Avaliação ambiental e a atuação do IBAMA no registro de agrotóxicos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Avaliação ambiental e a atuação do IBAMA no registro de agrotóxicos"

Transcrição

1 INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS VEIS - IBAMA Avaliação ambiental e a atuação do IBAMA no registro de agrotóxicos Reunião da Câmara Temática de Insumos Agropecuários - CTIA/ MAPA Marcio R. Rodrigues de freitas Coordenador Geral de Substâncias Químicas Diretoria de Qualidade Ambiental Brasília, 28 de março o de 2011

2 Legislação Federal que embasa a atuação da Coordenação geral de Avaliação e Controle de Substâncias Químicas Produto Agrotóxicos, seus componentes e afins Preservativos de madeira Dispersantes de óleos e graxas Legislações Lei nº n 7802, de 1989, Decreto nº n 4.074, de Lei nº n 4797, de Resolução CONAMA nº n 269, de Remediadores ambientais Resolução CONAMA nº n 314, de 2002.

3 Legislação Federal que embasa a avaliação e classificação ambiental de agrotóxicos no Brasil Lei nº 7.802/89 Lei nº 9.974/00 (Rótulos e Embalagens) Decreto nº 4.074/02 Decreto nº 5.549/05 (Componentes) Decreto nº 5.981/06 (Equivalência) Decreto nº 6.913/09 (Orgânicos) Portaria IBAMA nº 84/96 Portaria IBAMA/INMETRO nº 1/2010

4 Definição legal de agrotóxicos (Art. 2º, 2, I da Lei 7.802/89) a) os produtos e os agentes de processos físicos, químicos ou biológicos, destinados ao uso nos setores de produção, no armazenamento e beneficiamento de produtos agrícolas, nas pastagens, na proteção de florestas, nativas ou implantadas, e de outros ecossistemas e também de ambientes urbanos, hídricos e industriais, cuja finalidade seja alterar a composição da flora ou da fauna, a fim de preservá-las da ação danosa de seres vivos considerados nocivos; b) substâncias e produtos, empregados como desfolhantes, dessecantes, estimuladores e inibidores de crescimento;

5 Registro de Agrotóxicos no Brasil Requerimento de Avaliação e Registro ANVISA MAPA IBAMA Avaliação Toxicológica Avaliação de Eficiência Avaliação Ambiental Aprovação Rótulo e Bula Certificado de Registro emitido pelo MAPA Indeferimento de qualquer um dos órgãos

6 Avaliação e classificação de agrotóxicos no IBAMA Art. 7º 7 do Decreto nº n 4.074/02: (...) II - realizar a avaliação ambiental, dos agrotóxicos, seus componentes e afins, estabelecendo suas classificações quanto ao potencial de periculosidade ambiental. (...)

7 Classificação de agrotóxicos quanto ao Potencial de Periculosidade Ambiental (Portaria IBAMA nº n 84/96) Classe I - Produto Altamente Perigoso Classe II - Produto Muito Perigoso Classe III - Produto Perigoso (medianamente) Classe IV - Produto Pouco Perigoso Emissão de versões aprovadas rótulos r e bulas e do resultado de avaliação ambiental e comunicação ao Órgão registrante - restrições e recomendações de uso precaução

8 Avaliação e classificação de agrotóxicos no IBAMA A avaliação do potencial de periculosidade ambiental de agrotóxicos é realizada a partir de dados físico-químicos e dados de toxicidade a organismos não alvo de diversos níveis tróficos. A Portaria IBAMA nº 84/96 especifica os estudos necessários à avaliação do potencial de periculosidade ambiental. Os estudos devem ser realizados de acordo com as Boas Práticas de Laboratório rio (BPL) e seguindo protocolos internacionalmente aceitos (OPPTS-USEPA; OECD).

9 Portaria IBAMA/INMETRO 01 /2010 Art. 4 - O IBAMA aceitará estudos realizados com instalações de teste localizados em países que não fazem parte do Painel BPL da OCDE, desde que apresentem carta emitida pela Autoridade de Monitoramento do país onde foi conduzido o estudo. A referida carta deverá ser assinada por pessoa autorizada pela Autoridade de Monitoramento e deverá conter as seguintes informações: a) Nome e instalação de teste; b) Endereço; c) Áreas de atuação; d) Estudos conduzidos; e) Data da última inspeção; f) Situação de conformidade aos princípios da BPL durante o período de condução do (s) estudo(s).

10 Estudos necessários para a avaliação e classificação ambiental de produtos agrotóxicos Estudos necessários para a análise - Portaria 84/96 Parâmetros físico-químicos, total de 23, entre eles, solubilidade, hidrólise, fotólise, ph. Mobilidade e adsorção do produto no solo (3 tipos de solos padrões nacionais). Biodegradabilidade; Bioconcentração; Toxicidade para algas, microcrustáceos e peixes

11 Estudos necessários para a avaliação e classificação de produtos agrotóxicos Toxicidade a microrganismos de solo envolvidos nos processos de ciclagem de carbono e nitrogênio; Toxicidade a minhoca; Toxicidade a aves e abelhas; Toxicidade oral, dérmica d e inalatória, irritação ocular e dérmica e metabolismo em mamíferos feros;

12 Estudos necessários para a avaliação e classificação de produtos agrotóxicos Mutagênese (eucariotos e procariotos), teratogênese, reprodução em mamíferos e carcinogênese. Estes estudos não recebem classificação e possuem caráter decisivo para aprovação do produto (Lei nº. n 7.802/89). Estudos crônicos para microcrustáceos, ceos, peixes, aves e mamíferos (não são classificados).

13 Avaliação e classificação de agrotóxicos no IBAMA Para efeitos de classificação considera-se, por exemplo, o teste físico-químico de solubilidade:

14 Avaliação e classificação de agrotóxicos no IBAMA Estudos de toxicidade aguda aos organismos aquáticos: algas, microcrustáceos ceos e peixes São avaliados também m (sem classificação) estudos de toxicidade crônica para microcrustáceos ceos e peixes.

15

16 Avaliação para Registro por Equivalência Registro normal Avaliação por equivalência (Fase I) Dossiê ecotoxicológico Dossiê toxicológico Declaração I.a...mín 95 Imp.1...máx 1 Declaração I.a...mín 95 Imp.1...máx 2 Imp.2...máx 1 Estudo de cinco bateladas Imp.2...máx 3 Dossiê físicoquímico Alguns estudos físico-químicos Estudo de cinco bateladas

17 Equivalência Regulamentada pelo Decreto nº n Registro simplificado. Só pode ser realizada para produtos cuja patente jáj expirou. Objetivo : concorrência no preço o dos produtos, levando a um reposicionamento no mercado daqueles que estavam sob patente. A demanda por este tipo de registro têm crescido, pois os custos envolvidos na geração de estudos são mais baixos e a avaliação e registro pode ser mais rápida r que o registro com dossiê completo.

18 Conceito de Equivalência Equivalência pode ser definida como a similaridade do perfis físicof sico-químicos, de impurezas e toxicológico de um material técnico t similar originário rio de fabricantes ou rotas de síntese s diferentes para o mesmo produto técnico.

19 Avaliação para Registro por Equivalência Avaliação faseada Anexo II, item 16, do Decreto 4074 Fase I : Comparação da Composição qualitativa e quantitativa Novas impurezas : Concentração acima de 0,1% Impurezas existentes: Não pode ultrapassar 50% ou 3 g/kg aplicados no valor da declaração do produto de referência. Critérios FAO

20 Avaliação para Registro por Equivalência Fase II - Avaliação toxicológica: Testes toxicológicos agudos Teste de Ames e Micronúcleos Devem ser feitos com a impureza isolada ou quantificada Não podem ultrapassar o fator de 2

21 Exemplo Testes Produto de Referência Produto Candidato a equivalente Toxicidade Oral 1000 mg/kg 700 mg/kg Toxicidade Inalatória 1400 mg/kg 1750 mg/kg Toxicidade Dérmica > 2000 mg/kg > 2000 mg/kg Irritação Ocular Não irritante Não irritante Irritação Dérmica Irritação moderada Irritação leve Sensibilização Dérmica Não sensibilizante Não sensibilizante

22 Avaliação para Registro por Equivalência FASE III - Avaliação Ecotoxicológica Testes ecotoxicológicos de toxicidade a organismos aquáticos e terrestres de acordo com o uso pretendido; Testes toxicológicos com doses repetidas e estudos a longo prazo.

23 Avaliação para Registro por Equivalência ESPECIFICAÇÃO AVALIAÇÃO POR EQUIVALÊNCIA

24 Obrigado! Marcio R. Rodrigues de Freitas Coordenador Geral de Avaliação e Controle de Substâncias Químicas - CGASQ SCEN Trecho 2, Ed. Sede do IBAMA Bl. C Brasília DF Tel.: (61) Fax: (61)

Registro de Agrotóxicos e Afins

Registro de Agrotóxicos e Afins MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA Registro de Agrotóxicos e Afins 5ª ª Reunião do GT/CONAMA-agrotóxicos Brasília, 29 de

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA. Kênia Godoy

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA. Kênia Godoy MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA 48º CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA Lei dos agrotóxicos e implicações em minor crops

Leia mais

Registro e Fiscalização de Agrotóxicos e Afins

Registro e Fiscalização de Agrotóxicos e Afins Registro e Fiscalização de Agrotóxicos e Afins Coordenação-Geral de Agrotóxicos e Afins Departamento de Fiscalização de Insumos Agrícolas Secretaria de Defesa Agropecuária Luís Eduardo Pacifici Rangel

Leia mais

REGISTRO ESPECIAL TEMPORÁRIO- RET

REGISTRO ESPECIAL TEMPORÁRIO- RET REGISTRO ESPECIAL TEMPORÁRIO- RET REUNIÃO TÉCNICA SOBRE PESQUISA COM AGROTÓXICO CURITIBA, 30 DE JULHO DE 2015 P Á T R I A E D U C A D O R A FASES DA PESQUISA Art. 6º A pesquisa e a experimentação serão

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA. Agrotóxicos

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA. Agrotóxicos MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA Avaliação Ecotoxicológica de Agrotóxicos Intercâmbio de informações sobre Avaliação Toxicológica

Leia mais

SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA CONJUNTA Nº 25, DE 14 DE SETEMBRO DE 2005,

SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA CONJUNTA Nº 25, DE 14 DE SETEMBRO DE 2005, SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA CONJUNTA Nº 25, DE 14 DE SETEMBRO DE 2005, O SECRETÁRIO DE DEFESA AGROPECUÁRIA, DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO (MAPA), O DIRETOR-PRESIDENTE

Leia mais

KAREN FRIEDRICH ABRASCO FIOCRUZ UNIRIO

KAREN FRIEDRICH ABRASCO FIOCRUZ UNIRIO KAREN FRIEDRICH ABRASCO FIOCRUZ UNIRIO NOVEMBRO 2016 OGM NO BRASIL: SAÚDE E MEIO AMBIENTE 2º maior consumidor de sementes transgênicas > 40 mi ha plantados OGM NO BRASIL: SAÚDE E MEIO AMBIENTE 2º maior

Leia mais

FISPQ. Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico GRANULADO ESCURO BRASILEIRO TIPO 1 (GEB-1) Não há (produto natural)

FISPQ. Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico GRANULADO ESCURO BRASILEIRO TIPO 1 (GEB-1) Não há (produto natural) Folha: 1 / 5 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: GRANULADO ESCURO BRASILEIRO TIPO 1 Código Interno: GEB-1 Principais usos recomendados: Matéria prima para borracha. Cas number: Empresa:

Leia mais

Classificação, embalagem e rotulagem de produtos fitofarmacêuticos novo quadro legal

Classificação, embalagem e rotulagem de produtos fitofarmacêuticos novo quadro legal Classificação, embalagem e rotulagem de produtos fitofarmacêuticos novo quadro legal Francisca Almeida Lei 26/2013, de 11 Abril Regula as atividades de distribuição, venda e aplicação de produtos fitofarmacêuticos

Leia mais

FISPQ DP /01/2012 Página 1 de 6

FISPQ DP /01/2012 Página 1 de 6 Página 1 de 6 FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: HCl Algicida Choque Aplicação: Eliminação de Algas Nome da Empresa: Hidroall

Leia mais

A Proteção de Dados Como Incentivo à Inovação na Defesa Vegetal

A Proteção de Dados Como Incentivo à Inovação na Defesa Vegetal A Proteção de Dados Como Incentivo à Inovação na Defesa Vegetal José Eduardo Vieira de Moraes ANDEF Associação Nacional de Defesa Vegetal São Paulo, 25 de agosto de 2014 Desafios Por que Precisamos das

Leia mais

GHS aplicado a óleos lubrificantes. Prof. MSc. Fabriciano Pinheiro Diretor Técnico - Intertox

GHS aplicado a óleos lubrificantes. Prof. MSc. Fabriciano Pinheiro Diretor Técnico - Intertox GHS aplicado a óleos lubrificantes Prof. MSc. Fabriciano Pinheiro Diretor Técnico - Intertox Outubro - 2013 www.intertox.com.br SEGURANÇA QUÍMICA Conceito É a prevenção dos efeitos adversos, para o ser

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA PARA PRODUTO QUÍMICO MEC PASTA DESENGRAXANTE 1610

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA PARA PRODUTO QUÍMICO MEC PASTA DESENGRAXANTE 1610 01 - IDENTIFIÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Código Interno: 1610 MEC PASTA DESENGRAXANTE Empresa: RHAI INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE MASSAS PLÁSTICAS LTDA Endereço: Rodovia PR 506, 44 km 2 Distrito de Araçatuba

Leia mais

Ministério da Saúde - MS Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA. (Publicada em DOU nº 181, de 18 de setembro de 2003)

Ministério da Saúde - MS Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA. (Publicada em DOU nº 181, de 18 de setembro de 2003) RESOLUÇÃO DE DIRETORIA COLEGIADA RDC Nº 252, DE 16 DE SETEMBRO DE 2003 (Publicada em DOU nº 181, de 18 de setembro de 2003) A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no uso da

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 20, DE 05 DE MARÇO DE 2004.

RESOLUÇÃO Nº 20, DE 05 DE MARÇO DE 2004. MINISTÉRIO DA JUSTIÇA COMISSÃO NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA NOS PORTOS, TERMINAIS E VIAS NAVEGÁVEIS - CONPORTOS RESOLUÇÃO Nº 20, DE 05 DE MARÇO DE 2004. Dispõe sobre a regulamentação para a realização

Leia mais

1º WORKSHOP INTERNACIONAL DE GERENCIAMENTO DE MATERIAL DRAGADO

1º WORKSHOP INTERNACIONAL DE GERENCIAMENTO DE MATERIAL DRAGADO 1º WORKSHOP INTERNACIONAL DE GERENCIAMENTO DE MATERIAL DRAGADO Realização: Parceiros: O Tecam Laboratórios realiza ensaios ecotoxicológicos de acordo com a ISO 17025 para caracterização de material a ser

Leia mais

FISPQ FICHA DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUIMICOS

FISPQ FICHA DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUIMICOS FISPQ n : 004 Data última revisão: 06/05/2011 Página:1/5 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA: Nome do Produto: Amaciante Blanc Nome da Empresa: Class Industria Química Endereço: Rua Claudino Gazzi,

Leia mais

Identificação do produto: Limpeza e desinfecção de solos, e outras superfícies laváveis em zonas de alto risco

Identificação do produto: Limpeza e desinfecção de solos, e outras superfícies laváveis em zonas de alto risco 1. Identificação do produto e da empresa Identificação do produto: Limpeza e desinfecção de solos, e outras superfícies laváveis em zonas de alto risco Nome comercial: LIMOSEPTIC CONCENTRADO Identificação

Leia mais

Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 58, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013.

Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 58, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013. ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 58, DE 20 DE DEZEMBRO

Leia mais

PORTARIA MMA Nº 445, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2014

PORTARIA MMA Nº 445, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2014 ALTERADA PELA PORTARIA MMA Nº 98/2015, PORTARIA MMA Nº 163/2015. PORTARIA MMA Nº 163, DE 08 DE JUNHO DE PORTARIA MMA Nº 445, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2014 2015 A MINISTRA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE, no uso

Leia mais

Tratamento Térmico de Resíduos. Uma Opção para a Destinação do Resíduo: Tratamento Térmico

Tratamento Térmico de Resíduos. Uma Opção para a Destinação do Resíduo: Tratamento Térmico Uma Opção para a Destinação do Resíduo: Tratamento Térmico Florianópolis, 21 de outubro de 2013 Assuntos: Plano de Consultoria do Teste de Queima; Diagnóstico Inicial; Plano do Teste de Queima; Plano de

Leia mais

Workshop de Contratação Sustentável Módulo Execução: Elaboração do Termo de Referência

Workshop de Contratação Sustentável Módulo Execução: Elaboração do Termo de Referência Workshop de Contratação Sustentável Módulo Execução: Elaboração do Termo de Referência 25 de novembro de 2015 Centro de Formação, Capacitação e Treinamento - CEFOR da Câmara dos Deputados OBJETIVOS Geral:

Leia mais

Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos - FISPQ PASTA LUBRIFICANTE AMANCO

Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos - FISPQ PASTA LUBRIFICANTE AMANCO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: PASTA LUBRIFICANTE Código Interno de identificação do produto: 90131 90129 90130 92678 Nome da empresa : MEXICHEM BRASIL INDUSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO

Leia mais

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico FISPQ

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico FISPQ PRODUTO: DN1 DESENGRAXANTE NEUTRO Página 1 de 11 1 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: DN1 Desengraxante Neutro. Código interno de identificação: 0803. Nome da empresa Jopal Comércio

Leia mais

Conselho da União Europeia Bruxelas, 13 de janeiro de 2016 (OR. en)

Conselho da União Europeia Bruxelas, 13 de janeiro de 2016 (OR. en) Conselho da União Europeia Bruxelas, 13 de janeiro de 2016 (OR. en) 5215/16 NOTA DE ENVIO de: Comissão Europeia data de receção: 12 de janeiro de 2016 para: n. doc. Com.: D041721/03 Assunto: Secretariado-Geral

Leia mais

Aspectos de Segurança e Meio Ambiente Toxicologia e Biodegradabilidade. Silvana Kitadai Nakayama Merck

Aspectos de Segurança e Meio Ambiente Toxicologia e Biodegradabilidade. Silvana Kitadai Nakayama Merck Aspectos de Segurança e Meio Ambiente Toxicologia e Biodegradabilidade Silvana Kitadai Nakayama Merck Repelentes de Insetos IR3535 DEET Óleo de Citronela Óleo de Neem Óleo de Andiroba e outros óleos naturais

Leia mais

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO Nome do Produto: ATOL AN2 EP/ AN4 EP 2. COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE OS INGREDIENTES Natureza Química: MISTURA DE RESINA

Leia mais

EMPRESA Nome do Fabricante: Ambiente Produtos de Limpeza Ltda. Rua João Carniel nº 910 Bairro Carniel Gramado/RS Telefone/Fax: (54) /3286.

EMPRESA Nome do Fabricante: Ambiente Produtos de Limpeza Ltda. Rua João Carniel nº 910 Bairro Carniel Gramado/RS Telefone/Fax: (54) /3286. Produto: Detergente Neutro RCD Ambientare Página 1 de 5 1. Identificação do Produto e da Empresa PRODUTO Nome do Produto: Detergente Neutro RCD Ambientare Registro M.S. nº: Produto Notificado na Anvisa/MS

Leia mais

FLUXO DO PROCESSO PARA RECONHECIMENTO DE DIPLOMA INTERNACIONAL

FLUXO DO PROCESSO PARA RECONHECIMENTO DE DIPLOMA INTERNACIONAL FLUXO DO PROCESSO PARA RECONHECIMENTO DE DIPLOMA INTERNACIONAL Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Ciências Administrativas Programa de Pós-Graduação

Leia mais

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA DE PRODUTO PROTEÍNA TOTAL FS CATÁLOGO

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA DE PRODUTO PROTEÍNA TOTAL FS CATÁLOGO 1 Identificação do Produto / Reagente e da Empresa DETALHES DO PRODUTO Nome comercial: R1 Aplicação da substância / preparação: Química de Laboratório Diagnóstico in vitro Fabricante / Identificação do

Leia mais

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 38, DE 21 DE MARÇO DE 2001

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 38, DE 21 DE MARÇO DE 2001 RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 38, DE 21 DE MARÇO DE 2001 A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no uso da atribuição que lhe confere o art. 11, inciso IV, do Regulamento

Leia mais

Programas de Avaliação da Conformidade regulamentados pelo Inmetro

Programas de Avaliação da Conformidade regulamentados pelo Inmetro Programas de Avaliação da Conformidade regulamentados pelo Inmetro Brinquedos e artigos escolares Engº Anselmo Alves Cabral e Engª Paula Silva Pinto Inmetro / DQUAL / DIPAC Inmetro Missão Prover confiança

Leia mais

FISPQ - Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR-14725

FISPQ - Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR-14725 LINHA HALDEN TS Página 1 / 6 Data da Revisão: 10.01.2013 Data da impressão: 05.04.2013 1. Identificação do produto e da empresa Nome comercial: HALDEN TS ( Toda a linha ) Identificação da sociedade/empresa

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº 49, DE 20 DE AGOSTO DE 2002

INSTRUÇÃO NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº 49, DE 20 DE AGOSTO DE 2002 INSTRUÇÃO NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº 49, DE 20 DE AGOSTO DE 2002 OS MINISTROS DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, DA SAÚDE E DO MEIO AMBIENTE, no uso de suas atribuições, e tendo em

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ)

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS (FISPQ) Página 1 de 5 SEÇÃO 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA NOME DO PRODUTO... BRAVO CLASSIC (AMARELO, VERDE, INCOLOR E VERMELHO) (Embalagem em frasco de 850 ml, 750 ml, Refil de 500 ml e frasco de 2 litros.)

Leia mais

DESENGRAXANTE SANDOMIS Limpador de Uso Geral

DESENGRAXANTE SANDOMIS Limpador de Uso Geral Página 1 de 5 FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS DESENGRAXANTE SANDOMIS Limpador de Uso Geral 1 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Produto: Nome Comercial: Empresa: Desengraxante

Leia mais

FISPQ - Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR Hostaperm Violeta RL Espec 0020 Página : 1 / 8

FISPQ - Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR Hostaperm Violeta RL Espec 0020 Página : 1 / 8 Hostaperm Violeta RL Espec 0020 Página : 1 / 8 1 Identificação do produto e da empresa Nome do produto (nome comercial) Hostaperm Violeta RL Espec 0020 Código interno de identificação do produto nº Material

Leia mais

FICHA DE SEGURANÇA DESINFETANTE Á BASE DE QUATERNÁRIO DE AMÓNIO LINHA PROFISSIONAL

FICHA DE SEGURANÇA DESINFETANTE Á BASE DE QUATERNÁRIO DE AMÓNIO LINHA PROFISSIONAL Ficha de Segurança de acordo com Regulamento (CE) nº 1907/2006 (REACH). Classificação e Rotulagem de acordo com Regulamento para a Classificação, Embalagem e Rotulagem de Preparações perigosas. 1. Identificação

Leia mais

Óleo Base Vegetal Virgem de Coco

Óleo Base Vegetal Virgem de Coco Óleo Base Vegetal Virgem de Coco 1. Identificação do produto e fornecedor Nome: Óleo base vegetal virgem de coco Nome INCI (Consig): COCOS NUCIFERA OIL Descrição: Óleo obtido por pressão a partir das sementes

Leia mais

Quadro IV.1 - Componente 3. Avaliação da Exposição. Fonte: OPS/EPA, 1996

Quadro IV.1 - Componente 3. Avaliação da Exposição. Fonte: OPS/EPA, 1996 Quadro IV.1 - Componente 3. Avaliação da Exposição Agente? População Quadro IV.2 - O que é a Avaliação da Exposição? A avaliação da exposição é a determinação ou estimativa da magnitude, frequência, duração

Leia mais

Rua Anaburgo, 4000, G2 - Distrito Industrial Norte Joinville - SC, Cep: 89.219-630

Rua Anaburgo, 4000, G2 - Distrito Industrial Norte Joinville - SC, Cep: 89.219-630 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: REHNOLZINC PÓ DE ZINCO Código do produto: 15.100.7.0000.2 Data da ultima revisão: 26/11/2012 - Revisão: 00 Nome da empresa: Indústria Química Rehnolt

Leia mais

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURA À INICIATIVA COMPETIR XXI

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURA À INICIATIVA COMPETIR XXI CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURA À INICIATIVA COMPETIR XXI 30-03-2016 Iniciativa Competir XXI CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURA Na sequência da qualificação da Sotecnisol, S.A. como Empresa

Leia mais

Causa grave irritação ocular Pode causar irritação respiratória. Ao manipular utilize vestimenta de proteção adequada (EPI)

Causa grave irritação ocular Pode causar irritação respiratória. Ao manipular utilize vestimenta de proteção adequada (EPI) FOLHA...: 1 / 5 1 Identificação do Produto e da Empresa: Nome do produto: Empresa: Endereço: Av. Gupê, 10497 Telefone: 55 11 4772 4900 Cosmoquimica Indústria e Comércio EIRELI Fax: 55 11 4772 4955 e-mail:

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Coleta seletiva e inclusão social dos catadores, situação atual, perspectivas e desafios Zilda Maria Faria Veloso Diretora de Ambiente Urbano Senado Federal Brasilia, 23de abril

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS - FISPQ 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA 2 COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÃO SOBRE OS INGREDIENTES

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS - FISPQ 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA 2 COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÃO SOBRE OS INGREDIENTES Página 1 de 5 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Detergente Neutro Nome da Empresa: Guimarães Produtos Químicos e de Limpeza Ltda Telefones da Empresa: Fone: (48) 3623-1175 e-mail: guimaraespl@terra.com.br

Leia mais

FISPQ FICHA DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUIMICOS

FISPQ FICHA DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUIMICOS FISPQ n : 001 Data última revisão: 14/03/2011 Página:1/5 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA: Fiss Nome da Empresa: Class Industria Química Endereço: Rua Claudino Gazzi, 225 Bairro São Luis Canoas

Leia mais

Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública. Magno Subtil

Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública. Magno Subtil Planejamento de aquisição de bens e serviços na Administração Pública Magno Subtil Registro de Preços Decreto Estadual 7.437/2011 Sistema de Registro de Preços é o conjunto de procedimentos para registro

Leia mais

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) LUSTRA MÓVEIS Q BRILHO

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) LUSTRA MÓVEIS Q BRILHO Página 1 de 6 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: LUSTRA MÓVEIS Q BRILHO Códigos internos: Flor de Lavanda 12/200 ml: 7560 12/500 ml: 7561 Flor de Laranjeira 12/200 ml: 7564 12/500

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO FISPQ Em conformidade com NBR 14725-4/2010 FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO Fispq n : 039/02 Data: 21/05/2002 Revisão: 1 Data da rev.: 26/03/10 1- IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 05/2015

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 05/2015 RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 05/2015 Regulamenta a Transferência Interna, externa e Ingresso de Portador de Diploma nos cursos de graduação da Faculdade Guanambi. O Presidente do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa

Leia mais

Prefeitura Municipal de Vila Velha Estado do Espírito Santo Secretaria de Desenvolvimento Sustentável

Prefeitura Municipal de Vila Velha Estado do Espírito Santo Secretaria de Desenvolvimento Sustentável TERMO DE REFERÊNCIA PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL (PGRCC) 1 OBJETIVO Este Termo de Referência tem como finalidade orientar os geradores de resíduos sólidos provenientes

Leia mais

Trabasil AA1. FISPQ Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos Pág. 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO 2. IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS

Trabasil AA1. FISPQ Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos Pág. 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO 2. IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS FISPQ Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos Pág. 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Identificação do Produto Nome do Produto: 1.2 Usos relevantes identificados da substância ou mistura e usos

Leia mais

Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos. Autonivelante 2mm BASE REVISÃO 0 DATA DA REVISÃO: 27/05/2011. Autonivelante 2mm BASE

Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos. Autonivelante 2mm BASE REVISÃO 0 DATA DA REVISÃO: 27/05/2011. Autonivelante 2mm BASE FISPQ Autonivelante 2mm BASE 1. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA Nome do Produto: Autonivelante 2mm BASE Fornecedor: Av. Padre Antônio José dos Santos, 523 sala 4B - CEP- 04563-011 e-mail: hardyfloor@hardyfloor.com.br

Leia mais

CASA CIVIL INSTITUTO NACIONAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CASA CIVIL INSTITUTO NACIONAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CASA CIVIL INSTITUTO NACIONAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 5, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2007 Aprova a versão 1.0 dos PADRÕES E PROCEDIMENTOS TÉCNICOS A SEREM OBSERVADOS NOS PROCESSOS

Leia mais

FICHA DE IDENTIFICAÇÃO E SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS

FICHA DE IDENTIFICAÇÃO E SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS 1 Identificação do Produto e da Empresa Nome do Produto: Empresa: Koube Indústria de Produtos Automotivos Ltda Endereço: Av dos Pinheirais, 1347 Araucária - PR CEP: 83705-575 Tel/Fax: (41) 3404 2306 E-mail:

Leia mais

REUNIÃO CÂMARA SETORIAL DE FIBRAS NATURAIS CRISE NA COCONICULTURA BRASILEIRA DIAGNÓSTICO DE CAUSAS, IMPACTOS À CADEIA PRODUTIVA E SOLUÇÕES PROPOSTAS

REUNIÃO CÂMARA SETORIAL DE FIBRAS NATURAIS CRISE NA COCONICULTURA BRASILEIRA DIAGNÓSTICO DE CAUSAS, IMPACTOS À CADEIA PRODUTIVA E SOLUÇÕES PROPOSTAS REUNIÃO CÂMARA SETORIAL DE FIBRAS NATURAIS CRISE NA COCONICULTURA BRASILEIRA DIAGNÓSTICO DE CAUSAS, IMPACTOS À CADEIA PRODUTIVA E SOLUÇÕES PROPOSTAS Sumário Executivo Diagnóstico de Causas Impactos à Cadeia

Leia mais

Trabasil NP3. FISPQ Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos Pág. 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO 2. IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS

Trabasil NP3. FISPQ Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos Pág. 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO 2. IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS FISPQ Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos Pág. 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Identificação do Produto Nome do Produto: 1.2 Usos relevantes identificados da substância ou mistura e usos

Leia mais

CADASTRO TÉCNICO FEDERAL DE ATIVIDADES POTENCIALMENTE POLUIDORAS E UTILIZADORAS DE RECURSOS AMBIENTAIS

CADASTRO TÉCNICO FEDERAL DE ATIVIDADES POTENCIALMENTE POLUIDORAS E UTILIZADORAS DE RECURSOS AMBIENTAIS CADASTRO TÉCNICO FEDERAL DE ATIVIDADES POTENCIALMENTE POLUIDORAS E UTILIZADORAS DE RECURSOS AMBIENTAIS Lei 6.938/81 Política Nacional de Meio Ambiente INSTRUMENTOS CADASTRO TÉCNICO FEDERAL DE ATIVIDADES

Leia mais

Toxicologia Ocupacional

Toxicologia Ocupacional Toxicologia Ocupacional Introdução ACGIH NR 15 NR 9 Versão: Dezembro de 2016 1. Introdução / Conceitos básicos Toxicologia Ciência dos venenos Não existem substâncias inofensivas. O que diferencia um remédio

Leia mais

FISPQ FICHA DE INFORMAÇÃO E SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS

FISPQ FICHA DE INFORMAÇÃO E SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS Página 1 de 7 FISPQ FICHA DE INFORMAÇÃO E SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Identificação do produto: Nome Comercial: Identificação da empresa: Glicerina Bi-Destilada

Leia mais

Programa de Capacitação de Agentes Fiscais SANTA MARIA: 14/08/2013

Programa de Capacitação de Agentes Fiscais SANTA MARIA: 14/08/2013 Programa de Capacitação de Agentes Fiscais SANTA MARIA: 14/08/2013 CONCEITOS RESÍDUO: Resíduos nos estados sólido, semi-sólido ou líquido resultantes de atividades industriais, domésticas, hospitalar,

Leia mais

NUNCA MISTURE PRODUTOS QUÍMICOS, A MENOS QUE TAL PROCEDIMENTO SEJA INDICADO PELO FABRICANTE POR ESCRITO. Registro no MS =

NUNCA MISTURE PRODUTOS QUÍMICOS, A MENOS QUE TAL PROCEDIMENTO SEJA INDICADO PELO FABRICANTE POR ESCRITO. Registro no MS = JohnsonDiversey Suma Bac Conc D10 Detergente desinfetante líquido para indústrias alimentícias, concentrado e à base de quaternário de amônio. Agiliza a operação de higienização Suma Bac Conc facilita

Leia mais

WORKSHOP Vantagens do registro de produtos biológicos de controle de pragas

WORKSHOP Vantagens do registro de produtos biológicos de controle de pragas MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS IBAMA WORKSHOP Vantagens do registro de produtos biológicos de controle de pragas AVALIAÇÃO AMBIENTAL

Leia mais

Porquê ler este documento? Por quem é elaborada a informação?

Porquê ler este documento? Por quem é elaborada a informação? Informação a comunicar ao público sobre estabelecimento abrangido pelo regime de prevenção de acidentes graves que envolvem substâncias perigosas (CIRES - IPR) Porquê ler este documento? Este documento

Leia mais

PANDOLFO E CARDOSO LTDA Sabonete Líquido Bell Plus Higgie Soft

PANDOLFO E CARDOSO LTDA Sabonete Líquido Bell Plus Higgie Soft PAGINA 1 DE 5 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA NOME DO PRODUTO: SABONETE LÍQUIDO ANTISSÉPTICO BELL PLUS COM TRICLOSAN 0,5% CÓDIGO INTERNO DE IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO: SLATR NOME DA EMPRESA: PANDOLFO

Leia mais

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) ÓLEO PARA MÓVEIS Q BRILHO

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) ÓLEO PARA MÓVEIS Q BRILHO Página 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: ÓLEO PARA MÓVEIS Q BRILHO Códigos internos: 12/200 ml: 7570 Aplicação: Proteger, dar brilho e revitalizar a madeira. Empresa: BOMBRIL

Leia mais

Trabasil AA3. FISPQ Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos Pág. 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO 2. IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS

Trabasil AA3. FISPQ Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos Pág. 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO 2. IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS FISPQ Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos Pág. 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Identificação do Produto Nome do Produto: 1.2 Usos relevantes identificados da substância ou mistura e usos

Leia mais

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico ORBIFORT - COLA BRANCA ACRÍLICA

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico ORBIFORT - COLA BRANCA ACRÍLICA 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: ORBICOLA BRANCA ACRÍLICA Aplicação: Uso para colagem de madeiras e outros materiais compatíveis em geral. Fornecedor: Orbi Quimica Ltda. Avenida

Leia mais

FISPQ. Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico

FISPQ. Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico de Polímeros Naturais Ltda. Página 1 de 7 FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico PRODUTO: LUZA SOLAMBAR TELHADO ÍNDICE 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA... 2 2. COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICOS FISPQ 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E EMPRESA 2. COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE OS INGREDIENTES

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICOS FISPQ 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E EMPRESA 2. COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE OS INGREDIENTES Pág. 1/5 FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICOS FISPQ 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E EMPRESA Nome do produto: GESSO Cód. Interno de Identificação do Produto: Nome da Empresa: POLIDENTAL INDÚSTRIA

Leia mais

1.2 Utilizações identificadas relevantes da substância ou mistura e utilizações desaconselhadas:

1.2 Utilizações identificadas relevantes da substância ou mistura e utilizações desaconselhadas: SECÇÃO 1: Identificação da substância/mistura e da sociedade/empresa 1.1 - Identificador do produto: GREENFINE PRESS 1.2 Utilizações identificadas relevantes da substância ou mistura e utilizações desaconselhadas:

Leia mais

Regulação do Uso de Produtos e Processos para Recuperação de Ambientes Hídricos e Áreas Contaminadas

Regulação do Uso de Produtos e Processos para Recuperação de Ambientes Hídricos e Áreas Contaminadas RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA DIRETORIA DE QUALIDADE AMBIENTAL - DIQUA Regulação do Uso de Produtos e Processos para Recuperação de Ambientes Hídricos e Áreas Contaminadas Mesa Redonda N O 2 - Certificação

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS 1. IDENTIFICAÇÃO Nome do produto: Aplicação: Desmoldante líquido a base de óleo vegetal e aditivos. Utilizado na produção de prémoldados, vigas e pilares em concreto aparente Nome da empresa: Avaré Concreto

Leia mais

Português Língua Estrangeira Área de Integração Educação Física Tec. de Inf. e Comunicação

Português Língua Estrangeira Área de Integração Educação Física Tec. de Inf. e Comunicação TURISMO Conferências Visitas de Estudo O Turismo é o profissional que executa serviços de informação, animação e organização de eventos em empresas de turismo, de reservas em agências de viagens e de receção

Leia mais

Workshop Extensão da Vida Útil de Produtos Químicos

Workshop Extensão da Vida Útil de Produtos Químicos Workshop Extensão da Vida Útil de Produtos Químicos O estabelecimento de um programa de gestão do ciclo de vida ativa de materiais pode reduzir a geração de resíduos sólidos, o uso de matérias primas originais

Leia mais

FISPQ FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS MSDS MATERIAL SAFETY DATA SHEET ABNT NBR 14725

FISPQ FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS MSDS MATERIAL SAFETY DATA SHEET ABNT NBR 14725 Página 01/05 Ribeirão Preto SP Brasil Cep:14075-450 SEÇÃO 1.0 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA NOME DO PRODUTO Q STONE DETERGENTE DESINCRUSTANTE LIMPA PEDRAS. BIODEGRADÁVEL. TELEFONE DA EMPRESA NOME

Leia mais

Considerando a necessidade de ampliar o número de poluentes atmosféricos passíveis de monitoramento e controle no País;

Considerando a necessidade de ampliar o número de poluentes atmosféricos passíveis de monitoramento e controle no País; Resoluções RESOLUÇÃO/conama/N.º 003 de 28 de junho de 1990 Publicada no D.O.U, de 22/08/90, Seção I, Págs. 15.937 a 15.939. O CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE - CONAMA, no uso das atribuições que lhe

Leia mais

Comparação NBR ISO X RDC s ANVISA ESTUDO COMPARATIVO ENTRE: NBR ISO 13485:2004 RCD 59:2000 PORTARIA 686:1998

Comparação NBR ISO X RDC s ANVISA ESTUDO COMPARATIVO ENTRE: NBR ISO 13485:2004 RCD 59:2000 PORTARIA 686:1998 Comparação NBR ISO 13485 X RDC s ANVISA ESTUDO COMPARATIVO ENTRE: NBR ISO 13485:2004 RCD 59:2000 PORTARIA 686:1998 Agenda Objetivo do estudo Visão Geral da NBR 13485:2004 Tendências mundiais Resultados

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS- IBAMA

INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS- IBAMA DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS- IBAMA "Debate: a intoxicação de profissionais e estudantes da Escola Municipal de São José do Pontal, localizada na zona rural do Município de Rio Verde, estado de Goiás,

Leia mais

Nome do Produto: Placa MB-0720 Ficha nº. 223 Data de emissão: 24/09/2009 Data de revisão: 29/05/2014 Emitido por: Dpto. Técnico Página: (1 de 5)

Nome do Produto: Placa MB-0720 Ficha nº. 223 Data de emissão: 24/09/2009 Data de revisão: 29/05/2014 Emitido por: Dpto. Técnico Página: (1 de 5) Data de emissão: 24/09/2009 Data de revisão: 29/05/2014 Emitido por: Dpto. Técnico Página: (1 de 5) 1. IDENTIFICAÇÃO Nome do Produto: PLACA MB-0720 Aplicação: Placa de epóxi utilizada em moldes de vacum

Leia mais

PRODUTOS E SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E RETIRADA DE SISTEMA DE ARMAZENAMENTO SUBTERRNÂEO DE COMBUSTÍVEIS SASC

PRODUTOS E SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E RETIRADA DE SISTEMA DE ARMAZENAMENTO SUBTERRNÂEO DE COMBUSTÍVEIS SASC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA- INMETRO Diretoria da Qualidade Dqual Divisão de Fiscalização e Verificação

Leia mais

Caolino Segundo Regulamento (CE) 1907/2006

Caolino Segundo Regulamento (CE) 1907/2006 Ficha de Dados de Segurança Caolino Segundo Regulamento (CE) 1907/2006 1. Identificação da substância e da empresa 1.1 Identificação da substância ou do preparado Denominação: Alumínio Silicato 1.2 Utilização

Leia mais

FISPQ - Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR NYLOSTAB S-EED FF 0015 Página : 1 / 9

FISPQ - Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR NYLOSTAB S-EED FF 0015 Página : 1 / 9 NYLOSTAB S-EED FF 0015 Página : 1 / 9 1 Identificação do produto e da empresa Nome do produto (nome comercial) NYLOSTAB S-EED FF 0015 Código interno de identificação do produto nº Material : 242848 Código

Leia mais

EDITAL Nº 34/2016/PROEN/IFPI, DE 15 DE MARÇO DE 2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA DE ENSINO SUPERIOR

EDITAL Nº 34/2016/PROEN/IFPI, DE 15 DE MARÇO DE 2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA DE ENSINO SUPERIOR INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL Nº 34/2016/PROEN/IFPI, DE 15 DE MARÇO DE 2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA DE ENSINO SUPERIOR 1. PREÂMBULO

Leia mais

Certificação de alimentos orgânicos

Certificação de alimentos orgânicos Certificação de alimentos orgânicos Natália Salvate Brasil Doutoranda em Desenvolvimento Rural PGDR/UFRGS nataliasalvatebrasil@gmail.com Fonte: MAPA, Cartilha Título O Olho da palestra, do Consumidor.

Leia mais

COMITÊ DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DAS VELHAS

COMITÊ DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DAS VELHAS PARECER TÉCNICO - AGB PEIXE VIVO - 002/2011 PROCESSO Nº 04734 / 2010 - Vale S.A Empreendimento: Execução de barramento em curso de água sem captação - Barragem Forquilha IV, para contenção de rejeitos

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE (Do Sr. Paulo Bornhausen) O Congresso Nacional decreta:

PROJETO DE LEI Nº, DE (Do Sr. Paulo Bornhausen) O Congresso Nacional decreta: PROJETO DE LEI Nº, DE 2007 (Do Sr. Paulo Bornhausen) Dispõe sobre o exercício da profissão de supervisor de segurança portuária. O Congresso Nacional decreta: Art. 1º A profissão de supervisor de segurança

Leia mais

BONIGO INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico FISPQ. : Sempre Verde Brilha Folha 30mL e 100mL

BONIGO INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico FISPQ. : Sempre Verde Brilha Folha 30mL e 100mL ULTRAVERDE SEMPRE VERDE BONIGO INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. Ficha 050 - Rev.: 00 20/10/2008 Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico FISPQ 1 - ITIFI DO PRODUTO E DA EMPRESA 1. Identificação do

Leia mais

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO 1. INTRODUÇÃO Físico-Química Prova 11 O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico, a realizar em 2016 pelos alunos que se encontram abrangidos

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS Página: 1/5 1- Identificação do produto e da empresa - Nome do produto: FERROCIANETO DE POTÁSSIO - Código interno de identificação do produto: F1008 - Nome da empresa: Labsynth Produtos para Laboratórios

Leia mais

FISPQ - Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR PV Solido Vermelho B Página : 1 / 9

FISPQ - Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos em acordo com a NBR PV Solido Vermelho B Página : 1 / 9 PV Solido Vermelho B Página : 1 / 9 1 Identificação do produto e da empresa Nome do produto (nome comercial) PV Solido Vermelho B Código interno de identificação do produto nº Material : 104949 Código

Leia mais

Multi-Uso Utilizável em qualquer tipo de superfície e equipamento.

Multi-Uso Utilizável em qualquer tipo de superfície e equipamento. Detergente Vero Plus Detergente de Uso Geral Econômico A concentração de ativos torna o Detergente Vero Plus um produto econômico no uso, requerendo uma pequena quantidade para uma limpeza eficiente. Versátil

Leia mais

PALMITATO DE CETILA PALMITATO DE CETILA. Rua Triângulo, 105 Jardim Piemonte Betim/MG CEP

PALMITATO DE CETILA PALMITATO DE CETILA. Rua Triângulo, 105 Jardim Piemonte Betim/MG CEP N de Páginas: 1/10 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto Principais usos recomendados para a substância ou mistura Emoliente e doador de consistência. Cremes, loções, emulsões fluidas,

Leia mais

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos)

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) Página 1 de 7 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: Código interno: 12011 Empresa: BOMBRIL S/A TELEFONE DE EMERGÊNCIA: 0800 014 8110 2 - COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE OS INGREDIENTES

Leia mais

Nome da substância ou mistura: VEDAPREN Versão: 2

Nome da substância ou mistura: VEDAPREN Versão: 2 7/05/015 1. Identificação 1 1 de 6 Nome da substância ou mistura (nome comercial): VEDAPREN Principais usos recomendados para a substância ou mistura: Manta líquida a base asfalto para impermeabilização

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO. NICOTINAMIDA Cosmoquimica Indústria e Comércio Ltda

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO. NICOTINAMIDA Cosmoquimica Indústria e Comércio Ltda F0LHA...: 1 / 5 1 Identificação do Produto e da Empresa: Nome do Produto: Nome da Empresa: Endereço: Av. Gupê, 10497 Telefone: 55 11 4772 4900 / 4772-4949 Cosmoquimica Indústria e Comércio Ltda Fax: 55

Leia mais

Ficha de Segurança de Produtos Químicos (FISPQ) FISPQ - FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA

Ficha de Segurança de Produtos Químicos (FISPQ) FISPQ - FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Página 1 de 9 Página 01/07 SEÇÃO 1.0 NOME DO PRODUTO NOME DO FABRICANTE ENDEREÇO Rua Dr. Fernão Pompeu de Camargo, 1704/52 Jardim do Trevo - Campinas/SP - CEP: 13040-010 SEÇÃO 2.0 TIPO DE PRODUTO PREPARADO

Leia mais

Legislação Federal e o Sistema de Registro de Agrotóxicos no Brasil

Legislação Federal e o Sistema de Registro de Agrotóxicos no Brasil Seminário Legislação de Agrotóxicos, Receituário Agronomico, Comercialização e Uso - Aspectos Técnicos e Legais Legislação Federal e o Sistema de Registro de Agrotóxicos no Brasil Engº Agrº Júlio Sérgio

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO - FISPQ

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO - FISPQ PRODUTO: ÓXIDO DE ZINCO BR 500 1/5 1. IDENTIFICACÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: Empresa: Endereço: Telefone de emergência: e-mail: ÓXIDO DE ZINCO Sasil Comercial e Industrial de Petroquímicos

Leia mais

Número: EEM Rev.: 2 Fl. 1/14

Número: EEM Rev.: 2 Fl. 1/14 Número: EEM-80779 Rev.: 2 Fl. 1/14 REV DATA HISTÓRICO DAS REVISÕES EMITIDO APROVADO 0 06/06/2013 1 15/07/2013 Emissão Inicial, em substituição ao documento EEM80779 revisão 14. Alteração das CPC s 80767

Leia mais