Mercado de Trabalho Formal do Recife

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mercado de Trabalho Formal do Recife"

Transcrição

1 Boletim Informativo Agosto 2011 Mercado de Trabalho Formal do Recife Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Em julho, foram gerados 140 mil postos de trabalho formais no Brasil Com 952 vagas, Recife foi a 3ª capital nordestina na geração de empregos Para o Brasil, o saldo em julho de 2011 é o quinto melhor resultado desde 1999, quando se observa a retomada sustentada da geração de empregos formais No Recife, foram criados novos postos de trabalho nos sete primeiros meses do ano, segundo melhor ano desde 2000 Nordeste teve o segundo melhor saldo do país e Pernambuco teve o melhor desempenho na região O setor dos Serviços foi o que mais gerou vagas em julho

2 Nesta edição 1 País teve expansão de 0,38% no estoque de empregos formais com saldo de vagas em julho. 2 Nordeste teve o segundo melhor saldo do país: vagas. 4 No acumulado dos sete primeiros meses do ano, Recife teve o segundo melhor ano. 3 Pernambuco gerou vagas em julho e foi o estado com melhor desempenho do Nordeste. 5 Saldo acumulado no ano é menor que o observado para Em julho, foram gerados 140 mil postos de trabalho formais no Brasil Em julho, o Brasil gerou um saldo positivo de postos de trabalho com carteira assinada no país, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED / MTE). Esse foi o quinto melhor resultado observado para o mês de julho desde 1999 e representa um crescimento de 0,48% em relação ao estoque de assalariados do mês anterior. Entretanto, se comparado ao mês de julho do ano anterior, observa-se uma retração de 22,7% (Gráfico 1). Na série ajustada, foram acumulados no ano vagas, crescimento de 4,43% do estoque de empregos formais. No mês de julho, o setor de Serviços liderou a geração de empregos formais com um saldo de (32,7% do total de vagas criadas). Em seguida veio o Comércio, com vagas (20,3%), a Construção Civil, com vagas (18,2%), e a Indústria de Transformação, com (16,8%). Todos os setores apresentaram saldos positivos. Gráfico 1 Evolução do saldo de vagas formais para meses de julho Brasil, Nota: A partir de 1996, o CAGED passa a utilizar a CNAE/95 com o intuito de compatibilizar os resultados do MTE com o de outros órgãos produtores de informação. Por isso, optou-se por esse ano para início da série histórica. Para o Brasil, o saldo em julho de 2011 é o quinto melhor resultado desde 1999, quando se observa a retomada sustentada da geração de empregos formais

3 BOLETIM INFORMATIVO AGO / 11 PÁGINA 3 Nordeste teve o segundo melhor saldo do país e Pernambuco teve o melhor desempenho na região A região Sudeste, mais uma vez, foi responsável pela maior parte do saldo: 49,2% das novas vagas. O Nordeste foi a segunda região que mais contribuiu para a geração de novas vagas formais no Brasil, com 19,6% dos postos criados (Tabela 1). Dentro do Nordeste, destaca-se o estado de Pernambuco como o maior gerador de novos postos de trabalho formais no mês de julho de 2011 (8.029 vagas), responsável por 29,2% das vagas criadas na região. Entre as capitais nordestinas, Recife teve o terceiro melhor desempenho com um saldo de 952 novas vagas formais geradas. Destaca-se que a capital pernambucana só foi responsável pela geração de 11,9% do saldo de empregos formais do estado no mês de julho. Já a Região Metropolitana de Recife respondeu por 30,8% (2.470 vagas) do total de novos postos de trabalho formais gerados no estado. Tabela 1 Saldo de vagas por localidades selecionadas, ordenado pelo saldo de jul/2011 Grandes Regiões, Capitais Nordestinas e PE, jun/2011, jul/2011 e acumulado no ano Com 952 vagas, Recife foi a 3ª capital nordestina na geração de empregos Localidade jul/11 jun/11 Acumulado no ano Com ajuste Sem ajuste Brasil Sudeste Nordeste Sul Norte Centro-Oeste Pernambuco Capitais Nordestinas Fortaleza - CE São Luís - MA Recife - PE Salvador - BA Aracaju - SE Teresina - PI Maceió - AL Natal - RN João Pessoa - PB

4 PÁGINA 4 BOLETIM INFORMATIVO AGO / 11 No Recife, foram criados novos postos de trabalho nos sete primeiros meses do ano, segundo melhor ano desde Recife teve saldo positivo de 952 postos em julho, resultado, sobretudo, do desempenho favorável do setor dos Serviços. Gráfico 2 Evolução do saldo de vagas formais para meses de julho Recife, O resultado, apesar de positivo, é apenas o quinto melhor desde o início dos anos 2000 e é 71,4% menor do que o mesmo período do ano anterior (Gráfico 2). Nos sete primeiros meses do ano, Recife detinha um saldo de novas vagas geradas, considerando-se os ajustes. O setor de atividade que mais contribuiu para o saldo em julho foi o setor dos Serviços, responsável por vagas. Em seguida aparece o setor de Serviços Industriais de Utilidade Pública com 233 vagas. Os setores de Comércio, Construção civil, Indústria de Transformação e Administração Pública tiveram redução de postos de trabalho em julho, o que influenciou um pouco no resultado do saldo de emprego formal neste mês (Tabela 2). Nos sete primeiros meses do ano, o setor de serviços sozinho gerou 93,3% das novas vagas formais no Recife, reafirmando a importância desse setor na economia municipal. Tabela 2 Saldo de vagas formais por setor de atividade Recife, jul/2011 e acumulado no ano O setor dos Serviços foi o que mais gerou vagas em julho Setor de atividade jul/11 Acumulado no ano (1) Adm. Desl. Saldo Adm. Desl. Saldo Extrativa Mineral Ind. de Transformação Serv. Ind. Util. Pública Construção Civil Comércio Serviços Adm. Pública Agropecuária Total (1) Valores com os ajustes dos resíduos e acertos da base.

5 BOLETIM INFORMATIVO NOV / 11 PÁGINA 5 Saldo do ano é pouco mais da metade do observado para igual período de 2010 No ano, sem o ajuste e acertos da base, Recife apresenta saldo de novos postos de trabalho formais, resultado 44,9% inferior ao mesmo período de Em 2009, o saldo foi positivo, porém bem menor do que o observado para 2011 (Gráfico 3). Vale destacar que este é o segundo melhor resultado do município para o acumulado dos setes primeiros meses de desde Gráfico 3 Evolução do saldo acumulado Recife, (1) Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez (1) Valores sem as declarações fora do prazo e os ajustes da base. Nota A partir de dezembro de 2010, o Ministério do Trabalho e Emprego passou a divulgar o saldo acumulado no ano já incluindo os resíduos de declarações entregues fora do prazo e os acertos realizados na base. Por isso, para comparações com anos anteriores são utilizados os dados sem os ajustes. Não havendo necessidade de se fazer comparações, utilizase o resultado com os ajustes do mês. EXPEDIENTE DA SECRETARIA DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO - Prefeito: João da Costa Bezerra Filho; Vice- Prefeito: Milton Coelho; Secretário: José Antonio Bertotti Júnior; Assessoria Executiva: Anita Lemos Dubeux; Núcleo de Promoção de Trabalho e Renda: Sérgio Campello. EXPEDIENTE DO DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS DIEESE - Direção Técnica - Diretor Técnico Clemente Ganz Lúcio; Coordenador de Estudos e Desenvolvimento: Ademir Figueiredo; Coordenador de Relações Sindicais: José Silvestre Prado de Oliveira; Coordenador de Pesquisas: Francisco José Couceiro de Oliveira; Coordenador de Educação: Nelson de Chueri Karam; Coordenadora Administrativa e Financeira: Rosana Freitas; Coordenação Geral do Projeto - Coordenador de Estudos e Desenvolvimento: Ademir Figueiredo; Supervisora dos Observatórios do Trabalho: Angela Maria Schwengber; Supervisor Regional do DIEESE/SE: Luis Moura; Técnica Responsável pelo Boletim: Juliana Bacelar de Araújo. Equipe Executora: DIEESE. DIEESE Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos. Rua Aurora, 957 Centro São Paulo SP CEP Fone: (11) Fax: (11)

Mercado de Trabalho Formal do Recife

Mercado de Trabalho Formal do Recife Boletim Informativo Novembro 2011 Mercado de Trabalho Formal do Recife Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Em outubro, foram gerados 126 mil postos de trabalho formais no Brasil

Leia mais

APRESENTAÇÃO DESTAQUES. 1. Índice de crescimento do emprego formal em Campinas é maior que na RMC (pág. 4)

APRESENTAÇÃO DESTAQUES. 1. Índice de crescimento do emprego formal em Campinas é maior que na RMC (pág. 4) Secretaria Municipal de Trabalho e Renda NOVEMBRO DE 2011 Boletim Informativo do Mercado de Trabalho em Campinas Dezembro de 2011 APRESENTAÇÃO A geração de postos de trabalho tem mostrado sinais de desaceleração

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RECIFE

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RECIFE OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RECIFE RELATÓRIO DO PROCESSO DE DIÁLOGO SOCIAL COM OS CONSELHEIROS DA COMISSÃO MUNICIPAL DE EMPREGO DO RECIFE Contrato de Prestação de Serviços Nº 123 Prefeitura do Recife /

Leia mais

Mercado de Trabalho Formal do Recife

Mercado de Trabalho Formal do Recife Boletim Informativo Abril 2012 Mercado de Trabalho Formal do Recife Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico O saldo de empregos no Brasil correspondeu a 111.746 postos formais O Recife

Leia mais

Mercado de Trabalho Formal do Recife

Mercado de Trabalho Formal do Recife Boletim Informativo Maio 2012 Mercado de Trabalho Formal do Recife Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Em abril, o saldo de empregos formais no Brasil foi de 216.974 novos postos

Leia mais

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Recife

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Recife Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Recife JULHO DE 2012 PÁGINA 2 BOLETIM INFORMATIVO JULHO/2012 Nesta edição 1 No Brasil,

Leia mais

Mercado de Trabalho Formal do Recife

Mercado de Trabalho Formal do Recife Boletim Informativo Outubro 2012 Mercado de Trabalho Formal do Recife Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Em setembro/12 o saldo de empregos formais no Brasil foi de 150.334 postos

Leia mais

CAGED - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

CAGED - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados CAGED - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados julho/15 21 de agosto de 2015 Secretaria de Política Econômica CRIAÇÃO LÍQUIDA DE POSTOS DE TRABALHO (variação mensal absoluta do emprego*) Critério

Leia mais

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus Dezembro 211 Foto: Valéria Bolognini PÁGINA 2 BOLETIM INFORMATIVO DEZ/11 O saldo acumulado no Brasil em 211 foi de 1.566 mil vagas. Segundo o

Leia mais

Mercado de Trabalho Formal do Recife

Mercado de Trabalho Formal do Recife Boletim Informativo Setembro 2012 Mercado de Trabalho Formal do Recife Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico O Brasil gerou mais 100.938 empregos formais em agosto/2012 Em agosto/12

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE OSASCO

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE OSASCO OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE OSASCO BOLETIM INFORMATIVO DO MERCADO DE TRABALHO FORMAL DE OSASCO JUNHO DE 2011 Contrato de Prestação de Serviços Nº. 068/2009 e 1º Termo Aditivo Nº. 010/2011 - Prefeitura

Leia mais

Política de Valorização do Salário Mínimo: Valor para 2014 será de R$ 724,00

Política de Valorização do Salário Mínimo: Valor para 2014 será de R$ 724,00 Nota Técnica Número 132 dezembro 2013 Política de Valorização do Salário Mínimo: Valor para 2014 será de Salário Mínimo de 2014 será de A partir de 1º de janeiro de 2014, o valor do Salário Mínimo passa

Leia mais

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus. Setembro 2011

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus. Setembro 2011 Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus Setembro 2011 PÁGINA 2 BOLETIM INFORMATIVO SET/11 Nesta edição 1 O saldo de emprego em setembro é de 209 mil postos. 2 Em Manaus, o saldo de

Leia mais

Saldo de Empregos Celetistas Cearense - Fevereiro de 2014

Saldo de Empregos Celetistas Cearense - Fevereiro de 2014 Enfoque Econômico é uma publicação do IPECE que tem por objetivo fornecer informações de forma imediata sobre políticas econômicas, estudos e pesquisas de interesse da população cearense. Por esse instrumento

Leia mais

Cesta Básica DIEESE/PROCON atinge o maior valor de sua história. Gráfico 1 Cesta Básica DIEESE/PROCON Valor Diário (EM URV/Real) 190,00 2º. Sem.

Cesta Básica DIEESE/PROCON atinge o maior valor de sua história. Gráfico 1 Cesta Básica DIEESE/PROCON Valor Diário (EM URV/Real) 190,00 2º. Sem. ANOTE Informativo Eletrônico do DIEESE Ano 4, N.º. 38 Maio de 2.003 1 CONJUNTURA Cesta Básica DIEESE/PROCON atinge o maior valor de sua história Calculada diariamente desde março de 1990, ou seja, a mais

Leia mais

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus. Outubro 2011

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus. Outubro 2011 Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal de Manaus Outubro 2011 PÁGINA 2 BOLETIM INFORMATIVO OUT/11 Nesta edição 1 O saldo de emprego no Brasil em outubro é de 126.143l postos. 2 O saldo de outubro

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE Análise do Mercado de Trabalho Formal em Porto Alegre Fevereiro de 2013 Termo de Contrato Nº. 48918/2012 - Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego (SMTE) Secretaria

Leia mais

País volta a gerar vagas em novembro

País volta a gerar vagas em novembro COMÉRCIO SE DESTACA ENTRE SETORES NO MÊS DE NOVEMBRO EM SETE LAGOAS Karina Moura Economista O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, registrou criação

Leia mais

ANÁLISE DOS EGRESSOS DO PROGRAMA BOLSA TRABALHO

ANÁLISE DOS EGRESSOS DO PROGRAMA BOLSA TRABALHO PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO, TRABALHO E INCLUSÃO (SDTI) DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS (DIEESE) PROGRAMA OSASCO DIGITAL OBSERVATÓRIO

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE CURITIBA

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE CURITIBA OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE CURITIBA Relatório Especial sobre a Mulher no Mercado de Trabalho de Curitiba-PR Contrato de Prestação de Serviços Nº. 17731/2007 - PMC / DIEESE MARÇO DE 2010 EXPEDIENTE DA

Leia mais

Nota Técnica Número 03 fevereiro 2013

Nota Técnica Número 03 fevereiro 2013 SINDIFERN Nota Técnica Número 03 fevereiro 2013 Arrecadação de ICMS no Estado do Rio Grande do Norte: uma análise da evolução em anos recentes Introdução O presente estudo dedica-se a informação e análise

Leia mais

Saldo positivo no mercado de trabalho em maio de 2013 Sete Lagoas gerou 474 vagas líquidas no ano. Adriana Noce 1 Karina Moura 2 Economistas

Saldo positivo no mercado de trabalho em maio de 2013 Sete Lagoas gerou 474 vagas líquidas no ano. Adriana Noce 1 Karina Moura 2 Economistas Saldo positivo no mercado de trabalho em maio de 2013 Sete Lagoas gerou 474 vagas líquidas no ano Adriana Noce 1 Karina Moura 2 Economistas O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

Corte de postos de trabalho nos bancos privados continua no 1º semestre de 2014

Corte de postos de trabalho nos bancos privados continua no 1º semestre de 2014 Número 6 Setembro/2014 1º semestre de 2014 Corte de postos de trabalho nos bancos privados continua no 1º semestre de 2014 Rede Bancários 2 DESEMPENHO DOS BANCOS DESEMPENHO DOS BANCOS 1º semestre de 2014

Leia mais

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego 1º semestre de 2015 - Brasil. Dieese. Subseção Força Sindical. Elaboração: 21/07/2015

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego 1º semestre de 2015 - Brasil. Dieese. Subseção Força Sindical. Elaboração: 21/07/2015 INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego 1º semestre de 2015 - Brasil Dieese. Subseção Força Sindical Elaboração: 21/07/2015 De acordo com os dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Leia mais

Economia para Trabalhadores,

Economia para Trabalhadores, Economia para Trabalhadores Ano 3, Edição XXXII Novembro de 2015 Nesta edição: Resumo de Conjuntura Econômica Resumo de Indicadores do Mercado de Trabalho Atividade Industrial no Atividade Industrial em

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE Análise do Mercado de Trabalho Formal em Porto Alegre Maio de 2012 Termo de Contrato Nº. 48918/2012 - Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego (SMTE) Secretaria

Leia mais

CONTRATO Nº 068/2009 RELATÓRIO MENSAL SOBRE O MERCADO DE TRABALHO DO MUNICÍPIO DE OSASCO - MARÇO DE 2011 -

CONTRATO Nº 068/2009 RELATÓRIO MENSAL SOBRE O MERCADO DE TRABALHO DO MUNICÍPIO DE OSASCO - MARÇO DE 2011 - PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO, TRABALHO E INCLUSÃO (SDTI) DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS (DIEESE) PROGRAMA OSASCO DIGITAL OBSERVATÓRIO

Leia mais

Emprego Formal do Estado do Amazonas Novembro 2015

Emprego Formal do Estado do Amazonas Novembro 2015 GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação - SEPLANCTI Emprego Formal do Estado do Amazonas Novembro 2015 MANAUS AMAZONAS 2015 GOVERNADOR

Leia mais

EVOLUÇÃO DO EMPREGO POR SUBSETORES DE ATIVIDADES ECONÔMICAS ESPÍRITO SANTO - SALDO DE EMPREGOS

EVOLUÇÃO DO EMPREGO POR SUBSETORES DE ATIVIDADES ECONÔMICAS ESPÍRITO SANTO - SALDO DE EMPREGOS EVOLUÇÃO DO EMPREGO POR SUBSETORES DE ATIVIDADES ECONÔMICAS ESPÍRITO SANTO - SALDO DE EMPREGOS O Ministério do Trabalho e Emprego divulgou o saldo de empregos dos principais setores da economia, através

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL SOBRE O MERCADO DE TRABALHO DO MUNICÍPIO DE OSASCO - JULHO A SETEMBRO DE 2010 -

RELATÓRIO TRIMESTRAL SOBRE O MERCADO DE TRABALHO DO MUNICÍPIO DE OSASCO - JULHO A SETEMBRO DE 2010 - PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO, TRABALHO E INCLUSÃO (SDTI) DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS (DIEESE) PROGRAMA OSASCO DIGITAL OBSERVATÓRIO

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

Ano V Nº 19 Maio de 2011

Ano V Nº 19 Maio de 2011 V Nº 19 Maio de 2011 Estudo comparativo do valor e do reajuste do vale refeição pago aos Servidores do TJMG com o salário mínimo, a cesta básica e o IPCA-IBGE SIND SERV da Justiça de Segunda Instância

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE Estudo Temático: Análise do Mercado de Trabalho Formal em Porto Alegre Relatório Especial RAIS 2011 Termo de Contrato Nº. 48918/2012 Secretaria Municipal de Trabalho

Leia mais

ESTUDO TEMÁTICO SOBRE O PERFIL DOS BENEFICIÁRIOS DO PROGRAMA CAPACITAÇÃO OCUPACIONAL NO MUNICÍPIO DE OSASCO

ESTUDO TEMÁTICO SOBRE O PERFIL DOS BENEFICIÁRIOS DO PROGRAMA CAPACITAÇÃO OCUPACIONAL NO MUNICÍPIO DE OSASCO PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO, TRABALHO E INCLUSÃO (SDTI) DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS (DIEESE) PROGRAMA OSASCO DIGITAL OBSERVATÓRIO

Leia mais

Relatório Mensal sobre o Mercado de Trabalho Formal do Recife. Outubro de 2011

Relatório Mensal sobre o Mercado de Trabalho Formal do Recife. Outubro de 2011 OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RECIFE Relatório Mensal sobre o Mercado de Trabalho Formal do Recife Outubro de 2011 Contrato de Prestação de Serviços Nº 123 Prefeitura do Recife / DIEESE Novembro de 2011

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

Aumenta a taxa de desemprego

Aumenta a taxa de desemprego PED JANEIRO DE 2012 PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO DIVULGAÇÃO N o 326 Aumenta a taxa de desemprego Diminui o nível de ocupação na Indústria e no Comércio Pequeno crescimento

Leia mais

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego Fevereiro de 2015 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 19/03/2015

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego Fevereiro de 2015 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 19/03/2015 INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego Fevereiro de 2015 - Brasil Subseção Dieese Força Sindical Elaboração: 19/03/2015 Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Leia mais

RELATÓRIO SETORIAL SINDUSCOM/SL Março/2012

RELATÓRIO SETORIAL SINDUSCOM/SL Março/2012 RELATÓRIO SETORIAL SINDUSCOM/SL Março/212 1. Movimentação do Emprego Análise da movimentação do emprego conforme Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) dos setores de Madeira e Mobiliário:

Leia mais

BOLETIM EMPREGO Setembro 2014

BOLETIM EMPREGO Setembro 2014 Introdução A seguir são apresentados os últimos resultados disponíveis sobre o emprego no Brasil, com foco no ramo Metalúrgico. Serão utilizadas as bases de dados oficiais, são elas: a RAIS (Relação Anual

Leia mais

Política de Valorização do Salário Mínimo:

Política de Valorização do Salário Mínimo: Nota Técnica Número 143 janeiro 2015 Política de Valorização do Salário Mínimo: Salário Mínimo de 2015 fixado em R$ 788,00 Salário Mínimo de 2015 será de R$ 788,00 A partir de 1º de janeiro de 2015, o

Leia mais

Custo da Cesta Básica aumenta em todas as cidades

Custo da Cesta Básica aumenta em todas as cidades 1 São Paulo, 16 de fevereiro de 2016 NOTA à IMPRENSA Custo da Cesta Básica aumenta em todas as cidades A partir de janeiro de 2016, o DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos)

Leia mais

Nº 72 Julho de 2014. Balanço dos Pisos Salariais Negociados em 2013

Nº 72 Julho de 2014. Balanço dos Pisos Salariais Negociados em 2013 Nº 72 Julho de 2014 Balanço dos Pisos Salariais Negociados em 2013 Balanço dos pisos salariais negociados em 2013 Pelo nono ano consecutivo, o DIEESE Departamento Intersindical de Estatística e Estudos

Leia mais

Conjuntura - Saúde Suplementar

Conjuntura - Saúde Suplementar Conjuntura - Saúde Suplementar 25º Edição - Abril de 2014 SUMÁRIO Conjuntura - Saúde Suplementar Apresentação 3 Seção Especial 5 Nível de Atividade 8 Emprego 9 Emprego direto em planos de saúde 10 Renda

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO. SECRETÁRIO DE ESTADO Rafael de Góes Brito. SECRETÁRIO ADJUNTO Lailson Ferreira Gomes

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO. SECRETÁRIO DE ESTADO Rafael de Góes Brito. SECRETÁRIO ADJUNTO Lailson Ferreira Gomes ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DO TRABALHO E EMPREGO Rua: Dr. Silvério Jorge, 368 Jaraguá - Maceió - AL - CEP 57022-110 Fone: (82) 3315-1872 - CNPJ: 03.589.899/0001-18 OBSERVATÓRIO DO TRABALHO SECRETÁRIO

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA RELEASE JUNHO DE 2011 DADOS CAGED Convênio Nº 004/2011 SETRE-BA e DIEESE Julho de 2011 EXPEDIENTE DA SECRETARIA DO TRABALHO, EMPREGO, RENDA E ESPORTE DO GOVERNO DO ESTADO

Leia mais

1. Evolução do Emprego Celetista

1. Evolução do Emprego Celetista Enfoque Econômico é uma publicação do IPECE que tem por objetivo fornecer informações de forma imediata sobre políticas econômicas, estudos e pesquisas de interesse da população cearense. Por esse instrumento

Leia mais

RELATÓRIO AVALIATIVO DA QUALIDADE DA BASE DE DADOS DO SISTEMA DE CADASTRO ÚNICO MUNICIPAL

RELATÓRIO AVALIATIVO DA QUALIDADE DA BASE DE DADOS DO SISTEMA DE CADASTRO ÚNICO MUNICIPAL PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO, TRABALHO E INCLUSÃO (SDTI) DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS (DIEESE) PROGRAMA OSASCO DIGITAL OBSERVATÓRIO

Leia mais

Março de 2016 Número 155. Inflação: comportamento dos preços administrados na vida das famílias paulistanas

Março de 2016 Número 155. Inflação: comportamento dos preços administrados na vida das famílias paulistanas Março de 2016 Número 155 Inflação: comportamento dos preços administrados na vida das famílias paulistanas Inflação: comportamento dos preços administrados na vida das famílias paulistanas Em 2015, a taxa

Leia mais

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego - Ano de 2014 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 23/01/15

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego - Ano de 2014 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 23/01/15 INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego - Ano de 2014 - Brasil Subseção Dieese Força Sindical Elaboração: 23/01/15 Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged),

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica Outubro Tema: Emprego

Boletim de Conjuntura Econômica Outubro Tema: Emprego Boletim de Conjuntura Econômica Outubro Tema: Emprego Brasil Atinge mais de 2 milhões de Emprego em 2010 Setor de Serviços lidera com 35% dos empregos Gerados no período Em setembro foram gerados 246.875

Leia mais

Tendências importantes para o spread e inadimplência

Tendências importantes para o spread e inadimplência Tendências importantes para o spread e inadimplência A inadimplência confirma mínima histórica em 3,0% e o spread bancário volta a se elevar, alcançando 13,1%. Os dois movimentos são os principais destaques

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego

Informativo Mensal de Emprego Informação e Análise do Mercado de Trabalho SECRETARIA DE ESTADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL, TRABALHO E HABITAÇÃO SST DIRETORIA DE TRABALHO E EMPREGO SETOR DE INFORMAÇÃO E ANÁLISE DO MERCADO DE TRABALHO Informativo

Leia mais

CAGED REGISTRA A CRIAÇÃO DE 2.999 VAGAS NO MÊS DE JUNHO

CAGED REGISTRA A CRIAÇÃO DE 2.999 VAGAS NO MÊS DE JUNHO Informativo Caged nº 07/2011 19/07/2011 CAGED REGISTRA A CRIAÇÃO DE 2.999 VAGAS NO MÊS DE JUNHO No primeiro semestre foram criados 54.386 postos de trabalho em Santa Catarina Em junho, o emprego com carteira

Leia mais

Análise do Mercado de Trabalho Formal em Manaus

Análise do Mercado de Trabalho Formal em Manaus OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE MANAUS Análise do Mercado de Trabalho Formal em Manaus Termo de Contrato Nº. 005/2011 SEMTRAD e DIEESE ABRIL DE 2011 SECRETARIA MUNICIPAL DE TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Leia mais

Boletim Econômico e do Setor Portuário. Sumário

Boletim Econômico e do Setor Portuário. Sumário Boletim Econômico e do Setor Portuário Junho de 2014 Sumário Indicadores da Economia Nacional... 2 O Produto Interno Bruto PIB no primeiro trimestre de 2014... 2 Os Índices de Inflação... 3 O Mercado de

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO DE DESENVOLVIMENTO

RELATÓRIO TÉCNICO DE DESENVOLVIMENTO CONSOLIDAÇÃO DO SISTEMA ESTATÍSTICO PED E DESENHO DE NOVOS INDICADORES E LEVANTAMENTOS RELATÓRIO TÉCNICO DE DESENVOLVIMENTO META C - APRIMORAR SISTEMA DE DIVULGAÇÃO E DISPONIBILIZAÇÃO DAS INFORMAÇÕES C2.

Leia mais

Relatório Trimestral de Supervisão das Bases de Dados Desempenho das Atividades: Janeiro a Março de 2007

Relatório Trimestral de Supervisão das Bases de Dados Desempenho das Atividades: Janeiro a Março de 2007 Relatório Trimestral de Supervisão das Bases de Dados Desempenho das Atividades: Janeiro a Março de 2007 Convênio MTE/SPPE/CODEFAT 098/2005 Primeiro Termo Aditivo RELATÓRIO TRIMESTRAL DE SUPERVISÃO DAS

Leia mais

BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA. Ano 3 Nº 7 Maio/2014

BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA. Ano 3 Nº 7 Maio/2014 BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA Ano 3 Nº 7 Maio/2014 Apresentação O Boletim do Emprego em Uberlândia, elaborado pelo Centro de Estudos, Pesquisas e Projetos Econômico-sociais (CEPES) do Instituto de Economia

Leia mais

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE:

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Lista de Siglas do Pa CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Boletim Ano VI - Edição nº 2/211 Boletim Ano VI - Edição nº 1 / 211 Painel de Indicador Nº 2/215 Técnicos Responsáv

Leia mais

UMA BREVE DESCRIÇÃO DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL, DESTACANDO O EMPREGO FORMAL E OS ESTABELECIMENTOS NO NORDESTE

UMA BREVE DESCRIÇÃO DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL, DESTACANDO O EMPREGO FORMAL E OS ESTABELECIMENTOS NO NORDESTE UMA BREVE DESCRIÇÃO DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL, DESTACANDO O EMPREGO FORMAL E OS ESTABELECIMENTOS NO NORDESTE GEPETIS - Grupo de Estudos e Pesquisas em Espaço, Trabalho, Inovação e Sustentabilidade

Leia mais

Energia Elétrica: Previsão da Carga dos Sistemas Interligados 2 a Revisão Quadrimestral de 2004

Energia Elétrica: Previsão da Carga dos Sistemas Interligados 2 a Revisão Quadrimestral de 2004 Energia Elétrica: Previsão da Carga dos Sistemas Interligados 2 a Revisão Quadrimestral de 2004 Período 2004/2008 INFORME TÉCNICO PREPARADO POR: Departamento de Estudos Energéticos e Mercado, da Eletrobrás

Leia mais

Celso Petrucci Economista pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado FECAP Iniciou as atividades em crédito imobiliário em 1976, na Diretoria

Celso Petrucci Economista pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado FECAP Iniciou as atividades em crédito imobiliário em 1976, na Diretoria Celso Petrucci Economista pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado FECAP Iniciou as atividades em crédito imobiliário em 1976, na Diretoria de Programas Habitacionais da Nossa Caixa/Nosso Banco;

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA. RELEASE Agosto de 2013 DADOS CAGED Contrato nº. 165/2012 SETRE-BA e DIEESE

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA. RELEASE Agosto de 2013 DADOS CAGED Contrato nº. 165/2012 SETRE-BA e DIEESE OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA RELEASE Agosto de 2013 DADOS CAGED Contrato nº. 165/2012 SETRE-BA e DIEESE Setembro de 2013 EXPEDIENTE DA SECRETARIA DO TRABALHO, EMPREGO, RENDA E ESPORTE DO GOVERNO DO

Leia mais

Boletim Informativo Emprego em Guarulhos nos primeiros 7 meses de 2014

Boletim Informativo Emprego em Guarulhos nos primeiros 7 meses de 2014 Boletim Informativo Emprego em Guarulhos nos primeiros 7 meses de 2014 2 Boletim Informativo - Emprego Janeiro a Julho de 2014 Análise e Redação Dr. Devanido Damião Suporte Técnico Priscila Aguiar, Valdir

Leia mais

Tabela 1 - OPERACOES DE CREDITO (milhões de R$) Ano I Nov/13. Fonte: ESTBAN, Banco Central do Brasil

Tabela 1 - OPERACOES DE CREDITO (milhões de R$) Ano I Nov/13. Fonte: ESTBAN, Banco Central do Brasil De acordo com a Estatística Bancária por Município (ESTBAN), divulgada pelo Banco Central, o saldo das operações de crédito, em agosto desse ano, chegou a R$ 2,320 trilhões no país, um crescimento de 10,9%

Leia mais

Pesquisa e estudo para promoção do desenvolvimento local, empreendedorismo e economia solidária no Município de Santo André Contrato n.

Pesquisa e estudo para promoção do desenvolvimento local, empreendedorismo e economia solidária no Município de Santo André Contrato n. Pesquisa e estudo para promoção do desenvolvimento local, empreendedorismo e economia solidária no Município de Santo André Contrato n. 443/06-PJ Produto 1.2. Relatório detalhado da oficina Março de 2007

Leia mais

Notas sobre a divulgação do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) JUNHO/2010

Notas sobre a divulgação do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) JUNHO/2010 Notas sobre a divulgação do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) JUNHO/2010 Dados divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego para junho de 2010 confirmam a recuperação do emprego

Leia mais

Emprego Santander 2012 Síntese das movimentações. Elaboração: DIEESE

Emprego Santander 2012 Síntese das movimentações. Elaboração: DIEESE Emprego Santander 2012 Síntese das movimentações Fonte: Recibos do CAGED e dados fornecidos pelo Banco Santander Brasil, por determinação do Ministério Público do Trabalho 10ª Região Mediação nº 001129/2012

Leia mais

Cresce o emprego formal em todos os setores de atividade

Cresce o emprego formal em todos os setores de atividade 6 jul 2006 Nº 3 Cresce o emprego formal em todos os setores de atividade Por Antonio Marcos Ambrozio Economista da Secr. de Assuntos Econômicos Recuperação dos Houve um postos de trabalho grande aumento

Leia mais

MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015

MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015 MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015 Situação da microcefalia no Brasil Até 21 de novembro, foram notificados 739 casos suspeitos de microcefalia, identificados em 160 municípios de nove

Leia mais

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Rio Grande do Norte MAIO DE 2011

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Rio Grande do Norte MAIO DE 2011 OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RIO GRANDE DO NORTE Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Rio Grande do Norte MAIO DE 2011 Contrato Nº. 011/2010 e 1º Termo Aditivo SETHAS / DIEESE GOVERNO DO

Leia mais

Número 84 Agosto de 2009. O emprego no setor do comércio e a crise internacional

Número 84 Agosto de 2009. O emprego no setor do comércio e a crise internacional Número 84 Agosto de 2009 O emprego no setor do comércio e a crise internacional O emprego no setor do comércio e a crise internacional Desde agosto de 2007, o mundo vem se deparando com uma crise financeira

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RORAIMA OUTUBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RORAIMA OUTUBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RORAIMA OUTUBRO DE 2015 DADOS GERAIS DO ESTADO DA RORAIMA Total Part % Brasil Part % Região Área Total - km² 224.118 2,64% 5,82% População - mil (1)

Leia mais

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Rio Grande do Norte ABRIL DE 2011

Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Rio Grande do Norte ABRIL DE 2011 OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DO RIO GRANDE DO NORTE Boletim informativo do Mercado de Trabalho Formal do Rio Grande do Norte ABRIL DE 2011 Contrato Nº. 011/2010 e 1º Termo Aditivo SETHAS / DIEESE GOVERNO DO

Leia mais

Abril/2014 - BRASIL. Análise do emprego. Brasil Abril/2014

Abril/2014 - BRASIL. Análise do emprego. Brasil Abril/2014 Abril/2014 - BRASIL Análise do emprego Brasil Abril/2014 2014. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae Todos os direitos reservados A reprodução não autorizada desta publicação,

Leia mais

75,4. 1,95 mulher, PNAD/08) Taxa de analfabetismo (15 anos ou mais em %) 4,4% População urbana 5.066.324

75,4. 1,95 mulher, PNAD/08) Taxa de analfabetismo (15 anos ou mais em %) 4,4% População urbana 5.066.324 SEMINÁRIO ESTRUTURA E PROCESSO DA NEGOCIAÇÃO COLETIVA CONJUNTURA DO SETOR RURAL E MERCADODETRABALHOEMSANTA DE EM CATARINA CONTAG CARACTERÍSTICAS C C S GERAIS CARACTERÍSTICA GERAIS DE SANTA CATARINA Área

Leia mais

O saldo de empregos no Brasil é o segundo maior em janeiro

O saldo de empregos no Brasil é o segundo maior em janeiro Expediente da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Governo do Estado da Bahia Governador Jaques Wagner Vice-Governador Otto Alencar Secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte Nilton

Leia mais

Informativo Mensal de Emprego CAGED nº 08/2012 1 16/08/2012

Informativo Mensal de Emprego CAGED nº 08/2012 1 16/08/2012 Informação e Análise do Mercado de Trabalho Informativo Mensal de Emprego CAGED nº 08/2012 1 16/08/2012 EM SANTA CATARINA SÃO CRIADAS 3.227 VAGAS DE EMPREGO EM JULHO Com isso se interrompe a trajetória

Leia mais

XVIIIª. Conjuntura, perspectivas e projeções: 2014-2015

XVIIIª. Conjuntura, perspectivas e projeções: 2014-2015 XVIIIª Conjuntura, perspectivas e projeções: 2014-2015 Recife, 18 de dezembro de 2014 Temas que serão discutidos na XVIII Análise Ceplan: 1. A economia em 2014: Mundo Brasil Nordeste, com ênfase em Pernambuco

Leia mais

RELATÓRIO PESQUISAS INOVADORAS SOBRE O MERCADO DE TRABALHO DO MUNICÍPIO DE OSASCO - PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E MERCADO DE TRABALHO -

RELATÓRIO PESQUISAS INOVADORAS SOBRE O MERCADO DE TRABALHO DO MUNICÍPIO DE OSASCO - PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E MERCADO DE TRABALHO - PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO, TRABALHO E INCLUSÃO (SDTI) DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS (DIEESE) PROGRAMA OSASCO DIGITAL OBSERVATÓRIO

Leia mais

Gráfico 01: Estados brasileiros - Evolução do emprego formal - primeiro semestre de 2014 Variação relativa (%)

Gráfico 01: Estados brasileiros - Evolução do emprego formal - primeiro semestre de 2014 Variação relativa (%) 1,96 1,96 1,76 1,73 1,54 1,47 1,37 0,92 0,85 0,74 0,50 0,46 0,31 Nº 17 / 14 Embora o cenário macroeconômico aponte perda de dinamismo para setores importantes da economia brasileira, os resultados do emprego

Leia mais

Número 25 Junho 2006 NOTA TÉCNICA INCENTIVO À FORMALIZAÇÃO DO EMPREGO DOMÉSTICO

Número 25 Junho 2006 NOTA TÉCNICA INCENTIVO À FORMALIZAÇÃO DO EMPREGO DOMÉSTICO Número 25 Junho 2006 NOTA TÉCNICA INCENTIVO À FORMALIZAÇÃO DO EMPREGO DOMÉSTICO Incentivo à formalização do emprego doméstico No Brasil, no ano de 2004, 6,5 milhões de pessoas trabalhavam com empregados

Leia mais

Geração de Emprego Formal no NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JULHO DE 2011

Geração de Emprego Formal no NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JULHO DE 2011 Geração de Emprego Formal no RIO DE JANEIRO NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JULHO DE 211 1 211 O crescimento da economia fluminense nos últimos

Leia mais

Boletim n.º 29 Caged MS 10/2015

Boletim n.º 29 Caged MS 10/2015 Boletim n.º 29 Caged MS 10/2015 OBSERVATÓRIO DO MERCADO DE TRABALHO DE MATO GROSSO DO SUL 1 Reinaldo Azambuja Silva Governador de Mato Grosso do Sul Rosiane Modesto de Oliveira Secretária de Estado de

Leia mais

ECONOMIA PARANAENSE Evolução do emprego e renda na economia brasileira e paranaense: 2003-2007

ECONOMIA PARANAENSE Evolução do emprego e renda na economia brasileira e paranaense: 2003-2007 ECONOMIA PARANAENSE Evolução do emprego e renda na economia brasileira e paranaense: 2003-2007 1. Introdução Marcio José Vargas da Cruz * Luciano Nakabashi ** Beatrice Aline Zimmermann *** O objetivo do

Leia mais

CRESCE O DESEMPREGO NA GRANDE FORTALEZA

CRESCE O DESEMPREGO NA GRANDE FORTALEZA PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 1 MARÇO DE 2015 Ano 8 Divulgação Nº03 CRESCE O DESEMPREGO NA GRANDE FORTALEZA As informações captadas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego

Leia mais

Comércio em 2013 Um balanço dos principais indicadores

Comércio em 2013 Um balanço dos principais indicadores Junho de 2014 número 6 Comércio em 2013 Um balanço dos principais indicadores Com o objetivo de subsidiar os dirigentes sindicais para as negociações salariais, a Rede Comerciários do DIEESE (Departamento

Leia mais

Conjuntura do Desempenho do Turismo no Nordeste: 2002/11

Conjuntura do Desempenho do Turismo no Nordeste: 2002/11 FUNDAÇÃO CTI/NE Conjuntura do Desempenho do Turismo no Nordeste: 2002/11 Valdo Mesquita Coordenador do GTP/CTI-NE Janeiro de 2012 Danielle Govas Pimenta Novis Presidente da Fundação CTI/NE Roberto Pereira

Leia mais

Programa de Requalificação de UBS. Março/2015

Programa de Requalificação de UBS. Março/2015 Programa de Requalificação de UBS Março/2015 PROGRAMA DE REQUALIFICAÇÃO DE UBS Instituído no ano de 2011 OBJETIVOS: Criar incentivo financeiro para as UBS Contribuir para estruturação e o fortalecimento

Leia mais

ESCRITÓRIO TÉCNICO DE ESTUDOS ECONÔMICOS DO NORDESTE ETENE INFORME RURAL ETENE PRODUÇÃO E ÁREA COLHIDA DE CANA DE AÇÚCAR NO NORDESTE.

ESCRITÓRIO TÉCNICO DE ESTUDOS ECONÔMICOS DO NORDESTE ETENE INFORME RURAL ETENE PRODUÇÃO E ÁREA COLHIDA DE CANA DE AÇÚCAR NO NORDESTE. O nosso negócio é o desenvolvimento ESCRITÓRIO TÉCNICO DE ESTUDOS ECONÔMICOS DO NORDESTE ETENE INFORME RURAL ETENE PRODUÇÃO E ÁREA COLHIDA DE CANA DE AÇÚCAR NO NORDESTE Ano 4 200 Nº 20 O nosso negócio

Leia mais

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,8 21-Jul-00 Real 0,6493 Sem frete - PIS/COFINS

Leia mais

BOLETIM CONJUNTURAL BOLETIM COMÉRCIO VAREJISTA DE PERNAMBUCO: AGOSTO DE 2014 (MÊS DE REFERÊNCIA: JUNHO DE 2014) INSTITUTO FECOMÉRCIO - PE 3

BOLETIM CONJUNTURAL BOLETIM COMÉRCIO VAREJISTA DE PERNAMBUCO: AGOSTO DE 2014 (MÊS DE REFERÊNCIA: JUNHO DE 2014) INSTITUTO FECOMÉRCIO - PE 3 Boletim Conjuntural Junho / 2014 BOLETIM CONJUNTURAL BOLETIM COMÉRCIO VAREJISTA DE PERNAMBUCO: AGOSTO DE 2014 (MÊS DE REFERÊNCIA: JUNHO DE 2014) 1. Contexto nacional e regional Em junho, a economia brasileira

Leia mais

TABELA 1 Destaques dos seis maiores bancos Brasil - 2013

TABELA 1 Destaques dos seis maiores bancos Brasil - 2013 DESEMPENHO DOS BANCOS EM 2013 Resultados diferenciados e fechamento de postos de trabalho caracterizaram o desempenho do setor bancário em 2013 Em 2013, os seis maiores bancos do país 1 apresentaram resultados

Leia mais

RAÇÃO ESSENCIAL HUMANA: MODELANDO SITUAÇÕES COTIDIANAS

RAÇÃO ESSENCIAL HUMANA: MODELANDO SITUAÇÕES COTIDIANAS RAÇÃO ESSENCIAL HUMANA: MODELANDO SITUAÇÕES COTIDIANAS Vlademir Marim Universidade Federal de Uberlândia marim@pontal.ufu.br Leonardo Silva Costa Universidade Federal de Uberlândia leonardo@mat.pontal.ufu.br

Leia mais

AGETRAB Agencia de Trabalho, Educação Profissional e Renda Julho- 2015

AGETRAB Agencia de Trabalho, Educação Profissional e Renda Julho- 2015 Análise Emprego Formal Macaé AGETRAB Agencia de Trabalho, Educação Profissional e Renda Julho- 2015 Os números do mês de agosto - Macaé De acordo com os dados do CAGED em agosto de 2015, foram suprimidos

Leia mais

Distribuição de Renda

Distribuição de Renda Distribuição de Renda Renda Per Capita do Trabalho Principais Regiões Metropolitanas 15 a 60 anos de idade Inclui zeros www.fgv.br/cps/ms Índice de Gini Desigualdade Níveis Renda domiciliar per capita

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego

Pesquisa Mensal de Emprego Pesquisa Mensal de Emprego Rio de Janeiro, 28 de janeiro de 2016. PME Retrospectiva 2003-2015 13 anos Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento 1 (IBGE / DPE / COREN) 1 Rio de Janeiro,

Leia mais