Inglês. COTAÇÕES (Parte II) Atividade A pontos. Atividade B pontos. Teste Intermédio de Inglês. Parte II Produção e interação escritas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Inglês. COTAÇÕES (Parte II) Atividade A... 50 pontos. Atividade B... 50 pontos. Teste Intermédio de Inglês. Parte II Produção e interação escritas"

Transcrição

1 Teste Intermédio de Inglês Parte II Produção e interação escritas Teste Intermédio Inglês Duração do Teste: 40 minutos (Parte II) º Ano de Escolaridade COTAÇÕES (Parte II) Atividade A pontos a) b) c) d) e) 10 pontos f) g) h) 10 pontos pontos Atividade B pontos TOTAL pontos TI de Inglês Critérios de Classificação Página C/1/ 7

2 A classificação do teste deve respeitar integralmente os critérios gerais e os critérios específicos a seguir apresentados. critérios gerais de classificação A classificação a atribuir a cada resposta resulta da aplicação dos critérios gerais e dos critérios específicos de classificação apresentados para cada item e é expressa por um número inteiro. As respostas ilegíveis ou que não possam ser claramente identificadas são classificadas com zero pontos. No entanto, em caso de omissão ou de engano na identificação de uma resposta, esta pode ser classificada se for possível identificar inequivocamente o item a que diz respeito. Se o aluno responder a um mesmo item mais do que uma vez, não eliminando inequivocamente a(s) resposta(s) que não deseja que seja(m) classificada(s), deve ser considerada apenas a resposta que surgir em primeiro lugar. Todos os itens apresentam critérios específicos de classificação organizados por níveis de desempenho. A cada um desses níveis é atribuída uma única pontuação. Para a generalidade dos itens, são considerados de um a cinco níveis (N5, N4,, N2 e ), inclusive para os itens com dois parâmetros competência pragmática e competência linguística. Qualquer resposta que não corresponda ao nível mais elevado descrito é integrada num dos outros níveis apresentados, de acordo com o desempenho observado. Estão previstos níveis de desempenho intercalares não descritos. Sempre que uma resposta revele um desempenho que não se integre em nenhum de dois níveis descritos consecutivos, deve ser-lhe atribuída a pontuação correspondente ao nível intercalar que os separa. É classificada com zero pontos qualquer resposta que não atinja o nível 1 de desempenho. É atribuída a classificação de zero pontos a respostas que não correspondam ao solicitado, independentemente da qualidade do texto produzido. TI de Inglês Critérios de Classificação Página C/2/ 7

3 critérios específicos de classificação Atividade A As alíneas a), b), c), d) e e) do item são classificadas em conjunto. Revela compreensão dos detalhes do conteúdo do formulário, fornecendo as cinco informações adequadas. Pode escrever com incorreções linguísticas não impeditivas da compreensão. 10 a) b) c) N2 Revela compreensão dos detalhes do conteúdo do formulário, fornecendo quatro informações adequadas. Pode escrever com incorreções linguísticas não impeditivas da compreensão. Erra ou omite a outra informação. 7 d) e) Revela compreensão dos detalhes do conteúdo do formulário, fornecendo duas ou três informações adequadas. Pode escrever com incorreções linguísticas não impeditivas da compreensão. Erra ou omite as outras informações. 4 As alíneas f), g) e h) do item são classificadas em conjunto. Revela compreensão dos detalhes do conteúdo do formulário, fornecendo as três informações adequadas. Escreve sem incorreções linguísticas. 10 f) g) N2 Revela compreensão dos detalhes do conteúdo do formulário, fornecendo duas informações adequadas. Escreve sem incorreções linguísticas. Erra ou omite a outra informação. OU Revela compreensão dos detalhes do conteúdo do formulário, fornecendo as três informações adequadas. Escreve com incorreções linguísticas não impeditivas da compreensão. 7 h) Revela compreensão dos detalhes do conteúdo do formulário, fornecendo uma informação adequada. Escreve sem incorreções linguísticas. Erra ou omite as outras informações. OU Revela compreensão dos detalhes do conteúdo do formulário, fornecendo duas informações adequadas. Escreve com incorreções linguísticas não impeditivas da compreensão. Erra ou omite a outra informação. 4 TI de Inglês Critérios de Classificação Página C/3/ 7

4 Item pontos Competência Pragmática N5 Revela compreensão dos detalhes do conteúdo do formulário, fornecendo as informações solicitadas (indicação e justificação da preferência) de forma precisa e coerente. Utiliza mecanismos de coesão, como, por exemplo, conectores e concordância nominal e verbal, com alguma eficácia, construindo um texto simples que corresponde a uma sequência linear de informações. Respeita os limites de palavras indicados. N4 12 Revela compreensão dos detalhes do conteúdo do formulário, fornecendo as informações solicitadas (indicação e justificação da preferência) de forma coerente. Utiliza alguns mecanismos de coesão, como, por exemplo, conectores simples ( and, but e because ), de forma nem sempre eficaz, construindo um texto simples que corresponde ainda a uma sequência linear de informações. 9 N2 6 Revela compreensão dos detalhes do conteúdo do formulário, fornecendo as informações solicitadas (indicação e justificação da preferência) de forma pouco coerente. Escreve expressões e frases simples, estruturando deficientemente o texto e podendo revelar falta de coesão. 3 TI de Inglês Critérios de Classificação Página C/4/ 7

5 N5 Competência Linguística* Utiliza recursos linguísticos suficientes e, geralmente, adequados ao tipo e à temática do texto que lhe permitem transmitir a informação com alguma precisão. Pode ainda revelar alguma influência da língua materna, por exemplo, na organização sintática, na escolha de vocabulário, na grafia ou na pontuação, que não causa incompreensão. Utiliza vocabulário simples mas suficiente e, geralmente, adequado para se exprimir, podendo suprir algumas lacunas com a ajuda de circunlocuções. Revela bom domínio do vocabulário elementar, cometendo erros graves apenas quando exprime um pensamento mais complexo. Utiliza, com correção, estruturas simples, não cometendo de forma sistemática erros gramaticais elementares, que causam incompreensão. A ortografia é suficientemente precisa para não afetar a inteligibilidade do texto. N4 12 Utiliza recursos linguísticos ainda limitados e, por vezes, pouco adequados, recorrendo a padrões frásicos elementares e revelando algumas dificuldades na transmissão de informação precisa. Utiliza vocabulário elementar limitado, mas ainda suficiente, para se exprimir, podendo cometer erros. Utiliza, com correção, estruturas simples, mas ainda comete alguns erros gramaticais elementares de forma sistemática, sem que isso impeça, na generalidade, a compreensão. Revela algum conhecimento das convenções ortográficas, mas podem ocorrer, por vezes, imprecisões que afetam a inteligibilidade do texto. 9 N2 6 Utiliza recursos linguísticos básicos e, geralmente, insuficientes ou desadequados ao tipo e à temática do texto. Utiliza, com pouco controlo, um repertório de palavras ou expressões memorizado. Utiliza estruturas elementares, cometendo erros gramaticais de forma sistemática que causam, frequentemente, incompreensão. Revela algum conhecimento das convenções ortográficas, mas as incorreções que causam incompreensão são frequentes. A pontuação é, frequentemente, desadequada ou insuficiente. 3 * A competência linguística só será avaliada se o aluno tiver tratado o tema proposto, situando-se o seu texto, pelo menos, no nível 1 da competência pragmática. TI de Inglês Critérios de Classificação Página C/5/ 7

6 Atividade B N5 Competência Pragmática Escreve um texto narrativo/descritivo simples, narrando acontecimentos reais ou imaginados e desenvolvendo o tópico de forma coerente. Utiliza mecanismos de coesão, como, por exemplo, conectores e concordância nominal e verbal, com alguma eficácia, construindo um texto simples que corresponde a uma sequência linear de informações. Respeita os limites de palavras indicados. 25 N4 20 Escreve um texto narrativo/descritivo simples, narrando acontecimentos reais ou imaginados e desenvolvendo o tópico de forma coerente, na generalidade. Utiliza alguns mecanismos de coesão, como, por exemplo, conectores simples ( and, but e because ), de forma nem sempre eficaz, construindo um texto simples que corresponde ainda a uma sequência linear de informações. N2 10 Escreve um texto muito simples mas que evidencia caraterísticas de um texto narrativo/ descritivo. Aborda o tema de forma genérica, podendo desenvolver o tópico de forma pouco coerente. Escreve expressões e frases simples, estruturando deficientemente o texto e podendo revelar falta de coesão. 5 TI de Inglês Critérios de Classificação Página C/6/ 7

7 N5 Competência Linguística* Utiliza recursos linguísticos suficientes e, geralmente, adequados ao tipo e à temática do texto que lhe permitem transmitir a informação com alguma precisão. Pode ainda revelar alguma influência da língua materna, por exemplo, na organização sintática, na escolha de vocabulário, na grafia ou na pontuação, que não causa incompreensão. Utiliza vocabulário simples mas suficiente e, geralmente, adequado para se exprimir, podendo suprir algumas lacunas com a ajuda de circunlocuções. Revela bom domínio do vocabulário elementar, cometendo erros graves apenas quando exprime um pensamento mais complexo. Utiliza, com correção, estruturas simples, não cometendo de forma sistemática erros gramaticais elementares, que causam incompreensão. A ortografia é suficientemente precisa para não afetar a inteligibilidade do texto. 25 N4 20 Utiliza recursos linguísticos ainda limitados e, por vezes, pouco adequados, recorrendo a padrões frásicos elementares e revelando algumas dificuldades na transmissão de informação precisa. Utiliza vocabulário elementar limitado, mas ainda suficiente, para se exprimir, podendo cometer erros. Utiliza, com correção, estruturas simples, mas ainda comete alguns erros gramaticais elementares de forma sistemática, sem que isso impeça, na generalidade, a compreensão. Revela algum conhecimento das convenções ortográficas, mas podem ocorrer, por vezes, imprecisões que afetam a inteligibilidade do texto. N2 10 Utiliza recursos linguísticos básicos e, geralmente, insuficientes ou desadequados ao tipo e à temática do texto. Utiliza, com pouco controlo, um repertório de palavras ou expressões memorizado. Utiliza estruturas elementares, cometendo erros gramaticais de forma sistemática que causam, frequentemente, incompreensão. Revela algum conhecimento das convenções ortográficas, mas as incorreções que causam incompreensão são frequentes. A pontuação é, frequentemente, desadequada ou insuficiente. 5 * A competência linguística só será avaliada se o aluno tiver tratado o tema proposto, situando-se o seu texto, pelo menos, no nível 1 da competência pragmática. TI de Inglês Critérios de Classificação Página C/7/ 7

Prova Escrita de Francês

Prova Escrita de Francês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 7/0, de 2 de Março Prova Escrita de Francês 0.º e.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 7/2.ª Fase 7 Páginas Duração da Prova: minutos. Tolerância:

Leia mais

Informação sobre a Prova de Exame de Equivalência à Frequência

Informação sobre a Prova de Exame de Equivalência à Frequência Informação sobre a Prova de Exame de Equivalência à Frequência Prova de Francês LEII 3º Ciclo do Ensino Básico Duração da Prova: 90 minutos (escrita); 15 minutos (oral) 1.Objeto de avaliação A prova a

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Inglês 11.º/1º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 550/1.ª Fase 5 Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Escrita de Inglês. 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal. Prova 550/1.ª Fase. Critérios de Classificação

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Escrita de Inglês. 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal. Prova 550/1.ª Fase. Critérios de Classificação EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Inglês 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova 0/1.ª Fase Critérios de Classificação 8 Páginas

Leia mais

Prova Escrita de Biologia e Geologia

Prova Escrita de Biologia e Geologia Exame Nacional do Ensino Secundário Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Biologia e Geologia 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 702/2.ª Fase 11 Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

Prova Escrita de Espanhol

Prova Escrita de Espanhol EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/04, de 26 de Março Prova Escrita de Espanhol 11.º/ 12.º anos de Escolaridade Iniciação bienal Prova 547/2.ª Fase 5 Páginas Duração da Prova: 1 minutos.

Leia mais

Prova Escrita de Biologia e Geologia

Prova Escrita de Biologia e Geologia EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Biologia e Geologia 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 702/Época Especial 10 Páginas Duração da Prova: 120

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS - PROVA ESCRITA e ORAL 2016 Prova 16 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012 de 5 de julho) O presente documento divulga informação relativa

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Porto de Mós Informação-Prova de Equivalência à Frequência

Agrupamento de Escolas de Porto de Mós Informação-Prova de Equivalência à Frequência Prova de Equivalência à Frequência de Inglês (Escrita + Oral) Prova Código 06-2016 2º Ciclo do Ensino Básico - 6ºano de escolaridade 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Prova Escrita de Francês

Prova Escrita de Francês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/12, de de julho Prova Escrita de Francês.º e 11.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 17/2.ª Fase Critérios de Classificação 6 Páginas

Leia mais

INFORMAÇÃO SOBRE A PROVA ESCRITA

INFORMAÇÃO SOBRE A PROVA ESCRITA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Inglês (Prova Escrita + Prova Oral) 2016 Prova 06 ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro..

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro.. PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Físico-Química 9º Ano de Escolaridade Prova 11 / 1ª Fase Duração da Prova: 90 minutos. Informações da prova INTRODUÇÃO

Leia mais

A prova é constituída por duas partes, prova escrita e prova oral, a ter lugar em datas distintas.

A prova é constituída por duas partes, prova escrita e prova oral, a ter lugar em datas distintas. 2015/2016 ANO DE ESCOLARIDADE: 9º ANO DURAÇÃO DA PROVA ESCRITA: 90 minutos TOLERÂNCIA: 00 minutos DURAÇÃO DA PROVA ORAL: ± 15 MINUTOS INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 3.º CICLO - 1.ª e 2.ª

Leia mais

Prova Escrita de Biologia e Geologia

Prova Escrita de Biologia e Geologia EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Biologia e Geologia 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 702/1.ª Fase 10 Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

INGLÊS PROVA ESCRITA. 1. Introdução

INGLÊS PROVA ESCRITA. 1. Introdução Matriz da Prova de Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Básico de COLÉGIO LICEAL DE SANTA MARIA DE LAMAS Prova de Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Básico de: Prova 21 2016 9.º Ano de

Leia mais

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Escrita de Economia A. 11.º Ano de Escolaridade. Prova 712/1.ª Fase. Critérios de Classificação

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Escrita de Economia A. 11.º Ano de Escolaridade. Prova 712/1.ª Fase. Critérios de Classificação EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Economia A 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 19/2012, de 5 de julho Prova 712/1.ª Fase Critérios de Classificação 11 Páginas 2016 Prova

Leia mais

Informação/Exame de Equivalência à Frequência. Ano letivo de 2012/2013

Informação/Exame de Equivalência à Frequência. Ano letivo de 2012/2013 ESCOLA MARTIM DE FREITAS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITA Informação/Exame de Equivalência à Frequência Ano letivo de 2012/2013 Disciplina: Ciências da Natureza 2º Ciclo do Ensino Básico 1.-

Leia mais

Prova Escrita de Biologia e Geologia

Prova Escrita de Biologia e Geologia EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/004, de 6 de Março Prova Escrita de Biologia e Geologia 11.º/1.º Anos de Escolaridade Prova 70/Época Especial 11 Páginas Duração da Prova: 10 minutos.

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Inglês 12.º ano de Escolaridade Iniciação - trienal Prova 750/2.ª Fase 5 Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

Exame de Equivalência à Frequência 2011/2012 Escola Secundária da Ramada

Exame de Equivalência à Frequência 2011/2012 Escola Secundária da Ramada Exame de Equivalência à Frequência 2011/2012 Escola Secundária da Ramada Ensino Básico INGLÊS INFORMAÇÃO-EXAME Ciclo 3º Ciclo do Ensino Básico Legislação Dec. Lei n.º6/2001, de 18 de janeiro Data 11 de

Leia mais

INGLÊS PROVA ESCRITA. 1. Introdução. 2. Objeto de avaliação. A) Competências COLÉGIO LICEAL DE SANTA MARIA DE LAMAS

INGLÊS PROVA ESCRITA. 1. Introdução. 2. Objeto de avaliação. A) Competências COLÉGIO LICEAL DE SANTA MARIA DE LAMAS Informação - Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Básico de COLÉGIO LICEAL DE SANTA MARIA DE LAMAS Prova de Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Básico de: Prova 21 1ª Fase 2013 9º Ano

Leia mais

ESPANHOL Cont. Ano Letivo 2015/2016 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. 11º Ano de Escolaridade

ESPANHOL Cont. Ano Letivo 2015/2016 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. 11º Ano de Escolaridade Ano Letivo 2015/2016 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ESPANHOL Cont. 11º Ano de Escolaridade Prova 368 2016 Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho 1. Objeto de avaliação A prova a que esta

Leia mais

Escrita (peso de 50%) + Oral (peso de 50%) Cada prova (escrita e oral) é cotada para 100 pontos. Escrita: 90 minutos Oral: até 15 minutos

Escrita (peso de 50%) + Oral (peso de 50%) Cada prova (escrita e oral) é cotada para 100 pontos. Escrita: 90 minutos Oral: até 15 minutos DECRETO-LEI Nº 139/2012, DE 5 DE JULHO, NA REDAÇÃO ATUAL Ano Letivo 2015 / 2016 Prova de Equivalência à Frequência de FRANCÊS Código 16 2016 INFORMAÇÃO-PROVA EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE FRANCÊS INTRODUÇÃO

Leia mais

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Escrita de Inglês. 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal. Prova 550/2.ª Fase. Critérios de Classificação

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Escrita de Inglês. 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal. Prova 550/2.ª Fase. Critérios de Classificação EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Inglês.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 9/0, de de julho Prova 0/.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas 06 Prova

Leia mais

INGLÊS INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Prova 358 2014. Ensino Secundário 12º Ano

INGLÊS INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Prova 358 2014. Ensino Secundário 12º Ano AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERGÍLIO FERREIRA ESCOLA SECUNDÁRIA DE VERGÍLIO FERREIRA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Prova 358 2014 1ª e 2ª Fases Tipo de prova: Escrita e Oral Ensino Secundário

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Inglês.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 9/0, de de julho Prova 0/.ª Fase Critérios de Classificação 8 Páginas 06 Prova

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS (LE II) COMPONENTE ESCRITA

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS (LE II) COMPONENTE ESCRITA INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS (LE II) COMPONENTE ESCRITA PROVA 16 2016 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)» INTRODUÇÃO O presente documento visa

Leia mais

Tipo de Prova: Escrita e Oral

Tipo de Prova: Escrita e Oral INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 2016 Prova 06 Tipo de Prova: Escrita e Oral 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril) Introdução O presente documento visa

Leia mais

Este documento deve ser dado a conhecer aos alunos para que fiquem devidamente informados sobre o exame que irão realizar.

Este documento deve ser dado a conhecer aos alunos para que fiquem devidamente informados sobre o exame que irão realizar. Exame de equivalência à frequência de Francês - 16 015 3.º Ciclo do Ensino Básico Informação Exame de Equivalência à Frequência 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características do exame

Leia mais

Inglês Prova 06 2016. 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº17/2016, de 4 de abril) 1. Introdução. 2. Objeto de avaliação.

Inglês Prova 06 2016. 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº17/2016, de 4 de abril) 1. Introdução. 2. Objeto de avaliação. INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Inglês Prova 06 2016 PROVA ESCRITA E ORAL -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

2013 COTAÇÕES. Prova Escrita de Alemão. 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Iniciação bienal. Prova 501/2.ª Fase. Critérios de Classificação

2013 COTAÇÕES. Prova Escrita de Alemão. 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Iniciação bienal. Prova 501/2.ª Fase. Critérios de Classificação EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Alemão.º e 11.º Anos de Escolaridade Iniciação bienal Prova 501/2.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas

Leia mais

Prova Escrita de Francês

Prova Escrita de Francês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/04, de 26 de Março Prova Escrita de Francês 0.º e.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 57/.ª Fase Páginas Duração da Prova: minutos. Tolerância:

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Porto de Mós

Agrupamento de Escolas de Porto de Mós Prova de Equivalência à Frequência - História- 9º Ano Prova Código 19-2016 3º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARQUÊS DE MARIALVA CANTANHEDE INFORMAÇÃO-PROVA FRANCÊS 2016 Prova 16 3.º Ciclo do Ensino Básico (Despacho Normativo n.º1-f/2016 de 5 de Abril e Despacho Normativo n.º1-g/2016 de

Leia mais

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova:

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de simulação de exame nacional do ensino secundário da disciplina de Matemática A, a realizar no 2º período. O presente documento

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Mem Martins Informação n.º /2014

Agrupamento de Escolas de Mem Martins Informação n.º /2014 Agrupamento de Escolas de Mem Martins Informação n.º /2014 Prova 527/ 2014 INFORMAÇÃO EXAME FINAL DE ESCOLA: Português 12º Ano de Escolaridade 1. Introdução O presente documento divulga informação relativa

Leia mais

Prova Final de Matemática

Prova Final de Matemática Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 19/2012, de 5 de julho Prova 62/1.ª Fase Braille, Entrelinha 1,5, sem figuras Critérios de Classificação 9 Páginas 2015 Prova 62/1.ª

Leia mais

Versão 2 COTAÇÕES. 13... 5 pontos. 6... 4 pontos 7... 7 pontos. 5... 6 pontos. 8... 9 pontos. 9... 8 pontos

Versão 2 COTAÇÕES. 13... 5 pontos. 6... 4 pontos 7... 7 pontos. 5... 6 pontos. 8... 9 pontos. 9... 8 pontos Teste Intermédio de Matemática Versão 2 Teste Intermédio Matemática Versão 2 Duração do Teste: 90 minutos 07.02.2011 9.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro 1. 2. COTAÇÕES 1.1....

Leia mais

Inglês COTAÇÕES. Atividade A pontos. Atividade B pontos. Teste Intermédio de Inglês. Parte I Compreensão da escrita (Versão 1 e Versão 2)

Inglês COTAÇÕES. Atividade A pontos. Atividade B pontos. Teste Intermédio de Inglês. Parte I Compreensão da escrita (Versão 1 e Versão 2) Teste Intermédio de Inglês Parte I Compreensão da escrita (Versão 1 e Versão 2) Teste Intermédio Inglês Duração do Teste: 2 minutos (Parte I) 06.03.12 9.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 6/01, de 18

Leia mais

VERSÃO DE TRABALHO. Exame Final Nacional de Inglês Prova ª Fase Ensino Secundário º Ano de Escolaridade Continuação bienal

VERSÃO DE TRABALHO. Exame Final Nacional de Inglês Prova ª Fase Ensino Secundário º Ano de Escolaridade Continuação bienal Exame Final Nacional de Inglês Prova 0.ª Fase Ensino Secundário 07.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 9/0, de de julho Critérios de Classificação 8 Páginas Prova 0/.ª F. CC Página

Leia mais

Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, na redação atual. Regulamento de Exames.

Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, na redação atual. Regulamento de Exames. Disciplina Inglês (cont.) Informação - Prova de Equivalência à Frequência Inglês Código 21 2015/2016 Código da Prova: 21 2016 9.º Ano de Escolaridade/3º ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012,

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Inglês 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 0/1.ª Fase Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

Prova Final de Matemática

Prova Final de Matemática Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 19/2012, de 5 de julho Prova 62/1.ª Fase Critérios de Classificação 10 Páginas 2015 Prova 62/1.ª F. CC Página 1/ 10 CRITÉRIOS GERAIS

Leia mais

Matemática A COTAÇÕES GRUPO I GRUPO II. Teste Intermédio. Versão 2. Duração do Teste: 90 minutos 29.11.2013. 12.º Ano de Escolaridade. 5...

Matemática A COTAÇÕES GRUPO I GRUPO II. Teste Intermédio. Versão 2. Duração do Teste: 90 minutos 29.11.2013. 12.º Ano de Escolaridade. 5... Teste Intermédio Matemática A Versão 2 Duração do Teste: 90 minutos 29..203 2.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março????????????? COTAÇÕES GRUPO I.... 0 pontos 2.... 0 pontos 3....

Leia mais

Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário

Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Secundário INFORMAÇÃO EXAME DE APLICAÇÕES INFORMÁTICAS B 2016 12º ANO DE ESCOLARIDADE (DECRETO-LEI N.º 139/ 2012, DE 5 DE JULHO) Prova 163 Escrita e Prática

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE Informação Prova de Equivalência à Frequência 2.º Ciclo do Ensino Básico 2015/2016 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 julho Decreto -Lei nº 17/2016, de 4 de abril Aprovado

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE Informação Prova de Equivalência à Frequência Ensino Secundário 2015/2016 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 julho Decreto -Lei nº 17/2016, de 4 de abril Aprovado em Conselho

Leia mais

ESPANHOL Abril de 2015. Prova 15 2015

ESPANHOL Abril de 2015. Prova 15 2015 INFORMAÇÃO PROVA FINAL DE CICLO ESPANHOL Abril de 2015 Prova 15 2015 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA FINAL DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS Abril de 2015

INFORMAÇÃO PROVA FINAL DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS Abril de 2015 Agrupamento de Escolas da Gafanha da Encarnação INFORMAÇÃO PROVA FINAL DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS Abril de 2015 Prova 02 2015 2.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento

Leia mais

Inglês (Cont. - 11º) INFORMAÇÃO. Prova 367 2016. 1. Introdução. 2. Objeto da avaliação. Prova 367 2016 Pág. 1 de 5. Prova de Equivalência à Frequência

Inglês (Cont. - 11º) INFORMAÇÃO. Prova 367 2016. 1. Introdução. 2. Objeto da avaliação. Prova 367 2016 Pág. 1 de 5. Prova de Equivalência à Frequência INFORMAÇÃO Prova de Equivalência à Frequência Inglês (Cont. - 11º) Prova 367 2016 10º/11º Anos de Escolaridade 1. Introdução O presente documento visa divulgar informação sobre as provas de equivalência

Leia mais

Completa correctamente 2 ou 3 espaços. Não é penalizado por incorrecções de grafia. Erra ou omite os restantes. Actividade B

Completa correctamente 2 ou 3 espaços. Não é penalizado por incorrecções de grafia. Erra ou omite os restantes. Actividade B 3. Completa correctamente 6 ou 7 espaços. 1 Chave: a. is Chave: b. find Chave: c. are Chave: d. kills Chave: e. look Chave: f. manage Chave: g. should Não é penalizado por incorrecções de grafia. Completa

Leia mais

Prova 06 2º Ciclo do Ensino Básico

Prova 06 2º Ciclo do Ensino Básico INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Prova escrita e oral 2016 Prova 06 2º Ciclo do Ensino Básico O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova de equivalência à frequência de Código 368/2013 Espanhol 11ºano Modalidade: Prova escrita Planos curriculares de nível secundário aprovados pelo decreto-lei

Leia mais

A classificação do teste deve respeitar integralmente os critérios gerais e os critérios específicos a seguir apresentados.

A classificação do teste deve respeitar integralmente os critérios gerais e os critérios específicos a seguir apresentados. Teste Intermédio de Língua Portuguesa Teste Intermédio Língua Portuguesa 2.º Ano de Escolaridade Duração do Teste: 45 min (Caderno 1) + 30 min (pausa) + 45 min (Caderno 2) 03.06.2011 Decreto-Lei n.º 6/2001,

Leia mais

COTAÇÕES. 2... 8 pontos. 1.3... 16 pontos. 52 pontos. 48 pontos. 16 pontos Subtotal... 84 pontos. TOTAL... 200 pontos

COTAÇÕES. 2... 8 pontos. 1.3... 16 pontos. 52 pontos. 48 pontos. 16 pontos Subtotal... 84 pontos. TOTAL... 200 pontos Teste Intermédio Física e Química A Critérios de Classificação 12.02.2014 11.º Ano de Escolaridade COTAÇÕES GRUPO I 1.... 8 pontos 2.... 16 pontos 3.... 12 pontos 4.... 8 pontos 5.... 8 pontos 52 pontos

Leia mais

Actividade C. Escreve uma carta informal adequada ao tópico e à situação de comunicação 24

Actividade C. Escreve uma carta informal adequada ao tópico e à situação de comunicação 24 . Substitui 3 expressões do texto por outras equivalentes. Não é penalizado por incorrecções linguísticas não impeditivas da compreensão. Ex.: a. speeded/sped Ex.: b. absorb Ex.: c. experience N2 1 Substitui

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO - 150915

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO - 150915 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Abril 2016 2016 367 Prova 11º Ano de escolaridade (Decreto-Lei nº 139/2012, de 05 de julho) O presente documento divulga informação relativa à prova

Leia mais

No arquivo Exames e Provas podem ser consultados itens e critérios de classificação de provas desta disciplina.

No arquivo Exames e Provas podem ser consultados itens e critérios de classificação de provas desta disciplina. INFORMAÇÃO-PROVA GEOMETRIA DESCRITIVA A Novembro de 2016 Prova 708 11.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) O presente documento divulga informação relativa à prova de exame final

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS_9º ANO / 2015. 3. Ciclo do Ensino Básico

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS_9º ANO / 2015. 3. Ciclo do Ensino Básico AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO ESCOLA EB/S VIEIRA DE ARAÚJO VIEIRA DO MINHO INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS_9º ANO / 2015 3. Ciclo do Ensino Básico [Despacho

Leia mais

EXPRESSÕES ARTÍSTICAS E FÍSICO MOTORAS 2016

EXPRESSÕES ARTÍSTICAS E FÍSICO MOTORAS 2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA TROFA INFORMAÇÃO-PROVA EXPRESSÕES ARTÍSTICAS E FÍSICO MOTORAS 2016 Prova 23 1.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) O presente documento divulga informação

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Francês Código de prova: 16 2016 9.º Ano de Escolaridade/3º ciclo do Ensino Básico

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Francês Código de prova: 16 2016 9.º Ano de Escolaridade/3º ciclo do Ensino Básico Informação - Prova de Equivalência à Frequência Francês Código de prova: 16 2016 9.º Ano de Escolaridade/3º ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, na redação atual. Regulamento

Leia mais

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE FÍSICO-QUÍMICA

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE FÍSICO-QUÍMICA CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE FÍSICO-QUÍMICA 3º Ciclo 7º, 8º e 9º Anos ANO LETIVO 2014/15 1- Domínios Domínios Saber e Saber Fazer Saber ser/ estar Parâmetros a avaliar - Revelar conhecimentos. - Compreensão/interpretação

Leia mais

Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais

Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais 10.º/11.º Anos ou 11.º/12.º Anos de Escolaridade Prova 835/1.ª Fase

Leia mais

Tipo de Prova: Escrita e Oral

Tipo de Prova: Escrita e Oral INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS (LE I) 2016 Prova 21 Tipo de Prova: Escrita e Oral 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril) Introdução O presente documento

Leia mais

Informação n.º 24.13. Data: 2012.12.19. Para: Direção-Geral da Educação. Inspeção-Geral da Educação e Ciência. Direções Regionais de Educação

Informação n.º 24.13. Data: 2012.12.19. Para: Direção-Geral da Educação. Inspeção-Geral da Educação e Ciência. Direções Regionais de Educação Prova Final de Ciclo de Matemática Prova 92 2013 3.º Ciclo do Ensino Básico Para: Direção-Geral da Educação Inspeção-Geral da Educação e Ciência Direções Regionais de Educação Secretaria Regional da Educação

Leia mais

O programa da disciplina em causa preconiza atividades linguísticas, estratégias e tarefas reportadas a usos comunicativos da língua.

O programa da disciplina em causa preconiza atividades linguísticas, estratégias e tarefas reportadas a usos comunicativos da língua. INFORMAÇÃO Prova de Equivalência à Frequência INGLÊS 2016 11º Ano de Escolaridade O presente documento divulga informação relativa à Prova de Equivalência à Frequência da disciplina de Inglês, a realizar

Leia mais

Escola Básica 2,3 Pêro de Alenquer Ano letivo 2015/16 Disciplina: Educação Física, prova escrita e prática Ano de escolaridade: 9º ano

Escola Básica 2,3 Pêro de Alenquer Ano letivo 2015/16 Disciplina: Educação Física, prova escrita e prática Ano de escolaridade: 9º ano Informação DA PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA º Ciclo do Ensino Básico Escola Básica, Pêro de Alenquer Ano letivo 0/6 Código:6 Disciplina: Educação Física, prova escrita e prática Ano de escolaridade:

Leia mais

DISCIPLINA INGLÊS 2016

DISCIPLINA INGLÊS 2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AURÉLIA DE SOUSA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DISCIPLINA INGLÊS 206 Prova 06 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Escrita de Alemão. 11.º Ano de Escolaridade Iniciação bienal. Prova 501/2.ª Fase. Critérios de Classificação

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Escrita de Alemão. 11.º Ano de Escolaridade Iniciação bienal. Prova 501/2.ª Fase. Critérios de Classificação EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Alemão.º Ano de Escolaridade Iniciação bienal Decreto-Lei n.º 9/0, de de julho Prova 0/.ª Fase Critérios de Classificação 9 Páginas 06 Prova 0/.ª

Leia mais

2012 COTAÇÕES. Prova Escrita de Filosofia. 11.º Ano de Escolaridade. Prova 714/Época Especial. Critérios de Classificação GRUPO I GRUPO II GRUPO III

2012 COTAÇÕES. Prova Escrita de Filosofia. 11.º Ano de Escolaridade. Prova 714/Época Especial. Critérios de Classificação GRUPO I GRUPO II GRUPO III EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Prova Escrita de Filosofia 11.º Ano de Escolaridade Prova 714/Época Especial Critérios de Classificação 12 Páginas 2012 COTAÇÕES

Leia mais

Prova Final de Português

Prova Final de Português Prova Final de Português 2.º Ciclo do nsino Básico Decreto-ei n.º 19/2012, de de julho Prova 61/1.ª Fase Critérios de Classificação 11 Páginas 2014 Prova 61/1.ª F. CC Página 1/ 11 CITÉIOS GIS D CSSIFICÇÃO

Leia mais

Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais

Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 835/1.ª Fase Critérios de Classificação

Leia mais

Prova Escrita de Espanhol

Prova Escrita de Espanhol EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Prova Escrita de Espanhol 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 847/1.ª Fase Critérios de Classificação 6

Leia mais

História da Cultura e das Artes

História da Cultura e das Artes Prova de Exame Nacional de História da Cultura e das Artes Prova 724 2013 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Para: Direção-Geral da Educação Inspeção-Geral de Educação e Ciência Direções Regionais de Educação

Leia mais

FRANCÊS INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Prova 365 2014. Ensino Secundário 11º Ano. 1. Introdução

FRANCÊS INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Prova 365 2014. Ensino Secundário 11º Ano. 1. Introdução AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERGÍLIO FERREIRA ESCOLA SECUNDÁRIA DE VERGÍLIO FERREIRA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS Prova 365 2014 Ensino Secundário 11º Ano 1ª/2ª Fases Tipo de prova:

Leia mais

DOMÍNIOS PARÂMETROS OBJETIVOS

DOMÍNIOS PARÂMETROS OBJETIVOS TRANSVERSALIDADE (5%) ATITUDES E VALORES (25%) CONHECIMENTOS (70%) DEPARTAMENTO CURRICULAR DE LÍNGUAS ANO LETIVO 2014/2015 DOMÍNIOS PARÂMETROS OBJETIVOS COMPREENSÃO/ INTERAÇÃO /PRODUÇÃO ORAL LEITURA ESCRITA

Leia mais

D e p a r t a m e n t o d e C i ê n c i a s E x p e r i m e n t a i s G r u p o 5 2 0 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Ano letivo de 2013/2014

D e p a r t a m e n t o d e C i ê n c i a s E x p e r i m e n t a i s G r u p o 5 2 0 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Ano letivo de 2013/2014 D e p a r t a m e n t o d e C i ê n c i a s E x p e r i m e n t a i s G r u p o 5 2 0 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Ano letivo de 2013/2014 Os critérios específicos presentes neste documento constituem uma base

Leia mais

alemão; espanhol; francês; inglês Janeiro de 2015

alemão; espanhol; francês; inglês Janeiro de 2015 Informação-Exame Final Nacional Línguas estrangeiras alemão; espanhol; francês; inglês Janeiro de 2015 Provas 501; 547; 517; 550 2015 11.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência - 2015. Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 358

Informação Prova de Equivalência à Frequência - 2015. Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 358 DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 358 CICLO: Secundário ANO DE ESCOLARIDADE: 12º Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de equivalência à frequência da disciplina

Leia mais

Prova Escrita de Alemão

Prova Escrita de Alemão Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Alemão 11.º Ano de Escolaridade Iniciação bienal Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 501/1.ª Fase Critérios de Classificação 9 Páginas

Leia mais

Prova Escrita de História da Cultura e das Artes. Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância: 30 minutos.

Prova Escrita de História da Cultura e das Artes. Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância: 30 minutos. EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 7/00, de 6 de Março Prova Escrita de História da Cultura e das Artes 0.º e.º Anos de Escolaridade Prova 7/.ª Fase 9 Páginas Duração da Prova: 0 minutos.

Leia mais

Prova Escrita de Português

Prova Escrita de Português EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de março Prova Escrita de Português 12.º Ano de Escolaridade Prova 69/1.ª Fase Critérios de Classificação 14 Páginas 2012 COTAÇÕES GRUPO

Leia mais

Prova Final de Português

Prova Final de Português Prova Final de Português.º Ciclo do nsino Básico Decreto-ei n.º 9/0, de 5 de julho Prova 9/.ª Fase Critérios de Classificação Páginas 05 Prova 9/.ª F. CC Página / CITÉIOS GIS D CSSIFICÇÃO classificação

Leia mais

Prova Final de Língua Portuguesa. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 61/1.ª Chamada. Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância: 30 minutos.

Prova Final de Língua Portuguesa. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 61/1.ª Chamada. Duração da Prova: 90 minutos. Tolerância: 30 minutos. PROVA FINAL DO 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Língua Portuguesa/Prova 61/1.ª Chamada/2012 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro A PREENCHER PELO ESTUDANTE Nome completo Documento de CC n.º ou BI n.º Emitido

Leia mais

Prova Escrita de Matemática A

Prova Escrita de Matemática A EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Matemática A 12.º Ano de Escolaridade Prova 635/2.ª Fase 11 Páginas Duração da Prova: 150 minutos. Tolerância:

Leia mais

Prova Final de Português

Prova Final de Português Prova Final de Português 3.º Ciclo do nsino Básico Decreto-ei n.º 39/202, de 5 de julho Prova 9/Época special Critérios de Classificação 2 Páginas 205 Prova 9/. special CC Página / 2 CITÉIOS GIS D CSSIFICÇÃO

Leia mais

Prova Escrita de Espanhol

Prova Escrita de Espanhol Exame Nacional do Ensino Secundário Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Espanhol.º e 11.º Anos de Escolaridade Iniciação bienal Prova 547/2.ª Fase 6 Páginas Duração da Prova: 120 minutos.

Leia mais

Planificação Trimestral de Língua Portuguesa. 3º ano. Ano letivo 2011/2012-2º período

Planificação Trimestral de Língua Portuguesa. 3º ano. Ano letivo 2011/2012-2º período Planificação Trimestral de Língua Portuguesa 3º ano Ano letivo 2011/2012-2º período Tema Tópicos/subtópicos Competências Tarefas/atividades Avaliação Compreensão do Oral: -Compreensão de discursos orais

Leia mais

Prova de Aferição de Português 5.º Ano de Escolaridade

Prova de Aferição de Português 5.º Ano de Escolaridade Prova de Aferição de Português 5.º Ano de Escolaridade Prova 55 Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril Critérios de Classificação 13 Páginas 2016 Prova 55 CC Página 1/ 13 CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO 1.

Leia mais

Data: 2010.11.08. Para: Inspecção-Geral de Educação. Direcções Regionais de Educação. Escolas com Ensino Secundário CIREP FERLAP CONFAP

Data: 2010.11.08. Para: Inspecção-Geral de Educação. Direcções Regionais de Educação. Escolas com Ensino Secundário CIREP FERLAP CONFAP Prova de Exame Nacional de Biologia e Geologia Prova 702 2011 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Para: Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular Inspecção-Geral

Leia mais

Literatura Portuguesa

Literatura Portuguesa Prova de Exame Nacional de Literatura Portuguesa Prova 734 2013 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Para: Direção-Geral da Educação Inspeção-Geral de Educação e Ciência Direções Regionais de Educação Secretaria

Leia mais

Entrelinha 1,5. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Entrelinha 1,5. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Matemática Entrelinha 1,5 Teste Intermédio Matemática Entrelinha 1,5 (Versão única igual à Versão 1) Duração do Teste: 90 minutos 29.02.2012 8.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência 11º Ano Inglês - Ano letivo 2014/ 2015

Informação Prova de Equivalência à Frequência 11º Ano Inglês - Ano letivo 2014/ 2015 Informação Prova de Equivalência à Frequência 11º Ano Inglês - Ano letivo 2014/ 2015 O presente documento divulga informação relativa ao Exame de Equivalência à Frequência do 11º ano do ensino secundário,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ESCOLA BÁSICA PROF. JOÃO FERNANDES PRATAS ESCOLA BÁSICA DE PORTO ALTO Prova Extraordinária de Avaliação (Matemática) 3º Ciclo - 8.º Ano de Escolaridade Despacho

Leia mais

CURSO VOCACIONAL DE NÍVEL SECUNDÁRIO TÉCNICO DE AQUICULTURA COMUNICAR EM INGLÊS 11º 13 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. SABER Interpretação e Produção de Texto

CURSO VOCACIONAL DE NÍVEL SECUNDÁRIO TÉCNICO DE AQUICULTURA COMUNICAR EM INGLÊS 11º 13 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. SABER Interpretação e Produção de Texto CURSO VOCACIONAL DE NÍVEL SECUNDÁRIO TÉCNICO DE AQUICULTURA COMUNICAR EM INGLÊS 11º 13 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DOMÍNIOS CRITÉRIOS INDICADORES INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO Eficácia na aquisição e aplicação

Leia mais

Prova 21 3º Ciclo do Ensino Básico

Prova 21 3º Ciclo do Ensino Básico INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS - Prova escrita e oral 2016 Prova 21 3º Ciclo do Ensino ásico O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência

Leia mais

TESTE INTERMÉDIO DE MATEMÁTICA. 7 de Dezembro de 2005 CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO - VERSÃO 1

TESTE INTERMÉDIO DE MATEMÁTICA. 7 de Dezembro de 2005 CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO - VERSÃO 1 TESTE INTERMÉDIO DE MATEMÁTICA 7 de Dezembro de 2005 CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO - VERSÃO 1 COTAÇÕES Grupo I... 63 Cada resposta certa... 9 Cada resposta errada... 0 Cada questão não respondida ou anulada...

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS DE CLASSIFICAÇÃO

CRITÉRIOS GERAIS DE CLASSIFICAÇÃO Teste Intermédio Matemática Critérios de Classificação 30.05.2014 2.º Ano de Escolaridade CRITÉRIOS GERAIS DE CLASSIFICAÇÃO Os critérios seguintes apresentam, para cada item, um conjunto de descritores

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Inglês LE I (2 anos) 2016

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Inglês LE I (2 anos) 2016 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Inglês LE I (2 anos) 2016 Prova 06 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

2013 COTAÇÕES A. Prova Escrita de Alemão. 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Iniciação bienal. Prova 501/1.ª Fase. Critérios de Classificação

2013 COTAÇÕES A. Prova Escrita de Alemão. 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Iniciação bienal. Prova 501/1.ª Fase. Critérios de Classificação EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Alemão.º e 11.º Anos de Escolaridade Iniciação bienal Prova 501/1.ª Fase Critérios de Classificação 8 Páginas

Leia mais