PLANO DE SESSÃO DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO:PROJECTO E INSTALAÇÃO ITED - HABILITANTE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE SESSÃO DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO:PROJECTO E INSTALAÇÃO ITED - HABILITANTE"

Transcrição

1 PLANO DE SESSÃO DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO:PROJECTO E INSTALAÇÃO ITED - HABILITANTE DURAÇÃO:150 Horas POPULAÇÃO ALVO: Membros da OE ou da OET não considerados por estas entidades com habilitação para o desempenho da actividade de projectistas e instaladores ITED e que pretendem iniciar a actividade profissional nesta área. OBJECTIVO GERAL: Dotar os participantes das competências necessárias à actividade de projectistas e instaladores ITED, cumprindo as normas técnicas introduzidas pelo novo Manual ITED de Setembro de Introdução 30m Conhecimento do enquadramento legal Jurídico de ITED 2. Enquadramento jurídico e normativo das ITED 2,5 Conhecimento das características dos materiais e constituição de uma rede ITED 3. Partes constituintes de uma rede ITED - Materiais, equipamentos (constituição e características) 3.1. Cabos de pares de cobre e respectiva conectorização 3.2. Cabos coaxiais e respectiva conectorização. Dispositivos de redes coaxiais 3.3. Cabos de Fibras Ópticas e respectiva conectorização Tubagem da rede colectiva e individual Conhecimento do enquadramento legal Ambiental de ITED 4. Classificações ambientais Regras MICE 1

2 Conhecimento das regras genéricas de um projecto ITED 5. Dimensionamento das redes de cabos e tubagem 5.1. Regras genéricas de projecto ITED 2 cabos de pares de cobre 5.2. Rede colectiva e individual de pares de cobre dimensionamento Transmissão digital em pares de cobre princípios e constrangimentos Elementos passivos e activos de uma instalação xtp Tipos e unidades de medida. Ensaio para cabos xtp Particularidades de redes residenciais e de redes empresariais. Exemplos práticos 2

3 cabos coaxiais 5.3. Rede colectiva (CATV, MATV e SMATV) e individual de cabos coaxiais dimensionamento Sinal de TV, espectro de RF e unidades de medida Tecnologias de difusão digital DVB-t, DVB-S e DVB-C Sistemas de CATV. Sistemas do tipo A (MATV Radiodifusão Terrestre) Sistemas do tipo B (SMATV Radiodifusão Satélite). Televisão Digital Terrestre Sistemas individuais e colectivos de antenas. Amplificação e processamento Tipo de ensaios para cabos coaxiais 5 3

4 Fibra Óptica 5.4. Rede colectiva e individual de F.O. dimensionamento Optoelectrónica (natureza da luz, leis de Snell, difracção da luz, abertura numérica) Princípios de transmissão em FO Características dos diferentes componentes utilizados em sistemas de comunicação óptica (fontes de luz, splitters, acopladores e conectores) Principais redes de comunicação óptica do tipo FTTx Projectos de redes de aceso em FO Testes e ensaios em sistemas de comunicação óptica Adaptação de edifícios já existente à FO Sistemas de FWA tubagens 5.6. Rede colectiva e individual de tubagens - dimensionamento 4

5 cablagem e de tubagens 5.7. Ligações à rede pública 5.8. Protecções e ligações de terra Execução e preenchimento da documentação técnica e respectiva orçamentação, requerida para um projecto ITED 5.9. Execução de lista de materiais, plano de trabalhos e orçamento Elaboração e preenchimento de documentação técnica para projecto ITED e termo de responsabilidade 1 5

6 Execução de um projecto ITED de uma moradia, com a respectiva documentação técnica e orçamentação Execução de um projecto ITED de um edifício, com a respectiva documentação técnica e orçamentação Instalação da rede colectiva e individual de tubagem e cablagem Execução de ensaios numa instalação ITED e respectivo preenchimento das folhas de certificado de conformidade. 6. Caso prático - Elaboração de um projecto ITED de uma moradia 7. Caso prático - Elaboração de um projecto ITED de um edifício misto 8. Instalação 8.1. Rede de tubagem 8.2. Rede de Cabos 8.3. Dispositivos (armários, caixas, conectores) 9. Ensaios em PC, CC e FO exemplos práticos distribuída aos participantes, recorrendo em paralelo a dos mesmos, no sentido de estimular a auto-reflexão. apresentadas pelos participantes. Método prático da aplicação da tubagem, das caixas, das tomadas e das ligações dos cabos das várias tecnologias (pares de cobre, cabos coaxias e de fibra óptica). Chaves de fendas, chaves philips, alicates de corte, níveis, serrotes, chaves de cravamento para os pares de cobre, chaves para compressão dos conectores coaxiais e máquina de fusão para fibra Analisadore de cabos pares de cobre, medidor de sinais de TV e medidor de potência óptica e fonte óptica. forma de articulação dos conhecimentos pela apresentação e defesa de um projecto e pela componente prática no contexto de instalação. 6

7 Acompanhar e esclarecer, no desenvolvimento dos projectos, os conhecimentos ou duvidas sobre materiais e/ou soluções técnicas que possam vir a implementar nos mesmo, pelos formandos ao longo desta acção de formação. 10. Estudo Acompanhado online/ Sessões de Autoestudo por parte dos Formandos 60 distribuída aos participantes, recorrendo em paralelo a dos mesmos, no sentido de estimular a autoestudo. Análise de situações apresentadas pelos participantes. para debate de soluções e materiais a implementar no projecto. aquando da apresentação e defesa de um projecto. Avaliar os conhecimentos dos formandos adquiridos ao longo desta acção de formação. 11. Avaliação final distribuída aos participantes, recorrendo em paralelo a dos mesmos, no sentido de estimular a auto-reflexão.. acesso à Internet A avaliação final consiste na avaliação feita durante as aulas, pelos projectos práticos entregues, pela avaliação do trabalho desenvolvido na instalação e por um teste final. 7

Curso de Especialização Pós-Graduada em Projeto de Infra estruturas de Telecomunicações

Curso de Especialização Pós-Graduada em Projeto de Infra estruturas de Telecomunicações 1. Designação do Curso: FICHA DE CURSO Curso de Especialização Pós-Graduada em Projeto de Infra estruturas de Telecomunicações 2. Denominação do Diploma ou Certificado Diploma de Pós-Graduação em Projeto

Leia mais

Curso de Formação de. Curso de Formação de. Actualização de Instalador ITED 2 (75h)

Curso de Formação de. Curso de Formação de. Actualização de Instalador ITED 2 (75h) Curso de Formação de O curso tem como objectivos específicos, dotar os participantes de conhecimentos que lhes permitam: Obter a RENOVAÇÃO da CERTIFICAÇÃO reconhecida pela ANACOM como técnico instalador

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA ACREDITAÇÃO ACÇÕES DE FORMAÇÃO ITED E ITUR ENGENHEIROS E ENGENHEIROS TÉCNICOS PARA. 21 de Dezembro de 2010

PROCEDIMENTOS PARA ACREDITAÇÃO ACÇÕES DE FORMAÇÃO ITED E ITUR ENGENHEIROS E ENGENHEIROS TÉCNICOS PARA. 21 de Dezembro de 2010 PROCEDIMENTOS PARA ACREDITAÇÃO DE ACÇÕES DE FORMAÇÃO ITED E ITUR PARA ENGENHEIROS E ENGENHEIROS TÉCNICOS 21 de Dezembro de 2010 Anexo B Descrição dos Conteúdos Programáticos dos Módulos de Formação 2 ITED

Leia mais

Ação de Formação para Engenheiros e Engenheiros Técnico

Ação de Formação para Engenheiros e Engenheiros Técnico Ação de Formação para Engenheiros e Engenheiros Técnico Ited-B Projeto e Instalação ITED (Infraestruturas de Telecomunicações em Edifícios) Habilitante - 150h Índice 1. Objetivo Geral... 3 2. Objetivos

Leia mais

Principais Alterações. Jorge Martins Direção de Fiscalização

Principais Alterações. Jorge Martins Direção de Fiscalização Principais Alterações Jorge Martins Direção de Fiscalização Fevereiro de 2015 Manual ITED 3 - Reformulação dos capítulos e estrutura - Clarificação das regras de projeto - Redução dos custos de implementação

Leia mais

FICHA DE REGISTO E DE VERIFICAÇÃO DE CONFORMIDADE ITED

FICHA DE REGISTO E DE VERIFICAÇÃO DE CONFORMIDADE ITED FICHA DE REGISTO E DE VERIFICAÇÃO DE CONFORMIDADE ITED DO INSTALADOR BI CONTRIBUINTE N.º (ANACOM, OE, OET) DO EDIFÍCIO COORDENADAS (GPS) CARACTERIZAÇÃO DO EDIFÍCIO N.º FOGOS N.º PISOS INSERIDO EM ITUR

Leia mais

Actos de Engenharia - Projectos de Telecomunicações ITED / ITUR. Papel de Ordem dos Engenheiros

Actos de Engenharia - Projectos de Telecomunicações ITED / ITUR. Papel de Ordem dos Engenheiros 10º ENCONTRO NACIONAL DO COLÉGIO DE ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA Actos de Engenharia - Projectos de Telecomunicações ITED / ITUR Papel de Ordem dos Engenheiros Coimbra, 6 de Outubro de 2010 Sousa Oliveira

Leia mais

ANACOM PROTOCOLO ENTRE AUTORIDADE NACIONAL DAS COMUNICAÇÕES ORDEM DOS ENGENHEIROS ANET - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS

ANACOM PROTOCOLO ENTRE AUTORIDADE NACIONAL DAS COMUNICAÇÕES ORDEM DOS ENGENHEIROS ANET - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS ANACOM AUTORIDADE NACIONAL DE COMUNICAÇÕES PROTOCOLO ENTRE AUTORIDADE NACIONAL DAS COMUNICAÇÕES E ORDEM DOS ENGENHEIROS ANET - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS TÉCNICOS Considerando a necessidade de

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA ACREDITAÇÃO ACÇÕES DE FORMAÇÃO ITED E ITUR ENGENHEIROS E ENGENHEIROS TÉCNICOS PARA. 21 de Dezembro de 2010

PROCEDIMENTOS PARA ACREDITAÇÃO ACÇÕES DE FORMAÇÃO ITED E ITUR ENGENHEIROS E ENGENHEIROS TÉCNICOS PARA. 21 de Dezembro de 2010 PROCEDIMENTOS PARA ACREDITAÇÃO DE ACÇÕES DE FORMAÇÃO ITED E ITUR PARA ENGENHEIROS E ENGENHEIROS TÉCNICOS 21 de Dezembro de 2010 Índice 1 Enquadramento... 3 2 Referencial Formativo... 4 2.1 Módulos de formação...

Leia mais

Formação ITED/ITUR CONTEUDOS E UNIFORMIZAÇÃO DE CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. Duarte Alves Direcção de Fiscalização

Formação ITED/ITUR CONTEUDOS E UNIFORMIZAÇÃO DE CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. Duarte Alves Direcção de Fiscalização Formação ITED/ITUR CONTEUDOS E UNIFORMIZAÇÃO DE CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Duarte Alves Direcção de Fiscalização Fevereiro de 2015 ÍNDICE Apresentação do conteúdo das UFCD de atualização Método de avaliação

Leia mais

Principais alterações das regras técnicas ITED

Principais alterações das regras técnicas ITED Principais alterações das regras técnicas ITED Funchal Nelson Melim Índice Pontos fronteira Adequação de materiais Considerações sobre Projeto (ITED 3 e ITED 3a) Considerações sobre Instalação Ensaios

Leia mais

2 CARACTERIZACÃO DAS ITED

2 CARACTERIZACÃO DAS ITED 2 CARACTERIZACÃO DAS ITED As infra-estruturas de telecomunicações de edifício (ITED) compõem-se de espaços, redes de tubagens, redes de cablagens e restante equipamento e material tais como conectores,

Leia mais

Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h) Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h)

Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h) Curso de Formação de. Actualização de Projectista ITED 2 (175h) Curso de Formação de O curso tem como objectivos específicos, dotar os participantes de conhecimentos que lhes permitam: Obter a RENOVAÇÃO da CERTIFICAÇÃO reconhecida pela ANACOM como técnico de projecto

Leia mais

ITED-ITUR, do saber ao fazer Aspetos técnicos

ITED-ITUR, do saber ao fazer Aspetos técnicos ITED-ITUR, do saber ao fazer Aspetos técnicos Paulo Mourato Mendes Direção de Fiscalização Porto, 13 de outubro de 2015 Sumário Materiais Cabos de pares de cobre Não residenciais de 1 fogo Ensaios PTI

Leia mais

1. Soluções Difundidas

1. Soluções Difundidas 1. Soluções Difundidas Edifício Habitacional Carlos Nogueira 2 Moradia Unifamiliar Carlos Nogueira 3 2. Níveis de Qualidade Carlos Nogueira 5 3. Tubagens Carlos Nogueira 7 Carlos Nogueira 8 REDE de TUBAGEM:

Leia mais

III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EM VIGOR

III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EM VIGOR III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EM VIGOR Listagem das Especificações Técnicas em Vigor RITA Especificação Caixas de Rede Colectiva de Tubagens 25.03.40.001 (Ed.2); RITA - Especificação Cabo Tipo V 25.03.40.002

Leia mais

PRESCRIÇÕES E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

PRESCRIÇÕES E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PRESCRIÇÕES E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1 CONSIDERAÇÕES PRÉVIAS 1.1 CONTEXTO NORMATIVO Na elaboração do presente Manual ITED foram consideradas as Normas Europeias aplicáveis, nomeadamente: EN 50083 - Sistemas

Leia mais

Escrito por LdeR Domingo, 28 Março :49 - Actualizado em Segunda, 24 Outubro :42

Escrito por LdeR Domingo, 28 Março :49 - Actualizado em Segunda, 24 Outubro :42 O objectivo deste artigo é efectuar um resumo das principais alterações ao Manual ITED (Prescrições e Especificações Técnicas das Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios). Manual ITED - 2ª Edição

Leia mais

Regimes ITUR - ITED. Paulo Mourato Mendes / Duarte Alves Direcção de Fiscalização

Regimes ITUR - ITED. Paulo Mourato Mendes / Duarte Alves Direcção de Fiscalização Regimes ITUR - ITED Paulo Mourato Mendes / Duarte Alves Direcção de Fiscalização Santarém, 4 de Julho de 2011 Regime ITUR Criação de condições para o livre acesso às infra-estruturas por parte dos diferentes

Leia mais

Aspetos a destacar na formação

Aspetos a destacar na formação Aspetos a destacar na formação Paulo Mourato Mendes Direção de Fiscalização Fevereiro de 2015 Sumário Adequação de materiais Soluções ITED Considerações sobre projeto Considerações sobre instalação Considerações

Leia mais

2 CARACTERIZACÃO DAS ITED

2 CARACTERIZACÃO DAS ITED 2 CARACTERIZACÃO DAS ITED As infra-estruturas de telecomunicações em edifícios (ITED) compõem-se de espaços, redes de tubagens, redes de cablagens e restante equipamento e material tais como conectores,

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI

INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI MANUAL ITED 2ª EDIÇÃO Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 1 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS APLICADOS...3

Leia mais

O novo regime Jurídico ITED-ITUR. Ciclo de Seminários Setembro - Outubro 2009

O novo regime Jurídico ITED-ITUR. Ciclo de Seminários Setembro - Outubro 2009 O novo regime Jurídico ITED-ITUR Ciclo de Seminários Setembro - Outubro 2009 Regime Jurídico ITED-ITUR Decreto-Lei nº 123/2009, de 21/05 Com rectificação nº 43/2009 (22 de Junho) e alteração do Decreto-Lei

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO / UTILIZADOR ARMÁRIO ATI V3.2. EQUIPADO COM RC-PC, RC-CC e RC-FO MANUAL ITED

MANUAL DE INSTALAÇÃO / UTILIZADOR ARMÁRIO ATI V3.2. EQUIPADO COM RC-PC, RC-CC e RC-FO MANUAL ITED MANUAL DE INSTALAÇÃO / UTILIZADOR ARMÁRIO ATI V3.2 EQUIPADO COM RC-PC, RC-CC e RC-FO MANUAL ITED Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 6 Pag 1/12 Mod.100/2 ÍNDICE 1. LISTA

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO / UTILIZADOR ARMÁRIO ATI V2.4. EQUIPADO COM RC-PC e RC-CC (NÃO INCLUI FIBRA ÓPTICA - RC-FO) MANUAL ITED

MANUAL DE INSTALAÇÃO / UTILIZADOR ARMÁRIO ATI V2.4. EQUIPADO COM RC-PC e RC-CC (NÃO INCLUI FIBRA ÓPTICA - RC-FO) MANUAL ITED MANUAL DE INSTALAÇÃO / UTILIZADOR ARMÁRIO ATI V2.4 EQUIPADO COM RC-PC e RC-CC (NÃO INCLUI FIBRA ÓPTICA - RC-FO) MANUAL ITED Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 14 Pag

Leia mais

Instalações ITED Generalidades

Instalações ITED Generalidades Módulo ITED-1 UFCD 6085 Instalações ITED Generalidades 1. Considerações prévias, Legislação, normas e regulamentos em vigor (manual ITED). 2. Simbologia utilizada nas ITED. 3. Sistemas de Cablagem em par

Leia mais

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Direcção de Fiscalização

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Direcção de Fiscalização Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios Direcção de Fiscalização Novo regime ITED Manual ITED, 2.ª edição linhas orientadoras Regras técnicas Tubagem Cablagem Pontos de fronteira Ligações de

Leia mais

BASTIDORES 19 PAINÉIS 19 ACESSÓRIOS CORDÕES PARA FIBRA ÓPTICA BASTIDORES 10 PAINÉIS 10

BASTIDORES 19 PAINÉIS 19 ACESSÓRIOS CORDÕES PARA FIBRA ÓPTICA BASTIDORES 10 PAINÉIS 10 58 60 65 65 66 67 BASTIDORES 19 PAINÉIS 19 ACESSÓRIOS CORDÕES PARA FIBRA ÓPTICA BASTIDORES 10 PAINÉIS 10 WWW.QUITERIOS.PT Ferramenta de apoio à construção e orçamentação de bastidores RAQUITED. Acesso

Leia mais

ANEXO 2 - GLOSSÁRIO. CAIXA DE DERIVAÇÃO - Caixa que permite a distribuição dos cabos, fazendo parte da coluna montante.

ANEXO 2 - GLOSSÁRIO. CAIXA DE DERIVAÇÃO - Caixa que permite a distribuição dos cabos, fazendo parte da coluna montante. ANEXO 2 - GLOSSÁRIO AMPLIFICADOR - Dispositivo destinado a elevar o nível do sinal recebido na sua entrada. ANTENA Elemento de recepção/emissão de telecomunicações. ARMÁRIO DE TELECOMUNICAÇÕES DE EDIFÍCIO

Leia mais

Concepção de Instalações Eléctricas E D. José Rui Ferreira. Setembro CIE (BT) - 5º Ano Energia

Concepção de Instalações Eléctricas E D. José Rui Ferreira. Setembro CIE (BT) - 5º Ano Energia Concepção de Instalações Eléctricas E D José Rui Ferreira Setembro 2002 ITED Infra-estruturas de Telecomunicações em EDifícios Índice -Introdução - Legislação - Inscrição de Empresas / Técnicos -Projecto

Leia mais

Manual de ITED (Instaladores ITED)

Manual de ITED (Instaladores ITED) Manual de ITED (Instaladores ITED) Setembro / 2010 Paulo Monteiro Fonte de dados: Manual ITED e Normas Formação e Consultadoria Slide. 1 Sua aplicação 1. Edifícios novos 2. Edifícios a reconstruir 3. Todos

Leia mais

Unidade de Negócio Formação, Consultoria e Auditoria Plano de Formação 2.º Semestre 2013 Página 1 de 35

Unidade de Negócio Formação, Consultoria e Auditoria Plano de Formação 2.º Semestre 2013 Página 1 de 35 Página 1 de 35 ÁREA TELECOMUNICAÇÕES... 2 CURSO 1 ITED B - PROJECTO E INSTALAÇÃO ITED (Formação Habilitante) (100h)... 2 CURSO 2 CREDENCIAÇÃO ORAC PT (Oferta de Referência de Acesso a Condutas) (14h)...

Leia mais

ATI_RACK MANUAL DE INSTALAÇÃO / UTILIZADOR. EQUIPADO COM RC-PC, RC-CC e RC-FO INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK

ATI_RACK MANUAL DE INSTALAÇÃO / UTILIZADOR. EQUIPADO COM RC-PC, RC-CC e RC-FO INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK MANUAL DE INSTALAÇÃO / UTILIZADOR ATI_RACK EQUIPADO COM RC-PC, RC-CC e RC-FO Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 5 Pag 1/16 Mod.100/2 ÍNDICE ÍNDICE... 2 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

MANUAL ITED - 1ª edição revista Dezembro

MANUAL ITED - 1ª edição revista Dezembro MANUAL ITED INFRA-ESTRUTURAS DE TELECOMUNICAÇÕES EM EDIFÍCIOS Prescrições Técnicas de Instalação Especificações Técnicas de Equipamentos e Materiais (Prescrições e Especificações Técnicas) Projecto 2ª

Leia mais

Utilizar-se-ão, regra geral, fitas métricas e paquímetros, que não estão sujeitos a calibração.

Utilizar-se-ão, regra geral, fitas métricas e paquímetros, que não estão sujeitos a calibração. 6 ENSAIOS 6.1 GENERALIDADES O presente capítulo caracteriza um conjunto de ensaios, cuja finalidade é verificar as características da instalação, nomeadamente no respeitante às redes de cabos e aos sistemas

Leia mais

ITED e ITUR Nuno Castro Luís Viseu, 28 de Setembro de 2011

ITED e ITUR Nuno Castro Luís Viseu, 28 de Setembro de 2011 ITED e ITUR Nuno Castro Luís Viseu, 28 de Setembro de 2011 infra-estruturas de telecomunicações em edifícios Infra-estruturas de telecomunicações em loteamentos, urbanizações e conjunto de edifícios (condomínios)

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2 INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V3.2 Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 4 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE ÍNDICE...2 1. INTRODUÇÃO...3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS APLICADOS...3

Leia mais

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Manual ITED 2.ª Edição. Direcção de Fiscalização

Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios. Manual ITED 2.ª Edição. Direcção de Fiscalização Infra-estruturas de Telecomunicações em Edifícios Manual ITED 2.ª Edição Direcção de Fiscalização Julho de 2010 Novo regime ITED Manual ITED, 2.ª edição linhas orientadoras Regras técnicas Tubagem Cablagem

Leia mais

ATI. 4 X Saídas 6 X Saídas 8 X Saídas. Modular

ATI. 4 X Saídas 6 X Saídas 8 X Saídas. Modular ATI Modular 4 X Saídas 6 X Saídas 8 X Saídas Rua Mario Castelhano Nº 3 - Zona Industrial Queluz de Baixo - Ap. 12 2746-953 Queluz - Portugal Tel. (351) 21 434 46 70 - (351) 91 997 50 67 - (351) 96 273

Leia mais

NOVIDADES 2014 * * EDIÇÃO 2_2014 ARMÁRIO DE TELECOMUNICAÇÕES INDIVIDUAL TIPO BASTIDOR

NOVIDADES 2014 * * EDIÇÃO 2_2014 ARMÁRIO DE TELECOMUNICAÇÕES INDIVIDUAL TIPO BASTIDOR www.quiterios.pt NOVIDADES 2014 * * EDIÇÃO 2_2014 ARMÁRIO DE TELECOMUNICAÇÕES INDIVIDUAL TIPO BASTIDOR SOLUÇÃO STANDARD ATI_RACK EQUIPADO 400x375-6U x P 0009708 CX BASE ATI/CATI/ATI_RACK 400x375 P125 400x375x125

Leia mais

Componente de Formação Técnica. Disciplina de

Componente de Formação Técnica. Disciplina de CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO Técnico de Electrónica e Telecomunicações PROGRAMA Componente de Formação Técnica Disciplina de Tecnologias Aplicadas Escolas Proponentes / Autores E P Mariana

Leia mais

O presente Referencial de Formação está estruturado numa organização em Unidades Temáticas, visando os seguintes percursos:

O presente Referencial de Formação está estruturado numa organização em Unidades Temáticas, visando os seguintes percursos: http://www.anacom.pt/template15.jsp?categoryid=139162 Guia de Orientações para Entidades Formadoras em ITED ICP - ANACOM, 1ª edição Janeiro de 2005 ÍNDICE 1 REFERENCIAL DE FORMAÇÃO...3 1.1 Referencial

Leia mais

Redes e Telecomunicações. 1º Pacote. Formação em

Redes e Telecomunicações. 1º Pacote. Formação em 1º Pacote Formação em Redes Móveis, Transmissão e Acesso Redes Móveis, Transmissão e Acesso COMUNICAÇÕES MÓVEIS GSM, GPRS e EDGE UMTS: WCDMA, HSDPA e HSUPA LTE e LTE-Advanced Planeamento de Redes Móveis

Leia mais

ANEXO 8 ESQUEMAS: DDC, TC, ATI, RG-PC+, RG-FO

ANEXO 8 ESQUEMAS: DDC, TC, ATI, RG-PC+, RG-FO ANEXO ESQUEMAS: DDC, TC, ATI, RG-PC+, RG-FO MANUAL ITED ª edição - Dezembro 00 - ANEXO ESQUEMA DE UM DDC Apresentam-se de seguida os esquemas de constituição de um possível DDC, integrado num ATI. Na figura

Leia mais

SOLUÇÕES ELÉTRICAS 6/2015 QUADROS ELÉTRICOS

SOLUÇÕES ELÉTRICAS 6/2015 QUADROS ELÉTRICOS SOLUÇÕES ELÉTRICAS 6/2015 QUADROS 2 quadros elétricos de embeber Pág. semimontados Quadros DE entrada para DCP 4 Quadros de distribuição 7 Quadros de Telecomunicações - ATI 11 - CATI 13 completos Quadros

Leia mais

ATI Estanque Compacto 2 Saídas. com Entradas Marcadas Bucins PG. ATI Estanque Compacto 2 Saídas. com Boquilhas. ATI Estanque Compacto 4 Saídas

ATI Estanque Compacto 2 Saídas. com Entradas Marcadas Bucins PG. ATI Estanque Compacto 2 Saídas. com Boquilhas. ATI Estanque Compacto 4 Saídas ATI s ESTANQUES COMPACTOS -5º C +40º C Seláveis Termoplástico Protecção Anti-UV Instalação Saliente Classe de Isolamento 2 Módulos Entradas Marcadas Boquilha HALO HF VANTAGENS: Design e aspecto idêntico

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES ATI 3PLAY SÉRIE 15

MANUAL DE INSTRUÇÕES ATI 3PLAY SÉRIE 15 MANUAL DE INSTRUÇÕES ATI 3PLAY SÉRIE 15 1- Introdução A ATI 3Play da TEKA foi concebido em conformidade com as prescrições e especificações técnicas do Manual de Infraestruturas de Telecomunicações em

Leia mais

ITED exemplo genérico. CIE (BT) - 5º Ano Energia

ITED exemplo genérico. CIE (BT) - 5º Ano Energia ITED exemplo genérico Infra-estrutura Telefónica - Rede de Distribuição Pública (RD) - Rede Intermédia (RInt) - Instalação da Rede de Cliente (IRC) Rede de Distribuição Pública (RD) DEFINIÇÃO: Conjunto

Leia mais

Técnico de Informática

Técnico de Informática Técnico de Informática Redes e Sistemas Certificado - Inclui Certificação Formato: Presencial Preço: 1800 ( Os valores apresentados não incluem IVA. Oferta de IVA a particulares e estudantes. ) Horário:

Leia mais

Catálogo 2008 Formação

Catálogo 2008 Formação Catálogo 2008 Formação PARA PROFISSIONAIS DE ELECTRICIDADE 1 Formação Profissional Legrand A constante evolução das necessidades e das tecnologias induz uma permanente actualização de normas e regulamentos,

Leia mais

Register your product and get support at SDV5225/12. PT Manual do utilizador

Register your product and get support at  SDV5225/12. PT Manual do utilizador Register your product and get support at www.philips.com/welcome SDV5225/12 PT Manual do utilizador Índice 1 Importante 4 Segurança 4 Reciclagem 4 2 O seu SDV5225/12 5 Visão geral 5 3 Como iniciar 6 Instalação

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI

INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI INSTRUÇÕES GERAIS ATI_RACK+CATI MANUAL ITED 2ª EDIÇÃO Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 2 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE ÍNDICE... 2 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS

Leia mais

ANEXO 6 FICHAS TÉCNICAS

ANEXO 6 FICHAS TÉCNICAS ANEXO 6 FICHAS TÉCNICAS MANUAL ITED 1ª edição revista - Dezembro 2003 - ANEXO 6 1 ITED INFRA-ESTRUTURAS DE TELEUNICAÇÕES EM EDIFÍCIOS FICHA TÉCNICA PROJECTO N.º LOCALIZAÇÃO DA OBRA CONCELHO MORADA FREGUESIA

Leia mais

Serra do Saber. Formação Pedagógica Inicial de Formadores

Serra do Saber. Formação Pedagógica Inicial de Formadores Formação Pedagógica Inicial de Formadores Fundamentação Este curso apresenta de uma forma clara e recorrendo a uma metodologia teórico-prática, os conhecimentos necessários para a formação de formadores

Leia mais

ÍNDICE GERAL. MANUAL ITED 1ª edição Julho

ÍNDICE GERAL. MANUAL ITED 1ª edição Julho MANUAL ITED (Prescrições e Especificações Técnicas) ANACOM, 1ª edição Julho de 2004 ÍNDICE GERAL ÍNDICE DE TABELAS, FIGURAS E FÓRMULAS... 4 INTRODUÇÃO... 5 PRESCRIÇÕES E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 6 1

Leia mais

(11) Número de Publicação: PT A. (51) Classificação Internacional: H04Q 5/00 ( ) (12) FASCÍCULO DE PATENTE DE INVENÇÃO

(11) Número de Publicação: PT A. (51) Classificação Internacional: H04Q 5/00 ( ) (12) FASCÍCULO DE PATENTE DE INVENÇÃO (11) Número de Publicação: PT 104593 A (51) Classificação Internacional: H04Q 5/00 (2006.01) (12) FASCÍCULO DE PATENTE DE INVENÇÃO (22) Data de pedido: 2009.05.26 (30) Prioridade(s): (73) Titular(es):

Leia mais

Infraestruturas de Telecomunicações em Loteamentos, Urbanizações e Conjuntos de Edifícios (ITUR) Questões gerais, legais e processuais...

Infraestruturas de Telecomunicações em Loteamentos, Urbanizações e Conjuntos de Edifícios (ITUR) Questões gerais, legais e processuais... Indice Questões gerais, legais e processuais... 4 1. O que significa a sigla ITUR?... 4 2. Qual a diferença entre uma ITUR pública e uma ITUR privada?... 4 3. Quais os serviços da ANACOM onde poderei efetuar

Leia mais

ATI Modular: um novo conceito

ATI Modular: um novo conceito ATI Modular: um novo conceito A SOLUÇÃO IDEAL PARA OS SEUS PROJECTOS Todos os produtos estão de acordo com as exigências do novo manual ITED ed.2 O novo conceito de ATI O novo ATI - Armário de Telecomunicações

Leia mais

Debate / Palestra sobre Meios de Transmissão de Dados

Debate / Palestra sobre Meios de Transmissão de Dados Debate / Palestra sobre Meios de Transmissão de Dados Escola Secundária João de Barros Corroios Curso Profissional de Gestão de Equipamentos Disciplina de Comunicação de Dados 14-10-2011 Pedro Russo Breve

Leia mais

Projeto FTTH Novembro 2016

Projeto FTTH Novembro 2016 Novembro 2016 Know-How da = SUCESSO na Implementação Levantamento Fator decisivo no sucesso de um projeto Tipologias de Rede Importância e impacto das métricas definidas Automatismos como factor de aumento

Leia mais

Projectista ITED 80 horas

Projectista ITED 80 horas Projectista ITED 80 horas Cablagem Cabo Coaxial Formação de Actualização UFCD ITED A (80 horas) Ricardo Oliveira Cabo Coaxial - Definições - Constituído por 2 condutores concêntricos, um interior e outro

Leia mais

LISTA DE REFERÊNCIA DE PRODUTOS PARA TELECOMUNICAÇÕES POR FAMÍLIA CATEGORIA I

LISTA DE REFERÊNCIA DE PRODUTOS PARA TELECOMUNICAÇÕES POR FAMÍLIA CATEGORIA I LISTA DE REFERÊNCIA DE PARA TELECOMUNICAÇÕES POR FAMÍLIA FAMÍLIAS DE CATEGORIA I BATERIAS DE LÍTIO CARREGADORES CARTÃO INDUTIVO PARA TELEFONE DE USO PÚBLICO CENTRAIS PRIVADAS DE COMUTAÇÃO TELEFÔNICA CABOS

Leia mais

Guião orientador Manual de Qualidade da Actividade Formativa

Guião orientador Manual de Qualidade da Actividade Formativa Guião orientador Manual de Qualidade da Actividade Formativa I. INTRODUÇÃO A orientação para a qualidade deve constituir um pressuposto fundamental na actividade das entidades formadoras, traduzida na

Leia mais

Workshop de Domótica e Telecomunicação. Fibras Ópticas. Patrício Moreira

Workshop de Domótica e Telecomunicação. Fibras Ópticas. Patrício Moreira Workshop de Domótica e Telecomunicação Fibras Ópticas Patrício Moreira Objectivos: Transmissão de uma mensagem (informação) Conceitos associados à transmissão de luz e às Fibras Ópticas Tipos de Fibras

Leia mais

ATI 3play - características gerais

ATI 3play - características gerais patente nº 104593 ATI 3play - características gerais Primário e Secundário Cat 6 (classe E). Conectores RJ45, permanent link Cat 6, de acesso exterior para injecção de sinais de equipamento activo ( RC-PC

Leia mais

Planificação Anual da disciplina de Comunicação de dados 12º 1PE

Planificação Anual da disciplina de Comunicação de dados 12º 1PE Conteúdos 1.Conceitos básicos 1.1. Rede de Comunicação 1.2. Redes de dados 1.3. Transmissão de Dados 1.4. A Informação 2.Redes de dados 2.1. Importância 2.2. Áreas de Aplicação 2.2.1.Perspectiva de evolução

Leia mais

PROGRAMA DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO

PROGRAMA DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO PROGRAMA DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO A preencher pela entidade formadora Entidade Acção Aperfeiçoamento em Máquinas e Equipamentos de Tratamento e Protecção das Plantas Nº Local Duração 35 horas Data a Laboral

Leia mais

Tecnologia ao seu dispor

Tecnologia ao seu dispor Tecnologia ao seu dispor EVOLUÇÃO DA ACTIVIDADE 1987 Janeiro Fundação como empresa de prestação de serviços na área da electrónica e Centro de Assistência Técnica para o Sul do País de um fabricante de

Leia mais

Tiago Guedes 10º 13ª

Tiago Guedes 10º 13ª Tiago Guedes 10º 13ª Introdução A transmissão de dados ou informação consiste na utilização de um suporte de informação para a transportar entre dois pontos fisicamente distantes. Este trabalho apresenta

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2 INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI V2.2 MANUAL ITED 1ª EDIÇÃO Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 10 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. DOCUMENTOS NORMATIVOS APLICADOS...3

Leia mais

Cronograma da Disciplina Telecomunicações I

Cronograma da Disciplina Telecomunicações I CRONOGRAMA DA DISCIPLINA TELECOMUNICAÇÕES I 1 Cronograma da Disciplina Telecomunicações I Prof. Wander Rodrigues - Segundo Semestre de 2003 Site: www.wjrteleco.hpg.com.br Email: wjrod@jdbte.com.br ou wjrteleco@ig.com.br

Leia mais

1. Designação do Curso: [CET em ; Licenciatura em ; Curso de Especialização em ; Curso de Especialização Pós-Graduada em ; Curso de Mestrado em ]

1. Designação do Curso: [CET em ; Licenciatura em ; Curso de Especialização em ; Curso de Especialização Pós-Graduada em ; Curso de Mestrado em ] 1. Designação do Curso: [CET em ; Licenciatura em ; Curso de Especialização em ; Curso de Especialização Pós-Graduada em ; Curso de Mestrado em ] Curso de Especialização Pós-Graduada em Instalações Eléctricas

Leia mais

Catálogo de Formação 2017

Catálogo de Formação 2017 Catálogo de Formação 2017 visão Criar Recursos Humanos de Excelência e alta qualidade que tenham a capacidade de inovação, competitividade e criação de riqueza, num ambiente exigente ao nível nacional

Leia mais

Cabeamento Estruturado CAB Curso Técnico Integrado de Telecomunicações 7ª Fase Professor: Cleber Jorge Amaral

Cabeamento Estruturado CAB Curso Técnico Integrado de Telecomunicações 7ª Fase Professor: Cleber Jorge Amaral Cabeamento Estruturado CAB6080721 Curso Técnico Integrado de Telecomunicações 7ª Fase Professor: Cleber Jorge Amaral 2016-1 Curso Técnico Integrado de Telecomunicações 7ª Fase F a s e C 20h 20h 20h 20h

Leia mais

Cabos Ópticos Drop. Qualidade e Requisitos Aplicáveis. Rodrigo Maciel de Oliveira/GTC

Cabos Ópticos Drop. Qualidade e Requisitos Aplicáveis. Rodrigo Maciel de Oliveira/GTC Cabos Ópticos Drop Qualidade e Requisitos Aplicáveis Rodrigo Maciel de Oliveira/GTC Arquitetura Genérica Rede FTTx SPLITTER DE 2º NÍVEL SPLITTER DE 1º NÍVEL CENTRAL DA OPERADORA Quantos tipos de cabo Drop

Leia mais

Redes de comunicação. Mod 2 Redes de computadores. Professor: Rafael Henriques

Redes de comunicação. Mod 2 Redes de computadores. Professor: Rafael Henriques Redes de comunicação Mod 2 Redes de computadores 1 Professor: Rafael Henriques Apresentação 2 Professor: Rafael Henriques Introdução às redes de computadores; Tipos de rede; Diagramas de encaminhamento;

Leia mais

CLÍNICAS FORENSES PRÁTICAS PROCESSUAIS ADMINISTRATIVAS

CLÍNICAS FORENSES PRÁTICAS PROCESSUAIS ADMINISTRATIVAS CLÍNICAS FORENSES PRÁTICAS PROCESSUAIS ADMINISTRATIVAS MARÇO 2006. ÍNDICE 1. Boas Vindas. 3 2. Horário e Funcionamento.. 4 3. Metodologia das Sessões....... 5 4. Programa...... 6 5. Calendarização das

Leia mais

REGRAS de EXECUÇÃO. António M. S. Francisco (revisão 01/06)

REGRAS de EXECUÇÃO. António M. S. Francisco (revisão 01/06) REGRAS de EXECUÇÃO António M. S. Francisco (revisão 01/06) INTERNET Para informação completa e detalhada consultar o manual ITED em: http://www.anacom.pt Para informação sobre material (catálogo) para

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI

INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI INSTRUÇÕES GERAIS ARMÁRIO ATI GERAÇÃO 3.1 Para mais informações ou sugestões, contacte o seu distribuidor. Edição 8 Pag 1/8 Mod.100/2 ÍNDICE índice...2 1. Introdução...3 2. Documentos normativos aplicados...3

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO 1 / 6

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO 1 / 6 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO Publicação e actualizações Publicado no Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial do Catálogo Nacional de Qualificações.

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Publicado no Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial do Catálogo Nacional de Qualificações. 1ª Actualização publicada no

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CAMPO MAIOR ANO LECTIVO 2011 / 2012

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CAMPO MAIOR ANO LECTIVO 2011 / 2012 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CAMPO MAIOR ANO LECTIVO 2011 / 2012 DÍSCIPLINA: Electrónica Fundamental CURSO de Técnico de Instalações Eléctricas PLANIFICAÇÃO A MÉDIO PRAZO DOCENTE: Jorge Miguel Mexia Branca

Leia mais

COMENTÁRIOS AO DOCUMENTO

COMENTÁRIOS AO DOCUMENTO COMENTÁRIOS AO DOCUMENTO Linhas Gerais para uma Proposta de Alteração Legislativa relativa a Projectos e Obras de Instalações Eléctricas de Serviço Particular 1- Projecto de Instalações Eléctricas Técnicos

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Organização da disciplina Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico de Bragança Março de 2006 Docente e Horário de Atendimento Docente das aulas teóricas: Halestino

Leia mais

EXPERIÊNCIA DE CERTIFICAÇÃO E ACREDITAÇÃO

EXPERIÊNCIA DE CERTIFICAÇÃO E ACREDITAÇÃO EXPERIÊNCIA DE CERTIFICAÇÃO E ACREDITAÇÃO 18 de Novembro 2016 ENQUADRAMENTO Hospital gerido em regime de Parceria Público-Privada, prestador de cuidados de saúde diferenciados, integrado na rede do SNS

Leia mais

GENERALIDADES SOBRE INFRAESTRUTURAS DE TELECOMUNICAÇÕES EM EDIFÍCIOS (ITED) JORNADAS TÉCNICAS DE ELETROTECNIA - 1

GENERALIDADES SOBRE INFRAESTRUTURAS DE TELECOMUNICAÇÕES EM EDIFÍCIOS (ITED) JORNADAS TÉCNICAS DE ELETROTECNIA - 1 GENERALIDADES SOBRE INFRAESTRUTURAS DE TELECOMUNICAÇÕES EM EDIFÍCIOS (ITED) JORNADAS TÉCNICAS DE ELETROTECNIA - 1 POUCO DE HISTÓRIA 1981 DL 188/81 estabelece o regime legal para o surgimento do Instituto

Leia mais

Plano de Formação 2015

Plano de Formação 2015 Plano de Formação 2015 Índice: APRENDIZAGEM.... 1 EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS.. 1 CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA.......1 FORMAÇÃO MODULAR CERTIFICADA... 2 a 7 FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA...

Leia mais

CLÍNICAS FORENSES SOCIEDADES COMERCIAIS

CLÍNICAS FORENSES SOCIEDADES COMERCIAIS CLÍNICAS FORENSES SOCIEDADES COMERCIAIS Fevereiro 2006 ÍNDICE 1. Boas Vindas 3 2. Horário e Funcionamento 4 3. Metodologia das Sessões 5 4. Programa 6 5. Calendarização das Sessões 7 6. Objectivos e Planificação

Leia mais

Introduz áreas adicionais de conhecimento (reabilitação, segurança, sustentabilidade...)

Introduz áreas adicionais de conhecimento (reabilitação, segurança, sustentabilidade...) Aprofunda conhecimentos específicos já introduzidos nos anos anteriores nas cadeiras de Materiais de Construção, Física das Construções, Tecnologia das Construções e Direcção de Obras; Introduz áreas adicionais

Leia mais

Formação Profissional na área de Caldeiras, Cogeração e Electricidade

Formação Profissional na área de Caldeiras, Cogeração e Electricidade I - CARACTERIZAÇÃO DA ENTIDADE FORMADORA Denominação Social: Sindicato dos Fogueiros, Energia e Industrias Transformadoras - SIFOMATE Endereço: Rua Chã, 132-1º - 4000-165 PORTO Telef: 22 3393120 - Fax:

Leia mais

ANEXO 8 ESQUEMAS: DDC, TC, ATI, RG-PC+, RG-FO

ANEXO 8 ESQUEMAS: DDC, TC, ATI, RG-PC+, RG-FO ANEXO ESQUEMAS: DDC, TC, ATI, RG-PC+, RG-FO MANUAL ITED ª edição Julho 00 - ANEXO ESQUEMA DE UM DDC Apresentam-se de seguida os esquemas de constituição de um possível DDC, integrado num ATI. Na figura

Leia mais

Planificação da disciplina

Planificação da disciplina Planificação da disciplina Comunicação de Dados Duração dos Módulos: 108 horas/130 tempos Disciplina: Comunicação de Dados Professor: Lurdes Cristóvão Página 1 D e s i g n a ç ã o A C T I V I D A D E S

Leia mais

Pós-graduação Tecnologia Aeronáutica. Edital 2013/2014

Pós-graduação Tecnologia Aeronáutica. Edital 2013/2014 Pós-graduação Tecnologia Aeronáutica Edital 2013/2014 Setúbal, dezembro de 2012 ENQUADRAMENTO E OBJECTIVOS O curso de Pós-Graduação em Tecnologia Aeronáutica (PGTA) é uma realização da Escola Superior

Leia mais

Sistemas de Distribuição: Antenas Coletivas e CATV

Sistemas de Distribuição: Antenas Coletivas e CATV Sistemas de Distribuição: Antenas Coletivas e CATV www.thevear.com.br www.teleco.com.br A recepção de sinais TV em prédios de apartamentos é feita através de antenas coletivas colocadas no topo do edifício

Leia mais

CEVALOR. AEP Seminário. 02 de Abril de 2008 CEVALOR. Breves reflexões sobre a GRH

CEVALOR. AEP Seminário. 02 de Abril de 2008 CEVALOR. Breves reflexões sobre a GRH AEP Seminário 02 de Abril de 2008 Breves reflexões sobre a GRH - Programas de desenvolvimento dos recursos humanos não estão interligados com a estratégia - Recursos Humanos geridos como centros de custo

Leia mais

ITED/ITUR- regime jurídico. Nuno Castro Luís Direção de Fiscalização

ITED/ITUR- regime jurídico. Nuno Castro Luís Direção de Fiscalização ITED/ITUR- regime jurídico Nuno Castro Luís Direção de Fiscalização infraestruturas de telecomunicações em edifícios Infraestruturas de telecomunicações em loteamentos, urbanizações e conjunto de edifícios

Leia mais

Inspecção de Instalações

Inspecção de Instalações Uma Rede de Tecnologia e Qualidade i Inspecção de Instalações EDIFICAÇÕES de Gás Certificamos o seu bem estar Instituto de Soldadura e Qualidade António Vilarinho 2008 16 de Abril de 2010 Gasoduto Ibérico

Leia mais

PROGRAMA DA FORMAÇÃO - PRODUÇÃO E MARKETING DE EVENTOS

PROGRAMA DA FORMAÇÃO - PRODUÇÃO E MARKETING DE EVENTOS DESIGNAÇÃO Nome: Produção e Marketing de Eventos Carga horária total: 250 horas Acreditação profissional: n/a Forma de organização da formação: Presencial Público-alvo: Estudantes ou profissionais com

Leia mais

14. ENSAIOS 14.1 ENSAIOS DE REDES DE PARES DE COBRE

14. ENSAIOS 14.1 ENSAIOS DE REDES DE PARES DE COBRE 14 ENSAIOS 177 14. ENSAIOS Os ensaios das ITED são da responsabilidade do instalador que constituirá, assim, um Relatório de Ensaios de Funcionalidade (REF), tal como consta do ponto 14.6. O instalador

Leia mais

19/02/2013. RSQM-DC MASTER- Apresentação-ANATEL-Processos- Português

19/02/2013. RSQM-DC MASTER- Apresentação-ANATEL-Processos- Português RSQM-DC-007-02-MASTER- Apresentação-ANATEL-Processos- Português DESIGNAÇÃO Ato nº 57.860, de 26 de abril de 2006 Exerce, em nome da Agência Nacional de Telecomunicações ANATEL, as funções de Organismo

Leia mais