Mercado de Trabalho Formal do Recife

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mercado de Trabalho Formal do Recife"

Transcrição

1 Boletim Informativo Maio 2012 Mercado de Trabalho Formal do Recife Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Em abril, o saldo de empregos formais no Brasil foi de novos postos O setor de Serviços registrou o maior saldo de vagas em abril Dentre as Regiões geográficas, o Nordeste registrou o único saldo negativo O saldo de emprego no Recife foi o quinto maior para um mês de abril na série analisada No acumulado dos doze meses, o Recife gerou saldo de postos de trabalho, com alta em seis das oito atividades econômicas O Recife é o município pernambucano que mais gerou emprego em 2012

2 Nesta edição 1 No Brasil, o saldo computado pelo CAGED, em abril/12, foi de empregos formais. 2 No contexto das regiões do País, o Nordeste foi a única a registrar eliminação de vagas de emprego no mês. 3 Pernambuco foi um dos três estados que apresentaram saldo negativo no Nordeste. 4 O saldo de emprego na Região Metropolitana do Recife foi positivo em abril/ O município do Recife gerou novas vagas de emprego em abril. Em abril, o saldo de empregos formais no Brasil foi de novos postos O saldo de postos de trabalho no Brasil, divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), referente ao mês de abril/2012, foi de vagas formais. Esse resultado correspondeu à subtração de admitidos contra desligados e significou uma expansão de 0,6% sobre o estoque de empregados com carteira assinada divulgado no mês anterior. O número registrado em abril do corrente ano foi inferior ao resultado obtido em igual mês do ano passado e o sétimo maior quando analisado o período (Gráfico 1). Quanto ao desempenho setorial, registrase expansão do emprego em todas as oito atividades econômicas investigadas. Em termos quantitativos, o maior volume foi exibido pelo setor de Serviços (82.873) e da Construção Civil (40.606) - Tabela 1. No setor de Serviços o grande destaque, dentre os subsetores, foi da atividade de Alojamento, alimentação, reparação, manutenção e redação, com saldo de vagas formais. Gráfico 1 Evolução do saldo de vagas formais para meses de abril Brasil,

3 BOLETIM INFORMATIVO MAI / 12 PÁGINA 3 Tabela 1 Saldo da movimentação do emprego formal por setor de atividade Brasil, abr/2012 e acumulado no ano Setores abr/12 Acumulado no ano Extrativa Mi neral Indústria de Transformação Serviços Industriais de Utilidade Pública Construção Civil Comércio Serviços Administração Pública Agropecuária Total Dentre as Regiões geográficas, o Nordeste registrou o único saldo negativo No contexto regional, os números divulgados pelo CAGED, referentes ao comportamento do mês de abril do ano corrente, apontaram que, com exceção da região Nordeste, todas as outras apresentaram saldo positivo de emprego formal (Tabela 2). O Nordeste registrou redução em dois dos três comparativos analisados, apenas no acumulado dos doze meses observou-se saldo positivo de postos, terceiro maior do país. O Sudeste liderou o ranking mensal com adição de vagas no mês, o que representou 65,7% do total gerado pelo conjunto das regiões brasileiras. Dentre as capitais nordestinas, o Recife computou o terceiro maior resultado positivo (1.435 postos), atrás apenas das cidades de Fortaleza (2.269 postos) e Salvador (2.149 postos). Tabela 2 Saldo da movimentação do emprego formal, ordenado pelo saldo de mar/12 Grandes Regiões, PE e Capitais Nordestinas, abr/12, mar/12 e acumulado no ano e em 12 meses Local idade a br/12 mar/12 Acumula do no a no 12 meses Com a juste Sem ajuste Com ajuste Brasil Norte Nordeste Centro-Oeste Sul Sudeste P erna mbuco Capitais Nordestinas Recife - PE João P essoa - PB São Luís - MA Aracaju - SE Natal - RN Maceió - AL Teresina - PI Fortaleza - CE Salvador - BA Fonte: MTE Caged.

4 PÁGINA 4 BOLETIM INFORMATIVO MAI/ 12 O saldo de emprego no Recife foi o quinto maior para um mês de abril na série analisada Em abril/12, o saldo de emprego formal no município do Recife foi positivo em postos. Em relação ao estoque de assalariados formais do mês de março, esse saldo representou um incremento de 0,28% Gráfico 2 Evolução do saldo da movimentação do emprego formal para meses de abril Recife, O número computado no mês em análise foi o quinto maior quando observado o mesmo mês no período dos últimos doze anos. Sobre abril do ano anterior, o resultado significou uma retração de 43,0%. Segundo o CAGED foram registrados admitidos frente a demissões no mês. No quadrimestre o saldo chegou a postos, fruto do comportamento favorável observado em quatro das oito atividades econômicas investigadas. Em termos setoriais, o grande destaque do mês foi, mais uma vez, o setor de Serviços. Em abril o setor acrescentou 883 novos postos de trabalho, o que significou 61,5% dos empregos gerados no município, e fechou o primeiro quadrimestre com número positivo de vagas. A construção civil apresentou o segundo maior resultado no mês (482), participando com 33,6% do total. No contraponto, os Serviços industriais de utilidade pública e a Administração pública seguiram registrando eliminação de vagas de emprego formal em abril. (Tabela 2). O setor de Serviços registrou o maior saldo de vagas em abril Tabela 3 Saldo da movimentação do emprego formal por setor de atividade Recife, abr/2012, acumulado no ano e 12 meses Setor de atividade a br/12 Acumulado no ano 12 meses Adm. Desl. Saldo Adm. Desl. Saldo Adm. Desl. Saldo Ex trativa Mineral Ind. de Trans formação Serv. Ind. Util. Públic a Cons trução Civil Comérc io Serviç os Adm. Públic a Agropec uária Total (1) Valores com os ajustes dos resíduos e acertos da base.

5 BOLETIM INFORMATIVO MAI / 12 PÁGINA 5 No acumulado dos doze meses, o Recife gerou saldo de postos de trabalho, com alta em seis das oito atividades econômicas Em 12 meses, o município do Recife gerou novas vagas de emprego. O resultado obtido no período foi decorrente da admissão de pessoas contra desligamentos, considerando os acréscimos dos ajustes sobre o saldo de vagas, o que representou uma variação relativa de 7,8% sobre o estoque do mesmo mês do ano anterior. Seis atividades econômicas, dentre as oito avaliadas no CAGED, registraram expansão do mercado de trabalho. Com um saldo de , o setor de Serviços contribuiu com 65,5% do volume registrado pela soma dos grandes setores. A Construção civil apareceu em segundo lugar com participação de 34,2%, resultado da geração de postos no período (tabela 3). De maneira geral, a evolução do saldo de emprego no Recife vem registrando uma dinâmica inferior aos resultados obtidos em anos anteriores, com exceção de 2009 (gráfico 3). Gráfico 3 Evolução do saldo de emprego Recife, (1) Valores sem as declarações fora do prazo e os ajustes da base. Tabela 4 Participação do Recife no Saldo da RMR Localidade (*) Recife RMR Part (%) do Recife na RMR 55,23% 57,02% 70,10% (*) acumulado janeiro-abril A participação do município do Recife no saldo de postos de trabalho gerados na Região Metropolitana vem evoluindo com expansão desde Sua importância correspondeu, em 2011, a 57,0% dos empregos formais gerados pelo conjunto dos municípios da RMR, contra importância de 55,2% registrada em Já em 2012, o comportamento do mercado de trabalho formal do Recife no primeiro quadrimestre segue com participação de 70,1% de postos adicionados ao mercado.

6 PÁGINA 6 BOLETIM INFORMATIVO MAI / 12 O Recife é o município pernambucano que mais gerou emprego em 2012 Tabela 5 Evolução do Saldo de Emprego Formal Analisando o desempenho das capitais nordestinas pode-se constatar que a capital do Recife tem sido responsável por, pelo menos, um quinto das novas vagas de emprego geradas pela soma das capitais da Região, desde 2010, e vem reafirmando sua importância sobre o mercado de trabalho regional. Em 2012, o Recife foi responsável por 28,4% dos empregos acrescidos na região. Capitais Nordestinas (*) Maceio Salvador Fortaleza São Luis João Pessoa Teresina Natal Aracaju Recife Total das Capitais do NE Part (%) do Recife no total das capitais do NE 20,00% 25,30% 28,44% (*) acumulado jan-abr Dentre os municípios pernambucanos, o Recife lidera o ranking dos que mais geraram empregos em 2012, em razão, sobretudo, da forte expansão observada no setor de Serviços. Os números da tabela 6 correspondem aos saldos acumulados nos quatro primeiros meses do ano. Cabe ressaltar que o resultado da capital recifense corresponde a mais do que o dobro do segundo município com maior saldo no estado. Nota A partir de dezembro de 2010, o Ministério do Trabalho e Emprego passou a divulgar o saldo acumulado no ano já incluindo os resíduos de declarações entregues fora do prazo e os acertos Tabela 6 Os 10 municípios pernambucanos com maior saldo de emprego acumulado no primeiro Quadrimestre de 2012 SETORES SALDO Recife Jaboatão dos Guararapes Petrolina Olinda São Lourenço da Mata 868 Ipojuca 742 Caruaru 702 Sertânia 455 Palmares 330 Serra Talhada 316 realizados na base. Por isso, para comparações com anos anteriores são utilizados os dados sem os ajustes. Não havendo necessidade de se fazer comparações, utilizase o resultado com os ajustes do mês. EXPEDIENTE DA SECRETARIA DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO - Prefeito: João da Costa Bezerra Filho; Vice-Prefeito: Milton Coelho; Secretário: José Antonio Bertotti Júnior; Assessoria Executiva: Anita Lemos Dubeux; Núcleo de Promoção de Trabalho e Renda: Sérgio Campello. EXPEDIENTE DO DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS DIEESE - Direção Técnica - Diretor Técnico Clemente Ganz Lúcio; Coordenador de Estudos e Desenvolvimento: Ademir Figueiredo; Coordenador de Relações Sindicais: José Silvestre Prado de Oliveira; Coordenador de Pesquisas: Francisco José Couceiro de Oliveira; Coordenador de Educação: Nelson de Chueri Karam; Coordenadora Administrativa e Financeira: Rosana Freitas; Coordenação Geral do Projeto - Coordenador de Estudos e Desenvolvimento: Ademir Figueiredo; Supervisora dos Observatórios do Trabalho: Angela Maria Schwengber; Supervisor Regional do DIEESE/SE: Luis Moura; Técnica Responsável pelo Boletim: Osangela Oliveira Silva de Sena. Equipe Executora: DIEESE. DIEESE Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos. Rua Aurora, 957 Centro São Paulo SP CEP Fone: (11) Fax: (11)

Mercado de Trabalho Formal do Recife

Mercado de Trabalho Formal do Recife Boletim Informativo Abril 2012 Mercado de Trabalho Formal do Recife Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico O saldo de empregos no Brasil correspondeu a 111.746 postos formais O Recife

Leia mais

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Recife

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Recife Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Recife JULHO DE 2012 PÁGINA 2 BOLETIM INFORMATIVO JULHO/2012 Nesta edição 1 No Brasil,

Leia mais

Mercado de Trabalho Formal do Recife

Mercado de Trabalho Formal do Recife Boletim Informativo Outubro 2012 Mercado de Trabalho Formal do Recife Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Em setembro/12 o saldo de empregos formais no Brasil foi de 150.334 postos

Leia mais

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus. Outubro 2011

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus. Outubro 2011 Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus Outubro 2011 PÁGINA 2 BOLETIM INFORMATIVO OUT/11 Nesta edição 1 O saldo de emprego no Brasil em outubro é de 126.143l postos. 2 O saldo de outubro

Leia mais

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus. Setembro 2011

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus. Setembro 2011 Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus Setembro 2011 PÁGINA 2 BOLETIM INFORMATIVO SET/11 Nesta edição 1 O saldo de emprego em setembro é de 209 mil postos. 2 Em Manaus, o saldo de

Leia mais

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus Dezembro 211 Foto: Valéria Bolognini PÁGINA 2 BOLETIM INFORMATIVO DEZ/11 O saldo acumulado no Brasil em 211 foi de 1.566 mil vagas. Segundo o

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE OSASCO

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE OSASCO OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE OSASCO BOLETIM INFORMATIVO DO MERCADO DE TRABALHO FORMAL DE OSASCO JUNHO DE 2011 Contrato de Prestação de Serviços Nº. 068/2009 e 1º Termo Aditivo Nº. 010/2011 - Prefeitura

Leia mais

Mercado de Trabalho Formal do Recife

Mercado de Trabalho Formal do Recife Boletim Informativo Agosto 2011 Mercado de Trabalho Formal do Recife Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Em julho, foram gerados 140 mil postos de trabalho formais no Brasil Com

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA RELEASE JUNHO DE 2011 DADOS CAGED Convênio Nº 004/2011 SETRE-BA e DIEESE Julho de 2011 EXPEDIENTE DA SECRETARIA DO TRABALHO, EMPREGO, RENDA E ESPORTE DO GOVERNO DO ESTADO

Leia mais

Mercado de Trabalho Formal do Recife

Mercado de Trabalho Formal do Recife Boletim Informativo Novembro 2011 Mercado de Trabalho Formal do Recife Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Em outubro, foram gerados 126 mil postos de trabalho formais no Brasil

Leia mais

O saldo de empregos no Brasil ultrapassa meio milhão em 2011

O saldo de empregos no Brasil ultrapassa meio milhão em 2011 Expediente da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Governo do Estado da Bahia Governador Jaques Wagner Vice-Governador Otto Alencar Secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte Nilton

Leia mais

Relatório Informativo: Análise do Mercado de Trabalho Formal da Região Metropolitana de Campinas RAIS 2008

Relatório Informativo: Análise do Mercado de Trabalho Formal da Região Metropolitana de Campinas RAIS 2008 OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE CAMPINAS Relatório Informativo: Análise do Mercado de Trabalho Formal da Região Metropolitana de Campinas RAIS 2008 Termo de Contrato Nº. 65/2009 2009 EXPEDIENTE DA SECRETARIA

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA Evolução Trimestral do Mercado de Trabalho Formal da Bahia Janeiro, fevereiro e março de 2012 Contrato de Prestação de Serviços Nº. 004/2011 SETRE-BA e DIEESE MAIO DE

Leia mais

Síntese de indicadores. nº 1 setembro 2012 CAGED

Síntese de indicadores. nº 1 setembro 2012 CAGED Síntese de indicadores nº 1 setembro 2012 CAGED Síntese de indicadores CAGED Apresentação A partir deste mês, os Observatórios do Trabalho do DIEESE passam a divulgar a Síntese de Indicadores, com resultados

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego CAGED. nº 10, outubro de 2012

Informativo Mensal de Emprego CAGED. nº 10, outubro de 2012 SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO Informativo Mensal de Emprego CAGED nº 10, outubro

Leia mais

SANTA CATARINA REGISTRA O SEGUNDO MENOR SALDO DE EMPREGOS PARA O MÊS DE JUNHO DESDE 2002

SANTA CATARINA REGISTRA O SEGUNDO MENOR SALDO DE EMPREGOS PARA O MÊS DE JUNHO DESDE 2002 Informação e Análise do Mercado de Trabalho Informativo Mensal de Emprego CAGED nº 07/2012 1 23/07/2012 SANTA CATARINA REGISTRA O SEGUNDO MENOR SALDO DE EMPREGOS PARA O MÊS DE JUNHO DESDE 2002 Os dados

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE CAMPINAS

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE CAMPINAS OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE CAMPINAS Relatório Mensal: Análise do Mercado de Trabalho Formal da Região Metropolitana de Campinas 2003 a 2007 e junho de 2008 a maio de 2009 JULHO DE 2009 Termo de Contrato

Leia mais

SANTA CATARINA REGISTRA RECORDE NA CRIAÇÃO DE NOVAS VAGAS DE EMPREGO CELETISTAS PARA O MÊS DE MARÇO

SANTA CATARINA REGISTRA RECORDE NA CRIAÇÃO DE NOVAS VAGAS DE EMPREGO CELETISTAS PARA O MÊS DE MARÇO Informativo Caged nº 04/2012 16/04/2012 SANTA CATARINA REGISTRA RECORDE NA CRIAÇÃO DE NOVAS VAGAS DE EMPREGO CELETISTAS PARA O MÊS DE MARÇO Com a geração de quase dez mil vagas neste mês, o Estado obtém

Leia mais

Santa Catarina gera novos empregos formais em setembro

Santa Catarina gera novos empregos formais em setembro 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 SINE/SC - SISTEMA NACIONAL DE EMPREGO Informativo Caged nº 10/2011 18/10/2011 Santa Catarina gera 10.297 novos empregos formais

Leia mais

GRÁFICO 1: Evolução do Emprego com Carteira Assinada, saldo líquido em dezembro Santa Catarina,

GRÁFICO 1: Evolução do Emprego com Carteira Assinada, saldo líquido em dezembro Santa Catarina, Informativo Caged nº 01/2012 24/01/2012 SANTA CATARINA CONTABILIZA A GERAÇÃO DE 82.406 EMPREGOS FORMAIS EM 2011 Apesar do nível do emprego formal apresentar crescimento no ano passado, o mês de dezembro

Leia mais

Relatório Mensal sobre o Mercado de Trabalho Formal do Recife

Relatório Mensal sobre o Mercado de Trabalho Formal do Recife OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RECIFE Relatório Mensal sobre o Mercado de Trabalho Formal do Recife Contrato de Prestação de Serviços Nº 123 Prefeitura do Recife / DIEESE Maio de 2012 EXPEDIENTE DA SECRETARIA

Leia mais

Nível de Emprego Formal Celetista

Nível de Emprego Formal Celetista Nível de Emprego Formal Celetista Cadastro Geral de Empregados e Desempregados CAGED Abril de 2014 1 Geração de Empregos Formais Celetistas Total de Admissões em abril de 2014... 1.862.515 Total de Desligamentos

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA GRANDE VITÓRIA

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA GRANDE VITÓRIA OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA GRANDE VITÓRIA Relatório Mensal sobre o Mercado de Trabalho Formal dos Municípios da Região Metropolitana de Vitória Junho de 2009 Contrato de Prestação de Serviços Nº. 28/2008

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RIO GRANDE DO NORTE

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RIO GRANDE DO NORTE OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RIO GRANDE DO NORTE Relatório Mensal: Movimentação do emprego formal em agosto de 2010 no Rio Grande do Norte Contrato de Prestação de Serviços Nº. 011/2010 - SETHAS/DIEESE

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego nº05/2014

Informativo Mensal de Emprego nº05/2014 Informação e Análise do Mercado de Trabalho SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO DITE/SINE-SC SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE

Leia mais

Em junho foram criados empregos formais em Santa Catarina

Em junho foram criados empregos formais em Santa Catarina Informativo Caged nº 07/2009 16/07/2009 Em junho foram criados 1.121 empregos formais em Santa Catarina No 1º semestre foram abertas 11,7 mil vagas e foi o pior resultado para o acumulado no primeiro semestre

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RIO GRANDE DO NORTE

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RIO GRANDE DO NORTE OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RIO GRANDE DO NORTE Relatório Mensal: Movimentação do emprego formal em novembro de 2010 no Rio Grande do Norte Contrato de Prestação de Serviços Nº. 011/2010 - SETHAS/DIEESE

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego CAGED. Nº 2, fevereiro de 2014 Mês de referência: janeiro de Florianópolis, SC

Informativo Mensal de Emprego CAGED. Nº 2, fevereiro de 2014 Mês de referência: janeiro de Florianópolis, SC SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO Informativo Mensal de Emprego CAGED Nº 2, fevereiro

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE Análise do Mercado de Trabalho Formal em Porto Alegre Janeiro de 2013 Termo de Contrato Nº. 48918/2012 - Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego (SMTE) Secretaria

Leia mais

RELATÓRIO PESQUISAS INOVADORAS SOBRE O MERCADO DE TRABALHO DO MUNICÍPIO DE OSASCO - CONSTRUÇÃO CIVIL -

RELATÓRIO PESQUISAS INOVADORAS SOBRE O MERCADO DE TRABALHO DO MUNICÍPIO DE OSASCO - CONSTRUÇÃO CIVIL - PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO, TRABALHO E INCLUSÃO (SDTI) DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS (DIEESE) PROGRAMA OSASCO DIGITAL OBSERVATÓRIO

Leia mais

Boletim do Mercado de Trabalho Formal de Guarulhos Edição Junho/2011. Expediente da Secretaria do Trabalho da Prefeitura de Guarulhos

Boletim do Mercado de Trabalho Formal de Guarulhos Edição Junho/2011. Expediente da Secretaria do Trabalho da Prefeitura de Guarulhos Expediente da Secretaria do Trabalho da Prefeitura de Guarulhos Prefeito: Sebastião Almeida Secretária do Trabalho: Maria Helena Gonçalves Gestor de Departamento: José João Macedo Gerente Técnico da Qualificação

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RIO GRANDE DO NORTE. Movimentação do emprego formal no Rio Grande do Norte Abril de 2011

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RIO GRANDE DO NORTE. Movimentação do emprego formal no Rio Grande do Norte Abril de 2011 OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RIO GRANDE DO NORTE Movimentação do emprego formal no Rio Grande do Norte Abril de 2011 Contrato de Prestação de Serviços Nº. 011/2010 e 1º Termo Aditivo - SETHAS/DIEESE JUNHO

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - ABRIL/2015

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - ABRIL/2015 Saldo (Admissão - Desligamentos) Saldo (Admissão - Desligamentos) GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - ABRIL/215 1. Geração de Empregos no Brasil - Mercado de Trabalho volta a Demitir O Ministério do Trabalho

Leia mais

Relatório Mensal: A Movimentação do Mercado de Trabalho Formal no Município de Diadema Outubro de 2008

Relatório Mensal: A Movimentação do Mercado de Trabalho Formal no Município de Diadema Outubro de 2008 OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE DIADEMA Relatório Mensal: A Movimentação do Mercado de Trabalho Formal no Município de Diadema Outubro de 2008 Termo de Contrato Nº. 226/2007 NOVEMBRO de 2008 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego

Informativo Mensal de Emprego Informação e Análise do Mercado de Trabalho SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO Informativo

Leia mais

A Conjuntura do Emprego na Zona Sul

A Conjuntura do Emprego na Zona Sul Universidade Federal de Pelotas Instituto de Filosofia, Sociologia e Política OBSERVATÓRIO SOCIAL DO TRABALHO BOLETIM INFORMATIVO A Conjuntura do Emprego na Zona Sul (Novembro de 2014) Nº 12, Ano III -

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego nº 06/2014

Informativo Mensal de Emprego nº 06/2014 SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO Informativo Mensal de Emprego nº 06/2014 Mês de

Leia mais

MOVIMENTAÇÃO NACIONAL DO EMPREGO NO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA

MOVIMENTAÇÃO NACIONAL DO EMPREGO NO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA MOVIMENTAÇÃO NACIONAL DO EMPREGO NO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA São Paulo 211 Conteúdo INTRODUÇÃO... 3 1. MOVIMENTAÇÃO NACIONAL DO EMPREGO NO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego CAGED

Informativo Mensal de Emprego CAGED Informação e Análise do Mercado de Trabalho SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO Informativo

Leia mais

Boletim Mensal de Emprego Formal do Estado de São Paulo Fevereiro de 2016

Boletim Mensal de Emprego Formal do Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 2016 Boletim Mensal de Emprego Formal do Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 Balanço do trabalho formal para o Mês de Fevereiro de 2016 Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Estado de São Paulo.

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL SOBRE O MERCADO DE TRABALHO DO MUNICÍPIO DE OSASCO - NOVEMBRO DE

RELATÓRIO MENSAL SOBRE O MERCADO DE TRABALHO DO MUNICÍPIO DE OSASCO - NOVEMBRO DE PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO, TRABALHO E INCLUSÃO (SDTI) DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS (DIEESE) PROGRAMA OSASCO DIGITAL OBSERVATÓRIO

Leia mais

Resultados- Junho OUTUBRO 2011

Resultados- Junho OUTUBRO 2011 Resultados- Junho 2011 - OUTUBRO 2011 Crescimento do volume e receita nominal das vendas; evolução da massa de rendimentos dos ocupados; volume de crédito e inadimplência; dados sobre emprego formal, como

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RIO GRANDE DO NORTE. Movimentação do emprego formal no Rio Grande do Norte Janeiro de 2011

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RIO GRANDE DO NORTE. Movimentação do emprego formal no Rio Grande do Norte Janeiro de 2011 OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RIO GRANDE DO NORTE Movimentação do emprego formal no Rio Grande do Norte Janeiro de 2011 Contrato de Prestação de Serviços Nº. 011/2010 - SETHAS/DIEESE Março de 2011 EXPEDIENTE

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego CAGED. Nº 1, janeiro de 2013 Mês de referência: dezembro de 2012

Informativo Mensal de Emprego CAGED. Nº 1, janeiro de 2013 Mês de referência: dezembro de 2012 SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO Informativo Mensal de Emprego CAGED Nº 1, janeiro

Leia mais

MOVIMENTAÇÃO NACIONAL DO EMPREGO NO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA

MOVIMENTAÇÃO NACIONAL DO EMPREGO NO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA MOVIMENTAÇÃO NACIONAL DO EMPREGO NO SEGMENTO DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA São Paulo 2010 Sumário 1. Movimentação Nacional do Emprego no segmento da Arquitetura e Engenharia Consultiva 2010...

Leia mais

INFORMATIVO MENSAL DE EMPREGO CAGED

INFORMATIVO MENSAL DE EMPREGO CAGED SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO SINE/SC SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO INFORMATIVO MENSAL DE EMPREGO CAGED Nº

Leia mais

EMPREGO INDUSTRIAL SUMÁRIO EXECUTIVO EMPREGO MAIO DE 2013 A INDÚSTRIA FOI O SETOR QUE MAIS CONTRATOU EM MAIO E NO ACUMULADO DO ANO.

EMPREGO INDUSTRIAL SUMÁRIO EXECUTIVO EMPREGO MAIO DE 2013 A INDÚSTRIA FOI O SETOR QUE MAIS CONTRATOU EM MAIO E NO ACUMULADO DO ANO. EMPREGO INDUSTRIAL MAIO DE 2013 SUMÁRIO EXECUTIVO A INDÚSTRIA FOI O SETOR QUE MAIS CONTRATOU EM MAIO E NO ACUMULADO DO ANO. FORAM GERADAS 31.531 VAGAS ENTE JANEIRO E MAIO, correspondendo a um acréscimo

Leia mais

SÍNTESE DO COMPORTAMENTO DO MERCADO DE TRABALHO FORMAL EM ALAGOAS ABRIL DE 2015

SÍNTESE DO COMPORTAMENTO DO MERCADO DE TRABALHO FORMAL EM ALAGOAS ABRIL DE 2015 SÍNTESE DO COMPORTAMENTO DO MERCADO DE TRABALHO FORMAL EM ALAGOAS ABRIL DE 2015 Superintendência de Produção da Informação e do Conhecimento (SINC) Diretoria de Estatística e Indicadores Analisando os

Leia mais

ACOMPANHAMENTO E ANÁLISE MENSAL DO MERCADO DE TRABALHO NAS PRINCIPAIS CIDADES DA REGIÃO METROPOLITANA DE LONDRINA REFERÊNCIA DEZEMBRO 2016

ACOMPANHAMENTO E ANÁLISE MENSAL DO MERCADO DE TRABALHO NAS PRINCIPAIS CIDADES DA REGIÃO METROPOLITANA DE LONDRINA REFERÊNCIA DEZEMBRO 2016 Londrina, 20 de janeiro de 2017. NOTA À IMPRENSA ACOMPANHAMENTO E ANÁLISE MENSAL DO MERCADO DE TRABALHO NAS PRINCIPAIS CIDADES DA REGIÃO METROPOLITANA DE LONDRINA REFERÊNCIA DEZEMBRO 2016 Este acompanhamento

Leia mais

Emprego industrial 25 de Fevereiro de 2014 FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA. Indústria Janeiro/2014

Emprego industrial 25 de Fevereiro de 2014 FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA. Indústria Janeiro/2014 EMPREGO INDUSTRIAL Janeiro de 2014 Emprego industrial 25 de Fevereiro de 2014 FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA SUMÁRIO EXECUTIVO A INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO APRESENTOU O MELHOR DESEMPENHO

Leia mais

BOLETIM DO EMPREGO DE UBERLÂNDIA - MG. Ano 5 - Nº 15 - Dezembro/2016

BOLETIM DO EMPREGO DE UBERLÂNDIA - MG. Ano 5 - Nº 15 - Dezembro/2016 BOLETIM DO EMPREGO DE UBERLÂNDIA - MG Ano 5 - Nº 15 - Dezembro/2016 Publicação - Março/2017 APRESENTAÇÃO O Boletim do Emprego de Uberlândia, elaborado pelo Centro de Estudos, Pesquisas e Projetos Econômico-Sociais

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS no Estado do Rio de Janeiro Balanço de 2012

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS no Estado do Rio de Janeiro Balanço de 2012 NOTA CONJUNTURAL GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS no Estado do Rio de Janeiro Balanço de 2012 OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JANEIRO DE 2013 19 2013 PANORAMA GERAL Os

Leia mais

BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA. Ano 5 Nº 13 Maio/2016

BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA. Ano 5 Nº 13 Maio/2016 BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA Ano 5 Nº 13 Maio/2016 Apresentação O Boletim do Emprego em Uberlândia, elaborado pelo Centro de Estudos, Pesquisas e Projetos Econômico-sociais (CEPES) do Instituto de

Leia mais

EMPREGO INDUSTRIAL Novembro de 2013

EMPREGO INDUSTRIAL Novembro de 2013 EMPREGO INDUSTRIAL Novembro de 2013 Emprego industrial 02 de Janeiro de 2014 FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA SUMÁRIO EXECUTIVO A INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO APRESENTOU O SEGUNDO MELHOR

Leia mais

Relatório Trimestral sobre o Mercado de Trabalho Formal do Recife. Dezembro de 2011

Relatório Trimestral sobre o Mercado de Trabalho Formal do Recife. Dezembro de 2011 OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RECIFE Relatório Trimestral sobre o Mercado de Trabalho Formal do Recife Dezembro de 2011 Contrato de Prestação de Serviços Nº 123 Prefeitura do Recife / DIEESE Janeiro de 2012

Leia mais

EMPREGO INDUSTRIAL Dezembro de 2013

EMPREGO INDUSTRIAL Dezembro de 2013 EMPREGO INDUSTRIAL Dezembro de 2013 Emprego industrial 28 de Janeiro de 2014 FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA SUMÁRIO EXECUTIVO INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO - no acumulado do ano, foi

Leia mais

EMPREGO INDUSTRIAL SUMÁRIO EXECUTIVO EMPREGO FEVEREIRO DE Eego industrial FEVEREIRO DE 2013

EMPREGO INDUSTRIAL SUMÁRIO EXECUTIVO EMPREGO FEVEREIRO DE Eego industrial FEVEREIRO DE 2013 EMPREGO INDUSTRIAL FEVEREIRO DE 2013 FEVEREIRO DE 2013 Eego industrial SUMÁRIO EXECUTIVO O número de assalariados com carteira assinada da indústria de transformação catarinense cresceu 1,50% em fevereiro

Leia mais

Política de Valorização do Salário Mínimo: Salário mínimo de 2013 será de R$ 678,00

Política de Valorização do Salário Mínimo: Salário mínimo de 2013 será de R$ 678,00 Nota Técnica Número 118 dezembro 2012 Política de Valorização do Salário Mínimo: Salário mínimo de 2013 será de Salário mínimo de 2013 será de A partir de 1º de janeiro de 2013, o valor do salário mínimo

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE DIADEMA

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE DIADEMA OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE DIADEMA Relatório Mensal: A Movimentação do Mercado de Trabalho Formal no Município de Diadema Março de 2008 Termo de Contrato Nº. 226/2007 MAIO de 2008 SUMÁRIO Apresentação

Leia mais

Número 106 Dezembro de 2011 Revista e atualizada em Janeiro de Política de Valorização do Salário Mínimo:

Número 106 Dezembro de 2011 Revista e atualizada em Janeiro de Política de Valorização do Salário Mínimo: Número 106 Dezembro de 2011 Revista e atualizada em Janeiro de 2012 Política de Valorização do Salário Mínimo: Considerações sobre o valor a vigorar a partir de 1º de janeiro de 2012 Breve Histórico da

Leia mais

33ª Novembro de 2010

33ª Novembro de 2010 33ª Novembro de 2010 EXPEDIENTE DA FUNDAÇÃO SOCIAL DO TRABALHO DE CAMPO GRANDE PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE Nelson Trad Filho Prefeito Municipal Maria Antonieta Amorim Trad Secretária Munic. de

Leia mais

Emprego com carteira no RN tem primeiro saldo positivo depois de nove meses

Emprego com carteira no RN tem primeiro saldo positivo depois de nove meses Emprego com carteira no RN tem primeiro saldo positivo depois de nove meses Depois de nove meses com saldo negativo, o mercado de trabalho formal do Rio Grande do Norte criou 453 vagas com carteira assinada

Leia mais

BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA. Ano 4 Nº 12 Janeiro/2016

BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA. Ano 4 Nº 12 Janeiro/2016 BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA Ano 4 Nº 12 Janeiro/2016 Apresentação O Boletim do Emprego em Uberlândia, elaborado pelo Centro de Estudos, Pesquisas e Projetos Econômico-sociais (CEPES) do Instituto

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RECIFE

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RECIFE OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RECIFE RELATÓRIO DO PROCESSO DE DIÁLOGO SOCIAL COM OS CONSELHEIROS DA COMISSÃO MUNICIPAL DE EMPREGO DO RECIFE Contrato de Prestação de Serviços Nº 123 Prefeitura do Recife /

Leia mais

JUVENTUDE POR QUE MONITORAR INDICADORES DE JUVENTUDE? Juventude é um segmento da população brasileira de 15 a 29 anos caracterizado por representar um momento da vida com muitas inquietações e descobertas.

Leia mais

Geração de Empregos Celetistas no Ceará - 1º Semestre de 2014

Geração de Empregos Celetistas no Ceará - 1º Semestre de 2014 Enfoque Econômico é uma publicação do IPECE que tem por objetivo fornecer informações de forma imediata sobre políticas econômicas, estudos e pesquisas de interesse da população cearense. Por esse instrumento

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE DIADEMA

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE DIADEMA OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE DIADEMA Relatório Mensal: A Movimentação do Mercado de Trabalho Formal no Município de Diadema Maio de 2008 Termo de Contrato Nº. 226/2007 JUNHO de 2008 SUMÁRIO Apresentação

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE OSASCO. Análise do Mercado de Trabalho Formal em Osasco Dezembro de 2013

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE OSASCO. Análise do Mercado de Trabalho Formal em Osasco Dezembro de 2013 OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE OSASCO Análise do Mercado de Trabalho Formal em Osasco Dezembro de 2013 Termo de Contrato Nº. 074/2013 - Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão (SDTI) da Prefeitura

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS no Estado do Rio de Janeiro em 2013 FEVEREIRO DE 2014 RESUMO O país criou 730.687 novos postos de trabalho em 2013, desempenho este 16% menor do que o apresentado em 2012. No

Leia mais

ÍNDICE DESEMPREGO COM VIDA LONGA? EMPREGO FORMAL... 03

ÍNDICE DESEMPREGO COM VIDA LONGA? EMPREGO FORMAL... 03 CONSTRUÇÃO CIVIL EM ANÁLISE Nº 07 JULHO 2016 1 ÍNDICE DESEMPREGO COM VIDA LONGA?... 02 1 EMPREGO FORMAL... 03 1.1 SALDO MENSAL DE EMPREGO NA CONSTRUÇÃO CIVIL DO ESTADO DO PARÁ... 04 1.2 SALDO ANUAL DE

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS no Rio de Janeiro 3º trimestre de 2011 NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, OUTUBRO DE 2011 04 2011 A economia brasileira

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JULHO DE 2012

GERAÇÃO DE EMPREGOS NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JULHO DE 2012 GERAÇÃO DE EMPREGOS For no Rio de Janeiro 1º Semestre de 2012 NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JULHO DE 2012 13 2012 O ano de 2011 foi marcado

Leia mais

UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL OBSERVATÓRIO DO TRABALHO CARTA MENSAL DO MERCADO FORMAL DE TRABALHO DE AGOSTO DA REGIÃO DE INSERÇÃO DA UCS

UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL OBSERVATÓRIO DO TRABALHO CARTA MENSAL DO MERCADO FORMAL DE TRABALHO DE AGOSTO DA REGIÃO DE INSERÇÃO DA UCS UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL OBSERVATÓRIO DO TRABALHO CARTA MENSAL DO MERCADO FORMAL DE TRABALHO DE AGOSTO DA REGIÃO DE INSERÇÃO DA UCS 26 de setembro de 2016 APRESENTAÇÃO A carta do mercado formal de

Leia mais

Emprego Industrial Dezembro de 2014

Emprego Industrial Dezembro de 2014 Emprego Industrial Dezembro de 2014 SUMÁRIO EXECUTIVO No mês de dezembro de 2014, o saldo de empregos em Santa Catarina recuou em relação ao estoque de novembro (-36.691 postos e variação de -1,8%). A

Leia mais

Pesquisa Mensal de Atividade em Serviços. Junho de 2015

Pesquisa Mensal de Atividade em Serviços. Junho de 2015 Pesquisa Mensal de Atividade em Serviços Junho de 2015 Definições A Pesquisa de Emprego em Serviços é desenvolvida pela CNS/FESESP com base em dados do sistema RAIS- CAGED do Ministério do Trabalho e Emprego

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL SOBRE O MERCADO DE TRABALHO DO MUNICÍPIO DE OSASCO - OUTUBRO DE

RELATÓRIO MENSAL SOBRE O MERCADO DE TRABALHO DO MUNICÍPIO DE OSASCO - OUTUBRO DE PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO, TRABALHO E INCLUSÃO (SDTI) DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS (DIEESE) PROGRAMA OSASCO DIGITAL OBSERVATÓRIO

Leia mais

UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL OBSERVATÓRIO DO TRABALHO CARTA MENSAL DO MERCADO FORMAL DE TRABALHO DE OUTUBRO DA REGIÃO DE INSERÇÃO DA UCS

UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL OBSERVATÓRIO DO TRABALHO CARTA MENSAL DO MERCADO FORMAL DE TRABALHO DE OUTUBRO DA REGIÃO DE INSERÇÃO DA UCS UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL OBSERVATÓRIO DO TRABALHO CARTA MENSAL DO MERCADO FORMAL DE TRABALHO DE OUTUBRO DA REGIÃO DE INSERÇÃO DA UCS 24 de novembro de 2016 APRESENTAÇÃO A carta do mercado formal de

Leia mais

AGETRAB Agencia de Trabalho, Educação Profissional e Renda Dezembro -2015

AGETRAB Agencia de Trabalho, Educação Profissional e Renda Dezembro -2015 Análise Emprego Formal Macaé AGETRAB Agencia de Trabalho, Educação Profissional e Renda Dezembro -2015 Movimentação de pessoal - Macaé De acordo com os dados do CAGED em dezembro de 2015, foram admitidos

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE VITÓRIA

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE VITÓRIA OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE VITÓRIA A Inserção da Mulher no Mercado de Trabalho do Espírito Santo e Grande Vitória, entre as décadas de 1990 e 2000 Contrato de Prestação de Serviços Nº. 28/2008 - SETADES

Leia mais

Emprego Industrial Agosto de 2014

Emprego Industrial Agosto de 2014 Emprego Industrial Agosto de 2014 SUMÁRIO EXECUTIVO No mês de agosto de 2014, o saldo de emprego em Santa Catarina voltou a crescer (6.599 postos e variação de 0,3% em relação ao estoque de julho). A indústria

Leia mais

UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL NÚCLEO DE INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO (NID) OBSERVATÓRIO DO TRABALHO

UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL NÚCLEO DE INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO (NID) OBSERVATÓRIO DO TRABALHO UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL NÚCLEO DE INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO (NID) OBSERVATÓRIO DO TRABALHO CARTA MENSAL DO MERCADO FORMAL DE TRABALHO DE MAIO PARA A REGIÃO DE INSERÇÃO DA UCS 21 de junho de 2017

Leia mais

EMPREGO INDUSTRIAL Maio de 2014

EMPREGO INDUSTRIAL Maio de 2014 EMPREGO INDUSTRIAL Maio de 2014 EMPREGO INDUSTRIAL FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA SUMÁRIO EXECUTIVO O mercado de trabalho catarinense não cresceu em maio. A INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego nº 02 de Elaboração: Jerônimo Luiz Duarte Maia, Economista. Estevão Becker, Sociológo.

Informativo Mensal de Emprego nº 02 de Elaboração: Jerônimo Luiz Duarte Maia, Economista. Estevão Becker, Sociológo. SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO DITE SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO Informativo Mensal de Emprego nº 02 de 2016

Leia mais

EMPREGO INDUSTRIAL Junho de 2014

EMPREGO INDUSTRIAL Junho de 2014 EMPREGO INDUSTRIAL Junho de 2014 Emprego industrial FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA SUMÁRIO EXECUTIVO A INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO CATARINENSE fechou 1.344 postos de trabalho em junho,

Leia mais

72ª Fevereiro de 2014

72ª Fevereiro de 2014 72ª Fevereiro de 2014 EXPEDIENTE DA FUNDAÇÃO SOCIAL DO TRABALHO - FUNSAT PREFEITURA DE CAMPO GRANDE Alcides Jesus Peralta Bernal Prefeito de Campo Grande - MS Thaís Helena Vieira Rosa Gomes Secretária

Leia mais

Conjuntura do Desempenho do Turismo no Nordeste: 2002/14

Conjuntura do Desempenho do Turismo no Nordeste: 2002/14 FUNDAÇÃO CTI/NE Conjuntura do Desempenho do Turismo no Nordeste: 2002/14 Valdo Mesquita (SETUR/CE) Coordenador do GTP/CTI-NE Julho de 2015 Jeanine Pires Presidente da Fundação CTI/NE Roberto Pereira Secretário

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE CAMPINAS

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE CAMPINAS OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE CAMPINAS Relatório Mensal: Análise do Mercado de Trabalho Formal da Região Metropolitana de Campinas - Fevereiro de 2010 Termo de Contrato Nº. 65/2009 MARÇO DE 2010 PREFEITURA

Leia mais

Na comparação com o mesmo mês, foi o menor saldo de empregos da indústria de transformação para fevereiro desde 2010.

Na comparação com o mesmo mês, foi o menor saldo de empregos da indústria de transformação para fevereiro desde 2010. Sumário Executivo FEV/2016 No mês de fevereiro de 2016, o saldo de empregos em Santa Catarina aumentou em relação a janeiro (4.793 postos e variação de 0,2%). A indústria de transformação também teve desempenho

Leia mais

BOLETIM SINAIS DO MERCADO DE TRABALHO EM SAÚDE Belo Horizonte Ano 2 N.º 3 Ago/Set/Out 2000

BOLETIM SINAIS DO MERCADO DE TRABALHO EM SAÚDE Belo Horizonte Ano 2 N.º 3 Ago/Set/Out 2000 BOLETIM SINAIS DO MERCADO DE TRABALHO EM SAÚDE Belo Horizonte Ano 2 N.º 3 Ago/Set/Out 2000 PANORAMA SALARIAL PRIMEIRO SEMESTRE DE 2000 ESTAÇÃO DE PESQUISA DE SINAIS DE MERCADO NESCON - FM UFMG REDE OBSERVATÓRIO

Leia mais

GOVERNADOR DO ESTADO DO MARANHÃO

GOVERNADOR DO ESTADO DO MARANHÃO Not a Mer cado detr abal ho Janei r o-201 6 GOVERNADOR DO ESTADO DO MARANHÃO Flávio Dino de Castro e Costa SECRETÁRIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO Cynthia Celina de Carvalho Mota Lima PRESIDENTE

Leia mais

BOLETIM DO EMPREGO DE IJUÍ

BOLETIM DO EMPREGO DE IJUÍ BOLETIM DO EMPREGO DE IJUÍ Ano 2 - N 4 Abril 215 LEA Laboratório de Economia Aplicada Os dados divulgados mensalmente pelo Ministério do Trabalho e Emprego, através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados,

Leia mais

Participação dos Pequenos Negócios no Emprego

Participação dos Pequenos Negócios no Emprego Participação dos Pequenos Negócios no Emprego CAGED fevereiro/2013 2013. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae Todos os direitos reservados A reprodução não autorizada desta publicação,

Leia mais

BOLETIM DO EMPREGO DE UBERLÂNDIA

BOLETIM DO EMPREGO DE UBERLÂNDIA BOLETIM DO EMPREGO DE UBERLÂNDIA Centro de Estudos, Pesquisas e Projetos Econômico-Sociais CEPES Ano 2 - Nº 6 - Jan./214 APRESENTAÇÃO O Boletim do Emprego de Uberlândia - MG, elaborado pelo CEPES, tem

Leia mais

Emprego Industrial Setembro de 2014

Emprego Industrial Setembro de 2014 Emprego Industrial Setembro de 2014 SUMÁRIO EXECUTIVO No mês de setembro de 2014, o saldo do emprego voltou a crescer em Santa Catarina (7.033 postos e variação de 0,3% em relação ao estoque de agosto).

Leia mais

O setor de Serviços foi o maior gerador de empregos formais no mês de julho (1.372 postos), seguido da Construção Civil (564 postos).

O setor de Serviços foi o maior gerador de empregos formais no mês de julho (1.372 postos), seguido da Construção Civil (564 postos). EMPREGO INDUSTRIAL JULHO DE 2013 SUMÁRIO EXECUTIVO A INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO CATARINENSE APRESENTOU DIMINUIÇÃO DO EMPREGO EM JULHO. O número de demissões foi maior que o de admissões resultando em um

Leia mais

Queda expressiva no saldo de vagas no mercado de trabalho da Mesorregião Oeste em julho de 2015

Queda expressiva no saldo de vagas no mercado de trabalho da Mesorregião Oeste em julho de 2015 Publicação Mensal do Observa pelo Curso de Ciências Econômicas Unochapecó. V.07, Ano: 03 Queda expressiva no saldo de vagas no mercado de trabalho da Mesorregião Oeste em julho de 2015 Dada a importância

Leia mais

SUBSÍDIOS PARA A AÇÃO SINDICAL COMPORTAMENTO DO EMPREGO METALÚRGICO MARÇO DE 2011

SUBSÍDIOS PARA A AÇÃO SINDICAL COMPORTAMENTO DO EMPREGO METALÚRGICO MARÇO DE 2011 SUBSÍDIOS PARA A AÇÃO SINDICAL COMPORTAMENTO DO EMPREGO METALÚRGICO MARÇO DE 2011 ANÁLISE DOS RESULTADOS De acordo com os dados do Ministério do Trabalho e Emprego, de janeiro a dezembro de 2012 foram

Leia mais

Emprego Industrial Junho de 2015

Emprego Industrial Junho de 2015 Emprego Industrial Junho de 2015 SUMÁRIO EXECUTIVO No mês de junho de 2015, o saldo de empregos em Santa Catarina reduziu em relação ao estoque de maio (-7.922 postos e variação de -0,4%). A indústria

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE Análise do Mercado de Trabalho Formal em Porto Alegre Abril de 2012 Termo de Contrato Nº. 48918/2012 - Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego (SMTE) Secretaria

Leia mais

Emprego Industrial Julho de 2014

Emprego Industrial Julho de 2014 Emprego Industrial Julho de 2014 SUMÁRIO EXECUTIVO No acumulado do ano (jan-jul), a indústria de transformação foi a atividade econômica que mais gerou empregos em Santa Catarina (25.147), de um total

Leia mais