ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES MATOGROSSENSES JANEIRO a NOVEMBRO / Balança Comercial

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES MATOGROSSENSES JANEIRO a NOVEMBRO / Balança Comercial"

Transcrição

1 ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES MATOGROSSENSES JANEIRO a NOVEMBRO / Balança Comercial Mato Grosso registrou até novembro desse ano, um superávit acumulado na Balança Comercial de US$ 6,95 bilhões, exportando US$ 7,81 bilhões e importando US$ 871 milhões. Tal resultado é 2,6% menor do que no mesmo período do ano passado, mas ainda assim, contrapondo positivamente com o saldo do país, que caiu 35% no mesmo período. As nossas exportações acumuladas retraíram 0,83% em relação a 2009 e as importações aumentaram 16% o que explica a queda de nosso superávit, que, mesmo assim, continua sendo o 3º. maior do país, perdendo apenas para Minas Gerais e Pará. No ranking dos estados exportadores somos o 9º. colocado. Em novembro agora vendemos US$ 576 milhões, valor 5,6% maior do que em outubro desse ano e 36%% também maior do que em novembro do ano passado quando exportamos US$ 422 milhões. Nesse ano, a Ásia e a União Européia continuam sendo nossos maiores destinos, respondendo por 49% e 27% do total, respectivamente, seguidos do Oriente Médio que responde por 8%. A China isoladamente continua sendo nosso maior cliente comprando 29% de nossas vendas externas, seguida da Holanda com 9% e da Tailândia com 6%, respectivamente. Os nossos principais fornecedores externos continuam sendo, pela ordem, a Belarus, Rússia e Estados Unidos com 18%, 13% e 12% respectivamente, por conta de nossa pauta predominantemente vinculada aos insumos agrícolas. A perda cambial acumulada do ano foi reduzida para apenas R$ 102 milhões dado a apreciação de apenas 0,8% do real, no período de novembro/ 2009 a novembro/2010. Nas exportações, nos últimos 12 meses, numa série temporal mais ampla, atingimos US$ 8,39 bilhões contra US$ 8,38 bilhões do mesmo período do ano passado, o que continua sinalizando para esse ano, uma pequena variação positiva de 0,1% em nossas exportações. 1

2 2 Exportações dos Principais Produtos 2.1 Complexo soja A evolução das exportações estaduais do complexo soja pode ser assim visualizada: Tabela 1 - Mato Grosso Análise das Exportações do Complexo Soja Em US$ MIL FOB SOJA ,5 - - Grãos ,6-18,1-4,3 Farelo ,8 17,2-9,8 Óleo ,1-21,4 8,0 Conc.de Proteína Texturizada Lecitina ,6 70,2 55,5 Glicerina ,4 139,2 36,0 Fonte: MDIC ALICE / FIEMT - Assessoria econômica dados elaborados As exportações totalizaram US$ 4,98 bilhões registrando queda de 14,5% em valor em relação ao mesmo período de 2009 por conta da redução dos embarques de soja-grão e de óleo de soja, de 18% e 21% respectivamente, mantendo-se a mesma tendência de maior consumo interno do grão, já comentada anteriormente. O valor exportado de soja-grão de US$ 3,24bilhões contra US$ 4,13 bilhões de 2009 apresentou redução de 21,6% com variação negativa de apenas 4,3% no preço internacional do produto. As vendas de farelo registraram crescimento de 5,8% em valor e de 17% em volume apesar da redução de 9,8% no preço internacional. Nesse ano está havendo queda de 15% no valor exportado de óleo de soja, apesar do aumento de 8% no preço internacional. O espetacular aumento de 139% nos embarques de glicerina (subproduto do processo de produção de biodiesel) confirma o uso do óleo de soja para a produção de biodiesel aqui no Estado, exportando-se apenas o excedente, como já afirmamos anteriormente. O expressivo aumento das exportações de outros produtos derivados da soja, tais como a lecitina de soja e nesse ano, de proteína texturizada, ambas com taxas elevadas de crescimento, representa uma maior agregação de valor à nossa pauta exportadora via processamento industrial. O preço da tonelada de proteína texturizada é de US$ 609,00 e da lecitina é de US$ 1.885,00 bem acima do preço de US$ 378,00 do grão in natura Carnes As exportações do complexo carne nesse ano continuam registrando expressiva recuperação em faturamento e em volume, tendo ultrapassado US$ 1,0 bilhão, um recorde histórico, tal como mostra a tabela abaixo: 2

3 Tabela 2 - Mato Grosso Análise das Exportações de Carnes Carnes ,1 - - Bovina ,5 17,7 20,2 Aves ,4 31,8 2,0 Suína ,7-6,9 32,8 Peixe ,3 127,5 0,3 Outras ,3 27,1 - Fonte: MDIC ALICE / FIEMT - Assessoria econômica dados elaborados A carne bovina continua liderando com aumentos de 41,5% em valor e 17,7% em volume físico, seguida bem de perto pela carne de frango, com crescimento de 34% no faturamento e de 32% em tonelada. O crescimento acelerado dos embarques de carne de frango, já com aproximadamente 158 mil toneladas e apenas 13% menor do que as 178 mil toneladas de carne bovina mostram a avicultura se consolidando como uma nova e dinâmica cadeia produtiva estadual, transformando o farelo de soja e o milho (proteína vegetal) em carne (proteína animal), agregando valor via industrialização. A carne suína apesar do aumento expressivo do preço continua com redução de 7% nos embarques e mesmo assim, acumulando crescimento de 23,7% em valor, dado o aumento de 32,8% no preço internacional do produto. O valor acumulado de mais de US$ 1,0 bilhão em vendas registrado pelo segmento frigorífico em vendas externas, pelo que representa para a diversificação de nossa pauta exportadora, é um feito da mais alta relevância, consolidando Mato Grosso como um player mundial na produção de alimentos. 2.3 Madeira A evolução das exportações estaduais do segmento florestal vem se recuperando, especialmente de madeira perfilada/compensada que registrou aumento acumulado de 28% em valor e 15% em volume, conforme a tabela seguinte: Tabela 3 - Mato Grosso Análise das Exportações de Madeira US$ m3 US$ m3 US$ m3 Preço MADEIRA ,3 Bruta ,3 288,5 45,0 Serrada ,2-8,6-1,7 Perfilada/Compensada ,5 15,4 11,3 Objetos ,6-66,5 41,4 Móveis 0,22 0,31 1,25 0,

4 A maior variação foi no item madeira bruta, por conta da base de comparação do ano passado especialmente em valor, dado o aumento de 45% na cotação internacional do produto. É relevante associar a queda nas exportações de madeira serrada e de objetos de madeira ao aquecimento do mercado interno de construção civil. 2.4 Milho, algodão, couro e minerais A exportação desse grupo de produtos, somadas, apresentou variação positiva de 57% no faturamento até novembro e já supera a marca de US$ 1,5 bilhão, como se segue: Tabela 4 - Mato Grosso Análise das Exportações de milho, algodão, couro e minerais Janeiro a Novembro 2010/2009 valores acumulados MILHO ,0 32,5 18,5 ALGODÃO ,2-22,6 43,8 COURO ,9-14,4 69,4 MINERAIS ,7 - - TOTAL ,8 O milho com 5,33 milhões de toneladas continua sendo o grande destaque, já com aumento de 32,5% em volume físico e de 57% em valor, quando comparado com o mesmo período do ano passado. Os embarques físicos de algodão caíram 22,6% em relação a 2009, apesar do aumento de 43,8% no preço internacional, provavelmente influenciados pelo câmbio pouco favorável, como citamos anteriormente. O forte aumento de 69% no preço internacional do couro gerou um aumento de 45% no faturamento mesmo com queda de 14,4% no volume físico exportado, como mostra a tabela. O desempenho do setor de mineração nesse ano continua merecendo um destaque especial, por estar acumulando até novembro o montante de US$ 131,05 milhões, alavancado pelas exportações de ouro, como se segue: Tabela 5- Mato Grosso Análise das Exportações de produtos minerais MINERAIS Diamantes ,6 0,0-41,6 Ouro ,5-4,3 25,8 Sulfeto Outros minerais preciosos TOTAL ,7 Obs - Ouro e diamantes (kg) 4

5 2.5 Outros produtos Além dos produtos tradicionais de nossa pauta, é importante registrar a inserção dos seguintes itens, como se segue: Tabela 6 - Mato Grosso Análise das Exportações de Outros produtos OUTROS PASTA QUIM.MADEIRA/PAPEL AÇÚCAR ,4-82,6 18,5 ALIMENTÍCIOS ,7-97,4 24,8 CIMENTO ,9 20,5-2,2 BEBIDAS ,4-12,2-21,8 QUIMICOS ,8 382,1-33,5 MATERIAL ELÉTRICO ,6 306,0-12,7 COLCHÕES ,5-22,7 23,6 CONFECÇÕES ,5-55,5 47,1 OUTROS ,5 - - TOTAL ,5 - - A composição de nossa pauta com a participação de cada grupo de produto, pode ser vista como se segue: Tabela 7 - Mato Grosso Distribuição da Pauta de Exportações Em US$ Mil FOB Participação (%) DISCRIMINAÇÃO COMPLEXO SOJA ,8 74,0 CARNES ,1 9,4 MILHO ,0 8,2 ALGODÃO ,7 4,2 MADEIRA ,5 1,4 MINERAIS ,7 1,4 COURO ,1 0,7 OUTROS ,1 0,7 TOTAL GERAL ,0 100,0 Fonte: MDIC SECEX Sistema ALICE FIEMT - Assessoria Econômica - dados elaborados A tabela mostra que está havendo certa desconcentração em nossa pauta exportadora, embora tímida, mas significativa pelo que representa em agregação de valor, com queda na participação da soja e significativo aumento em carnes, couro, madeira, minerais e outros produtos elaborados. Se deduzirmos do total exportado os valores das vendas de soja grão e milho, o resultado mostra que os produtos industrializados nesse ano já representam 45,5% de nossas exportações, contra apenas 39% no mesmo período do ano passado, o que também mostra que estamos agregando maior valor à produção estadual via industrialização. 5

6 O demonstrativo da perda cambial pode ser visto como se segue: Tabela 8 MATO GROSSO - EXPORTAÇÕES 2010/ PERDA CAMBIAL - Novembro Em Reais Variação (%) Câmbio 1,712 1,725-0,8 R$ R$ R$ US$ COMPLEXO SOJA ,1-14,5 CARNES ,0 38,1 MILHO ,8 57,0 ALGODÃO ,4 11,2 MADEIRA ,5 8,3 MINERAIS ,8 21,7 COURO ,8 44,9 OUTROS ,4 55,5 TOTAL ,6-0,8 perda cambial ( ) Fonte: MDIC SECEX Sistema ALICE FIEMT - Assessoria Econômica - dados elaborados A tabela mostra que com o dólar de novembro/2009 as exportações totalizariam R$ 13,59 bilhões e com o dólar médio de novembro/2010 somaram apenas R$ 13,38 bilhões daí a diferença de R$ 101,6 milhões que denominamos perda cambial. A pequena apreciação de 0,8% do real frente ao dólar, no período é a explicação do efeito estatístico desse resultado negativo. Como mostra a tabela, a queda de também 0,8% em dólar no total de nossas vendas externas, transforma-se em queda de 1,6% em reais, ilustrando bem a perda cambial. A queda dos embarques de soja-grão nesse ano, em função da significativa representatividade desse produto em nossa pauta, que era de 53% no acumulado até novembro do ano passado, caindo agora para 41% nesse ano, explica essa pequena retração no total exportado, registrada nesse ano. Cuiabá MT, 09 de dezembro de Carlos Vítor Timo Ribeiro Assessor Econômico 6

ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES MATO-GROSSENSES Janeiro a Dezembro / 2007

ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES MATO-GROSSENSES Janeiro a Dezembro / 2007 ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES MATO-GROSSENSES / 2007 1- Balança Comercial Mato Grosso continua tendo superávit na Balança Comercial registrando em 2007 um expressivo saldo de US$ 4,38 bilhões valor que representa

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Abril 2016

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Abril 2016 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Abril 2016 As exportações do Estado do Paraná, em abril de 2016, foram de US$ 1,499 bilhão. As principais contribuições foram de produtos alimentares (complexo

Leia mais

Total das exportações do Rio Grande do Sul. Exportações no período acumulado de janeiro a fevereiro de 2016.

Total das exportações do Rio Grande do Sul. Exportações no período acumulado de janeiro a fevereiro de 2016. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de fevereiro de 2016. Total das exportações do Rio Grande do

Leia mais

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Dezembro 2016

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Dezembro 2016 >> Exportações de produtos industriais Mato Grosso do Sul - Exportação de Produtos Industriais (Receita - US$) Grupos de Produtos Industriais Dezembro Janeiro a Dezembro 2015 2016 Var. % 2015 2016 Var.

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de. janeiro a abril de 2016.

Parceiros Comerciais do RS no período de. janeiro a abril de 2016. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de abril de 2016. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Importações no período acumulado de janeiro até dezembro de 2015.

Importações no período acumulado de janeiro até dezembro de 2015. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de dezembro de 2015. Total das exportações do Rio Grande

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2016 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM JANEIRO Exportações O principal destaque negativo ficou por conta do impacto contracionista

Leia mais

REVISÃO DA BALANÇA COMERCIAL PARA 2012

REVISÃO DA BALANÇA COMERCIAL PARA 2012 REVISÃO DA BALANÇA COMERCIAL PARA 2012 EXPORTAÇÃO BÁSICOS 108,050 122,457-11,8 INDUSTRIALIZADOS 123,620 128,317-3,7 - Semimanufaturados 32,800 36,026-8,9 - Manufaturados 90,820 92,291-1,6 OPERAÇÕES ESPECIAIS

Leia mais

Exportações no período acumulado de janeiro até maio de Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Exportações no período acumulado de janeiro até maio de Total das exportações do Rio Grande do Sul. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de maio de 2015. Total das exportações do Rio Grande do

Leia mais

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Julho 2016

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Julho 2016 >> Exportações de produtos industriais Mato Grosso do Sul - Exportação de Produtos Industriais (Receita - US$) Grupos de Produtos Industriais Julho Janeiro a Julho 2015 2016 Var. % 2015 2016 Var. % Celulose

Leia mais

ANO 6 NÚMERO 54 NOVEMBRO DE 2016 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO

ANO 6 NÚMERO 54 NOVEMBRO DE 2016 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO ANO 6 NÚMERO 54 NOVEMBRO DE 2016 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO 1 - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Aos poucos a quase totalidade da parte da sociedade brasileira que acreditava no impeachment

Leia mais

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Junho 2017

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Junho 2017 >> Exportações de produtos industriais Grupos de Produtos Industriais Junho - US$ Janeiro a Junho - US$ 2016 2017 Var. % 2016 2017 Var. % Celulose e Papel 84.431.684 90.047.004 7% 522.390.072 501.962.469-4%

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2015 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM JANEIRO Exportações Além da forte queda da indústria (-18,5%), ressalta-se o fato de que somente

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL DO AGRONEGÓCIO PAULISTA NO ANO DE 2004

BALANÇA COMERCIAL DO AGRONEGÓCIO PAULISTA NO ANO DE 2004 BALANÇA COMERCIAL DO AGRONEGÓCIO PAULISTA NO ANO DE 2004 No ano de 2004 as exportações do Estado de São Paulo 1 somaram US$ 31,04 bilhões (32,2% do total nacional), e as importações 2 US$ 27,09 bilhões

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Maio 2016

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Maio 2016 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Maio 2016 As exportações paranaenses cresceram 1,2% em maio em relação ao mês anterior e em 20,9% em relação a maio de 2015. Em valores, as exportações de maio

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Julho Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Julho Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Julho 2015 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM JULHO Exportações As exportações da indústria atingiram o nível mais baixo desde 2006 para o

Leia mais

Santa Maria - RS

Santa Maria - RS MERCADO INTERNO E DE EXPORTAÇÃO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL XXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOTECNIA ZOOTEC 2016 SIMPÓSIO III: MARKETING E EMPREENDEDORISMO Santa Maria - RS 13-05-2016 POSIÇÃO DO BRASIL

Leia mais

CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016

CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE AVÍCOLA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Janeiro 2016

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Janeiro 2016 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Janeiro 2016 As exportações paranaenses, em janeiro, apresentaram queda de -23,15% em relação a dezembro/15. O valor exportado atingiu a US$ 871 milhões, ficando,

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Março 2016

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Março 2016 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Março 2016 As exportações paranaenses, em março, apresentaram aumento de +48,60% em relação a fevereiro. O valor exportado atingiu a US$ 1,490 bilhão, o mais

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2012

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2012 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2012 Período Dias Úteis US$ milhões FOB EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Média Média Média Média Valor Valor Valor Valor p/dia útil p/dia útil p/dia útil

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Julho/2013

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Julho/2013 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Julho/2013 I - Resultados do mês As exportações brasileiras do

Leia mais

Geografia. O Comércio Exterior do Brasil. Professor Luciano Teixeira.

Geografia. O Comércio Exterior do Brasil. Professor Luciano Teixeira. Geografia O Comércio Exterior do Brasil Professor Luciano Teixeira www.acasadoconcurseiro.com.br Geografia O BRASIL NO COMÉRCIO EXTERIOR O comércio exterior é a troca de bens e serviços realizada entre

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR

COMÉRCIO EXTERIOR CONJUNTURA ECONÔMICA COMÉRCIO EXTERIOR - 2012 SUMÁRIO EXECUTIVO: As exportações de SC totalizaram US$ 8,9 bilhões e as importações US$ 14,5 bilhões, com variações anuais de -1,4% e -2,0%, respectivamente.

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL GOIANA OUTUBRO 2015 Dados preliminares

BALANÇA COMERCIAL GOIANA OUTUBRO 2015 Dados preliminares BALANÇA COMERCIAL GOIANA OUTUBRO 2015 Dados preliminares 1 BALANÇA COMERCIAL GOIÁS OUTUBRO 2015 US$ FOB MÊS EXPORTAÇÕES IMPORTAÇÕES SALDO OUTUBRO/2015 516.095.546 262.729.719 253.365.827 2 EVOLUÇÃO DA

Leia mais

Exportações de Carnes agronegócio Janeiro a Dezembro de 2015

Exportações de Carnes agronegócio Janeiro a Dezembro de 2015 Exportações de Carnes agronegócio Janeiro a Dezembro de 2015 1. Exportações de carnes de janeiro a dezembro de 2015 BRASIL As exportações brasileiras de carnes somaram US$ 14,7 bilhões no período de janeiro

Leia mais

Exportações de Carne Bovina Brasileira: Um Ensaio Teórico

Exportações de Carne Bovina Brasileira: Um Ensaio Teórico Exportações de Carne Bovina Brasileira: Um Ensaio Teórico Juliano Ortiz 1 Rodney Croskey RESUMO Este estudo busca explicar qual a relação entre a taxa de cambio com as exportações de carne bovina, e quais

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Agosto Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Agosto Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Agosto 2015 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM AGOSTO Exportações As exportações da indústria registraram o nível mais baixo para o mês desde

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Novembro 2015

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Novembro 2015 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Novembro 2015 As exportações paranaenses, em novembro, apresentaram queda de -16,67% em relação a outubro. O valor exportado atingiu a US$ 1,007 bilhão, ficando,

Leia mais

EXPORTAÇÃO DO AGRONEGÓCIO

EXPORTAÇÃO DO AGRONEGÓCIO S 1º SEMESTRE 2017 1º SEMESTRE 2016 2 Faturamento em dólar das exportações do agronegócio sobe 6% no 1º semestre As vendas externas do agronegócio brasileiro começaram este ano em alta. No primeiro semestre

Leia mais

EVOLUÇÃO DA ECONOMIA INDUSTRIAL MATO GROSSO - RONDONÓPOLIS JUNHO DE 2011

EVOLUÇÃO DA ECONOMIA INDUSTRIAL MATO GROSSO - RONDONÓPOLIS JUNHO DE 2011 EVOLUÇÃO DA ECONOMIA INDUSTRIAL MATO GROSSO - RONDONÓPOLIS JUNHO DE 2011 SETOR INDUSTRIAL DE MT QUEM SOMOS INDICADOR MT INDÚSTRIA % FONTE Número de empresas (Dez/2010) 70.877 9.126 13% RAIS 2010 VAB (Produção)

Leia mais

Análise Indicadores Econômicos - Outubro Reunião Diretoria - Novembro/2011

Análise Indicadores Econômicos - Outubro Reunião Diretoria - Novembro/2011 Análise Indicadores Econômicos - Outubro Reunião Diretoria - Novembro/2011 Na condição de presidente do Conselho Econômico da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso, apresentamos a seguir os

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de fevereiro de 2015. COMPARAÇÃO DO MÊS DE FEVEREIRO DE

Leia mais

Paraná contraria tendência nacional e aumenta exportações em 2016

Paraná contraria tendência nacional e aumenta exportações em 2016 Comércio exterior, logística, portos, transportes, indústrias, serviços, negócios e economia. Home Anuncie Institucional Fale Conosco Assinatura Pesquisar no site... Home» Notícias Paraná contraria tendência

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR DO TOCANTINS 1º Trimestre 2016

COMÉRCIO EXTERIOR DO TOCANTINS 1º Trimestre 2016 1. BALANÇA COMERCIAL DO TOCANTINS 97.051.268 Exportação Importação O Saldo da Balança Comercial (exportação importação) se manteve positivo, sendo 67% superior ao mesmo período de 55.371.631 2015. 25.178.948

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Outubro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Outubro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Outubro 2012 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM OUTUBRO Exportações A exportação de produtos básicos registrou queda de 87,3% ante outubro

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Aves

Balanço 2016 Perspectivas Aves Aves 129 130 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 OFERTA E EXPORTAÇÃO EM CRESCIMENTO E QUEDA DOS CUSTOS DE PRODUÇÃO A produção brasileira de frango continuará crescendo em torno de 5% ao ano

Leia mais

SISTEMA FARSUL MAPEAMENTO DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE CARNE BOVINA:

SISTEMA FARSUL MAPEAMENTO DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE CARNE BOVINA: SISTEMA FARSUL ASSESSORIA ECONÔMICA MAPEAMENTO DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE CARNE BOVINA: 2006-2016 PORTO ALEGRE 2017 MAPEAMENTO DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE CARNE BOVINA 1.0 INTRODUÇÃO E METODOLOGIA

Leia mais

ASSESSORIA ECONÔMICA. Edição nº 07 /2017.

ASSESSORIA ECONÔMICA. Edição nº 07 /2017. TOTAL DAS EXPORTAÇÕES DA BAHIA EM JULHO: No mês de julho de 2017, as exportações da Bahia totalizaram o valor de US$ 684,7 milhões, sendo US$ 329,8 milhões oriundas do agronegócio, representando 48,1%,

Leia mais

Gráfico 1 Corrente de comércio Brasil - China entre 2006 e 2015 (US$ milhões)

Gráfico 1 Corrente de comércio Brasil - China entre 2006 e 2015 (US$ milhões) INFORMATIVO Nº. 48. JANEIRO de 216 COMÉRCIO BILATERAL BRASIL-CHINA Balança Comercial Em 215, a corrente de comércio Brasil-China totalizou 66,3 bilhões, de acordo com dados divulgados pelo Ministério do

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Dezembro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Dezembro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Dezembro 2013 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM 2013 Exportações A contabilização como exportação de três plataformas de petróleo e gás somou

Leia mais

ano III, n 21, janeiro de 2013 Período Exportações Importações Saldo

ano III, n 21, janeiro de 2013 Período Exportações Importações Saldo ano III, n 21, janeiro de 2013 SÍNTESE DEZEMBRO DE 2012 (Em US$ milhões) Período Exportações Importações Saldo Dezembro de 2012 19.748 17.500 2.249 Variação em relação a dezembro de 2011-10,8 % - 4,4 %

Leia mais

São Paulo, 23 de maio de 2013.

São Paulo, 23 de maio de 2013. São Paulo, 23 de maio de 2013. Abril 2013 Saldo brasileiro é o mais alto dos últimos 12 meses: o Brasil registrou superávit de US$ 1,9 bilhão em abril, o valor mais elevado desde maio de 2012. No acumulado

Leia mais

Balança comercial acumula saldo positivo de US$ 7,5 bilhões. Principais produtos exportados

Balança comercial acumula saldo positivo de US$ 7,5 bilhões. Principais produtos exportados São Paulo, 27 de setembro de 2013. Agosto 2013 Balança comercial com a China registra superávit de US$1,4 bilhão O resultado representou alta de pouco mais de 70% em relação a agosto de 2012. As exportações

Leia mais

Aos poucos informações agregadas sobre indicadores econômicos brasileiros mostrando algumas semelhanças nos seus resultados.

Aos poucos informações agregadas sobre indicadores econômicos brasileiros mostrando algumas semelhanças nos seus resultados. ANO 5 NÚMERO 36 ABRIL DE 215 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO 1- CONSIDERAÇÕES INICIAIS Aos poucos informações agregadas sobre indicadores econômicos brasileiros mostrando algumas

Leia mais

mostra a Tabela 1. O estado do Rio Grande do Sul não acompanhou o cenário de queda

mostra a Tabela 1. O estado do Rio Grande do Sul não acompanhou o cenário de queda Soja Os preços médios da soja apresentaram pequena queda em fevereiro, como mostra a Tabela 1. O estado do Rio Grande do Sul não acompanhou o cenário de queda e apresentou variação positiva para fevereiro,

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Julho de 2016

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Julho de 2016 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Julho de 2016 Câmbio e baixo dinamismo do comércio internacional derrubam as exportações em julho Em julho as exportações paranaenses foram 7,2% menor em relação

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Abril/2017

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Abril/2017 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Abril/2017 I Resultados do mês (comparativo Abril/2017 Abril/2016)

Leia mais

INDICADOR DE COMÉRCIO EXTERIOR - ICOMEX

INDICADOR DE COMÉRCIO EXTERIOR - ICOMEX INDICADOR DE COMÉRCIO EXTERIOR - ICOMEX Icomex de junho, referente a maio de 2017 Número 2 20.junho.2017 A balança comercial continua melhorando: a indústria extrativa liderou o aumento no volume exportado

Leia mais

INDICADOR DE COMÉRCIO EXTERIOR - ICOMEX

INDICADOR DE COMÉRCIO EXTERIOR - ICOMEX INDICADOR DE COMÉRCIO EXTERIOR - ICOMEX Icomex de outubro referente a balança comercial de setembro Número 6 17.Outubro. 2017 Os preços das commodities aceleram e o superávit da balança comercial registra

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Setembro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Setembro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Setembro 2012 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM SETEMBRO Exportações A queda de 28% na comparação mensal pode ser explicada por: 1) Dois

Leia mais

ano IV, n 46 Fevereiro de 2015

ano IV, n 46 Fevereiro de 2015 ano IV, n 46 Fevereiro de 2015 SÍNTESE JANEIRO DE 2015 Em US$ milhões Período Exportações Importações Saldo Janeiro 13.704 16.878-3.174 Variação em relação a Janeiro de 2014-14,5 % -16,0 % 894 Acumulado

Leia mais

O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO

O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO A cultura da soja apresenta relevante importância para a economia brasileira, sendo responsável por uma significativa parcela na receita cambial do Brasil, destacando-se

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2012 Unidade de Estudos Econômicos PRINCIPAIS ESTADOS EXPORTADORES NO MÊS jan/11 Part(%) jan/12 Part(%) Var (%) SAO PAULO 3.328 21,9% 3.672 22,7% 10,3% 344

Leia mais

Balança Comercial [Jan. 2009]

Balança Comercial [Jan. 2009] Highlight: Balança Comercial [Jan. 2009] A pós queda de demanda mundial, desde de, a trombose do sistema financeiro (em setembro /08), as exportadores brasileiros vem perdendo dinamismo. Seria ingenuidade

Leia mais

Agronegócio em Mato Grosso. Abril 2013

Agronegócio em Mato Grosso. Abril 2013 Agronegócio em Mato Grosso Abril 2013 Brasil Visão Geral Brasil - Visão Geral Area 8,5 milhões km 2 (5º maior) População (2011) 195 milhões (6 º maior) PIB (2011) US$ 2,47 Trilhões (6 ª maior) Produção

Leia mais

Análise da Balança Comercial Brasileira de 2011

Análise da Balança Comercial Brasileira de 2011 Análise da Balança Comercial Brasileira de 2011 Saldo comercial aumenta em função das altas cotações das commodities No ano de 2011, as exportações em valor cresceram 26,8%, em relação ao ano de 2010.

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR DO TOCANTINS Janeiro a Junho 2016

COMÉRCIO EXTERIOR DO TOCANTINS Janeiro a Junho 2016 1. BALANÇA COMERCIAL DO TOCANTINS 121,2 122,9 Exportação Importação 101,2 55,4 25,2 16,5 3,1 6,1 12,3 5,7 7,6 6,5 Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho O Saldo da Balança Comercial (exportação importação)

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR MAIO

COMÉRCIO EXTERIOR MAIO MAIO EXPORTAÇÕES No mês de maio de 2017, as exportações catarinenses somaram US$ 802,8 milhões, o que representou um avanço de 15,8% frente a maio de 2016. Esse crescimento é o melhor para o mês desde

Leia mais

PELA PRIMEIRA VEZ, ARROBA SOBE MAIS QUE CUSTO NO 1º SEMESTRE

PELA PRIMEIRA VEZ, ARROBA SOBE MAIS QUE CUSTO NO 1º SEMESTRE Resumo da evolução dos custos em Junho/08 PELA PRIMEIRA VEZ, ARROBA SOBE MAIS QUE CUSTO NO 1º SEMESTRE Pela primeira vez, a arroba do boi gordo no primeiro semestre do ano teve alta superior ao do Custo

Leia mais

São Paulo, 19 de setembro de Agosto 2012

São Paulo, 19 de setembro de Agosto 2012 São Paulo, 19 de setembro de 2012 Agosto 2012 Superávit comercial com a China mantém trajetória decrescente: O superávit da balança comercial brasileira com o parceiro asiático recuou pelo terceiro mês

Leia mais

Julho Principais produtos exportados

Julho Principais produtos exportados São Paulo, 06 de setembro de 2013. Julho 2013 Balança comercial mensal: em julho, o saldo comercial brasileiro com a China ficou positivo em aproximadamente US$ 700 milhões. O resultado representou uma

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de dezembro de 2014. COMPARAÇÃO DO MÊS DEZEMBRO COM O MÊS

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Junho de No Paraná aumentam as importações e caem as exportações no mês de junho

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Junho de No Paraná aumentam as importações e caem as exportações no mês de junho Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Junho de 2016 No Paraná aumentam as importações e caem as exportações no mês de junho No mês de junho as exportações paranaenses foram 1,6% menor em relação ao

Leia mais

REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO JOÃO CRUZ REIS FILHO SECRETÁRIO DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Brasília/DF JULHO DE 2015 22 CENÁRIO POPULACIONAL

Leia mais

TOTAL DAS EXPORTAÇÕES DA BAHIA EM MARÇO: EXPORTAÇÕES ACUMULADAS JAN-MAR/2017: COMPARAÇÃO MAR/2017 COM MAR /2016:

TOTAL DAS EXPORTAÇÕES DA BAHIA EM MARÇO: EXPORTAÇÕES ACUMULADAS JAN-MAR/2017: COMPARAÇÃO MAR/2017 COM MAR /2016: TOTAL DAS EXPORTAÇÕES DA BAHIA EM MARÇO: No mês de março de 2017, a Bahia exportou o valor de US$ 658 milhões, sendo US$ 276 milhões (42%) provenientes do agronegócio. O volume exportado pelo agronegócio

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Fevereiro/2017 I Resultados do mês (comparativo Fevereiro/2017

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE TERMINAIS PORTUÁRIOS PRIVADOS - A competitividade passa por aqui!

ASSOCIAÇÃO DE TERMINAIS PORTUÁRIOS PRIVADOS - A competitividade passa por aqui! 1. CENÁRIO ECONÔMICO BRASILEIRO No primeiro semestre de 2017, a Corrente de Comércio brasileira somou US$179,2 bilhões. As exportações resultaram em US$107,7 bilhões enquanto as importações US$71,5 bilhões,

Leia mais

NOTA TÉCNICA CHINA. Período: 2014 / 2015* *Valores em US$ FOB. Fonte: Aliceweb/Exportaminas. BALANÇA COMERCIAL BRASIL X CHINA

NOTA TÉCNICA CHINA. Período: 2014 / 2015* *Valores em US$ FOB. Fonte: Aliceweb/Exportaminas. BALANÇA COMERCIAL BRASIL X CHINA NOTA TÉCNICA CHINA Período: 2014 / 2015* *Valores em US$ FOB. Fonte: Aliceweb/. Brasil Gráfico 1. BALANÇA COMERCIAL BRASIL X CHINA Balança Comercial Brasil X China 40.616 37.345 35.608 30.719 US$ 2014

Leia mais

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2014

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2014 Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2014 No ano de 2014, as exportações 1 do Estado de São Paulo somaram US$ 51,46 bilhões (22,9% do total nacional), e as importações 2,

Leia mais

Resultados de Junho de 2014

Resultados de Junho de 2014 Junho / 2014 Resultados de Junho de 2014 - Exportação: US$ 20,5 bi, em valor, e média diária de US$ 1,023 bilhão; sobre mai-14, aumento de 3,6%, pela média diária; sobre jun-13, redução de 3,5%, pela média

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO E O INTERCÂMBIO COMERCIAL BRASIL-PORTUGAL

DESENVOLVIMENTO DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO E O INTERCÂMBIO COMERCIAL BRASIL-PORTUGAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA EXECUTIVA DESENVOLVIMENTO DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO E O INTERCÂMBIO COMERCIAL BRASIL-PORTUGAL BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA

Leia mais

Balança Comercial Brasil e Minas Gerais Junho Belo Horizonte 2017

Balança Comercial Brasil e Minas Gerais Junho Belo Horizonte 2017 Balança Comercial Brasil e Minas Gerais Junho 2017 Belo Horizonte 2017 No primeiro semestre de 2017, a balança comercial brasileira obteve superávit recorde no âmbito da série histórica do MDIC (Ministério

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA ABRIL 2012

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA ABRIL 2012 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA ABRIL 2012 US$ milhões FOB Período Dias Úteis EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Média Média Média Média Valor Valor Valor Valor p/dia útil p/dia útil p/dia útil p/dia

Leia mais

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2015

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2015 US$ bilhão v. 11, n. 1, janeiro 16 Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 15 No ano de 15, as exportações 1 do Estado de São Paulo somaram US$45,58 bilhões (23,8% do total nacional),

Leia mais

M rço o / Ind n i d cado d r o Fi F esp p de d Pe P rspe p ctivas de d Ex E po p r o tação P od o u d t u os o Ind n u d s u trializado d s o

M rço o / Ind n i d cado d r o Fi F esp p de d Pe P rspe p ctivas de d Ex E po p r o tação P od o u d t u os o Ind n u d s u trializado d s o Março / 2010 Indicador Fiesp de Perspectivas de Exportação Produtos Industrializados Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos 1 METODOLOGIA 2 Indicador Fiesp de Perspectivas de Exportação Amostra:

Leia mais

Avicultura. Zootecnia I Aves e Suínos. Avicultura Histórico da Avicultura Brasileira

Avicultura. Zootecnia I Aves e Suínos. Avicultura Histórico da Avicultura Brasileira Zootecnia I Aves e Suínos Prof. Edney Pereira da Silva Fabrício Faleiros de Castro M.Sc Unesp FCAV Principais segmentos Frangos de corte Poedeiras comerciais Reprodutoras Incubatório Fábrica de ração Perus

Leia mais

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2016

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2016 US$ bilhão v. 12, n. 1, janeiro 17 Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 16 Em 16, as exportações 1 do Estado de São Paulo somaram US$46,21 bilhões (24,9% do total nacional),

Leia mais

CLIPPING DE NOTÍCIAS

CLIPPING DE NOTÍCIAS Data: 08.03.2016 Veículo: DIÁRIO ONLINE Caderno: CIDADE Pág.:A6 CUIABÁ SEDIA SEMINÁRIO SOBRE PORTOS Antes de Cuiabá, as oportunidades de investimento no setor portuário foram apresentadas em São Paulo

Leia mais

Boletim da Balança Comercial do RS Dezembro de 2016

Boletim da Balança Comercial do RS Dezembro de 2016 Boletim da Balança Comercial do RS Dezembro de 2016 Tópicos 1. Exportações do Rio Grande do Sul Dezembro Setores de atividade CNAE 2.0 Principais destinos 2. Importações do Rio Grande do Sul Dezembro Setores

Leia mais

Os preços médios da soja pago aos produtores familiares pelas cooperativas

Os preços médios da soja pago aos produtores familiares pelas cooperativas Soja Os preços médios da soja pago aos produtores familiares pelas cooperativas apresentaram queda no primeiro mês de 2014, como mostra a Tabela 1. O estado de Minas Gerais foi o único que apresentou variação

Leia mais

Produção Industrial e Balança Comercial

Produção Industrial e Balança Comercial Produção Industrial e Balança Comercial 1. Produção Industrial Pesquisa Industrial Mensal Produção Física - IBGE A produção industrial brasileira cresceu 10,5% em 2010. Trata-se do maior crescimento desde

Leia mais

INDÚSTRIA BRASILEIRA DE BENS DE CAPITAL MECÂNICOS

INDÚSTRIA BRASILEIRA DE BENS DE CAPITAL MECÂNICOS INDÚSTRIA BRASILEIRA DE BENS DE CAPITAL MECÂNICOS INDICADORES CONJUNTURAIS FEVEREIRO/2016 Resumo de desempenho Fevereiro 2016 Variáveis R$ milhões constantes Variação percentual sobre Mês No bimestre mês

Leia mais

ano V, n 46, Fevereiro de 2015

ano V, n 46, Fevereiro de 2015 ,, Fevereiro de 2015 EM FOCO O Índice de rentabilidade das exportações registrou queda de 10,1% em janeiro de 2015 na comparação com janeiro de 2014 (Tabela 1). A queda do Índice resultou da forte diminuição

Leia mais

ANGOLA Comércio Exterior

ANGOLA Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC ANGOLA Comércio Exterior Setembro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

EMIRADOS ÁRABES UNIDOS Comércio Exterior

EMIRADOS ÁRABES UNIDOS Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC EMIRADOS ÁRABES UNIDOS Comércio Exterior Novembro de 2014 Índice.

Leia mais

BOLETIM DO COMÉRCIO EXTERIOR DA MESORREGIÃO DO CAMPO DAS VERTENTES 20

BOLETIM DO COMÉRCIO EXTERIOR DA MESORREGIÃO DO CAMPO DAS VERTENTES 20 BOLETIM DO COMÉRCIO EXTERIOR DA MESORREGIÃO DO CAMPO DAS VERTENTES 20 EDIÇÃO XVI - ANO IIII. JUNHO DE 2017 São João del Rei, Junho de 2017 Uma publicação: Responsáveis pela Publicação: NEPE NÚCLEO DE EXTENSÃO

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES CATARINENSES 1

BALANÇA COMERCIAL EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES CATARINENSES 1 BALANÇA COMERCIAL DE SC BALANÇA COMERCIAL EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES CATARINENSES 1 EXPORTAÇÕES CATARINENSES - As exportações catarinenses declinaram 7,44 no mês de agosto de 2015 em relação a julho, totalizando

Leia mais

PIB do Agronegócio do Estado de São Paulo

PIB do Agronegócio do Estado de São Paulo PIB do Agronegócio do Estado de São Paulo PIB do Agronegócio do Estado de São Paulo Motivações Dimensionar o Produto Interno Bruto do Agronegócio do Estado de São Paulo, desde a renda gerada na produção

Leia mais

A semente do cooperativismo no desenvolvimento competitivo do Estado do Paraná

A semente do cooperativismo no desenvolvimento competitivo do Estado do Paraná Fórum de Competitividade da Câmara Americana de Comércio - AMCHAM Curitiba 27/setembro/2017 Curitiba/PR A semente do cooperativismo no desenvolvimento competitivo do Estado do Paraná Eng. Agr. J O S É

Leia mais

ÍNDICES EXPORTAÇÃO DO AGRONEGÓCIO

ÍNDICES EXPORTAÇÃO DO AGRONEGÓCIO S 2016 Com vendas e preços menores, faturamento cai em 2016 Apesar de iniciar 2016 com exportações recordes, o agronegócio brasileiro encerrou o ano com menores embarques, em relação a 2015, refletindo

Leia mais

INDÚSTRIA BRASILEIRA DE BENS DE CAPITAL MECÂNICOS

INDÚSTRIA BRASILEIRA DE BENS DE CAPITAL MECÂNICOS INDÚSTRIA BRASILEIRA DE BENS DE CAPITAL MECÂNICOS INDICADORES CONJUNTURAIS DEZEMBRO/2015 Resumo de desempenho Dezembro 2015 Variáveis R$ milhões constantes Variação percentual sobre Mês No ano mês mês

Leia mais

Agronegócio e o Plano Nacional de Exportações

Agronegócio e o Plano Nacional de Exportações Agronegócio e o Plano Nacional de Exportações Alinne B. Oliveira Superintendente de Relações Internacionais Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil CNA 17 de novembro de 2015. O agronegócio e

Leia mais

V AVISULAT Porto Alegre/RS

V AVISULAT Porto Alegre/RS V AVISULAT Porto Alegre/RS Avanços e desafios para o agronegócio brasileiro no mercado externo. Eduardo Sampaio Marques Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio SRI/MAPA Panorama do Agronegócio

Leia mais

Carne de Frango Var. Produção (milhões ton) Exportação (milhões ton) Disponibilidade 12,69 13,146 3,58% 4,03 4,3 5% 8,59 8,84 3,1%

Carne de Frango Var. Produção (milhões ton) Exportação (milhões ton) Disponibilidade 12,69 13,146 3,58% 4,03 4,3 5% 8,59 8,84 3,1% Carne de Frango Produção (milhões ton) Exportação (milhões ton) Disponibilidade (milhões ton) 2014 2015 Var. 12,69 13,146 3,58% 4,03 4,3 5% 8,59 8,84 3,1% Per capita (kg) 42,7 43,25 1,1% 2016 Produção

Leia mais

SUMÁRIO EXECUTIVO DAS RELAÇÕES ECONÔMICAS E COMERCIAIS. BRASIL x CHINA

SUMÁRIO EXECUTIVO DAS RELAÇÕES ECONÔMICAS E COMERCIAIS. BRASIL x CHINA Ministério das Relações Exteriores MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos DPR Divisão de Inteligência Comercial DIC SUMÁRIO EXECUTIVO DAS RELAÇÕES ECONÔMICAS E COMERCIAIS BRASIL x CHINA

Leia mais

101,2 72,7 55,4 52,7. Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez

101,2 72,7 55,4 52,7. Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez 1. BALANÇA COMERCIAL DO TOCANTINS 121,2 122,9 101,2 Exportação (US$ Milhões FOB) 72,7 Importação (US$ Milhões FOB) 55,4 52,7 25,2 3,1 16,5 6,1 12,3 5,7 7,6 6,5 8,5 19,0 16,0 18,3 17,1 16,9 9,7 6,9 14,4

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Pecuária de Corte

Balanço 2016 Perspectivas Pecuária de Corte Pecuária de Corte 113 114 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 RETOMADA ECONÔMICA DEVE MELHORAR A DEMANDA POR CARNE BOVINA RECUPERAÇÃO DA ECONOMIA COMBINADA COM A PREFERÊNCIA DO CONSUMIDOR

Leia mais

INFLAÇAO E CAMBIO EM ALTA DEIXAM MERCADO DE PRODUTOS FLORESTAIS INDEFINIDO

INFLAÇAO E CAMBIO EM ALTA DEIXAM MERCADO DE PRODUTOS FLORESTAIS INDEFINIDO INFLAÇAO E CAMBIO EM ALTA DEIXAM MERCADO DE PRODUTOS FLORESTAIS INDEFINIDO Os últimos acontecimentos nos cenários econômicos mundial e nacional, em especial, os sinais de estagnação em alguns países emergentes

Leia mais

São Paulo, 19 de março de 2013.

São Paulo, 19 de março de 2013. São Paulo, 19 de março de 2013. Fevereiro 2013 Déficit com a China cresce cerca de 60% em fevereiro: a balança comercial brasileira com o país asiático registrou saldo negativo de US$ 0,8 bilhões um aumento

Leia mais