UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI WILLIAM KENJI ISHIMURA AUTOMAÇÃO EM EDIFÍCIOS RESIDENCIAIS NO MERCADO DE ALTO PADRÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI WILLIAM KENJI ISHIMURA AUTOMAÇÃO EM EDIFÍCIOS RESIDENCIAIS NO MERCADO DE ALTO PADRÃO"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI WILLIAM KENJI ISHIMURA AUTOMAÇÃO EM EDIFÍCIOS RESIDENCIAIS NO MERCADO DE ALTO PADRÃO São Paulo 2006

2 UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI WILLIAM KENJI ISHIMURA AUTOMAÇÃO EM EDIFÍCIOS RESIDENCIAIS NO MERCADO DE ALTO PADRÃO Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Universidade Anhembi Morumbi no âmbito do Curso de Engenharia Civil. Orientador: Prof. Dr. Wilson Shoji Iyomasa São Paulo 2006

3 UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI WILLIAM KENJI ISHIMURA AUTOMAÇÃO EM EDIFÍCIOS RESIDENCIAIS NO MERCADO DE ALTO PADRÃO Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Universidade Anhembi Morumbi no âmbito do Curso de Engenharia Civil. Trabalho em: de de Orientador: Prof. Dr. Wilson Shoji Iyomasa Prof. Convidado Comentários:

4 Dedico este trabalho aos meus pais, minha esposa e antepassados de minha família, pois sem eles eu não teria chegado até aqui para a concretização de meu grande objetivo.

5 5 RESUMO O Trabalho mostra qual a evolução da implantação das tecnologias de automação nos empreendimentos prediais residenciais e casas residenciais na Grande São Paulo, identificando fatores mercadológicos determinantes na construção civil e os níveis de automação residencial. Demonstra as vantagens e desvantagens de morar e utilizar uma residência com automação, e procura apresentar, ainda, a automação como agente de segurança residencial. Discutem-se, principalmente, as necessidades da engenharia civil para atender as automações nas edificações, como mudança nos procedimentos de projetos e métodos construtivos. Palavras Chave: automação residencial, tecnologias, procedimentos de projetos civis.

6 6 ABSTRACT The Work shows to which the evolution of the implantation of the technologies of automation in the residential land enterprises and residential in the Great São Paulo, identifying to determinative marketing factors in the civil construction and the levels of residential automation. It demonstrates to the advantages and disadvantages to live and to use a residence with automation. Search to present, still, the automation as agent of residential security. It is argued essential necessities of civil engineering to take care of the automations in the constructions, as constructive change in the procedures of projects and methods. Words Key: residential automation, technologies, civil engineering procedures.

7 7 LISTA DE FIGURAS Figura 5.1 Blocos vazados por onde passam os conduites...24 Figura 5.2 Parede de dry hall...25 Figura 5.3 Planta com shaft e dutos fixados no teto...25 Figura 6.1 Vista geral do Edifício Bossa Nova...30 Figura 6.2 Hall social do edifício Bossa Nova...30 Figura 6.3 Planta de 2 suítes e home theater...30 Figura 6.4 Implantação da área comum...30 Figura 6.5 Figura ilustrativa do edifício Araçari...31 Figura 6.6 Vista geral do hall social...31 Figura 6.7 Planta do 1º Pavimento...32 Figura 6.8 Planta do 2º Pavimento...32 Figura 6.9 Parede em dry hall...33 Figura 6.10 Destaque para as instalações...33 Figura 6.11 Sala com destaque para os eletros-duto e dutos de ar-condicionado...33 Figura 6.12 Suíte com destaque para os eletros-duto e dutos de ar-condicionado...33 Figura 6.13 Controles embutidos...34 Figura 6.14 Controles embutidos ampliados...34 Figura 6.15 Controle em tela de cristal liquido instalado na parede...35 Figura 6.16 Controle portátil...35 Figura 6.17 Placa ilustrativa dos benefícios do edifício...38 Figura 6.18 Estágio atual da obra do edifício...38

8 8 LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS ANSI/TIA/EIA CFTV DVD HDTV Hi-Fi ISDN LD PLC RG6 SOHO TV VOD WebTV (Norma americana para cabeamento -570A) Canal fechado de televisão Digital Vídeo Disc High definition television Som tridimensional Linhas Laser Disc Power Line Carrier Tipo específico de cabo coaxial com função de áudio e vídeo integrado Small Office & Home Office Televisão Vídeo on demand Rede

9 9 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO OBJETIVO Objetivo Geral Objetivo Específico JUSTIFICATIVA AUTOMAÇÃO DE EDIFÍCIOS RESIDENCIAIS DESENVOLVIMENTO DOS SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO Sistemas integrados Benefícios da Automação Sistema de Segurança Facilidades da automação Entretenimento Som Ambiente Para a Casa Inteira DVD Digital Video Disc Home Office Rede Internet Sistemas de Comando por Reconhecimento de Voz Infra-estrutura Cabeamento Residencial Cabeamento estruturado Projetar de Forma a Receber Tecnologias Atuais e Futuras ESTUDO DE CASO Obra de edifício residencial sem automação Processo construtivo Obra de edifício residencial com automação Processo construtivo Tecnologia empregada nos apartamentos Memorial descritivo da incorporadora Estande de vendas Impacto nos projetos CONCLUSÃO...40 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS...42

10 10 1 INTRODUÇÃO A automação residencial pode promover a integração e a racionalização dos diversos sistemas existentes em uma residência, relacionados à comunicação, transmissão de dados, iluminação, climatização, irrigação de jardim, áudio e vídeo, gerando benefícios aos usuários, como economia, conforto e segurança. A automação residencial possibilita, ainda, uma flexibilidade muito grande em relação ao uso múltiplo, por exemplo, uma simples tomada pode funcionar para telefone e também como ponto de rede da internet, sem a necessidade de passar novos cabos. O mercado brasileiro de automação, aparentemente vem crescendo velozmente, como demonstram os novos empreendimentos prediais e residenciais que utilizam de sistemas inteligentes desenvolvidos para otimizar serviços e utilidades (PINHEIRO, 2004). Tal crescimento ocorreu a partir da década de 1990 com a abertura dos mercados de informática e de telecomunicações, no Brasil, que possibilitou a popularização de diversas tecnologias de controle e serviços de automação. Sistemas que antes eram utilizados exclusivamente nos ambientes corporativos das empresas e do comércio passaram, igualmente, a ser projetados e utilizados também nos ambientes domésticos (PINHEIRO, 2004). A realidade atual é que cada vez mais se trabalha em casa, cada vez mais o trabalho se parece com a casa dos profissionais, ou suas casas vão assumindo ares de escritório. As residências, como complementos dos escritórios, passaram a solicitar então uma maior demanda por serviços com maiores índices de conforto, novos sistemas de comunicação e espaço para o entretenimento. Esse novo mercado de automação representado pelos pequenos escritórios e usuários domésticos ficou conhecido como "Mercado SOHO" (Small Office & Home Office pequeno escritório e escritório em casa), conforme descreveu Pinheiro (2004). Construtores, integradores e até mesmo os ocupantes desses novos prédios

11 11 passaram a encarar a realidade da automação predial como uma parte essencial de qualquer projeto arquitetônico. Com o crescimento do mercado de automação residencial e predial, no País, e as novas opções de uso das tecnologias inteligentes na construção civil, é necessário o aprofundamento das discussões dos grandes temas do setor, como a crescente aplicação de sistemas automatizados, sobretudo na elaboração de projetos de construção civil, bem como no desenvolvimento de novos materiais (PINHEIRO, 2004). É nesse contexto que o presente trabalho foi desenvolvido. Trata-se, portanto, de um tema novo e em fase embrionária no meio técnico, em especial, na área de engenharia civil.

12 12 2 OBJETIVO O presente trabalho tem como finalidade desenvolver uma pesquisa aplicada no segmento residencial, relativa à automação. Entretanto, o principal objetivo do trabalho é compreender a automação nas edificações residenciais como mercado emergente e transformador para a engenharia civil. 2.1 Objetivo Geral O objetivo geral é ordenar e compreender as necessidades técnicas para a inserção da automação em empreendimentos residenciais. 2.2 Objetivo Específico Como objetivo específico, a presente pesquisa visa mostrar a evolução da implantação das tecnologias de automação nos empreendimentos prediais e residenciais de alto padrão na Grande São Paulo. Por meio de estudo de caso, procurou-se identificar as modificações necessárias nos projetos civis tradicionais de edifícios residenciais para a inserção da automação nessas edificações. Paralelamente procurou-se avaliar o mercado atual de edificações residenciais semiautomático e a população compradora.

13 13 3 JUSTIFICATIVA Os empreendimentos de luxo foram os alvos do mercado nos últimos três anos, como demonstra a produção de apartamentos de quatro quartos, entre 2002 e 2004, quase o dobro do total registrado de 1998 a Apenas no primeiro trimestre de 2005 o segmento de quatro ou mais dormitórios foi responsável por 25% dos lançamentos realizados. (VEJA SÃO PAULO, 2005). Trata-se de um mercado em crescente expansão e com um potencial bastante expressivo, onde existem inúmeras aplicações e produtos para facilitar as atividades do dia-a-dia visando trazer mais conforto para seus usuários. Da função mais simples a mais complexa, existe um ou mais sistemas de automação que permitem que cada ponto de uma residência seja controlado de modo inteligente, tanto individualmente quanto em conjunto. Por esse motivo as aplicações de automação predial exigem um projeto arquitetônico moderno e adequado à automação. Para isso são necessários estudos e pesquisas para viabilizar os novos empreendimentos de alto padrão direcionados para atender a construção de edifícios com sistema de automação. A principal justificativa para desenvolver e estudar o tema sobre automação residencial é por ser embrionário no meio técnico, constituindo-se, por tanto, em um desafio ao aluno. Acredita-se, ainda, que essa área deve crescer nos próximos anos com oferta de empregos e serviços para os profissionais que atuam na área eletroeletrônica e da engenharia civil, pela necessidade em desenvolver projetos e construções de edificações automatizadas.

14 14 4 AUTOMAÇÃO DE EDIFÍCIOS RESIDENCIAIS A integração de sistemas tornou-se uma forma de agregar valor aos seus projetos de interiores e permitir que seus clientes tenham o que há de mais moderno em tecnologia. Uma vez que, os requintes da automação já estão integrados ao dia-adia da vida moderna, construtoras e incorporadoras vêm ampliando os investimentos em condomínios residenciais automatizados, em substituição, inclusive, à tendência das residências uni - familiares. O mercado de automação no Brasil vem crescendo a uma taxa entre 30% e 40% ao ano, acompanhando o ritmo de evolução dos EUA. No segmento de projetos, o setor experimenta crescimento próximo de 100% (MURATORI, 2005). Esses dados já fazem parte das estratégias de marketing dos novos empreendimentos, sobretudo residenciais, com a possibilidade de controle e monitoramento à distância e de infra-estrutura para escritórios virtuais e espaços para negócios implantados nos edifícios modernos (MURATORI, 2005). Destaca-se a notícia veiculada sobre uma tentativa de roubo em residência na cidade do Guarujá (SP), cujo proprietário recebeu um sinal de alerta por meio do telefone celular. O proprietário, que se encontrava na Alemanha, monitorou os movimentos do ladrão no interior da residência utilizando-se de microcomputador ligado no sistema de rede internet. Em 15 minutos, a polícia prendeu o ladrão no interior da residência (Folha de São Paulo, 13/12/2006). Dentro do conceito de Automação Residencial, três são os graus de integração destes sistemas: Sistemas Autônomos - são sistemas independentes e não há a interligação entre os dispositivos; Sistemas Integrados - todos os sistemas estão integrados a um controlador (central de automação);

15 15 Sistemas Complexos - princípio de funcionamento da casa inteligente, onde o sistema pode ser personalizado de acordo com a vontade do usuário. Por se tratar de um tema ainda em fase embrionária de desenvolvimento, necessitou-se para o presente estudo, além da busca dos poucos documentos técnicos disponíveis, realizar contatos com empresas e profissionais da área de comercialização de empreendimentos modernos, que pudessem oferecer informações técnicas sobre a automação de edificações, sobretudo a residencial. No estudo de caso procurou-se obter informações técnicas de edifícios residenciais automatizados. Buscou-se ainda coletar dados técnicos construtivos em uma obra de um edifício residencial na cidade de São Paulo.

16 16 5 DESENVOLVIMENTO DOS SISTEMAS DE AUTOMAÇÃO A automação residencial, atualmente, tem um papel muito importante de conceito em residências de alto padrão. No mercado imobiliário essa inovação é considerada como diferencial atrativo de venda. Existe também a forte tendência da popularização dos níveis mais simples de automação, que pode proporcionar um crescimento ainda maior do segmento e da procura de soluções afins. O resultado desse processo é uma mudança radical no perfil do mercado imobiliário, de tal monta que cerca de 30% dos empreendimentos residenciais lançados no País nos últimos anos incorporam algum tipo de benefício de automação, assim como segurança eletrônica, Internet, TV a cabo, telefonia inteligente, entre outros (PINHEIRO, 2004). 5.1 Sistemas Integrados Uma das principais preocupações dos projetistas e profissionais instaladores de sistemas de automação residencial é a integração entre diferentes sistemas disponíveis no mercado. Os produtos modernos, embora muitas vezes de tecnologia complexa possuem interfaces "amigáveis" para que possam ser operados com certa facilidade pelo usuário. Entretanto, ainda é comum encontrar uma série de produtos e equipamentos com protocolos de comunicação muito diferentes, resultando na maioria das vezes em uma grande confusão operacional. Quando se prevê um cabeamento estruturado das residências, a integração pode ser obtida a um custo menor. Quando isto não é previsto em projeto, tem-se a improvisação e o desperdício, que sempre resultam em prejuízos financeiros e dificuldades operacionais. No entanto, atualmente, quando se refere à integração de sistemas, tecnicamente já é viável a comunicação entre sistemas diferentes, que até alguns meses atrás era, praticamente, impossível.

17 17 Por meio da rede internet é possível promover controle de equipamentos residenciais, desde que o usuário esteja conectado à rede de computadores. Ou seja, com um notebook (computador portátil) ou um telefone celular, de qualquer lugar, qualquer pessoa poder gerenciar o que ocorre em suas residências, com todos os equipamentos e serviços lá instalados, inclusive acessar por meio de imagens. Ou quando o usuário estiver viajando e quiser acionar um equipamento de segurança ou a bomba da piscina, basta telefonar para a central de automação e digitar os códigos pré-estabelecidos. 5.2 Benefícios da Automação Como qualquer novidade, a automação residencial inicialmente é tratada pelo cliente como um símbolo de status e modernidade. Após a aceitação do público ou usuário, em decorrência de facilidades, conforto e principalmente pela redução de custo, a automação poderá se tornar uma necessidade vital e um fator de economia. Ao inserir em uma edificação sistemas de controle, por exemplo, de iluminação, de temperatura, de ventilação, de imagens entre outros, em principio, o funcionamento independente de cada sistema pode limitar a eficiência. No entanto a viabilização de um sistema integrado pode aumentar significativamente, o potencial de benefícios. Com efeito, a operação fica mais simples, proporcionam-se economia e a melhora na segurança. A chave do processo de integração é a criação de uma adequada infra-estrutura, como o cabeamento e seus acessórios, que são responsáveis por trafegar todas as informações. Sabe-se, ainda, que a tradicional instalação elétrica está sendo substituída por inovações necessárias à sua completa automação. Todas essas necessidades já devem estar inseridas nos projetos da construção civil, bem como nos procedimentos construtivos da edificação (PINHEIRO, 2004). É nesse contexto que se insere a engenharia civil, na inserção dessa rede de cabos na estrutura dos edifícios: a distribuição dos pontos a ser monitorados; da rede

18 18 externa das unidades residenciais; a integração da rede elétrica com a rede de automação, dos dutos de ar-condicionado com as varandas de serviço ou ambientes específicos e a rede de cabos, entre outras necessidades. 5.3 Sistema de Segurança Ao se pensar em vigilância eletrônica, a sociedade brasileira tem a visão de um sistema high-tech (alta tecnologia) voltado a espionar pessoas à distância. No entanto, os circuitos fechados de TV podem não só acrescentar segurança às residências, mas também conveniência, como a identificação de autor de sinistro na garagem, localização de focos de incêndio, curto circuito elétrico, entre outros. Uma questão sempre levantada é a dúvida entre câmeras coloridas e branco e preto. As coloridas permitem identificar mais rapidamente pessoas e objetos, no entanto são muito menos sensíveis quando operam em ambiente com baixa luminosidade. As em branco e preto já capturam bem as imagens em condições criticas de luminosidade, sendo recomendadas quando a vigilância noturna é imprescindível. Quanto aos monitores, existem vários tipos de monitores dedicados que funcionam apenas com as imagens do circuito fechado. No entanto, os técnicos recomendam fazer uma integração entre o canal fechado de televisão a cabo (CFTV) num canal especialmente designado para este fim e o sistema de vídeo da casa. Para isso basta o uso correto de moduladores de sinal (JUNQUEIRA, 2006). De acordo com esse autor, deve-se providenciar a correta conexão entre as câmeras, monitores e eventualmente videocassetes (caso se deseje gravar as imagens). Recomenda, ainda, cabos coaxiais tipo RG6 (tipo específico de cabo coaxial com função de áudio e vídeo integrado) transmissão de imagem. 5.4 Facilidades da automação São inúmeras as facilidades e o conforto proporcionado pela automação residencial,

19 19 como entretenimento, som ambiente, acesso às atividades corporativas, entre outros. Nos subitens que seguem serão descritos alguns dessas facilidades Entretenimento Durante seus primeiros 50 anos, a TV (televisão) não foi nada mais do que um meio de transmissão de uma via de sinais de baixa fidelidade. As emissoras enviavam o que queriam e quando queriam: aos usuários ou telespectadores, restava aceitar ou deixar de lado, mas a tecnologia digital está perto de encerrar esse sentido único de informação pela transformação em uma plataforma interativa capaz de transmitir imagens e som de alta qualidade. Com a chegada do Vídeo Cassete, a TV iniciou sua gradual escalada de um equipamento passivo para um veículo interativo. Além disso, a possibilidade de gravar automaticamente filmes e programas liberou o espectador da "TV de hora certa". O Vídeo On Demand (VOD) pode parecer a maior novidade em entretenimento doméstico, mas é apenas uma parte do quadro. A outra parte é a TV de alta definição digital High Definition Television (HDTV), que, diferente do VOD, já está disponível atualmente, ainda que restrito. Menos de 100 emissoras nos Estados Unidos da América estão com transmissão digital. O HDTV traz uma nova experiência de imagem em alta resolução que parecem reais. Uma competição esportiva vista em HDTV mostra detalhes como a textura do campo, o uniforme dos jogadores e as expressões da platéia como se vistos ao vivo, dentro do estádio. As emissoras normais são as primeiras a transmitir digitalmente, mas as TV's por satélite iniciaram a transmissão de alguns canais em high-def, assim como as de TV a cabo (isto é válido atualmente para os EUA). Com o preço hoje da ordem de US$ 6000 a US$ 8000, muitos ainda vêem a HDTV como uma tecnologia para futuro. Mas, assim como aconteceu com outros produtos, o crescimento da demanda e a economia de escala forçarão os preços a cair (JUNQUEIRA, 2006).

20 Som Ambiente para a Casa Inteira Um sistema de som na sala de TV, outro na suíte do casal, microsystems nos dormitórios das crianças e ainda alguns rádios portáteis. O sistema de som central pode se encarregar de sonorizar a casa toda, sem que o morador precise trabalhar a todo o volume. Sistemas chamados multi-room distribuem o som de diversas fontes para todos os ambientes desejados DVD Digital Vídeo Disc O DVD é a mídia de maior sucesso da atualidade, que já se incorporou definitivamente aos modernos Home Theaters (aparelho eletrônico para simulador de som ambiente), Pode-se afirmar que essa tecnologia está, rapidamente, substituindo o Vídeo Cassete Hi-Fi (som tridimensional) e, em menor escala, do Laser Disc (LD). Além de ser a mídia perfeita para shows e musicais devido à sua excepcional qualidade sonora, é também a alternativa mais interessante para filmes repletos de efeitos especiais. Além disso, a enorme capacidade de armazenar dados do DVD permite a inclusão de grande quantidade de programas "extras". Muitos DVD's estão repletos de comentários sobre o filme: de críticos, historiadores e técnicos, assim como depoimentos de diretores e atores. O conteúdo multimídia de um DVD permite fazer links com o Web site do filme, de onde se pode obter mais material, bem como ler as críticas mais recentes, etc. Uma experiência neste contexto foi feita no lançamento em DVD do filme Ronin. A MGM providenciou uma entrevista ao vivo com o diretor John Frankenheimer na qual os navegantes da Internet faziam perguntas. A entrevista foi ilustrada com clipes do filme e outros materiais extraídos do DVD, atendendo aos comandos originados pelo Web site (JUNQUEIRA, 2006).

21 Home Office Com as novidades em redes domésticas, conectar computadores em casa pode ser mais fácil em breve. Alguns fabricantes de equipamentos eletrônicos estão revolucionando o mercado de redes com o desenvolvimento de chips que permitem a ligação entre diversos PC's por rede elétrica já instalada numa edificação. Apesar dos fabricantes de PC's e de softwares visualizarem nas redes domésticas uma grande oportunidade de vendas, não existe um consenso sobre qual a melhor maneira de interligar os equipamentos. A rede elétrica é uma boa aposta, mas a transmissão sem fio e as linhas telefônicas ainda são consideradas fortes alternativas. Já existem boas razões para considerar a rede elétrica como uma fonte segura de interligação entre computadores domésticos. Alguns fabricantes demonstram chips capazes de transmitir até 10 Mbits/segundo, podendo chegar a 25 Mbits/segundo em situações ideais. As principais variáveis que podem afetar o desempenho destas conexões elétricas são à distância entre os PC's, a qualidade da fiação elétrica e a existência de picos súbitos na linha (Junqueira, 2006). Com a proliferação de PC's para uso doméstico, muitas casas já têm mais de um sistema e conectá-los passou a ser um desafio para os vendedores de redes. O uso das linhas telefônicas para tal foi pioneiro e vem sendo sustentado principalmente por grandes corporações como a Intel (Junqueira, 2006) Rede Internet Cada vez mais se fala em "conectividade", ou seja, a integração de dispositivos e equipamentos com redes de controle. Estas possibilidades se ampliaram significativamente com o advento e a expansão da Internet. As grandes empresas das áreas de software, hardware e telecomunicações passaram a investir pesadamente no desenvolvimento de protocolos de compatibilidade para permitir uma conectividade perfeita entre equipamentos.

22 22 Os fabricantes de equipamentos eletrônicos de uso diário se beneficiam destas pesquisas e incorporam novas tecnologias aos seus produtos. Desta maneira, hoje possível acionar e controlar equipamentos à distância utilizando a Internet. A Echelon Corporation (Press release da Echelon Corp. - criadora do protocolo LonWorks em 30/11/99) demonstrou que o futuro da Internet não reside apenas nos PC s, mas também nos bilhões de equipamentos que são usados no dia-a-dia e que fazem o mundo funcionar (JUNQUEIRA, 2006) Sistemas de Comando por Reconhecimento de Voz A possibilidade de utilizar sistemas de reconhecimento de voz na automação residencial vem aumentando gradualmente. Há alguns anos, os esforços iniciais para utilizar o reconhecimento de voz eram inovadores e interessantes, mas lhes faltava confiabilidade e desempenho. O que aconteceu, recentemente, no mercado de PC foi uma substancial redução de custo, associada a um aumento significativo da capacidade de processamento. Foi esse fato que tornou mais efetivo e viável o reconhecimento de voz. Como resultado, os consumidores têm visto crescer o número de produtos oferecidos. Vários desses produtos são utilizados por pessoas com problemas físicos e com dificuldades de acionar interruptores e teclados ou de se deslocar livremente pela casa. 5.5 Infra-estrutura Os construtores, eletricistas e usuários reconhecem os quadros elétricos de distribuição e disjuntores como uma parte essencial de qualquer residência. No entanto, eletricidade é apenas um dos inúmeros serviços tradicionais que podem ser distribuídos pela casa por cabeamento.

23 23 As edificações modernas, atualmente, exigem a instalação prévia de conduítes ou eletros-duto para receberem sinais de TV a cabo, telefonia, internet e outros. Os cabos telefônicos comuns e coaxiais são usados para transportar sinais para telefones, TV's e computadores. Entretanto, a inserção de novas tecnologias, como modens de 56 k, linhas ISDN e WebTV, este tipo de cabeamento está ficando ultrapassado. Além disso, a infra-estrutura atual de cabeamento atende a um único fim: sinais de TV a cabo seguem apenas para as TV's; dados vão apenas para os PC's que tenham modem; e assim por diante. Para permitir múltiplos usos, inclusive compartilhamento de recursos, os fabricantes estão desenvolvendo o chamado cabeamento estruturado. Estes sistemas de cabeamento compreendem cabos de alta velocidade, além de painéis de distribuição. Alguns fabricantes já incluem também cabo de fibra ótica. Embora não existam equipamentos domésticos que necessitem de suporte em fibra ótica, muitos técnicos já prescrevem este tipo de cabeamento, visando seu uso num futuro próximo. Sendo assim, na construção das edificações é importante deixar alguns conduítes vazios para atender a necessidade futura de cabeamento (JUNQUEIRA, 2006). A adição de um módulo de automação pode transformar o quadro de distribuição da rede numa completa central de automação residencial. Com esse quadro poderão ser controladas ou comandadas a iluminação interna, ligar o sistema de alarme e até mesmo fazer a programação de temperaturas para o sistema de aquecimento interno. No futuro, ligar os equipamentos numa casa dotada de cabeamento estruturado será tarefa simples. Diferente dos tradicionais "engates" (pontos de antena, de telefone, de som, etc.), onde cada aplicação demanda um tipo de terminal, no cabeamento estruturado todos estão combinados num único tipo de painel. Ligam-se a TV, o computador ou as caixas acústicas no apropriado "engate" e eles estarão instantaneamente conectados à rede.

24 Cabeamento Residencial Para evitar a instalação de mais um ou dois eletros-duto para futuras ligações, algumas empresas de construção civil resolveram investir em novas tecnologias: desenvolver estruturas e alvenarias adequadas às necessidades de inserção de novas redes de cabeamento (BOLZANI, 2004). Nessa linha tecnológica podem ser inseridas as paredes pré-moldadas construídas com materiais compostos, anti-térmico, acústico e resistente às chamas. As estruturas metálicas leves e vazadas que permitem a transposição de dutos, também são alternativas tecnológicas que vai ao encontro do desenvolvimento da automação residencial. Outra alternativa são soluções mais simples, como as paredes de alvenaria estrutural, onde por meio dos vazios dos blocos passam-se os eletros-duto, como mostram as fotos da Figura 5.1. Os blocos estruturais são muito utilizados nas construções com automação, desde que bem projetado, os conduítes podem passar nos vazios dos blocos, tanto na vertical como na horizontal em blocos do tipo canaleta. Figura 5.1 Blocos vazados por onde são passados os conduítes. Atualmente tem sido utilizadas paredes de gesso acartonado com estruturas metálicas, deixando, entre as placas um espaço livre, A Figura 5.2 mostra a instalação de paredes de dry wall (gesso acartonado), e mostra grandes áreas de vazios entre uma face e outra que permite passar os eletros-duto e conduítes.

25 25 Figura 5.2 Parede de dry hall. Notar o espaço entre as placas que permite a instalação de conduítes O uso de shaft (espaço vazio no ambiente que atravessa por várias lajes) para construir ambientes automatizados também é muito utilizado para passar os cabos na vertical, principalmente entre um andar e outro, e para que os mesmos sejam transportados na vertical, são utilizados eletros-duto presos no teto e posteriormente fechados com forros de gesso. Os shafts verticais têm sido empregados, principalmente, nas edificações comerciais, e recentemente as construtoras têm inserido nas edificações residenciais como facilitador de passagem de dutos. A Figura 5.3 ilustra plantas com shafts. Figura 5.3 Planta com shaft (esquerda) e dutos fixados no teto, que com o acabamento são cobertos por forros de gesso. Ainda no plano de projetos civis, o posicionamento das estruturas civis, a necessidade da iluminação natural em ambientes internos para monitoramento por meio de imagens, requer estudo e desenvolvimento da engenharia civil e da arquitetura em edificações residenciais.

26 26 As alterações do comportamento, principalmente, dos profissionais liberais que passaram a constituir o home office podem influenciar significativamente na mudança de conceitos de um edifício residencial (BOLZANI, 2004). As linhas telefônicas digitais e seus serviços agregados, computadores em rede, intranet, internet de acesso rápido (banda larga), televisão por assinatura (cabo ou satélite), inter-fonia inteligente e controle de acesso, além de equipamentos de vigilância eletrônica, são exemplos de sistemas implantados em uma residência. Porém, é comum encontrar vários destes sistemas instalados sem uma infraestrutura de cabeamento adequada, comprometendo o desempenho destes equipamentos e a segurança dos moradores (JUNQUEIRA, 2006). Todos estes serviços e equipamentos necessitam de uma rede de cabos de alta performance devidamente instalados, que raramente são encontrados nas residências atuais Cabeamento estruturado O conceito principal de um cabeamento estruturado residencial ANSI/TIA/EIA 570A (número de norma americana) é prover uma distribuição interna de cabos de alta performance, com o intuito de permitir a automação, controle e transmissão de sinais, garantindo flexibilidade, longevidade perante novas tecnologias, conveniência e conforto. A norma americana ANSI/TIA/EIA 570A define dois graus de distribuição interna de cabeamento, baseados em serviços e sistemas que poderão ser suportados dentro de cada residência. O grau 1 provém um cabeamento básico, que atingem os requisitos mínimos para serviços de telecomunicações (telefonia, dados e televisão). Já o grau 2 provém um cabeamento que atendem os requisitos atuais (básicos) e também os futuros serviços de telecomunicações multimídia (BOLZANI, 2004).

Soluções permitem o monitoramento a distância das instalações da casa, visando redução de consumo e alto desempenho

Soluções permitem o monitoramento a distância das instalações da casa, visando redução de consumo e alto desempenho Casa do futuro Soluções permitem o monitoramento a distância das instalações da casa, visando redução de consumo e alto desempenho Por Heloisa Medeiros A rápida evolução de produtos e equipamentos eletrônicos

Leia mais

Dados do Produto. Ar Condicionado: ponto dreno + carga elétrica (sala e dormitório)

Dados do Produto. Ar Condicionado: ponto dreno + carga elétrica (sala e dormitório) FICHA TÉCNICA Projeto Arquitetônico: Gkalili Arquitetura Design de Fachada: Triptyque Arquitetura Projeto Paisagístico: EKF Arquitetura paisagística Projeto Decoração: Triptyque Arquitetura Dados do Produto

Leia mais

Prime IHC. Intelligent Home Control. Automação residencial com estilo, segurança e economia de energia.

Prime IHC. Intelligent Home Control. Automação residencial com estilo, segurança e economia de energia. Intelligent Home Control com estilo, segurança e economia de energia. Projetos inteligentes exigem um sistema de automação completo. Funcionamento do sistema. O funciona com entradas e saídas, controlando

Leia mais

Apresentação. Quem Somos

Apresentação. Quem Somos Apresentação Quem Somos A F3 Soluções é uma organização de origem brasileira, de negócios diversificados, com atuação e padrão de qualidade globais e certificações de reconhecimento nas áreas especificas

Leia mais

End. Rua Gonçalves Dias, 1075 MEMORIAL DO EMPREENDIMENTO

End. Rua Gonçalves Dias, 1075 MEMORIAL DO EMPREENDIMENTO End. Rua Gonçalves Dias, 1075 MEMORIAL DO EMPREENDIMENTO INFORMAÇÕES GERAIS Endereço do Empreendimento Rua Gonçalves Dias, N 1075 Menino Deus - Porto Alegre RS Composição do Apartamento Tipo 03 Dormitórios

Leia mais

Eng. José Roberto Muratori

Eng. José Roberto Muratori Eng. José Roberto Muratori OO tema foi escolhido devido a motivação de que cada vez mais percebe-se que os hábitos das pessoas estão em transformação. A alta exigência por conforto e segurança já não é

Leia mais

CONDOMÍNIO LINK RESIDENCIAL MORUMBI MEMORIAL DESCRITIVO I ESPECIFICAÇÕES

CONDOMÍNIO LINK RESIDENCIAL MORUMBI MEMORIAL DESCRITIVO I ESPECIFICAÇÕES CONDOMÍNIO LINK RESIDENCIAL MORUMBI MEMORIAL DESCRITIVO I ESPECIFICAÇÕES 1. SEGURANÇA PATRIMONIAL E EMERGÊNCIA CONTROLE DE ACESSO DE VEÍCULOS E PEDESTRES Portão automatizado de acesso para veículos e pedestres

Leia mais

AFFINITY HOME WORK - INOVADOR, INTELIGENTE, INCOMPARÁVEL

AFFINITY HOME WORK - INOVADOR, INTELIGENTE, INCOMPARÁVEL AFFINITY HOME WORK - INOVADOR, INTELIGENTE, INCOMPARÁVEL O AFFINITY HOME WORK visa revolucionar a Enseada do Suá, pois o empreendimento INOVA ao trazer um conceito misto à região. O fato de carregar toda

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO Incorporação, Construção e Acabamento GAFISA S/A EDIFÍCIO HYPE JARDINS Alameda Itu, 957 MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO A. UNIDADES AUTÔNOMAS: A 1. Pavimento Tipo Agosto, 2002 V.Final 1. Sala Estar /

Leia mais

ANEXO IX DIRETRIZES MÍNIMAS PARA EQUIPAMENTOS E SISTEMAS

ANEXO IX DIRETRIZES MÍNIMAS PARA EQUIPAMENTOS E SISTEMAS ANEXO IX DIRETRIZES MÍNIMAS PARA EQUIPAMENTOS E SISTEMAS SUMÁRIO Diretrizes Mínimas para Equipamentos e Sistemas... 3 Introdução... 3 Apêndice I Memorial Descritivo de Sistemas Eletrônicos Equipamentos

Leia mais

http://www.housepress.com.br/siteprysmian/pagina.asp?id=&ordem=6&edicao=43&p...

http://www.housepress.com.br/siteprysmian/pagina.asp?id=&ordem=6&edicao=43&p... Page 1 of 6 Com o desenvolvimento de tecnologias nacionais, integração de eq domésticos passa a ter maior número de projetos Nos dias atuais, a tecnologia está presente em praticamente todos o casas ou

Leia mais

Memorial Descritivo de Acabamento

Memorial Descritivo de Acabamento Memorial Descritivo de Acabamento Rua Lara Campos Centro - Tietê - SP Maio/09 V.1 A. EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS TÉCNICOS: A1. Sensoriamento Perimetral: Serão executadas tubulações secas para a futura instalação,

Leia mais

Vídeo Porteiro, Casa Inteligente Alarme, CFTV, Signage, muita segurança e tranquilidade! INSTALADOR AUTORIZADO

Vídeo Porteiro, Casa Inteligente Alarme, CFTV, Signage, muita segurança e tranquilidade! INSTALADOR AUTORIZADO Vídeo Porteiro,, Casa Inteligente Alarme, CFTV, Signage, muita segurança e tranquilidade! INSTALADOR AUTORIZADO VOXI VOXI X10 Tenha o controle de seu bem estar em suas mãos! Com a vida agitada e estressante

Leia mais

Projetando um. Futuro Sustentável.

Projetando um. Futuro Sustentável. Projetando um Futuro Sustentável. UMA NOVA FORMA DE PENSAR. UMA NOVA FORMA DE PENSAR O TODO. UTILITASfuncional Todo projeto tem a finalidade de transformar ideias e necessidades dos clientes em resultados

Leia mais

MY HOME INTRODUÇÃO TOUCH SCREEN. Comando de Automação

MY HOME INTRODUÇÃO TOUCH SCREEN. Comando de Automação TOUCH SCREEN Comando de Automação Central de Cenário 54 ÍNDICE DE SEÇÃO 56 A casa como você quer 62 As vantagens de 66 Dispositivos BUS 68 Integração das funções My Home 70 Vantagens da instalação BUS

Leia mais

SISTEMAS PREDIAIS II. Automação Predial

SISTEMAS PREDIAIS II. Automação Predial PCC-2466 SISTEMAS PREDIAIS II Automação Predial Serviços dos Edifícios HIDRÁULICOS Água Fria; Água Gelada; Água Quente; Sistemas de Aquecimento (solar etc.); Esgotos Sanitários; Águas Pluviais; Drenagem

Leia mais

Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS

Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS MEMORIAL DESCRITIVO: APRESENTAÇÃO DO EMPREENDIMENTO: LOCALIZAÇÃO: Rua Dante Francisco Zattera, Quadra 4907, lote 14, Loteamento Cidade Nova II. Bairro Distrito Industrial Caxias do Sul RS DESCRIÇÃO: Edifício

Leia mais

Memorial Descritivo de Acabamentos

Memorial Descritivo de Acabamentos Memorial Descritivo de Acabamentos Nome do Empreendimento: CRISRETELI RESIDENCE Endereço: AVENIDA COPACABANA ESQUINA COM A RUA OURO PRETO, S/N PRAIA DO MORRO GUARAPARI / ES Incorporação: AS FILHOS CONSTRUÇÕES

Leia mais

CONDOMÍNIO RESIDENCIAL FORTALEZA. ANEXO II Memorial Descritivo

CONDOMÍNIO RESIDENCIAL FORTALEZA. ANEXO II Memorial Descritivo CONDOMÍNIO RESIDENCIAL FORTALEZA ANEXO II Memorial Descritivo 1. DESCRIÇÃO GERAL DO EMPREENDIMENTO. O Empreendimento, comercializado sob Condomínio Residencial Viva Bem, é composto por 04 (quatro) blocos,

Leia mais

EDIFÍCIO MALIBU CONSTRUTORA CONSTRUTORA E INCORPORADORA HALIAS PROJETO ARQUITETÔNICO

EDIFÍCIO MALIBU CONSTRUTORA CONSTRUTORA E INCORPORADORA HALIAS PROJETO ARQUITETÔNICO CONSTRUTORA CONSTRUTORA E INCORPORADORA HALIAS PROJETO ARQUITETÔNICO Camila Veiga de Souza Crea 79.243/D ENDEREÇO DO EMPREENDIMENTO Rua Visconde de Taunay 912 Bairro Santa Mônica Belo Horizonte ÁREA DO

Leia mais

Spazio Dell Acqua Condomínio Fechado

Spazio Dell Acqua Condomínio Fechado Incorporação, Construção e Acabamento GAFISA S.A. Spazio Dell Acqua Condomínio Fechado MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO Lago Orta R. Passo da Pátria Lapa - SP Setembro, 2001 V.Final A. UNIDADES AUTÔNOMAS

Leia mais

VIMOS SOLICITAR A ANALISE DO PROJETO ARQUITETÔNICO TRATA-SE DE UM CONJUNTO RESIDENCIAL VERTICAL COM AS SEGUINTES CARACTERISTICAS:

VIMOS SOLICITAR A ANALISE DO PROJETO ARQUITETÔNICO TRATA-SE DE UM CONJUNTO RESIDENCIAL VERTICAL COM AS SEGUINTES CARACTERISTICAS: Á PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO EM ANEXO. VIMOS SOLICITAR A ANALISE DO PROJETO ARQUITETÔNICO TRATA-SE DE UM CONJUNTO RESIDENCIAL VERTICAL COM AS SEGUINTES CARACTERISTICAS: - 12 EDIFICIOS COM 10

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PAX-PERDIZES

MEMORIAL DESCRITIVO PAX-PERDIZES MEMORIAL DESCRITIVO PAX-PERDIZES PAX_PERDIZES é composto por 1 torre residencial com 8 pavimentos com 4 unidades cada. As vagas de estacionamento estão distribuídas em 2 subsolos. O acesso ao Empreendimento

Leia mais

Ecologicamente correto. Economicamente viável. Socialmente justo. Culturalmente aceito.

Ecologicamente correto. Economicamente viável. Socialmente justo. Culturalmente aceito. Ecologicamente correto Economicamente viável Socialmente justo Culturalmente aceito. ENERGIA SEGURANÇA ETE FIBRA-ÓTICA DADOS TELEFONIA PAVIMENTAÇÃO VIAS PROJETADAS GÁS ETA SINALIZAÇÃO EQUIP. URBANOS ACESSIBILIDADE

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS VIDA VIVA CLUBE CANOAS CLIENTE DATA: 10/4/2012 VERSÃO:

MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS VIDA VIVA CLUBE CANOAS CLIENTE DATA: 10/4/2012 VERSÃO: MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS VIDA VIVA CLUBE CANOAS CLIENTE DATA: 10/4/2012 VERSÃO: 04 ÍNDICE 1- Descrição dos acabamentos das unidades 1.1- Apartamentos 2- Descrição dos

Leia mais

ÁREAS COMUNS SOCIAIS

ÁREAS COMUNS SOCIAIS MEMORIAL DESCRITIVO ÁREAS COMUNS SOCIAIS LOBBY Piso: Porcelanato da Cecrisa, Biancogrês, Pamesa, Incepa, Portobello ou granito polido Parede: Tinta acrílica sobre massa corrida RECEPÇÃO Piso: Porcelanato

Leia mais

M E M O R I A L D E S C R I T I V O

M E M O R I A L D E S C R I T I V O A. O EMPREENDIMENTO Serão construídas 03 (três) torres de apartamentos de arquitetura contemporânea compostos por 2 (dois) subsolos, térreo e 13 (treze) pavimentos tipo, com amplos espaços de convívio

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE VENDAS RESIDENCIAL PHOENIX ANA COSTA. Av. Ana Costa nº 24 SANTOS

MEMORIAL DESCRITIVO DE VENDAS RESIDENCIAL PHOENIX ANA COSTA. Av. Ana Costa nº 24 SANTOS MEMORIAL DESCRITIVO DE VENDAS RESIDENCIAL PHOENIX ANA COSTA Av. Ana Costa nº 24 SANTOS 1. Fundações Serão do tipo profunda, de acordo com o projeto de fundações. 2. Estrutura Será em concreto armado, de

Leia mais

Villaggio Panamby Condomínio Fechado

Villaggio Panamby Condomínio Fechado Incorporação, Construção e Acabamento Gerenciamento GAFISA S/A Villaggio Panamby Condomínio Fechado Incorporação e ATLÂNTICA MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO EDIFÍCIO DOPPIO SPAZIO Rua Itapaiuna, 1800

Leia mais

Sua casa, suas emoções

Sua casa, suas emoções Sua casa, suas emoções Portugal Taguspark - Núcleo Central - Gabinete 78 2740-122 Porto Salvo, Oeiras E: lisboa@kelius.com.br T: [+351] 214 261 372 Brasil Avenida Presidente Getúlio Vargas nº 2548, CEP

Leia mais

Memorial Descritivo de Cliente

Memorial Descritivo de Cliente 1. DESCRIÇÃO DO EMPREENDIMENTO O empreendimento Residencial Peres será construído em um terreno situado na Av. Comendador Pedro Facchini, Centro, Lindóia. Será composto por 26 casas residenciais, sendo

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DO EMPREENDIMENTO RESIDENCIAL BARCELONA. Rua Catalunha, 213 - Bairro Santa Terezinha,Belo Horizonte -MG

MEMORIAL DESCRITIVO DO EMPREENDIMENTO RESIDENCIAL BARCELONA. Rua Catalunha, 213 - Bairro Santa Terezinha,Belo Horizonte -MG CNPJ:08.546.792/0001-06 Rua Casablanca 122 sala 20 Santa Terezinha-BH.-MG MEMORIAL DESCRITIVO DO EMPREENDIMENTO RESIDENCIAL BARCELONA Rua Catalunha, 213 - Bairro Santa Terezinha,Belo Horizonte -MG RESIDENCIAL

Leia mais

Congresso Neocontrol 2010

Congresso Neocontrol 2010 Congresso Neocontrol 2010 Posicionamento. Busca contínua de parcerias. Pioneirismo. Integradores. Construtoras. Relacionamento. Obras realizadas em 4 continentes. Busca contínua por inovações. A Neocontrol

Leia mais

Gabriel Peixoto G. U. e Silva Diretor Presidente. www.neocontrol.com.br

Gabriel Peixoto G. U. e Silva Diretor Presidente. www.neocontrol.com.br Gabriel Peixoto G. U. e Silva Diretor Presidente www.neocontrol.com.br A Neocontrol INDÚSTRIA BRASILEIRA 9 anos no mercado de automação residencial - indústria; 214 revendas brasileiras, 1 na Argentina,

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO TORRE RESIDENCIAL PROPRIETÁRIO

MEMORIAL DESCRITIVO TORRE RESIDENCIAL PROPRIETÁRIO MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS TORRE RESIDENCIAL PROPRIETÁRIO VERSÃO: 02 ÍNDICE 1- DESCRIÇÃO DOS ACABAMENTOS DAS UNIDADES... 3 1.1. APARTAMENTOS... 3 1.1.1. ESTAR/JANTAR...

Leia mais

AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL

AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL Automação Residencial e Predial II AR007 SUMÁRIO I. Automação Residencial... 03 II. Funções do Sistema de Automação Residencial... 04 III. Algumas Respostas... 06 IV. Padrões de Comunicação

Leia mais

Samambaia. qualidade para ser degustada. caderno técnico

Samambaia. qualidade para ser degustada. caderno técnico Samambaia 303 qualidade para ser degustada. caderno técnico Levante a sua taça e comemore. A localização merece todos os brindes. O Vintage 303 está perto da estação do metrô, escolas, faculdades, feiras

Leia mais

Cabeamento residencial não estruturado

Cabeamento residencial não estruturado 58 Capítulo II Cabeamento residencial para dados, voz e imagem Por José Roberto Muratori e Paulo Henrique Dal Bó* Atualmente, as aplicações encontradas nas residências demandam diferentes tipos de cabos.

Leia mais

Cartilha Técnica UPPERSIDE Morada do Sol Residencial Palm Beach

Cartilha Técnica UPPERSIDE Morada do Sol Residencial Palm Beach Cartilha Técnica UPPERSIDE Endereço: Incorporadora: Construtora: Av. Constelação Manaus AM PDG e Aliança Aliança Área de terreno: 8.368 m² Unidades: Estilo do projeto: Lançamento: Previsão de entrega:

Leia mais

Mercado de Automação Residencial Panorama Atual e Tendências

Mercado de Automação Residencial Panorama Atual e Tendências Mercado de Automação Residencial Panorama Atual e Tendências AURESIDE Panorama do mercado O mercado de automação residencial no mundo vem atravessando um momento de agitação caracterizado por: crescimento

Leia mais

Automação residencial: visão geral e aplicações

Automação residencial: visão geral e aplicações Automação residencial: visão geral e aplicações Paulo Sérgio Marin, Dr. Engº. paulo_marin@paulomarinconsultoria.eng.br Resumo- A automação residencial é um segmento relativamente novo na indústria de infraestrutura

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PARA CORRETORES

MEMORIAL DESCRITIVO PARA CORRETORES MEMORIAL DESCRITIVO IDENTIFICAÇÃO: Proponente: Construtora: Empreendimento: INVEST CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA INVEST CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA GREEN VILLE RESIDENCE 1. INFORMAÇÕES INICIAIS

Leia mais

Administração de CPD Internet Data Center

Administração de CPD Internet Data Center Administração de CPD Internet Data Center Cássio D. B. Pinheiro pinheiro.cassio@ig.com.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar os principais conceitos e elementos relacionados a um dos principais tipos

Leia mais

INFORMAÇÕES BÁSICAS. Projeto Fundação e Estaqueamento: STAN FUND E CONST. CIVIS LTDA.

INFORMAÇÕES BÁSICAS. Projeto Fundação e Estaqueamento: STAN FUND E CONST. CIVIS LTDA. INFORMAÇÕES BÁSICAS Nome do Empreendimento: Villa Aribiri Residencial Clube Endereço : RUA PASTOR JOÃO PEDRO DA SILVA, ARIBIRÍ VILA VELHA - ES CEP 29.119-021 Realização : GRUPO WIG PIANA DE MARTIN CONSTRUTORA

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Superação dos resultados Inovação Integridade Valorização Humana Melhoria Continua

APRESENTAÇÃO. Superação dos resultados Inovação Integridade Valorização Humana Melhoria Continua APRESENTAÇÃO EMPRESA A LHS Engenharia tem como principal objetivo a prestação de serviços e apoio adequado que garantem soluções eficazes com resultado garantido, durabilidade e excelente relação custo/benefício.

Leia mais

O condomínio La Dolce VIta Vila Romana, está situado em um terreno de 10.153,29 m², situado entre as Ruas Espártaco, Camilo, Aurélia e Tito.

O condomínio La Dolce VIta Vila Romana, está situado em um terreno de 10.153,29 m², situado entre as Ruas Espártaco, Camilo, Aurélia e Tito. CONDOMÍNIOS VERTICAIS RESIDENCIAIS NA CIDADE DE SÃO PAULO (2000-2008): CONDOMÍNIOS - CLUBE O condomínio La Dolce VIta Vila Romana, está situado em um terreno de 10.153,29 m², situado entre as Ruas Espártaco,

Leia mais

Memoria descritivo do Residencial Liguria

Memoria descritivo do Residencial Liguria ESPECIFICAÇÕES BÁSICAS MEMORIAL DESCRITIVO DA CONSTRUÇÃO FUNDAÇÕES As fundações serão do tipo diretas, com utilização de sapatas, calculadas conforme solicitações de carga. ESTRUTURA O prédio terá estrutura

Leia mais

SUBSTITUTIVO Nº AO PROJETO DE LEI Nº 720, DE 2009

SUBSTITUTIVO Nº AO PROJETO DE LEI Nº 720, DE 2009 SUBSTITUTIVO Nº AO PROJETO DE LEI Nº 720, DE 2009 Atualiza os valores unitários de metro quadrado de construção e de terreno previstos na Lei 10.235, de 16 de dezembro de 1986; institui novos padrões de

Leia mais

AUTOMAÇÃO PREDIAL INTRODUÇÃO

AUTOMAÇÃO PREDIAL INTRODUÇÃO AUTOMAÇÃO PREDIAL 1 INTRODUÇÃO A evolução da computação e dos sistemas digitais tem viabilizados aplicações, que se tornam presentes no cotidiano das pessoas, sendo hoje referenciais de conforto e praticidade

Leia mais

1 Introduc ao 1.1 Hist orico

1 Introduc ao 1.1 Hist orico 1 Introdução 1.1 Histórico Nos últimos 100 anos, o setor de telecomunicações vem passando por diversas transformações. Até os anos 80, cada novo serviço demandava a instalação de uma nova rede. Foi assim

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO

MEMORIAL DESCRITIVO PROPRIETÁRIO MEMORIAL DESCRITIVO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS PROPRIETÁRIO DATA: 03/08/2012 VERSÃO: 03 ÍNDICE 1- DESCRIÇÃO DOS ACABAMENTOS DAS UNIDADES... 3 1.1. CONJUNTOS DO PAVIMENTO TIPO (5 AO 13 )...

Leia mais

Automação Residencial

Automação Residencial Automação Residencial F. A. Dias G. M. de Paula L. S. de Oliveira G.F. Vieira 1 CEFET-MG, Brasil Contexto Social e Profissional, 2009 Graduação em Engenharia Mecatrônica Motivação Questão fundamental O

Leia mais

DEPENDÊNCIA DE USO PRIVATIVO

DEPENDÊNCIA DE USO PRIVATIVO DEPENDÊNCIA DE USO PRIVATIVO 1 APARTAMENTO TIPO. 1.1 Salas de Estar/Jantar/Lareira/Almoço/Estar Íntimo (Family Room) Piso: Tacão. Rodapé: Madeira. 1.2 - Varanda Estar/Varanda Family Room (Churrasqueira)

Leia mais

CONDOMÍNIO COMERCIAL EVOLUTION PARAíSO Rua Apeninos 418, Paraiso São Paulo

CONDOMÍNIO COMERCIAL EVOLUTION PARAíSO Rua Apeninos 418, Paraiso São Paulo CONDOMÍNIO COMERCIAL EVOLUTION PARAíSO Rua Apeninos 418, Paraiso São Paulo MEMORIAL DESCRITIVO O Evolution Paraíso é composto por uma torre de salas comerciais distribuídas em 11 pavimentos-tipo e 1 cobertura

Leia mais

Pré-automação: um diferencial de mercado

Pré-automação: um diferencial de mercado 44 : um diferencial de mercado Com o crescente número de ofertas de empreendimentos imobiliários, as construtoras estão lançando mão de tecnologias para vencer a concorrência e a aposta tem sido em instalações

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE V: Telecomunicações, Internet e Tecnologia Sem Fio. Tendências em Redes e Comunicações No passado, haviam dois tipos de redes: telefônicas e redes

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Três dormitórios com 3 suítes, lavabo, cozinha com churrasqueira, área de. serviço, estar-jantar e varanda.

MEMORIAL DESCRITIVO. Três dormitórios com 3 suítes, lavabo, cozinha com churrasqueira, área de. serviço, estar-jantar e varanda. MEMORIAL DESCRITIVO 1. INFORMAÇÕES GERAIS CONSTRUÇÃO E INCORPORAÇÃO: Oliva Construções e Empreendimentos Imobiliários Ltda. PROJETO DE ARQUITETURA: Frederico Póvoas Júnior e Rosana Thoms PROJETO DE SEGURANÇA:

Leia mais

REDES. A Evolução do Cabeamento

REDES. A Evolução do Cabeamento REDES A Evolução do Cabeamento Até o final dos anos 80, todos os sistemas de cabeamento serviam apenas a uma aplicação, isto é, eram sistemas dedicados. Estes sistemas eram sempre associados à um grande

Leia mais

(Projeto de Lei nº 720/09, do Executivo, aprovado na forma de Substitutivo do Legislativo)

(Projeto de Lei nº 720/09, do Executivo, aprovado na forma de Substitutivo do Legislativo) LEI Nº 15.044, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2009 (Projeto de Lei nº 720/09, do Executivo, aprovado na forma de Substitutivo do Legislativo) Atualiza os valores unitários de metro quadrado de construção e de terreno

Leia mais

Imóveis: o que os paulistanos buscam na hora da compra

Imóveis: o que os paulistanos buscam na hora da compra 13/10/2010 Imóveis: o que os paulistanos buscam na hora da compra Pesquisa revela quanto gastam os novos proprietários De mudança para fugir do trânsito: Moro no Morumbi e todos os dias tenho de enfrentar

Leia mais

Memorial Descritivo de Construção

Memorial Descritivo de Construção Incorporação, Construção e Acabamento GAFISA S.A. Memorial Descritivo de Construção EDIFÍCIO MAGNIFIC Av. H (Frente), Rua 71 (Fundos) Goiânia - GO A. UNIDADES AUTÔNOMAS Março, 2008 Versão Final A1.1 Pavimentos

Leia mais

LEI Nº 15.044, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2009

LEI Nº 15.044, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2009 LEI Nº 15.044, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2009 Atualiza os valores unitários de metro quadrado de construção e de terreno previstos na Lei nº 10.235, de 16 de dezembro de 1986; institui novos padrões de construção

Leia mais

Memorial Descritivo. Prédio: Residencial 25 de Julho

Memorial Descritivo. Prédio: Residencial 25 de Julho Memorial Descritivo Prédio: Residencial 25 de Julho 1. Descrição do prédio. O prédio a ser construído compõe-se de 16 pavimentos mais casa de máquinas, constituído de 46 (quarenta e seis) unidades autônomas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE URUGUAIANA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Tipologia Construtiva. Prefeitura Municipal de Uruguaiana (RS), Maio de 2015.

PREFEITURA MUNICIPAL DE URUGUAIANA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Tipologia Construtiva. Prefeitura Municipal de Uruguaiana (RS), Maio de 2015. PREFEITURA MUNICIPAL DE URUGUAIANA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Tipologia Construtiva Prefeitura Municipal de Uruguaiana (RS), Maio de 2015. TIPOLOGIA CONSTRUTIVA 1 SUB HABITAÇÃO 1.1- Sub-habitação Compostos

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Residencial Nihal Rua Aragão Bozano, 131 Lotes 2, Quadra 57, Torres, RS

MEMORIAL DESCRITIVO. Residencial Nihal Rua Aragão Bozano, 131 Lotes 2, Quadra 57, Torres, RS MEMORIAL DESCRITIVO Residencial Nihal Rua Aragão Bozano, 131 Lotes 2, Quadra 57, Torres, RS 1. LOCALIZAÇÃO: O empreendimento localiza-se à Rua Aragão Bozano,131 Lotes 2, Quadra 57, Praia Grande, Torres/RS.

Leia mais

INOVAÇÕES. Rede de estádio. ION (Rede Óptica Inteligente) Sistemas digitais de antenas distribuídas FlexWave

INOVAÇÕES. Rede de estádio. ION (Rede Óptica Inteligente) Sistemas digitais de antenas distribuídas FlexWave INOVAÇÕES Rede de estádio 1 Sistemas digitais de antenas distribuídas FlexWave Uma plataforma de antenas distribuídas (DAS), digital, multibanda, multioperador, agnóstica em termos tecnológicos. Possui

Leia mais

M E M O RIAL DE ESPECIFICAÇÕES: PROPRIETÁRIO: Fun House Empreendimentos Imobiliários Ltda. OBRA: Residencial Montblanc ENDEREÇO: Rua 24 de Maio,415 Bairro vila Rosa Novo Hamburgo C AR AC T E R Í S T I

Leia mais

Fusão Tecnologia. Apresentação da Empresa e Soluções. www.fusaotecnologia.com.br

Fusão Tecnologia. Apresentação da Empresa e Soluções. www.fusaotecnologia.com.br Fusão Tecnologia Apresentação da Empresa e Soluções APRESENTAÇÃO DA EMPRESA Quem Somos: A Fusão Tecnologia é uma empresa TI, especializada em soluções de infraestrutura Etapa em 2 tecnologia nas áreas

Leia mais

Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP.

Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP. Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP. VANTAGENS DAS SOLUÇÕES DE VIGILÂNCIA DIGITAL IP É verdade que o custo de aquisição das câmeras digitais IP, é maior que o custo de aquisição das câmeras

Leia mais

Foto da Praça Pôr do Sol. Você entre os 10.

Foto da Praça Pôr do Sol. Você entre os 10. Foto da Praça Pôr do Sol Você entre os 10. Imagem ilustrativa O Belavistta Reserva da Praça é um lugar único e certamente se tornará referência em toda a cidade. Com apenas 10 apartamentos, em um dos últimos

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TELECOMUNICAÇÕES As telecomunicações referem -se à transmissão eletrônica de sinais para as comunicações, incluindo meios como telefone, rádio e televisão. As telecomunicações

Leia mais

Para a J. Simões, conforto e segurança são igualmente importantes.

Para a J. Simões, conforto e segurança são igualmente importantes. Para a J. Simões, conforto e segurança são igualmente importantes. A J. Simões Engenharia consolidou-se no mercado como uma construtora que completa você. Um reconhecimento importante, que temos satisfação

Leia mais

Bancada de CFTV - XI 102 -

Bancada de CFTV - XI 102 - T e c n o l o g i a Bancada de CFTV - XI 102 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. Bancada de CFTV - XI 102 - INTRODUÇÃO As instalações prediais nos novos

Leia mais

PRIMEIRO PISO: Piso em cimento polido, paredes com pintura plástica, com marcação de numeração das vagas na garagem.

PRIMEIRO PISO: Piso em cimento polido, paredes com pintura plástica, com marcação de numeração das vagas na garagem. 1 DESCRIÇÃO DO PRÉDIO 1.1 FUNDAÇÕES E ESTRUTURA Fundação de estacas pré-fabricadas de concreto até profundidade definida em projeto. O prédio é todo estruturado desde a fundação até a caixa de água sendo

Leia mais

VIVA COM ESTILO. MORE COM EXCLUSIVIDADE. SQNW 106, BLOCO G - NOROESTE

VIVA COM ESTILO. MORE COM EXCLUSIVIDADE. SQNW 106, BLOCO G - NOROESTE VIVA COM ESTILO. MORE COM EXCLUSIVIDADE. SQNW 106, BLOCO G - NOROESTE Imagem meramente ilustrativa. VIVA CERCADO DO VERDE E DO AZUL. O Noroeste é a última área residencial do Plano Piloto, que consolida

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO NORTE SUL TOWER. Apresentação:

MEMORIAL DESCRITIVO NORTE SUL TOWER. Apresentação: Apresentação: A GS Construtora é uma empresa que atua no ramo da construção civil desde 1994. Empresa sólida e conceituada no mercado, certificada pela norma NBR ISO 9001 E PBQPH Nível A (Programa Brasileiro

Leia mais

Material sujeito a alteração e exclusivo para uso interno da Even. Proibida a divulgação.

Material sujeito a alteração e exclusivo para uso interno da Even. Proibida a divulgação. TRANQUILIDADE PARA FAZER TUDO A PÉ INCLUSIVE PASSEAR COM O MEU FILHO LOCALIZAÇÃO Macroregião Hípica Paulista MOEMA Pte. Estaiada Shopping D&D BROOKLIN Shopping Ibirapuera Etna Rede Globo Hyatt C&C Futura

Leia mais

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 6 Cabeamento Residencial

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 6 Cabeamento Residencial APRENDIZAGEM INDUSTRIAL UNIDADE 6 Cabeamento Residencial Cabeamento residencial Sistema que integra os serviços de telecomunicações em uma residência: Rede local de computadores, acesso à internet, controle

Leia mais

Material preliminar sujeito a alterações

Material preliminar sujeito a alterações Uma região privilegiada, cercada por algumas das mais importantes vias de acesso como as avenidas Ibirapuera, Rubem Berta, Indianópolis, Av. Dos Bandeirantes, entre outras que ligam o bairro a toda a cidade.

Leia mais

Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer

Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer Memorial Descritivo Memorial Descritivo Condomínio Residencial Renascer Um novo tempo. Sua nova vida. Incorporação e Construção: JDC Engenharia Ltda Empreendimento: Construção de 2 torres residenciais,

Leia mais

PAREDES EXTERNAS EM CONCRETO ARMADO MOLDADO IN LOCO COMO SOLUÇÃO PARA EDIFÍCIOS VERTICAIS

PAREDES EXTERNAS EM CONCRETO ARMADO MOLDADO IN LOCO COMO SOLUÇÃO PARA EDIFÍCIOS VERTICAIS I CONFERÊNCIA LATINO-AMERICANA DE CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL X ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO 18-21 julho 2004, São Paulo. ISBN 85-89478-08-4. PAREDES EXTERNAS EM CONCRETO ARMADO MOLDADO

Leia mais

CATEGORIA PRODUTOS E LANÇAMENTOS IMOBILIÁRIOS DO ANO

CATEGORIA PRODUTOS E LANÇAMENTOS IMOBILIÁRIOS DO ANO CATEGORIA PRODUTOS E LANÇAMENTOS IMOBILIÁRIOS DO ANO EMPREENDIMENTOS DE PEQUENO PORTE 01 APRESENTAÇÃO MELNICK EVEN DA EMPRESA APRESENTAÇÃO DA EMPRESA A Melnick Even, com 20 anos de atuação no mercado gaúcho

Leia mais

Material preliminar sujeito à alteração e exclusivo para uso interno.

Material preliminar sujeito à alteração e exclusivo para uso interno. Projeto em aprovação sujeito a alterações. O empreendimento só será comercializado após o registro do Memorial de Incorporação no Cartório de Registro de Imóveis na forma da Lei nº 4.591/64. Material preliminar

Leia mais

APLICAÇÕES PARA CASAS INTELIGENTES EM AMBIENTES PERVASIVOS

APLICAÇÕES PARA CASAS INTELIGENTES EM AMBIENTES PERVASIVOS APLICAÇÕES PARA CASAS INTELIGENTES EM AMBIENTES PERVASIVOS RESUMO Alessandro Lumertz Garcia 1 Anderson Yanzer Cabral 2 Este artigo apresenta tipos de aplicações que podem existir nas casas inteligentes,

Leia mais

Macroregião SESI. Extra. Shop. Bourbon. Pq. Villa Lobos Shop. Villa Lobos USP. Pça. Panamericana

Macroregião SESI. Extra. Shop. Bourbon. Pq. Villa Lobos Shop. Villa Lobos USP. Pça. Panamericana LOCALIZAÇÃO Macroregião SESI Extra Shop. Bourbon Pq. Villa Lobos Shop. Villa Lobos USP Pça. Panamericana Microregião Quadra Fiscal PRODUTO Ficha Técnica Construção: Even Construtora e Incorporadora Projeto

Leia mais

Memorial Descritivo. Montreal Plaza

Memorial Descritivo. Montreal Plaza Memorial Descritivo Montreal Plaza MEMORIAL DESCRITIVO MONTREAL PLAZA A - INSTALAÇÕES PREDIAIS 1. SISTEMA AUXILIAR DE ENERGIA (GERADOR) Instalação de um grupo de geradores para atender: Área comum: Recepção,

Leia mais

LOCALIZAÇÃO. * Material preliminar sujeito a alteração. Proibida divulgação

LOCALIZAÇÃO. * Material preliminar sujeito a alteração. Proibida divulgação LOCALIZAÇÃO MACRO REGIÃO MICRO REGIÃO PROJETOS PROJETO DE ARQUITETURA: JONAS BIRGER PROJETO DE PAISAGISMO: EKF ARQUITETURA DA PAISAGEM PROJETO DE DECORAÇÃO: PATRÍCIA ANASTASSIADIS FICHA TÉCNICA Incorporação:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE VENDAS RESIDENCIAL LIKE. Rua Ceará 28 Pompéia SANTOS. UNIDADE n. XXX (XXXXXXXXXX)

MEMORIAL DESCRITIVO DE VENDAS RESIDENCIAL LIKE. Rua Ceará 28 Pompéia SANTOS. UNIDADE n. XXX (XXXXXXXXXX) MEMORIAL DESCRITIVO DE VENDAS RESIDENCIAL LIKE Rua Ceará 28 Pompéia SANTOS UNIDADE n. XXX (XXXXXXXXXX) 1. Fundações Serão do tipo profunda, de acordo com o projeto de fundações. 2. Estrutura Será em concreto

Leia mais

Instalações Elétricas Prediais A

Instalações Elétricas Prediais A Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Prof. Luiz Fernando Gonçalves AULA 7 Simbologia de Projetos Elétricos Porto Alegre - 2012 Tópicos Projeto de instalações elétricas prediais Simbologia para instalações

Leia mais

Destaques. Um único sistema de controlo para segurança e conforto; Desempenho elevado e tecnologia de futuro da Siemens;

Destaques. Um único sistema de controlo para segurança e conforto; Desempenho elevado e tecnologia de futuro da Siemens; 1 Não há nada melhor do que saber que a sua família está em casa e em segurança. Agora imagine se pudesse melhorar a segurança e conforto do seu lar apenas com a instalação de um sistema Impossível? Então

Leia mais

Elaboração De Projeto De Design e Interiores

Elaboração De Projeto De Design e Interiores Elaboração De Projeto De Design e Interiores São Paulo, 01/01/2010 KASA CONCEITO Nome: Schaelle Caetano Campos ABD: 9103 - Designer de Interiores Tel: 11 2979 3780 7746 4246 E-mail: schaelle@kasaconceito.com.br

Leia mais

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA 1 Banda Estreita A conexão de banda estreita ou conhecida como linha discada disponibiliza ao usuário acesso a internet a baixas velocidades,

Leia mais

CONDOMÍNIO RESIDENCIAL JK. ANEXO II Memorial Descritivo

CONDOMÍNIO RESIDENCIAL JK. ANEXO II Memorial Descritivo CONDOMÍNIO RESIDENCIAL JK ANEXO II Memorial Descritivo 1. DESCRIÇÃO GERAL DO EMPREENDIMENTO. O Empreendimento é composto por 01 (um) bloco com 01 (um) elevador e 08 (oito) pavimentos, sendo o 1º pavimento

Leia mais

DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 DECRETO Nº 1627 DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Dispõe sobre a atualização do artigo 1º, da Lei da Lei Complementar nº 241 de 24 de Fevereiro de 2015, onde trata da Tabela nº 05, Anexo II - Planta Genérica

Leia mais

Agora você pode morar perto da praia com o conforto e tranquilidade que sempre quis.

Agora você pode morar perto da praia com o conforto e tranquilidade que sempre quis. Agora você pode morar perto da praia com o conforto e tranquilidade que sempre quis. Posto de gasolina Av. Santos Dummont Restaurante Fagulha Hotel Vila Galé Os bons tempos voltaram. Padaria Foto aérea

Leia mais

Edifício Varadero Residencial

Edifício Varadero Residencial Edifício Varadero Residencial MEMORIAL DESCRITIVO PADRÃO 1. Infra-Estrutura: 2. Supra-Estrutura: 3. Alvenarias: Movimentação de Terra: Será realizada a limpeza do terreno, removendo todo o obstáculo que

Leia mais

CONSTRUTORA LIX DA CUNHA S.A.

CONSTRUTORA LIX DA CUNHA S.A. Campinas/SP, 16 de Agosto de 2011 Prezados Senhores, Apesar dos problemas que se lançam sobre algumas construtoras da região, com embargos, projetos irregulares aprovados indevidamente, atrasos na entrega

Leia mais

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência O princípio de transmissão de dados de telemetria por rádio freqüência proporciona praticidade, agilidade,

Leia mais

Conforto, cuidados e consumo inteligente? As tecnologias integradas Legrand e Bticino podem proporcionar tudo isso em hotéis e hospitais

Conforto, cuidados e consumo inteligente? As tecnologias integradas Legrand e Bticino podem proporcionar tudo isso em hotéis e hospitais 1 Painel Automatizar Tecnologias para Automação Hospitalar e Hoteleira Conforto, cuidados e consumo inteligente? As tecnologias integradas Legrand e Bticino podem proporcionar tudo isso em hotéis e hospitais

Leia mais