Breve História da Universidade:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Breve História da Universidade:"

Transcrição

1 Nota: As áreas / cursos aqui apresentados são, unicamente, aqueles que no questionário anteriormente realizado mostraram uma preferência maior. Para informações sobre outros cursos / áreas visite o site da universidade. Breve História da Universidade: A Universidade Portuguesa tem origens muito antigas que se filiam no pedido dirigido ao Papa Nicolau IV, datado de 1288, da criação de um estudo geral, em Lisboa. A sede da Universidade variou até 1537 e neste intervalo de tempo esteve em Lisboa ou em Coimbra, até que, em 1537, foi transferida definitivamente para esta última cidade, onde permaneceu como instituição única no país. Foi só no séc. XIX que, na capital, foram reaparecendo os estudos superiores: a Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa (1836), a Escola de Farmácia (1836), a Escola Politécnica (1837) e o Curso Superior de Letras (1859). Foram estas 4 escolas, que a Constituição Universitária de 19 de Abril de 1911 mandou reunir na Universidade de Lisboa (criada por decreto de 22 de Março de 1911), alterando as suas denominações para aquelas que todos nós lhes conhecemos na actualidade. Posteriormente, houve alterações nestas faculdades e anexações de mais instituições de investigação e ensino. É o caso do Instituto Bacteriológico de Câmara Pestana, do Instituto Geofísico do Infante D. Luiz, do Instituto de Orientação Profissional, do Museu Nacional de História Natural (englobando o Museu de Bocage, Museu e Jardim Botânico e Museu Mineralógico e Geológico) e do Museu de Ciência. Índice de cursos da Faculdade de Letras: Licenciatura em Arqueologia Licenciatura em Artes e Humanidades

2 Licenciatura em Ciências da Cultura Licenciatura em Ciências da Linguagem Licenciatura em Estudos Africanos Licenciatura em Estudos Artísticos -Variante em Artes e Culturas Comparadas -Variante em Artes do Espectáculo Licenciatura em Estudos Asiáticos Licenciatura em Estudos Clássicos Licenciatura em Estudos Eslavos Licenciatura em Estudos Europeus Licenciatura em Estudos Portugueses e Lusófonos Licenciatura em Filosofia Licenciatura em História Licenciatura em História da Arte Licenciatura em Línguas, Literaturas e Culturas Licenciatura em Tradução Índice de cursos da faculdade de Ciências: Licenciatura em Engenharia Geográfica Licenciatura em Engenharia Informática Índice de cursos da faculdade de Direito: Licenciatura em Direito Informações sobre cursos: Licenciatura em Direito: Prova de Ingresso: Português e História. Média do último aluno a entrar (1ª fase): 141,8

3 Licenciatura em Arqueologia: Prova de Ingresso: História; História da Cultura e das Artes; Português Média do último aluno a entrar (1ª fase): 127,0 Licenciatura em Artes e Humanidades: Prova de Ingresso: Pré-requisitos: Média do último aluno a entrar: 127,0 Licenciatura em Ciências da Cultura: Prova de Ingresso: História; Inglês; Português. Pré-requisitos: Não tem Média do último aluno a entrar: 146,0 Licenciatura em Ciências da Linguagem: Prova de Ingresso: Português; História; Matemática. Média do último aluno a entrar: 108,0 Licenciatura em Estudos Africanos: Prova de Ingresso: Geografia; História; Português. Média do último aluno a entrar: 109,5. Licenciatura em Estudos Artísticos Variante em Artes e Culturas Comparadas: Prova de Ingresso: História da Cultura e das Artes; Literatura Portuguesa; Português. Média do último aluno a entrar: 112,0 Licenciatura em Estudos Artísticos Variante em Artes do Espectáculo: Prova de Ingresso: História da Cultura e das Artes; Literatura Portuguesa; Português.

4 Média do último aluno a entrar: 120,8. Licenciatura em Estudos Asiáticos: Prova de Ingresso: Geografia; História; Português. Média do último aluno a entrar: 130,5. Licenciatura em Estudos Clássicos: Prova de Ingresso: História da Cultura e das Artes; Latim; Português. Média do último aluno a entrar: 113,0. Licenciatura em Estudos Eslavos: Prova de Ingresso: Geografia; História; Português. Média do último aluno a entrar: Não abriu no ano lectivo 2010/2011. Licenciatura em Estudos Europeus: Prova de Ingresso: Geografia; Historia; Português. Média do último aluno a entrar: 129,5 Licenciatura em Estudos Portugueses e Lusófonos: Prova de Ingresso: Português e Historia da Cultura e das Artes. Ou Uma das seguintes provas: Português ou Literatura Portuguesa. Média do último aluno a entrar: 105,0. Licenciatura em Filosofia: Prova de Ingresso: Português. Média do último aluno a entrar: 106,5. Licenciatura em História: Prova de Ingresso: História; História da Cultura e das Artes.

5 Média do último aluno a entrar: 129,5. Licenciatura em História da Arte: Prova de Ingresso: História; História da Cultura e das Artes. Média do último aluno a entrar: 212,0. Licenciatura em Línguas, Literaturas e Culturas: Prova de Ingresso: Alemão; Espanhol; Francês; Inglês; Literatura Portuguesa; Português. Média do último aluno a entrar: 134,5. Licenciatura em Tradução: Prova de Ingresso: Alemão; Francês; Espanhol; Francês; Inglês. Média do último aluno a entrar: 125,5. Licenciatura em Engenharia Geográfica: Prova de Ingresso: Matemática; Matemática + Biologia e Geologia; Matemática + Física e Química. Pré-requisitos: Média do último aluno a entrar: 127,0 Licenciatura em Engenharia Informática: Prova de Ingresso: Matemática ou Matemática + Física e Química Pré-requisitos: Não tem Média do último aluno a entrar: 132,0

6 Localização das Faculdades e como lá chegar: Faculdade de Letras: Alameda da Universidade Lisboa Telefone: Fax: Correio Electrónico: Horário de Atendimento: De 2ª a 6ª feira das 9h30 às 16h00 Transportes: Metro: Cidade Universitária (Linha Amarela) Autocarros Carris: Transportes Sul do Tejo (TST): Almada - Cidade Universitária; Costa de Caparica - Cidade Universitária; Setúbal - Cidade Universitária Faculdade de Ciências: Faculdade de Ciências Campo Grande Lisboa Telefone: Fax: Correio Electrónico: Horário de Atendimento: De 2ª a 6ª feira das 9h30 às 15h00 Transportes: Metro: Campo Grande (Linha Verde ou Amarela) ou Cidade Universitária (Linha Amarela) Autocarros Carris: A

7 Associação de Estudantes da Universidade de Lisboa: As Associações de Estudantes são a estrutura representativa dos estudantes dentro da escola, nas relações interuniversitárias e em todas as situações que envolvam o relacionamento com o meio social e político onde se inserem. São, assim, uma componente essencial da vida académica. São as associações de estudantes que promovem as suas próprias actividades e iniciativas e, ainda, os serviços indispensáveis aos estudantes. Contactos: Associação Académica da Universidade de Lisboa: Serviços de Acção Social da Universidade de Lisboa, edifício da Cantina 2, Av.ª das Forças Armadas Lisboa Correio Electrónico: Sítio: PROPINAS Regime geral a tempo integral: Valor total da propina 986 EUR 1ª Prestação 360 EUR (no momento da matrícula/inscrição). 2ª Prestação 313 EUR (até ao fim de Fevereiro 2011). 3ª Prestação 313 EUR (até ao fim de Maio 2011). Os alunos que tenham efectuado pedido de bolsa de estudo (mediante apresentação do comprovativo no acto da inscrição) ficam dispensados do pagamento da primeira prestação da propina no momento da inscrição, devendo contudo efectuar o respectivo pagamento até dez dias seguintes após terem conhecimento da decisão que recair sobre o seu pedido de concessão de bolsa de estudos. Regime geral a tempo parcial: Valor total da propina 690,20 EUR 1ª Prestação 360 EUR (no momento da matrícula/inscrição). 2ª Prestação 165,20 EUR (até ao fim de Fevereiro 2011). 3ª Prestação 165 EUR (até ao fim de Maio 2011).

8 De acordo com o Regulamento de aluno em regime geral a tempo parcial da Universidade de Lisboa «considera-se aluno em regime geral a tempo parcial da Universidade de Lisboa aquele que, num determinado ano lectivo, se inscreva num número de unidades curriculares que perfaça um máximo de 30 créditos (ECTS), num ciclo de estudos conducente a obtenção de um grau de licenciado ou de mestre». (art.º 2.º). Porém, «não é permitido aos alunos que se encontrem a tempo integral a mudança para tempo parcial quando o mínimo de créditos (ECTS) em falta para conclusão do curso for igual ou inferior a 30» (art.º 3.º, n.º 3). Residências Universitárias (morada e contactos): ANTÓNIO ALEIXO (MASCULINA): Rua Nova de S.Mamede, 7 1º E Lisboa Telefone: Autocarros: 773 Metro: Rato Coordenadas: 'N 'W ARTILHARIA UM (MISTA): Rua Artilharia Um, LISBOA Telefone: Autocarros: 12; 702 Metro: Marquês de Pombal Coordenadas: 'N 'W CAMPO GRANDE (FEMININA): Campo Grande, LISBOA Telefone: Autocarros: 7;36;701; 750; 767

9 Metro: Campo Grande Coordenadas: 'N 'W D.DINIS (FEMININA): Rua Oliveira Martins, 4-2º LISBOA Telefone: Autocarros: 7; 35; 767 Metro: Areeiro Coordenadas: 'N 'W EGAS MONIZ (MISTA): Av. Casal Ribeiro, LISBOA Telefone: Autocarros: 22; 720; 732 Metro: Saldanha Coordenadas: 'N 'W FILIPE FOLQUE (FEMININA): Rua Filipe Folque, LISBOA Telefone: Autocarros: 21; 36; 44; 49; 727; 732; 738; 745 Metro: Saldanha Coordenadas: 'N 'W

10 LEITE VASCONCELOS (FEMININA) : Av. de Berna, 13 8º LISBOA Telefone: Autocarros: 21; 36; 44; 49; 727; 732; 738; 745 Metro: Campo Pequeno Coordenadas: 'N 'W LUÍS CAMÕES (MISTA): Rua Luís de Camões, LISBOA Telefone.: Autocarros.: 56; 738 Coordenadas: 'N 'W LUMIAR (MISTA): Rua Rainha D.Luísa de Gusmão, LISBOA Telefone: Autocarros: 7; 36; 47; 106; 701; 708 Metro: Campo Grande Coordenadas: 'N 'W MONTE OLIVETE (MISTA): Rua da Imprensa nacional, LISBOA Telefone: Autocarros: 58; 773 Metro: Rato Coordenadas: 'N 'W

11 Nª SRª DA PAZ ( PROFESSORES ): Alameda das Linhas de Torres, LISBOA Telefone.: Autocarros: 7; 36; 47; 106; 701; 708 Metro: Campo Grande Coordenadas: 'N 'W OLIVAIS (FEMININA): Rua Cidade João Belo, lt 88/nº4 1º Esq LISBOA Telefone: Autocarros: 31 Coordenadas: 'N 'W RIBEIRO SANTOS (MISTA): Av. Estados Unidos da América, LISBOA Telefone: Autocarros: 7; 35; 767 Metro: Roma Coordenadas: 'N 'W TOMÁS RIBEIRO (MASCULINA): Rua Tomás Ribeiro, 89 1º LISBOA Telefone: Autocarros: 26; 36; 83; 727; 738; 745 Metro: Picoas Coordenadas: 'N 'W

12 Actividades extra-curriculares: Desporto: Localização e contactos: Telefone: Fax : Morada: Desporto da Universidade de Lisboa,Edifício da Cantina 1, Av. Professor Gama Pinto, Campo Grande, Lisboa. Horário: Dias Úteis - 8h às 17h30. Modalidades: Atletismo Badminton Basquetebol Feminino Danças Futebol de 7 Futsal Grupo de Dança da U.Lisboa Ténis Ténis de Mesa Voleibol Masculino Aqui encontrarás todas as actividades regulares disponíveis para prática neste ano lectivo. As aulas de grupo (aeróbica, gap, yoga, pilates, step, etc) funcionam na Sala de Fitness e o cardiofitness e musculação funciona na Sala de Exercício. Se preferires escolhe desportos de competição ou recreação, colectivos ou individuais. Realizado por: Anna M. Nº 1 12º.E João M. Nº12 12º.E Mafalda M. Nº 17 12º.E Área de Projecto Docente: Luís Salema

4312-(18) Diário da República, 1.ª série N.º 131 9 de Julho de 2008

4312-(18) Diário da República, 1.ª série N.º 131 9 de Julho de 2008 4312-(18) Diário da República, 1.ª série N.º 131 9 de Julho de 2008 pre que necessário, para a realização de entrevista e ou avaliação funcional das suas capacidades. 4 A comissão pode, face à prova documental

Leia mais

DESPACHO RT.52/2011. Reitoria da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, 1 de Setembro de 2011. O Reitor, Carlos Alberto Sequeira

DESPACHO RT.52/2011. Reitoria da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, 1 de Setembro de 2011. O Reitor, Carlos Alberto Sequeira DESPACHO RT.52/2011 Por deliberação do Conselho de Gestão, em reunião de 1 de Setembro de 2011, foi aprovada a Tabela de Emolumentos a praticar nos Serviços Académicos da Universidade de Trás-os-Montes

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO DE ACESSO MESTRADO EM ENGENHARIA E GESTÃO INDUSTRIAL.

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO DE ACESSO MESTRADO EM ENGENHARIA E GESTÃO INDUSTRIAL. INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO DE ACESSO MESTRADO EM ENGENHARIA E GESTÃO INDUSTRIAL Edição 2015-2017 Nos termos do Decreto -Lei n.º 42/2005, de pelo 22 de Fevereiro,

Leia mais

EDITAL. Instituto Politécnico de Viseu MESTRADO EM ENFERMAGEM VETERINÁRIA DE ANIMAIS DE COMPANHIA ANO LECTIVO: 2016/2018.

EDITAL. Instituto Politécnico de Viseu MESTRADO EM ENFERMAGEM VETERINÁRIA DE ANIMAIS DE COMPANHIA ANO LECTIVO: 2016/2018. Escola Superior Agrária Instituto Politécnico de Viseu MESTRADO EM ENFERMAGEM VETERINÁRIA DE ANIMAIS DE COMPANHIA EDITAL ANO LECTIVO: 2016/2018 2ª Edição 1. NOTA INTRODUTÓRIA O Mestrado em Enfermagem Veterinária

Leia mais

MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS (i.é. ANÁLISES QUÍMICO-BIOLÓGICAS)

MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS (i.é. ANÁLISES QUÍMICO-BIOLÓGICAS) MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS (i.é. ANÁLISES QUÍMICO-BIOLÓGICAS) º Ciclo Bolonha Aviso n.º/0 (D.R. N.º,.ª série, de Dezembro de 0) Registo DGES: / (DR) Extracto do Regulamento Geral de Mestrados do ISCSEM

Leia mais

47768 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011

47768 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011 47768 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011 Artigo 17.º Elementos que constam obrigatoriamente dos diplomas e cartas de curso Dos diplomas e cartas de curso constarão os seguintes

Leia mais

Perguntas Mais Frequentes

Perguntas Mais Frequentes Perguntas Mais Frequentes P: Qual a média de ingresso nas Licenciaturas ministradas no ISA? R: As médias de ingresso no ano lectivo 2010/2011 foram: Licenciatura 1ª Fase 2ª Fase Arquitectura Paisagista

Leia mais

ANIVERSÁRIO CZC VISITA AO MORRO DA CONCEIÇÃO (SAÍDA ÀS 07:00H EM FRENTE AO COLÉGIO) CONDUÇÃO GRATUITA

ANIVERSÁRIO CZC VISITA AO MORRO DA CONCEIÇÃO (SAÍDA ÀS 07:00H EM FRENTE AO COLÉGIO) CONDUÇÃO GRATUITA HORÁRIO DAS AVALIAÇÕES GLOBAIS 6º ANO TARDE / 2014 19/11 ÉTICA / GEOGRAFIA 4ª FEIRA 20/11 REDAÇÃO / MATEMÁTICA 5ª FEIRA 21/11 HISTÓRIA / INGLÊS 6ª FEIRA 24/11 DESENHO / CIÊNCIAS 2ª FEIRA 25/11 PORTUGUÊS

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS E SAÚDE PÚBLICA ESPECIALIZAÇÃO DE HEMATOLOGIA E IMUNOLOGIA CLÍNICO LABORATORIAL. (Edição 2011 2013)

EDITAL MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS E SAÚDE PÚBLICA ESPECIALIZAÇÃO DE HEMATOLOGIA E IMUNOLOGIA CLÍNICO LABORATORIAL. (Edição 2011 2013) EDITAL MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS E SAÚDE PÚBLICA ESPECIALIZAÇÃO DE HEMATOLOGIA E IMUNOLOGIA CLÍNICO LABORATORIAL (Edição 2011 2013) Nos termos dos Decretos Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto

Leia mais

Estes cursos estão organizados de acordo com o Sistema Europeu de Transferência de créditos (ECTS).

Estes cursos estão organizados de acordo com o Sistema Europeu de Transferência de créditos (ECTS). Lisboa, 23 de Fevereiro de 2007 Exmo. Senhor Engenheiro Técnico, O Instituto Superior de Educação e Ciências (ISEC) é um estabelecimento de ensino superior privado reconhecido oficialmente em 9 de Agosto

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE ACESSO A CURSOS DE MESTRADOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA.

INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE ACESSO A CURSOS DE MESTRADOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA. INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA EDITAL DE ABERTURA DE ACESSO A CURSOS DE MESTRADOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA Edição 2014-2016 Nos termos do Decreto -Lei n.º 42/2005, de pelo 22 de

Leia mais

REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO

REGULAMENTO DOS REGIMES DE MUDANÇA DE CURSO, TRANSFERÊNCIA E REINGRESSO INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA Ao abrigo do disposto no artigo 10º da Portaria n.º 401/2007, de 5 de Abril, aprovo o novo Regulamento do Regime de Mudança de Curso, Transferência e Reingresso do Instituto

Leia mais

Aulas de Recuperação 1º Bimestre/2015. Horário das Provas de Recuperação

Aulas de Recuperação 1º Bimestre/2015. Horário das Provas de Recuperação 4º ANO HORÁRIO 04/05 (2ª f.) 05/05 (3ª f.) 06/05 (4ª f.) 07/05 (5ª f.) 08/05 (6ª f.) 13h30 Inglês 14h15 Português Matemática Ciências 15h Português Matemática Ciências 15h45 Matemática Português História

Leia mais

Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Maria Cristina Andrade Janeiro/2012

Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Maria Cristina Andrade Janeiro/2012 PERCURSOS PÓS SECUNDÁRIO Desporto Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Maria Cristina Andrade 12º Ano.e agora? Ensino Superior Universitário/Politécnico Cursos de Especialização Tecnológica Inserção

Leia mais

João de Deus Rogado Salvador Pinheiro medidas legislativas. Cria algumas escolas do ensino primário em vários distritos.

João de Deus Rogado Salvador Pinheiro medidas legislativas. Cria algumas escolas do ensino primário em vários distritos. João de Deus Rogado Salvador Pinheiro medidas legislativas Portaria nº 151/85, de 13 de Março, D.R. 63, p. 712 Cria algumas escolas do ensino primário em vários distritos. Decreto-Lei nº 75/85, de 25 de

Leia mais

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA MESTRADO/DOUTORAMENTO CURSO PÓS-GRADUADO DE ESPECIALIZAÇÃO QUÍMICA FARMACÊUTICA E TERAPÊUTICA Acreditado pela A3ES 9 ª Edição 2013/2015 O Curso de Especialização

Leia mais

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA MESTRADO/DOUTORAMENTO CURSO PÓS-GRADUADO DE ESPECIALIZAÇÃO CONTROLO DA QUALIDADE E TOXICOLOGIAS DOS ALIMENTOS Acreditado pela A3ES 10ª Edição 2013/2015 O Curso

Leia mais

Mestrado em Arte e Ciência do Vidro versão 19 10 2007. Normas regulamentares

Mestrado em Arte e Ciência do Vidro versão 19 10 2007. Normas regulamentares Mestrado em Arte e Ciência do Vidro versão 19 10 2007 Normas regulamentares Artigo 1.º - Criação A Universidade Nova de Lisboa, através da Faculdade de Ciências e Tecnologia, confere o grau de mestre em

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE HOTELARIA E TURISMO DO ESTORIL. Regulamento do Pagamento de Propinas de Mestrado

ESCOLA SUPERIOR DE HOTELARIA E TURISMO DO ESTORIL. Regulamento do Pagamento de Propinas de Mestrado ESCOLA SUPERIOR DE HOTELARIA E TURISMO DO ESTORIL Regulamento do Pagamento de Propinas de Mestrado Nos termos previstos nos artigos 15.º e 16.º da Lei n.º 37/2003, de 22 de Agosto (Lei que define as bases

Leia mais

da Uniiversiidade de Évora

da Uniiversiidade de Évora Universidade de Évora Rellatóriio sobre o Inquériito aos Liicenciiados da Uniiversiidade de Évora Pró-Reitoria para a Avaliação e Política da Qualidade Jacinto Vidigal da Silva Luís Raposo Julho de 2010

Leia mais

Calendário Escolar para 2015-2016

Calendário Escolar para 2015-2016 jun - 2015 Calendário Escolar para 2015-2016 O Governo já publicou em Diário da República o Calendário Escolar para 2015-2016, com o próximo ano letivo a ter início previsto entre 15 e 21 de setembro,

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE MOVIMENTO HUMANO (edição 2011-2013)

EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE MOVIMENTO HUMANO (edição 2011-2013) EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE MOVIMENTO HUMANO (edição 2011-2013) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de Março, com as

Leia mais

Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra

Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra Artigo 1.º Âmbito O presente Regulamento fixa as normas gerais relativas a matrículas e inscrições nos cursos do Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra. Artigo 2.º Definições De

Leia mais

REGULAMENTO DE TRANSIÇÃO CURRICULAR E PLANO DE CREDITAÇÕES. Curso de 1º Ciclo de Estudos em Educação Física e Desporto do ISMAI.

REGULAMENTO DE TRANSIÇÃO CURRICULAR E PLANO DE CREDITAÇÕES. Curso de 1º Ciclo de Estudos em Educação Física e Desporto do ISMAI. REGULAMENTO DE TRANSIÇÃO CURRICULAR E PLANO DE CREDITAÇÕES Curso de 1º Ciclo de Estudos em Educação Física e do ISMAI Preâmbulo O Curso do 1º Ciclo de Estudos em Educação Física e do Instituto Superior

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO E SEGURANÇA ALIMENTAR

PÓS GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO E SEGURANÇA ALIMENTAR Escola Superior Agrária Instituto Politécnico de Viseu PÓS GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO E SEGURANÇA ALIMENTAR EDITAL ANO LECTIVO: 2014/2015 2ª Edição 1. NOTA INTRODUTÓRIA A segunda edição da pós-graduação em

Leia mais

PROVAS DE INGRESSO PARA CANDIDATOS QUE SEJAM TITULARES DE CURSOS DO ENSINO SECUNDÁRIO PORTUGUÊS

PROVAS DE INGRESSO PARA CANDIDATOS QUE SEJAM TITULARES DE CURSOS DO ENSINO SECUNDÁRIO PORTUGUÊS TITULARES DE S DO ENSINO SECUNDÁRIO PORTUGUÊS FACULDADE DE ARQUITETURA Arquitetura, área de especialização em Arquitetura de Interiores e Reabilitação do Edificado Arquitetura Arquitetura (regime pós-laboral)

Leia mais

Regulamento Geral de Avaliação da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Regulamento Geral de Avaliação da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa Regulamento Geral de Avaliação da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa PREÂMBULO O actual Regulamento Geral de Avaliação (RGA) foi formulado, no essencial, em 2009 e reformulado em 2010. Teve

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS E SAÚDE PÚBLICA ESPECIALIZAÇÃO DE HEMATOLOGIA E IMUNOLOGIA CLÍNICO-LABORATORIAL. (Edição 2011-2013)

EDITAL MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS E SAÚDE PÚBLICA ESPECIALIZAÇÃO DE HEMATOLOGIA E IMUNOLOGIA CLÍNICO-LABORATORIAL. (Edição 2011-2013) EDITAL MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS E SAÚDE PÚBLICA ESPECIALIZAÇÃO DE HEMATOLOGIA E IMUNOLOGIA CLÍNICO-LABORATORIAL (Edição 2011-2013) Nos termos dos Decretos-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei

Leia mais

REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM DESENHO

REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM DESENHO REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM DESENHO CAPÍTULO I GRAU DE MESTRE Artigo 1.º Criação A ESAP - Guimarães confere o grau de Mestre em Desenho com Especialização em Prática

Leia mais

Ensino Superior. Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt

Ensino Superior. Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt Ensino Superior Regulamento n.º 319/2013 Regulamento do Programa de Apoio Social a Estudantes através de atividades de tempo Parcial (PASEP) da Universidade

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2011 / 2012 AO LONGO DE TODO O ANO LETIVO Atividades de sensibilização da comunidade r para a

Leia mais

Regulamento Geral de Estudos Pós-Graduados. do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

Regulamento Geral de Estudos Pós-Graduados. do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Regulamento Geral de Estudos Pós-Graduados do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º Âmbito de aplicação 1 O presente Regulamento Geral (RG) aplica-se

Leia mais

REGULAMENTO DO MESTRADO EM TEATRO, ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO TEATRO E COMUNIDADE

REGULAMENTO DO MESTRADO EM TEATRO, ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO TEATRO E COMUNIDADE REGULAMENTO DO MESTRADO EM TEATRO, ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO TEATRO E COMUNIDADE INTRODUÇÃO O Mestrado em Teatro, área de especialização em Teatro e Comunidade, é um programa de segundo ciclo, constituído

Leia mais

MESTRADOS. Artigo 1.º Criação A Escola Superior de Comunicação Social confere o grau de Mestre em Jornalismo.

MESTRADOS. Artigo 1.º Criação A Escola Superior de Comunicação Social confere o grau de Mestre em Jornalismo. MESTRADOS REGIME DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO JORNALISMO Artigo 1.º Criação A Escola Superior de Comunicação Social confere o grau de Mestre em Jornalismo. Artigo 2.º Destinatários O Mestrado em Jornalismo

Leia mais

Normas regulamentares. Artigo 1º. Objecto

Normas regulamentares. Artigo 1º. Objecto UNIVERSIDADE ABERTA Nos termos da deliberação nº 13/07 do Senado Universitário, aprovada em sessão de 31 de Maio, de 2007, e ao abrigo do disposto no artigo 43º do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro,

Leia mais

Ciclo de Estudos Conducente ao Grau de Mestre em Tecnologia e Segurança Alimentar. Normas regulamentares

Ciclo de Estudos Conducente ao Grau de Mestre em Tecnologia e Segurança Alimentar. Normas regulamentares Ciclo de Estudos Conducente ao Grau de Mestre em Tecnologia e Segurança Alimentar Normas regulamentares Preâmbulo O regulamento do Ciclo de Estudos Conducente ao Grau de Mestre em Tecnologia e Segurança

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM ENGENHARIA ZOOTÉCNICA / PRODUÇÃO ANIMAL

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM ENGENHARIA ZOOTÉCNICA / PRODUÇÃO ANIMAL REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM ENGENHARIA ZOOTÉCNICA / PRODUÇÃO ANIMAL Ao abrigo do Decreto-Lei nº 74/2006 de 24 de Março, e do disposto na Deliberação nº 1487/2006 de 26 de Outubro, da

Leia mais

DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA SOCIAL E DAS ORGANIZAÇÕES. Mestrado em Psicologia Política

DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA SOCIAL E DAS ORGANIZAÇÕES. Mestrado em Psicologia Política DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA SOCIAL E DAS ORGANIZAÇÕES Mestrado em Psicologia Política 2009/2010 DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA SOCIAL E DAS ORGANIZAÇÕES Objectivos O Mestrado em Psicologia Política procura

Leia mais

REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM ANIMAÇÃO DIGITAL

REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM ANIMAÇÃO DIGITAL REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM ANIMAÇÃO DIGITAL CAPÍTULO I GRAU DE MESTRE Artigo 1.º Criação A ESAP Guimarães confere o grau de Mestre em Animação Digital. O ciclo de estudos

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA DO CONSUMIDOR OBSERVATÓRIO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

SUPLEMENTO II SÉRIE ÍNDICE PARTE E. Terça-feira, 14 de Agosto de 2007 Número 156. Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril

SUPLEMENTO II SÉRIE ÍNDICE PARTE E. Terça-feira, 14 de Agosto de 2007 Número 156. Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril II SÉRIE DIÁRIO DA REPÚBLICA Terça-feira, 14 de Agosto de 2007 Número 156 ÍNDICE PARTE E SUPLEMENTO Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril Despacho n.º 18 161-A/2007: Adequação do curso de Informação

Leia mais

REGULAMENTO DO MESTRADO EM TEATRO, ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO ENCENAÇÃO

REGULAMENTO DO MESTRADO EM TEATRO, ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO ENCENAÇÃO REGULAMENTO DO MESTRADO EM TEATRO, ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO ENCENAÇÃO INTRODUÇÃO O Mestrado em Teatro, área de especialização Encenação, é um programa de segundo ciclo, constituído por quatro semestres e

Leia mais

CARTAZ. Organização. Bowling Caldas. II Torneio Nacional Individual de Bowling de Surdos da APS

CARTAZ. Organização. Bowling Caldas. II Torneio Nacional Individual de Bowling de Surdos da APS CARTAZ Organização Associação Portuguesa de Surdos Apoio Federação Portuguesa de Bowling Bowling Caldas 1 Artigo 1º: Data e Local Regulamento O 2º Torneio Nacional Individual de Bowling de Surdos da APS

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - GUIAS PROVAS DE INGRESSO ALTERAÇÕES PARA 2014, 2015, 2016 PÚBLICO PRIVADO COMISSÃO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Direção de Serviços

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE DOUTORAMENTO EM ENGENHARIA INFORMÁTICA, DA FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO PREÂMBULO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE DOUTORAMENTO EM ENGENHARIA INFORMÁTICA, DA FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO PREÂMBULO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE DOUTORAMENTO EM ENGENHARIA INFORMÁTICA, DA FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO PREÂMBULO No cumprimento da sua missão, a FEUP tem desenvolvido uma significativa

Leia mais

EngIQ. em Engenharia da Refinação, Petroquímica e Química. Uma colaboração:

EngIQ. em Engenharia da Refinação, Petroquímica e Química. Uma colaboração: EngIQ Programa de Doutoramento em Engenharia da Refinação, Petroquímica e Química Uma colaboração: Associação das Indústrias da Petroquímica, Química e Refinação (AIPQR) Universidade de Aveiro Universidade

Leia mais

47586 Diário da República, 2.ª série N.º 232 5 de Dezembro de 2011

47586 Diário da República, 2.ª série N.º 232 5 de Dezembro de 2011 47586 Diário da República, 2.ª série N.º 232 5 de Dezembro de 2011 2) Cartas de curso identificação do Reitor da Universidade Nova de Lisboa, identificação do titular do grau, n.º do documento de identificação

Leia mais

Artigo 1º (Objecto e âmbito)

Artigo 1º (Objecto e âmbito) Artigo 1º (Objecto e âmbito) 1. O presente Regulamento tem por objectivo complementar o Regulamento de Mestrados (2º Ciclo) do Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz (ISCSEM) com procedimentos

Leia mais

Universidade Portucalense Departamento de Direito

Universidade Portucalense Departamento de Direito Universidade Portucalense Departamento de Direito Normas Regulamentares do 1º Ciclo do Curso de Direito DD, Departamento de Direito Aprovado em Conselho Científico de 2006-07-26 Com as alterações aprovadas

Leia mais

Pós-Graduação. Segurança e Higiene no Trabalho. Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama.

Pós-Graduação. Segurança e Higiene no Trabalho. Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama. Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama Sines Tecnopolo Pós-Graduação Segurança e Higiene no Trabalho Edital 4ª Edição 2011-2012 2ª a 5ª Feira Sines, 27 de Junho de

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM ACTIVIDADE FÍSICA NA GRAVIDEZ E PÓS-PARTO

PÓS-GRADUAÇÃO EM ACTIVIDADE FÍSICA NA GRAVIDEZ E PÓS-PARTO Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Desporto de Rio Maior PÓS-GRADUAÇÃO EM ACTIVIDADE FÍSICA NA GRAVIDEZ E PÓS-PARTO REGULAMENTO Artigo 1.º Designação A Escola Superior de Desporto de

Leia mais

Caros Colegas, É este o propósito deste guia.

Caros Colegas, É este o propósito deste guia. Caros Colegas, Sendo os principais objectivos do Departamento de Apoio ao Aluno e Acção Social a integração dos estudantes num ensino superior que se quer acessível e igual para todos, era necessário um

Leia mais

Lista de Cursos Aprovados 2007/2008

Lista de Cursos Aprovados 2007/2008 Universidade do Porto Lista de Cursos Aprovados 2007/2008 Última actualização: 09/03/2007 1/ 20 FACULDADE DE ARQUITECTURA LDADE DE ARQUITECTURA Mestrado Integrado Mestrado Integrado em Arquitectura Aguarda

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2011-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares instituição/curso objecto de concurso nacional

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2011-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares instituição/curso objecto de concurso nacional ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Designação da Localidade Fase (cont. geral) 110 Ensino Superior Público Universitário 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo

Leia mais

HORARIOS DA ACADEMIA SÉNIOR

HORARIOS DA ACADEMIA SÉNIOR 09H30 - Ginásio - TAI-CHI / CHI-GONG - Prof. Graça Serpa YOGA - Prof. Graça Serpa POSTURA CORPORAL Grp I- Fisioterapeuta Leonor Martinho YOGA - Prof. Graça Serpa POSTURA CORPORAL Grp I- Fisioterapeuta

Leia mais

modalidades andebol F andebol M badminton basebol

modalidades andebol F andebol M badminton basebol competição interna A aça UA é a competição desportiva entre os cursos da Universidade de Aveiro. Ao longo do ano lectivo, cada curso acumula pontos, mediante as classificações obtidas, por cada equipa,

Leia mais

Calendarização da Avaliação de Desempenho Docente Educadores e Professores dos Quadros - Anos Lectivos: 2007/2009

Calendarização da Avaliação de Desempenho Docente Educadores e Professores dos Quadros - Anos Lectivos: 2007/2009 Calendarização da Avaliação de Desempenho Docente Educadores e Professores dos Quadros - Anos Lectivos: 2007/2009 Desenvolvimento da Avaliação Intervenientes Calendarização Observações Definição dos Objectivos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre EDITAL Nº 01, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre EDITAL Nº 01, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2014 EDITAL Nº 0, 28 FEVEREIRO 204 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO CARGOS PROFESSOR DA CARREIRA DO EDITAL COMPLEMENTAR Nº 02, 07 MARÇO 204 ATRIBUIÇÕES, ÁREA, CARGA HORÁRIA, REQUISITOS E VAGAS São atribuições

Leia mais

PERÍODO DE RECUPERAÇÃO: 04 a 10/03/16 3. NOTAS E FREQUÊNCIA: 1º semestre/2015: Lançamento do Registro de Frequência ref. aos meses de março a maio

PERÍODO DE RECUPERAÇÃO: 04 a 10/03/16 3. NOTAS E FREQUÊNCIA: 1º semestre/2015: Lançamento do Registro de Frequência ref. aos meses de março a maio 1. HORÁRIO PARA 2015 Prazo final para divulgação de normas curriculares para o ano de 2015 27/03/15 Prazo final para divulgação de horários curriculares para o ano de 2015 27/03/15 2. PERÍODOS LETIVOS:

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação e Formação Especialização: E-learning e Formação a Distância (Regime a Distância) 14 15 Edição Instituto

Leia mais

DESPACHO. N.º 21 /2011 Data: 2011/05/30 Para conhecimento de: Pessoal Docente, Discente e Não Docente

DESPACHO. N.º 21 /2011 Data: 2011/05/30 Para conhecimento de: Pessoal Docente, Discente e Não Docente DESPACHO N.º 21 /2011 Data: 2011/05/30 Para conhecimento de: Pessoal Docente, Discente e Não Docente ASSUNTO: Regulamento de Cursos de Especialização Tecnológica da ESTeSL. No âmbito da sua missão e objectivos

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DE BASE DE RECRUTAMENTO

CONSTITUIÇÃO DE BASE DE RECRUTAMENTO CONSTITUIÇÃO DE BASE DE RECRUTAMENTO Anúncio para convite à apresentação de currículos para constituição de uma base de recrutamento 1 com vista à contratação de monitores de investigação a tempo parcial,

Leia mais

REGULAMENTO GERAL JOGOS DESPORTIVOS 2011. 1 Introdução

REGULAMENTO GERAL JOGOS DESPORTIVOS 2011. 1 Introdução REGULAMENTO GERAL JOGOS DESPORTIVOS 1 Introdução Fazerem parte de uma equipa, aperceberem-se de que sozinhos e isolados muito pouco conseguirão, entenderem o valor da amizade e do apoio dos companheiros,

Leia mais

MESTRADO EM ARTES VISUAIS INTERMÉDIA ESCOLA DE ARTES DAVD 01/08 MESTRADO ARTES VISUAIS INTERMÉDIA 2010-2012

MESTRADO EM ARTES VISUAIS INTERMÉDIA ESCOLA DE ARTES DAVD 01/08 MESTRADO ARTES VISUAIS INTERMÉDIA 2010-2012 MESTRADO EM ARTES VISUAIS INTERMÉDIA ESCOLA DE ARTES DAVD 01/08 MESTRADO ARTES VISUAIS EM INTERMÉDIA 2010-2012 MESTRADO EM ARTES VISUAIS INTERMÉDIA ESCOLA DE ARTES DAVD 02/08 ORGANIZAÇÃO Universidade de

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO. Assunto: TABELA DE PROPINAS, TAXAS E EMOLUMENTOS a vigorar no ano lectivo 2015/2016

ORDEM DE SERVIÇO. Assunto: TABELA DE PROPINAS, TAXAS E EMOLUMENTOS a vigorar no ano lectivo 2015/2016 N.º: 2015001 DATA: 14-05-2015 Assunto: TABELA DE PROPINAS, TAXAS E EMOLUMENTOS a vigorar no ano lectivo 2015/2016 Por deliberação da Direcção da CEU-Cooperativa de Ensino Universitário, CRL, entidade instituidora

Leia mais

Instituto Superior de Línguas e Administração

Instituto Superior de Línguas e Administração Instituto Superior de Línguas e Administração > O ISLA Instituto Superior de Línguas e Administração é a mais antiga instituição de ensino superior privado em Portugal, tendo, desde a sua fundação, em

Leia mais

CAE Rev_3: 70220 - SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO

CAE Rev_3: 70220 - SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO O conteúdo informativo disponibilizado pela presente ficha não substitui a consulta dos diplomas legais referenciados e da entidade licenciadora. FUNCHAL CAE Rev_3: 70220 - SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome PEREIRA, LUCÍLIA DOS SANTOS NUNES Morada 301, ORTIGOSA, EDIFÍCIO OÁSIS, 5100-076, LAMEGO, PORTUGAL Telefone 254 688 476 Telemóvel 963 481 872

Leia mais

CURRICULUM VITAE. - Licenciada em História pela Universidade Lusíada no ano lectivo de 1989/90, com a classificação de catorze valores

CURRICULUM VITAE. - Licenciada em História pela Universidade Lusíada no ano lectivo de 1989/90, com a classificação de catorze valores CURRICULUM VITAE 1. DADOS PESSOAIS Lucinda Maria Correia Lucas dos Santos Lopes Data de Nascimento: 20.07.1963 2. HABILITAÇÕES LITERÁRIAS - Licenciada em História pela Universidade Lusíada no ano lectivo

Leia mais

Regulamentos REGULAMENTO DE PROPINAS DA UPORTO

Regulamentos REGULAMENTO DE PROPINAS DA UPORTO Regulamentos REGULAMENTO DE PROPINAS DA UPORTO Aprovado pelo Conselho Geral da UPorto em 26 de Fevereiro de 2010 Alterado pelo Conselho Geral da UPorto em 18 de Março de 2011 Ao abrigo da Lei n.º 37/2003,

Leia mais

LICENCIATURA EM DESIGN E COMUNICAÇÃO MULTIMÉDIA

LICENCIATURA EM DESIGN E COMUNICAÇÃO MULTIMÉDIA LICENCIATURA EM DESIGN E COMUNICAÇÃO MULTIMÉDIA NORMAS REGULAMENTARES Curso do 1º ciclo de estudos do ensino superior, de cariz universitário, conferente do grau de licenciado, adequado ao Processo de

Leia mais

CAPÍTULO I Disposições gerais

CAPÍTULO I Disposições gerais CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1º Âmbito 1. São abrangidos por este concurso: a) Os titulares de um curso superior; b) Os titulares dos extintos cursos do Magistério Primário, de Educadores de Infância

Leia mais

PROJETO DE ACOMPANHAMENTO DE DESPORTO ESCOLAR

PROJETO DE ACOMPANHAMENTO DE DESPORTO ESCOLAR UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA FACULDADE DE MOTRICIDADE HUMANA ESCOLA SECUNDÁRIA FERNANDO NAMORA Ano Letivo 2012/2013 PROJETO DE ACOMPANHAMENTO DE DESPORTO ESCOLAR - Badminton - Orientadores: Professor

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Ciências do Desporto

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Ciências do Desporto UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Ciências do Desporto REGULAMENTO DO MESTRADO EM ENSINO DE EDUCAÇÃO FÍSICA NOS ENSINOS BÁSICO E SECUNDÁRIO (2º CICLO) Artigo 1.º Criação A Universidade da

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM MATEMÁTICA APLICADA ÀS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM MATEMÁTICA APLICADA ÀS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS REGULAMENTO DO CURSO DE MESTRADO (2º CICLO) EM MATEMÁTICA APLICADA ÀS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ao abrigo do Decreto-Lei nº 74/2006 de 24 de Março, e do disposto na Deliberação nº 1487/2006 da Reitoria da Universidade

Leia mais

DESPACHO/SP/42/2014. Artigo 17.º. Enquadramento jurídico

DESPACHO/SP/42/2014. Artigo 17.º. Enquadramento jurídico DESPACHO/SP/42/2014 Aprovo a seguinte alteração ao Regulamento do Mestrado em Fisioterapia na área de especialização de movimento humano, ministrado na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra

Leia mais

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Reitoria Gabinete do Reitor. Apreciação do anteprojecto de decreto-lei Graus académicos e diplomas do Ensino Superior

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Reitoria Gabinete do Reitor. Apreciação do anteprojecto de decreto-lei Graus académicos e diplomas do Ensino Superior Apreciação do anteprojecto de decreto-lei Graus académicos e diplomas do Ensino Superior 1. O anteprojecto de decreto-lei apresentado pelo governo regulamenta a recente alteração da Lei de Bases (Lei 49/2005,

Leia mais

Doutoramento em História e Filosofia das Ciências 2014-2015

Doutoramento em História e Filosofia das Ciências 2014-2015 Doutoramento em História e Filosofia das Ciências 2014-2015 Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências Contactos: Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências Faculdade de Ciências da

Leia mais

Regulamento de Mestrado em Engenharia de Materiais

Regulamento de Mestrado em Engenharia de Materiais Departamento de Ciência dos Materiais Regulamento de 15 de Fevereiro de 2008 Preâmbulo O Regulamento Geral dos ciclos de estudos conducentes ao grau de Mestre da FCT-UNL organiza, estrutura e explicita

Leia mais

Normas Regulamentares do Curso de Jornalismo Comunicação e Cultura

Normas Regulamentares do Curso de Jornalismo Comunicação e Cultura 0 APROVADO POR: Conselho Técnico-Científico 20 10 2010 Data: / / 20 10 2010 Normas Regulamentares do Curso de Jornalismo Comunicação e Cultura 1. INTRODUÇÃO As presentes normas aplicam se aos cursos de

Leia mais

Grande Colégio Universal. Plano de Atividades SECUNDÁRIO

Grande Colégio Universal. Plano de Atividades SECUNDÁRIO Grande Universal Plano de Atividades SECUNDÁRIO Ano Letivo Lectivo2015/2016 2010/2011 11 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ENSINO SECUNDÁRIO ANO LETIVO 2015/2016 Ao longo do ano letivo Local previsto Roupas usadas

Leia mais

LICENCIATURA EM ECOLOGIA E PAISAGISMO. Normas Regulamentares

LICENCIATURA EM ECOLOGIA E PAISAGISMO. Normas Regulamentares LICENCIATURA EM ECOLOGIA E PAISAGISMO Normas Regulamentares As presentes normas visam dar cumprimento ao artigo 14º do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março. Diversa informação relativa a matérias aqui

Leia mais

1ª CORRIDA DE SÃO SILVESTRE DE SANTA MARIA MAIOR 20 DEZEMBRO DE 2015 REGULAMENTO

1ª CORRIDA DE SÃO SILVESTRE DE SANTA MARIA MAIOR 20 DEZEMBRO DE 2015 REGULAMENTO 1ª CORRIDA DE SÃO SILVESTRE DE SANTA MARIA MAIOR 20 DEZEMBRO DE 2015 REGULAMENTO 1. Organização e Data A 1ª corrida de São Silvestre de Santa Maria Maior é uma iniciativa da Junta de Freguesia de Santa

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO ÀS ENTIDADES DESPORTIVAS

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO ÀS ENTIDADES DESPORTIVAS REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO ÀS ENTIDADES DESPORTIVAS Critérios específicos de apoio para época desportiva 2011/2012 Introdução O Regulamento n.º 635/2010 Regulamento Municipal de Apoio às Entidades

Leia mais

Instituto Politécnico de Lisboa Escola Superior de Música de Lisboa MESTRADO EM ENSINO DA MÚSICA REGULAMENTO SECÇÃO I DA ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DO CURSO

Instituto Politécnico de Lisboa Escola Superior de Música de Lisboa MESTRADO EM ENSINO DA MÚSICA REGULAMENTO SECÇÃO I DA ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DO CURSO Instituto Politécnico de Lisboa Escola Superior de Música de Lisboa MESTRADO EM ENSINO DA MÚSICA REGULAMENTO SECÇÃO I DA ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DO CURSO Artigo 1º Objecto 1 O presente regulamento aplica-se

Leia mais

UNIVERSIDADE DOS AÇORES DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA, FILOSOFIA E CIÊNCIAS SOCIAIS PÓS-GRADUAÇÃOE MESTRADO EM CIÊNCIAS SOCIAIS: BOLETIM DE CANDIDATURA

UNIVERSIDADE DOS AÇORES DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA, FILOSOFIA E CIÊNCIAS SOCIAIS PÓS-GRADUAÇÃOE MESTRADO EM CIÊNCIAS SOCIAIS: BOLETIM DE CANDIDATURA UNIVERSIDADE DOS AÇORES DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA, FILOSOFIA E CIÊNCIAS SOCIAIS PÓS-GRADUAÇÃOE MESTRADO EM CIÊNCIAS SOCIAIS: BOLETIM DE CANDIDATURA Nº (reservado aos serviços) A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Suplemento do Boletim Municipal Nº 160 Maio 2010. Almada o teu futuro passa por aqui

Suplemento do Boletim Municipal Nº 160 Maio 2010. Almada o teu futuro passa por aqui Suplemento do Boletim Municipal Nº 160 Maio 2010 Almada o teu futuro passa por aqui Oferta Formativa Profissionalizante Ano Lectivo 2010/2011 Oferta Formativa Profissionalizante Almada o teu futuro passa

Leia mais

ATIVIDADES PARCIAIS I 16 A 27 DE MARÇO/2015. Manhã Atividade Parcial I Literatura 8,0 4,8. Manhã Atividade Parcial I Química 8,0 4,8

ATIVIDADES PARCIAIS I 16 A 27 DE MARÇO/2015. Manhã Atividade Parcial I Literatura 8,0 4,8. Manhã Atividade Parcial I Química 8,0 4,8 Prezado(a) aluno(a), Você está recebendo o Calendário de Provas da 1ª Etapa. Este instrumento será um guia para VOCÊ e sua família acompanharem seu desempenho escolar. ESTUDO, DISCIPLINA E ORGANIZAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DOS CURSOS DE 2 CICLO DE ESTUDOS CONFERENTES DO GRAU DE MESTRE DA FFUL

REGULAMENTO INTERNO DOS CURSOS DE 2 CICLO DE ESTUDOS CONFERENTES DO GRAU DE MESTRE DA FFUL FAR~Z6 REGULAMENTO INTERNO DOS CURSOS DE 2 CICLO DE ESTUDOS CONFERENTES DO GRAU DE MESTRE DA FFUL Na sequência da adequação dos cursos de 2 ciclo de estudos (Mestrados) desta Faculdade, operada à luz do

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM CIÊNCIAS NUCLEARES APLICADAS NA SAÚDE (edição 2015-2017)

EDITAL MESTRADO EM CIÊNCIAS NUCLEARES APLICADAS NA SAÚDE (edição 2015-2017) EDITAL MESTRADO EM CIÊNCIAS NUCLEARES APLICADAS NA SAÚDE (edição 2015-) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de março, com as alterações introduzidas

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO FUMEC 2012

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO FUMEC 2012 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO FUMEC 2012 A Universidade FUMEC faz saber aos interessados, por meio do presente Edital, as normas de realização do Processo Seletivo 2012, com duas entradas, para preenchimento

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DE BASE DE RECRUTAMENTO

CONSTITUIÇÃO DE BASE DE RECRUTAMENTO CONSTITUIÇÃO DE BASE DE RECRUTAMENTO Anúncio para convite à apresentação de currículos para constituição de uma base de recrutamento 1 com vista à contratação de monitores de investigação a tempo parcial,

Leia mais

REGULAMENTOS Rock n Roll Maratona de Lisboa EDP

REGULAMENTOS Rock n Roll Maratona de Lisboa EDP REGULAMENTOS Rock n Roll Maratona de Lisboa EDP REGULAMENTO GERAL 1. Numa organização do Maratona Clube de Portugal, vai realizar-se no dia 18 de outubro, com partida às 8:30, uma prova de atletismo denominada

Leia mais

PROJETO DO DESPORTO ESCOLAR

PROJETO DO DESPORTO ESCOLAR COORDENADOR: Vanda Teixeira 1. FUNDAMENTAÇÃO/ CONTEXTUALIZAÇÃO/ JUSTIFICAÇÃO a) O Desporto Escolar constitui uma das vertentes de atuação do Ministério da Educação e Ciência com maior transversalidade

Leia mais

CURRICULUM VITAE 3. FORMAÇÃO PROFISSIONAL/OUTRAS HABILITAÇÕES

CURRICULUM VITAE 3. FORMAÇÃO PROFISSIONAL/OUTRAS HABILITAÇÕES CURRICULUM VITAE 1. IDENTIFICAÇÃO PESSOAL Nome Completo: Ricardo Miguel Salsinha Aniceto Morada Fiscal: Telheiro de São Vicente, nº24, 1100-594 LISBOA Data de Nascimento: 12/10/1981 Local de Nascimento:

Leia mais

melhoria e inovação da contratação colectiva; dignificação e melhoria das condições de trabalho.

melhoria e inovação da contratação colectiva; dignificação e melhoria das condições de trabalho. REGULAMENTO O Prémio Manuel Lopes foi instituído 1 pelo Ministério do Trabalho e da Solidariedade no sentido de homenagear Manuel Lopes considerando a sua dedicação à implementação da contratação colectiva

Leia mais

Colégio Santa Cecília 2016 Calendário Anual de Avaliações. SICE 20 a 26/Agosto

Colégio Santa Cecília 2016 Calendário Anual de Avaliações. SICE 20 a 26/Agosto SICE 20 a 26/Agosto AVALIAÇÃO CONTÍNUA - AC 6º Ano Gramática e Interpretação 19/02 (Sexta) 29/04 (Sexta) 05/09 (Segunda) 20/10 (Quinta) 22/02 (Segunda) 03/05 (Terça) 06/09 (Terça) 21/10 (Sexta) História

Leia mais

ENCONTRO REGIONAL DGEstE/DSRALENTEJO

ENCONTRO REGIONAL DGEstE/DSRALENTEJO ENCONTRO REGIONAL DGEstE/DSRALENTEJO Documento Orientador Ponte de Sôr, 6 Maio 2015 Índice 1. Cidade de Ponte de Sôr......... 3 2. Organização.. 4 3. Apoios... 4 4. Contactos Úteis....... 5 5. Áreas/ Participantes....

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido (s) - Nome (s) Morada (s) Rua Aquilino Ribeiro, n.º 164 2º Esq Bairro de Sta. Apolónia 3020-096 Coimbra Telefone (s) 239 046 839 Telemóvel: 93 413 60

Leia mais

MATERIAL ESCOLAR - ENSINO MÉDIO 1º ANO CONVENCIONAL

MATERIAL ESCOLAR - ENSINO MÉDIO 1º ANO CONVENCIONAL 1º ANO CONVENCIONAL Português Matemática I Filosofia Produção de Texto Matemática II Sociologia Redação Química II Literatura Geografia Biologia I Inglês História Biologia II Química I Física 1º ANO FEDERAL

Leia mais