Ensino Fundamental II. Atividade especial. 6º ao 9º ano. ao 9º ano. Atividade especial Copa do Mundo na África. Atendimento ao professor

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ensino Fundamental II. Atividade especial. 6º ao 9º ano. ao 9º ano. Atividade especial Copa do Mundo na África. Atendimento ao professor"

Transcrição

1 Copa domundo Mundo na África Copa do na África Ensino Fundamental II 6ºEnsino ao 9º ano Fundamental II 6º ao 9º ano

2

3 Editora Moderna, ao seu lado em busca de grandes conquistas! É fato que você, aluno, está super acostumado a ver notícias e reportagens sobre a África e toda a sua diversidade. Por isso, é necessário que toda a comunidade escolar desenvolva um olhar mais crítico e atual sobre este continente. E, neste ano, uma ótima oportunidade para iniciar os estudos em sala de aula é a Copa do Mundo de Futebol, que começa em junho, na África do Sul, e que conta com seis equipes africanas na disputa: África do Sul, Argélia, Camarões, Costa do Marfim, Gana e Nigéria. Para começar a atividade, analise a reportagem e o gráfico abaixo. Alexandra, favela barra-pesada de Johannesburgo, foi escolhida ontem pela Fifa para o lançamento de sua principal iniciativa de relações públicas da Copa, o Football for Hope (Futebol para a esperança). ( ) Num campinho de futebol em meio a ruas com barracos, a entidade anunciou com pompa o torneio reunindo jovens de vários países, agrupados em 32 seleções. ( ) Alexandra, ou Alex, não foi escolhida à toa. Com 500 mil habitantes espremidos em 8 km 2, registra altos índices de desemprego e criminalidade. ( ) As regras e o formato das equipes foram pensados para passar mensagens de inclusão e paz. Um time reunirá jovens de Israel e Palestina. Outro, de Bósnia e Sérvia, que estiveram em guerra nos anos 90. A equipe da Austrália terá filhos de imigrantes a xenofobia é um problema crescente no país. (...) Para incentivar o espírito de tolerância, não haverá árbitro nos jogos. Disputas precisarão ser resolvidas amigavelmente. ( ) A Fifa investiu US$ 4 milhões no torneio. ZANINI, Fábio. Por relações públicas, Fifa organiza torneio em favela de Johannesburgo. Folha de São Paulo, São Paulo, 26 mar África Empréstimos do Banco Mundial, por setor. Exercício Financeiro Parcela do empréstimo total de US$ 8.2 bilhões. Água, saneamento e proteção contra inundações Transporte Leis, justiça e administração pública 19% 14% 7% 15% Agricultura, pesca e florestas 9% 17% Educação Energia e mineração Informação e comunicações Indústria e comércio 2% 4% 12% 1% Finanças Saúde e outros serviços sociais Fonte: Relatório Anual de 2009 do Banco Mundial.

4 Português Atividade 1 O Brasil, que faz parte do grupo G da Copa do Mundo, tem como principal adversário um velho conhecido: Portugal. Do mesmo modo que esse país fora a nossa metrópole no período colonial, ele também foi o colonizador de vários países africanos, deixando como parte de seu legado, para nós e para eles, o Português como língua oficial. Tanto que, em 1996, foi criado o grupo de Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa, conhecido como PALOP, composto por Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Guiné Equatorial. Este último, apesar de ter sido colonizado por espanhóis, adotou o Português como idioma oficial em Alessandro Passos da Costa Vale lembrar que, em 2009, reforçando esse importante fator em comum com o Brasil, entrou em vigor o Novo Acordo Ortográfico, que visa padronizar a escrita em todos os países de Língua Portuguesa. Leia o texto a seguir: Países africanos que têm o Português como língua oficial. Havia pois uma outra nação que era longínqua mas não nos era exterior. E nós precisávamos desse Brasil como quem carece de um sonho que nunca antes soubéramos ter. Podia ser um Brasil tipificado e mistificado, mas era um espaço mágico onde nos renasciam os criadores de histórias e produtores de felicidade. Descobríamos essa nação num momento histórico em que nos faltava ser nação. O Brasil tão cheio de África, tão cheio da nossa língua e da nossa religiosidade nos entregava essa margem que nos faltava para sermos rio. COUTO, Mia....e fazer do nosso sonho uma casa. O Estado de São Paulo, São Paulo, 5 abr Caderno2. O moçambicano Mia Couto é um dos mais respeitados representantes da nova geração de escritores de Língua Portuguesa. Filho de portugueses, ele participou da luta pela independência de Moçambique em relação a Portugal, conquistada em Após a leitura da declaração de Mia Couto, escreva em seu caderno qual é a ideia central do texto. A seguir, pesquise palavras do nosso vocabulário que têm origem africana e discuta com seu professor e com os colegas a influência dessa cultura no Português que falamos no Brasil.

5 Português Atividade 2 Alguns temas recorrentes na produção literária africana de Língua Portuguesa são a miséria, os conflitos civis, as consequências da colonização e a compreensão do que é ser africano. Confira o texto abaixo, do cabo-verdiano Gabriel Mariano. Manhã submersa (para Jaime de Figueiredo) Agora que as raízes desciam mais fundo na terra amada; agora que novos olhos a terra seca reviam; agora que céu e mar e terra se entrelaçavam e confundidos no sangue um novo sangue me davam; [...] Meu corpo arremessado flutua inerte e reclama o litoral que eu amava a árida face e os olhos o abraço, o amor intacto das ilhas da minha dor. [...] E quando a maré baixar virei de pé caminhando. MARIANO, Gabriel (cabo-verdiano). In: APA, L.; BARBEITOS, A.; DÁSKALOS, M. A. Poesia africana de língua potuguesa: antologia. Rio de Janeiro: Lacerda Editores, p (Fragmento). Após a leitura, escolha um dos temas a seguir para elaborar o seu próprio poema, utilizando palavras de origem africana encontradas na sua pesquisa. Tema 1:. Relacione o tema com um dos países africanos participantes do torneio. (África do Sul, Argélia, Camarões, Costa do Marfim, Gana e Nigéria) Tema 2: Diversidade cultural. Explore o tema utilizando um dos países participantes do PALOP como inspiração. Organize, com a ajuda do seu professor, uma exposição de poemas africanos de Língua Portuguesa, junto com a produção de todos os alunos. Ilustre com imagens relacionadas ao assunto, utilizando as cores da bandeira do país e traços da representação de sua cultura.

Ensino Fundamental II. Atividade especial. 6º ao 9º ano. ao 9º ano. Atividade especial Copa do Mundo na África. Atendimento ao professor 0800 770 7653

Ensino Fundamental II. Atividade especial. 6º ao 9º ano. ao 9º ano. Atividade especial Copa do Mundo na África. Atendimento ao professor 0800 770 7653 Atividade especial Atividade especial Copa domundo Mundo na África Copa do na África Ensino Fundamental II 6ºEnsino ao 9º ano Fundamental II 6º ao 9º ano Atividade especial Copa do Mundo na África Editora

Leia mais

[25 de Abril: Dia da Liberdade / 25. April: Nelkenrevolution]

[25 de Abril: Dia da Liberdade / 25. April: Nelkenrevolution] [25 de Abril: Dia da Liberdade / 25. April: Nelkenrevolution] 1. Observa as seguintes imagens. O que te sugerem? 2. Completa a seguinte frase. Para mim, a liberdade é II. 1. Lê atentamente o seguinte texto.

Leia mais

UE e os países de língua portuguesa.

UE e os países de língua portuguesa. UE e os países de língua portuguesa http://dossiers.eurocid.pt/lusofonia Índice Língua Demografia do português UE e língua portuguesa UE e países de língua portuguesa Dossiê eletrónico Língua ( ) todas

Leia mais

Semana(s) da Leitura. Coimbra

Semana(s) da Leitura. Coimbra Coimbra FASE ESCOLA Concurso Há poesia na Escola Tema Elos de Leitura seleção de um poema para a fase concelhia do Concurso 1º prémio: Maria Carolina Filipe, 3º B Participação em parceria com as respetivas

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia Ciências - Espanhol 1 Os exercícios deverão ser feitos no caderno, contendo as páginas dos mesmos. Leitura das

Leia mais

CAUSAS DA EMIGRAÇÃO PORTUGUESA

CAUSAS DA EMIGRAÇÃO PORTUGUESA Portugal é por tradição um país de migrações, dado que apesar do incremento da imigração, os portugueses continuam a emigrar... CAUSAS DA EMIGRAÇÃO PORTUGUESA A motivação económica, que se traduz pela

Leia mais

Acordo Ortográfico: por que foi aprovado?

Acordo Ortográfico: por que foi aprovado? L.E. Semana 4 Segunda Feira Acordo Ortográfico: por que foi aprovado? Considerações acerca da unificação pretendida pelo acordo ortográfico O que é o acordo ortográfico é um tratado internacional firmado

Leia mais

GEOGRAFIA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE

GEOGRAFIA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE GEOGRAFIA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II Comunicação e tecnologia. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 7.1 Conteúdos Aspectos gerais dos

Leia mais

FESTLIP: Festival de Teatro da Língua Portuguesa no Brasil

FESTLIP: Festival de Teatro da Língua Portuguesa no Brasil Page 1 of 8 Pesquisa Início Quem Somos O Que Fazemos Repositório Pesquisa Início Quem Somos O Que Fazemos Repositório FESTLIP: Festival de Teatro da Língua Portuguesa no Brasil Publicado em Março 3rd,

Leia mais

Cinema na escola: O Tempo e o Vento. Trecho da série para TV (1985):

Cinema na escola: O Tempo e o Vento. Trecho da série para TV (1985): Cinema na escola: O Tempo e o Vento Desde 1895, filmes foram feitos para emocionar, alegrar e surpreender seu público. Muitos deles mostram personagens com características bem marcadas. Características

Leia mais

Aonde chegou o português/vandersí Sant Ana Castro

Aonde chegou o português/vandersí Sant Ana Castro Aonde chegou o português/vandersí Sant Ana Castro 1.7. 1 Caro Professor, Esta é a sétima atividade de um conjunto de sete propostas que podem ser realizadas após a exibição do episódio Portugal, do programa

Leia mais

FORTALECENDO SABERES EDUCAÇÃO FÍSICA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. AULA: 11.1 Conteúdo: A copa do Mundo de futebol

FORTALECENDO SABERES EDUCAÇÃO FÍSICA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. AULA: 11.1 Conteúdo: A copa do Mundo de futebol 2 EDUCAÇÃO CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA AULA: 11.1 Conteúdo: A copa do Mundo de futebol 2 EDUCAÇÃO CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA AULA: 11.1 Habilidades:

Leia mais

Luís Vaz de Camões. 1º Abs Joana Santos nº2486

Luís Vaz de Camões. 1º Abs Joana Santos nº2486 Luís Vaz de Camões 1º Abs Joana Santos nº2486 Ano lectivo: 2010/2011 Índice.. 2 Introdução...3 Vida de Luís de Camões.. 4 Obra. 5 Conclusão 6 Bibliografia..7 2 Neste trabalho irei falar sobre Luís Vaz

Leia mais

BIBLIOTECA IRMÃ AGLAÉ Mostra Literária 29 e 30 de Abril de 2015

BIBLIOTECA IRMÃ AGLAÉ Mostra Literária 29 e 30 de Abril de 2015 BIBLIOTECA IRMÃ AGLAÉ Mostra Literária 29 e 30 de Abril de 2015 Infantil II Releitura dos livros: - Muitas Bolhas - Água Viva - A chuvarada Educação Infantil Infantil III Releitura dos livros: - O mistério

Leia mais

ARTES 7 ANO PROF.ª ARLENE AZULAY PROF. LÚCIA REGINA ENSINO FUNDAMENTAL

ARTES 7 ANO PROF.ª ARLENE AZULAY PROF. LÚCIA REGINA ENSINO FUNDAMENTAL ARTES 7 ANO PROF. LÚCIA REGINA ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ARLENE AZULAY CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 1.2

Leia mais

Um Mundo de Letras. Nível de Ensino/Faixa Etária: Formação de Professores. Áreas Conexas: Português (Alfabetização) Consultor: Angelita Machado

Um Mundo de Letras. Nível de Ensino/Faixa Etária: Formação de Professores. Áreas Conexas: Português (Alfabetização) Consultor: Angelita Machado Um Mundo de Letras Nível de Ensino/Faixa Etária: Formação de Professores Áreas Conexas: Português (Alfabetização) Consultor: Angelita Machado RESUMO Este vídeo apresenta 5 episódios: Um mundo imerso em

Leia mais

Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana

Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana Temos uma abordagem singular

Leia mais

A AMERICA LATINA SUA NATUREZA E REGIONALIZAÇÃO

A AMERICA LATINA SUA NATUREZA E REGIONALIZAÇÃO A AMERICA LATINA SUA NATUREZA E REGIONALIZAÇÃO O PROCESSO DE COLONIZAÇÃO PORTUGUESES E ESPANHÓIS, LANÇARAM-SE AO MAR E OCUPARAM O CONTINENTE AMERICANO PARA ATENDER OS INTERESSES DA METRÓPOLE; OUTROS POVOS

Leia mais

UNIDADES DE ESTUDO 3ª ETAPA

UNIDADES DE ESTUDO 3ª ETAPA UNIDADES DE ESTUDO 3ª ETAPA - 2016 5º ANO - EF II Basta que sejais jovens para que eu vos ame profundamente Dom Bosco 1) Divisão da etapa e datas das avaliações 0 AVALIAÇÕES 1ª ETAPA 02/02 à 13/05 2ª ETAPA

Leia mais

Quando o ENEM foi criado? O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado em 1998.

Quando o ENEM foi criado? O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado em 1998. Quando o ENEM foi criado? O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado em 1998. Qual era o objetivo inicial do ENEM? Avaliar o desempenho do estudante ao fim da educação básica. Qual é o objetivo do ENEM

Leia mais

6º ANO ENSINO FUNDAMENTAL INFORMÁTICA

6º ANO ENSINO FUNDAMENTAL INFORMÁTICA Habilidade Habilidades afins Interdisciplinaridade Conteúdo Conhecer a barra de menus, de formatação, de ícones e de título de um editor de texto; Saber guardar um documento de texto na pasta meus documentos;

Leia mais

A estrutura dos conteúdos curriculares

A estrutura dos conteúdos curriculares A estrutura dos conteúdos curriculares conteúdos da Escola Virtual 4.º ano abrangem todo o programa curricular e estão distribuídos em cinco temas, sendo cada um deles constituído por um conjunto de unidades

Leia mais

PROJETO 9: Capacitação Floresta Amazônica. Responsável: Dra. Alessandra Rodrigues. Apresentação: Dra. Lúbia Vinhas Chefe DPI/INPE

PROJETO 9: Capacitação Floresta Amazônica. Responsável: Dra. Alessandra Rodrigues. Apresentação: Dra. Lúbia Vinhas Chefe DPI/INPE PROJETO 9: Capacitação Floresta Amazônica Responsável: Dra. Alessandra Rodrigues Apresentação: Dra. Lúbia Vinhas Chefe DPI/INPE Projetos de Monitoramento da Amazônia Satélites e Resolução Espacial PRODES

Leia mais

Banda Larga - Definià à o Tecnica

Banda Larga - Definià à o Tecnica Banda Larga - Definià à o Tecnica O que e Banda Larga? (Broadband) Banda Larga refere-se à telecomunicação que fornece múltiplos canais de dados por cima de um meio de comunicações único, tipicamente usando

Leia mais

OS CONFLITOS MUNDIAIS NA ATUALIDADE

OS CONFLITOS MUNDIAIS NA ATUALIDADE OS CONFLITOS MUNDIAIS NA ATUALIDADE Hoje existem cerca de 30 regiões no mundo onde ocorrem conflitos armados. - Os principais motivos dos conflitos são: Étnicos ETNIA grupo de identidade unido por fatores

Leia mais

III TABUADA ROSEIRA. Secretaria Municipal de Educação

III TABUADA ROSEIRA. Secretaria Municipal de Educação III TABUADA ROSEIRA Secretaria Municipal de Educação Professor(es) Apresentador(es): LEONÁRIA RODRIGUES DE SOUSA CORRÊA MARIA NAZARÉ DE CAMARGO ALVES DOS SANTOS Realização: Foco do Projeto Foco do Projeto

Leia mais

Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 3º Ano TEORIAS DEMOGRÁFICAS. Prof. Esp. Claudimar Fontinele

Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 3º Ano TEORIAS DEMOGRÁFICAS. Prof. Esp. Claudimar Fontinele Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 3º Ano TEORIAS DEMOGRÁFICAS Prof. Esp. Claudimar Fontinele TEORIA DE MALTHUS Conforme seu estudo, Ensaio sobre o princípio da população, Malthus

Leia mais

02/02/2016 terça-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL

02/02/2016 terça-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I TARDE MATERNAL I MANHÃ 02/02/2016 terça-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I MANHÃ - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica ADAPTAÇÃO COM A LÍNGUA INGLESA RECREAÇÃO

Leia mais

COLÉGIO ALMIRANTE TAMANDARÉ

COLÉGIO ALMIRANTE TAMANDARÉ Língua Portuguesa: Interpretação de texto. CONTEÚDOS APS 4º BIMESTRE/2016 2º ANO Gramática: Unidade 20 Adjetivo: concordância; Unidade 21 Aumentativo e diminutivo (páginas 190 a 209). Linguagens: A letra

Leia mais

GEOGRAFIA 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE

GEOGRAFIA 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE GEOGRAFIA 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ANDREZA XAVIER PROF. WALACE VINENTE CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tempo, espaço, fontes históricas e representações cartográficas 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

a gaze ou o papel higiênico sobre o jornal.

a gaze ou o papel higiênico sobre o jornal. Língua Portuguesa 4º ano escola: NO/TURM: data: aluno: Para responder às questões de números 1 a 4, observe o desenho abaixo. 1. Essas informações podem ser encontradas em um manual de primeiro socorros.

Leia mais

Cidadania e Educação das Relações étnico-raciais.

Cidadania e Educação das Relações étnico-raciais. Cidadania e Educação das Relações étnico-raciais. Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 10.639, DE 9 DE JANEIRO DE 2003. Mensagem de veto Altera a Lei n o 9.394,

Leia mais

CP/ECEME/2007 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

CP/ECEME/2007 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) CP/ECEME/07 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar os fatos históricos, ocorridos durante as crises política, econômica e militar portuguesa/européia

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Nome: Nº 8º ano Data: / /2016 Professor: Piero/Thales 3º bimestre Nota: (valor: 1,0) a) Introdução Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os

Leia mais

Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Modelo Dep-01 Agrupamento de Escolas do Castêlo da Maia Planificação Anual Departamento CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Ano 5º Ano letivo 2013 / 2014 Disciplina EMRC Turmas A, B, C, D, E, F, G, H, I, J Professores:

Leia mais

2º Ano - B. 2º Ano - C. 2º ano A - Manhã - 20/05/ Sexta-feira Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica.

2º Ano - B. 2º Ano - C. 2º ano A - Manhã - 20/05/ Sexta-feira Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica. 2º Ano - C 2º Ano - B 2º Ano - A 2º ano A - Manhã - 20/05/2016 - Sexta-feira 1ª, 2ª e 3ª e IMPORTANTE Subtração; Nós e a tabuada, págs.22 e 23; Nós e a tabuada, págs.24 e 25; Cartão, págs.101 e 102; Cartão

Leia mais

ATIVIDADES PARA CASA 6º ano DATA PROF LIVRO; PÁGINAS; EXERCÍCIO; ETC PRAZO

ATIVIDADES PARA CASA 6º ano DATA PROF LIVRO; PÁGINAS; EXERCÍCIO; ETC PRAZO ATIVIDADES PARA CASA 6º ano DATA PROF LIVRO; PÁGINAS; EXERCÍCIO; ETC PRAZO 04/10 Victor Geografia Atividades das páginas 83 e 84. Livro Poliedro para 07/10 07/10 02/10 Valéria Ciências 74, 75 e 76 (07/10).

Leia mais

GIANCARLO GERLI GOVERNADOR DO CONSELHO MUNDIAL DA ÁGUA São Paulo, 08 de outubro de 2013

GIANCARLO GERLI GOVERNADOR DO CONSELHO MUNDIAL DA ÁGUA São Paulo, 08 de outubro de 2013 GIANCARLO GERLI GOVERNADOR DO CONSELHO MUNDIAL DA ÁGUA São Paulo, 08 de outubro de 2013 DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA DOCE NO MUNDO DISTRIBUIÇÃO DA ÁGUA DOCE E SALGADA 97,5 8% 22% 70% 2,5 Indústria Agricultura

Leia mais

CURRICULUM VITAE RAUL CARLOS VASQUES ARAÚJO

CURRICULUM VITAE RAUL CARLOS VASQUES ARAÚJO CURRICULUM VITAE RAUL CARLOS VASQUES ARAÚJO Março 2011 I - IDENTIFICAÇÃO Nome - RAUL CARLOS VASQUES ARAÚJO Estado civil - Casado Naturalidade - Luanda Nacionalidade - Angolana Data de nascimento - 21 de

Leia mais

Copas do Mundo. Das Eliminatórias ao Título. novera. José Renato Sátiro Santiago Jr. Gustavo Longhi de Carvalho

Copas do Mundo. Das Eliminatórias ao Título. novera. José Renato Sátiro Santiago Jr. Gustavo Longhi de Carvalho Copas do Mundo Das Eliminatórias ao Título José Renato Sátiro Santiago Jr. Gustavo Longhi de Carvalho novera Apresentação 13...Mas a cultura é, sobretudo, um sistema de símbolos que as pessoas criam para

Leia mais

Regulamento do Concurso «Ler é uma Festa!»

Regulamento do Concurso «Ler é uma Festa!» Regulamento do Concurso «Ler é uma Festa!» 1. O Concurso «Ler é uma Festa» é uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura, em parceria com o Banco Popular, e enquadra-se na 8ª Edição da Semana da Leitura

Leia mais

Fundamental 2 Sugestão de Avaliação de Português 9º ano (8ª série) 3º bimestre

Fundamental 2 Sugestão de Avaliação de Português 9º ano (8ª série) 3º bimestre Fundamental 2 Sugestão de Avaliação de Português 9º ano (8ª série) 3º bimestre Colégio: Nome: Número: Turma: Data: Parte A Conhecimentos gramaticais 1. Leia esta tirinha e responda às questões propostas.

Leia mais

11 Exposição dos Trabalhos

11 Exposição dos Trabalhos 07 Festa das Nações 11 Exposição dos Trabalhos 12 Início da Copa * Período Matutino aula normal * Período Vespertino aulas e atividades extracurriculares suspensas. 17- Jogo do Brasil * Período Matutino

Leia mais

Confira os 10 melhores destinos de Réveillon no Brasil

Confira os 10 melhores destinos de Réveillon no Brasil Confira os 10 melhores destinos de Réveillon no Brasil Com o Réveillon chegando todos querem encontrar sua cara metade para passar a Virada de Ano acompanhado. porém esta ideia será colocada de lado após

Leia mais

1º ano. Cultura, Diversidade e o Ser Humano

1º ano. Cultura, Diversidade e o Ser Humano Culturas, Etnias e modernidade no mundo e no Brasil A diversidade cultural Capítulo 11 - Item 11.4 O choque entre culturas e etnocentrismo Capítulo 11 Relativismo cultural e tolerância Capítulo 11 Civilização

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ Roteiro de Estudos da 2ª Unidade º ANO A

CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ Roteiro de Estudos da 2ª Unidade º ANO A CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ Roteiro de Estudos da 2ª Unidade 2016 8º ANO A 1 Empreendedores são aqueles que entendem que há uma pequena diferença entre obstáculos e oportunidades e são capazes de transformar

Leia mais

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 Disciplina: EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2016 História Professor: Rodrigo Bento Turma: 3º série Ensino Médio Data Conteúdo 11/fevereiro APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA CAPITULO I HG HISTORIOGRAFIA E PRE HISTORIA

Leia mais

A mesma equipe que mostrou frieza para ganhar o Sul-Americano Sub-20 em pleno

A mesma equipe que mostrou frieza para ganhar o Sul-Americano Sub-20 em pleno Brasil 100%, Argentina eliminada... A primeira fase do Mundial Sub-20 Seleção brasileira se une a Alemanha e Portugal como equipes que venceram os três jogos, enquanto Albiceleste dá vexame. Confira resumo

Leia mais

Cabo Verde. Trabalho Realizado Por: Carolina Pereira. Catarina Francisco. David Tordo

Cabo Verde. Trabalho Realizado Por: Carolina Pereira. Catarina Francisco. David Tordo Trabalho Realizado Por: Carolina Pereira Catarina Francisco David Tordo CPLP - Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Organização assinada entre países lusófonos, que instiga a aliança e a amizade

Leia mais

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES 3º TRIMESTRE OUTUBRO/2015 TURMA 311. Professora Ana Paula

CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES 3º TRIMESTRE OUTUBRO/2015 TURMA 311. Professora Ana Paula TURMA 1 Professora Ana Paula 18 19 20 21 22 23 24 27 Vestuário/ cores/ localização 28 29 30 TURMA 2 Professora Bruna 18 19 20 21 22 23 24 Vestuário/ cores/ localização 27 28 29 30 TURMA 411 Professora

Leia mais

GEOGRAFIA UNIVERSOS. Por que escolher a coleção Universos Geografia

GEOGRAFIA UNIVERSOS. Por que escolher a coleção Universos Geografia UNIVERSOS GEOGRAFIA Por que escolher a coleção Universos Geografia 1 Pensada a partir do conceito SM Educação Integrada, oferece ao professor e ao aluno recursos integrados que contribuem para um processo

Leia mais

ATIVIDADES REALIZADAS PELA S ESCOLAS MUNICIPAIS DE COIMBRA

ATIVIDADES REALIZADAS PELA S ESCOLAS MUNICIPAIS DE COIMBRA ATIVIDADES REALIZADAS PELA S ESCOLAS MUNICIPAIS DE COIMBRA GRITO DE CARNAVAL O Departamento de Educação realizou uma Matinê no dia 28 de fevereiro, sexta-feira, para os alunos das Escolas Municipais Padre

Leia mais

BRILHANDO NO CENÁRIO MUNDIAL

BRILHANDO NO CENÁRIO MUNDIAL INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS ESPACIAIS - INPE Pós-Graduação em Engenharia e Tecnologia Espaciais - ETE Título: BRILHANDO NO CENÁRIO MUNDIAL Shining on the World Stage Quality Progress, dec 2010 by Paul

Leia mais

História 5 o ano Unidade 8

História 5 o ano Unidade 8 História 5 o ano Unidade 8 Nome: Unidade 8 Data: 1. Marque com um X as frases incorretas sobre a ditadura militar no Brasil. Em seguida, reescreva-as corretamente. ( ) durante a ditadura muitos partidos

Leia mais

Professoras: 4AM Alice, 4AT Maggy, 4BM Vanessa, 4BT Michelline, 4CM Andréa e 4CT - Fabiana

Professoras: 4AM Alice, 4AT Maggy, 4BM Vanessa, 4BT Michelline, 4CM Andréa e 4CT - Fabiana Professoras: 4AM Alice, 4AT Maggy, 4BM Vanessa, 4BT Michelline, 4CM Andréa e 4CT - Fabiana ASSISTINDO A UM VÍDEO SOBRE PERNAMBUCO Nosso primeiro momento foi assim: assistimos a um vídeo muito interessante

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. JOSÉ FRANCISCO VIEIRA DA SILVA PROF. JÚNIOR MAR

LÍNGUA PORTUGUESA 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. JOSÉ FRANCISCO VIEIRA DA SILVA PROF. JÚNIOR MAR LÍNGUA PORTUGUESA 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. JOSÉ FRANCISCO VIEIRA DA SILVA PROF. JÚNIOR MAR CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Cultura a pluralidade na expressão humana 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula

Leia mais

Comunicação & Relações Governamentais

Comunicação & Relações Governamentais Plano de Ação Comunicação & Relações Governamentais Data: 06.dezembro.2013 Eng. Antonio E. F. Müller Presidente História Associação Brasileira de Engenharia Industrial Entidade civil sem fins lucrativos

Leia mais

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços da Região Centro PROJECTO CURRICULAR DE DISCIPLINA ANO LECTIVO 2015/2016 HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA SÉ GUARDA

Leia mais

Articulação Curricular - 1º e 2º Ciclos. Ano Lectivo 2010/2011. Competências Gerais REGRAS E CRITÉRIOS DE ACTUAÇÃO

Articulação Curricular - 1º e 2º Ciclos. Ano Lectivo 2010/2011. Competências Gerais REGRAS E CRITÉRIOS DE ACTUAÇÃO Agrupamento Escolas D. Dinis Escola Básica 2º e 3º Ciclos dos Pombais Articulação Curricular - 1º e 2º Ciclos Ano Lectivo 2010/2011 Competências Gerais - Estabelecer regras e critérios de actuação; - Respeitar

Leia mais

ENCAMINHAMENTO TRIMESTRAL DE LÍNGUA PORTUGUESA

ENCAMINHAMENTO TRIMESTRAL DE LÍNGUA PORTUGUESA ESCOLA EVANGELIUM INT/ ET ENCAMINHAMENTO TRIMESTRAL DE LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDOS QUE SERÃO AVALIADOS UNIDADE / CAPÍTULO CADERNO ANEOS P1 : Versos que encantam Poesia Ortografia: palavras com s/ss/ç/x/sc/sç/c

Leia mais

O Senhor DEPUTADO PASTOR. REINALDO (PTB/RS) pronuncia o seguinte discurso: - Senhor Presidente, senhoras e senhores Deputados,

O Senhor DEPUTADO PASTOR. REINALDO (PTB/RS) pronuncia o seguinte discurso: - Senhor Presidente, senhoras e senhores Deputados, O Senhor DEPUTADO PASTOR REINALDO (PTB/RS) pronuncia o seguinte discurso: - Senhor Presidente, senhoras e senhores Deputados, ouvimos freqüentemente notícias sobre recordes de arrecadação de tributos,

Leia mais

c- Muitas vezes nos deparamos com situações em que nos sentimos tão pequenos e às vezes pensamos que não vamos dar conta de solucioná-las.

c- Muitas vezes nos deparamos com situações em que nos sentimos tão pequenos e às vezes pensamos que não vamos dar conta de solucioná-las. FICHA DA SEMANA 5º ANO A e B Instruções: 1- Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a professora no dia seguinte; 2- As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno,

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO Matemática

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO  Matemática Desafio de Matemática 3 ano EF 1D 2015 1/ 6 CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO www.cenm.com.br 1 o DESAFIO CENM - 2015 Matemática Direção: Ano: 3 Ef 1. Na casa de Cristiano, moram 7 pessoas: sua mãe D. Maria,

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Este manual tem como objetivo orientar os Países participantes da Caravana Africa Livre do Trabalho Infantil sobre como utilizar de maneira correta o símbolo do projeto. As

Leia mais

MANUAL DO ALUNO 7º ANO / 3º TRIMESTRE 2015

MANUAL DO ALUNO 7º ANO / 3º TRIMESTRE 2015 MANUAL DO ALUNO 7º ANO / 3º TRIMESTRE 2015 CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES AVALIAÇÃO MULTIDISCILINAR BLOCO I - DATA: 18/09/2015 PORTUGUÊS, HISTÓRIA, INGLÊS E FILOSOFIA Leitura e interpretação de texto. Sujeito

Leia mais

Roteiro de estudos III Unidade Ano letivo 2016 Ano: 2º

Roteiro de estudos III Unidade Ano letivo 2016 Ano: 2º Aquele que detém o conhecimento tem o MUNDO em suas mãos. Roteiro de estudos Conteúdos Textos informativos e instrucionais: regras de brincadeiras, receitas e notícias. Leitura, compreensão e produção

Leia mais

Material escolar 6º ano

Material escolar 6º ano Material escolar 6º ano Cadernos :(conjunto de 11 à venda na papelaria do Liceu pelo preço de 10, a partir de 29/08) - 1 cadernos 21x29,7 96 páginas (Português) - 10 cadernos 24x32 96 páginas (francês,

Leia mais

GRANDEZAS E UNIDADES DE MEDIDA

GRANDEZAS E UNIDADES DE MEDIDA GRANDEZAS E UNIDADES DE MEDIDA Capítulo 1 1º Bimestre Colégio Contato Farol Professora Thaís Freitas Ensino de Física VOCÊ JÁ PAROU PARA PENSAR EM UM MUNDO SEM INSTRUMENTOS DE MEDIDA? PENSE: Como poderíamos

Leia mais

EMENTA DO COMPONENTE CURRICULAR 2º trimestre Professor (a): Airton José Müller Ano /Série: 6º Componente Curricular: Filosofia

EMENTA DO COMPONENTE CURRICULAR 2º trimestre Professor (a): Airton José Müller Ano /Série: 6º Componente Curricular: Filosofia Professor (a): Airton José Müller Ano /Série: 6º Componente Curricular: Filosofia Turma: 16 A Lista dos conteúdos: Pensamento Mítico Mitologia grega. Entendendo o mito. Raciocínio lógico O que é lógica

Leia mais

A. E. O. S. Newsletter. nº41. Projeto Eco-Escolas. 27 de junho a 1 de julho de 2016

A. E. O. S. Newsletter. nº41. Projeto Eco-Escolas. 27 de junho a 1 de julho de 2016 A. E. O. S. Newsletter nº41 27 de junho a 1 de julho de 2016 Projeto Eco-Escolas Cursos Profissionais Nos dias 6, 7 e 8 de junho, os alunos da turma do 10º B do Curso Profissional de Artes do Espetáculo

Leia mais

Consideras a possibilidade de trabalhar no estrangeiro?

Consideras a possibilidade de trabalhar no estrangeiro? Inquérito Universia e Trabalhando 94% dos jovens portugueses considera a possibilidade de trabalhar no estrangeiro Lisboa, 29 de Novembro de 2012. O Universia Portugal (http://), a rede de universidades

Leia mais

PIBID 2011 SUBPROJETO LETRAS

PIBID 2011 SUBPROJETO LETRAS PIBID 2011 SUBPROJETO LETRAS ESCOLA: São Pedro SUPERVISORA : Cleusa Petrarca dos Santos BOLSISTAS ID: Jael Meirelles PROFESSORES PARCEIROS / DISCIPLINAS: Tania Oliveira/ Artes PROJETO DE AÇÃO DO PIBID

Leia mais

Tabela ALUNOS REGULARES ESTRANGEIROS MATRICULADOS NO MESTRADO POR PAÍS DE ORIGEM EM 2010

Tabela ALUNOS REGULARES ESTRANGEIROS MATRICULADOS NO MESTRADO POR PAÍS DE ORIGEM EM 2010 Tabela 3.26 - ALUNOS REGULARES ESTRANGEIROS MATRICULADOS NO MESTRADO POR PAÍS DE ORIGEM EM 2010 ALUNOS REGULARES / UNIDADE ALEMANHA - - - - - 1 - - - - 1 - - - - - - - - - 2 ANGOLA - - - - - - - 1-1 -

Leia mais

6º ANO BRASIL. 3º Horário: Ciências Conteúdo: Desenvolvimento sustentável. Atividade: Texto da página 168 e discussão. Tarefa: Página 172 mexa se.

6º ANO BRASIL. 3º Horário: Ciências Conteúdo: Desenvolvimento sustentável. Atividade: Texto da página 168 e discussão. Tarefa: Página 172 mexa se. 6º ANO BRASIL 1º Horário: Português Conteúdo: Verbo e advérbio. Atividade: Correção das páginas 205 e 206. Atividade em grupo páginas 44 a 49 do caderno de atividades. Tarefa: Terminar atividades de classe.

Leia mais

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO.

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO. ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos do 9º Ano 3º/4º Bimestre 2016 Trabalho de Dependência Nome: N. o : Turma: Professor(a): Gabriel Data: / /2016 Unidade: Cascadura Mananciais Méier Taquara Geografia Resultado

Leia mais

Turma: Nº: Nome: Hist. istória. 2º º ano Linha do Tempo. Teresa. abr/ br/08

Turma: Nº: Nome: Hist. istória. 2º º ano Linha do Tempo. Teresa. abr/ br/08 Nome: Nº: Turma: Hist istória 2º º ano Linha do Tempo Teresa abr/ br/08 A linha do tempo é um instrumento utilizado há muito tempo para organizar eventos de uma forma cronológica. Há diversas formas de

Leia mais

Cultura: São Paulo receberá IX Circuito de Teatro em Português

Cultura: São Paulo receberá IX Circuito de Teatro em Português Cultura: São Paulo receberá IX Circuito de Teatro em Português por Por Dentro da África - quinta-feira, outubro 30, 2014 http://www.pordentrodaafrica.com/cultura/sao-paulo-recebera-ix-circuito-de-teatro-em-portugues

Leia mais

Direção de Serviços de Desenvolvimento Agroalimentar. Rural e Licenciamento. Divisão de Apoio à Agricultura e Pescas

Direção de Serviços de Desenvolvimento Agroalimentar. Rural e Licenciamento. Divisão de Apoio à Agricultura e Pescas Direção de Serviços de Desenvolvimento Agroalimentar Rural e Licenciamento Divisão de Apoio à Agricultura e Pescas Relatório das Atividades de Inspeção Exportação / INFINET 202 INSPEÇÃO FITOSSANITÁRIA

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE NOVO REPARTIMENTO

CÂMARA MUNICIPAL DE NOVO REPARTIMENTO CÂMARA MUNICIPAL DE NOVO REPARTIMENTO A Câmara Municipal, Câmara de Vereadores, ou Câmara Legislativa é o órgão legislativo da administração dos municípios, configurando-se como a assembleia de representantes

Leia mais

República de Moçambique

República de Moçambique República de Moçambique Ministério da Economia e Finanças SISTAFE Orçamento do Estado para o Ano de 2017 Código Designação 01A000141 PRESIDENCIA DA REPUBLICA 44.978,53 0,00 44.978,53 01A000741 CASA MILITAR

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO NO DOMÍNIO DA JUVENTUDE E DO DESPORTO

ACORDO DE COOPERAÇÃO NO DOMÍNIO DA JUVENTUDE E DO DESPORTO ACORDO DE COOPERAÇÃO NO DOMÍNIO DA JUVENTUDE E DO DESPORTO ----- ENTRE ----- A REPÚBLICA DE ANGOLA, A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, A REPÚBLICA DE CABO VERDE, A REPÚBLICA DA GUINÉ-BISSAU, A REPÚBLICA

Leia mais

Home l Quem Somos l Sobre o Consórcio l Planos e Preços l Contato l Cadastro

Home l Quem Somos l Sobre o Consórcio l Planos e Preços l Contato l Cadastro imóveis automóveis caminhões serviços motos Pague sua parcela em dia e concorra toda semana a um prêmio de até: R$ 31.384,00 Realize a conquista de um imóvel comercial ou residencial SAIBA MAIS + compre

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE PORTUGUÊS E HISTÓRIA - 5 ano Semana de 26 a 30 de maio de 2014.

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE PORTUGUÊS E HISTÓRIA - 5 ano Semana de 26 a 30 de maio de 2014. COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE PORTUGUÊS E HISTÓRIA - 5 ano Semana de 26 a 30 de maio de 204. Segunda-feira Curitiba, 26 de maio de 204. Leia com atenção a reportagem abaixo e responda: Troca

Leia mais

1º Período. Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância Eng. Ressano Garcia PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES - 1º CEB

1º Período. Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância Eng. Ressano Garcia PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES - 1º CEB Básica do 1º Ciclo com Eng. Ressano Garcia 1º Período Sessões de abertura do ano lectivo: - Reuniões com os Pais/ Encarregados de Educação. - Promover estratégias que visem a integração dos diferentes

Leia mais

Índice. Aquisições da nacionalidade portuguesa (Nº), por tipo de aquisição e sexo,

Índice. Aquisições da nacionalidade portuguesa (Nº), por tipo de aquisição e sexo, Índice Processos Entrados e Findos de Concessão de Nacionalidade Portuguesa, de 2007 a 2011, por Artigo da Lei da Nacionalidade (Lei n.º 37/81, de 3 de Outubro alterada e republicada pela Lei Orgânica

Leia mais

GABINETE DE EDUCAÇÃO E ANIMAÇÃO CULTURAL

GABINETE DE EDUCAÇÃO E ANIMAÇÃO CULTURAL Assunto: oficinas de Natal 20 a 22 e 27 a 29 de dezembro de 2016 Horário: 9h00-12h30 / 14h00-17h00 Público-alvo: crianças com idades compreendidas entre os 8 e os 12 anos de idade. Contextualização: o

Leia mais

1) Que cuidados devemos ter ao atravessar ruas ou avenidas? Marque x nas respostas certas. ( ) com os carros ( ) com os hospitais

1) Que cuidados devemos ter ao atravessar ruas ou avenidas? Marque x nas respostas certas. ( ) com os carros ( ) com os hospitais PARA CASA DA SEMANA 2º ANO A/B Instruções: 1. Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a professora no dia seguinte; 2. As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno,

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DE TECNOLOGIA ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO ANDRÉ CLAUDINO GABRIEL HENRIQUE GAVA ALBO ALENCAR

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DE TECNOLOGIA ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO ANDRÉ CLAUDINO GABRIEL HENRIQUE GAVA ALBO ALENCAR CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DE TECNOLOGIA ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO ANDRÉ CLAUDINO GABRIEL HENRIQUE GAVA ALBO ALENCAR MICROPROCESSADORES I ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO PROJETO KWISTER-PRO PROFESSOR: AFONSO

Leia mais

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro)

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro) Planejamento das Aulas de História 2016 8º ano (Prof. Leandro) Fevereiro Aula Programada (As tensões na Colônia) Páginas Tarefa 1 As tensões na Colônia 10 e 11 Mapa Mental 2 A viradeira 12 Exerc. 1 a 5

Leia mais

CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA

CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA ICHLA INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA Currículo Novo - 2010/02 - Noturno. RECONHECIMENTO RENOVADO PELA PORTARIA Nº 1.657, DE 07/10/2010 - D.O.U. DE 08/10/2010

Leia mais

Os Recursos Hídricos e a Biodiversidade do Brasil

Os Recursos Hídricos e a Biodiversidade do Brasil Os Recursos Hídricos e a Biodiversidade do Brasil Comunidade dos países de Língua portuguesa (CPLP) A CPLP foi criada em17 de Julho de 1996 por Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal

Leia mais

A estrutura dos conteúdos curriculares

A estrutura dos conteúdos curriculares A estrutura dos conteúdos curriculares conteúdos da Escola Virtual 4.º ano abrangem todo o programa curricular e estão distribuídos em cinco temas, sendo cada um deles constituído por um conjunto de unidades

Leia mais

Programas com Audiodescrição

Programas com Audiodescrição Publicado em TV Brasil (http://tvbrasil.ebc.com.br) 24/01/2014-17h33 Programas com Audiodescrição (INÍCIO DA LISTA) SEGUNDA-FEIRA À 1:30 A TV QUE SE FAZ NO MUNDO TERÇA-FEIRA À 1:30 QUINTA-FEIRA ÀS 6:30

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFGD N O 01/2016 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA POLO UFGD

EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFGD N O 01/2016 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA POLO UFGD EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFGD N O 01/2016 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA POLO UFGD 1. PREÂMBULO 1.1. A Comissão Coordenadora do Polo UFGD

Leia mais

Excelência Jorge Carlos de Almeida Fonseca, Presidente da República de Cabo-Verde e Presidente em Exercício dos PALOP,

Excelência Jorge Carlos de Almeida Fonseca, Presidente da República de Cabo-Verde e Presidente em Exercício dos PALOP, Discurso pronunciado por Sua Excelência José Eduardo dos Santos, Presidente da República de Angola, por ocasião da Cimeira dos PALOP Luanda, 30 de Junho de 2014 Excelência Jorge Carlos de Almeida Fonseca,

Leia mais

Continente Americano. (prof. Padovani 8º ano) LOCALIZAÇÃO

Continente Americano. (prof. Padovani 8º ano) LOCALIZAÇÃO LOCALIZAÇÃO Com a maior parte das terras localizadas no Hemisfério Norte, parte no Hemisfério Sul e totalmente a oeste do Meridiano de Greenwich, esse continente é cortado pela Linha do Equador, na altura

Leia mais

Plano de Aula - Integração

Plano de Aula - Integração Plano de Aula - Integração Gestor, Neste material você encontrará o auxílio necessário para aplicação da Integração aos novos colaboradores. Seja Bem Vindo ao Universo Dudalina (Slide 1 e 2) Neste momento,

Leia mais

Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil. Centro Sergio Vieira de Mello

Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil. Centro Sergio Vieira de Mello Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil Centro Sergio Vieira de Mello Unidade 4 Parte 3 Respeito pela Diversidade Valores Organizacionais Essenciais da ONU Integridade Profissionalismo Respeito pela

Leia mais

Desafios Estratégicos para a C&T&I no Brasil

Desafios Estratégicos para a C&T&I no Brasil Desafios Estratégicos para a C&T&I no Brasil Carlos H de Brito Cruz Presidente, Fapesp http://www.ifi.unicamp.br/~brito C.H. Brito Cuz; desafios-estrat.ppt ; 2/5/2002 1 Desafios Estratégicos Eleição de

Leia mais

A velha história das multidões. Série Matemática na Escola

A velha história das multidões. Série Matemática na Escola A velha história das multidões Série Matemática na Escola Objetivos 1. Revelar como é feita a estimativa do número de pessoas em um evento 2. Mostrar como cálculos matemáticos simples nos auxiliam a confrontar

Leia mais