ORDEM DOS ARQUITECTOS - CONSELHO DIRECTIVO NACIONAL PLANO DE ACTIVIDADES 2007 APROVADO NA 33.ª REUNIÃO PLENÁRIA DO CDN, EM

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ORDEM DOS ARQUITECTOS - CONSELHO DIRECTIVO NACIONAL PLANO DE ACTIVIDADES 2007 APROVADO NA 33.ª REUNIÃO PLENÁRIA DO CDN, EM 20.03."

Transcrição

1 Pág. 1/ DEFESA DA ARQUITECTURA E DO TERRITÓRIO DIREITO À ARQUITECTURA INICIATIVA LEGISLATIVA - REVOGAÇÃO DO DECRETO 73/73 HR CD VOTAÇÃO FINAL HR CD Aprovação de projecto lei em Conselho de Ministros, PROVEDOR DA ARQUITECTURA HR FM PLATAFORMA ART.º 65-HABITAÇÃO PARA HR HR CD, RP Reuniões 1 x/mês na OA - JORNADAS DA HABITAÇÃO 24 de Fevereiro POLÍTICA NACIONAL DE ARQUITECTURA POLÍTICA NACIONAL DE ARQUITECTURA HR CD DECLARAÇÃO SOBRE POLÍTICA DE ARQUITECTURA FG PROTOCOLOS COM CM'S OU ASSOCIAÇÕES MUNICIPAIS CS,CM TL PROTOCOLO TIPO COM ANMP CS,CM TL, CM EM COOPERAÇÃO COM AS SR'S PROMOÇÃO DA ARQUITECTURA EXPOSIÇÕES JAF HABITAR PORTUGAL Itinerância JAF/AVM RP, GAME, AP Concluida 1.ª fase prevista para 2006-Transita itinerância p/ MOSTRA INTERNACIONAL HABITAR PORTUGAL Itinerância JAF/AVM CF GEOGRAFIAS VIVAS (Gonçalo Byrne) - Apresentação em Itália AVM SM "A ESTRANHEZA DE UMA COISA NATURAL", FOTOGRAFIAS de JOSÉ MANUEL RODRIGUES da obra de Alvaro Siza AVM AP Inauguração e Itinerância PANCHO GUEDES Apoio via documentário JAF AP EM BUSCA DA ARQUITECTURA DO SÉC. XX Itinerância JAF RP, GAME EDUARDO SOUTO MOURA 22 CASAS - Itinerância AVM RP, GAME EXPOSIÇÃO ITINERANTE DIREITO A HABITAR JAF PRÉMIO SECIL 2006 JAF

2 Pág. 2/ PRÉMIOS JAF PRÉMIO MOBILIDADE 2006 (c/santa Casa da Misericórdia de Lisboa) JAF RP, AP deveria ter sido lançado em Novembro de 2006, não foi PRÉMIO TEKTÓNICA 2007 (c/ AIP-FIL) JAF CS SECIL UNIVERSIDADES 2006 JAF RP, CS SECIL UNIVERSIDADES 2007 JAF AP SECIL 2006 JAF RP, CS Reunião do Júri agendada para 5 de Fevereiro de CONFERÊNCIAS E DEBATES JAF PRÉMIOS UIA - Álvaro Siza AVM AP, RP TERÇAS TÉCNICAS JAF GAME ENCERRAMENTO HABITAR PORTUGAL , EM COLABORAÇÃO C/ CENTRO DE ARTES DA CALHETA, CASA DAS MUDAS AVM ESPAÇO DA MEMÓRIA JAF/HR EDIÇÕES AVM LIVRO - CANDIDATURAS PRÉMIOS UIA - ÁLVARO SIZA AVM SM, GAME LIVRO - ANTOLOGIA DE TEXTOS PANCHO GUEDES AVM SM, GAME LIVRO - ANTOLOGIA DE TEXTOS PEDRO VIEIRA DE ALMEIDA AVM SM, GAME LIVRO ARQUITECTURA POPULAR DOS AÇORES REEDIÇÃO JAF CM, CD LIVRO - COLECTÂNEA DE TEXTOS DE ARQUITECTURA PORTUGUESES DO SÉCULO XX AVM SM, GAME DVD - UMA VISÃO DA ARQ. PORTUGUESA - PAISAGENS INVERTIDAS JAF SM, GAME DVD - UMA VISÃO DA ARQ. PORTUGUESA - PANCHO GUEDES JAF SM, GAME LIVRO - CONCLUSÕES "CIDADE PARA O CIDADÃO" FG CM, GAME ARQUITECTURA TERMAL EM PORTUGAL JAF JAF SERVIÇO EDUCATIVO JAF DEFINIR PROGRAMA E OBJECTIVOS JAF AP

3 Pág. 3/ MATERIAIS ON'LINE JAF AP COLABORAÇÃO C/ "NOESIS"/MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO JAF AP DIA MUNDIAL DA ARQUITECTURA HR SESSÃO SOLENE - 01/10/2007 HR CD, RP, GAME, CF IAP-XX JAF BASE DADOS JAF AP AVALIAÇÃO DO PROJECTO JAF AP INTRODUÇÃO DE CORRECÇÕES JAF AP IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA EXTERNO DE ACOMPANHAMENTO JAF AP EAP20-PROJECTO ARQUITECTURA EUROPEIA DO SÉC. XX-PROGRAMA CULTURA 2007/2013 JAF APRESENTAÇÃO DA CANDIDATURA JAF CF Entrega em Fevereiro º FASE DE PROJECTO JAF CF Novembro 02 PRÁTICA PROFISSIONAL OBSERVATÓRIO DA PROFISSÃO CS,CM INQUÉRITO À PROFISSÃO CS,CM CM APRESENTAÇÃO PÚBLICA CS,CM CM PUBLICAÇÃO DO INQUÉRITO À PROFISSÃO QUADRO DO EXERCÍCIO DA PROFISSÃO HR DIRECTIVA QUALIFICAÇÕES HR HA, CF, TL ACOMPANHAMENTO DA REFORMA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E IMPLEMENTAÇÃO DO PRACE HR HA, CF, TL

4 Pág. 4/ ACOMPANHAMENTO DA LEGISLAÇÃO HR TL ANÁLISE DE PROJECTOS LEGISLATIVOS E EMISSÃO DE PARECERES (Nacionais e Comunitários) QUALIFICAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE PLANEAMENTO DO TERRITÓRIO Diploma em preparação pela Secretaria de Estado do Ordenamento do Território e das Cidades APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA LEGISLATIVA CONTRA O ABUSO URBANÍSTICO Deliberação do Congresso da Ordem CONTRATAÇÃO HR CONTRATOS E CADERNOS DE ENCARGOS TIPO CS,CM CD on'line Deliberação do Congresso "Ordem deverá promover um estudo CRITÉRIOS DE REFERÊNCIA P/ O CÁLCULO DE HONORÁRIOS HR comparativo sobre os honorários de arquitecto ( ) que permita a publicação de valores de referência para honorários profissionais; NOVO CÓDIGO DE CONTRATOS PÚBLICOS HR REGISTO DE AUTORIAS PM CRIAÇÃO DO SISTEMA PM CANDIDATURAS A PROGRAMAS DE APOIO PM 03 DEONTOLOGIA E DISCIPLINA FM REVISÃO DO REGULAMENTO DE DEONTOLOGIA HR FM, TL PROPOSTA HR FM (apresentação no 1.º semestre de 2007) DEBATE E APROVAÇÃO HR PERITAGEM HR TL, CD ACOMPANHAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DO DL 12/2007, DE 19 DE JANEIRO MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM HR TRIBUNAL ARBITRAL DO IMOPPI - Instituto dos Mercados de Obras Públicas e Particulares e do Imobiliário HR CD, TL

5 Pág. 5/10 04 INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE CONTEÚDOS PM CM JA JAF;TMS Nº 225 a 229 JAF;TMS GAME, SM (edição n.º 225 é referente a 2006) ON-LINE PM CM, SM BOLETIM JAF Nº 168 a 179 JAF CM, GAME, SM ON-LINE PM CM, SM PORTAL PM CM GESTÃO DE CONTEÚDOS E EDIÇÃO PM CM, SM, CD FÓRUNS ON'LINE HR HR CD, CM GALERIA DE PROJECTOS PM INTERVENÇÃO NA COMUNICAÇÃO SOCIAL HR ASSESSORIA DE IMPRENSA HR CD, CM ORDEM DO DIA (TSF) HR CD Participação de Helena Roseta/Francisco Silva Dias/ José António Bandeirinha /Alexandre Alves Costa OA - IMAGEM PM FOLHETO INFORMATIVO PM CM, SM produzida proposta em AGENDA DE ARQUITECTURA 2008 JAF GAME 05 ADMISSÃO, FORMAÇÃO CONTÍNUA E INOVAÇÃO JAF APLICAÇÃO DO REGULAMENTO DE INSCRIÇÃO JAF HA FORMAÇÃO COMPLEMENTAR JAF JD AVALIAÇÃO EM ETATUTO E DEONTOLOGIA JAF JD PROCESSOS JUDICIAIS DECORRENTES DOS REGULAMENTOS DE ADMISSÃO ANTERIORES JAF JD

6 Pág. 6/ PROVEDOR DO ESTAGIÁRIO HR FM QUADRO LEGAL DA FORMAÇÃO EM ARQUITECTURA JAF JD ACOMPANHAMENTO DO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR/ENQA JAF HA DEFINIÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE METODOLOGIA PARA A AVALIAÇÃO E CONSEQUENTE EMISSÃO DE PARECERES RELATIVOS À INCLUSÃO NA DIRECTIVA JAF JD APOIO À PARTICIPAÇÃO NO COMITÉ CONSULTIVO DA DIRECTIVA JAF JD FORMAÇÃO PROFISSIONAL HR JD ESTRATÉGIA NACIONAL DE FORMAÇÃO CONTÍNUA ACESSIBILIDADE JAF JD ACREDITAÇÃO DA OA COMO ENTIDADE FORMADORA JUNTO DO IQF - ACOMPANHAMENTO PM JD INOVAÇÃO EM ARQUITECTURA E CONSTRUÇÃO HR PLATAFORMA TECNOLÓGICA NACIONAL - IMOPPI HR CD O arranque da Plataforma Portuguesa estava previsto para Dez. de Transita para RELAÇÕES INSTITUCIONAIS HR FORUM ARQUITECTURA E CIDADE HR colaboração com a CMLisboa na definição de um programa para o Pavilhão de Portugal. Audiência c/ Presidente da Câmara em CASA DA ARQUITECTURA HR Em colaboração c/ a CM Matosinhos CNOP - CONSELHO NACIONAL DAS ORDENS PROFISSIONAIS HR CAE - CONSELHO DOS ARQUITECTOS DA EUROPA PG CF ASS. GERAL PG CF 2 em Abril e Outubro/Novembro GRUPO DE TRABALHO EDUCAÇÃO (CPD ) PG CF previstas 3 reuniões COMITÉ FINANCEIRO TMS CF Previstas 2 reuniões GRUPO DE TRABALHO QUESTÕES URBANAS E INVEST. FG CF previstas 3 reuniões APOIO À PARTICIPAÇÃO NO CONSELHO EXECUTIVO Previstas 4 reuniões/pagamento pelo CAE

7 Pág. 7/ FORUM EUROPEU POLÍTICAS DE ARQUITECTURA HR CF Audiência c/ Ministro dos Negócios Estrangeiros FORUM EM PORTUGAL FG CF em Portugal no 2.º semestre PARTICIPAÇÃO PERMANENTE FG CF UIA - UNIÃO INTERNACIONAL DOS ARQUITECTOS PG REUNIÕES REGIÃO I PG CF Previstas 2 reuniões GRUPO DE TRABALHO CPD TMS,PG CF Previstas 3 reuniões UMAR - UNIÃO DOS ARQUITECTOS DO MEDITERRÂNEO PG CF REUNIÕES AG PG CF Previstas 2 reuniões REUNIÕES CONSELHO EXECUTIVO Previstas 2 reuniões GRUPO DE TRABALHO PATRIMÓNIO PG CF Previstas 2 reuniões CIALP - CONSELHO INTERNACIONAL DOS ARQUITECTOS DE LINGUA PORTUGUESA HR CF EUROPAN PF CF/HA DOCOMOMO IBÉRICO HR CF ASS. GERAL JAF CF 1 reunião PRESIDÊNCIA DA DIRECÇÃO HR CF COMITÉ TÉCNICO JAF CF Previstas 4 reuniões OUTRAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS PG CF CONSELHO SUPERIOR ARQUITECTOS ESPANHA PG CF Previstas 2 reuniões UNESCO PG CF Previstas 4 reuniões ÓRGÃOS DE SOBERANIA E UE HR CD PRESIDENTE DA REPÚBLICA HR CD Reunião com o Presidente da República em 23,01, PARLAMENTO PORTUGUÊS HR CD/HA GOVERNO HR CD/HA PARLAMENTO EUROPEU HR CD TRIBUNAL DE CONTAS HR CD

8 Pág. 8/ ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E LOCAL HR CD RELAÇÕES BILATERAIS COM OUTRAS ORDENS HR CD RELAÇÕES COM ASSOCIAÇÕES E ONG'S HR CD GESTÃO DE PROTOCOLOS E PARCERIAS HR GAME, CD, TL 07 MODERNIZAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO BASE DE DADOS NACIONAL HR,PM CD Deliberação da 19.ª reunião Plenária do CDN, de , presente à Assembleia Geral de Aprovado o Regulamento sobre Tratamento de dados Pessoais de Membros, na 26.ª RP do CDN, de CRIAÇÃO DE SISTEMA DE DADOS PM CONSOLIDAÇÃO DA INFORMAÇÃO EXISTENTE PM DISPONIBILIZAÇÃO E ACTUALIZAÇÃO ON'LINE AOS MEMBROS PM REFORMA DA GESTÃO JAF RECURSOS HUMANOS JAF JPS FORMAÇÃO DOS COLABORADORES JAF JPS INFRAESTRUTURAS E EQUIPAMENTOS JAF JPS GESTÃO DE PROTOCOLOS COMERCIAIS JAF GAME REFORMA ORÇAMENTAL E CONTABILÍSTICA TMS IMPLEMENTAÇÃO PROGRAMA PRIMAVERA TMS JPS REFORMA DOS ESTATUTOS HR PROPOSTA DE METODOLOGIA JAF AC, JM DEBATE PÚBLICO AC, JM PROJECTO DE REVISÃO DO ESTATUTO AC, JM DEBATE DA PROPOSTA DE REVISÃO DO ESTATUTO AC, JM ASSEMBLEIA GERAL OU REFERENDO HR AC, JM

9 Pág. 9/ SEDES JAF LISBOA (Regularização do protocolo com C.M.L.) JAF TL, CD ACOMPANHAMENTO DA SITUAÇÃO DAS SEDES DO PORTO, COIMBRA E FARO OPTIMIZAÇÃO DA CIRCULAÇÃO DE INFORMAÇÃO PM INTRANET PM JPS DE MEMBROS PM CÉDULA PROFISSIONAL E CERTIFICAÇÃO DIGITAL PM EMISSÃO DE CARTÕES DE MEMBROS PM PREPARAÇÃO DE CANDIDATURA DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL PM JPS LANÇAMENTO DO PROCESSO PM JPS ESPÓLIO OA / ARQUIVO HISTÓRICO JAF CLASSIFICAÇÃO E CATALOGAÇÃO AVM CM GESTÃO DOCUMENTAL PM IMPLEMENTAÇÃO DO SOFTWARE JPS FORMAÇÃO DE COLABORADORES JPS IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA JPS 08 VIDA ASSOCIATIVA HR ASSEMBLEIA GERAL HR AG - ORÇAMENTO 2007 TMS JPS, CD AG - CONTAS 2006 TMS JPS, CD REVISÃO DO ESTATUTO JAF AC Proposta de metodologia de avaliação e revisão do Estatuto da AO em 1,02, CONSELHO NACIONAL DE DELEGADOS HR FM REUNIÃO MENSAL CONSELHO DIRECTIVO NACIONAL HR CD REUNIÃO MENSAL CONSELHO NACIONAL DE ADMISSÃO HR JAF JD REUNIÃO SEMANAL

10 Pág. 10/ CONSELHO NACIONAL DE DISCIPLINA HR FM REUNIÃO MENSAL CONSELHO FISCAL NACIONAL HR TMS FM, CD REUNIÃO TRIMESTRAL COLÉGIOS DE ESPECIALIDADE HR COLÉGIO DE ESPECIALIDADE DE URBANISMO HR,FG CM COMISSÃO INSTALADORA HR,FG GRUPOS DE TRABALHO HR CD Criado o GT "Saídas Profissionais", por deliberação da 24ª Reunião Plenária do CDN, 18 de Julho de INICIATIVAS DE ASSOCIADOS HR ELEIÇÕES HR JAF LEGENDA: Adiantamento - 0; 1 - lançado; 2-30%; 3-50%; 4-70%; 5-90%; 6 - Concluído; 7 - Pago E - Encerrado (não pressupõe pagamentos) C - Contínua COORDENADOR PROJECTO/RESPONSÁVEL ACTIVIDADE: HR - HELENA ROSETA JAF - JOÃO AFONSO TMS - TIAGO MOTA SARAIVA PM - PEDRO MILHARADAS PG - PEDRO GUILHERME AVM - ANA VAZ MILHEIRO CS - CRISTINA SALVADOR CM - ANA CRISTINA MACHADO FG - FERNANDO GONÇALVES PF - PAULO FONSECA COLABORADORES: AC - ANDRÉ CRUZ AP - ANA PAULISTA CD - CIDALINA DUARTE CF - CLÉLIA FERNANDES CM - CRISTINA MENESES CS - CARLA SANTOS FM - FÁTIMA MARQUES GAME - GABINETE DE APOIO A MARKETING E EVENTOS (MARIA MIGUEL) HA - HELDER ALMEIDA JD - JOÃO DANIEL JPS - JOÃO PAULO SARAIVA JM - JOÃO MIRANDA LG - LUÍS GONÇALVES RP - RITA PALMA SM - SOFIA MARQUES TL - TERESA LANÇA

ORDEM DOS ARQUITECTOS - CONSELHO DIRECTIVO NACIONAL PLANO DE ACTIVIDADES 2006 APROVADO NO CDN DE 16/02/2006

ORDEM DOS ARQUITECTOS - CONSELHO DIRECTIVO NACIONAL PLANO DE ACTIVIDADES 2006 APROVADO NO CDN DE 16/02/2006 Pág. 1/15 01. DEFESA DA ARQUITECTURA E DO TERRITÓRIO 01.01 DIREITO À ARQUITECTURA 01.01.01 INICIATIVA LEGISLATIVA - REVOGAÇÃO DO DECRETO 73/73 HR 01.01.01.01 - Apresentação na AR HR concluido 01.01.01.02

Leia mais

ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL

ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL Diretor Geral O Diretor Geral supervisiona e coordena o funcionamento das unidades orgânicas do Comité Olímpico de Portugal, assegurando o regular desenvolvimento das suas

Leia mais

REGULAMENTO DE QUOTAS DA ORDEM DOS ARQUITECTOS

REGULAMENTO DE QUOTAS DA ORDEM DOS ARQUITECTOS REGULAMENTO DE QUOTAS DA ORDEM DOS ARQUITECTOS PREÂMBULO Passados cinco anos sobre a aprovação do Regulamento de Quotas da Ordem dos Arquitectos, adiante designada por Ordem, entendeu o Conselho Directivo

Leia mais

REUNIÕES DA DIRECÇÃO DO CDL

REUNIÕES DA DIRECÇÃO DO CDL 1. Reuniões realizadas Reuniões Plenárias 23 Reuniões da Comissão Executiva 8 2. Reuniões Plenárias Reuniões Plenárias 5.Janeiro 12.Janeiro 19.Janeiro 26.Janeiro 3. Definição dos objectivos programáticos

Leia mais

DE QUOTAS DA ORDEM DOS ARQUITECTOS

DE QUOTAS DA ORDEM DOS ARQUITECTOS ORDEM Preâmbulo DOS ARQUITECTOS REGULAMENTO designada Passados cinco anos sobre a aprovação do Regulamento de Quotas da Ordem dos Arquitectos, adiante DE QUOTAS DA ORDEM DOS ARQUITECTOS proceder articulado,

Leia mais

CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO

CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO CURRICULUM VITAE JOÃO MARTINS CLARO I - QUALIFICAÇÕES ACADÉMICAS 1. Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa em 1976, com a classificação final de 15 valores. 2. Pós-graduado

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA, DEONTOLOGIA E LEGISLAÇÃO Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA, DEONTOLOGIA E LEGISLAÇÃO Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular ÉTICA, DEONTOLOGIA E LEGISLAÇÃO Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Arquitectura e Artes (1º Ciclo) 2. Curso Arquitectura 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular

Leia mais

3. PRINCIPAIS TEMÁTICAS E CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÃO DOS OPEN DAYS 2008

3. PRINCIPAIS TEMÁTICAS E CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÃO DOS OPEN DAYS 2008 1. INTRODUÇÃO Em apenas 5 anos os OPEN DAYS Semana Europeia das Regiões e Cidades tornaram-se um evento de grande importância para a demonstração da capacidade das regiões e das cidades na promoção do

Leia mais

ANEXO I ORDENS DE TRABALHO DAS REUNIÕES DO PLENÁRIO DA CPEE

ANEXO I ORDENS DE TRABALHO DAS REUNIÕES DO PLENÁRIO DA CPEE ANEXO I ORDENS DE TRABALHO DAS REUNIÕES DO PLENÁRIO DA CPEE Durante o ano de 2009, nas 8 (oito) reuniões de Plenário da CPEE os assuntos abordados e as matérias alvo de deliberação foram as constantes

Leia mais

1. CARACTERIZAÇÃO DA ENTIDADE. 1.1 Identificação

1. CARACTERIZAÇÃO DA ENTIDADE. 1.1 Identificação 1. CARACTERIZAÇÃO DA ENTIDADE 1.1 Identificação Espinho é uma cidade situada no distrito de Aveiro, região Norte e subregião do Grande Porto. Segundo os censos de 2001, o concelho tem uma população residente

Leia mais

Regulamento do Colégio de Especialidade de Gestão, Direcção e Fiscalização

Regulamento do Colégio de Especialidade de Gestão, Direcção e Fiscalização Regulamento do Colégio de Especialidade de Gestão, Direcção e Fiscalização de Obras ÍNDICE CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Objecto Artigo 2.º Princípios Artigo 3.º Finalidades Artigo 4.º Atribuições

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES RELATÓRIO DE CONTAS

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES RELATÓRIO DE CONTAS ASSOCIAÇÃO DOS BOLSEIROS DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA RELATÓRIO DE ACTIVIDADES RELATÓRIO DE CONTAS 2003 RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2003 A Associação dos Bolseiros de Investigação Científica, doravante denominada

Leia mais

Habitar Portugal 2009/2011

Habitar Portugal 2009/2011 Habitar Portugal 2009/2011 A Exposição Habitar Portugal constitui uma das mais importantes mostras de arquitetura no nosso País. Organizada pela Ordem dos Arquitectos, apresenta um amplo conjunto de obras

Leia mais

Estatuto do Provedor do Estagiário Ordem dos Arquitectos. Estatuto do Provedor do Estagiário

Estatuto do Provedor do Estagiário Ordem dos Arquitectos. Estatuto do Provedor do Estagiário Estatuto do Provedor do Estagiário Apreciado pelo CND, em 07.01.2006 Aprovado pelo CNA, em 31.01.2006 Aprovado pelo CDN, em 12.09.2006 1 Preâmbulo 1. Conforme previsto no artigo 3º do Decreto Lei n.º 176/98,

Leia mais

O R D E M D O S A R Q U I T E C T O S REGULAMENTO DE INSCRIÇÃO

O R D E M D O S A R Q U I T E C T O S REGULAMENTO DE INSCRIÇÃO O R D E M D O S A R Q U I T E C T O S REGULAMENTO DE INSCRIÇÃO IAprovado na 25.ª reunião plenária do cdn, de 12 de Setembro de 2006 Publicado no Boletim n.º 165, de Outubro de 2006 Regulamento de INSCRIÇÃO

Leia mais

https://www.portaldaempresa.pt/registoonline/services/certidaopermanente/consult...

https://www.portaldaempresa.pt/registoonline/services/certidaopermanente/consult... Page 1 of 6 Acesso à Certidão Permanente Certidão Permanente de Registos Voltar Sair Certidão Permanente Código de acesso: 4840-3523-0719 A entrega deste código a qualquer entidade pública ou privada dispensa

Leia mais

MOÇÃO DE ORIENTAÇÃO GLOBAL (Inclui Aditamento sobre o RIA)

MOÇÃO DE ORIENTAÇÃO GLOBAL (Inclui Aditamento sobre o RIA) MOÇÃO DE ORIENTAÇÃO GLOBAL (Inclui Aditamento sobre o RIA) APROVADA NO CONGRESSO 1 Introdução A Moção de Orientação que o CDN submeteu ao 2.º Congresso da OA parte de três pressupostos: - a reafirmação

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE PREPARAÇÃO PARA REVISORES OFICIAIS DE CONTAS

REGULAMENTO DO CURSO DE PREPARAÇÃO PARA REVISORES OFICIAIS DE CONTAS REGULAMENTO DO CURSO DE PREPARAÇÃO PARA REVISORES OFICIAIS DE CONTAS PREÂMBULO Na sequência da transposição para o ordenamento jurídico nacional da Directiva n.º 2006/43/CE, do Parlamento Europeu e do

Leia mais

Inscrição. Encontra se aberta a participação a interessados exteriores às instituições que integram a organização da Conferência.

Inscrição. Encontra se aberta a participação a interessados exteriores às instituições que integram a organização da Conferência. Inscrição Encontra se aberta a participação a interessados exteriores às instituições que integram a organização da Conferência. As inscrições são limitadas ao número de 30. Preço da inscrição 25 000$00

Leia mais

InfoContab n.º 11/2006 (Nota Informativa) Luca Pacioli

InfoContab n.º 11/2006 (Nota Informativa) Luca Pacioli Página 1 de 6 Infocontab De: "Infocontab.com.pt" Enviado: terça-feira, 18 de Abril de 2006 17:38 Assunto: InfoContab n.º 11/2006 InfoContab n.º 11/2006 (Nota Informativa) Luca

Leia mais

ESCLARECIMENTO ORDEM DOS ARQUITECTOS, ENCOMENDA PÚBLICA E PARQUE ESCOLAR. UMA CRONOLOGIA 29-03-2010

ESCLARECIMENTO ORDEM DOS ARQUITECTOS, ENCOMENDA PÚBLICA E PARQUE ESCOLAR. UMA CRONOLOGIA 29-03-2010 ESCLARECIMENTO ORDEM DOS ARQUITECTOS, ENCOMENDA PÚBLICA E PARQUE ESCOLAR. UMA CRONOLOGIA 29-03-2010 Por forma a melhor esclarecer os membros da OA quanto à posição e actuação da Ordem, nos últimos dois

Leia mais

Respostas aos pedidos de esclarecimento Cloud Habitar Portugal 2012 14

Respostas aos pedidos de esclarecimento Cloud Habitar Portugal 2012 14 Respostas aos pedidos de esclarecimento Cloud Habitar Portugal 2012 14 1/5 Organização Patrocínios Parceiros institucionais 10.07.2015 2/5 1 É possível obter o contacto directo de alguém nas empresas patrocinadoras

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2009

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2009 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2009 1. Introdução A Rede de Língua Portuguesa de Avaliação de Impactos (REDE) é um projeto da APAI Associação Portuguesa de Avaliação de Impactes, única filiada de língua

Leia mais

Dados Pessoais. Contactos profissionais: joaomiranda@fd.ul.pt jmiranda@falm.pt

Dados Pessoais. Contactos profissionais: joaomiranda@fd.ul.pt jmiranda@falm.pt I Dados Pessoais JOÃO PEDRO OLIVEIRA DE MIRANDA Nascido a 28 de Agosto de 1972 Natural de Lisboa Contactos profissionais: joaomiranda@fd.ul.pt jmiranda@falm.pt 1 II Dados Curriculares 1. Ocupações actuais

Leia mais

7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS

7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS UMA INICIATIVA INTEGRADA NA: URBAVERDE FEIRA DAS CIDADES SUSTENTÁVEIS ª 7.ª GRANDE CONFERÊNCIA DO JORNAL ARQUITECTURAS ARRENDAMENTO E REABILITAÇÃO: DINAMIZAR O MERCADO, REGENERAR A CIDADE 12 de Abril de

Leia mais

Regime do Canal Parlamento e do Portal da Assembleia da República

Regime do Canal Parlamento e do Portal da Assembleia da República Regime do Canal Parlamento e do Portal da Assembleia da República Resolução da Assembleia da República n.º 37/2007, de 20 de agosto com as alterações introduzidas pela Resolução da Assembleia da República

Leia mais

Plano de Formação 2010

Plano de Formação 2010 Plano de Formação 2010 Formando Unidade Orgânica Designação das acções de formação Data e duração Entidade Formadora/ Local Custo c/iva DIRIGENTES Participação no Colóquio "Quality of Legislation" da International

Leia mais

Relatório de Actividades do ano 2011 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica

Relatório de Actividades do ano 2011 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica Relatório de Actividades do ano 2011 do Conselho Consultivo da Reforma Jurídica Fevereiro de 2012 Índice 1. Resumo das actividades... 1 2. Balanço e aperfeiçoamento... 6 3. Perspectivas para os trabalhos

Leia mais

XX CONGRESSO ENGENHARIA 2020 UMA ESTRATÉGIA PARA PORTUGAL 17 a 19 de outubro de 2014 ALFÂNDEGA DO PORTO

XX CONGRESSO ENGENHARIA 2020 UMA ESTRATÉGIA PARA PORTUGAL 17 a 19 de outubro de 2014 ALFÂNDEGA DO PORTO XX CONGRESSO ENGENHARIA 2020 UMA ESTRATÉGIA PARA PORTUGAL 17 a 19 de outubro de 2014 ALFÂNDEGA DO PORTO COLÉGIOS DE ESPECIALIDADE E ESPECIALIZAÇÕES 1.. Especialidades e Presidentes de CNC; Especializações

Leia mais

REGULAMENTO REGRESSO À CASA I. PREÂMBULO. Concurso para a selecção da REDACÇÃO e CONSELHO EDITORIAL do JORNAL ARQUITECTOS

REGULAMENTO REGRESSO À CASA I. PREÂMBULO. Concurso para a selecção da REDACÇÃO e CONSELHO EDITORIAL do JORNAL ARQUITECTOS REGRESSO À CASA Concurso para a selecção da REDACÇÃO e CONSELHO EDITORIAL do JORNAL ARQUITECTOS REGULAMENTO I. PREÂMBULO O Jornal Arquitectos (adiante designado por JA), é um projecto editorial que integra

Leia mais

Fernando Correia. Principais atividades e funções atuais

Fernando Correia. Principais atividades e funções atuais 1 Fernando Correia Fernando António Pinheiro Correia nasceu em Coimbra em 1942. Jornalista. Docente universitário, com o grau de Professor Associado Convidado. Investigador em Sociologia, História e Socioeconomia

Leia mais

Regime de constituição e de direitos e deveres das associações de pais e de encarregados de educação Decreto-Lei n.º 372/90 de 27 de Novembro

Regime de constituição e de direitos e deveres das associações de pais e de encarregados de educação Decreto-Lei n.º 372/90 de 27 de Novembro Regime de constituição e de direitos e deveres das associações de pais e de encarregados de educação Decreto-Lei n.º 372/90 de 27 de Novembro A Lei n.º 7/77, de 1 de Fevereiro, bem como a legislação que

Leia mais

APCP Newsletter. Verão de 2011. Editorial. Call for papers: VI Congresso da Associação Portuguesa de Ciência Política. Lisboa, 1 a 3 de Março de 2012

APCP Newsletter. Verão de 2011. Editorial. Call for papers: VI Congresso da Associação Portuguesa de Ciência Política. Lisboa, 1 a 3 de Março de 2012 APCP Newsletter Editorial A APCP lança agora, pela primeira vez, a sua Newsletter. Será distribuída em formato digital e também em papel, uma vez por ano. É mais uma forma de tornar públicas as actividades

Leia mais

>>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico. as nossas cidades retratadas por crianças

>>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico. as nossas cidades retratadas por crianças >>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico as nossas cidades retratadas por crianças ----------------------------------------------------------- departamento de promoção da arquitectura educação pela arquitectura

Leia mais

Ricardo Marques Candeias

Ricardo Marques Candeias CURRICULUM VITAE Ricardo Marques Candeias 1. IDENTIFICAÇÃO Nome: Ricardo Jorge Marques Candeias. Profissão: Advogado / Jurisconsulto; Docente do Instituto Politécnico de Coimbra Instituto Superior de Contabilidade

Leia mais

PROGRAMA DE COOPERAÇÃO PARLAMENTAR ENTRE A ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA DE PORTUGAL E A ASSEMBLEIA NACIONAL DE CABO-VERDE 2015 2017

PROGRAMA DE COOPERAÇÃO PARLAMENTAR ENTRE A ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA DE PORTUGAL E A ASSEMBLEIA NACIONAL DE CABO-VERDE 2015 2017 PROGRAMA DE COOPERAÇÃO PARLAMENTAR ENTRE A ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA DE PORTUGAL E A ASSEMBLEIA NACIONAL DE CABO-VERDE 2015 2017 I ENQUADRAMENTO DO PROGRAMA No âmbito do Protocolo de Cooperação Parlamentar

Leia mais

Concurso de Concepção Cloud Habitar Portugal 2012 14

Concurso de Concepção Cloud Habitar Portugal 2012 14 Concurso de Concepção Cloud Habitar Portugal 2012 14 1/4 1. Enquadramento 2. Objectivo 3. Cloud Hp 2012 14 4. Requisitos 5. Destinatários 6. Concurso 7. Júri 8. Apresentação dos Trabalhos 9. Processo de

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO

REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º- Âmbito de aplicação O presente Regulamento aplica -se à medida INOV-Art -

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL PESQUISA NO CATÁLOGO BIBLIOGRÁFICO Administração pública AND Portugal ALMEIDA, António Henrique Gomes de - A aplicação do balanced scorecard às agências Públicas : um

Leia mais

SEDE - Carnaxide. Número de postos de trabalho - Presidente (1) - 1. Cargo/carreira/categoria. Técnico Superior. Técnico Superior Direito 3

SEDE - Carnaxide. Número de postos de trabalho - Presidente (1) - 1. Cargo/carreira/categoria. Técnico Superior. Técnico Superior Direito 3 2009 MAPA DE PESSOAL DA ANPC (Artigo 5º da Lei nº 2-A/2008, 27 Fevereiro) SEDE - Carnaxi Competências/Actividas Área formação académica e/ou - Presinte () - - Director Nacional () - 3 - Comandante Operacional

Leia mais

Tiago João da Costa Santos

Tiago João da Costa Santos Tiago João da Costa Santos Vila Franca do Campo, Junho de 2009 Informações Pessoais Nome: Tiago João da Costa Santos Naturalidade: Lageosa, Oliveira do Hospital Morada: Rua do Penedo, nº 46, 9680-146 Vila

Leia mais

5. as JORNADAS NACIONAIS ÉTICO JURÍDICAS SOBRE A INFEÇÃO VIH/SIDA

5. as JORNADAS NACIONAIS ÉTICO JURÍDICAS SOBRE A INFEÇÃO VIH/SIDA FUNDAÇÃO PORTUGUESA A COMUNIDADE CONTRA A SIDA CENTRO DE DIREITO BIOMÉDICO ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE BIOÉTICA ORDEM DOS MÉDICOS SECÇÃO REGIONAL DO NORTE 5. as JORNADAS NACIONAIS ÉTICO JURÍDICAS SOBRE A

Leia mais

a favor do contributo profissional e cívico dos arquitectos Os anos do mandato que terminámos foram anos difíceis para a profissão.

a favor do contributo profissional e cívico dos arquitectos Os anos do mandato que terminámos foram anos difíceis para a profissão. Projecto Os anos do mandato que terminámos foram anos difíceis para a profissão. Tempo de escassa encomenda e recursos económicos e consequentemente de alteração de paradigmas sociais e profissionais.

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO CENTRO DE FORMAÇÃO DA APEI - ASSOCIAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO DE INFÂNCIA

REGULAMENTO INTERNO DO CENTRO DE FORMAÇÃO DA APEI - ASSOCIAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO DE INFÂNCIA REGULAMENTO INTERNO DO CENTRO DE FORMAÇÃO DA APEI - ASSOCIAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO DE INFÂNCIA CAPITULO I DA CONSTITUIÇÃO, SEDE, PRÍNCIPIOS GERAIS, DURAÇÃO E FINS DO CENTRO DE FORMAÇÃO ARTIGO

Leia mais

REGULAMENTO GERAL COMISSÃO ORGANIZADORA PATROCINADOR DE OURO CO-FINANCIAMENTO PATROCINADOR DE PRATA

REGULAMENTO GERAL COMISSÃO ORGANIZADORA PATROCINADOR DE OURO CO-FINANCIAMENTO PATROCINADOR DE PRATA REGULAMENTO GERAL COMISSÃO ORGANIZADORA PATROCINADOR DE OURO CO-FINANCIAMENTO PATROCINADOR DE PRATA PNAM REGULAMENTO GERAL VALORES E NORMAS REGULAMENTARES GERAIS DO 1. ORIGEM, OBJETIVOS E PERIODICIDADE

Leia mais

Relatório de atividades 2012

Relatório de atividades 2012 Associação Nacional de Proprietários Propriedade e Liberdade. Relatório de atividades 2012 Direção da ANP 9-Mai-2013 Para cumprimento da alínea h) do art.º 25.º dos Estatutos, apresentamos o Relatório

Leia mais

MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 2014 Nos termos da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro

MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 2014 Nos termos da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 204 Nos termos da Lei n.º 2-A/2008, de 27 de Fevereiro SECÇÃO DE APOIO E DE COORDENAÇÃO GERAL (Capitulo III do Regulamento da Organização dos Serviços)

Leia mais

Estatutos da Associação Portuguesa de Geomorfólogos (publicados em Diário da República - III Série, nº 297, de 27 de Dezembro de 2000)

Estatutos da Associação Portuguesa de Geomorfólogos (publicados em Diário da República - III Série, nº 297, de 27 de Dezembro de 2000) Estatutos da Associação Portuguesa de Geomorfólogos (publicados em Diário da República - III Série, nº 297, de 27 de Dezembro de 2000) CAPÍTULO I CONSTITUIÇÃO, SEDE, DURAÇÃO, OBJECTIVOS, ÂMBITO Art.º 1º

Leia mais

CURRICULUM VITAE NOME DATA DE NASCIMENTO HABILITAÇÕES LITERÁRIAS CONHECIMENTO DE LÍNGUAS EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL - JOSÉ MIGUEL SARDINHA - 15/09/59

CURRICULUM VITAE NOME DATA DE NASCIMENTO HABILITAÇÕES LITERÁRIAS CONHECIMENTO DE LÍNGUAS EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL - JOSÉ MIGUEL SARDINHA - 15/09/59 CURRICULUM VITAE NOME - JOSÉ MIGUEL SARDINHA DATA DE NASCIMENTO - 15/09/59 HABILITAÇÕES LITERÁRIAS - LICENCIADO EM DIREITO PELA FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA (1984). 13 valores.grau de Mestre em Direito

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2013 14870896 ANA CATARINA DE JESUS RIBEIRO Não colocada 14583084 ANA CATARINA DA ROCHA DIAS Não colocada 14922639 ANA CATARINA SOARES COUTO Colocada em 7230 Instituto Politécnico do Porto - Escola Superior

Leia mais

Relatório de Actividades de 2004

Relatório de Actividades de 2004 Relatório de Actividades de 2004 1. Direcção A direcção da ABIC, como é da sua competência, durante o ano de 2004 coordenou e desenvolveu as seguintes actividades no sentido de cumprir o plano de actividades

Leia mais

Estatutos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa

Estatutos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Estatutos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (com revisões de São Tomé/2001, Brasília/2002, Luanda/2005, Bissau/2006 e Lisboa/2007) Artigo 1º (Denominação) A Comunidade dos Países de Língua

Leia mais

Rotary Clube de S. João da Madeira Câmara Municipal de S. João da Madeira SOLIDARIEDADE a) Localização do Salão b) Comité Organizador

Rotary Clube de S. João da Madeira Câmara Municipal de S. João da Madeira SOLIDARIEDADE a) Localização do Salão b) Comité Organizador II SALÃO INTERNACIONAL DE ARTES PLÁSTICAS 2009 18 a 31 de Abril de 2009 S. JOÃO DA MADEIRA 1 A organização deste Salão Internacional de Artes Plásticas de S. João da Madeira, é da responsabilidade do Rotary

Leia mais

II. COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES

II. COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES 7 0 * ATA N. 116/XIV Teve lugar no dia um de outubro de dois mil e treze, a reunião número cento e dezasseis da Comissão Nacional de Eleições, na sala de reuniões sita na D. Carlos 1, n. 128 andar, em

Leia mais

RESUMO DA CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA DE 01 DE OUTUBRO DE 2012 A 03 DE DEZEMBRO 2012

RESUMO DA CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA DE 01 DE OUTUBRO DE 2012 A 03 DE DEZEMBRO 2012 RESUMO DA CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA DE 01 DE OUTUBRO DE 2012 A 03 DE DEZEMBRO 2012 ENTIDADE Monte Real Região de Região de Chainça Barosa DESPACHO DO SR. ASSUNTO PRESIDENTE Envia parecer da Assembleia de

Leia mais

Câmara Municipal de Lisboa

Câmara Municipal de Lisboa Câmara Municipal de Lisboa Direcção Municipal de Cultura Divisão de Gestão de Bibliotecas O REGICÍDIO, 100 ANOS DEPOIS (1908-2008) PROGRAMAÇÃO HEMEROTECA MUNICIPAL DE LISBOA BIBLIOTECA MUSEU REPÚBLICA

Leia mais

Instituições europeias

Instituições europeias Envelhecer com Prazer Rua Mariana Coelho, nº 7, 1º E 2900-486 Setúbal Portugal Tel: +351 265 548 128 Tlm: 96 938 3068 E-mail: envelhecimentos@gmail.com www.envelhecer.org Instituições europeias Inês Luz

Leia mais

Normas Regulamentares do Mestrado em Ciências da Educação, área de especialização em Supervisão Pedagógica

Normas Regulamentares do Mestrado em Ciências da Educação, área de especialização em Supervisão Pedagógica Normas Regulamentares do Mestrado em Ciências da Educação, área de especialização em Supervisão Pedagógica Artigo 1.º Da admissão ao ciclo de estudos 1. À matrícula no mestrado em Ciências da Educação

Leia mais

PROGRAMA DIREITO DA ECONOMIA 3.º Ano

PROGRAMA DIREITO DA ECONOMIA 3.º Ano Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (FDL) Ano lectivo 2014-2015 Introdução PROGRAMA DIREITO DA ECONOMIA 3.º Ano Professor Doutor Nuno Cunha Rodrigues DIREITO DA ECONOMIA PROGRAMA Setembro 2014

Leia mais

DIREITO DO AMBIENTE E DO URBANISMO UAL

DIREITO DO AMBIENTE E DO URBANISMO UAL PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO DIREITO DO AMBIENTE E DO URBANISMO ANO LECTIVO 2014/2015 Coordenação do Curso: Doutora Anja Bothe Objectivos do curso: Proporcionar e actualizar formação especializada nos

Leia mais

PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA

PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA OLHAR PARA VER OBJECTIVOS O desafio passa por analisar o meio construído segundo as suas

Leia mais

Id Serviços de Apoio

Id Serviços de Apoio Id Serviços de Apoio Cafetaria do Museu Calouste Gulbenkian e seu prolongamento no jardim. Serviços Centrais Valores em euros Encargos com pessoal 6 219 770 Despesas de funcionamento 9 606 628 Investimento

Leia mais

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DURAÇÃO / COMPONENTE / DIPLOMA CURSO DE FORMAÇÃO AVANÇADA I Edição 2014 30 Horas lectivas / Teórica / Curso de Formação Avançada COORDENAÇÃO Coordenação Científica Prof.

Leia mais

O CENTRO DE ESTUDOS Vogal com o Pelouro: Dr. António Raposo Subtil (Vice Presidente)

O CENTRO DE ESTUDOS Vogal com o Pelouro: Dr. António Raposo Subtil (Vice Presidente) A criação do Centro de Estudos decorreu da necessidade identificada, no âmbito da estrutura administrativa do Conselho Distrital de Lisboa, de desenvolver um departamento vocacionado exclusivamente para

Leia mais

Associação de Voluntariado da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego (AVESTGL)

Associação de Voluntariado da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego (AVESTGL) Associação de Voluntariado da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego AVESTGL (Em fase de Publicação em DR) ESTATUTOS Capítulo I (Constituição e fins) Artigo 1º 1. É constituída uma associação

Leia mais

Experiência Profissional A partir do ano de 2000 trabalha em regime de profissional liberal.

Experiência Profissional A partir do ano de 2000 trabalha em regime de profissional liberal. Curriculum Vitae Dados Pessoas Filipa Mourão Data de nascimento, 26 de Dezembro de 1970 Rua Professor Damião Peres 26, 1600-609 Lisboa Tel. 914329698 Formação Académica / Habilitações Licenciada em Arquitectura

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Resultados da 2ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2011 14320023 ALEXANDRE VAZ MARQUES VASCONCELOS Colocado em 1105 Universidade do Porto - Faculdade de Engenharia 9897 Ciências de Engenharia - Engenharia de Minas e Geoambiente 13840715 ANA CLÁUDIA DIAS MARTINS

Leia mais

CURRICULUM VITAE. A - Identificação, habilitações, profissão e actividades na área do Direito. Participação: colóquios; encontros; cursos; seminários.

CURRICULUM VITAE. A - Identificação, habilitações, profissão e actividades na área do Direito. Participação: colóquios; encontros; cursos; seminários. CURRICULUM VITAE A - Identificação, habilitações, profissão e actividades na área do Direito Nome: GUILHERME COELHO DOS SANTOS FIGUEIREDO. Naturalidade: FREGUESIA DE MASSARELOS, CONCELHO DO PORTO. Data

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO

REGULAMENTO ESPECÍFICO REGULAMENTO ESPECÍFICO COMISSÃO ORGANIZADORA PATROCINADOR DE OURO CO-FINANCIAMENTO PATROCINADOR DE PRATA PNAM REGULAMENTO ESPECÍFICO NORMAS REGULAMENTARES DA 3.ª EDIÇÃO DO Nos termos dos Valores e normas

Leia mais

Praça José Fontana, 4-5º 1050-129 Lisboa T 213 156 200 808 202 922 microcredito@microcredito.com.pt

Praça José Fontana, 4-5º 1050-129 Lisboa T 213 156 200 808 202 922 microcredito@microcredito.com.pt Praça José Fontana, 4-5º 1050-129 Lisboa T 213 156 200 808 202 922 microcredito@microcredito.com.pt Com o Apoio : 2014 RELATÓRIO Notas introdutórias O ano de 2014 foi um ano marcado por uma recuperação

Leia mais

3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA. Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas. 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa PARCERIA

3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA. Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas. 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa PARCERIA 3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA ORGANIZAÇÃO PARCERIA UMA PUBLICAÇÃO Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa APRESENTAÇÃO Depois de duas edições,

Leia mais

Cidadania O ASSOCIATIVISMO O RECENSEAMENTO MILITAR O RECENSEAMENTO ELEITORAL O VOLUNTARIADO

Cidadania O ASSOCIATIVISMO O RECENSEAMENTO MILITAR O RECENSEAMENTO ELEITORAL O VOLUNTARIADO 24 Capítulo 43 2 25 Estudos, Depois Formação da Outros Licenciatura e Trabalho Apoios 5 O ASSOCIATIVISMO O RECENSEAMENTO MILITAR O RECENSEAMENTO ELEITORAL O VOLUNTARIADO 5 Capítulo Capítulo 5 57 O ASSOCIATIVISMO

Leia mais

ACTA N. 13/XIV. Carlos 1, n. 128. Senhor Dr. Nuno

ACTA N. 13/XIV. Carlos 1, n. 128. Senhor Dr. Nuno 9 icomissão Nacional de Eleições ACTA N. 13/XIV lugar no dia treze de Dezembro de is mil e onze, a sessão número treze da Comissão Nacional de Eleições, na sala de reuniões sita na Av. D. Carlos 1, n.

Leia mais

Assembleia Geral do Núcleo de Bolseiros de Investigação Científica da Universidade de Aveiro. 17 de março de 2015

Assembleia Geral do Núcleo de Bolseiros de Investigação Científica da Universidade de Aveiro. 17 de março de 2015 Assembleia Geral do Núcleo de Bolseiros de Investigação Científica da Universidade de Aveiro 17 de março de 2015 Órgãos de Gestão e Fiscalização (mandato 2014/2015) Início do mandato: 05 de março de 2014

Leia mais

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO. Decreto-Lei n.º 76/2012 de 26 de março

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO. Decreto-Lei n.º 76/2012 de 26 de março MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO Decreto-Lei n.º 76/2012 de 26 de março No âmbito do Compromisso Eficiência, o XIX Governo Constitucional determinou as linhas gerais do Plano de Redução e Melhoria da

Leia mais

Licenciatura em Ciências da Comunicação, Vertente Jornalismo, pela Universidade Autónoma de Lisboa, completada com média final de 13 valores

Licenciatura em Ciências da Comunicação, Vertente Jornalismo, pela Universidade Autónoma de Lisboa, completada com média final de 13 valores Informação Pessoal Nome Nuno Miguel Fernandes Aires Data de Nascimento 24 de Julho de 1971 Morada Avenida 5 Outubro, 25 6º andar 8000 Faro Nacionalidade Portuguesa Telemóvel 915 333 112 E-mail naires@msn.com

Leia mais

FORTALECENDO REDES DA SOCIEDADE CIVIL NO DIÁLOGO POLÍTICO INTERNACIONAL PARA UM AUMENTO DA SEGURANÇA ALIMENTAR RELATÓRIO DE VIAGEM OU MISSÃO

FORTALECENDO REDES DA SOCIEDADE CIVIL NO DIÁLOGO POLÍTICO INTERNACIONAL PARA UM AUMENTO DA SEGURANÇA ALIMENTAR RELATÓRIO DE VIAGEM OU MISSÃO FORTALECENDO REDES DA SOCIEDADE CIVIL NO DIÁLOGO POLÍTICO INTERNACIONAL PARA UM AUMENTO DA SEGURANÇA ALIMENTAR RELATÓRIO DE VIAGEM OU MISSÃO Nome: João N. Pinto Designação / Trabalho / Título: Participação

Leia mais

DESPACHO. Estrutura Orgânica dos Serviços da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa.

DESPACHO. Estrutura Orgânica dos Serviços da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa. DESPACHO N.º07/2014 Data: 2014/02/11 Para conhecimento de: Pessoal Docente, Discente e Não Docente ASSUNTO: Estrutura Orgânica dos Serviços da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa. Os Estatutos

Leia mais

GESTÃO DE AUTARQUIAS. Direcção e Coordenação Científica: Prof. Doutor Vítor da Conceição Gonçalves PÓS-GRADUAÇÃO/ISEG

GESTÃO DE AUTARQUIAS. Direcção e Coordenação Científica: Prof. Doutor Vítor da Conceição Gonçalves PÓS-GRADUAÇÃO/ISEG GESTÃO DE AUTARQUIAS Direcção e Coordenação Científica: Prof. Doutor Vítor da Conceição Gonçalves PÓS-GRADUAÇÃO/ISEG Pós-Graduação // Gestão de Autarquias PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE AUTARQUIAS NATUREZA

Leia mais

Desenvolvimento das relações entre o Parlamento Europeu e os parlamentos nacionais no quadro do Tratado de Lisboa

Desenvolvimento das relações entre o Parlamento Europeu e os parlamentos nacionais no quadro do Tratado de Lisboa C 212 E/94 Jornal Oficial da União Europeia 5.8.2010 Desenvolvimento das relações entre o Parlamento Europeu e os parlamentos nacionais no quadro do Tratado de Lisboa P6_TA(2009)0388 Resolução do Parlamento

Leia mais

A Estratégia de Lisboa. Plano Tecnológico. e o. Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008

A Estratégia de Lisboa. Plano Tecnológico. e o. Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008 A Estratégia de Lisboa e o Plano Tecnológico Évora, SI@P 17 de Outubro de 2008 1. Estratégia de Lisboa Estratégia de Lisboa : uma resposta a novos desafios A Globalização e a emergência de novas potências

Leia mais

Conferência Espaço de Arquitectura 2010

Conferência Espaço de Arquitectura 2010 Nota Introdutória: O tema da reabilitação urbana é um dos tópicos centrais da análise actual sobre Planeamento e Urbanismo e uma janela aberta para encontrar soluções na recuperação dos centros históricos

Leia mais

Workshop Regional de Disseminação do Pacote da Mobilidade

Workshop Regional de Disseminação do Pacote da Mobilidade Workshop Regional de Disseminação do Pacote da Mobilidade Évora, Universidade de Évora, 24 de Abril de 2012 Programa Preliminar Tema Intervenientes 9h30 Receção aos Participantes 9h45 Boas Vindas e Abertura

Leia mais

PELOURO DA PROCURADORIA ILÍCITA E ADVOCACIA PREVENTIVA PROPOSTA DE PLANO DE ACÇÃO

PELOURO DA PROCURADORIA ILÍCITA E ADVOCACIA PREVENTIVA PROPOSTA DE PLANO DE ACÇÃO PELOURO DA PROCURADORIA ILÍCITA E ADVOCACIA PREVENTIVA PROPOSTA DE PLANO DE ACÇÃO Analisado o problema da Procuradoria Ilícita, e tendo como objectivos não só o combate à procuradoria ilícita, como a implementação

Leia mais

/ q~2dj3. Regulamenta da Unidade Curricular de Projeto da Licenciatura em Tecnologias de Comunicação Multimédia CAPÍTULO 1- DISPOSIÇÕES GERAIS

/ q~2dj3. Regulamenta da Unidade Curricular de Projeto da Licenciatura em Tecnologias de Comunicação Multimédia CAPÍTULO 1- DISPOSIÇÕES GERAIS 3 / q~2dj3 Regulamenta da Unidade Curricular de Projeto da Licenciatura em Tecnologias de Comunicação Multimédia CAPÍTULO 1- DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo j9 (Projeto integrada no Plano de Estudos) De acordo

Leia mais

ÍNDICE. 04 Organograma OASRN. 05 Introdução. 06 à 09 Presidência. 10 à 12 Gestão Administrativa e Operacional. 13 à 14 Gestão Financeira

ÍNDICE. 04 Organograma OASRN. 05 Introdução. 06 à 09 Presidência. 10 à 12 Gestão Administrativa e Operacional. 13 à 14 Gestão Financeira PLANO DE ACTIVIDADES 2015 ÍNDICE 04 Organograma OASRN 05 Introdução 06 à 09 Presidência 10 à 12 Gestão Administrativa e Operacional 13 à 14 Gestão Financeira 15 à 17 Comunicação e Cultura 18 à 22 Formação,

Leia mais

Detalhe de Oferta de Emprego

Detalhe de Oferta de Emprego Detalhe de Oferta de Emprego Código da Oferta: OE201507/0293 Tipo Oferta: Procedimento Concursal para Cargos de Direção Estado: Activa Nível Orgânico: Câmaras Municipais Organismo Câmara Municipal de Matosinhos

Leia mais

REGuLAMENTO DE RECRuTAMENTO, SELECçãO E CONTRATAçãO DE FORMADORES

REGuLAMENTO DE RECRuTAMENTO, SELECçãO E CONTRATAçãO DE FORMADORES REGuLAMENTO DE RECRuTAMENTO, SELECçãO E CONTRATAçãO DE FORMADORES Regulamento n.º 743/2010 OA (2.ª série), de 19 de Julho de 2010 / Conselho Geral da Ordem dos Advogados - Regulamento de Recrutamento,

Leia mais

especiais por ano, garantindo a máxima capacidade de transporte para jogos de futebol, concertos e outras celebrações de massas.

especiais por ano, garantindo a máxima capacidade de transporte para jogos de futebol, concertos e outras celebrações de massas. O Metro do Porto O Metro é um sistema de transportes públicos da Área Metropolitana do Porto e combina uma rede ferroviária subterrânea, no centro da cidade, com linhas à superfície em meio urbano e diversos

Leia mais

TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS SECÇÃO ÚNICA Disposições Gerais

TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS SECÇÃO ÚNICA Disposições Gerais REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA NA ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM S. FRANCISCO DAS MISERICÓRDIAS TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS SECÇÃO ÚNICA Disposições Gerais Artigo 1.º (Objecto e âmbito)

Leia mais

I CURSO PÓS-GRADUADO DE APERFEIÇOAMENTO EM DIREITO DO URBANISMO E DA CONSTRUÇÃO

I CURSO PÓS-GRADUADO DE APERFEIÇOAMENTO EM DIREITO DO URBANISMO E DA CONSTRUÇÃO I CURSO PÓS-GRADUADO DE APERFEIÇOAMENTO EM DIREITO DO URBANISMO E DA CONSTRUÇÃO Coordenação Científica: Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, Prof. Doutora Carla Amado Gomes, Prof. Doutor João Miranda

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014

ESCOLA E.B. 2,3 DE LAMAÇÃES 2013-2014 5º1 1 ANA CATARINA R FREITAS SIM 2 BEATRIZ SOARES RIBEIRO SIM 3 DIOGO ANTÓNIO A PEREIRA SIM 4 MÁRCIO RAFAEL R SANTOS SIM 5 MARCO ANTÓNIO B OLIVEIRA SIM 6 NÁDIA ARAÚJO GONÇALVES SIM 7 SUNNY KATHARINA G

Leia mais

HISTORIAL DA INSTITUIÇÃO

HISTORIAL DA INSTITUIÇÃO IDENTIFICAÇÃO Nome da Instituição Morada Telefone 234 602 642 Site Oficial Correio electrónico Data da inauguração da Nova Sede e Centro Comunitário PERCURSO Delegação de Águeda da Cruz Vermelha Portuguesa

Leia mais

Regulamento do Exercício Profissional dos Enfermeiros. Decreto-Lei n.º 161/96, de 4 de Setembro, alterado pelo Decreto-lei n.º 104/98, de 21 de Abril

Regulamento do Exercício Profissional dos Enfermeiros. Decreto-Lei n.º 161/96, de 4 de Setembro, alterado pelo Decreto-lei n.º 104/98, de 21 de Abril REPE Regulamento do Exercício Profissional dos Enfermeiros Decreto-Lei n.º 161/96, de 4 de Setembro, alterado pelo Decreto-lei n.º 104/98, de 21 de Abril 1 - A enfermagem registou entre nós, no decurso

Leia mais

NOTA CURRICULAR. Fundadora e membro da Direcção do ICA Instituto de Conciliação e Arbitragem (1990/2005).

NOTA CURRICULAR. Fundadora e membro da Direcção do ICA Instituto de Conciliação e Arbitragem (1990/2005). NOTA CURRICULAR Iva Carla Vieira Angolana Advogada Foi Directora Técnica de uma IPSS, com escopo Assistencial de Menores, entre 1977 e1984. No âmbito da Formação Profissional, exerceu o cargo de membro

Leia mais

OCPLP Organização Cooperativista dos Povos de Língua Portuguesa. Proposta de Plano de Atividades e Orçamento 2014-2015

OCPLP Organização Cooperativista dos Povos de Língua Portuguesa. Proposta de Plano de Atividades e Orçamento 2014-2015 Proposta de Plano de Atividades e Orçamento 2014-2015 1 Índice: I Enquadramento II Eixos de Intervenção Estratégica III Proposta de Orçamento IV Candidaturas a Programas de Apoio 2 I Enquadramento Estratégico

Leia mais

XX CONGRESSO ENGENHARIA 2020 UMA ESTRATÉGIA PARA PORTUGAL 17 a 19 de outubro de 2014 ALFÂNDEGA DO PORTO

XX CONGRESSO ENGENHARIA 2020 UMA ESTRATÉGIA PARA PORTUGAL 17 a 19 de outubro de 2014 ALFÂNDEGA DO PORTO XX CONGRESSO ENGENHARIA 2020 UMA ESTRATÉGIA PARA PORTUGAL 17 a 19 de outubro de 2014 ALFÂNDEGA DO PORTO 18 de outubro de 2014 / Carlos Matias Ramos A LEI N.º 2/2013 BASES DA PROPOSTA ASPETOS MAIS RELEVANTES

Leia mais

12CNG CONGREssO NaCiONal de GEOtECNia GUIMArães 2010

12CNG CONGREssO NaCiONal de GEOtECNia GUIMArães 2010 26 A 29 de abril. GUIMARãES 2010 geotecnia e desenvolvimento sustentável Convite A Sociedade Portuguesa de Geotecnia (SPG) e o Departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho (DEC-UM) têm a honra

Leia mais

COMPETIR CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO. www.competiracores.com. Formação e Serviços, S.A. Design www.craveirodesign.

COMPETIR CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO. www.competiracores.com. Formação e Serviços, S.A. Design www.craveirodesign. Design www.craveirodesign.com COMPETIR Formação e Serviços, S.A. www.competiracores.com CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO Quem Somos A Competir-Açores está integrada no Grupo COMPETIR e estamos

Leia mais

Reuniões no Conselho Geral O Conselho Distrital participou em 4 reuniões com o Sr. Bastonário e/ou membros do Conselho Geral da Ordem dos Advogados.

Reuniões no Conselho Geral O Conselho Distrital participou em 4 reuniões com o Sr. Bastonário e/ou membros do Conselho Geral da Ordem dos Advogados. RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DO CONSELHO DISTRITAL I - Órgãos Reuniões no Conselho Geral O Conselho Distrital participou em 4 reuniões com o Sr. Bastonário e/ou membros do Conselho Geral da Ordem dos Advogados.

Leia mais