SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA"

Transcrição

1 SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA Legislação: Lei nº , de 31 de julho de 1991; Decreto nº , de 24 de abril de 1992; Lei nº , de 29 de dezembro de 1992; Decreto nº , de 06 de janeiro de 1993; Lei nº , de 13 de junho de 2001; Decreto nº , de 03 de julho de 2001 e Lei nº , de 27 de julho de Finalidade(s): - Coordenar a estratégia e metodologia de gestão e acompanhar os projetos prioritários do Governo Municipal; - Coordenar a elaboração do Plano Plurianual; - Coordenar a plublicidade institucional do Governo Municipal; - Coordenar os processos de relações internacionais, na busca de intercâmbios, irmanamentos, investimentos e participação nas redes internacionais de cidades que ampliam o desenvolvimento turístico, cultural, social e econômico da cidade; - Planejar, organizar, coordenar, supervisionar, controlar e executar as atividades da área de imprensa e comunicação social no âmbito do Município do Recife. DESCRIÇÃO DO PROGRAMA DE TRABALHO PROGRAMAS ESPECÍFICOS VOLTADOS PARA A MELHORIA DA VIDA DAS PESSOAS Programa: GESTÃO DEMOCRÁTICA E POPULAR Eixo Estratégico: Cuidar das Pessoas. Objetivo Geral: Assegurar um modelo de gestão que amplie o poder dos cidadãos e valorize a influência da sociedade civil nas decisões do Poder Municipal. Objetivo(s) Específico(s): - Implantar processos que tornem efetiva a participação da sociedade no planejamento e na execução das ações municipais; - Promover a produção e veiculação de informações de interesse da população; - Garantir o funcionamento dos fóruns de Delegados e de Conselhos do Orçamento Participativo. Projeto/Atividade/Operação Especial Unidade CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE COMUNICAÇÃO COM A SOCIEDADE Efetuar o Pagamento de Pessoal Realizar Campanhas Publicitárias e Produzir Propaganda de Utilidade Pública, Peças Educativas e CAMPANHA 12 MUNICÍPIO Institucionais PUBLICITÁRIA 287

2 Programa: GESTÃO E INCLUSÃO DIGITAL Eixo Estratégico: Gestão Pública radicalmente democrática apoiada na mobilização popular. Objetivo Geral: Ampliar o sistema de comunicação entre a Prefeitura e a população. Objetivo(s) Específico(s): - Produzir, manter e divulgar informações em redes eletrônicas. Projeto/Atividade/Operação Especial Unidade CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE COMUNICAÇÃO DIGITAL Manter e Divulgar o Site da Prefeitura do Recife e os Programas Especiais Municipais Ampliando a MUNICÍPIO Acessibilidade Coordenar a Criação e Gerenciamento do Banco de Dados Digital de Imagens do Recife BANCO DE DADOS MUNICÍPIO Coordenar a Política de Comunicação Interna da Prefeitura MUNICÍPIO Disponibilizar no Site Exibição de Eventos, Atividades e Matérias de Interesse da Sociedade SITE MUNICÍPIO Apoiar a Instalação de Rádios, Jornais e Tv's nos Bairros MUNICÍPIO Promover a Instalação e o Funcionamento da Rádio Frei Caneca (Emenda Parlamentar) RÁDIO 1 MUNICÍPIO Disponibilizar no Site da Prefeitura do Recife Informações com Áudio para Utilização das Rádios MUNICÍPIO PROGRAMAS DE MELHORIA DA GESTÃO MUNICIPAL Programa: GESTÃO DAS POLÍTICAS MUNICIPAIS Eixo Estratégico: Gestão democrática e eficiência administrativa. Objetivo Geral: Garantir uma administração transparente e eficiente. Objetivo(s) Específico(s): - Formular, coordenar, controlar e executar as políticas públicas das diversas áreas de atuação do Município. 288

3 Projeto/Atividade/Operação Especial Unidade PLANEJAMENTO DA AÇÃO GOVERNAMENTAL Efetuar o Pagamento de Pessoal Monitorar a Execução das Ações Municipais 1 MUNICÍPIO Coordenar a Elaboração do Plano Plurianual do Governo e Suas Revisões PROJETO 1 MUNICÍPIO Coordenar e Acompanhar a Gestão dos Projetos Prioritários do Governo COORDENAÇÃO E SUPERVISÃO DAS POLÍTICAS DE GESTÃO ESTRATÉGICA E COMUNICAÇÃO Efetuar o Pagamento de Pessoal Acompanhar, Documentar e Divulgar o Modelo de Gestão Pública na Prefeitura do Recife MUNICÍPIO Realizar Palestras, Seminários e Outros Eventos CURSO / 6 MUNICÍPIO SEMINÁRIO Coordenar a Implementação de Ações de Comunicação Popular e de Campanhas Publicitárias da CAMPANHA 12 MUNICÍPIO Prefeitura PUBLICITÁRIA Coordenar a Política de Assessoria de Imprensa da Prefeitura MUNICÍPIO Coordenar a Política de Comunicação Interna da Prefeitura MUNICÍPIO Coordenar e Controlar as Publicações dos Atos Governamentais, Exigidas por Lei PUBLICAÇÃO MUNICÍPIO Coordenar, Executar e Monitorar os Processos de Relações Internacionais PROCESSO MUNICÍPIO Coordenar e Monitorar a Elaboração e Execução dos Processos de Financiamento com Recursos PROCESSO MUNICÍPIO Nacionais, Internacionais, Públicos e Privados Organizar Eventos e Solenidades Vinculados aos Compromissos do Governo Implantar Sistema de Indicadores de Performance da Gestão Municipal (Acordo CEF/PNAFM) Promover Intercâmbio Cultural com a Cidade do Porto (Casa Pernambuco) 289

4 Programa: GESTÃO ADMINISTRATIVA DOS ÓRGÃOS, ENTIDADES E FUNDOS MUNICIPAIS Eixo Estratégico: Eficiência administrativa. Objetivo Geral: Garantir uma administração transparente e eficiente. Objetivo(s) Específico(s): - Melhorar a qualidade da ação administrativa, apoiando e capacitando servidores, mantendo e ampliando os equipamentos e modernizando as práticas administrativas. Projeto/Atividade/Operação Especial Unidade CAPACITAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS Capacitar Servidores através de Cursos, Seminários e Outros Eventos CAPACITAÇÃO 10 MUNICÍPIO APOIO ADMINISTRATIVO ÀS AÇÕES DA UNIDADE ORÇAMENTÁRIA Conceder Vales-transporte aos Servidores para Execução de Serviços Externos Conceder Ticket-refeição aos Servidores que Trabalharem nos Expedientes Excedentes ao Horário Regular de Trabalho Efetuar o Pagamento de Pessoal Suprir as Necessidades de Manutenção da Unidade Orçamentária Adquirir e Manter Equipamentos e Bens Móveis Efetuar o Pagamento dos Encargos com os Estagiários que Atuam na Unidade Orçamentária 290

5 PREFEITURA DO RECIFE ORÇAMENTO ANUAL 2006 R$ 1,00 CONSOLIDAÇÃO DA DESPESA POR CATEGORIA ECONÔMICA RECURSOS DO TESOURO CÓDIGO ESPECIFICAÇÃO RECURSOS OUTROS TOTAL ORDINÁRIOS RECURSOS DESPESAS CORRENTES PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS OUTRAS DESPESAS CORRENTES DESPESAS DE CAPITAL INVESTIMENTOS T O T A L G E R A L P R O G R A M A D E T R A B A L H O RECURSOS DO TESOURO CÓDIGO E S P E C I F I C A Ç Ã O PROJETOS ATIVIDADES OPERAÇÕES T O T A L FUNÇÃO ESPECIAIS SUBFUNÇÃO PROGRAMA PROJ/ATIV 04 ADMINISTRAÇÃO PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO GESTÃO DAS POLÍTICAS MUNICIPAIS PLANEJAMENTO DA AÇÃO GOVERNAMENTAL ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO ADMINISTRATIVA DOS ÓRGÃOS, ENTIDADES E FUNDOS MUNICIPAIS APOIO ADMINISTRATIVO ÀS AÇÕES DA UNIDADE ORÇAMENTÁRIA FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS GESTÃO ADMINISTRATIVA DOS ÓRGÃOS, ENTIDADES E FUNDOS MUNICIPAIS CAPACITAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS COMUNICAÇÃO SOCIAL GESTÃO DAS POLÍTICAS MUNICIPAIS COORDENAÇÃO E SUPERVISÃO DAS POLÍTICAS DE GESTÃO ESTRATÉGICA E COMUNICAÇÃO 24 COMUNICAÇÕES COMUNICAÇÃO SOCIAL GESTÃO DEMOCRÁTICA E POPULAR CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE COMUNICAÇÃO COM A SOCIEDADE GESTÃO E INCLUSÃO DIGITAL CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE COMUNICAÇÃO DIGITAL T O T A L G E R A L

6 PREFEITURA DO RECIFE ORÇAMENTO ANUAL 2006 R$ 1,00 N A T U R E Z A D A D E S P E S A RECURSOS DO TESOURO CÓDIGOS ESPECIFICAÇÕES RECURSOS OUTROS T O T A L PROJ/ATIV ORDINÁRIOS RECURSOS NAT.DESP. FT FT PLANEJAMENTO DA AÇÃO GOVERNAMENTAL PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS - APLICAÇÕES DIRETAS OUTRAS DESPESAS CORRENTES - APLICAÇÕES DIRETAS COORDENAÇÃO E SUPERVISÃO DAS POLÍTICAS DE GESTÃO ESTRATÉGICA E COMUNICAÇÃO PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS - APLICAÇÕES DIRETAS OUTRAS DESPESAS CORRENTES - APLICAÇÕES DIRETAS INVESTIMENTOS - APLICAÇÕES DIRETAS CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE COMUNICAÇÃO COM A SOCIEDADE PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS - APLICAÇÕES DIRETAS OUTRAS DESPESAS CORRENTES - APLICAÇÕES DIRETAS CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE COMUNICAÇÃO DIGITAL OUTRAS DESPESAS CORRENTES - APLICAÇÕES DIRETAS CAPACITAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS OUTRAS DESPESAS CORRENTES - APLICAÇÕES DIRETAS APOIO ADMINISTRATIVO ÀS AÇÕES DA UNIDADE ORÇAMENTÁRIA PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS - APLICAÇÕES DIRETAS OUTRAS DESPESAS CORRENTES - APLICAÇÕES DIRETAS INVESTIMENTOS - APLICAÇÕES DIRETAS T O T A L G E R A L D E T A L H A M E N T O D A D E S P E S A P O R E L E M E N T O PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS RECURSOS DO TESOURO APLICAÇÃO PROGRAMADA ELEMENTO RECURSOS OUTROS T O T A L DESPESA FT ORDINÁRIOS FT RECURSOS PLANEJAMENTO DA AÇÃO GOVERNAMENTAL DESPESAS CORRENTES SALÁRIO-FAMÍLIA VENCIMENTOS E VANTAGENS FIXAS - PESSOAL CIVIL OUTRAS DESPESAS VARIÁVEIS - PESSOAL CIVIL COORDENAÇÃO E SUPERVISÃO DAS POLÍTICAS DE GESTÃO ESTRATÉGICA E COMUNICAÇÃO DESPESAS CORRENTES SALÁRIO-FAMÍLIA VENCIMENTOS E VANTAGENS FIXAS - PESSOAL CIVIL OUTRAS DESPESAS VARIÁVEIS - PESSOAL CIVIL CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE COMUNICAÇÃO COM A SOCIEDADE DESPESAS CORRENTES SALÁRIO-FAMÍLIA VENCIMENTOS E VANTAGENS FIXAS - PESSOAL CIVIL OUTRAS DESPESAS VARIÁVEIS - PESSOAL CIVIL APOIO ADMINISTRATIVO ÀS AÇÕES DA UNIDADE ORÇAMENTÁRIA DESPESAS CORRENTES SALÁRIO-FAMÍLIA VENCIMENTOS E VANTAGENS FIXAS - PESSOAL CIVIL OUTRAS DESPESAS VARIÁVEIS - PESSOAL CIVIL T O T A L

7 PREFEITURA DO RECIFE ORÇAMENTO ANUAL 2006 R$ 1,00 D E T A L H A M E N T O D A D E S P E S A P O R E L E M E N T O OUTRAS DESPESAS RECURSOS DO TESOURO APLICAÇÃO PROGRAMADA ELEMENTO RECURSOS OUTROS T O T A L DESPESA FT ORDINÁRIOS FT RECURSOS PLANEJAMENTO DA AÇÃO GOVERNAMENTAL DESPESAS CORRENTES OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA COORDENAÇÃO E SUPERVISÃO DAS POLÍTICAS DE GESTÃO ESTRATÉGICA E COMUNICAÇÃO DESPESAS CORRENTES SERVIÇOS DE CONSULTORIA OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA DESPESAS DE CAPITAL OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA EQUIPAMENTOS E MATERIAL PERMANENTE CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE COMUNICAÇÃO COM A SOCIEDADE DESPESAS CORRENTES OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE COMUNICAÇÃO DIGITAL DESPESAS CORRENTES OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA CAPACITAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS DESPESAS CORRENTES DIÁRIAS-CIVIL MATERIAL DE CONSUMO PASSAGENS E DESPESAS COM LOCOMOÇÃO SERVIÇOS DE CONSULTORIA OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA FÍSICA OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA APOIO ADMINISTRATIVO ÀS AÇÕES DA UNIDADE ORÇAMENTÁRIA DESPESAS CORRENTES DIÁRIAS-CIVIL MATERIAL DE CONSUMO PASSAGENS E DESPESAS COM LOCOMOÇÃO OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA FÍSICA OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA OBRIGAÇÕES TRIBUTÁRIAS E CONTRIBUTIVAS DESPESAS DE CAPITAL EQUIPAMENTOS E MATERIAL PERMANENTE T O T A L T O T A L G E R A L RECURSOS ORDINÁRIOS - NÃO VINCULADOS : OPERAÇÕES DE CRÉDITO :

1001 - GOVERNADORIA MUNICIPAL - ADMINISTRAÇÃO DIRETA

1001 - GOVERNADORIA MUNICIPAL - ADMINISTRAÇÃO DIRETA 1001 - GOVERNADORIA MUNICIPAL - ADMINISTRAÇÃO DIRETA Legislação: Lei nº 15.738, de 29 de dezembro de 1992; Decreto nº 16.149, de 06 de janeiro de 1993; Lei nº 15.820, de 24 de novembro de 1993; Lei nº

Leia mais

3801 - SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS E SEGURANÇA CIDADÃ - ADMINISTRAÇÃO DIRETA

3801 - SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS E SEGURANÇA CIDADÃ - ADMINISTRAÇÃO DIRETA 3801 - SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS E SEGURANÇA CIDADÃ - ADMINISTRAÇÃO DIRETA Legislação: Lei nº 17.108, de 27 de julho de 2005. DESCRIÇÃO DO PROGRAMA DE TRABALHO PROGRAMAS ESPECÍFICOS VOLTADOS PARA

Leia mais

5002 - EMPRESA DE MANUTENÇÃO E LIMPEZA URBANA - EMLURB

5002 - EMPRESA DE MANUTENÇÃO E LIMPEZA URBANA - EMLURB 5002 - EMPRESA DE MANUTENÇÃO E LIMPEZA URBANA - EMLURB Legislação: Lei nº 13.535, de 26 de abril de 1979; Decreto nº 11.256, de 21 de maio de 1979; Lei nº 13.802, de 06 de julho de 1979; Lei nº 14.091,

Leia mais

Orç.Total(j=a+b-c) Saldo Disp(k=j-d-e-g) Saldo a Pagar (g-i) Saldo Utiliz.(l=k-f) Acréscimos (b) Bloqueado (e) Liquidado (h) Liquidado no Mês

Orç.Total(j=a+b-c) Saldo Disp(k=j-d-e-g) Saldo a Pagar (g-i) Saldo Utiliz.(l=k-f) Acréscimos (b) Bloqueado (e) Liquidado (h) Liquidado no Mês Unidade Orçamentária: 11 PLENÁRIO DA CÂMARA 10.11.00.01.031.4000.2001 31901100 000 42 1 944.816,32 88.00 856.816,32 MANUTENÇÃO DA UNIDADE / VENCIMENTOS E VANTAGENS FIXAS - PESSOAL CIVIL 001 785.125,20

Leia mais

(P) 01.032.0256.1389 Projeto de Modernização do Controle Externo - PROMOEX. (P) 01.032.0256.2742 Reforma de Instalações Físicas do Tribunal de Contas

(P) 01.032.0256.1389 Projeto de Modernização do Controle Externo - PROMOEX. (P) 01.032.0256.2742 Reforma de Instalações Físicas do Tribunal de Contas DETALHAMENTO DAS DESPESAS POR ELEMENTO EXERCÍCIO 211 2 2 Tribunal de Contas - Administração Direta R$1, (P) 1.32.256.1389 Projeto de Modernização do Controle Externo - PROMOEX 1.12.87 1.12.87 3.3.9.39

Leia mais

Programa 1081 Gestão e Manutenção do Tribunal de Contas

Programa 1081 Gestão e Manutenção do Tribunal de Contas Ação 1196 Implementação do Programa de gestão de pessoas por competência Função 1 - Legislativa Subfunção 12 - Administração Geral Desenvolvimento de atividades em gestão de pessoas por competências tendo

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO LEGISLAÇÃO: Lei Municipal nº 8.834 de 01/07/2002 e Decreto nº 529 de 09/08/2002. ATRIBUIÇÕES: 0700 - SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO 0710 - COORDENAÇÃO GERAL Compete

Leia mais

Natureza Jurídica não encontrada PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRINHOS DO SUL. Seleção: DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2015

Natureza Jurídica não encontrada PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRINHOS DO SUL. Seleção: DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2015 Planilha LEI de Identificação dos Projetos, Atividades e Operações Especiais Data: Página: 30/01/2015 1/118 Função: Subfunção: Programa: Legislativa Ação Legislativa 0025 131 Objetivo Justificativa Apreciar

Leia mais

RESUMO DOS PROGRAMAS POR TIPO

RESUMO DOS PROGRAMAS POR TIPO Tipo: 1 - Finalístico Programa: 5224 - NÚCLEO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO Objetivo: CRIAR UM NÚCLEO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO CAPAZ DE MAPEAR, CATEGORIZAR, ORGANIZAR E DISTRIBUIR INFORMAÇÕES PARA OS DIVERSOS

Leia mais

Estado de Mato Grosso do Sul Prefeitura Municipal de Bela Vista

Estado de Mato Grosso do Sul Prefeitura Municipal de Bela Vista Estado de Mato Grosso do Sul Prefeitura Municipal de Bela Vista DECRETO ORÇAMENTÁRIO Nº 5449 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2.009 "Abre crédito suplementar às Unidades Orçamentárias que menciona no valor de R$ 622677,21,00

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE GESTÃO PÚBLICA

SECRETARIA MUNICIPAL DE GESTÃO PÚBLICA SECRETARIA MUNICIPAL DE GESTÃO PÚBLICA LEGISLAÇÃO: Lei Municipal nº 8.834 de 01/07/2002 e Decreto 550 de 19/09/2007. ATRIBUIÇÕES: 10 - SECRETARIA MUNICIPAL DE GESTÃO PÚBLICA 10.010 - COORDENAÇÃO GERAL

Leia mais

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município Estrutura Administrativa e Principais 01. Câmara Municipal - Lei Orgânica do Município de Teresina, de 05 de abril de 1991. - Votar o Orçamento Anual e o Plano Plurianual, bem como autorizar abertura de

Leia mais

EVENTOS. Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania

EVENTOS. Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania A União dos Vereadores do Estado de São Paulo UVESP, desde 1977 (há 38 anos) promove parceria com o Poder Legislativo para torná-lo cada vez mais forte, através de várias ações de capacitação e auxílio

Leia mais

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Aprovado por: Diretoria de Informação Institucional 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos referentes

Leia mais

QUADRO DE DETALHAMENTO DA DESPESA PODER EXECUTIVO - ADMINISTRAÇÃO INDIRETA EXERCÍCIO 2014. Elemento de Despesa

QUADRO DE DETALHAMENTO DA DESPESA PODER EXECUTIVO - ADMINISTRAÇÃO INDIRETA EXERCÍCIO 2014. Elemento de Despesa Grupos de Despesa Elemento de Despesa Fonte de Recursos Orçamento Aprovado 10.122.0025.6.077 - Coordenação e Administração do Fundo Municipal de Saúde de Londrina 10 3.1.90.05 19.383.000,00 20 3.1.90.11

Leia mais

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM DECRETO nº 1098, de 12 de fevereiro de 2009 Dispõe sobre alocação, denominação e atribuições dos órgãos que compõem a estrutura organizacional do Gabinete da Prefeita e dá outras providências. A PREFEITA

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE APUÍ, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte.

O PREFEITO MUNICIPAL DE APUÍ, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte. LEI MUNICIPAL Nº 271, DE 28 DE MAIO DE 2013. Dispõe sobre a extinção do cargo de Assessor Especial, a criação dos cargos Assessor de Relações Públicas I e II e reestruturação do Anexo I - B da Lei Municipal

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO URBANO

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO URBANO SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO URBANO LEGISLAÇÃO Lei Complementar nº 873, de 2011. Decreto Municipal nº 389, de 2011. CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL Lei Complementar nº 01, de 1991. Lei Complementar

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE JARAGUÁ DO SUL

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE JARAGUÁ DO SUL L E I Nº 7.071/2015 Dispõe sobre a estrutura administrativa da Câmara Municipal de Jaraguá do Sul e dá outras providências. O PREFEITO DE JARAGUÁ DO SUL, no uso das atribuições que lhe são conferidas,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SCS nº 01/2015. Ato de aprovação: Decreto nº. 18.435 de 19 de agosto de 2015.

INSTRUÇÃO NORMATIVA SCS nº 01/2015. Ato de aprovação: Decreto nº. 18.435 de 19 de agosto de 2015. INSTRUÇÃO NORMATIVA SCS nº 01/2015 "Dispõe sobre os procedimentos para campanha institucional, de utilidade pública, acompanhamento de eventos e ouvidoria. Versão: 01. Aprovação em: 19 de agosto de 2015.

Leia mais

PROGRAMA Nº- 197 MANUTENÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO CMDCA/VR, FINAD, FÓRUM

PROGRAMA Nº- 197 MANUTENÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DO CMDCA/VR, FINAD, FÓRUM PROGRAMA Nº- 196 PROMOÇÃO DO PROTAGONISMO INFANTO JUVENIL Promover e estimular a discussão e atuação de crianças e adolescente no que diz respeito ao cumprimento do ECA. Participação das Crianças e Adolescentes

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E FINANÇAS LOA - LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL - 2014

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E FINANÇAS LOA - LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL - 2014 01101 - CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ 01 - LEGISLATIVA 031 - Ação Legislativa 0001 - ATUAÇÃO LEGISLATIVA DA CÂMARA MUNICIPAL 2001 - Manutenção e Conservação de Bens Imóveis 37.602.000 37.602.000 37.602.000

Leia mais

Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso. Execução Orçamentária

Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso. Execução Orçamentária Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso Unidade Orçamentária: 10.101 - Defensoria Pública Exercício - 2011 Programa: 036 - Apoio Administrativo Execução Orçamentária Fonte: SIG-MT em 09 fev 2012 Exercício

Leia mais

MUNICÍPIO DE PIRACICABA - SP

MUNICÍPIO DE PIRACICABA - SP ANEXO III - DESCRIÇÃO DOS ES E METAS DOS S GOVERNAMENTAIS 02-ALTERACAO SUB 121-PLANEJAMENTO E ORCAMENTO AÇÃO 18 0005-ASSISTENCIA FINANCEIRA DE MODERNIZAÇÃO FISCAL PROMOVER O DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS

Leia mais

LEI Nº 2.278/07, DE 24 DE AGOSTO DE 2007.

LEI Nº 2.278/07, DE 24 DE AGOSTO DE 2007. LEI Nº 2.278/07, DE 24 DE AGOSTO DE 2007. Dispõe sobre a criação do Instituto Escola de Governo e Gestão Pública de Ananindeua, e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE ANANINDEUA estatui, e eu

Leia mais

PPA 2012-2015 PLANO DE DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGICO 1043 - PROGRAMA ESCOLA DO LEGISLATIVO

PPA 2012-2015 PLANO DE DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGICO 1043 - PROGRAMA ESCOLA DO LEGISLATIVO 1043 - PROGRAMA ESCOLA DO LEGISLATIVO 100 - ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE GOIÁS O Programa Escola do Legislativo tem como objetivo principal oferecer suporte conceitual de natureza técnico-científica

Leia mais

DECRET0 Nº 2.250, DE 30 DE MAIO DE 2008

DECRET0 Nº 2.250, DE 30 DE MAIO DE 2008 DECRET0 Nº 2.250, DE 30 DE MAIO DE 2008 Publicado no Jornal Correio Paranaense Em, 04.06.2008 Dispõe sobre a Estrutura Regimental da Secretaria Municipal de Governo. O Prefeito Municipal de São José dos

Leia mais

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Projeto Básico da Contratação de Serviços: Constitui objeto do presente Projeto Básico a contratação de empresa especializada em serviços de comunicação

Leia mais

LEI N. º 1000/2008 de 23 de dezembro de 2008.

LEI N. º 1000/2008 de 23 de dezembro de 2008. LEI N. º 1000/2008 de 23 de dezembro de 2008. SÚMULA: Dispõe sobre autorização para abertura de Crédito Adicional Suplementar. O PREFEITO DO MUNICIPIO DE PAULA FREITAS, Estado do Paraná, no uso de suas

Leia mais

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Projeto Básico da Contratação de Serviços: Constitui objeto do presente Projeto Básico a contratação de empresa especializada em serviços de comunicação

Leia mais

Classificação por Categoria Econômica

Classificação por Categoria Econômica Classificação por Categoria Econômica 1. Classificação A classificação por categoria econômica é importante para o conhecimento do impacto das ações de governo na conjuntura econômica do país. Ela possibilita

Leia mais

PODER EXECUTIVO ANEXO I ATRIBUIÇÕES DO CARGO DE ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL

PODER EXECUTIVO ANEXO I ATRIBUIÇÕES DO CARGO DE ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL ANEXO I ATRIBUIÇÕES DO CARGO DE ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL a) formulação, implantação e avaliação de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sócio-econômico e

Leia mais

Esfera Fiscal. Subfunção Administração Geral

Esfera Fiscal. Subfunção Administração Geral Governo do do Amazonas Secretaria de de Planejamento e Desenvolvimento Econômico SEPLAN Sistema de Planejamento, Orçamento e Gestão do do Amazonas SPLAM Pág. 3 de 2001 - da 25000 - Secretaria de de Infraestrutura

Leia mais

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos.

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. Q A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. É uma alusão à essência e ao compromisso da Secretaria

Leia mais

Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã Gestão: 2009/2012

Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã Gestão: 2009/2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 018 /2011/CSCI Versão: 01 Aprovação em: 17 de novembro de 2011 Ato de Aprovação: 018/2011 Unidades Responsáveis: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social DISPÕE SOBRE PROCEDIMENTOS

Leia mais

Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras

Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras 1. Introdução O Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras foi idealizado pelo Conselho Gestor da Escola,

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ

ESTADO DE MATO GROSSO CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ INSTRUÇÃO NORMATIVA SC Nº. 001/2011 DISPÕE SOBRE OS PROCEDIMENTOS E EXECUÇÃO DAS ATIVIDADES DE COMUNICAÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ. Versão: 01 Aprovação: 26/09/2011 Ato de aprovação: 26/09/2011 Unidade

Leia mais

CONTER. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40. Página:1/5

CONTER. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40. Página:1/5 Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 6.780.80 2.392.725,12 2.392.725,12 4.388.074,88 VENCIMENTOS E VANTAGENS

Leia mais

Programa 2063 - Promoção dos Direitos de Pessoas com Deficiência

Programa 2063 - Promoção dos Direitos de Pessoas com Deficiência Programa Momento do Programa: Momento LOA+Créditos Tipo de Programa: Temático Macrodesafio Fortalecer a cidadania Eixo Direitos da Cidadania e Movimentos Sociais R$ 50.000.000 Notas de usuário para Programa

Leia mais

1. A comunicação é atividade institucional e deve ser regida pelo princípio da

1. A comunicação é atividade institucional e deve ser regida pelo princípio da 1 SUGESTÕES PARA UMA POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO COMITÊ DE POLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO (CPCOM), REUNIÃO DE 30 DE MARÇO DE 2011 Redesenhado a partir da Constituição

Leia mais

Programa 1112 Manutenção da Secretaria do Trabalho e Assistência Social

Programa 1112 Manutenção da Secretaria do Trabalho e Assistência Social Ação 2171 Capacitação de Servidores da Secretaria do Trabalho Oferta de capacitação para servidores da SETAS, por meio de: levantamento da demanda; pesquisas de cursos ofertados; seleção dos servidores;

Leia mais

Programa 1017 Infraestrutura Pública

Programa 1017 Infraestrutura Pública Órgão 20570 Junta Comercial do Estado do Tocantins - JUCETIS Programa 1017 Infraestrutura Pública Ação 3033 Construção da Sede da JUCETIS Elaboração de projetos estruturais, arquitetônicos, hidro-sanitário

Leia mais

As principais diretrizes propostas neste Plano Plurianual estão sintetizados em 03 (três) eixos: Inclusão Social, Infra-estrutura e Gestão.

As principais diretrizes propostas neste Plano Plurianual estão sintetizados em 03 (três) eixos: Inclusão Social, Infra-estrutura e Gestão. APRESENTAÇÃO Como uma das principais novidades do marco constitucional, o Plano Plurianual passa a se constituir, na síntese dos esforços de planejamento de toda administração pública, orientação a elaboração

Leia mais

Unidade Gestora...: CONSOLIDADO Orgao...: 01 PODER LEGISLATIVO Unidade Orcamentaria: 01.01 CORPO DELIBERATIVO E SEC DA CAMARA

Unidade Gestora...: CONSOLIDADO Orgao...: 01 PODER LEGISLATIVO Unidade Orcamentaria: 01.01 CORPO DELIBERATIVO E SEC DA CAMARA Estado de Pernambuco Natureza da Despesa Segundo as s Economicas Folha: 1 Orgao...: 01 PODER LEGISLATIVO Unidade Orcamentaria: 01.01 CORPO DELIBERATIVO E SEC DA CAMARA 3.0.00.00.00.0000 DESPESAS CORRENTES

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL

RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL Brasília 2013 SUMÁRIO MOTIVAÇÃO DO RELATÓRIO... 3 INTRODUÇÃO... 3 INICIATIVAS DO SENADO FEDERAL PARA ADEQUAÇÃO À LEI DE

Leia mais

20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual

20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual 20 Diretrizes Priorizadas pela Etapa Estadual Paulista da CONSOCIAL Prioridades Texto Diretriz Eixo Pontos 1 2 Regulamentação e padronização de normas técnicas para a elaboração dos Planos de Governo apresentados

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DAS FINANÇAS DIRETORIA FINANCEIRA CONTADORIA GERAL DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DAS FINANÇAS DIRETORIA FINANCEIRA CONTADORIA GERAL DO ESTADO DESPESAS CORRENTES 01. LEGISLATIVA 3190.09 Salário-Família Salário família de pessoal, a cargo de diversas unidades orçamentárias 2.199.759,83 Vencimentos e vantagens de pessoal, a cargo de diversas unidades

Leia mais

Informações Institucionais. 1) Institucional. 1.1) Estrutura organizacional organograma. 1.2) Competências:

Informações Institucionais. 1) Institucional. 1.1) Estrutura organizacional organograma. 1.2) Competências: Informações Institucionais 1) Institucional 1.1) Estrutura organizacional organograma 1.2) Competências: À Agência Brasil Central compete a execução dos serviços públicos de radiodifusão de sons e de sons

Leia mais

LEI N.º 3.590 de 2 de maio de 2006.

LEI N.º 3.590 de 2 de maio de 2006. LEI N.º 3.590 de 2 de maio de 2006. O PREFEITO MUNICIPAL DE URUGUAIANA: Dispõe sobre a Estrutura Administrativa e institui organograma da Câmara Municipal de Uruguaiana e dá outras providências. Faço saber,

Leia mais

LEI Nº 2721 /2009 LEI CAPÍTULO I. Da Ação Administrativa da Câmara

LEI Nº 2721 /2009 LEI CAPÍTULO I. Da Ação Administrativa da Câmara LEI Nº 2721 /2009 Dispõe sobre a Estrutura Administrativa da Câmara de Vereadores de Herval D Oeste, estado de Santa Catarina e dá outras providências. NELSON GUINDANI, Prefeito de Herval d Oeste SC, Faz

Leia mais

PROPOSTAS APROVADAS NA PLENÁRIA FINAL DA VII CONFERÊNCIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

PROPOSTAS APROVADAS NA PLENÁRIA FINAL DA VII CONFERÊNCIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL PROPOSTAS APROVADAS NA PLENÁRIA FINAL DA VII CONFERÊNCIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EIXO 1 Processo Histórico da Participação Popular no País: nossa cidade e territórios em movimento; Trajetória e

Leia mais

RESUMO DOS PROGRAMAS POR TIPO

RESUMO DOS PROGRAMAS POR TIPO Tipo: 1 - Finalístico Programa: 5140 - ESPAÇO ABERTO Objetivo: PROMOVER A INTEGRAÇÃO ENTRE O PODER PÚBLICO MUNICIPAL E OS MUNÍCIPES EM CONJUNTO COM OS DEMAIS ORGÃOS QUE COMPÕE A ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL.

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 010/2013

ATO NORMATIVO Nº 010/2013 ATO NORMATIVO Nº 010/2013 Organiza as ações de comunicação social, no âmbito do Ministério Público do Estado da Bahia. OPROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA, no uso das atribuições que lhe confere

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS Mensagem nº 3, de 2013. Canoas, 25 de janeiro de 2013. A Sua Excelência o Senhor Vereador Juares Carlos Hoy Presidente da Câmara Municipal de Canoas Canoas RS Senhor Presidente, Na forma da legislação

Leia mais

e) visa estabelecer diretrizes aplicáveis ao posicionamento estratégico de comunicação e marketing das entidades integrantes do Sicoob.

e) visa estabelecer diretrizes aplicáveis ao posicionamento estratégico de comunicação e marketing das entidades integrantes do Sicoob. 1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing: Política Institucional de Comunicação e Marketing a) é elaborada por proposta da área de Comunicação e Marketing da Confederação Nacional das

Leia mais

SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ

SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ MISSÃO: Garantir prestação jurisdicional rápida, acessível e efetiva no âmbito da sua competência. DESCRIÇÃO DA MISSÃO: A Justiça Federal no Paraná existe para garantir direitos

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE UNAÍ

CÂMARA MUNICIPAL DE UNAÍ CÂMARA MUNICIPAL DE UNAÍ RELATÓRIO DO SISTEMA CONTROLE INTERNO Mês:: Janeiro/2014 Janeiro/2014 SUMÁRIO I APRESENTAÇÃO... II - AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS QUANTO À EFICIÊNCIA E À EFICÁCIA DA GESTÃO ORÇAMENTÁRIA,

Leia mais

O QUE É O SITE MUNÍCIPIOS?

O QUE É O SITE MUNÍCIPIOS? O QUE É O SITE MUNÍCIPIOS? Apresentação Histórico Estratégia de comunicação e políticas para promoção do municipalismo forte e atuante A atuação da Confederação Nacional de Municípios na comunicação pública

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 Consorcio Publico do Extremo Sul

Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 Consorcio Publico do Extremo Sul Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 1.0.0.0.0.00.00.00.00.00 ATIVO 6.735,34 8.034,62 4.211,61 10.558,35 1.1.0.0.0.00.00.00.00.00 ATIVO CIRCULANTE 6.735,34 8.034,62

Leia mais

COREN/BA. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Enfermagem da Bahia CNPJ: 15.679.277/0001-60. Página:1/5

COREN/BA. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Enfermagem da Bahia CNPJ: 15.679.277/0001-60. Página:1/5 Conselho Regional de Enfermagem da Bahia CNPJ: 15.679.277/0001-60 Comparativo da Paga 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 15.929.386,19 14.609.228,50 14.609.228,50 1.320.157,69 6.2.2.1.1.31

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL, COM HABILITAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA, BACHARELADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO

Leia mais

INICIATIVA CIDADES EMERGENTES E SUSTENTÁVEIS (ICES)

INICIATIVA CIDADES EMERGENTES E SUSTENTÁVEIS (ICES) INICIATIVA CIDADES EMERGENTES E SUSTENTÁVEIS (ICES) APRESENTAÇÃO DO PROJETO: MONITORAMENTO EXTERNO DA INICIATIVA CIDADES EMERGENTES E SUSTENTÁVEIS NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA, BRASIL 1 INDICE 1. Introdução...p.

Leia mais

Implantação do Sistema de Divulgação de Melhores Práticas de Gestão na Administração Pública

Implantação do Sistema de Divulgação de Melhores Práticas de Gestão na Administração Pública Ministério do Planejamento, Orçamento e Programa 0792 GESTÃO PÚBLICA EMPREENDEDORA Objetivo Promover a transformação da gestão pública para ampliar os resultados para o cidadão e reduzir custos. Indicador(es)

Leia mais

Publicidade Legal x Publicidade Institucional

Publicidade Legal x Publicidade Institucional Aperfeiçoamento em Licitações Públicas e Contratos Administrativos Módulo 6: Contratação de serviços de publicidade Edinando Brustolin Graduado e mestre em Direito pela UFSC. Assessor jurídico da Federação

Leia mais

CFQ. Comparativo da Despesa Paga CONSELHO FEDERAL DE QUÍMICA CNPJ: 33.839.275/0001-72. Página:1/6. Evite imprimir. Colabore com o meio ambiente.

CFQ. Comparativo da Despesa Paga CONSELHO FEDERAL DE QUÍMICA CNPJ: 33.839.275/0001-72. Página:1/6. Evite imprimir. Colabore com o meio ambiente. CONSELHO FEDERAL DE QUÍMICA CNPJ: 33.839.275/0001-72 Comparativo da Paga 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 18.718.78 3.991.255,30 3.991.255,30 14.727.524,70 6.2.2.1.1.31 - PESSOAL E ENCARGOS

Leia mais

Código Especificação Desdobramento da Despesa da Despesa

Código Especificação Desdobramento da Despesa da Despesa Estado do Paraná da Despesa Segundo as Categorias Econômicas Folha: 1 Grupo de 3.0.00.00.00.00.00 DESPESAS CORRENTES 2.473.028,67 3.1.00.00.00.00.00 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS 1.262.830,59 3.1.71.00.00.00.00

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL

PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL As Faculdades Integradas Barros Melo vêm tornar público aos alunos regularmente matriculados nos Cursos de Jornalismo,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRAQUARA - ORÇAMENTO PROGRAMA 2015

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRAQUARA - ORÇAMENTO PROGRAMA 2015 Adendo III - Portaria SOF nº 08 de 04 de fevereiro de 1985 Anexo 2 - DESPESA, da Lei Federal nº 4.320, de 17 de março de 1964 ÓRGÃO: 1000 - SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NATUREZA DA DESPESA CÓDIGO FONTE

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO DE AGÊNCIA DE EVENTOS

TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO DE AGÊNCIA DE EVENTOS 1. Objeto: 1.1.1. Contratação de empresa para prestação, sob demanda, de serviços de planejamento, organização, coordenação, execução, fiscalização e avaliação de eventos com a viabilização de infra-estrutura

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA. Programa Pernambuco: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher

TERMO DE REFERENCIA. Programa Pernambuco: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher TERMO DE REFERENCIA Programa Pernambuco: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher Supervisão Geral No âmbito do Programa Pernambuco: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher, conveniado com a Secretaria Especial

Leia mais

CRP/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Psicologia 7ª Região - CRPRS CNPJ: 03.230.787/0001-76. Página:1/5

CRP/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Psicologia 7ª Região - CRPRS CNPJ: 03.230.787/0001-76. Página:1/5 Conselho Regional de Psicologia 7ª Região - CRPRS CNPJ: 03.230.787/0001-76 Comparativo da Paga 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 10.218.906,43 571.837,92 3.904.353,83 6.314.552,60 6.2.2.1.1.01

Leia mais

MODELO DO PROJETO DE RESOLUÇÃO. Projeto de Resolução nº /20 Data: de de 20. Autoria:

MODELO DO PROJETO DE RESOLUÇÃO. Projeto de Resolução nº /20 Data: de de 20. Autoria: MODELO DO PROJETO DE RESOLUÇÃO Projeto de Resolução nº /20 Data: de de 20. Autoria: Ementa: Autoriza a Presidência da Câmara Municipal de a filiar-se e firmar convênio com a Uvesp (União de Vereadores

Leia mais

4. MODERNIZAÇÃO E RELACIONAMENTO INSTITUCIONAL

4. MODERNIZAÇÃO E RELACIONAMENTO INSTITUCIONAL Relatório de Atividades - 1 trimestre de 4.1. Planejamento Estratégico 4. MODERNIZAÇÃO E RELACIONAMENTO INSTITUCIONAL A principal atividade relacionada ao Planejamento Estratégico -2016 do TCE/SC no primeiro

Leia mais

CRM/PE. Comparativo da Despesa Liquidada. Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94. Página:1/5

CRM/PE. Comparativo da Despesa Liquidada. Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94. Página:1/5 Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 10.058.608,00 1.802.123,32 1.802.123,32 8.256.484,68 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS

Leia mais

CRM/PE. Comparativo da Despesa Liquidada. Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94. Página:1/5

CRM/PE. Comparativo da Despesa Liquidada. Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94. Página:1/5 Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 10.058.608,00 743.489,20 2.545.612,52 7.512.995,48 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS

Leia mais

Realizar pesquisas de satisfação da comunidade frente aos serviços prestados e torná-las públicas

Realizar pesquisas de satisfação da comunidade frente aos serviços prestados e torná-las públicas PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS FT DE GESTÃO PÚBLICA - "A SANTA MARIA QUE QUEREMOS" Visão: Que em 2020 Santa Maria seja um município que preste Serviços de Qualidade a seus cidadãos, com base

Leia mais

Prefeitura Municipal de São José da Lapa

Prefeitura Municipal de São José da Lapa Estado de Minas Gerais Demostração das Variações Patrimoniais - Anexo 15 - Lei 4.320/64 ENTIDADE: 000 - CONSOLIDADO lilian@sonner.com.br 30-03-2015 13:44:25 400000000 VARIAÇÃO PATRIMONIAL AUMENTATIVA 300000000

Leia mais

COMISSÃO DIRETORA. Praça dos Três Poderes Senado Federal CEP: 70165 900 Brasília DF

COMISSÃO DIRETORA. Praça dos Três Poderes Senado Federal CEP: 70165 900 Brasília DF A estrutura administrativa do Senado Federal está dividida em três áreas que compreendem os órgãos superiores de execução, órgãos de assessoramento superior e órgão supervisionado. Conheça a estrutura

Leia mais

Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10

Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS Secretaria Municipal de Gestão e Controle Departamento de Auditoria Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10 LEI FEDERAL 12.232, DE 29

Leia mais

Edital SEMA/PMT nº 1/2014. Regulamenta o 1º Concurso SERVIDOR INOVADOR.

Edital SEMA/PMT nº 1/2014. Regulamenta o 1º Concurso SERVIDOR INOVADOR. Edital SEMA/PMT nº 1/2014. Regulamenta o 1º Concurso SERVIDOR INOVADOR. A Prefeitura Municipal de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (SEMA), torna público o

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 141, DE 03 DE SETEMBRO DE 2009.

LEI COMPLEMENTAR Nº 141, DE 03 DE SETEMBRO DE 2009. LEI COMPLEMENTAR Nº 141, DE 03 DE SETEMBRO DE 2009. O GOVERNADOR DO ESTADO DE PERNAMBUCO: Dispõe sobre o Modelo Integrado de Gestão do Poder Executivo do Estado de Pernambuco. Faço saber que a Assembléia

Leia mais

Equipe da GCO: 1. Carlos Campana Gerente 2. Maria Helena 3. Sandro 4. Mariana

Equipe da GCO: 1. Carlos Campana Gerente 2. Maria Helena 3. Sandro 4. Mariana Gerência de Comunicação GCO tem por finalidade planejar, organizar, coordenar e controlar as atividades de comunicação e editoriais do Confea. Competências da GCO 1. Organizar e executar projetos editoriais:

Leia mais

Prefeitura Municipal de Vitória Estado do Espírito Santo DECRETO N 12.653

Prefeitura Municipal de Vitória Estado do Espírito Santo DECRETO N 12.653 Prefeitura Municipal de Vitória Estado do Espírito Santo DECRETO N 12.653 Estabelece a forma de organização e regulamenta o funcionamento das unidades administrativas da Secretaria de Trabalho e Geração

Leia mais

3.1. IDENTIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES GOVERNAMENTAIS COM ATUAÇÃO EM 2007:

3.1. IDENTIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES GOVERNAMENTAIS COM ATUAÇÃO EM 2007: 3. GESTÃO DE PROGRAMAS E AÇÕES 3.1. IDENTIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES GOVERNAMENTAIS COM ATUAÇÃO EM 2007: 3.1.1. DESCRIÇÃO DO PROGRAMA, PROJETO/ ATIVIDADE OU AÇÃO ADMINISTRATIVA EM TERMOS DO OBJETIVO

Leia mais

Programa Pernambuco: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher. Termo de Referência. Assessoria à Supervisão Geral Assessor Técnico

Programa Pernambuco: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher. Termo de Referência. Assessoria à Supervisão Geral Assessor Técnico Programa Pernambuco: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher Termo de Referência Assessoria à Supervisão Geral Assessor Técnico No âmbito do Programa Pernambuco Trabalho e Empreendedorismo da Mulher conveniado

Leia mais

ANEXO XI REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE RELAÇÕES DE TRABALHO NO SERVIÇO PÚBLICO CAPÍTULO I CATEGORIA E FINALIDADE

ANEXO XI REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE RELAÇÕES DE TRABALHO NO SERVIÇO PÚBLICO CAPÍTULO I CATEGORIA E FINALIDADE (Portaria GM-MP nº 220, de 25 de junho de 2014 ) ANEXO XI REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE RELAÇÕES DE TRABALHO NO SERVIÇO PÚBLICO CAPÍTULO I CATEGORIA E FINALIDADE Art. 1º A Secretaria de Relações de

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR)

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultor para a elaboração e execução do Projeto Conceitual e do Planejamento

Leia mais

nas técnicas de trabalho desenvolvidas no âmbito do Controle Interno do Poder Executivo, denominadas de auditoria e fiscalização.

nas técnicas de trabalho desenvolvidas no âmbito do Controle Interno do Poder Executivo, denominadas de auditoria e fiscalização. Finalidades e Atividades do Sistema de Controle 1. O Controle visa à avaliação da ação governamental, da gestão dos administradores e da aplicação de recursos públicos por entidades de Direito Privado,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Manual com normas para solicitação de produção e publicação de material informativo jornalístico no site, lista de

Leia mais

PLANO SETORIAL DE DANÇA. DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança

PLANO SETORIAL DE DANÇA. DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança PLANO SETORIAL DE DANÇA DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança MARÇO DE 2009 CAPÍTULO I DO ESTADO FORTALECER A FUNÇÃO DO ESTADO

Leia mais

Nossa Missão, Visão e Valores

Nossa Missão, Visão e Valores Nossa Missão, Visão e Valores Missão Acolher e mobilizar os imigrantes na luta por direitos, cidadania e empoderamento social e político; Combater o trabalho escravo, a xenofobia, o tráfico de pessoas

Leia mais

MENSAGEM DO PRESIDENTE Projetando o nosso futuro

MENSAGEM DO PRESIDENTE Projetando o nosso futuro 2015 MENSAGEM DO PRESIDENTE Projetando o nosso futuro É com grande satisfação que apresentamos a Previsão Orçamentária para o exercício de 2015 do Sindicato dos Corretores de Seguros no Estado de São Paulo

Leia mais

Comparativo da Despesa Empenhada

Comparativo da Despesa Empenhada Conselho Federal de Psicologia CNPJ: 00.393.272/0001-07 Comparativo da Empenhada Período: 01/01/2013 a 31/12/2013 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 23.529.630,47 354.627,97 6.2.2.1.1.01 - CRÉDITO

Leia mais

ANEXO I REGIMENTO INTERNO DO GABINETE DO MINISTRO CAPITULO I CATEGORIA E FINALIDADE

ANEXO I REGIMENTO INTERNO DO GABINETE DO MINISTRO CAPITULO I CATEGORIA E FINALIDADE (Portaria GM-MP nº 220, de 25 de junho de 2014 ) ANEXO I REGIMENTO INTERNO DO GABINETE DO MINISTRO CAPITULO I CATEGORIA E FINALIDADE Art. 1º O Gabinete do Ministro, órgão subordinado diretamente ao Ministro

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE INDAIATUBA

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE INDAIATUBA LEI N.2 5.981 DE 14 DE FEVEREIRO DE 2012. Aut. N 0 VIL P.L. N 03 HZ Publ.: 7/01 /1ç "Dispõe sobre alteração das Leis Municipais n 2 5.655, de 28 de outubro de 2009, que dispõe sobre o Plano Plurianual

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENTANIA Estado do Paraná

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENTANIA Estado do Paraná LEI N 0 511, DE 24 DE SETEMBRO DE 2010 AUTORIZA O EXECUTIVO MUNICIPAL A EFETUAR A ABERTURA DE CREDITO ADICIONAL SUPLEMENTAR NO ORÇAMENTO DO MUNICIPIO DE VENTANIA, PARA O EXERCICIO DE 2010. Faço saber que

Leia mais

Interlegis. Legislativo Moderno e Integrado. Jean Rodrigo Ferri Interlegis - DF

Interlegis. Legislativo Moderno e Integrado. Jean Rodrigo Ferri Interlegis - DF Interlegis Legislativo Moderno e Integrado Jean Rodrigo Ferri Interlegis - DF Agenda Interlegis Pilares Sistemas Comunidades Informação Interlegis Origem do Interlegis Projeto iniciado em 1997 no PRODASEN

Leia mais

Programa 1062 Gestão e Manutenção da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária

Programa 1062 Gestão e Manutenção da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária Ação 2282 Manutenção de Recursos Humanos Função 20 - Agricultura Subfunção 12 - Administração Geral Despesas com a remuneração de pessoal (ativo, civil ou militar) do Estado e encargos sociais, que não

Leia mais

Prefeitura Municipal de Brazópolis D E C R E T A

Prefeitura Municipal de Brazópolis D E C R E T A Página: 00001 ART. 1o. - Ficam abertos Créditos Suplementares as dotações do Orçamento Vigente no Valor de R$ 459.507,79, distribuidos nas seguintes dotações : 01.01.01.01.122.0001.2003 MANUTENÇÃO DA SECRETARIA

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO DE SITE

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO DE SITE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO DE SITE A CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE VICTOR GRAEFF, pessoa jurídica de direito público, inscrita no CNPJ/MF 07.329.693/0001-00, com sede na Avenida

Leia mais