Acesso à Informação. Lei nº /2011. Norma 0330-NA-1-01/07 (publicada em 30 de novembro de 2012)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Acesso à Informação. Lei nº /2011. Norma 0330-NA-1-01/07 (publicada em 30 de novembro de 2012)"

Transcrição

1 Acesso à Informação Lei nº /2011 Norma 0330-NA-1-01/07 (publicada em 30 de novembro de 2012)

2 Apresentação A Lei /2011, sancionada em 18 de novembro de 2011, tem o propósito de regulamentar o direito constitucional de acesso dos cidadãos às informações públicas e seus dispositivos devem ser observados pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios. A publicação da Lei de Acesso a Informações-LAI significa um importante passo para a consolidação democrática do Brasil, pois possibilita uma maior participação popular e o controle social das ações governamentais. No Brasil, o direito de acesso à informação pública foi previsto na Constituição Federal, no Art. 5º, inciso XXXIII: todos têm direito a receber dos órgãos públicos informações de seu interesse particular, ou de interesse coletivo ou geral, que serão prestadas no prazo da lei, sob pena de responsabilidade, ressalvadas aquelas cujo sigilo seja imprescindível à segurança da sociedade e do Estado. Nesse sentido a LAI regulamenta os Art. 5º, inciso XIV, Art. 37, 3º, inciso II e Art. 216, 2º, estabelecendo requisitos mínimos para a divulgação de informações públicas e procedimentos para facilitar e agilizar o seu acesso por qualquer pessoa. A LAI foi internalizada pela CMB através da norma 0330-NA-1-01/07 (30/11/2012). 3

3 Conhecendo a Lei Ao regulamentar o direito ao acesso a Informação, a Lei estabelece o princípio de que o acesso é a regra, e o sigilo é a exceção. Assim estipula procedimentos para que a Administração responda aos pedidos de informação do cidadão:» normas e prazos para o processamento dos pedidos de informação;» a criação de um Serviço de Informações ao Cidadão - SIC em todos os órgãos e entidades do poder público, para atender as requisições;» órgãos e entidades públicas devem divulgar informações de interesse coletivo, sobretudo por meio da Internet, independentemente de requisição. (Transparência ativa);» regras para a classificação de documentos e informações e para os graus de sigilo.» mecanismos de recurso em caso de negativa de acesso à informação. Prazos São estabelecidos prazos para que sejam repassadas as informações ao solicitante. A resposta deve ser dada imediatamente, se estiver disponível, ou em até 20 dias, prorrogáveis por mais 10 dias. A norma 0330-NA-1-01/07 orienta que a área acionada atenda ao pedido de informação em ate cinco dias úteis, para que o SIC possa inseri-las no sistema. Requerimentos de Informações Serviço de Informação ao Cidadão Caberá ao Serviço de Informações ao Cidadão - SIC: - protocolizar documentos e requerimentos de acesso à informação; - orientar sobre os procedimentos de acesso, indicando data, local e modo como que será feita a consulta; e informar sobre a tramitação de documentos.» Requerimentos não precisam ser motivados.» Serão exigidas apenas a identificação do requerente e a especificação da informação desejada.» A busca e o fornecimento das informações são gratuitos.» Apenas cópias de documentos poderão ser cobradas.» Negativa de acesso deve ser motivada, cabendo recurso no âmbito do próprio órgão.» Indeferido o recurso interno, caberá novo recurso à CGU. 4 5

4 Tipos de Informações na CMB Informações que Merecem Especial Atenção Pública: Informação com acesso irrestrito pelos cidadãos. Sigilosa: Informação imprescindível à segurança da sociedade ou do Estado» Processo de acompanhamento de projetos de investimento;» Plantas do Parque Industrial;» Plano de defesa da CMB e seus recursos; Não Classificável (Sigilosa independente de classificação): I - informações pessoais relativas à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem; II - informações e documentos caracterizados em normativos específicos como de natureza sigilosa, tais como sigilo fiscal, patrimonial ou bancário; III - processos judiciais sob segredo de justiça; IV - identificação do denunciante que tenha procurado a Ouvidoria para relatar irregularidade; V - relatórios e notas técnicas decorrentes de atividades internas da CMB, quando ainda não concluídos; VI - documentos e informações de natureza técnica produzidos por outros órgãos e entidades em poder da CMB sem a característica de custódia;» Processos (relatórios de atendimento; relatórios conclusivos; atas; depoimentos) e controles da Comissão de Ética;» Processos de Relatório de Auditoria Interna (contendo relatórios anuais e trimestrais, fluxogramas de processos ligados às estratégias de negócios, papeis de trabalho e ordem de serviço interno - OSI e plano de providência);» Plano Anual de Atividades de Auditoria Interna PAINT;» Relatório Anual de Atividades de Auditoria Interna RAINT;» Registro da pesquisa de mercado;» Os valores constantes nos termos de referência nas licitações por pregão em que o pregoeiro entenda necessária sua preservação até o momento da fase da aceitação da proposta;» Processos de Comissão de Sindicância e inquérito. 6 7

5 Classificação das Informações Sigilosas (com base no artigo 23, Lei /11)» Coloque em Risco a Soberania Nacional (art. 23, I, da LAI);» Coloque em Risco a Segurança ou a Saúde da População (art. 23, III, da LAI);» Ofereça Risco à Estabilidade Monetária do País (art. 23, IV, da LAI);» Prejudique ou Cause Risco a Projetos de Pesquisas e Desenvolvimento Científico ou Tecnológico, e também a Sistemas, Bens Instalações ou Áreas de Interesse Estratégico Nacional (art. 23, VI, da LAI); Grau e Prazo Ultrassecreta 25 anos Secreta 15 anos Reservada 5 anos Autoridade Classificadora Ministro da Fazenda Presidente da CMB Diretores, podendo ser delegado aos Superintendentes, vedada a subdelegação.» Ponha em Risco a Segurança de Instituições (art. 23, VII, da LAI);» Comprometa atividades de inteligência relacionadas com a prevenção ou repressão de infrações (art.23, VIII, da LAI). Hipóteses de aplicação do sigilo» A imposição de sigilo é procedimento excepcional.» Como regra geral, podem ser classificadas apenas as informações cujo sigilo seja imprescindível à segurança da sociedade ou do Estado. Procedimento Básico para Classificação de Informações Sigilosas» Preencher o Termo de Classificação de Informação - TCI e anexar ao documento;» Se a classificação for no grau reservado, enviar cópia do TCI para a Autoridade de Monitoramento da LAI (art. 40), no prazo de 30 dias;» Se a classificação for no grau secreto, o Presidente da CMB enviará cópia do TCI para a Comissão Mista de Reavaliação de Informações, no prazo de 30 dias; 8 9

6 Informações pessoais» São aquelas relativas à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem das pessoas.» O acesso é restrito, independentemente de classificação, pelo prazo de 100 anos.» Podem ter acesso às informações pessoais:» Os agentes públicos legalmente autorizados;» A pessoa à qual se referem;» Terceiros, mediante consentimento expresso da pessoa à qual se referem; e Independentemente de consentimento, para as finalidades previstas no art. 31, 3º da Lei nº /11. Reclassificação, Reavaliação e Desclassificação» Reclassificação: ato de autoridade classificadora ou hierarquicamente superior, de ofício ou por provocação, que altera o grau de sigilo da informação;» Reavaliação: ato de autoridade classificadora ou hierarquicamente superior, de ofício ou por provocação, que reduz o prazo de sigilo conferido à informação dentro do grau que lhe fora estabelecido;» Desclassificação: ato de autoridade classificadora ou hierarquicamente superior, de ofício ou por provocação, que cancela qualquer grau de sigilo conferido à informação. Legislação Relacionada A - Lei de Acesso à Informação: Lei de 18 de novembro de lei/l12527.htm B - Regulamento: Decreto nº de 16 de maio de decreto/d7724.htm Decreto nº 8.243, de 23 de maio de Decreto/D8243.htm Portaria Interministerial nº 233 de 25 de maio de c Norma Interna CMB 0330-NA-1-01/

7

Lei Nº12.527/2011 Acesso à Informação Pública Principais pontos da lei brasileira e desafios para sua implementação. Controladoria-Geral da União

Lei Nº12.527/2011 Acesso à Informação Pública Principais pontos da lei brasileira e desafios para sua implementação. Controladoria-Geral da União Lei Nº12.527/2011 Acesso à Informação Pública Principais pontos da lei brasileira e desafios para sua implementação Controladoria-Geral da União Acesso a informação: Conceito Transparência Ativa ACESSO

Leia mais

Lei Nº12.527/2011 Acesso à Informação Pública Principais pontos da lei brasileira e desafios para sua implementação

Lei Nº12.527/2011 Acesso à Informação Pública Principais pontos da lei brasileira e desafios para sua implementação Lei Nº12.527/2011 Acesso à Informação Pública Principais pontos da lei brasileira e desafios para sua implementação Diretoria de Prevenção da Corrupção Controladoria-Geral da União Lei 12.527/2011 Abrangência:

Leia mais

DESTAQUE PARA OS EXEMPLOS PRÁTICOS ENVOLVENDO AS EMPRESAS E O GOVERNO

DESTAQUE PARA OS EXEMPLOS PRÁTICOS ENVOLVENDO AS EMPRESAS E O GOVERNO DESTAQUE PARA OS EXEMPLOS PRÁTICOS ENVOLVENDO AS EMPRESAS E O GOVERNO ACESSO À INFORMAÇÃO PÚBLICA NO BRASIL A Lei 12.527, sancionada em 18 de novembro de 2011, pela Presidenta da República, Dilma Rousseff,

Leia mais

Lei de Acesso à Informação Nº , de 18 de novembro de 2011

Lei de Acesso à Informação Nº , de 18 de novembro de 2011 Lei de Acesso à Informação Nº 12.527, de 18 de novembro de 2011 Abrangência órgãos e entidades públicas de todos os poderes edetodos os entes federativos entidades privadas sem fins lucrativos que recebem

Leia mais

LAI Lei nº /2011

LAI Lei nº /2011 LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO LAI Lei nº 12.527/2011 Regulamentada pelo Decreto 7.724/2012 1 SECRETARIA DE PREVENÇÃO DA CORRUPÇÃO E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS - SPCI CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO Acesso à Informação

Leia mais

O EXERCÍCIO DE UM MANDATO TRANSPARENTE

O EXERCÍCIO DE UM MANDATO TRANSPARENTE VII CONGRESSO MINEIRO DE VEREADORES O EXERCÍCIO DE UM MANDATO TRANSPARENTE Dez diretrizes básicas Vivian do Carmo Bellezzia 1 ENTENDER A LÓGICA DO SISTEMA BRASILEIRO DE ACESSO À INFORMAÇÃO DIRETRIZES:

Leia mais

3º GEPEA. Legislação e normas da USP para o Acesso à Informação Pública. Regis Lattouf PG

3º GEPEA. Legislação e normas da USP para o Acesso à Informação Pública. Regis Lattouf PG 3º GEPEA Legislação e normas da USP para o Acesso à Informação Pública Regis Lattouf PG 2 Lei de Acesso à Informação Pública Lei nº 12.527, de 18.11.11 Decreto Estadual nº 58.052, de 16.05.12 1. Breve

Leia mais

Ao efetivar o direto de acesso, o Brasil:

Ao efetivar o direto de acesso, o Brasil: Ao efetivar o direto de acesso, o Brasil: Consolida e define o marco regulatório sobre o acesso à informação pública sob a guarda do Estado; Estabelece procedimentos para que a Administração responda a

Leia mais

NORMA DE TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO CORPORATIVA - NOR 904

NORMA DE TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO CORPORATIVA - NOR 904 NORMAS GERAIS COD. 900 ASSUNTO: TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO CORPORATIVA APROVAÇÃO: Deliberação DIREX nº 102, de 19/11/2015. ATUALIZAÇÃO: OS SECEX nº 11, de 11/05/2017. VIGÊNCIA: 16/05/2017. NORMA DE TRATAMENTO

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA CREA-PA MANUAL DE PROCEDIMENTOS Lei No.12.527/2011 Dec.7.724/2012 Ouvidoria 2012. Conselho Regional de Engenharia e Agronomia CREA-PA NOMENCLATURA: (Art.3º.

Leia mais

LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO LAI

LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO LAI PREFEITURA MUNICIPAL DE VIANA ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CONTROLADORIA GERAL MUNICIPAL LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO LAI Lei Federal nº 12.527/11 - Lei Municipal nº 2.541/213 Decreto Municipal 141/216 RELATÓRIO

Leia mais

A Presidente do CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO CEARÁ, no exercício de suas atribuições legais e regimentais.

A Presidente do CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO CEARÁ, no exercício de suas atribuições legais e regimentais. PORTARIA Nº CRC-CE 0269/2016 APROVA O REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO PERMANENTE DE TRANSPARÊNCIA (CPT) DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO CEARÁ. A Presidente do CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE

Leia mais

LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO E S C O L A D E G O V E R N O 0 7 D E D E Z E M B R O D E

LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO E S C O L A D E G O V E R N O 0 7 D E D E Z E M B R O D E LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO E S C O L A D E G O V E R N O 0 7 D E D E Z E M B R O D E 2 0 1 5 LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO BASES LEGAIS Artigo 19: Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948) Todo ser

Leia mais

Lei de Acesso à Informação. Escola de Governo 18 de novembro de 2014

Lei de Acesso à Informação. Escola de Governo 18 de novembro de 2014 Lei de Acesso à Informação Escola de Governo 18 de novembro de 2014 Bases Legais LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO Artigo 19: Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948) Todo ser humano tem direito à liberdade

Leia mais

MARÇO Boletim Nº COMO ESTÃO O PORTAL DE TRANSPARÊNCIA E O SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO DA CÂMARA DE VEREADORES?

MARÇO Boletim Nº COMO ESTÃO O PORTAL DE TRANSPARÊNCIA E O SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO DA CÂMARA DE VEREADORES? Boletim Nº www.observatoriopiracicaba.org.br MARÇO 2017 COMO ESTÃO O PORTAL DE TRANSPARÊNCIA E O SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO DA CÂMARA DE VEREADORES? A transparência é o acesso aos documentos e às

Leia mais

Guia. 2ª versão. Publicação do rol de informações classificadas e desclassificadas e de relatórios estatísticos sobre a Lei de Acesso à Informação

Guia. 2ª versão. Publicação do rol de informações classificadas e desclassificadas e de relatórios estatísticos sobre a Lei de Acesso à Informação Guia 2ª versão Publicação do rol de informações classificadas e desclassificadas e de relatórios estatísticos sobre a Lei de Acesso à Informação A. Introdução No contexto da implementação da Lei de Acesso

Leia mais

TRANSPARÊNCIA PÚBLICA: Portal da Transparência dos Poderes Municipais e TAG's. Gestão Responsável em último ano de mandato

TRANSPARÊNCIA PÚBLICA: Portal da Transparência dos Poderes Municipais e TAG's. Gestão Responsável em último ano de mandato TRANSPARÊNCIA PÚBLICA: Portal da Transparência dos Poderes Municipais e TAG's PAOLA CALS A. DAHER Analista de Controle Externo / TCM-PA Diretoria de Planejamento DIPLAN (91) 3210-7814 e 3210-7570 paolacals@gmail.com

Leia mais

RESOLUÇÃO ATRICON Nº 01/2013

RESOLUÇÃO ATRICON Nº 01/2013 RESOLUÇÃO ATRICON Nº 01/2013 Estabelece RECOMENDAÇÕES aos Tribunais de Contas sobre procedimentos e ações de orientação, fiscalização e julgamento da transparência dos órgãos jurisdicionados, especialmente

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2017

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2017 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2017 Regula a decretação de sigilo nos autos de procedimentos de investigação e de processos judiciais, nos termos dos arts. 5º, LX, e 93, IX, da Constituição da República

Leia mais

O ACESSO À INFORMAÇÃO E A CF/88

O ACESSO À INFORMAÇÃO E A CF/88 - LEGISLAÇÃO ESPECIAL - - Lei nº 12.527/11 - Lei de Acesso à Informação - Professor: Marcos Girão - O ACESSO À INFORMAÇÃO E A CF/88 1 CF/88 ACESSO À INFORMAÇÃO Constituição Federal de 1988 Art. 5º (...)

Leia mais

Acesso à Informação Lei

Acesso à Informação Lei Acesso à Informação Lei 12.527 J U N / 1 7 S A N D R A M A R I A D U A R T E D E A S S U M P Ç Ã O A S S U M P C A @ U F B A. B R A N A C A R I N A M. A L M E I D A D E M E L O C A R I N A @ U F B A. B

Leia mais

RELATÓRIO ESTATÍSTICO JULHO 2015

RELATÓRIO ESTATÍSTICO JULHO 2015 RELATÓRIO ESTATÍSTICO JULHO 2015 VÁRZEA GRANDE MT 2015 1 EXPEDIENTE LUCIMAR SACRE DE CAMPOS Prefeita de Várzea Grande/MT MARCIA FRANÇOSO Controladora Geral do Município IVANILDE NOGUEIRA RAMOS VAZ Ouvidora

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DA PARAÍBA - CREA/PB

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DA PARAÍBA - CREA/PB PORTARIA N 25/2016, DE 24 DE JULHO DE 2016 Dispõe, no âmbito do CREA/PB, sobre a execução da Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011 - Lei de Acesso à Informação, e do Decreto nº 7.724, de 16 de maio

Leia mais

Guia para a Implementação da Lei de Acesso à Informação no Distrito Federal

Guia para a Implementação da Lei de Acesso à Informação no Distrito Federal - Guia para a Implementação da Lei de Acesso à Informação no Distrito Federal 2 Acesso à Informação Pública 3 2012 - Secretaria de Estado de Transparência e Controle do Distrito Federal Edifício Anexo

Leia mais

Eixo I - Promoção da transparência pública e acesso à informação e dados públicos

Eixo I - Promoção da transparência pública e acesso à informação e dados públicos Eixo I - Promoção da transparência pública e acesso à informação e dados públicos A transparência e o acesso à informação são essenciais para a consolidação do regime democrático e para a boa gestão pública.

Leia mais

O ACESSO À INFORMAÇÃO E A CF/88

O ACESSO À INFORMAÇÃO E A CF/88 - LEGISLAÇÃO ESPECIAL - - Lei nº 12.527/11 - Lei de Acesso à Informação - Professor: Marcos Girão - O ACESSO À INFORMAÇÃO E A CF/88 1 CF/88 ACESSO À INFORMAÇÃO Constituição Federal de 1988 Art. 5º (...)

Leia mais

Dispõe sobre a divulgação de dados processuais eletrônicos na rede mundial de computadores, expedição de certidões judiciais e dá outras providências.

Dispõe sobre a divulgação de dados processuais eletrônicos na rede mundial de computadores, expedição de certidões judiciais e dá outras providências. Resolução nº 121, de 5 de outubro de 2010 Dispõe sobre a divulgação de dados processuais eletrônicos na rede mundial de computadores, expedição de certidões judiciais e dá outras providências. O PRESIDENTE

Leia mais

O VICE-PRESIDENTE, NO EXERCÍCIO DA PRESIDÊNCIA DO INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL INPI, no exercício das suas atribuições legais, e

O VICE-PRESIDENTE, NO EXERCÍCIO DA PRESIDÊNCIA DO INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL INPI, no exercício das suas atribuições legais, e SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL PRESIDÊNCIA 26/09/2013 RESOLUÇÃO Nº 111/2013 Assunto: Divulga o rol de

Leia mais

NORMA GERAL PARA GESTÃO DO SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO SIC

NORMA GERAL PARA GESTÃO DO SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO SIC NORMA GERAL PARA GESTÃO DO SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO SIC Norma Geral TÍTULO Capítulo Seção Nome Revisão 1 Órgãos Colegiados e Comitês 4 Ouvidoria Geral 02 Diretrizes Gerais do SIC 01 Gestão do Serviço

Leia mais

RESOLUÇÃO CODIR Nº 06, DE 08 DE JULHO DE 2016.

RESOLUÇÃO CODIR Nº 06, DE 08 DE JULHO DE 2016. RESOLUÇÃO CODIR Nº 06, DE 08 DE JULHO DE 2016. Aprova Regulamento de Uso do Circuito Fechado de TV no IFSC. A PRESIDENTE DO COLÉGIO DE DIRIGENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

DECRETO N.º DECRETA: CAPÍTULO II DISPOSIÇÕES GERAIS

DECRETO N.º DECRETA: CAPÍTULO II DISPOSIÇÕES GERAIS DECRETO N.º 1.135 Regula o procedimento de acesso a informações públicas, classificação e reclassificação de informações sigilosas, no âmbito da Administração Direta e Indireta do Município de Curitiba,

Leia mais

Coordenação-Geral do Núcleo de Segurança e Credenciamento. Legislação relacionada à Lei do Acesso à Informação

Coordenação-Geral do Núcleo de Segurança e Credenciamento. Legislação relacionada à Lei do Acesso à Informação Coordenação-Geral do Núcleo de Segurança e Credenciamento Legislação relacionada à Lei do Acesso à Informação ÍNDICE Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011... 04 Decreto nº 7.724, de 16 de maio de 2012...

Leia mais

INSTRUÇÃO PROMOTOR NATURAL: O

INSTRUÇÃO PROMOTOR NATURAL: O INSTRUÇÃO PROMOTOR NATURAL: O inquérito civil e o procedimento preparatório serão presididos pelo membro do Ministério Público a quem for conferida essa atribuição, nos termos da normatização de regência.

Leia mais

Curso Resultado. Lei Ordinária , de 18 de novembro de 2011 Publicada no DOU de

Curso Resultado. Lei Ordinária , de 18 de novembro de 2011 Publicada no DOU de Lei Ordinária 12.527, de 18 de novembro de 2011 Publicada no DOU de 18.11.2011 Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5, no inciso II do 3 do art. 37 e no 2 do art. 216 da Constituição

Leia mais

Câmara Municipal de São Sebastião da Grama

Câmara Municipal de São Sebastião da Grama RESOLUÇÃO Nº 002, DE 09 DE MARÇO DE 2016. Regulamenta o Acesso à Informação e cria o Sistema de Informação ao Cidadão SIC, nos regramentos encartados na Lei Federal n.º 12.527, de 18 de novembro de 2011

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEP COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEP COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEP COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 03/2014 Estabelece os procedimentos a serem

Leia mais

www.opiceblum.com.br O Marco Civil da Internet, Novas Aplicações, Riscos Legais e Oportunidades para o Setor Bancário Rubia Ferrão FONTES DE DIREITO CF LEIS CP, CC,CPC, CLT, CTN, CDC etc. Demais Atos Decretos,

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA N 05, DE 1º DE JULHO DE 2016

PORTARIA NORMATIVA N 05, DE 1º DE JULHO DE 2016 PORTARIA NORMATIVA N 05, DE 1º DE JULHO DE 2016 Regulamenta, no âmbito do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Pernambuco (CAU/PE), em conformidade com a Lei n 12.527, de 18 de novembro de 2011, e com

Leia mais

ACESSO À INFORMAÇÃO E TRANSPARÊNCIA NA UFF: DIREITO DO CIDADÃO

ACESSO À INFORMAÇÃO E TRANSPARÊNCIA NA UFF: DIREITO DO CIDADÃO ACESSO À INFORMAÇÃO E TRANSPARÊNCIA NA UFF: DIREITO DO CIDADÃO Resumo: ALUNO: Fabiana Silva de Freitas Coelho ORIENTADOR: Júlio Cesar Andrade de Abreu FILIAÇÃO: Gestão em Administração Pública - Universidade

Leia mais

PO PROCEDIMENTO OPERACIONAL

PO PROCEDIMENTO OPERACIONAL PO PROCEDIMENTO OPERACIONAL Recebimento, Processamento, Gerenciamento e Envio (RPGE) de Respostas aos Pedidos de Acesso à Informação (Transparência Passiva) PO-SIC001 SUMÁRIO I. OBJETIVO II. APLICAÇÃO

Leia mais

CGU. Acesso à informação. Mário Vinícius Spinelli Secretário de Prevenção da Corrupção e Informações Estratégicas. Controladoria-Geral da União

CGU. Acesso à informação. Mário Vinícius Spinelli Secretário de Prevenção da Corrupção e Informações Estratégicas. Controladoria-Geral da União CGU Acesso à informação Mário Vinícius Spinelli Secretário de Prevenção da Corrupção e Informações Estratégicas Controladoria-Geral da União Outubro/2012 CGU Transparência Linha do Tempo 1.ª Consocial

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011. Mensagem de veto Vigência Regulamento Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011. Mensagem de veto Vigência Regulamento Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII

Leia mais

UNIVERSIDADE FEEVALE REGULAMENTO DA OUVIDORIA CAPÍTULO I DA OUVIDORIA

UNIVERSIDADE FEEVALE REGULAMENTO DA OUVIDORIA CAPÍTULO I DA OUVIDORIA UNIVERSIDADE FEEVALE REGULAMENTO DA OUVIDORIA CAPÍTULO I DA OUVIDORIA Art. 1º A Ouvidoria da Universidade Feevale é um serviço que tem por finalidade garantir a efetiva comunicação e o relacionamento com

Leia mais

REGULAMENTO DA OUVIDORIA

REGULAMENTO DA OUVIDORIA REGULAMENTO DA OUVIDORIA Ribeirão Preto - SP 1 Sumário CAPÍTULO I... 3 Da Natureza, Objetivos e Finalidade... 3 CAPÍTULO II... 4 Da Vinculação Administrativa... 4 CAPÍTULO III... 4 Da Competência e Atribuições

Leia mais

SERVIÇO PÚ BLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO PIAÚI CREA/PI PORTARIA Nº 33, DE 11 DE JULHO DE 2016

SERVIÇO PÚ BLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO PIAÚI CREA/PI PORTARIA Nº 33, DE 11 DE JULHO DE 2016 PORTARIA Nº 33, DE 11 DE JULHO DE 2016 Ementa: Regulamenta a Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011, que dispõe sobre o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do caput do art.5º, no inciso II

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACÃO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACÃO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL LEI Nº. 3028/2012, DE 18 DE JULHO DE 2012 Regula o acesso à informação no âmbito do Município de Barracão. APARICIO MENDES DE FIGUEIREDO, Prefeito Municipal de Barracão, no uso das atribuições legais que

Leia mais

Portal da Transparência do Governo Federal e LC 131/2009.

Portal da Transparência do Governo Federal e LC 131/2009. Portal da Transparência do Governo Federal e LC 131/2009 http://www.portaldatransparencia.gov.br/ Agenda Transparência Pública Objetivos Legislação Portal da Transparência do Governo Federal O que é Atendimento

Leia mais

Minuta de Decreto Marco Civil da Internet

Minuta de Decreto Marco Civil da Internet Minuta de Decreto Marco Civil da Internet Regulamenta a Lei nº 12.965, de 23 de abril de 2014 para tratar das exceções à neutralidade de rede e indicar procedimentos para a guarda de dados por provedores

Leia mais

INSTRUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 004/2016

INSTRUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 004/2016 INSTRUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 004/2016 INSTRUI SOBRE A APLICABILIDADE DA LEI Nº 12.527 DE NOVEMBRO DE 2011, REGULAMENTADA PELO DECRETO 7724/2015, QUE DISPÕE SOBRE O ACESSO A INFORMAÇÕES PREVISTO NO INCISO

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA, no uso da competência privativa que lhe confere o art. 71, incisos I e III, da Constituição do Estado,

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA, no uso da competência privativa que lhe confere o art. 71, incisos I e III, da Constituição do Estado, DECRETO Nº 1.048, de 4 de julho de 2012 Regulamenta, no âmbito do Poder Executivo, os procedimentos para a garantia do acesso à informação e para a classificação de informações sob restrição de acesso.

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SENADOR LA ROCQUE GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SENADOR LA ROCQUE GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 027/2015 ESTADO DO MARANHÃO Dispõe Sobre O Acesso À Informação No Âmbito do Município de Senador La Rocque e dá Outras Providencias. O PREFEITO MUNICIPAL DE SENADOR LA ROCQUE, FRANCISCO NUNES DA

Leia mais

COMO ESTÃO OS PORTAIS DE TRANSPARÊNCIA E OS SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO (SIC) DA PREFEITURA E DA CÂMARA?

COMO ESTÃO OS PORTAIS DE TRANSPARÊNCIA E OS SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO (SIC) DA PREFEITURA E DA CÂMARA? Boletim Nº www.observatoriopiracicaba.org.br COMO ESTÃO OS PORTAIS DE TRANSPARÊNCIA E OS SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO (SIC) DA PREFEITURA E DA CÂMARA? MAIO 2014 A transparência e o acesso aos documentos

Leia mais

Publicada no D.O.U. nº 26, de 10/02/2016, Seção 1, pag. 94 RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 476, DE 03 DE FEVEREIRO DE 2016

Publicada no D.O.U. nº 26, de 10/02/2016, Seção 1, pag. 94 RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 476, DE 03 DE FEVEREIRO DE 2016 Publicada no D.O.U. nº 26, de 10/02/2016, Seção 1, pag. 94 RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 476, DE 03 DE FEVEREIRO DE 2016 Aprova o Regulamento da Ouvidoria do Conselho Federal de Administração e dá outras

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA PAULISTA ESTADO DE SÃO PAULO

PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA PAULISTA ESTADO DE SÃO PAULO Dispõe sobre a criação da imprensa oficial de Várzea Paulista, a publicação e divulgação dos atos oficiais dos Poderes Executivo e Legislativo, e dá outras providências. EDUARDO TADEU PEREIRA, Prefeito

Leia mais

TRANSPARÊNCIA A SERVIÇO DO CIDADÃO

TRANSPARÊNCIA A SERVIÇO DO CIDADÃO TRANSPARÊNCIA A SERVIÇO DO CIDADÃO O PAPEL DO CONTROLE INTERNO E DA TRANSPARÊNCIA NA GESTÃO PÚBLICA INDÍCE DE PERCEPÇÃO DE CORRUPÇÃO 2015 BRASIL: 76º COLOCAÇÃO Piorou 7 posições Divide essa posição com:

Leia mais

Lei Federal nº 12.527, de 18 de novembro de 2011 Lei de Acesso à Informação (LAI);

Lei Federal nº 12.527, de 18 de novembro de 2011 Lei de Acesso à Informação (LAI); Proposto por: Equipe do Serviço de Informação ao Cidadão (SIC) PRESTAR INFORMAÇÃO AO CIDADÃO Analisado por: Serviço de Informação ao Cidadão (SIC) Aprovado por: Assessor da Ouvidoria Geral do Poder Judiciário

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA Nº 203 /2011

PORTARIA NORMATIVA Nº 203 /2011 Publicada no DOE de 11/05/2011 PORTARIA NORMATIVA Nº 203 /2011 A PRESIDENTE da Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente - Fundação CASA-SP, no uso de sua competência, e Considerando

Leia mais

Diário Oficial da União, nº 164, Seção I, p. 63,

Diário Oficial da União, nº 164, Seção I, p. 63, Diário Oficial da União, nº 164, Seção I, p. 63, 27.08.2009 Portaria Superintendente Regional do Trabalho e Emprego no Estado de São Paulo SURTE / SP nº 43 de 24.08.2009 Dispõe sobre as informações fornecidas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 475, DE 14 DE ABRIL DE 2008 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E O MINISTRO DE

Leia mais

RELATÓRIO DE PEDIDOS DE ACESSO A INFORMAÇÃO SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO UFMG

RELATÓRIO DE PEDIDOS DE ACESSO A INFORMAÇÃO SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO UFMG RELATÓRIO DE PEDIDOS DE ACESSO A INFORMAÇÃO SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO UFMG 2014 A Lei de Acesso à Informação A Lei de Acesso à Informação (LAI) Lei 12.527/2011 foi sancionada em 18 de novembro de

Leia mais

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA DO OURO CNPJ: / Fone/Fax: (0XX87)

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA DO OURO CNPJ: / Fone/Fax: (0XX87) DECRETO Nº 028/2014 EMENTA: Regulamenta o acesso a Informação Pública pelo Cidadão (Lei Federal Nº 12.527/2011), no âmbito do Poder Executivo Municipal, cria normas e procedimentos e da outras O Prefeito

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 de 19 05-06-2012 15:22 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.724, DE 16 DE MAIO DE 2012 Vigência Regulamenta a Lei n o 12.527, de 18 de novembro de 2011,

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 4.840, DE 2016 (Do Sr. Alberto Fraga)

PROJETO DE LEI N.º 4.840, DE 2016 (Do Sr. Alberto Fraga) *C0059067A* C0059067A CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 4.840, DE 2016 (Do Sr. Alberto Fraga) Estabelece normas de atuação dos advogados das instituições de ensino superior que mantenham atendimento

Leia mais

AFASTAMENTO PARA SERVIR A OUTRO ÓRGÃO/ENTIDADE (CESSÃO)

AFASTAMENTO PARA SERVIR A OUTRO ÓRGÃO/ENTIDADE (CESSÃO) Página 1 de 6 AFASTAMENTO PARA SERVIR A OUTRO ÓRGÃO/ENTIDADE (CESSÃO) Definição Cessão é o ato autorizativo para o exercício de cargo em comissão ou função de confiança ou para atender situações previstas

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO. Estratégia de Governança Digital. do Governo Federal

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO. Estratégia de Governança Digital. do Governo Federal Estratégia de Governança Digital do Governo Federal Histórico da Governança Digital 2000 Comitê Executivo de Governo Eletrônico 2005 eping: padrões de interoperabilidade 2010 Estratégia Geral de TI (EGTIC)

Leia mais

RESOLUÇÃO MPC-MG Nº 001, DE 11 DE MAIO DE 2011

RESOLUÇÃO MPC-MG Nº 001, DE 11 DE MAIO DE 2011 RESOLUÇÃO MPC-MG Nº 001, DE 11 DE MAIO DE 2011 Revogada pela RMPC 2/11 O Procurador-Geral do Ministério Público de Contas, com fundamento direto nos artigos 32 e 119 da Lei Complementar nº 102, de 17 de

Leia mais

DECRETO Nº , DE 23 DE MAIO DE 2013.

DECRETO Nº , DE 23 DE MAIO DE 2013. DECRETO Nº 18.302, DE 23 DE MAIO DE 2013. Regulamenta a política de acesso às informações públicas no âmbito do Município de Porto Alegre, bem como institui regras específicas complementares às normas

Leia mais

Seminário Nacional do Contencioso Administrativo Fiscal TRANSPARÊNCIA: Dicotomia entre o dever de resguardar o sigilo fiscal e a necessidade de

Seminário Nacional do Contencioso Administrativo Fiscal TRANSPARÊNCIA: Dicotomia entre o dever de resguardar o sigilo fiscal e a necessidade de Seminário Nacional do Contencioso Administrativo Fiscal TRANSPARÊNCIA: Dicotomia entre o dever de resguardar o sigilo fiscal e a necessidade de transparência. Conselho de Fazenda Estadual Estado da Bahia

Leia mais

REGULAMENTO DA OUVIDORIA Faculdade de Alta Floresta - FAF

REGULAMENTO DA OUVIDORIA Faculdade de Alta Floresta - FAF REGULAMENTO DA OUVIDORIA Faculdade de Alta Floresta - FAF 2011 SUMÁRIO CAPÍTULO I... 3 DA OUVIDORIA... 3 CAPÍTULO II... 3 DO CARGO DE OUVIDOR E DE SUAS ATRIBUIÇÕES... 3 CAPÍTULO III... 4 DOS REQUISITOS

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO CORREGEDORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO CORREGEDORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO CORREGEDORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO Decreto nº 58.052, de 16 de Maio de 2012 Regulamenta a Lei federal n 12.527, de 18 de novembro de 2011, que regula o acesso a informações,

Leia mais

Presidência da República

Presidência da República Presidência da República Casa Subchefia para Assuntos Jurídicos Civil LEI Nº 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011. Mensagem de veto Vigência Regulamento Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII

Leia mais

Ouvidoria - Geral da União. Objetivo 6. Produzir informações estratégicas para subsidiar as tomadas de decisões do Presidente da República.

Ouvidoria - Geral da União. Objetivo 6. Produzir informações estratégicas para subsidiar as tomadas de decisões do Presidente da República. Ouvidoria - Geral da União Objetivo 6. Produzir informações estratégicas para subsidiar as tomadas de decisões do Presidente da República. Produzir dados quantitativos e qualitativos acerca da satisfação

Leia mais

ANEXO I. Controle de Informações Institucionais Administrativas Restritas. Autoridade para concessão de acesso a terceiros

ANEXO I. Controle de Informações Institucionais Administrativas Restritas. Autoridade para concessão de acesso a terceiros ANEXO I Controle de Informações Institucionais Administrativas Restritas Informação e/ou dado Documentos ou informações sobre processos administrativos disciplinares e Sindicâncias em andamento que se

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA HIDROMINERAL DE LINDÓIA

CÂMARA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA HIDROMINERAL DE LINDÓIA PROJETO DE RESOLUÇÃO N 03/2016 Dispõe sobre a regulamentação da Lei Federal n 12.257/2011 e o Serviço de Informações ao Cidadão - SIC, no âmbito da Câmara Municipal de Lindóia e estabelece outras providências

Leia mais

PORTARIA No- 204, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2016

PORTARIA No- 204, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2016 PORTARIA No- 204, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2016 Define a Lista Nacional de Notificação Compulsória de doenças, agravos e eventos de saúde pública nos serviços de saúde públicos e privados em todo o território

Leia mais

APLICAÇÃO DA GESTÃO DE RISCOS NA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO. Clique para editar o cargo Ouvidor autor

APLICAÇÃO DA GESTÃO DE RISCOS NA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO. Clique para editar o cargo Ouvidor autor APLICAÇÃO DA GESTÃO DE RISCOS NA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO Clique para Luiz Gustavo editar o Meira nome do Homrich autor Clique para editar o cargo Ouvidor autor Rio Clique de Janeiro, para 6 editar de

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RESOLUÇÃO STJ/GP N. 14 DE 22 DE JUNHO DE 2016. Regulamenta a Lei n. 12.527/2011 no Superior Tribunal de Justiça e dá outras providências. A VICE-PRESIDENTE DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA, no exercício

Leia mais

RECOMENDAÇÕES SOBRE COMUNICAÇÃO ENTRE NÚCLEOS DE ENFRENTAMENTO AO TRÁFICO DE PESSOAS E POSTOS AVANÇADOS DE ATENDIMENTO HUMANIZADO AO MIGRANTE

RECOMENDAÇÕES SOBRE COMUNICAÇÃO ENTRE NÚCLEOS DE ENFRENTAMENTO AO TRÁFICO DE PESSOAS E POSTOS AVANÇADOS DE ATENDIMENTO HUMANIZADO AO MIGRANTE RECOMENDAÇÕES SOBRE COMUNICAÇÃO ENTRE NÚCLEOS DE ENFRENTAMENTO AO TRÁFICO DE PESSOAS E POSTOS AVANÇADOS DE ATENDIMENTO HUMANIZADO AO MIGRANTE Dispõe sobre a comunicação entre Núcleos de Enfrentamento ao

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS - RS NOVO PORTAL DE DADOS ABERTOS DO TCE-RS

TRIBUNAL DE CONTAS - RS NOVO PORTAL DE DADOS ABERTOS DO TCE-RS TRIBUNAL DE CONTAS - RS NOVO PORTAL DE DADOS ABERTOS DO TCE-RS Econ. Valtuir Pereira Nunes Diretor-Geral do TCE-RS Auditor Público Externo CARDÁPIO Opções pré-definidas ao usuário... - Cliente satisfeito,

Leia mais

Carta de Serviços aos Cidadãos. Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul

Carta de Serviços aos Cidadãos. Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul Carta de Serviços aos Cidadãos Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul Missão Garantir a legitimidade do processo eleitoral. Visão Consolidar a credibilidade da Justiça Eleitoral, especialmente

Leia mais

Acesso à Informação no Brasil

Acesso à Informação no Brasil Direito Universal Acesso à Informação no Brasil Transparência Ativa Eventos Materiais de Inte Acesso à Informação no Brasil Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011 Regula o acesso a informações previsto

Leia mais

Governo do Estado de Minas Gerais Controladoria-Geral de Minas Gerais SUBCONTROLADORIA DA INFORMAÇÃO INSTITUCIONAL E DA TRANSPARÊNCIA

Governo do Estado de Minas Gerais Controladoria-Geral de Minas Gerais SUBCONTROLADORIA DA INFORMAÇÃO INSTITUCIONAL E DA TRANSPARÊNCIA A Lei de Acesso à Informação (Lei n. 12.527/2011) exigiu, para a sua concretização no Estado de Minas Gerais, investimentos em recursos tecnológicos e humanos, além da conscientização dos servidores quanto

Leia mais

Portaria Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Estado de São Paulo - SRTE/SP nº 56 de

Portaria Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Estado de São Paulo - SRTE/SP nº 56 de Portaria Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Estado de São Paulo - SRTE/SP nº 56 de 26.04.2010 Dispõe sobre as informações fornecidas pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego

Leia mais

Lei de Acesso à Informação orientações gerais. Adriano Higino Freire

Lei de Acesso à Informação orientações gerais. Adriano Higino Freire Lei de Acesso à Informação orientações gerais Adriano Higino Freire LAVRAS, MG DEZEMBRO 2015 1 Apresentação e objetivos do curso Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas Unidade promotora Serviço

Leia mais

DECRETO Nº , DE 23 DE OUTUBRO DE 2015.

DECRETO Nº , DE 23 DE OUTUBRO DE 2015. DECRETO Nº 19.189, DE 23 DE OUTUBRO DE 2015. Regulamenta os arts. 59, 60, 62 e 63 da Lei Complementar nº 765, de 8 de julho de 2015, que cria a Central de Licitações (CELIC), órgão vinculado à Secretaria

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE D O SÃO FRANCISCO UNIVASF OUVIDORIA GERAL CARTA DE SERVIÇOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE D O SÃO FRANCISCO UNIVASF OUVIDORIA GERAL CARTA DE SERVIÇOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE D O SÃO FRANCISCO UNIVASF OUVIDORIA GERAL CARTA DE SERVIÇOS Petrolina/PE 2017 2 APRESENTAÇÃO A Ouvidoria Geral da UNIVASF foi

Leia mais

Capítulo: Seção: Subseção: Fluxo do Processo

Capítulo: Seção: Subseção: Fluxo do Processo Manual de Procedimentos Administrativos do Fluxo do Processo Os procedimentos relativos ao processo de recepção e registro de críticas, de sugestões, de dúvidas e de reclamações estão contidos no fluxo

Leia mais

Protocolo: Situação da solicitação: Encerrada Data da Consulta: 09/12/ :05:40

Protocolo: Situação da solicitação: Encerrada Data da Consulta: 09/12/ :05:40 Pesquisa de Solicitação por protocolo Protocolo: 603651412696 Situação da solicitação: Encerrada Data da Consulta: 09/12/2014 10:05:40 Órgão/Entidade: Polícia Militar do Estado de São Paulo SIC: Polícia

Leia mais

REGULAMENTO DA OUVIDORIA

REGULAMENTO DA OUVIDORIA REGULAMENTO DA OUVIDORIA GOIÂNIA 2015 2 INSTITUTO UNIFICADO DE ENSINO SUPERIOR OBJETIVO - IUESO REGULAMENTO DA OUVIDORIA TÍTULO I DA OUVIDORIA E SUAS FINALIDADES Art. 1º. A Ouvidoria do INSTITUTO UNIFICADO

Leia mais

Manual de Navegação. Nos itens localizados no Menu na barra cinza, logo na cabeça do Portal, o usuário poderá acessar o seguinte:

Manual de Navegação. Nos itens localizados no Menu na barra cinza, logo na cabeça do Portal, o usuário poderá acessar o seguinte: 1 Menu na barra cinza 1.1 Itens localizados no Menu na barra cinza Nos itens localizados no Menu na barra cinza, logo na cabeça do Portal, o usuário poderá acessar o seguinte: - Site da Prefeitura: link

Leia mais

O impacto da Lei de Acesso sob a ótica arquivística no âmbito da UNIRIO.

O impacto da Lei de Acesso sob a ótica arquivística no âmbito da UNIRIO. O impacto da Lei de Acesso sob a ótica arquivística no âmbito da UNIRIO. COSTA, Sonia; CARVALHO, Priscila Freitas de; FRANÇA, Patrícia Machado Goulart; MOREIRA, Luciane Alves; NOGUEIRA, Rafael de Castro;

Leia mais

Marco Civil e a Proteção de Dados Brasília, 10 de novembro de 2016

Marco Civil e a Proteção de Dados Brasília, 10 de novembro de 2016 Marco Civil e a Proteção de Dados Brasília, 10 de novembro de 2016 Carlos Bruno Ferreira da Silva Procurador da República Secretário de Cooperação Internacional Adjunto da PGR Coordenador do GT de Tecnologia

Leia mais

PORTARIA N o DE 19 DE JULHO DE 2011.

PORTARIA N o DE 19 DE JULHO DE 2011. PORTARIA N o 1.457 DE 19 DE JULHO DE 2011. O MINISTRO DO TRABALHO E EMPREGO, no uso das suas atribuições legais e tendo em vista o disposto no art. 87, parágrafo único, inciso II, da Constituição, e no

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 323, DE 3 DE ABRIL DE 2013

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 323, DE 3 DE ABRIL DE 2013 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 323, DE 3 DE ABRIL DE 2013 Dispõe sobre a instituição de unidade organizacional específica de ouvidoria pelas operadoras de planos privados de assistência saúde. [Correlações]

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA OUVIDORIA DA ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO

REGULAMENTO GERAL DA OUVIDORIA DA ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO REGULAMENTO GERAL DA OUVIDORIA DA ASSOCIAÇÃO CARUARUENSE DE ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO Capítulo I Da Ouvidoria Art. 1º A Ouvidoria da Associação Caruaruense de Ensino Superior e Técnico - ASCES é elo de

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 527, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016.

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 527, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 527, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016. Estabelece procedimentos para obtenção de autorização prévia para instalação de escritório de representação, cadastramento,

Leia mais

Modelo de transição no âmbito federal

Modelo de transição no âmbito federal Seminário sobre Encerramento de Mandato AEMERJ Modelo de transição no âmbito federal Marcelo Paluma Ambrózio Coordenador do NAOP CGU/Regional-RJ Rio de Janeiro, 07 de abril de 2016. A CGU A CGU é o órgão

Leia mais

Regulamento da Ouvidoria

Regulamento da Ouvidoria Regulamento da Ouvidoria TÍTULO I DA OUVIDORIA E SUAS FINALIDADES Art. 1º. A Ouvidoria da Faculdade AGES é órgão interno vinculado à Diretoria-geral, representa um mecanismo institucionalizado de interação

Leia mais

SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI Nº 2.126, DE 2011

SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI Nº 2.126, DE 2011 SUBSTITUTIVO AO PROJETO DE LEI Nº 2.126, DE 2011 1 Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil. O Congresso Nacional decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais