Informações técnicas. Identificação do rebolo. Tipos de Abrasivos. Dureza. Estrutura. Tipos de liga. Estrutura. Tamanho do grão. Dureza.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Informações técnicas. Identificação do rebolo. Tipos de Abrasivos. Dureza. Estrutura. Tipos de liga. Estrutura. Tamanho do grão. Dureza."

Transcrição

1 C T Á L O G O

2

3 ao completar 25 anos, a Stilex brasivos tem muito que comemorar. Nesses anos todos, nossos discos de corte, de desbaste, rebolos e pontas montadas alcançaram cada canto de nosso vasto território nacional e transpuseram nossas fronteiras, indo representar o produto brasileiro em diversos países. e 1977 até os dias de hoje, muita coisa aconteceu e mudou. Stilex brasivos evoluiu e seguiu crescendo a cada nova experiência. Contudo, um detalhe continua o mesmo: o cuidado e a preocupação em fazer cada vez melhor. Tal dedicação reflete não só nos itens que produz e distribui, mas principalmente no importante papel social que representa junto a comunidade de Vinhedo, cidade da Região Metropolitana de Campinas onde nasceu e tem orgulho de dizer que figura hoje entre as maiores empresas do município. Nesse Jubileu de Prata, nosso desejo será de poder continuar contribuindo com o progresso do Brasil, produzindo, gerando empregos e ajudando nossos Clientes a cortar, desbastar, esmerilhar, afiar, polir...

4 Informações técnicas Identificação do rebolo V Tipo de abrasivo Tamanho do grão 46 ureza 0 strutura 6 Liga V Tipos de brasivos - Óxido de alumínio marrom - Óxido de alumínio marrom e branco C - Carbeto de silício preto - Óxido de alumínio branco RU - Óxido de alumínio rosa GC - Carbeto de silício verde ureza É a capacidade da liga em fixar as partículas abrasivas que constituem o rebolo. O grau de dureza correto para determinada operação é aquele que solta os grãos abrasivos a medida em que os mesmos perdem seu poder de corte e desbaste, expondo continuamente novas arestas. dureza é representada por letras, sendo normalmente de " G " a " S ". strutura estrutura ou porosidade é o espaçamento entre os grãos e a liga. estrutura ou porosidade deve ser escolhida de acordo com o trabalho. Sua representação é determinada por números que, normalmente, vão de " 5 " a " 15 ". Quanto mais baixo o número mais denso ficará o rebolo. Tipos de liga Liga Resinóide (B): Composta por resinas fenólicas, destinada a fabricação de rebolos de alta resistência e grande remoção de materiais, como rebolos de rebarbação em máquinas fixas e portáteis, além de usos específicos em retíficas. ste tipo de liga permite a fabricação de rebolos com reforço de telas de fibras de vidro aumentando ainda mais sua resistência. Liga Vitrificada (V): laborada com materiais cerâmicos, destinada a fabricação de rebolos de menor resistência. Suas características rígidas facilitam a manutenção do perfil do rebolo. liga Vitrificada é utilizada para a fabricação de rebolos, pontas montadas, limas abrasivas, brunidores, tijolos, dentre outros materiais.

5 ormato padrão de rebolo RT Reto Tipo 1 - Perfil N nel ou Cilíndrico Tipo 2 p Cônico Chanfrado dos 2 lados Tipo 4 Lp B UL Rebaixado de 1 lado Tipo 5 - orma G r x Pa CR Copo Reto Tipo 6 - orma G r x Pa p L Rebaixado dos 2 lados Tipo 7 r x Pa - r x Pb aca Tipo 9 - Prato - orma p B p p r Lp Lp r r r b Pa Pa Pa Pb B B CC Copo Cônico Tipo 11 - orma p r p PR Prato Tipo 12 - Prato B - orma B B Lp f b PI Pires Tipo 13 b f B R Côncavo e 1 lado Tipo 20 Lp f Pc Côncavo e 2 lados Tipo 21 f Pc Lp Lp Côncavo e 1 lado e rebaixado de outro lado Tipo 22 f Pc Lp r x Pb B p Lp R Lp Lp f b f b f b f f f Pd Pc Pc Lp f Pc r Pb B

6 Informações técnicas Velocidade periférica dos rebolos velocidade periférica exerce influência fundamental no rendimento do produto. Como medida de segurança os rebolos de liga vitrificada não devem ultrapassar de 35 m/seg. Para um bom rendimento, sua velocidade mínima não deverá ser inferior a 22 m/seg. Já os rebolos de liga resinóide sem reforço, devem operar de 40 a 60 m/seg e os com reforço (isco de Corte e epressão Central) devem operar de 60 a 80 m/seg. quação para cálculo m/seg = iâmetro (mm) x R.P.M. x 3,14 60 x R.P.M. = 60 x x m/seg iâmetro (mm) x 3,14 Baixa HIJK Tipos ureza Baixa HIJK Vitrificada 1, 4, 5, 7, 9, 12 e 13 Baixa HIJK 6 e 11 Copos Média LMNO néis colocados em placas Média LMNO Média LMNO lta PQRS lta PQRS ureza ureza lta PQRS Baixa HIJK 2, 6 e 11 Média LMNO Baixa HIJK Resinóide lta PQRS 1, 4, 5,7, 12 e 13 Média LMNO lta PQRS Resist. Baixa Resist. Média Resist. lta iâmetro Poleg. mm 1/8" 3/16" 5/16" 3/8" 5/8" 3/4" 1" 1 1/2" 2" 2 1/2" 3" 3 1/2" 4" 4 1/2" 5" 6" 7" 8" 9" 10" 12" 14" 16" 18" 20" 22" 24" 26" 28" 30" 32" 34" 36" 38" 40" 42" iâmetro mm Poleg. -- 1/8" 5 3/16" /16" /8" /8" /4" " /2" " /2" " /2" " /2" " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " " Velocidade periférica em pés por minuto e metros por segundo

7 Recomendações seguir estarão algumas especificações mais usadas atualmente, porém, existem outras combinações de granas, ligas e porosidades que poderão ser mais adequada em sua operação. Retificações externas de superfícies cilíndricas entre pontas - Rebolos tipos 1, 5, 7, 20,22,23, 24, 25 e 26 ços carbono 60 M6 V 80 N6 V ços liga, temperado até 58RC 60 L6 B 80 M6 V ços alta liga, resistentes ao desgaste, temperado 60 J6 V 80 K6 V 1- Virabrequim forjado Mancais Colos de bielas 46.2 L6 V 60.2 K6 V 46.3 N6V 60.3 M6V Virabrequim fundido Mancais Colos de bielas 60 N6 V 54.5 N6 V 2- ixo comando de válvulas - forjado ou fundido Cames (ressalto) 46 L6 V 80 J6 V Mancais 60 L6 V 3 - lumínio C46 K6 V 4 - erro fundido cinzento C 60 M6 V 5 - Metal duro GC80 K6 V

8 Informações Técnicas Centerless - Rebolos tipos 1 e 7 Barras de aço carbono, trefilado ou laminado Haste de válvulas Haste de válvulas Haste de amortecedores Brocas Parafusos Tuchos ço inoxidável Semi- Semi- Semi- O até 9,5/0 O acima de 10 ço forjado 60 M6 V 60 N6 V 80 M6 V 60 N6 V 80 M6 V 120 P6 B 60 K6 V -100 K6 B C B V 60 N6 V V 60 K6 V 120 P6 B C 46 N6 B C60 06 B Rebolos de transporte para qualquer operação. - specíf., padrão: 120SB Retífica plana - Rebolos tipos 1, 2, 6, 7, 11 e segmentos ço Carbono ços alto teor de liga inoxidáveis, para ferramenta, resistentes ao desgaste acas industriais (cortume, madeira, papel) anéis, copos ou segmentos Molas Bielas motores Tangencial: Rebolos retos Topos: néis ou segmentos Pequenas áreas de contato Grandes áreas de contato Tangencial: Rebolos retos Topos: néis ou segmentos em pequenas áreas de contato Grandes áreas de contato ço calçado ço RCC Rebolos tipo anel orjadas Rebolos tipo anel undidas Parte plana fiação do perfil Parte plana fiação do perfil Válvulas Suspensão 46 K6 V 60 J6 V 36 K6 B 36 J6 V 46 J6 V 24 L12 V 24 K6 B 46 I6 V 46 M6 B 46 I12 V 60 I12 V 36 H12 V 46 H12 V 24 H12 V 46 H12 V 36 K6 B 46 K6 B 46 H6 B 54 I6 B 20 Q6 B 16 R6 V 36 K6 B 60 M6 B 36 M6 B 60 M6 B

9 Outros produtos Stilex brasivos possui em sua linha de produção uma lista completa de materias abrasivos como mac união, pedra canoa, tijolo, ponta montada, pedra dupla face e rebolos confeccionados com toda garantia e qualidade de quem está há mais de 25 anos no mercado. Ogivais Pontas montadas Reto - rredondado com bucha rosca Tipo 18 R Cb R= 2 Cônico - Com bucha roscada cogumelo Tipo 16 Cb Ra R Cb Cb R Ra R Grupo iâmetro da haste: 6,35 mm Comprimento da haste: 40 mm Grupo B iâmetro da haste: 3,17 mm Comprimento da haste: 40 mm Grupo C iâmetro da haste: 3,17 mm / 6,35 mm / 9,52 mm Comprimento da haste: 40 mm Tijolos Bastão para retificar rebolos e polimento de mármores, granitos, graniletes, etc. Indicado para recuperar e limpar a superfície do rebolo desgastado. Tijolo 3 x 3 x 2 Bastão 9 x 1 x 1 Tijolo 6 x 3 x 2 Pedra canoa Indicada para afiação de ferramentas e implementos agrícolas como foices, enxadas, machados, facas, alfanges, etc. Pedra combinada Possui uma camada grossa para desbaste e outra fina para acabamento. É indicada para afiação de facas domésticas e industriais, formões e cutelarias em geral. Pedra 9 x 1/2 Pedra 8 x 1 x 2

10 specificações Corte SC SC SCI SCR SCZ - Stilex Corte ço - Stilex Corte undido (Nodular e Cinzento) - Stilex Corte Inox - Stilex Corte Refratário - Stilex Corte Zirconado (ço Geral) S S SG SI SZ - Stilex ço - Stilex undido (Nodular e Cinzento) - Stilex Granito e Mármore - Stilex Inox - Stilex Zirconado (ço Geral) ados da empresa Logomarca Referência Rotação e dimensões Material Cód. de barra Normas e procedimentos

11 isco de corte para refratário, fundição e forjaria SCR 602 isco de corte para material refratário, com 2 telas SCR 612 isco de corte para material refratário, com 2 telas SC 502 isco de corte para ferro fundido nodular e cinzento, com 2 telas Polegada 2 x 1/8 x 1/4 3 x 1/8 x 1/4 3 x 1/8 x 3/8 4 x 1/8 x 3/8 4 x 1/8 x 5/8 4 1/2 x 1/8 x 20mm 4 1/2 x 1/8 x 7/8 Milímetro 50,8 x 3,2 x 6,4 76,2 x 3,2 x 6,4 76,2 x 3,2 x 9,5 101,6 x 3,2 x 9,5 101,6 x 3,2 x ,3 x 3,2 x ,3 x 3,2 x 22,2 imensões Polegada Milímetro Polegada Milímetro 5 x 1/8 x 7/8 127 x 3,2 x 22,2 14 x 3/16 x 1 406,4 x 3,2 x 25,4 6 x 1/8 x 7/8 152,4 x 3,2 x 22,2 16 x 1/8 x 1 355,6 x 4,8 x 25,4 7 x 1/8 x 7/8 177,8 x 3,2 x 22,2 16 x 3/16 x 1 406,4 x 4,8 x 25,4 9 x 1/8 x 1 228,6 x 3,2 x 22,2 20 x 3/16 x x 4,8 x 25,4 10 x 1/8 x x 3,2 x 25,4 20 x 3/16 x 40mm 508 x 4,8 x x 1/8 x 1 304,8 x 3,2 x 25,4 14 x 1/8 x 1 355,6 x 3,2 x 25,4 iscos finos especiais SC 202 isco de corte para aço em geral com 2 telas Linha Industrial SCI 302 isco de corte para aço inoxidável com 2 telas Polegada 4 1/2 x 3/64 x 7/8 4 1/2 x 1/16 x 7/8 4 1/2 x 5/64 x 7/8 Milímetro 114,3 x 1,0 x 22,2 114,3 x 1,6 x 22,2 114,3 x 2,0 x 22,2 imensões Polegada Milímetro Polegada Milímetro 7 x 3/64 x 7/8 177,8 x 1,0 x 22,2 9 x 1/16 x 7/8 228,6 x 1,6 x 22,2 7 x 1/16 x 7/8 177,8 x 1,6 x 22,2 9 x 5/64 x 7/8 228,6 x 2,0 x 22,2 7 x 5/64 x 7/8 177,8 x 2,0 x 22,2

12 isco de corte para aço em geral SC 101 isco de corte para aço em geral com 1 tela Linha Serralheiro SC 102 isco de corte para aço em geral com 2 telas Linha Serralheiro SC 202 isco de corte para aço em geral com 2 telas Linha Industrial SCI 302 isco de corte para aço inoxidável com 2 telas SCZ 402 isco de corte para aço em geral com 2 telas Zirconadas Polegada 2 x 1/8 x 1/4 3 x 1/8 x 1/4 3 x 1/8 x 3/8 4 x 1/8 x 3/8 4 x 1/8 x 5/8 4 1/2 x 1/8 x 20mm 4 1/2 x 1/8 x 7/8 5 x 1/8 x 7/8 6 x 1/8 x 7/8 Milímetro 50,8 x 3,2 x 6,4 76,2 x 3,2 x 6,4 76,2 x 3,2 x 9,5 101,6 x 3,2 x 9,5 101,6 x 3,2 x ,3 x 3,2 x ,3 x 3,2 x 22,2 127 x 3,2 x 22,2 152,4 x 3,2 x 22,2 imensões Polegada Milímetro Polegada Milímetro 7 x 1/8 x 7/8 177,8 x 3,2 x 22,2 12 x 1/8 x 3/4 304,8 x 32 x 19 9 x 1/8 x 7/8 228,6 x 3,2 x 22,2 12 x 1/8 x 1 304,8 x 32 x 25,4 10 x 1/8 x 5/8 254 x 3,2 x x 1/8 x 1 355,6 x 32 x 25,4 10 x 1/8 x 3/4 254 x 3,2 x x 3/16 x 1 355,6 x 4,8 x 25,4 10 x 1/8 x x 3,2 x 25,4 16 x 1/8 x 1 406,4 x 3,2 x 25,4 10 x 1/4 x 5/8 254 x 6,4 x x 3/16 x 1 406,4 x 4,8 x 25,4 10 x 1/4 x 3/4 254 x 6,4 x x 3/16 x x 4,8 x 25,4 10 x 1/4 x x 6,4 x 25,4 20 x 3/16 x 40mm 508 x 4,8 x x 1/8 x 5/8 304,8 x 3,2 x 16

13 isco de desbaste para fundição, mármore e granito SG 024 isco de desbaste para mármore e granito Grosso SG 036 isco de desbaste para mármore e granito Médio SG 060 isco de desbaste para mármore e granito ino SG 120 isco de desbaste para mármore e granito ino S 510 isco de desbaste para ferro fundido Nodular S 570 isco de desbaste para ferro fundido Cinzento Polegada 4 x 3/16 x 5/8 4 1/2 x 3/16 x 7/8 4 1/2 x 1/4 x 7/8 Milímetro 101,6 x 4,8 x ,3 x 4,8 x 22,2 114,3 x 6,4 x 22,2 imensões Polegada Milímetro Polegada Milímetro 5 x 1/4 x 7/8 127 x 6,4 x 22,2 9 x 1/4 x 7/8 228,6 x 6,4 x 22,2 7 x 3/6 x 7/8 177,8 x 4,8 x 22,2 7 x 1/4 x 7/8 177,8 x 6,4 x 22,2

14 isco de desbaste para aço em geral S 110 isco de desbaste para aço em geral Linha Serralheiro S 210 isco de desbaste para aço em geral Linha Industrial S 270 isco de desbaste para aço em geral Longa Vida uro SI 310 isco de desbaste para aço inoxidável SZ 410 isco de desbaste Super Resistente Zirconado STTUS isco de desbaste para aço em geral Tipo xportação Polegada 4 x 3/16 x 5/8 4 1/2 x 3/16 x 7/8 4 1/2 x 1/4 x 7/8 Milímetro 101,6 x 4,8 x ,3 x 4,8 x 22,2 114,3 x 6,4 x 22,2 imensões Polegada Milímetro Polegada Milímetro 5 x 1/4 x 7/8 127 x 6,4 x 22,2 9 x 1/4 x 7/8 228,6 x 6,4 x 22,2 7 x 3/6 x 7/8 177,8 x 4,8 x 22,2 7 x 1/4 x 7/8 177,8 x 6,4 x 22,2

15

16 v. Theodoro Gogolla, 407 istrito Industrial - Vinhedo / SP CP Cx. P. 021 one (19)

Texto retirado do livro "Rebolos & Abrasivos", de Guillaume Ch. Nussbaum. Gravura: "The Knife Grinder" (O Amolador de Facas), Antonio Puga, 1640.

Texto retirado do livro Rebolos & Abrasivos, de Guillaume Ch. Nussbaum. Gravura: The Knife Grinder (O Amolador de Facas), Antonio Puga, 1640. ABRASIVOS E ABRASÃO Quando começou o uso dos abrasivos? O homem pré-histórico já conhecia a forma de afiar sua ferramenta, sua arma, talhando-a primeiro e esfregando-a com uma pedra depois, para obter

Leia mais

Retificação. UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina FEJ Faculdade de Engenharia de Joinville

Retificação. UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina FEJ Faculdade de Engenharia de Joinville UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina FEJ Faculdade de Engenharia de Joinville Retificação DEPS Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas Visão sistêmica de um processo de usinagem Aplicação

Leia mais

Diamantados e CBN. Abrasivos Diamantados. Tipos de diamante Industrial:

Diamantados e CBN. Abrasivos Diamantados. Tipos de diamante Industrial: iamantados e CN Abrasivos iamantados Tipos de diamante Industrial: Sintéticos: Em forma de pó, pastilhas ou insertos; Naturais: Em forma de pó, pedra bruta ou lapidada; Nitreto de boro cúbico-cn: Em forma

Leia mais

Retificação: conceitos e equipamentos

Retificação: conceitos e equipamentos Retificação: conceitos e equipamentos A UU L AL A Até a aula anterior, você estudou várias operações de usinagem executadas em fresadora, furadeira, torno, entre outras. A partir desta aula, vamos estudar

Leia mais

Pontas montadas 203 203

Pontas montadas 203 203 iamant- und CBN-Werkzeuge 205 Pontas montadas Índice Máquinas Índice Página Informações gerais 3 O caminho rápido para a ferramenta adequada 4-5 Instruções para pedido 6 Pontas dureza M Pontas cilíndricas

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS Linha Completa

INFORMAÇÕES GERAIS Linha Completa INFORMAÇÕES GERAIS Linha Completa www.spdcutferramentas.com.br (11) 2762 5114 Disco Diamantado 110mm Linha Profissional Disco de alto rendimento Disco Diamantado 110mm para corte a seco com alta durabilidade

Leia mais

Código Descrição Emb. Fornec. Norton Norton Norton. Cx/100. Cx/100. Cx/100 Cx/100. Norton Norton Norton Norton Norton Norton

Código Descrição Emb. Fornec. Norton Norton Norton. Cx/100. Cx/100. Cx/100 Cx/100. Norton Norton Norton Norton Norton Norton Bear-Tex Esponja Continuação Discos de Desbaste Ideal para lixamento a seco de áreas de difícil acesso e superfícies irregulares, como entalhes e molduras. Sua alta flexibilidade permite um lixamento uniforme

Leia mais

Rodas para Remoção de Rebarbas Leves Scotch-Brite Industrial

Rodas para Remoção de Rebarbas Leves Scotch-Brite Industrial 3 Rodas para Remoção de Rebarbas Leves Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Fevereiro/2004 Substitui: Janeiro/2002 Página 1 de Introdução: b As Rodas para Remoção de Rebarbas Leves Scotch-Brite foram

Leia mais

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA ESMERILHADORAS DEFINIÇÃO: São máquinas em que o operador esmerilha materiais, é usado principalmente na afiação de ferramentas. CONSTITUIÇÃO: É constituída geralmente de um

Leia mais

7 FURAÇÃO. 7.1 Furadeira

7 FURAÇÃO. 7.1 Furadeira 1 7 FURAÇÃO 7.1 Furadeira A furadeira é a máquina ferramenta empregada, em geral, para abrir furos utilizando-se de uma broca como ferramenta de corte. É considerada uma máquina ferramenta especializada

Leia mais

REBOLOS RESINÓIDES (LIGA RESINÓIDE)

REBOLOS RESINÓIDES (LIGA RESINÓIDE) Com o emprego de novas tecnologias e surgimento de novos materiais e equipamentos modernos, pode-se afirmar que a utilização de rebolos resinóides tornou-se indispensável nas operações de retificação e

Leia mais

CORTE, DESBASTE E POLIMENTO

CORTE, DESBASTE E POLIMENTO CORTE, DESBASTE E POLIMENTO CATALOGO DE PRODUTOS Nossos Valores Excelência Profissional : Esforço contínuo para manter a mais alta qualidade em nossos produtos e serviços. Parcerias Estratégicas Com uma

Leia mais

Preparação de máquina

Preparação de máquina A U A UL LA Preparação de máquina A retificação é um dos processos de usinagem por abrasão. Basicamente, a retificação visa corrigir as irregularidades de superfícies de peças ou materiais submetidos a

Leia mais

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA DEFINIÇÃO: TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA BROCAS (NOMENCLATURA,CARAC. TIPOS) São ferramentas de corte, de forma cilíndrica, com canais retos ou helicoidais, temperadas, terminam em ponta cônica e são afiadas

Leia mais

Roda CP Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Janeiro / 2002

Roda CP Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Janeiro / 2002 3 Roda CP Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Janeiro / 2002 Substitui: Dezembro/2000 Página 1 de 14 Introdução: As Rodas Scotch-Brite C&P (Cutting & Polishing) são um eficiente e econômico produto

Leia mais

Brocas, buchas e mandris

Brocas, buchas e mandris Brocas, buchas e mandris Para fixação de elementos, cada material exige broca e bucha específicos. Saiba quais são os tipos corretos para cada necessidade Fixações em parede de alvenaria, concreto ou drywall

Leia mais

Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com.br. Discos Diamantados. www.irwin.com.

Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com.br. Discos Diamantados. www.irwin.com. Rua do Manifesto, 2216 Ipiranga São Paulo www.irwin.com.br Rua do Manifesto, 2216 Ipiranga São Paulo Apesar de serem conhecidos como ferramentas de corte, os discos diamantados são, na verdade, uma ferramenta

Leia mais

Rebolos. O que é um rebolo? Especificações

Rebolos. O que é um rebolo? Especificações Rebolos O que é um rebolo? Rebolo é uma ferramenta de corte formada por grãos abrasivos unidos por ligas especiais. Pode ser utilizado em máquinas para operação de corte e afiação produzindo acabamento

Leia mais

w w w. c a r b o - a b ra s i v o s. co m. b r 1

w w w. c a r b o - a b ra s i v o s. co m. b r 1 w w w.carbo-abr.carbo-abrasivos.c asivos.com.br om.br 1 Os códigos de materiais com * também estão disponíveis no depósito de Recife. 2 Índice Lixas 4 Linha de Acessórios NAP 13 Fibratex 16 Discos de Corte

Leia mais

Neste guia, você encontrará alguns exemplos de aplicações profissionais bem como informações sobre produtos indicados.

Neste guia, você encontrará alguns exemplos de aplicações profissionais bem como informações sobre produtos indicados. Guia de aplicações As ferramentas Dremel são o complemento perfeito para o kit de ferramentas dos profissionais, pois trabalham em situações em que as outras ferramentas (manuais ou elétricas) seriam

Leia mais

CORTE, DESBASTE E POLIMENTO

CORTE, DESBASTE E POLIMENTO CORTE, DESBASTE E POLIMENTO CATALOGO DE PRODUTOS Nossos Valores Excelência Profissional : Esforço contínuo para manter a mais alta qualidade em nossos produtos e serviços. Parcerias Estratégicas Com uma

Leia mais

Especificações Técnicas

Especificações Técnicas Especificações Técnicas TABELA DE ESCOLHA DO TIPO DE FRESA TIPO DE FRESA MATERIAL A SER CORTADO Com geometria de corte N aço com resistência até 80 kg/mm² aço beneficiado até 100 kg/mm² ferro fundido até

Leia mais

Afiação de ferramentas

Afiação de ferramentas A UU L AL A Afiação de ferramentas Após algum tempo de uso, as ferramentas de corte geralmente se desgastam, apresentando trincas ou deformações na forma e nas propriedades. Devido a este desgaste, as

Leia mais

Retificar significa corrigir irregularidades de superfícies de peças. Assim, a retificação tem por objetivo:

Retificar significa corrigir irregularidades de superfícies de peças. Assim, a retificação tem por objetivo: 1 8 - RETIFICAÇÃO 8.1 Introdução A retificação é um processo de usinagem por abrasão. Este processo é realizado utilizando-se uma máquina-ferramenta chamada retificadora, para dar acabamento fino e exatidão

Leia mais

Grupo 02. 165.199 Expositor de ferramentas profissionais EFP03 MacFer Dimensões: 1020mm (largura) x 2150mm (altura) x 580mm (profundidade base)

Grupo 02. 165.199 Expositor de ferramentas profissionais EFP03 MacFer Dimensões: 1020mm (largura) x 2150mm (altura) x 580mm (profundidade base) 165.199 Expositor de ferramentas profissionais EFP03 MacFer Dimensões: 1020mm (largura) x 2150mm (altura) x 580mm (profundidade base) DISCOS ABRASIVOS DISCOS DIAMANTE BROCAS CRANIANAS SDS-PLUS CRANIANAS

Leia mais

Catálogo de produtos

Catálogo de produtos Catálogo de produtos Escovas Cilíndricas As escovas cilíndricas SUISSA são usadas em diversos tipos de máquinas, algumas de suas aplicações são nas varredeiras industriais de pisos, nos equipamentos de

Leia mais

Diamantados MAIS RÁPIDOS. MAIS DURÁVEIS.

Diamantados MAIS RÁPIDOS. MAIS DURÁVEIS. Contínuos Turbo Turbo para Porcelanato Segmentados Segmentados para Concreto Segmentados para Asfalto Segmentado para Granito e Mármore Segmentado Multiuso 102 102 103 103 104 104 105 105 NOVOS Discos

Leia mais

Brocas para Concreto. Conjuntos de Brocas para Concreto Conjuntos Combinados Brocas para Furar Vidro Brocas SDS Max Brocas SDS Plus - Speedhammer

Brocas para Concreto. Conjuntos de Brocas para Concreto Conjuntos Combinados Brocas para Furar Vidro Brocas SDS Max Brocas SDS Plus - Speedhammer Conjuntos de Brocas para Concreto Conjuntos Combinados Brocas para Furar Vidro Brocas SDS Max Brocas SDS Plus Speedhammer 37 39 41 41 42 Brocas para Concreto Brocas para furação de paredes de concreto,

Leia mais

Nesta aula, você vai estudar exatamente isso. E para acabar com o suspense, vamos a ela.

Nesta aula, você vai estudar exatamente isso. E para acabar com o suspense, vamos a ela. Mete broca! Nesta aula, vamos estudar uma operação muito antiga. Os arqueólogos garantem que ela era usada há mais de 4000 anos no antigo Egito, para recortar blocos de pedra. Ela é tão comum que você

Leia mais

Disco Corte Aço Classic

Disco Corte Aço Classic 03 CORTE DISCOS ABRASIVOS DISCOS DIAMANTADOS DISCOS DE RELVA E MATO BROCAS HSS DIN338 BROCAS SDS PLUS BROCAS UNIVERSAIS CONJUNTOS DE BROCAS FOLHAS DE SERRA DISCOS ABRASIVOS Disco Corte Inox Disco de corte

Leia mais

Essa ferramenta pode ser fixada em máquinas como torno, fresadora, furadeira, mandriladora.

Essa ferramenta pode ser fixada em máquinas como torno, fresadora, furadeira, mandriladora. Brocas A broca é uma ferramenta de corte geralmente de forma cilíndrica, fabricada com aço rápido, aço carbono, ou com aço carbono com ponta de metal duro soldada ou fixada mecanicamente, destinada à execução

Leia mais

ESCOVAS TÉCNICAS PFERD

ESCOVAS TÉCNICAS PFERD ESCOVAS TÉCNICAS PFERD PFERD makes the difference PFERD Tradição, tecnologia e inovação Com mais de 5000 diferentes ferramentas e respectivos acionamentos, a PFERD é parceira nos processos de fabricação

Leia mais

Rodas Laminadas EXL e Discos Roloc EXL Scotch-Brite Industrial

Rodas Laminadas EXL e Discos Roloc EXL Scotch-Brite Industrial 3 Rodas Laminadas EXL e Discos Roloc EXL Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Fevereiro/2004 Substitui: Janeiro/2002 Página 1 de 8 Introdução: As Rodas Laminadas EXL e EXL Roloc Scotch-Brite para rebarbação

Leia mais

ABRASIVOS. Século XX Abrasivos artificiais, de alta dureza: abrasivos silicosos e aluminosos.

ABRASIVOS. Século XX Abrasivos artificiais, de alta dureza: abrasivos silicosos e aluminosos. ABRASIVOS Até século XIX Abrasivos naturais esmeril, mineral de cor preta, constituído de 40% óxido de ferro e 60% de óxido de alumínio. Dureza inferior a 9 Mohs (diamante = 10 Mohs) Século XX Abrasivos

Leia mais

RETÍFICA JOÃO ALBERTO MUNIZ

RETÍFICA JOÃO ALBERTO MUNIZ RETÍFICA JOÃO ALBERTO MUNIZ Introdução A retífica é uma máquina utilizada para dar acabamento fino e exatidão dimensinal às peças. Geralmente, este tipo de usinagem é posterior ao torneamento e ao fresamento,

Leia mais

Brocas Escalonadas para Telhas Arcos de Pua Garra para Mandril de Arco de Pua Verrumas para Arco de Pua. Verrumas Manuais. Ferros de Pua Mathieson

Brocas Escalonadas para Telhas Arcos de Pua Garra para Mandril de Arco de Pua Verrumas para Arco de Pua. Verrumas Manuais. Ferros de Pua Mathieson Brocas para Madeira Brocas de 3 Pontas Brocas de 3 Pontas para Mourão Brocas para Fibrocimento e Mourão Brocas em Aço Cromo 46 47 48 48 Brocas Escalonadas para Telhas Arcos de Pua Garra para Mandril de

Leia mais

Ferramentas e Produtos para Manutenção de Motores

Ferramentas e Produtos para Manutenção de Motores Ferramentas e Produtos para Manutenção de Motores RETÍFICA DE COMUTADORES Os produtos relacionados a seguir são resultados da contínua experiência de campo e pesquisas, no esforço para ajudar a minimizar

Leia mais

TW104 TW105 TW106 TW114 TW204 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE.

TW104 TW105 TW106 TW114 TW204 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. TW104 TW105 TW106 TW114 TW204 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. BROCAS PARA APLICAÇÃO GERAL LENOX-TWILL DESENVOLVIDAS PARA FURAR UMA AMPLA GAMA DE MATERIAIS, PROPORCIONANDO DESEMPENHO EFICIENTE COM EXCELENTE

Leia mais

Você já pensou o que seria do ser humano

Você já pensou o que seria do ser humano A UU L AL A Eixos e árvores Você já pensou o que seria do ser humano sem a coluna vertebral para lhe dar sustentação. Toda a estrutura de braços, pernas, mãos, pés seria um amontoado de ossos e músculos

Leia mais

LIMAGEM. Introdução Noções de limagem Tipos de Lima

LIMAGEM. Introdução Noções de limagem Tipos de Lima LIMAGEM Introdução Noções de limagem Tipos de Lima Temas a abordar Limagem manual; Classificação de limas; Métodos e regras de trabalho; Materiais industriais; Outros tipos de limagem; Exercícios simples

Leia mais

BEDAMES. Bitola Espessura C. Total 3/32 1/8 1/8 5/8 1/8 3/32 3/4 1/8 3/4 3/4 1/8 3/4 5/32 5 1/8 3/16 1/8 3/16 5/32 1/2 1/8 1/8 1/2 1/8 5/8 3/16 6

BEDAMES. Bitola Espessura C. Total 3/32 1/8 1/8 5/8 1/8 3/32 3/4 1/8 3/4 3/4 1/8 3/4 5/32 5 1/8 3/16 1/8 3/16 5/32 1/2 1/8 1/8 1/2 1/8 5/8 3/16 6 BEDAMES NACIONAL -Co % Co Bitola Espessura C. Total.Co / / / /././ 9 7 / / / / / / / / / / / / / / / / 9 / / 7 / / / / / / / / 7 / / / / 9 / / 7 / / 0 7/ 7/ 7/ / / / / / / 7 790 0 7 0 IMPORTADO Bitola

Leia mais

Essa é a Politriz de Piso Flap-12

Essa é a Politriz de Piso Flap-12 EQUIPAMENTOS PARA CONSTRUÇÃO Essa é a Politriz de Piso Flap-12 Quer saber o que ela pode fazer pelo seu trabalho? EQUIPAMENTOS PARA CONSTRUÇÃO Índice 1) Vídeo 2) Depoimentos de clientes que recomendam

Leia mais

Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com.br. Brocas para Concreto. www.irwin.com.

Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com.br. Brocas para Concreto. www.irwin.com. Rua do Manifesto, 2 Ipiranga São Paulo Fone: +55 (11) 22713211 www.irwin.com.br Rua do Manifesto, 2 Ipiranga São Paulo Fone: +55 (11) 22713211 FURANDO CONCRETO Furar concreto é uma tarefa muito diferente

Leia mais

www.carbo-abrasivos.com.br

www.carbo-abrasivos.com.br 02 Índice Lixas 4 Linha de Acessórios NAP Fibratex 4 Discos de Corte e Desbaste 6 Rebolos 8 Discos Diamantados 26 Superabrasivos 29 Displays 30 03 LIXAS Pano Metal CAR 4 Lixa em óxido de alumínio sobre

Leia mais

Ferramentas Leitz Brasil

Ferramentas Leitz Brasil Ferramentas Leitz Brasil Leitz Association Representada em mais de 100 paises São 25 Fabricas espalhadas pelo mundo e mais de 300 postos de Serviço. Em torno de 7000 funcionários Vendas anuais em cerca

Leia mais

AULA 34 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS

AULA 34 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS AULA 34 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS 265 34. PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS 34.1. Introdução Para obter uma boa operação de usinagem em retificação, alguns cuidados devem ser

Leia mais

Parte 5 Operação de Furação

Parte 5 Operação de Furação Parte 5 Operação de Furação revisão 6 152 Parte 5 Operação de furação 5.1 Introdução Na área de usinagem metal-mecânica existem diversas formas de se obter furos em peças. Pode-se destacar os seguintes

Leia mais

Mais que nunca é preciso cortar

Mais que nunca é preciso cortar Mais que nunca é preciso cortar Quando suas unhas estão compridas e é necessário apará-las, qual o modo mais rápido de fazê-lo? Lixando ou cortando? Naturalmente, se você lixar, o acabamento será melhor.

Leia mais

INCOMATOL MÁQUINAS LTDA SOBRE A INCOMATOL

INCOMATOL MÁQUINAS LTDA SOBRE A INCOMATOL FÁBRICA E ESCRITÓRIO Rua José Cardoso da Silva, 300 Centro Rio Bonito RJ Brasil cep 28.800-000 I Cx Postal 112752 T 21 2734.0282 I F 21 2734.0247 www.incomatol.com.br incomatol@incomatol.com.br SOBRE A

Leia mais

Disco Bristle Radial Scotch-Brite Industrial

Disco Bristle Radial Scotch-Brite Industrial 3 Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Fevereiro/2004 Substitui Janeiro/2002 Página 1 de 7 Introdução: Os Produtos Bristle são abrasivos tridimensionais moldados na forma de discos radiais, utilizando

Leia mais

FERRAMENTAS ESTACIONÁRIAS

FERRAMENTAS ESTACIONÁRIAS FERRAMENTAS ESTACIONÁRIAS Linha FERRAMENTAS ESTACIONÁRIAS Alta performance nos trabalhos manuais As ferramentas estacionárias são indicadas para trabalhos domésticos, artesanatos, carpintarias, marcenarias,

Leia mais

59 Brunimento, lapidação, polimento

59 Brunimento, lapidação, polimento A U A UL LA Brunimento, lapidação, polimento Apesar de todos os cuidados, as peças usinadas e mesmo as de acabamento em máquina, como é o caso da retificação, apresentam sulcos ou riscos mais ou menos

Leia mais

Elementos de Máquinas

Elementos de Máquinas Professor: Leonardo Leódido Sumário Buchas Guias Mancais de Deslizamento e Rolamento Buchas Redução de Atrito Anel metálico entre eixos e rodas Eixo desliza dentro da bucha, deve-se utilizar lubrificação.

Leia mais

TW101 TW201 TW301 TW311 TW321 TW421 TW431 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE.

TW101 TW201 TW301 TW311 TW321 TW421 TW431 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. TW101 TW201 TW301 TW311 TW321 TW421 TW431 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. PARA FURAR MATERIAIS DE ALTA RESISTÊNCIA OU EM CONDIÇÕES EXTREMAS, UTILIZE NOSSA GAMA DE SOLUÇÕES. ALTA PERFORMANCE COM MÁXIMA

Leia mais

FURAÇÃO E ESCAREAMENTO. Prof. Fernando 1

FURAÇÃO E ESCAREAMENTO. Prof. Fernando 1 FURAÇÃO E ESCAREAMENTO Prof. Fernando 1 Processo de usinagem onde movimento de corte é principal rotativo, e o movimento de avanço é na direção do eixo Furadeira a arco egípcia de 1.000 A.C. Prof. Fernando

Leia mais

www.meccomeletronica.com página 1

www.meccomeletronica.com página 1 Nem só o padeiro faz roscas Furação A furação é um processo de usinagem que tem por objetivo a geração de furos, na maioria das vezes cilíndricos, em uma peça, através do movimento relativo de rotação

Leia mais

3 Kit Trizact Film - Polimento de Vidros

3 Kit Trizact Film - Polimento de Vidros 3 Kit Trizact Film - Polimento de Vidros Boletim Técnico Outubro/2001 Sistema para Recuperação e Restauração de Transparência de Vidros Microabrasivo Trizact TM Um dos maiores problemas enfrentados pelas

Leia mais

Materiais de Corte Segmento Madeireiro

Materiais de Corte Segmento Madeireiro Materiais de Corte Segmento Madeireiro Devido a necessidade do aumento de produção no setor madeireiro, ao longo de décadas vem-se desenvolvendo cada vez mais os materiais para ferramentas de corte, visando

Leia mais

SDS-MAX SDS-PLUS CINZÉIS PERFURAÇÃO E CINZELADO DE BETÃO RESISTÊNCIA GARANTIDA.

SDS-MAX SDS-PLUS CINZÉIS PERFURAÇÃO E CINZELADO DE BETÃO RESISTÊNCIA GARANTIDA. CINZÉIS SDS-MAX SDS-PLUS PERFURAÇÃO E CINZELADO DE BETÃO www..pt RESISTÊNCIA GARANTIDA. PERFURAÇÃO E CINZELADO DE BETÃO Adquiriu a melhor ferramenta, agora compre o melhor acessório para o seu trabalho

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS 2008

CATÁLOGO DE PRODUTOS 2008 ATÁLOGO E PROUTOS 2008 Uma empresa do Grupo SWAROVSKI 59 03 ÍNIE INSTITUIONAL TYROLIT AMBIÇÃO E VISÃO.................. 04 PRESENÇA GLOBAL................ 04 QUALIAE TYROLIT............... 04 NOVOS RÓTULOS..................

Leia mais

Processo de Retificação Aspectos Gerais Análise

Processo de Retificação Aspectos Gerais Análise SEM0534 Processos e Fabricação Mecânica Processo e Retificação Prof. Assoc. Renato Goulart Jasinevicius SEM0534 Processos e Fabricação Mecânica Processo e Retificação Aspectos Gerais Análise SEM0534 Processos

Leia mais

Tubos Leves/Pesados. Cortatubos. Serviço Pesado. Rodas Cortadoras. Serviço Pesado. Máquina para Cortar Tubos. Escariador de Tubos 2 Serras

Tubos Leves/Pesados. Cortatubos. Serviço Pesado. Rodas Cortadoras. Serviço Pesado. Máquina para Cortar Tubos. Escariador de Tubos 2 Serras Tubos Leves/esados Tubos Leves/esados Tipos Cortatubos Número de s (ol. ) ág. Serviço esado 3 ½ / 3.2 Articulado 2 2 3.2 Cerâmica e Ferro Fundido 2 ½ 3.3 Ensamblador de Tubos ½ 3.3 Rodas Cortadoras Serviço

Leia mais

Qualidade em Abrasivos. Novo. VSM CERAMICS Produtos de Alta Tecnologia Grão Cerâmico Auto Afiante. Especiais. Produtos. Aplicações

Qualidade em Abrasivos. Novo. VSM CERAMICS Produtos de Alta Tecnologia Grão Cerâmico Auto Afiante. Especiais. Produtos. Aplicações Novo VSM CERAMICS Produtos de Alta Tecnologia Grão Cerâmico Auto Afiante Aplicações Produtos Especiais Campos de Aplicação Nossa solução A VSM oferece produtos de alta tecnologia e qualidade com excelente

Leia mais

Inovações de produtos 2015 /1. Uma empresa do grupo SWAROVSKI www.tyrolit.com.pt

Inovações de produtos 2015 /1. Uma empresa do grupo SWAROVSKI www.tyrolit.com.pt Inovações de produtos 2015 /1 Uma empresa do grupo SWAROVSKI www.tyrolit.com.pt CONTEÚDO 2 CONTEÚDO PREMIUM CA-P93 V Discos de fibra vulcanizados 4 PREMIUM ZA-P48 V Discos de fibra vulcanizados 6 PREMIUM

Leia mais

metais não ferrosos aluminio-cobre-latão - aço inoxidável

metais não ferrosos aluminio-cobre-latão - aço inoxidável metais não ferrosos aluminio-cobre-latão - aço inoxidável Arames Barras chatas Bobinas Cantoneiras Chapas Discos Perfis Buchas Tubos Tubos de cobre para refrigeração Vergalhões, redondos, sextavados e

Leia mais

29 Recuperação de guias ou vias deslizantes I

29 Recuperação de guias ou vias deslizantes I A U A UL LA Recuperação de guias ou vias deslizantes I Uma máquina foi retirada do setor de produção e levada para o setor de manutenção porque havia atingido o seu ponto de reforma. A equipe de manutenção

Leia mais

Sistemas de de corte e desbaste Corte e Acabamento

Sistemas de de corte e desbaste Corte e Acabamento Sistema de corte e desbaste - (linha classic) Esmerilhadeira DAG 25-SE Esmerilhadeira DEG 25-D Página 34 Página 35 Esmerilhadeira DCG 80-P Página 36 Esmerilhadeira DCG 80-D Página 3 Esmerilhadeira DCG

Leia mais

Aços Longos. Barras Trefiladas

Aços Longos. Barras Trefiladas Aços Longos Barras Trefiladas Soluções em aço seguro e sustentável. Resultado da união dos dois maiores fabricantes mundiais de aço, a ArcelorMittal está presente em mais de 60 países, fabricando Aços

Leia mais

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO Pág.:1 MÁQUINA: MODELO: NÚMERO DE SÉRIE: ANO DE FABRICAÇÃO: O presente manual contém instruções para instalação e operação. Todas as instruções nele contidas devem ser rigorosamente seguidas do que dependem

Leia mais

Aula 09. Processo de Furação

Aula 09. Processo de Furação Aula 09 Processo de Furação Prof. Dr. Eng. Rodrigo Lima Stoeterau Formas de obtenção de furos Processos de Usinagem Processo de usinagem onde movimento de corte é principal rotativo, e o movimento de avanço

Leia mais

Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter

Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter Página CILINDROS... 150 Inspeção e medição... 150 Retificação de cilindros... 150 Acabamento... 151 Limpeza... 151 MANCAIS DE MOTOR... 152 Mancal

Leia mais

Perfil Empresarial. Rua José de Oliveira Ramos - Passos - MG Fone: 35 3536 1056 / Cel: 35 99296869 / E-mail: diretoria@ser.eng.br

Perfil Empresarial. Rua José de Oliveira Ramos - Passos - MG Fone: 35 3536 1056 / Cel: 35 99296869 / E-mail: diretoria@ser.eng.br Perfil Empresarial Rua José de Oliveira Ramos - Passos - MG Fone: 35 3536 1056 / Cel: 35 99296869 / E-mail: diretoria@ser.eng.br ÍNDICE I - A EMPRESA - HISTÓRICO - Conheça nossa empresa e um pouco de sua

Leia mais

Escola Técnica SENAI Caruaru Técnico em Eletromecânica TORNEARIA

Escola Técnica SENAI Caruaru Técnico em Eletromecânica TORNEARIA Escola Técnica SENAI Caruaru Técnico em Eletromecânica TORNEARIA Profº Carlos Eduardo ALUNO(A): TURMA: Caruaru 2011 Afiação de ferramentas Após algum tempo de uso, as ferramentas de corte geralmente se

Leia mais

Segurança e Utilização de Ferramentas Rotativas para Corte e Desbaste por Abrasão

Segurança e Utilização de Ferramentas Rotativas para Corte e Desbaste por Abrasão SEGURANÇA E UTILIZAÇÃO DE FERRAMENTAS ROTATIVAS PARA CORTE E DESBASTE POR ABRASÃO Christiano Anderson da Silva ( christecso@yahoo.com.br ) Leandro Carlos Alves ( leandroalves1973@yahoo.com.br ) Silvio

Leia mais

A excelência da. lapidação. Conheça os detalhes do processo que dá acabamento estético e seguro às bordas dos vidros. Capa

A excelência da. lapidação. Conheça os detalhes do processo que dá acabamento estético e seguro às bordas dos vidros. Capa Capa A excelência da lapidação Conheça os detalhes do processo que dá acabamento estético e seguro às bordas dos vidros Fotos: Dario de Freitas Em ação: máquina lapidadora modela vidro com um rebolo por

Leia mais

Discos de corte e desbaste

Discos de corte e desbaste Discos de corte e desbaste Stationäre Trennschleifscheiben Discos de corte e desbaste Índice de produtos Discos de desbaste Discos lamelares POLIFAN Discos de corte Discos de corte diamantados Conteúdo

Leia mais

Grupo 30.24 A - Material de construção

Grupo 30.24 A - Material de construção O catálogo do grupo 30.24 A contém as especificações de material de construção. Os itens que estão destacados com a mesma coloração significam que possuem a mesma descrição, no entanto, possuem diferentes

Leia mais

Discussão sobre os processos de goivagem e a utilização de suporte de solda

Discussão sobre os processos de goivagem e a utilização de suporte de solda Discussão sobre os processos de goivagem e a utilização de suporte de solda Liz F Castro Neto lfcastroneto@gmail.com Dênis de Almeida Costa denis.costa@fatec.sp.gov.br 1. Resumo Na soldagem de união, a

Leia mais

Polias e correias. Polias

Polias e correias. Polias A U A UL LA Polias e correias Introdução Às vezes, pequenos problemas de uma empresa podem ser resolvidos com soluções imediatas, principalmente quando os recursos estão próximos de nós, sem exigir grandes

Leia mais

TW103 TW203 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE.

TW103 TW203 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. TW103 TW203 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. BROCAS TW103 E TW203 PROPORCIONAM FUROS COM EXCELENTE QUALIDADE E MÁXIMO DESEMPENHO NO LATÃO E MATERIAIS DE CAVACO QUEBRADIÇO EM GERAL. Conheça suas características:

Leia mais

Salvi Casagrande Salvi Sul

Salvi Casagrande Salvi Sul 1 Anéis Padrão ANÉIS Usados para calibração de micrômetros internos, comparadores de diâmetros internos, micrômetros tubulares, etc Fabricados em aço temperado, micro lapidados Alta precisão de acordo

Leia mais

MIG. Arame MIG Inox ER 316 LSI ø 0,90 mm 15 kg Fluxometro em Acrilico 1 Unid.

MIG. Arame MIG Inox ER 316 LSI ø 0,90 mm 15 kg Fluxometro em Acrilico 1 Unid. MIG Descrição Embal. Descrição Embal. Tubo M6 X 25 MM ø 0,6-0,8-0,9-1,0-1,2 MM - (COBRE) Tubo M6 X 27 MM ø 0,6-0,8-0,9-1,0-1,2 MM - (CuCrZr) Tubo M6 X 32 MM ø 0,6-0,8-0,9-1,0-1,2 MM - (COBRE Tubo M6 X

Leia mais

BIGGER & BETTER: Motor Ford 302 x 347

BIGGER & BETTER: Motor Ford 302 x 347 BIGGER & BETTER: Motor Ford 302 x 347 Como dizia Carrol Shelby, nada substitui as polegadas cúbicas. Neste escopo, todo preparador, ou entusiasta, visa aumentar a cilindrada cúbica (cc) ou a polegada cúbica

Leia mais

PRECISION GRINDING SOLUTIONS

PRECISION GRINDING SOLUTIONS PRECISION GRINDING SOLUTIONS REBOLOS Rebolos Diamantados para Rtificação / Rebolos CBN para Retificação Propriedades dos Superabrasivos Diamante CBN Especificação de um Rebolo de Diamante Identificação

Leia mais

SUPORTE LATERAL componentes. VARANDA componentes. SUPORTE LATERAL componentes. Tel: 55 11 4177-2244 plasnec@plasnec.com.br l www.plasnec.com.

SUPORTE LATERAL componentes. VARANDA componentes. SUPORTE LATERAL componentes. Tel: 55 11 4177-2244 plasnec@plasnec.com.br l www.plasnec.com. VARANDA 5 6 9 SUPORTE LATERAL 12 4 7 10 8 Código: 17010101 Descrição: Conjunto suporte lateral regulável Ø 13mm: 1 - Manopla - PA rosca M10 SS 304 2 - Arruela - M12 24mm SS 304 3 - Olhal - M10 PA M10 SS

Leia mais

Catálogo Geral 2011/12

Catálogo Geral 2011/12 Catálogo Geral 2011/12 EMPRESA A Abrasivos Montagna atende o mercado indutrial desde 1975 e realiza um trabalho focado com produtos abrasivos aplicados em processos produtivos. Com produtos inovadores

Leia mais

Uso de ferramentas. Um aprendiz de mecânico de manutenção. Ferramentas de aperto e desaperto

Uso de ferramentas. Um aprendiz de mecânico de manutenção. Ferramentas de aperto e desaperto A U A UL LA Uso de ferramentas Um aprendiz de mecânico de manutenção verificou que uma máquina havia parado porque um parafuso com sextavado interno estava solto. Era preciso fixá-lo novamente para pôr

Leia mais

Como escolher sua broca

Como escolher sua broca pdrilling Content w Como escolher sua broca Como escolher sua broca 1 Defina o diâmetro da broca e profundidade do furo Procure as faixas de diâmetro e profundidade do furo para as brocas relacionadas

Leia mais

Sua oficina merece equipamentos versáteis e seguros. Toda a qualidade MARCON também presente em ferramentas de bancada.

Sua oficina merece equipamentos versáteis e seguros. Toda a qualidade MARCON também presente em ferramentas de bancada. Sua oficina merece equipamentos versáteis e seguros. Toda a qualidade MARON também presente em ferramentas de bancada. 140 www.marcon.ind.br ÍNDIE Furadeiras de Bancada, Moto Esmeril 142 Tornos de Bancada,

Leia mais

Metal. Abrasivos de alta performance para metal

Metal. Abrasivos de alta performance para metal Metal brasivos de alta performance para metal 2 Legenda Pressão de contato baixa baixa a média média média a alta Linha de produtos = brasivos flexíveis Remoção de material baixa média alta muito alta

Leia mais

TOOLS NEWS. Corpo de alta rigidez desenvolvido com tecnologia de ponta. Disponível em comprimentos de 2 ~ 6xD B202Z. Broca intercambiável MVX

TOOLS NEWS. Corpo de alta rigidez desenvolvido com tecnologia de ponta. Disponível em comprimentos de 2 ~ 6xD B202Z. Broca intercambiável MVX TOOLS NEWS Atualiz. 2014.7 B202Z Broca intercambiável Novo quebra-cavaco US Corpo de alta rigidez desenvolvido com tecnologia de ponta. Disponível em comprimentos de 2 ~ 6xD Broca intercambiável 4 arestas

Leia mais

BR 280 - KM 47 - GUARAMIRIM SC Fone 47 3373 8444 Fax 47 3373 8191 nitriondobrasil@terra.com.br www.nitrion.com

BR 280 - KM 47 - GUARAMIRIM SC Fone 47 3373 8444 Fax 47 3373 8191 nitriondobrasil@terra.com.br www.nitrion.com TÉCNICA DA NITRETAÇÃO A PLASMA BR 280 KM 47 GUARAMIRIM SC Fone 47 3373 8444 Fax 47 3373 8191 nitriondobrasil@terra.com.br www.nitrion.com A Nitrion do Brasil, presente no mercado brasileiro desde 2002,

Leia mais

CATÁLOGO DE METROLOGIA

CATÁLOGO DE METROLOGIA CATÁLOGO DE METROLOGIA 1 PAQUÍMETRO PAQUÍMETRO UNIVERSAL PAQUÍMETRO UNIVERSAL (MD) capacidade LEITURA 141-112 0-150mm / 0-6 0,02mm / 0,001 141-113 0-150mm / 0-6 0,05mm / 1/128 141-114 0-200mm / 0-8 0,02mm

Leia mais

Aplicação. Aplicação. 15-25000 rpm. 15-30000 rpm. Aplicação. Aplicação. 15-30000 rpm. 15-30000 rpm. Aplicação. Aplicação. 15-30000 rpm.

Aplicação. Aplicação. 15-25000 rpm. 15-30000 rpm. Aplicação. Aplicação. 15-30000 rpm. 15-30000 rpm. Aplicação. Aplicação. 15-30000 rpm. CORTE CRUZADO SUPER GROSSO Gesso Moldeira Individual Metal 15-25000 rpm 306102 305502 303601 303301 303201 307201 559001 557701 509901 509201 509001 509101 CORTE CRUZADO FINO 203001 203201 201801 201402

Leia mais

Bombas Submersas. 1. Aplicação. 2. Dados de operação das bombas submersas. 3. Construção / projeto. Denominação UPD, BPD e BPH (exemplo)

Bombas Submersas. 1. Aplicação. 2. Dados de operação das bombas submersas. 3. Construção / projeto. Denominação UPD, BPD e BPH (exemplo) Manual Técnico A3405.0P Bombas Submersas 1. Aplicação É recomendada para o abastecimento de água limpa ou levemente contaminada, abastecimento de água em geral, irrigação e sistemas de aspersão pressurizados

Leia mais

Se necessita de um disco multifunções ou um produto mais específico, pode encontrar a solução na nossa gama de discos de fibra:

Se necessita de um disco multifunções ou um produto mais específico, pode encontrar a solução na nossa gama de discos de fibra: Com a linha de abrasivos 3M apresentamos soluções para desbaste, corte, acabamento e polimento e aços, madeiras e reparação automóvel. Nesta área, a Maxfit comercializa uma vasta gama de rolos abrasivos,

Leia mais

Disciplina de Prótese Parcial Fixa

Disciplina de Prótese Parcial Fixa Disciplina de Prótese Parcial Fixa Docentes: Profa. Dra. Adriana Cristina Zavanelli Profa. Dra. Daniela Micheline dos Santos Prof. Dr. José Vitor Quinelli Mazaro Prof. Dr. Stefan Fiúza de Carvalho Dekon

Leia mais

AULA 24 PROCESSO DE FURAÇÃO: BROCAS

AULA 24 PROCESSO DE FURAÇÃO: BROCAS AULA 24 PROCESSO DE FURAÇÃO: BROCAS 177 24. PROCESSO DE FURAÇÃO: BROCAS 24.1. Introdução As brocas são as ferramentas de abertura de furos que, em geral, possuem de 2 a 4 arestas de corte (gumes) que

Leia mais

Acesse: http://fuvestibular.com.br/

Acesse: http://fuvestibular.com.br/ Esse torno só dá furo! Na aula sobre furação, você aprendeu que os materiais são furados com o uso de furadeiras e brocas. Isso é produtivo e se aplica a peças planas. Quando é preciso furar peças cilíndricas,

Leia mais

Estruturas de serrotes para metais

Estruturas de serrotes para metais Serração Serras alternativas As máquinas de serração e as serras RIDGID foram desenvolvidas por profissionais para profissionais. Quaisquer que sejam as suas exigências em questões de serração, o programa

Leia mais