ATENÇÃO! FORMULÁRIO. a) a corrente elétrica que atravessa esse chuveiro; b) quanto, em reais, é consumido por esse chuveiro durante um mês de 30 dias.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ATENÇÃO! FORMULÁRIO. a) a corrente elétrica que atravessa esse chuveiro; b) quanto, em reais, é consumido por esse chuveiro durante um mês de 30 dias."

Transcrição

1 FÍSICA AVALIAÇÃO RAFAEL III UNIDADE Aluno(a): COMENTADA Série: 2 a Ensino Médio Turma: A / B / C / D / E Data: 10/09/ A prova é composta de 05 questões abertas e 02 questões objetivas. 2. Não será aceita a utilização de corretivo. 3. Não será aceita a troca de material durante a avaliação. 4. Use, somente, caneta esferográfica azul ou preta. 5. Será descontado 0,1 para a nota da prova, daquelas que apresentarem erros graves de escrita. 6. O aluno só poderá deixar o recinto após transcorridos 30 minutos de prova. 7. Não serão permitidas rasuras nas questões objetivas. 8. Duração: 50min. 9. Valor da avaliação: 3,0 pontos ATENÇÃO! ESCOLHA SOMENTE CINCO (5) questões dentre as sete propostas e responda. Os cálculos podem ser feitos a lápis porém as respostas devem estar, necessariamente, escritas à CANETA. FORMULÁRIO U = R. i P = i. U P = R. i² P = U² R Resistores em Série Req = R 1 + R 2 + R 3 + Resistores em Paralelo 1 Req = 1 R R R 3 Somente dois resistores em paralelo Req = R 1. R 2 R 1 + R 2 1) Em uma residência moram 3 pessoas. Durante um dia, cada pessoa toma 2 banhos de 10 minutos de duração cada. Nesta casa, o chuveiro elétrico utilizado tem potência de 2400 W e a rede elétrica é de 120 V. Considerando que o preço de 1 kw.h é R$ 0,50, CALCULE: (0,6) a) a corrente elétrica que atravessa esse chuveiro; b) quanto, em reais, é consumido por esse chuveiro durante um mês de 30 dias. a) P = i. U 2400 = i. 120 i = 2400/120 i = 20 A b) Em um dia: 3 pessoas x 2 banhos x 10 minutos = 60 minutos (1 hora) de chuveiro por dia Em um mês de 30 dias: 30 x 1 hora Δt = 30 h

2 O custo é dado em kw.h. O tempo está em hora, então muda-se a potência para kw: 2400 W = 2,4 kw. E = P. Δt E = 2,4 kw. 30 h E = 72 kw.h Cada kw.h custa R$ 0,50. Logo, para o mês, o custo será 72 kw.h x 0,5 Custo = R$ 36,00 2) Dois resistores, um de resistência 6,0 Ω e outro de resistência R, estão ligados a uma bateria de 12 V e resistência interna desprezível, como mostra a figura. (0,6) Sabendo que a potência total dissipada no circuito é 6,0 W, DETERMINE: a) a corrente elétrica que percorre o circuito; b) o valor da resistência R. a) P = i. U 6 = i. 12 i = 6/12 i = 0,5 A b) Em série, a resistência equivalente é dada pela soma das resistências, logo: Req = (R + 6) Tendo a corrente total e a d.d.p. total, aplica-se a 1ª Lei de Ohm: U = Req. i 12 = (R + 6). 0,5 0,5.R + 3 = 12 0,5.R = 9 R = 9/0,5 R = 18 Ω 3) Uma fonte de tensão em uma indústria fornece uma diferença de potencial a um determinado circuito, fazendo com que nele circule uma corrente total de 24 A. Um desenho esquemático deste circuito é mostrado abaixo. Nele, o valor da resistência R 2 = 16Ω. (0,6) Sabe-se também que a corrente elétrica que atravessa o resistor R 3 é i 3 = 2A e a potência dissipada nesse mesmo resistor é P 3 = 192 W. Com base nessas informações, DETERMINE: a) o valor da resistência R 3. b) a d.d.p. do circuito. c) a corrente elétrica em R 2. d) o valor da resistência R 1. a) P 3 = R 3. i 3 ² 192 = R 3. 2² 4.R 3 = 192 R 3 = 192/4 R 3 = 48 Ω b) Calculando a d.d.p. em qualquer resistor acha-se a d.d.p. do circuito pois ele estão em paralelo. Então, fazendo 1ª Lei de Ohm para R 3 : U = R 3. i 3 U = U = 96 V c) Como é em paralelo, o 96 V vale para todos os resistores. Sendo assim: U = R 2. i 2 96 = 16. i 2 i 2 = 96/16 i 2 = 6 A

3 d) A corrente total é 24 A. Se os resistores R 2 e R 3 usam 6A e 2A respectivamente, totalizando 8 A. Logo, sobra para o resistor R 1 uma corrente i 1 = 16 A. Fazendo 1ª Lei de ohm tem-se que: U = R 1. i 1 96 = R R 1 = 96/16 R 1 = 6 Ω 4) Três lâmpadas idênticas (L 1, L 2 e L 3 ) de resistências elétricas constantes e valores nominais de tensão e potência iguais a 12V e 6W, compõem um circuito conectado a uma bateria de 12V. Devido à forma como foram ligadas, as lâmpadas L 2 e L 3 não brilham com a potência para a qual foram projetadas. (0,6) Considerando desprezíveis as resistências elétricas das conexões e dos fios de ligação utilizados nessa montagem, DETERMINE: a) a resistência das lâmpadas; b) a resistência equivalente do circuito; c) a corrente elétrica em cada lâmpada; d) a potência na lâmpada L 2 ; e) a potência total. a) Sabendo que as lâmpadas são idênticas e de valor nominal 12 V e 6W, determina-se a resistência elétrica R: P = U²/R 6 = (12)²/R R = 144/6 R = 6 Ω b) c) A d.d.p. no resistor de 24 Ω de cima é a mesma da dupla de resistores de baixo juntas. Sendo assim: U = R 1. i A 12 = 24. i A i A = 12/24 i A = 0,5A Na parte inferior a resistência é duas vezes maior, logo a corrente será duas vezes menor. Sendo assim:

4 i B = i A /2 i B = 0,25A d) P 2 = R 2. i 2 P 2 = 24. (0,25)² P 2 = 1,5 W e) A corrente total é i = 0,75 A. Logo a potência total é dada por: P = i. U P = 0, P = 9 W 5) Um trecho de um circuito elétrico é mostrado a seguir. Nesse trecho, a diferença de potencial elétrico é U = 60 V e a corrente i 1 tem intensidade igual 1 A. (0,6) Com base nas informações, RESPONDA: a) Qual é a corrente elétrica em R 2 e R 3? b) Qual é a potência dissipada no resistor R 1? c) Qual o valor da resistência R? a) Como R 1, R 2 e R 3 estão em paralelo, pode-se fazer a análise da proporção das correntes. Em R 2, por ser DUAS VEZES MENOR que R 1, a corrente será O DOBRO. Sendo assim: i 2 = 2.i 1 i 2 = 2 A Em R 3, por ser TRÊS VEZES MENOR que R 1, a corrente será O TRIPLO. Sendo assim: i 3 = 3.i 1 i 3 = 3 A b) P 1 = R 1.i 1 P 1 = 12.(1)² P 1 = 12 W c) No trecho em paralelo, a d.d.p. pode ser encontrada através de qualquer resistor pois em paralelo a d.d.p. é a mesma para todos. Sendo assim, fazendo para R 1, tem-se: U 1 = R 1. i 1 U 1 = U 1 = 12 V Se no ramo em paralelo a d.d.p. é 12 V e a d.d.p. total do circuito é 60 V, então sobram 48 V para o resistor R. A corrente que passa no resistor R é a corrente total, dada pela soma das correntes do paralelo. Portanto a corrente total será i = 1A + 2A + 3A i = 6A Aplicando a 1ª Lei de Ohm, tem-se: U = R. i 48 = R. 6 R = 48/6 R = 8 Ω

5 Duas lâmpadas, L 1 (40 W 110 V) e L 2 (100 W 110 V), são ligadas em paralelo, e a associação é ligada numa fonte de 110 V. (0,6) 6) Nessa situação, em L 1, a corrente elétrica é ; a diferença de potencial é, e a potência dissipada é que em L 2. As lacunas são corretamente preenchidas, respectivamente, por a) menor; igual; maior. b) igual; menor; igual. c) maior; igual; maior. d) igual; maior; menor. e) menor; igual; menor. Como as duas lâmpadas estão submetidas à mesma d.d.p., quem tiver menor potência terá menor corrente elétrica ( P = i. U ). Sendo assim, em L 1, a corrente elétrica é MENOR. Como as lâmpadas estão em paralelo, a d.d.p. é IGUAL para ambas as lâmpadas. Como as duas lâmpadas estão submetidas a 110 V que correspondem aos valores nominais de ambas, então, na lâmpada L 1, a potência (40 W) é MENOR que na lâmpada L 2 (100 W). 7) Considere duas situações. Na situação A, uma lâmpada é conectada a uma bateria, e, na situação B, duas lâmpadas iguais são conectadas em série à mesma bateria. (0,6) Comparando-se as duas situações, na situação B, a bateria fornece a) a mesma luminosidade. b) maior corrente. c) menor corrente. d) maior luminosidade. e) menor voltagem. Como na situação B há duas lâmpadas em série, a resistência equivalente é MAIOR. Se a bateria é a mesma, então estão submetidas à mesma d.d.p. nas duas situações. Como a resistência total do circuito aumentou, significa que está mais difícil a passagem de corrente elétrica, logo conclui-se que na situação B passa uma MENOR CORRENTE. Boa Prova!

Física II - AV 1 (parte 2.2) 3º período de Eng. Civil Prof. Dr. Luciano Soares Pedroso Data: / /2014 valor: 10 pontos Aluno (a) Turma

Física II - AV 1 (parte 2.2) 3º período de Eng. Civil Prof. Dr. Luciano Soares Pedroso Data: / /2014 valor: 10 pontos Aluno (a) Turma Física II - AV (parte 2.2) 3º período de Eng. Civil Prof. Dr. Luciano Soares Pedroso Data: / /204 valor: 0 pontos Aluno (a)turma _. Considere que um determinado estudante, utilizando resistores disponíveis

Leia mais

Fís. Monitores: Caio Rodrigues

Fís. Monitores: Caio Rodrigues Fís. Professor: Leonardo Gomes Monitores: Caio Rodrigues Exercícios sobre associação de resistores 09 ago RESUMO Em série Associar resistores em série significa ligá-los em sequência, ou seja, por um mesmo

Leia mais

1. Arthur monta um circuito com duas lâmpadas idênticas e conectadas à mesma bateria, como mostrado nesta figura:

1. Arthur monta um circuito com duas lâmpadas idênticas e conectadas à mesma bateria, como mostrado nesta figura: 1. Arthur monta um circuito com duas lâmpadas idênticas e conectadas à mesma bateria, como mostrado nesta figura: Considere nula a resistência elétrica dos fios que fazem a ligação entre a bateria e as

Leia mais

NOME: N CADERNO DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA I 3º ANO EM TURMA 232 PROFº FABIANO 1º BIMESTRE

NOME: N CADERNO DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA I 3º ANO EM TURMA 232 PROFº FABIANO 1º BIMESTRE 1925 *** COLÉGIO MALLET SOARES *** 2016 91 ANOS DE TRADIÇÃO, RENOVAÇÃO E QUALIDADE DEPARTAMENTO DE ENSINO DATA: / / NOTA: NOME: N CADERNO DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA I 3º ANO EM TURMA 232 PROFº FABIANO 1º

Leia mais

Questão 4. Questão 5. Questão 6

Questão 4. Questão 5. Questão 6 Questão 1 Por uma bateria de f.e.m. (E) e resistência interna desprezível, quando ligada a um pedaço de fio de comprimento Ø e resistência R, passa a corrente i (figura 1). Quando o pedaço de fio é cortado

Leia mais

Fís. Fís. Monitor: Leonardo Veras

Fís. Fís. Monitor: Leonardo Veras Professor: Leo Gomes Monitor: Leonardo Veras Exercícios de associação de resistores 15 ago RESUMO Em um circuito elétrico é possível organizar conjuntos de resistores interligados. O comportamento desta

Leia mais

20 V e VB. 10 V são os potenciais nas extremidades A e B; e R1

20 V e VB. 10 V são os potenciais nas extremidades A e B; e R1 1. (Fuvest 2008) Uma estudante quer utilizar uma lâmpada (dessas de lanterna de pilhas) e dispõe de uma bateria de 12 V. A especificação da lâmpada indica que a tensão de operação é 4,5 V e a potência

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Técnico Integrado em Informática. Resposta: Resposta:

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Técnico Integrado em Informática. Resposta: Resposta: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE 4ª Lista de Exercícios Eletricidade Instrumental Técnico Integrado em Informática Aluno (a): Ano/Série: Matrícula: Professor:

Leia mais

3º Estágio NOTA FINALIZADA

3º Estágio NOTA FINALIZADA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE JOÃO PESSOA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PR-EG UBTech - CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Componente Curricular: Física Geral III Professores: Evandro Alves Torquato Filho, José

Leia mais

O circuito elétrico em série é um divisor de tensão.

O circuito elétrico em série é um divisor de tensão. 01 O circuito elétrico em série é um divisor de tensão. Como as lâmpadas são idênticas, tem-se: U 1 = U 2 = U 3 = U 4 = U = lâmpada i Assim: U 1 + U 2 + U 3 + U 4 = 220 4U = 220 U = 55 V esposta: A 1 02

Leia mais

PROJETO DE RECUPERAÇÃO PARALELA 1º Trimestre

PROJETO DE RECUPERAÇÃO PARALELA 1º Trimestre PROJETO DE RECUPERAÇÃO PARALELA 1º Trimestre - 2018 Disciplina: Física Série: 3ª série do E. Médio Professor: Wagner Fonzi Objetivo: Favorecer ao aluno nova oportunidade para superar as dificuldades apresentadas

Leia mais

Circuitos com Amperímetro e Voltímetro

Circuitos com Amperímetro e Voltímetro Circuitos com Amperímetro e Voltímetro 1. (Pucrs 2014) Considere o texto e a figura para analisar as afirmativas apresentadas na sequência. No circuito elétrico mostrado na figura a seguir, um resistor

Leia mais

Resistores e Associação de Resistores

Resistores e Associação de Resistores Resistores e Associação de Resistores Gabarito Parte I: O esquema a seguir ilustra a situação: Como mostrado, a resistência equivalente é Ω. Aplicando a lei de Ohm-Pouillet: = R eq i 60 = i i = 15 A. a)

Leia mais

Lista de Exercícios 2 ELBE1. Entregar os exercícios 4, 5, 7, 12 e 18 no dia da prova (em uma folha separada).

Lista de Exercícios 2 ELBE1. Entregar os exercícios 4, 5, 7, 12 e 18 no dia da prova (em uma folha separada). MNSTÉRO DA EDUCAÇÃO NSTTUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CÊNCA E TECNOLOGA DE SÃO PAULO CAMPUS DE PRESDENTE EPTÁCO Curso Técnico em Eletrotécnica Lista de Exercícios 2: Eletricidade Básica (ELBE1) Professor: Fernando

Leia mais

Exercícios 6 1. real 2. Resp: 3. o sentido convencional Resp: 4. Resp: 5. (a) (b) (c) Resp: (b) (c) Resp:

Exercícios 6 1. real 2. Resp: 3. o sentido convencional Resp: 4. Resp: 5. (a) (b) (c) Resp: (b) (c) Resp: Exercícios 6 1. A corrente elétrica real através de um fio metálico é constituída pelo movimento de: a) Cargas positivas do maior para o menor potencial. b) Cargas positivas. c) Elétrons livres no sentido

Leia mais

U = U 1 + U 2 + U 3. I = i 1 = i 2 = i 3. R eq = R 1 + R 2 + R 3. R eq = resistência equivalente (Ω) U = ddp da associação (V)

U = U 1 + U 2 + U 3. I = i 1 = i 2 = i 3. R eq = R 1 + R 2 + R 3. R eq = resistência equivalente (Ω) U = ddp da associação (V) Acesse. www.professorarnon.com Eletricidade Básica. Associação de Resistências em Série Vários resistores estão associados em série quando são ligados um em seguida do outro, de modo a serem percorridos

Leia mais

2 - Qual a potência em Watts de um motor de uma 3,50 hp?

2 - Qual a potência em Watts de um motor de uma 3,50 hp? INSTITUTO EDUCACIONAL SÃO JOÃO DA ESCÓCIA NOME: N o DATA: / /2016 CURSO: Eletrônica DISCIPLINA: Eletricidade Básica PROFESSOR: João Carlos Data da entrega: 03 de Maio de 2016 1 - Suponha que um determinado

Leia mais

Ensino Médio. Nota. Aluno(a): Nº. Série: 3ª Turma: Data: / /2018. Lista 6 Associação de resistores

Ensino Médio. Nota. Aluno(a): Nº. Série: 3ª Turma: Data: / /2018. Lista 6 Associação de resistores Ensino Médio Professor: Vilson Mendes Disciplina: Física I Aluno(: Nº. Série: 3ª Turma: Data: / /2018 Lista 6 Associação de resistores N2 Nota 1. Em cada um dos esquemas abaixo, calcule a resistência equivalente

Leia mais

Centro Educacional ETIP

Centro Educacional ETIP Centro Educacional ETIP Atividade: Verificação de Aprendizagem 1 Trimestre/2014 Data: Professor: Leandro Nota: Valor : [0,0 2,0] Nome do(a) aluno(a): Nº Turma: INSTRUÇÕES Preencha corretamente o cabeçalho

Leia mais

em série e aplica à associação uma ddp de 220V. O que é 0,5A. Calcule a resistência elétrica R L da lâmpa- acontece com as lâmpadas? da.

em série e aplica à associação uma ddp de 220V. O que é 0,5A. Calcule a resistência elétrica R L da lâmpa- acontece com as lâmpadas? da. FÍSIC - ELETICIDDE - SSOCIÇÃO DE ESISTOES S ESPOSTS ESTÃO NO FINL DOS EXECÍCIOS.. Um resistor de e um resistor de são associados 9. Um resistor de resistência elétrica tem dissipação em série e à associação

Leia mais

INTRODUÇÃO AOS CIRCUITOS ELÉTRICOS

INTRODUÇÃO AOS CIRCUITOS ELÉTRICOS INTRODUÇÃO AOS CIRCUITOS ELÉTRICOS Circuito Elétrico Está associado à: Presença de corrente elétrica: agente que transfere energia da fonte (pilha) para o aparelho (lâmpada). O que é necessário para se

Leia mais

COLÉGIO PEDRO II CAMPUS CENTRO FÍSICA 3ª SÉRIE TESTE TURMAS 1301 e 1303

COLÉGIO PEDRO II CAMPUS CENTRO FÍSICA 3ª SÉRIE TESTE TURMAS 1301 e 1303 COLÉGIO PEDRO II CAMPUS CENTRO FÍSICA 3ª SÉRIE TESTE TURMAS 1301 e 1303 Professor: Pedro Terra Coordenador: Sérgio Lima TURMA: NOTA NOME: NÚMERO: Responda às questões objetivas no quadro abaixo, a caneta

Leia mais

NOME: N CADERNO DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA I 3º ANO EM TURMA 232 PROFº FABIANO 1º BIMESTRE

NOME: N CADERNO DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA I 3º ANO EM TURMA 232 PROFº FABIANO 1º BIMESTRE 1925 *** COLÉGIO MALLET SOARES *** 2017 92 ANOS DE TRADIÇÃO, RENOVAÇÃO E QUALIDADE DEPARTAMENTO DE ENSINO DATA: / / NOTA: NOME: N CADERNO DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA I 3º ANO EM TURMA 232 PROFº FABIANO 1º

Leia mais

ELETRODINÂMICA A) 4, B) 6, C) 2, D) 1,0.10-3

ELETRODINÂMICA A) 4, B) 6, C) 2, D) 1,0.10-3 QUESTÃO 01 No circuito mostrado no diagrama, todos os resistores são ôhmicos, o gerador e o amperímetro são ideais e os fios de ligação têm resistência elétrica desprezível. A intensidade da corrente elétrica

Leia mais

EXERCÍCIOS - ELETRODINÂMICA

EXERCÍCIOS - ELETRODINÂMICA EXERCÍCIOS - ELETRODINÂMICA Prof. Patricia Caldana 1. Uma corrente elétrica de intensidade igual a 5 A percorre um fio condutor. Determine o valor da carga que passa através de uma secção transversal em

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS DE ELETRODINÂMICA

LISTA DE EXERCÍCIOS DE ELETRODINÂMICA csjose@csjose.com.br Aluno(a) Nº Série: 3º Ensino Médio Turma 1ª Unidade Disciplina: FÍSICA Data / /. Professor(a) : Antônio Barreto O S e n h o r t e a b e n ç o e e t e g u a r d e v o l t e p a r a

Leia mais

Observação: É possível realizar o experimento com apenas um multímetro, entretanto, recomenda-se um multímetro por grupo de alunos.

Observação: É possível realizar o experimento com apenas um multímetro, entretanto, recomenda-se um multímetro por grupo de alunos. Lista de Materiais 1 multímetro. 4 pilhas de 1,5V. 2 resistores com resistências da mesma ordem de grandeza. Exemplo: R1 = 270 Ω e R2 = 560 Ω. Lâmpada com soquete com bulbo esférico (6,0V-500 ma). Resistor

Leia mais

FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL II PROF JOÃO RODRIGO ESCALARI ESQ. - EXERCÍCIOS DE FÍSICA II GERADORES E LEI DE POULIETT

FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL II PROF JOÃO RODRIGO ESCALARI ESQ. - EXERCÍCIOS DE FÍSICA II GERADORES E LEI DE POULIETT FÍSIC GERL E EXPERIMENTL II PROF JOÃO RODRIGO ESCLRI - 2012 ESQ. - EXERCÍCIOS DE FÍSIC II GERDORES E LEI DE POULIETT 1. 4. figura representa um trecho de um circuito percorrido por uma corrente com intensidade

Leia mais

1. O circuito elétrico representado abaixo é composto por fios e bateria ideais:

1. O circuito elétrico representado abaixo é composto por fios e bateria ideais: 1. O circuito elétrico representado abaixo é composto por fios e bateria ideais: Com base nas informações, qual o valor da resistência R a) 5. b) 6 Ω. c) 7 Ω. d) 8. e) 9. Ω Ω Ω indicada? 2. Bárbara recebeu

Leia mais

Técnico em Edificações Instalações Hidráulicas e Elétricas

Técnico em Edificações Instalações Hidráulicas e Elétricas Técnico em Edificações Instalações Hidráulicas e Elétricas Antônio Vieira Representação Gráfica Representação Gráfica Representação Gráfica Representação Gráfica Representação Gráfica Representação Gráfica

Leia mais

Física C Semiextensivo V. 3

Física C Semiextensivo V. 3 GABAITO Física C Semiextensivo V. Exercícios 01) D 0) A Para que a corrente elétrica total seja a maior possível, o circuito deve possuir a menor resistência equivalente, ou seja, o menor número de resistência

Leia mais

t RESOLUÇÃO COMECE DO BÁSICO

t RESOLUÇÃO COMECE DO BÁSICO t RESOLÇÃO COMECE DO BÁSICO SOLÇÃO CB. 01 Para ser resistor ôhmico o gráfico deve ser linear. Neste caso, a linearidade se observa no trecho BC. SOLÇÃO CB. 0 ' r '. i ( Equação 10 7 r'.4 4r 48 do receptor)

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Potência e Energia Elétrica

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Potência e Energia Elétrica Sala de Estudos FÍSICA Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Potência e Energia Elétrica 1. (Enem 2010) Todo carro possui uma caixa de fusíveis, que são utilizados

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos GERADORES ELÉTRICOS

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos GERADORES ELÉTRICOS Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos GERADORES ELÉTRICOS 1. (Espcex (Aman) 2013) A pilha de uma lanterna possui uma força eletromotriz

Leia mais

Médio. Física. Exercícios de Revisão I

Médio. Física. Exercícios de Revisão I Nome: n o : Médio E nsino: S érie: T urma: Data: 3 a Prof(a): Ivo Física Exercícios de Revisão I Exercícios referentes aos capítulos 5 e 6 (livro 3). As resoluções dos exercícios (1 a 7) devem ser fundamentadas

Leia mais

Sendo assim a diferença de potencial entre os pontos inicial e final do circuito é igual à:

Sendo assim a diferença de potencial entre os pontos inicial e final do circuito é igual à: SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR SARGENTO NADER ALVES DOS SANTOS SÉRIE/ANO: 3º TURMA(S):

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Resistência Equivalente

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Resistência Equivalente Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos esistência Equivalente 1. (Uern 2013) Na figura, estão representadas duas associações de resistores.

Leia mais

Aula 8.2 Conteúdo: Associação de resistores em paralelo, potência elétrica de uma associação em paralelo de resistores. INTERATIVIDADE FINAL

Aula 8.2 Conteúdo: Associação de resistores em paralelo, potência elétrica de uma associação em paralelo de resistores. INTERATIVIDADE FINAL Aula 8.2 Conteúdo: Associação de resistores em paralelo, potência elétrica de uma associação em paralelo de resistores. Habilidades: Diferenciar as formas de associação de resistores, bem como determinar

Leia mais

RECEPTORES E LEIS DE KIRCHHOFF

RECEPTORES E LEIS DE KIRCHHOFF RECEPTORES E LEIS DE KIRCHHOFF 2ª SÉRIE FÍSICA PROF. MARCUS VINICIUS 1º BIM 1. UFRS - O circuito a seguir representa três pilhas ideais de 1, 5 V cada uma, um resistor R de resistência elétrica 1, 0 Ω

Leia mais

SOLUÇÃO PRATIQUE EM CASA

SOLUÇÃO PRATIQUE EM CASA SOLÇÃO ATIQ M CASA SOLÇÃO C. [D] A lâmpada estará acesa se os contatos fornecerem uma ddp em seus terminais. Assim a combinação dos contatos que fornecem tal ddp é e 3 ou e 4. SOLÇÃO C. [C] elas especificações

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Potência e Energia Elétrica

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Potência e Energia Elétrica Sala de Estudos FÍSICA Lucas 2 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Potência e Energia Elétrica 1. (Enem 2010) Todo carro possui uma caixa de fusíveis, que são utilizados

Leia mais

Prof. Ricardo Brauer Vigoderis, D.S. website:

Prof. Ricardo Brauer Vigoderis, D.S.   website: UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS ENERGIA NA AGRICULTURA Prof. Ricardo Brauer Vigoderis, D.S. Email: vigoderis@yahoo.com.br website: www.vigoderis.tk Pode ser gerada

Leia mais

Eletrodinânica - Exercícios

Eletrodinânica - Exercícios Eletrodinânica - Exercícios Professor Walescko 13 de outubro de 2005 Sumário 1 Exercícios 1 2 Vestibulares UFRGS 7 3. O gráfico representa a corrente elétrica i em função da diferença de potencial V aplicada

Leia mais

COLÉGIO PEDRO II CAMPUS CENTRO FÍSICA 3ª SÉRIE 2ª CERTIFICAÇÃO 2ª chamada

COLÉGIO PEDRO II CAMPUS CENTRO FÍSICA 3ª SÉRIE 2ª CERTIFICAÇÃO 2ª chamada COLÉGIO PEDRO II CAMPUS CENTRO FÍSICA 3ª SÉRIE 2ª CERTIFICAÇÃO 2ª chamada Professores: Osmar Preussler e Pedro Terra Coordenador: Sérgio Lima TURMA: NOTA NOME: NÚMERO: QUESTÕES OBJETIVAS 1. Dois trens

Leia mais

Aluno(a): Data: / / Lista de Exercícios I EL1A1

Aluno(a): Data: / / Lista de Exercícios I EL1A1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS DE PRESIDENTE EPITÁCIO Curso Técnico em Automação Industrial Lista de Exercícios I: Eletricidade I (EL1A1)

Leia mais

Física C Extensivo V. 5

Física C Extensivo V. 5 GABAITO Física C Extensivo V. 5 Exercícios 0) a) = 4 + = 6 Ω 06) = Ω b) V = 48 = 6 i = A c) = = 4. = V V = V =. = 6 V d) P = P = 4. = 6 w P = P =. = 08 w e) P total = P + P = 44 w f) gerador ideal P fornecida

Leia mais

Página 1 de 5. Tema. Define-se energia como a capacidade de produzir trabalho. Potência é a energia fornecida, recebida ou gasta por unidade de tempo.

Página 1 de 5. Tema. Define-se energia como a capacidade de produzir trabalho. Potência é a energia fornecida, recebida ou gasta por unidade de tempo. 1 de 5 Define-se energia como a capacidade de produzir trabalho. Potência é a energia fornecida, recebida ou gasta por unidade de tempo. Em electricidade há várias potências. Em corrente contínua existe

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL SESC CIDADANIA

CENTRO EDUCACIONAL SESC CIDADANIA CENTRO EDUCACIONAL SESC CIDADANIA Professor: Vilson Mendes Lista de exercícios de Física I Lista 6 Associação de resistores ENSINO MÉDIO NOTA: Aluno (: Data SÉRIE/TURMA 3ª 1. Em cada um dos esquemas abaixo,

Leia mais

3) Cite 2 exemplos de fontes de Alimentação em Corrente Continua e 2 exemplos em Corrente Alternada.

3) Cite 2 exemplos de fontes de Alimentação em Corrente Continua e 2 exemplos em Corrente Alternada. Lista de exercícios Disciplina: Eletricidade Aplicada Curso: Engenharia da Computação Turma: N30 1 -) Assinale a alternativa correta. Descreva o que é tensão elétrica. a - A diferença de potencial elétrico

Leia mais

Física C Extensivo V. 5

Física C Extensivo V. 5 GABAITO Física C Extensivo V. 5 Exercícios 0) a) eq 4 + 6 Ω 06) Ω b) V 48 6 i A c) 4. V V V. 6 V d) P P 4. 6 w P P. 08 w e) P total P + P 44 w f) gerador ideal P fornecida P dissipada 44 w 0) V total V

Leia mais

Física C Semiextensivo V. 3

Física C Semiextensivo V. 3 Semiextensivo V. 3 Exercícios 01) a) eq 4 + 1 16 Ω 06) 3 Ω 1 b) 48 16 i 3 A c) 1 1 4. 3 1 V V V 1. 3 36 V d) P 1 1 1 P 1 4. 3 36 w P P 1. 3 108 w e) P total P 1 + P 144 w f) gerador ideal P fornecida P

Leia mais

Capítulo 4. Análise de circuitos elétricos básicos: em série, em paralelo e misto. Figura 3.32 Associação em série-paralelo de geradores.

Capítulo 4. Análise de circuitos elétricos básicos: em série, em paralelo e misto. Figura 3.32 Associação em série-paralelo de geradores. ELETRôNCA Figura 3.3 Associação em série-paralelo de geradores. Capítulo 4 A figura 3.33 mostra as simplificações sucessivas do circuito da figura 3.3. Figura 3.33 Simplificações sucessivas do circuito

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA RN CAMPUS: CURSO: ALUNO:

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA RN CAMPUS: CURSO: ALUNO: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA RN CAMPUS: CURSO: ALUNO: DISCIPLINA: FÍSICA II PROFESSOR: EDSON JOSÉ ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES 1. (UNIFEI MG/2008) No circuito, todos os resistores apresentam

Leia mais

Prof. Ulisses. Recuperação 2º ano. Conteúdo: Leis de Ohms, resistores e associação de resistores.

Prof. Ulisses. Recuperação 2º ano. Conteúdo: Leis de Ohms, resistores e associação de resistores. Prof. Ulisses Recuperação 2º ano Conteúdo: Leis de Ohms, resistores e associação de resistores. 01- A diferença de potencial entre os extremos de uma associação em série de dois resistores de resistências

Leia mais

O USO DO SIMULADOR PhET PARA O ENSINO DE ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES. Leonardo Dantas Vieira

O USO DO SIMULADOR PhET PARA O ENSINO DE ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES. Leonardo Dantas Vieira Universidade Federal de Goiás - Regional Catalão Instituto de Física e Química Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física O USO DO SIMULADOR PhET PARA

Leia mais

Aluno: Disciplina: FÍSICA. Data: ELETROSTÁTICA

Aluno: Disciplina: FÍSICA. Data: ELETROSTÁTICA LISTA DE EXERCÍCIOS ELETRICIDADE ENSINO MÉDIO Aluno: Série: 3 a Professor: EDUARDO Disciplina: FÍSICA Data: ELETROSTÁTICA 1) (Unicamp-SP) Duas cargas elétricas Q 1 e Q 2 atraem-se quando colocadas próximas

Leia mais

Corrente elétrica e leis de Ohm

Corrente elétrica e leis de Ohm FE Corrente elétrica e leis de Ohm Anteriormente em FE... Força Elétrica Campo elétrico Energia Potencial elétrica Potencial elétrico ddp ou Tensão elétrica (U) Eletrodinâmica Parte da eletricidade que

Leia mais

Tabela da Lei de Ohm

Tabela da Lei de Ohm 1ª Lei de Ohm Tabela da Lei de Ohm Esta tabela mostra os formulas para calcular: Corrente (I), resistência (R), tensão (E ou U) e a potência (W) usando a Lei de Ohm. Para usar a tabela, selecione a unidade

Leia mais

NOME: N O : TURMA: PROFESSOR: Glênon Dutra

NOME: N O : TURMA: PROFESSOR: Glênon Dutra Circuitos Elétricos DISCIPLINA: Física NOME: N O : TURMA: PROFESSOR: Glênon Dutra DATA: NOTA: ASS: - Circuito Simples: Esquema: Bateria: Corrente elétrica i Resistência: i = corrente elétrica V = d.d.p.

Leia mais

Capítulo 7: Associação de Resistores

Capítulo 7: Associação de Resistores Capítulo 7: Associação de Resistores Os resistores podem ser associados basicamente de dois modos distintos: em série e em paralelo. Ambos os modos de associação podem estar presentes: temos um associação

Leia mais

Ensino Médio. Nota. Aluno(a): Nº. Série: 3ª Turma: Data: / /2018. Lista 5 Corrente elétrica, potência, resistores e leis de Ohm

Ensino Médio. Nota. Aluno(a): Nº. Série: 3ª Turma: Data: / /2018. Lista 5 Corrente elétrica, potência, resistores e leis de Ohm Ensino Médio Professor: Vilson Mendes Disciplina: Física I Aluno(a): Nº. Série: 3ª Turma: Data: / /2018 Lista 5 Corrente elétrica, potência, resistores e leis de Ohm N2 Nota 1. A seção transversal de um

Leia mais

TAREFA DE FÍSICA Prof. Álvaro 3ª Série

TAREFA DE FÍSICA Prof. Álvaro 3ª Série TAREFA DE FÍSICA Prof. Álvaro 3ª Série Site 02 01 - (Mackenzie SP) No circuito desenhado abaixo, a intensidade de corrente elétrica contínua que passa pelo resistor de 50 é de 80 ma. A força eletromotriz

Leia mais

Universidade de Mogi das Cruzes Engenharia Curso Básico Prof. José Roberto Marques EXERCÍCIOS RESOLVIDOS DE ELETRICIDADE BÁSICA FORMULÁRIO UTILIZADO

Universidade de Mogi das Cruzes Engenharia Curso Básico Prof. José Roberto Marques EXERCÍCIOS RESOLVIDOS DE ELETRICIDADE BÁSICA FORMULÁRIO UTILIZADO rof. José oberto Marques XCÍCOS SOLDOS D LTCDAD BÁSCA FOMULÁO UTLZADO L D OHM Usamos quando se trata de uma de tensão elétrica e quando se trata da tensão sobre um resistor elétrico. Quando estamos alimentando

Leia mais

Turma: _3º ANO FG e TI

Turma: _3º ANO FG e TI COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2012 Disciplina: FÍSICA Ano: 2012 Professor (a): Marcos Vinicius Turma: _3º ANO FG e TI Caro aluno, você está recebendo o conteúdo

Leia mais

Aula: - Resistência elétrica e Resistores - Associação de Resistores

Aula: - Resistência elétrica e Resistores - Associação de Resistores Aula: - Resistência elétrica e Resistores - Associação de Resistores A resistência elétrica Os metais são bons condutores de corrente elétrica, mas alguns são melhores condutores que outros. O metal mais

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO CIRCUITOS 1

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO CIRCUITOS 1 1. (Unesp 94) Por uma bateria de f.e.m. (E) e resistência interna desprezível, quando ligada a um pedaço de fio de comprimento Ø e resistência R, passa a corrente i (figura 1). Quando o pedaço de fio é

Leia mais

CIRCUITOS COM CAPACITORES

CIRCUITOS COM CAPACITORES CIRCUITOS COM CAPACITORES 1. (Ufpr 13) Considerando que todos os capacitores da associação mostrada na figura abaixo têm uma capacitância igual a C, determine a capacitância do capacitor equivalente entre

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Técnico Integrado em Informática. Resposta: Resposta: Resposta:

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Técnico Integrado em Informática. Resposta: Resposta: Resposta: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE 5ª Lista de Exercícios Eletricidade Instrumental Técnico Integrado em Informática Aluno (a): Ano/Série: Matrícula: Professor:

Leia mais

Q t. A corrente elétrica corresponde ao fluxo de elétrons. Os elétrons vão para o polo positivo de um gerador (pilha ou bateria)

Q t. A corrente elétrica corresponde ao fluxo de elétrons. Os elétrons vão para o polo positivo de um gerador (pilha ou bateria) Eletrodinâmica A eletrodinâmica está presente em praticamente todos os lugares da vida moderna. As instalações elétricas e suas lâmpadas, aquecedores fazem parte do cotidiano do homem moderno. Para exames

Leia mais

Aluno(a):... nº:... - Data:.../.../2010

Aluno(a):... nº:... - Data:.../.../2010 SENAI - Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini Curso Técnico em Eletrônica 1º Período Avaliação de Tecnologia Eletrônica 7 pontos Instrutor: Gabriel Vinicios Silva Maganha Aluno(a):... nº:...

Leia mais

Potência e Energia Elétrica

Potência e Energia Elétrica Potência e Energia Elétrica Para qualquer máquina, em particular, para os aparelhos elétricos, definimos potência como a taxa de transformação ou conversão de energia na forma de calor outra forma de energia,

Leia mais

Física. Eletrodinâmica. Ano a ano ENEM

Física. Eletrodinâmica. Ano a ano ENEM ENEM 2013-2016 Física Eletrodinâmica Ano a ano ENEM 2 120 1,5 90 1 60 0,5 30 0 2013 2014 2015 2016 0 Eletrodinâmica - Parte 1 Total Questões Questão 01 - (ENEM/2013) O chuveiro elétrico é um dispositivo

Leia mais

1. Considere uma bateria de força eletromotriz ε e resistência interna desprezível. Qual dos gráficos a seguir melhor representa a bateria?

1. Considere uma bateria de força eletromotriz ε e resistência interna desprezível. Qual dos gráficos a seguir melhor representa a bateria? 1. Considere uma bateria de força eletromotriz ε e resistência interna desprezível. Qual dos gráficos a seguir melhor representa a bateria? a) b) c) d) e) 2. O desenho abaixo representa um circuito elétrico

Leia mais

FÍSICA POTÊNCIA E ENERGIA, ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES POTÊNCIA E ENERGIA ELÉTRICA

FÍSICA POTÊNCIA E ENERGIA, ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES POTÊNCIA E ENERGIA ELÉTRICA FÍSICA Prof. Bruno POTÊNCIA E ENERGIA, ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES POTÊNCIA E ENERGIA ELÉTRICA 1. (Uerj 2015) No esquema abaixo, está representada a instalação de uma torneira elétrica. De acordo com as informações

Leia mais

Se no terminal b do circuito for conectado um terceiro componente, como na figura abaixo, os resistores R 1 e R 2 não estarão mais em série.

Se no terminal b do circuito for conectado um terceiro componente, como na figura abaixo, os resistores R 1 e R 2 não estarão mais em série. Circuitos em Série Um circuito consiste em um número qualquer de elementos unidos por seus terminais, com pelo menos um caminho fechado através do qual a carga possa fluir. Dois elementos de circuitos

Leia mais

L 3 : 15 W 120 V. Em seguida faz duas ligações com as lâmpadas, montando os circuitos A e B, como mostram as figuras abaixo.

L 3 : 15 W 120 V. Em seguida faz duas ligações com as lâmpadas, montando os circuitos A e B, como mostram as figuras abaixo. Exercícios extras fase UFPR 1. (Ufjf-pism 3 017) Em uma aula de Física, o professor apresenta para seus alunos três lâmpadas com as seguintes especificações: L 1 : 0 W 10 V, L : 40 W 10 V e L 3 : 15 W

Leia mais

DISCIPLINA: Física SÉRIE: 3º. ALUNO(a): L2 2º Bim. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

DISCIPLINA: Física SÉRIE: 3º. ALUNO(a): L2 2º Bim. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / 06 / 2016 PROFESSOR: Jonas Tavares DISCIPLINA: Física SÉRIE: 3º ALUNO(a): L2 2º Bim No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

Leia mais

Lista de exercícios de física - 3º ano Leis de Ohm e associação de resistores

Lista de exercícios de física - 3º ano Leis de Ohm e associação de resistores Lista de exercícios de física - 3º ano Leis de Ohm e associação de resistores 1. (Uerj 017) Pela seção de um condutor metálico submetido a uma tensão elétrica, atravessam 18 4,0 10 elétrons em 0 segundos.

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Geradores, Receptores e Potência Elétrica

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Geradores, Receptores e Potência Elétrica Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Geradores, Receptores e Potência Elétrica 1. (Espcex (Aman) 2013) A pilha de uma lanterna possui

Leia mais

Lista de Potência Elétrica

Lista de Potência Elétrica Lista de Potência Elétrica 1. Em uma residência estão instalados os seguintes aparelhos: 10 lâmpadas (100 W cada uma), 1 batedeira elétrica (100 W), 2 geladeiras (500 W cada uma) e três televisores (100

Leia mais

Eletricidade Aula 2. Circuitos elétricos e suas propriedades

Eletricidade Aula 2. Circuitos elétricos e suas propriedades Eletricidade Aula 2 Circuitos elétricos e suas propriedades O Resistor Podemos construir um componente que possua um valor desejado de resistência o resistor. Os resistores podem ser construídos para ter

Leia mais

FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 20 POTÊNCIA E ENERGIA ELÉTRICA REVISÃO

FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 20 POTÊNCIA E ENERGIA ELÉTRICA REVISÃO FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 20 POTÊNCIA E ENERGIA ELÉTRICA REVISÃO Como pode cair no enem Não havendo aumento no preço do kwh nem nos impostos embutidos, você deverá pagar sua próxima conta de luz em torno

Leia mais

Exercícios de Física Eletrodinâmica

Exercícios de Física Eletrodinâmica Exercícios de Física Eletrodinâmica Lista elaborada pelo Professor Fernando Valentim nandovalentim@yahoo.com.br 01. No circuito da figura, o gerador é ideal. A intensidade da corrente elétrica que passa

Leia mais

Exercícios de Física. Prof. Panosso. Gerador, receptor e cctos.

Exercícios de Física. Prof. Panosso. Gerador, receptor e cctos. 1) A bateria de um automóvel tem fem de 12V e resistência interna de 0,5 Ω, durante a partida ele fornece uma corrente de A. Calcule : a) a ddp nos terminais do gerador b) o rendimento 2) Um gerador com

Leia mais

4. Variando-se a ddp aplicada a um condutor e medindo-se as intensidades de corrente, obtêm-se os resultados da tabela abaixo:

4. Variando-se a ddp aplicada a um condutor e medindo-se as intensidades de corrente, obtêm-se os resultados da tabela abaixo: AS RESPOSTAS ESTÃO NO FINAL DOS EXERCÍCIOS. 1. Um resistor tem resistência igual a 50Ω, sob ddp U = 60V. Calcule a intensidade de corrente que o atravessa. 2. Um resistor ôhmico, quando submetido a uma

Leia mais

wlad 2. O circuito elétrico seguinte é constituído por três lâmpadas L 1, L 2 e L 3, que são idênticas, e ligadas a uma bateria ε.

wlad 2. O circuito elétrico seguinte é constituído por três lâmpadas L 1, L 2 e L 3, que são idênticas, e ligadas a uma bateria ε. 1. O circuito elétrico de um certo dispositivo é formado por duas pilhas ideais idênticas, de tensão V cada uma, três lâmpadas incandescentes ôhmicas e idênticas L 1, L 2 e L 3, uma chave e fios condutores

Leia mais

Aula 2 Circuito série de corrente contínua.

Aula 2 Circuito série de corrente contínua. Aula 2 Circuito série de corrente contínua marcela@edu.estacio.br Circuito em série Polaridade das quedas de tensão Potência total em circuito em série Queda de tensão por partes proporcionais Fontes de

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 3º ANO PROF. FELIPE KELLER ELETROSTÁTICA

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 3º ANO PROF. FELIPE KELLER ELETROSTÁTICA LISTA DE EXERCÍCIOS 01 3º ANO PROF. FELIPE KELLER ELETROSTÁTICA 1 (UNIFESP) Um condutor é percorrido por uma corrente elétrica de intensidade i = 800 ma. Conhecida a carga 19 elétrica elementar, e = 1,6

Leia mais

5) No circuito abaixo, determine a potência gerada pela bateria de 5 V.

5) No circuito abaixo, determine a potência gerada pela bateria de 5 V. ) Determine Vab (i7 é desconhecido). V = 0V ab ) Obtenha os circuitos equivalentes de Thévenin e Norton do seguinte circuito. R.: 3) Determine a resistência equivalente R ab vista dos terminais ab do circuito

Leia mais

Ensino Médio. Nota. Aluno(a): Nº. Série: 3ª Turma: Data: / /2018. Lista 7 Geradores, Receptores e Capacitores

Ensino Médio. Nota. Aluno(a): Nº. Série: 3ª Turma: Data: / /2018. Lista 7 Geradores, Receptores e Capacitores Ensino Médio Professor: Vilson Mendes Disciplina: Física I Aluno(a): Nº. Série: 3ª Turma: Data: / /2018 Lista 7 Geradores, Receptores e Capacitores N2 Nota 1. Um gerador elétrico mantém entre seus terminais

Leia mais

2 o. TD de Física - Recuperação Paralela

2 o. TD de Física - Recuperação Paralela 2 o Ensino Médio Turnos: Manhã/Tarde Data: / /2016 Profs.: Etapa: REC Aluno(a): N o.: Turma: 01. (EFOMM 2016) Por uma seção transversal de um fio cilíndrico de cobre passam, a cada hora, 9,00 10 elétrons.

Leia mais

Boa Prova e... Aquele Abraço!! Virgílio

Boa Prova e... Aquele Abraço!! Virgílio PROVA DE FÍSICA 3 o TRIMESTRE DE 2010 PROF. VIRGÍLIO NOME N o 9 º ANO Olá, caro(a) aluno(a). Segue abaixo uma série de exercícios que têm, como base, o que foi trabalhado em sala de aula durante todo o

Leia mais

1. (Imed 2016) O circuito elétrico representado abaixo é composto por fios e bateria ideais:

1. (Imed 2016) O circuito elétrico representado abaixo é composto por fios e bateria ideais: 1. (Imed 016) O circuito elétrico representado abaixo é composto por fios e bateria ideais: Com base nas informações, qual o valor da resistência R a) 5. b) 6. c) 7. d) 8. e) 9. indicada? Resposta:C Usando

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 1 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Resistência Equivalente e Circuitos Simples

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 1 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Resistência Equivalente e Circuitos Simples Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 1 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Resistência Equivalente e Circuitos Simples 1. (Enem 2016) Três lâmpadas idênticas foram ligadas

Leia mais

AULA 06 - POTÊNCIA E ENERGIA Página 23, livro 11A JOCEMAR BUENO

AULA 06 - POTÊNCIA E ENERGIA Página 23, livro 11A JOCEMAR BUENO AULA 06 - POTÊNCIA E ENERGIA Página 23, livro 11A JOCEMAR BUENO Potência Elétrica A potência elétrica é o produto da tensão elétrica (d.d.p) pela corrente elétrica: Temos que: Então: 1A. 1V = P = i V 1A

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 1ª SÉRIE FÍSICA PROF. CÍCERO 4º BIM

LISTA DE EXERCÍCIOS 1ª SÉRIE FÍSICA PROF. CÍCERO 4º BIM LISTA DE EXERCÍCIOS 1ª SÉRIE FÍSICA PROF. CÍCERO 4º BIM 1. (Ufjf-pism 3) Em uma aula de Física, o professor apresenta para seus alunos três lâmpadas com as seguintes especificações: L 1 : 20 W 120 V, L

Leia mais

AVALIAÇÃO DISCURSIVA DE FÍSICA 2

AVALIAÇÃO DISCURSIVA DE FÍSICA 2 CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN AVALIAÇÃO DISCURSIVA DE FÍSICA 2 Primeira Avaliação 2ª Série Ensino Médio Terceiro Período 2016 Assinale com um X se estiver fazendo Progressão Parcial: Aluno(a): Série

Leia mais

Princípios de Telecomunicações Lei de Ohm e Potência Elétrica

Princípios de Telecomunicações Lei de Ohm e Potência Elétrica Princípios de Telecomunicações Lei de Ohm e Potência Elétrica Prof. Francisco de Assis S. Santos, Dr. São José, 2016. Tensão Elétrica Grandeza gerada a partir do desequilíbrio de potencial entre 2 pontos,

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE FÍSICA

LISTA DE EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE FÍSICA LISTA DE EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO 2º TRIMESTRE FÍSICA ALUNO(a): Nº: SÉRIE: 2ª TURMA: UNIDADE: VV JC JP PC DATA: / /2017 Obs.: Esta lista deve ser entregue resolvida no dia da prova de recuperação. Valor:

Leia mais

Circuitos de uma malha (ou redutíveis a uma malha)

Circuitos de uma malha (ou redutíveis a uma malha) Circuitos de uma malha (ou redutíveis a uma malha) 1 Fig,24.1 24.1. Em certas ocasiões podemos ter circuitos elétricos muito complexos, com o aspecto de uma verdadeira rede. Qualquer circuito poligonal

Leia mais