O SER DE DEUS E A TRINDADE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O SER DE DEUS E A TRINDADE"

Transcrição

1 O SER DE DEUS E A TRINDADE

2 INTRODUÇÃO 1. O que é a disciplina? É o estudo sobre a Pessoa de Deus como é revelada na Bíblia e na Revelação Geral. 2. Importância: - Conhecer quem é Deus é fundamental para a teologia cristã, pois determina como os teólogos entendem e formulam todo o corpo de crenças cristãs; - Saber quem é o Deus mostrado na Bíblia evita especulações humanas sobre Ele; - Entender que o conhecimento sobre Deus deve provir da própria Escritura Sagrada.

3 I. FONTES DO CONHECIMENTO DE DEUS 1. A Bíblia Revelação Especial - O que sabemos sobre Deus foi por Ele revelado nas Escrituras: Hb 1:1-3: Deus falou muitas vezes e de muitas maneiras aos pais (vozes, sonhos), pelos profetas (vozes, sonhos, visões) e pelo Filho (cuja vida, obra e ensinamentos são relatados nas Escrituras, cf. Rm 16:26. As Escrituras relatam também o que Deus disse aos pais e profetas). - Só é possível alcançar verdadeiro conhecimento de Deus a partir da revelação bíblica.

4 2. A Natureza Revelação Geral - A criação, mesmo depois da entrada do pecado no mundo, constitui-se em uma ferramenta de Deus pela qual Ele se revela aos seres humanos (Sl 19:1-6; 8:1; Rm 1:19-21, 23, 25; Jo 1:9). - A Revelação Geral se constitui nas boas-novas pelas quais Deus consegue alcançar os que não têm acesso às Escrituras. - Se todos os seres humanos têm acesso à Revelação Geral, por que, então, pregar-lhes o Evangelho? - A seguir, 10 razões para se pregar o Evangelho:

5 1.Cristo ordenou 2. Contribui para nossa própria salvação 3. O Evangelho apresenta um correto conceito sobre Deus, que é, primeiramente, amor 4. Com a pregação do Evangelho começa a restauração da imagem de Deus em quem o aceita

6 6. A pregação do Evangelho é a regra mediante a qual as pessoas conhecem o plano da salvação e podem ser salvas 7. Ajuda-nos a ser altruístas e a cumprir o mandamento Amarás o teu próximo, como a ti mesmo (Mc 12:31 8. Faz-nos empáticos e parecidos com Deus, o qual deseja que todos os homens

7 9. Pela pregação do Evangelho o reino de Cristo invade o reino de Satanás 10. A palavra de um pecador convertido tem maior credibilidade para outro pecador do que as palavras de um anjo de Deus

8 II. A REALIDADE DE DEUS 1. A existência de Deus - A Bíblia não tenta provar a existência de Deus, nem fornece provas racionais sobre o assunto. Ela parte do pressuposto de que Deus existe. - E como se percebe a existência de Deus? Essa percepção se dá pela atuação do Espírito Santo em nossa mente. O divino Espírito se vale da Escritura (Revelação Especial), da Natureza (Revelação Geral) e da atuação divina na história humana (cada um de nós já sentiu, em algum momento, a atuação do sobrenatural). - Assim, a convicção da existência de Deus não é produzida por argumentos racionais, mas por um

9 relacionamento pessoal com Ele (cf. Mt 16:15-17). - Em vez de se tentar provar a existência de Deus, deve-se experienciá-lo. 2. Deus como mistério - Ao abordarmos o assunto da pessoa de Deus, deve-se reconhecer que estamos pisando em terra santa, e devemos reconhecer os limites dos processos cognitivos humanos, pois Deus é insondável (Sl 145:3). - Mistério, no sentido bíblico, é algo que só pode ser compreendido mediante revelação. Mas, em se tratando da pessoa de Deus, Ele não pode ser completamente compreendido, mesmo se autorrevelando. Nossa mente finita (e pecaminosa)

10 não consegue abarcar toda a realidade divina (Ef 3:19). - Devemos cuidar para não ultrapassar o limite do que foi revelado (Dt 29:29). Do contrário, cai-se em especulações e heresias.

11 III. ATRIBUTOS DIVINOS 1. Eternidade - A Bíblia é clara em afirmar que Deus é eterno (Sl 90:2; Rm 16:26). Essa característica tem que ver com Deus em relação ao tempo. - Eternidade para a filosofia grega é ausência total de tempo. Nesse sentido, Deus seria atemporal. Isto é, alheio ao tempo e desvinculado dele. Essa ideia acabou por influenciar o pensamento de muitos cristãos sobre Deus (Teologia Clássica). - O registro bíblico, porém, mostra que Deus não está alienado do tempo (Gl 4:4). Deus vivencia o tempo, interage no tempo com os seres humanos, mas sem ideia de finitude, pois Ele transcende o tempo.

12 2. Imutabilidade - A Bíblia é clara em afirmar que Deus é imutável (Ml 3:6; Tg 1:17). Deus é imutável em Seus atributos, caráter e essência (S 102:26, 27; Hb 13:8). Mas a imutabilidade divina não deve ser confundida com impassibilidade(ele reaje). Ele tem emoções (Êx 34:14; Nm 11:33 Dt 4:24), e até se arrepende (Gn 6:6; Êx 32:14 - naḥam = sentir pena, tristeza e pesar). Deus reage quando o ser humano age. E pode mudar Sua decisão, como foi no caso dos ninivitas (Jn 3:4 e 10). A mudança de ideia por parte de Deus é Sua adaptação à mudança de ideia e propósito do ser humano. - A Encarnação provou que Deus é capaz de se relacionar com o ser humano e viver dentro dos

13 dos limites do tempo criado e vivenciar acontecimentos históricos. 3. Amor e ira - Deus é um ser relacional, cuja essência é o amor (1Jo 4:8). - A ira, mesmo não fazendo parte de Sua natureza (Is 28:21 Sua obra estranha, pois Ele é um ser justo, a ira é sub-produto da justiça de Deus ), pode ser demonstrada por Ele, por causa de Sua justiça e reação contra o pecado (Nm 12:9 Miriam e Araão). - Sem ser contraditório, Deus pode demonstrar, ao mesmo tempo, Seu amor e Sua ira (Êx 34:6, 7 Misericordioso e justo).

14 3.1. O amor de Deus - Deus não é um ser impassível (como dito pela Teologia Clássica). Sendo que Sua essência é o amor (1Jo 4:8), Ele é um ser que Se relaciona com Suas criaturas (não se pode pensar em amor que não se relaciona). O amor é uma realidade relacional. - O amor é a base da criação. Para expressar Seu amor, Deus criou inumeráveis seres ( No princípio, criou Deus..., cf. Gn 1;1; Façamos o homem..., cf. 1:26). - O amor é a base da redenção. Isso foi demonstrado, de maneira espetacular, no processo da Encarnação, quando Deus implementou Seu plano de salvação (Jo 3:16). Deus, na pessoa do Filho, se fez carne e

15 habitou entre nós (Jo 1:14)(skenum armou Sua tenda entre nós). - A encarnação e a cruz mostram que o amor divino é um ato de abnegação (desapego do interesse próprio) em favor dos seres humanos (Fp 2:4-8(morfeteu parece e é); (Ef 3:19 Conhecer o amor de Cristo que excede a todo entendimento para que sejamos tomados de toda a justiça de DEUS).

16 3.2. A ira de Deus - A Bíblia é clara em afirmar que Deus se ira (Dt 9:7, 19, O que provoca a ira do Senhor é para justiça). - Mas, o que lhe provoca a ira? É o pecado persistente, que leva o pecador a rejeitar sistematicamente Sua amorosa oferta de salvação (Jo 3:16 ).

17 - Sendo justo, Deus reage ao pecado (Os 12:14). - A ira divina pode ser evitada através de arrependimento (1Rs 8:46-51), confissão (Dn 9:16-19), restituição (Nm 5:7 fazendo restituição) e intercessão (Êx 32:9-14). - Ao longo da história, a ira de Deus se manifestou de forma ocasional e parcialmente (Lm 2:1-3 - ), mas no fim da história ela se manifestará de maneira plena e

18 e total (Ml 4:1 (Malaquias - mensageiro de JAVÉ não deixará raiz nem ramo). Mas mesmo essa demonstração final de Sua ira se torna um ato de amor (visto que o pecador não se sentiria feliz no Céu. Na verdade, o Céu seria o inferno para quem não se preparou para viver na companhia de Deus e dos santos, nem gostaria de estar em um lugar de pureza e santidade). A irá de Deus ainda será considerado um ato de amor, imagine uma pessoa estar no céu sem querer. Levar um ímpio para o Céu seria um ato de crueldade.

19 4. Transcendência - Transcendência é ser independente de tudo, ultrapassar a tudo. Deus é transcendente no sentido de ser independente do Universo e de todas as coisas criadas. Deus e o Universo são distintos (Gn 1:1). Ele é o Alto, sublime e Santo (Is 57:15 Assim diz o alto, o sublime, que habita num alto e sublime ligar, mas que habita com o abatido de espírito). - Ele pode agir no tempo mas ele transcende ao tempo, Ele pode agir no espaço mas transcende ao espaço;

20 5. Imanência - Imanência é proximidade, é identificação. - Mesmo sendo independente do Universo e das coisas criadas, Deus se relaciona com suas criaturas. Ele habita com o contrito e abatido de espírito (Is 57:15). - A Encarnação foi o ato por excelência de demonstração da imanência de Deus. Ele, na pessoa do Filho se fez carne e habitou entre nós (Jo 1:14). Ele tornou-se Emanuel Deus conosco (Mt 1:23). Ele ganhou uma nova natureza

21 IV. ATIVIDADES DIVINAS 1. Presciência: Ele sabe, por antecipação, de tudo (Sl 139:16). Deus não realiza o futuro; apenas o prevê. 2. Onisciência: Ele conhece tudo (Sl 139:1-6). Deus abrange tudo em Seu conhecimento. 3. Onipotência: Ele pode tudo (Sl 91:1; Gn 18:14 (..). O que Deus não pode é fazer algo contrário a Seu divino caráter, como mentir, por exemplo (Tt 1:2). 4. Onipresença: Ele pode estar em todo lugar de Seu vasto Universo (Jr 23:23, 24; Sl 139:7-12). O Deus bíblico é capaz de relacionar-se com o espaço de uma forma que é impossível para os seres humanos limitados. Sua presença é real e simultânea em todos os lugares do Universo.

22 5. Providência: (do Latim, providere = prover, fazer provisão): Ação pela qual Deus governa o mundo e o Universo (Rm 8:28). Nesse sentido, providência é sinônimo de governo divino. A providência abrange uma multiplicidade de ações divinas, todas relacionadas com o desenvolvimento da história humana e universal. Deus fez provisão (agiu): 1. No contexto da origem e existência do pecado. Ele guerreou contra Satanás e seus anjos e os expulsou do Céu (Ap 12:7-9). 2. No contexto da provisão do plano da salvação, para resolver o problema do pecado. Plano este idealizado antes da fundação do mundo (1Pe 1:18-20).

23 3. No contexto da implementação do plano da salvação, mediante a encarnação de Cristo (Gn 3:15; Jo 3:16, 17; Gl 4:4, 5). 4. No contexto dos eventos históricos (Dn 2:21). Ele não decreta os eventos da história, mas os dirige para a realização de seus planos. Mas não se deve inferir que tudo o que acontece seja da vontade de Deus. O fato é que Ele executa Seus planos a partir das limitações e complexidade da história humana. E faz isso de duas maneiras: 1. Atividade providencial divina indireta a base são as ações do ser humano: 1.1. Permitindo que o pecado siga seu curso natural (vontade permissiva de Deus, cf Sl 81:11, 12).

24 1.2. Restringindo a extensão real da maldade (vontade limitativa de Deus, cf. Jó 1:12) Utilizando situações causada por atos humanos maus para atingir Seu propósito de salvação (vontade diretiva de Deus, cf Gn 50:20; At 2:36) Intervindo para impedir um ser humano de pecar (vontade preventiva de Deus, cf. Gn 20:6). 2. Atividade providencial direta a base são as ações de Deus, que atua: - Escolhendo viver entre Seu povo e dirigi-los (Êx 25:8; 40:34-38). - Encarnando-se, na pessoa do Filho (Jo 1:14). - Enviando o Espírito Santo, como representante de Cristo (Jo 14:16, 17).

25 - Revelando Sua vontade pelo ministério dos profetas (2Pe 1:21). - Atuando por meio de atos miraculosos (Êx 14:13, 14, 21-31). - Edificando Sua igreja e atuando no mundo por meio dela (Mt 16:18 O HADES NÃO PREVALECERA; At 17:6 CRIANDO CONVULSÃO NO MUNDO). - Intervindo (escatologicamente) para acabar com o mal. Isso inclui a manifestação de Sua ira (Sua obra estranha ) contra seres humanos ímpios (2Ts 2:8; Ap 20:7-9) e contra as forças espirituais do mal Satanás (Ap 20:10) seus anjos (Jd 6).

26 V. UNICIDADE DE DEUS - Segundo a Bíblia, Deus é único no sentido de ser singular, sem igual, não existindo outro Deus (verdadeiro) além dele (Dt 4:39). Essa unicidade, no entanto, não conflita com a pluralidade de pessoas divinas (Gn 1:1(ELOHIM), 2(ESPÍRITO DE ELOHIM PAIRAR MONTAR UM NINHO COLOCAR A MÃO NA MASSA),

Lição 10. Como entender a realidade da morte? Texto Bíblico: 1Coríntios 15.20-28; 43-58

Lição 10. Como entender a realidade da morte? Texto Bíblico: 1Coríntios 15.20-28; 43-58 Lição 10 Como entender a realidade da morte? Texto Bíblico: 1Coríntios 15.20-28; 43-58 Introdução: O Apóstolo Paulo estava trabalhando algumas discrepâncias doutrinárias na Igreja de Corinto e, especificamente,

Leia mais

Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I.

Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I. Comunidade Vida em Família Ministério de Intercessão Curso de Intercessão I. Introdução. Na Carta aos Efésios 6.18, podemos perceber que há diversos tipos de oração, instruindo-nos o Espírito Santo que

Leia mais

O SENHOR JESUS CRISTO

O SENHOR JESUS CRISTO O SENHOR JESUS CRISTO I. SUA EXISTÊNCIA A) Provada pelo Antigo Testamento: (Mq 5.2; Is 9:6 Pai da Eternidade ) B) Provada pelo Novo Testamento: 1) João 1.1, em comparação com o versículo 14. 2) Jo 8.58

Leia mais

HAMARTIOLOGIA A DOUTRINA DO PECADO

HAMARTIOLOGIA A DOUTRINA DO PECADO Pr. Jorge Luiz Silva Vieira P á g i n a 1 A origem do pecado: HAMARTIOLOGIA A DOUTRINA DO PECADO Deus não pode pecar Ele é Santo (I Pe 1.16; I Jo 1.5) e não pode ser tentado pelo mal e a ninguém tenta

Leia mais

Lição 07 A COMUNIDADE DO REI

Lição 07 A COMUNIDADE DO REI Lição 07 A COMUNIDADE DO REI OBJETIVO: Apresentar ao estudante, o ensino bíblico sobre a relação entre a Igreja e o Reino de Deus, para que, como súdito desse reino testemunhe com ousadia e sirva em amor.

Leia mais

JESUS, DEUS FILHO, É A 2a PESSOA DA TRINDADE

JESUS, DEUS FILHO, É A 2a PESSOA DA TRINDADE JESUS, DEUS FILHO, É A 2a PESSOA DA TRINDADE JESUS CRISTO: DEUS EM FORMA DE HOMEM A DIVINDADE DE CRISTO O Filho de Deus: A Pessoa e a Obra de Jesus Cristo Jesus Cristo, que é eternamente a segunda pessoa

Leia mais

Epidemias Globais. Aula 25/10/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Epidemias Globais. Aula 25/10/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Epidemias Globais Aula 25/10/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Conceituação O que é Endemia? Epidemia? Pandemia? Endemia: surto de doença que ocorre em apenas um determinado local ou região (febre

Leia mais

PRIMEIRA IGREJA BATISTA EM GRAÇA ARANHA-MA

PRIMEIRA IGREJA BATISTA EM GRAÇA ARANHA-MA "Abre os meus olhos para que eu contemple as maravilhas da tua Lei". Sl.119.18 PLANO DE LEITURA BÍBLICA ANUAL - JANEIRO 01 Gn 1-3 Sl 1 02 Gn 4-7 Sl 2 03 Gn 8-10 Sl 3 04 Gn 11-13 Sl 4 05 Gn 14-17 Sl 5 06

Leia mais

Classe Adultos. Esperança e Glória para os Salvos

Classe Adultos. Esperança e Glória para os Salvos Classe Adultos Esperança e Glória para os Salvos OBJETIVOS OBJETIVO GERAL Explicar o real significado da Escatologia Bíblica. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Após esta aula, o aluno deverá estar apto a: I. Definir

Leia mais

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO

CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO CRISTOLOGIA: DOUTRINA DE CRISTO ETERNIDADE DEUS PAI LOGUS ESPIRITO SANTO A TRINDADE 1Jo.5.7 LOGUS QUER DIZER PALAVRA OU VERBO SE REFERE AO FILHO NA ETERNIDADE I - SUA PRÉ-EXISTÊNCIA 1 - SUA EXISTÊNCIA

Leia mais

Ademir Ifanger A COMUNIDADE VIVENDO EM DISCIPULADO

Ademir Ifanger A COMUNIDADE VIVENDO EM DISCIPULADO Ademir Ifanger A COMUNIDADE VIVENDO EM DISCIPULADO 2 C o m u n i d a d e V i v e n d o e m d i s c i p u l a d o A COMUNIDADE VIVENDO EM DISCIPULADO A d e m i r I f a n g e r 3 Índice I. Espiritualidade

Leia mais

HISTÓRIA DA IGREJA. Prof. GUILHERME WOOD. APOSTILA NO SITE: http://www.ibcu.org.br/apostilas/historiaigreja.pdf

HISTÓRIA DA IGREJA. Prof. GUILHERME WOOD. APOSTILA NO SITE: http://www.ibcu.org.br/apostilas/historiaigreja.pdf HISTÓRIA DA IGREJA Prof. GUILHERME WOOD APOSTILA NO SITE: http://www.ibcu.org.br/apostilas/historiaigreja.pdf Reforma Protestante - Antinomismo Acusação contra Lutero Lutero x Johann Schneider (João (

Leia mais

O Papel da Mulher Cristã

O Papel da Mulher Cristã O Papel da Mulher Cristã Hoje as mulheres estão bem mais interessadas em carreiras profissionais e menos desejosas do papel no lar. Porém cada um tem a sua importância. Qual será então, o papel da mulher

Leia mais

igrejabatistaagape.org.br [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo concedeu-lhe liberdade de escolha.

igrejabatistaagape.org.br [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo concedeu-lhe liberdade de escolha. O Plano da Salvação Contribuição de Pr. Oswaldo F Gomes 11 de outubro de 2009 Como o pecado entrou no mundo e atingiu toda a raça humana? [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo

Leia mais

Centralidade da obra de Jesus Cristo

Centralidade da obra de Jesus Cristo Centralidade da obra de Jesus Cristo MÓDULO 3 3ª AULA AULA 3 MÓDULO 3 SALVAÇÃO EM CRISTO Jesus no Centro Por que deve ficar claro isso? Dá para evangelizar sem falar de Jesus? É possível partir de outro

Leia mais

ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012

ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012 ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012 Mantendo-vos, portanto, firmes, tendo cingido os vossos rins com a verdade, vestindo a couraça da justiça e calçando os pés

Leia mais

Apesar de toda diversidade a Bíblia toda contém uma só idéia central: Jesus Cristo, o Senhor, que ama e salva o homem pecador. Gn 3.15; Ap 19.

Apesar de toda diversidade a Bíblia toda contém uma só idéia central: Jesus Cristo, o Senhor, que ama e salva o homem pecador. Gn 3.15; Ap 19. Apresentação do Curso Existem duas formas de se estudar teologia, uma é através da Teologia Bíblica que extrai as verdades que formularão as doutrinas diretamente do texto. A outra maneira é através da

Leia mais

Estamos começando um novo ano. É bom refletir sobre a natureza do nosso ministério.

Estamos começando um novo ano. É bom refletir sobre a natureza do nosso ministério. Por Bispo Paulo Lockmann. Bispo da Primeira Região Eclesiástica. 1) Pastor-Pastora Um Serviço Distinto Estamos começando um novo ano. É bom refletir sobre a natureza do nosso ministério. Tenho dito aos/às

Leia mais

LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ

LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ 2015 MDA REDE JOVEM Tornar-se um cristão espiritualmente maduro é a ação de maior valor que podemos fazer por nós mesmos. LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ Jesus foi maior evangelista que o mundo já viu.

Leia mais

Estudos sobre o livro de Gênesis LIÇÃO Nº 8 O INÍCIO DO GOVERNO HUMANO

Estudos sobre o livro de Gênesis LIÇÃO Nº 8 O INÍCIO DO GOVERNO HUMANO Estudos sobre o livro de Gênesis LIÇÃO Nº 8 O INÍCIO DO GOVERNO HUMANO O Na sequência do estudo do livro do Gênesis, analisaremos hoje o estudo da primeira parte do capítulo 9, quando se institui a dispensação

Leia mais

GRAÇA E FÉ por Rev. Fernando Almeida

GRAÇA E FÉ por Rev. Fernando Almeida 1 GRAÇA E FÉ por Rev. Fernando Almeida Introdução Muitos de nós ouvimos, com certa freqüência, pregadores que ao fazerem apelo, dizem coisas do tipo: dê uma chance para Jesus ou ainda deixe Jesus entrar

Leia mais

Escola Bíblica Dominical COMPREENDENDO BATALHA ESPIRITUAL

Escola Bíblica Dominical COMPREENDENDO BATALHA ESPIRITUAL Escola Bíblica Dominical COMPREENDENDO BATALHA ESPIRITUAL Introdução Há um movimento dentro das Igrejas evangélicas de forte influência que ficou conhecido como: MOVIMENTO DE BATALHA ESPIRITUAL Características

Leia mais

Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas. Aprendendo com Jesus

Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas. Aprendendo com Jesus Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas Aprendendo com Jesus Apresentação É com a maior confiança na compreensão e aceitação dos nossos queridos catequistas que levo a público

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DAS ESCRITURAS Conforme registra, por exemplo, o salmo 19.1-6, é através da Criação

A IMPORTÂNCIA DAS ESCRITURAS Conforme registra, por exemplo, o salmo 19.1-6, é através da Criação 1 LIÇÃO 1 A IMPORTÂNCIA DAS ESCRITURAS Conforme registra, por exemplo, o salmo 19.1-6, é através da Criação que Deus tem Se revelado ao homem. Deus revela-se também através da Palavra Escrita, a Bíblia

Leia mais

SEMINARIO DE ESCATOLOGIA. III) Segunda vinda de Cristo ( Sinais da vinda ) I) INTRODUÇÃO A ESCATOLOGIA. 1- O que é Escatologia?

SEMINARIO DE ESCATOLOGIA. III) Segunda vinda de Cristo ( Sinais da vinda ) I) INTRODUÇÃO A ESCATOLOGIA. 1- O que é Escatologia? SEMINARIO DE ESCATOLOGIA INDICE I) Introdução à Escatologia II) Dispensações III) Segunda vinda de Cristo ( Sinais da vinda ) IV) Milênio de paz V) Juízo Final VI) Estado Perfeito I) INTRODUÇÃO A ESCATOLOGIA.

Leia mais

Bíblia, sua importância em minha vida

Bíblia, sua importância em minha vida Bíblia, sua importância em minha vida Bíblia, sua importância em minha vida 2 Timóteo 3:16-17 16 Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação

Leia mais

Caracterização Cronológica

Caracterização Cronológica Caracterização Cronológica Filosofia Medieval Século V ao XV Ano 0 (zero) Nascimento do Cristo Plotino (204-270) Neoplatônicos Patrística: Os grandes padres da igreja Santo Agostinho ( 354-430) Escolástica:

Leia mais

Introdução à 26/05/2011 A doutrina de Cristo segundo as escrituras Divindade de Cristo O que a história da igreja fala sobre o assunto? A Igreja Primitiva No início do século II, o cristianismo era uma

Leia mais

Jesus declarou: Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo. (João 3:3).

Jesus declarou: Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo. (João 3:3). Jesus declarou: Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo. (João 3:3). O capítulo três do Evangelho de João conta uma história muito interessante, dizendo que certa noite

Leia mais

Lição 9 Desafios de um ministério local Parte 1

Lição 9 Desafios de um ministério local Parte 1 Lição 9 Desafios de um ministério local Parte 1 Texto bíblico: 1Tessalonicenses 3.1-13 Todas as igrejas surgidas da missão apostólica de Paulo no mundo gentílico enfrentaram muitos desafios, por causa

Leia mais

BATISMO HISTÓRIA E SIGNIFICADO

BATISMO HISTÓRIA E SIGNIFICADO BATISMO HISTÓRIA E SIGNIFICADO 1 INTRODUÇÃO Jesus mandou seus discípulos: Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a

Leia mais

Perfil da Igreja que possui maturidade

Perfil da Igreja que possui maturidade Perfil da Igreja que possui maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO Atos 2.7-45 7 - E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, homens irmãos?

Leia mais

O Que é a Graça? Roger L. Smalling

O Que é a Graça? Roger L. Smalling 1 O Que é a Graça? Roger L. Smalling Porquanto a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens... Tito 2:11. Posto que a graça traz salvação, é crucial compreender o que a graça significa. Se

Leia mais

Uma reflexão sobre A Missão de Deus de Christopher Wright

Uma reflexão sobre A Missão de Deus de Christopher Wright Uma reflexão sobre A Missão de Deus de Christopher Wright A MISSÃO DE DEUS Christopher Wright Christopher Wright faz duas contribuições importantes. Primeiro, ele demonstra que a Bíblia, do início até

Leia mais

Perdão Marca de Maturidade

Perdão Marca de Maturidade Perdão Marca de Maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO Mateus 18.15-22 15 - Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão; 16 - Mas, se não te ouvir,

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE TEOLOGIA SISTEMATICA (PERGUNTAS E RESPOSTAS)

QUESTIONÁRIO DE TEOLOGIA SISTEMATICA (PERGUNTAS E RESPOSTAS) QUESTIONÁRIO DE TEOLOGIA SISTEMATICA (PERGUNTAS E RESPOSTAS) 1. O que é Revelação segundo a Bíblia? Revelação segundo a Bíblia é trazer a luz aquilo que estava oculto, no que se refere ao programa de Deus

Leia mais

A palavra do Senhor descarta a ideia de triteísmo (três Deuses) e de unicismo (Religião,Prática de

A palavra do Senhor descarta a ideia de triteísmo (três Deuses) e de unicismo (Religião,Prática de Aula 1 19/11/2014 A palavra do Senhor descarta a ideia de triteísmo (três Deuses) e de unicismo (Religião,Prática de adoração a um só Deus; Negam a existência da santa trindade.) A Trindade pode ser definida

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO

2015 O ANO DE COLHER ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO Texto: Apocalipse 22:1-2 Então o anjo me mostrou o rio da água da vida que, claro como cristal, fluía do trono de Deus e do Cordeiro, no meio da RUA principal da cidade. De

Leia mais

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida 32810 ~ USA

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida 32810 ~ USA 1 Dois Pais Espirituais Lição 1 (volte para as páginas 4, 5 e 6) Durante a história, Deus tem dado todo individo uma chance para aceitar o seu eterno plano da salvação. É triste, muitas pessoas tem rejeitado

Leia mais

TEXTO 214-231 SEGUNDA SEÇÃO: A PROFISSÃO DA FÉ CRISTÃ CAPÍTULO I: CREIO EM DEUS PAI. Parágrafo 1: Creio em Deus

TEXTO 214-231 SEGUNDA SEÇÃO: A PROFISSÃO DA FÉ CRISTÃ CAPÍTULO I: CREIO EM DEUS PAI. Parágrafo 1: Creio em Deus CREIO EM DEUS 214-231 INTRODUÇÃO Antes de ler o texto do nosso estudo de hoje, leia e reflita sobre as perguntas propostas mais abaixo. Depois, com essas perguntas na cabeça e no coração, estude os parágrafos

Leia mais

ESCOLA DA FÉ Paróquia Santo Antonio do Pari Aula 15 Creio em Deus Pai - 2.

ESCOLA DA FÉ Paróquia Santo Antonio do Pari Aula 15 Creio em Deus Pai - 2. ESCOLA DA FÉ Paróquia Santo Antonio do Pari Aula 15 Creio em Deus Pai - 2. Frei Hipólito Martendal, OFM. São Paulo-SP, 20 de setembro de 2012. revisão da aula anterior. 2.1- Deus Todo Poderoso. Dei uma

Leia mais

UM NOVO JEITO DE ORAR!

UM NOVO JEITO DE ORAR! Semana 13 a 18 de Julho célula@pibnet.com.br Momento 1-30 min- Quebra-Gelo e Lanche. Líder: nesse momento de chegada das pessoas priorize servir o lanche e ter um momento de descontração. Momento 2 - NOVA

Leia mais

Cinco ensinamentos da Páscoa para nossa vida pessoal

Cinco ensinamentos da Páscoa para nossa vida pessoal Cinco ensinamentos da Páscoa para nossa vida pessoal Contribuição de Pr. Oswaldo F Gomes 12 de abril de 2009 igrejabatistaagape.org.br Cinco ensinamentos da Páscoa para nossa vida pessoal. A celebração

Leia mais

EBA- IBCU Out e Nov 12 Wagner Fonseca João Mengaldo

EBA- IBCU Out e Nov 12 Wagner Fonseca João Mengaldo EBA- IBCU Out e Nov 12 Wagner Fonseca João Mengaldo Origem do Pentecostalismo Credo do Montanismo, 170 d.c.: Porta-vozes do Espírito Santo Fim do mundo próximo Nova Jerusalém, na Frígia Ascetismo rigoroso

Leia mais

PLANO DE LEITURA DA BÍBLIA

PLANO DE LEITURA DA BÍBLIA PLANO DE LEITURA DA BÍBLIA Este plano de leitura foi planejado para a leitura completa da Palavra de Deus em um ano, entretanto, você pode ler no ritmo que desejar. Se tiver mais tempo diário, faça a leitura

Leia mais

MISSÕES - A ESTRATÉGIA DE CRISTO PARA A SUA IGREJA

MISSÕES - A ESTRATÉGIA DE CRISTO PARA A SUA IGREJA MISSÕES - A ESTRATÉGIA DE CRISTO PARA A SUA IGREJA 1 40 dias vivendo para Jesus 12/05/2013 At 1 4 Um dia, quando estava com os apóstolos, Jesus deu esta ordem: Fiquem em Jerusalém e esperem até que o Pai

Leia mais

Ser ou não ser, eis a questão.

Ser ou não ser, eis a questão. Decisões Ser ou não ser, eis a questão. Será mais nobre sofrer na alma Pedradas e flechadas do destino feroz Ou pegar em armas contra o mar de angústias E, combatendo-o, dar-lhe fim? Hamlet de William

Leia mais

Mortificando a carne, Para refletir a gloria de Deus

Mortificando a carne, Para refletir a gloria de Deus Mortificando a carne, Para refletir a gloria de Deus Romanos 8:13 Pois se vocês viverem de acordo com a carne, morrerão; mas, se pelo Espírito fizerem morrer os atos do corpo, viverão, Introdução: Cremos

Leia mais

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados...

Apostila de Fundamentos. Arrependimento. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... Apostila de Fundamentos Arrependimento Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados... (Atos 3:19) A r r e p e n d i m e n t o P á g i n a 2 Arrependimento É muito importante

Leia mais

JESUS CRISTO DESCEU AOS INFERNOS, RESSUSCITOU DOS MORTOS AO TERCEIRO DIA

JESUS CRISTO DESCEU AOS INFERNOS, RESSUSCITOU DOS MORTOS AO TERCEIRO DIA JESUS CRISTO DESCEU AOS INFERNOS, RESSUSCITOU DOS MORTOS AO TERCEIRO DIA 03-03-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Jesus Cristo desceu aos infernos, ressuscitou dos mortos ao terceiro dia

Leia mais

MINISTÉRIO APOSTÓLICO METODISTA ESCOLA DE LÍDERES.... um amor além da razão. Escola de Intercessão 1

MINISTÉRIO APOSTÓLICO METODISTA ESCOLA DE LÍDERES.... um amor além da razão. Escola de Intercessão 1 Escola de Intercessão 1 SUMÁRIO Interecessão I... 3 Intercessão II... 6 Chave para uma intercessão eficaz... 7 Evangelismo... 9 Serviço... 15 Escola de Intercessão 2 AULA 1. INTERCESSÃO I Definição Ação

Leia mais

Décima Primeira Lição

Décima Primeira Lição 70 Décima Primeira Lição AUTORIDADE NA EDUCAÇÃO DOS FILHOS A EDUCAÇÃO DOS FILHOS NO LAR A) O lar tem suma importância na vida humana, pois é o berço de costumes, hábitos, caráter, crenças e morais de cada

Leia mais

Nós não estamos aqui para dizer que Davi foi o maior exemplo de pai

Nós não estamos aqui para dizer que Davi foi o maior exemplo de pai E há de ser que, se ouvires tudo o que eu te mandar, e andares pelos meus caminhos, e fizeres o que é reto aos meus olhos, guardando os meus estatutos e os meus mandamentos, como fez Davi, meu servo, eu

Leia mais

Enfrentando a Tentação

Enfrentando a Tentação Livro 1 página 36 Lição Cinco Enfrentando a Tentação Perguntas Básicas Leia cada pergunta e resposta em baixo, e medite nelas até que as compreenda bem. Examine as referências bíblicas indicadas que apoiam

Leia mais

Compartilhando a Sua Fé

Compartilhando a Sua Fé Livrinho 2 Pàgina 4 Lição Um Compartilhando a Sua Fé O Propósito desta Lição Agora que você descobriu a alegria de pecados perdoados e de uma nova vida em Cristo, sem dúvida quer que os seus familiares

Leia mais

O Que é o Batismo com o Espírito Santo Deivinson Bignon

O Que é o Batismo com o Espírito Santo Deivinson Bignon O Que é o Batismo com o Espírito Santo Deivinson Bignon Todos os direitos reservados 2007 2 O Que é o Batismo com o Espírito Santo INTRODUÇÃO Eis um assunto muito polêmico no meio evangélico! Alguns profetas

Leia mais

PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDA e SÃO LOURENÇO Em obediência à vossa palavra, lançarei as redes (Lc 5,5b)

PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDA e SÃO LOURENÇO Em obediência à vossa palavra, lançarei as redes (Lc 5,5b) Evangelho A palavra Evangelho significa: Boas Novas. Portando, não temos quatro evangelhos, mas quatro evangelistas que escreveram, cada um, conforme sua visão, as boas-novas de salvação, acerca do Senhor

Leia mais

2 Timóteo 4.3 Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres, segundo os seus próprios desejos, Verdade Aplicada O

Leia mais

2. Fé Cristã e Filosofias: enfocando a necessidade da apologia cristã no ambiente escolar e Universitário

2. Fé Cristã e Filosofias: enfocando a necessidade da apologia cristã no ambiente escolar e Universitário 2. Fé Cristã e Filosofias: enfocando a necessidade da apologia cristã no ambiente escolar e Universitário Apresentação dos participantes (nome; Escola, faculdade ou Univerdidade) Quem é o seu Deus? E qual

Leia mais

Breve Catecismo de Westminster

Breve Catecismo de Westminster Breve Catecismo de Westminster PERGUNTA 1. Qual é o fim principal do homem? RESPOSTA. O fim principal do homem é glorificar a Deus, e gozá-lo para sempre. Referências: Rm 11.36; 1Co 10.31; Sl 73.25-26;

Leia mais

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 A trindade sempre existiu, mas se apresenta com maior clareza com vinda de Cristo e a redação do Novo Testamento. Por exemplo,

Leia mais

Primeira Carta de João

Primeira Carta de João Primeira Carta de João Seminário Bíblico Palavra da Vida Teologia Bíblica do Novo Testamento 1 08.12.2010 Prof. Carlos Osvaldo CardosoPinto 1 Questões de Introdução Autoria Anônima conforme o texto. Indícios

Leia mais

A Igreja em um mundo novo. Aula 06/09/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

A Igreja em um mundo novo. Aula 06/09/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira A Igreja em um mundo novo Aula 06/09/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira ??? As mudanças do nosso tempo Como reagir a elas? Econômicas Políticas Sociais Religiosas Teológicas Culturais Tecnológicas

Leia mais

Lição 9 - Ansiedade (Parte 02) De pais para filhos

Lição 9 - Ansiedade (Parte 02) De pais para filhos Lição 9 - Ansiedade (Parte 02) Texto Bíblico: Efésios 4.32 Antes sede bondosos uns para com os outros, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo. Não caberia neste

Leia mais

5. Autoconsciência e conhecimento humano de Jesus

5. Autoconsciência e conhecimento humano de Jesus 5. Autoconsciência e conhecimento humano de Jesus Através do estudo dos evangelhos é possível captar elementos importantes da psicologia de Jesus. É possível conjeturar como Jesus se autocompreendia. Especialmente

Leia mais

"Ajuntai tesouros no céu" - 1

Ajuntai tesouros no céu - 1 "Ajuntai tesouros no céu" - 1 Mt 6:19-21 "Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a

Leia mais

Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.

Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém. Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém. (Apocalipse 1:7) A Bíblia inteira focaliza o futuro.

Leia mais

31 dias de oração pelo seu marido por Nancy Leigh DeMoss

31 dias de oração pelo seu marido por Nancy Leigh DeMoss 31 dias de oração pelo seu marido por Nancy Leigh DeMoss A palavra do Senhor nos ensina a orarmos uns pelos outros, e isso inclui a responsabilidade e grande privilégio das esposas em orarem pelos seus

Leia mais

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros.

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. A Torá é o texto mais importante para o Judaísmo. Nele se encontram os Mandamentos, dados diretamente

Leia mais

DONS INFUSOS DO ESPÍRITO SANTO

DONS INFUSOS DO ESPÍRITO SANTO DONS INFUSOS DO ESPÍRITO SANTO O Espírito Santo nos foi dado para que nos tornemos santos, e para que assim se cumpram perfeitamente em cada um de nós os desígnios amorosos que o Pai tem preparado para

Leia mais

Etapas da maturidade de Eliseu

Etapas da maturidade de Eliseu Etapas da maturidade de Eliseu TEXTO BÍBLICO BÁSICO 2 Reis 2.5-11 5 - Então os filhos dos profetas que estavam em Jericó se chegaram a Eliseu, e lhe disseram: Sabes que o SENHOR hoje tomará o teu senhor

Leia mais

A Bíblia realmente afirma que Jesus

A Bíblia realmente afirma que Jesus 1 de 7 29/06/2015 11:32 esbocandoideias.com A Bíblia realmente afirma que Jesus Cristo é Deus? Presbítero André Sanchez Postado por em: #VocêPergunta Muitas pessoas se confundem a respeito de quem é Jesus

Leia mais

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo!

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! A vida e o ministério do padre é um serviço. Configurado a Jesus, que

Leia mais

Jesus Cristo, o Fundamento de Deus... Pág 1. Arrependimento de Obras Mortas... Pág 7. Fé em Deus... Pág 13. Batismo em Água...

Jesus Cristo, o Fundamento de Deus... Pág 1. Arrependimento de Obras Mortas... Pág 7. Fé em Deus... Pág 13. Batismo em Água... Jesus Cristo, o Fundamento de Deus... Pág 1 Arrependimento de Obras Mortas... Pág 7 Fé em Deus... Pág 13 Batismo em Água... Pág 17 As Escrituras são infalíveis, a Palavra de Deus não contém erros. A nossa

Leia mais

O povo da graça: um estudo em Efésios # 34 Perseverando com graça - Efésios 6.18-24

O povo da graça: um estudo em Efésios # 34 Perseverando com graça - Efésios 6.18-24 Perseverando com graça Efésios 6.18-24 O povo da graça: um estudo em Efésios # 34 18 Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem

Leia mais

Antropologia Religiosa

Antropologia Religiosa Antropologia Religiosa Quem somos nós? De onde viemos? Para onde vamos? Qual é a nossa missão no universo? O que nos espera? Que sentido podemos dar a nossa vida? Qual o sentido da história e do mundo?

Leia mais

2015 O ANO DO DISCIPULADO

2015 O ANO DO DISCIPULADO IGREJA DE CRISTO NO BRASIL MINISTÉRIO ICRV 2015 O ANO DO DISCIPULADO NOSSA FUNDAÇÃO A Igreja de Cristo no Brasil foi fundada em 13 de dezembro de 1932, na cidade de Mossoró RN. Como organização denominacional,

Leia mais

COMO VIVER COM DEUS? COMO VIVER COM DEUS? EXTRA, EXTRA! As Más Notícias: EXTRA, EXTRA! Mitos. homem com seu Criador

COMO VIVER COM DEUS? COMO VIVER COM DEUS? EXTRA, EXTRA! As Más Notícias: EXTRA, EXTRA! Mitos. homem com seu Criador COMO VIVER COM DEUS? Mitos e Verdades sobre o Relacionamento do Homem com seu Criador COMO VIVER COM DEUS? Mitos e Verdades sobre o Relacionamento do Homem com seu Criador Professor: Vlademir Hernandes

Leia mais

Deus: Origem e Destino Atos 17:19-25

Deus: Origem e Destino Atos 17:19-25 1 Deus: Origem e Destino Atos 17:19-25 Domingo, 7 de setembro de 2014 19 Então o levaram a uma reunião do Areópago, onde lhe perguntaram: "Podemos saber que novo ensino é esse que você está anunciando?

Leia mais

Arthur W. Pink (1886 1952)

Arthur W. Pink (1886 1952) Arthur W. Pink (1886 1952) Há dois grandes obstáculos no caminho da salvação de qualquer dos descendentes decaídos de Adão: a escravidão da culpa e a penalidade do pecado; a escravidão do poder e a presença

Leia mais

O NASCIMENTO DO SALVADOR

O NASCIMENTO DO SALVADOR Mensagem pregada pelo Pr Luciano R. Peterlevitz no culto de natal na Igreja Batista Novo Coração, em 20 de dezembro de 2015. Evangelho de Lucas 2.8-20: 8 Havia pastores que estavam nos campos próximos

Leia mais

AD Campinas- SP. Lição 2

AD Campinas- SP. Lição 2 TEXTO ÁUREO Escola Bíblica Dominical AD Campinas- SP Lição 2 12 de Abril de 2009 A Superioridade da Mensagem da Cruz "Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos,

Leia mais

O ser humano é comunicação

O ser humano é comunicação O ser humano é comunicação Sem. Andrey Nicioli anicioli@hotmail.com Catequese Arqudiocesana Pouso Alegre 14/11/2015 Primeira certeza O termo comunicação é abrangente e não se restringe aos meios midiáticos.

Leia mais

PLANO DE LEITURA DA BÍBLIA

PLANO DE LEITURA DA BÍBLIA PLANO DE LEITURA DA BÍBLIA Como Ler a Bíblia Reserve tempo para ler a Bíblia cada dia. É bom guardar sempre a mesma hora. Dedique tanto tempo quanto seja possível, cuidando para que outras coisas não interrompam

Leia mais

www.projeto-timoteo.org 2ª edição Como Viver a Plenitude de Deus Projeto Timóteo Apostila do Aluno

www.projeto-timoteo.org 2ª edição Como Viver a Plenitude de Deus Projeto Timóteo Apostila do Aluno Como Viver a Plenitude de Deus Projeto Timóteo 1 Apostila do Aluno Como Viver a Plenitude de Deus Projeto Timóteo Coordenador do Projeto Dr. John Barry Dyer Equipe Pedagógica Marivete Zanoni Kunz Tereza

Leia mais

CATEQUESE Sua Santidade o Papa Bento XVI Praça de São Pedro Vaticano Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2012

CATEQUESE Sua Santidade o Papa Bento XVI Praça de São Pedro Vaticano Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2012 CATEQUESE Sua Santidade o Papa Bento XVI Praça de São Pedro Vaticano Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2012 Queridos irmãos e irmãs, No caminho do Advento a Virgem Maria ocupa um lugar particular como aquela

Leia mais

A Identidade da Igreja do Senhor Jesus

A Identidade da Igreja do Senhor Jesus A Identidade da Igreja do Senhor Jesus Atos 20:19-27 (Ap. Paulo) Fiz o meu trabalho como Servo do Senhor, com toda a humildade e com lágrimas. E isso apesar dos tempos difíceis que tive, por causa dos

Leia mais

IGREJA PRofEssoR ClAssE

IGREJA PRofEssoR ClAssE IGREJA Professor Classe Revista periódica editada pelo Centro de Publicações da Igreja Metodista Wesleyana (21) 2679-1681 (21) 2791-0827 Avenida Venância, Nº17 - Xerém Duque de Caxias, RJ CEP: 25250-589

Leia mais

12 de Janeiro. Responsabilidades de Ezequiel. Texto-Base. Lição 02 3.16-27. Mensageiro de Deus

12 de Janeiro. Responsabilidades de Ezequiel. Texto-Base. Lição 02 3.16-27. Mensageiro de Deus 12 de Janeiro Texto-Base Responsabilidades de Ezequiel um Lição 02 3.16-27 Mensageiro de Deus Formado no Instituto Bíblico Batista Independente (1956). Licenciado em Pedagogia pela Universidade Federal

Leia mais

CRISTOLOGIA. Disciplina da teologia que sistematiza a reflexão crítica sobre a pessoa de Jesus Cristo, a partir da Revelação

CRISTOLOGIA. Disciplina da teologia que sistematiza a reflexão crítica sobre a pessoa de Jesus Cristo, a partir da Revelação CRISTOLOGIA Disciplina da teologia que sistematiza a reflexão crítica sobre a pessoa de Jesus Cristo, a partir da Revelação cristã. Resposta à questão: Quem é Jesus? (Mt 16,16) Jesus é o Cristo! Jesus:

Leia mais

De acordo com o Calendário Maia o mundo deveria ter acabado no dia 21/12/2012, às 11h30.

De acordo com o Calendário Maia o mundo deveria ter acabado no dia 21/12/2012, às 11h30. De acordo com o Calendário Maia o mundo deveria ter acabado no dia 21/12/2012, às 11h30. Mateus 25.1-7 Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis, 23/12/2012 2 Na concepção dos esotéricos catastrofistas algo

Leia mais

INTRODUÇÃO... 3 PROSPERIDADE SEGUNDO A BÍBLIA... 4 SEMEADURA E COLHEITA... 8 A RELAÇÃO ENTRE A OBEDIÊNCIA E A PROSPERIDADE... 13

INTRODUÇÃO... 3 PROSPERIDADE SEGUNDO A BÍBLIA... 4 SEMEADURA E COLHEITA... 8 A RELAÇÃO ENTRE A OBEDIÊNCIA E A PROSPERIDADE... 13 1 INTRODUÇÃO... 3 PROSPERIDADE SEGUNDO A BÍBLIA... 4 SEMEADURA E COLHEITA... 8 A RELAÇÃO ENTRE A OBEDIÊNCIA E A PROSPERIDADE... 13 LIÇÕES A RESPEITO DE COMO ALCANÇAR A VERDADEIRA PROSPERIDADE... 17 CONCLUSÃO...

Leia mais

HINOS DO HINÁRIO LUTERANO RELACIONADOS COM A SÉRIE TRIENAL

HINOS DO HINÁRIO LUTERANO RELACIONADOS COM A SÉRIE TRIENAL HINOS DO HINÁRIO LUTERANO RELACIONADOS COM A SÉRIE TRIENAL Raul Blum Este trabalho foi elaborado por três classes de alunos da Escola Superior de Teologia do Instituto Concórdia de São Paulo no final da

Leia mais

Retiro de Revisão de Metas do Querigma

Retiro de Revisão de Metas do Querigma Pe. Marco Antonio Guerrero Guapacho - Colômbia 1. Evangelização Evangelizar é um verbo, derivado de evangelho, que faz referência à proclamação, ao anúncio de Jesus Cristo e da sua mensagem. No propósito

Leia mais

Juniores aluno 7. Querido aluno,

Juniores aluno 7. Querido aluno, Querido aluno, Por acaso você já se perguntou algumas destas questões: Por que lemos a Bíblia? Suas histórias são mesmo verdadeiras? Quem criou o mundo? E o homem? Quem é o Espírito Santo? Por que precisamos

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ 27/06/15 PLANO DE SALVAÇÃO

DECLARAÇÃO DE FÉ 27/06/15 PLANO DE SALVAÇÃO DECLARAÇÃO DE FÉ Pr Josemeire Ribeiro CRM PR 2015 O que é credo? É o que eu creio. PLANO DE SALVAÇÃO QUEDA REDENÇÃO RESTAURAÇÃO Declaração de Fé da IEQ foi compilada por sua fundadora Aimeé Semple McPherson,

Leia mais

"como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus" VIDA RELACIONAL COM DEUS: SERVO-SENHOR

como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus VIDA RELACIONAL COM DEUS: SERVO-SENHOR EBD 03: 21 de setembro, inverno de 2014 ESTAÇÃO 3: VIDA ESPIRITUAL ÊNFASE DO MÊS: Derretendo o gelo nas relações com Deus - Pr. Walmir Vargas A SÓS COM DEUS DA FAMÍLIA LIBERDADE "como servos de Cristo,

Leia mais

II TRI. LIÇÃO evange ho 11 LUCAS O REINO DE DEUS

II TRI. LIÇÃO evange ho 11 LUCAS O REINO DE DEUS II TRI 2015 DE LUCAS LIÇÃO evange ho 11 O REINO DE DEUS VERSO PARA MEMORIZAR: Muitos virão do Oriente e do Ocidente, do Norte e do Sul e tomarão lugares à mesa no reino de Deus (Lc 13:29). IN TRO DUÇÃO

Leia mais

Natal do Senhor de 2015. Missa Solene da Noite

Natal do Senhor de 2015. Missa Solene da Noite Natal do Senhor de 2015 Missa Solene da Noite Caríssimos Irmãos e Irmãs: Acabamos de ouvir no Evangelho a palavra que os Anjos, na Noite Santa, disseram aos pastores e que agora a Igreja grita para nós:

Leia mais