CLASSIFICAÇÃO DO INVESTIDOR - PREENCHIMENTO OBRIGATÓRIO *Se necessário, os detalhes de cada classificação podem ser obtidos nos Anexos I e II

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CLASSIFICAÇÃO DO INVESTIDOR - PREENCHIMENTO OBRIGATÓRIO *Se necessário, os detalhes de cada classificação podem ser obtidos nos Anexos I e II"

Transcrição

1 FICHA CADASTRAL DE INVESTIDOR INFORMAÇÕES GERAIS TITULAR Nome do Investidor C CN Nome do Cônjuge C INFORMAÇÕES GERAIS COTITULAR (SE APLICÁVEL) Nome do Investidor C Nome do Cônjuge C CLASSIFICAÇÃO DO INVESTIDOR - PREENCHIMENTO OBRIGATÓRIO *Se necessário, os detalhes de cada classificação podem ser obtidos nos Anexos I e II CLASSIFICAÇÃO CVM* --Selecione-- CLASSIFICAÇÃO ANBIMA* --Selecione-- ENDEREÇO Endereço para Correspondência (Rua, Avenida, etc.) Nº Complemento Bairro Cidade UF País CEP Aos cuidados de Deseja receber extratos Sim Não Versão May/ de 5

2 CONTAS BANCÁRIAS PARA FINS DE LIQUIDAÇÃO FINANCEIRA E/OU PAGAMENTO DE RESGATES C / CN C / CN C / CN C / CN C / CN C / CN USO SOMENTE PARA INVESTIDORES PESSOAS JURÍDICAS Caso haja interesse em liquidação financeira através do CETIP, favor informar os dados: Nº da Conta Tributa IR? Sim Não Tributa IOF? Sim Não *Atenção, a indicação acima da situação tributária é de responsabilidade do Distribuidor. Não havendo a indicação será considerado Sim para ambas as respostas. USO SOMENTE PARA INVESTIDORES FUNDOS DE INVESTIMENTO Administrador do Fundo CN Nº da Conta CETIP Versão May/ de 5

3 USO SOMENTE PARA INVESTIDORES NÃO RESIDENTES (Res. 2689) País de Constituição País de Domicílio Paraíso Fiscal? Sim Não Condição Tributária: Isento Não Isento CN RELAÇÃO DOS FUNDOS PARA APLICAÇÃO Nome do Fundo de Investimento CN Estou ciente e autorizo a Citibank DTVM, na qualidade de escriturador dos fundos de investimento, dos quais sou ou serei cotista no futuro, a fornecer a tais prestadores de serviços minha posição de investimento nos referidos fundos de investimentos, com o propósito exclusivo de conciliação de bases Local e Data Assinatura do Distribuidor /Administrador (com carimbo) Razão Social do Agente Autônomo: Razão Social do Distribuidor: Razão Social do Administrador: Responsável pelo Preenchimento: Telefone: Versão May/ de 5

4 ANEXO I CLASSIFICAÇÃO DO INVESTIDOR - CVM Segmento Definição exclusivamente para funcionários de uma ou mais empresas Entidade fechada de previdência públicas ou privadas ou grupos ( fundos de pensão ) complementar constituídas sob a forma de sociedade civil ou fundação, reguladas pela Previc (Superintendência de Previdência Complementar). Entidade aberta de previdência Entidade aberta de previdência privada, sob a forma de complementar sociedade anônima, regulada pela Susep. Sociedade de capitalização e de arrendamento mercantil Empresas de capitalização em geral, regulados pela Susep. Sociedade seguradora ou resseguradora Empresas seguradoras em geral. Pessoa jurídica não-financeira private banking Empresas (SA ou Ltda) de grande porte, com faturamento Corretora ou distribuidora Outras pessoas jurídicas financeiras Banco Comercial Pessoa jurídica não-financeira varejo igual ou acima de R$ 500 MM, as subsidiárias de multinacionais e as instituições financeiras. Empresas (SA ou Ltda) de médio porte, com faturamento abaixo de R$ R$ 500 MM. Pessoa física private banking exclusivamente à Fundos de Investidores Superqualificados (1), ou que "possuem" Investimentos no mínimo R$1MM (2) Pessoa física varejo Pessoas físicas com Investimentos abaixo de R$300M. Fundos e clubes de investimento Fundos e clubes de investimento em geral. Investidores não residentes ou Clientes estrangeiros em geral, regulados pela Resolução Cotistas de distribuidores do fundo Pessoa física varejo Regime próprio de previdência dos servidores públicos Outros tipos de cotistas não relacionados ou ou CMN 2689/2000. Cotistas de Fundos Distribuidos por 3º e Administrados pela Citi DTVM SA exclusivamente à Fundos de Investidores Qualificados (3), ou que "possuem" Investimentos no mínimo R$300M. Regime Próprio de Previdência Social, de caráter obrigatório, estabelecido no âmbito de cada ente federativo (União, Estados, Distrito Federal e Municípios). Prefeituras, órgãos municipais, governos estaduais e federal e seus órgãos vinculados e outras exceções avaliadas conforme procedimentos do Administrador Versão May/ de 5

5 ANEXO II CLASSIFICAÇÃO DO INVESTIDOR - ANBIMA CLASSIFICAÇÃO ANBIMA Definição Fundos de Pensão - Empresas Públicas exclusivamente para funcionários de uma ou mais empresa pública ou grupos ( fundos de pensão ) constituídas sob a forma de sociedade civil ou fundação, reguladas pela Previc (Superintendência de Previdência Complementar). Fundos de Pensão - Empresas Privadas exclusivamente para funcionários de uma ou mais empresa privada ou grupos ( fundos de pensão ) constituídas sob a forma de sociedade civil ou fundação, reguladas pela Previc (Superintendência de Previdência Complementar). Seguradoras Empresas seguradoras em geral. Previdência Privada Aberta Entidade aberta de previdência privada, sob a forma de sociedade anônima, regulada pela Susep. Capitalização Empresas de capitalização em geral, regulados pela Susep. Corporate Empresas (SA ou Ltda) de grande porte, com faturamento igual ou acima de R$ 500 MM, as subsidiárias de multinacionais e as instituições financeiras. Middle Market Private Empresas (SA ou Ltda) de médio porte, com faturamento abaixo de R$ R$ 500 MM. exclusivamente à Fundos de Investidores Superqualificados (1), ou que "possuem" Investimentos no mínimo R$1MM (2) Varejo Pessoas físicas com Investimentos abaixo de R$300M. Fundos de Investimento Fundos de investimento em geral. Fundos em Cotas Fundos de investimento em cotas de outros Fundos de Investimento. Outros Domésticos ou Exceções avaliadas conformed procedimentos do Administrador Estrangeiros ou Clientes estrangeiros em geral, regulados pela Resolução CMN 2689/2000. Por Conta e Ordem ou Cotistas de Fundos Distribuidos por 3os e Administrados pela Citi DTVM AS. Clubes de Investimento Varejo Alta Renda Poder Público RPPS - Regime Próprio de Previdência Social Condomínio constituído por pessoas físicas para a aplicação de recursos comuns em títulos e valores mobiliários. exclusivamente à Fundos de Investidores Qualificados (3), ou que "possuem" Investimentos no mínimo R$300M. Prefeituras, órgãos municipais, governos estaduais e federal e seus órgãos vinculados. Regime Próprio de Previdência Social, de caráter obrigatório, estabelecido no âmbito de cada ente federativo (União, Estados, Distrito Federal e Municípios). Versão May/ de 5

INSTRUÇÃO CVM Nº 576, DE 16 DE JUNHO DE 2016.

INSTRUÇÃO CVM Nº 576, DE 16 DE JUNHO DE 2016. . Altera o Informe Mensal de FIDC, Anexo A da Instrução CVM nº 489, de 14 de janeiro de 2011. O PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS torna público que o Colegiado, em reunião realizada

Leia mais

Mercado de Capitais. Sistema financeiro nacional. Professor: Msc. Roberto César

Mercado de Capitais. Sistema financeiro nacional. Professor: Msc. Roberto César Mercado de Capitais Sistema financeiro nacional Professor: Msc. Roberto César Sistema Financeiro Consumo Poupança Investimento Sistema Financeiro Nacional O Sistema Financeiro Nacional pode ser definido

Leia mais

Como Funciona o Sistema Financeiro Nacional. José Reynaldo de Almeida Furlani Abril de 2007

Como Funciona o Sistema Financeiro Nacional. José Reynaldo de Almeida Furlani Abril de 2007 Como Funciona o Sistema Financeiro Nacional José Reynaldo de Almeida Furlani Abril de 2007 Segmentação do Mercado MERCADO MONETÁRIO MERCADO DE CRÉDITO MERCADO FINANCEIRO MERCADO DE CAPITAIS MERCADO CAMBIAL

Leia mais

Renda Variável e Renda Fixa. Depósito Exclusivo

Renda Variável e Renda Fixa. Depósito Exclusivo Dezembro 2015 O serviço refere-se ao processo de depósito de valores mobiliários (ativos) na Central Depositária da BM&FBOVESPA, sem que estejam admitidos à negociação em sua plataforma eletrônica. O oferece

Leia mais

CONSELHO CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE ANEXO I

CONSELHO CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE ANEXO I ANEXO I DETALHAMENTO DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA A PROVA DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA GERAL 7º EXAME DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA 1. LEGISLAÇÃO E ÉTICA PROFISSIONAL a) A LEGISLAÇÃO SOBRE A ÉTICA PROFISSIONAL RESOLUÇÃO

Leia mais

16/04/2017. Sistema Financeiro Nacional. Agenda da Aula - 5. Sistema Financeiro Nacional - SFN. Questões Norteadoras. Sistema Financeiro Nacional

16/04/2017. Sistema Financeiro Nacional. Agenda da Aula - 5. Sistema Financeiro Nacional - SFN. Questões Norteadoras. Sistema Financeiro Nacional Carlos R. Godoy 1 Mercado Financeiro I RCC 0407 Carlos R. Godoy 2 1. SFN Agenda da Aula - 5 2. Estrutura do SFN 3. CMN 4. BCB Sistema Financeiro Nacional - SFN Aula 5 5. CVM 6. BNDES 7. Bancos Comerciais

Leia mais

SAFRA PREV FIX VIP FIC FI RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO

SAFRA PREV FIX VIP FIC FI RENDA FIXA PREVIDENCIÁRIO 1. PERIODICIDADE MÍNIMA PARA DUVULGAÇÃO DA COMPOSIÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO: A ADMINISTRADORA colocará mensalmente à disposição dos cotistas as informações relativas à composição e diversificação da CARTEIRA.

Leia mais

POLÍTICA DE RATEIO E DIVISÃO DE ORDENS

POLÍTICA DE RATEIO E DIVISÃO DE ORDENS POLÍTICA DE RATEIO E DIVISÃO DE ORDENS Banco Sumitomo Mitsui Brasileiro S.A Política de Rateio e Divisão de Ordens A política de Rateio e Divisão de Ordens do Banco Sumitomo Mitsui Brasileiro SMBCB estabelece

Leia mais

Política de Suitability. Janeiro/2012 Versão 4.0

Política de Suitability. Janeiro/2012 Versão 4.0 Política de Suitability Janeiro/2012 Versão 4.0 1. INTRODUÇÃO A presente Política de Suitability disciplina os critérios utilizados pela XP Investimentos para a identificação e monitoramento do perfil

Leia mais

TERMO DE ANÁLISE DE CREDENCIAMENTO (modelo mínimo conforme PORTARIA MPS n 519, de 24 de agosto de 2011)

TERMO DE ANÁLISE DE CREDENCIAMENTO (modelo mínimo conforme PORTARIA MPS n 519, de 24 de agosto de 2011) TERMO DE ANÁLISE DE CREDENCIAMENTO (modelo mínimo conforme PORTARIA MPS n 519, de 24 de agosto de 2011) Nos termos da Portaria MPS nº 519, de 2011, na redação dada pela Portaria nº MPS 440, de, para receber

Leia mais

SAFRA FARADAY FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO

SAFRA FARADAY FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO 1. PERIODICIDADE MÍNIMA PARA DUVULGAÇÃO DA COMPOSIÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO: A ADMINISTRADORA colocará mensalmente à disposição dos cotistas as informações relativas à composição e diversificação da CARTEIRA.

Leia mais

AULA 3. Disciplina: Mercado de Capitais Assunto: Introdução ao SFN. Contatos: Blog: keillalopes.wordpress.

AULA 3. Disciplina: Mercado de Capitais Assunto: Introdução ao SFN. Contatos:   Blog: keillalopes.wordpress. AULA 3 Disciplina: Mercado de Capitais Assunto: Introdução ao SFN Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br Blog: keillalopes.wordpress.com Objetivos da aula: SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL Histórico ; Composição;

Leia mais

FUNÇÃO SOCIAL DOS BANCOS

FUNÇÃO SOCIAL DOS BANCOS FUNÇÃO SOCIAL DOS BANCOS PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ARRECADAÇÃO DE TRIBUTOS E PAGAMENTO DE BENEFÍCIOS SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL H I S T Ó R I C O ESTRUTURA ATUAL AUTORID. MONETÁRIAS AUTORID. DE APOIO INST.

Leia mais

CARTA CIRCULAR N.º 254. Ref. Trata da abertura de conta individualizada para investidor estrangeiro.

CARTA CIRCULAR N.º 254. Ref. Trata da abertura de conta individualizada para investidor estrangeiro. CARTA CIRCULAR N.º 254 Aos Participantes de Todos os Sistemas Ref. Trata da abertura de conta individualizada para investidor estrangeiro. A Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos CETIP,

Leia mais

METODOLOGIA DE SUITABILITY PARA DISTRIBUIÇÃO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO

METODOLOGIA DE SUITABILITY PARA DISTRIBUIÇÃO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO METODOLOGIA DE SUITABILITY PARA DISTRIBUIÇÃO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO BEM DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA. Vigência: 12 de junho de 2017 Página 1 de 20 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2.

Leia mais

Resumo Aula-tema 03: Regimes da Previdência Social e os Beneficiários do Regime Geral

Resumo Aula-tema 03: Regimes da Previdência Social e os Beneficiários do Regime Geral Resumo Aula-tema 03: Regimes da Previdência Social e os Beneficiários do Regime Geral Nesta aula tema, serão estudados os regimes previdenciários vigentes no Brasil. Para tanto, cumpre, inicialmente, retomar

Leia mais

RANKING ANBIMA DE CUSTÓDIA DE ATIVOS

RANKING ANBIMA DE CUSTÓDIA DE ATIVOS RANKING ANBIMA DE CUSTÓDIA DE ATIVOS :: Metodologia :: OBJETIVO DO RANKING 1. O Ranking ANBIMA tem por objetivo informar ao mercado de maneira transparente e fidedigna os valores da indústria de prestação

Leia mais

Boas práticas na aplicação em fundos de investimento

Boas práticas na aplicação em fundos de investimento Boas práticas na aplicação em fundos de investimento Principais legislações - Resolução CMN nº 3.922, de 25/11/2010 e suas atualizações: Dispõe sobre as aplicações dos recursos dos regimes próprios de

Leia mais

Índice. 1 Atualizações Receber Arquivos DQUANTCOTISTAS... 4

Índice. 1 Atualizações Receber Arquivos DQUANTCOTISTAS... 4 Índice 1 Atualizações... 3 2 Receber Arquivos... 4 2.1 DQUANTCOTISTAS... 4 2 1 Atualizações Atualizado em Referência Atualização 18/11/2016 Capa Postergação da data conforme o comunicado 095/16. 25/10/2016

Leia mais

Data de Nascimento Nacionalidade Local de Nascimento UF. Documento Apresentado (tipo) Nº Órgão Expedidor Data da Expedição

Data de Nascimento Nacionalidade Local de Nascimento UF. Documento Apresentado (tipo) Nº Órgão Expedidor Data da Expedição FICHA DE CADASTRO PESSOA FÍSICA Código Assessor Data: / / Informações Gerais Nome Completo Data de Nascimento Nacionalidade Local de Nascimento UF CPF Estado Civil Sexo Documento Apresentado (tipo) Nº

Leia mais

Funpresp A privatização da aposentadoria do servidor público

Funpresp A privatização da aposentadoria do servidor público Funpresp A privatização da aposentadoria do servidor público VIDA DOCENTE: PREVIDÊNCIA E CARREIRA APUBH SINDICATO DOS PROFESSORES UNIVERSIDADES FEDERAIS DE BELO HORIZONTE E MONTES CLAROS BELO HORIZONTE

Leia mais

COMUNICADO AOS CLIENTES Nº. 12/16 TRIBUTÁRIO Instrução Normativa nº /16 Mudanças na inscrição no CNPJ Beneficiários Finais

COMUNICADO AOS CLIENTES Nº. 12/16 TRIBUTÁRIO Instrução Normativa nº /16 Mudanças na inscrição no CNPJ Beneficiários Finais COMUNICADO AOS CLIENTES Nº. 12/16 TRIBUTÁRIO 10.5.2016 Instrução Normativa nº. 1.634/16 Mudanças na inscrição no CNPJ Beneficiários Finais Foi publicada no Diário Oficial da União a Instrução Normativa

Leia mais

5.4.1 A atividade de escrituração das Cotas será realizada pelo Escriturador. [...]

5.4.1 A atividade de escrituração das Cotas será realizada pelo Escriturador. [...] PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PARA A ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE COTISTAS DO VRE HOTÉIS - FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII HÍBRIDO GESTÃO ATIVA - HOTEL ( Fundo ) CNPJ/MF sob o nº 18.308.516/0001-63

Leia mais

Solicitação de Resgate de Cotas do BB ETF S&P Dividendos Brasil Fundo de Índice CNPJ/MF: 17.817.528/0001-50 (FUNDO)

Solicitação de Resgate de Cotas do BB ETF S&P Dividendos Brasil Fundo de Índice CNPJ/MF: 17.817.528/0001-50 (FUNDO) Solicitação de Resgate de Cotas do BB ETF S&P Dividendos Brasil Fundo de Índice CNPJ/MF: 17.817.528/0001-50 (FUNDO) Nome do Cotista CNPJ/CPF Telefone/e-mail Agente Autorizado Situação Tributária do Cotista:

Leia mais

Cadastro Novo Alteração Cadastral Renovação Cadastral

Cadastro Novo Alteração Cadastral Renovação Cadastral DADOS CADASTRAIS Razão Social / Nome do Gestor dos COTISTAS Cadastro Novo Alteração Cadastral Renovação Cadastral A presente Ficha consolida as informações cadastrais dos fundos de investimentos elencados

Leia mais

Internacionalização da Indústria de Fundos

Internacionalização da Indústria de Fundos Subsidiária do 1 Agenda Internacionalização da Indústria de Fundos 1. A Indústria de Fundos de Investimento no Brasil 2. Investimentos DO Exterior 3. Investimentos NO Exterior 4. BB DTVM 2 Brasil na Indústria

Leia mais

Legislação Aplicável aos Ativos Orientações da Susep ao Mercado

Legislação Aplicável aos Ativos Orientações da Susep ao Mercado Legislação Aplicável aos Ativos Orientações da Susep ao Mercado Julho/2015 Conteúdo 1. BASE LEGAL... 2 1.1. NORMAS... 2 1.2. OUTRAS NORMAS RELACIONADAS... 4 2. NORMAS ADMINISTRATIVAS APLICÁVEIS... 5 1.

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI IMA-B 5 TOP RENDA FIXA LONGO PRAZO / Informações referentes a Dezembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI IMA-B 5 TOP RENDA FIXA LONGO PRAZO / Informações referentes a Dezembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI IMA-B 5 TOP RENDA FIXA LONGO PRAZO 18.599.673/0001-75 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER IMA-B 5 TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA / Informações referentes a Dezembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER IMA-B 5 TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA / Informações referentes a Dezembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER IMA-B 5 TÍTULOS PÚBLICOS RENDA FIXA 13.455.117/0001-01 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

Documento de Identificação (Número) Tipo Data de emissão Órgão Expedidor Estado Sexo Masculino Feminino

Documento de Identificação (Número) Tipo Data de emissão Órgão Expedidor Estado Sexo Masculino Feminino Cadastro Novo Alteração Cadastral Renovação Cadastral DADOS CADASTRAIS DO COTISTA TITULAR Nome do Cotista Titular Brasileira Outra (especificar): Telefone Residencial (DDD+Número) Telefone Celular (DDD+Número)

Leia mais

ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA SECUNDÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS

ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA SECUNDÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA SECUNDÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS Os Acionistas Vendedores identificados no Prospecto de Distribuição Pública Secundária de Ações Ordinárias de Emissão da GRENDENE

Leia mais

ASSISTÊNCIA MÉDICA. - Declaração de residência: O modelo 01 deste documento deve ser preenchido em caso do(s) segurado(s) seja(m) maior(es) de idade.

ASSISTÊNCIA MÉDICA. - Declaração de residência: O modelo 01 deste documento deve ser preenchido em caso do(s) segurado(s) seja(m) maior(es) de idade. ASSISTÊNCIA MÉDICA - Cópia RG e CPF ou CNH do(s) segurado(s) reclamante(s); - Cópia do Comprovante de residência (qualquer comprovante atual dos últimos 03 meses em nome do(s) segurado(s) reclamante(s).

Leia mais

Ficha cadastral Pessoa Física

Ficha cadastral Pessoa Física Ficha cadastral Pessoa Física INFORMAÇÕES PESSOAIS *Grupo *Cota *Nome completo *CPF *Documento de identificação RG CNH CTPS Entidade de Classe Passaporte RNE RIC *Nº Documento/ Nº da Série *Órgão expedidor

Leia mais

Previdência Privada. A tabela a seguir apresenta algumas diferenças entre o FAPI e PGBL.

Previdência Privada. A tabela a seguir apresenta algumas diferenças entre o FAPI e PGBL. Previdência Privada Modalidades de Previdência Privada Aberta 1) FAPI Fundo de Aposentadoria Programada Individual Inspirado no IRA Individual Retirement Account, dos Estados Unidos, onde o contribuinte

Leia mais

Efeitos financeiros do Simples

Efeitos financeiros do Simples Efeitos financeiros do Simples Limites de sua utilização frente ao ordenamento jurídico PAULO AYRES BARRETO Simples e Efeitos Financeiros Arrecadação Custo de Conformidade Constituição Federal Lei Complementar

Leia mais

Lâmina de Informações Essenciais Sobre o PETRA DINAMICO FI MULT LP / Informações referentes a Janeiro de 2016

Lâmina de Informações Essenciais Sobre o PETRA DINAMICO FI MULT LP / Informações referentes a Janeiro de 2016 Lâmina de Informações Essenciais Sobre o PETRA DINAMICO FI MULT LP 11.508.507/0001-77 Informações referentes a Janeiro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o PETRA DINAMICO

Leia mais

BOLETIM. Fundos de Investimento. Recuo dos juros favorece aplicações em renda fixa. Destaque do Mês. Indústria de Fundos em Números - Abr/12

BOLETIM. Fundos de Investimento. Recuo dos juros favorece aplicações em renda fixa. Destaque do Mês. Indústria de Fundos em Números - Abr/12 Fundos de Investimento BOLETIM Ano VII Nº 73 Maio/2012 Recuo dos juros favorece aplicações em renda fixa Indústria de Fundos em Números - Abr/12 MERCADO DOMÉSTICO R$ 2.032,4 bi de PL 0,3% Variação % do

Leia mais

CARTILHA DE INVESTIMENTOS Orientações da SUSEP ao Mercado

CARTILHA DE INVESTIMENTOS Orientações da SUSEP ao Mercado CARTILHA DE INVESTIMENTOS Orientações da SUSEP ao Mercado Julho/2016 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 1 1.1. ÁREA RESPONSÁVEL... 1 1.2. BASE LEGAL... 1 1.3. ABRANGÊNCIA... 1 1.4. OBJETIVO... 1 2. PERGUNTAS E RESPOSTAS...

Leia mais

Formulário de Informações Complementares

Formulário de Informações Complementares Formulário de Informações Complementares COPERNICO FIC MULT CRED PRIV IE 12.987.825/0001-20 Fevereiro 2016 A PRESENTE INSTITUIÇÃO ADERIU AO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA OS FUNDOS

Leia mais

Formulário Cadastral IGUATEMI EMPRESA DE SHOPPING CENTERS S/A Versão : 2. Dados gerais 1. Endereço 2. Valores mobiliários 3.

Formulário Cadastral IGUATEMI EMPRESA DE SHOPPING CENTERS S/A Versão : 2. Dados gerais 1. Endereço 2. Valores mobiliários 3. Índice Dados Cadastrais Dados gerais 1 Endereço 2 Valores mobiliários 3 Auditor 4 Escriturador de ações 5 DRI ou pessoa equiparada 6 Departamento de acionistas 7 1. Dados gerais Nome empresarial Data de

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS. Endereço Residencial (Rua, Avenida, etc.) Nº Complemento. Bairro Cidade UF País CEP

INFORMAÇÕES GERAIS. Endereço Residencial (Rua, Avenida, etc.) Nº Complemento. Bairro Cidade UF País CEP FICHA CADASTRAL PESSOA FÍSICA CITIBANK DTVM S.A. Código Investidor Nome do Titular INFORMAÇÕES GERAIS CPF Telefone 1 (DDD e Nº) Celular 1 (DDD e Nº) Fax 1 (DDD e Nº) E-mail 1 Telefone 2 (DDD e Nº) Celular

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO SANTANDER OAB PREV PARANÁ FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO ("Fundo")

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO SANTANDER OAB PREV PARANÁ FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO (Fundo) FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO SANTANDER OAB PREV PARANÁ FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO ("Fundo") COMPETÊNCIA: 01/2017 DATA DE GERAÇÃO: 16/01/2017 VERSÃO: 1.0 CNPJ/MF: 26.622.853/0001-59

Leia mais

Formulário Cadastral ESTACIO PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Dados gerais 1. Endereço 2. Valores mobiliários 3. Auditor 4

Formulário Cadastral ESTACIO PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Dados gerais 1. Endereço 2. Valores mobiliários 3. Auditor 4 Índice Dados Cadastrais Dados gerais 1 Endereço 2 Valores mobiliários 3 Auditor 4 Escriturador de ações 5 DRI ou pessoa equiparada 6 Departamento de acionistas 7 1. Dados gerais Nome empresarial Data de

Leia mais

Cadastro Seguro Fiança Pessoa Física Residencial

Cadastro Seguro Fiança Pessoa Física Residencial Cadastro Seguro Fiança Pessoa Física Residencial 1. Informações para cadastro pessoa física Corretora: CSI Corretora de Seguros Susep: 100569038 Telefone: (41) 3026-7979 Imobiliária: Código: Telefone:

Leia mais

Novo PD CEA. Vigência a partir de 01/04/2017

Novo PD CEA. Vigência a partir de 01/04/2017 Novo PD CEA Vigência a partir de 01/04/2017 Módulo I: Revisão PD CEA e início da vigência Exclusão dos Códigos ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para: (i) Serviços Qualificados ao Mercado de Capitais;

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO FIP-IE OMEGA I

RELATÓRIO DE GESTÃO FIP-IE OMEGA I GERAÇÃO DE ENERGIA Ainda que o MWmédio da Asteri tenha ficado 3% abaixo do valor esperado, a comparação y-o-y apresentou redução de apenas 13%. Isto decorreu basicamente da diminuição do MWmédio de Pipoca

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA MIX - FI RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ: / Informações referentes à Janeiro de 2017

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA MIX - FI RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ: / Informações referentes à Janeiro de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O Informações referentes à Janeiro de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o, administrado e gerido por Banco Alfa de Investimento S.A..

Leia mais

BOLETIM. Fundos de Investimento. Indústria registra captação líquida de R$ 97,6 bi no ano. Destaque do Mês. Indústria de Fundos em Números - Dez/12

BOLETIM. Fundos de Investimento. Indústria registra captação líquida de R$ 97,6 bi no ano. Destaque do Mês. Indústria de Fundos em Números - Dez/12 Fundos de Investimento BOLETIM Ano VIII Nº 81 Janeiro/2013 Indústria registra captação líquida de R$ 97,6 bi no ano Indústria de Fundos em Números - Dez/12 MERCADO DOMÉSTICO R$ 2.189,0 bi de PL 0,2% Variação

Leia mais

Sumário Erro! Indicador não definido.

Sumário Erro! Indicador não definido. ! Sumário 1. PARTICIPAÇÃO NA REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS (SITE)... 9 2. INVESTIDOR QUALIFICADO (SITE / GALGO)... 9 3. NOME FANTASIA E RAZÃO SOCIAL (SITE / GALGO)... 9 4. INÍCIO DE ATIVIDADE (SITE / GALGO)...

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO SANTANDER FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO PETROBRÁS 2 AÇÕES ("Fundo")

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO SANTANDER FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO PETROBRÁS 2 AÇÕES (Fundo) FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO SANTANDER FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO PETROBRÁS 2 AÇÕES ("Fundo") COMPETÊNCIA: 12/2015 DATA DE GERAÇÃO: 29/12/2015 VERSÃO: 1.0 CNPJ/MF:

Leia mais

(não aplicável a Poder Público) Endereço (Rua, Avenida, Praça, etc.) Número Complemento Bairro CEP

(não aplicável a Poder Público) Endereço (Rua, Avenida, Praça, etc.) Número Complemento Bairro CEP DADOS CADASTRAIS DO COTISTA Razão Social (sem abreviações) Cadastro Novo Alteração Cadastral Renovação Cadastral Ficha Cadastral Nome Fantasia Atividade Principal (Código CNAE) Natureza Jurídica Número

Leia mais

E-Financeira (IN RFB 1.571, de 02.07.15) 24.09.2015

E-Financeira (IN RFB 1.571, de 02.07.15) 24.09.2015 E-Financeira (IN RFB 1.571, de 02.07.15) 24.09.2015 e-financeira IN nº 1.571, de 02 de julho de 2015, dispõe sobre a prestação de informações relativas às operações financeiras de interesse da RFB pela

Leia mais

FICHA CADASTRAL - PESSOA FÍSICA

FICHA CADASTRAL - PESSOA FÍSICA Código Cadastro (Uso exclusivo da Mellon) Situação Legal do CLIENTE DADOS DO RESPONSÁVEL (QUANDO APLICÁVEL) Menor Emancipado Interdito Outros Dados do Responsável pelo CLIENTE menor, incapaz ou pela movimentação

Leia mais

6º Congresso ANBIMA de Fundos de Investimento

6º Congresso ANBIMA de Fundos de Investimento 6º Congresso ANBIMA de Fundos de Investimento Alternativas para a Aposentadoria do Brasil Osvaldo do Nascimento Maio 2011 1 Maio 2011 Mobilidade Social Avanço do País Pirâmide Social Brasileira 200,0 180,0

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL KAPITALO INVESTIMENTOS LTDA.

POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL KAPITALO INVESTIMENTOS LTDA. POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL KAPITALO INVESTIMENTOS LTDA. Junho de 2016 Sumário POLÍTICA DE INVESTIMENTO PESSOAL... 3 1.1. Objetivo... 3 1.2. Princípios... 3 1.3. Regras Gerais... 3 1.4. Disposições

Leia mais

Etec de Praia Grande

Etec de Praia Grande 1) Dentro das organizações que fazem parte do Terceiro Setor, estão as ONGs (Organizações Não Governamentais), entidades filantrópicas, OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), Organizações

Leia mais

Formulário de Informações Complementares

Formulário de Informações Complementares Formulário de Informações Complementares BTG PACTUAL ABSOLUTO FIQ FIA 09.120.774/0001-20 Outubro 2015 A PRESENTE INSTITUIÇÃO ADERIU AO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA OS FUNDOS DE INVESTIMENTO.

Leia mais

Relação de Documentos para Dar Baixa no CNPJ

Relação de Documentos para Dar Baixa no CNPJ Relação de Documentos para Dar Baixa no CNPJ 1. Baixa da Inscrição da Entidade (Matriz) Natureza Jurídica (NJ) Data do Evento Ato Extintivo (regra geral) Órgão Público NJs 101-5, 102-3, 103-1, 104-0, 105-8,

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES KINEA PRIVATE EQUITY II. CNPJ/MF n.º /

FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES KINEA PRIVATE EQUITY II. CNPJ/MF n.º / FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES KINEA PRIVATE EQUITY II CNPJ/MF n.º 15.039.162/0001-00 Ata da Assembleia Geral de Quotistas realizada em 28 de agosto de 2012 1. DATA, HORA E LOCAL: Aos 28 dias do

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER PIBB AÇÕES / Informações referentes a Novembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER PIBB AÇÕES / Informações referentes a Novembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER PIBB AÇÕES 07.184.920/0001-56 Informações referentes a Novembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FUNDO

Leia mais

CONSELHO CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE ANEXO I

CONSELHO CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE ANEXO I ANEXO I DETALHAMENTO DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO APLICÁVEL À PROVA DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA GERAL 9º EXAME DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA 1. LEGISLAÇÃO E ÉTICA PROFISSIONAL. a) A LEGISLAÇÃO SOBRE A ÉTICA PROFISSIONAL

Leia mais

BNP PARIBAS HEDGE CLASSIQUE FI MULTIMERCADO LONGO PRAZO

BNP PARIBAS HEDGE CLASSIQUE FI MULTIMERCADO LONGO PRAZO BNP PARIBAS HEDGE CLASSIQUE FI MULTIMERCADO LONGO PRAZO JANEIRO/2017 OBJETIVO E POLÍTICA DE INVESTIMENTO DO FUNDO Obter retorno superior ao CDI, investindo a partir de avaliação macro e micro econômica,

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD PREMIUM DI CRÉDITO PRIVADO / Informações referentes a Junho de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD PREMIUM DI CRÉDITO PRIVADO / Informações referentes a Junho de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD PREMIUM DI CRÉDITO PRIVADO 09.300.207/0001-56 Informações referentes a Junho de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

OBRIGAÇÕES ÁREA FEDERAL MÊS JUNHO 2014

OBRIGAÇÕES ÁREA FEDERAL MÊS JUNHO 2014 OBRIGAÇÕES ÁREA FEDERAL MÊS JUNHO 2014 04/06-4 Feira Último dia para recolhimento do Imposto de Renda na Fonte referente a juros sobre o capital próprio, aplicações financeiras, títulos de capitalização;

Leia mais

Uma Corretora que tenha firmado um Contrato de Agente Autorizado com a Administradora.

Uma Corretora que tenha firmado um Contrato de Agente Autorizado com a Administradora. GLOSSÁRIO Administradora Citibank Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. Agente Autorizado Uma Corretora que tenha firmado um Contrato de Agente Autorizado com a Administradora. Ativos do

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO FIP-IE OMEGA I

RELATÓRIO DE GESTÃO FIP-IE OMEGA I GERAÇÃO DE ENERGIA A geração de 17,62 MWm de Pipoca neste último mês contribuiu substancialmente para superar a marca y-o-y em 223,9% e resultou na geração acumulada de 66,47 MWm em 216, a qual representa

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF 23.682.485/0001-46 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FUNDO

Leia mais

POL-006 Política de Investimentos Pessoais

POL-006 Política de Investimentos Pessoais POL-006 Política de Investimentos Pessoais POL-006 Política de Investimentos Pessoais (versão 01/2016) Sumário 1. Objetivo... 1 2. Âmbito de Aplicação... 1 3. Considerações Gerais... 1 4. Vínculos... 1

Leia mais

TERMO DE ANÁLISE DE CREDENCIAMENTO (modelo mínimo conforme PORTARIA MPS n 519, de 24 de agosto de 2011)

TERMO DE ANÁLISE DE CREDENCIAMENTO (modelo mínimo conforme PORTARIA MPS n 519, de 24 de agosto de 2011) TERMO DE ANÁLISE DE CREDENCIAMENTO (modelo mínimo conforme PORTARIA MPS n 519, de 24 de agosto de 2011) Nos termos da Portaria MPS nº 519, de 2011, na redação dada pela Portaria nº MPS 440, de 2013, para

Leia mais

C A R L O S A L C Â N T A R A S E T E M B R O 2016

C A R L O S A L C Â N T A R A S E T E M B R O 2016 C A R L O S A L C Â N T A R A S E T E M B R O 2016 A C e t i p o f e r e c e Infraestrutura ao m e r c a d o f i n a n c e i r o: Unidade de Títulos e Valores Mobiliários Unidade de Financiamentos Renda

Leia mais

ORDEM DO DIA: Eleição de membro efetivo do Conselho de Administração, por indicação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

ORDEM DO DIA: Eleição de membro efetivo do Conselho de Administração, por indicação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO AGE Em, 06 de agosto de 2015. ORDEM DO DIA: Eleição de membro efetivo do Conselho de Administração, por indicação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. - INFORMAÇÕES

Leia mais

Código CETIP. Endereço do Administrador do COTISTA (Rua, Avenida, Praça, etc.) Número Complemento Bairro CEP

Código CETIP. Endereço do Administrador do COTISTA (Rua, Avenida, Praça, etc.) Número Complemento Bairro CEP Cadastro Novo Alteração Cadastral Renovação Cadastral DADOS CADASTRAIS DO FUNDO DE INVESTIMENTO (COTISTA) Razão Social do COTISTA (sem abreviações) Atividade Principal (Código CNAE) País de Constituição

Leia mais

b) Compra e venda de títulos públicos, controle de taxa de juros e dos depósitos compulsórios dos bancos.

b) Compra e venda de títulos públicos, controle de taxa de juros e dos depósitos compulsórios dos bancos. De quais ferramentas dispõe o Banco Central para fazer política monetária? a) Emissão de moeda, compra e venda de títulos públicos, controle de câmbio. b) Compra e venda de títulos públicos, controle de

Leia mais

Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir:

Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir: São Paulo, de de 20. Ref.: Solicitação de Documentos Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir: Aviso de Sinistro: envio de 1 (uma) via do formulário devidamente preenchido

Leia mais

Lâmina de Informações Essenciais Sobre o BTG PACTUAL CAPITAL MARKETS FI RF / Informações referentes a Novembro de 2016

Lâmina de Informações Essenciais Sobre o BTG PACTUAL CAPITAL MARKETS FI RF / Informações referentes a Novembro de 2016 Lâmina de Informações Essenciais Sobre o BTG PACTUAL CAPITAL MARKETS FI RF 04.501.865/0001-92 Informações referentes a Novembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o BTG

Leia mais

CONTABILIDADE DAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS

CONTABILIDADE DAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS CONTABILIDADE DAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS CONSIDERAÇÕES INICIAIS Importância do recurso financeiro para o mundo; Cada nação tem sua estratégia de adquirir seus recursos financeiros; Essa organização é

Leia mais

ASSEMBLEIAS GERAIS ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA DA VALE S.A.

ASSEMBLEIAS GERAIS ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA DA VALE S.A. ASSEMBLEIAS GERAIS ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA DA VALE S.A. Tendo em vista a convocação das Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária a serem realizadas no dia 27 de abril de 2010, a Vale S.A ( Vale

Leia mais

Versão: 07/12/2010 Atualizado em: 15/02/2012

Versão: 07/12/2010 Atualizado em: 15/02/2012 Versão: 07/12/2010 Atualizado em: 15/02/2012 Conteúdo Introdução ao Cadastro de Participantes... 1 Conhecendo o Serviço... 2 Acesso ao Cadastro... 3 Ações dos Botões das Telas... 4 Cadastros... 5 Cadastro

Leia mais

ENERGISA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº / FATO RELEVANTE

ENERGISA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº / FATO RELEVANTE ENERGISA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 00.864.214/0001-06 FATO RELEVANTE ENERGISA S.A. ( Companhia ), em atendimento ao artigo 157, parágrafo 4º, da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme

Leia mais

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL BRUNI BRUNI BRUNI BRUNI. Sistema Financeiro Nacional

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL BRUNI BRUNI BRUNI BRUNI. Sistema Financeiro Nacional Capítulo Sistema Financeiro Nacional Bibliografia básica Todo o conteúdo dos slides deve ser acompanhado com o livro Mercados Financeiros, publicado pela Editora Atlas. Objetivos do capítulo Distinguir

Leia mais

Guia de orientação para cumprimento dos prazos estabelecidos nos

Guia de orientação para cumprimento dos prazos estabelecidos nos Guia de orientação para cumprimento dos prazos estabelecidos nos Códigos de Regulação e Melhores Práticas da ANBIMA Versão 8 - Atualizado em: 19/12/2016 INDÍCE 2 Introdução...3 Código de Atividades Conveniadas...4

Leia mais

HG Allocation Strategy II Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Ações (Administrado pela Hedging-Griffo Corretora de Valores

HG Allocation Strategy II Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Ações (Administrado pela Hedging-Griffo Corretora de Valores HG Allocation Strategy II Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Ações (Administrado pela Hedging-Griffo Corretora de Valores S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2006

Leia mais

Perspectivas para o Mercado Regulação

Perspectivas para o Mercado Regulação 20º Encontro Nacional de Líderes do Mercado Segurador Perspectivas para o Mercado Regulação 07 de fevereiro de 2015 Carlos de Paula Diretor-Superintendente Agenda O Sistema de Previdência Complementar

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA AÇÕES PREMIUM - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: /

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA AÇÕES PREMIUM - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ: / LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O ALFA AÇÕES PREMIUM - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES Informações referentes à Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o ALFA

Leia mais

Risco de Mercado: risco de oscilações decorrentes das flutuações de preços e cotações de mercado.

Risco de Mercado: risco de oscilações decorrentes das flutuações de preços e cotações de mercado. FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO SANTANDER FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO YIELD PREMIUM RENDA FIXA REFERENCIADO DI CRÉDITO ("Fundo") COMPETÊNCIA: 03/2016 DATA DE GERAÇÃO:

Leia mais

Formulário Cadastral MENDES JUNIOR ENGENHARIA SA Versão : 1. Dados gerais 1. Endereço 2. Valores mobiliários 3. Auditor 4

Formulário Cadastral MENDES JUNIOR ENGENHARIA SA Versão : 1. Dados gerais 1. Endereço 2. Valores mobiliários 3. Auditor 4 Índice Dados Cadastrais Dados gerais 1 Endereço 2 Valores mobiliários 3 Auditor 4 Escriturador de ações 5 DRI ou pessoa equiparada 6 Departamento de acionistas 7 1. Dados gerais Nome empresarial Data de

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VINCI MULTIESTRATÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO /

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VINCI MULTIESTRATÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO / LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VINCI MULTIESTRATÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO 12.440.825/0001-06 Informações referentes a Novembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS Base de Dados do Varejo. Abaixo são listadas as principais dúvidas e respostas referentes ao preenchimento do formulário:

PERGUNTAS E RESPOSTAS Base de Dados do Varejo. Abaixo são listadas as principais dúvidas e respostas referentes ao preenchimento do formulário: PERGUNTAS E RESPOSTAS Base de Dados do Varejo Abaixo são listadas as principais dúvidas e respostas referentes ao preenchimento do formulário: Dúvidas Gerais 1. Quem é obrigado enviar o formulário? São

Leia mais

Ref.: Consulta Formal aos Cotistas do FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO BR HOTÉIS - FII CNPJ nº /

Ref.: Consulta Formal aos Cotistas do FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO BR HOTÉIS - FII CNPJ nº / Rio de Janeiro, 25 de setembro de 2015. Ref.: Consulta Formal aos Cotistas do FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO BR HOTÉIS - FII CNPJ nº 15.461.076/0001-91. Prezados Senhores, O BNY Mellon Serviços Financeiros

Leia mais

CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS DO CAMPUS MANAUS CENTRO 2º SEMESTRE 2015

CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS DO CAMPUS MANAUS CENTRO 2º SEMESTRE 2015 CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS DO CAMPUS MANAUS CENTRO 2º SEMESTRE 2015 EDITAL/CURSO/FORMA/MODALIDADE DATA HORÁRIO LOCAL EDITAL 05/2015 CURSO TÉCNICO SUBSEQUENTE 20,21 e 22 de JULHO (1ª Chamada) 8h às 17h SALA

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O TOKYO-MITSUBISHI UFJ MIX FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O TOKYO-MITSUBISHI UFJ MIX FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O TOKYO-MITSUBISHI UFJ MIX FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO 02.129.653/0001-09 Informações referentes a Setembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo

Leia mais

SCG I FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF n.º / ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE QUOTISTAS REALIZADA EM 22 DE SETEMBRO DE 2014

SCG I FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF n.º / ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE QUOTISTAS REALIZADA EM 22 DE SETEMBRO DE 2014 SCG I FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF n.º 11.003.204/0001-00 ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DE QUOTISTAS REALIZADA EM 22 DE SETEMBRO DE 2014 DATA, HORA E LOCAL: Aos 22 dias do mês de setembro do

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VINCI GAS SELEÇÃO DIVIDENDOS FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES /

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VINCI GAS SELEÇÃO DIVIDENDOS FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES / LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VINCI GAS SELEÇÃO DIVIDENDOS FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES 12.287.682/0001-44 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir:

Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir: São Paulo, de de 20. Ref.: Solicitação de Documentos Para análise do processo, favor proceder conforme as instruções a seguir: Aviso de Sinistro: envio de 1 (uma) via do formulário devidamente preenchido

Leia mais

Formulário Cadastral COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO - COMGÁS Versão : 3. Dados gerais 1. Endereço 2. Valores mobiliários 3.

Formulário Cadastral COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO - COMGÁS Versão : 3. Dados gerais 1. Endereço 2. Valores mobiliários 3. Índice Dados Cadastrais Dados gerais 1 Endereço 2 Valores mobiliários 3 Auditor 4 Escriturador de ações 5 DRI ou pessoa equiparada 6 Departamento de acionistas 7 1. Dados gerais Nome empresarial Data de

Leia mais

ANÚNCIO DE ENCERRAMENTO DA 2ª EMISSÃO DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES DA

ANÚNCIO DE ENCERRAMENTO DA 2ª EMISSÃO DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES DA ANÚNCIO DE ENCERRAMENTO DA 2ª EMISSÃO DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES DA TRIÂNGULO DO SOL AUTO-ESTRADAS S.A. Companhia Aberta CVM nº 2306-0 CNPJ nº 02.509.186/0001-34 NIRE 35.300.155.203

Leia mais

Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2007.

Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2007. Demonstração da Composição e Diversificação das Aplicações em 31 de maio de 2007. Código do Fundo: 41633 Nome do Fundo: ITAÚ PERSONNALITÉ RENDA FIXA PRÉ LONGO P CNPJ: 07104761000132 Administrador: BANCO

Leia mais

Cadastro Seguro Fiança Pessoa Física Residencial

Cadastro Seguro Fiança Pessoa Física Residencial Cadastro Seguro Fiança Pessoa Física Residencial 1. Informações para cadastro pessoa física Corretora: CSI Corretora de Seguros Imobiliária: Freitas Godoi 2.Informações pessoais Sobre o Pretendente: Nome

Leia mais

JANEIRO de

JANEIRO de JANEIRO de 2015 1 ÍNDICE 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 4 2 RESUMO DO REGULAMENTO DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO... 5 2.1 FUNDOS DE INVESTIMENTO DO BANCO DO BRASIL... 5 2.1.1 BB PREVIDENCIÁRIO RENDA FIXA IMA

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O TOKYO-MITSUBISHI UFJ MIX FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O TOKYO-MITSUBISHI UFJ MIX FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O TOKYO-MITSUBISHI UFJ MIX FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO 02.129.653/0001-09 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo

Leia mais