ATI. 4 X Saídas 6 X Saídas 8 X Saídas. Modular

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ATI. 4 X Saídas 6 X Saídas 8 X Saídas. Modular"

Transcrição

1 ATI Modular 4 X Saídas 6 X Saídas 8 X Saídas Rua Mario Castelhano Nº 3 - Zona Industrial Queluz de Baixo - Ap Queluz - Portugal Tel. (351) (351) (351) (351) Fax: (351) SUCURSAL EN ESPAÑA Avenida Democracia Nº 7 Nave 112 Planta Madrid - España Tel. (34) Fax: (34)

2 Caracteristicas Técnicas: Quadro modular de Comunicações Electrónicas para 4, 6, ou 8 saídas de voz/dados, mais 4, 6 ou 8 saídas coaxiais. Instalação embebida. Dimensões: 300x250x120 mm. 100% construido em material termoplástico (ABS) classe II. Módulos ACO RJ45 TYCO ELECTRONICS classe 5E Módulos ACO RJ45 TYCO ELECTRONICS classe 5E Módulos TAP cliente (splitters) FRACARRO de MHz ( já preparados Separação física entre equipamento de voz/dados e equipamento de sinal Possibilidade de alteração da distribuição de sinal de voz/dados e sinal de vídeo Estanquicidade. IP 43 (de acordo com EN 50529). Resistência ao choque IK 08 (de acordo com EN 50102). (categoria 5 melhorada). Nota: os módulos do DDC secundário são shuntados de origem em PCB ( inclui corpo conector para 4 pares de cobre de cabo STP/UTP categoria 5, espelho interior e corpo de fixação ao espelho do ATI, podendo ser do tipo blindado como opção. (categoria 5 melhorada) duplos para DDC primário (inclui corpo conector para 4 pares de cobre de cabo STP/UTP categoria 5, espelho interior e corpo de fixação ao espelho do ATI, podendo ser do tipo blindado como opção. para recepção de satélite e compativel Tvcabo e Netcabo. coaxial. à escolha do utilizador. Espelho interior amovivel com dobradiça permitindo a ampliação do sistema e intervenção de pessoal qualificado ( fixação com parafusos ALLEN ). Volume interior disponivel para instalação de HUB e/ou equipamento adicional. Tomada shucko 2P + T certificada, para colocação no interior.

3 Características adicionais de acordo com Manual ITED nas prescrições técnicas aplicaveis

4 Referências: Ref. ATI Designação Armário Telecomunicações Individual 4 saídas Armário Telecomunicações Individual 6 saídas Armário Telecomunicações Individual 8 saídas Armário Telecomunicações Individual 10 saídas Armário Telecomunicações Individual 12 saídas Armário Telecomunicações Individual 16 saídas Constituição dos ATI: Componentes Quant. 4 saídas Fundo caixa ATI 300x250x120 mm ( interiores ) 1 Moldura ATI 360x350 x10 mm 1 Tampa ATI 1 Repartidores 4 saídas ( MHz) TC de entrada 2 Módulo ACO RJ45 duplo ( cat. 5E ) DDC primário 2 Módulo ACO 2X RJ45 paralelos DDC secundário 4 Tomada Schucko 2P+T 1 Chicote de 24 cm com fichas RJ 45 ( cat. 5 ) 2 Chicote de 12 cm com fichas RJ 45 ( cat. 5 ) 3 Fixa-cabos coaxial, auto adesivo, ref Abraçadeira fivela, ref Porca M8 passo fino fixação Spliter s 4 Fichas F macho/fêmea 90º 6 Cargas F 75S 4 Barramento Terra 1 Espelho ACO cego 4

5 Componentes Quant. 6 saídas Fundo caixa ATI 300x250x120 ( interiores) 1 Moldura ATI 360x350 x10 mm 1 Tampa ATI 1 Repartidores 6 saídas ( MHz) TC de entrada 2 Módulo ACO RJ45 duplo ( cat. 5E ) DDC primário 2 Módulo ACO 2X RJ45 paralelos DDC secundário 6 Tomada Schucko 2P+T 1 Chicote de 24 cm com fichas RJ 45 ( cat. 5 ) 2 Chicote de 12 cm com fichas RJ 45 ( cat. 5 ) 5 Fixa-cabos auto adesivo coaxial, ref Abraçadeira fivela, ref Porca M8 passo fino fixação Spliter s 4 Fichas F macho/fêmea 90º 8 Cargas 75S 6 Barramento Terra 1 Espelho ACO cego 2 Componentes Quant. 8 saídas Fundo caixa ATI 300x250x120 ( interiores ) 1 Moldura ATI 360x350 x10 mm 1 Tampa ATI 1 Repartidores 8 saídas ( MHz) TC de entrada 2 Módulo ACO RJ45 duplo ( cat. 5E ) DDC primário 2 Módulo ACO 2X RJ45 paralelos DDC secundário 8 Tomada Schucko 2P+T 1 Chicote de 24 cm com fichas RJ 45 ( cat. 5 ) 2 Chicote de 12 cm com fichas RJ 45 ( cat. 5 ) 7 Fixa-cabos auto adesivo coaxial, ref Abraçadeira fivela, ref Porca M8 passo fino fixação Spliter s 4 Fichas F macho/fêmea 90º 10 Cargas 75S 8 Barramento Terra 1 Equipamento Opcional Módulos ACO; Caracteristicas/ Aplicação: Ref (creme) (negro) (branco) (creme) (creme) (negro) (branco) Descrição Módulo de insert CATV (75 Ω / 100 Ω ) - Saída série F ( até 862MHz ) ou video. Pinout 12, 36, 45 ( Balun 75 Ω / 100 Ω Blindado. APLICAÇÃO: conversão e transmissão de sinal video através de cabo UTP/STP em aplicações de televigilancia, video porteiro, etc... Módulo de insert CATV (75 Ω / 100 Ω?) - Saída série F ( até 862MHz ) ou video. Pinout 12, 36, 45 ( Balun 75 Ω / 100 Ω Blindado, + tomada RJ45 ). Módulo de tomada SUB-D 9 pinos. APLICAÇÃO: transmissão de dados. Espelho ACO cego ( liso) creme. Espelho ACO cego ( liso) negro. Espelho ACO cego ( liso) branco Módulo ACO 2xRJ45 em paralelo ( para ampliação ATI no DDC secundário ) Espelho simples ACO creme. (creme) Espelho simples ACO negro. (negro) Espelho simples ACO branco. (branco) Edge connector para conecção dos módulos ACO aos cabos UTP/STP Corpo blindado para módulo 2xRJ45 shuntado ( DDC secundário ) e módulo 2xRJ45 ( DDC primário ) (creme) Tomada de embeber RJ45 ( blindada ) 2,0 GHz de performance, para módulo (branco) ACO de 1 ou 2 saídas RJ (Negro) ( a pedido ) Porta ATI interior + Régua com dobradiça em negro mate.

6 Exemplo de tubagem e cablagem de uma instalação colectiva em edificio

7 Exemplo da planta de rede de tubagem e cablagem de moradia unifamiliar

8 LAYOUT ATI ( versão 4, 6 e 8 saídas ) PARAFUSOS " TORX " TC reserva ( SMATV ) DDC PRIMÁRIO TC1 (CATV ) DDC SECUNDÁRIO tomadas duplas "shuntadas" correspondentes a cada uma das tomadas DJ45 terminais de cada divisão da casa. Entrada sinal rede coaxial: CATV; SMATV; MATV TC2 ( MATV ) Porta interior ( amovivel ) Saída para as tomadas TV/FM de cada divisão da casa. RÉGUA com dobradiça para porta interior

9 ESQUEMA LIGAÇÃO TOMADAS INDIVIDUAIS DDC PRIMÀRIO REDE DE PARES DE COBRE ( 4 PARES ) Provenientes do exterior ( quadro ATE ou CEMU ) ESQUEMA LIGAÇÃO TOMADAS INDIVIDUAIS DDC SECUNDÁRIO

10 DIAGRAMA DE LIGAÇÃO DO PARES DE COBRE PARA AS FICHAS E TOMADAS MODULARES ACO DE 8 CONTACTOS Esquema A PAR. CÔR PINO 1 AZUL 4 AZUL / BRANCO 5 2 LARANJA / BRANCO 3 LARANJA 6 3 VERDE / BRANCO 1 VERDE 2 4 CASTANHO / BRANCO 7 CASTANHO 8 Diagrama de Ligação Ficha macho e Tomada fêmea - Esquema A PINOS TOMADA VERDE BRANCO VERDE LARANJA BRANCO AZUL BRANCO AZUL CASTANHO LARANJA BRANCO CASTANHO PAR 1 (AZUL) PAR 2 (LARANJA) PAR 3 (VERDE) PAR 4 (CASTANHO) PINOS FICHA MACHO

11 MODULOS TAP CLIENTE DO ATI A Fracarro concebeu uma nova gama de componentes passivos para a distribuição de 5 a 2400 MHz em dimensões extremamente reduzidas, sendo ao mesmo tempo facilmente instaláveis em qualquer caixa de ligações. Os novos derivadores e repartidores, em ZAMAK injectado e niquelados, asseguram elevadas prestações, devido ao facto de possuirem baixíssimas atenuações, em termos de passagem e uma elevada perda de retorno e isolamento. Estão preparados para serem ligados à terra e fixados na parede (o suporte pode ser facilmente retirado se houver problemas de espaço). Os Conectores são do tipo F e normalizados. NOTA: Todas as ligações se realizam num borne com rosca de parafuso, incluindo o borne de ligacão à terra.

12 Ligação dos módulos ACO do DDC primário e secundário Procedimento de ligação do cabo UTP / STP ao módulo ACO da NOTA 1 : Os acessórios EDGE CONNECTOR para ligação dos cabos UTP / STP ao corpo do módulo ACO ( housing ) deverão ser instalados primeiro no corpo do Módulo ACO, antes de lhe serem cravados os pares entrançados dos cabos UTP / STP. NOTA 2 : O Edge Connector está aprovado para condutor rigido com diam. externo máx. de 1.22 mm (UTP / STP de 100 Ohm). PONTO 1: Preparar cabo de acordo com figura abaixo removendo aproximadamente 50 mm de bainha. PONTO 2 : Colocar os pares entrançados nas posições adequadas do Edge Connector respeitando o código de côres que está marcado neste. Ver figura acima. ATENÇÃO: Assegure -se que a torcida dos diversos pares têm pelo menos cerca de 13 mm de extensão no contacto de cravação. Ver figura acima. PONTO 3: Cravar os condutor es usando uma chave de impacto Ref TYCO ou uma chave KRONE usual de cravação. NOTA : Usar sempre a chave de impacto na sua regulação mínima. São fornecidas duas tampas adicionais para aprisionar os pares entrançados no Edge Connector, de modo a proporcionar uma ligação perfeita e segura mesmo sem abraçadeiras. PONTO 4: No caso de utilização do módulo ACO com corpo blindado (shielded) deverá usar o clip metálico para ligar o corpo blindado do módulo á malha de blindagem do cabo STP usado. Ver figura seguinte:

13 Instalação dos módulos ACO na porta interior do ATI Posicionamento dos componentes do módulo ACO. Edge connector Corpo do módulo Módulo ( na figura está representado pelo RJ45 simples ) Corpo do módulo Edge connector Porta interior do ATI. Diagrama de ligação dos pares de cobre nos jacks módulares para as várias aplicações

14

ESQUEMA DE LIGAÇÃO. Modulos ACO no DDC Secundário. Reserva. Módulos Triplos no DDC Secundário. Sinal de Telefone proveniente do.

ESQUEMA DE LIGAÇÃO. Modulos ACO no DDC Secundário. Reserva. Módulos Triplos no DDC Secundário. Sinal de Telefone proveniente do. Esquema de Ligação dos es de Cobre provenientes da Coluna para os Modulos ACO no DDC Primário Esquema de Ligação dos Modulos ACO no DDC Secundário Chicote de Interligação de 4 pares proveniente do DDC

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2 INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2 MANUAL ITED 1ª EDIÇÃO Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 10 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS APLICADOS...3

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI GERAÇÃO 3.1 Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 8 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE índice...2 1. Introdução...3 2. Documentos normativos aplicados...3

Leia mais

REGRAS de EXECUÇÃO. António M. S. Francisco (revisão 01/06)

REGRAS de EXECUÇÃO. António M. S. Francisco (revisão 01/06) REGRAS de EXECUÇÃO António M. S. Francisco (revisão 01/06) INTERNET Para informação completa e detalhada consultar o manual ITED em: http://www.anacom.pt Para informação sobre material (catálogo) para

Leia mais

Exemplo de Ligação Painel ATI de 4 Módulos Duplos e mais 4 Módulos Triplos

Exemplo de Ligação Painel ATI de 4 Módulos Duplos e mais 4 Módulos Triplos ATI ESQUEMA DE LIGAÇÃO Exemplo de Ligação Painel ATI de 4 Módulos Duplos e mais 4 Módulos Triplos Vista Frontal Telefone Filtro Cabo UTP ADSL Coluna PC Modem V.P. Monitor Vista Posterior Par 3 Par 4 Par

Leia mais

Armários de Telecomunicações Individuais. O ATI mais evoluído do mercado Tecnologia 100% útil EFICÁCIA SIMPLICIDADE RENDIMENTO. www.jsl-online.

Armários de Telecomunicações Individuais. O ATI mais evoluído do mercado Tecnologia 100% útil EFICÁCIA SIMPLICIDADE RENDIMENTO. www.jsl-online. 9582008 NOVO ASÉRIE CTI V Armários de Telecomunicações Individuais O ATI mais evoluído do mercado Tecnologia 00% útil EFICÁCIA SIMPLICIDADE RENDIMENTO www.jslonline.net UMA MISSÃO, UM DESAFIO: INOVAR Caro

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2 INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2 Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 4 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE ÍNDICE...2 1. INTRODUÇÃO...3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS APLICADOS...3

Leia mais

A entrada subterrânea, ligada à CEMU, é realizada com 2 tubos com diâmetros = 50 mm.

A entrada subterrânea, ligada à CEMU, é realizada com 2 tubos com diâmetros = 50 mm. Moradia unifamiliar REDES DE TUBAGENS REDE INDIVIDUAL 1 Tubo 25 mm da CEMU (Caixa de Entrada da Moradia Unifamiliar) até ao ATI (Armário de Telecomunicações Individual), para passagem dos cabos de pares

Leia mais

ANEXO 8 ESQUEMAS: DDC, TC, ATI, RG-PC+, RG-FO

ANEXO 8 ESQUEMAS: DDC, TC, ATI, RG-PC+, RG-FO ANEXO ESQUEMAS: DDC, TC, ATI, RG-PC+, RG-FO MANUAL ITED ª edição Julho 00 - ANEXO ESQUEMA DE UM DDC Apresentam-se de seguida os esquemas de constituição de um possível DDC, integrado num ATI. Na figura

Leia mais

ATI Modular: um novo conceito

ATI Modular: um novo conceito ATI Modular: um novo conceito A SOLUÇÃO IDEAL PARA OS SEUS PROJECTOS Todos os produtos estão de acordo com as exigências do novo manual ITED ed.2 O novo conceito de ATI O novo ATI - Armário de Telecomunicações

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI

INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI MANUAL ITED 2ª EDIÇÃO Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 2 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE ÍNDICE... 2 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO. COREN Subseção de Floriano

MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO. COREN Subseção de Floriano MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO COREN Subseção de Floriano ÍNDICE 1. OBJETIVO 2. NORMAS TÉCNICAS 3. DESCRIÇÃO DOS SITEMAS 3.1. Entradas de energia e telefone 3.2. Quadros de distribuição local 3.3. Dispositivos

Leia mais

Experiência 01: CONECTORIZAÇÃO DO CABEAMENTO METÁLICO

Experiência 01: CONECTORIZAÇÃO DO CABEAMENTO METÁLICO ( ) Prova ( ) Prova Semestral ( ) Exercícios ( ) Prova Modular ( ) Segunda Chamada ( ) Exame Final ( ) Prática de Laboratório ( ) Aproveitamento Extraordinário de Estudos Nota: Disciplina: Turma: Aluno

Leia mais

APARELHAGEM DE EMBEBER

APARELHAGEM DE EMBEBER Interruptor Unipolar METALIZADA - Prata A Série APOLO 000 prima pelas linhas direitas e traços elegantes. O seu design actual confere um toque minimalista e de requinte à sua decoração. Disponível em cores

Leia mais

電 動 車 輛 充 電 設 施 安 全 技 術 指 引

電 動 車 輛 充 電 設 施 安 全 技 術 指 引 電 動 車 輛 充 電 設 施 安 全 技 術 指 引 Directrizes Técnicas de Segurança de Instalações de Carregamento de Veículos Eléctricos 第 一 條 Artigo 1.º 標 的 Objecto 本 指 引 為 訂 定 安 裝 電 動 車 輛 充 電 設 施 應 遵 守 的 安 全 技 術 條 件 As presentes

Leia mais

FORIXTM MODERNA E VERSÁTIL O ESSENCIAL PARA A INSTALAÇÃO SALIENTE

FORIXTM MODERNA E VERSÁTIL O ESSENCIAL PARA A INSTALAÇÃO SALIENTE FORIXTM MODERNA E VERSÁTIL O ESSENCIAL PARA A INSTALAÇÃO SALIENTE ESPECIALISTA MUNDIAL EM INFRAESTRUTURAS ELÉTRICAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO PARA EDIFÍCIOS FORIX MODERNA O ESSENCIAL PARA Adapta-se a

Leia mais

ESTÁDIO UNIVERSITÁRIO DE LISBOA

ESTÁDIO UNIVERSITÁRIO DE LISBOA projectos de engenharia de edifícios lda Azinhaga do Torre do Fato 5C Esc.1-1600-299 Lisboa www.promee.pt geral@promee.pt ESTÁDIO UNIVERSITÁRIO DE LISBOA EDIFÍCIOS DO DRIVING RANGE E CLUB HOUSE LISBOA

Leia mais

WWW.QUITERIOS.PT FECHADURAS BARRAMENTOS REFORÇO PARA CAIXAS ACESSÓRIOS PARA FIBRA ÓPTICA PRATELEIRAS CHASSI PARA ATE ACESSÓRIOS PARA COAXIAL

WWW.QUITERIOS.PT FECHADURAS BARRAMENTOS REFORÇO PARA CAIXAS ACESSÓRIOS PARA FIBRA ÓPTICA PRATELEIRAS CHASSI PARA ATE ACESSÓRIOS PARA COAXIAL ACESSÓRIOS 90 91 91 92 92 94 94 95 95 FECHADURAS BARRAMENTOS REFORÇO PARA CAIXAS ACESSÓRIOS PARA FIBRA ÓPTICA PRATELEIRAS CHASSI PARA ATE ACESSÓRIOS PARA COAXIAL ACESSÓRIOS PARA PAR DE COBRE FERRAMENTAS

Leia mais

Leitor MaxProx-PC. O leitor de cartões de proximidade MaxProx-PC é destinado aos Integradores de Controle de Acesso.

Leitor MaxProx-PC. O leitor de cartões de proximidade MaxProx-PC é destinado aos Integradores de Controle de Acesso. Leitor MaxProx-PC O leitor de cartões de proximidade MaxProx-PC é destinado aos Integradores de Controle de Acesso. Ele foi especialmente projetado para controle de acesso, para ser usado no modo de operação

Leia mais

arente Linha Aparente p a A h Lin

arente Linha Aparente p a A h Lin Linha Aparente Linha Aparente Linha Aparente Canaleta metálica... 03 Tampa de encaixe... 03 Tampa de pressão... 14 Canaleta meia-lua... 21 Poste condutor... 22 Tampa de encaixe A Linha Aparente da Valemam

Leia mais

Caixa de passagem Ex e / Ex tb

Caixa de passagem Ex e / Ex tb Tomadas/Plugs Painéis Caixa de passagem Ex e / Ex tb Segurança aumentada, tempo e jatos potentes d água. Características Construtivas Caixa de passagem e ligação fabricada em liga de alumínio fundido copper

Leia mais

VIP X1600 XFM4 VIP-X1600-XFM4A/VIP-X1600-XFM4B. Guia de instalação rápida

VIP X1600 XFM4 VIP-X1600-XFM4A/VIP-X1600-XFM4B. Guia de instalação rápida VIP X1600 XFM4 VIP-X1600-XFM4A/VIP-X1600-XFM4B pt Guia de instalação rápida VIP X1600 XFM4 Informações gerais pt 2 1 Informações gerais Estas instruções "Guia de instalação rápida" referem-se aos módulos

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES ATI 3PLAY SÉRIE 15

MANUAL DE INSTRUÇÕES ATI 3PLAY SÉRIE 15 MANUAL DE INSTRUÇÕES ATI 3PLAY SÉRIE 15 1- Introdução A ATI 3Play da TEKA foi concebido em conformidade com as prescrições e especificações técnicas do Manual de Infraestruturas de Telecomunicações em

Leia mais

Terminal de Operação Cimrex 69

Terminal de Operação Cimrex 69 Descrição do Produto O Cimrex 69 agrega as mais novas tecnologias e a mais completa funcionalidade de terminais de operação. Possui visor de cristal líquido gráfico colorido de 5,7 sensível ao toque (

Leia mais

Guia Rápido de Instalação

Guia Rápido de Instalação Guia Rápido de Instalação Caro Usuário, Queremos parabenizá-lo por escolher o PlugData MG100T e dar-lhe as boas vindas a um conjunto de facilidades que serão conseguidas com o uso deste equipamento. Apresentação

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. CERON PREGÃO MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA ANEXO XIII DO EDITAL

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. CERON PREGÃO MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA ANEXO XIII DO EDITAL Eletrobrás MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA ANEXO XIII DO EDITAL Anexo XIII do Pregão Eletrônico n 029/2009 Página 1 de 11 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA TRANSFORMADORES DE CORRENTE AUXILIARES 0,6 KV USO INTERIOR

Leia mais

ATI 3play - características gerais

ATI 3play - características gerais patente nº 104593 ATI 3play - características gerais Primário e Secundário Cat 6 (classe E). Conectores RJ45, permanent link Cat 6, de acesso exterior para injecção de sinais de equipamento activo ( RC-PC

Leia mais

Redes de Computadores. Cablagem

Redes de Computadores. Cablagem Redes de Computadores Cablagem Meios físicos de transmissão guiados! Cabos coaxiais! Cabos de pares entrançados! Cabos de fibra óptica 2 Cabo coaxial Malha de cobre Condutor de cobre Revestimento externo

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Índices de proteção (IP) 1. IP XX grau de proteção dos invólucros de equipamentos elétricos segundo as normas EN 60529, IEC 60529 1º algarismo: proteção contra corpos sólidos IP 2º algarismo: proteção

Leia mais

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Manual ITED 2.ª Edição. Direcção de Fiscalização

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Manual ITED 2.ª Edição. Direcção de Fiscalização Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios Manual ITED 2.ª Edição Direcção de Fiscalização Julho de 2010 Novo regime ITED Manual ITED, 2.ª edição linhas orientadoras Regras técnicas Tubagem Cablagem

Leia mais

Debate / Palestra sobre Meios de Transmissão de Dados

Debate / Palestra sobre Meios de Transmissão de Dados Debate / Palestra sobre Meios de Transmissão de Dados Escola Secundária João de Barros Corroios Curso Profissional de Gestão de Equipamentos Disciplina de Comunicação de Dados 14-10-2011 Pedro Russo Breve

Leia mais

DESCRIÇÃO PARA IMPLEMENTAÇÃO DA INFRA-ESTRUTURA DAS IVZ s

DESCRIÇÃO PARA IMPLEMENTAÇÃO DA INFRA-ESTRUTURA DAS IVZ s DESCRIÇÃO PARA IMPLEMENTAÇÃO DA INFRA-ESTRUTURA DAS IVZ s Arquivo: Manual descritivo para implementação da infra-estrutura das IVZ Versão 02 Data: 23/11/2007 Implantação da Infra-estrutura de rede nas

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES TRANSFORMADOR A SECO ÍNDICE DESCRIÇÃO PÁGINA 1 Instruções para a instalação.................................... 02 2 Instruções para a manutenção..................................

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 98 99 100 108 116 117 118 120 ESPECIFICAÇÕES GERAIS GRAUS DE PROTECÇÃO ESPECIFICAÇÕES SAFETYMAX ESPECIFICAÇÕES ITED ESPECIFICAÇÕES RAQUITED ESPECIFICAÇÕES CENTRALIZAÇÃO CONTAGEM ESPECIFICAÇÕES QUADRO-COLUNAS

Leia mais

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Direcção de Fiscalização

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Direcção de Fiscalização Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios Direcção de Fiscalização Novo regime ITED Manual ITED, 2.ª edição linhas orientadoras Regras técnicas Tubagem Cablagem Pontos de fronteira Ligações de

Leia mais

Medidor TKE-01. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [5] Precisão. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandeza medida

Medidor TKE-01. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [5] Precisão. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandeza medida [1] Introdução O TKE-01 é um instrumento para instalação em fundo de painel, que permite a medição do consumo de energia ativa (Wh) ou reativa (Varh) em sistema de corrente alternada (CA). A leitura do

Leia mais

1) Camada Física. Camada física. Par trançado. Prof. Leandro Pykosz leandro@sulbbs.com.br

1) Camada Física. Camada física. Par trançado. Prof. Leandro Pykosz leandro@sulbbs.com.br 1) Camada Física Prof. Leandro Pykosz leandro@sulbbs.com.br Camada física Camada mais baixa da hierarquia do modelo OSI; O seu objetivo é transmitir um fluxo de bits de uma máquina para outra; Vários meios

Leia mais

Curso Instalador ITED

Curso Instalador ITED Curso Instalador ITED Formação de Actualização UFCD ITED A + ITED B Abril de 2015 Cablagem Pares de Cobre Ricardo Oliveira Sistemas de Cablagem Mantém-se a utilização das 3 tecnologias Pares de cobre Cabo

Leia mais

TERMOACUMULADORES ELÉCTRICOS

TERMOACUMULADORES ELÉCTRICOS TERMOACUMULADORES ELÉCTRICOS S O L UÇÕE S DE ÁGUA QUE N T E Índice Conforto garantido 03 Compatibilidade solar e selecção de capacidade 04 Gama EasyAqua 05 Gama NaturaAqua 06 Dados técnicos 07 02 SOLUÇÕES

Leia mais

Manual de Instalação. Sensor HUB-40Ex

Manual de Instalação. Sensor HUB-40Ex _ Manual de Instalação Sensor HUB-40Ex SAC: Tel.: +55 (19) 2127-9400 E-mail: assistenciatecnica@metroval.com.br Instalação, Manutenção e Reparos Revisão 01, Maio/2013 Manual de Instalação Sensor HUB-40Ex

Leia mais

Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h) Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h)

Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h) Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h) Curso de Formação de O curso tem como objectivos específicos, dotar os participantes de conhecimentos que lhes permitam: Obter a RENOVAÇÃO da CERTIFICAÇÃO reconhecida pela ANACOM como técnico de projecto

Leia mais

O essencial para instalar... MANUAL DE APLICAÇÕES PRÁCTICAS EDIÇÃO LIMITADA SOLUÇÕES DE TELEVISÃO PARA TODOS

O essencial para instalar... MANUAL DE APLICAÇÕES PRÁCTICAS EDIÇÃO LIMITADA SOLUÇÕES DE TELEVISÃO PARA TODOS O essencial para instalar... MANUAL DE APLICAÇÕES PRÁCTICAS SOLUÇÕES DE TELEVISÃO PARA TODOS enda-pt-manual de Aplic.indd 1 EDIÇÃO LIMITADA 23/01/2013 9:47:5 O manual de aplicações práticas de instalações

Leia mais

INSTALAÇÕES DE COMUNICAÇÕES MEMÓRIA DESCRITIVA. Processo: 6950.9.01 Data: Outubro 10 Rev: A. Mod. (09) CP1_00

INSTALAÇÕES DE COMUNICAÇÕES MEMÓRIA DESCRITIVA. Processo: 6950.9.01 Data: Outubro 10 Rev: A. Mod. (09) CP1_00 SOCIEDADE POLIS LITORAL RIA FORMOSA, SA Elaboração de Projectos de Execução para a requalificação de espaços ribeirinhos, de parques públicos e percursos pedonais - Parque Ribeirinho de Faro - RF 18.02.45

Leia mais

Armários Redes Estruturadas 2010

Armários Redes Estruturadas 2010 Zona Industrial de Aveiro Apartado 846 Lote 30-A 3801-801 AVEIRO Telefs.: 234 315 744-234 316 197 Fax.: 234 315 838 e-mail: teleflex@teleflex.pt www.teleflex.pt Armários Redes Estruturadas 2010 Qualidade

Leia mais

Box POE / Patch Panel POE

Box POE / Patch Panel POE Box POE / Patch Panel POE (5 e 10 portas) MANUAL DO USUÁRIO Patch Panel POE CCN Telecom ideal para montar um sistema de alimentação para equipamentos wifi em caixas herméticas, acess points (AP), roteadores,

Leia mais

DLP-S SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO SIMPLIFICADO. Clic! o essencial Para distribuição de correntes fortes e fracas. DLP-S, calhas de encaixe direto

DLP-S SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO SIMPLIFICADO. Clic! o essencial Para distribuição de correntes fortes e fracas. DLP-S, calhas de encaixe direto o essencial Para distribuição de correntes fortes e fracas DLP-S Encaixe direto, O «Clic» que faltava nas SUAS instalações... SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO SIMPLIFICADO Clic! DLP-S, calhas de encaixe direto

Leia mais

Manual de Instruções PT-025 ND

Manual de Instruções PT-025 ND Monitor Extensão Imagem preto e branco para vídeo porteiro PT-020ND Manual de Instruções Monitor Extensão modelo Parabéns!!! Você acaba de adquirir um produto para a sua segurança, conforto e comodidade,

Leia mais

CONECTORES DE REDES. CONECTOR RJ45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. 5e. CONECTOR RJ45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT.

CONECTORES DE REDES. CONECTOR RJ45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. 5e. CONECTOR RJ45 CAT. 5e. CONECTOR RJ 45 CAT. Para paneles y cajas exteriores. C50200 Hembra (8P/8C) Especial para caixas exteriores e paineis. C50200 CONECTOR RJ45 CAT. 5e Con refuerzo metàlico en la entrada del conector. Para paneles. C50201 Hembra

Leia mais

2-10. Espelho Banheiro. Iluminação e Desembaçador automáticos e indicadores de umidade do ar e temperatura. Criação:

2-10. Espelho Banheiro. Iluminação e Desembaçador automáticos e indicadores de umidade do ar e temperatura. Criação: Apresenta Espelho Banheiro 2-10 Iluminação e Desembaçador automáticos e indicadores de umidade do ar e temperatura Criação: Artesão/Engenheiro: Carlos Mury 3-10 Construção totalmente, tornando a peça única,

Leia mais

Conexões bus estrutura de ligação CMS Estrutura de ligação CMS, B-Design. Catálogo impresso

Conexões bus estrutura de ligação CMS Estrutura de ligação CMS, B-Design. Catálogo impresso Estrutura de ligação CMS, B-Design Catálogo impresso 2 Estrutura de ligação CMS, B-Design Acoplador de bus com controlador Conexão por fieldbus com funcionalidade E/S opcional (CMS), Design B Acoplador

Leia mais

BIO3000 VERSÃO DO MANUAL

BIO3000 VERSÃO DO MANUAL BIO3000 VERSÃO DO MANUAL 1.0 de 21/02/2012 6434 Sumário 1. Apresentação... 3 2. Especificações Técnicas... 3 3. Características Gerais... 4 4. Visão geral do Equipamento... 4 5. Recomendações de Instalação...

Leia mais

Perfeitamente ligado. JUNG Multimédia

Perfeitamente ligado. JUNG Multimédia Perfeitamente ligado JUNG Multimédia JUNG PORTUGAL, S.A. R. Eng.º Frederico Ulrich, 2650 Edifício das Tecnologias - Piso 0 4470-605 Maia Tel. 229 407 750 Fax 229 407 752 e-mail: info@jungportugal.pt www.jungportugal.pt

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MILIOHMÍMETRO MODELO MO-1200

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MILIOHMÍMETRO MODELO MO-1200 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MILIOHMÍMETRO MODELO MO-1200 julho 2009 Leia cuidadosamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do medidor ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. REGRAS DE SEGURANÇA...

Leia mais

OBJETIVOS DA SEÇÃO. Após concluir com êxito o módulo sobre Área de Trabalho, o aluno deve estar apto a:

OBJETIVOS DA SEÇÃO. Após concluir com êxito o módulo sobre Área de Trabalho, o aluno deve estar apto a: OBJETIVOS DA SEÇÃO Após concluir com êxito o módulo sobre Área de Trabalho, o aluno deve estar apto a: I. Definir os critérios da Área de Trabalho para o Sistema de Cabeamento Siemon, tanto para interfaces

Leia mais

Iniciar. Antes de utilizar o comando à distância. Instalação. Efectuar a ligação a uma fonte de vídeo. Efectuar a ligação a um computador

Iniciar. Antes de utilizar o comando à distância. Instalação. Efectuar a ligação a uma fonte de vídeo. Efectuar a ligação a um computador Iniciar 1 Antes de utilizar o comando à distância Inserir as pilhas Período de substituição das pilhas e Utilizar o comando à distância Alcance de funcionamento do comando à distância 2 Instalação Tamanho

Leia mais

ICORLI. INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO e OPERAÇÃO EM REDES LOCAIS e INTERNET

ICORLI. INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO e OPERAÇÃO EM REDES LOCAIS e INTERNET INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO e OPERAÇÃO EM REDES LOCAIS e INTERNET 2010/2011 1 Tipos de Cabos Cabos eléctricos São cabos, normalmente fabricados em cobre (ou de outro material condutor), que transmitem os

Leia mais

Instruções de Utilização. Unidade de leitura de impressão digital 2607..

Instruções de Utilização. Unidade de leitura de impressão digital 2607.. Instruções de Utilização Unidade de leitura de impressão digital 607.. Índice Descrição do aparelho...4 Ilustração do aparelho...5 Âmbitos de aplicação...6 Utilização...8 Sinais de confirmação...9 Sequência

Leia mais

Calhasxxxxxx. em alumínio. Catálogo Geral 2015-2016

Calhasxxxxxx. em alumínio. Catálogo Geral 2015-2016 93 Calhasxxxxxx em alumínio Catálogo Geral 2015-2016 113 CALHAS 93 EM ALUMÍNIO Calhas 93 em alumínio Para instalar mecanismos em ambientes onde se requer acabamentos em alumínio Liberdade de eleição de

Leia mais

Os nossos comentários e questões encontram-se no texto abaixo, associados aos respectivos artigos (texto azul):

Os nossos comentários e questões encontram-se no texto abaixo, associados aos respectivos artigos (texto azul): From: JSantos [mailto:jose.santos@casadaslampadas.com] Sent: terça-feira, 7 de Julho de 2009 11:32 To: manual.ited.itur@anacom.pt Cc: MOliveira Subject: FW: Novo regime ITED: Redes de comunicações electrónicas

Leia mais

Kits de montagem (Série 501/Série 503)

Kits de montagem (Série 501/Série 503) Séries 0 e 03 Kits de montagem (Série 0/) Kit conetor Sub-D 2 pinos B C Ø. Kit conetor Sub-D 2 pinos P99E4284400 P99E42844002 MONTEM CONETOR SUB-D 2 PINOS SEM CLH DIN MONTEM CONETOR SUB-D 2 PINOS COM CLH

Leia mais

Calhasxxxxxx. emxxxxxcor U23X cinzento RAL 7035. Cumprir o RTIEBT. Catálogo Geral 2015-2016. Indicado para intempérie

Calhasxxxxxx. emxxxxxcor U23X cinzento RAL 7035. Cumprir o RTIEBT. Catálogo Geral 2015-2016. Indicado para intempérie 73 Calhasxxxxxx UV Indicado para intempérie emxxxxxcor U23X cinzento RAL 7035 Cumprir o RTIEBT Catálogo Geral 2015-2016 47 CALHAS 73 EM U23X COR CINZENTO RAL 7035 Calhas 73 em U23X cor cinzento RAL 7035

Leia mais

ANEXO 6 FICHAS TÉCNICAS

ANEXO 6 FICHAS TÉCNICAS ANEXO 6 FICHAS TÉCNICAS MANUAL ITED 1ª edição revista - Dezembro 2003 - ANEXO 6 1 ITED INFRA-ESTRUTURAS DE TELEUNICAÇÕES EM EDIFÍCIOS FICHA TÉCNICA PROJECTO N.º LOCALIZAÇÃO DA OBRA CONCELHO MORADA FREGUESIA

Leia mais

Catálogo Técnico 2013

Catálogo Técnico 2013 Catálogo Técnico 2013 Design e Sofisticação com Personalidade Esquemas de Ligação Interruptor Simples - 16A/250V~ Interruptor Simples: 2 Bornes para conexão elétrica. Permite comandar uma ou mais lâmpadas

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Curso Tecnológico de Redes de Computadores Disciplina: Infraestrutura de Redes de Computadores - 1º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 01 Conceitos

Leia mais

Porta Equipamentos STANDARD

Porta Equipamentos STANDARD PORTA EQUIPAMENTOS Porta Equipamentos STANDARD Embalagem com 20 peças. Os Porta Equipamentos Standard (PES) são fabricados com matéria prima de última geração: ABS MAGNUM-V0. Esta matéria prima tem as

Leia mais

Comunicações por Computador

Comunicações por Computador Comunicações por Computador António Nabais Grupo de Sistemas e Tecnologias de Informação Escola Superior de Tecnologia Instituto Politécnico do Cávado e do Ave anabais@ipca.pt 2006/2007 Componentes de

Leia mais

www.alumbra.com.br SAC 0800-193130

www.alumbra.com.br SAC 0800-193130 www.alumbra.com.br SAC 0800-193130 SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ www.alumbra.com.br INOVA NO NOME E EM SEUS AMBIENTES INOVA PRÓ JÁ ENCANTA PELO DESIGN E POR APRESENTAR UM CONJUNTO HARMONIOSO Traços retos e

Leia mais

INSTALAÇÃO E OPERAÇÂO SENSORES DE PRESSÃO PARA MÁQUINA EXTRUSORA

INSTALAÇÃO E OPERAÇÂO SENSORES DE PRESSÃO PARA MÁQUINA EXTRUSORA M A N U A L T É C N I C O INSTALAÇÃO E OPERAÇÂO SENSORES DE PRESSÃO PARA MÁQUINA EXTRUSORA ä ä ä ä Apresentação Este manual é um guia para instalação e operação de Transdutores e Transmissores de Pressão

Leia mais

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE 1 1. CABEAMENTO ESTRUTURADO Cabeamento estruturado é a disciplina que estuda a disposição organizada e padronizada de conectores e meios

Leia mais

Projeto de Redes Metálicas e Ópticas

Projeto de Redes Metálicas e Ópticas Projeto de Redes Metálicas e Ópticas Aluno 1 Aluno 2 Aluno 3 São José, mês e ano Simbologia Figura 1 descrição do símbolo 1 Figura 2 descrição do símbolo 2 Simbologia Pág. 1 Diagrama de Distribuição 6

Leia mais

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA Obrigado por adquirir o Ventilador, modelos VTR500 503 505, um produto de alta tecnologia, seguro, eficiente, barato e econômico. É muito importante ler atentamente este manual de instruções, as informações

Leia mais

www.alumbra.com.br SAC 0800-193130

www.alumbra.com.br SAC 0800-193130 www.alumbra.com.br SAC 0800193130 SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ www.alumbra.com.br RAVELO VALORIZA OS AMBIENTES DESIGN, ELEGÂNCIA E FUNCIONALIDADE EM UMA LINHA ÚNICA Apresentamos uma ótima opção para projetos

Leia mais

3 MATERIAIS, DISPOSITIVOS E EQUIPAMENTOS

3 MATERIAIS, DISPOSITIVOS E EQUIPAMENTOS 3 MATERIAIS, DISPOSITIVOS E EQUIPAMENTOS 3.1 OBJECTIVO O presente capítulo destina-se a estabelecer os requisitos técnicos dos materiais, dispositivos e equipamentos constituintes das infra-estruturas

Leia mais

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº1

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº1 Redes de Computadores Curso de Eng. Informática Curso de Eng. Electrotécnica e Computadores Trabalho de Laboratório Nº1 Cablagem estruturada 1 Introdução Vivemos em plena segunda revolução industrial.

Leia mais

Instruções de segurança VEGAPULS PS61.D****D/H/K/ L/P/F/G/M/B/I****

Instruções de segurança VEGAPULS PS61.D****D/H/K/ L/P/F/G/M/B/I**** Instruções de segurança VEGAPULS PS61.D****D/H/K/ L/P/F/G/M/B/I**** NCC 15.0167 X Ex d ia IIC T6 T1 Ga/Gb, Gb 0044 Document ID: 50548 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 3 4 Condições

Leia mais

Emb. Ref. 20 6110 10 1 módulo borne automático 1. 20 6110 00 1 módulo 1. 10 6110 20 1 módulo com luz (1) 1. 10 6120 10 2 módulos borne automático 2

Emb. Ref. 20 6110 10 1 módulo borne automático 1. 20 6110 00 1 módulo 1. 10 6110 20 1 módulo com luz (1) 1. 10 6120 10 2 módulos borne automático 2 6110 10 6120 10 6110 21 6120 16 Emb. Ref. 10 A - 250 V9 módulos 20 6110 10 1 módulo borne automático 1 20 6110 00 1 módulo 1 10 6110 20 1 módulo com luz (1) 1 10 6120 10 2 módulos borne automático 2 10

Leia mais

MAGI PORTA - PORTAS AUTOMÁTICAS

MAGI PORTA - PORTAS AUTOMÁTICAS MAGI PORTA - PORTAS AUTOMÁTICAS LINHA SOCIAL A SOLUÇÃO PERFEITA EM PORTAS AUTOMÁTICAS TECNOLOGIA A Magi Porta já consolidada no mercado de portas automáticas, mais uma vez inova o conceito de portas sociais

Leia mais

Sistema de Fixação à Pólvora

Sistema de Fixação à Pólvora Sistema de Fixação à Pólvora Líder de mercado na maioria dos países europeus; O mais alto nível de atendimento ao cliente do segmento industrial; Excelente imagem da marca: 92% dos engenheiros de estruturas

Leia mais

Manual de Instalação e Manutenção. Torniquete Hexa. revisão: 6 data de atualização:16/01/09

Manual de Instalação e Manutenção. Torniquete Hexa. revisão: 6 data de atualização:16/01/09 Manual de Instalação e Manutenção Torniquete Hexa revisão: 6 data de atualização:16/01/09 Índice 1 - Apresentação pg.03 2 - Dimensões principais e vão livre para manutenção pg.04 3.1. Identificação dos

Leia mais

Anúncio de adjudicação de contrato

Anúncio de adjudicação de contrato 1/ 18 ENOTICES_icmartins 27/10/2011- ID:2011-149873 Formulário-tipo 3 - PT União Europeia Publicação no suplemento do Jornal Oficial da União Europeia 2, rue Mercier, L-2985 Luxembourg Fax (352) 29 29-42670

Leia mais

Canaletas PVC DLP & Acessórios

Canaletas PVC DLP & Acessórios Centro de Suporte Técnico T 0800-11 11-8008 servmercado@piallegrand.com.br Canaletas PVC DLP & Acessórios CONTEÚDOS PÁGINAS 1.Linha 1 a 2 2.Acessórios de acabamento 3 a 5 3.Acessórios complementares 6

Leia mais

www.alumbra.com.br SAC 0800-193130

www.alumbra.com.br SAC 0800-193130 www.alumbra.com.br SAC 0800-193130 SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ www.alumbra.com.br BELEZA, PRATICIDADE E ECONOMIA EM CADA DETALHE, SIENA REÚNE EXCELENTES ATRIBUTOS Siena é a linha de interruptores e tomadas

Leia mais

Nota) Nunca corte metais como cabos eléctricos. TK-1. Nylon, nylon macio, poliuretano, e outros tubos de plástico macios. 13mm ou menos.

Nota) Nunca corte metais como cabos eléctricos. TK-1. Nylon, nylon macio, poliuretano, e outros tubos de plástico macios. 13mm ou menos. Acessórios/ferramentas Alicate corta tubos Série TK Alicate corta tubos: TK-1 Corte perpendicular Força de utilização reduzida Com capa/fecho de segurança Nota) Nunca corte metais como cabos eléctricos.

Leia mais

Calhas Técnicas Série 10. Série 16. Calhas para Instalações Eléctricas e Telecomunicações (pág. 114-125)

Calhas Técnicas Série 10. Série 16. Calhas para Instalações Eléctricas e Telecomunicações (pág. 114-125) Técnicas para Instalações Eléctricas e Telecomunicações (pág. 1-125) A é composta por: Molduras (pág. 1); de Rodapé (pág. 118); de Chão (pág. 118); para Distribuição (pág. 122). Calha 110x50 BR - Branco

Leia mais

Série 10 - Calhas para Instalações Elétricas e Telecomunicações

Série 10 - Calhas para Instalações Elétricas e Telecomunicações Aparelhos Fornecidos Semi-Montados com Espelho 47121 S TOMADA 2P BR 10 1.88 47122 S TOMADA 2P C/OBTURADOR BR 10 2.59 47131 S TOMADA SCHUKO BR, LR, VM 10 2.43 47132 S TOMADA SCHUKO C/OBTURADOR BR, LR, VM

Leia mais

Meios de transmissão. Professor Leonardo Larback

Meios de transmissão. Professor Leonardo Larback Meios de transmissão Professor Leonardo Larback Meios de transmissão Na comunicação de dados são usados muitos tipos diferentes de meios de transmissão. A escolha correta dos meios de transmissão no projeto

Leia mais

Suno. a qualidade na ponta dos dedos SUNO / A NOVA GAMA DE APARELHAGEM

Suno. a qualidade na ponta dos dedos SUNO / A NOVA GAMA DE APARELHAGEM Suno a qualidade na ponta dos dedos SUNO / A NOVA GAMA DE APARELHAGEM www.legrand.pt Suno a arte de moldar o quotidiano PENSADA PARA A HARMONIA Sóbria e funcional, a gama Suno com as suas formas suaves

Leia mais

Sinalização de segurança aplicada aos equipamentos e sistemas de proteção ativa

Sinalização de segurança aplicada aos equipamentos e sistemas de proteção ativa Sinalização de segurança aplicada aos equipamentos e sistemas de proteção ativa Extintores 2,1m 3 Os extintores devem ser convenientemente distribuídos, sinalizados sempre que necessário e instalados em

Leia mais

Disciplina: Projeto de Especialidades. Projeto: Rede de telecomunicações. Especialidade: Rede de Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios

Disciplina: Projeto de Especialidades. Projeto: Rede de telecomunicações. Especialidade: Rede de Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios Universidade Fernando Pessoa Faculdade de Ciências e Tecnologias Curso de Engenharia Civil 3ºAno Disciplina: Projeto de Especialidades Projeto: Rede de telecomunicações Especialidade: Rede de Infra-estruturas

Leia mais

GERADORES DE EMERGÊNCIA ACCIONADOS POR MOTORES DE COMBUSTÃO

GERADORES DE EMERGÊNCIA ACCIONADOS POR MOTORES DE COMBUSTÃO República de Angola Ministério da Energia e Águas GERADORES DE EMERGÊNCIA ACCIONADOS POR MOTORES DE COMBUSTÃO Emissão: MINEA/DNEE Dezembro 2010 Av. Cónego Manuel das Neves, 234 1º - Luanda ÍNDICE 1 OBJECTIVO...

Leia mais

Os principais componentes de uma Rede Habitacional

Os principais componentes de uma Rede Habitacional Os principais componentes de uma Rede Habitacional Bastidor de Distribuição de Cabelagem Estruturada Conector OmniMedia para bastidor Módulo Rádio/Televisão Módulo Telefone/Fax Portal Internet Extensões

Leia mais

TEKA ELECTRONICS 81 UTP

TEKA ELECTRONICS 81 UTP 81 UTP CABO U/UTP CAT 5e Cabo com performances até os 100MHz (ANSI/TIA/EIA-568-C2), frequentemente utilizado para redes de voz e dados (100Mbit/s e Gigabit Ethernet). Pares em CCA sólido: 0,51mm (24AWG)

Leia mais

Proteção contra sobretensão e filtro antiparasitário

Proteção contra sobretensão e filtro antiparasitário COMTRAB modular Proteção compacta modular para redes de alta densidade Tecnologia de conexão LSA-PLUS com economia de espaço Dispositivos de proteção contra surtos para -0 pares de condutores ou 2-20 condutores.

Leia mais

GUIA GERAL DO PIX-DSX

GUIA GERAL DO PIX-DSX ADCP-80-354 GUIA GERAL DO PIX-DSX Sumário Página 1. TERMINAÇÕES COM WIRE WRAP...3 2. ENERGIA...4 3. ELEMENTO DE REDE (EQUIPAMENTO)...5 4. ROTEAMENTO DE JUMPER DE CONEXÃO CRUZADA...8 1390027 Rev A Página

Leia mais

Catálogo Técnico 2013

Catálogo Técnico 2013 Catálogo Técnico 203 Tudo o que se espera em material elétrico Identificação Esquema de ligação Interruptor imples - 0A/250V~ 2 FAE Permite comandar uma o u m a i s l â m p a d a s exclusivamente de um

Leia mais

Porta e Acesso www.burg.biz

Porta e Acesso www.burg.biz Fecho de porta eletrónico Bluetooth 4.0 LE RFID Fingerscan NFC Pincode Porta e Acesso seguro e fácil de gerir com o Smartphone Smartphone KeyApp www.burg.biz Inovador e inteligente. Fecho de porta eletrónico

Leia mais

Discreto, inteligente e moderno

Discreto, inteligente e moderno Produtos e sistemas [ SISTEMA X ] Discreto, inteligente e moderno Solução segura e econômica, que evita o quebra-quebra de paredes, o Sistema X é um organizador de ambientes que possibilita compor a instalação

Leia mais

built build to ANDAIMES MP

built build to ANDAIMES MP uilt build to ANDAIMES ANDAIMES MP Andaime_Multidirecional MP 150 Empresa Projetos Produtos Andaimes e coberturas ANDAIME Multidirecional MP O sistema multidirecional MP é a solução moderna que reflete

Leia mais

56K ESP-2 Modem 56K ESP-2 MODEM. Manual de instalação rápida. Versão 1.0

56K ESP-2 Modem 56K ESP-2 MODEM. Manual de instalação rápida. Versão 1.0 56K ESP-2 MODEM Manual de instalação rápida Versão 1.0 1 1. Introdução Este manual foi concebido para os utilizadores do 56K ESP-2 Modem. Não são necessários conhecimentos prévios para a instalação e utilização

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO VÍDEO BALUNS

MANUAL DO USUÁRIO VÍDEO BALUNS MANUAL DO USUÁRIO VÍDEO S DANI Condutores Elétricos ltda. www.dni.com.br 01 INTRODUÇÃO Os VIDEO S da DNI servem para possibilitar o uso dos cabos de pares trançados, por exemplo: o cabo UTP, DNI 8x50 UTP

Leia mais