IMPORTAÇÃO DE CARNE: PREFEITOS VÃO DISCUTIRA PROPOSTA 0 0 ERG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IMPORTAÇÃO DE CARNE: PREFEITOS VÃO DISCUTIRA PROPOSTA 0 0 ERG"

Transcrição

1 O fretor-p roprietário k l P 1 P I Sérgio FUury Moraes H H ^ H B C I R C U L A Ç Ã O S E M A N A L U m a v o i l l v r a a m i u a d» f t» o ANO 10 - Ne REDAÇAO E OFICINAS: AV. TIR A D EN TES, CAIXA PO ST A L FONE ( ) SA NTA CRU Z DO RIO PA R D O, 3 0 DE NOVEM BRO DE IMPORTAÇÃO DE CARNE: PREFEITOS VÃO DISCUTIRA PROPOSTA 0 0 ERG No último final de semana, o movimento nos postos fo i considerado normal... Na próxima quinta-feira, postos de gasolina podem fechar de novo A gasolina c o álcool combustível podem voltar a faltar em Santa Cruz do Rio Pardo a partir da próxima quintafeira, quando expira o prazo dado pelos proprietários destes estabelecimentos para que o governo reveja o índice de margem de lucro dos comerciantes, que depois do último reajuste dos combustíveis ficou muito baixo. Apesar do movimento ter sido iniciado isoladamente em várias cidades do Estado de S&o Paulo - e em algumas do Paraná cm Santa Cruz a iniciativa partiu dos próprios proprietários dos postos de gasolina, reunidos no último final de semana. Segundo eles, com as atuais comissões dos revendedores, a venda de gasolina ou álcool combustível passou a significar prejuízos depois do anúncio do Plano Cruzado II, que entre outras medidas recessivas, majorou estes produtos em 60% mas congelou as taxas de lucros aos níveis antenores. A partir da última segunda-feira, todos os postos de Santa Cruz paralisaram as compras de combustíveis, embora os estabelecimentos permanecessem abertos ao público para lavagem de veículos, lubrificação, troca de óleo e demais serviços. Isto se explica porque de acordo com uma resolução do Conselho Nacional do Petróleo - CNP -, qualquer greve nos postos de gasolina é imediatamente declarada ilegal, com os propnetános arcando com pesadas multas e ameaças de fechamento. Assim, com os estabelecimentos abertos ao público c sob a alegação de "falta de dinheiro" (os combustíveis são pagos à vista pelos comerciantes), os propnetários dos postos não estariam infringindo qualquer dispositivo da legislação. Na terça-feira, já não havia mais gasolina em Santa Cruz do Rio Pardo, com as vendas se limitando ao álcool, que também ficou escasso no dia seguinte. A saída para os milhares de motoristas foi a procura aos postos localizados nas rodovias próximas ao município, que permaneceram com os combustíveis em estoque. Na última quintafeira, os proprietários de postos de gasolina da cidade resolveram j tender n um apelo do sindicato da categona, mantendo gasolina e álcool em estoque até o próximo dia 4, quando então o governo federal promete uma solução para o problema. No final da tarde de ontem, três proprietários de postos de gasolina de Santa Cruz do Rio Pardo garantiram ao DEBATE que não irão efetuar compras de combustíveis a partir desta segunda-feira e um deles, com litros de gasolina em estoque, disse que na terçafeira seu depósito provavelmente já estará vazio, "principalmente pelo rnedo dos motoristas, que deverão encher o tanque de seus automóveis logo no início da semana". E o alerta desta vez é maior: os postos de gasolina localizados nas rodovias também deverão aderir ao movimento de boicote. A possibilidade de Importação de carne bovina para abastecer e normalizar o mercado Já está sendo cogitada há algum tempo em nossa região. No m ês passado, o prefeito Espertdlão Cury (Ourinhos) chegou a remeter um projeto n esse sentido à Câmara Municipal daquela cidade, enquanto o legislativo de Santa Cruz do Rio Pardo Jâ aprovou projeto autorizando o prefeito Onofre Rosa a Intervir no abastecim ento de cam e do município. A burocracia, no entanto, Impediu que qualquer destes projetos d esse algum resultado. Na última sexta-feira, porém, o diretor do ERG - Escritório Regional de Governo - de Ourinhos, Flávio D Affonseca, esteve reunido com o prefeito Onofre Rosa de Oliveira sugerindo uma união entre as prefeituras de Santa Cruz, Ipaussu, Bemardlno de Campos, Chavantes, São Pedro do Turvo e Ourinhos visando uma Importação conjunta de came bovina. No m esm o dia, o chefe do executivo reunlu-ee com açougueiros e diretores do Frigorífico local visando a concretização das medidas. Com a Importação - acredita-se - o ágio sobre a cam e deve diminuir sensivelm ente. (Página 5) Zanette diz que fica no PMDB PELO M E N O S É 0 QUE ELE GARANTIU EM E N TR EV ISTA A 0 DEBATE, NA ÚLTIMA SEX TA -FEIR A... (P Á G. 4) MANDATO DE TIRIRICA AMEAÇADO Estou sendo tratado como um marginal e bandido por este juiz que, me parece, está muito safado" Estas declarações, feitas em entrevista ao DEBATE na semana passada durante as apurações dos votos no ginásio de esportes pelo vereador de Ipauçu Roberto Guidio Tiririca Peres. podem levá-lo a uma possível perda do mandato No início da semana, atendendo a solicitação do promotor público da comarca, o delegado de polícia Ermelmdo Marastom iniciou um inquénto policial contra o vereador, apreendendo a fita onde continha a gravação da entrevista de Tiririca e providenciando o depoimento do diretor do jornal DEBATE Marastoni não sabe ainda qual artigo do código penal que motivará o processo contra o vereador, mas lembrou que a fita k-7" contendo as gravações vai ser enviada à policia técnica para análises. Tiririca, por sua vez, diz que está "tranqüilo" e náo acredita em condenação (PÁGINA 3)

2 -2- opènèio DEBATE S em i Cruz do Rk> Pardo, 30 de no eam br c de 1306 A hora da Constituinte ORESTES QUÉRCIA T erm inada a cam p a n h a eleito ral, n o ssas aten ções devem v oltar-se para a A ssem bléia N acional C onstituinte. O s in teresses regionais im põem que co lo q u em o s de lado as disputas locais e regionais. Em B rasília, q u an d o o s d e p u tad o s federais e sen ad o res to m a re m p osse, com eçará a ser decidido o n o sso futuro político, econôm ico e social e a qualid ad e da nossa dem ocracia. E stam os sain d o de um regim e autoritário q u e tran sfo rm o u o Brasil num a espécie de negócio particular de g ru p o s que lem b ram o s m éto d o s e as am bições d as m áfias. Não foi por fatalidade que, d ep o is de 21 anos, o Brasil passou a se r oitavo do m u n d o com o potência industrial e 57- na listagem d os povos q u e u s u fruem p ad rõ es de vida d ignos e m o dernos. A C onstituinte é um a o p o rtu n i dade ím par para co m eçarm o s um novo período na no ssa história. P o dem os san ar os erro s e a b u so s da ditadura e reverter disto rçõ es h istó ricas que nos castig am há séculos. T u do vai d ep en d er da disposição com que r alizarem os a C onstituinte. N osso prim eiro d ev er é esclarecer a opinião pública. L am en tav elm ente, seg u n d o as p esq u isas de o p i nião diversas, pouca g en te c o m p re ende o verdadeiro significado e a transcendência da nova C onstituição. E ste desafio deve ser en frentado prim eiram en te pelos partidos políticos e pelos seg m en to s organizados da sociedade. P recisam os tam b ém conversar e d eb ater a respeito da C onstituinte. Nas m etró p o les, nos g ran d es cen tros, n os p eq u en o s m unicípios, na zona rural, o n d e for possível, é im p o rtan te que o povo se reúna, registre suas asp irações. T udo isso tem q u e chegar a Brasília e aos d e p u ta d os e sen ad o res constituintes. S ão Paulo, na condição de E s tado m ais desenvolvido e por ser o m aior colégio eleitoral do país, tem obrigação de m arcar um a presença atu an te e p ro g ressista nos deb ates e nas decisões da C onstituinte. Creio qu e o fundam ental é cam in h arm o s para a paz social, para o e n ten d im en to en tre todos os b rasileiros. O Brasil só será g ran d e e re s peitado com o N ação evoluída se co n seg u irm o s im plantar um E stado dem ocrático, voltado para o bem estar d os brasileiros, e avançarm os além da dem ocrática política, criando condições de ascenção social e p ro g resso econo/nico b asead o s no tra balho e na com petência. A g ran d e q u estão brasileira é social. O n o sso m aior problem a é a existência de cerca de 55 m ilhões de p esso as vivendo em condições de m iséria e indigência. O Jornalista e advogado O reatea O uércla é o atual vlc#-governador do Eetedo de Sâo Paulo, ex-p refeito de Camplnaa, ex-eenador e futuro governador. Incidente no ônibus ALBERTO CENTURIÃO CARVALHO Aconteceu dentro de um ônibus urbano lotado, parado no ponto. Uma mulher, com uma criança de colo e outra de uns 3 anos de idade, tentava abrir caminho para descer. Atrás dela, um homem alto e corpulento e mais atrás um garoto de se u s 17 anos, bem vestido, com uma grande mochila às stas. Impaciente, o garoto empurrava o homem, até que este, reclamando, o deixou passar. Sem coragem para enfrentar o grandalhão, o rapaz da mochila atirou-se com violência sobre o garotinho. Foi só a m àe balbuciar um cuidado com a criança", para levar uma fortíssima bofetada na cara, que a atirou sobre a s outras p esso as. Mais do que depressa, como por encanto, o esp aço se abriu à frente ao jovem agressor, que desceu rápido, proferindo ofensas grosseiras à mulher. Ninguém fez nada para detê-lo. Apenas um s e nhor idoso gritava, lá do fundo do ônibus: "Ah, se eu estiv esse aí na frentel Não tem homem aqui dentro!" Depois que o rapazinho da mochila já seguia pela rua, a mulher catou o s filhos e desceu, encolhida e de cabeça baixa. Nem uma queixa, nem uma reclamação. Apenas medo, espanto e humilhação no rosto que tenuiva e s conder para não mostrar a s lágrimas e a m arca vermelha na bochecha. Depois que ela se foi, o motorista se apressou a seguir viagem. Aí, sim, todos o s p assageiros se apressaram a comentar, reclamar e vociferar. Depois. Apesar do toque brutal, a situação não é assim tão mcomum nos grandes centros urbanos e mesmo nas cidades menores. Chamou-se a atenção porque apresenta um tem a que me pareceu rico para a reflexão, quando tanta gente anda por aí distribuir do cotoveladas e em purrões para abrir caminho, enquanto tantos outros se omitem e fingem não ver o que acontece. Q uanta gente anda por aí fingindo de morta, obstruindo os caminhos e atrapalhando a passagem a outros, que avançam com dificuldade. Q uantos de nós estão diariamente transferindo a outros mais fracos, as humilhações que recebem dos mais fortes. E mais Importante que tudo, o quanto a vida poderia ser melhorada por uma pequena dose de com preensão e objetividade Pode parecer óbvio, m as quem assistiu a dois m eses de propaganda eleitoral pelo rádio, pela TV e pelos jornais sabe que não é. (Plana) 0 Jomalieta Alberto Centurlâo de Cervelho ê Integrante da Agência Plana a colaborador deete Jornal. Expediente CIRCULAÇÃO SEM ANAL CGC/M F / d ia e t o r-p a o p a ie t Aaio SÉRGIO FLEURY MORAES j o r n a l i s t a r e s p o n s á v e l JOSÉ APARECIDO (RMT 7.660) RED AÇ ÃO, AD M IN ISTRAÇ ÃO E OFICINAS Av. Tiradentes Caixa Postal 34 - Telefone (0143) Santa C ruz do Rio Pardo, Estado de São Paulo. REPRESENTAN TE E M SÃ O PAU LO, RIO DE JANEIRO B R ASfU A E ssii Publicidade e Com unicações S /C Lida. - Rua Senador Carlos Teixeira de Carvalho Fones e S ã o P a u lo -S P. "O * artigos assinados sâo de responsabilidade de seua aulorea, nâo traduzindo necessariam ente, a nplnlão do Jornal é permitida a reprodução dos artigos, desde que citeda a tonta" Parece que a única diferença entre o Delfim Neto e o Funaro é que o primeiro é m ais gordo e usa óculos... O PMDB faturou com o Plano Cruzado e ago;a o critica??? Casam ento ó para o s bons e m aus mom entos... U lysses Guimarães é o único velho que todo m undo escuta... Numa democracia permite-se ter opiniões contrárias ao govem o; destruição de b ens públicos e violências é coisa muito diferente. Para o s baderneiros, cacete neles! Ninguém duvida que para sair d essa situação dramática em que meteram o povo brasileiro será necessário muito sacrifício. O que se discute é s e a cota de sacrifício caberá apenas ao contribuinte. As estatais ainda continuam com endo o s n o sso s recursos, há mordom ias,etc... V ocês se lembram do Banco Sulbrasileiro, que d ep ois faliu e acabou virando o banco estatal Meridional, com o s prejuízos sendo pagos pelo povão? Não vai acontecer o m esm o com o BNH? Mudanças cosm éticas nada resolvem... Enquanto tivermos que mandar 12 bilhões de dólares anuais para pagam ento apenas doa Juros da n o s sa divida externa estarem os com prometendo o n o sso futuro... O cantor e com positor santacruzense V asco de Brltto estará se apresentando em Santa Cruz no próximo dia 11 de dezembro (quinta-feira), à s 21 horae, em seu sh ow "Abraçando o Brasil". O evento será realizado no Clne São Pedro, e será a primeira m anifestação artística no velho prédio desde que a Câmara autorizou a compra do Imóvel pela Prefeitura, atendendo a projeto do prefeito Onofre R osa de Oliveira. O sh ow de V asco já faz parte da programação que o professor Magali Junqueira, diretor do departamento de Educação, Cultura e Esportes da municipalidade, pretende imprimir à futura "Casa da Cultura" de Santa Cruz do Rio Pardo. D eputados vão aumentar seu s frugais su b síd ios em mais de 100%. Também precisam, coitados. São tão pobres que nem pagam Im posto de renda, recebem sem comparecer ao plenário e a Imprensa ainda acha ruim por essa campanha legítima no interesse d os n o sso s mui honrados, eficientes, h on estos, futuros constituintes... e Procura-se: um político h on esto, coerente, lutador, Incorruptível, patriota. Cartas para a redação. Na Câmara d o s Vereadores de D IC A S (D taclocwl CDfMfcO m r o blav - e ovem r e w & n * A k m m São Paulo houve o aum ento do IPTU, pedido pelo prefeito Jânio Quadros. Houve uma pequena troca de favores entre o s vereadores e o prefeito que lhes deu alguns cargos em trora dos honrados votos e pronto - (Prendeuse o Interesse coletivo e o s paulistanos vão pagar um aumentozlnho no Imposto predial. Lá e cá tranqueiras há... O que prevíamos acabou acontecendo. N ossa região não elegeu nenhum representante daqui. Só demo» voto»»o» que aqui naeceram (há m uitos e m uitos anos), moraram ou passaram alguma temporada em n o sso solo. Agora, candidato que more e sofra aqui, conheça o s nosso s problemas, esteja disponível a qualquer hora do dia e da noite, só Irá ganhar lá pelo ano Flávio Blerrenbach não conaegulu reeleger-se deputado federal, mas será um d o s secretários do governador Ouércla. Boa escolha! Nlxon teve o seu Watergate. E agora Reagan vai ter o Irangate??? Tá ficando moda e ss a s sujelrinhas lá na matriz... Podem anotar. Em 88 teremos eleições de prefeito e de presidente da república. O vereador Paulo Fernando Sanches (PDS) parece um pouco descontente com o s rumos da política de Santa Cruz do Rio Pardo. Esta sem ana, em conversa com o repórter do DEBATE, Paulinho confidenciou A RFFoPMA A6RARlA... Q ^ e W o PodB i i * ã VIDAJL.? que pretende se dedicar mais à família e ao seu estabelecim ento comercial. "A política fica para um segundo plano", d isse Paulinho, chateado talvez com a derrota do candidato Paulo Maluf nas eleições de 15 de novembro. É multo gozado o sr. Crestes Quércla. Na campanha eleitoral pela televisão, o governador eleito prometia que o voto no PMDB era a única garantia de que o congelam ento dos preço» Iria contínumr. O povão ce/u dlrettinho, votou no homem e o resultado aí está. Se sabia que esta decisão só competia aoa ministros da área econôm ica e ao próprio presl dente Sam ey, Quércla não deveria dizer tantas mentiras... e O advogado Hélio Luclano Assad foi reconduzido à presidência da Subseção da OAB - Ordem doe Advogados do Brasil - de Santa Cruz do Rio Pardo, atendendo ao apelo da maioria de seu s companheiros. Quem faz um bom trabalho, merece continuar!!!... O vereador Israel Benedito de Oliveira pretende se dedicar mais * sua atuação parlamentar, ciente de que sua situação eleitoral hoje não está nada boa, correndo o risco de não se reeleger na próxima eleição. O m esm o, porém, não acontece com o também peemedeblsta Roberto Maria no Marsola, que acredita piamente que vai ter o dobro de votos que obteve em 1982, caso se candidate à reelejção... Carros usados. Para serem ainda muito bem usados UMA VEÍCULOS COMÉRCIO DE VEÍCULOS N O V O S E U SA D O S D R C L É L I 0 - C.D. - Z A N 0 N DR. S Y L V I 0 B 0 R G 0 - ORTODONTISTA (CORREÇÃO DE DENTES) - Dr- CLELM A C. DE 0. Z A N 0N I C 0 R T E L L A PERIODONTISTA - TRATAMENTO GENGIVAL ESPECIALIZADA PELA UNICAMP RUA QUINTINO BOCAIÚVA - TELEFONE SCRFARDO - ATEND E-SE COM HORA MARCADA - AV. TIRADENTES, FONE SANTA CRUZ DO RIO PARDO - S P TRANS- NARDO = TRANSPORTES LTDA.= TRANSPORTANDO M A TRIZ RU A C ATARIN A E T S U K O UMEZU F O N E SANTA CRUZ DO RIO PARDO - SP SEMPRE COM CARINHO AS SUAS ENCOMENDAS F IL IA IS R U A A N H A ia, B O M R E T IR O - F O N E (0 1 1 ) S Á O P A U L O - S P,n,.. u n ç c p R U A P A R A N A F O N E ( ) O U R IN H O S

3 S en ti Cruz do Rio Pardo, 30 de novem bro de 1966 Tiririca ofende Juiz e pode perder o mandato O vereador ipauçuense Roberto Guidio Tinnca Perez (PDS), que nas últimas eleições disputou uma cadeira de deputado estadual, pode estar com o seu mandato ameaçado por um processo ju dicial movido a pedido do promotor público da comarca de Santa Cruz do Rio Pardo. Tinrica, que registrou seu apelido como nome para disputar as eleições, demonstrou na semana passada - em entrevista concedida ao D E BATE - que estava magoado" com o Juiz de Direito da Comarca, Dr. Fernando Sebastião Gomes, pelo cerceamento" de que tena sido vítima durante as apurações dos votos no ginásio de esportes Anis Abras". Na entrevista, publicada na última semana, o vereador chegou a declarar que estava sendo tratado como um marginal e bandido por este Juiz que, me parece, está muito safado". Logo que leu a reportagem, o promotor público da comarca de Santa Cruz do Rio Pardo entendeu que o termo safado" é ofensivo à autondade máxima do judiciáno santacruzense, imediatamente providenciou junto à Delegacia de Polícia local a abertura de um inquérito para a apuração dos fatos. No início da semana, o delegado de polícia do município, Ermelindo Marastom, requereu ao DEBATE a apreensão da fita onde estana gravada a entrevista do vereador Roberto Guidio T innca Peres, providenciando ainda o depoimento do jornalista responsável pela matéria, que também é o diretor do jornal. O delegado não quis dar maiores explicações sobre o inquérito, admitindo apenas que a fita "k-7 será enviada à polícia técnica para análise e, depois disso, os autos serão remetidos ao Fórum de Santa Cruz do Rio Pardo. Se condenado antes dos próximos dois anos, o vereador Roberto Guidio T innca Peres poderá perder o seu mandato de vereador por Ipauçu, pois a legislação estabelece a cassação do mandato de um parlamentar condenado pela Justiça por qualquer crime. Ao tomar conhecimento de que terá que responder a um processo judicial por ter acusado o Juiz de Direito de safado, o vereador Tinnca admitiu esta semana que fez as declarações ao DEBATE com os ânimos exaltados pela apuração dos votos na comarca", mas garantiu que não pretendeu ofender o Juíz, mas sim apenas criticá-lo pela maneira como conduziu os trabalhos no gmásio de esportes de Santa Cruz. Segundo ele, o termo safado" tem vários significados, servindo, por exemplo, para designar uma pessoa como "apagada, sem brilho". SEGUNDO CASO NA REGIÃO O envolvimento do vereador ipauçuense num processo judicial e a conseqüente ameaça de perda do mandato não é um fato inédito na região. Em Santa Cruz do Rio Pardo, em 1983, o vereador José Aldevmo da Silva (PMDB) também esteve às voltas com o mesmo problema e, coincidentemente, devido ao termo safado". Aldevmo, numa das primeiras reuniões da presente legislatura, acusou o ex-vereador Jorge Araújo (então também no PMDB) de ser um "m ercenáno" c safado", através de pronunciamento feito da tribuna da Câmara Municipal. Jorge Araújo, hoje um dos dirigentes do PFL de Santa Cruz, providenciou na época uma cópia da ata daquela sessão e ingressou com um processo contra o vereador, ameaçando-lhe o mandato. O próprio Aldevmo, no final de 1983, admitia que pode na ser cassado, mas na verdade a ação judicial não resultou em qualquer tipo de punição. AGRADECIMENTO AG RAD EÇO DE CORAÇÃO A T O D O S QUE ME CO N FO R TA RA M PELO FALECIMENTO 0 E MEU Q U ERIDO E S P O S O J O S É C ESA R K ) PiENTEL, ESPECIA LM EN TE A O S D IST IN T O S M É D IC O S E AMI G O S Dr. W ALTER, Dr KÁTIA, Dr. M A S SA R O E Dr? IRENE. A O S M E U S INCONTÁVEIS A M IG O S E C O N H E C ID O S QUE T I VERAM A N O B REZA DE S E N T IM E N T O S, ENVIANDO F L O R E S, C O R O A S E C O N D O LÊN CIA S, 0 MEU M UITO OBRIGADA. JA M A IS ESQ U E C ER E I TÃO N O B RE POVO! O BRIG A DA SA N TA C R U Z DO RIO PARDO!!! - APARECIDA CUNHA PIMENTEL - ADVOCACIA Marcos Fernando M.Vieira OAB Henrique Vieira de Almeida O A B -S P RUA EUCLSOES DA CUNHA, S. CRUZ DO RIO PARDO FONES (escritório) e (resid ên cia ) DEBATE política -3- CAMARA: NO RECESSO, A LUTA PELA PRESIDÊ NCIA. E PELA PREFEITURA... A Câmara Municipal de Santa Cruz do Rio Pardo realiza na próxima sexta-feira a sua última sessão antes do recesso parlamentar, mas até o dia I - de fevereiro - quando os vereadores retornam às atividades - os bastidores políticos, sem dúvida alguma, permanecerão bastante agitados Durante este período de férias, as conversas e conchavos políticos indicarão quais os candidatos para disputar a sucessão do atual presidente da C âmara. Aparecido Pereira Borges (PMDB), eleito graças ao apoio do grupo pedessista do ex-prefeito Joaquim Sevenno Martins A próxima eleição,, além de ser a última da presente legislatura, tem um sigm ficado especial: é praticamente certo que o próximo presidente da C â mara poderá governar Santa Cruz do Rio Pardo durante alguns meses, pois sabe-se que o prefeito Onofre Rosa de Oliveira (PMDB) acredita na possibilidade da próxima Constituição outorgar aos prefeitos «o direito à reeleição, e mesmo se isto não for possível, o chefe do executivo deverá disputar uma cadeira no legislativo local, encerrando sua carreira política com uma estrondosa votação, tentando talvez quebrar o recorde de votos, que atualmente pertence ao ex-deputado Lúcio Casanova Neto (no final da década de 50, Lúcio elegeuse vereador com mais de 30% dos votos do município). Para se candidatar. Onofre terá inevitavelmente que abandonar o cargo seis meses antes das eleições, e neste caso a Prefeitura será assumida pelo presidente da Câmara Municipal, já que o vice-prefeito Clóvis Guimarães Teixeira Coelho também pretende dar continuidade à sua carreira política A sucessão de Aparecido Borges também está marcada pelo mistério: até o momento nenhum vereador assumiu publicamente o desejo de disputar o cargo, embora se saiba que os vereadores José Carlos Camarinha (PDS), Aparecido Rodrigues Mouco (PTB), Israel Benedito de Oliveira (PMDB) e Luiz Antonio Tavares (PMDB) pensam no assunto. Mouco, no entanto, dificilmente será candidato, pois nio conseguirá o apoio do grupo do ex-prefklto Joaquim Severino Martins, novamente a bancada que decidirá a eleição. Neste caso, a disputa ficaria restnta entre Camarinha e um dos dois vereadores do PMDB, com melhores chances para Tavares, já que Israel presidiu a Câmara no pnmeiro biênio da presente legislatura. SALÁRIO: AGORA SEM TETO... Outro motivo que deve despertar a gula dos vereadores com vistas à presidência da Câmara é o novo regimento interno aprovado há duas semanas. Segundo ele, tanto a verba de representação do prefeito municipal como a do presidente da Câmara náo possuem mais limite, c partindo deste princípio o próximo dingcnte da cdilidadc pode abocanhar um altíssimo saláno mensal. Principalmente quando se sabe que este ano a gula dos vereadores santacruzenses pelos aumentos salariais ficou bem clara. Dentre as inúmeras modificações no regimento interno do legislativo, uma outra acabou diminuindo o mandato dos atuais vereadores: a atual legislatura, tanto do prefeito como dos parlamentares, vai se encerrar no dia 31 de dezembro de 1988, sendo que os eleitos em 15 de novembro daquele ano tomarão posse já no dia seguinte. Catalano:a volta a Gamara... A C âm ara M unicipal aprovou na sua últim a sessão a criação do cargo de assessor legislativo, com a virtual contratação de um advogado especialista em legislação m unicipal para auxiliar os trabalhos dos p a r lam entares. A medida foi m uito elogiada pelo presidente da Subseção da OAB de S anta C ruz do Rio Pardo, Hélio Luciano Assad, que esta sem a na foi reconduzido ao cargo a pedido da quase totalidade dos advogados do Forum da com arca. Com a aprovação do decretolegislativo que criou o cargo de assessor jurídico, o advogado Hélio L u ciano Assad enviou à C âm ara - a pedido do presidente A parecido Pereira Borges um a relação dos advogados que m ilitam no forum de S anta Cruz do Rio P ardo, para que Borges escolha im ediatam ente um nome para ser contratado. No entanto, antes do anúncio oficial do novo assessor, é tida como certa a indicação do advogado José E duardo Piedade C atalano, ex-vereador e profundo conhecedor da legislação municipal. O professor Ca- U à la n o, q u e d e ix o u a C â m a ra e m 1982 para concorrer a vice-prefeito na chapa de Joaquim Severino M artins (PDS), sempre m ilitoo na política santacruzense, onde disputou sua prim eira eleição em 1968, obtendo a 32 suplência pela A rena. Em 1972 tentou novamente um a cadeira no legislativo e foi o mais votado, com 861 votos. Reeleito em 1976, o advogado ocupou a presidência da C âm ara Municipal e foi líder da antiga Arena (depois PDS) no governo de Aniceto Gonçalves. Foi na sua gestão como presidente da C âm ara que teve início a proibição à Im prensa para acom panhar os trabalhos do legislativo, medida seguida por seus sucessores e finalm ente derrubada em 1963, g ra ças a um pedido unânim e de todos os vereadores de S anta Cruz. Na prática, o professor José E duardo Catalano já está exercendo as funções de assessor Jurídico da Câmara, auxiliando o presidente Aparecido Pereira Borges (PMDB) na elaboração de decretos e sendo o responsável - através de aprovação unânime do legislativo'w pela elaboração do novo regimento Interno, aprovado na dltlm a eeeeâo ordinária e Já APVOCACl/v. Dr. PEDRO LAMOSO O AB-SP SEPARAÇÃO CONSENSUAL e SEPARAÇÃO LITIGIOSA e DIVÓRCIO ESCRITÓRIO: RUA REGENTE FEIJÓ N FONE SANTA CRUZ DO RIO PAR DO - S P Dr Jefferòon Ribeiro CIRURGIÃO DENTISTA CR O SP HORÁRIO COMERCIAL DE SEGUNDA A SÁBADO À NOITE: SEGUNDA A SEXTA. EXCETO QUARTA CONSULTÓRIO Rua Batista Botelho FONE SCRPARDO - SP A JERAL NASCEU QUANDO A VOLKSWAGEN DE SANTA CRUZ ERA PEMA EA CHEVROLET CHAMAVA-SE PANEMA. A FORD DE OURINHOS ERA CARAJÁS E A CHEVROLET DE PIRAJU CHAMAVA-SE OR VINCO. OS TEMPOS MUDARAM, MAS CONTINUAMOS COMO HÁ 15 ANOS SENDO Jeral Veículos

4 -4- política DEBATE S anta Cruz do Rio Pardo, 30 d e novem bro d e 1986 Zanette diz que fica no PMDB Da Reportagem Local Não restam dúvidas: o vereador peemedebista Antonio Francisco Zanette fo i um dos grandes derrotados na última eleição. Dissidente do PMDB, Zanette desde logo optou pelo apoio ao empresário Antonio Ennírio de Moraes, mesmo antes do diretor-licenciado da Votorantim ingressar no PTB, explicando que não se sentiria à vontade numa campanha pela vitória do candidato de seu próprio partido, Orestes Quércia, considerado por ele como "o M aluf do PMDB. Apesar de amargar a derrota de Ermírio por uma grande diferença de votos em Santa Cruz do Rio Pardo, Zanette sabe que, apesar de Quércia, o seu maior adversário no momento - o prefeito Onofre Rosa - também saiu combalido das urnas, pois o candidato em que o chefe do executivo empenhou toda máquina administrativa (Luiz Carlos Santos, candidato a reeleição como deputado estadual) teve uma votação considerada abaixo das expectativas. Talvez por isso, o vereador parece não estar muito abalado pelos resultados eleitorais do último dia 15 de novembro. Antonio Francisco Zanette é uma figura polêmica na história política de Santa Cruz do Rio Pardo. Desde que resolveu ingressar na política, em 1972, quando fo i eleito vereador com expressiva votação, o vereador tem se mantido na oposição. Mesmo agora, quando o prefeito pertence ao PMDB, Zanette encabeça a lista dos maiores opositores ao governo de Onofre Rosa de Oliveira. É também um político cheio de contradições: ligado ao grupo do senador Fernando Henrique Cardoso, diz-se ser um 'peemedebista autêntico", mas ao mesmo tempo é um dos dirigentes do Sindicato Rural de Santa Cruz do Rio Pardo entusiasta da UDR - União Democrática Ruralista. Nesta entrevista, concedida na última sexta-feira ao DEBATE, Zanette assegura que vai continuar no PMDB, só admitindo deixar o partido "em último caso", D E B A T E - N esta sua p rim eira en trev ista após 15 de novem bro, com o é que o sr. vê o q u ad ro político a tu a l, prin cip alm en te após a d erro ta de seu can d id ato A ntonio E rm írio de M oraes e a v itó ria de Q uércia? ZANETTE - Eu vejo com muita tranqüilidade, porque, com a experiência que tenho na política, vi durante a campanha que tudo estava preparado para que o governo ganhasse as eleições. Veja bem que foi montado uma grande farsa para o povo brasileiro que se chamava Plano Cruzado, destoando de um país sem condição de gastar e com uma dívida externa de 120 bilhões de dólares.. & J Q H B n mas onde se importava arroz, feijão e até ovos para colocar alimentos baratos na mesa do consumidor, com a única e exclusiva finalidade de fazer o governo ganhar a eleição. E preciso deixar claro que se as eleições fossem realizadas no dia 15 de dezembro, o plano teria talhado, e apesar das nossas autoridades estarem cientes de que a balança comercial do país estava insustentável, esperou-se o 15 de novembro para enganar o povo! Acho que nunca na história de um país, após uma vitória maciça do governo - que acabou elegendo 22 dos 23 Estados não deram ao povo o direito de comemorar, pois eles mesmos sentiram que haviam enganado o brasileiro. E a população ludibriada já levantou sua voz, e temos como exemplo os fatos ocorridos em Brasília nesta semana. A verdade é que principalmente as classes menos favorecidas, que votaram maciçamente no PMDB, acreditando no Plano Cruzado, estão agora às voltas com um grande problema, pois seus salários continuam congelados. Veja bem que o próprio candidato do PMDB repetia to dos os dias na televisão, onde aparecia ao lado do presidente Samey, que o povo deveria votar no partido para que o congelamento continuasse. A situação hoje é grave, e o pior é que ninguém pode prever o resultado final. D EB A TE - Mas o candidato que você apoiou nas ú ltim as eleições, A ntonio E rm írio de M oraes, deixou claro que só se can d id ato u atendendo um pedido do p ró p rio presidente S am ey. O sr. ach a, en tão, que além do povo, o em presário tam bém foi enganado? ZANETTE - Eu posso afirmar que este grande brasileiro que se chama Antonio Ermírio dc Moraes, que se colocou à disposição do povo, enfrentou as um as com recursos próprios e lutou contra a máquina administrativa do governo estadual e de todas as prefeituras do Estado de São Paulo, foi enganado primeiramente pelo presidente Samey, que vendo uma grande sombra que ameaçava o poder (Paulo Maluf) e reconhecendo que a candidatura Orestes Quércia parecia que dificilmente derrotaria o malufismo, induziu o sr. Antonio Ermírio a entrar na política. Inclusive, outros líderes do PMDB, como o governador Franco Montoro ou o senador Fernando Henrique Cardoso davam constantes acenos ao empresário, vendo nele o único meio de combater a candidatura Maluf. Porém, após a agilidade das equipes do governo, que acabaram montando verdadeiras armadilhas para o povo através da farsa do Plano Cruzado, o paulista acabou caindo neste conto e fez Quércia o futuro governador do Estado. Agora, só me resta dizer que dentro de 20 anos jamais teremos um candidato pelo menos comparável às qualidades de Antonio Ermírio de Moraes. D EB A TE - Desde o início da ú ltim a cam p anha p o lítica, o sr. sem pre acusou O restes Q uércia de ser o M a lu f do PM D B, inclusive a n u n ciando sua dissidência em relação a esta c a n d id a tu ra. Com o o sr. vê, agora, a possibilidade do fu tu ro govern ad o r realizar um a boa a d m in is tra ção? ZANETTE - Eu vejo o futuro governo do sr. Orestes Quércia, diante de todas as promessas que foram feitas, envolto em milhares de cobranças, principalmente das classes menos favorecidas. Diante disso, acho que só um milagre dos céus poderá salvar esta administração. Eu, particularmente, não acredito em milagres e sou como São Tomé: quero ver para crer... D E B A T E - M uitos adversários seus dizem agora que sua situação d e n tro do PM DB estaria in su sten tável. Você cogita em deixar o partid o? ZANETTE - Sou um político por ideologia e nunca fui um fisiológico, inclusive militando na política em épocas passadas e desistindo numa certa ocasião de me candidatar à ieeleição. Só retornei depois que o então candidato ao governo Franco M ontoro, em 1982, em visita feita à minha casa, prometeu que iria moralizar a política paulista e pediume para sair candidato a vereador. Porém, sempre afirmo que não tenho um- bigo enterrado em nenhum partido político e continuarei fazendo o meu trabalho dentro de uma ideologia própria, não dependendo de siglas partidárias, até o dia em que o povo achar que devo pendurar as chuteiras. Aí, então, se isso ocorrer, vou cuidar de minha vida e de minha família. D EB A TE - Mas isso não p ressupõe um a possível m udança de legenda, a q u alq u er m om ento? ZANETTE - Não, eu sou contra mudança de partidos, pois acho que em todos eles existem bons elementos ao lado daqueles fisiológicos. Eu, por exemplo, sou delegado do PMDB graças à vontade de seus filiados, enquanto teve gente que tentou me expulsar do partido. Continuarei dentro do PMDB junto com aqueles que pregaram o programa do partido, até o dia em que poderemos sustentar esta bandeira. Só mudarei de legenda nas últimas conseqüências... D EB A TE - Nós já estam os no final de 86, prestes a in iciar o últim o biênio da ad m in istração O nofre R o sa, de quem você foi um g rande c rítico. C om o você an alisaria este governo atual? ZANETTE - Eu poderia dizer que esta administração, como um todo, é um dos governos mais enganosos que já vi na história política de Santa Cruz do Rio Pardo. Vejamos bem que, como costumo verificar mensalmente os balancetes da Prefeitura Municipal, sei que nunca se tirou tanto do povo e se distribuiu tão pouco. Se a população tivesse conhecimento real do quanto se arrecada em Santa Cruz, certamente teria outra opinião sobre a administração local. Porém, o prefeito Onofre Rosa de Oliveira é um cidadão que nasceu com sorte, pois assumiu a Prefeitura de um prefeito - Aniceto Gonçalves - que nada fez. Então, em vista deste quadro, qualquer movimento que se fizesse, como o simples pintar de uma sarjeta, já deixaria o povo satisfeito, e é justamente isto que o prefeito Onofre Rosa tem feito, enganando os santacruzense s. Veja bem que todas as obras de vulto realizadas em Santa Cruz do Rio Pardo foram feitas graças ao governo M ontoro, que na minha opinião foi um dos grandes administradores que São Paulo teve ultimamente. O que se vê mais na cidade, por exemplo, é o asfalto, mas é preciso lembrar que a pavimentação é paga diretamente pelos contribuintes. Em vista disso, não posso aceitar que uma administração, ao arrecadar cerca de Cz$ 4 milhões de cruzados mensais, não faça pelo menos uma obra de Cz$ 1 milhão por mês. A verdade é que Santa Cruz possui um grande poderio econômico, mas sempre foi enganado pelos seus administradores, perdendo a chance de ser, há muito tempo, um município do porte de uma Ribeirão Preto, Presidente Prudente ou São José do Rio Preto. O que falta, portanto é honestidade e sinceridade de nossos políticos. D EB A TE - H á algum a novidade sobre a eleiçài do novo P residente da C âm ara, no início do p ró xim o ano? ZANETTE - Não, eu não vislumbro no momento qualquer novidade. Todos sabem que desde o início da presente legislatura, um grupo do PMDB na Câmara discordou do sistema político do atual prefeito municipal, que teima e insiste em manter no legislativo, ao invés de vereadores propriamente ditos, meros abonadores das decisões do poder executivo. Um exemplo claro disso é o grupo do sr. Joaquim Severino Martins, que nestes 4 anos nada fez a não ser vender o seu apoio ao chefe do executivo, e quando chega a época da escolha de um novo presidente da Câmara, as tramóias e as negociatas são mais valorizadas através do gabinete do prefeito municipal. D EB A TE - O sr. disse nesta entrevista que não cogita em deixar o PM DB, só aceitando esta hipótese com o últim o caso. Este últim o caso poderia ser, por exem plo, o in gresso do ex-prefeito Joaquim Severino M artins no PM DB, hipótese já cogitada em S anta C ruz? ZANETTE - Já afirmei diversas vezes que o dia em que me encontrar num palanque ao lado de Joaquim Severino, Pedro Queiroz ou Luiz Besson, eu autorizo o meu internamento numa clínica, pois estarei fora de minhas faculdades mentais. PU 0LTU 8 O PRAZER DE VIAJAR COM AMIGOS ANDE NA MODA! PRÓXIMAS EXCURSÕES: foz do Iguaçu COMPRAS DE NATAL Saída: 12/12 - sexta-felra Retomo: 1 4 /1 2 - domingo SUL DO BRASIL 12 DIAS - SAÍDAS: 12/01 e 02/02 Calçados para todos LOJA 1 - RUA EUCLIDES DA CUNHA, 573 LOJA 2 - RUA CONSELHEIRO DAN TA S, 540 SANTA CRUZ DO RIO PA R D O - S P - ROTEIRO: CURITIBA, PASSEIO DE TREM. PRAIAS PARANAEN SES. JOINVILE, BLUMENAU. CAMBOR1U. FLORIA NÓPOLIS. LAGUNA. TORRES. PORTO ALEGRE. GRAMADO. CANELA. CAXIAS D O SUL. GARIBALDI. BENTO GONÇALVES. LAJES E CURITIBA. INFORMAÇÕES E RESERVAS: P I T 0 L T U R - A G Ê N C IA D E V IA G E N S R eg E m b re tu r RUA CONSELHEIRO DANTAS, FONE (0143) S. CRUZ DO RIO PARDO

5 S anta Cruz do Rio Pardo, 30 de novem bro de 1986 DEBATE local-5- IMPORTAÇflO DE CARNE: PREFEITOS VAO DISCUTIR A PROPOSTA DO ERG?( E AGORA BRA SÍLIO??? HÉUO CASTANHO DE ALMEIDA E agora Brasãio? A gasolina subiu, O automóvel disparou, Depois da eleição. Começou a exploração. E agora Brasüio? O telefone tiniu, A eletricidade incendiou, O cigarro esfumaçou. E agora Brasílio? Tudo descongelou, Cruz Credo! Ave Mana! Tudo piorou! E agora. Brasílio? O correio correu, A cerveja espumou, E o leite ferveu. E agora Brasílio? O remédio explodiu, Lei feroz e danada Como nunca se viu. E agora Brasílio? Nem é bom falar, A inflação mentirosa. Vai continuar. E agora Brasílio? O açúcar arribou. Junto com o café, A coisa azedou. E agora José? Perdão. Erro meu! Carlos Drummond de Andrade Está me confundindo. E agora Brasílio? Brasílio, judiação. Tenho pena de Você. Pobre, agora, com o pacote, pacote de nada você vai poder comprar. Luz, em sua casinha, você não vai poder pagar, há um jeitinho: apelar para a vela. Cigarro, sei que você fuma, o jeito é filar ou catar bituca na rua. Leite, ju diação, seus filhinhos não vão poder tomar. Brasílio, e o remédio? Em caso de doença, você não vai poder comprar. Um conselho: peça às pessoas caridosas e será atendido, pois elas não são empacotadas. Brasílio, judiação! E agora, Brasílio?... Oe Aeportigem Local A possibilidade de importação de came bovina do Paraguai, Uruguai ou Argentina para normalizar e abastecer o mercado interno já foi comentada diversas vezes nos gabmetes dos prefeitos da região. Espendião Cury, de Ounnhos, chegou a enviar um projeto à C â mara daquela cidade solicitando uma verba especial para uma possível importação do produto, enquanto Onofre Rosa de Oliveira, de Santa Cruz do Rio Pardo, teve aprovado pelo legislativo um projeto autorizando a intervenção da Prefeitura Municipal no abastecimento de carne do município. A burocracia, principalmente por parte da Cacex, impediu que qualquer uma destas iniciativas tivesse algum resultado, e as conversações sobre possíveis soluções continuaram, enquanto que o ágio corre solto em todos os açougues da região: em Ounnhos, a carne de pnmeira já está sendo comercializada a Cz$ 80,00 o quilo, enquanto que em Santa Cruz a média de preços fica apenas Cz$ 10,00 abaixo. Na última sexta-feira, porém, o diretor do ERG - Escritóno Regional de Governo - de Ounnhos, Flávio D'Affonseca Moraes, esteve em Santa Cruz do Rio Pardo para explicar ao prefeito Onofre Rosa de Oliveira uma proposta que desta vez pode dar certo: a importação de came bovina através de um pofl formado por todas as prefeituras da região, como Santa Cruz, Ipaussu, Bemardino de Campos, Chavantes, São Pedro do Turvo e Ounnhos Flávio disse que o prefeito Onofre Rosa aprovou a iniciativa, e no mesmo dia providenciou reuniões com açougueiros da cidade e com diretores do frigorífico Viboi", responsável por uma pequena parcela de abastecimento de came no município. As conversações sobre a possível importação de came devem prosseguir nesta semana, quando na próxima quinta-feira deverão estar reunidos os prefeitos Onofre Rosa de Oliveira (Santa Cruz), Antonio Alonso Sobrinho (fpauçu), Edivaldo Pacuia (Bemardino de Campos), Leomldo Vidal (Chavantes), José Carlos Damasccno (São Pedro do Turvo) e Espendião Cury (Ourinhos). segundo informações obtidas junto à assessona da municipalidade santacruzense. DIFÍCIL FISCALIZAÇÃO O chefe do setor de fiscalização de preços da Prefeitura Municipal de Santa Cruz - órgão cnado desde o início do Plano Cruzado Claudinei Barbosa, lamentou esta semana a falta de autonomia dos fiscais da economia popular, que pouco podem fazer para coibir os abusos nos preços" Sobre o problema da came, por exemplo. Barbosa disse que constatou trregulandades nos preços de vános açougues da cidade, providenciando lavraturas das ocorrências c encaminhando os processos à Sunab e à Delegacia de Polícia para eventuais providências cabíveis No entanto, nunca houve resposta e há alguns processos com mais de 7 meses, o que. na sua opinião, serve de estímulo para que os comerciantes contmuem cobrando ágio. Barbosa constatou que em Santa Cruz o pecuarista já está cobrando uma média de Cz$ 620 a arroba de came bovina, mas lembra que este preço - muito Barbosa: "A população se acomodou"... além da tabela do governo - está sendo praticado em todo o país, o que torna difícil uma fiscalização mais a fundo Além disso - disse - o fiscal municipal não tem nenhuma autonomia para investigar o pecuarista, pois o confisco de bois a preços tabelados só pode ser feito ' pelo governo federal Porém, ele acredita que somente o reajuste dos preços da came, "com o aumento sendo computado no índice da inflação, poderá solucionar de uma vez por todas o problema A outra saída se na, a seu ver, uma conscientização da população Se todos fizessem um boicote aos preços, não comprando came por um período, creio que os preços voltanam ao normal. Barbosa acha ainda que a situação mudou muito desde 28 de fevereiro, quando do lançamento do pnmeiro Plano Cruzado, principalmente com a notória extinção dos fiscais do Samey, e a verdade é que no começo o povo colaborava, denunciava os preços altos, fiscalizava os estabelecimentos comerciais, mas hoje ninguém mais parece se interessar pelo problema Atualmente, a própria morosidade das providências da Sunab ou das autondades policiais tem dificultado o trabalho da fiscalização municipal, agravada pelo fato de que hoje a população já accita comprar os produtos mesmo com ágio No início - lembra o fiscal da Prefeitura - nós atendíamos cerca de 8 ou 10 denúncias diárias, enquanto hoje esta média nunca ultrapassa 1 denúncia, e acho que isto mostra que a nossa população praticamente sc acomodou" A falta de informações dos órgãos competentes também c um outro obstáculo apontado por Claudmei Barbosa para a dificuldade de fiscalização: na última sexta-feira, por exemplo, os grandes jornais da Capital e a televisão noticiavam que as bebidas estavam majoradas em cerca de 100%, mas a própria Sunab informou - através de telefonema que o decreto ainda não havia sido publicado no Diáno Oficial" c, portanto, os preços oficialmente ainda não tinham sido alterados. CIASJlPICflDOI CAHRO AGORA, SÓ ATRAVÉS DE CONSÓRCIO... VENDO COTA DE UNO CS, COM 3 PARCELAS PAGAS (24 MESES). EN TREGA DO VEÍCULO GARANTIDA!!! (Tratar Fone ) VENDE-SE MUDA CAFÉ: CATUAÍ FAÇA VOCÊ MUNDO NOVO Cz$ 2,0 0 /CADA TRATAR: ZÉ C ASSIANO - F on e , S e n te Cruz do Rio Pardo. CELSO PAPIN - F on e , B em ard in o TAMBÉM de C am p oe - SP SUAS COMPRAS I > VENDE-SE e UMA CASA RESIDENCIAL - 3 quartos, sendo 1 apartamento, banheiro, sala, copa, cozinha, garagem, cdícula nos fundos e DUAS CASAS RESIDENCIAIS situadas à Avenida Joaquim de Souza Campos, nesta cidade., UM PRÉDIO RESIDENCIAL - situado à Avenida Dr Cyro de Mello Camarinha n- 639, nesta cidade e UM PRÉDIO COMERCIAL sito à Rua Conselheiro Dantas, 930. em Santa Cruz do Rio Pardo - Terreno: 1lm x 44m TRATAR DIRETAMENTE NA IMOBILIÁRIA - DR HÉLIO LUCIANO ASSAD (crecl ) - EM FRENTE A SANTA CASA AQUI!!! A R R E N D A -S E 4 0 A L Q U E IR E S DE T E R R A P A R A A G R IC U L T O R E S SUPERMERCADO PEGORER t u d o d a m e l h o r q u a l i d a d e e c o m o t i m o a t e n d i m e n t o PRACA 0 E P A E Ô N ID A S CAMARINHA FONE SC R P A R D Q B A IR R O DO A L E C R IM - P R Ó X IM O AO A S F A L T O T R A T A R : TELEFONE OU a n, ESCRITÓRIO SENTINELA: AV. DR. C Y R 0 i NHA, SCRPARDO - SP - RECEPCIONISTA COM PRÁTICA TRATAR R ed ação d e ste Jornal ou Fone (0143) PRECISA-SE DE MENINOS PARA ENTREGA DE JORNAL TRATAR R ed ação d o D E B A ÍL TELEFONE ou

6 -6- diversos DEBATE S anta Cruz do Rio Pardo, 30 de novem bro d e 19C6! F Adriano Murgel Branco recebe do ministro do Trabalho, Almir Pazzianotto, a Ordem do Mérito do Trabalho... SECRETÁRIO DOS TRANSPORTES É HOMENAGEADO O secretário estadual dos T ransportes, Adriano M. Branco, recebeu do ministro do Trabalho, Almir Pazzianotto a Medalha da Ordem do Mérito do T rabalho, conferida a personalidades que se destacaram nas mais variadas atividades públicas, culturais ou artísticas do País, em solenidade que marcou a abertura do 1- Congresso Brasileiro Coletivo do Trabalho. O evento contou ainda com a presença do governador Franco M ontoro, ministros de Estado e senadores da República, além de mais ce mil pessoas que lotaram as dependências do Centro para prestigiarem as 25 pessoas agraciadas com a homenagem, criada em 1968 e conferida pelo Ministério do Trabalho através de decreto do presidente José Samey. Emocionado pelo título no Grau de Comendador, o secretário Adriano M. Branco, em entrevista à Imprensa, aproveitou para comentar as últimas medidas econômicas adotadas pelos economistas do Governo Federal. Para ele, o novo pacote não alterou em nada o quadro dos transportes no Estado de São Paulo existente desde 28 de fevereiro, já que permanece a defasagem nas tarifas ferroviárias e aéreas daquela época, onde o Estado continua bancando essa diferença até hoje". O governador Franco Montoro, em seu discurso, ressaltou o significado da homenagem, ao mesmo tempo em que defendeu uma maior justiça social através da distribuição da renda, a dependência do País para alcançar o desenvolvimento desejado como uma futura potência mundial e o processo democrático com a participação popular. É preciso que exista o governo do povo brasileiro para o povo brasileiro e com o povo brasileiro", disse o chefe do executivo estadual, também um dos homenageados pela Medalha. Ô NIBUS INTERM UNICIPAIS USARÁO TERM INAIS Matricule seu filho na escola estadual Não custa Matrículas de 10 de novembro a 5 de dezembro Documentos necessários para matrícula: 1? Grau: Certidão de Nascimento (somente apresentação). 2? Grau: Declaração de conclusão do 1? Grau, ou de que está cursando a 8? série. Estes documentos deverão ser fornecidos pela escola que o aluno estiver cursando. Atenção: Além desses documentos, nada mais poderá ser exigido. Ha vagas para todas as crianças. Qualquer dúvida telefone para (011) COVERNOMONTORO Democracia e seriedade dão resultado. Secretaria de Estacfo da Educação Os passageiros de ônibus intermunicipais não ficarão mais nas estradas, com suas malas, pacotes, crianças e sob o sol ou a chuva, mas embarcarão ou serão deixados, no seu desembarque, nos terminais rodoviários construídos pelo governo de São Paulo, onde estarão abrigados, dispondo de sanitários, lanchonetes e outros serviços, e onde poderão fazer interconexão com outros ônibus intermunicipais, com as linhas urbanas ou com táxis. A declaração é do secretário estadual dos Transportes, Adriano M. Branco, a propósito de portaria do DER que autoriza as concessionárias que operam linhas intermunicipais de coletivos a entrarem nos municípios que já possuem terminais rodoviários de passageiros. Anteriormente essa medida, para que os coletivos de determinada empresa pudessem entrar nas estações rodoviárias era exigida licença especial, longo tempo de tramitação do pedido e dificuldades burocráticas quase insuperáveis a partir do pressuposto de que novas companhias de ônibus no local fariam concorrência ruinosa às que já operavam ali. Em Santa Cruz do Rio Pardo, por exemplo, uma linha entre Piraju e Bauru, da empresa Princesa do N orte" não passava pela rodoviária local, devendo os passageiros aguardarem o coletivo na rodovia Ipauçu-Bauru. ORAÇÃO À NOSSA SENHORA APARECIDA Querida Mãe Senhora Aparecida, vós que nos ama e nos guia todos os dias, vós que sois a mais bela das Mães, a quem eu amo de todo o coração eu vos peço mais uma vez que me ajude a alcançar esta graça por mais dura que-^eja, sei que vós me ajudará e me acom panhará sempre até a hora de minha morte. Amém. Rezar 1 Pai-Nosso e 1 Ave- Maria e fazer trôs dias seguidos esta oração; alcançará a graça por mais difícil que seja e mandar publicar trôs dias seguidos. Em caso de extremo faz-se a oração 3 horas. Por Graça alcançada. (J. C. D.) ORAÇÃO DE SANTA CLARA Oh! Santa Clara, que seguistes a Cristo com sua vida de pobreza e oração, fazei-se que entregando-nos confiante à providência do Pai Celeste, no inteiro abandono, aceitemos serenam ente tua divina bondade. Amém. Reze esta oração com 9 Ave- Marias, durante 9 dias com uma vela acesa na mão e no último dia deixar a vela queimar até o fim. Fazer 3 pedidos, um de negócios e dois impossíveis. Publicar no 99 dia. (J. A. O.) ORAÇÃO DE SANTA CLARA Pela intercessão de Santa Clara o Sr. Todo-Poderoso me abençoe e proteja. Volte para mim os seus olhos misericordiosos, me dê paz e tranqüilidade. Derrame sobre mim as suas copiosas graças e depois desta vida me aceite no Céu em companhia de Santa Clara e de todos os Santos. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Fazer os pedidos à Santa Clara. Rezar durante 9 dias 9 Ave-Manas com uma vela acesa Deixar queimar no 9? dia. Agradece (G. C. M.)

7 Santa Cruz do Rio Pardo, 30 de novem bro de 1986 DEBATE TE CUIDA, PANTANAL JACINTO Q. TORRA depois, ocupando os vastos campos própnos à cnaçào do gado. Feliz e oportuna a manifestação do jornalista Benedicto Fern de Barros. "Pró-Pantanal", exarada no Estadão de 26 do corrente. Conheço o Pantanal quase na sua plenitude; frequento-o desde 56. ao tempo em que no Taquan, nas cercanias de Coxim, quase nas portas do "Hotel do Góes", abundavam peixes, marrequmhas. patuns. patos e colhereiros. baguaris e o pemudo jaburu Nas frescas manhãs e tardes aprazíveis, inocentes jacutmgas planavam sobre o no. cruzando-o. quer saindo dos abrigos à procura de vida, quer retomando ao ponto de pouso após o dia de aventuras pelos cerrados próximos. Jacarés, inúmeros, estáticos, indiferentes. assistiam das praias a passagem tranqüila das montarias rio abaixo, com dois ou trôs pescadores em exercício de "rodada". Aqui. acolá, bandos de aguemdos aracuàs assustados com a presença de estranhos desandavam em gritos. Vez que outra, também, margeando o ho sob a proteção discreta das matas ciliares mutuns gemiam graves e soturnos cantos Capivaras, alguma anta, desconfiadas do elemento alienígena saltam nágua quebrando a mansuetude do rio. À medida em que o tempo passa, com a descoberta paulatina dos mananciais pantaneiros por pescadores incautos, profissionais gananciosos e impunes, a fauna se exaure, notadamente a ictiológica, já que a outra procura guanda no interior das fazendas, à vista indiferente das autoridades, dos Inambs, das Sudepes. Ê pena! Em quarenta anos de Pantanal, um instante no relógio do tempo, já se notam indeléveis marcas nessa áreç de quilômetros quadrados, sofridas pela ecologia no "pathmônio-santuáno", que a natureza levou milhões de anos para conceber entre os paralelos 169 e 229 Sul e os meridianos 569 e 569. NAo bastassem o s predadores diretos despercebidos pelo Inamb, acrescente-se á incúria o derrame sistemático de agrotóxicos nos rios em virtude da falta de proteção nos terrenos de planta, combatendo a erosão. O s terrenos arados, desprotegidos de cordões, com a s grandes chuvas erodem carreando peto enxurro toneladas de terra aos rios. assoreando-os. As matas hbeinnhas, por seu turno, estão sendo sacrificadas, perdendo os m a nanciais a mínima proteção. Ê o com e ço do fim. O s pioneiros do Pantanal teriam sido os bandeirantes quando da preação de índios na região. Com a fuga dos selvfcolas deu-se início a ocupação do Pantanal pelas áreas ribeirinhas e Os fazendeiros do Pantanal, felizmente, sentindo a necessidade de preservar a riqueza da fauna pantaneira estão contendo a invasão que compromete o ecosistema da região O matogrossense, de um modo geral, tem conciéncia do problema, tanto que. ao tempo ainda da Velha República, através de campanhas, levou o governo federal a não permitir a instalação de uma grande destilaria às margens do Rio Miranda Oxalá os políticos hoje vitonosos lembrem-se que o Pantanal é uma dádiva da qual o Brasil não pode abnr mão. ADVOCACIA DR. JO Ã O A. P. NANTES JOÃO A. P. NANTES JUSCELINO GAZOLA MARC1A CAMARINHA NAPOLITANO CAUSAS: CÍVEIS, CRIMINAIS, COMERCIAL, TRABALHISTA, EMPRESARIAIS e D. IMOBILIÁRIO ATENDIMENTO NA SEDE DA COMARCA E REGIÁO, INCLUINDO PARANÁ E GRANDE SÃO PAULO VISITE NOSSAS INSTALAÇÕES: RUA MARECHAL BITENCOURT, FONE (PABX) SANTA CRUZ DO RIO PARDO - SP - CEP: D R YONE STELLA DE OLIVEIRA YONEDA PSICOLOGIA CLÍNICA DR. M ARCELO DE OLIVEIRA YONEDA CIRURGIÃO DENTISTA CRO SP ATENDE-SE DIA E NOITE COM HORA MARCADA TELEFONES (CONSULTÓRIO) (RESIDÊNCIA) Av. Dr. Cyro de Mello Camarinha, SCRPARDO - SP ESCRITÓRIO Rua Euzéblo de Queiroz, 415 FONE Dr. YUTAKA SATO ADVOGADO - OAB C A U SA S CÍVEIS E CRIMINAIS RESIDÊNCIA Rua Visconde do R Io Branco, 63 FONE FUi eleíts P/a > DfcTEMDCR 0 V / o H u m í Ld e diversos -7- BILHETE DA CAPITAL Meu caro Sérgio: Não há jeito que dê jeito. Os abiackeis da vida estão aí novamente. Você sabia que o ex-ministro da Justiça, o carregador de pedras, Abi-Ackel, foi eleito deputado federal? Como não foi punido até agora, e como 6 outro carade-pau, conseguiu eleger-se na Zona da Mata, em Minas. Conseguiu a imunidade parlamentar e qualquer punição pelo contrabando de pedras preciosas está fora de cogitação. Aliás, não foi só o Abi Ackel que conseguiu mandato popular. Alisson Paulinelli, Delfim Neto e outros estão aí, bem gordos, fazendo críticas, posando de bonzinhos... O que machuca ô ver-se homens como Fernando Morais, Audálio Dantas, Antônio R esk, Alberto Goldman, Aírton Soares, e outros, que nâo b uscavam abrigo nas imumdades, m as que desejavam fazer algo de bom na Constituinte, amargarem a derrota. Sobra, como assunto do momento, o cruzadodois. È uma tentativa de salvação do cruzado. Uma tentativa que, como se viu até aqui, vai esbarrar na falta de energia do governo, que deixou pecuanstas, industriais e comerciantes vontade na sonegação de produtos e na cobrança de ágios. Falta ao governo, para repnmir a sonegação e o ágio, e portanto assegurar o êxito do cruzado, a mesma disposição que demonstra quando se trata de repnmir movimentos de trabalhadores. Aí tudo ô mobilizado: polícia (civil, militar e federal) e a Justiça, que imediatamente declara a greve (se for greve) ilegal. S e o movimento for de outra ordem, a grande imprensa e as auton dades arrumam outros meios. A UDR pode fazer tudo: leilões para arrecadar fundos para financiar eleição, criticar o governo e armar seus associados que dispõem até de milícias particulares povo não. Qualquer movimento é rotu lado de comunista Felizmente isso também está desmoralizado. Apesar de tudo ainda há esperanças, pois há luta. Um forte abraço. JOSÉ APARECIDO SONDA SOVIÉTICA VAI EXPLORAR MARTE AOÉNCIA OE NOTICIAS NOVOPRESS A União Soviética vai lançar duas sondas interplanetárias para pesquisar o planeta Marte. As naves partirão em julho de 1988 do cosmódromo de Baikonur, na Ásia Central, e após 200 dias de vôo entrarão em órbita elíptica ao redor de Marte O programa de estudos orbitais prevê um levantamento televisi- ARTEFATOS DE CIMENTO VOCÊ DEVE PROCURAR COM QUEM TEM TRADIÇÃO E QUALIDADE Palanques para alambrado, blocos de cimento, postes para iluminação, lajotas sextavadas, para calçamento, cochos para água e sal, ladrilhos para calçada, tanques para lavar roupa, caixas d água FÁBRICA DE LADRILHOS E MARMORARIA NOSSA SENHORA APARECIDA RODOVIA S P KM SANTA CRUZ DO RIO PARDO - TELEFONE (0143) EST DE SÃ O PAULO vo da superfície marciana, com elevado grau de mlnuciosidade, além de um mapa térmico do planeta, que poderá explicar as causas das variações de temperatura e das tem pestades de poeira freqüentes no planeta. Segundo informa a Agência Nóvosti, as sondas funcionarão 60 dias em órbitas elípticas pronunciadas, depois, passarão para órbitas circulares com períodos de rotação de 8 horas e, mais tarde, serão colocadas em órbita circular de km de raio, precisamente onde se encontram os dois satélites de Marte, Fobos e Deimos Muitos cientistas acreditam que os dois satélites nâo passam de asteróides capturados pelo campo de gravitação de Marte e, por terem uma m assa muito pequena, não devem ter sofrido quaisquer alterações geológicas desde a formação do Sistema Solar, há cerca de 4,5 bilhões de anos Por isso, os estudos do solo dos satélites de Marte poderão indicar as condições de formação dos corpos do Sistema Solar e sua evolução no tempo O transporte de um módulo autônomo para a superfície de Fobos será a etapa mais complexa da missão esp a cial O módulo deverá separar-se da sonda quando ela estiver passando bem perto do satélite e, ao descer, fixar-se-á no solo por uma "garra" disparada por carga explosiva Vários equipamentos científicos serão utilizados, então, para exploração do planeta e também para observar os processos que ocorrem no Sol e são invisíveis a partir da Terra Além de pesquisadores soviéticos. participam do projeto "Fobos" cientistas e técnicos da Bulgária. Hungria. PDA, Polônia. Tchecostovàquia. Áustria. Finlândia. França, RFA. Suts -a e a Agência Espacial EuropAia

8 -8- diversos DEBATE S an ta Cruz do Rio Pardo. 30 d e novem bro d e 198C A PFDIDOS (TRANSCRITO DE 1O ESTADO DE SAO PAULO") Bispos irão pedir explicação a Funaro BRASÍLIA AOÉNCIA ESTADO As medidas econômicas anunciadas na sexta-feira pelo governo foram recebidas com perplexidade e tristeza" pelos 25 bispos que participam, em Brasília, da reunião do Conselho Perm an en te da CNBB. Eles decidiram convidar o ministro da Fazenda, Dílson Funaro, para explicar ao episcopado as razões das mudanças no Plano Cruzado feitas logo após as eleições traindo o povo brasileiro", como afirmou o bispo de Santos, Dom David Picâo. Já o Arcebispo de Belo Horizonte, Doni Serafim Fernandes, assinalou que, se o governo tivesse a mesma coragem de fazer com a classe alta o que fez com a classe média, o País já teria realizado três reformas agrárias". Mesmo afirmando que a cúpula da CNBB não pretende divulgar um documento sobre os novos aum entos, todos os bispos que estão em Brasília não pouparam críticas ao governo e, tam b ém, ao -presidente do PMDB, Ulysses Guimaraês. "O PMDB afirmou Dora Serafim Fernandes ganhou esta eleição no País de ponta a ponta. O presidente do partido, Ulyssee Guimarães, foi consu ltad o pelo presidente da República, por isso ele tam bém é responsável por estas m u danças que nos deixaram perplexos." Dom David Picão, ao acentuar a traição do governo", disse que se as medidas tivessem sido a n u n c ia d a s um a sem ana &ntes de 15 de novembro oa resultados das urnas seriam outros. Se não estamos querendo reviver o mesmo sistem a de m entiras que caracterizava a Velha República, estamos no mínimo caindo no engano e na tergiversação. Se o governo está mesmo em dificuldades, antes, deveria consultar o povo que está cada vez mais consciente e entende a linguagem da verdade. Ele não aceita, Isso sim, a m entira, pois ela tem pernas curtas", afirmou. Dom Serafim Fernandes, por sua vez, disse que o PMDB, com toda a votação que conseguiu no País, ao agir dessa forma, traindo o povo, em breve vai se transform ar num novo Arenào", comportando-se como os partidos dos governos passados. Os bispos disseram que querem ouvir Funaro, e não qualquer assessor do segundo escalão, pois assim poderão formar ju í zo ético" em torno da posição do governo. "E não compete à Igreja falar sob re q u e stõ e s p u ram ente técnicas", disse dom David Picão. Segundo ele, agindo desta forma, estaríam os fugindo de nossa missão, que é perm a necer acima dos partidos políticos, servindo ao bem comum. Os bispos querem discutir, ainda, com Funaro, a crise das escolas católicas, que, segundo dom Serafim estão em situação desesperadora", sem recursos para dar continuidade ao seu trabalho. D urante o conselho perm anente, eles deverão, tam bém, iniciar os preparativos para a XXV Assem bléia dos Bispos, marcada para abril próximo em Itaici. Nessa assem bléia, será eleita a nova direção da entidade. OOBO E e trü a eoete segunde feira, à s 22h20, a nova mlnleesrte "M eeâo de Amor", que vel alé o próximo dle S. É uma hletôria real, mas quase Inacreditável, que só poderia surgir a partir do amor de uma m ie por aeu filho. A aventura da ainda jovom e charm osa Jenntfer Belnee e da procura do paradeiro de seu flho Reter, um jovem oficial da aviação britânica abatido sobre a Alemanha nazlata, é m ostrada nos cinco capítulos da série. Com o titulo original de "Jen n y 's War", este filme foi exibido noa E stados Unidos em outubro e novembro de 1945, sendo um evento da O peraçào Horário Nobre (Operetlon Prime Time), destinado a exiblçào nas em issoras que néo fazem parte das trés grandes redes (ABC, CBS e NBC) da televlsào norte-am erlcene. A protagonista d este especial á a atriz Dyan Cennon, vivendo o papel de Jennlfer "Jenny" Balnes. Ao seu lado no elenco estfco Elke Sommer, Rlchard Todd, Robert Hardy, Hartmut Becker, Chrlatopher Cezertove, Nlgel Hewthome, John Moulder-Brown e outros. A história tem In/cio em 1941, quando um evléo da Real Força Aérea Ingleae é abatido soba território alem éo. Pouco depole, Jenny Baynes, uma am ericana que vive em Londres, sabedora de que eeu filho Reter era um dos membros da tripulação. procura ee autoridades britânicas para que seja permitido a mm entrada na Alemanha a fim de saber ae o filhe M morto ou se está vivo. A determ inação de Jetm y em conaegulr o visto é notada pelo governo e ela á levada a presença do General Cutler, o ehefe de Inteligência de Sua M ajestade. Cutler p ropie e Jenny que, em troca do visto, ela deve eer a portadora de um microfilme que será apanhado ne Alemanha por um agente secreto Inglés. Anatoea per descobrir o paradeiro do filho, Jenny eeelte e arrlaoede mjseâo. O T I C A - e R E L O J O A R I f l A O T O Í t C M X O S ü m m H O O BRILHO É TODO SEU. RELÓGIOS ROLEX, TUDOR, OMEGA, TECHNOS, MONDAINE, COSMOS, JUNE WATCH, CHAMPION... EDITAL DE CíTAÇÃO de Manoel Pereira da Silva, se u s herdeiros e su c e sso re s e dem ais interessados incertos e ignorados, nos autos da Ação de Usucapião requerida por Almeida Prado de Matos e s / mulher, com o prazo de 20 dias. O Doutor Fernando Sebastião G um es, Juiz de Direito desta com arca de Santa Cruz do Rio Pardo, Estado de São Paulo, etc... FAZ SABER a MANOEL PEREIRA DA SILVA, se u s herdeiros e su c e sso res, bem como, dos dem ais interessados incertos e ignorados, que, por este Juízo e 19 Cartório, se processam os termos dé uma Ação de Usucapião requerida por Almeida Prado de Matos e s / mulher Maria Felisberta de Matos, residentes no município de São Pedro do Turvo, n/ com arca, os quais alegam que, por si e seu s an tecessores, m ansa e pacificamente, sem interrupção, possuem há mais de 20 anos, como su as, uma propriedade agrícola com a área de 10,997 alqueires, situada no Bairro Água da Cabeceira Bonita, município de São Pedro do Turvo, que confronta com Jo sé N unes Farias, Água do Monjolin, Pedro Correa Vilas Boas Filho e Estrada Municipal que liga o Bairro à Rodovia Transbrasiliana - BR- 153, transcrito sob n , livro 3-G, fls. 154, no Registro Imobiliário desta comarca, em nome de Manoel Pereira da Silva; que até esta data não foram interpelados por quaisquer açõ es p o ssessó rias ou reivindicatórias, haja vista que vem cultivando a área desde a aquisição, o m esm o ocorrendo com se u s antecesso res. FAZ SABER MAIS que, foi designado o dia vinte e nove (29) de dezembro de 1986, à s 14,30 horas, para a audiência de justificação da posse. Assim, pelo presente edital, ficam citados Manoel Pereira da Silva, seu s herdeiros ou su cesso res, além dos dem ais interessados, incertos e ignorados, para responderem aos termos da ação, contestá-la, querendo, no prazo legal de 15 dias, acompanhando-a, até final, sob pena de revelia. Não sendo contestada, presumir-se-ão aceitos como verdadeiros o s fatos articulados pelos requerentes (ar^s 285 e 319 do CPC). Nada mais. Santa Cruz do Rio Pardo, 26 de agosto de dos herdeiros ou su c e sso re s de Pedro Alexandre da Silva e de Lázaro Francisco da Silva, dos interessados ausentes, incertos e desconhecidos, com o prazo de trinta (30) dias. O Doutor Fernando Sebastião G om es, Juiz de Direito desta com arca de Santa Cruz do Rio P ardo, Estado d e S ão Paulo, e tc... ARTIQOfl DE PRESENTE, JÓIAS, PRODUTOS ÓPTICOS, JÓIAS DAS MAIS FINAS PROCEDÊNCIAS... RUA CONSELHEIRO DAN TA S, FONE SA NTA CRUZ DO RIO PA R D O - S P Santa Cruz C e n te r C ar V eículos Ltda i ANTES DE VENDER OU COMPRAR SEU CAMINHÃO MERCEDES BENS, SCÂNIA OU VOLVO E UMA UNHA COMPLETA DE CAMIONETAS F-1000, F-4000, D -10, D-20, D-40 OU A-10, CONSULTE-NOS!... EM S A N T A C R U Z D O RIO PA R D O : FERNANDO SEBASTIÃO GOMES -J U IZ DE DIREITO- EDITAL DE CITAÇÃO AV. D R. C IR O DE M ELLO C A M A R IN H A, (R U A D O F O R U M ), F O N E S ( ) E FAZ SABER, que está em anda mento perante este Juízo e Z9 Cartório os termos de uma Ação de Usucapião n9 640/86, requerida por LUIZ JOSÉ DE ANDRADE, lavrador e sua mulher CLARICE DE ANDRADE, do lar, brasileiros, casad o s sob o regime de comunhão universal de bens, antes da vigência da lei 6.515/77, CIC. n , residentes no Bairro Água do Meio, nesta comarca, o qual alega na inicial o seguinte: vem mantendo a posse m ansa e pacífica sem interrupção nem oposição de quem quer que seja, "com animus domini", há mais de 20 anos, o requerentes e seus an tecessores, do imóvel seguinte: Uma gleba rural com área de 5,7811 alqueires, iguais a 13ha 99a 2,1308 ca., denominada "Sítio São Luiz", situada no distrito de Espírito Santo do Turvo, neste município e comarca, no local denominado "Água do Melo", confrontando-se com: Benedito Luiz de Andrade, Adão Martins, Sebastião Clemente Marques e Diogo Ortega Camacho, e Onofre Gabriel, com a s medidas e distâncias conforme m apa e memorial descritivo de fls. 7 e 8, cujo imóvel acha-se transcrito em nome de Pedro Alexandre da Silva e de Lázaro Francisco da Silva, no Cartório de Registro de Imóveis desta comarca sob n , sendo certo que referido imóvel foi adjudicado pelos autores, nos autos dos Inventários dos antecessores; e s tando o s requerentes residindo no imóvel, zelando quitando os impostos; que por fim requerer a procedência da ação, declarando o domínio dos requerentes sobre o imóvel usucapiendo. FAZ SA BER MAIS que foi designado o dia 16/fevereiro/1987, às 14,15 horas, para audiência de justificação de posse. Assim sendo, pelo presente edital, ficam todos os herdeiros ou sucessores, eventuais interessados ausentes, incertos e desconhecidos, bem como seu s respectivos cônjuges, se casados forem, CITADOS, para querendo responderem os termos da presente ação, acompanhá-la até final, sob pena de REVELIA, cientificando-os de que não sendo contestada a ação, no prazo legal de 15 dias, contados da intimação do despacho que declarar justificada a posse, presumir-se-ão aceitos como verdadeiros os fatos articulados pelos autores (art9 285 do C.P.C., e 319 também do C.P.C.), bem como para intervirem na audiência referida, ficando, por outro lado, intimados dos demais prazos e termos processuais (art9 942 II 1* do C.P.C.). Dado e passado nesta com arca de Santa Cruz do Rio Pardo, aos 4 de novembro de 1986 Eu(a), Heloisa T. Camargo Menegazzo, E s crevente, datilografei. FERNANDO SEBASTIÃO GOMES -JU IZ DE DIREITOoraçAo de santa clara Fezer 3 pedidoe. 1 de negôcloe e owtroe 2 Impõe eiveis. Rezei dure fite e novene A v t-iw h, mesm o sem fé será etendido Rezei com vele eceee e no 9 dle publlcei (J S D ) (24/11/44)

9 S anta Cruz do Rio Pardo, 30 de novem bro de 1986 EDITAL DE CITAÇÃO dos interessados, incertos e desconhecidos, nos autos da Açáo de USUCAPIÃO requerida por Adelk Wagner Aguillera Forte e sua mulher Mana Geralda Scarano Forte, com o prazo de tnnta (30) dias O Doutor Fernando Sebastião G omes. Juiz de Direito desta Comarca de Santa Cruz do Rio Pardo. Estado de Sào Paulo, etc FAZ SABER, que está em andamento perante este Juízo e 19 Cartório os termos de uma Ação de Usucapião n9 382/86, requerida por ADELK WAGNER AGUILLERA FORTE e sua mulher MARIA GERALDA SCARANO FORTE, brasileiros, casad o s sob o regime de comunhão universal de bens posteriormente a lei 6 515/77. ele do comércio, portador do RG n ela psicóloga, portadora do RG n residentes e domiciliados à Rua Santos Dumont. 142, em Bernardmo de C am pos-s P, nesta comarca, o qual alega na inicial o seguinte que há mais de vinte (20) anos. por si e por seu s antecessores, sem interrupção nem oposição, um terreno sem benfeitorias, sito na cidade de Bemardino de Cam pos-sp. à Rua Jo sé João Alves, sendo assim descrito Partindo de um ponto pelo lado esquerdo de quem olha para o referido imóvel distante m e tros da Rua Cerqueira C esar que é sua esquina mais próxima, caminha-se 38,00 metros, dividindo com o lote (1) de propriedade de Jo sé Alberto Cogo e Antonio Domiciano de Andrade, lote (2) de propriedade de Beli Delamo Evangelista Prezoto, lote (3) de propriedade de Francisco Leme da Silva, daí deflete à direita em metros dividindo pelos fundos com o lote (4) de propriedade de Joaquim Beraldo, daí deflete à direita dividindo com o lote (5) em metros de propriedade de Adelk Wagner Aguillera Forte, daí deflete à direita em metros dividindo com a Rua Jo sé João Alves chegando ao ponto de partida, totalizando metros quadrados, que os requerentes adquiriram o imóvel por Escritura Pública de P osse, lavrada no Cartório de Registro Civil das P esso as Naturais e Anexo da cidade de Bemardino de Cam pos-sp, desta comarca, que por fim requerer a procedência da ação, declarando o domínio dos requerentes sobre o imóvel usucapienda FAZ SABER MAIS que foi designado o dia 6 de abril de 1987, à s horas, para audiência de justificação de posse Assim sendo, pelo presente edital, ficam todos os eventuais interessados ausentes, incertos e d esconhecidos, bem como se u s respectivos cônjuges, se casad o s forem. CITA DOS. para querendo responderem aos termos da presente açáo. acompanhá-la até fmal, sob pena de REVELIA, cientificando-os de que não sendo contestr.oa a ação, no prazo legal de 15 dias, contados da intimação do despacho que declarar justificada a posse, presumir-se-ào aceitos como verdadeiros os fatos articulados pelos autores (art9 285 do C.P.C.) e 319 também do CPC, bem como para intervirem na audiência referida, ficando por outro lado. intimados dos demais prazos e termos processuais (art. 942, II 19 do C.P.C.). Dado e passado nesta com arca de SCRPardo, aos 07 de novembro de Eu, (a) Mana Dalva Botelho, escrevente, datilografei. FERNANDO SEBASTIÃO GOMES -JU IZ DE D IREITO - Dr. Paulo Cardoso CRM MEDICINA PSICOSSOM ÁTICA (TRATAMENTO DE DOENÇAS EMOCIONAIS - PSICOTERAPIAS) - ADULTOS E A D O L E SC E N TES - Rua Sald an h a M arinho, T elefo n e SC R Pardo L O J A Rreçe Oclevieno Bolelho de Souze, 173 Fone (0143) S ts C. R Pardo TODOS OS DIAS NOSSOS CLIENTES I ENCONTRAM NOVAS OFERTAS... -LAS VOCE I DEBATE A CAPITAL DO DINHEIRO A M ROCHA Muitos sabem que os Alpes são cadeias de m ontanhas que se localizam na E uropa C entral P ara chegar lá, \in d o da Alem anha, é preciso passar pela Floresta N egra, onde nasce o rio D anúbio, o rio rom ântico da E uropa, assim cham ado por rausa das valsas de Strauss, principalm ente a famosa Valsa do Danúbio Azul. E chegando aos Alpes, chega-se a Suíça, país alpino por excelência e que fica no coração da E uropa. É um país neutro, todos sabem, que fala três línguas oficiais: alem ão, francês e italiano. É dividido em 22 cantões, que correspondem aos nossos Estados e sua neutralidade é um a tradição desde a Idade Média, reconhecida e respeitada no m undo todo. Desde a época de sofrim ento do povo suíço na G uerra dos 30 anos, que esse país não intervém nos conflitos alheios, como tam bém im pede a passagem de exércitos estrangeiros por seus te rritórios, não dá auxílio bélico m as re colhe refugiados de outros países. Devido a sua situação geográfica, essa neutralidade refreia a expansão da guerra. A C ruz V erm elha Internacional foi fundada em G enebra. Já recebeu 18 prêm ios Nobel, não tem exército e convivendo com várias raças e crenças religiosas tem um só ideal, que é a paz e o progresso. Este país pode servir de modelo p ara organização do m undo. É um país que me causa adm iração e me atrevo a pensar que seja a com unidade m ais perfeita deste planeta. Depois de passar por m uitas m ontanhas, lagos e vales com seus chalés típicos, chegamos a Ztirlch, a m ais im p o rtan te cidade suíça, que Fica à beira de um lago do mesmo nome e que m uitas vezes fica congelado no inverno. Vimos aí o hotel m ais caro do m undo, cujos hóspedes são p ro p rietários de 7 a 8 Rolls Royce cada um e tam bém vimos o m aior relógio do país, pois aí se encontram as mais fam osas m arcas de relógio. H á oficinas onde cabe apenas o cliente e o relojoeiro, que tiri» o 3- olho, que é o m onóculo e cobre a peça com um lenço p ara que ninguém roube sua técnica. Ztirich é a capital do dinheiro, pois aí se encontram grandes fo rtu nas de outros países, onde depositadas para ficarem a salvo das crises do país de origem. Os m otivos disto são óbvios: o sigilo bancário e a n e u tra lidade do país. ; / 0 i C > SUPERMERCADOS SÃO SEBASTJA S. BOTELHO & CIA. LTDA. LO JA Avenida C al. C lem enlln j O onçalvee, CEP Fone: SCRPardo II Aí existem m uitas com panhias de Seguros, que se resseguram em outras. Além da capital do dinheiro e terra dos relógios, tam bém é o país do chocolate. Em Z ürich se encontram ta m bém m uitos hospitais e clínicas como tam bém os m aiores especialistas do m undo em várias doenças. Nas F a culdades de O dontologia cada aluno tem sua própria cadeira. Disseram que os alem ães estavam com prando m ultas casas na S u í ça. Em visto disso e com m edo que os vizinhos fossem se apossando aos poucos do país, fizeram leis p ro ib in do a venda de imóveis para e stra n geiros. V iram como eles usam a cabeça? G uilherm e Tell é o herói n a cional e sím bolo suiço da liberdade. Estive na Suiça num dia 1- de agosto, festa nacional e pude assistir EDITAL DE CITAÇÃO educação -9- a um a cerim ônia cívica em praça pública, em que o hino nacional era acom panhado por um instrum ento esquisito como um a trom beta de m adeira que ia da boca de quem to cava até encostar no chão. Fui visitar L ucem a, cidade e lago do mesmo nome onde existe uma pista de esqui com 793 m etros de a l tu ra e com 2 m il m etros lá está o m onte Pllatus, famoso por seus cam peonatos de inverno. V isitam os uma igreja católica toda de m árm ore, em estilo m oderno, num país de m aioria protestante. Por últim o fomos ver a escultura de um leáo ferido encrustada n u m a rocha, que sim boliza os soldados suíços que m orreram lutando pela P átria, em épocas rem otas. A expressão do anim al é de extrem a tristeza, sendo considerada esta obra, a im agem mais triste de um anim al já esculpida no mundo. aos interessados ausentes, incertos e desconhecidos, nos autos da Ação de Usucapião requerida por SEBASTIÃO GONÇALVES PINHEIRO e sua mulher BENEDITA GONÇALVES PINHEIRO, com o prazo de trinta (30) dias. O DOUTOR FERNANDO SEBASTIÃO GOMES, JUIZ DE DIREITO DESTA CIDADE E COMARCA DE SANTA CRUZ DO RIO PARDO, ES TADO DE SÃO PAULO. ETC. FAZ SABER, que está em andamento perante este Juízo os termos de uma Ação de Usucapião n9 713/86, requerida por SEBASTIÃO GONÇALVES PINHEIRO e sua mulher BENEDITA GONÇALVES PINHEIRO, brasileiros casados sob o regime de comunhão un*versal de bens antes da lei 6 515/77, portadores do CIC em conjunto n residentes em Bemardino de Campos-SP. comarca de Santa Cruz do Rio Pardo, os quais alegam na mictal o seguinte: que os requerentes, por si e seus antecessores, há mais de 20 (vinte) anos esião na posse m ansa e pacífica, sem interrupção e sem oposição, ou quem quer que seja, de um terreno que mede 21,20 metros de frente e confronta com a Rua Floriano Peixoto, pelo lado direito de quem da rua olha para o imóvel mede metros e confronta com Mário Marques, pelo lado esquerdo mede 50,60 metros e confronta com Pedro Tondim. pelos fundos mede 20,10 metros e confronta com Mário Damiatti, totalizando o terreno uma área de 1099,97 m2, sendo que o referido terreno contém benfeitorias, uma casa de tijolos, coberta de telhas, em bom estado de conservação com uma área de 120,24 m2, tendo também um barracão e um cômodo, tendo recebida a referida construção o n9 433 da Rua Floriano Peixoto, cadastrados na Prefeitura Municipal de Bernardmo de Campos-SP. sob o n , que os referidos encontram-se totalmente cercadas e não se encontram transcrita em nome de quem quer que seja E ssa posse vmtenária vem sendo mantida com ânimo de donos pelos requerentes, arcando os mesmos com tributos incidentes sobre o imóvel e imposto territorial urbano FAZ SABER MAIS que foi designado o dia 23 de março de às 14,30 horas para audiência de Justificação prévia da posse Assim sendo pelo presente edital, ficam todos os eventuais interessados ausentes, incertos e d esconhecidos. bem como seus respectivos cônjuges, se casados forem. CITA DOS, para querendo responderem aos termos da presente ação, acompanhá-la até final, sob pena de REVELIA, cientificando de que nâo sendo contestada a ação, no prazo de 15 (quinze) dias, contados da intimação do despacho que declarar justificada a posse, presumir-se-ão aceitos como verdadeiros os fatos arti culados pelos autores (art 285 e 319 do CPC). bem como para.nterv.rem na audiência referida, ficando por outro lado. intimados dos demais prazos e termo processuais (an 942. II 19 do C P C ) Dado e passado nesta c.dado e coma, ca de Santa Cruz do Rio Pardo, aos 14 de novembro de 1986 Eu (a' Dalva Botelho. Escrevente, datilografei FERNANDO SEBASTIÃO GOMES JUIZ DE DIREITO -

10 ANO 10 N9 305 ESPORTES COLABORAÇÃO: ODELAIR FERDIN SANTA CRUZ DO RIO PARDO, 30 DE NOVEMBRO DE 1986 CLASSIFICADA, ESPORTIVA PERDE 0 TÉCNICO EUM I0G0 No último domingo, a '^dida entre Associação Esportiva Santacruzense e Itararé, além do empate sem abertura de contagem, ficou marcada por um fraco futebol, muita violência e a queda do técnico Alceu de Oliveira, que dirigia os destinos do tricolor desde a sua volta ao profissionalismo, no início deste ano. A Esportiva, líder da competição e já classificada para a fasv. --guinte, não se preocupou em mostrar um bom futebol, m as o espetáculo ficou por conta do técnico Alceu e de seu irmão. Tudo começou quando o irmão do técnico da Santacruzense - segundo afirmam alguns torcedores - insistia junto a alguns atletas da equipe para que os mesmos deixassem o tncolor em troca IS O O 5 E Vflrnos para ^ M0SÇA EVTgev/Sm 3, no C A B w E. T f W ^ 9 a 5... de melhores empregos em outros times. É claro que quem ouviu não gostou e um princípio de briga se formou no estádio. Com a chegada de Alceu de Oliveira próximo a seu irmão, ele acabou se revoltando com a própria torcida, sendo que no intervalo do jogo, ao invés de conversar com os jogadores (como é de praxe em todos os técnicos), Alceu resolveu discutir com a enorme torcida. O tumulto no estádio prosseguiu: os torcedores chamavam Alceu para fora enquanto que o mesmo permanecia em campo discutindo com a torcida, e a polícia teve que entrar em ação para evitar o pior. O s próprios jogadores da A ssociação Esportiva Santacruzense sentiram muito o clima CHOLe', íjüal FOi DtoA parb ESSE jofeo roo ESp D0 r pela TttftiOA 7 desfavorável, descarregando toda a violência no adversário. No final da partida, cujo placar permaneceu sem abertura de contagem, a diretoria da Esportiva se reuniu imediatamente e levou ao conhecimento do técnico Alceu de Oliveira a sua demissão em caráter irrevogável. BRAVO ASSUME Na última quarta-feira a Associação Esportiva Santacruzense fez a sua despedida desta fase da competição da 39 Divisão de Profissionais, enfrentando com um time misto a equipe do Palmital, que por sua vez jogava completo. No comando técnico, uma novidade no tricolor: Antonio Bravo, ex-jogador e ex- L f lk K O U t! / LiMbúi^A, / 'Ffce^UTO, OXA-UXA... nk\ AHfocAft De Lo vte.... \ 4Ê:híj í r i i f ll H j 'M If llll' üij, - M lll forft! 1 Ih- í técnico da equipe, estava dirigindo a equipe. Com a crise ainda persistindo e com uma equipe desentrosada, a derrota da Santacruzense foi inevitável: o único tento ua partida, marcado pelo Palmital, saiu aos 33 minutos do primeiro tempo dos pés de Chiclete. O jogo foi muito fraco e não d espertou maiores interesses, já que a equipe de Santa Cruz do Rio Pardo já havia conseguido sua classificação por antecipação enquanto que o PAC não tinha mais nenhuma chance. A Santacruzense jogou e perdeu pela primeira vez neste campeonato com: Marco Aurélio, Vandão, Chicão, Maurício e Sabiá; Carlos César, Adilson e Sandro; Aíltom, Jairo e Valtinho. O banco de reservas foi formado por jogadores "juniors da própria AES... Equipe tem o maior número de pontos neste certame A Santacruzense está com 30 pontos ganhos neste cam peonato, a m aior soma em toda a competição entre os 16 concorrentes que aspiram ao títu lo, juntam en te com o Parquinho (B auru), segundo colocado do grupo azul. Estas equipes serão agora integrantes do grupo 111, ju n ta m ente com G uararapes e Beira Rio (Presidente Epitácio), m as das 4 equipes som ente um a sairá para a disputa final, sendo que existem no total 4 grupos. P o rtan to, serão q u a tro equipes que disputarão as finais, justam ente aquelas que conseguirem o m aior núm ero de pontos. No entanto, o grupo 111 está paralisado. O corre que o São Bento de M arflia ingressou com um recurso Junto à FPF tentando ganhar dois pontos de um a p artid a inacabada entre São Bento e T upá e o c u [ir a vaga no lugar do G uararapes. E n quanto a Federação não Julgar o re curso, este grupo ficará paralisado. Nos dem ais grupos, as partidas seguem norm ais neste final de sem a na, com jogos aos domingos, terças e quintas e tudo indica que esta fase term inará ainda este ano, acontecendo as finalíssim as no início de janeiro do próxim o ano. A DESPEDIDA DE ALCEU A pesar dos acontecim entos deploráveis, Alceu de O liveira merece todo o respeito dos torcedores e d irigentes da Santacruzense, pois colocou a equipe no lugar que os esportistas de Santa C ruz do Rio Pardo sonhavam, sendo o tricolor um destaque em todo o certam e. Com a força que a diretoria lhe dava e com as condições excelentes de trabalho - pagando os mais altos salários e bichos de toda a Terceirona Alceu fez com que a Esportiva se equlparasse aos times da Segundona. O técnico agora se vai, mas ficam os atletas lutando pelo título e - caso consigam - passarem a estudar propostas vultuosas de emprego para o novo ano. (O.F.) B S m QUCflT V e n H f l C O M H E C E R o s novos LAnçflmenros SPO RT o RUA CONSELHEIRO DANTAS, TELEFONE SANTA CRUZ DO RIO PARDO - S P ' 1' v, - - * - A espera do ônibus Os atletas de natação de Santa Cruz do Rio Pardo, que há duas semanas deveriam ir a Ourinhos disputar um campeonato, aguard&ram em vào na Praça "Leônidas Camarinha". O ônibus prometido pela Prefeitura Municipal ficou só na promessa, apesar dos alunos acordarem cedo e ficarem horas a espera do coletivo. A revolta foi geral!... MASSAGISTA CELIA REGINA AM ARI LI A WITZEL TRATAMENTO DA COLUNA, LUXAÇÃO, REABILITAÇÃO, ATROFIAS E DORES CIÁTICAS; MASSAGENS PARA CIRCULAÇÃO. RELAXAMENTO E ESTÉTICA; APLICAÇÃO DE PARAFINA, FORNO E ELETRÔNICA. ATENDE-SE MASCULINO E FEMININO RUA QUINTINO BOCAIÚVA, SANTA CRUZ DO RIO PARDO RCDflTO pneus O O ODjrYEA R VENDAS DE-PNEUS, CÂMERAS, ENCERADOS, RODÁS, MACACOS. BATERIAS F. SERVIÇO DE BALANCEAMENTO ELETRÔNICO 1 % - ORGANIZAÇÃO RENATO DE PNEUS LTDA. A F R O T A P t AÇO,

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)?

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)? Entrevista concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de apresentação dos resultados das ações governamentais para o setor sucroenergético no período 2003-2010 Ribeirão

Leia mais

VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS

VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS Perguntas e resposta feitas ao jornalisa Romário Schettino Perguntas dos participantes do 6 Seminário de Direito para Jornalistas

Leia mais

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fonte: O Globo 'Ficam dizendo que vou sair de novo' Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fernanda da Escóssia, Germano Oliveira,

Leia mais

O que fazer para reformar o Senado?

O que fazer para reformar o Senado? O que fazer para reformar o Senado? Cristovam Buarque As m e d i d a s para enfrentar a crise do momento não serão suficientes sem mudanças na estrutura do Senado. Pelo menos 26 medidas seriam necessárias

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE TAPURAH

CÂMARA MUNICIPAL DE TAPURAH ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 01 DE FEVEREIRO DE 2.012 Ao primeiro dia do mês de fevereiro de dois mil e doze, na Sede da Câmara Municipal, situada à Avenida Paraná, 1.725, às dezenove e trinta horas

Leia mais

DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015

DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015 DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015 Senhores Deputados, meu pronunciamento é em caráter excepcional. Eu tenho uma história de vida

Leia mais

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS ESTADO DE MINAS 1 2 ESTADO DE MINAS 3 ESTADO DE MINAS http://www.em.com.br PSD de Kassab mira 'órfãos' do PMDB quercista O PSD obteve registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na terça-feira e corre

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

Vem pra urna! Justiça Eleitoral. Cartório Eleitoral - ES. Cartilha educativa da. Justiça Eleitoral. sobreo poder do voto.

Vem pra urna! Justiça Eleitoral. Cartório Eleitoral - ES. Cartilha educativa da. Justiça Eleitoral. sobreo poder do voto. Vem pra urna! Justiça Eleitoral Cartório Eleitoral - ES www.tre-es.jus.br. #vempraurna Cartilha educativa da Justiça Eleitoral sobreo poder do voto. Material desenvolvido pelo Tribunal Regional Eleitoral

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 16 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 26/05/2014. Aos vinte e seis dias do mês de maio do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade

Leia mais

I - INTRODUÇÃO. 1) Como funciona o poder numa democracia

I - INTRODUÇÃO. 1) Como funciona o poder numa democracia I - INTRODUÇÃO 1) Como funciona o poder numa democracia - No plano municipal: prefeito (executivo) governa e vereadores (legislativo) votam leis para a cidade. - No plano estadual: governador (executivo)

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau , Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau Porto Velho-RO, 12 de março de 2009 Gente, uma palavra apenas, de agradecimento. Uma obra dessa envergadura não poderia

Leia mais

Caros ouvintes vos peço. Atenção uma vez mais. Para fazer uma análise. Creio interessa demais. O tema é muito importante. Me escutem por um instante

Caros ouvintes vos peço. Atenção uma vez mais. Para fazer uma análise. Creio interessa demais. O tema é muito importante. Me escutem por um instante A POLÍTICA E A POLITICAGEM Literatura de cordel Autor: PAULO TARCISO Caros ouvintes vos peço Atenção uma vez mais Para fazer uma análise Creio interessa demais O tema é muito importante Me escutem por

Leia mais

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Meus queridos brasileiros e brasileiras, É com muita emoção

Leia mais

Sobre esta obra, você tem a liberdade de:

Sobre esta obra, você tem a liberdade de: Sobre esta obra, você tem a liberdade de: Compartilhar copiar, distribuir e transmitir a obra. Sob as seguintes condições: Atribuição Você deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante

Leia mais

Pronunciamento proferido pelo Deputado Edson Ezequiel (PMDB-RJ).

Pronunciamento proferido pelo Deputado Edson Ezequiel (PMDB-RJ). Pronunciamento proferido pelo Deputado Edson Ezequiel (PMDB-RJ). Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, Ocupo a tribuna para agradecer a população do Estado do Rio de Janeiro, muito particularmente

Leia mais

Projeto Ética, Cidadania e Política

Projeto Ética, Cidadania e Política Projeto Ética, Cidadania e Política Colégio Estadual Joaquim Gomes Crespo São Francisco de Itabapoana Rio de Janeiro Maria Suzana De Stefano Menin Juliana Aparecida Matias Zechi Relatora do projeto: Professora

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 9 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 07/04/2014. Aos sete dias do mês de abril do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade de

Leia mais

Reportagem do portal Terra sobre o Golpe de 1964

Reportagem do portal Terra sobre o Golpe de 1964 Reportagem do portal Terra sobre o Golpe de 1964 http://noticias.terra.com.br/brasil/golpe-comecou-invisivel-diz-sobrinho-de-substitutode-jango,bc0747a8bf005410vgnvcm4000009bcceb0arcrd.html acesso em 31-03-2014

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Brasília-DF, 30 de outubro de 2006 Jornalista Ana Paula Padrão: Então vamos às perguntas, agora ao vivo, com

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE VIAÇÃO E TRANSPORTES. (Do Sr. JÂNIO NATAL) Senhor Presidente,

CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE VIAÇÃO E TRANSPORTES. (Do Sr. JÂNIO NATAL) Senhor Presidente, COMISSÃO DE VIAÇÃO E TRANSPORTES REQUERIMENTO N O, DE 2011 (Do Sr. JÂNIO NATAL) Requer a realização de Audiência Pública para debater questões relativas à aviação civil brasileira. Senhor Presidente, Requeiro,

Leia mais

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encontrou com o governador Paulo Hartung no 27º Encontro Econômico Brasil-Alemanha.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encontrou com o governador Paulo Hartung no 27º Encontro Econômico Brasil-Alemanha. Denise Zandonadi dzandonadi@redegazeta.com.br O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encontrou com o governador Paulo Hartung no 27º Encontro Econômico Brasil-Alemanha. O presidente Luiz Inácio Lula da

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Pesquisa de Opinião Pública Nacional Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Julho de 2008 Roteiro I. Metodologia II. III. IV. Eleições e Política Corrupção eleitoral

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 65 Discurso na solenidade do Dia

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão , Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão Santa Cruz de Cabrália-BA, 28 de setembro de 2005 Meu caro governador Paulo Souto, governador do estado da Bahia, Meu querido companheiro Miguel

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de lançamento do Programa Nacional de Saúde Bucal Sobral-CE, 17 de março de 2004 Meu caro governador do estado do Ceará, Lúcio Alcântara, Meu caro companheiro

Leia mais

ATA DA 4ª SESSÃO ORDINÁRIA

ATA DA 4ª SESSÃO ORDINÁRIA ATA DA 4ª SESSÃO ORDINÁRIA 1º PERÍODO 2ª SESSÃO LEGISLATIVA - LEGISLATURA DE 2013 A 2016 PRESIDENTE: MANUEL SEBASTIÃO PIMENTEL DE MEDEIROS Aos 17 dias do mês de fevereiro de dois mil e quatorze. Nesta

Leia mais

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível).

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível). , Luiz Inácio Lula da Silva, durante a inauguração da República Terapêutica e do Consultório de Rua para Dependentes Químicos e outras ações relacionadas ao Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack São

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Escola Municipal de Ensino Fundamental David Canabarro Florianópolis, 3892 Mathias Velho/Canoas Fone: 34561876/emef.davidcanabarro@gmail.com DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Nome: Stefani do Prado Guimarães Ano

Leia mais

Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais

Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais Fonte: O Globo Data: 16/09/2015 Seção: Economia Versão: Impresso (página 25) e Online Medidas anunciadas pelo governo afetam mercado imobiliário, cursinhos e servidores públicos federais Retomada de cobrança

Leia mais

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Terça-feira, 11 de março de 2014 Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Nádia Junqueira Goiânia - Dalila tem 15 anos, estuda o 2º ano no Colégio

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Pronunciamento na primeira reunião

Leia mais

1 Informações diversas Câmara aprova ampliação de parcelamento do Refis da crise O plenário da Câmara aprovou na noite desta quarta-feira (21) a medida provisória que amplia o parcelamento de débitos tributários,

Leia mais

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Monitoramento das Notícias da UNISUL Dia 29 de novembro de 2011 JORNAIS O fim da história Diário do Sul Prêmio Finep Notisul SITES

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE CAPÃO DO LEÃO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

CÂMARA MUNICIPAL DE CAPÃO DO LEÃO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA 16/2016 Aos sete dias do mês de abril de dois mil e dezesseis, às quinze horas e cinco minutos, a presidente, vereadora Nazi Medeiros, deu por aberta a presente sessão, solicitando

Leia mais

Lucas Zanella. Collin Carter. & A Civilização Sem Memórias

Lucas Zanella. Collin Carter. & A Civilização Sem Memórias Lucas Zanella Collin Carter & A Civilização Sem Memórias Sumário O primeiro aviso...5 Se você pensa que esse livro é uma obra de ficção como outra qualquer, você está enganado, isso não é uma ficção. Não

Leia mais

Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da

Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da Câmara Municipal de Perdizes, Estado de Minas Gerais

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

Representação da UNESCO no Brasil. DIREITOS HUMANOS NA MÍDIA COMUNITÁRIA: a cidadania vivida no nosso dia a dia

Representação da UNESCO no Brasil. DIREITOS HUMANOS NA MÍDIA COMUNITÁRIA: a cidadania vivida no nosso dia a dia Representação da UNESCO no Brasil DIREITOS HUMANOS NA MÍDIA COMUNITÁRIA: a cidadania vivida no nosso dia a dia 1ª Edição Brasília e São Paulo UNESCO e OBORÉ Setembro de 2009 2009 Organização das Nações

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 54 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

capítulo 3 Estatuto do Idoso, direitos e violações

capítulo 3 Estatuto do Idoso, direitos e violações capítulo Estatuto do Idoso, direitos e violações _IDOSOS NO BRASIL > vivências, desafios e expectativas na ª idade. Estatuto do Idoso, direitos e violações A maioria da população brasileira na ª idade

Leia mais

Escrito por WEBMASTER Douglas Ter, 25 de Setembro de 2012 10:07 - Última atualização Ter, 25 de Setembro de 2012 10:09

Escrito por WEBMASTER Douglas Ter, 25 de Setembro de 2012 10:07 - Última atualização Ter, 25 de Setembro de 2012 10:09 BÃO OCÊ QUERIA O QUE, SALÁRIO PRESIDIARIO R$ 960,00 REAIS PROS BANDIDO, TRAFICANTE, ESTRUPADOR E ASSASINOS E UM PAI DE FAMILIA TRABALHADOR UM SALARIO MINIMO DE R$ 622,00 REAIS, AI JA É MAIS DA CONTA, ACHO

Leia mais

José teve medo e, relutantemente, concordou em tomar a menina como esposa e a levou para casa. Deves permanecer aqui enquanto eu estiver fora

José teve medo e, relutantemente, concordou em tomar a menina como esposa e a levou para casa. Deves permanecer aqui enquanto eu estiver fora Maria e José Esta é a história de Jesus e de seu irmão Cristo, de como nasceram, de como viveram e de como um deles morreu. A morte do outro não entra na história. Como é de conhecimento geral, sua mãe

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 32 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 30/09/2013 Aos trinta dias do mês de setembro do ano de dois mil e treze, nesta cidade de

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Pronunciamento sobre a questão

Leia mais

O SR. NELSON MARQUEZELLI (PTB - sp) pronuncia o. seguinte discurso: Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados,

O SR. NELSON MARQUEZELLI (PTB - sp) pronuncia o. seguinte discurso: Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, O SR. NELSON MARQUEZELLI (PTB - sp) pronuncia o seguinte discurso: Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, encontra-se em curso, no Congresso Nacional, uma proposta de reforma que aborda questões consideradas

Leia mais

Marcos Leôncio suka02@uol.com.br 1 VOTO VENDIDO, CONSCIÊNCIA PERDIDA. Escrita por: Marcos Leôncio. Elenco: Olga Barroso. Renato Beserra dos Reis

Marcos Leôncio suka02@uol.com.br 1 VOTO VENDIDO, CONSCIÊNCIA PERDIDA. Escrita por: Marcos Leôncio. Elenco: Olga Barroso. Renato Beserra dos Reis VOTO VENDIDO, CONSCIÊNCIA PERDIDA. Escrita por: Marcos Leôncio Elenco: Olga Barroso Renato Beserra dos Reis Zilânia Filgueiras Sérgio Francatti Dodi Reis Preparação de Atores e Direção: Dodi Reis Coordenação

Leia mais

Todos a favor da agilidade

Todos a favor da agilidade Todos a favor da agilidade Você sabia que agora os inventários, partilhas, separações e divórcios podem ser feitos no cartório? Pois é! Agora os cidadãos tiveram suas vidas facilitadas! Esses atos podem

Leia mais

5 Eu vou fazer um horário certo para tomar meus remédios, só assim obterei melhor resultado. A TV poderia gravar algum programa?

5 Eu vou fazer um horário certo para tomar meus remédios, só assim obterei melhor resultado. A TV poderia gravar algum programa? Antigamente, quando não tinha rádio a gente se reunia com os pais e irmãos ao redor do Oratório para rezar o terço, isso era feito todas as noites. Eu gostaria que agora a gente faça isso com os filhos,

Leia mais

Por que defender o Sistema Único de Saúde?

Por que defender o Sistema Único de Saúde? Por que defender o Sistema Único de Saúde? Diferenças entre Direito Universal e Cobertura Universal de Saúde Cebes 1 Direito universal à saúde diz respeito à possibilidade de todos os brasileiros homens

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 62 Discurso na cerimónia de apresentação

Leia mais

Cidadão com Segurança. Respeito mútuo entre Cidadão e Polícia

Cidadão com Segurança. Respeito mútuo entre Cidadão e Polícia Cidadão com Segurança Respeito mútuo entre Cidadão e Polícia Presidente do Conselho Nacional do Ministério Público e Procurador-Geral da República Roberto Monteiro Gurgel Santos Comissão do Sistema Prisional,

Leia mais

Diagnosticando os problemas da sua empresa

Diagnosticando os problemas da sua empresa Diagnosticando os problemas da sua empresa O artigo que você vai começar a ler agora é a continuação da matéria de capa da edição de agosto de 2014 da revista VendaMais. O acesso é restrito a assinantes

Leia mais

LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1

LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1 LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1 TESOUREIRO 41 ANOS DE TRABALHO Empresa Horizonte Nascido em Itapipoca, Ceará Idade: 76 anos Esposa: Maria Pinto de Oliveira Praciano Filhos: Lucineide Eu entrei na Empresa

Leia mais

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves CAMINHOS Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves Posso pensar nos meus planos Pros dias e anos que, enfim, Tenho que, neste mundo, Minha vida envolver Mas plenas paz não posso alcançar.

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral Abril 2013 TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Presidente Desembargadora Letícia De Faria Sardas Corregedor

Leia mais

MURAL- JANEIRO 2015. Compromisso

MURAL- JANEIRO 2015. Compromisso Compromisso Fim de ano é sempre a mesma história: você promete que em janeiro vai começar a praticar esportes, beber menos, parar de fumar, comer melhor, procurar um novo emprego E quantos desses projetos

Leia mais

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo 2:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo Amados de Deus, a paz de Jesus... Orei e pensei muito para que Jesus me usasse para poder neste dia iniciar esta pregação com a

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 42 Discurso no Hotel Tropical MANAUS,

Leia mais

Depressão e Qualidade de Vida. Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP

Depressão e Qualidade de Vida. Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP Depressão e Qualidade de Vida Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP 1 Percepções de 68 pacientes entrevistadas. 1. Sentimentos em relação à doença Sinto solidão, abandono,

Leia mais

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ É bom saber... LEI Nº 12.618, DE 30 DE ABRIL DE 2012. Institui o regime de previdência complementar para os servidores públicos federais titulares de

Leia mais

SANÇÃO DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

SANÇÃO DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL SANÇÃO DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL Brasília, 04 de maio de 2000 Muitos dos Senhores que estão aqui hoje me conhecem e podem portanto imaginar o quanto é importante e especial para mim este dia. Ver

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

PRONUNCIAMENTO SOBRE LOGÍSTICA DE TRANSPORTES

PRONUNCIAMENTO SOBRE LOGÍSTICA DE TRANSPORTES PRONUNCIAMENTO SOBRE LOGÍSTICA DE TRANSPORTES Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Senadores, Amigos que nos assistem e nos ouvem pela Rádio Senado e pela TV Senado Há poucos dias, um fato foi amplamente

Leia mais

Jornalista: O senhor se arrepende de ter dito que crise chegaria ao Brasil como uma marolinha?

Jornalista: O senhor se arrepende de ter dito que crise chegaria ao Brasil como uma marolinha? Entrevista exclusiva concedida por escrito pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao jornal Gazeta do Povo, do Paraná Publicada em 08 de fevereiro de 2009 Jornalista: O Brasil ainda tem

Leia mais

INSTITUIÇÕES DE DIREITO PUBLICO E PRIVADO MÓDULO 18 COMPETÊNCIA

INSTITUIÇÕES DE DIREITO PUBLICO E PRIVADO MÓDULO 18 COMPETÊNCIA INSTITUIÇÕES DE DIREITO PUBLICO E PRIVADO MÓDULO 18 COMPETÊNCIA Índice 1. Competência...3 1.1. Critérios Objetivos... 3 1.1.1. Critérios Subjetivos... 4 1.1.2. Competência Territorial... 4 2. Dos Processos...4

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 17 Discurso no encerramento do Fórum

Leia mais

Você pode contribuir para eleições mais justas

Você pode contribuir para eleições mais justas Procuradoria Regional Eleitoral no Estado de SP Defesa da democracia, combate à impunidade. Você pode contribuir para eleições mais justas Os cidadãos e as cidadãs podem auxiliar muito na fiscalização

Leia mais

PESQUISA RELATÓRIO 1/2 PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS

PESQUISA RELATÓRIO 1/2 PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS PESQUISA RELATÓRIO 1/2 PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS PERÍODO DE REALIZAÇÃO DOS TRABALHOS: 12 A 19 DE SETEMBRO

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 1 JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 ENTREGADOR DE CARGAS 32 ANOS DE TRABALHO Transportadora Fácil Idade: 53 anos, nascido em Quixadá, Ceará Esposa: Raimunda Cruz de Castro Filhos: Marcílio, Liana e Luciana Durante

Leia mais

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real Alencastro e Patrícia CD: Ao Sentir 1- Ao Sentir Jairinho Ao sentir o mundo ao meu redor Nada vi que pudesse ser real Percebi que todos buscam paz porém em vão Pois naquilo que procuram, não há solução,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 70 Cerimónia de sanção do projeto

Leia mais

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 INTRODUÇÃO O Evangelho de João registra 7 afirmações notáveis de Jesus Cristo. Todas começam com Eu sou. Jesus disse: Eu sou o pão vivo

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 89 CNT 18 a 22 de Junho de 2007 SAS Q 06 - Lote 03 - Bloco J Rua Grão Pará, 737-4º andar Ed. Camilo Cola - 2 o andar

Leia mais

Tirado do website: www.spiritlessons.com

Tirado do website: www.spiritlessons.com Tirado do website: www.spiritlessons.com A artista foi levada para o inferno pelo proprio senhor Jesus. Essa artista vinha atendendo as reuniões de oração desde Abril de 2009 e continua a faze-lo. Nisso

Leia mais

Janot promete criar nova procuradoria anticorrupção

Janot promete criar nova procuradoria anticorrupção DEBATE Janot promete criar nova procuradoria anticorrupção DE BRASÍLIA - No último debate em busca do aval dos procuradores para permanecer por mais dois anos na chefia do Ministério Público, o procurador-geral

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I 1 Conselho Municipal do Idoso de São Caetano do Sul Lei n 4.179 de 23/10/2003. R. Heloísa Pamplona, 304 B. Fundação CEP 09520-310 São Caetano do Sul/SP. cmi@saocaetanodosul.sp.gov.br REGIMENTO INTERNO

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

REFORMAR, PARA VALER, O ESTADO BRASILEIRO

REFORMAR, PARA VALER, O ESTADO BRASILEIRO REFORMAR, PARA VALER, O ESTADO BRASILEIRO EDSON CARVALHO VIDIGAL Ministro do Superior Tribunal de Justiça Advogado, ex-deputado federal, vereador cassado pelo regime militar, jornalista. O curriculum é

Leia mais

Jurista Ives Gandra Martins analisa o fim da Carta Frete.

Jurista Ives Gandra Martins analisa o fim da Carta Frete. Jurista Ives Gandra Martins analisa o fim da Carta Frete. Considerado um dos juristas de maior atuação na área do Direito Tributário no Brasil, o Dr. Ives Gandra Martins gentilmente acolheu o nosso convite

Leia mais

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23.

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23. Tema: DEUS CUIDA DE MIM. Texto: Salmos 23:1-6 Introdução: Eu estava pesando, Deus um salmo tão poderoso até quem não está nem ai prá Deus conhece uns dos versículos, mas poderosos da bíblia e o Salmo 23,

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Despacho em 14/09/2012 - RP Nº 6076 Excelentíssimo Senhor Juiz RUY JANDER TEIXEIRA DA ROCHA. Representação N.º 60-76.2012.6.15.0017. Vistos etc.

Despacho em 14/09/2012 - RP Nº 6076 Excelentíssimo Senhor Juiz RUY JANDER TEIXEIRA DA ROCHA. Representação N.º 60-76.2012.6.15.0017. Vistos etc. Despacho em 14/09/2012 - RP Nº 6076 Excelentíssimo Senhor Juiz RUY JANDER TEIXEIRA DA ROCHA Representação N.º 60-76.2012.6.15.0017. Vistos etc. Sobre o pedido retro de reconsideração, reiterado de forma

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 79 Discurso no lançamento do programa

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da fábrica da Dell no Brasil

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da fábrica da Dell no Brasil Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da fábrica da Dell no Brasil Hortolândia-SP, 14 de maio de 2007 Excelentíssimo deputado Arlindo Chinaglia, presidente

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012 PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012 Primeira sessão de discussão, em primeiro turno, da Proposta de Emenda à Constituição nº 17, de 2012, tendo como primeiro signatário o Deputado Maurício

Leia mais

São Paulo/SP - Dono de prédio rejeita nova proposta e Belas Artes fecha as portas dia 24

São Paulo/SP - Dono de prédio rejeita nova proposta e Belas Artes fecha as portas dia 24 São Paulo/SP - Dono de prédio rejeita nova proposta e Belas Artes fecha as portas dia 24 O proprietário do prédio em que funciona o Cinema Belas Artes, Flávio Maluf, recusou uma nova proposta dos sócios

Leia mais

DIANA + 3. Roteiro de Henry Grazinoli

DIANA + 3. Roteiro de Henry Grazinoli DIANA + 3 Roteiro de Henry Grazinoli EXT. CALÇADA DO PORTINHO DIA Sombra de Pablo e Dino caminhando pela calçada do portinho de Cabo Frio. A calçada típica da cidade, com suas ondinhas e peixes desenhados.

Leia mais

1 de 9 09-12-2013 11:02

1 de 9 09-12-2013 11:02 1 de 9 09-12-2013 11:02 Fuga de Oleo 21 mensagens 5 de Setembro de 2013 às 18:45 Boa tarde Sr Hugo como está. Estou a contacta-lo porque estou com

Leia mais

Presidente de associação de moradores não quer ser político e mantém-se no cargo há 14 anos

Presidente de associação de moradores não quer ser político e mantém-se no cargo há 14 anos Fonte: O Globo Síndico de Copacabana percorre o bairro de bicicleta para descobrir problemas Presidente de associação de moradores não quer ser político e mantém-se no cargo há 14 anos Artur Xexéo axexeo@oglobo.com.br

Leia mais

Assim nasce uma empresa.

Assim nasce uma empresa. Assim nasce uma empresa. Uma história para você que tem, ou pensa em, um dia, ter seu próprio negócio. 1 "Non nobis, Domine, non nobis, sed nomini Tuo da gloriam" (Sl 115,1) 2 Sem o ar Torna-te aquilo

Leia mais