PARÁGRAFO ÚNICO: A sociedade possui filiais nos seguintes endereços:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PARÁGRAFO ÚNICO: A sociedade possui filiais nos seguintes endereços:"

Transcrição

1 Contrlto SUPERMERCADO DEGRAU LTDA CNPJ: GO NIRE: SÔNIA MARCIA ANDRADE, brasileira, casada sob o Regime de Comunhão Universal df:', Bens, cornem:ante, nascida aos 01/10/67 em Governador Valadares./MC, : -esiderte. à Av. José Viana da Silva Apto Bairro Timir im, CEP: , Timoteo/MG, RG M SSPIMG e CPF: e 4 ANDREIA CRISTINA CARVALHO ANDRADE, brasileira, casada sob o Regime de Comunhão Universal de Bens, comerciante, nascida aos 09/05/67 em ipatinga/mg, residente à Av. José Viana da Silva, Apto. 101 Timirirn, CEP: , Timóteo/MG. RG: M SSPIMG e CPF: ; BJB Únicos sócios da sociedade empresária limitada denominada SUPERMERCADO DEGRAU LTDA. inscrita no CNPJ , estabelecida à Av. José Viana da Silva, e 114, Bairro Timirim - CEP: , Timóteo/MG, com Contrato Soda: arquivado na JUCEMG-Junta Comerciai do Estado de Minas Gerais sob c n em 22/12/1998, resolvem alterar o seu Contrato Social, mediante as seguintes ciausulas e condições: I - DA ALTERAÇÃO Fica criada nesta data, a filial situada no endereço Av. Pinheiro, Bairro Distrito Industrial, CEP: , Timóteo/MG. Destaca-se o capital de RS 2.000,00 (dois mil reais) para esta filiai H - CONSOLIDAÇÃO DO CONTRATO SOCIAL Ficzi consolidado o contrato social que passará a vigorar conforme a seguinte redação: PRIMEIRA NATUREZA, DENOMINAÇAO, DURAÇAO SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA, gira sob o nome empresarial de SUPERMERCADO DEGRAU LTDA. com o nome fantasia de BRASIL SUPERMERCADOS, por prazo indeterminado, o- SEGUNDA - SEDE E FILIAIS A sede da sociedade é na Av. José Viana da Silva, 110,112 e 114, Bairro Timirim, CEP: , Timóteo/MG. PARÁGRAFO ÚNICO: A sociedade possui filiais nos seguintes endereços: Filial 01: Situada a Rua José Júlio Lage : n 25 e 27-- Bairro Timinrn, CEP: , Timóteo/MG, com a finalidade de funcionar como Centro de Distribuição-Comércio Atacadista de Produtos Alimentícios, com capital destacado no valor de RS1.000,00(um mil reais): Filial 02: Situada à Av. Jovino Augusto da Silva, Bairro Bromélias, CEP' , Timoteo/MG. com a finalidade de funcionar como loja, com apitai destacado no valer de R$1 000,00(um mil reais) Finai 03: Situada à Av. Pinheiro, Bairro Distrito Industrial, CEP: , Timóteo/MG. com a finalidade de funcionar como loja, com capitai destacado no valor de R$2.000,00(dois mil reais). PREpt 1 :M 4

2 Contrato Sooal Com eoféenao.5* SUPERMERCADO DEGRAU LTDA CNPJ: :729/ NIRE: TERCEIRA: OBJETO SOCIAL O objeto social é Comércio Atacadista e V4reiista de cereais, géneros alimenticios. bebidas. conservas, carnes, hortitrutigranjeiros, uti!idaoes em gera! e demais congéneres. QUARTA: CAPITAL SOCIAL O capita! social é de RS ,00 (quinhentos mil reais) dividido em (quinhentas mil) quotas, de R$ 1,00 (um real) cada, já totalmente integralizadas em moeda corrente do Pais, assim atribuídas aos quotistas: (310 PARTI- SÓCIO QUOTAS VALOR (RS) CIPAÇÃO 1. Sônia Márcia Andrade ,00 50,00 2. Andréia Cristina Carvalho Andrade , TOTAL ,00 100,00 Parágrafo Primeiro: A responsabilidade dos sócios é, na forma do artigo dc Código Civil Brasileiro (Lei de 10/01/2002) restrita ao valor das suas quotas mas todos respondem solidariamente pela integralizacão do capital socia:. Parágrafo Segundo: As quotas são indivisíveis e não poderão ser cedidas ou transferidas a terceiros sem o consentimento do outro sócio, a quem fica assegurado, em igualdade de condições e preço, direito de preferência para a sua aquisição, se postas à venda, formalizando, se realizada a cessão delas, a alteração' contratual pertinente. QUINTA: ADMINISTRADOR NÃO SÓCIO A, sociedade poderá ser administrada por pessoa não sócia. 'SEXTA: ADMINISTRAÇÃO As socas Sorila Mar5-a Andrade e Andréia Cristina Carvalho Andrade nomeiam e constituem, para fins de administração a ser exercida por tempo indeterminado, CLEBER JOSÉ DE ALVARENGA ANDRADE, brasileiro, casado sob regime comunhão universal de bens, comerciante, nascido aos 16/ , residente e domiciliado à Av. José Viana da Silva, apto Bairro Timirim, CEP: , Timóteo/MG, RG. M SSP/MG. CPF: e CARLA DINEY DE ALVARENGA ANDRADE. brasileira, separada judicialmente. contadora, nascida aos 29/07/1975, RG: M SSP/Fv1C-, residente e domiciliada à Av. José Viana da Silva 108 Apto Bairro Timirim. CEP: Timóteo/MG, CPF , os quais farão uso do nome empresarial de forma isolada em todos e quaisquer documentos, ficando porém vedado o uso da mesma para fins alheios aos interesses sociais, tais como: avais, endossos, fianças e cauções. Parágrafo Primeiro: Os sócios poderão, de comum acordo, fixar uma retirada mensal. a título de pró labore, observadas as disposições regulamentares pertinentes. Ne. Parágrafo Segundo: Fica facultado aos sócios, atuando em conjunto, nomear procuradores da sociedade, para um período determinado que nunca poderá exceder a um ano, devendo o instrumento de procuração especificar os atos a serem outorgados N, 2 ne

3 Con:rato Soem Conamidaçie-6' SUPERMERCADO DEGRAU LTDA CNP-i: NIRE: SÉTIMA: EXERCICIO SOCIAL Ao término de cada exercício sueial_ em 31 de dezembro, a administração prestará contas justificadas de seus atos, procedendo a elaboração do inventário, do balanço patrimonial e do balanço de resultado econernic.o. Os lucros ou prejuízos apurados serão distribuídos, na proporção da participação no Capital Soda!, salvo se, por deliberação dos sócios, fixar a distribuição diferenciada dos resultados Parágrafo Único : A empresa levantará balancete mensal, para apuração dos vaiores a distribuir aos sócios_ OITAVA: FALECIMENTO, FALÊNCIA, OU INTERDIÇÃO DE SÓCIO No caso de falecimento, falência ou interdição de qualquer um dos sócios, a sociedade continuará suas atividades com os herdeiros, sucessores e o incapaz. Não sendo possível ou inexistindo interesse destes ou dos sócios remanescentes, o valor de seus haveres será apurado e liquidado com base na situação patrimonial da sociedade, à data àa resolução, verificada em balanço especialmente levantado. Parágrafo Único O mesmo procedimento será adotado em outros casos em que a sociedade se resolva em relação a seu sócio. NONA: EXCLUSÃO DE SÓCIO A maioria representativa de mais da metade do capital social, poderá excluir por justa causa, mediante alteração do contrato social, o sócio que estiver pondo em risco a contineidade da empresa em virtude de atos de inegável gravidade. Parágrafo Primeiro: A exclusão de que trata esta cláusula será determinada em reunião dos sócios-quotistas convocada para essa finalidade, devendo o acusado ser notificado por escrito com antecedência mínima de 30 (trinta) dias, para que o mesmo possa comparecer à reunião e exercer o seu direito de defesa, sob pena de revelia Parágrafo Segundo: O valor da quota do sócio porventura excluído, considerada pelo-montante efetivamente realizado, será paga ao mesmo em dinheiro dentro do prazo convencionado na reunião que o excluiu, com base na situação patrimonial da sociedade à data da reunião, verificada em balanço especialmente levantado no prazo máximo de 30 (trinta) dias, contados da data da referida reunião. ' /Parágrafo Terceiro: Os sócios remanescentes poderão optar pelo suprimento da uota do\exciuicio ou pela redução do capital social, conforme a deliberação da orla ná mesma reunião em que for decidida a exclusão_ DECIMA: DELIBERAÇÃO DOS SOCIOS As deliberações relativas á aprovação das contas dos aarninistradores, aumento/redução do capital, designação/destituição de administradores, modo de remuneração, pedido de concordata, distribuição de lucros, alteração contratual, fusão, cisãq, incorporação, e outros assuntos relevantes para a sociedade, serão definidas em reunião de sócios. Parágrafo Primeiro: A reunião dos sócios será realizada em qualquer época, mediante convocação dos administradores ou sócios. Parágrafo Segundo: As deliberações serão aprovadas por salvo nos casos em que a legislação exigir maior "queruln. do capita! social, P11)/21.1 3,Wee 4

4 Cont, a to Saatat COnsofiCaçlso.V. SUPERMERCADO DEGRAU LTDA C NPJ: NIRE: Parágrafo Terceiro: A reunião de sócios a que alude o caput poderá ser substituida por documento que explicita a deliberação adotada, assinado pela otaiidade dos sócios e arquivado no órgão competente. DÉCIMA-PRIMEIRA: ABERTURA DE FILIAL A sociedade poderá a qualquer tempo, abrir ou fechar filial ou outra dependência, mediante alteração contratual assinada por todos os sócios. DÉCIMA-SEGUNDA: DESIMPEDIMENTOS Os sócios e administradores declaram, sob as penas da lei, de que não estão impedidos de exercer a acirninistracão da sociedade, por le especial, ou em virtude de condenação criminal ou por se encontrarem sob os efeitos dela, a pena que vede, ainda que temporariamente, o acesso a cargos públicos; ou por crime falimentar, de prevaricação, peita ou suborno, concussão, peculato, ou contra a economia popular, contra o sistema financeiro nacional, contra normas de defesa da concorrência, contra as relações de consumo, te pública, ou a propriedade_ DÉCIMA-TERCEIRA: LIQUIDAÇÃO A sociedade entrará em liquidação nos casos previstos em lei, cabendo aos quotistas a nomeação de um liquidante, mesmo aue estranho à sociedade_ DÉCIMA-QUARTA: FORO Fica eleito o foro de Timóteo/MG para o exercido e o cumprimento dos direitos e obrigações resultantes deste contrato DÉCIMA-QUINTA: DEMAIS CLÁUSULAS Ficam revogadas todas as demais cláusulas constantes do Contrato Social inicial e demais alterações contratuais. E, por estarem justos e contratados, assinam o presente em 03(três) vias de igual teor e forma para efeito de direito, para fins de registro junto aos órgãos legais e competentes. Timóteo, 10 de Agosto de 2009 *órlia Marcia Andrade Andréia Cristina Carvalho Andrade Ciebe.,...1osé de Alvarenga:Andrade Carla Diney de Álvarenga Andrade.r JUNTC. COMERCIAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS tlt; ' 1- CERT tfte0 O REGISTRO SOB O NRO 41 B7352 PROTOCOLO: DATA 31108/ ERMERCADO DEGItAu l OISt ~M am ra. atattanálka Caaat PAPOS 4 Ce

5 ., n ro N

6 RESENDE ADVOCACIA Pedra e/r/tei/ta, de Remede OAB-MG Av. Acesita, Primavera - Timóteo/MG - CEP: Tel.: (31) / Fax: (31) EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO JUIZADO ESPECIAL CIVEL DA COMARCA DE TIMÓTEO/MG. Processo n MIRIAN EDUARDO DE SOUZA, já qualificada nos autos do processo em epígrafe, vem respeitosamente perante Vossa excelência REQUERER a JUNTADA DO ROL DE TESTEMUNHAS em virtude de AIJ designada para o dia 18/04/2011, às 16:30 : 1) ANA BREDER DA SILVA, Av. Ana Moura, n 4981, Ana Moura, Timóeto- MG. CEP: ) MARJORI MARCELA CAMPOS SILVA, Rua Rosa, 271, Primavera, Timóteo-MG. CEP: Nestes termos, Pede deferimento. IlidgV/TO S4I RJ Timóteo, 01 de abril de 2011 gièt es, Priscila triwi rtasceno Morais OAB/MG

7 CERTIDÃO Cert:fiço que expedi MANDADO(S) 4, 4 Servidor: Sf, rvidr.nr, JUNTADA L junto aos autos f. (ff.) 7-

8 SFDC-133 JUIZADO ESPECIAL DE TIMÓTEO FÓRUM LOCAL - JESP CIVEL/CRIME PÇ 01.1MP1CA, 65 - FUNCIONARIOS - CEP: "Fel: MANDADO - INTIMAÇÃO AUDIÊNCIA DE INSTRUÇÃO E JULGAMENTO - DE TESTEMUNHAS PROCESSO: PROCEDIMENTO JESP CIVEL - MANDADO: Distribuição em 31/01/ Secretaria: JESP CÍVEL AUTOR: MIRIAN EDUARDO DE SOUZA RÉU : SUPERMERCADO DEGRAU LTDA Pessoa a ser intimada: ANA BREDER DA SILVA Endereço: AV ANA MOURA, Fone: ANA MOURA - CEP: TIMÓTEO/MG Peça(s) que integra(m) este Mandado: e nada mais. r- O(A) MM(a). Juiz(a) de Direito em exercício neste Juizado, na forma da Lei, manda que o(a) Oficial(a) de Justiça Avaliador(a) proceda, com as cautelas legais, podendo, caso se faça absolutamente necessário, realizar a diligência na forma prevista no art.172, 2, do CPC combinado com o art.12 da Lei 9.099/95, à INTIMAÇAO da pessoa acima identificada, no endereço supra indicado, para comparecer à INSTRUÇAO/JULGAMENTO para o dia 18/04/2011 'às 16:30 horas, neste Juizado, a fim de prestar depoimento como testemunha. Conforme previsão legal, a testemunha que deixa de comparecer, sem motivo justificado, pode ser conduzida, respondendo pelo pagamento das despesas do adiamento da audiência a que der causa. Cumpra-se. TIMÓTEO, 06 d bril de Escrivã(o) Judicial: O ALBUQUERQUE PEREIRA por ordem do(a.g Juiz(a) de Direito OW 0310W11 -ds31 Ciente: X.Ki\ AURENCIA DE INSTJ UÇÃ /ULGA ENTO, 18/ :30 HS. NSJ ) C Ao comparecer em Juízo, esteja trajando vestimenta adequada ao ambiente forense. Nome do Oficial que deverá se identificar com sua Carteira Funcional: Mandado: 3 MEYRIELLEN CASTELANO PRADO FELICIANO ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIÁ REGIÃO: 18 - REGIÃO RURAL 9 KM Certidão: Li Verso n Anexa O HORÁRIO DE ATENDIMENTO ÀS PARTES NAS SECRETARIAS DE JUIZO É DE 08:00 ÀS 18:00 HORAS

9 r.r 1-""tk A ("t em cumpwrientz.) TL.ipre5.ierde rrii.;.rsdac!o, me dirigi a, edere.;:o ne!e indicadd e,... de todo o mzindado, o qual berra Cie' iicou ex:::: - ;:i:rido nota de ci;;;;icia e recebendo (:j - O ret. ido :á Timóteo J.] a de S.. ef4zra itteimeire (Ifttial de Atatka Avatrado,

10 SFDC- 133 JUIZADO ESPECIAL DE TIMÓTEO FÓRUM LOCAL - JESP CÍVEL/CRIME PÇ OLÍMPICA, 65 - FUNCIONÁRIOS - CEP: Tel: MANDADO - INTIMAÇÃO AUDIÊNCIA DE INSTRUÇÃO E JULGAMENTO - DE TESTEMUNHAS PROCESSO: PROCEDIMENTO JESP CIVEL - MANDADO: Distribuição em 31/01/ Secretaria: JESP CÍVEL AUTOR: MIRIAN EDUARDO DE SOUZA RÉU : SUPERMERCADO DEGRAU LTDA Pessoa a ser intimada: MARJORI MARCELA CAMPOS SILVA Endereço: R ROSA, Fone: PRIMAVERA - CEP: TIMÓTEO/MG Peça(s) que integra(m) este Mandado: e nada mais. 0(A) MM(a). Juiz(a) de Direito em exercício neste Juizado, na forma da Lei, manda que o(a) Oficial(a) de Justiça Avaliador(a) proceda, com as cautelas legais, rpodendo, caso se faça absolutamente necessário, realizar a diligência na forma prevista no art.172, 2, do CPC combinado com o art.12 da Lei 9.099/95, à INTIMAÇÃO da pessoa acima identificada, no endereço supra indicado, para comparecer à INSTRUÇÃO/JULGAMENTO para o dia 18/04/2011 às 16:30 horas, neste Juizado, a fim de prestar depoimento como testemunha. Conforme previsão legal, a testemunha que deixa de comparecer, sem motivo justificado, pode ser conduzida, respondendo pelo pagamento das despesas do adiamento da audiência a que der causa. Cumpra-se. Fr; c., TIMÓTEO, 06 d ril de Escrivã(o) Judicial: por ordem do(a O ALBUQUERQUE PEREIRA uiz(a) de Direito AUDIÊNCIA DE INSTRUÇÃO/JULGAMENT*, 18/04/ :30 HS. # ' 1 Ciente: I 1 I. IIT Ao co o - re I r e,.uízo, esteja trajando vestimenta adequada ao ambiente forense. Nome do Oficial que deverá se identificar com sua Carteira Funcional: Mandado: 4 RAQUEL SILVA RODRIGUES ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA REGIÃO: 5 - REGIÃO CINCO Certidão: Verso Anexa O HORÁRIO DE ATENDIMENTO ÀS PARTES NAS SECRETARIAS DE Juízo É DE 08:00 ÀS 18:00 HORAS

11 Poder Judiciário do Estado de Minas Gerais Justiça de Primeira Instância JUIZADO ESPECIAL DA COMARCA DE TIMÓTEO - MINAS GERAIS TERMO DE AUDIÊNCIA DE INSTRUÇÃO E JULGAMENTO PROCESSO n PARTE AUTORA: Mirian Eduardo de Souza PARTE RÉ: Supermercado Degrau Ltda NATUREZA: Reparação de danos Aos 18 dias do mês de abril do ano 2011, às 16:30 horas, na sala de audiências do Juizado Especial, presente o Doutor Armando Ghedini Neto, MM. Juiz de Direito em exercício no Juizado Especial. Apregoadas as partes, presente a parte autora, acompanhada pelo advogado Priscila Cristina Damasceno Morais, OAB/MG Presente a parte ré, representada pela sóciaproprietária Andréia Cristina Carvalho Andrade, acompanhado pelo advogado Doutor Vani de Freitas Medeiros, OAB/MG Aberta a audiência, e reiterada a proposta de conciliação, restou infrutífera a tentativa de composição amigável. Foi ouvida a testemunha da parte autora Marjorie, conforme termo apartado. Foi ouvida a testemunha da parte ré Juscelina, conforme termo apartado. A testemunha da parte ré Adriano teve sua oitiva indeferida pelo MM. Juiz. As partes dispensaram a produção de outras provas. O MM. Juiz determinou a conclusão dos autos para sentença. Nada mais. Eu,, Tatiana Costa Assis Oliveira, Oficial de Apoio Judicial, digitei e subscrevi. do(a) da parte autora: Parte rei 4-veciá, Advogado(a a parte ré:

12 Poder Judiciário do Estado de Minas Gerais Justiça de Primeira Instância JUIZADO ESPECIAL DA COMARCA DE TIMÓTEO - MINAS GERAIS TERMO DE DEPOIMENTO DA TESTEMUNHA DA PARTE AUTORA Nome: MARJORIE MARCELA CAMPOS SILVA Nacionalidade: Brasileira Naturalidade: Timóteo Profissão:Do lar Estado civil: solteira Data de nascimento: 15/10/1987 Filiação: José Francisco Campos e Helena Maria Campos Endereço: Rua Rosa, no Primavera - Timóteo Aos costumes disse nada. Testemunha compromissada na forma da lei. Inquirida, às perguntas respondeu: que estava presente dentro do supermercado quando os fatos aconteceram; que estava a uns dois caixas do caixa em que a autora estava quando viu algumas pessoas comentando que existia uma "pessoa roubando"; que olhou na direção que tais pessoas também olhavam e viu a autora; que posteriormente viu uma pessoa do supermercado dizer que um produto não havia passado e que a autora estava roubando; que tal pessoa estava em uma parte em cima do supermercado; que a autora lhe disse que havia pago pelo produto; que encontrou com a autora dias depois dos fatos e se ofereceu para ser testemunha; que funcionário do supermercado falou em alto tom, tendo as pessoas presentes ouvido o que tinha acontecido.. Dada a palavra ao procurador da parte autora, às perguntas respondeu: não sabe dizer se foi a dona do supermercado quem acusou a autora. Dada a palavra ao procurador da parte ré, às perguntas respondeu: que não conhece a sócia-proprietária do réu aqui presente; que a autora não lhe prometeu nada caso ganhasse a ação. Nada mais. Eu,, Tatiana Costa Assis Oliveira, Oficial de Apoio Judicial, digitei e subscrevi. dvogado(a) da parte autora: Advogado da parte ré:

13 z Poder Judiciário do Estado de Minas Gerais Justiça de Primeira Instância JUIZADO ESPECIAL DA COMARCA DE TIMÓTEO - MINAS GERAIS TERMO DE DEPOIMENTO DA TESTEMUNHA DA PARTE RÉ Nome: ADRIANO DIAS DA SILVA Nacionalidade: Brasileira Naturalidade: Timóteo Profissão: Operador de caixa Estado civil: solteiro Data de nascimento: 23/6/1986 Filiação: Orlindo Dias da Silva e Maria Aparecida Silva Endereço: Rua Quintiliano Pereira, n 42- Centro - Coronel Fabriciano Aos costumes disse que pode ser punido se por acaso falar algo contra o supermercado, motivo pelo a testemunha não foi compromissada e sequer ouvida. Nadu mais. Eu,, Tatiana Costa Assis Oliveira, Oficial de Apoio Judicial, digitei e subscrevi. GYNed\n\ "e 13 "1-- O JUIZ de Juiz Depoente e, C4 ACivO gado(aa ) d parte autora: Advogado(a) d arte ré:

14 L Poder Judiciário do Estado de Minas Gerais Justiça de Primeira Instância JUIZADO ESPECIAL DA COMARCA DE TIMÓTEO - MINAS GERAIS TERMO DE DEPOIMENTO DA TESTEMUNHA DA PARTE RÉ Nome: JUSCELINA BARBOSA SILVEIRA Nacionalidade: Brasileira Naturalidade: Ponte Nova Profissão: recepcionista Estado civil: Casada Data de nascimento: 1/11/1980 Filiação: Dionísio da Silveira Neto e Divina da Costa Silveira Endereço: Rua Gardênia, no 56 - Primavera - Timóteo Aos costumes disse nada. Testemunha compromissada na forma da lei. Inquirida às perguntas respondeu: que estava presente no supermercado quando ocorreu a confusão envolvendo a autora; que na hora só ouviu as gritarias da autora; que segundo o caixa Adriano a proprietária do supermercado havia lhe cumprimentado; que nesse momento a autora começou a fazer escândalo dizendo que a proprietária estava afirmando que a autora estaria furtando; que a autora foi para os fundos da loja e começou a chamar outros clientes; não sabe se Adriano cumprimentou a sócia-proprietária do réu presente nesta audiência; não sabe dizer se a pessoa que cumprimentou Adriano afirmou que a autora estaria furtando; que normalmente não se grita para todos ouvirem quando algum cliente esta furtando ou quando deixou de passar algum produto; que muitas vezes o cliente esquece de passar o produto, ocasião em que os funcionários lhe falam em particular. Dada a palavra ao procurador da parte ré, as perguntas respondeu: que trabalha próximo ao primeiro caixa, assentada na mesa mostrada nas fotografias juntadas nesta oportunidade; que estava em seu local de trabalho quando os fatos aconteceram; que a autora estava no caixa perto do local de trabalho da depoente; que a pessoa que cumprimentou Adriano estava no segundo piso do supermercado conforme fotografias juntadas nesta assentada; que os fatos se deram bem no final do expediente quando não existia quase ninguém; que do local em que se encontrava era possível ouvir se Andréia tivesse dito algo; que a autora estava de costas para Andréia (funcionária do supermercado); que não conhece a testemunha da autora presente na audiência. Dada a palavra ao procurador da parte autora, as perguntas respondeu: não viu se Andréia perguntou ao caixa de a autora tinha pago a mercadoria; que o caixa continuou trabalhando mesmo após os fatos; que não viu o funcionário do réu gritar tendo percebido os fatos após a gritaria da autora. Nada mais. Eu, Costa Assis Oliveira, Oficial de Apoio Judicial, digitei e subscrevi., Tatiana Juizr\ De c e feito r6 lvl~ \Asivogado(a) da parte autora: Advogado(a a parte ré:

15 32

16

17 Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais Autos n.: Autor: Miriam Eduardo de Souza. Réu: Supermercado Degrau Ltda.. Ação: Indenização. SENTENÇA I - RELATÓRIO Dispensado o relatório, nos termos do art. 38, da Lei 9.099, de 1995, passa-se a fazer um breve resumo dos fatos. Miriam Eduardo de Souza ajuizou INDENIZAÇÃO em face de Supermercado Degrau Ltda. Nas audiências realizadas não foi obtida a conciliação (f. 17 e 28). O Réu apresentou contestação e pedido contraposto (f. 18/19). Decido. II - FUNDAMENTAÇÃO Estão presentes os pressupostos processuais e as condições da ação. Inexistindo preliminares a serem apreciadas e não se vislumbrando a presença de irregularidades ou de nulidades a serem sanadas na presente fase processual, passa-se ao exame do mérito. O art. 186 do Código Civil, que dispõe que aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou imprudência, violar direito e causar dano a outrem, ainda que exclusivamente moral, comete ato ilícito. Nos casos de responsabilidade civil decorrente de ato ilícito, o ordenamento jurídico brasileiro adotou, como regra, a responsabilidade subjetiva. Nesse sistema de responsabilidade civil o lesado deve provar a conduta positiva ou omissiva do agente, a existência do dano, do nexo de causalidade entre o fato e o dano e a culpa lato sensu (dolo, negligência, imprudência e imperícia). A culpa consiste na violação de um dever de cuidado, cuja observância evitaria um resultado ilícito, não desejado pelo agente. Autos n.: Autor: Miriam E u9d de Souza Réu: Supermercado pe rau Ltda.

18 Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais Negligência é caracteriza-se pela omissão, pela inobservância das normas que obrigam as pessoas a agir com atenção e discernimento. Imprudência é a atuação sem a cautela necessária à prática daquele ato. Por fim a imperícia é a ausência de conhecimentos para a prática de um ato. Feitas estas considerações, passa-se à análise dos requisitos da responsabilidade civil. No caso em análise, a testemunha Majoreie Marcela Campos Silva (f.29) informou que estava dentro do supermercado quando os fatos aconteceram. Segundo ela, viu algumas pessoas comentando que a Autora estava furtando dentro do supermercado e que um funcionário do supermercado falou em alto tom que um produto não havia passado e que a Autora estaria furtando. Em sentido diametralmente oposto foram as declarações de Juscelina Barbosa Silveira (f. 31). Referida testemunha disse que também estava presente no supermercado quando ocorreu a confusão, tendo ouvido na hora apenas as gritarias da Autora, que foi para o fundo da loja e começou a chamar outros clientes. Esclareceu que normalmente não se grita para todos ouvirem quando algum cliente esta furtando ou quando deixou de passar algum produtos, sendo chamado em particular e informado o fato. A Sr. Juscelina trabalha próximo ao caixa em que os fatos ocorreram. Desse local, de acordo com ela, seria possível ouvir se a funcionária do Réu tivesse dito algo. Por fim, destacou que não ouviu a funcionária do Réu gritar, tendo percebido os fatos após a algazarra da Autora. Estes depoimentos podem levar a crer que não seria possível precisar se efetivamente houve a acusação de furto. Todavia, é oportuno ressaltar que embora exista uma aparente contradição entre as diversas declarações colhidas, deve-se levar em consideração as impressões pessoais do Magistrado feitas no momento da colhida dos depoimentos, tais como gestos, olhares e segurança nos dizeres. Por isso, considera-se os dizeres da Sra. Juscelina, mesmo porque sabese que o normal é, em suspeitas de furtos ou esquecimentos na hora de passar no caixa, chamar o cliente em particular e lhe contar tal fato, sem alarde e de forma discreta, e não sair gritando para todos ouvirem. Ante tais fundamentos, o pedido deve ser julgado improcedente. Autos n.: Autor: Miriam Eduardo d ouz Réu: Supermercado De Lt

19 L. Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais III CONCLUSÃO Ante o exposto, considerando que não ficou demonstrada a prática de nenhum ato ilícito, e nos termos do art. 186, do Código Civil JULGO IMPROCEDENTE O PEDIDO formulado nesta AÇÃO DE INDENIZAÇÃO. Como decorrência desta decisão, JULGO O PROCESSO COM RESOLUÇÃO DO MÉRITO, com fulcro no art. 269, I, do Código de Processo Civil Sem custas nem honorários, nos termos do art. 55, da Lei n.: 9.099, de Defiro à Autora os benefícios da assistência judiciária gratuita. P. R. I. Timóteo/MG, 28 de abril de ri/11-15ãràwdai Neto Juiz de Dir D A rr A 4s 4 _... recebi estes autoe. B C A (. 1. A O Certifico que faço na Secretaria a pu Is! icznkl ::ocisã"'r,eatpr;r,:? creterida naçz;) V3 o2011 Autos n.: Autor: Miriam Eduardo de Souza Réu: Supermercado Degrau Ltda.

20 CERTIDA,,, Certifico que o(a). 014 ostamuvvvp 3/T1 foi digitado ern_bn/ / tt para publicação no Diário do Judiciário do dia_ /5 / ficando o(s) procurador(es) do (0) autor (0) réu devidamente intimado(s). Timóteo, 62(6 de Servidor:_ de 20 f Aos_ j(4 Servidor, 11) _A., f. (ff.' aos autos

21 L Poder Judiciário do Estado de Minas Gerais Juizado Especial Cível Praça Olímpica, 65 - Bairro Funcionários - TimóteolMG - CEP: PETIÇÃO CÍVEL Processo n MM Juiz, compareceu o (a) para informar ou requerer o seguinte: O prosseguimento do feito. A extinção pela quitação. A atualização clo débito com a execução da sentença de ff. fi 1.9 O desentranhamento do(s) documento(s) de ff. -.Z. A Adjudicação do bem penhorado à ff. --I,-. ' Que o bem penhorado à ff. seja levado a Hasta pública. --4 A juntada do DJO, em anexo. A juntada do Comprovante de Pagamento, em anexo. A desistência do pedido, pelo seguinte motivo: (y) Aptor(a) 'red,fit~ ( ) Réu, nesta Secretaria ri c.,. i c-, ( ) A suspensão do feito pelo prazo de dias para ( ) Propor que o débito seja quitado nas seguintes condições: ff) -1 0:1-23 h.) ( ). Arrolar as seguintes testemunhas, que deverão ser intimadas: O.% ( ) Indicar o(s) seguinte(s) bem(ns) à Penhora: ( ) Seja bloqueado eventuais contas-correntes ou aplicações financeiras em nome da parte executada, até o valor atualizado do débito, através do BACENJUD. ( ) Seja bloqueado eventuais veículos em nome da parte executada, até o valor atualizado do débito, através do RENAJUD. ( ) A alteração do endereço do (a) ( ) Autor ) Réu: (4) Timóteo, 02 / 5 /2011 Serventuário: Parte: _yrilawiiprefi palpt

22 VALIDA EM TODO O TERRITÓRIO NACIONAL = 4"MG =40/04/2004 MARJORY MARCELLA CAMPOS E SILVA FuLAÇÃO JOSE FRANCISCO CAMPOS HELENA MARIA CAMPOS NATURALIDADE DATA DE NASCIMENTO TIMOTEO MG 15/10/1987 ocomcu,nasc. LV-61 FL-47V TIMOTEO MG CCE PII-1271 '-'4AAWNSANNYONXIRAÚNA 1.VIA t

INSTRUMENTO PARTICULAR DE ALTERAÇÃO E CONTRATUAL DE UMA SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA NOME DA EMPRESA. CNPJ...

INSTRUMENTO PARTICULAR DE ALTERAÇÃO E CONTRATUAL DE UMA SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA NOME DA EMPRESA. CNPJ... INSTRUMENTO PARTICULAR DE ALTERAÇÃO E CONTRATUAL DE UMA SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA NOME DA EMPRESA. CNPJ... Por este instrumento particular e na melhor forma de direito, FULANO DE TAL, brasileiro, natural

Leia mais

TERCEIRA ALTERAÇÃO CONTRATUAL DA SOCIEDADE: AVANTI EVENTOS LTDA CNPJ/MF N.º 05.565.240/0001-57 NIRE 412.0497127-0 folha 1 de 6

TERCEIRA ALTERAÇÃO CONTRATUAL DA SOCIEDADE: AVANTI EVENTOS LTDA CNPJ/MF N.º 05.565.240/0001-57 NIRE 412.0497127-0 folha 1 de 6 folha 1 de 6 Os abaixo identificados e qualificados: 1) MARILIA SANTOS MAIA, brasileira, viúva, empresária, inscrita no CPF/MF sob n o 605.877.769-00, portadora da carteira de identidade RG nº. 874.820-0

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE ALTERAÇÃO CONTRATUAL DE UMA SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA NOME DA EMPRESA LTDA (ME/EPP)??? CNPJ

INSTRUMENTO PARTICULAR DE ALTERAÇÃO CONTRATUAL DE UMA SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA NOME DA EMPRESA LTDA (ME/EPP)??? CNPJ INSTRUMENTO PARTICULAR DE ALTERAÇÃO CONTRATUAL DE UMA SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA NOME DA EMPRESA LTDA (ME/EPP)??? CNPJ, brasileiro, maior, casado sob o regime de comunhão ------- -------de bens, empresário,

Leia mais

CONTRATO SOCIAL DA SOCIEDADE DE ADVOGADOS

CONTRATO SOCIAL DA SOCIEDADE DE ADVOGADOS CONTRATO SOCIAL DA SOCIEDADE DE ADVOGADOS -------------------------------- [Nota: os instrumentos de alteração contratual devem contem o número de registro da sociedade no CNPJ e o número de inscrição

Leia mais

CONTRATO SOCIAL COMO INSTRUMENTO DE CONSTITUIÇÃO DAS SOCIEDADES LIMITADAS

CONTRATO SOCIAL COMO INSTRUMENTO DE CONSTITUIÇÃO DAS SOCIEDADES LIMITADAS CONTRATO SOCIAL COMO INSTRUMENTO DE CONSTITUIÇÃO DAS SOCIEDADES LIMITADAS RENÊ GABRIEL JUNIOR Graduando do Centro Universitário São Camilo - ES INTRODUÇÃO O presente trabalho busca apresentar o contrato

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DA SOCIEDADE LIMITADA EMPRESA 1

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DA SOCIEDADE LIMITADA EMPRESA 1 INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DA SOCIEDADE LIMITADA EMPRESA 1 Pelo presente instrumento particular, atendendo as formalidades legais, SÓCIA 2; SÓCIO 2, resolvem constituir uma sociedade limitada,

Leia mais

MODELO BÁSICO DE CONTRATO SOCIAL SOCIEDADE SIMPLES PURA OU LIMITADA CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO DE:

MODELO BÁSICO DE CONTRATO SOCIAL SOCIEDADE SIMPLES PURA OU LIMITADA CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO DE: MODELO BÁSICO DE CONTRATO SOCIAL SOCIEDADE SIMPLES PURA OU LIMITADA CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO DE: 1. FULANO DE TAL, nacionalidade, naturalidade, estado civil (se casado indicar o regime de bens), categoria

Leia mais

Além das cláusulas estipuladas pelos sócios, o Contrato Social mencionará no mínimo as informações abaixo (Cláusulas obrigatórias):

Além das cláusulas estipuladas pelos sócios, o Contrato Social mencionará no mínimo as informações abaixo (Cláusulas obrigatórias): Sociedades Limitadas: Modelo de Contrato Social Resumo: Apresentamos neste espaço um Modelo de Contrato Social de Sociedade por Quotas de Responsabilidade Limitada (ou, simplesmente Sociedade Limitada),

Leia mais

TAL & TAL CONSULTORES LTDA CNPJ/MF nº 00.000.000./0001-00 PRIMEIRA ALTERAÇÃO CONTRATUAL

TAL & TAL CONSULTORES LTDA CNPJ/MF nº 00.000.000./0001-00 PRIMEIRA ALTERAÇÃO CONTRATUAL TAL & TAL CONSULTORES LTDA CNPJ/MF nº 00.000.000./0001-00 PRIMEIRA ALTERAÇÃO CONTRATUAL Fulano de Tal, brasileiro, casado, advogado, inscrito na OAB/PR sob o nº 00.000, residente e domiciliado na Av....

Leia mais

ferramenta: MODELO DE CONTRATO SOCIAL

ferramenta: MODELO DE CONTRATO SOCIAL INDICADO PARA empreendedores que pretendem constituir uma sociedade e não se enquadram nos critérios aplicáveis aos Empreendedores Individuais (EI) - leia mais abaixo. SERVE PARA formalizar uma sociedade

Leia mais

[Nota: os instrumentos de alteração contratual devem conter o número de registro da sociedade no CNPJ e o número de inscrição da sociedade na OAB/ES]

[Nota: os instrumentos de alteração contratual devem conter o número de registro da sociedade no CNPJ e o número de inscrição da sociedade na OAB/ES] ... ª ALTERAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DO CONTRATO SOCIAL DA SOCIEDADE DE ADVOGADOS...(nome da Sociedade)... [Nota: os instrumentos de alteração contratual devem conter o número de registro da sociedade no CNPJ

Leia mais

o~ '.., o. INSTRUMENTO PARTICULAR DE ALTERAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DE SOCIEDADE EMPRESARIA L TOA.. : TECNOGERA- LOCAÇÃO E TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA LTDA o CNPJ: 08.100.057/0001-74 NIRE: 35224255273 SESSÃO DE

Leia mais

MODELO CONTRATO CONSTITUTIVO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS

MODELO CONTRATO CONSTITUTIVO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS MODELO CONTRATO CONSTITUTIVO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS NOME DO ADVOGADO, brasileiro, divorciado, advogado, inscrito na OAB/BA sob n ------, CPF.: -----------------------, residente e domiciliado nesta

Leia mais

Orientações sobre Transformação

Orientações sobre Transformação Orientações sobre Transformação Informações organizadas por: Eber Cordeiro Subgerente de Registro/JUCEES Grazielli Bonomo Analista de Registro Empresarial Janeiro/20 ª Revisão - Agosto/204 2ª revisão Junho/205

Leia mais

MODELO DE MINUTA CONTRATO SOCIAL DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS (RAZÃO SOCIAL ADOTADA)

MODELO DE MINUTA CONTRATO SOCIAL DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS (RAZÃO SOCIAL ADOTADA) MODELO DE MINUTA CONTRATO SOCIAL DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS (RAZÃO SOCIAL ADOTADA) Pelo presente instrumento particular de constituição de sociedade de advogados comparecem as partes a seguir denominadas:

Leia mais

IPERCO CLINÍCA ODONTOLÓGICA S/S LTDA CNPJ nº. 05.607.147/0001-68 SEXTA ALTERAÇÃO CONTRATUAL

IPERCO CLINÍCA ODONTOLÓGICA S/S LTDA CNPJ nº. 05.607.147/0001-68 SEXTA ALTERAÇÃO CONTRATUAL Por este instrumento particular e na melhor forma de direito: 1. TERTULIANO RICARDO LOPES, brasileiro, casado sob o regime de comunhão universal de bens, cirurgião dentista, residente e domiciliado à Avenida

Leia mais

r04,359.46710001-83-1 GOIAS IE-'UTRI;kDE RECCLES LTDA UE

r04,359.46710001-83-1 GOIAS IE-'UTRI;kDE RECCLES LTDA UE GoiásRecicláveis ATESTADO DE CAPACIDADE TÉCNICA Declaramos a pedido do interessado e para os devidos fins que a empresa TRANSPORTADORA AMBIENTAL LTDA, estabelecida na STRC Trecho 04 Conjunto C Lote 02

Leia mais

ANO XXV - 2014-2ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 37/2014

ANO XXV - 2014-2ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 37/2014 ANO XXV - 204-2ª SEMANA DE SETEMBRO DE 204 BOLETIM INFORMARE Nº 37/204 ASSUNTOS CONTÁBEIS MÚTUOS (EMPRÉSTIMO DE DINHEIRO) - ENTRE SÓCIOS E SOCIEDADES - ASPECTOS CONTÁBEIS... Pág. 542 ASSUNTOS SOCIETÁRIOS

Leia mais

TEORIA GERAL DO DIREITO EMPRESARIAL

TEORIA GERAL DO DIREITO EMPRESARIAL Direito Societário É subárea do direito empresarial que disciplina a forma de exercício coletivo de atividade econômica empresária; Importante observação sobre as questões da primeira fase da OAB: 25%

Leia mais

DIRETORIA DO FORO DE CORONEL FABRICIANO. : Elis Regina de Oliveira - 080005MG AUDIENCIA

DIRETORIA DO FORO DE CORONEL FABRICIANO. : Elis Regina de Oliveira - 080005MG AUDIENCIA PODER JUDICIÁRIO - JUSTIÇA DO TRABALHO 3' REGIÃO Especie da reclamacao : ESCRITA DIRETORIA DO FORO DE CORONEL FABRICIANO Natureza da Reclamacao: Reclamacao trabalhista do rito ordinario - ESCRITA Reclamante

Leia mais

DO NOME OBJETO SOCIAL

DO NOME OBJETO SOCIAL XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX, nacionalidade, estado civil, se casado regime do casamento, profissão, domicilio, N do RG e CPF e XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX, nacionalidade, estado civil,

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO CONTRATO SOCIAL DE SOCIEDADE EMPRESARIA LIMITADA. MILLENNIUM BRASIL EVENTOS LTDA CAPITULO I DAS PARTES DENOMINAÇÃO SEDE E OBJETO As partes identificadas abaixo têm,

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DA SOCIEDADE LIMITADA Ltda.

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DA SOCIEDADE LIMITADA <nome> Ltda. INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DA SOCIEDADE LIMITADA Ltda. Pelo presente instrumento particular, atendendo as formalidades legais, XXX, brasileiro, solteiro/casado/divorciado, natural de

Leia mais

DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE PORTARIA N 001/2011

DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE PORTARIA N 001/2011 DJe de 29/09/2011 (cópia sem assinatura digital) DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE PORTARIA N 001/2011 Esclarece quanto ao procedimento de ajuizamento da ação de adoção, diretamente pelos requerentes

Leia mais

A executada PATRÍCIA DOMINGUES DOS SANTOS opôs embargos à execução às fls. 862/875 dos autos.

A executada PATRÍCIA DOMINGUES DOS SANTOS opôs embargos à execução às fls. 862/875 dos autos. PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 8ª REGIÃO 7ª VARA DO TRABALHO DE BELÉM Processo: 0000239-19.2012.5.08.0007 Exequente : ANTONIO CLAUDIO DARWICH CNPJ/CPF:044.002.007-79 BORGES LEAL Executado

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS PARA CONSTITUIÇÃO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS COMPOSTA POR SÓCIOS PATRIMONIAIS E DE SERVIÇO

INFORMAÇÕES GERAIS PARA CONSTITUIÇÃO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS COMPOSTA POR SÓCIOS PATRIMONIAIS E DE SERVIÇO INFORMAÇÕES GERAIS PARA CONSTITUIÇÃO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS COMPOSTA POR SÓCIOS PATRIMONIAIS E DE SERVIÇO Previsto no Provimento nº 112/2006 Artigo 2º - Inciso XIII e Deliberação nº 21 de 12 de abril

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO

CONTRATO ADMINISTRATIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA DE MINAS MG Praça da Bandeira, n.º 276, Centro - CEP: 37.545-000 Tel.: (35)3472-1270 / 3472-1333 Fax: (35) 3472-1200 CNPJ n.º 18.675.959/0001-92 CONTRATO ADMINISTRATIVO

Leia mais

Incidência da GIEFS no 13º salário e 1/3 férias

Incidência da GIEFS no 13º salário e 1/3 férias Incidência da GIEFS no 13º salário e 1/3 férias A FHEMIG não vem pagando corretamente o 13º salário e o 1/3 das férias, uma vez que exclui dessas verbas remuneratórias a Gratificação de Incentivo e Eficientização

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA FUNDAMENTO LEGAL

CLÁUSULA PRIMEIRA FUNDAMENTO LEGAL CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº09/2015 Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa CABOCLO MOVEIS E ELETRO LTDA- ME. CONTRATANTE: A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO SIMÃO, pessoa jurídica de

Leia mais

Petição Inicial. OBS: todas as petições iniciais obedecem aos mesmos requisitos, seja ela de rito ordinário, sumário, cautelar procedimento especial.

Petição Inicial. OBS: todas as petições iniciais obedecem aos mesmos requisitos, seja ela de rito ordinário, sumário, cautelar procedimento especial. Petição Inicial A Petição inicial é a peça por meio da qual o autor provoca a atuação jurisdicional do Estado. A sua redação deverá obedecer a determinados requisitos estabelecidos no artigo 282 do CPC.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N.

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N. PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DESANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA N. 49/2008 A Doutora Luciana de Souza Sanchez, Juíza Federal Titular,

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação WWW.AEROTUR.COM.BR Natal/ RN, 08 de Outubro de 2015. À Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura Comissão Permanente e Licitação Av. Senador Salgado Filho, s/n, Lagoa Nova Natal/RN CEP 59.078-970

Leia mais

ALTERAÇÃO DA DENOMINAÇÃO SOCIAL

ALTERAÇÃO DA DENOMINAÇÃO SOCIAL ALTERAÇÃO CONTRATUAL Instrumento Particular de Alteração de Contrato de Sociedade de Advogados, consubstanciado nas cláusulas e condições abaixo discriminadas. NOME DO ADVOGADO, brasileiro, casado, advogado,

Leia mais

CONTRATO DE COMODATO DE FERRAMENTAL

CONTRATO DE COMODATO DE FERRAMENTAL CONTRATO DE COMODATO DE FERRAMENTAL Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, as partes: MERCEDES-BENZ DO BRASIL LTDA., com sede na Avenida Alfred

Leia mais

Câmara Municipal de Jacutinga Estância Hidromineral

Câmara Municipal de Jacutinga Estância Hidromineral CONTRATO N.º 006/2015 PROCESSO N.º 008/2015 DISPENSA N.º 005/2015 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE IMPLANTAÇÃO DO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA NA INTERNET QUE CELEBRAM A CÂMARA MUNICIPAL DE JACUTINGA E

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015 AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR, pessoa jurídica de direito público interno, inscrita no CNPJ/MF sob n.º 18.137.082/0001-86, neste ato representado por seu

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA REGISTRO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS PROVIMENTO 112/2006- LEI 8904/94 E REGULAMENTO GERAL DO EOAB

INSTRUÇÕES PARA REGISTRO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS PROVIMENTO 112/2006- LEI 8904/94 E REGULAMENTO GERAL DO EOAB INSTRUÇÕES PARA REGISTRO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS PROVIMENTO 112/2006- LEI 8904/94 E REGULAMENTO GERAL DO EOAB Requerimento para Registro preenchido, datado e assinado pelo sócio administrador Requerimento

Leia mais

AÇÃO CORREÇÃO DO FUNDO DE GARANTIA

AÇÃO CORREÇÃO DO FUNDO DE GARANTIA AÇÃO CORREÇÃO DO FUNDO DE GARANTIA O objeto da ação é o reconhecimento judicial da correta aplicação dos índices de correção aplicados, desde 1999, sobre os valores das contas de Fundo de Garantia Por

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DOS MEDIADORES CAPÍTULO III DOS MEDIADORES JUDICIAIS CAPÍTULO IV DO PROCEDIMENTO DE MEDIAÇÃO

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DOS MEDIADORES CAPÍTULO III DOS MEDIADORES JUDICIAIS CAPÍTULO IV DO PROCEDIMENTO DE MEDIAÇÃO Projeto de Lei do Senado/Câmara n o de CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DOS MEDIADORES CAPÍTULO III DOS MEDIADORES JUDICIAIS CAPÍTULO IV DO PROCEDIMENTO DE MEDIAÇÃO Seção I - Da Mediação Judicial

Leia mais

RESUMO. A responsabilidade da sociedade é sempre ilimitada, mas a responsabilidade de cada sócio é restrita ao valor de suas quotas.

RESUMO. A responsabilidade da sociedade é sempre ilimitada, mas a responsabilidade de cada sócio é restrita ao valor de suas quotas. RESUMO 1)Sociedade Limitada Continuação 1.1) Responsabilidade do sócio dentro da sociedade limitada. A responsabilidade da sociedade é sempre ilimitada, mas a responsabilidade de cada sócio é restrita

Leia mais

a) Título (Alteração contratual), recomendando-se indicar o nº de seqüência da alteração;

a) Título (Alteração contratual), recomendando-se indicar o nº de seqüência da alteração; ALTERAÇÃO DE SOCIEDADE EMPRESÁRIA: *ELEMENTOS DA ALTERAÇÃO CONTRATUAL a) Título (Alteração contratual), recomendando-se indicar o nº de seqüência da alteração; b) Preâmbulo; c) Corpo da alteração: Nova

Leia mais

executivo e sua remuneração era de R$ 3.000,00 acrescida de gratificação de um terço de seu salário.

executivo e sua remuneração era de R$ 3.000,00 acrescida de gratificação de um terço de seu salário. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE FLORIANÓPOLIS/SC ANA KARENINA, estado civil..., profissão..., residente e domiciliada na Rua..., nº..., cidade... estado..., CEP..., representada

Leia mais

Simões Rodrigues Advogados Associados S. C. José Ricardo Simões Rodrigues OAB RO 8888 Cláudio Roberto Simões Rodrigues OAB RO 9999

Simões Rodrigues Advogados Associados S. C. José Ricardo Simões Rodrigues OAB RO 8888 Cláudio Roberto Simões Rodrigues OAB RO 9999 EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A) DE DIREITO DA 4ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE ROLIM DE MOURA - RO Autos N.: 010060099999 Classe: AÇÃO DE REPARAÇÃO POR DANOS MORAIS E MATERIAIS Requerente: TATIANE DAS FLORES

Leia mais

2 - Qualquer pessoa pode reclamar seu direito nos Juizados Especiais Cíveis?

2 - Qualquer pessoa pode reclamar seu direito nos Juizados Especiais Cíveis? Tribunal de Justiça do Estado de Goiás Juizados Especias Perguntas mais freqüentes e suas respostas 1 - O que são os Juizados Especiais Cíveis? Os Juizados Especiais Cíveis são órgãos da Justiça (Poder

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CADASTRO DE CONCILIADOR VOLUNTÁRIO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CADASTRO DE CONCILIADOR VOLUNTÁRIO EDT-JECECT - 22013 Código de validação: 2A0A656CDB EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CADASTRO DE CONCILIADOR VOLUNTÁRIO O Doutor ROGÉRIO MONTELES DA COSTA, MM. Juiz de Direito Titular do Juizado Especial

Leia mais

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região;

CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002. CONSIDERANDO as conclusões apresentadas pelo Fórum de Juízes Distribuidores da 2ª Região; CORREGEDORIA-GERAL PROVIMENTO Nº 001 DE 13 DE MARÇO DE 2002 A Excelentíssima Doutora MARIA HELENA CISNE CID, Corregedora- Geral da Justiça Federal da 2ª Região, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

Leia mais

Peça prático-profissional

Peça prático-profissional Peça prático-profissional Marilza assinou 5 notas promissórias, no valor de R$ 1.000,00 cada uma, para garantir o pagamento de um empréstimo tomado de uma factoring chamada GBO Ltda. Recebeu na data de

Leia mais

Estado do Amazonas Prefeitura Municipal de Benjamin Constant Gabinete da Prefeita Fls.1/10

Estado do Amazonas Prefeitura Municipal de Benjamin Constant Gabinete da Prefeita Fls.1/10 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL URBANO Contrato de Locação de Imóvel nº 001/2014 Processo nº 001/2014 CONTRATO DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL URBANO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE BENJAMIN CONSTANT/AM, E À EMPRESA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 679, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2009

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 679, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2009 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 679, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2009 Institui o Programa de Prestação de Trabalho Voluntário. O REITOR DA UNIVERSIDADE

Leia mais

CONTRATO DE ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEIS N.º XXXX/XX

CONTRATO DE ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEIS N.º XXXX/XX Página 1 de 5 CONTRATO DE ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEIS N.º XXXX/XX Pelo presente Instrumento Particular, de um lado, como ADMINISTRADORA, a empresa VIVER NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS LTDA ME CRECI/RN sob o nº 2990

Leia mais

G O M E S A L T I M A R I A D V O G A D O S

G O M E S A L T I M A R I A D V O G A D O S fls. 1 G O M E S A L T I M A R I A D V O G A D O S Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da 1ª Vara Cível da Comarca de Jaú/SP. Processo n. 4000562-54.2013.8.26.0302 Fullcred Factoring Fomento Mercantil

Leia mais

NÚCLEO PREPARATÓRIO DE EXAME DE ORDEM

NÚCLEO PREPARATÓRIO DE EXAME DE ORDEM ENDEREÇAMENTO E QUALIFICAÇÃO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA... VARA DO TRABALHO DE... A, estado civil..., profissão..., portador do RG nº..., inscrito no CPF nº..., portador da CTPS..., série...,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 40, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2011

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 40, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 40, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2011 Publicada no DOE em 01/12/2011 Dispõe sobre a solicitação eletrônica de baixa de inscrição no Cadastro Geral da Fazenda (CGF), e dá outras providências.

Leia mais

Serviço Social do Comércio DEPARTAMENTO NACIONAL Estância Ecológica SESC-Pantanal

Serviço Social do Comércio DEPARTAMENTO NACIONAL Estância Ecológica SESC-Pantanal PREGÃO SESC Nº 15/0018 PG ANEXO IV MINUTA DE CONTRATO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE ENTRE SI FAZEM, DE UM LADO, O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO/SESC ESTÂNCIA ECOLÓGICA SESC PANTANAL, NA QUALIDADE

Leia mais

JUR. 04 GESTÃO DO CONTENCIOSO FECOMERCIO

JUR. 04 GESTÃO DO CONTENCIOSO FECOMERCIO 1 de 15 GESTÃO DO CONTENCIOSO FECOMERCIO MACROPROCESSO ASSESSORIA TÉCNICA PROCESSO GESTÃO DO CONTENCIOSO FECOMERCIO 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. DOCUMENTOS RELACIONADOS... 2 4. PROCEDIMENTOS...

Leia mais

DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº. 001/2011 CONTRATO ADMINISTRATIVO

DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº. 001/2011 CONTRATO ADMINISTRATIVO DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº. 001/2011 CONTRATO ADMINISTRATIVO Termo de Contrato entre a Câmara Municipal de Vereadores de Erechim e a empresa SUPERATIVA PROPAGANDA E MARKETING LTDA. para a publicação dos

Leia mais

ANEXO II. MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar

ANEXO II. MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar ANEXO II MINUTA DE CONTRATO Aquisição de Gêneros Alimentícios sem Licitação da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar O MUNICÍPIO DE Caçapava do Sul, pessoa jurídica de direito público, inscrito

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR Tomi Lee Gando, brasileiro, casado, técnico eletricista, portador de CTPS n. 01010, série 010, inscrito no PIS sob o n. 010.010.010-10

Leia mais

1-ELEMENTOS DO ATO CONSTITUTIVO O

1-ELEMENTOS DO ATO CONSTITUTIVO O Srs. Analistas/Examinadores No dia 9/1/2012 - Segunda feira- entra em vigor o novo tipo jurídico Empresa Individual de Responsabilidade Limitada-Eireli.Estaremos disponibilizando o ato de constituição

Leia mais

PROVA PRÁTICA DE SENTENÇA CÍVEL

PROVA PRÁTICA DE SENTENÇA CÍVEL Poder Judiciário da Ufiilo TJDFT TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL EDOS TERRITÓRIOS SEGUNDA PROVA ESCRITA DISCURSIVA CADERNO DE RELATÓRIO E DOCUMENTOS REFERENTES À PROVA PRÁTICA DE SENTENÇA CÍVEL

Leia mais

Ciclano da Silva Advogados Associados

Ciclano da Silva Advogados Associados Ciclano da Silva Advogados Associados EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO REGIONAL DE ALTA FLORESTA, COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE BAIXA FLORESTA/PR. FULANO DE TAL, pessoa

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 08/2015. Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 08/2015. Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 08/2015 Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa PUBLICENTER INFORMÁTICA COMÉRCIO E LOCAÇÃO LTDA-ME CONTRATANTE: A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO SIMÃO,

Leia mais

CONTRATO DE COMODATO DE EQUIPAMENTO PARA MONITORAMENTO DE ALARME ELETRÔNICO

CONTRATO DE COMODATO DE EQUIPAMENTO PARA MONITORAMENTO DE ALARME ELETRÔNICO INSTALAÇÃO ENDEREÇOS COBRANÇA PADRÃO CONTRATO DE COMODATO DE EQUIPAMENTO PARA MONITORAMENTO DE ALARME ELETRÔNICO RITA DE CASSIA ALMEIRA SAMPAIO & CIA LTDA - ME, Rua Francisco Glicério, 992 - Complemento

Leia mais

Nº 70033432600 COMARCA DE PORTO ALEGRE

Nº 70033432600 COMARCA DE PORTO ALEGRE APELAÇÃO CÍVEL. LICITAÇÃO E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS. CGTEE. CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS JURÍDICOS ESPECIALIZADOS NAS ÁREAS TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA. TÉRMINO DO PRAZO DE VIGÊNCIA DO CONTRATO. AUSÊNCIA

Leia mais

ROTEIRO PARA ABERTURA DE EMPRESA: INDUSTRIAL, COMERCIAL E PRESTADORA E SERVIÇOS NA CAPITAL DE SÃO PAULO.

ROTEIRO PARA ABERTURA DE EMPRESA: INDUSTRIAL, COMERCIAL E PRESTADORA E SERVIÇOS NA CAPITAL DE SÃO PAULO. ROTEIRO PARA ABERTURA DE EMPRESA: INDUSTRIAL, COMERCIAL E PRESTADORA E SERVIÇOS NA CAPITAL DE SÃO PAULO. 1 CONCEITO DE SOCIEDADE No mínimo duas pessoas, unidas por contrato, exercendo uma atividade lícita,

Leia mais

Pelo presente Termo de Autorização para Uso de Imagem, Sem Fins Comerciais, de um lado,

Pelo presente Termo de Autorização para Uso de Imagem, Sem Fins Comerciais, de um lado, AUTORIZAÇÃO DE USO DE IMAGEM (SEM FIM COMERCIAL) TERMO DE AUTORIZAÇÃO DE USO DE IMAGEM, SEM FINS COMERCIAIS Pelo presente Termo de Autorização para Uso de Imagem, Sem Fins Comerciais, de um lado,,,, (nacionalidade)

Leia mais

CONTRATO DE ASSOCIAÇÃO. ASSOCIADA Nome do Advogado

CONTRATO DE ASSOCIAÇÃO. ASSOCIADA Nome do Advogado CONTRATO DE ASSOCIAÇÃO ASSOCIADA Nome do Advogado Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, NOME DA SOCIEDADE, sociedade inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil - Secção de

Leia mais

CONTRATO DO CLIENTE AO SISTEMA DE CARTÃO PRÓPRIO REDE VIVO SUPERMERCADOS

CONTRATO DO CLIENTE AO SISTEMA DE CARTÃO PRÓPRIO REDE VIVO SUPERMERCADOS CONTRATO DO CLIENTE AO SISTEMA DE CARTÃO PRÓPRIO REDE VIVO SUPERMERCADOS O presente documento contempla as cláusulas aplicadas no Contrato para aquisição de mercadorias do mix de produtos de todas as lojas

Leia mais

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPUBI CNPJ Nº 11.040.896/0001-59 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPUBI CNPJ Nº 11.040.896/0001-59 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CONTRATO Nº 014/2015. ESTADO DE PERNAMBUCO Contrato do Processo Administrativo nº 009/2015, Concorrência nº 005/2015, com amparo no Artigo 40, 2º, inciso III da Lei 8.666/93, destinado a aquisição de Material

Leia mais

Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Bertioga Estado de São Paulo

Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Bertioga Estado de São Paulo RESOLUÇÃO Nº 02/13 /BERTPREV Dispõe sobre a celebração de Convênio entre o BERTPREV, o Banco do Brasil e a BB LEASING S.A., visando concessão de empréstimos pessoais, financiamentos de bens de consumo

Leia mais

CONTRATANTE: CÂMARA MUNICIPAL DE SINOP ESTADO DE MATO GROSSO

CONTRATANTE: CÂMARA MUNICIPAL DE SINOP ESTADO DE MATO GROSSO CONTRATO Nº 013/2014 CONTRATO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA PARA A EXECUÇÃO DE SERVIÇO PUBLICITÁRIO DE CRIAÇÃO E DIVULGAÇÃO DOS TRABALHOS INSTITUCIONAIS E LEGISLATIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE SINOP CONTRATANTE:

Leia mais

PRÁTICA DE TRABALHO MODELOS DE ITENS PARA PETIÇÃO INICIAL

PRÁTICA DE TRABALHO MODELOS DE ITENS PARA PETIÇÃO INICIAL PRÁTICA DE TRABALHO MODELOS DE ITENS PARA PETIÇÃO INICIAL Caros alunos, os modelos a seguir são apenas sugestões de redação. O ideal é que cada um tenha sua forma de escrever. O que realmente importa é

Leia mais

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE SÃO PAULO.

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE SÃO PAULO. EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DE SÃO PAULO...., brasileiro, casado, médico, portador da Cédula de Identidade RG nº... - SSP/SP, inscrito no CPF/MF sob nº... com

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 002/2015

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 002/2015 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 002/2015 AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR, pessoa jurídica de direito público interno, inscrita no CNPJ/MF sob n.º 18.137.082/0001-86, neste ato representado por seu

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS)

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS) CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS (ADAPTADO às RESOLUÇÕES NORMATIVAS N.ºs 363, 364 e SÚMULA 26 DA ANS) I CONTRATANTE : Nome Operadora de Saúde Endereço: R...., nº... Bairro... - Cidade/ Capital

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA COM CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE QUOTAS DE SOCIEDADE POR QUOTAS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA

CONTRATO DE COMPRA E VENDA COM CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE QUOTAS DE SOCIEDADE POR QUOTAS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA 1 CONTRATO DE COMPRA E VENDA COM CESSÃO E TRANSFERÊNCIA DE QUOTAS DE SOCIEDADE POR QUOTAS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA I PARTES: a) Sócia 2, doravante denominada simplesmente PROMITENTE VENDEDOR CEDENTE;

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS DO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU EM MEDICINA DO TRABALHO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS DO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU EM MEDICINA DO TRABALHO CONTRATO Nº : CÓDIGO DO ALUNO: CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS DO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU EM MEDICINA DO TRABALHO Pelo presente instrumento e, na melhor forma de direito, de um

Leia mais

PARECER APROVADO PELO PLENO DO CFESS EM 09/09/2010

PARECER APROVADO PELO PLENO DO CFESS EM 09/09/2010 ASSUNTO: Relação do Assistente Social com autoridades do Sistema Judiciário/ Determinações ou exigências emanadas, que não se coadunam com o Código de Ética do Assistente Social e com as normas previstas

Leia mais

ATO PGJ N. 17, DE 20 DE MAIO DE 2015

ATO PGJ N. 17, DE 20 DE MAIO DE 2015 ATO PGJ N. 17, DE 20 DE MAIO DE 2015 Institui e regulamenta o programa de serviço voluntário no âmbito do Ministério Público do Estado de Goiás e dá outras providências. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO

Leia mais

AULA 5 SOCIEDADE LIMITADA

AULA 5 SOCIEDADE LIMITADA AULA 5 SOCIEDADE LIMITADA Introdução A sociedade decorre de um contrato entre pessoas que contribuem com bens e serviços para o exercício de determinada atividade visando a partilha de resultados. A Sociedade

Leia mais

NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE CATHEDRAL ESTÁGIO DE PRÁTICA JURÍDICO FORENSE SUPERVISIONADO I E II EDITAL N 2014.2 NPJ 21 DE JULHO DE 2014.

NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE CATHEDRAL ESTÁGIO DE PRÁTICA JURÍDICO FORENSE SUPERVISIONADO I E II EDITAL N 2014.2 NPJ 21 DE JULHO DE 2014. NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE CATHEDRAL ESTÁGIO DE PRÁTICA JURÍDICO FORENSE SUPERVISIONADO I E II EDITAL N 2014.2 NPJ 21 DE JULHO DE 2014. A Coordenação do Curso de Direito e a Coordenação do Núcleo

Leia mais

CECM DOS EMPREGADOS DA EMBRAPA E DOS SERVIDORES DO MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE E ÓRGÃOS VINCULADOS LTDA. - SICOOB AGROAMBIENTAL

CECM DOS EMPREGADOS DA EMBRAPA E DOS SERVIDORES DO MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE E ÓRGÃOS VINCULADOS LTDA. - SICOOB AGROAMBIENTAL CONTRATO DE MÚTUO ACORDO MÉDICO-HOSPITALAR OU ODONTOLÓGICO, Nº, QUE FAZEM ENTRE SI A CECM DOS EMPREGADOS DA EMBRAPA E DOS SERVIDORES DO MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE E ÓRGÃOS VINCULADOS LTDA. - SICOOB AGROAMBIENTAL

Leia mais

CONTRATO SOCIAL NO NOVO CÓDIGO CIVIL

CONTRATO SOCIAL NO NOVO CÓDIGO CIVIL 1 CONTRATO SOCIAL NO NOVO CÓDIGO CIVIL O sr. Domingos Generoso é sócio-gerente em uma sociedade por quotas de responsabilidade limitada há mais de 20 anos e leu algumas reportagens sobre uma lei que determina

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais,

RESOLUÇÃO Nº 149/2010. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições legais, RESOLUÇÃO Nº 149/2010 Autoriza a implantação do Processo Eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Acre e dá outras providências. O Tribunal de Justiça do Estado do Acre, no uso das atribuições

Leia mais

MUNICÍPIO DE MAUÉS TERRA DO GUARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MAUÉS TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014.

MUNICÍPIO DE MAUÉS TERRA DO GUARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MAUÉS TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014. TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 045A/ 2014. TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SUPRIMENTOS DE INFORMÁTICA, celebrado entre o MUNICÍPIO DE MAUÉS, por intermédio da PREFEITURA

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA (DO OBJETO)

CLÁUSULA PRIMEIRA (DO OBJETO) CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 55/2015 CARTA CONVITE Nº 14/2015 TERMO DE CONTRATO DE FORNECIMENTO, QUE FAZEM ENTRE SI A PREFEITURA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE PARANAPANEMA E A EMPRESA RELÓGIOS DE PONTO

Leia mais

Arbitral Foi regulamentada através da lei 9.307/96 e refere-se a perícia realizada no juízo arbitral- instancia criada pela vontade das partes.

Arbitral Foi regulamentada através da lei 9.307/96 e refere-se a perícia realizada no juízo arbitral- instancia criada pela vontade das partes. 1. O que significa a sigla CPC? Código Processo Civil (determina normas da Perícia) 2. Como definir a perícia? A perícia é a prova pericial que demonstra um conjunto de procedimentos técnicos e científicos

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO VIVO GESTÃO RVIÇO GESTÃO C L I

CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO VIVO GESTÃO RVIÇO GESTÃO C L I CONTRATO DE ADESÃO AO SERVIÇO VIVO GESTÃO RVIÇO GESTÃO C L I Dados do Cliente (Empresa): Razão Social: E CNPJ: / - Inscrição Estadual: N Endereço: Nº: T E Complemento: CEP: - Bairro: Município: UF: São

Leia mais

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA

FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE ZUMBI DOS PALMARES CURSO DE DIREITO PRÁTICA JURÍDICA Regras Básicas para as Atividades de Prática Jurídica a partir do ano letivo de 2013 Visitas Orientadas 72 Horas Obrigatórias Visitas Justiça

Leia mais

Prática Jurídica 1. Verônica Duarte Empresarial Karen - Trabalhista

Prática Jurídica 1. Verônica Duarte Empresarial Karen - Trabalhista Prática Jurídica 1 Verônica Duarte Empresarial Karen - Trabalhista 17/02 Quanto à bibliografia, a professora recomenda apenas o Curso de direito processual do trabalho de Carlos Henrique Bezerra Leite.

Leia mais

CADASTRO DE CLIENTES

CADASTRO DE CLIENTES CADASTRO DE CLIENTES (Indenização Danos Morais e Materiais) Empresas de Telefonia Fixa, Celulares e outras TIM CLARO OI VIVO Outras... PERGUNTAS: Período que a empresa telefônica deixou de prestar os serviços

Leia mais

A execução incide somente sobre o patrimônio do executado. É sempre real.

A execução incide somente sobre o patrimônio do executado. É sempre real. PRINCÍPIOS DA EXECUÇÃO - Princípio da Patrimonialidade A execução incide somente sobre o patrimônio do executado. É sempre real. Art. 591. O devedor responde, para o cumprimento de suas obrigações, com

Leia mais

PORTARIA N 1840/CGJ/2011

PORTARIA N 1840/CGJ/2011 DJe de 25/11/2011 (cópia sem assinatura digital) PORTARIA N 1840/CGJ/2011 Dispõe sobre a concessão, no âmbito do Estado de Minas Gerais, de autorização de viagem para o exterior de crianças e adolescentes

Leia mais

LEI Nº 4.898, DE 9 DE DEZEMBRO DE 1965

LEI Nº 4.898, DE 9 DE DEZEMBRO DE 1965 LEI Nº 4.898, DE 9 DE DEZEMBRO DE 1965 Regula o Direito de Representação e o Processo de Responsabilidade Administrativa Civil e Penal, nos casos de abuso de autoridade. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço

Leia mais

MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO Nº XXX/2013

MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO Nº XXX/2013 MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO Nº XXX/2013 EDITAL CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 004/2013 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 23062.008112/2013-11 DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº XXX/2013 Contrato de Locação nº XXX/2013 que entre

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº 07/2013. A Prefeitura Municipal de General Salgado, sito à Av: Antonino José de Carvalho, 940, centro, fará realizar

Leia mais

CONTRATO/UNIRG N. 46/2014

CONTRATO/UNIRG N. 46/2014 CONTRATO/UNIRG N. 46/2014 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CELEBRADO ENTRE A E A NP EVENTOS E SERVIÇOS LTDA CONTRATANTE: CONTRATADA:, fundação pública com personalidade jurídica de direito público, com

Leia mais

EDITAL DE LEILÃO. Importante: Os horários previstos neste Edital tomam por base o horário oficial de Brasília/DF

EDITAL DE LEILÃO. Importante: Os horários previstos neste Edital tomam por base o horário oficial de Brasília/DF fls. 155 EDITAL DE LEILÃO Importante: Os horários previstos neste Edital tomam por base o horário oficial de Brasília/DF 2ª Vara Cível da Comarca de Cassilândia MS EDITAL de 1ª e 2ª PRAÇA de BEM IMÓVEL

Leia mais