China. A história da China é marcada por ciclos econômicos cuja crise provocava a ascensão de uma nova dinastia.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "China. A história da China é marcada por ciclos econômicos cuja crise provocava a ascensão de uma nova dinastia."

Transcrição

1 China à Antes de 1949 A história da China é marcada por ciclos econômicos cuja crise provocava a ascensão de uma nova dinastia. Durante a última dinastia, a Qing, a China sofreu muita pressão dos países europeus que estavam se expandindo em direção a Ásia e a África. Quando perdeu as Guerras do Ópio contra a Inglaterra, o país foi obrigado a assinar vários tratados que resultaram em sua abertura aos estrangeiros e na perda de diversos territórios, como Hong Kong. O país foi dividido em zonas de influência. A situação econômica da China estava deteriorada, além de socialmente e politicamente frágil. O governo não conseguia organizar o país, que era rural e com relações feudais exploradas. Em 1912, o Partido Nacionalista assume o poder e proclama a República. Entretanto, o país permanece desorganizado e com presença estrangeira. Surge, após alguns anos, o Partido Comunista, que foi amplamente perseguido. Durante a 2ª guerra mundial, partido Nacionalista e Comunista se unem para conseguir eliminar a presença estrangeira e o Japão perde os territórios que havia conquistado com sua política imperialista. Com o fim da 2ª guerra mundial, ocorre uma guerra civil entre nacionalistas(exército legal com apoio estrangeiro) e

2 comunistas (exército de camponeses). Comunistas vencem e criam a República Popular da China, sob o governo de Mao Tsé- Tung. Nacionalistas fogem para Formosa e fundam Taiwan com o apoio dos EUA (contexto da Guerra Fria fazendo uma abertura para o mercado). à à Maoismo Eliminação das propriedades privadas à estatização. Reforma agrária no campo à terras pertencias ao Estado e os trabalhadores eram organizados em cooperativas e produziam de acordo com as ordens do Estado. Transformação das cooperativas em comunas (unidades administrativas). Planos Quinquenais à priorização de indústrias pesadas e da agricultura. Partido único e hierárquico. Grande Salto à Frente à transferência dos trabalhadores rurais produtores de alimento para as indústrias de aço, que não deu retorno à crise de fome. Rompimento das relações com a URSS, que queria uma política de distensão para não acirrar a Guerra Fria à fim das ajudas. Fechamento para o Ocidente. Revolução Cultural para amenizar a crise à proposta: jovens que pertenciam ao exército de

3 Mao deveriam promover uma purificação do socialismo à realidade: perseguição aos que eram contra o governo à estagnação do desenvolvimento, pois a maioria perseguida eram intelectuais. Aproximação diplomática com o Ocidente. Elaboração do plano das Quatro Modernizações à objetivo: modernizar a China e fazê-la sair do marasmo pós-revolução Cultural. à Após 1980 Socialismo de Mercado Quando Mao Tse-Tung morre, Deng Xiaoping assume: Plano das Quatro Modernizações foi efetivamente implantado: Diminuição do tamanho das comunas para aumentar a quantidade à divisão em pequenos lotes com produção familiar (produziriam de acordo com a necessidade do mercado e não de acordo com as ordens do Estado) à Estado incentivava o lucro e o aumento do tamanho do lote (oposto à reforma agrária) à concorrência e desigualdade entre camponeses. Implementação da propriedade particular à camponeses que não possuíam terras vendem sua mão de obra para os que possuíam ou fazem migram para as cidades (êxodo rural) à desigualdade entre camponeses. Criação das Zonas Econômicas Especiais (ZEEs):

4 Inicialmente eram quatro cidades portuárias com economia capitalista à criação de condições favoráveis à entrada de multinacionais (concessão de terrenos, diminuição dos impostos, diminuição da burocracia para exportação e repressão à mão de obra barata e altamente explorada através da eliminação dos sindicatos e da legislação trabalhista) à plataforma de exportação (com a mão de obra extremamente barata e a manutenção da desvalorização da moeda, o produto final saía muito barato, vencendo a concorrência mundial). Abertura de novas zonas. Como a abertura foi apenas econômica, politicamente o partido Comunista continuava com a repressão, tem-se o socialismo de mercado. Consequências: u Recebe muito investimento direto à país fábrica à geração de emprego à crescimento da economia. u Imensa desigualdade social entre litoral e interior. u Enorme exploração sobre o trabalhador. Desafios:

5 u O partido se diz comunista, mas promove o capitalismo e a exploração dos trabalhadores: começa a ser questionado. u A desigualdade criada pelo próprio partido permite o surgimento de uma classe média com poder de compra, mas que não tem essa liberdade para consumir como o Ocidente à questionamento. O partido, por ser autoritário, permite o crescimento da economia de forma organizada, mas só se mantém no poder por isso. Se a economia parar de crescer, enfrentará problemas. Modelo contraditório à o próprio crescimento da economia está levando à uma diminuição do exército de reserva e, consequentemente, aumento do salário, o que quebrará o modelo, a menos que ele ganhe em produtividade ou se volte para o mercado interno. à Atualmente Com o fim da Guerra Fria, acreditava-se que a hegemonia americana estava intacta e a China não representava ameaça, pois não tinha desenvolvimento bélico suficiente e não parecia se contrapor aos EUA.

6 Entretanto, essa ideia começa a ser questionada, pois a China começa a se transformar e crescer silenciosamente, investido pesado em armamento e realizando expansões marítimas, contrapondo-se aos EUA e entrando em choque com países que têm o mesmo interesse à não é tão pacifica mais.

CHINA Política e Economia

CHINA Política e Economia China séculos XIX e XX Exportadora de produtos primários para países capitalistas mais desenvolvidos Canela, seda, chá (produtos de exportação chineses) Guerra do Ópio contra a Inglaterra (1839 1842, 1856

Leia mais

Aulas 10 e 11. Índia e China. Adie por um dia e dez dias se passarão (Provérbio coreano).

Aulas 10 e 11. Índia e China. Adie por um dia e dez dias se passarão (Provérbio coreano). Aulas 10 e 11. Índia e China. Adie por um dia e dez dias se passarão (Provérbio coreano). Índia aspectos humanos. Segundo país mais populoso do planeta (formigueiro humano) 1,2 bilhões de habitantes; População:

Leia mais

Profª: Sabrine V.Welzel

Profª: Sabrine V.Welzel GEOGRAFIA 3 ano Ensino Médio Economia socialista de Mercado: CHINA 1 Na China da década de 40, o que podemos enumerar como resultado das guerras civis entre comunistas e capitalistas? 2 Em parágrafo bem

Leia mais

China 1. Antes de 1949: a. História de ciclos economicos prosperidade e crise dinastias: a cada dinastia há momentos de auge e de crise, sendo que

China 1. Antes de 1949: a. História de ciclos economicos prosperidade e crise dinastias: a cada dinastia há momentos de auge e de crise, sendo que China 1. Antes de 1949: a. História de ciclos economicos prosperidade e crise dinastias: a cada dinastia há momentos de auge e de crise, sendo que nos momentos de crise, a China acaba perdendo território.

Leia mais

DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA

DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA CHINA -Revoluções 1911 Revolução Nacionalista. -1949 Revolução Comunista. Antecedentes, Século XIX e XX: - impotência da elite tradicional e Dinastia Manchu frente as imposições

Leia mais

CHINA: A potência do século XXI

CHINA: A potência do século XXI CHINA: A potência do século XXI Características Gerais da China Mao Tsé-tung liderou a Revolução Comunista de 1949, que implantou o comunismo na China; Revolução Cultural Placa (1966-1976) do Pacífico

Leia mais

*JAPÃO E TIGRES ASIÁTICOS A FORMAÇÃO DE SUAS ECONOMIAS

*JAPÃO E TIGRES ASIÁTICOS A FORMAÇÃO DE SUAS ECONOMIAS JAPÃO E TIGRES ASIÁTICOS A FORMAÇÃO DE SUAS ECONOMIAS A ERA MEIJI O JAPÃO POSSUI POUCOS RECURSOS NATURAIS EM SEU TERRITÓRIO POR SE TRATAR DE UMA ILHA VULCÂNICA DE FORMAÇÃO GEOLÓGICA RECENTE; POR ESSE MOTIVO,

Leia mais

Confucionismo As oito virtudes. Respeito aos outros Tolerância Perdão Fidelidade Devoção Confiança Dever Culto aos antepassados.

Confucionismo As oito virtudes. Respeito aos outros Tolerância Perdão Fidelidade Devoção Confiança Dever Culto aos antepassados. China O Território Chinês Formação da China A civilização chinesa surgiu em torno do Rio Amarelo (Huang He), por volta de 5000 a.c. Esses povos foram dominados por outra etnia, a Shang, dando início, em

Leia mais

PROVA 1º BIMESTRE (2011) Correção das Questões

PROVA 1º BIMESTRE (2011) Correção das Questões PROVA 1º BIMESTRE (2011) Correção das Questões 1. (a) Tendo como referência o ponto de vista do professor Milton Santos, apresente e explique as três globalizações do mundo atual. Sob a ótica de Milton

Leia mais

A ORDEM GEOPOLÍTICA BIPOLAR

A ORDEM GEOPOLÍTICA BIPOLAR A ORDEM GEOPOLÍTICA BIPOLAR CAPITALISMO X SOCIALISMO Economia de mercado lei da oferta e procura; Propriedade privada dos meios de produção; Obtenção de lucro; Sociedade dividida em classes sociais; Trabalho

Leia mais

O MUNDO APÓS A GUERRA FRIA O FIM DA BIPOLARIDADE

O MUNDO APÓS A GUERRA FRIA O FIM DA BIPOLARIDADE O MUNDO APÓS A GUERRA FRIA O FIM DA BIPOLARIDADE Em 11 de março de 1985, assume o governo soviético MIKHAIL GORBACHEV; Anuncia então os projetos da GLASNOST (liberdade de expressão) e da PERESTROIKA (reforma

Leia mais

Sun Yat-sem foi um estadista e político chinês considerado, tanto na República Popular da China quanto em Taiwan como o pai da China Moderna.

Sun Yat-sem foi um estadista e político chinês considerado, tanto na República Popular da China quanto em Taiwan como o pai da China Moderna. CHINA CHINA / GUERRA DO ÓPIO 114 115 CHINA / HISTÓRIA CHINA COMUNISTA Sun Yat-sem foi um estadista e político chinês considerado, tanto na República Popular da China quanto em Taiwan como o pai da China

Leia mais

O fim da União Soviética e nova geopolítica da região Marco Abreu dos Santos.

O fim da União Soviética e nova geopolítica da região Marco Abreu dos Santos. O fim da União Soviética e nova geopolítica da região Marco Abreu dos Santos marcoabreu@live.com www.professormarco.wordpress.com Introdução Rússia, principal potência política, econômica e militar da

Leia mais

MUNDO A PRODUÇÃO DO ESPAÇO GLOBAL ( NO MATERIAL PÁGINAS 51 A 55

MUNDO A PRODUÇÃO DO ESPAÇO GLOBAL ( NO MATERIAL PÁGINAS 51 A 55 MUNDO A PRODUÇÃO DO ESPAÇO GLOBAL ( NO MATERIAL PÁGINAS 51 A 55 Pós-Segunda Guerra Mundial A regionalização do mundo em países capitalistas e socialistas Critério: organização econômica, social e política

Leia mais

O Mundo da Guerra Fria

O Mundo da Guerra Fria O Mundo da Guerra Fria Após a II Grande Guerra formou-se a bipolarização mundial: socialismo x capitalismo. A confrontação não total entre os dois lados, com corrida armamentista, conflitos localizados

Leia mais

GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 29 CONHECENDO O TERRITÓRIO CHINÊS

GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 29 CONHECENDO O TERRITÓRIO CHINÊS GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 29 CONHECENDO O TERRITÓRIO CHINÊS Como pode cair no enem (UERJ) O gasto militar é um dos indicadores do poder dos países no cenário internacional em um dado contexto histórico.

Leia mais

CAP. 11 CHINA O PAÍS COM A MAIOR POPULAÇÃO MUNDIAL

CAP. 11 CHINA O PAÍS COM A MAIOR POPULAÇÃO MUNDIAL CAP. 11 CHINA O PAÍS COM A MAIOR POPULAÇÃO MUNDIAL TERRITÓRIO CHINÊS Terceiro país mais extenso do mundo com 9.596.960 km2 Atrás apenas de Rússia e Canadá Formada por 5 grandes regiões geográficas: Sinkiang,

Leia mais

GEOGRAFIA. Prof. Daniel San.

GEOGRAFIA. Prof. Daniel San. GEOGRAFIA Prof. Daniel San daniel.san@lasalle.org.br Os Teóricos TEM NO LIVRO, pág. 180 a 194 As primeiras críticas aos sistema capitalista surgiram pouco tempo depois da revolução industrial, na Europa.

Leia mais

CARACTERÍSTICAS NATURAIS

CARACTERÍSTICAS NATURAIS CHINA Área: 9.536.499 km² Capital: Pequim (Beijin) População: 1,33 bilhão (2010) Moeda: Iuan Nome oficial: República Popular da China Densidade demográfica: 139 hab./km2 Crescimento demográfico: 0,9% ao

Leia mais

A REVOLUÇÃO CHINESA. HISTÓRIA, SIGNIFICADO e IMPLICAÇÕES

A REVOLUÇÃO CHINESA. HISTÓRIA, SIGNIFICADO e IMPLICAÇÕES A REVOLUÇÃO CHINESA HISTÓRIA, SIGNIFICADO e IMPLICAÇÕES PLANO GERAL DA PALESTRA 1ª PARTE: A CHINA ANTIGA E IMPERIAL 2ª PARTE: A REPÚBLICA DA CHINA (1912-1949) 3ª PARTE: A REPÚBLICA POPULAR DA CHINA (1949-hoje)

Leia mais

O sistema socialista

O sistema socialista O sistema socialista O sistema Socialista Pode ser definida como um modo de produção (sistema de organização política e econômica de uma sociedade) que propõe a construção de uma sociedade sem classes

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA (1917)

REVOLUÇÃO RUSSA (1917) REVOLUÇÃO RUSSA (1917) Implantação do modelo socialista na Rússia Prof: Otto Barreto Guerra da Criméia (1853-55) Enfraquecimento do Império Turco-Otomano - homem doente ; Conflito por Jerusalém e Constantinopla:

Leia mais

processo histórico produzido dentro das regras de expansão do próprio sistema delegou

processo histórico produzido dentro das regras de expansão do próprio sistema delegou Subdesenvolvimento O subdesenvolvimento é um processo histórico autônomo, uma outra forma de capitalismo produzido dentro das regras de expansão do próprio sistema, onde as diferenças estruturais são naturais

Leia mais

TRABALHADORES EDUCANDO TRABALHADORES PARA O SOCIALISMO

TRABALHADORES EDUCANDO TRABALHADORES PARA O SOCIALISMO TRABALHADORES EDUCANDO TRABALHADORES PARA O SOCIALISMO CURSO SAÚDE DO TRABALHADOR: AS CIPAs COMO INSTRUMENTO A SERVIÇO DA CLASSE TRABALHADORA Outubro de 2009 Programação 1) Crise Econômica e Saúde 2) Por

Leia mais

03) Explique os conceitos de espaço vital e pangermanismo existentes na política externa da Alemanha nazista.

03) Explique os conceitos de espaço vital e pangermanismo existentes na política externa da Alemanha nazista. COLÉGIO PEDRO II CAMPUS HUMAITÁ II EXERCÍCIOS - Revisão 9ºANO PROFESSOR Cristiano Campos QUESTÃO 01 01) Cite algumas características dos movimentos e governos fascistas. QUESTÃO 02 02) Identifique as características

Leia mais

Marco Abreu dos Santos

Marco Abreu dos Santos Módulo 08 Capítulo 2 A economia-mundo Marco Abreu dos Santos marcoabreu@live.com www.professormarco.wordpress.com O Acordo de Bretton Woods Contexto histórico Fim da 2ª Guerra Mundial: Europa e Japão devastados

Leia mais

Revolução Russa 1917

Revolução Russa 1917 Revolução Russa 1917 1 A RÚSSIA PRÉ-REVOLUCIONÁRIA Economia Predominantemente rural (latifúndios) com vestígios do feudalismo, muito atrasado economicamente. Mais da metade do capital russo provinha de

Leia mais

De Juscelino ao Golpe de 64 Prof. Márcio

De Juscelino ao Golpe de 64 Prof. Márcio De Juscelino ao Golpe de 64 Prof. Márcio O que vamos ver no capítulo O Governo de JK - o nacional-desenvolvimentismo - o plano de metas (pontos positivos e negativos) O Governo de Jânio Quadros - Política

Leia mais

1.1: que Capitalismo: Sistema socioeconômico que propriedade dos meios de produção

1.1: que Capitalismo: Sistema socioeconômico que propriedade dos meios de produção 1 O Capitalismo. 1.1: O que é o Capitalismo: Sistema socioeconômico em que a propriedade dos meios de produção é privada, e pertence a uma classe, em contraposição a outra de não-proprietários. 1.2 Características:

Leia mais

Evolução do capitalismo

Evolução do capitalismo Evolução do capitalismo EVOLUÇÃO DO CAPITALISMO Prof. JÚLIO CÉSAR GABRIEL http://br.groups.yahoo.com/group/atualidadesconcursos Modo de produção Maneira como o seres humanos se organizam para produzirem

Leia mais

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 61 A COMUNIDADE DOS ESTADOS INDEPENDENTES

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 61 A COMUNIDADE DOS ESTADOS INDEPENDENTES HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 61 A COMUNIDADE DOS ESTADOS INDEPENDENTES Fixação 1) (UERJ) Há duas semanas, comentei neste espaço o episódio do submarino russo que ficou preso no fundo do mar. Dizia que

Leia mais

MODULO 2. DESENVOLVIMENTO, SUBDESENVOLVIMENTO E A NOVA ORDEM MUNDIAL Páginas

MODULO 2. DESENVOLVIMENTO, SUBDESENVOLVIMENTO E A NOVA ORDEM MUNDIAL Páginas MODULO 2 DESENVOLVIMENTO, SUBDESENVOLVIMENTO E A NOVA ORDEM MUNDIAL Páginas 211 1 213 Pós-Segunda Guerra Mundial Sistema capitalista Sistema Socialista Estados Unidos(EUA) X União Soviética(URSS) GUERRA

Leia mais

A CRISE DA URSS e o fim da Guerra Fria

A CRISE DA URSS e o fim da Guerra Fria A CRISE DA URSS e o fim da Guerra Fria Socialismo Teórico X Socialismo Real Fundamentos marxistas de uma sociedade igualitária eram o meio pelo qual a URSS propagava seu ideal de felicidade. A aplicação

Leia mais

Benedito Silva Neto Disciplina de Teorias e experiências comparadas de desenvolvimento Universidade Federal da Fronteira Sul campus Cerro Largo

Benedito Silva Neto Disciplina de Teorias e experiências comparadas de desenvolvimento Universidade Federal da Fronteira Sul campus Cerro Largo Benedito Silva Neto Disciplina de Teorias e experiências comparadas de desenvolvimento Universidade Federal da Fronteira Sul campus Cerro Largo 2017: Centenário da Revolução Russa! Introdução Aspectos

Leia mais

Alguns dados sobre a China

Alguns dados sobre a China CHINA "...de que país a China é colônia? É colônia de cada país com quem firmou um tratado, e todos os países que têm um tratado com a China são seus donos. Assim, a China não é somente escrava de uma

Leia mais

Outras Regionalizações do Espaço Mundial. Percurso 4. Expedições Geográficas. Profª Bruna Andrade 8ºANO

Outras Regionalizações do Espaço Mundial. Percurso 4. Expedições Geográficas. Profª Bruna Andrade 8ºANO Outras Regionalizações do Espaço Mundial. Percurso 4. Expedições Geográficas. Profª Bruna Andrade 8ºANO 1. Fim da IIGM (1939-1945) As desigualdades social, econômica, científica e tecnológica entre os

Leia mais

Resumo das aulas de Filosofia 2ª série do Ensino Médio/ 1 trimestre / 2 avaliação

Resumo das aulas de Filosofia 2ª série do Ensino Médio/ 1 trimestre / 2 avaliação Resumo das aulas de Filosofia 2ª série do Ensino Médio/ 1 trimestre / 2 avaliação O modo capitalista de produção O que caracteriza o modo de produção capitalista são as relações assalariadas de produção

Leia mais

RELEVO CHINA - LOCALIZAÇÃO DIVISÃO REGIONAL

RELEVO CHINA - LOCALIZAÇÃO DIVISÃO REGIONAL CHINA - LOCALIZAÇÃO China - país do leste asiático, cortado na parte sul pelo Trópico de Câncer. Banhado pelo Oceano Pacífico, faz fronteira com vários da Ásia Central, Ásia Meridional e Ásia Sudeste.

Leia mais

Controle de natalidade e estrutura etária

Controle de natalidade e estrutura etária Controle de natalidade e estrutura etária GG.10 PAG.06 Teorias o Malthus o Neomathusiana o Reformista As ideias de Malthus 1798, Thomas Malthus alertou que as populações tenderiam a crescer em progressão

Leia mais

perde o poder. Setor financeiro ganhou mais importância, virou uma base. Época do fordismo se investia na produção, agora se investe no setor

perde o poder. Setor financeiro ganhou mais importância, virou uma base. Época do fordismo se investia na produção, agora se investe no setor GEOGRAFIA è Globalização: Termo apareceu na década de 1980 para se referir a um estágio avançado de interdependência entre os países do mundo É um processo em andamento, não está acabado Corresponde a

Leia mais

A GLOBALIZAÇÃO NO BRASIL PROFº MELK SOUZA

A GLOBALIZAÇÃO NO BRASIL PROFº MELK SOUZA A GLOBALIZAÇÃO NO BRASIL PROFº MELK SOUZA Globalização no Brasil- aspectos econômicos e sociais O processo de globalização é um fenômeno do modelo econômico capitalista, o qual consiste na mundialização

Leia mais

CAPÍTULO 2 O MUNDO DIVIDIDO PELO CRITÉRIO IDEOLÓGICO PROF. LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 8º ANO

CAPÍTULO 2 O MUNDO DIVIDIDO PELO CRITÉRIO IDEOLÓGICO PROF. LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 8º ANO CAPÍTULO 2 O MUNDO DIVIDIDO PELO CRITÉRIO IDEOLÓGICO PROF. LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 8º ANO O MUNDO DIVIDIDO P. 23 Existem vários critérios para regionalizar um território. Critério ideológico:

Leia mais

CHINA QUADRO NATURAL *China Ocidental *China Oriental

CHINA QUADRO NATURAL *China Ocidental *China Oriental CHINA A China é o terceiro país mais extenso do globo (9.536.499 Km_) e o primeiro em população absoluta (1.285.000.000 hab), com uma densidade demográfica superior a 130 hab/km_. Localiza-se no leste

Leia mais

Os dois gigantes asiáticos. CHINA e ÍNDIA

Os dois gigantes asiáticos. CHINA e ÍNDIA Os dois gigantes asiáticos CHINA e ÍNDIA CHINA Temperado Temperado Árido e semiárido Frio de montanha Subtropical China 1,353 bilhão e Índia 1,258 bilhão Existem mais pessoas vivendo dentro desse círculo

Leia mais

Microcrédito e Comércio Justo

Microcrédito e Comércio Justo Microcrédito e Comércio Justo Antiga DIT Antiga DIT A Antiga DIT A Antiga DIT baseava-se no princípio da especialização. Os países do Sul especializavam-se em produtos de baixo valor acrescentado. Quando

Leia mais

Nova Ordem Mundial. Página 1 com Prof. Giba

Nova Ordem Mundial. Página 1 com Prof. Giba Nova Ordem Mundial Ao final da Segunda Guerra Mundial (1945), o cenário político mundial testemunhava o período de maior tensão de sua história. De um lado, os Estados Unidos, uma potência capitalista;

Leia mais

KARL MARX E A EDUCAÇÃO. Ana Amélia, Fernando, Letícia, Mauro, Vinícius Prof. Neusa Chaves Sociologia da Educação-2016/2

KARL MARX E A EDUCAÇÃO. Ana Amélia, Fernando, Letícia, Mauro, Vinícius Prof. Neusa Chaves Sociologia da Educação-2016/2 KARL MARX E A EDUCAÇÃO Ana Amélia, Fernando, Letícia, Mauro, Vinícius Prof. Neusa Chaves Sociologia da Educação-2016/2 BIOGRAFIA Karl Heinrich Marx (1818-1883), nasceu em Trier, Alemanha e morreu em Londres.

Leia mais

Agricultura Brasileira 1 9 / 0 8 /

Agricultura Brasileira 1 9 / 0 8 / Agricultura Brasileira 1 9 / 0 8 / 2 0 1 5 Sistemas Agrícolas Intensivo: Maior importância à mecanização e/ou trabalho Altos índices de produtividade Natureza deixada em segundo plano Extensivo: Elementos

Leia mais

É a base do desenvolvimento econômico mundial. Ocorre quando há transformação em algum bem, acabado ou semiacabado;

É a base do desenvolvimento econômico mundial. Ocorre quando há transformação em algum bem, acabado ou semiacabado; INTRODUÇÃO À GEOGRAFIA DAS INDÚSTRIAS 1 Atividade Industrial É a base do desenvolvimento econômico mundial desde o século XVIII; Ocorre quando há transformação em algum bem, acabado ou semiacabado; Séc.

Leia mais

História B aula 15 História da URSS e a Revolução Mexicana.

História B aula 15 História da URSS e a Revolução Mexicana. História B aula 15 História da URSS e a Revolução Mexicana. Para sair da crise: NEP Nova Política Econômica (1921) recuar nas propostas socialistas e adotar algumas medidas capitalistas (estimular novamente

Leia mais

Primeira Fase: Capitalismo Comercial

Primeira Fase: Capitalismo Comercial Capitalismo Primeira Fase: Capitalismo Comercial - Entre o século XVI ao XVIII. -Grandes Navegações e Expansões Marítimas. - Buscar riquezas em outras terras fora da Europa. - A produção de mercadorias

Leia mais

FASES DO CAPITALISMO, REVOLUÇÕES INDUSTRIAIS E A GLOBALIZAÇÃO PROFº CLAUDIO FRANCISCO GALDINO GEOGRAFIA

FASES DO CAPITALISMO, REVOLUÇÕES INDUSTRIAIS E A GLOBALIZAÇÃO PROFº CLAUDIO FRANCISCO GALDINO GEOGRAFIA FASES DO CAPITALISMO, REVOLUÇÕES INDUSTRIAIS E A GLOBALIZAÇÃO PROFº CLAUDIO FRANCISCO GALDINO GEOGRAFIA O QUE CAPITALISMO? É um sistema socioeconômico que regula as relações sociais e a economia da sociedade

Leia mais

1º bimestre 3ª série Contemporânea Revoluções Russas Cap. 42 p Roberson de Oliveira

1º bimestre 3ª série Contemporânea Revoluções Russas Cap. 42 p Roberson de Oliveira 1º bimestre 3ª série Contemporânea Revoluções Russas Cap. 42 p. 404 Roberson de Oliveira 1. As transformações econômicas, sociais e políticas na ordem feudal-czarista Fatores e alguns efeitos: 1. Fatores

Leia mais

A PROSPERIDADE DOS EUA NOS ANOS 20

A PROSPERIDADE DOS EUA NOS ANOS 20 CRISE DE 1929: Ao final da Primeira Guerra, a indústria dos EUA era responsável por quase 50% da produção mundial. O país criou um novo estilo de vida: o american way of life. Esse estilo de vida caracterizavase

Leia mais

Capitalismo x Socialismo. Introdução para o entendimento do mundo bipolar.

Capitalismo x Socialismo. Introdução para o entendimento do mundo bipolar. Capitalismo x Socialismo Introdução para o entendimento do mundo bipolar. Capitalismo Sistema econômico, político e social no qual os agentes econômicos (empresários, burgueses, capitalistas), proprietários

Leia mais

A agricultura portuguesa apresenta uma diversidade significativa em resultado de uma série de fatores físicos e humanos...

A agricultura portuguesa apresenta uma diversidade significativa em resultado de uma série de fatores físicos e humanos... A agricultura portuguesa apresenta uma diversidade significativa em resultado de uma série de fatores físicos e humanos... FATORES CONDICIONANTES DA AGRICULTURA PORTUGUESA Fatores Naturais Clima (Precipitação,

Leia mais

China: Como país se tornou o grande peso da balança comercial do mundo

China: Como país se tornou o grande peso da balança comercial do mundo China: Como país se tornou o grande peso da balança comercial do mundo Se você pensa em trabalhar com comércio exterior, além de falar inglês, é muito provável que no futuro você procure um curso para

Leia mais

O ESPAÇO GEOGRÁFICO MUNDIAL. Profª. Naiane Rocha GEOGRAFIA

O ESPAÇO GEOGRÁFICO MUNDIAL. Profª. Naiane Rocha GEOGRAFIA O ESPAÇO GEOGRÁFICO MUNDIAL Profª. Naiane Rocha GEOGRAFIA DIVISÃO DO ESPAÇO MUNDIAL Quando observamos o mapa-múndi, vemos que quase toda a superfície da Terra está dividida em Estados-Nações, existem no

Leia mais

ESTRUTURA SOCIAL E ECONÔMICA Sociedade: Agrária Elite latifundiária (20%): detinha 80% das terras. Economia: Uma das economias mais atrasadas da

ESTRUTURA SOCIAL E ECONÔMICA Sociedade: Agrária Elite latifundiária (20%): detinha 80% das terras. Economia: Uma das economias mais atrasadas da REVOLUÇÃO RUSSA ESTRUTURA SOCIAL E ECONÔMICA Sociedade: Agrária Elite latifundiária (20%): detinha 80% das terras. Economia: Uma das economias mais atrasadas da Europa. BASE: agro-exportação. 2. POLÍTICA:

Leia mais

1. Agronegócio e as principais cadeias agroindustriais Conceito Quais as diferenças entre agronegócio, agribusiness, cadeia agroindustrial, complexo

1. Agronegócio e as principais cadeias agroindustriais Conceito Quais as diferenças entre agronegócio, agribusiness, cadeia agroindustrial, complexo 1. Agronegócio e as principais cadeias agroindustriais Conceito Quais as diferenças entre agronegócio, agribusiness, cadeia agroindustrial, complexo agroindustrial e sistema agroindustrial Quando surgiu

Leia mais

Fundamentos econômicos da sociedade

Fundamentos econômicos da sociedade Fundamentos econômicos da sociedade Professora: Cristiane Vilela Disciplina: Sociologia Bibliografia: Introdução à Sociologia. Pérsio Santos de Oliveira. Introdução à Sociologia. João Guizzo. Na sociedade

Leia mais

China e seu Sistemas

China e seu Sistemas China e seu Sistemas Em 1949, logo depois da revolução chinesa, a China possuía 540 milhões de habitantes, e se caracterizava por ser predominantemente rural, neste período o timoneiro Mao Tsetung, enfatizava

Leia mais

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 12 A ERA VARGAS: A REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932 E A CARTA DE 1934

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 12 A ERA VARGAS: A REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932 E A CARTA DE 1934 HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 12 A ERA VARGAS: A REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA DE 1932 E A CARTA DE 1934 ixação ) (CESGRANRIO) Durante o Estado Novo, no campo da política salarial, foi introduzida, via ecreto-lei,

Leia mais

China e seu Sistemas

China e seu Sistemas China e seu Sistemas Em 1949, logo depois da revolução chinesa, a China possuía 540 milhões de habitantes, e se caracterizava por ser predominantemente rural, neste período o timoneiro Mao Tsetung, enfatizava

Leia mais

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E INDUSTRIALIZAÇÃO

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E INDUSTRIALIZAÇÃO REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E INDUSTRIALIZAÇÃO ORIGENS DA INDUSTRIALIZAÇÃO A industrialização é baseada numa economia de mercado e numa sociedade de classes. ECONOMIA DE MERCADO (CAPITALISTA) O mercado consiste

Leia mais

Como foi possível chegar a este ponto?

Como foi possível chegar a este ponto? Como foi possível chegar a este ponto? Como se explica que Portugal tenha que recorrer a um resgate financeiro, quando é membro de uma importante união económica e monetária? Terá sido um erro a adopção

Leia mais

CAPÍTULO 3 - AGROPECUÁRIA E AGRONEGÓCIO PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ 7º ANO

CAPÍTULO 3 - AGROPECUÁRIA E AGRONEGÓCIO PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ 7º ANO CAPÍTULO 3 - AGROPECUÁRIA E AGRONEGÓCIO PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ 7º ANO QUEM SÃO OS TRABALHADORES BRASILEIROS E ONDE DESENVOLVEM SUAS ATIVIDADES ECONÔMICAS P. 37 PEA do Brasil: 100 milhões

Leia mais

processo histórico produzido dentro das regras de expansão do próprio sistema delegou

processo histórico produzido dentro das regras de expansão do próprio sistema delegou Subdesenvolvimento O subdesenvolvimento é um processo histórico autônomo, uma outra forma de capitalismo produzido dentro das regras de expansão do próprio sistema, onde as diferenças estruturais são naturais

Leia mais

Pequenas e Médias Empresas no Paraguai. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios

Pequenas e Médias Empresas no Paraguai. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios Pequenas e Médias Empresas no Paraguai Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios No Paraguai, as micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) podem ser classificadas

Leia mais

A ORDEM GEOPOLÍTICA BIPOLAR E.U.A:

A ORDEM GEOPOLÍTICA BIPOLAR E.U.A: A ORDEM GEOPOLÍTICA BIPOLAR E.U.A: Capitalismo U.R.S.S: Socialismo Antecedentes Panorama geopolítico (2ª Guerra Mundial); Choque entre as potências europeias (Inglaterra, França, Alemanha); Formação de

Leia mais

Marx e as Relações de Trabalho

Marx e as Relações de Trabalho Marx e as Relações de Trabalho Marx e as Relações de Trabalho 1. Leia os textos que seguem. O primeiro é de autoria do pensador alemão Karl Marx (1818-1883) e foi publicado pela primeira vez em 1867. O

Leia mais

CHINA QUE PAÍS É ESSE?

CHINA QUE PAÍS É ESSE? CHINA QUE PAÍS É ESSE? O QUE A CHINA TEM PARA SER O PAÍS QUE É? Mão de obra barata e em quantidade Grande disponibilidade de recursos naturais MAIOR POPULAÇÃO MUNDIAL NOME: República Popular da China (RPC)

Leia mais

Revolução Russa AULA 38 PROF. THIAGO

Revolução Russa AULA 38 PROF. THIAGO Revolução Russa AULA 38 PROF. THIAGO Antecedentes Absolutismo (Czar Nicolau II). País mais atrasado da Europa. (85% pop. Rural) Ausência de liberdades individuais. Igreja Ortodoxa monopolizava o ensino

Leia mais

Meio Rural X Meio Agrário:

Meio Rural X Meio Agrário: Introdução Rural X Urbano: Urbano: presença de construções (casas, prédios, comércio, escolas, hospitais, etc.); Rural: presença maior da natureza e atividades agrárias; Meio Rural X Meio Agrário: Rural:

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS

COLÉGIO NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS COLÉGIO NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS 1ª Série-EM Profa. Vanusa Lima disponibiliza atividade de revisão para a prova parcial Querido(a) aluno(a). Língua Portuguesa - Revisão Profa. Vanusa Lima Com o objetivo

Leia mais

TRANSNACIONAIS Origens e evolução H I N O N A C I O N A L D A P R O P A G A N D A

TRANSNACIONAIS Origens e evolução H I N O N A C I O N A L D A P R O P A G A N D A TRANSNACIONAIS Origens e evolução H I N O N A C I O N A L D A P R O P A G A N D A 1 O QUE É DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO >> Forma como a produção e comercialização de bens e serviços se organiza mundialmente,

Leia mais

2º Reinado ( ) A MODERNIZAÇÃO CONSERVADORA. Prof. Maria Auxiliadora

2º Reinado ( ) A MODERNIZAÇÃO CONSERVADORA. Prof. Maria Auxiliadora 2º Reinado (1840-1889) A MODERNIZAÇÃO CONSERVADORA Prof. Maria Auxiliadora A MODERNIZAÇÃO CONSERVADORA Tendências gerais da economia brasileira durante a 2ª metade do século XIX Brasil nação agrícola baseada

Leia mais

História B aula 17 As Revoluções Russas.

História B aula 17 As Revoluções Russas. História B aula 17 As Revoluções Russas. Primeira revolução vitoriosa inspirada no socialismo Antecedentes do processo revolucionário... Características da Rússia na virada do século XIX: -Governada pelo

Leia mais

Formação da Economia Global

Formação da Economia Global Formação da Economia Global *Capitalismo Comercial Séculos XV e XVI Expansão Comercial Renascimento (arte, cultura, filosofia e ciências, século XIII a XVI) Matéria- prima MercanGlismo metais preciosos

Leia mais

SIS ÊNCIA DAS DEMOCRACIAS LIBERAIS

SIS ÊNCIA DAS DEMOCRACIAS LIBERAIS A RESISTÊNCIA DAS DEMOCRACIAS LIBERAIS A ascensão dos regimes totalitários não eliminou os regimes democráticos liberais No início dos anos 30, o economista John Keynes pôs em causa a capacidade de o sistema

Leia mais

ORIGENS DO NAZISMO E ASCENSÃO DE HITLER

ORIGENS DO NAZISMO E ASCENSÃO DE HITLER Pós Primeira Guerra Mundial: economia alemã enfrenta grave crise econômica. valor do marco em relação a um dólar: 1914 4 1920 84 1922 (janeiro) 186 1922 (julho) 401 1923 (janeiro) 7.260 Indústria alemã

Leia mais

REVOLUÇÕES CHINESA, COREANA E CUBANA.

REVOLUÇÕES CHINESA, COREANA E CUBANA. REVOLUÇÕES CHINESA, COREANA E CUBANA. Capitalismo e Socialismo Diferentes sistemas socioeconômicos e políticos O socialismo. MANIFESTO DO PARTIDO COMUNISTA 1848. Período: Consolida-se a partir da Revolução

Leia mais

GUERRA FRIA. Professor Daniel Fonseca

GUERRA FRIA. Professor Daniel Fonseca GUERRA FRIA Professor Daniel Fonseca O que é, afinal, a Guerra Fria O conceito de Guerra Fria vem de algo sem conflito direto, o que seria uma guerra quente como foi a II Guerra. Sendo assim, a Guerra

Leia mais

10/03/2010 CAPITALISMO NEOLIBERALISMO SOCIALISMO

10/03/2010 CAPITALISMO NEOLIBERALISMO SOCIALISMO CAPITALISMO NEOLIBERALISMO SOCIALISMO Uma empresa pode operar simultaneamente em vários países, cada um dentro de um regime econômico diferente. 1 A ética não parece ocupar o papel principal nos sistemas

Leia mais

REGIONALIZAÇÃO DA ÁSIA. DIVISÃO EM CINCO REGIÕES POR CRITÉRIOS DE SEMELHANÇAS CULTURAIS E SOCIAIS. ORIENTE MÉDIO.

REGIONALIZAÇÃO DA ÁSIA. DIVISÃO EM CINCO REGIÕES POR CRITÉRIOS DE SEMELHANÇAS CULTURAIS E SOCIAIS. ORIENTE MÉDIO. REGIONALIZAÇÃO DA ÁSIA. DIVISÃO EM CINCO REGIÕES POR CRITÉRIOS DE SEMELHANÇAS CULTURAIS E SOCIAIS. ORIENTE MÉDIO. ORIENTE MÉDIO. UMA DAS PRIMEIRAS PARTES DA ÁSIA A SEREM OCUPADAS. CHAMA A ATENÇÃO DO MUNDO

Leia mais

História. Guerra Fria. Professor Cássio Albernaz.

História. Guerra Fria. Professor Cássio Albernaz. História Guerra Fria Professor Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br História GUERRA FRIA Introdução - o que foi e definição A Guerra Fria tem início logo após a Segunda Guerra Mundial, pois os

Leia mais

A NECESSIDADE DO ESTUDO DO MARXISMO E DA COMPREENSÃO DA SOCIEDADE

A NECESSIDADE DO ESTUDO DO MARXISMO E DA COMPREENSÃO DA SOCIEDADE EDUCAÇÃO E MARXISMO A NECESSIDADE DO ESTUDO DO MARXISMO E DA COMPREENSÃO DA SOCIEDADE A DOMINAÇÃO DE TEORIAS CONSERVADORAS NA ACADEMIA AS IDÉIAS DOMINANTES DE CADA ÉPOCA SÃO AS IDÉIAS DA CLASSE DOMINANTE

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Perfil de aprendizagem de História 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Das sociedades recolectoras às primeiras civilizações Das sociedades recolectoras às primeiras sociedades produtoras 1. Conhecer o processo

Leia mais

China: a. Professor Zé Soares. potência do século XXI

China: a. Professor Zé Soares. potência do século XXI China: a Professor Zé Soares potência do século XXI China: o país do espetáculo do crescimento e os problemas atuais Desenvolvimento da nova China; Problemas atuais; Olimpíadas de Pequim; A questão do

Leia mais

GEOGRAFIA. Industrialização. Artesanato. Manufatura. Tipos de indústrias. Maquinofatura. Estrativista: Transformação: 28/09/2012. Prof.

GEOGRAFIA. Industrialização. Artesanato. Manufatura. Tipos de indústrias. Maquinofatura. Estrativista: Transformação: 28/09/2012. Prof. GEOGRAFIA Prof. Marcus Industrialização Artesanato Baseia-se no sistema familiar de produção. Produção individual. Figura do artesão. Fontes de energia: Força humana ou tração animal. Manufatura Divisão

Leia mais

A SOCIEDADE SALARIAL EM CRISE: A NOVA QUESTÃO SOCIAL

A SOCIEDADE SALARIAL EM CRISE: A NOVA QUESTÃO SOCIAL A SOCIEDADE SALARIAL EM CRISE: A NOVA QUESTÃO SOCIAL Disciplina: Trabalho, Sociedade e Desigualdades Professor: Francisco E. B. Vargas Instituto de Filosofia, Sociologia e Política IFISP/UFPel - 2013/2

Leia mais

A REDEMOCRATIZAÇÃO DO BRASIL ( )

A REDEMOCRATIZAÇÃO DO BRASIL ( ) A REDEMOCRATIZAÇÃO DO BRASIL (1945--1964) CENÁRIO POLÍTICO BRASILEIRO ENTRE 1945-1964 -Principais partidos políticos: *PSD:Partido Social Democrático.(JK) *UDN:União Democrática Nacional;(Jânio) *PTB:Partido

Leia mais

Revolução Industrial

Revolução Industrial Revolução Industrial A Revolução (evolução) Industrial representou o uso da maquinofatura e a maturidade capitalista, graças à abundância de capitais acumulados e também de mão de obra. 1 Fases tecnológicas

Leia mais

Equipe de geografia: professora Valderez e professores Major Cláudio e Vinícius.

Equipe de geografia: professora Valderez e professores Major Cláudio e Vinícius. 1 Nome: Nº Nota 2 Nome: Nº 3 Nome: Nº 4 Nome: Nº 5 Nome: Nº 6 Nome: Nº Turma: Data: /10/2017 Semana 35, de 02 a 06 de outubro Responda o que se pede: Tigres Asiáticos* *Alusão ao tigre decorre por esse

Leia mais

A REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog:

A REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog: A REVOLUÇÃO RUSSA Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog: www.proftaciusfernandes.wordpress.com RÚSSIA CZARISTA Final do século XIX 170 milhões de pessoas Economia agrária 85% da população vivia no campo camponeses

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA. Monique Bilk História

REVOLUÇÃO RUSSA. Monique Bilk História REVOLUÇÃO RUSSA Monique Bilk História CONTEXTO Rússia Feudal até 1860. (XIX) Monarquia absolutista, teocrática Czarismo. Aristocracia rural. No começo do século XX, a Rússia era um país de economia atrasada

Leia mais

8. PORTUGAL E O MUNDO, DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL AO INÍCIO DA DÉCADA DE 80

8. PORTUGAL E O MUNDO, DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL AO INÍCIO DA DÉCADA DE 80 1.3.1. O rápido crescimento do Japão [país do sol nascente - Nippon] - Final da guerra: administrado pelos EUA até 1952; - Plano Dodge: ajuda financeira e técnica dos EUA ao Japão; - sistema político estável:

Leia mais

Cuba e o socialismo possível

Cuba e o socialismo possível Cuba e o socialismo possível Luiz Carlos Bresser-Pereira Are v o l u ç ã o c u b a n a de 1959 derrubou um ditador corrupto que representava os interesses de uma elite local associada aos Estados Unidos.

Leia mais

Unidade 6: O Leste e o Sudeste Asiático

Unidade 6: O Leste e o Sudeste Asiático Unidade 6: O Leste e o Sudeste Asiático Capítulo 1: Japão - Capítulo 2: China - Capítulo 4: Tigres Asiáticos Apresentação elaborada pelos alunos do 9º Ano D Monte Fuji - Japão Muralha da China Hong Kong

Leia mais