Apresentador: Jorge Correia

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentador: Jorge Correia"

Transcrição

1 SÃO TOME E PRINCIPE CENTRO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA OS PAÍSES DA SUB-REGIÃO AFRICANA E DA CPLP Apresentador: Jorge Correia Presidente da Câmara de Comércio, Indústria, Agricultura e Serviços de São Tomé e Príncipe. Contacto: São Tomé e Príncipe - Abril de 2016

2 ESTRUCTURA DA APRESENTAÇÃO Introdução. Contexto. STP. Apresentação da Instituição (Câmara de STP). - Associados, Missão, Valores e Visão - Os principais parceiros da Câmara de STP Potencialidades de negócio em STP. Vantagens de STP. - Potenciais mercados da Sub-região Africana - Países da CPLP CE-CPLP, Comunidade empresarial Lusófono. Funcionamento do Núcleo da UE. Conclusão.

3 INTRODUÇÃO Com este tema, pretende-se identificar as principais vantagens comparativas que encorajam o empresariado Taiwanês a não ignorar o potencial económico de STP. Por outro lado, pretende-se ilustrar as oportunidades de negócios que as empresas Taiwanesas podem conseguir nos espaços relacionados, regional, continental e mesmo mundial, através de São Tomé e Príncipe.

4 CONTEXTO Assim como a cooperação institucional entre STP e Taiwan tem vindo a ser excelente no domínio Institucional, achamos que essa dinâmica se estenda ao mundo de negócios. Por isso, a Câmara do Comércio está empenhada para que, ao nível do sector privado, sejam accionadas sinergias que facilitem a cooperação entre o tecido empresarial de STP e Taiwan.

5 STP Superfície terrestre Km2; População de (2014); Situação Geográfica - Golfo da Guiné.

6 CÂMARA DO COMÉRCIO SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE Instituição da utilidade pública, com cerca de 500 membros. Associados Missão Defender os interesses do sector privado; Promover o desenvolvimento; fortalecer o sector privado; Contribuir para o fomento de ambiente de negócio. Ser reconhecida pelas empresas e demais entidades como representante do sector privado nacional. Visão Valores Transparência Igualdade Profissionalismo Modernidade Competitividade

7 OS PRINCIPAIS PARCEIROS DA CCIAS - STP Governo Organismos Internacionais Outros CNCS INSS OIT BM BAD ONUDI CE-CPLP, CE-PALOP, UE

8 POTENCIALIDADES DE NEGÓ CIO EM STP Agricultura e Agro-indústria Infra- Estruturas Á reas privilegiadas de negócios Pescas Energias Renováveis Turismo Transportes

9 VANTAGENS DE STP Porquê investir em STP? Situação geográfica privilegiada; Ausência conflitos; Estabilidade politica social; de Clima tropical; Legislação Zona franca; Código de Investimento.

10 VANTAGENS DE STP Guiché único para criação de empresa na hora e online; Melhorias recentes no ambiente de negócios Guiché único para comércio externo; Eliminação de alvarás na maior parte das actividades económicas;

11 POTENCIAIS MERCADOS DA SUB-REGIÃO AFRICANA Com uma população estimada em 300 milhões de habitantes. + Ang ol a Cam arõe s Nigéria Re p. Ce ntro Afric an a Congo Braz aville S.Tom é e Prínc ipe Tc hade Guiné Equatorial Congo D e m oc rátic o Gabão

12 CPLP COMUNIDADE DOS PAÍSES DA LÍNGUA PORTUGUESA Cabo- Verde Guine Bissau São Tome e Príncipe CE-CPLP Angola Guine Equatorial Moçambique Brasil Portugal Timor Leste < 272 milhões de habitantes

13 CE-CPLP COMUNIDADE EMPRESARIAL LUSÓ FONA Núcleo - UE Cabo- Verde Núcleo - UE STP Núcleo - UE Guine Bissau Núcleo - UE Brasil Núcleo - UE Portugal UE Mercado de mais de 272 milhões de habitantes Núcleo - UE Timor Leste Núcleo - UE Guine Equatorial Núcleo - UE Moçambiqu e

14 FUNCIONAMENTO DO NÚCLEO DA UE CE-CPLP CCIAS STP Angola Brasil Cabo- Verde Guiné Bissau G. Equat. Portugal Timor Leste UE NUCLEO STP NUCLEOS

15 CONCLUSÃ O São Tomé e Príncipe aberto aos investidores Taiwaneses porque acreditamos no potencial económico do País. A Câmara do Comércio à disposição dos potenciais investidores Taiwaneses na identificação de negócios que proporcionem benefícios mútuos.

16 SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE LUGAR APRAZÍVEL PARA MEDITAÇÃO E TOMADA DE DECISÕ ES ACERTADAS NA VIDA.

17 TEMPO PARA INVESTIR, NUM MAR DE OPORTUNIDADES MUITO OBRIGADO PELA VOSSA ATENÇÃO

PLANO DE ACTIVIDADES PARA 2015 ALER PLANO DE ACTIVIDADES

PLANO DE ACTIVIDADES PARA 2015 ALER PLANO DE ACTIVIDADES PLANO DE ACTIVIDADES PARA 2015 ALER PLANO DE ACTIVIDADES 2015 1 OS EIXOS DE ACTUAÇÃO DA ALER CONHECER Relatórios nacionais com informação técnica, económica e regulatória Repositório de informação com

Leia mais

Juntos vamos mais longe. Jorge Santos

Juntos vamos mais longe. Jorge Santos Angola Guiné-Bissau Portugal Brasil Guiné Equatorial São Tomé e Príncipe Cabo Verde Moçambique Timor-Leste Programa de Internacionalização Agronegócio CPLP Jorge Santos Presidente O programa de internacionalização

Leia mais

Assembleia Geral Anual da Portucel Empresa Produtora de Pasta e Papel, S.A. de 10 de Abril de 2012

Assembleia Geral Anual da Portucel Empresa Produtora de Pasta e Papel, S.A. de 10 de Abril de 2012 Assembleia Geral Anual da Portucel Empresa Produtora de Pasta e Papel, S.A. de 10 de Abril de 2012 Proposta relativa ao Ponto 8. da Ordem de Trabalhos Considerando que se encontra vago o cargo de Presidente

Leia mais

Português: Língua de oportunidades. Números que falam

Português: Língua de oportunidades. Números que falam Português: Língua de oportunidades Números que falam Agenda 1 A CPLP enquanto mercado económico 2 Economia 3 4 5 6 IDE Fiscalidade Plataformas lusófonas Conclusões Slide 2 507 260 Slide 3 Economia Características

Leia mais

Memorando de Entendimento. Entre A COMUNIDADE DE PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE TURISMO

Memorando de Entendimento. Entre A COMUNIDADE DE PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE TURISMO Memorando de Entendimento Entre A COMUNIDADE DE PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA E A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE TURISMO Considerando que a Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa doravante designada por

Leia mais

IX REUNIÃO DE MINISTROS DAS COMUNICAÇÕES DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Maputo, 19 de Agosto de Declaração de Maputo

IX REUNIÃO DE MINISTROS DAS COMUNICAÇÕES DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Maputo, 19 de Agosto de Declaração de Maputo IX REUNIÃO DE MINISTROS DAS COMUNICAÇÕES DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Maputo, 19 de Agosto de 2016 Declaração de Maputo Os Ministros das Comunicações da CPLP ou seus representantes, os

Leia mais

de Investimento em Angola e Cabo Verde

de Investimento em Angola e Cabo Verde Conferência Client Perspectivas name appears e Oportunidades here de Investimento em Angola e Cabo Verde PwC Conferência Estruturas de Investimento: Angola Catarina Nunes Agenda Introdução 1 Ficha de Angola:

Leia mais

AGRICULTURA E SEGURANCA ALIMENTAR (Reuniao da ASSECA-PLP) Castro Camarada

AGRICULTURA E SEGURANCA ALIMENTAR (Reuniao da ASSECA-PLP) Castro Camarada AGRICULTURA E SEGURANCA ALIMENTAR (Reuniao da ASSECA-PLP) Castro Camarada 23-11-2014 CONTEUDO Dimensoes da Seguranca Alimentar Seguranca Alimentar em Africa e na CPLP O papel Fundamental da Agricultura

Leia mais

Construir Parcerias quer dizer ter a oportunidade e a coragem de empreender, no mercado dos Países de Língua Portuguesa, de forma a se obter um

Construir Parcerias quer dizer ter a oportunidade e a coragem de empreender, no mercado dos Países de Língua Portuguesa, de forma a se obter um CRESCIMENTO DESENVOLVIMENTO PARCERIAS Construir Parcerias quer dizer ter a oportunidade e a coragem de empreender, no mercado dos Países de Língua Portuguesa, de forma a se obter um espaço (CONFEDERAÇÃO

Leia mais

A CPLP: ATOR MULTIPOLAR NO MUNDO GLOBAL. Excelentíssimo Presidente da Direção do Círculo de Conexão Lusófona

A CPLP: ATOR MULTIPOLAR NO MUNDO GLOBAL. Excelentíssimo Presidente da Direção do Círculo de Conexão Lusófona Intervenção do Secretário Executivo da CPLP Embaixador Murade Isaac Murargy A CPLP: ATOR MULTIPOLAR NO MUNDO GLOBAL Excelentíssimo Presidente da Direção do Círculo de Conexão Lusófona Dr. Francisco Murteira

Leia mais

A FCT e a CooperaçãoemCiênciae Tecnologia com ospaísesdo EspaçoCPLP

A FCT e a CooperaçãoemCiênciae Tecnologia com ospaísesdo EspaçoCPLP A FCT e a CooperaçãoemCiênciae Tecnologia com ospaísesdo EspaçoCPLP 2ª CONFERÊNCIA SOBRE O FUTURO DA LÍNGUA PORTUGUESA NO SISTEMA MUNDIAL 30 de outubro2013 Maria João Maia Departamento das Relações Internacionais,

Leia mais

PERTO DAS EMPRESAS PARA AS LEVAR MAIS LONGE OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

PERTO DAS EMPRESAS PARA AS LEVAR MAIS LONGE OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE PERTO DAS EMPRESAS PARA AS LEVAR MAIS LONGE OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE AMBIENTE DE NEGÓCIOS 03 CULTURA DE NEGÓCIOS 04 O MERCADO 05-09 REACIONAMENTO ECONÓMICO BILATERAL 10-12 OPORTUNIDADES

Leia mais

Roadshow Rede de Câmaras de Comércio Portuguesas no Estrangeiro Porto, 21 de novembro de 2016

Roadshow Rede de Câmaras de Comércio Portuguesas no Estrangeiro Porto, 21 de novembro de 2016 Roadshow Rede de Câmaras de Comércio Portuguesas no Estrangeiro Porto, 21 de novembro de 2016 1. QUEM É A CCILL? 2. PORQUÊ O LUXEMBURGO? 3. QUAIS OS SETORES COM MAIOR POTENCIAL 4. COMO ABORDAR O MERCADO

Leia mais

As Empresas de Serviços Energéticos

As Empresas de Serviços Energéticos As Empresas de Serviços Energéticos Lisboa, Março 2013 Miguel Matias Presidente da APESE Vice-Presidente Self Energy A Eficiência Energética na Cidade oportunidade na Reabilitação Urbana In Smart Grids

Leia mais

O que é o Agrofórum? Onde terá lugar o Agrofórum? O bilhete de acesso permite ter acesso a quê? Como posso fazer o registo no Agrofórum?

O que é o Agrofórum? Onde terá lugar o Agrofórum? O bilhete de acesso permite ter acesso a quê? Como posso fazer o registo no Agrofórum? O que é o Agrofórum? O maior evento de referência do agronegócio focado nos mercados da CPLP, em que participarão mais de 1200 congressistas, onde as empresas serão as principais protagonistas. Onde terá

Leia mais

CRIAÇÃO DO GRUPO TÉCNICO DE ESTUDO PARA A EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO CONJUNTAS DE HIDROCARBONETOS NO ESPAÇO DA CPLP

CRIAÇÃO DO GRUPO TÉCNICO DE ESTUDO PARA A EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO CONJUNTAS DE HIDROCARBONETOS NO ESPAÇO DA CPLP CRIAÇÃO DO GRUPO TÉCNICO DE ESTUDO PARA A EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO CONJUNTAS DE HIDROCARBONETOS NO ESPAÇO DA CPLP Índice 1. Contexto..3 2. Criação do Grupo Técnico de Estudo para a Exploração e Produção de

Leia mais

(DRAFT) CONCLUSÕES DA II REUNIÃO DO FÓRUM DA SOCIEDADE CIVIL DA CPLP Díli, 17 de julho de 2015

(DRAFT) CONCLUSÕES DA II REUNIÃO DO FÓRUM DA SOCIEDADE CIVIL DA CPLP Díli, 17 de julho de 2015 (DRAFT) CONCLUSÕES DA II REUNIÃO DO FÓRUM DA SOCIEDADE CIVIL DA CPLP Díli, 17 de julho de 2015 A II Reunião Fórum da Sociedade Civil da CPLP (FSC-CPLP) realizou-se nos dias 13 a 17 de julho de 2015, em

Leia mais

Enquadramento económico dos mercados regionais da CPLP

Enquadramento económico dos mercados regionais da CPLP www.pwc.com/pt Enquadramento económico dos mercados regionais da CPLP Oportunidades maximizadas? Jaime Carvalho Esteves 19 de Março 2013 Agenda 1. Conceito de hub 2. Relevância da CPLP 3. Os mercados de

Leia mais

UE e os países de língua portuguesa.

UE e os países de língua portuguesa. UE e os países de língua portuguesa http://dossiers.eurocid.pt/lusofonia Índice Língua Demografia do português UE e língua portuguesa UE e países de língua portuguesa Dossiê eletrónico Língua ( ) todas

Leia mais

INVESTIR EM REPUBLICA DOMINICANA

INVESTIR EM REPUBLICA DOMINICANA Texto Quem Somos Missão A CCITPRD é uma Associação privada, sem fins lucrativos. A sua atividade centra-se, sobretudo, no estabelecimento de parcerias com empresas, organizações e profissionais especificamente

Leia mais

Valor económico da língua portuguesa

Valor económico da língua portuguesa 1 Seminário Diplomático 2013 PROJETAR PORTUGAL Fundação Champalimaud, 4.1.2013 Valor económico da língua portuguesa jose.esperanca@iscte.pt 2 As línguas no mundo Ecologia da Língua (Calvet) 3 Hipercentral

Leia mais

Um Novo Paradigma de Investimentos em Timor-Leste

Um Novo Paradigma de Investimentos em Timor-Leste TEMA: Um Novo Paradigma de Investimentos em Timor-Leste Encontro de Empresários para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Lingua Portuguesa 01-03 de Julho de 2013 Dili Encontro

Leia mais

Missão Empresarial Minas Gerais

Missão Empresarial Minas Gerais Faz negócio. Convite Missão Empresarial 3º Encontro Ourém 18 a 22 de Abril Belo Horizonte Brasil 29 de Junho a 2 de Julho Centro de Negócios de Ourém Portugal Missão Empresarial 3º Encontro Ourém / Convite

Leia mais

III REUNIÃO ORDINÁRIA DE MINISTROS DOS ASSUNTOS DO MAR DA CPLP

III REUNIÃO ORDINÁRIA DE MINISTROS DOS ASSUNTOS DO MAR DA CPLP III REUNIÃO ORDINÁRIA DE MINISTROS DOS ASSUNTOS DO MAR DA CPLP Díli, 18 de maio de 2016 DECLARAÇÃO DE DÍLI Os Ministros dos Assuntos do Mar da CPLP ou seus representantes de Angola, Brasil, Cabo Verde,

Leia mais

XI CONFERÊNCIA DOS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA CPLP

XI CONFERÊNCIA DOS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA CPLP SECRETARIADO EXECUTIVO COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA XI CONFERÊNCIA DOS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA CPLP (Brasília, 01 de novembro de 2016) DISCURSO DA SECRETÁRIA EXECUTIVA DA CPLP MARIA

Leia mais

Tunísia Embaixada da República da Tunísia exportações Portuguesas 166 milhões de euros aumento de cerca de 45,67% Tunes

Tunísia Embaixada da República da Tunísia exportações Portuguesas 166 milhões de euros aumento de cerca de 45,67% Tunes Missão Empresarial à Tunísia 12 a 15 de Maio de 2014 Tunísia A Câmara de Comércio e Indústria Árabe-Portuguesa (CCIAP) em estreita colaboração com a Embaixada da República da Tunísia em Portugal e com

Leia mais

A Cooperação Portuguesa

A Cooperação Portuguesa FICHA TEMÁTICA A Cooperação Portuguesa Março de 2015 Política de Cooperação para o Desenvolvimento A Cooperação para o Desenvolvimento é um vetor chave da política externa portuguesa, que assenta num consenso

Leia mais

V Fórum da UE-CPLP. 16 e 17 de Dezembro. Europarque - Santa Maria da Feira ORGANIZAÇÃO APOIO INSTITUCIONAL

V Fórum da UE-CPLP. 16 e 17 de Dezembro. Europarque - Santa Maria da Feira ORGANIZAÇÃO APOIO INSTITUCIONAL V Fórum da UE-CPLP 16 e 17 de Dezembro Europarque - Santa Maria da Feira ORGANIZAÇÃO APOIO INSTITUCIONAL PATROCINADORES APOIOS 1. CONCEITO 5º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP ESPAÇO MOSTRA GRANDE CONFERÊNCIA

Leia mais

As Universidades Públicas e a Cooperação Internacional

As Universidades Públicas e a Cooperação Internacional As Universidades Públicas e a Cooperação Internacional António Rendas Presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) Reitor da Universidade Nova de Lisboa Seminário Diplomático

Leia mais

AT Procurement Assistência Técnica em Procurement Internacional

AT Procurement Assistência Técnica em Procurement Internacional AT Procurement Assistência Técnica em Procurement Internacional Área de Intervenção e de Desenvolvimento de Negócios Mercado da Cooperação Internacional para o Desenvolvimento COOPERAÇÃO INTERNACIONAL

Leia mais

XXIII REUNIÃO ORDINÁRIA DE PONTOS FOCAIS DE COOPERAÇÃO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA - CPLP

XXIII REUNIÃO ORDINÁRIA DE PONTOS FOCAIS DE COOPERAÇÃO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA - CPLP XXIII REUNIÃO ORDINÁRIA DE PONTOS FOCAIS DE COOPERAÇÃO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA - CPLP Luanda, 18 e 19 de Julho de 2011 Nota do Coordenador da Reunião de Pontos Focais ao 145º Comité

Leia mais

O Acesso Aberto à literatura

O Acesso Aberto à literatura TÍTULO DA APRESENTAÇÃO O Acesso Aberto à literatura Complemento de título científica e a língua portuguesa Nome: e-mail: url Eloy Rodrigues eloy@sdum.uminho.pt Universidade do Minho Serviços de Documentação

Leia mais

Sustentabilidade: Desafio Actual do Ensino Superior

Sustentabilidade: Desafio Actual do Ensino Superior Os desafios da Gestão e da Qualidade do Ensino Superior nos Países e Regiões de Língua Portuguesa 15 de Novembro de 2011 Sustentabilidade: Desafio Actual do Ensino Superior Instituto Superior Técnico,

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO INFRAESTRUTURAL DA GUINÉ BISSAU NO PROCESSO DA INTEGRAÇÃO SUB REGIONAL

CONTRIBUIÇÃO INFRAESTRUTURAL DA GUINÉ BISSAU NO PROCESSO DA INTEGRAÇÃO SUB REGIONAL CONTRIBUIÇÃO INFRAESTRUTURAL DA GUINÉ BISSAU NO PROCESSO DA INTEGRAÇÃO SUB REGIONAL 2º Congresso dos Engenheiros da Lingua Portuguesa Macau, 27-29 de Novembro de 2014 Engº Jose Antonio da Cruz Almeida

Leia mais

TV Brasil estreia série de documentários Nossa Língua nesta terça (12/7)

TV Brasil estreia série de documentários Nossa Língua nesta terça (12/7) Publicado em TV Brasil (http://tvbrasil.ebc.com.br) 08/07/2016-16h28 TV Brasil estreia série de documentários Nossa Língua nesta terça (12/7) Para incentivar o intercâmbio cultural e o fomento ao audiovisual

Leia mais

Prof. Doutora Maria Sousa Galito

Prof. Doutora Maria Sousa Galito PORTUGAL E AS RELAÇÕES ECONÓMICAS ENTRE OS PAÍSES DE LÍNGUA OFICIAL PORTUGUESA Prof. Doutora Maria Sousa Galito Professora e Investigadora da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias 21 Outubro

Leia mais

Dinâmicas de Investimento Privado em Moçambique: tendências e questões preliminaries para análise

Dinâmicas de Investimento Privado em Moçambique: tendências e questões preliminaries para análise Dinâmicas de Investimento Privado em Moçambique: tendências e questões preliminaries para análise Carlos Muianga, Helena Pérez-Nino, Sara Stevano, Michael Sambo Conference Paper nº 41 III CONFERÊNCIA INTERNACIONAL

Leia mais

INTERNACIONALIZAÇÃO DAS ECONOMIAS

INTERNACIONALIZAÇÃO DAS ECONOMIAS INTERNACIONALIZAÇÃO DAS ECONOMIAS ANGOLA BRASIL CABO VERDE MOÇAMBIQUE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE TIMOR LESTE PORTUGAL LISBOA 3 E 4 DE JUNHO 2014 Exmos. Senhores, No seguimento da carta junta, do Sr. Presidente

Leia mais

Segurança Marítima: Objetivos, Desafios e Iniciativas. 06 novembro 2015

Segurança Marítima: Objetivos, Desafios e Iniciativas. 06 novembro 2015 Segurança Marítima: Objetivos, Desafios e Iniciativas 06 novembro 2015 Enquadramento Legal Missão Organização Segurança Marítima Objetivos Desafios Conclusão Enquadramento Legal A DGRM é o resultado da

Leia mais

Trabalho elaborado por: Ana Filipa Castro Ana Sofia Cunha Tânia Raquel Alves Externato Delfim Ferreira

Trabalho elaborado por: Ana Filipa Castro Ana Sofia Cunha Tânia Raquel Alves Externato Delfim Ferreira Recursos Hídricos nos CPLP Trabalho elaborado por: Ana Filipa Castro Ana Sofia Cunha Tânia Raquel Alves Externato Delfim Ferreira A água é um bem essencial e indispensável à vida e cada vez mais escasso.

Leia mais

MEMORANDO DE ENTENDIMENTO

MEMORANDO DE ENTENDIMENTO MEMORANDO DE ENTENDIMENTO Sob o Alto Patrocínio do MINISTRO DA ECONOMIA E DESENVOLVIMENTO DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE Ti MOR-LESTE e da MINISTRA DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL DE PORTUGAL É OUTORGADO:

Leia mais

Enlaces útiles/ Esteka Interesgarriak. Jornais e revistas

Enlaces útiles/ Esteka Interesgarriak. Jornais e revistas DEPARTAMENTO DE PORTUGUES // PORTUGALERA DEPARTAMENTUA PORTUGAL Nacionais http://www.publico.clix.pt http://www.expresso.pt http://www.correiomanha.pt http://www.dn.pt http://www.visaoonline.pt http://www.acapital.pt

Leia mais

Isabel Pedreira, Cláudia Roriz e Joana Duarte. Introdução

Isabel Pedreira, Cláudia Roriz e Joana Duarte. Introdução Os estudantes estrangeiros provenientes de países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa no ensino superior em Portugal: contributos para uma caracterização Isabel Pedreira, Cláudia Roriz e Joana

Leia mais

Portugal é feito de todos nós Turismo de Portugal na BTL 2014

Portugal é feito de todos nós Turismo de Portugal na BTL 2014 Portugal é feito de todos nós Turismo de Portugal na BTL 2014 Portugal é feito de todos nós é o tema da participação do Turismo de Portugal na BTL Feira Internacional de Turismo, que se realiza de 12 a

Leia mais

República de Moçambique Presidência da República. Buscando parcerias para a promoção do crescimento

República de Moçambique Presidência da República. Buscando parcerias para a promoção do crescimento República de Moçambique Presidência da República Buscando parcerias para a promoção do crescimento Discurso de Sua Excelência Filipe Jacinto Nyusi, Presidente de Moçambique por ocasião por Ocasião do Fórum

Leia mais

A perspectiva do Hospital Distrital da Figueira da Foz, EPE

A perspectiva do Hospital Distrital da Figueira da Foz, EPE A perspectiva do Hospital Distrital da Figueira da Foz, EPE Apresentação Hospital H H H H Apresentação Hospital Hospital do Grupo B Urgência Médico - Cirúrgica Lotação 154 camas 4 salas operatórias (Bloco

Leia mais

O NOSSO PORTO. O NOSSO FUTURO.

O NOSSO PORTO. O NOSSO FUTURO. www.portodecaio.ao O NOSSO PORTO. O NOSSO FUTURO. INTRODUÇÃO Bem-vindo ao projecto Porto de Caio, a porta de entrada para o comércio na África. A instalação portuária de classe mundial, parte integral

Leia mais

PORTUGAL A CRESCER ECONOMIA DO MAR. Roadshow Portugal Global Setúbal, 2 de março de May 2015

PORTUGAL A CRESCER ECONOMIA DO MAR. Roadshow Portugal Global Setúbal, 2 de março de May 2015 PORTUGAL A CRESCER ECONOMIA DO MAR Roadshow Portugal Global Setúbal, 2 de março de 2016 May 2015 Uma oportunidade económica Área: 92,152 Km 2 (108 º maior país do Mundo) Linha de Costa: 1,859 Km (incluindo

Leia mais

SISTEMA URBAN HABITAÇÃO ALOJAMENTO.

SISTEMA URBAN HABITAÇÃO ALOJAMENTO. HABITAÇÃO ALOJAMENTO www.capamodular.com História 1985 Fundação da empresa em 27 de Dezembro de 1985 com o objectivo de fornecer equipamentos para o mercado da Construção; 1994 Novas instalações em Valongo

Leia mais

InvestimoZ Fundo Português de Apoio ao. Oportunidades de Investimento. Novembro de 2015

InvestimoZ Fundo Português de Apoio ao. Oportunidades de Investimento. Novembro de 2015 InvestimoZ Parceiro no Investimento em Moçambique InvestimoZ Fundo Português de Apoio ao Investimento em Moçambique Oportunidades de Investimento Novembro de 2015 Aspetos a abordar História do InvestimoZ

Leia mais

Guiné-Bissau e o sector da água

Guiné-Bissau e o sector da água Guiné-Bissau e o sector da água Testemunhos profissionais e empresariais na Guiné-Bissau Coimbra, 5 de Julho de 2016 Nuno Medeiros EPAL em parceria com a TESE-SF Índice 1. AS ENTIDADES EPAL E TESE 2. OS

Leia mais

Vice-Presidente da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio No Brasil

Vice-Presidente da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio No Brasil APRESENTAÇÃO CBP-CE - A Câmara Brasil Portugal no Ceará - Comércio, Indústria e Turismo (CBP-CE), fundada em junho de 2001, é uma associação civil sem fins lucrativos com atuação no estado do Ceará, Portugal

Leia mais

Apresentação Trainees PT

Apresentação Trainees PT Apresentação Trainees PT Maria João Figueiredo Human Resources Business Partner ISEP 08.06.2009 Este documento é propriedade intelectual da PT e fica proibida a sua utilização ou propagação sem expressa

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO LUSOFONIA ECONÓMICA PLATAFORMAS CPLP ENTRE: A ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA (AIP-CCI), com sede na Praça das Indústrias em Lisboa, 1300-307 Lisboa,

Leia mais

A P R E S E N T A Ç Ã O MARÇO 09

A P R E S E N T A Ç Ã O MARÇO 09 A P R E S E N T A Ç Ã O MARÇO 09 Sumário : 1 Entidade Reguladora do Sector Eléctrico em Angola 2 Missão do IRSE 3 Reflexos da Entidade Reguladora no Sector 4 Desafios do Regulador 5 Indicadores 6 Legislação

Leia mais

4º ENCONTRO REDE PME INOVAÇÃO COTEC

4º ENCONTRO REDE PME INOVAÇÃO COTEC 4º ENCONTRO REDE PME INOVAÇÃO COTEC CONTRIBUTO DAS GRANDES EMPRESAS PARA O CRESCIMENTO DAS PME ORADOR CARLOS BARBOT PRESIDENTE DO GRUPO BARBOT Lisboa, 09 de Novembro de 2010 Cooperação empresarial um caminho

Leia mais

Apresentação da AMES

Apresentação da AMES Apresentação da AMES = Objectivos, Visão e Missão = Seminário Serviços Energéticos e contratos de Performance de Energia Guimarães, 14 de Fevereiro de 2011 AGÊNCIA MUNICIPAL DE ENERGIA DE SINTRA Associação

Leia mais

Soluções de Financiamento para a Internacionalização

Soluções de Financiamento para a Internacionalização Soluções de Financiamento para a Internacionalização por João Real Pereira Internacionalização para Moçambique Oportunidades e Financiamento 15 de Março de 2012 Braga Sumário 1. O que é a SOFID? Estrutura

Leia mais

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL MESA DA ASSEMBLEIA GERAL Informação a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 289.º do Código das Sociedades Comerciais FRANCISCO XAVIER ZEA MANTERO é natural de Lisboa, onde nasceu em 25 de Dezembro

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE ATRAÇÃO DE INVESTIMENTO

PLANO MUNICIPAL DE ATRAÇÃO DE INVESTIMENTO PLANO MUNICIPAL DE 1. CONSELHO ESTRATÉGICO ECONÓMICO DE PENAFIEL Criação de um conselho consultivo capaz de agregar agentes económicos do concelho, parceiros estratégicos e personalidades de reconhecido

Leia mais

GRUPO DE TRABALHO DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO. Prof. Braga de Macedo

GRUPO DE TRABALHO DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO. Prof. Braga de Macedo GRUPO DE TRABALHO DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO Prof. Braga de Macedo ALGUMAS NOTAS SOBRE ARQUITECTURA INSTITUCIONAL E ORGANIZACIONAL DE ALGUNS ORGANISMOS DE APOIO ÀS EMPRESAS E À INTERNACIONALIZAÇÃO

Leia mais

Rede eportuguêse. www.who.int/eportuguese/

Rede eportuguêse. www.who.int/eportuguese/ Rede eportuguêse www.who.int/eportuguese/ Rede eportuguêse O que é o eportuguêse? para a saúde nos países de língua portuguesa, fortalecendo a colaboração na área da informação e capacitação em saúde.

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de Dezembro de 2003

Rio de Janeiro, 5 de Dezembro de 2003 Intervenção de Sua Excelência a Ministra da Ciência e do Ensino Superior, na II Reunião Ministerial da Ciência e Tecnologia da CPLP Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Rio de Janeiro, 5 de Dezembro

Leia mais

Oficina de Trabalho sobre Desenvolvimento de Políticas de Recursos Humanos para Países Africanos de Expressão Portuguesa

Oficina de Trabalho sobre Desenvolvimento de Políticas de Recursos Humanos para Países Africanos de Expressão Portuguesa Oficina de Trabalho sobre Desenvolvimento de Políticas de Recursos Humanos para Países Africanos de Expressão Portuguesa Joint Africa Institute World Bank Institute World Health Organization Sandton, África

Leia mais

Indicadores socioeconómicos dos Países de Língua Portuguesa

Indicadores socioeconómicos dos Países de Língua Portuguesa Publicação anual Outubro 2016 Indicadores socioeconómicos dos Países de Língua Portuguesa Comunidade em gráficos Área terrestre Milhares de km 2 População Milhões de habitantes, PIB EUR, mil milhões, preços

Leia mais

ANÁLISE DOS DADOS ESTATÍSTICOS INTERNACIONAIS SOBRE ACESSO À ENERGIA E ENERGIAS RENOVÁVEIS NOS PAÍSES LUSÓFONOS

ANÁLISE DOS DADOS ESTATÍSTICOS INTERNACIONAIS SOBRE ACESSO À ENERGIA E ENERGIAS RENOVÁVEIS NOS PAÍSES LUSÓFONOS ANÁLISE DOS DADOS ESTATÍSTICOS INTERNACIONAIS SOBRE ACESSO À ENERGIA E ENERGIAS RENOVÁVEIS NOS PAÍSES LUSÓFONOS TABELA RESUMO AO BR CV EG GB MZ PT STP TL source Electrification rate 32% 99,7% 90,2% 67,6%

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA GABINETE DO MINISTRO DE ESTADO E DAS FINANÇAS

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA GABINETE DO MINISTRO DE ESTADO E DAS FINANÇAS 20º Encontro de Lisboa com as Delegações dos Bancos Centrais dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e de Timor Leste à Assembleia Anual do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial 04

Leia mais

Investimento estrangeiro direto na África. Roberto Iglesias Katarina P. da Costa. Novembro 2011

Investimento estrangeiro direto na África. Roberto Iglesias Katarina P. da Costa. Novembro 2011 Investimento estrangeiro direto na África Roberto Iglesias Katarina P. da Costa Novembro 2011 Investimento t estrangeiro direto na África Contexto Global Investimento Chinês na África Investimento Brasileiro

Leia mais

DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA

DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA Por iniciativa da Confederação Empresarial da CPLP e das associações empresariais dos PALOP, realizou-se em Luanda, República de Angola, a 17 de Julho de 2014, o Fórum

Leia mais

5ª REUNIÃO TEMÁTICA AMÉRICA DO SUL E CARIBE GEOPOLÍTICA E ORGANISMOS MULTILATERAIS

5ª REUNIÃO TEMÁTICA AMÉRICA DO SUL E CARIBE GEOPOLÍTICA E ORGANISMOS MULTILATERAIS ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO 7ª SCH- POLÍTICA E ESTRATÉGIA 5ª REUNIÃO TEMÁTICA AMÉRICA DO SUL E CARIBE GEOPOLÍTICA E ORGANISMOS MULTILATERAIS 01 Julho 15 O PROTAGONISMO BRASILEIRO NO SEU ENTORNO ESTRATÉGICO

Leia mais

Impacto Económico da Língua Portuguesa. Prof. Doutora Maria Sousa Galito 09/01/2013

Impacto Económico da Língua Portuguesa. Prof. Doutora Maria Sousa Galito 09/01/2013 Impacto Económico da Língua Portuguesa da Prof. Doutora Maria Sousa Galito 09/01/2013 227,997 M Prof. Sousa Galito Centro de Investigação em Ciência Política e Relações Internacionais: www.ci-cpri.com

Leia mais

Moçambique, entre a crise financeira e uma nova economia

Moçambique, entre a crise financeira e uma nova economia Observatório do Meio Rural Universidade Politécnica Moçambique, entre a crise financeira e uma nova economia João Mosca Lisboa, 28 de Março de 2017 Apresentação 1. Análise macroeconómica: aspectos essenciais.

Leia mais

Qualificador Profissional Comum de Técnicos, Operários e Empregados

Qualificador Profissional Comum de Técnicos, Operários e Empregados Qualificador Profissional Comum de Técnicos, Operários e Empregados Junho de 2015 1 1. Introdução As qualificações profissionais reconhecidas aos trabalhadores são registadas em carteira profissional (artigo

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P. Índice

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P. Índice Índice Duração Média Mensal dos Trabalhadores por Conta de Outrem (TCO) Estrangeiros (a tempo completo e incompleto) no Período do Trabalho Normal, por Nacionalidade, 2010-2012... 2 Número de Trabalhadores

Leia mais

Envelhecimento populacional, previdência, desafogo fiscal, poupança, investimento e os desafios da produtividade e do crescimento

Envelhecimento populacional, previdência, desafogo fiscal, poupança, investimento e os desafios da produtividade e do crescimento Envelhecimento populacional, previdência, desafogo fiscal, poupança, investimento e os desafios da produtividade e do crescimento Paulo Tafner I n st itut o T eot ônio Villela I T V Br a sília N ov embro

Leia mais

Visita de Sua Excelência Presidente da República do Senegal Engº. Macky Sall. Sede da CPLP. 9 de setembro de 2015

Visita de Sua Excelência Presidente da República do Senegal Engº. Macky Sall. Sede da CPLP. 9 de setembro de 2015 Visita de Sua Excelência Presidente da República do Senegal Engº. Macky Sall Sede da CPLP 9 de setembro de 2015 Discurso de Boas-Vindas do Secretário Executivo Embaixador Murade Murargy (Só faz fé a versão

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO COMÉRCIO

CONSELHO NACIONAL DO COMÉRCIO CONSELHO NACIONAL DO COMÉRCIO Dia:17/11/2015 Cidade do Mindelo Cabo verde Amilcar Aristides Monteiro - Diretor Geral - Direção Geral da Indústria e Comércio (DGIC) AGENDA TIMELINE 1976 Integração na Comunidade

Leia mais

Contratos Públicos UE nos Países de Língua Portuguesa

Contratos Públicos UE nos Países de Língua Portuguesa Contratos Públicos UE nos Países de Língua Portuguesa Índice 1. Países de Língua Portuguesa/Comunidade de Países de Língua Portuguesa 1.1 Potencialidades da Espaço Lusófono 1.2 Comunidades Económicas Regionais

Leia mais

X REUNIÃO DOS MINISTROS DO TRABALHO E DOS ASSUNTOS SOCIAIS DA CPLP

X REUNIÃO DOS MINISTROS DO TRABALHO E DOS ASSUNTOS SOCIAIS DA CPLP As Ministras e os Ministros do Trabalho e dos Assuntos Sociais da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), reunidos na cidade de Fortaleza, no período de 22 a 24 de fevereiro de 2010, Considerando:

Leia mais

ESTADO ATUAL DO ABASTECIMENTO DE ÁGUA EM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

ESTADO ATUAL DO ABASTECIMENTO DE ÁGUA EM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE Seminário Público P3LP São Tomé e Príncipe e o Sector de Água ESTADO ATUAL DO ABASTECIMENTO DE ÁGUA EM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE Mário Sousa - Director Geral da EMAE - Empresa de Água e Electricidade de São

Leia mais

Estudo de Mercado sobre Distribuição e Logística em Angola

Estudo de Mercado sobre Distribuição e Logística em Angola Estudo de Mercado sobre Distribuição e Logística em Angola 1.População e Território 2.Modelo de Desenvolvimento 3.O Desafio da Diversificação 4.O Papel da Logística 5.A Rede de Distribuição 6.O Novo Quadro

Leia mais

Comércio Internacional de Mercadorias da Guiné-Equatorial face ao mundo e no contexto da CPLP (2009 a 2013)

Comércio Internacional de Mercadorias da Guiné-Equatorial face ao mundo e no contexto da CPLP (2009 a 2013) Temas Económicos Número 27 Agosto de 2014 Comércio Internacional de Mercadorias da Guiné-Equatorial face ao mundo e no contexto da CPLP Walter Anatole Marques Rua da Prata, nº 8 1149-057 Lisboa Tel.: (351)

Leia mais

SOUSA GALITO, Maria (2009). Entrevista ao Dr. Francisco Mantero. CI-CPRI, E T-CPLP, º1, pp. 1-5.

SOUSA GALITO, Maria (2009). Entrevista ao Dr. Francisco Mantero. CI-CPRI, E T-CPLP, º1, pp. 1-5. SOUSA GALITO, Maria (2009). Entrevista ao Dr. Francisco Mantero. CI-CPRI, E T-CPLP, º1, pp. 1-5. E T-CPLP: Entrevistas sobre a CPLP CI-CPRI Entrevista ao Dr. Francisco Mantero Secretário-geral do Conselho

Leia mais

Violeta Alarcão, Milene Fernandes, Elisa Lopes, Carlota Lavinas, Paulo Nicola, Evangelista Rocha HIPERTENSO MEDICADO

Violeta Alarcão, Milene Fernandes, Elisa Lopes, Carlota Lavinas, Paulo Nicola, Evangelista Rocha HIPERTENSO MEDICADO Identificação do melhor método de amostragem de hipertensos medicados entre imigrantes dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e não-imigrantes seguidos nos Cuidados de Saúde Primários

Leia mais

As TIC como Motor para o Desenvolvimento

As TIC como Motor para o Desenvolvimento As TIC como Motor para o Desenvolvimento 7º Fórum Lusófono das Comunicações 18 fevereiro 2016 Agenda Overview do país As necessidades e desafios do mercado das telecomunicações em STP O papel da CST no

Leia mais

PROPOSTA DE PILARES PARA O PRÓXIMO PROGRAMA DE APOIO AS POLÍTICAS (PSI) APRESENTAÇÃO AO SEMINÁRIO DE AVALIAÇÃO DOS PROGRAMAS DO FMI E PERSPECTIVAS

PROPOSTA DE PILARES PARA O PRÓXIMO PROGRAMA DE APOIO AS POLÍTICAS (PSI) APRESENTAÇÃO AO SEMINÁRIO DE AVALIAÇÃO DOS PROGRAMAS DO FMI E PERSPECTIVAS PROPOSTA DE PILARES PARA O PRÓXIMO PROGRAMA DE APOIO AS POLÍTICAS (PSI) APRESENTAÇÃO AO SEMINÁRIO DE AVALIAÇÃO DOS PROGRAMAS DO FMI E PERSPECTIVAS MAPUTO, 11 DE MARÇO DE 2013 ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO

Leia mais

ACORDO DE PARCERIA 2014-2020 PORTUGAL 2020

ACORDO DE PARCERIA 2014-2020 PORTUGAL 2020 ACORDO DE PARCERIA 2014-2020 PORTUGAL 2020 1 Portugal 2020, o Acordo de Parceria (AP) que Portugal irá submeter à Comissão Europeia estrutura as intervenções, os investimentos e as prioridades de financiamento

Leia mais

Oportunidades na Cooperação. A União Europeia e a cooperação para o desenvolvimento nos países ACP

Oportunidades na Cooperação. A União Europeia e a cooperação para o desenvolvimento nos países ACP Oportunidades na Cooperação A União Europeia e a cooperação para o desenvolvimento nos países ACP Primeira empresa de consultoria em assuntos europeus com escritório em Bruxelas. - Public Affairs (Intelligence,

Leia mais

Confederação Empresarial da CPLP. Fazer Negócios na Língua Portuguesa

Confederação Empresarial da CPLP. Fazer Negócios na Língua Portuguesa Confederação Empresarial da CPLP Quem Somos? 9 Países 81 Associados 23 Parceiros 350 visitas diárias ao portal (em média) Estruturas em Angola, Brasil, Guiné Equatorial e Portugal Vantagens em ser associado

Leia mais

FRANCISCO MANTERO - PWC - CPLP 23/01/2013. 1. Título "Opções de financiamento para a CPLP" não é meu.

FRANCISCO MANTERO - PWC - CPLP 23/01/2013. 1. Título Opções de financiamento para a CPLP não é meu. FRANCISCO MANTERO - PWC - CPLP 23/01/2013 1. Título "Opções de financiamento para a CPLP" não é meu. Poderia dar ideia que há opções de financiamento específicas para a CPLP em si mesma e para os Estados

Leia mais

Mais do que um Barco, um Conceito

Mais do que um Barco, um Conceito Mais do que um Barco, um Conceito Breve apresentação da Estratégia de Sustentabilidade da Sun Concept Nuno Gaspar de Oliveira Marketing Estratégico Muitas vezes temos ilusões de ótica relativamente ao

Leia mais

SEMINÁRIO DE LANÇAMENTO PROGRAMA INTERREG V - A

SEMINÁRIO DE LANÇAMENTO PROGRAMA INTERREG V - A SEMINÁRIO DE LANÇAMENTO PROGRAMA INTERREG V - A MADEIRA-AÇORES-CANÁRIAS 2014-2020 Angra do Heroísmo, 29 janeiro 2016 QUAL O TERRITÓRIO DO ESPAÇO DE COOPERAÇÃO? - As regiões insulares ultraperiféricas de

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR FNDE MEC PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR Atendimento universal Território de 8,5 milhões de km2 27 estados 5.569 municípios 170.000 escolas 47 milhões de alunos 130 milhões de refeições servidas

Leia mais

INTERNACIONALIZAR AS PME DO ALGARVE DESAFIOS E OPORTUNIDADES O DESAFIO DA INTERNACIONALIZAÇÃO: NOVOS CAMINHOS

INTERNACIONALIZAR AS PME DO ALGARVE DESAFIOS E OPORTUNIDADES O DESAFIO DA INTERNACIONALIZAÇÃO: NOVOS CAMINHOS INTERNACIONALIZAR AS PME DO ALGARVE DESAFIOS E OPORTUNIDADES O DESAFIO DA INTERNACIONALIZAÇÃO: NOVOS CAMINHOS NERA, 25 de novembro de 2016 Internacionalização Enquadramento Desafios da Internacionalização

Leia mais

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE MISSÃO EMPRESARIAL DE 13 A 20 DE FEVEREIRO 2016

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE MISSÃO EMPRESARIAL DE 13 A 20 DE FEVEREIRO 2016 MISSÃO EMPRESARIAL SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE DE 13 A 20 DE FEVEREIRO 2016 *Valor de participação de PME (2.840 euros acrescidos de IVA de 23%) c/ financiamento 50% Portugal 2020 Prezado Empresário, A CAL Câmara

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA Coordenadoria de Economia Mineral Diretoria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral Premissas do Desenvolvimento Sustentável Economicamente

Leia mais

O Projecto FORBEN na LUSOTELHA

O Projecto FORBEN na LUSOTELHA O Projecto FORBEN na LUSOTELHA Rui Coelho LUSOTELHA, Lda. CTCV 29 de Maio 2008 1 A empresa LUSOTELHA - CERÂMICA DE TELHAS E TIJOLOS DE AGUEDA, LDA Designação Social: LUSOTELHA Constituição: 29 de Março

Leia mais

Apresentação de São Tomé e Principe

Apresentação de São Tomé e Principe REUNIÃO DOS MINISTROS DA SAÚDE DOS PEQUENOS ESTADOS INSULARES DA REGIÃO AFRICANA Apresentação de São Tomé e Principe Comores, 09-12 Mar. 2011 Por: Dr. António Lima Sumario 1. Preparação e resposta às catástrofes

Leia mais

SEMINÁRIO SOBRE A MELHORIA DO ACESSO E USO APROPRIADO DE MEDICAMENTOS PARA OS DISTÚRBIOS/DOENÇAS MENTAIS PRAIA, CABO-VERDE HOTEL PESTANA TROPICO

SEMINÁRIO SOBRE A MELHORIA DO ACESSO E USO APROPRIADO DE MEDICAMENTOS PARA OS DISTÚRBIOS/DOENÇAS MENTAIS PRAIA, CABO-VERDE HOTEL PESTANA TROPICO SEMINÁRIO SOBRE A MELHORIA DO ACESSO E USO APROPRIADO DE MEDICAMENTOS PARA OS DISTÚRBIOS/DOENÇAS MENTAIS PRAIA, CABO-VERDE HOTEL PESTANA TROPICO 23-24 de Marco 2017 APRESENTAÇAO DA GUINE BISSAU Dr Jerénimo

Leia mais

Perspetiva de evolução do quadro legal dos Produtos Fitofarmacêuticos

Perspetiva de evolução do quadro legal dos Produtos Fitofarmacêuticos Perspetiva de evolução do quadro legal dos Produtos Fitofarmacêuticos Paula Cruz de Carvalho www.dgav.pt AUTORIZAÇÃO DE PRODUTOS FITOFARMACEUTICOS Regulamento (EU) 1107/2009, de 21 de outubro «Garantir

Leia mais