Documentação Usando o Javadoc

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Documentação Usando o Javadoc"

Transcrição

1 Documentação Usando o Javadoc Prof. MSc. João Carlos Pinheiro Versão 2.1 Última Atualização: 04/2005 1

2 Comentários e Documentação Comentários em Java Existem três tipos de comentários possíveis: o proveniente da linguagem C que é útil para comentários de grandes blocos de código iniciando com e cuja sintaxe começa com /* e continuando até o próximo */ o proveniente do C++, útil para comentários curtos em meio ao corpo código, cuja sintaxe começa com // estendendo-se até o fim da linha os comentários especiais de documentação, úteis na geração da documentação automática. Sua sintaxe inicia-se com /** continuando até o próximo */ 2

3 Dicas sobre os comentários Os comentários devem ser usados para explicar códigos complexos e revelar informações sobre o código que de outras formas seriam difíceis de descobrir Exemplo de um comentário inadequado x = 5; // configura a variável x igual a 5 Exemplo de um comentário adequado // Aplica 5% de desconto para todos os pedidos // acima de R$1000,00 de acordo com a campanha // Fome Zero do Governo Federal if (totalpedido >= VALOR_DESCONTO) { totalpedido = totalpedido * (1 - PERCENTUAL_DESCONTO); } 3

4 Documentação de Comentários O javadoc extrai os comentários especiais de documentação embutidos no código fonte, gerando um arquivo no formato HTML Processa apenas comentários de documentação para membros de classe declarados como public ou protected Comentários em membros do tipo private ou package ( default ) serão ignorados, se não forem explicitados no comando javadoc 4

5 Comentários e Documentação Há duas maneiras de se trabalhar com o javadoc: Embutindo-se código HTML e, Usando tags de documentação Embutindo HTML O javadoc permite o uso de comandos HTML diretamente nos comentários de documentação É permitido o uso de qualquer comando de formatação, tal como <TT> e <b>, mas não se pode fazer uso de comandos estruturais, tais como <H2> e <hr> Pois o javadoc já insere seus próprios comandos estruturais 5

6 Comentários e Documentação Exemplo: /** É possível <b> até </b> gerar uma lista <ol> <li> item um <li> item dois <li> item três </ol> */ 6

7 Tags do javadoc Tags são comandos que permitem formatação adicional da documentação e são sempre iniciados Existem 8 tags permitidas 7

8 Tags do javadoc As tags podem ser aplicados em: classes, atributos e - referencia outras classes, métodos ou atributo, incluindo-as (via hiperlinks) na lista See - aviso desaconselhando o uso de determinadas classes, métodos ou variáveis, que por exemplo podem cair em desuso em novas - permite especificar quando uma classe, método, ou atributo foi adicionada a API. A sintaxe versão 8

9 Tags exclusivas de - permite a inclusão de informações sobre o autor, ou autores, tais como nome, , telefone e etc. Esta tag será ignorada a menos que a opção author seja usada durante a execução de permite a inclusão do número de versão da classe Exige a opção version quando você está executando o javadoc; do contrário, a tag será ignorada 9

10 Tags de Métodos Esse tipo de documentação permite o uso de tags reservados para parâmetros, valores de retorno e exceções Tags exclusivas @exception 10

11 Tags de - permite a descrição dos parâmetros de um método A sintaxe nomedoparametro - permite a descrição do significado do valor retornado A sintaxe - permite a descrição e identificação da exceção (ou exceções) quando da chamada do método. A sintaxe nomecompletodaclasse descrição 11

12 O utilitário Javadoc Gera uma página para cada classe, com links para membros da classe e páginas de outras classes relacionadas O comando javadoc tem a seguinte sintaxe: javadoc [opções] nomedopacote ou javadoc [opções] nomesdaclasses 12

13

14 Exemplo - Documentação da classe Conta /** * <p>esta classe é uma classe especializada em manipular os dados relacionados * à tebela pessoa no banco de dados. Deve-se passar a conexão que a classe * deve utilizar para trabalhar com a tabela pessoa. <br> * Esta classe deve ser estendida pois, segundo a lógica do sistema, não * será necessário o cadastro de uma entidade pessoa, mas sim de Alunos e * professores, inicialmente. * <p><font color="red"> O método iniciarconexoes() deve ser chamado antes de * qualquer outro método desta classe, pois ee é responsável por carregar os * preparedstatement a partir da conexão que recebe como parâmetro. * </FONT> * Exemplo de uso: * <pre> classe Aluno extends Pessoa {...} </pre> * Melhorias: Fazer com que a conexão seja passada pelo construtor da classe João Carlos 1.0 */ public abstract class AbstractCadastroPessoa { 14

15 private PreparedStatement pstmtinseripessoa = null; private PreparedStatement pstmtatualizapessoa = null; private PreparedStatement pstmtlocalizapessoa = null; private CadastroEnderecoIF enderecocad = null; protected Connection conconexao = null; /** * <p>este método carrega os preparedstatement da * tabela pessoa e endereco.ele deve ser chamado antes de qualquer * utilização. con conexão que será usada para manipular a tabela * pessoa. SQLException */ protected void iniciarconexoes(connection con) throws SQLException { conconexao = con; enderecocad = new CadastroEnderecoImpl(con); this.carregarpstmtpessoa(); }

16 Utilitário Javadoc Principais opções: -classpath - conjunto de diretórios separados por vírgula ou dois pontos (unix) onde estão as classes já compiladas -d - diretório onde o HTML vai ser gerado -author - gerar informação da (default não gera) -noindex - suprime a geração do índice geral 16

17 Javadoc Principais opções (continuação): -notree - suprime a geração da hierarquia de classes -private, protected, package - documenta membros com visibilidade até a indicada -use - cria páginas documentando o uso de packages windowtitle - texto para a barra de título do browser header, footer, bottom - texto HTML em todas as páginas 17

18 Javadoc 18

Criando documentação com javadoc

Criando documentação com javadoc H Criando documentação com javadoc H.1 Introdução Neste apêndice, fornecemos uma introdução a javadoc ferramenta utilizada para criar arquivos HTML que documentam o código Java. Essa ferramenta é usada

Leia mais

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this.

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Aula 2 Objetivos Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Encapsulamento, data hiding é um conceito bastante importante em orientação a objetos. É utilizado para restringir o acesso

Leia mais

INTRODUÇÃO 12. DOCUMENTAÇÃO INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO

INTRODUÇÃO 12. DOCUMENTAÇÃO INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO 12. DOCUMENTAÇÃO Na plataforma Java SE 7, há cerca de 4000 classes e interfaces disponíveis para utilizarmos em nossas aplicações Podemos visualizar a documentação dessas classes e interfaces

Leia mais

JavaScript 2.0X 1.0 3.0X 1.1 4.0 4.05 1.2 4.06 4.61 1.3 5.0 1.4 6.0 1.5

JavaScript 2.0X 1.0 3.0X 1.1 4.0 4.05 1.2 4.06 4.61 1.3 5.0 1.4 6.0 1.5 JavaScript Diego R. Frank, Leonardo Seibt FIT Faculdades de Informática de Taquara Fundação Educacional Encosta Inferior do Nordeste Av. Oscar Martins Rangel, 4500 Taquara RS Brasil difrank@terra.com.br,

Leia mais

AULA 4 VISÃO BÁSICA DE CLASSES EM PHP

AULA 4 VISÃO BÁSICA DE CLASSES EM PHP AULA 4 VISÃO BÁSICA DE CLASSES EM PHP Antes de mais nada, vamos conhecer alguns conceitos, que serão importantes para o entendimento mais efetivos dos assuntos que trataremos durante a leitura desta apostila.

Leia mais

Lista de Contas: Assinatura. Lista de Contas. Listas de Contas: Descrição. Listas de Contas: Descrição. Listas de Contas: Descrição

Lista de Contas: Assinatura. Lista de Contas. Listas de Contas: Descrição. Listas de Contas: Descrição. Listas de Contas: Descrição Lista de Contas Lista de Contas: Assinatura null Quais são os métodos necessários? class ListaDeContas { void inserir (Conta c) { void retirar (Conta c) { Conta procurar (String num) { Listas de Contas:

Leia mais

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel Programação de Computadores - I Profª Beatriz Profº Israel As 52 Palavras Reservadas O que são palavras reservadas São palavras que já existem na linguagem Java, e tem sua função já definida. NÃO podem

Leia mais

Padrões de Codificação Java

Padrões de Codificação Java Padrões de Codificação Java João Carlos Pinheiro jcpinheiro@cefet-ma.br Versão: 1.0 Última Atualização: Março / 2005 1 Objetivos Apresentar os padrões de codificação Java da SUN 2 Introdução Um padrão

Leia mais

Objetivos: Sun recomenda que utilize o nome de domínio da Internet da empresa, para garantir um nome de pacote único

Objetivos: Sun recomenda que utilize o nome de domínio da Internet da empresa, para garantir um nome de pacote único Pacotes e Encapsulamento Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br Programação Orientada a Objetos Introdução Permite o agrupamento de classes em uma coleção chamada pacote Um pacote é uma coleção de classes

Leia mais

Como usar a documentaçã

Como usar a documentaçã Java 2 Standard Edition Como usar a documentaçã ção da API Java 2 Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Documentação Aprender a usar a documentação é essencial para quem deseja desenvolver aplicações

Leia mais

CONVENÇÃO DE CÓDIGO JAVA

CONVENÇÃO DE CÓDIGO JAVA CONVENÇÃO DE CÓDIGO JAVA Eligiane Ceron - Abril de 2012 Versão 1.0 Conteúdo Considerações iniciais... 2 Introdução... 2 Extensão de arquivos... 2 Arquivos de código Java... 2 Comentários iniciais... 2

Leia mais

Reuso com Herança a e Composiçã

Reuso com Herança a e Composiçã Java 2 Standard Edition Reuso com Herança a e Composiçã ção Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Como aumentar as chances de reuso Separar as partes que podem mudar das partes que não mudam. Exemplo:

Leia mais

Linguagem de Programação III

Linguagem de Programação III Linguagem de Programação III Aula-3 Criando Classes em Java Prof. Esbel Tomás Valero Orellana Da Aula Anterior Classes em Java, sintaxe básica Tipos básicos de dados em Java, como escolher o tipo apropriado

Leia mais

Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos

Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Assuntos abordados Este módulo explora detalhes da construção de classes e objetos Construtores Implicações da

Leia mais

JDBC. Siga as instruções para instalar o banco de dados H2 e criar a tabela Alunos.

JDBC. Siga as instruções para instalar o banco de dados H2 e criar a tabela Alunos. JDBC CRIANDO O BANCO DE DADOS: Siga as instruções para instalar o banco de dados H2 e criar a tabela Alunos. CRIANDO O PROJETO JAVA PARA DESKTOP: Crie um projeto Java chamado Prograd Crie um pacote chamado

Leia mais

FBV - Linguagem de Programação II. Um pouco sobre Java

FBV - Linguagem de Programação II. Um pouco sobre Java FBV - Linguagem de Programação II Um pouco sobre Java História 1992: um grupo de engenheiros da Sun Microsystems desenvolve uma linguagem para pequenos dispositivos, batizada de Oak Desenvolvida com base

Leia mais

Drive MySql de conexão para Eclipse

Drive MySql de conexão para Eclipse Drive MySql de conexão para Eclipse de Setembro de 0 Olá, neste artigo iremos focar em como utilizar o drive de conexão do Mysql na IDE eclipse. Veremos passo-a-passo como instalar, o que é uma coisa muito

Leia mais

A Linguagem Java. Alberto Costa Neto DComp - UFS

A Linguagem Java. Alberto Costa Neto DComp - UFS A Linguagem Java Alberto Costa Neto DComp - UFS 1 Roteiro Comentários Variáveis Tipos Primitivos de Dados Casting Comandos de Entrada e Saída Operadores Constantes 2 Comentários /** Classe para impressão

Leia mais

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA 1) Qual será o valor da string c, caso o programa rode com a seguinte linha de comando? > java Teste um dois tres public class Teste { public static void main(string[] args) { String a = args[0]; String

Leia mais

Programação por Objectos. Java

Programação por Objectos. Java Programação por Objectos Java Parte 2: Classes e objectos LEEC@IST Java 1/24 Classes (1) Sintaxe Qualif* class Ident [ extends IdentC] [ implements IdentI [,IdentI]* ] { [ Atributos Métodos ]* Qualif:

Leia mais

Orientação a Objetos

Orientação a Objetos Orientação a Objetos 1. Sobrecarga (Overloading) Os clientes dos bancos costumam consultar periodicamente informações relativas às suas contas. Geralmente, essas informações são obtidas através de extratos.

Leia mais

POO Programação Orientada a Objetos. Classes em Java

POO Programação Orientada a Objetos. Classes em Java + POO Programação Orientada a Objetos Classes em Java + Classes 2 Para que a JVM crie objetos: Ela precisa saber qual classe o objeto pertence Na classe estão definidos os atributos e métodos Programamos

Leia mais

Guia de Consulta Rápida. PHP com XML. Juliano Niederauer. Terceira Edição. Novatec

Guia de Consulta Rápida. PHP com XML. Juliano Niederauer. Terceira Edição. Novatec Guia de Consulta Rápida PHP com XML Juliano Niederauer Terceira Edição Novatec Copyright 2002 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida

Leia mais

Módulo 02 Programação Orientada a Objetos. Última atualização: 07/06/2010

Módulo 02 Programação Orientada a Objetos. Última atualização: 07/06/2010 Módulo 02 Programação Orientada a Objetos Última atualização: 07/06/2010 1 Objetivos Definir conceitos de orientação a objetos: o abstração, encapsulamento, pacotes. Discutir reutilização de código em

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web

Introdução à Tecnologia Web Introdução à Tecnologia Web JavaScript Sintaxe da Linguagem: Delimitadores e etc Profª MSc. Elizabete Munzlinger JavaScript Sintaxe da Linguagem Índice 1 SINTAXE DA LINGUAGEM... 2 1.1 Delimitadores de

Leia mais

Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte

Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte Este tutorial explica basicamente como se implementa a API chamada RMI (Remote Method Invocation). O RMI nada mais é que a Invocação de Métodos

Leia mais

Java. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br

Java. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br Java Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br 3. Considere as instruções Java abaixo: int cont1 = 3; int cont2 = 2; int cont3 = 1; cont1 += cont3++; cont1 -= --cont2; cont3 = cont2++; Após a

Leia mais

Algoritmia e Programação APROG HTML. Introdução. Nelson Freire (ISEP DEI-APROG 2014/15) 1/15

Algoritmia e Programação APROG HTML. Introdução. Nelson Freire (ISEP DEI-APROG 2014/15) 1/15 APROG Algoritmia e Programação HTML Introdução Nelson Freire (ISEP DEI-APROG 2014/15) 1/15 O que é o HTML? Sumário Geral Documento HTML Elemento HTML Estrutura Básica de Documento HTML Elementos Títulos

Leia mais

Desenvolvimento de aplicações Web. Java Server Pages

Desenvolvimento de aplicações Web. Java Server Pages Desenvolvimento de aplicações Web Java Server Pages Hamilton Lima - athanazio@pobox.com 2003 Como funciona? Servidor web 2 Internet 1 Browser 3 Arquivo jsp 4 JSP Compilado 2 Passo a passo 1 browser envia

Leia mais

Listando, gravando, alterando e excluindo registro do banco de dados com JSP

Listando, gravando, alterando e excluindo registro do banco de dados com JSP SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 3º ANO PROGRAMAÇÃO II PROF. RONALDO FERREIRA DA SILVA JavaServer Pages JavaServer Pages (JSP) é uma tecnologia que ajuda os desenvolvedores de software a criarem páginas web geradas

Leia mais

O que é o Javascript?

O que é o Javascript? O que é o Javascript? JavaScript é uma linguagem para criação de Home-Pages. Funções escritas em JavaScript podem ser embutidas dentro de seu documento HTML. Com JavaScript você tem muitas possibilidades

Leia mais

Documentando Código Flex

Documentando Código Flex MXML e ActionScript 3 DClick Desenvolvimento de Software Ltda dev@dclick.com.br Rafael M. Martinelli v1.0 Janeiro/2008 Índice 1. Pré-requisito... 1 2. Objetivo... 1 3. Introdução... 1 4. ASDoc... 1 5.

Leia mais

4 Conversor EDTV Raw. 4.1 Arquitetura

4 Conversor EDTV Raw. 4.1 Arquitetura 4 Conversor EDTV Raw O conversor EDTV Raw é o programa que lê um documento escrito no perfil NCL EDTV e gera um documento Raw equivalente, i.e. que define a mesma apresentação. Este capítulo, apresenta

Leia mais

O uso de exceções permite separar a detecção da ocorrência de uma situação excepcional do seu tratamento, ao se programar um método em Java.

O uso de exceções permite separar a detecção da ocorrência de uma situação excepcional do seu tratamento, ao se programar um método em Java. Exceções em Java Miguel Jonathan DCC/IM/UFRJ (rev. abril de 2011) Resumo dos conceitos e regras gerais do uso de exceções em Java O uso de exceções permite separar a detecção da ocorrência de uma situação

Leia mais

Aula 1 Acesso a Banco de Dados

Aula 1 Acesso a Banco de Dados Laboratório de Banco de Dados Aula 1 Acesso a Banco de Dados Prof. Josenildo Silva jcsilva@ifma.edu.br Introdução O JDBC (Java Database Connectivity) foi criado com o intuito de fornecer aos programadores

Leia mais

Módulo 06 Desenho de Classes

Módulo 06 Desenho de Classes Módulo 06 Desenho de Classes Última Atualização: 13/06/2010 1 Objetivos Definir os conceitos de herança, polimorfismo, sobrecarga (overloading), sobreescrita(overriding) e invocação virtual de métodos.

Leia mais

Programação Orientada a Objetos. Pacotes e CLASSPATH: Definifdo e Usando Pacotes

Programação Orientada a Objetos. Pacotes e CLASSPATH: Definifdo e Usando Pacotes + Programação Orientada a Objetos Pacotes e CLASSPATH: Definifdo e Usando Pacotes + Pacotes 2 Um pacote é uma coleção de classes e interfaces que provem proteção de acesso e gerenciamento de espaços de

Leia mais

Acesso a Banco. Conexão em Java. Conexão em Java. Programação Orientada a Objetos Profa. Cristiane e Prof. Daniel

Acesso a Banco. Conexão em Java. Conexão em Java. Programação Orientada a Objetos Profa. Cristiane e Prof. Daniel Acesso a Banco Programação Orientada a Objetos Profa. Cristiane e Prof. Daniel As conexões em Java são feitas através de uma ponte que implementa todas as funcionalidades que um banco de dados padrão deve

Leia mais

Linguagens de. Aula 02. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br

Linguagens de. Aula 02. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Linguagens de Programação III Aula 02 Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Linguagens de Programação Técnica de comunicação padronizada para enviar instruções a um computador. Assim

Leia mais

Orientação a Objetos com Java

Orientação a Objetos com Java Orientação a Objetos com Java Julio Cesar Nardi julionardi@yahoo.com.br 2011/2 Apresentação 3: Orientação Objetos: Conceitos Básicos Objetivos: Compreender os Conceitos Básicos da Orientação a Objetos;

Leia mais

Programação WEB II. Sessions e Cookies. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza

Programação WEB II. Sessions e Cookies. progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza Sessions e Cookies progweb2@thiagomiranda.net Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net Cookies e Sessions Geralmente, um bom projeto

Leia mais

Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@gmail.com

Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@gmail.com Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@gmail.com O Que é JDBC? API de acesso a banco de dados relacional do Java Faz uso do driver provido pelo banco de dados Roda SQL (create, insert, update, etc.) no

Leia mais

Acessando um Banco de Dados

Acessando um Banco de Dados Acessando um Banco de Dados Introdução Agora que você já está craque em JSP e já instalou seu servidor, vamos direto para a parte prática! Neste tutorial vamos aprender a acessar um banco de dados. Para

Leia mais

Unified Modeling Language UML

Unified Modeling Language UML Unified Modeling Language UML Classe e Objeto Atributo Operação Associações (Delegações [SANTOS, 2003]) Dependência Simples: multiplicidade, papel, navegabilidade Com valor semântico adicional: agregação

Leia mais

Introdução ao Derby. Version 10.2 Derby Document build: December 11, 2006, 7:16:07 AM (PST)

Introdução ao Derby. Version 10.2 Derby Document build: December 11, 2006, 7:16:07 AM (PST) Introdução ao Derby Version 10.2 Derby Document build: December 11, 2006, 7:16:07 AM (PST) Contents Direitos autorais reservados... 3 Introdução ao Derby...4 Opções de implementação...4 Requisitos do

Leia mais

Java Básico. Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp

Java Básico. Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp Java Básico Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp Classes Abstratas construção de uma classe abstrata construção de classes derivadas Classes e Herança Uma classe define

Leia mais

Mini-Tutorial. Como criar relatórios Java para Web com JasperReports e ireport por Roberto J. Furutani 20/07/2005 www.furutani.eti.

Mini-Tutorial. Como criar relatórios Java para Web com JasperReports e ireport por Roberto J. Furutani 20/07/2005 www.furutani.eti. Mini-Tutorial Como criar relatórios Java para Web com JasperReports e ireport por Roberto J. Furutani 20/07/2005 www.furutani.eti.br 1. Introdução O objetivo deste trabalho é mostrar de forma prática como

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA. Técnico em Informática Professora Michelle Nery

Linguagem de Programação JAVA. Técnico em Informática Professora Michelle Nery Linguagem de Programação JAVA Técnico em Informática Professora Michelle Nery Agenda Regras paravariáveis Identificadores Válidos Convenção de Nomenclatura Palavras-chaves em Java Tipos de Variáveis em

Leia mais

Guia de Fatores de Qualidade de OO e Java

Guia de Fatores de Qualidade de OO e Java Qualiti Software Processes Guia de Fatores de Qualidade de OO e Java Versã o 1.0 Este documento só pode ser utilizado para fins educacionais, no Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco.

Leia mais

Prática Sobre Servlets e JSP

Prática Sobre Servlets e JSP Prática Sobre Servlets e JSP 1. Localize a pasta do Tomcat (TOMCAT_HOME); 2. Acesse a pasta bin e execute tomcat5w.exe; 3. Abra o Navegador e acesse http://localhost:8080 (A apresentação de uma página

Leia mais

Exibir relatórios gerados pelo Jasper Report em Flex

Exibir relatórios gerados pelo Jasper Report em Flex Exibir relatórios gerados pelo Jasper Report em Flex Autor: Roberto Lourenço de Oliveira Júnior Email: robertojr at comp dot ufla dot br Página pessoal: http://alunos.dcc.ufla.br/~robertojr O Jasper Report

Leia mais

Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas. Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares

Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas. Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares Objetivos Conceito de exceções Tratar exceções pelo uso de try, catch e

Leia mais

Laboratório de Banco de Dados Aula 1 Acesso a Banco de Dados. Prof. Josenildo Silva jcsilva@ifma.edu.br

Laboratório de Banco de Dados Aula 1 Acesso a Banco de Dados. Prof. Josenildo Silva jcsilva@ifma.edu.br Laboratório de Banco de Dados Aula 1 Acesso a Banco de Dados Prof. Josenildo Silva jcsilva@ifma.edu.br Introdução O JDBC (Java Database Connectivity) foi criado com o intuito de fornecer aos programadores

Leia mais

Orientação a Objetos

Orientação a Objetos 1. Domínio e Aplicação Orientação a Objetos Um domínio é composto pelas entidades, informações e processos relacionados a um determinado contexto. Uma aplicação pode ser desenvolvida para automatizar ou

Leia mais

Lógica de Programação

Lógica de Programação Lógica de Programação Unidade 4 Ambiente de desenvolvimento Java QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática SUMÁRIO A LINGUAGEM JAVA... 3 JVM, JRE, JDK... 3 BYTECODE... 3 PREPARANDO O AMBIENTE

Leia mais

Programação Orientada a Objetos em java. Polimorfismo

Programação Orientada a Objetos em java. Polimorfismo Programação Orientada a Objetos em java Polimorfismo Polimorfismo Uma característica muito importante em sistemas orientados a objetos Termo proveniente do grego, e significa muitas formas Em POO, significa

Leia mais

Webdesign A tag HEAD e as Meta tags

Webdesign A tag HEAD e as Meta tags Webdesign A tag HEAD e as Meta tags Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net HEAD Como vimos anteriormente, o nosso documento HTML é

Leia mais

Arquitetura de Aplicações JSP/Web. Padrão Arquitetural MVC

Arquitetura de Aplicações JSP/Web. Padrão Arquitetural MVC Arquitetura de Aplicações JSP/Web Padrão Arquitetural MVC Arquitetura de Aplicações JSP/Web Ao projetar uma aplicação Web, é importante considerála como sendo formada por três componentes lógicos: camada

Leia mais

Introdução ao PHP. Prof. Késsia Marchi

Introdução ao PHP. Prof. Késsia Marchi Introdução ao PHP Prof. Késsia Marchi PHP Originalmente PHP era um assíncrono para Personal Home Page. De acordo com convenções para atribuições de nomes recursivas do GNU foi alterado para PHP Hypertext

Leia mais

8 Classes Internas. Desenvolvimento OO com Java. Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes.

8 Classes Internas. Desenvolvimento OO com Java. Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes. Desenvolvimento OO com Java 8 Classes Internas Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes.br/ ~ vitorsouza Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade Federal do

Leia mais

Persistência de Objetos no SGBD PostgreSQL, Utilizando as APIs: JDBC, JDK, Swing e Design Patteners DAO.

Persistência de Objetos no SGBD PostgreSQL, Utilizando as APIs: JDBC, JDK, Swing e Design Patteners DAO. Persistência de Objetos no SGBD PostgreSQL, Utilizando as APIs: JDBC, JDK, Swing e Design Patteners DAO. Robson Adão Fagundes http://robsonfagundes.blogspot.com/ Mini curso Desenvolvimento de aplicação

Leia mais

Manipulação de Banco de Dados com Java 1. Objetivos

Manipulação de Banco de Dados com Java 1. Objetivos Manipulação de Banco de Dados com Java 1. Objetivos Demonstrar os fundamentos básicos para a manipulação de banco de dados com Java; Apresentar a sintaxe de comandos SQL usados em Java. 2. Definições A

Leia mais

( JUDE Community 5.1 2006/2007 ) Por Denize Terra Pimenta Outubro/2007

( JUDE Community 5.1 2006/2007 ) Por Denize Terra Pimenta Outubro/2007 Tutorial JUDE ( JUDE Community 5.1 2006/2007 ) Por Denize Terra Pimenta Outubro/2007 Ferramenta CASE UML Índice Introdução... 2 Download e Instalação... 2 Apresentação da Ferramenta... 2 Salvando o Projeto...

Leia mais

Laboratório 4 Validação do Formulário

Laboratório 4 Validação do Formulário Laboratório 4 Validação do Formulário Introdução Agora que já definimos os nossos documentos usando xhtml e já os embelezámos através da utilização das CSS, está na hora de validar a informação que o utilizador

Leia mais

Java 2 Standard Edition. Fundamentos de. Objetos Remotos. Helder da Rocha www.argonavis.com.br

Java 2 Standard Edition. Fundamentos de. Objetos Remotos. Helder da Rocha www.argonavis.com.br Java 2 Standard Edition Fundamentos de Objetos Remotos Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Sobre este módulo Este módulo tem como objetivo dar uma visão geral, porém prática, da criação e uso de objetos

Leia mais

TUTORIAL DE INTRODUÇÃO AO CEWOLF

TUTORIAL DE INTRODUÇÃO AO CEWOLF 1 TUTORIAL DE INTRODUÇÃO AO CEWOLF CRIANDO GRÁFICOS COM JSP, CEWOLF/JFREECHART E MYSQL 1. Introdução O Cewolf (http://cewolf.sourceforge.net/) é uma biblioteca que facilita a criação de gráficos dinâmicos

Leia mais

CAPÍTULO 06. AG8 Informática. Este capítulo abrangerá :

CAPÍTULO 06. AG8 Informática. Este capítulo abrangerá : 3ª PARTE CAPÍTULO 06 Este capítulo abrangerá : 1. Tags de formatação de texto lógicas e físicas 2. Texto pré-formatado 3. Endereços, citações e comentários 38 TAGS DE FORMATAÇÃO Assim como em um editor

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Felippe Scheidt IFPR Campus Foz do Iguaçu 2014/2

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Felippe Scheidt IFPR Campus Foz do Iguaçu 2014/2 Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Felippe Scheidt IFPR Campus Foz do Iguaçu 2014/2 Objetivo. O objetivo da disciplina é conhecer os princípios da programação de

Leia mais

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. Sintaxe Geral Tipos de Dados Comentários Comentários: De linha: // comentário 1 // comentário 2 De bloco: /* linha 1 linha 2 linha n */ De documentação: /** linha1 * linha2 */ Programa Exemplo: ExemploComentario.java

Leia mais

Desenvolvendo aplicações

Desenvolvendo aplicações Desenvolvendo aplicações 22 para a Web Uma aplicação Java pode ser executada sem modificação em qualquer plataforma que tenha a máquina virtual Java instalada. Esta característica faz com que as aplicações

Leia mais

Introdução à Programação. Interface, Polimorfismo e Dynamic Binding

Introdução à Programação. Interface, Polimorfismo e Dynamic Binding Introdução à Programação Interface, Polimorfismo e Dynamic Binding Interface Programador Java PLENO Possuir sólida experiência em programação Desenvolvimento na linguagem JAVA Webservice, Struts ou JSF(desejável)

Leia mais

1.6. Tratamento de Exceções

1.6. Tratamento de Exceções Paradigmas de Linguagens I 1 1.6. Tratamento de Exceções Uma exceção denota um comportamento anormal, indesejado, que ocorre raramente e requer alguma ação imediata em uma parte do programa [GHE 97, DER

Leia mais

A INTERNET COMO FERRAMENTA AUXILIAR NO ENSINO DE MECÂNICA COMPUTACIONAL

A INTERNET COMO FERRAMENTA AUXILIAR NO ENSINO DE MECÂNICA COMPUTACIONAL A INTERNET COMO FERRAMENTA AUXILIAR NO ENSINO DE MECÂNICA COMPUTACIONAL Manoel Theodoro Fagundes Cunha Sergio Scheer Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Centro de Estudos de Engenharia

Leia mais

Autenticação e Autorização

Autenticação e Autorização Autenticação e Autorização Introdução A segurança em aplicações corporativas está relacionada a diversos aspectos, tais como: autenticação, autorização e auditoria. A autenticação identifica quem acessa

Leia mais

Conexão com Banco de Dados

Conexão com Banco de Dados Conexão com Banco de Dados Projeto 1 A pasta Programas distribuída no início do semestre letivo acompanha a versão do MySQL Coneector/J um driver JDBC que permite aos programadores acessar bancos de dados

Leia mais

CURSO DE PROGRAMAÇÃO EM JAVA

CURSO DE PROGRAMAÇÃO EM JAVA CURSO DE PROGRAMAÇÃO EM JAVA Introdução para Iniciantes Prof. M.Sc. Daniel Calife Índice 1 - A programação e a Linguagem Java. 1.1 1.2 1.3 1.4 Linguagens de Programação Java JDK IDE 2 - Criando o primeiro

Leia mais

Lidando de Forma Eficiente com Validações Locais de Objetos

Lidando de Forma Eficiente com Validações Locais de Objetos Lidando de Forma Eficiente com Validações Locais de Objetos Aprenda a construir um mini-framework para validar objetos locais sem afetar a complexidade do código. Autor Paulo César M. N. A. Coutinho (pcmnac@gmail.com):

Leia mais

WebWork 2. João Carlos Pinheiro. jcpinheiro@cefet-ma.br

WebWork 2. João Carlos Pinheiro. jcpinheiro@cefet-ma.br WebWork 2 João Carlos Pinheiro jcpinheiro@cefet-ma.br Versão: 0.5 Última Atualização: Agosto/2005 1 Agenda Introdução WebWork 2 & XWork Actions Views Interceptadores Validação Inversão de Controle (IoC)

Leia mais

Scriptlets e Formulários

Scriptlets e Formulários 2 Scriptlets e Formulários Prof. Autor: Daniel Morais dos Reis e-tec Brasil Programação Avançada Para Web Página1 Meta Permitir ao aluno aprender a criar um novo projeto Java para web no Netbeans IDE,

Leia mais

Introdução. Tutorial do Xdoclet. Resumo

Introdução. Tutorial do Xdoclet. Resumo Tutorial do Xdoclet Resumo Apresentar a ferramenta XDoclet uma ferramenta utilizada como tarefa (task) do Jakarta Ant que permite executar e criar templates para gerar arquivos, inclusive código Java,

Leia mais

Introdução à Linguagem Java

Introdução à Linguagem Java Introdução à Linguagem Java A linguagem Java surgiu em 1991 quando cientistas da Sun, liderados por Patrick Naughton e James Gosling, projetaram uma linguagem pequena para ser utilizada em eletrodomésticos

Leia mais

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas)

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Web Container: e JSP Sumário Protocolo HTTP Exemplos de JSP (Java Server Pages) Exemplos JSP 2 Protocolo HTTP URL: Um URL (Uniform

Leia mais

Java para Desenvolvimento Web

Java para Desenvolvimento Web Java para Desenvolvimento Web Cookies Um nada mais é que um bloco de informação que é enviado do servidor para o navegador no cabeçalho da página. A partir de então, dependendo do tempo de validade do,

Leia mais

Projeto de Software Orientado a Objeto

Projeto de Software Orientado a Objeto Projeto de Software Orientado a Objeto Ciclo de Vida de Produto de Software (PLC) Analisando um problema e modelando uma solução Prof. Gilberto B. Oliveira Estágios do Ciclo de Vida de Produto de Software

Leia mais

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS -TRATAMENTO DE EXCEÇÕES. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS -TRATAMENTO DE EXCEÇÕES. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS -TRATAMENTO DE EXCEÇÕES Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br ROTEIRO 5. Tratamento de Exceções Introdução e conceitos Capturando exceção usando

Leia mais

INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO

INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO Tópicos Estrutura Básica B de Programas C e C++ Tipos de Dados Variáveis Strings Entrada e Saída de Dados no C e C++ INTRODUÇÃO O C++ aceita

Leia mais

BSI UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com

BSI UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com BSI UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com HelloWorld.java: public class HelloWorld { public static void main (String[] args) { System.out.println( Hello, World ); } } Identificadores são usados

Leia mais

!" # # # $ %!" " & ' ( 2

! # # # $ %!  & ' ( 2 !"# # #$ %!" "& ' ( 2 ) *+, - 3 . / 4 !" 0( # "!#. %! $""! # " #.- $ 111.&( ( 5 # # 0. " % * $(, 2 % $.& " 6 # #$ %% Modelo (Encapsula o estado da aplicação) Implementado como JavaBeans Responde a consulta

Leia mais

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Java II Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Por quê JSP? Com Servlets é fácil Ler dados de um formulário Recuperar dados de uma requisição Gerar informação de resposta Fazer gerenciamento

Leia mais

Curso de PHP. FATEC - Jundiaí. Conteúdo do Curso. 40% de aula teórica 60% de aula prática. O que veremos neste semestre?

Curso de PHP. FATEC - Jundiaí. Conteúdo do Curso. 40% de aula teórica 60% de aula prática. O que veremos neste semestre? Curso de PHP FATEC - Jundiaí Conteúdo do Curso 40% de aula teórica 60% de aula prática O que veremos neste semestre? Linguagem PHP Banco de Dados - PostgreSQL PHP - Introdução ao PHP - Estrutura de um

Leia mais

INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO UNICAMP 1o. SEMESTRE DE 2009. Profa. Cecília M. F. Rubira

INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO UNICAMP 1o. SEMESTRE DE 2009. Profa. Cecília M. F. Rubira INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO UNICAMP 1o. SEMESTRE DE 2009 Profa. Cecília M. F. Rubira Sala 13, cmrubira@ic.unicamp.br Versão: 1.1 Data: 22 de abril de 2009. Estudo de Caso: Sistema de Folha de Pagamento Este

Leia mais

Programação Na Web. Linguagem Java Parte II. break com o nome do bloco. Sintaxe. Nome do bloco. Termina o bloco. António Gonçalves ...

Programação Na Web. Linguagem Java Parte II. break com o nome do bloco. Sintaxe. Nome do bloco. Termina o bloco. António Gonçalves ... Programação Na Web Linguagem Java Parte II Sintaxe António Gonçalves break com o nome do bloco Nome do bloco Termina o bloco class class Matrix Matrix { private private int[][] int[][] mat; mat; public

Leia mais

Gerador de código JSP baseado em projeto de banco de dados MySQL

Gerador de código JSP baseado em projeto de banco de dados MySQL Gerador de código JSP baseado em projeto de banco de dados MySQL Juliane Menin Orientanda Prof. Alexander Roberto Valdameri Orientador Roteiro Introdução e Objetivos Fundamentação Teórica Especificação

Leia mais

Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados

Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados UTFPR DAELN - Disciplina de Fundamentos de Programação II ( IF62C ). 1 Persistência de Classes em Tabelas de Banco de Dados 1) Introdução! Em algumas situações, pode ser necessário preservar os objetos

Leia mais

Manual de Envio de Torpedos SMS Comtele. Introdução... 02. 1.Cadastrar um Grupo... 02. 2.Inserir ou Importar Contatos... 06. 2.1 Ordem de envio...

Manual de Envio de Torpedos SMS Comtele. Introdução... 02. 1.Cadastrar um Grupo... 02. 2.Inserir ou Importar Contatos... 06. 2.1 Ordem de envio... Manual de Envio de Torpedos SMS Comtele Índice Introdução... 02 1.Cadastrar um Grupo... 02 2.Inserir ou Importar Contatos... 06 2.1 Ordem de envio... 08 3.Criar e Enviar uma Mensagens... 12 4. Salvando

Leia mais

JAVA. Introdução. Marcio de Carvalho Victorino. Page 1 1/40 2/40

JAVA. Introdução. Marcio de Carvalho Victorino. Page 1 1/40 2/40 JAVA Marcio de Carvalho Victorino 1/40 Introdução 2/40 Page 1 Programação OO Elementos do modelo OO: Abstração: é o processo de abstrair as características essenciais de um objeto real. O conjunto de características

Leia mais

Aula 09 Introdução à Java. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 09 Introdução à Java. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 09 Introdução à Java Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Java: Sintaxe; Tipos de Dados; Variáveis; Impressão de Dados.

Leia mais

Para testar seu primeiro código utilizando PHP, abra um editor de texto (bloco de notas no Windows) e digite o código abaixo:

Para testar seu primeiro código utilizando PHP, abra um editor de texto (bloco de notas no Windows) e digite o código abaixo: Disciplina: Tópicos Especiais em TI PHP Este material foi produzido com base nos livros e documentos citados abaixo, que possuem direitos autorais sobre o conteúdo. Favor adquiri-los para dar continuidade

Leia mais

2 Orientação a objetos na prática

2 Orientação a objetos na prática 2 Orientação a objetos na prática Aula 04 Sumário Capítulo 1 Introdução e conceitos básicos 1.4 Orientação a Objetos 1.4.1 Classe 1.4.2 Objetos 1.4.3 Métodos e atributos 1.4.4 Encapsulamento 1.4.5 Métodos

Leia mais