NOMEAÇÃO, POSSE E LOTAÇÃO 19.3 A nomeação dos candidatos dar-se-á por meio de ato governamental publicado no Diário Oficial do Estado de Mato G GOVERNO DE ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO BÁSICA, TÉCNICO ADMINISTRATIVO EDUCACIONAL E APOIO ADMINISTRATIVO

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA NO MAPEAMENTO DE SOJA NO ESTADO DE MATO GROSSO 1

UTILIZAÇÃO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA NO MAPEAMENTO DE SOJA NO ESTADO DE MATO GROSSO 1 UTILIZAÇÃO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA NO MAPEAMENTO DE SOJA NO ESTADO DE MATO GROSSO 1 Nilton Marques de Oliveira, Msc 2 Heleno do Nascimento Santos, Dr 3 RESUMO O propósito deste trabalho é estabelecer

Leia mais

CONFERÊNCIA NACIONAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO DA ETAPA ESTADUAL MATO GROSSO II CONAE/MT CAPÍTULO I DA REALIZAÇÃO E CARÁTER DA CONFERÊNCIA

CONFERÊNCIA NACIONAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO DA ETAPA ESTADUAL MATO GROSSO II CONAE/MT CAPÍTULO I DA REALIZAÇÃO E CARÁTER DA CONFERÊNCIA CONFERÊNCIA NACIONAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO DA ETAPA ESTADUAL MATO GROSSO II CONAE/MT CAPÍTULO I DA REALIZAÇÃO E CARÁTER DA CONFERÊNCIA Art. 1º. As Secretarias de Estado de Educação e de Ciência

Leia mais

Rua Marechal Deodoro, 720/ Centro/ Cáceres 6 CURVELÂNDIA Mesa Receptora de Justificativa Curvelândia

Rua Marechal Deodoro, 720/ Centro/ Cáceres 6 CURVELÂNDIA Mesa Receptora de Justificativa Curvelândia ZE MUNICÍPIO LOCAL ENDEREÇO OBSERVAÇÃO 1 CUIABÁ Terminal Rodoviario de Cuiabá 2 GUIRATINGA CARTÓRIO ELEITORAL AV. ROTARY INTERNACIONAL 1525, BAIRRO SANTA MARIA BERTILLA 2 TESOURO POSTO ELEITORAL DE TESOURO

Leia mais

MÓDULO 2. Prof. Dr. Valdir Schalch

MÓDULO 2. Prof. Dr. Valdir Schalch RESÍDUOS SÓLIDOSS MÓDULO 2 Prof. Dr. Valdir Schalch RESÍDUOS SÓLIDOS S - DEFINIÇÃO... aqueles nos estados sólidos e semi-sólidos, que resultam de atividades da comunidade de origem: industrial, doméstica,

Leia mais

IFMT _ CALENDÁRIO REFERÊNCIA _ 2017 Janeiro

IFMT _ CALENDÁRIO REFERÊNCIA _ 2017 Janeiro 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 1 01 a 25 26 IFMT _ CALENDÁRIO REFERÊNCIA _ 2017 Janeiro =Confraternização Universal - Ano Novo ( Feriado Nacional) =

Leia mais

Decreto de Regulamentação da Lei: DECRETO ESTADUAL n DE 03/12/02.

Decreto de Regulamentação da Lei: DECRETO ESTADUAL n DE 03/12/02. LEGISLAÇÃO VIGENTE PGRS LEI FEDERAL n o 9.795, de 27/04/99. A definição oficial de Educação Ambiental no Brasil. LEI ESTADUAL n o 12.493, de 22/01/99. Estabelece princípios, procedimentos, normas e critérios

Leia mais

Embrapa & Parceiros. Capacitação Continuada de técnicos em Mato Grosso como Instrumento de Desenvolvimento Rural: O Exemplo Leite.

Embrapa & Parceiros. Capacitação Continuada de técnicos em Mato Grosso como Instrumento de Desenvolvimento Rural: O Exemplo Leite. Embrapa & Parceiros Capacitação Continuada de técnicos em Mato Grosso como Instrumento de Desenvolvimento Rural: O Exemplo Leite Novembro/2012 CONSIDERAÇÕES TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA TRADICIONAL (Ações

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Política Nacional de Resíduos Sólidos

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Política Nacional de Resíduos Sólidos MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS BASE LEGAL - AÇÕES DE GESTÃO DE RESÍDUOS AÇOES DE GESTÃO DE RESÍDUOS - BASE LEGAL Lei nº 11.107/2005 Consórcios Públicos Decreto nº 6017/2007

Leia mais

RECEPÇÃO DE CALOUROS COLETA SELETIVA DE RESÍDUOS SÓLIDOS UFES Campus ALEGRE

RECEPÇÃO DE CALOUROS COLETA SELETIVA DE RESÍDUOS SÓLIDOS UFES Campus ALEGRE RECEPÇÃO DE CALOUROS 2017-1 COLETA SELETIVA DE RESÍDUOS SÓLIDOS UFES Campus ALEGRE RECEPÇÃO DE CALOUROS 2017-1 Dr. Anderson Lopes Peçanha Professor da Universidade Federal do Espírito Santo Departamento

Leia mais

C A R T A D E S O R R I S O

C A R T A D E S O R R I S O C A R T A D E S O R R I S O O Colégio de Presidentes de Subseções da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Estado de Mato Grosso, realizado na cidade de Sorriso, no dia 18 de junho de 2015, para

Leia mais

P L O Í L TI T CA C A NA N C A I C ON O A N L A L D E D E R E R S E Í S DU D O U S O S SÓ S L Ó I L DO D S O S

P L O Í L TI T CA C A NA N C A I C ON O A N L A L D E D E R E R S E Í S DU D O U S O S SÓ S L Ó I L DO D S O S MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MMA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS PNRS RESÍDUOS SÓLIDOS RESÍDUOS SÓLIDOS: UM PROBLEMA DE CARÁTER SOCIAL, AMBIENTAL E ECONÔMICO AÇÃO ADOTADA: TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS

Leia mais

Quadro político, jurídico e técnico da gestão de resíduos no Brasil

Quadro político, jurídico e técnico da gestão de resíduos no Brasil Quadro político, jurídico e técnico da gestão de resíduos no Brasil Introdução ao Brazil ~ 205 milhões de habitantes 5.565 municípios Área: 8.502.728,27 Km² ~15% da Água Potável do Planeta A maior biodiversidade

Leia mais

1. Retifica as informações sobre o ITEM 3. NÚMERO DE VAGAS, onde se lê:

1. Retifica as informações sobre o ITEM 3. NÚMERO DE VAGAS, onde se lê: EDITAL Nº 02 /2014 RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº01/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE FORMAÇÃO DE GESTORES CULTURAIS DO DISTRITO FEDERAL, ESTADOS E MUNICÍPIOS DO CENTRO-OESTE A Universidade de Brasília - UnB, por

Leia mais

Mato Grosso nas Eleições. Eleições 2010

Mato Grosso nas Eleições. Eleições 2010 Mato Grosso nas Eleições Eleições 2010 Peculiaridades: Na última eleição geral, em 2010, dos sete deputados federais candidatos à reeleição, seis conseguiram renovar seu mandato. Desta forma, houve uma

Leia mais

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS Marisa Brasil Engenheira de Alimentos MBA em Qualidade, Segurança, Meio Ambiente, Saúde e Responsabilidade Social Especialista em Engenharia Ambiental e Saneamento Básico

Leia mais

Hsa GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS. Resíduos Sólidos. PROFa. WANDA R. GÜNTHER Departamento Saúde Ambiental FSP/USP

Hsa GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS. Resíduos Sólidos. PROFa. WANDA R. GÜNTHER Departamento Saúde Ambiental FSP/USP Hsa 109 - GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS Resíduos Sólidos PROFa. WANDA R. GÜNTHER Departamento Saúde Ambiental FSP/USP E-mail: wgunther@usp.br Resíduos Sólidos Interrelação: Ambiente Saúde HOMEM MEIO AMBIENTE

Leia mais

COMUNICADO DIGES/SUOPE/GECOM N.º 332, DE 11/9/08. Informamos a seguir o endereço para faturamento do produto adquirido nos Avisos em

COMUNICADO DIGES/SUOPE/GECOM N.º 332, DE 11/9/08. Informamos a seguir o endereço para faturamento do produto adquirido nos Avisos em COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO Conab DIRETORIA DE GESTÃO DE ESTOQUES Diges SUPERINTENDÊNCIA DE OPERAÇÕES Suope GERÊNCIA DE COMERCIALIZAÇÃO Gecom COMUNICADO DIGES/SUOPE/GECOM N.º 332, DE 11/9/08 A

Leia mais

SISTEMA FIEMT. SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial. Departamento Regional de Mato Grosso

SISTEMA FIEMT. SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial. Departamento Regional de Mato Grosso SISTEMA FIEMT SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de Mato Grosso MISSÃO Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias

Leia mais

MUNICÍPIO IBGE PROTOCOLO PROPONENTE

MUNICÍPIO IBGE PROTOCOLO PROPONENTE Centro-Oeste GO Acreúna 520013 001115.01.02/2011-15 Prefeitura 50 Centro-Oeste GO Água Limpa 520020 009392.01.03/2011-67 Prefeitura 40 Centro-Oeste GO AleXânia 520030 000892.01.02/2011-34 Governo Estadual

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MMA POLITICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MMA POLITICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MMA POLITICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS RESÍDUOS SÓLIDOS: UM PROBLEMA DE CARÁTER SOCIAL, AMBIENTAL E ECONÔMICO 1. CARACTERÍSTICAS NACIONAIS Brasil - um país de dimensões continentais

Leia mais

- TERMO DE REFERÊNCIA - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

- TERMO DE REFERÊNCIA - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS - TERMO DE REFERÊNCIA - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS APRESENTAÇÃO O presente Termo de Referência tem como finalidade orientar os geradores, assim definidos como pessoas físicas ou jurídicas,

Leia mais

Organização social e política

Organização social e política Organização social e política Este capítulo, com tabelas, busca retratar as organizações sindicais laborais e patronais, os diversos tipos de cooperativas e algumas associações. Foi estruturada a representatividade

Leia mais

Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas CONSIMARES

Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas CONSIMARES Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas CONSIMARES Seminário Soluções Ambientais para Resíduos Sólidos Industriais DESAFIOS PARA SUSTENTABILIDADE RESÍDUOS

Leia mais

1º TREINAMENTO DE FISCALIZAÇÃO DO SISTEMA CONFEA/CREA DE 2015 BRASÍLIA-DF, 19 E 20 DE MAIO DE 2015

1º TREINAMENTO DE FISCALIZAÇÃO DO SISTEMA CONFEA/CREA DE 2015 BRASÍLIA-DF, 19 E 20 DE MAIO DE 2015 1º TREINAMENTO DE FISCALIZAÇÃO DO SISTEMA CONFEA/CREA DE 2015 BRASÍLIA-DF, 19 E 20 DE MAIO DE 2015 Fiscalização executada pelo CREA-MT João Pedro Valente Coord. CEAGRO/MT PROFISSIONAIS POR MODALIDADE Registro

Leia mais

Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS LEI / 08/ 2010 DECRETO 7.404/ 12/ 2010

Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS LEI / 08/ 2010 DECRETO 7.404/ 12/ 2010 Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS LEI 12.305 / 08/ 2010 DECRETO 7.404/ 12/ 2010 Cenário brasileiro de resíduos sólidos Aumento da: População nas cidades 50% mundial 85% Brasil (IBGE, 2010).

Leia mais

Adesão NutriSUS Tabela 1 Lista dos municípios que aderiram ao NutriSUS

Adesão NutriSUS Tabela 1 Lista dos municípios que aderiram ao NutriSUS Adesão NutriSUS 2014 Tabela 1 Lista dos municípios que aderiram ao NutriSUS IBGE UF MUNICIPIO QT_crianças por município N de sachê por município 510025 MT ALTA FLORESTA 232 13.920 510060 MT ALTO TAQUARI

Leia mais

COMPOSIÇÃO DOS GRUPOS

COMPOSIÇÃO DOS GRUPOS ATUALIZADO EM 27/06/2016 COMPOSIÇÃO DOS GRUPOS # 1º FASE # CIDADE: COLÍDER GRUPO: 02 Dia: 29/04/2016 - Sexta-feira CLÁUDIA 1 X 5 APIACÁS 19h30 2 TABAPORÃ 2 X 5 COLÍDER 20h30 Dia: 30/04/2016 - Sábado TABAPORÃ

Leia mais

PESQUISA ESTADUAL MATO GROSSO ELEITORAL MARÇO 2017

PESQUISA ESTADUAL MATO GROSSO ELEITORAL MARÇO 2017 PESQUISA ESTADUAL MATO GROSSO ELEITORAL MARÇO 2017 DADOS TÉCNICOS Objetivo: Percepção Geral do eleitorado em relação ao cenário eleitoral para 2018. Metodologia: Pesquisa Quantitativa Técnica: Survey de

Leia mais

Relação de Bibliotecas Públicas no Estado do Mato Grosso

Relação de Bibliotecas Públicas no Estado do Mato Grosso Relação de Bibliotecas Públicas no Estado do Mato Grosso Setembro de 2013 MUNICÍPIO NOME DA BIBLIOTECA ENDEREÇO BAIRRO CEP Acorizal Biblioteca Pública Municipal Professora Elzita Heimé da Silva Rua Monteiro

Leia mais

O que é FUNDEIC? Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial do Estado de Mato Grosso.

O que é FUNDEIC? Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial do Estado de Mato Grosso. O que é FUNDEIC? Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial do Estado de Mato Grosso. Objetivo do Fundo: O FUNDEIC tem por objetivo propiciar recursos para financiamento a micro e pequenas empresas,

Leia mais

CÓDIGO FLORESTAL PASSO A PASSO. Sistema Famato

CÓDIGO FLORESTAL PASSO A PASSO. Sistema Famato CÓDIGO FLORESTAL PASSO A PASSO Sistema Famato EXPEDIENTE SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO MATO GROSSO RUI CARLOS OTTONI PRADO PRESIDENTE DO CONSELHO ADMINISTRATIVO TIAGO

Leia mais

O Potencial e os Desafios da Agrossilvicultura na Região Noroeste de Mato Grosso. Eduardo Matos

O Potencial e os Desafios da Agrossilvicultura na Região Noroeste de Mato Grosso. Eduardo Matos O Potencial e os Desafios da Agrossilvicultura na Região Noroeste de Mato Grosso Eduardo Matos Embrapa Agrossilvipastoril Embrapa Agrossilvipastoril Janeiro de 2010 Infraestrutura - 8.400 m² 5 Complexos

Leia mais

COMARCAS DE PRIMEIRA ENTRÂNCIA ENDEREÇOS E TELEFONES ÍNDICE

COMARCAS DE PRIMEIRA ENTRÂNCIA ENDEREÇOS E TELEFONES ÍNDICE Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso (Para localização rápida clique CTR e botão Direito do mouse na Comarca desejada) COMARCAS DE PRIMEIRA ENTRÂNCIA ENDEREÇOS E TELEFONES ALTO GARÇAS ALTO TAQUARI

Leia mais

ESTUDOS DE VIABILIDADE UHE SINOP

ESTUDOS DE VIABILIDADE UHE SINOP ESTUDOS DE VIABILIDADE UHE SINOP FEVEREIRO 2009 Localização da Bacia Rio Teles Pires Estudos de Inventário - Aproveitamentos Identificados UHE FOZ DO APIACÁS AMAZONAS 208 MATO GROSSO Juara Nova Monte Verde

Leia mais

ATERRO SANITÁRIO CONSORCIADO DO CARIRI Ceará Brasil

ATERRO SANITÁRIO CONSORCIADO DO CARIRI Ceará Brasil GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DAS CIDADES ATERRO SANITÁRIO CONSORCIADO DO CARIRI Ceará Brasil Camilo Sobreira de Santana Secretário das Cidades do Estado do Ceará www.cidades.ce.gov.br 1 EMBASAMENTO

Leia mais

O FUTURO AGORA SHOPPING SINOP FEITO PARA TODOS

O FUTURO AGORA SHOPPING SINOP FEITO PARA TODOS O FUTURO AGORA SHOPPING SINOP FEITO PARA TODOS SHOPPING SINOP 1 2 3 4 5 5 RAZÕES LOCALIZAÇÃO DOMICÍLIOS RENDA POTENCIAL DE VENDAS PERFIL DEMOGRÁFICO Único Shopping Center em um raio de 500 km. Sinop é

Leia mais

ESTRUTURA E DINÂMICA DA PRODUÇÃO DO MILHO EM MATO GROSSO

ESTRUTURA E DINÂMICA DA PRODUÇÃO DO MILHO EM MATO GROSSO ESTRUTURA E DINÂMICA DA PRODUÇÃO DO MILHO EM MATO GROSSO Michele Jackeline Andressa Rosa 1 Luana Witeck Marchioro 2 RESUMO Este artigo teve como objetivo identificar e analisar a dinâmica de crescimento

Leia mais

ESTRUTURA E DINÂMICA DA PRODUÇÃO DO MILHO EM MATO GROSSO

ESTRUTURA E DINÂMICA DA PRODUÇÃO DO MILHO EM MATO GROSSO ESTRUTURA E DINÂMICA DA PRODUÇÃO DO MILHO EM MATO GROSSO Michele Jackeline Andressa Rosa 1 Luana Witeck Marchioro 2 RESUMO Este artigo teve como objetivo identificar e analisar a dinâmica de crescimento

Leia mais

II Municípios Mato-Grossenses em Foco

II Municípios Mato-Grossenses em Foco O banco que acredita nas pessoas II Municípios Mato-Grossenses em Foco As ações e possibilidades de atuação da Caixa nos municípios Atuação da CAIXA: Urbano + Rural Linhas Gerais Linhas Propostas: Linhas

Leia mais

INSTITUTO MATOGROSSENSE DE ECONOMIA AGROPECUÁRIA IMEA MAPA DE MACRORREGIÕES DO IMEA

INSTITUTO MATOGROSSENSE DE ECONOMIA AGROPECUÁRIA IMEA MAPA DE MACRORREGIÕES DO IMEA INSTITUTO MATOGROSSENSE DE ECONOMIA AGROPECUÁRIA IMEA 11 de Novembro de 2010. MAPA DE MACRORREGIÕES DO IMEA A presente nota técnica tem o intuito de justificar a razão do estudo para segmentar o Estado

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS

POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS Lei 12.305 de 2 de agosto de 2010 - dispõe sobre: - princípios, objetivos e instrumentos; - diretrizes relativas à gestão integrada e ao gerenciamento de resíduos

Leia mais

PLANO ESTADUAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS DO ESTADO DE SANTA CATARINA PERS-SC LEGISLAÇÃO RELATIVA A RESÍDUOS E SUAS IMPLICAÇÕES

PLANO ESTADUAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS DO ESTADO DE SANTA CATARINA PERS-SC LEGISLAÇÃO RELATIVA A RESÍDUOS E SUAS IMPLICAÇÕES PLANO ESTADUAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS DO ESTADO DE SANTA CATARINA PERS-SC LEGISLAÇÃO RELATIVA A RESÍDUOS E SUAS IMPLICAÇÕES PAUTA DA APRESENTAÇÃO INTRODUÇÃO AO TEMA PROBLEMÁTICA DA GESTÃO DOS RS LEGISLAÇÃO

Leia mais

EDITAL DE EXAME DE SELEÇÃO DE CREDENCIAMENTO DE ESTAGIÁRIOS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO.

EDITAL DE EXAME DE SELEÇÃO DE CREDENCIAMENTO DE ESTAGIÁRIOS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO. EDITAL DE EXAME DE SELEÇÃO DE CREDENCIAMENTO DE ESTAGIÁRIOS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO. O PRESIDENTE DA COMISSÃO DE EXAME DE SELEÇÃO, no uso de suas legais atribuições, faz saber a

Leia mais

Governo de Mato Grosso Secretaria de Estado de Planejamento e Coordenação Geral Superintendência de Planejamento Coordenadoria de Avaliação

Governo de Mato Grosso Secretaria de Estado de Planejamento e Coordenação Geral Superintendência de Planejamento Coordenadoria de Avaliação Governo de Mato Grosso Secretaria de Estado de Planejamento e Coordenação Geral Superintendência de Planejamento Coordenadoria de Avaliação ET CAV/SP/SEPLAN nº 01/2013 Analfabetismo em Mato Grosso Edmar

Leia mais

24 de Novembro de 2017 Jornal Oficial Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso ANO XII N JORNAL OFICIAL

24 de Novembro de 2017 Jornal Oficial Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso ANO XII N JORNAL OFICIAL 24 de Novembro de 2017 Jornal Oficial Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso ANO XII N 2.861 JORNAL OFICIAL Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso Índice Associação Mato-Grossense

Leia mais

Licenciamento Ambiental

Licenciamento Ambiental Licenciamento Ambiental - Lilian Ferreira dos Santos - Superintendente de Infra-Estrutura, Mineração, Indústria e Serviços Junho de 2010 O Estado de Mato Grosso Aproximadamente 20000 Empreendimentos cadastrados

Leia mais

10 de Outubro de 2017 Jornal Oficial Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso ANO XII N JORNAL OFICIAL

10 de Outubro de 2017 Jornal Oficial Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso ANO XII N JORNAL OFICIAL 10 de Outubro de 2017 Jornal Oficial Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso ANO XII N 2.832 JORNAL OFICIAL Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso Índice Associação Mato-Grossense

Leia mais

ISSN X Dezembro, Probabilidade de Ocorrência de Períodos sem Chuva no Estado de Mato Grosso

ISSN X Dezembro, Probabilidade de Ocorrência de Períodos sem Chuva no Estado de Mato Grosso ISSN 1679-43X Dezembro, 11 113 Probabilidade de Ocorrência de Períodos sem Chuva no Estado de Mato Grosso ISSN 1679-43X Dezembro, 11 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Agropecuária Oeste

Leia mais

Portaria 128/ /07/2014

Portaria 128/ /07/2014 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento BINAGRI - SISLEGIS Portaria 128/2014 24/07/2014 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA PORTARIA Nº 128,

Leia mais

Título. Diretrizes de Investimento Social Privado desenvolvida pela AMAGGI

Título. Diretrizes de Investimento Social Privado desenvolvida pela AMAGGI Título Diretrizes de Investimento Social Privado desenvolvida pela AMAGGI Nossos números em 2015 30.004 pessoas beneficiadas diretamente 13 municípios atendidos 18 colaboradores diretos e 01 indireto (cedido

Leia mais