O ROMANCE POLICIAL PARA JOVENS: A SAGA DETETIVESCA DE OS KARAS EM DROGA DE AMERICANA! DE PEDRO BANDEIRA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O ROMANCE POLICIAL PARA JOVENS: A SAGA DETETIVESCA DE OS KARAS EM DROGA DE AMERICANA! DE PEDRO BANDEIRA"

Transcrição

1 O ROMANCE POLICIAL PARA JOVENS: A SAGA DETETIVESCA DE OS KARAS EM DROGA DE AMERICANA! DE PEDRO BANDEIRA ROSIANE CRISTINA DE SOUZA (UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ), ROSA MARIA GRACIOTTO SILVA (UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ). Resumo Detentor de prêmios como Jabuti, APCA, Adolfo Aizen e Altamente Recomendável, pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, Pedro Bandeira tem contribuído para a sistematização do gênero literário voltado para a infância e juventude e, principalmente, angariado um número substancial de leitores, como atestam os mais de vinte milhões de exemplares vendidos no mercado livreiro. Dentre sua produção, que privilegia o jovem leitor, ocupa um lugar de destaque a série Os Karas, que teve seu início no ano de em 1983 com a publicação de A Droga da Obediência e que, atualmente, é composta por outros títulos: Pântano de sangue, Anjo da morte, A Droga do amor, Droga de Americana! e Droga Virtual. Através de um diálogo com o romance policial, a série Os Karas promove uma adequação do gênero ao leitor adolescente, como se observa pelos recursos estéticos de construção do texto, assim como pela inserção de jovens protagonistas dotados de grande inteligência, curiosidade e senso de justiça como detetives capazes de elucidar os crimes revelados na trama. Com o intuito de tornar evidente a adequação promovida por Pedro Bandeira no gênero policial para jovens é que propomos, neste trabalho, um estudo sobre Droga de Americana!, obra publicada em Palavras-chave: romance policial, literatura juvenil, Pedro Bandeira. 1. INTRODUÇÃO AO ROMANCE POLICIAL Segundo Reimão (1983), o Romance Policial teve seu início no século XIX, por volta do ano de 1840, com as narrativas de Edgar Alan Poe. O autor aproveitou o momento propício: o ambiente de moradia das pessoas era as grandes cidades industriais, a ambientação era composta por labirintos de ruas, grandes multidões e lugares desconhecidos, além de fechados e macabros. A polícia que protegia a população era composta por ex-criminosos e condenava mais por queixas do que por provas. Tal realidade desencadeou grande facilidade para se cometer crimes e cada vez mais os jornais se aproveitavam da curiosidade mórbida da população por fatos trágicos que eram noticiados nas primeiras páginas dos diários. Poe ao observar a situação real deu origem às suas narrativas com assassinatos brutais, criando o extraordinário detetive Dupin capaz de solucionar o enigma dos crimes. Dessa forma o gênero policial caiu no gosto do público leitor. Esse tipo de narrativa tem características próprias, como a presença de um detetive inteligentíssimo, uma vítima e um criminoso inteligente e frio. A narrativa conta com a presença de pensamentos lógicos do detetive e exige isso do seu leitor. Com o passar do tempo o romance policial teve suas modificações e alguns autores desenvolveram o romance policial da Série Negra, que possui diferenciação na caracterização das personagens e ambiente, além de conduzir as investigações de forma diferente. De acordo com Lajolo e Zilberman (1987), o sucesso do gênero chega ao público infanto-juvenil brasileiro por volta da década de 1960 devido à ampla divulgação que os livros passaram a ter a esse público específico. Os autores

2 passam, então, a escrever esse gênero com a adaptação necessária, a fim de conquistar as crianças e jovens. Normalmente são histórias que envolvem questões relacionadas ao universo infanto-juvenil, com criminosos adultos e detetives jovens e inteligentes. Características essenciais e presentes em Droga de Americana!, obra analisada a seguir, escrita pelo autor Pedro Bandeira e de grande sucesso entre os jovens. 2. DROGA DE AMERICANA! Publicado em 1999, o livro Droga de Americana!, de Pedro Bandeira, integra a série "Os Karas", que teve seu início com A droga da obediência, em A obra tem como foco a história do seqüestro da filha do presidente dos Estados Unidos, quando esta veio ao Brasil para uma apresentação de ginástica olímpica no Colégio Elite, ao lado de sua amiga Magrí. Apesar da alta proteção destinada à menina, dois criminosos entraram no colégio para seqüestrá-la, mas a confundiram com Magrí e acabaram por levá-la no lugar da americana. Então, o grupo dos Karas, similar às outras obras da série, entrou em ação para salvar a vida de Magrí e colocar os seqüestradores na cadeia. Ao fazer a leitura do livro Droga de Americana!, é possível perceber que o autor criou um grupo de detetives composto por adolescentes que detém alto nível de inteligência, sendo que cada um dos integrantes possui determinada característica que o destaca dos demais. Juntas, essas qualidades específicas se aglutinam, fazendo com que o grupo chegue a um nível quase perfeito, possibilitando-lhe força capaz de deter o vilão. O grupo, formado por quatro meninos e uma menina, criou um nome próprio para eles: "Karas", o contrário de "coroas" e "caretas", simbolizando a modernidade jovem em que se situam os adolescentes que investigam crimes e combatem criminosos. As qualidades específicas de cada um dos personagens pertencentes ao grupo são expostas ao longo da trama: Miguel, possuidor de arguta inteligência, lidera o grupo dos Karas e também o grêmio do Colégio Elite, o que faz dele um ótimo pensador no que se refere a distribuir tarefas aos que melhor podem executá-las: -[...] Crânio você é o nosso especialista em códigos. Trate de decifrar a mensagem o mais rápido possível. Chumbinho fica para ajudar. Calú volte para a porta da área esportiva, de olho em novidades. Eu e Peggy ficaremos aqui por perto, de guarda, para que ninguém perturbe Crânio e Chumbinho enquanto trabalham. Vamos lá, Karas! (BANDEIRA, 1999, p. 122). - Me diga uma coisa, Miguel - continuou o menino, sem responder à pergunta -, você que é presidente do grêmio do colégio. Por acaso a comissão de festas resolveu colocar um alto-falante no telhado dos vestiários para as festas juninas? - Alto falante? É claro que não. A festa vai ser no pátio de recreio do colegial. (BANDEIRA, 1999, P. 134).

3 Calú é o melhor ator do grupo de teatro do Colégio Elite, o que permite ao jovem o manejo de técnicas de maquiagem e grande talento em momentos em que é necessário providenciar disfarces para o grupo: "No alto da árvore, o jovem ator dos Karas começou a planejar a maquiagem de Peggy. A menina teria de ficar irreconhecível, ainda que o próprio pai trombasse com ela na rua" (BANDEIRA, 1999, p. 110). Crânio, por sua vez, possui alto grau de inteligência, o que permite aos Karas o desvendamento de códigos secretos e importantes: "O geninho dos Karas franziu a testa, concentrando-se.[...] No guardanapo, o geninho dos Karas havia escrito: E- L-I-T-E! A boca de Chumbinho escancarou-se. Crânio era demais!" (BANDEIRA, 1999, p. 133). Magrí, a única menina a integrar o grupo dos Karas, encontra-se em perfeito estado físico e também costuma pensar e agir rápido, o que possibilita que o grupo tenha por perto uma solucionadora de problemas de última hora, contando ainda com sua resistência física e psicológica para situações difíceis: De fato a americana era boa atleta, assim como algumas das outras ginastas brasileiras presentes, mas a platéia tinha vibrado mesmo com a apresentação de Magrí, que parecia não ter peso ao evoluir nas barras assimétricas e na ginástica de solo. - Que maravilha! - exclamara uma senhora. - Essa é que é a americana? (BANDEIRA, 1999, p ). Sacudiu a cabeça debaixo d'água. Mesmo sob o impacto de um susto como aquele, mesmo sob o efeito do gás, seu raciocínio era o raciocínio de um Kara. E a presença de espírito de Magrí era a da garota mais inteligente e corajosa que alguém já viu. Só havia uma coisa a fazer: Preciso salvar Peggy!' (BANDEIRA, 1999, p. 30). Chumbinho, o mais jovem dos integrantes do grupo, tem como característica principal sua audácia e coragem, enfrentando qualquer situação, principalmente se lhe for proibida: "Chumbinho estava de pé, com o sistema nervoso pronto para a ação, como um ratinho ao ouvir um miado. A surpresa do primeiro momento logo dava lugar à iniciativa e à coragem de um perfeito membro do grupo dos Karas" (BANDEIRA, 1999, p ). Essas qualidades do menino intensificam-se quando necessita empreender todo o esforço possível, para que consiga salvar sua amiga Magrí: "Somente a presença de espírito e a inteligência de um verdadeiro Kara explicariam a presteza com que Chumbinho chegara àquela conclusão e agira do único modo possível para preservar a vida de Magrí".(BANDEIRA, 1999, p. 36). O grupo como um todo, possui uma característica em comum: eles adoram aventuras reais e perigosas, em que possam ajudar as pessoas e o mundo a ficarem livres de criminosos internacionais que ameaçam a paz e a vida das pessoas:

4 Chumbinho sentia como se os Karas tivessem sido esquecidos dentro do sarcófago de alguma múmia. Há quanto tempo o grupo dos Karas não se envolvia em uma daquelas enrascadas que fariam tremer os adultos mais valentes! Há um tempão não se falava mais em lutas secretas e arriscadíssimas contra vilões fabulosos que o garoto Chumbinho ansiava por voltar a combater (BANDEIRA, 1999, p. 15). Teatro... Puxa vida! Era bem outro o tipo de peça que eu gostaria de representar agora!', o sangue circulava forte por suas artérias ao pensar nos amigos, ao pensar nos Karas. Viver de verdade é muito melhor do que representar. Quando é que os Karas vão entrar em ação novamente'? (BANDEIRA, 1999, p. 25). Pedro Bandeira ao adaptar o gênero policial para o público jovem faz com que seja um grupo de adolescentes que tentam desvendar um mistério ou ato criminoso desde que este fato os atinja de forma direta e particular: Na mente aguda de Chumbinho, a única hipótese cabível para ver ali, perto dos seus joelhos, o corpo nu da filha do presidente americano, e para não ver nem sombra de Magrí, revelou-se claramente. Magrí! Seqüestraram Magrí no lugar de Peggy! Os bandidos se confundiram! Mas... e quando eles descobrirem o engano? Barbaridade! Vão matar Magrí na certa!' (BANDEIRA, 1999, p. 33). O mistério a ser resolvido é desenvolvido de forma rápida, já que o narrador abre a história apresentando ao leitor o motivo da investigação dos jovens. Esse recurso é de importância fundamental na narrativa policial juvenil, de forma a interessar e prender à leitura o público alvo: - I'm the president daughter! What do you think you're doing? Eu sou a filha do presidente! O que você pensa que está fazendo? Estas foram as últimas palavras de Magrí no momento em que estava sendo seqüestrada em pleno vestiário do Colégio Elite... (BANDEIRA, 1999, p. 7-8). Após o autor ter demonstrado ao seu leitor quais são as principais características de cada um dos integrantes dos karas é a vez de apresentar uma divisão de tarefas feita pelo grupo, para que cada um possa ficar responsável de cumprir aquilo que melhor poderia, de acordo com sua especialidade, o que demonstra os benefícios de se trabalhar em equipe:

5 - [...] Crânio você é o nosso especialista em códigos. Trate de decifrar a mensagem o mais rápido possível. Chumbinho fica para ajudar. Calu, volte para a porta da área esportiva, de olho em novidades. Eu e Peggy ficaremos aqui por perto, de guarda, para que ninguém perturbe Crânio e Chumbinho enquanto trabalham. Vamos lá, Karas! (BANDEIRA, 1999, p. 122). Uma outra característica de extrema necessidade no romance policial juvenil é a presença de um detetive adulto, que tem por finalidade conceder o efeito de verossimilhança ao texto. Todavia, notamos que ele é apenas um coadjuvante, visto que os detetives principais são os adolescentes do grupo dos "Karas". Esse detetive apresenta as características da Série Negra que, descritas por Reimão (1983), normalmente é falível, rude, vulgar, áspero e deselegante. Assim, é exatamente desta forma com que se apresenta o detetive Andrade, com certo desleixo, vestindo roupas surradas, suado e um tanto rude: - Um gelato, signore? - a dona da lanchonete que prosperava a olhos vistos devido à contribuição das mesadas dos estudantes do Colégio Elite, que ficava bem ali em frente, recebia simpaticamente o policial careca, de terno amarrotado. - Nós temos um sorvete especial. Fabricação própria [...] (BANDEIRA, 1999, p. 26). Empurrando os que o empurravam, um detetive gordo, careca e suarento ouvia o desencontro de palpites e tentava concentrar-se para descobrir qualquer informação mais sólida que viesse de dentro da escola. Repentinamente, deu-se conta: Magrí! Ela estava lá dentro! Será que fizeram alguma coisa com Magrí?' (BANDEIRA, 1999, p. 48). Esse detetive, apesar de ser secundário, fica com toda a glória no final, apesar de ter sido os jovens que desvendaram o caso, pois os adolescentes preferem permanecer no anonimato a fim de continuarem com as próximas investigações: Do Alasca à Austrália, quem ligasse a televisão só veria locutores comentando a inteligência e a valentia daquele humilde policial brasileiro, que havia superado as mais fabulosas máquinas de investigação do planeta, libertando Peggy MacDermott sem um arranhão e ainda prendendo os responsáveis pelo seqüestro (BANDEIRA, 1999, p. 173).

6 Segundo Boileau e Narcejac (1991), os detetives das narrativas clássicas de enigma são infalíveis, não cometendo erros nem falhas em seu diagnóstico, são capazes de desvendar toda a estrutura montada pelo criminoso. Do grupo dos Karas, o que mais se aproxima dessas características é o Crânio, que possui uma inteligência elevada e funciona como o cérebro da turma, é o responsável pelo desvendamento dos maiores enigmas: O geninho dos Karas franziu a testa, concentrando-se. [...] No guardanapo, o geninho dos Karas havia escrito: E-L-I-T-E! A boca de Chumbinho escancarou-se. Crânio era demais! Tinha descoberto que, substituindo o código tênis-polar por um código inventado na hora, o código MIGUEL-CRÂNYO, Magri criara a palavra "Yorty" para dizer aos Karas que ela estava... no Elite! (BANDEIRA, 1999: ). Outro elemento que se assemelha à narrativa de enigma clássica, exposto por Boileau e Narcejac (1991), e que está presente na narrativa em questão, é a grande inteligência do criminoso, e essa se faz extremamente necessária para que os enigmas sejam complicados de se resolver, aproximando o criminoso do detetive inteligente, sendo o último o único capaz de se igualar a ele e desvendar os mistérios. Um outro fator a observar é que na narrativa policial juvenil o criminoso é um adulto, enquanto os detetives são adolescentes. No caso, o vilão era a pessoa de maior confiança da vítima, que por lutar por sua causa, deixa de pensar na pessoa que ele mais gostava e que também mais tinha carinho e respeito para com ele: Enquanto era carregado por cerca de oito policiais brasileiros, Sherman Blake gritava: - Perdoe-me Peggy! Perdoe-me! Mas você precisa compreender. A América está acima de tudo! Está acima da minha própria vida! Está acima até de sua vidinha preciosa, querida, que eu tanto amo! Compreenda que não há sacrifícios que a grandeza da América não justifique! Até mesmo a sua morte, minha querida Peggy, até mesmo a sua morte! (BANDEIRA, 1999, p. 169). Uma das principais características da narrativa policial, explanada por Van Dine (1928, apud: BOILEAU E NARCEJAC, 1991), é a presença de cadáveres, a fim de demonstrar toda a crueldade de que o vilão é capaz e provocar no leitor o sentimento de raiva e vingança. Em Droga de Americana! esse aspecto surge já na abertura da história: "Estranhas gravatas vermelhas, pegajosas, escorriam do pescoço de cada um deles, maculando-lhes o branco das camisas. Os dois sisudos e mal-encarados agentes de segurança da filha do presidente dos Estados Unidos tinham sido praticamente degolados..." (BANDEIRA, 1999, p. 7). Na narrativa policial de Pedro Bandeira, os detetives mirins não têm problemas econômicos, condição que lhes proporciona maior flexibilidade para desvendar os crimes e os mistérios que investigam: "- Um gelato, signore? - a dona da

7 lanchonete que prosperava a olhos vistos devido à contribuição das mesadas dos estudantes do Colégio Elite, que ficava bem ali em frente, recebia simpaticamente o policial careca, de terno amarrotado" (BANDEIRA, 1999, p. 26). A par da trama policial, o autor propicia que o leitor reflita sobre questões que afloram no âmbito da sociedade contemporânea, expondo os fatos sob a perspectiva do outro, como podemos observar, por exemplo, na concepção que o estrangeiro tem da polícia brasileira: - A polícia do Brasil não serve para nada, mister Android! Leve seu pessoal daqui e vá cuidar do transito, que é melhor![...]- O senhor é um policial do Brasil, é? E quais as providências que vocês tomaram? Sua maldita aeronáutica não tem helicópteros, não tem aviões para perseguir o helicóptero dos seqüestradores? Vocês não têm sequer um radar para rastrear o helicóptero? [...] - Só ouviu?- cortou Blake, malcriado.- O senhor não viu nada? O senhor é cego? Só há cegos na policia de seu país? Será que vocês aprenderam com os palermas do Hooper, é? (BANDEIRA, 1999, p ). O leitor é levado a refletir, também, sobre a falta de privacidade que ronda as pessoas famosas, e ao modo como o público acredita que eles sejam desprovidos de sentimentos e preocupações: - Em toda a minha vida política, Augusto, nunca consegui me acostumar com essa atitude da imprensa, que pensa que pessoas como nós tem respostas para tudo - lembrou MacDermott.- Será que ninguém nota que somos gente como as outras? Que temos família, que queremos a felicidade de nossos filhos como qualquer pessoa? Que temos os mesmos sonhos? As mesmas esperanças? [...] -E as mesmas dúvidas também, Wilbur - acrescentou Rodrigues Lobo, que tratava o colega americano como se fossem velhos amigos.- Esse pessoal exige demais de nós. Muito mais do que somos capazes de fazer! [...] Concordo plenamente, Augusto. Enquanto as relações internacionais forem ditadas pelo poder da ganância, só as coisas ruins serão exportadas. E é isso que eu quero mudar! (BANDEIRA, 1999: 38-39). Aflora do texto de Bandeira uma crítica à manipulação que os países ricos exercem sobre os pobres e também quanto ao poder bélico desses países e suas prováveis conseqüências. O autor tenta mostrar ao leitor o quanto as armas e as guerras fazem mal ao mundo e que essa não é a melhor solução para se resolver problemas: "É chegada a hora de as nações ricas do mundo descobrirem que seu poder não terá o menor sentido enquanto houver outras nações à margem do progresso, outros povos mergulhados na fome, na ignorância e na miséria!"(bandeira, 1999, p. 157). Mais adiante, a voz do autor funde-se ao discurso do presidente americano que conclama os cidadãos para novas atitudes: - Meus irmãos do mundo inteiro! Nosso sonho de paz nunca será possível enquanto um país poderoso como os Estados Unidos ainda insistirem em manter um arsenal

8 nuclear, capaz de arrasar o planeta milhares de vezes, uma depois da outra, e enquanto conservarmos um estoque de armas químicas e biológicas capazes de impor epidemias mortais às populações inocentes de outros países. Por isso, precisamos ter coragem de, unilateralmente, destruir por completo essas armas antes que elas nos destruam! Proponho um desmantelamento total das armas nucleares, químicas e biológicas do mundo inteiro, a começar pelas nossas, as armas dos Estados Unidos. Nesse momento, meus assessores estão distribuindo à imprensa um mapa do meu país, com a localização de todos os arsenais, laboratórios e fábricas de artefatos nucleares, químicos e biológicos. Convido a Organização das Nações Unidas para que envie comissões de fiscalização para testemunhar a destruição das armas do Juízo Final. O Apocalipse, nunca!! (BANDEIRA, 199, p ). 3. CONSIDERAÇÕES FINAIS Os livros que compõem a série "Os Karas" de Pedro Bandeira, e entre eles Droga de Americana!, têm alcançado um significativo sucesso no mercado livreiro, demonstrando a sua aceitação pelo público leitor, constituído de adolescentes e jovens. Dialogando com o romance policial de enigma e da série negra, as narrativas policiais da série "Os karas" promovem uma adequação do gênero ao leitor adolescente, como se observa pelos recursos estéticos de construção do texto, assim como pela inserção de jovens protagonistas, como detetives capazes de elucidar os crimes revelados na trama. Assim, se a presença de um enigma a ser desvendado é capaz de estimular o leitor à leitura, Bandeira, ao adaptar a narrativa policial para o jovem leitor, acrescentou outros elementos capazes de seduzir o leitor. E, entre eles, encontra-se o detetive responsável pela solução do enigma que deixa de ser o adulto, para dar vez ao jovem. Entretanto, dadas as suas peculiaridades, um só não é suficiente e Bandeira cria, então, um grupo, em que somadas as qualidades de cada um, tem-se o retrato de um detetive corajoso, ético, ágil, solidário, que busca a justiça e o bem comum. É o que observamos no livro Droga de Americana! O leitor vendo-se refletido e representado pelos personagens adolescentes, sente-se muito mais próximo do mundo representado e, com isso, com maior possibilidade de interagir com o texto e de identificar com os heróis, como almeja o autor, em suas considerações ao finalizar a obra: "É você, são vocês que terão de enfrentar o futuro, com uma sólida consciência ética, honesta, corajosa e solidária. Como eu coloquei na boca de Miguel, no fim da história, contra tanta coisa, a favor de tanta coisa eu tenho de lutar! Ah, a vida é um trabalho para os Karas!'(BANDEIRA, 1999:192). REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: BANDEIRA, Pedro. Droga de Americana!. São Paulo: Moderna, 1999.

9 BOILEAU, Pierre; NARCEJAC, Thomas. O Romance Policial. Tradução de Valter Kehdi. São Paulo: Ática, LAJOLO, Marisa; ZILBERMAN, Regina. Literatura Infantil Brasileira História & Histórias. 3ª edição. São Paulo: Ática, REIMÃO, Sandra Lúcia. O que é Romance Policial. São Paulo: Brasiliense, 1983.

Apresentação É com muita alegria que apresento a vocês, amados leitores, esta nova edição revisada e atualizada de meu primeiro livro-filho sobre o tema da evolução humana que trata das novas gerações,

Leia mais

1. O feminino e a publicidade: em busca de sentido

1. O feminino e a publicidade: em busca de sentido 1. O feminino e a publicidade: em busca de sentido No estudo da Comunicação, a publicidade deve figurar como um dos campos de maior interesse para pesquisadores e críticos das Ciências Sociais e Humanas.

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS

PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - PORTUGUÊS - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== BRINCADEIRA Começou

Leia mais

Quanto mais. 15º Plano de aula. 1-Citação as semana: Quanto mais enfrentamos nossos medos, mais eles diminuem.

Quanto mais. 15º Plano de aula. 1-Citação as semana: Quanto mais enfrentamos nossos medos, mais eles diminuem. 15º Plano de aula 1-Citação as semana: Quanto mais enfrentamos nossos medos, mais eles diminuem. 2-Meditação da semana: Meditação para superar o medo 3-História da semana: Abrindo a porta 4-Música da semana:

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Conversando com os pais

Conversando com os pais Conversando com os pais Motivos para falar sobre esse assunto, em casa, com os filhos 1. A criança mais informada, e de forma correta, terá mais chances de saber lidar com sua sexualidade e, no futuro,

Leia mais

Dicas para você trabalhar o livro Menino brinca de boneca? com seus alunos

Dicas para você trabalhar o livro Menino brinca de boneca? com seus alunos Dicas para você trabalhar o livro Menino brinca de boneca? com seus alunos Caro professor, Este link do site foi elaborado especialmente para você, com o objetivo de lhe dar dicas importantes para o seu

Leia mais

CARTA DA TERRA PARA CRIANÇAS

CARTA DA TERRA PARA CRIANÇAS 1 CARTA DA TERRA A Carta da Terra é uma declaração de princípios fundamentais para a construção de uma sociedade que seja justa, sustentável e pacífica. Ela diz o que devemos fazer para cuidar do mundo:

Leia mais

Mensagem: Fé provada. Por David Keeling.

Mensagem: Fé provada. Por David Keeling. Mensagem: Fé provada. Por David Keeling. Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renunciese a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; Porque aquele que quiser salvar

Leia mais

0 21 anos: Fase do amadurecimento biológico 21 42 anos: Fase do amadurecimento psicológico mais de 42 anos: Fase do amadurecimento espiritual

0 21 anos: Fase do amadurecimento biológico 21 42 anos: Fase do amadurecimento psicológico mais de 42 anos: Fase do amadurecimento espiritual Por: Rosana Rodrigues Quando comecei a escrever esse artigo, inevitavelmente fiz uma viagem ao meu passado. Lembrei-me do meu processo de escolha de carreira e me dei conta de que minha trajetória foi

Leia mais

mundo. A gente não é contra branco. Somos aliados, queremos um mundo melhor para todo mundo. A gente está sentindo muito aqui.

mundo. A gente não é contra branco. Somos aliados, queremos um mundo melhor para todo mundo. A gente está sentindo muito aqui. Em 22 de maio de 2014 eu, Rebeca Campos Ferreira, Perita em Antropologia do Ministério Público Federal, estive na Penitenciária de Médio Porte Pandinha, em Porto Velho RO, com os indígenas Gilson Tenharim,

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Palácio do Planalto, 12 de março de 2003 Minha cara ministra Emília Fernandes, Minha cara companheira Benedita da

Leia mais

BARTOLOMEU CAMPOS QUEIRÓS. Onde tem bruxa tem fada

BARTOLOMEU CAMPOS QUEIRÓS. Onde tem bruxa tem fada Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente BARTOLOMEU CAMPOS QUEIRÓS Onde tem bruxa tem fada ILUSTRAÇÕES: SUPPA PROJETO DE LEITURA Maria José Nóbrega Rosane Pamplona Onde tem bruxa tem fada BARTOLOMEU

Leia mais

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 03/03/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: 1 - O Espírito de Deus me fez; o sopro do Todo-poderoso me dá vida. (Jó 33:4)

Leia mais

7 E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. 8 Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e

7 E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. 8 Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e I João 1 1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam, a respeito do Verbo da vida 2 (pois a vida foi manifestada, e nós

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

Comissão Diocesana da Pastoral da Educação ***************************************************************************

Comissão Diocesana da Pastoral da Educação *************************************************************************** DIOCESE DE AMPARO - PASTORAL DA EDUCAÇÃO- MARÇO / 2015 Todo cristão batizado deve ser missionário Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos e fazei-me conhecer a vossa estrada! Salmo 24 (25) Amados Educadores

Leia mais

Escolas comunicadoras

Escolas comunicadoras Comunicação e Cultura Local de atuação: Ceará, Pernambuco, Pará e Bahia Data de fundação: 1996 Escolas comunicadoras No Ceará, quase quinhentas mil crianças da rede pública estudam em escolas que unem

Leia mais

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE A Novena de Natal deste ano está unida à Campanha da Fraternidade de 2013. O tema Fraternidade e Juventude e o lema Eis-me aqui, envia-me, nos leva para o caminho da JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE Faça a

Leia mais

SUPLEMENTO DE ATIVIDADES

SUPLEMENTO DE ATIVIDADES SUPLEMENTO DE ATIVIDADES NOME: N O : ESCOLA: SÉRIE: 1 Considerado um dos mais importantes escritores de todos os tempos, Edgar Allan Poe se inscreveu na história da literatura mundial com seu estilo inconfundível.

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

RECADO AOS PROFESSORES

RECADO AOS PROFESSORES RECADO AOS PROFESSORES Caro professor, As aulas deste caderno não têm ano definido. Cabe a você decidir qual ano pode assimilar cada aula. Elas são fáceis, simples e às vezes os assuntos podem ser banais

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

Atribuam ao Senhor glória e força (...) A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é majestosa. Salmos 29.1 e 4

Atribuam ao Senhor glória e força (...) A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é majestosa. Salmos 29.1 e 4 Precisa-se de Pais Espirituais Objetivo do Senhor: - Glorificar o nome de Deus, revelar Seu poder e beleza e atribuir a Ele toda glória. - Provocar o desejo de marcar significativamente a sua descendência/

Leia mais

Como utilizar este caderno

Como utilizar este caderno INTRODUÇÃO O objetivo deste livreto é de ajudar os grupos da Pastoral de Jovens do Meio Popular da cidade e do campo a definir a sua identidade. A consciência de classe, ou seja, a consciência de "quem

Leia mais

É POSSÍVEL CONVIVER COM UM LOBO? Pr. Bullón. www.sisac.org.br

É POSSÍVEL CONVIVER COM UM LOBO? Pr. Bullón. www.sisac.org.br É POSSÍVEL CONVIVER COM UM LOBO? Pr. Bullón www.sisac.org.br "No capítulo 7 da epístola aos Romanos, encontramos o grito desesperado de um homem que não conseguia viver à altura dos princípios que conhecia.

Leia mais

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo 2:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo Amados de Deus, a paz de Jesus... Orei e pensei muito para que Jesus me usasse para poder neste dia iniciar esta pregação com a

Leia mais

Na sala de aula com as crianças

Na sala de aula com as crianças O CD Rubem Alves Novas Estórias, volume 3, abre novas janelas de oportunidade para quem gosta da literatura. Através do audiolivro podemos apreciar encantadoras histórias e deixar fluir a imaginação. Rubem

Leia mais

QUEM É JESUS. Paschoal Piragine Jr 1 31/08/2015

QUEM É JESUS. Paschoal Piragine Jr 1 31/08/2015 1 QUEM É JESUS Jo 1 26 Respondeu João: Eu batizo com água, mas entre vocês está alguém que vocês não conhecem. 27 Ele é aquele que vem depois de mim, e não sou digno de desamarrar as correias de suas sandálias

Leia mais

Cara Professora, Caro Professor,

Cara Professora, Caro Professor, A olhinhos menina de rasgados Cara Professora, Caro Professor, Estamos oferecendo a você e a seus alunos um belo livro de narrativa A menina de olhinhos rasgados, do premiado autor mineiro Vanderlei Timóteo.

Leia mais

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Autora: Tell Aragão Personagens: Carol (faz só uma participação rápida no começo e no final da peça) Mãe - (só uma voz ela não aparece) Gigi personagem

Leia mais

Xixi na Cama. Cara Professora, Caro Professor,

Xixi na Cama. Cara Professora, Caro Professor, Xixi na Cama Cara Professora, Caro Professor, Estamos oferecendo a você e a seus alunos mais um livro da coleção Revoluções: Xixi na Cama, do autor mineiro Drummond Amorim. Junto com a obra, estamos também

Leia mais

CINCO SEMANAS EM UM BALÃO. Inspirado na Obra de Júlio Verne

CINCO SEMANAS EM UM BALÃO. Inspirado na Obra de Júlio Verne CINCO SEMANAS EM UM BALÃO Inspirado na Obra de Júlio Verne Um Visionário JÚLIO VERNE, um dos mais fantásticos escritores de aventuras de todos os tempos, conhecido como o pai da ficção científica, antecipou

Leia mais

MISSÃO NA CIDADE UM NOVO OLHAR. Introdução

MISSÃO NA CIDADE UM NOVO OLHAR. Introdução 23 4 MISSÃO NA CIDADE UM NOVO OLHAR Introdução Chegamos ao último encontro de nossa série de 11 anos. Ao longo dessas semanas, conversamos, sob a luz do texto de Mateus 28.19-20a, a respeito dos olhares

Leia mais

ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 11 PRIMEIRA PARTE A RELAÇÃO CONSIGO MESMO. 1. AUTOCONHECIMENTO... 15 1.1 Processos... 16 1.2 Dificuldades...

ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 11 PRIMEIRA PARTE A RELAÇÃO CONSIGO MESMO. 1. AUTOCONHECIMENTO... 15 1.1 Processos... 16 1.2 Dificuldades... ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 11 PRIMEIRA PARTE A RELAÇÃO CONSIGO MESMO 1. AUTOCONHECIMENTO... 15 1.1 Processos... 16 1.2 Dificuldades... 19 2. AUTOESTIMA... 23 2.1 Autoaceitação... 24 2.2 Apreço por si... 26

Leia mais

Mateus 4, 1-11. Respondeu-lhe Jesus: «Vai-te, Satanás, pois está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele prestarás culto.

Mateus 4, 1-11. Respondeu-lhe Jesus: «Vai-te, Satanás, pois está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele prestarás culto. Mateus 4, 1-11 Respondeu-lhe Jesus: «Vai-te, Satanás, pois está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele prestarás culto.». Este caminho de 40 dias de jejum, de oração, de solidariedade, vai colocar-te

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Apresentaremos 4 lições, que mostram algum personagem Bíblico, onde as ações praticadas ao longo de sua trajetória abençoaram a vida de muitas

Leia mais

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus 1ª Carta de João A Palavra da Vida 1 1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e o que as nossas mãos apalparam da Palavra da Vida 2 vida esta que

Leia mais

Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11)

Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11) Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11) Mensagem 1 A metáfora do Caminho Introdução: A impressão que tenho é que Jesus escreveu isto para os nossos dias. Embora

Leia mais

Eu acredito que a Bíblia é a melhor dádiva que Deus deu à humanidade. Todas as coisas boas do Salvador do mundo nos são ditas através deste Livro.

Eu acredito que a Bíblia é a melhor dádiva que Deus deu à humanidade. Todas as coisas boas do Salvador do mundo nos são ditas através deste Livro. A importância do estudo bíblico para a vida cristã 2 Pedro 1.12-2121 Pr. Fernando Fernandes Eu acredito que a Bíblia é a melhor dádiva que Deus deu à humanidade. Todas as coisas boas do Salvador do mundo

Leia mais

Projeto Conto de Fadas

Projeto Conto de Fadas Projeto Conto de Fadas 1. Título: Tudo ao contrário 2. Dados de identificação: Nome da Escola: Escola Municipal Santo Antônio Diretora: Ceriana Dall Mollin Tesch Coordenadora do Projeto: Mônica Sirtoli

Leia mais

LEI ROUANET PROJETO ESTÓRIAS

LEI ROUANET PROJETO ESTÓRIAS LEI ROUANET PROJETO ESTÓRIAS Projeto Estórias I. Introdução O projeto Estórias nasceu da necessidade de incluir na literatura infantil personagens com câncer e o ambiente hospitalar. A literatura que contém

Leia mais

Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri.

Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri. Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri.com Página 1 1. HISTÓRIA SUNAMITA 2. TEXTO BÍBLICO II Reis 4 3.

Leia mais

Enquete para Pais ou Responsáveis

Enquete para Pais ou Responsáveis MEXT Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão Avaliação Nacional do Desempenho Escolar e Condições do Aprendizado em 2013 Pesquisa detalhada Enquete para Pais ou Responsáveis

Leia mais

Alô, alô. www.bibliotecapedrobandeira.com.br

Alô, alô. www.bibliotecapedrobandeira.com.br Alô, alô Quero falar com o Marcelo. Momento. Alô. Quem é? Marcelo. Escuta aqui. Eu só vou falar uma vez. A Adriana é minha. Vê se tira o bico de cima dela. Adriana? Que Adriana? Não se faça de cretino.

Leia mais

Vinho Novo Viver de Verdade

Vinho Novo Viver de Verdade Vinho Novo Viver de Verdade 1 - FILHOS DE DEUS - BR-LR5-11-00023 LUIZ CARLOS CARDOSO QUERO SUBIR AO MONTE DO SENHOR QUERO PERMANECER NO SANTO LUGAR QUERO LEVAR A ARCA DA ADORAÇÃO QUERO HABITAR NA CASA

Leia mais

A jornada do herói. A Jornada do Herói

A jornada do herói. A Jornada do Herói A Jornada do Herói Artigo de Albert Paul Dahoui Joseph Campbell lançou um livro chamado O herói de mil faces. A primeira publicação foi em 1949, sendo o resultado de um longo e minucioso trabalho que Campbell

Leia mais

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação)

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação) O batismo do Espírito Santo (continuação) #62 Estamos falando sobre alguns dons do Espírito Santo; falamos de suas obras, dos seus atributos, como opera o novo nascimento e, por último, estamos falando

Leia mais

A ABDUZIDA. CELIORHEIS Página 1

A ABDUZIDA. CELIORHEIS Página 1 CELIORHEIS Página 1 A Abduzida um romance que pretende trazer algumas mensagens Mensagens estas que estarão ora explícitas ora implícitas, dependendo da ótica do leitor e do contexto em que ela se apresentar.

Leia mais

16 Matheus Vieira Fernando Alves

16 Matheus Vieira Fernando Alves Introducao Quando me propus a refletir sobre a aplicação do RPG na Educação, nunca pensei que escreveria sobre isso, muito menos que os escritos se transformariam num livro. Entretanto, quero tomar o cuidado

Leia mais

FACESI EM REVISTA Ano 3 Volume 3, N. 2 2011 - - ISSN 2177-6636

FACESI EM REVISTA Ano 3 Volume 3, N. 2 2011 - - ISSN 2177-6636 A IMPORTÂNCIA DO ATO DE LER NO UNIVERSO INFANTIL Ana Maria Martins anna_1280@hotmail.com Karen de Abreu Anchieta karenaanchieta@bol.com.br Resumo A importância do ato de ler no cotidiano infantil é de

Leia mais

Indice. Bullying O acaso... 11

Indice. Bullying O acaso... 11 Indice Bullying O acaso... 11 Brincadeira de mau gosto. Chega! A história... 21 O dia seguinte... 47 A paixão... 53 O reencontro... 61 O bullying... 69 9 Agosto/2010 O acaso Terça-feira. O sol fazia um

Leia mais

MENOS ASSISTENCIALISMO, MAIS PEDAGOGIA. Moysés Kuhlmann: carências da educação infantil vão desde instalações à formação dos professores.

MENOS ASSISTENCIALISMO, MAIS PEDAGOGIA. Moysés Kuhlmann: carências da educação infantil vão desde instalações à formação dos professores. MENOS ASSISTENCIALISMO, MAIS PEDAGOGIA Moysés Kuhlmann: carências da educação infantil vão desde instalações à formação dos professores. 2 Ao lado das concepções do trabalho pedagógico para a infância,

Leia mais

Junto com todos os povos da Terra nós formamos uma grande família. E cada um de nós compartilha a responsabilidade pelo presente e pelo futuro

Junto com todos os povos da Terra nós formamos uma grande família. E cada um de nós compartilha a responsabilidade pelo presente e pelo futuro para crianças Junto com todos os povos da Terra nós formamos uma grande família. E cada um de nós compartilha a responsabilidade pelo presente e pelo futuro bem-estar da família humana e de todo o mundo

Leia mais

TRANQUILIDADE FAMILIAR. www.viveresaber.com.br

TRANQUILIDADE FAMILIAR. www.viveresaber.com.br TRANQUILIDADE FAMILIAR www.viveresaber.com.br OFERECIDO POR: www.viveresaber.com.br Desenvolvido por: ADELINO CRUZ Consultor, Palestrante e Diretor da Viver e Saber; Bacharel em Comunicação Social; Foi

Leia mais

MENSAGEM DOS PRESIDENTES MASTER 2015

MENSAGEM DOS PRESIDENTES MASTER 2015 MENSAGEM DOS PRESIDENTES MASTER 2015 RL: Rodrigo Luna CB: Claudio Bernardes CB Senhoras e senhores. Sejam bem-vindos à solenidade de entrega do Master Imobiliário. É uma honra poder saudar nossos convidados

Leia mais

Perdão. Fase 7 - Pintura

Perdão. Fase 7 - Pintura SERM7.QXD 3/15/2006 11:18 PM Page 1 Fase 7 - Pintura Sexta 19/05 Perdão Porque, se vocês perdoarem as pessoas que ofenderem vocês, o Pai de vocês, que está no Céu também perdoará vocês. Mas, se não perdoarem

Leia mais

Semana Missionária Salesiana II Manda-me, Senhor!

Semana Missionária Salesiana II Manda-me, Senhor! 2ª feira, 23 de fevereiro: Empenho missionário de D. Bosco Bom dia! Hoje iremos aprofundar uma das cenas que será representada na cerimónia de abertura dos jogos nacionais salesianos. Vamos falar sobre

Leia mais

GILSON MARTINS. Edição especial para distribuição gratuita pela Internet, através da Virtualbooks, com autorização do Autor.

GILSON MARTINS. Edição especial para distribuição gratuita pela Internet, através da Virtualbooks, com autorização do Autor. 1 A ESTRELA DO NATAL E A CONSTELAÇÃO ORGULHOSA GILSON MARTINS Edição especial para distribuição gratuita pela Internet, através da Virtualbooks, com autorização do Autor. O Autor gostaria imensamente de

Leia mais

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES Introdução ao tema A importância da mitologia grega para a civilização ocidental é tão grande que, mesmo depois de séculos, ela continua presente no nosso imaginário. Muitas

Leia mais

Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências

Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências boletim Jovem de Futuro ed. 04-13 de dezembro de 2013 Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências O Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013 aconteceu de 26 a 28 de novembro.

Leia mais

A CRUCIFICAÇÃO DE JESUS Lição 46

A CRUCIFICAÇÃO DE JESUS Lição 46 A CRUCIFICAÇÃO DE JESUS Lição 46 1 1. Objetivos: Mostrar que o Senhor Jesus morreu na cruz e foi sepultado. Ensinar que o Senhor Jesus era perfeito; não havia nada que o condenasse. Ensinar que depois

Leia mais

Catequese da Adolescência 7º Catecismo Documentos de Apoio CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS. Documento I

Catequese da Adolescência 7º Catecismo Documentos de Apoio CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS. Documento I CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS Documento I CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS Documento 2 CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS Documento 3 CATEQUESE 2 - QUEM SOU EU? Documento 1 CATEQUESE

Leia mais

Medicina de corpo e alma

Medicina de corpo e alma Entrevista Revista 15 Medicina de corpo e alma A vontade inicial de ser engenheiro mudou no colégio, quando o jovem Ildefonso não aprovou o comportamento do pessoal que se preparava para a engenharia,

Leia mais

KIT CÉLULA PARA CRIANÇAS: 28/10/15

KIT CÉLULA PARA CRIANÇAS: 28/10/15 KIT CÉLULA PARA CRIANÇAS: 28/10/15 A mentira não agrada a Deus Principio: Quando mentimos servimos o Diabo o Pai da mentira. Versículo: O caminho para vida é de quem guarda o ensino, mas o que abandona

Leia mais

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1 Bíblia Sagrada Novo Testamento Primeira Epístola de São João virtualbooks.com.br 1 Capítulo 1 1 O que era desde o princípio, o que temos ouvido, o que temos visto com os nossos olhos, o que temos contemplado

Leia mais

Prática de Leitura e Escrita

Prática de Leitura e Escrita Prática de Leitura e Escrita Oficina de Fotonovela 1 (material do aluno) 7 a e 8 a séries do Ensino Fundamental Oficina de Fotonovela Todos nós gostamos de contar histórias: de narrar acontecimentos vividos

Leia mais

Escrita Eficiente sem Plágio

Escrita Eficiente sem Plágio Escrita Eficiente sem Plágio Produza textos originais com qualidade e em tempo recorde Ana Lopes Revisão Rosana Rogeri Segunda Edição 2013 Direitos de cópia O conteúdo deste livro eletrônico tem direitos

Leia mais

Luís Norberto Pascoal

Luís Norberto Pascoal Viver com felicidade é sucesso com harmonia e humildade. Luís Norberto Pascoal Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto. ISBN 978-85-7694-131-6 9 788576 941316 Era uma vez um pássaro que

Leia mais

LIÇÃO TÍTULO TEXTO PRINCÍPIO VERSÍCULOS-CHAVE ALVOS

LIÇÃO TÍTULO TEXTO PRINCÍPIO VERSÍCULOS-CHAVE ALVOS TEMA CENTRAL Todos os direitos reservados por: MINISTÉRIO IGREJA EM CÉLULAS R. Ver. Antônio Carnasciali, 1661 CEP 81670-420 Curitiba-Paraná Fone/fax: (041) 3276-8655 trabalhoemconjunto@celulas.com.br edile@celulas.com.br

Leia mais

coleção Conversas #25 u s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #25 u s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #25 Nã Po o s s o c s on c o ig lo o c á cuidar dos m - l os e m u m a e u cl s ín p ic ais a?. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho VERSÍCULOS PARA DECORAR ESTA SEMANA Usamos VERSÍCULOS a Bíblia na PARA Nova DECORAR Versão Internacional ESTA SEMANA NVI Usamos

Leia mais

Ideionildo. E a Chave Azul. Pelo Espírito Vovó Amália. Robson Dias

Ideionildo. E a Chave Azul. Pelo Espírito Vovó Amália. Robson Dias Ideionildo E a Chave Azul Robson Dias Pelo Espírito Vovó Amália Livrinho da Série - As Histórias Que a Vovó Gosta de Contar (http:\www.vovoamalia.ubbi.com.br - Distribuição Gratuita) - A venda deste produto

Leia mais

Livro de Nuno Afonso CENTRO CULTURAL MESTRE JOSÉ RODRIGUES. 8 de Agosto 15.00 horas 1 / 8

Livro de Nuno Afonso CENTRO CULTURAL MESTRE JOSÉ RODRIGUES. 8 de Agosto 15.00 horas 1 / 8 CENTRO CULTURAL MESTRE JOSÉ RODRIGUES 8 de Agosto 15.00 horas 1 / 8 Apresentação do livro de Nuno Baptista-Afonso Nuno Baptista-Afonso nasceu em Mirandela, em 1979, mas é um Alfandeguense, pois aqui foi

Leia mais

Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 13.1 Conteúdo: Outras formas de narrar: o conto

Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 13.1 Conteúdo: Outras formas de narrar: o conto 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana Aula 13.1 Conteúdo: Outras formas de narrar: o conto 3 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO

Leia mais

Histórico do livro Menino brinca de boneca?

Histórico do livro Menino brinca de boneca? Histórico do livro Menino brinca de boneca? Menino brinca de boneca? foi lançado em 1990, com grande aceitação de público e crítica, e vem sendo referência de trabalho para profissionais, universidades,

Leia mais

A palavra APOCALIPSE vem do grego e significa REVELAÇÃO. O livro não revela o fim do mundo, mas trata-se de um livro sobre as revelações de Jesus

A palavra APOCALIPSE vem do grego e significa REVELAÇÃO. O livro não revela o fim do mundo, mas trata-se de um livro sobre as revelações de Jesus - Oi, dona Jurema, como vai? - Tudo bem, e o senhor? - Dona Jurema, a senhora que lê a Bíblia, do que mais gosta? - Ah! Gosto do Apocalipse. O meu entendimento é fraco, mas, esse livro me traz conforto

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE?

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? Texto: Apocalipse 21:1-2 Então vi um novo céu e uma nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra tinham passado; e o mar já não existia. Vi a cidade santa, a nova Jerusalém,

Leia mais

Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira CÃO ESTELAR. EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados

Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira CÃO ESTELAR. EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira O CÃO ESTELAR EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados Texto e Pesquisa de Imagens Arthur de Carvalho Jaldim e Rubens de Almeida Oliveira O CÃO ESTELAR

Leia mais

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura.

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Palavras do autor Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Durante três anos, tornei-me um leitor voraz de histórias juvenis da literatura nacional, mergulhei

Leia mais

2011 ano Profético das Portas Abertas

2011 ano Profético das Portas Abertas 2011 ano Profético das Portas Abertas Porta Aberta da Oportunidade I Samuel 17:26 - Davi falou com alguns outros que estavam ali, para confirmar se era verdade o que diziam. "O que ganhará o homem que

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Este projeto se constitui em modelo de distribuição e exibição do filme Sua Vida, Nossa Vida! em municípios do Rio Grande do Sul.

APRESENTAÇÃO. Este projeto se constitui em modelo de distribuição e exibição do filme Sua Vida, Nossa Vida! em municípios do Rio Grande do Sul. APRESENTAÇÃO Este projeto se constitui em modelo de distribuição e exibição do filme Sua Vida, Nossa Vida! em municípios do Rio Grande do Sul. Foi testado no município de Guaporé, em uma parceria da Promotoria

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA 3º PERÍODO A INCLUSÃO SOCIAL NA ESCOLA

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA 3º PERÍODO A INCLUSÃO SOCIAL NA ESCOLA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA 3º PERÍODO A INCLUSÃO SOCIAL NA ESCOLA Adenilton Santos Moreira* RESUMO Este trabalho analisa a Inclusão social como a capacidade

Leia mais

MARIANA: Fátima? Você tem certeza que seu pai vai gostar? Ele é meio careta, apesar de que é uma linda homenagem.

MARIANA: Fátima? Você tem certeza que seu pai vai gostar? Ele é meio careta, apesar de que é uma linda homenagem. Pais e filhos 1º cena: música ambiente (início da música pais e filhos legião urbana - duas pessoas entram com um mural e começam a confeccionar com frases para o aniversário do pai de uma delas (Fátima),

Leia mais

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe?

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Trecho do romance Caleidoscópio Capítulo cinco. 05 de novembro de 2012. - Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Caçulinha olha para mim e precisa fazer muita força para isso,

Leia mais

TESTE VOCACIONAL PROF. BRUNO AUGUSTO COLÉGIO SÃO JOSÉ

TESTE VOCACIONAL PROF. BRUNO AUGUSTO COLÉGIO SÃO JOSÉ TESTE VOCACIONAL PROF. BRUNO AUGUSTO COLÉGIO SÃO JOSÉ S I S T E M A P O S I T I V O D E E N S I N O Na escola, você prefere assuntos ligados à: a) Arte, esportes e atividades extracurriculares b) Biologia

Leia mais

A Bíblia sustenta a confiabilidade das sensações?

A Bíblia sustenta a confiabilidade das sensações? A Bíblia sustenta a confiabilidade das sensações? Vincent Cheung Qualquer cristão que admite algum grau de confiança no empirismo e na ciência para o conhecimento sobre a realidade faz isso por razões

Leia mais

Estórias de Iracema. Maria Helena Magalhães. Ilustrações de Veridiana Magalhães

Estórias de Iracema. Maria Helena Magalhães. Ilustrações de Veridiana Magalhães Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães 2 No dia em que Iracema e Lipe voltaram para visitar a Gê, estava o maior rebuliço no hospital. As duas crianças ficaram logo

Leia mais

Projetos. Outubro 2012

Projetos. Outubro 2012 Projetos Outubro 2012 Assunto de gente grande para gente pequena. No mês de outubro os brasileiros foram às urnas para eleger prefeitos e vereadores e a Turma da Lagoa não poderia ficar fora deste grande

Leia mais

A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR?

A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR? A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR? Esse texto é um dos mais preciosos sobre Davi. Ao fim de sua vida,

Leia mais

coleção Conversas #6 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #6 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. coleção Conversas #6 Eu Posso com a s fazer próprias justiça mãos? Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

Um grupo de alunos e uma professora. que decidiram escrever um livro...

Um grupo de alunos e uma professora. que decidiram escrever um livro... Um grupo de alunos e uma professora que decidiram escrever um livro... Tudo começou com um garoto chamado Luan que, num belo dia, resolveu compartilhar sua história... Luan Cardoso era um menino de apenas

Leia mais

OPERAÇÃO VALQUÍRIA Philipp Freiherr Von Boeselager Editora Record

OPERAÇÃO VALQUÍRIA Philipp Freiherr Von Boeselager Editora Record OPERAÇÃO VALQUÍRIA Philipp Freiherr Von Boeselager Editora Record É um livro de ação, que conta a história de um comandante nazista, que elabora um plano para matar Hitler. Convoca vários soldados para

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais