Sistemas Passivos de Segurança em automóveis

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistemas Passivos de Segurança em automóveis"

Transcrição

1 Sistemas Passivos de Segurança em automóveis José Pinto nº Jorge Ribeiro nº Abstract Vehicles have two kinds of safety requirements. The first is active safety, which involves preventing accidents before they occur, and the other is passive safety, which involves protecting vehicle occupants at the time of collision. In order to protect vehicle occupants in a collision, it is important both to keep damage to the cabin to a minimum, as well as to minimize the occurrence of secondary collisions caused by the movement of occupants within the cabin. A body with a crash impact absorbing structure, seat belts, SRS (Supplemental Restraint System) airbags and so forth is employed in order to accomplish this. CIAS (Crash Impact Absorbing Structure) body Absorbing and dispersing the force of impact of a collision through deformation of the front or rear portions of the vehicle body reduces the force of the impact transmitted to occupants. Providing a rigid cabin structure also minimizes deformation of the cabin. Seat belt Seat belts are the primary means of restraining occupants. Wearing seat belts prevents occupants from being thrown out of the vehicle during a collision while also minimizing the occurrence of secondary collisions within the cabin. SRS (Supplemental Restraint System) airbag The SRS airbags are designed to provide further protection to occupants when added to the primary protection provided by the seat belts. In response to a severe front or side collision, the SRS airbags work together with the seat belts to prevent or reduce injury by inflating. 1. Introdução Veículos têm dois tipos de exigências de segurança. O primeiro é a segurança activa que tem como principal objectivo prevenir os acidentes antes de eles acontecerem, e o outro é a segurança passiva que tem como função proteger os ocupantes de veículo na hora de colisão. Nesse caso a preocupação passa a ser outra. Já que o acidente vai ocorrer, tentemos então que minimizar o efeito do mesmo nos passageiros (sacrificando, se necessário, o veículo). Reduzir ao mínimo as lesões que o acidente possa provocar nos passageiros é uma tarefa extremamente complicada. O estudo da segurança passiva envolve a realização de simulações de acidentes (denominados de crash-tests) onde bonecos devidamente monitorizados desempenham o papel dos seres humanos. Nas últimas duas décadas, este ramo da segurança tem evoluído drasticamente mas partindo de um pressuposto fundamental: que os ocupantes do veículo se encontram sentados com o cinto de segurança devidamente apertado. Por outras palavras, o elemento fundamental da segurança passiva é o cinto de segurança, tendo a grande maioria dos restantes sistemas suplementares sido desenvolvidos assumindo que o cinto se encontra posto. Os restantes sistemas que asseguram a segurança passiva de um automóvel são os seguintes: Os airbags Carroçaria do automóvel Os bancos dos passeiros Pré-tensores dos cintos de segurança. Ao longo deste trabalho será apresentado o funcionamento e a aplicação de cada um deles. 2. Cinto de segurança A ideia básica de um cinto de segurança é bastante simples: Ele tem como função de impedir que a pessoa seja projectada pelo pára-brisas ou vá contra o tablier d carro quando este pára abruptamente. Isto acontece devido a inércia que o automóvel tem quando esta em movimento. Inércia é a tendência de um objecto em continuar a mover-se até que encontre algo que interrompa seu deslocamento. Por exemplo quando um carro viaja a uma certa velocidade tudo o que está dentro do carro, inclusive os passeiros, possui a sua própria inércia, que é independente da inércia do veículo Quando um condutor está dentro num automóvel em movimento a inércia do condutor e do veículo são exactamente as mesmas, isto é o condutor e o veículo movimentam-se como se fossem um único objecto. Se por alguma razão o carro colidisse contra um objecto imóvel e fixo a inércia do carro e do condutor seriam completamente diferentes. A força do objecto no qual o carro bateu induziria este a uma paragem brusca, no 1

2 entanto a velocidade do condutor permanecia a mesma. Sem o cinto de segurança o condutor iria ser projectado contra o volante, ou o tablier, ou outro objecto que exercesse uma força sobre ele para para-lo. O cinto de segurança tem como função de espalhar esta força de paragem pelas partes mais firmes do condutor a fim de minimizar os danos Tipo de Cinto de segurança Ao longo do tempo o cinto de segurança sofreu algumas mudanças. A imagem seguinte mostra os tipos de cintos de segurança que existem. Dentro do retractor, uma mola imprime uma força de rotação, à bobina. Isso serve para rodar a bobina de modo que esta enrole o cinto. Quando a bobina é puxada, ela gira em sentido antihorário, fazendo com que a mola também siga essa direcção. A bobina giratória serve para desenrolar a mola. A mola tende a voltar para sua posição inicial, logo, resiste ao movimento de torção. Se o cinto for solto, a mola irá se contrair, girando a bobina no sentido horário até que não sobre nenhuma folga no cinto. A imagem seguinte Ilustração 1 tipos de cintos de segurança Os cintos pélvicos protegem da projeção total do corpo, mas não protegem tanto quanto a ferimentos na cabeça e no tórax. Os cintos torácicos protegem mais a cabeça e o tórax, mas não protegem tanto a anca e as pernas. Actualmente os veículos produzidos são obrigados por lei a serem equipados com cinto de segurança de 3 pontos, geralmente retrateis. Estes 3 pontos são o número que define a quantidade de pontos de fixação, ou seja, um ponto é fixo na coluna lateral superior do veículo, o segundo fixo na lateral inferior do banco ou assoalho no lado da porta e o terceiro é onde fazemos o acoplamento. A definição de retráctil, como o próprio nome diz, é a condição do cinto voltar a posição inicial de repouso automaticamente após ser desacoplado, como também permitir o movimento do corpo, mantendo uma pequena pressão sobre o mesmo. De seguida iremos explicar o funcionamento deste dispositivo Funcionamento do mecanismo de Extensão e retracção do cinto de segurança Ilustração 2 Mecanismo de retracção O retractor possui um mecanismo de travagem que pára a rotação da bobina quando o carro colide. Actualmente existem dois tipos de mecanismos de travagem: Sistemas accionados pelo movimento do carro Sistemas accionados pelo movimento do cinto Sistemas accionados pelo movimento do carro: Este sistema trava a bobina quando o carro desacelera rapidamente ou bruscamente. O elemento principal de operação deste mecanismo é o pêndulo de equilíbrio (ou peso). Quando o carro pára repentinamente, a inércia faz com que o pêndulo se mova para frente. Uma patilha que se encontra na outra ponta do pêndulo prende o mecanismo de engrenagem dentado que está preso à bobina. Como a patilha esta a prender um dos dentes, a engrenagem não pode girar no sentido anti-horário, nem a bobina. Quando o cinto volta a se esticar após a batida, a engrenagem gira no sentido horário e a patilha fica livre. A imagem seguinte ilustra o funcionamento deste modelo. O cinto de segurança de 3 pontos retratil possui a capacidade de extensão e retracção. É possível se inclinar para frente enquanto o cinto se estica. Entretanto, em uma colisão, o cinto vai puxá-lo repentinamente e prendê-lo em seu assento. O cinto (a parte de tecido do cinto) está conectado a um mecanismo de retracção. O elemento principal num sistema retráctil, é uma bobina, que se encontra presa a uma das extremidades do tecido do cinto de segurança. 2

3 Em alguns sistemas novos estão-se a utilizar os prétensores para este efeito Funcionamento de um pré-tensor Ilustração 3 Sistema movido pelo movimento do carro Sistemas accionados pelo movimento do cinto: Este sistema trava a bobina quando algo puxa bruscamente o cinto. A força de activação na maioria dos modelos é a velocidade de rotação da bobina. O elemento principal de operação neste modelo é a embraiagem centrífuga, com uma alavanca de garra posicionada centralmente para girar (rotacionar) a bobina. Quando ela gira devagar, a alavanca não revolve em torno do eixo. Uma mola mantém-na na sua posição. Entretanto, quando o cinto é puxado, fazendo com que a bobina gire mais rapidamente, a força centrífuga impulsiona o final da alavanca para fora. A alavanca empurra o excêntrico que está no compartimento do retrator. O excêntrico está conectado a uma patilha central por um pino deslizante. À medida que ele vai para a esquerda, o pino move-se junto com um entalhe na patilha. Isso puxa a patilha para a engrenagem em rotação, que está presa à bobina. A patilha trava no dente da engrenagem, impedindo a rotação no sentido horário. A imagem seguinte ilustra o funcionamento deste sistema. O pré-tensor do cinto de segurança é um dispositivo de segurança que, no momento do acidente, elimina a folga existente entre o cinto de segurança e o corpo do ocupante. Com este sistema conseguem-se eliminar possíveis lesões e podem-se desenhar cintos que não pressionem demasiado. O tensor pode ser desencadeado por um sistema mecânico uma mola ou pirotécnico um explosivo. À semelhança dos airbags só pode ser utilizado uma vez, após a qual têm que ser substituídos. Deve-se salientar que os pré-tensores normalmente funcionam em conjunto com os mecanismos de travagem convencionais, mas não no lugar deles. Há uma infinidade de sistemas de pré-tensores no mercado. Alguns impulsionam todo o mecanismo de retracção para trás, outros fazem a própria bobina girar. Em geral, os pré-tensores estão ligados ao mesmo processador de controlo central que activa os airbags dos carros. Esta unidade de controlo monitoriza os sensores de movimento mecânicos ou eléctricos que respondem a uma desaceleração brusca causada por um impacto. Quando um impacto é detectado, a unidade de controlo activa o pré-tensor e, em seguida, o airbag. Os pré-tensores podem actuar independente dos airbags, mas caso os airbags inflamarem os pré-tensores são activados Alguns pré-tensores são construídos em torno de motores eléctricos, mas os modelos mais populares usam a pirotecnia para puxar o cinto. A figura seguinte ilustra um pré-tensor no momento em que o gás é injectado, a pressão empurra o pistão para gira o retratador. Ilustração 4 Sistema accionado pelo movimento do cinto Ilustração 5 Funcionamento de um pré-tensor 3

4 O elemento principal neste pré-tensor é um cilindro de gás combustível. Dentro do cilindro, há um cilindro menor com um detonador de material explosivo. Este cilindro menor é equipado com dois eléctrodos, presos por cabos ao processador central. Quando o processador detecta uma colisão, emite imediatamente uma corrente eléctrica pelos eléctrodos. As fagulhas dos eléctrodos accionam o detonador, que entra em combustão para inflamar o gás dentro do cilindro. O gás em combustão gera muita pressão externa. A pressão empurra o pistão do cilindro, forçando-o para cima a grande velocidade. Uma engrenagem de resposta é ligada a um dos lados do pistão. Quando o pistão dispara, a cremalheira junta uma embraiagem conectada ao sistemas de retracção da bobina. A cremalheira gira a bobina fortemente, eliminando assim qualquer tipo de folga existente no cinto Funcionalidade dos limitadores de carga. Em batidas graves, quando um carro colide contra um obstáculo a uma velocidade extremamente alta, o cinto de segurança pode causar lesões sérias. Como a velocidade inercial do passageiro aumenta, é necessária uma força muito maior para fazê-lo parar, isto é, quanto mais rápido o impacto, mais forte o cinto segura o passageiro. Alguns sistemas de cinto de segurança usam limitadores de carga para minimizar o dano causado pelo cinto. A ideia básica é libertar um pouco mais o cinto quando uma força muito grande é aplicada ao cinto. O limitador de carga mais simples é uma dobradiça costurada no tecido do cinto de segurança. Os pontos costurados são feitos para serem rompidos quando uma certa quantidade de força é exercida sobre o cinto. Quando esses pontos se desfazem, o pano se desdobra, permitindo que o cinto se estenda mais um pouco. Os limitadores de carga mais avançados possuem uma barra de torção no mecanismo de retracção. A barra de torção é apenas uma extensão de metal que se torce quando uma força suficiente é aplicada. Num limitador de carga, a barra de torção é presa pelo mecanismo de trava a uma extremidade e pela bobina de rotação na outra. Em acidentes menos graves, a barra de torção não se altera e a bobina tranca juntamente com o mecanismo de travagem. Contudo, quando é exercida muita força no cinto, a barra de torção gira levemente. Isso permite que o cinto se estenda um pouco mais. Ao longo dos anos, os cintos de segurança comprovaram que são o dispositivo mais importante na segurança de carros. Entretanto, eles não são infalíveis, e os engenheiros especializados em segurança automobilística acreditam que há muito o que aprimorar no modelo actual. Futuramente, os carros serão equipados com cintos de segurança e airbags melhores e é muito provável que contem com uma tecnologia de segurança totalmente nova. 3. Airbags Os airbags complementam a função dos cintos de segurança, agindo conjuntamente e simultaneamente com o objectivo de reter o movimento para frente dos ocupantes dos assentos Os airbags mais comuns são os frontais que ficam alojados no volante e no painel de instrumentos para maior protecção dos ocupantes dos bancos dianteiros. Existem também os laterais ou side bags. Dispostos geralmente nos bancos ou nas portas, sua função é a de protecção em impactos laterais ou capotamentos. Fornecendo uma protecção adicional, os airbags reduzem os riscos de ferimentos na cabeça e no tórax, amortecendo o seu movimento contra o volante e o painel do automóvel, ou contra as laterais do veículo (side bag). Actualmente já se esta a comercializar os airbags para protecção dos joelhos, airbags no cinto de segurança e airbags no capô para perdestes. Esses dispositivos são electronicamente programados para serem activados em colisões de características específicas: Neste capítulo será explicado funcionamento de cada um deste tipo de airbag Funcionamento do airbag A função de um airbag é de travar a velocidade do passageiro com pouco ou nenhum dano. As limitações com as quais o airbag opera são enormes. O airbag dispõe apenas do espaço entre o passageiro e o volante ou o tablier e só fracção de segundo para agir. Contudo, estes espaços e tempos mínimos são preciosos para permitir desacelerar o passageiro ou o condutor de uma maneira uniforme, em vez de interromper seu movimento bruscamente evitando assim a provocação de mazelas nos tripulantes. O sistema de airbag é formado por uma bolsa, sensores electrónicos, e um inflator para produzir nitrogénio. De seguida será explicado o funcionando de cada um destes componentes. Bolsa: A bolsa é feita de um tecido fino de nylon, o qual é dobrada dentro do volante ou no painel ou no interior do encosto do banco e da porta. 4

5 Sensor: O sensor é o dispositivo que envia o comando para inflar a bolsa. Esta inflata quando ocorre uma força de colisão equivalente a uma batida contra um muro de tijolos a uma velocidade entre 15 e 25 km/h. Os sensores são programados para ignorarem colisões a menos de 15km/h. Um interruptor mecânico é accionado quando há um deslocamento de massa que fecha um contacto eléctrico, informando aos sensores que houve uma colisão. Os sensores recebem essa informação através do acelerómetro, existente num microprocessador. Sistema de inflação: O sistema de inflação do airbag consiste na reacção da azida de sódio (NaN3) com o nitrato de potássio (KNO3) para produzir gás nitrogénio. São os fortes deslocamentos de nitrogénio quente que inflam o airbag. Ilustração 7 O airbag e o sistema de inflação armazenados dentro do volante Ilustração 6 Airbag do condutor O sistema de inflação do airbag é parecido com um propulsor sólido de foguete. O sistema do airbag detona um propelente sólido, que queima extremamente rápido para criar um grande volume de gás que infla a bolsa. Essa bolsa explode de dentro de seu compartimento a aproximadamente 320 km/h (200 m/h). A almofada infla por completo em 1/20 segundo. Completamente cheio, o air bag absorve o impacto inicial do corpo do motorista, quando este é lançado para a frente. Um segundo mais tarde, o gás dissipa-se rapidamente através de minúsculos furos na bolsa, que esvazia logo para que o ocupante do carro se consiga mover e não seja asfixiado pelo airbag. A imagem seguinte ilustra a explosão. Ilustração 8 sistema de inflação do airbag Ilustração 9 Simulação de um embate que provoca a activação do airbag Mesmo que o processo inteiro aconteça em apenas 1/20 segundo, é tempo suficiente para ajudar a prevenir ferimentos sérios. A substância tipo pó liberada pelo airbag é composta por amido de milho comum ou talco, usados pelos fabricantes de airbag para mantê-lo maleável e lubrificado enquanto estiver armazenado. 5

6 Airbag frontal. Os airbags dianteiros, por exemplo, são disparados em fortes colisões frontais ou fronto-oblíquas. Em colisões mais leves, laterais, traseiras ou em capotamentos, o dispositivo normalmente não é activado. A imagem seguinte representa a área de actuação do airbag frontal. De salientar que o airbag do passeiro é 4 vezes maior do que o airbag do condutor. compartimentos, com pressões de accionamento distintas, de acordo com a intensidade do impacto. Estes airbags encontram-se normalmente instalados no pilar central do carro ou na fachada lateral exterior dos encostos dos bancos da frente. Os airbags laterais são actuados somente se o embate for lateral. Ilustração 10 Area de activação do airbag frontal Ilustração 13 Airbags laterais Airbag de cabeça (TTS) Este airbag é programado para permanecer inflado cerca de cinco segundos, isto para que continue a proteger o ocupante do carro caso aconteça mais de um impacto. Operando juntamente com o airbag lateral, o airbag de cabeça, oferece mais protecção em certas colisões laterais. Outra opção para protecção da cabeça nos impactos laterais é o airbag de cortina Ilustração 11 Airbag do passageiro Airbag de cortina: Ilustração 14 airbag de cabeça e de porta Ilustração 12 airbags frontais Airbgs laterais com função suplementar: Os airbags de cortina pretendem evitar lesões, na cabeça, que podem ocorrer quando o passeiro é projectado contra o tejadilho ou contra a lateral do veículo. Ao contrário do que acontecia até aqui, s airbags laterais já não protegem apenas o tórax mas também a zona de bacia do condutor e do passeiro da frente. A capacidade de cada saco é de 15litros, estando dividido em dois 6

7 Ilustração 15 Airbag de cortina Airbag dos joelhos: Os airbags dos joelhos estão situados por baixo do volante e do tablier. Estes airbags actuam em conjunto com os airbags frontais e os pré-tensores para proteger a zona inferior das pernas. Sensores Frontais Ilustração 17 Sensor de passageiro. Ilustração 16 airbag de joelho Os sensores frontais estão montados à frente do carro, um no lado esquerdo e outro no lado direito. Cada sensor possui um acelerómetro para determinar a força do impacto. Quando o sensor detecta uma variação de velocidade, isto é, a força causada pelo impacto, este vai enviar um sinal a centralina do airbag para esta activar os airbags Sensores Sensor de detecção de passageiro. Este sensor é aplicado o assento do passeiro dianteiro e tem com função de verificar se o assento está ou não a ser ocupado. Tal como a figura a baixo ilustra, este sensor é constituído por duas folhas de eléctrodo separadas por uma camada fina de espuma. Quando o passageiro se assentar as folhas de electro ficam em contacto através da pressão exercida pelo peso do ocupante. Com isto o sensor é activo e mandará um sinal eléctrico à unidade de controlo electrónica do airbag, por outras palavras, (centralina do airbag), a avisar que esta gente no banco. Este sinal sensor também controla a luz de presença do cinto de segurança. Ilustração 18 sensores frontais Sensor da porta lateral. Este tipo de sensor é montado no interior das portas dianteiras. Quando o sensor lateral descobre um impacto lateral, envia um sinal à unidade de controlo electrónica do airbag. Baseado no sinal a unidade de controlo activa o airbag lateral e o airbag de cortina. 7

8 Ilustração 21 Cabo espiral 4. Vidro Ilustração 19 Sensor lateral Sensor de posição do assento Alguns modelos de automóveis já possuem o sensor de assento. Este função esta colocado debaixo do banco do condutor, e tem a função de informar à centralina do airbag a posição do banco, isto é informa a que distancia o condutor se encontra do airbag. Cabo espiral Ilustração 20 sensor de posição do banco O cabo espiral serve para ligar o sistema de inflador do airbag do condutor à unidade de controlo electrónica do airbag. Este cabo mede 4.8m e é enrolado com alguma folga dentro do volante. Com este tipo de ligação consegue-se dar 5.5 voltas com o volante para cada um dos lados sem correr o risco de desligar o airbag. O vidro de segurança é usado em automóveis. É algo através do qual muitos de nós olhamos todos os dias quando entramos em um carro ou em um prédio público. Existem dois tipos de vidro de segurança: Laminado Temperado Vidro laminado: Para produzir esse tipo de vidro, o fabricante insere uma fina camada de película de plástico transparente e flexível, chamado polivinil butiral (PVB) entre duas ou mais placas de vidro. Essa película de plástico mantém o vidro no lugar quando ele se quebra, ajudando a diminuir ferimentos causados por pedaços lançados no ar e a manter os passageiros dentro do veículo em caso de acidentes. Vidro Temperado O vidro temperado é um único pedaço de vidro, que se torna temperado através de um processo que o aquece e depois resfria rapidamente para endurecê-lo. Esse processo aumenta a sua resistência de 5 a 10 vezes. Esse vidro se quebra de uma maneira diferente de um vidro transparente comum. Quando ele é estilhaçado, ele não se quebra em pedaços com pontas afiadas, como os espelhos ou vidros de janela comuns. Ao invés disso, ele se quebra em pequenos pedaços parecidos com cristais, sem bordas afiadas. Ele é usado nas janelas laterais e traseira dos automóveis. 5. Estrutura do habitáculo. Actualmente o chassi dos carros tem uma zona própria para absorver os choques. Essa zona chama-se zona de deformação. A zona de deformação de um carro é que realiza o verdadeiro trabalho de atenuar a pancada. As 8

9 zonas de deformação são áreas nas partes dianteiras e traseira do carro que se quebram facilmente. Ao invés do veículo inteiro parar bruscamente quando atinge um obstáculo, ele absorve parte do impacto. A cabine do carro é sólida e não se deforma ao redor dos passageiros. Ela continua se movendo ligeiramente, comprimindo a frente do carro contra o obstáculo. É claro que as zonas de deformação só vão proteger os passageiros se estes estiverem com o cinto de segurança posto. Actualmente todas as marcas projectam a estrutura do automóvel tendo em vista a melhoração da performance do automóvel mas acima de tudo a segurança dos passeiros. O chassi do automóvel é construído em aço ou em fibra de carbono, permitindo assim em caso de acidente que grande parte da energia cinética seja absorvida pela estrutura do automóvel. Para proteger de embates laterais a carroçaria do carro possui barras protectoras nas portas. Actualmente alguns fabricantes estão a apostas na diminuição do peso da estrutura e, simultaneamente, oferecer uma superior rigidez e uma maior resistência aos embates. Estes são os objectivos dos châssis do tipo Space Frame. O conceito Space Frame baseia-se na utilização de perfis metálicos, unidos entre si através de pontos de soldadura extremamente resistentes, cuja espessura varia em função da resistência que aos mesmos se pretende conferir. Desta forma, a estrutura torna-se bem mais resistente que o habitual, exibindo maior capacidade para absorver e dissipar energia em caso de embate, mas sem prejuízos em termos de peso.... Outra vantagem deste tipo de construção é a sua modularidade. Uma vez que existem vários perfis numa mesma estrutura, pode-se intervir sobre a mesma em locais concretos, para proceder a alterações específicas, como seja aumentar a resistência aos impactos de uma determinada área, criar diferentes modelos (com dimensões distintas) a partir de uma mesma plataforma base ou conceber uma configuração de habitáculo diferente, que permita a criação de uma nova versão de um modelo já existente. 6. Outros sistemas passivos Revestimento das portas com blocos de poliuretano para deslocar o corpo do ocupante para longe da lateral do veículo visando evitar o impacto directo da carroçaria m deformação contra o corpo. Apoios de joelhos para minimizar o submaring (mergulho do corpo por baixo do cinto subabdominal) que causa gravem ferimentos no abdómen, coluna vertebral e pernas. Painéis de instrumentos e tablier arredondados e com superfícies amortecedoras de energia. Espelhos retrovisores internos colapsíveis. Bancos com assentos anti-submarining e apoios de cabeça e encostos «activos» dos baços que permitam evitar o o golpe de coelho, mantendo o apoio de cabeça tão perto quanto possível do ocupante para evitar uma hiper extensão do pescoço. Coluna de direcção retráctil. 6. Referencias _ncap_2003.aspx &ReturnCatID=763 gia/seguranca.htm m pdf m 9

10 utomotive/autsaf001.shtml 5,9_28105_28107_28109%5E4%5E28109%5E28109,00. html

Nível 3 Nível Tático; Nível 4 Nível Operacional. Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito Tema 7 Controlo do Veículo

Nível 3 Nível Tático; Nível 4 Nível Operacional. Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito Tema 7 Controlo do Veículo FICHA TÉCNICA SISTEMAS DE SEGURANÇA PASSIVA Níveis GDE: Nível 3 Nível Tático; Nível 4 Nível Operacional Temas Transversais: Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito Tema 7 Controlo do Veículo Síntese informativa:

Leia mais

CINTO DE SEGURANÇA. Engº MARCUS ROMARO, MSc Consultoria Automotiva Fone: (19) 9654.8013 E-Mail: mr.romaro@gmail.com

CINTO DE SEGURANÇA. Engº MARCUS ROMARO, MSc Consultoria Automotiva Fone: (19) 9654.8013 E-Mail: mr.romaro@gmail.com CINTO DE SEGURANÇA SEGURANÇA VEICULAR Durante muito tempo, Segurança e Automóvel não eram considerados parceiros Consumidores, vendedores e usuários não se lembravam disto na ocasião da compra de um veículo

Leia mais

NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS: CARTÃO, MANUAL E DIRETRIZES PARA OS SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA.

NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS: CARTÃO, MANUAL E DIRETRIZES PARA OS SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA. NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS: CARTÃO, MANUAL E DIRETRIZES PARA OS SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA. Diretrizes com uma visão geral. Cartão e manual para os serviços de emergência com instruções detalhadas e vinculativas

Leia mais

Cadeira voltada para trás Manual de instruções. Grupo Peso Idade. 0+ 0-13 kg 0-12 m

Cadeira voltada para trás Manual de instruções. Grupo Peso Idade. 0+ 0-13 kg 0-12 m Cadeira voltada para trás Manual de instruções ECE R44 04 Grupo Peso Idade 0+ 0-13 kg 0-12 m 1 !! Obrigado por optar pela BeSafe izi Sleep A BeSafe desenvolveu esta cadeira com todo o cuidado, para proteger

Leia mais

EPS ABS AIRBAG CINTO DE SEGURANÇA CAPACETE CADEIRA DE BEBES

EPS ABS AIRBAG CINTO DE SEGURANÇA CAPACETE CADEIRA DE BEBES EPS ABS AIRBAG CINTO DE SEGURANÇA CAPACETE CADEIRA DE BEBES O Travão ABS encontra-se presente na maioria dos veículos modernos e contribui bastante para aumentar a eficiência da travagem, diminuindo a

Leia mais

Limpeza e manutenção. Conheça a Minicadeira para Carro. Informações complementares

Limpeza e manutenção. Conheça a Minicadeira para Carro. Informações complementares Conheça a Minicadeira para Carro Tira de cinto de segurança para os ombros Tira de ajuste Guarde este manual de instruções para eventuais consultas. 2 Alça para carregar Botão de ajuste na alça Em todos

Leia mais

no sentido inverso ao da marcha Manual de utilização Grupo Peso Idade 0+-1 0-18 kg 6m-4a

no sentido inverso ao da marcha Manual de utilização Grupo Peso Idade 0+-1 0-18 kg 6m-4a no sentido inverso ao da marcha Manual de utilização ECE R44 04 Grupo Peso Idade 0+-1 0-18 kg 6m-4a 1 Obrigado por escolher Besafe izi Kid. A BeSafe desenvolveu esta cadeira com muito cuidado, para proteger

Leia mais

Parte 3: Manual de serviço Cl. 271-275

Parte 3: Manual de serviço Cl. 271-275 Conteúdo Página: Parte : Manual de serviço Cl. 7-75. Generalidades............................................. Conjunto de calibres......................................... 4. Descriço e regulaço do disco

Leia mais

XVII COBREAP CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS IBAPE/SC - 2013 AIRBAG

XVII COBREAP CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS IBAPE/SC - 2013 AIRBAG XVII COBREAP CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS IBAPE/SC - 2013 AIRBAG MITO OU REALIDADE Resumo O presente trabalho tem a finalidade de mostrar um laudo técnico em que a ocorrência

Leia mais

Descrição. Método de construção Tubular Alumínio extrudado. Opções de bomba Hale, Darley ou Waterous Hale, Darley ou Waterous

Descrição. Método de construção Tubular Alumínio extrudado. Opções de bomba Hale, Darley ou Waterous Hale, Darley ou Waterous CAMINHÕES-TANQUE CAMINHÕES-TANQUE Os caminhões-tanque da Spartan Emergency Response são uma parte crítica de qualquer frota de serviços completos de resgate no combate a incêndios. O nosso amplo conhecimento

Leia mais

Jazz. O nosso objectivo é proporcionar prazer a quem compra os nossos produtos

Jazz. O nosso objectivo é proporcionar prazer a quem compra os nossos produtos O nosso objectivo é proporcionar prazer a quem compra os nossos produtos Soichiro Honda Honda Portugal, S.A. Abrunheira 2714-506 SINTRA Tel: 219 155 300 Fax: 219 258 887 e-mail: honda.automoveis@honda-eu.com

Leia mais

Concept. Dispositivo de Retenção Infantil Grupos 1 2 3 (9kg 36kg) Manual de Instrução

Concept. Dispositivo de Retenção Infantil Grupos 1 2 3 (9kg 36kg) Manual de Instrução Dispositivo de Retenção Infantil Grupos 1 2 3 (9kg 36kg) 1031 Manual de Instrução Apresentação Esse é um dispositivo de retenção para crianças, utilizado em veículos rodoviários, de acordo com a norma

Leia mais

Foto cortesia de Honda Motor Co., Ltd. Sistema de suspensão de braços triangulares superpostos no Honda Accord Coupe 2005

Foto cortesia de Honda Motor Co., Ltd. Sistema de suspensão de braços triangulares superpostos no Honda Accord Coupe 2005 Introdução Quando as pessoas pensam sobre o desempenho de um automóvel, geralmente vem à cabeça potência, torque e aceleração de 0 a 100 km/h. No entanto, toda a força gerada pelo motor é inútil se o motorista

Leia mais

Máquina de Costura Industrial Reta ZJ-9600. Manual de Montagem

Máquina de Costura Industrial Reta ZJ-9600. Manual de Montagem Máquina de Costura Industrial Reta ZJ-9600 Manual de Montagem ÍNDICE . Instalação do Reservatório de Óleo Primeiramente fixe as duas borrachas diretamente na mesa usando os pregos, conforme a figura. Em

Leia mais

Gama Honda. Conseguir uma identidade única é o que justifica a existência da Honda. Soichiro Honda

Gama Honda. Conseguir uma identidade única é o que justifica a existência da Honda. Soichiro Honda Gama Honda Conseguir uma identidade única é o que justifica a existência da Honda. Soichiro Honda A Honda Portugal, S.A., reserva-se o direito de mudar ou modificar equipamentos, especificações técnicas

Leia mais

PLATAFORMAS DE COMBATE AÉREO A INCÊNDIOS

PLATAFORMAS DE COMBATE AÉREO A INCÊNDIOS PLATAFORMAS DE COMBATE PLATAFORMAS DE COMBATE A cada volta da chave de ignição, a cada rotação e extensão da escada e cada degrau que você sobe, o desempenho é exigido. Nós não nos acomodamos e você também

Leia mais

Metro-light. toldos de fachada manual de instalação

Metro-light. toldos de fachada manual de instalação Metro-light toldos de fachada manual de instalação Metro-light toldos de fachada manual de instalação Instruções gerais e de segurança Leia as instruções de montagem Apesar dos produtos Stobag serem de

Leia mais

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Conduzir em Segurança)

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Conduzir em Segurança) Condução consciente A condução consciente e tranquila depende em grande parte de quem está ao volante. Cada um tem a responsabilidade de melhorar a sua segurança e a dos outros. Basta estar atento e guiar

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE AUTOMOBILISMO E KARTING 001 / 2008. VÁLIDA A PARTIR DE 01 de Junho de 2008

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE AUTOMOBILISMO E KARTING 001 / 2008. VÁLIDA A PARTIR DE 01 de Junho de 2008 Ficha Técnica Nº FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE AUTOMOBILISMO E KARTING FICHA TÉCNICA PARA O FIATUNO 45 S FIRE VÁLIDA A PARTIR DE 01 de Junho de 2008 A) Viatura vista de ¾ frente B) Viatura vista de ¾ trás 1

Leia mais

Convenção Nacional das Inspecções Veículos 2015

Convenção Nacional das Inspecções Veículos 2015 Convenção Nacional das Inspecções Veículos 2015 A Qualidade das Inspeções de Veículos na Segurança Rodoviária Presente Futuro O Contributo da Inspecção de Veículos na Segurança Rodoviária Alain Areal Centro

Leia mais

Seu manual do usuário HONDA CIVIC 07 http://pt.yourpdfguides.com/dref/4225955

Seu manual do usuário HONDA CIVIC 07 http://pt.yourpdfguides.com/dref/4225955 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

GUIÃO DA ACÇÃO. Promover o trabalho que a RENAULT tem desenvolvido no campo da segurança;

GUIÃO DA ACÇÃO. Promover o trabalho que a RENAULT tem desenvolvido no campo da segurança; GUIÃO DA ACÇÃO Objectivos: Promover o trabalho que a RENAULT tem desenvolvido no campo da segurança; Divulgar o Programa Segurança para todos, iniciativa que a RENAULT desenvolve desde 2000 junto das escolas,

Leia mais

Linhas de orientação de salvamentos. Informação para operadores Novembro de 2013

Linhas de orientação de salvamentos. Informação para operadores Novembro de 2013 Linhas de orientação de salvamentos Informação para operadores Novembro de 2013 2013 BMW AG München, Deutschland (Alemanha) Cópia, impressão ou duplicação, mesmo que de excertos, apenas com autorização

Leia mais

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso TF-830 MOTOCICLETA Leia cuidadosamente antes do uso Leia este manual cuidadosamente antes de usar este produto. O manual o informará como operar e montar o produto de uma forma correta para que nenhuma

Leia mais

CHICCO ZENITH. Grupo 0+ e I 0 a 18 kg

CHICCO ZENITH. Grupo 0+ e I 0 a 18 kg CHICCO ZENITH Grupo 0+ e I 0 a 18 kg NÃO NÃO NÃO NÃO INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO IMPORTANTE: ANTES DE UTILIZAR ESTA CADEIRA AUTO, LEIA COM ATENÇÃO E INTEGRALMENTE ESTE MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA EVITAR

Leia mais

Informação à Imprensa

Informação à Imprensa Informação à Imprensa Tecnologia e Inovação Glossário Adaptive 4x4 A transferência instantânea de binário do sistema de tracção às quatro rodas adapta-se às condições do piso, assegurando níveis óptimos

Leia mais

Física Geral. Série de problemas. Unidade II Mecânica Aplicada. Departamento Engenharia Marítima

Física Geral. Série de problemas. Unidade II Mecânica Aplicada. Departamento Engenharia Marítima Física Geral Série de problemas Unidade II Mecânica Aplicada Departamento Engenharia Marítima 2009/2010 Módulo I As Leis de movimento. I.1 Uma esfera com uma massa de 2,8 10 4 kg está pendurada no tecto

Leia mais

Axkid Manual de Instruções Kidzone

Axkid Manual de Instruções Kidzone Axkid Manual de Instruções Kidzone segurança Voltada para frente com cinto de 9-18kg Voltada para trás com cinto de segurança Voltada para frente com 9-25 Kg o cinto de segurança do adulto 15-25 kg Testado

Leia mais

www.zoje.com.br Manual ZJ8700 Montagem e Operacional

www.zoje.com.br Manual ZJ8700 Montagem e Operacional Manual ZJ8700 Montagem e Operacional MANUAL DE INSTRUÇÕES Para obter o máximo das muitas funções desta máquina e operá-la com segurança, é necessário usá-la corretamente. Leia este Manual de Instruções

Leia mais

TRANSPORTE DO RECÉM-NASCIDO NO AUTOMÓVEL

TRANSPORTE DO RECÉM-NASCIDO NO AUTOMÓVEL TRANSPORTE DO RECÉM-NASCIDO NO AUTOMÓVEL As crianças são seres humanos delicados, que confiam em nós para que cuidemos delas com toda a segurança. E nós adultos, será que correspondemos a essa confiança?

Leia mais

Instrução de Trabalho IT 021. Verificação de Segurança de Equipamentos

Instrução de Trabalho IT 021. Verificação de Segurança de Equipamentos Verificação de Segurança de Equipamentos Na Presença do técnico de SHT e do Gestor da Qualidade e/ou um representante da Gerência serão verificados os equipamentos anualmente conforme o DL50/05 e deverá

Leia mais

no sentido inverso ao da marcha Manual de utilização Grupo Peso Idade 0+/1 0-18 kg 6m-4a

no sentido inverso ao da marcha Manual de utilização Grupo Peso Idade 0+/1 0-18 kg 6m-4a no sentido inverso ao da marcha Manual de utilização ECE R44 04 Grupo Peso Idade 0+/1 0-18 kg 6m-4a 1 Obrigado por escolher Besafe izi Kid ISOfix. A BeSafe desenvolveu esta cadeira com muito cuidado, para

Leia mais

Dados Técnicos e Equipamentos. Golf Variant

Dados Técnicos e Equipamentos. Golf Variant Dados Técnicos e Equipamentos Golf Variant GOLF VARIANT Motores 1.4 (80cv) 1.4 TSI (122cv) 1.6 TDI (105cv) 2.0 TDI (140cv) Motor, Tipo de motor 4 cilindros, Gasolina 4 cilindros, Gasolina 4 cilindros,

Leia mais

O USO DE AIR BAGS E VEÍCULOS BLINDADOS, SUAS VANTAGENS E DESVANTAGENS QUANDO RELACIONADOS AO SALVAMENTO DE VÍTIMAS ENVOLVIDAS EM ACIDENTES GRAVES.

O USO DE AIR BAGS E VEÍCULOS BLINDADOS, SUAS VANTAGENS E DESVANTAGENS QUANDO RELACIONADOS AO SALVAMENTO DE VÍTIMAS ENVOLVIDAS EM ACIDENTES GRAVES. O USO DE AIR BAGS E VEÍCULOS BLINDADOS, SUAS VANTAGENS E DESVANTAGENS QUANDO RELACIONADOS AO SALVAMENTO DE VÍTIMAS ENVOLVIDAS EM ACIDENTES GRAVES. Gustavo PARISOTTO Ferreira 1 RESUMO Este artigo tem papel

Leia mais

Manual de utilização, conservação e manutenção. para janelas, portas e fachadas com sistemas de perfis em aço

Manual de utilização, conservação e manutenção. para janelas, portas e fachadas com sistemas de perfis em aço Manual de utilização, conservação e manutenção para janelas, portas e fachadas com sistemas de perfis em aço Indice geral 1 Indicações de perigo 4 2 Funcionamento de janelas e portas de vidro 6 2.1 Elemento

Leia mais

Sumário Serra Fita FAM

Sumário Serra Fita FAM Sumário Serra Fita FAM 1 Componentes... 1 Painel de controle... 1 Sensores de segurança... 2 Especificações... 2 Instalação... 3 Condições Gerais do Local... 3 Rede Elétrica... 3 Instalação da Tomada...

Leia mais

Dados do Veículo. Cor

Dados do Veículo. Cor Dados do Veículo Modelo VIN Cor Nº do motor Este manual é parte integrante do veículo, devendo permanecer no mesmo em caso de revenda. Mantenha o manual no veículo para que possa consultá-lo sempre que

Leia mais

STAR. Modelo N106 Grupos I, II e III. SAC: (11) 4072 4000 www.infanti.com.br

STAR. Modelo N106 Grupos I, II e III. SAC: (11) 4072 4000 www.infanti.com.br STAR Modelo N106 Grupos I, II e III SAC: (11) 4072 4000 www.infanti.com.br Conheça seu Assento de Segurança Cuidados e Manutenção A B C Encosto Guia lateral do cinto de segurança Braçadeiras do cinto (pres.

Leia mais

2. CARACTERÍSTICAS 1. INTRODUÇÃO

2. CARACTERÍSTICAS 1. INTRODUÇÃO 1. INTRODUÇÃO O estabilizador portátil de câmera Tedi Cam é um equipamento de avançada tecnologia utilizado para filmagens de cenas onde há a necessidade de se obter imagens perfeitas em situações de movimento

Leia mais

FICHA TÉCNICA CARROCERIA Hatchback em monobloco, 4 lugares, 2 portas AERODINÂMICA Coeficiente aerodinâmico. Cx 0,38

FICHA TÉCNICA CARROCERIA Hatchback em monobloco, 4 lugares, 2 portas AERODINÂMICA Coeficiente aerodinâmico. Cx 0,38 FICHA TÉCNICA CARROCERIA Hatchback em monobloco, 4 lugares, 2 portas AERODINÂMICA Coeficiente aerodinâmico Área frontal Cw x A MOTOR Cx 0,38 2.17 m2 0.82 m2 Dianteiro, transversal, 2.0 litros, 4 cilindros

Leia mais

Seminário Mobilidade Eléctrica : o Veículo

Seminário Mobilidade Eléctrica : o Veículo Seminário Mobilidade Eléctrica : o Veículo 8 de Março de 2010 Regulamentação técnica para a aprovação de veículos eléctricos 1 ÍNDICE 1 2 3 4 5 6 7 HOMOLOGAÇÃO DE VEÍCULOS ELÉCTRICOS - ENQUADRAMENTO LEGAL

Leia mais

1. Construção e descrição da jaqueta de absorção de impactos

1. Construção e descrição da jaqueta de absorção de impactos MOTOAIR TM - Manual de instruções Sumário 1. Construção e descrição da jaqueta de absorção de impactos 2. Uso da jaqueta de absorção de impactos 3. Observações da jaqueta de absorção de impactos 4. Instalação

Leia mais

11. Use sempre o cinto de segurança

11. Use sempre o cinto de segurança 11. Use sempre o cinto de segurança Aula Interdisciplinar Indicação: 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental O funcionamento do cinto foi descrito em detalhe na aula 10. A finalidade desta aula é insistir sobre

Leia mais

Caminhões basculantes. Design PGRT

Caminhões basculantes. Design PGRT Informações gerais sobre caminhões basculantes Informações gerais sobre caminhões basculantes Os caminhões basculantes são considerados como uma carroceria sujeita à torção. Os caminhões basculantes são

Leia mais

Carros latino-americanos mais vendidos não têm segurança suficiente, diz Latin NCAP

Carros latino-americanos mais vendidos não têm segurança suficiente, diz Latin NCAP Carros latino-americanos mais vendidos não têm segurança suficiente, diz Latin NCAP O programa de teste de colisão de alguns dos carros mais vendidos na América Latina tem mostrado alto risco de lesões

Leia mais

OPEL VIVARO. Manual de Instruções

OPEL VIVARO. Manual de Instruções OPEL VIVARO Manual de Instruções Índice Introdução... 2 Informação breve e concisa... 6 Chaves, portas, janelas... 18 Bancos, sistemas de segurança... 33 Arrumação... 57 Instrumentos, elementos de manuseamento...

Leia mais

Civic. O meu sonho é poder voar Soichiro Honda

Civic. O meu sonho é poder voar Soichiro Honda O meu sonho é poder voar Soichiro Honda Honda Portugal, S.A. Abrunheira 2714-506 SINTRA Tel: 219 155 300 Fax: 219 258 887 e-mail: honda.automoveis@honda-eu.com www.honda.pt Civic Uma nova forma de pensar

Leia mais

Motocicleta Elétrica para Crianças TF-840

Motocicleta Elétrica para Crianças TF-840 Motocicleta Elétrica para Crianças TF-840 Manual para Instalação e Operação Design de simulação de motocicleta Funções para frente e para trás Função de reprodução de música na parte frontal O produto

Leia mais

!"#$%&'#()(%*+%(%&),*(-*./0* 1&#"234#-'*%*.4,#2)56%'*(%*/#-7%28"#2)*9:;<=>?@* Lista de Exercícios Figura 1: Ex. 1

!#$%&'#()(%*+%(%&),*(-*./0*  1ê#-'*%*.4,#2)56%'*(%*/#-7%28#2)*9:;<=>?@* Lista de Exercícios Figura 1: Ex. 1 ! *!"#$%&'#()(%*+%(%&),*(-*./0* "#$%&'!(#!)$*#$+,&-,.!/'(#0,*#1!#!"-2$3-,4!5'3-,-4!670-3,(,4!8!")"5! )$*#$+,&-,!9-'1:(-3,!;!1&#"234#-'*%*.4,#2)56%'*(%*/#-7%28"#2)*9:;?@** < '! =>,(&-1#4%&#!

Leia mais

Regulamento Técnico - Regras Gerais/Segurança

Regulamento Técnico - Regras Gerais/Segurança Regulamento Técnico - Regras Gerais/Segurança As normas e regras aqui estabelecidas são complementares aos regulamentos técnicos de cada categoria, portanto devem ser seguidas e obedecidas por competidores

Leia mais

MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO MUNDI ÔNIBUS RODOVIÁRIO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO

MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO MUNDI ÔNIBUS RODOVIÁRIO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO MUNDI ÔNIBUS RODOVIÁRIO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO 2 IMPORTANTE A BRAPAX e seus Distribuidores Autorizados advertem que a seleção imprópria, falha ou uso incorreto dos produtos

Leia mais

Instruções de montagem de uma coluna da direção para:

Instruções de montagem de uma coluna da direção para: TRW Automotive Aftermarket Instruções de montagem de uma coluna da direção para: Renault Clio III PUBLICATION XZB1212PT PERIGO! A unidade de airbag pode acionar-se involuntariamente! A unidade do airbag

Leia mais

yper yper www.youngbr.com.br Manual de instruções cadeira de carro

yper yper www.youngbr.com.br Manual de instruções cadeira de carro yper para crianças de 9 a 36 kg grupos I, II, III Manual de instruções cadeira de carro yper Envelopar e enviar para: Young Comércio de Produtos Infantis Ltda-ME. Rua Doutor Antônio Bento, nº 560 cj 205,

Leia mais

Bem-vindo a bordo do seu veículo

Bem-vindo a bordo do seu veículo Bem-vindo a bordo do seu veículo Este manual do usuário e manutenção fornece as informações que lhe permitirão: conhecer bem o seu veículo para melhor utilizá-lo e obter os melhores benefícios das condições

Leia mais

No sentido da marcha. Manual de instruções. Grupo Peso Idade 2-3 15-36 kg 4-12 anos

No sentido da marcha. Manual de instruções. Grupo Peso Idade 2-3 15-36 kg 4-12 anos No sentido da marcha Manual de instruções ECE R44 04 Grupo Peso Idade 2-3 15-36 kg 4-12 anos 1 ! Obrigado por optar pela BeSafe izi Up FIX A BeSafe desenvolveu esta cadeira com todo o cuidado, para proteger

Leia mais

ZJ20U93 Montagem e Operacional

ZJ20U93 Montagem e Operacional www.zoje.com.br ZJ20U93 Montagem e Operacional ÍNDICE 1. Aplicação...2 2. Operação segura...2 3. Cuidados antes da operação...2 4. Lubrificação...2 5. Seleção da agulha e do fio...3 6. A Inserção da agulha...3

Leia mais

Manual de Instruções e Lista de Peças. Máquina de Costura Industrial Galoneira BC 500-01 CB

Manual de Instruções e Lista de Peças. Máquina de Costura Industrial Galoneira BC 500-01 CB Manual de Instruções e Lista de Peças Máquina de Costura Industrial Galoneira BC 500-01 CB ÍNDICE DETALHES TÉCNICOS, INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA... 01 MONTAGEM MOTOR E ROTAÇÃO DA MÁQUINA... 02 LUBRIFICAÇÃO...

Leia mais

No sentido inverso ao da marcha. Altura 61-105 cm. Peso máximo 18 kg. UN regulation no. R129 i-size. Idade 6m-4a

No sentido inverso ao da marcha. Altura 61-105 cm. Peso máximo 18 kg. UN regulation no. R129 i-size. Idade 6m-4a 1 23 2 4 3 Manual de utilização 5 6 7 24 26 8 9 10 11 12 13 14 No sentido inverso ao da marcha Altura 61-105 cm 16 17 18 20 25 Peso máximo 18 kg 15 19 Idade 6m-4a UN regulation no. R129 i-size 21 22 27

Leia mais

Carony TRANSFERÊNCIA DO BANCO DO SISTEMA CARONY. Carony 12" 214 426 919. www.automobilidade.pt. info@automobilidade.pt.

Carony TRANSFERÊNCIA DO BANCO DO SISTEMA CARONY. Carony 12 214 426 919. www.automobilidade.pt. info@automobilidade.pt. Carony é um sistema de cadeira de rodas simples e confortável tanto para o utilizador como para a pessoa que o auxilia. Nas operações de entrada e saída do veículo o sistema Carony elimina a necessidade

Leia mais

Manual de utilização. No sentido inverso ao da marcha e no sentido da marcha Grupo 0+ - 1. Peso 0-18 kg. Idade 6m-4a

Manual de utilização. No sentido inverso ao da marcha e no sentido da marcha Grupo 0+ - 1. Peso 0-18 kg. Idade 6m-4a 1 26 27 34 35 16 2 4 3 Manual de utilização 5 6 8 9 7 10 11 12 13 14 15 28 29 36 31 17 30 37 No sentido inverso ao da marcha e no sentido da marcha Grupo 0+ - 1 19 20 21 23 Peso 0-18 kg 18 22 38 39 Idade

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC

MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC Utilização 3 em 1 (sistema travel system) bebê conforto adaptável ao carrinho Altura regulável das alças para empurrar o carrinho 3 posições de regulagem de

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO TROFÉU DE RESISTÊNCIA DO CLUBE AUTOMÓVEL DE LOUSADA

REGULAMENTO TÉCNICO TROFÉU DE RESISTÊNCIA DO CLUBE AUTOMÓVEL DE LOUSADA REGULAMENTO TÉCNICO TROFÉU DE RESISTÊNCIA DO CLUBE AUTOMÓVEL DE LOUSADA VISA Nº 17/TRF/2015/A em 11/02/2015 ALTERADO EM 15/09/2015 Art. 1 e 16 ALTERADO EM 18/09/2015 ##### 1 #####Os concorrentes, que pretendam,

Leia mais

No sentido inverso ao da marcha. Altura 61-105 cm. Peso máximo 18 kg. UN regulation no. R129 i-size. Idade 6m-4a

No sentido inverso ao da marcha. Altura 61-105 cm. Peso máximo 18 kg. UN regulation no. R129 i-size. Idade 6m-4a 1 23 2 4 3 Manual de utilização 5 6 7 24 26 8 9 10 11 12 13 14 No sentido inverso ao da marcha Altura 61-105 cm 16 17 18 20 25 Peso máximo 18 kg 15 19 Idade 6m-4a UN regulation no. R129 i-size 21 22 27

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES e informações importantes para manutenção e limpeza dos nossos produtos. Sob condições expressas no Certificado de Garantia.

MANUAL DE INSTRUÇÕES e informações importantes para manutenção e limpeza dos nossos produtos. Sob condições expressas no Certificado de Garantia. MANUAL DE INSTRUÇÕES e informações importantes para manutenção e limpeza dos nossos produtos Cadeira Para Auto TOURING SE Ref.: IXAU3030 Para crianças de 0 à 3 kg (Grupo 0+) Obrigado mamãe e papai. Sob

Leia mais

PROPOSTA. Item: 0001 Descrição: VEÍCULO FURGÃO, COM TRANSFORMAÇÃO PARA AMBULÂNCIA BÁSICA, CONFORME EDITAL. Quantidade: 1 Unidade de Medida: Unidade

PROPOSTA. Item: 0001 Descrição: VEÍCULO FURGÃO, COM TRANSFORMAÇÃO PARA AMBULÂNCIA BÁSICA, CONFORME EDITAL. Quantidade: 1 Unidade de Medida: Unidade PROPOSTA Pregão Órgão: Prefeitura Municipal de Mata Número: 005/2012 Número do Processo: 10/2012 Unidade de Compra: PREFEITURA MUNICIPAL DE MATA Proposta(s) Item: 0001 Descrição: VEÍCULO FURGÃO, COM TRANSFORMAÇÃO

Leia mais

KW-AV68BT Manual de Instalação/Conexão

KW-AV68BT Manual de Instalação/Conexão Manual de Instalação/Conexão LVT229-002A-PT [JW] PORTUGUÊS 2EHHMDWJEIN PT 20 JVC KENWOOD Corporation Este aparelho foi projetado para funcionar com sistemas elétricos conectados a terra NEGATIVA de CC

Leia mais

Agricube Standard Utilidades Ligeiras

Agricube Standard Utilidades Ligeiras Standard Agricube Standard A nova Série Agricube Standard, com motores Iveco F5C, nasce para combinar as características de Desempenho, Qualidade e Fiabilidade, à Versatilidade das suas variadas utilizações.

Leia mais

Exercício de Física para o 3º Bimestre - 2015 Série/Turma: 1º ano Professor (a): Marcos Leal NOME:

Exercício de Física para o 3º Bimestre - 2015 Série/Turma: 1º ano Professor (a): Marcos Leal NOME: Exercício de Física para o 3º Bimestre - 2015 Série/Turma: 1º ano Professor (a): Marcos Leal NOME: QUESTÃO 01 O chamado "pára-choque alicate" foi projetado e desenvolvido na Unicamp com o objetivo de minimizar

Leia mais

OPEL INSIGNIA. Manual de Instruções

OPEL INSIGNIA. Manual de Instruções OPEL INSIGNIA Manual de Instruções Índice Introdução... 2 Informação breve e concisa... 6 Chaves, portas, janelas... 22 Bancos, sistemas de segurança... 45 Arrumação... 66 Instrumentos, elementos de manuseamento...

Leia mais

40,7 kw / 54,6 CV a 2.000 rpm 8.330 kg 4.180-4.675 mm DX80R. Gama compacta

40,7 kw / 54,6 CV a 2.000 rpm 8.330 kg 4.180-4.675 mm DX80R. Gama compacta 40,7 kw / 54,6 CV a 2.000 rpm 8.330 kg 4.180-4.675 mm DX80R Gama compacta DOOSAN DX80R Escavadora Hidráulica: um novo modelo com novas funções A nova escavadora hidráulica DX80R oferece valor adicional

Leia mais

THERMOCUT 230/E. Instruções de Serviço

THERMOCUT 230/E. Instruções de Serviço Instruções de Serviço PT CARO CLIENTE! Para poder manusear o aparelho cortador de arame quente THERMOCUT da PROXXON em segurança e de acordo com as regras de funcionamento, solicitamos-lhe que leia atentamente

Leia mais

Cores e estofos. Estofos (A4J) Amarelo. Cores Sólidas (A3F) Preto Brilhante. Cores Metalizadas

Cores e estofos. Estofos (A4J) Amarelo. Cores Sólidas (A3F) Preto Brilhante. Cores Metalizadas Cores e estofos Estofos (A4J) Estofos em pele Preto Preto/Castanho Preto/Vermelho Amarelo Cores Sólidas Amarelo (A4J) Preto Brilhante (A3F) (A3F) Preto Brilhante Cores Metalizadas Vermelho Revolution MC

Leia mais

Transporte e elevação de carga ou pessoas, através de dispositivos concebidos pelo fabricante para o efeito.

Transporte e elevação de carga ou pessoas, através de dispositivos concebidos pelo fabricante para o efeito. FICHA DE SEGURANÇA EMPILHADOR DE MOVIMENTAÇÃO DE CARGA DE ALCANCE VARIÁVEL Fonte: ACT FUNÇÃO Transporte e elevação de carga ou pessoas, através de dispositivos concebidos pelo fabricante para o efeito.

Leia mais

SIMPLY CLEVER. ŠKODA Roomster Manual de Instruções

SIMPLY CLEVER. ŠKODA Roomster Manual de Instruções SIMPLY CLEVER ŠKODA Roomster Manual de Instruções 5J7012765AH Prefácio Optou por um ŠKODA, muito obrigado pela sua confiança. Encontrará neste manual de instruções a descrição da operação do veículo,

Leia mais

Melhorando a produção e a qualidade das calandras para roupa lisa

Melhorando a produção e a qualidade das calandras para roupa lisa Melhorando a produção e a qualidade das calandras para roupa lisa Como se pode melhorar a produção e a qualidade das calandras para roupa lisa, e uma vez melhorada, mantê-la? Maximizar a produção e a qualidade

Leia mais

OPEL MOVANO (X62) 112 SINAL DO TRAVÃO DE MÃO TRAVÃO DE MÃO

OPEL MOVANO (X62) 112 SINAL DO TRAVÃO DE MÃO TRAVÃO DE MÃO OPEL MOVANO (X6) SINAL DO TRAVÃO DE MÃO Antes de qualquer intervenção no veículo, deve ser consultada a ficha técnica "Ligações eléctricas". O sinal para o travão de mão está na massa com o travão de mão

Leia mais

Manual de Instruções e Lista de Peças

Manual de Instruções e Lista de Peças Manual de Instruções e Lista de Peças Máquina de Costura Reta Eletrônica Direct Drive de Alta Velocidade 9K 0 / 0F 30 / 30F Singer é uma marca registrada da The Singer Company Limited ou suas afiliadas

Leia mais

3 CC 2010, Passat 2006, Passat CC 2009, Passat Variant 2006

3 CC 2010, Passat 2006, Passat CC 2009, Passat Variant 2006 69 - Protecção para ocupantes 102 CC 2010, Passat 2006, Passat CC 2009, Passat Variant 2006 3 1 Cintos de segurança 1.1 Regras gerais de segurança em trabalhos no airbag, nos pré-tensores dos cintos e

Leia mais

Acoplamento. Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, Conceito. Classificação

Acoplamento. Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, Conceito. Classificação A U A UL LA Acoplamento Introdução Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, percebeu um estranho ruído na roda. Preocupada, procurou um mecânico. Ao analisar o problema, o mecânico concluiu que

Leia mais

Linhas de orientação de salvamentos

Linhas de orientação de salvamentos file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 1 of 68 BMW Linhas de orientação de salvamentos Informação para operadores Janeiro de 2015 Introdução Fundamento Aspectos da

Leia mais

CR-V. Temos de continuar a seguir os nossos sonhos

CR-V. Temos de continuar a seguir os nossos sonhos CR-V Temos de continuar a seguir os nossos sonhos Soichiro Honda Honda Portugal, S.A. Abrunheira 2714-506 SINTRA Tel: 219 155 300 Fax: 219 258 887 e-mail: honda.automoveis@honda-eu.com www.honda.pt o melhor

Leia mais

Cinto de segurança salva vidas. NOVO volvo S60. Linha 2014

Cinto de segurança salva vidas. NOVO volvo S60. Linha 2014 Cinto de segurança salva vidas. NOVO volvo S60 Linha 2014 Novo Motor Acaba de chegar da Suécia o Volvo S60 T5 com o novo Motor Drive-E de 245hp com alta performance, baixo consumo de combustível e câmbio

Leia mais

>> Novo smart fortwo. mhd coupé, turbo coupé e turbo cabrio.

>> Novo smart fortwo. mhd coupé, turbo coupé e turbo cabrio. Novo smart fortwo. mhd coupé, turbo coupé e turbo cabrio. Caminhos que destacam seu estilo. Milhares de ideias em somente 2,69m, milhões de fãs ao redor do mundo. O smart fortwo redefiniu a mobilidade

Leia mais

Manual Operacional Série Reta - couro ZJ2628

Manual Operacional Série Reta - couro ZJ2628 Manual Operacional Série Reta - couro ZJ2628 ÍNIE 1. Especificações importantes...2 2. Instalação do motor...2 3. onectando a alavanca com o pedal...2 4. Preparação e Lubrificação...2 5. Substituição da

Leia mais

Manual de Instruções Bebê Conforto - Piccolina

Manual de Instruções Bebê Conforto - Piccolina Manual de Instruções Bebê Conforto - Piccolina (Ref. 8140) Página 1 de 7 Página 2 de 7 Página 3 de 7 Página 4 de 7 Para o uso da cadeira em automóveis ATENÇÃO: Como os fabricantes, modelos e ano de produção

Leia mais

Questões: Humana? existem? radares? 1. Quais as principais causas de acidente devida a falha. 2. Indique outras causas de acidentes rodoviários.

Questões: Humana? existem? radares? 1. Quais as principais causas de acidente devida a falha. 2. Indique outras causas de acidentes rodoviários. Questões: 1. Quais as principais causas de acidente devida a falha Humana? 2. Indique outras causas de acidentes rodoviários. 3. Como prevenir acidentes rodoviários? 4. Como funciona o airbag? 5. Actualmente

Leia mais

ENGENHARIA MECÂNICA NA

ENGENHARIA MECÂNICA NA ENGENHARIA MECÂNICA NA Gonçalo Falcão Marta Ramos Paulo Fernandes Pedro Lima Pedro Forte Pedro Seabra 1M05_03 Supervisor: Monitor: Ana Reis Mário Silva Mestrado Integrado Engenharia Mecânica Motores Energy

Leia mais

Manual de Instruções DUAL ACTION 0800-6458300 CORTADOR DE CABELOS BLUE ACTION 11/07 297-05/00 072469 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO

Manual de Instruções DUAL ACTION 0800-6458300 CORTADOR DE CABELOS BLUE ACTION 11/07 297-05/00 072469 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO 11/07 297-05/00 072469 REV.1 CORTADOR DE CABELOS BLUE ACTION SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO DUAL ACTION ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR 0800-6458300 Manual de Instruções Cortes curtos 1.Usando o pente de 12 mm (05)

Leia mais

Plano de Exercícios Para Segunda-Feira

Plano de Exercícios Para Segunda-Feira Plano de Exercícios Para Segunda-Feira ALONGAMENTO DA MUSCULATURA LATERAL DO PESCOÇO - Inclinar a cabeça ao máximo para a esquerda, alongando a mão direita para o solo - Alongar 20 segundos, em seguida

Leia mais

Guia de Afinação da Suspensão

Guia de Afinação da Suspensão Guia de Afinação da Suspensão GUIA DE AFINAÇÃO RÁPIDA DA BoXXer race Estamos excitados, contentes e orgulhosos que tenha escolhido RockShox para a suspensão da sua bicicleta. Pode ter confiança em que

Leia mais

LOGAN MANUAL DE PROPRIETÁRIO

LOGAN MANUAL DE PROPRIETÁRIO LOGAN MANUAL DE PROPRIETÁRIO Bem-vindo a bordo do seu veículo Este manual do usuário e manutenção fornece as informações que lhe permitirão: conhecer bem o seu veículo para melhor utilizá-lo e obter os

Leia mais

TREINAMENTO DE CERTIFICAÇÃO QTEK Bomber

TREINAMENTO DE CERTIFICAÇÃO QTEK Bomber TREINAMENTO DE CERTIFICAÇÃO QTEK Bomber O QTEK Bomber é um dispositivo de separação de camada independente, projetado para remover ou adicionar camadas de produtos sobre um palete. O Bomber também pode

Leia mais

Washington Henrique F. Silva

Washington Henrique F. Silva Washington Henrique F. Silva AVALIAÇÃO E VALIDAÇÃO DE SISTEMAS DE AIR BAG EM VEÍCULOS DE PASSEIO Trabalho de final de curso apresentado à Escola Politécnica da Universidade de São Paulo para obtenção do

Leia mais

VEMAQ 10-1 - CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS 1.1 - APRESENTAÇÃO

VEMAQ 10-1 - CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS 1.1 - APRESENTAÇÃO Equipamento: COLETOR COMPACTADOR DE LIXO 10 m³ Modelo : CCL-10 Aplicação: Coleta de resíduos domésticos e/ou industriais,selecionados ou não Fabricante: VEMAQ - Indústria Mecânica de Máquinas Ltda 1 -

Leia mais

Banco voltado para trás. Manual de instruções. Grupo Peso Idade. 0+ 0-13 kg 0-12 m

Banco voltado para trás. Manual de instruções. Grupo Peso Idade. 0+ 0-13 kg 0-12 m Banco voltado para trás Manual de instruções ECE R44 04 Grupo Peso Idade 0+ 0-13 kg 0-12 m 1 Obrigado por optar pela BeSafe izi Sleep ISOfix A BeSafe desenvolveu esta cadeira com todo o cuidado, para proteger

Leia mais

OPEL ASTRA GTC. Manual de Instruções

OPEL ASTRA GTC. Manual de Instruções OPEL ASTRA GTC Manual de Instruções Índice Introdução... 2 Informação breve e concisa... 6 Chaves, portas, janelas... 21 Bancos, sistemas de segurança... 36 Arrumação... 56 Instrumentos, elementos de manuseamento...

Leia mais

FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA VALDIR GOMES JUNIOR SENSORES DE ACELERAÇÃO

FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA VALDIR GOMES JUNIOR SENSORES DE ACELERAÇÃO 1 FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA VALDIR GOMES JUNIOR SENSORES DE ACELERAÇÃO ARAUCÁRIA 2013 2 VALDIR GOMES JUNIOR SENSORES DE ACELERAÇÃO Trabalho apresentado para avaliação da matéria de Sistemas de Controle

Leia mais

Simopeças Viaturas Limpeza Urbana, Lda

Simopeças Viaturas Limpeza Urbana, Lda Simopeças Viaturas Limpeza Urbana, Lda Viaturas Eléctricas MEGA E-Worker VANTA GE NS - Fiabilidade e Qualidade - Baixa manutenção - Sem emissões poluentes - Custos de operação MUITO reduzidos GAR ANTIA

Leia mais

TRANSPORTE RODOVIÁRIO E DIREÇÃO DEFENSIVA

TRANSPORTE RODOVIÁRIO E DIREÇÃO DEFENSIVA TRANSPORTE RODOVIÁRIO E DIREÇÃO DEFENSIVA APRESENTAÇÃO ORIENTAÇÃO DE CARGA SEGURANÇA NO TRANSPORTE A empresa A Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Cargas do Norte Coopertan, atua há mais de 15

Leia mais

Bastidores para fibra óptica

Bastidores para fibra óptica Apresentação A gama de armários para fibra óptica Olirack foi concebida para a instalação, protecção e isolamento de terminadores e repartidores ópticos. A fibra óptica é um filamento feito de vidro ou

Leia mais