Lição 10. Como entender a realidade da morte? Texto Bíblico: 1Coríntios ; 43-58

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lição 10. Como entender a realidade da morte? Texto Bíblico: 1Coríntios 15.20-28; 43-58"

Transcrição

1 Lição 10 Como entender a realidade da morte? Texto Bíblico: 1Coríntios ; Introdução: O Apóstolo Paulo estava trabalhando algumas discrepâncias doutrinárias na Igreja de Corinto e, especificamente, neste capítulo, a problemática da ressurreição. Por influência grega, alguns se baseavam no conceito de ser a matéria ou a substância material a causa de todo o mal, para negar a ressurreição (1Co 15.12,13). Tal posição acarretava sérios prejuízos, como o descrédito da pregação apostólica, a ideia de uma fé fantasiosa ou fictícia e os apóstolos como testemunhas falsas (1Co ). Para combater tal equívoco, Paulo afirmava não haver esperança sem a ressurreição (1Co 15.19), que a morte é um inestimável ganho (Fl 1.21) e que a ressurreição de Cristo é a base da ressurreição dos crentes (1Co ). Comumente as pessoas têm certa dificuldade em lidar com a realidade da morte. Algumas ficam tão aterrorizados que negam a existência dela, tentando viver como se fossem eternos. Há, também, aquelas que se negam até mesmo a pronunciar a palavra morte. Outras há que vivem tão assustadas com a morte que nem conseguem viver. O certo é que costumamos vê-la como uma intrusa, uma inimiga (1Co 15.26), contudo, a reconhecemos como uma das expressões mais nítidas da vida. Mas, por que isso incomoda tanto o ser humano? Foi dito que o homem é, dentre todas as criaturas, a única que sabe que vai morrer 1 ; sendo, portanto, o único ser que tem consciência de sua existência. Por ser uma realidade da qual ninguém escapa, quero convidá-lo, como companheiro na vida e na morte, para objetivamente pensarmos sobre ela. I - O que é a morte? É algo que atinge as pessoas por inteiro: aqueles que morrem e aqueles que vivenciam a morte de alguém. De certa forma, quando vivenciamos a morte de alguém muito próximo a nós, é como se um pouco de nós mesmos morresse também. O que é 1 Em Busca da Política por Zygmunt Bauman Pg. 39

2 algo natural e inevitável (Hb 9.27), porque já está no mundo antes mesmo do nosso nascimento também parece uma coisa contrária à natureza. O homem a vê como um castigo por causa do pecado, como uma imposição e até mesmo como uma maldade de Deus (Gn 2.17). Certamente essa foi a primeira experiência de Adão com a morte. Sentiu que algo estranho tomava lugar dentro de si. De imediato não ocorreu a morte física, mas, no íntimo, algo começava a morrer. Deu-se início à separação, que se manifestou na forma de fuga daquilo que, até então, era agradável (Gn ), culminando com a perda do paraíso (Gn 3.23) e, posteriormente, a convivência com a dor pela morte do seu filho (Gn 4.8). A melhor definição de morte é separação, porque é algo que sentimos antes mesmo dela se efetuar. É a dissolução da união existente entre o espírito e o corpo (Ec 12.7). A morte física é símbolo, expressão e parte integrante da morte mais profunda que o pecado inevitavelmente traz. No plano físico, nos separamos de pessoas e coisas e no espiritual, a separação é de Deus. A morte ocasiona angústia, pavor, experiência de privação, ausência do convívio, desespero apático; mas em Cristo, olhamos a morte de outra forma, como o início de uma nova vida (2Co ), como o tabernáculo terrestre que se desfaz (2Co 5.1) e como uma porta que se abre, viabilizando as maravilhas da eternidade (Ap ). Na Bíblia, a morte é descrita também como uma sombra (Jó 10.21; 12.22; Sl 23.4), escurecendo os nossos momentos mais ensolarados e a cada dia avançamos mais em sua direção. II Os salvos morrem? No plano físico, todos morrem (Sl 89.48), inclusive plantas e animais. Com relação a estes, a morte significa o fim da vida, mas para os seres humanos a morte física não significa o fim da existência. Se o homem não tivesse pecado, teria ele morrido fisicamente? Não sabemos. Talvez acontecesse com todos o mesmo que aconteceu com Enoque e Elias (Gn 5.24; 2Rs 2.1,11). A morte não é um fim em si mesma, ela abre o acesso à vida; é a transição para uma outra dimensão, onde continua a nossa existência consciente (2Co 5.10; Ap

3 7.9,10,15), pois Cristo venceu a morte por nós. Além da morte física, há também a morte espiritual (Gn 2.17; Rm 6.23), como consequência do pecado. O homem do Antigo Testamento, ainda não tendo posse de toda a revelação de Deus, cria na morte como a entrada no sheol, mundo dos mortos, lugar onde a pessoa era separada e privada de tudo o que lhe era precioso na vida, inclusive Deus e seus familiares. Sendo todos os seres humanos pecadores (Rm 3.23), todos estão espiritualmente mortos, separados de Deus e, por isso mesmo, carecem de sua graça para a reconciliação com o Pai (2Co 5.20 ), para serem vivificados em Cristo (Jo 5.21; 6.63; Rm 4.17; 8.11; 1Co 15.22; Ef 2.5). Há também a morte eterna, a segunda morte (Ap 2.11), que é a separação dos perdidos no inferno, eternamente longe de Deus (Ap 20.14; 21.8). A segunda morte é a sentença de Deus no juízo final, e não há nada de arbitrário nisso. Deus verdadeiramente está respeitando a escolha que os perdidos fizeram, permitindo que tenham por toda a eternidade as condições espirituais que escolheram ter enquanto na terra. Cristo esvaziou-se, viveu entre os homens e mesmo não tendo pecado, sendo perfeito, aceitou a morte (Fp 2.7,8; 1Pe 3.18), movido por seu grande amor para conosco (Mc 10.45; 1Ts 5.10), destronando o pecado (1Co ), vencendo o diabo e a morte (Hb 2.14,15), eliminando o seu poder sobre os salvos (Rm 6.3,4), que estão mortos para o mundo (Gl 2.20) e vivificados em Cristo. Essa nova realidade ou novidade de vida (Rm 6.4) é guiada pelo Espírito (Gl 5.18) e não pela carne, desenvolvendo-se com qualidade, não apenas no tempo vindouro, mas a partir do presente (Jo 5.24; 8.51,52; Ap 3.20; 20.14), como nova criatura selada pelo Espírito (Ef 1.13) para as delícias da eterna vida. III Tragada foi a morte pela vitória O sacrifício de Jesus Cristo na Cruz assegura a vitória sobre a morte, que será o último inimigo a ser vencido (1Co 15.26). Só que na dinâmica do tempo, encontramos a morte em pleno avanço, pois, conquanto tenhamos a infalível promessa da vitória de Cristo, ela ainda não foi derrotada na experiência física individual (Rm ; 1Co 15.26). Todavia, a vitória do Mestre da Galiléia sobre o império das trevas e da morte impede que todo aquele que a Ele se rende seja separado do amor de Deus (Rm 8.38,39).

4 A doutrina da ressurreição, tendo Jesus como primícias dos que dormem (1Co 15.20), é a garantia para a ressurreição dos crentes: mudança do corpo físico para um corpo espiritual (1Co 15.44). ; remoção do pecado que é o aguilhão da morte, apontando que em Cristo a redenção é plena, a vitória é total. Os apóstolos não silenciaram quanto a vitória de Cristo sobre a morte. Pedro, no Pentecostes, alçou a voz dizendo:... Jesus, o nazareno,... vós o matastes, crucificandoo por mãos de iníquos; ao qual, porém, Deus ressuscitou, rompendo os grilhões da morte; porquanto não era possível fosse ele retido por ela (At ). As autoridades religiosas judaicas tiveram poder de entregar Jesus às autoridades romanas para a crucificação (Mt ; At 5.30; 7.52), mas ninguém e nem poder algum, conseguiu prendê-lo no túmulo, deixando-o inerte no seio da morte. Ele não está aqui! (Mt 28.6). Os grilhões, os laços ou dores da morte foram rompidos, sendo tragada pela vitória triunfante de Jesus. Paulo, contundente erudito da pregação aos gentios, no exercício do seu ministério apostólico, tornou-se um baluarte na proclamação do Evangelho, que tinha como essência a morte e a ressurreição de Jesus, realidade que subtrai qualquer dúvida a respeito das profecias (Is 25.8) e do próprio testemunho do Mestre a respeito da sua vitória visível sobre a morte (Hb ), assegurando aos que crêem plena certeza e alegria da salvação. Além disso, algo que merece relevo é a experiência dos apóstolos Pedro e João diante do Sinédrio, quando interrogados pelo benefício feito a um homem enfermo e do modo que foi curado, a resposta apontou para o nome de Jesus, que eles crucificaram e que Deus ressuscitou (At 4.9,10). O sacrifício e a ressurreição se completam, é a essência total do plano redentor de Jesus, em que a morte foi tragada pela vitória. Se não houvesse ressurreição, a nossa fé não teria sentido e seríamos os mais infelizes, se esperássemos em Cristo só nesta vida (1Co 15.19). Para Pensar e Agir Em Adão, todos pecaram e ficaram sob o domínio da morte: física, espiritual e eterna (Rm 3.23). Mas Deus, em Cristo, oferece ao homem uma nova chance, um recomeço. Oferece a vida! Onde só havia o pavor da separação pela morte física (Tg ), Deus propôs a vida, com qualidade e quantidade (Jo 10.10).

5 Aos que estavam mortos em suas ofensas e pecados, Ele os vivificou juntamente com Cristo (Ef ). A morte para os que não têm uma experiência com Jesus é vista como maldição, mas para os salvos, lavados pelo sangue do Cordeiro, esta maldição foi transformada em bênção e vitória, pois o Senhor veio, suplantou e venceu a morte (Fp ; Rm 8.1), de sorte que ela não nos alcançará. Leituras diárias: Segunda-feira: João Terça-feira: Gênesis Quarta-feira: Ezequiel Quinta-feira: 1Coríntios Sexta-feira: Mateus Sábado: João Domingo: 1Jo

O SENHOR JESUS CRISTO

O SENHOR JESUS CRISTO O SENHOR JESUS CRISTO I. SUA EXISTÊNCIA A) Provada pelo Antigo Testamento: (Mq 5.2; Is 9:6 Pai da Eternidade ) B) Provada pelo Novo Testamento: 1) João 1.1, em comparação com o versículo 14. 2) Jo 8.58

Leia mais

Epidemias Globais. Aula 25/10/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Epidemias Globais. Aula 25/10/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Epidemias Globais Aula 25/10/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Conceituação O que é Endemia? Epidemia? Pandemia? Endemia: surto de doença que ocorre em apenas um determinado local ou região (febre

Leia mais

igrejabatistaagape.org.br [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo concedeu-lhe liberdade de escolha.

igrejabatistaagape.org.br [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo concedeu-lhe liberdade de escolha. O Plano da Salvação Contribuição de Pr. Oswaldo F Gomes 11 de outubro de 2009 Como o pecado entrou no mundo e atingiu toda a raça humana? [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo

Leia mais

Jesus declarou: Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo. (João 3:3).

Jesus declarou: Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo. (João 3:3). Jesus declarou: Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo. (João 3:3). O capítulo três do Evangelho de João conta uma história muito interessante, dizendo que certa noite

Leia mais

EXISTE O INFERNO? Introdução

EXISTE O INFERNO? Introdução EVANGELISMO PESSOAL EXISTE O INFERNO 1 EXISTE O INFERNO? Introdução A. Um dos temas religiosos mais carregados de emoção é o tema do Inferno. Que sucede depois da morte física? Há algo mais além do túmulo

Leia mais

A morte física é o resultado final da vida nesse mundo decaído. 1 Jo 5:19

A morte física é o resultado final da vida nesse mundo decaído. 1 Jo 5:19 1 Todos Morrem! Pessoas morrem diariamente, seja por acidente ou de câncer, ataque cardíaco, acidente vascular cerebral, ou como vítimas de quaisquer das numerosas outras doenças. Alguns chegam a morrer

Leia mais

HAMARTIOLOGIA A DOUTRINA DO PECADO

HAMARTIOLOGIA A DOUTRINA DO PECADO Pr. Jorge Luiz Silva Vieira P á g i n a 1 A origem do pecado: HAMARTIOLOGIA A DOUTRINA DO PECADO Deus não pode pecar Ele é Santo (I Pe 1.16; I Jo 1.5) e não pode ser tentado pelo mal e a ninguém tenta

Leia mais

"como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus" VIDA RELACIONAL COM DEUS: SERVO-SENHOR

como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus VIDA RELACIONAL COM DEUS: SERVO-SENHOR EBD 03: 21 de setembro, inverno de 2014 ESTAÇÃO 3: VIDA ESPIRITUAL ÊNFASE DO MÊS: Derretendo o gelo nas relações com Deus - Pr. Walmir Vargas A SÓS COM DEUS DA FAMÍLIA LIBERDADE "como servos de Cristo,

Leia mais

O SER DE DEUS E A TRINDADE

O SER DE DEUS E A TRINDADE O SER DE DEUS E A TRINDADE INTRODUÇÃO 1. O que é a disciplina? É o estudo sobre a Pessoa de Deus como é revelada na Bíblia e na Revelação Geral. 2. Importância: - Conhecer quem é Deus é fundamental para

Leia mais

PÁSCOA (Lv. 23:5) 1. O que é a Páscoa: 2. O Dia da Páscoa: Calendário Lunar Judaico e seus meses correspondentes no Calendário Solar ou Juliano

PÁSCOA (Lv. 23:5) 1. O que é a Páscoa: 2. O Dia da Páscoa: Calendário Lunar Judaico e seus meses correspondentes no Calendário Solar ou Juliano PÁSCOA (Lv. 23:5) 1. O que é a Páscoa: Páscoa no hebraico é pessach que significa passagem ou passar por cima: "...é a páscoa do Senhor" (Ex.12:11), "Porque o Senhor passará para ferir os egípcios..."

Leia mais

Os salvos que já morreram ainda não se encontraram com o Senhor? (1Ts 4.13-18)

Os salvos que já morreram ainda não se encontraram com o Senhor? (1Ts 4.13-18) Os salvos que já morreram ainda não se encontraram com o Senhor? (1Ts 4.13-18) Compreendendo o destino humano 1 por Paulo Sérgio de Araújo Conforme a antropologia bíblica, a natureza humana consiste de

Leia mais

SEMINARIO DE ESCATOLOGIA. III) Segunda vinda de Cristo ( Sinais da vinda ) I) INTRODUÇÃO A ESCATOLOGIA. 1- O que é Escatologia?

SEMINARIO DE ESCATOLOGIA. III) Segunda vinda de Cristo ( Sinais da vinda ) I) INTRODUÇÃO A ESCATOLOGIA. 1- O que é Escatologia? SEMINARIO DE ESCATOLOGIA INDICE I) Introdução à Escatologia II) Dispensações III) Segunda vinda de Cristo ( Sinais da vinda ) IV) Milênio de paz V) Juízo Final VI) Estado Perfeito I) INTRODUÇÃO A ESCATOLOGIA.

Leia mais

Classe Adultos. Esperança e Glória para os Salvos

Classe Adultos. Esperança e Glória para os Salvos Classe Adultos Esperança e Glória para os Salvos OBJETIVOS OBJETIVO GERAL Explicar o real significado da Escatologia Bíblica. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Após esta aula, o aluno deverá estar apto a: I. Definir

Leia mais

Perfil da Igreja que possui maturidade

Perfil da Igreja que possui maturidade Perfil da Igreja que possui maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO Atos 2.7-45 7 - E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, homens irmãos?

Leia mais

TRIMESTRE MORTE E RESSURREIÇÃO LIÇÃO 12. www.classedaescolasabatina.com.br

TRIMESTRE MORTE E RESSURREIÇÃO LIÇÃO 12. www.classedaescolasabatina.com.br TRIMESTRE MORTE E RESSURREIÇÃO LIÇÃO 12 www.classedaescolasabatina.com.br LIÇÃO 11 relembrando LIÇÃO 11 relembrando CRISTO, O CRIADOR DO SÁBADO LIÇÃO 11 relembrando CRISTO, O CRIADOR DO SÁBADO CRISTO,

Leia mais

O destino dos mortos

O destino dos mortos O destino dos mortos E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou-lhe nas narinas o fôlego da vida; e o homem tornou-se alma vivente. (Gn 2:7) OBJETIVO Desafiar o estudante da palavra de Deus

Leia mais

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO ETERNIDADE DEUS PAI LOGUS ESPIRITO SANTO A TRINDADE 1Jo.5.7 LOGUS QUER DIZER PALAVRA OU VERBO SE REFERE AO FILHO NA ETERNIDADE I - SUA PRÉ-EXISTÊNCIA 1 - SUA EXISTÊNCIA

Leia mais

Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.

Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. PRIMEIRA LEI ESPIRITUAL: O AMOR DE DEUS TEXTO: João 3:16 Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Jo 3:16 1 Qual

Leia mais

ESCOLA BÍBLICA I. E. S.O.S JESUS

ESCOLA BÍBLICA I. E. S.O.S JESUS Data: 03/03/08 COMO A MORTE ENTROU NO MUNDO PECADO Significa errar o alvo, rebelião, desobediência. etc. HERMENEUTICA A arte de interpretar o sentido das palavras em leis, textos, Romanos, 5 : 12 12 Portanto,

Leia mais

Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I.

Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I. Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I. Introdução. Na Carta aos Efésios 6.18, podemos perceber que há diversos tipos de oração, instruindo-nos o Espírito Santo que

Leia mais

JESUS, DEUS FILHO, É A 2a PESSOA DA TRINDADE

JESUS, DEUS FILHO, É A 2a PESSOA DA TRINDADE JESUS, DEUS FILHO, É A 2a PESSOA DA TRINDADE JESUS CRISTO: DEUS EM FORMA DE HOMEM A DIVINDADE DE CRISTO O Filho de Deus: A Pessoa e a Obra de Jesus Cristo Jesus Cristo, que é eternamente a segunda pessoa

Leia mais

GRAÇA E FÉ por Rev. Fernando Almeida

GRAÇA E FÉ por Rev. Fernando Almeida 1 GRAÇA E FÉ por Rev. Fernando Almeida Introdução Muitos de nós ouvimos, com certa freqüência, pregadores que ao fazerem apelo, dizem coisas do tipo: dê uma chance para Jesus ou ainda deixe Jesus entrar

Leia mais

Lição 1 - Apresentando o Evangelho Texto Bíblico Romanos 1.16,17

Lição 1 - Apresentando o Evangelho Texto Bíblico Romanos 1.16,17 Lição 1 - Apresentando o Evangelho Texto Bíblico Romanos 1.16,17 Paulo escreveu uma carta à Igreja de Roma, mas não foi ele o instrumento que Deus usou para fazer acontecer uma Agência do Reino de Deus

Leia mais

Cinco ensinamentos da Páscoa para nossa vida pessoal

Cinco ensinamentos da Páscoa para nossa vida pessoal Cinco ensinamentos da Páscoa para nossa vida pessoal Contribuição de Pr. Oswaldo F Gomes 12 de abril de 2009 igrejabatistaagape.org.br Cinco ensinamentos da Páscoa para nossa vida pessoal. A celebração

Leia mais

Princípios de Fé Estudo 1

Princípios de Fé Estudo 1 Estudo 1 1 Tema: A fé e a comunhão Texto Base: o que temos visto e ouvido anunciamos também a vós outros, para que vós, igualmente, mantenhais comunhão conosco. Ora, a nossa comunhão é com o Pai e com

Leia mais

AD Campinas- SP. Lição 2

AD Campinas- SP. Lição 2 TEXTO ÁUREO Escola Bíblica Dominical AD Campinas- SP Lição 2 12 de Abril de 2009 A Superioridade da Mensagem da Cruz "Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos,

Leia mais

A Bíblia nessa passagem a história de um homem que queria deixar de ser cego.

A Bíblia nessa passagem a história de um homem que queria deixar de ser cego. Mensagem: O HOMEM QUE ABRIU OS OLHOS PARA DEUS Pastor: José Júnior Dia: 22/09/2012 sábado AMAZON JOVENS Texto-base: Lucas 18:35-43 A Bíblia nessa passagem a história de um homem que queria deixar de ser

Leia mais

SEMANA 12 ESBOÇO 216 217 SEMANA 12 ESBOÇO

SEMANA 12 ESBOÇO 216 217 SEMANA 12 ESBOÇO SEMANA 12 ESBOÇO 216 217 SEMANA 12 ESBOÇO Dia 1 Dia 2 ESBOÇO A Morte, Ressurreição e Ascensão do Salvador-Escravo e Sua Propagação Universal do Evangelho por meio dos Seus Discípulos Leitura Bíblica: Mc

Leia mais

HISTÓRIA DA IGREJA. Prof. GUILHERME WOOD. APOSTILA NO SITE: http://www.ibcu.org.br/apostilas/historiaigreja.pdf

HISTÓRIA DA IGREJA. Prof. GUILHERME WOOD. APOSTILA NO SITE: http://www.ibcu.org.br/apostilas/historiaigreja.pdf HISTÓRIA DA IGREJA Prof. GUILHERME WOOD APOSTILA NO SITE: http://www.ibcu.org.br/apostilas/historiaigreja.pdf Reforma Protestante - Antinomismo Acusação contra Lutero Lutero x Johann Schneider (João (

Leia mais

BATISMO E SANTA CEIA

BATISMO E SANTA CEIA BATISMO E SANTA CEIA INTRODUÇÃO (Seria interessante que neste dia houvesse a celebração de uma cerimônia batismal, ou então uma santa ceia...) O cristianismo é uma religião de poder! E o apóstolo S. Paulo

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO

2015 O ANO DE COLHER ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO Texto: Apocalipse 22:1-2 Então o anjo me mostrou o rio da água da vida que, claro como cristal, fluía do trono de Deus e do Cordeiro, no meio da RUA principal da cidade. De

Leia mais

5- O HOMEM DEPOIS DA QUEDA E O INÍCIO DA CIVILIZAÇÃO

5- O HOMEM DEPOIS DA QUEDA E O INÍCIO DA CIVILIZAÇÃO 5- O HOMEM DEPOIS DA QUEDA E O INÍCIO DA CIVILIZAÇÃO Aula 17 5.1 Como ficou o homem depois da queda? a) O homem separado de Deus pelo pecado; Deus quer restaurar o homem. Vimos que o homem morreu espiritualmente,

Leia mais

Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9. I A primeira ideia do texto é o apelo à firmeza da fé.

Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9. I A primeira ideia do texto é o apelo à firmeza da fé. 1 Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9 Introdução: Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e para sempre. Não se deixem levar pelos diversos ensinos estranhos. É bom que o nosso coração seja

Leia mais

OS MARAVILHOSOS PRESENTES DA GRAÇA DE DEUS

OS MARAVILHOSOS PRESENTES DA GRAÇA DE DEUS OS MARAVILHOSOS PRESENTES DA GRAÇA DE DEUS II Co 5.17-21 Introdução 1. Creio que uma das coisas gostosas desta vida é a experiência de se ganhar um presente. 07/07/96n a) ainda não encontrei uma pessoa

Leia mais

UM HOMEM DESEJOSO DE SALVAÇÃO Mt 19:16-22

UM HOMEM DESEJOSO DE SALVAÇÃO Mt 19:16-22 UM HOMEM DESEJOSO DE SALVAÇÃO Mt 19:16-22 INTRODUÇÃO: O texto bíblico registrado no capítulo 19 do evangelho de São Mateus, relata o diálogo do Senhor Jesus e um homem desejoso de alcançar a salvação.

Leia mais

Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 17/03/2013 A QUEDA. Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI)

Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 17/03/2013 A QUEDA. Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI) Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 17/03/2013 A QUEDA Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI) 1 - Sei que sou pecador desde que nasci, sim, desde

Leia mais

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida 32810 ~ USA

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida 32810 ~ USA 1 Lição 0 Já nasceu de novo? (volte para a página 5) Perguntaram a John Wesley porque razão ele pregava várias vezes, acerca de devem nascer de novo. Ele respondeu, porque vocês devem nascer de novo! Já

Leia mais

O Baptismo Bíblico (Mateus 3:13-17)

O Baptismo Bíblico (Mateus 3:13-17) O Baptismo Bíblico (Mateus 3:13-17) Tivemos esta manhã a alegria de testemunhar vários baptismos bíblicos. Existem outras coisas e outras cerimónias às quais se dá o nome de baptismo. Existe até uma seita,

Leia mais

FÉ SALVAÇÃO BAPTISMO - COMUNHÃO - CEIA ORAÇÃO - MEDITAÇÃO

FÉ SALVAÇÃO BAPTISMO - COMUNHÃO - CEIA ORAÇÃO - MEDITAÇÃO FÉ SALVAÇÃO BAPTISMO - COMUNHÃO - CEIA ORAÇÃO - MEDITAÇÃO Samuel Pereira 2005 CAPITULO II SALVAÇÃO Fundamentos base para uma vida cristã 1 O QUE É A SALVAÇÃO? Eis a palavra cujo significado para muitos

Leia mais

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus Ensino - Ensino 11 - Anos 11 Anos Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus História Bíblica: Mateus 3:13 a 17; Marcos 1:9 a 11; Lucas 3:21 a 22 João Batista estava no rio Jordão batizando as pessoas que queriam

Leia mais

Lição 07 A COMUNIDADE DO REI

Lição 07 A COMUNIDADE DO REI Lição 07 A COMUNIDADE DO REI OBJETIVO: Apresentar ao estudante, o ensino bíblico sobre a relação entre a Igreja e o Reino de Deus, para que, como súdito desse reino testemunhe com ousadia e sirva em amor.

Leia mais

10.7 Pedro e a pedra; início das profecias sobre a Igreja

10.7 Pedro e a pedra; início das profecias sobre a Igreja 10.7 Pedro e a pedra; início das profecias sobre a Igreja Aula 53 A primeira vez que a Igreja é profetizada diretamente, está em Mateus: Mateus 16:13~18;... edificarei a minha igreja. V.18; no original

Leia mais

Preparando-se para a luta espiritual (O capacete da salvação e a espada do Espírito) Efésios 6.17,18 Pr. Vlademir Silveira Série Armadura de Deus

Preparando-se para a luta espiritual (O capacete da salvação e a espada do Espírito) Efésios 6.17,18 Pr. Vlademir Silveira Série Armadura de Deus Preparando-se para a luta espiritual (O capacete da salvação e a espada do Espírito) Efésios 6.17,18 Pr. Vlademir Silveira Série Armadura de Deus Mensagem # 5 IBMC 03/11/12 INTRODUÇÃO Vídeo: Como ter a

Leia mais

LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ

LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ 2015 MDA REDE JOVEM Tornar-se um cristão espiritualmente maduro é a ação de maior valor que podemos fazer por nós mesmos. LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ Jesus foi maior evangelista que o mundo já viu.

Leia mais

A Aliança de Yahweh com Abraão

A Aliança de Yahweh com Abraão A Aliança de Yahweh com Abraão Ora, disse o Senhor a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela, e vai para a terra que te mostrarei; de ti farei uma grande nação, te abençoarei, e te engrandecerei o nome.

Leia mais

Centralidade da obra de Jesus Cristo

Centralidade da obra de Jesus Cristo Centralidade da obra de Jesus Cristo MÓDULO 3 3ª AULA AULA 3 MÓDULO 3 SALVAÇÃO EM CRISTO Jesus no Centro Por que deve ficar claro isso? Dá para evangelizar sem falar de Jesus? É possível partir de outro

Leia mais

Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.

Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém. Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém. (Apocalipse 1:7) A Bíblia inteira focaliza o futuro.

Leia mais

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você!

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você! MANUAL Esperança Casa de I G R E J A Esperança Uma benção pra você! I G R E J A Esperança Uma benção pra você! 1O que é pecado Sem entender o que é pecado, será impossível compreender a salvação através

Leia mais

EPÍSTOLA DE PAULO AOS GÁLATAS

EPÍSTOLA DE PAULO AOS GÁLATAS Aula 02 EPÍSTOLA DE PAULO AOS GÁLATAS Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão (Gl 5:1). A Epístola aos Gálatas foi escrita

Leia mais

IGREJA PRofEssoR ClAssE

IGREJA PRofEssoR ClAssE IGREJA Professor Classe Revista periódica editada pelo Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana (21) 2679-1681 (21) 2791-0827 Avenida Venância, Nº17 - Xerém Duque de Caxias, RJ CEP: 25250-589

Leia mais

Escola Bíblica Dominical COMPREENDENDO BATALHA ESPIRITUAL

Escola Bíblica Dominical COMPREENDENDO BATALHA ESPIRITUAL Escola Bíblica Dominical COMPREENDENDO BATALHA ESPIRITUAL Introdução Há um movimento dentro das Igrejas evangélicas de forte influência que ficou conhecido como: MOVIMENTO DE BATALHA ESPIRITUAL Características

Leia mais

Texto Bíblico: Efésios 6.12-13

Texto Bíblico: Efésios 6.12-13 Lição 13 Uma batalha intensa e sem trégua Texto Bíblico: Efésios 6.12-13 No mesmo instante em que recebemos a Jesus como Senhor e Salvador de nossa vida, assumimos uma posição contrária ao império das

Leia mais

O pai que clamou a Jesus

O pai que clamou a Jesus LIÇÃO 7 O pai que clamou a Jesus 14 de Agosto de 2011 Senhor, tem misericórdia de meu filho, que é lunático e sofre muito; pois muitas vezes cai no fogo, e muitas vezes na água. Mt 17.15 O clamor sincero

Leia mais

O Que é o Batismo com o Espírito Santo Deivinson Bignon

O Que é o Batismo com o Espírito Santo Deivinson Bignon O Que é o Batismo com o Espírito Santo Deivinson Bignon Todos os direitos reservados 2007 2 O Que é o Batismo com o Espírito Santo INTRODUÇÃO Eis um assunto muito polêmico no meio evangélico! Alguns profetas

Leia mais

Jesus Cristo, o Fundamento de Deus... Pág 1. Arrependimento de Obras Mortas... Pág 7. Fé em Deus... Pág 13. Batismo em Água...

Jesus Cristo, o Fundamento de Deus... Pág 1. Arrependimento de Obras Mortas... Pág 7. Fé em Deus... Pág 13. Batismo em Água... Jesus Cristo, o Fundamento de Deus... Pág 1 Arrependimento de Obras Mortas... Pág 7 Fé em Deus... Pág 13 Batismo em Água... Pág 17 As Escrituras são infalíveis, a Palavra de Deus não contém erros. A nossa

Leia mais

Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia. Você sabe que

Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia. Você sabe que Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia. Você sabe que este programa tem por objetivo estudar a Palavra de Deus, comentando detalhadamente os 1 seus diversos textos, no

Leia mais

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida 32810 ~ USA

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida 32810 ~ USA 1 Dois Pais Espirituais Lição 1 (volte para as páginas 4, 5 e 6) Durante a história, Deus tem dado todo individo uma chance para aceitar o seu eterno plano da salvação. É triste, muitas pessoas tem rejeitado

Leia mais

CRISTOLOGIA. Disciplina da teologia que sistematiza a reflexão crítica sobre a pessoa de Jesus Cristo, a partir da Revelação

CRISTOLOGIA. Disciplina da teologia que sistematiza a reflexão crítica sobre a pessoa de Jesus Cristo, a partir da Revelação CRISTOLOGIA Disciplina da teologia que sistematiza a reflexão crítica sobre a pessoa de Jesus Cristo, a partir da Revelação cristã. Resposta à questão: Quem é Jesus? (Mt 16,16) Jesus é o Cristo! Jesus:

Leia mais

24. Creio no Filho único de Deus. O Senhor 441-455. Texto 441-455 PRIMEIRA PARTE SEGUNDA SEÇÃO CAPÍTULO II: CREIO EM JESUS CRISTO, FILHO ÚNICO DE DEUS

24. Creio no Filho único de Deus. O Senhor 441-455. Texto 441-455 PRIMEIRA PARTE SEGUNDA SEÇÃO CAPÍTULO II: CREIO EM JESUS CRISTO, FILHO ÚNICO DE DEUS 24. Creio no Filho único de Deus. O Senhor 441-455 INTRODUÇÃO O comportamento, a mensagem, a pessoa de Jesus e toda a sua história, especialmente a o mistério pascal não podem ser explicados nem corretamente

Leia mais

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz?

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? A Unidade de Deus Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? Vejamos a seguir alguns tópicos: Jesus Cristo é o Único Deus Pai Filho Espírito Santo ILUSTRAÇÃO Pai, Filho e Espírito

Leia mais

ESTUDO 5 A ORIGEM DO BEM A PALAVRA DA VERDADE!

ESTUDO 5 A ORIGEM DO BEM A PALAVRA DA VERDADE! ESTUDO 5 A ORIGEM DO BEM A PALAVRA DA VERDADE! Texto: Tiago 1: 16-27 Introdução: Todo o bem vem da parte de Deus; e todo o mal vem da depravação humana. Tiago enfatiza a prática da palavra de Deus. I Como

Leia mais

Estudo de I Coríntios Introdução + 1ª lição 1 I CORÍNTIOS INTRODUÇÃO PONTOS SOBRESSALIENTES DE CADA CAPÍTULO

Estudo de I Coríntios Introdução + 1ª lição 1 I CORÍNTIOS INTRODUÇÃO PONTOS SOBRESSALIENTES DE CADA CAPÍTULO Estudo de I Coríntios Introdução + 1ª lição 1 I CORÍNTIOS INTRODUÇÃO PONTOS SOBRESSALIENTES DE CADA CAPÍTULO CAPÍTULO 1 1. A graça de Deus dada aos coríntios. 2. A confirmação. 3. O espírito sectário.

Leia mais

PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDA e SÃO LOURENÇO Em obediência à vossa palavra, lançarei as redes (Lc 5,5b)

PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDA e SÃO LOURENÇO Em obediência à vossa palavra, lançarei as redes (Lc 5,5b) Evangelho A palavra Evangelho significa: Boas Novas. Portando, não temos quatro evangelhos, mas quatro evangelistas que escreveram, cada um, conforme sua visão, as boas-novas de salvação, acerca do Senhor

Leia mais

Provas Bíblicas da Existência de Espíritos

Provas Bíblicas da Existência de Espíritos 1 Bruno Chaves Provas Bíblicas da Existência de Espíritos 2 Bibliotecária Maria José Costa Amorim. CRB 13/707 C512p Chaves, Bruno. Provas bíblicas da existência de espíritos. / Bruno Chaves. Imperatriz-MA:

Leia mais

«Dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo:...»

«Dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo:...» «Dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Ambiente Este texto (já lido no II Domingo de Páscoa) situa- nos no cenáculo, no próprio dia da ressurreição. Apresenta-nosnos a comunidade

Leia mais

Lição 9 Desafios de um ministério local Parte 1

Lição 9 Desafios de um ministério local Parte 1 Lição 9 Desafios de um ministério local Parte 1 Texto bíblico: 1Tessalonicenses 3.1-13 Todas as igrejas surgidas da missão apostólica de Paulo no mundo gentílico enfrentaram muitos desafios, por causa

Leia mais

É claro que somos guardiões do nosso irmão, afirma o Dr Zygmunt.

É claro que somos guardiões do nosso irmão, afirma o Dr Zygmunt. Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis, 15/08/2010 Comunhão: Resultado de experiências radicais com Jesus. (Estudo 3) Mês da Comunhão 2 O Dr. Zygmunt Bauman, no livro A Sociedade Individualizada, abordando

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! SÉRIE: QUEM É JESUS? Jesus é o Cordeiro de Deus Data: / 09 / 2010 - Semana 4. No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! 1 / 7 1)

Leia mais

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 Apostila Fundamentos Batismo nas Águas batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 B a t i s m o n a s Á g u a s P á g i n a 2 Batismo nas Águas Este é outro passo que está

Leia mais

Lição 2- Segundo Conselho de Paulo: Façam do amor a prioridade. Texto: 1Corintios13

Lição 2- Segundo Conselho de Paulo: Façam do amor a prioridade. Texto: 1Corintios13 Lição 2- Segundo Conselho de Paulo: Façam do amor a prioridade Texto: 1Corintios13 Seguindo na trilha da lição anterior, em que aprendemos que o cristianismo não é e não pode ser uma mera religião com

Leia mais

A ressurreição do corpo

A ressurreição do corpo A ressurreição do corpo [ ESTUDO 5 ] O resultado principal da segunda vinda de Cristo, do ponto de vista da escatologia individual, é a ressurreição. Essa é a base da esperança do crente diante da morte.

Leia mais

1º VESTIBULAR BÍBLICO DA UMADUP. Livro de João

1º VESTIBULAR BÍBLICO DA UMADUP. Livro de João Upanema/RN, 03 de Agosto de 2013 1º VESTIBULAR BÍBLICO DA Livro de João Leia com atenção as instruções abaixo: 1. Verifique se o caderno de prova contém 30 (trinta) questões. Em caso negativo, comunique

Leia mais

Deus: Origem e Destino Atos 17:19-25

Deus: Origem e Destino Atos 17:19-25 1 Deus: Origem e Destino Atos 17:19-25 Domingo, 7 de setembro de 2014 19 Então o levaram a uma reunião do Areópago, onde lhe perguntaram: "Podemos saber que novo ensino é esse que você está anunciando?

Leia mais

O Papel da Mulher Cristã

O Papel da Mulher Cristã O Papel da Mulher Cristã Hoje as mulheres estão bem mais interessadas em carreiras profissionais e menos desejosas do papel no lar. Porém cada um tem a sua importância. Qual será então, o papel da mulher

Leia mais

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros.

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. A Torá é o texto mais importante para o Judaísmo. Nele se encontram os Mandamentos, dados diretamente

Leia mais

A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA

A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA Ap 21.9-11 - E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das sete últimas pragas, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro.10

Leia mais

Cristo, o Verdadeiro Deus e a Vida Eterna. Uma Exposição de 1ªJoão. (14ª Mensagem) Cristo é a plena manifestação do amor de Deus. 1Jo 4.

Cristo, o Verdadeiro Deus e a Vida Eterna. Uma Exposição de 1ªJoão. (14ª Mensagem) Cristo é a plena manifestação do amor de Deus. 1Jo 4. Cristo, o Verdadeiro Deus e a Vida Eterna Uma Exposição de 1ªJoão (14ª Mensagem) Cristo é a plena manifestação do amor de Deus 1Jo 4.7-10 Você já ouviu alguém contestar o amor de Deus? Você mesmo já não

Leia mais

O Segredo da Igreja Gloriosa

O Segredo da Igreja Gloriosa O Segredo da Igreja Gloriosa por John Walker Qualquer pessoa que lê atenciosamente o livro de Atos dos Apóstolos achará uma grande diferença entre a igreja atual e a igreja primitiva. Se quisermos, hoje,

Leia mais

Lição 11. Batismo nas águas. Comuidade Ev. Amanhecer com Jesus QUESTIONAMENTOS: O batismo salva? O batismo como mandamento

Lição 11. Batismo nas águas. Comuidade Ev. Amanhecer com Jesus QUESTIONAMENTOS: O batismo salva? O batismo como mandamento Lição 11 Batismo nas águas Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e

Leia mais

ESTUDO 1 - ESTE É JESUS

ESTUDO 1 - ESTE É JESUS 11. Já vimos que Jesus Cristo desceu do céu, habitou entre nós, sofreu, morreu, ressuscitou e foi para a presença de Deus. Leia João 17:13 e responda: Onde está Jesus Cristo agora? Lembremo-nos que: Jesus

Leia mais

LIÇÃO 3 S DANIEL 2:1-49

LIÇÃO 3 S DANIEL 2:1-49 Reinos Vindouros LIÇÃO 3 S DANIEL 2:1-49 II. Daniel Interpreta o Sonho de Nabucodonosor sobre os Reinos Vindouros, 2:1-49 A. O sonho e o decreto de Nabucodonosor, 2:1-16 1. Nabucodonosor pede aos sábios

Leia mais

MATEUS PRIMEIRA PÚRPURA LEÃO MARCOS SEGUNDA CARMESIM BOI ROMANOS SERVO LUCAS TERCEIRA BRANCO HOMEM ADÃO GREGOS FILHO DO

MATEUS PRIMEIRA PÚRPURA LEÃO MARCOS SEGUNDA CARMESIM BOI ROMANOS SERVO LUCAS TERCEIRA BRANCO HOMEM ADÃO GREGOS FILHO DO OS QUATRO LIVROS DO EVANGELHO QUATRO COLUNAS EX 27.16 QUATRO CORES EX 27.16 QUATRO FACE DE QUERUBINS EX 26.1;EZ 1.20 GENEALOGIA DESTINO COMO JESUS É APRESENTADO NOS EVANGELHOS MATEUS PRIMEIRA PÚRPURA LEÃO

Leia mais

Somos chamados a servir, não a sermos servidos, segundo a disposição do próprio Jesus, que serviu em nosso lugar, de livre e espontanea vontade.

Somos chamados a servir, não a sermos servidos, segundo a disposição do próprio Jesus, que serviu em nosso lugar, de livre e espontanea vontade. Somos chamados a servir, não a sermos servidos, segundo a disposição do próprio Jesus, que serviu em nosso lugar, de livre e espontanea vontade. Evangelho de Mateus, capítulo 20, versículo 28: "Assim como

Leia mais

Renovação Carismática Católica do Brasil Ministério Universidades Renovadas

Renovação Carismática Católica do Brasil Ministério Universidades Renovadas Seta => Abraçar a Cruz I - Um novo estilo de realização - A Cruz Leandro Rua Médico UFES Conselheiro do MUR Desde a nossa infância somos estimulados a construir um caminho de realização pessoal que tem

Leia mais

segunda-feira, 12 de março de 12

segunda-feira, 12 de março de 12 Irmãos, quero lembrar-lhes o evangelho que lhes preguei, o qual vocês receberam e no qual estão firmes. Por meio deste evangelho vocês são salvos, desde que se apeguem firmemente à palavra que lhes preguei;

Leia mais

COMO E ONDE OS DONS DE PODER SE MANIFESTAM

COMO E ONDE OS DONS DE PODER SE MANIFESTAM DONS DE PODER Lição 4-27 de Abril de 2014 Texto Áureo: I Coríntios 2.4 A minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito

Leia mais

Felizes os puros de coração porque verão a Deus (Mt 5, 8)

Felizes os puros de coração porque verão a Deus (Mt 5, 8) Janeiro e Fevereiro 2015 Editorial Esta é a Síntese dos meses de Janeiro e Fevereiro, assim como a Palavra de Vida, em que o nosso diretor espiritual, Pe. Pedro, fala sobre Felizes os puros de coração

Leia mais

Enfrentando a Tentação

Enfrentando a Tentação Livro 1 página 36 Lição Cinco Enfrentando a Tentação Perguntas Básicas Leia cada pergunta e resposta em baixo, e medite nelas até que as compreenda bem. Examine as referências bíblicas indicadas que apoiam

Leia mais

Perdão Marca de Maturidade

Perdão Marca de Maturidade Perdão Marca de Maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO Mateus 18.15-22 15 - Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão; 16 - Mas, se não te ouvir,

Leia mais

Campo de guerra espiritual Parte 01

Campo de guerra espiritual Parte 01 Campo de guerra espiritual Parte 01 TEXTO BÁSICO: Efésios 6.10-18 INTRODUÇÃO Vida cristã não é colônia de férias, mas campo de batalha. Quem não é um guerreiro é uma vítima. Nesta luta ninguém pode ficar

Leia mais

Mortificando a carne, Para refletir a gloria de Deus

Mortificando a carne, Para refletir a gloria de Deus Mortificando a carne, Para refletir a gloria de Deus Romanos 8:13 Pois se vocês viverem de acordo com a carne, morrerão; mas, se pelo Espírito fizerem morrer os atos do corpo, viverão, Introdução: Cremos

Leia mais

UNIDADE 1: A ARMADURA DE DEUS O CAPACETE DA SALVAÇÃO (MENSAGEM DA SALVAÇÃO)

UNIDADE 1: A ARMADURA DE DEUS O CAPACETE DA SALVAÇÃO (MENSAGEM DA SALVAÇÃO) Frutos-3 Impact0 LIÇÃO 1 VIVENDO A VIDA COM DEUS UNIDADE 1: A ARMADURA DE DEUS O CAPACETE DA SALVAÇÃO (MENSAGEM DA SALVAÇÃO) 9-11 Anos CONCEITO CHAVE O primeiro passo para se ganhar a batalha é escolher

Leia mais

O rei Davi e o seu palácio

O rei Davi e o seu palácio O rei Davi e o seu palácio 2 Sm 11:1-5 Estes versículos registram um terrível e assustador período na vida do rei Davi que poderia ter sido evitado, se o mesmo não escolhesse desprezar suas responsabilidades

Leia mais

Jesus, o Filho de Deus

Jesus, o Filho de Deus JESUS, O FILHO DE DEUS 43 4 Jesus, o Filho de Deus No coração do cristianismo reside a verdade de que Jesus o Cristo é o Filho de Deus. Cristo é o centro da nossa religião. Ele é a fundação da nossa fé

Leia mais

LIÇÃO 6 A LEI, A CARNE E O ESPÍRITO

LIÇÃO 6 A LEI, A CARNE E O ESPÍRITO PORTAL ESCOLA DOMINICAL SEGUNDO TRIMESTRE DE 2016 ADULTOS MARAVILHOSA GRAÇA O evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos COMENTARISTA: JOSÉ GONÇALVES COMENTÁRIO: PR. JOSAPHAT BATISTA SOARES

Leia mais

Ademir Ifanger A COMUNIDADE VIVENDO EM DISCIPULADO

Ademir Ifanger A COMUNIDADE VIVENDO EM DISCIPULADO Ademir Ifanger A COMUNIDADE VIVENDO EM DISCIPULADO 2 C o m u n i d a d e V i v e n d o e m d i s c i p u l a d o A COMUNIDADE VIVENDO EM DISCIPULADO A d e m i r I f a n g e r 3 Índice I. Espiritualidade

Leia mais

CANTOS DO FOLHETO O DOMINGO

CANTOS DO FOLHETO O DOMINGO CANTOS DO FOLHETO O DOMINGO 1. UM POUCO ALÉM DO PRESENTE (10º DOMINGO) 1. Um pouco além do presente, Alegre, o futuro anuncia A fuga das sombras da noite, A luz de um bem novo dia. REFRÃO: Venha teu reino,

Leia mais