Foi um dia agitado na rotina

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Foi um dia agitado na rotina"

Transcrição

1 p e r f i l NADA DE ERRADO COM O RISO Foi um dia agitado na rotina À FRENTE DO GLOBO ESPORTE emissora], vi que é uma volta ao que do Globo Esporte quando a revista IMPRENSA DE SÃO PAULO desde 2009, conta. Assisti a um vídeo que tinha era o Globo Esporte nos anos 1980, acompanhou a transmissão de uma edição do pro- repórter da Globo. Entrevistou o Só- TIAGO LEIFERT DEU PROVAS o [José Luiz] Datena, quando ele era grama. Além do cotidiano de pautas, DE CAPACIDADE E TALENTO crates, que estava completamente bêbado no Carnaval. Era um negócio que produção e reportagens, a assessoria PESSOAL AO LANÇAR O novo de imprensa da emissora havia preparado uma sessão de fotos para am- MODELO DO PROGRAMA, NO programa e todo mundo dar risada. eu colocaria no ar hoje, para encerrar o pliar o arquivo de imagens de divulgação do programa. Mal subiram os nalismo esportivo com esse toque QUAL ENTRETENIMENTO E Leifert acredita que fazer telejor- créditos no vídeo e dois fotógrafos já JORNALISMO TRABALHAM de entretenimento é um sinal dos estavam a postos, um da IMPRENSA EM EQUILÍBRIO tempos, é cíclico. No passado foi uma e um da assessoria, solicitando ao jornalista marca, perdeu-se, recuperou-se. Mas Tiago Leifert que sorrisse para a essência cobrir concentrações, suas lentes. O apresentador a tudo POR IGOR RIBEIRO* jogos, campeonatos, resultados, políticas suportou impassível e com boa dose de humor. Depois, mais uma sessão junto da equipe que, como Leifert, é bastante jovem e animada. Eles simularam uma formação de time de futebol para foto oficial, o que suscitou EDITOR EXECUTIVO Fotos: pablo de sousa públicas e negociações em di- versas modalidades não se altera. Não mudamos o como fazer, só o modo de entregar, afirma o jornalista que, além de apresentador, também é editor-chefe do GE. diversas brincadeiras. A equipe é jovem, porém experiente e dedicada, defende o apresentador. Foi com o apoio desse time que Leifert fez da edição São Paulo do Globo Esporte (GE) uma referência para o noticiário do gênero. Apostando no espírito de seu editor-chefe e apresentador, o programa fez sucesso pela condução descontraída e pela edição ágil e divertida, além do caráter jornalístico. Leifert, 30 anos, recusa-se a receber todo o crédito pelo formato. Divide, por exemplo, com Tadeu Schmidt, que faz um noticiário da rodada futebolística semelhante no Fantástico. Recorda-se também do passado televisivo do jornalismo esportivo. Pesquisando o Cedoc [arquivo da São muitas as responsabilidades. Depois das fotos, Leifert vai direto para a reunião de pauta, sem pausa para almoço. Além de verificar a produção do programa do dia seguinte, o editor-chefe tem de aprovar pautas, hierarquizar matérias, organizar a cobertura da próxima rodada, discutir as reportagens da outra semana, rever os projetos e especiais em andamento e conversar com os diretores. Leifert diz adorar fazer análise de índices de audiência. Os números são influenciados por milhares de fatores. Às vezes não é o programa que foi ruim, mas estava acontecendo algo no mundo que fez as pessoas pegarem informação em outro lugar, pondera, destacando que a leitura requer muito cuidado 36 i m p r e n s a a b r i l 2010

2 37

3 interpretativo. Ressalva que não é uma obsessão, mas é importante, faz parte do nosso trabalho. O programa vem conquistando bons índices, com média de 11 pontos, atingindo em 24 de março 14 pontos, uma de suas melhores marcas. Segundo Leifert, uma análise cuidadosa dos números revela que o público do GE tem tido muita adesão de mulheres, crianças e adolescentes. Aumentou assustadoramente. Era o que a gente sempre esperava, mas foi mais rápido do que se previu. O apresentador diz que o boleiro clássico ainda está lá, mas pode ter se afastado aquele que se sentiu mais incomodado com as piadas. Mas incluiu mais gente na conversa, que era o que a gente queria, celebra o editor-chefe do Globo Esporte. DRAMA ARGENTINO Leifert volta da reunião de pauta e parece animado para a conversa. É admirável, já que iniciou seu dia na emissora no início da manhã e ainda não parou. São quase 15h e ele educadamente declina da sugestão de pausa para o almoço, para infelicidade da faminta equipe de IMPRENSA. Vem com o inseparável iphone numa mão e uma planilha cheia de números na outra. É proposta orçamentária. Tenho que cuidar disso também, responde, dizendo nas entrelinhas que sua vida não é só contar as piadas de argentino que causaram furor durante as eliminatórias da Copa. Eles contribuem bastante com o repertório, então está ótimo, diz Leifert. De fato, ficou fácil tirar onda com a seleção hermana por conta do sufoco que Maradona passou nas eliminatórias em Após a vitória da seleção brasileira por três a um, em setembro, Leifert saiu-se com essa: Por causa do jogo entre Brasil e Argentina a Glo38 a primeira coisa que eu aprendi foi conceder sempre o beneficio da dúvida. Não acredito em nada, porque sei como foi comigo bo deixou de exibir Zorra Total. Mas não tem nada mais divertido do que ganhar da Argentina. A ironia não se restringe à briga de vizinhos. Os próprios jogadores brasileiros são alvos de riso e grande parte deles parece levar numa boa. Um atleta em especial será sempre lembrado por conta das armações do GE: Val Baiano. Em novembro último, Leifert debochou de um funk que virara hit nos bailes do Rio cujo tema era Petkovic. Disse que faria trabalho muito melhor em homenagem ao então artilheiro do Barueri. A equipe resolveu bancar a brincadeira do chefe, propondo que ele cantasse o Funk do Val Baiano no encerramento do programa seguinte. A música, em que o atacante era superlativamente comparado ao Adriano do Flamengo, fez sucesso. Virou toque de celular, bateu mais de 300 mil visualizações no You Tube e emplacou no trending topics do Twitter no México, para onde Val Baiano se transferiu na temporada seguinte, para jogar pelo Monterrey. Dias depois o Val me ligou propondo: Vamos ganhar dinheiro, gravar um CD! Ele adorou o funk, conta Leifert. Outro jogador que garantiu seu lugar na história graças ao GE é Nei Paraíba. Com seu cabelo exuberante, o atleta natural de Guarabira (PB) chamou a atenção quando passou pelo Oeste de Itápolis, no início de Leifert, em reverência ao perfil grego do atacante, lançou um concurso de beleza com seu nome por meio de votação pela internet, conquistado pelo meia Leo, do Paulista de Jundiaí. Emocionado por batizar o prêmio, Nei visitou os estúdios do GE semanas depois para conversar com Leifert e teve de ser separado por um cordão de isolamento e seguranças de uma horda de fãs enlouquecidas. Hoje, o Deus do Amor, como Nei ficou conhecido no Brasil, joga pelo Sanat Naft e

4 tem estremecido dogmas islâmicos e derretido os corações das recatadas senhoras iranianas. As gravações da edição 2010 do Troféu Nei Paraíba já começaram e, receoso de contar o que não deve, o apresentador adianta somente que os garotos estão dedicados e prometem esforço tanto para levar o caneco estético quanto o ludopédico. Após insistência da reportagem, revela que o prêmio agora exige competição de talentos, como fazem as misses. O jogador que até então havia rendido menos pontos e mais risadas nesse quesito se vangloriava da habilidade em fazer pão-de-queijo, mas na hora do vamos-ver produziu uma gororoba indigerível. Muitas vezes Leifert é o próprio foco da piada. Por decorrência de um pensamento alto parecido com o que gerou o Funk do Val Baiano, o apresentador protagonizou a reconstituição de um pênalti batido por Mano Menezes, quando ainda era atleta amador do Guarani de Venâncio Aires (RS), em Leifert se aproveitou de um áudio da transmissão em rádio da partida e da sua semelhança física com o técnico do Corinthians para fazer as vezes do próprio, cujo gol grantiria o título daquele ano ao time rubronegro. O curioso é que na reconstituição juntamos muita coisa vermelha e preta para montar a torcida e apareceu uma camiseta com Pato escrito nas costas [em alusão ao jogador brasileiro do Milan]. A gente brinca que o cara que estava usando era um visionário, um profeta, brinca Tiago Menezes. Quer dizer, Leifert. O FILHO DO GILBERTO Na verdade, o jornalista não tem parentesco algum com o técnico gaúcho. Seu pai de verdade é Gilberto Leifert, executivo da Globo há muitos anos lá aprendi que não tem nada de errado com entretenimento, nada. Esporte é informação, mas também pode ser divertido para o telespectador e atual diretor de relações com o mercado. Mas o apresentador afirma veementemente que nunca se aproveitou da posição do pai para galgar lugares na TV, ainda que já tenha sofrido grande preconceito por conta disso. Entendo esse estereótipo de filho do diretor. Não sei como eu reagiria se fosse o contrário, reflete Leifert. Mas a primeira coisa que eu aprendi foi conceder sempre o beneficio da dúvida. Acontece muito esse boato aqui: Ah, Fulano virou repórter, deu pra não sei quem... Não acredito em nada, porque sei como foi comigo. Segundo Leifert, o preconceito se dissipou à base de trabalho e mérito. Um teste que considerou brutal, mas lhe ensinou algumas lições. Sempre digo que o fato de eu ser filho de diretor não pode nem me ajudar, nem prejudicar. Ele conta que conhecer a Globo muito bem foi um ponto positivo de ser filho de quem é. Vivia transitando por seus corredores e sabia de cor o funcionamento do organismo global. Mas meu pai nunca, nunca interferiu em nada na minha vida. Só no Desafio ao Galo. Leifert se refere ao começo da carreira. Aos 16 anos fez reportagens sobre a famosa competição entre times de várzea de São Paulo. Gilberto sabia que o filho levava jeito para a coisa. Meu pai conta que quando eu tinha dois anos, ele chegava em casa e eu dava um relatório de Guerra das Malvinas para ele, porque eu assistia aos telejornais, diz. Nelsinho de Arruda, falecido empresário e dono do Desafio ao Galo, deu uma chance ao filho do amigo. No primeiro jogo, em Caieiras, foi só assistir, mas o repórter oficial não apareceu. O produtor chegou para mim, me deu um microfone, me mostrou o on e o off e desejou boa sorte, lembra Leifert. Era um clássico: Vai Quem Quer versus Folha Verde, cujo lateral esquerdo, cognome Funeral, era o 39

5 jovens dedicados leifert com a equipe do ge: novas referências destaque. Para quem anos mais tarde consolidaria o trabalho na base do humor e do improviso, era um início de carreira premonitório. Leifert cursou jornalismo na PUC, mas se arrependeu porque o curso era muito teórico. Na aula de técnicas de reportagem e edição o professor só falava de Cuba e do massacre em Eldorado dos Carajás, diz. Foi estudar nos EUA, onde se encantou com o corpo docente, a infraestrutura e as possibilidades. Foi lá que aprendi que não tem nada de errado com entretenimento, nada. Esporte é informação, mas também pode ser divertido para o telespectador, comenta. Conseguiu um estágio na rede NBC, onde fez candid cameras: mais do que pegadinhas, eram reportagens investigativas com câmera escondida. Às vezes atuava de fato, no papel de isca. Certas matérias eram combinadas com a polícia e numa ocasião ajudou a desbaratinar um charlatão que vendia testes de estúdio para aparecer na TV. O Miami-Dade gostou tanto que brincaram me chamando para trabalhar com eles, lembra, referindo-se à polícia do condado. Dois anos depois, faculdade concluída e com saudades da família, voltou ao Brasil. Conseguiu trabalho na produção da TV Vanguarda, filial da Globo em São José dos Campos (SP), onde também atuou na reportagem. Anos depois foi para a reportagem da SporTV, e em 2006 para o Globo Esporte, onde cobriu Fórmula 1, Panamericano e Olimpíadas de Pequim, além de futebol. No início de 2009 surgiu a oportunidade de criar e apresentar o novo modelo de programa, que há anos vinha amargando baixos pontos de audiência. Muitos colegas viam nele o potencial necessário para a reformulação. É um cara muito inteligente, divertido e fácil de conviver, comenta Maurício Noriega, amigo e ex-colega de SporTV. Esse sucesso dele agora, todos da equipe já sabíamos que ia acontecer. E o Tiago já estava preparado para isso, completa. O começo do novo GE teve problemas técnicos que criaram certa descrença no formato, mas Leifert persistiu. Erros e problemas de produção rarearam, e os poucos que acontecem são ironizados já no ar. Padrão de qualidade é importantíssimo, mas somos falíveis: a máquina quebra mesmo, eu erro mesmo. Se a gente posasse de perfeito o tempo todo, as pessoas não iam achar a menor graça, comenta. Levar na esportiva, sempre, é o lema do programa. BOLA NA CANELA Levar na esportiva é também um método de abstração diante da intensa rotina de Leifert. Num domingo típico, por exemplo, começa a trabalhar depois do almoço assistindo aos pré-jogos. Depois, vê todas as partidas, o Troca de Passes da SporTV e debates de outras emissoras. Revê as coletivas e vai para cama. Entra na segunda-feira às 7h: confere reportagens, edita matérias, grava áudios e repassa roteiro. Deixa tudo pronto para o programa ir ao ar às 12h45. Segue para reunião de pauta e começa tudo de novo. Eu que sou a favor do fim da concentração [para jogadores de futebol], acabo ficando muito concentrado aqui na Globo, lamenta. Suas férias, vencidas há alguns meses, devem ser finalmente aproveitadas a partir da Páscoa, quando pretende viajar ao exterior. Nos momentos de folga joga videogame e curte a namorada, também jornalista. Leifert ainda joga bola, quando dá tempo. Às vezes ele mata a bola de canela, muito sem-querer, e tira um sarro dele mesmo. Finge que dá um drible com a maior naturalidade, como se tivesse planejado aquilo, testemunha Noriega. Quando está no Brasil, vai menos ao estádio do que se imagina. E não revela o time do coração. Tenho medo de apanhar. Acho que os torcedores mais bem resolvidos, que torcem ou não para o mesmo time que eu, não iam ligar se eu falasse. Mas a gente fica sujeito a esse tipo de bandido que é minoria e se diz torcedor de futebol, diz. Também não frequenta por motivo técnico: para trabalhar melhor, prefere ter a visão das câmeras de TV, que serão sua referência no dia seguinte. Ao final da entrevista, ele lembra do próximo programa e verifica seus s. Saca o iphone, do qual não se desgrudou nenhum segundo, e responde a algumas mensagens. Mais algumas fotos depois e Tiago Leifert vai fazer aquilo que milhares de telespectadores faziam enquanto ele apresentava o Globo Esporte, cinco horas atrás: almoçar. *Colaborou Ana Ignacio, da Redação 40 i m p r e n s a a b r i l 2010

por futebol profissional ou amador?

por futebol profissional ou amador? Tabela 3 - Síntese das entrevistas com torcedores I O que é o futebol pra você? Uma paixão. É um esporte que eu pratico, que gosto. O meu time de futebol é a razão do meu viver. Você se interessa mais

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

09/09/2004. Discurso do Presidente da República

09/09/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na solenidade de recepção da delegação brasileira que participou das Olimpíadas de Atenas Palácio do Planalto, 09 de setembro de 2004 Meu caro Grael, Meu querido René Simões,

Leia mais

Crianças e Meios Digitais Móveis TIC KIDS ONLINE NO TEMPO DOS MEIOS MÓVEIS: OLHARES DO BRASIL PARA CRIANÇAS DE 11-12 ANOS

Crianças e Meios Digitais Móveis TIC KIDS ONLINE NO TEMPO DOS MEIOS MÓVEIS: OLHARES DO BRASIL PARA CRIANÇAS DE 11-12 ANOS Crianças e Meios Digitais Móveis Lisboa, 29 de novembro de 2014 TIC KIDS ONLINE NO TEMPO DOS MEIOS MÓVEIS: OLHARES DO BRASIL PARA CRIANÇAS DE 11-12 ANOS Educação para o uso crítico da mídia 1. Contexto

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

BOLA NA CESTA. Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares

BOLA NA CESTA. Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares BOLA NA CESTA Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares 25/04/2012 SINOPSE Essa é a história de Marlon Almeida. Um adolescente que tem um pai envolvido com a criminalidade. Sua salvação está no esporte.

Leia mais

A CRIANÇA NA PUBLICIDADE

A CRIANÇA NA PUBLICIDADE A CRIANÇA NA PUBLICIDADE Entrevista com Fábio Basso Montanari Ele estuda na ECA/USP e deu uma entrevista para e seu grupo de colegas para a disciplina Psicologia da Comunicação, sobre sua história de vida

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates

Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates 1º ano do Ensino Fundamental I O que você gosta de fazer junto com a sua mã e? - Dançar e jogar um jogo de tabuleiro. - Eu gosto de jogar futebol

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

Oficina de Radialismo

Oficina de Radialismo Oficina de Radialismo Projeto de Rádio Escolar Rádio Escolar: Exercícios práticos Vinhetas de Rádio Exemplos: O que são vinhetas? São pequenas gravações que usamos, geralmente, para reforçar uma informação.

Leia mais

Escrito por. Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método GuinorBets

Escrito por. Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método GuinorBets s O 6 s o i cíp Prin Bá s o sic o d o ét M o D r o n s i t u e G B Escrito por Guilherme guinor Cunha Ex-tenista profissional, campeão mundial de poker online FTOPS #35 e criador do método Índice Quem

Leia mais

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS GEÓRGIA BALARDIN (depoimento) 2014 CEME-ESEF-UFRGS FICHA TÉCNICA Projeto: Garimpando

Leia mais

1. Pateo do Collegio conhecia não conhecia não responderam 16 18 0. 1. Pateo do Collegio gostei não gostei não responderam 33 0 1

1. Pateo do Collegio conhecia não conhecia não responderam 16 18 0. 1. Pateo do Collegio gostei não gostei não responderam 33 0 1 1. Pateo do Collegio conhecia conhecia 16 18 0 1. Pateo do Collegio gostei gostei 33 0 1 Pateo do Collegio 3% Pateo do Collegio gostei 0% conhecia 53% conhecia 47% gostei 97% Por quê? Aprendi mais sobre

Leia mais

Dicas para investir em Imóveis

Dicas para investir em Imóveis Dicas para investir em Imóveis Aqui exploraremos dicas de como investir quando investir e porque investir em imóveis. Hoje estamos vivendo numa crise política, alta taxa de desemprego, dólar nas alturas,

Leia mais

Acorda, seu Zé Preguiça, hoje é domingo. Dia do Senhor. A sua mãe tá passando a roupa que você separou ontem, e o seu café já está pronto, só

Acorda, seu Zé Preguiça, hoje é domingo. Dia do Senhor. A sua mãe tá passando a roupa que você separou ontem, e o seu café já está pronto, só Acorda, seu Zé Preguiça, hoje é domingo. Dia do Senhor. A sua mãe tá passando a roupa que você separou ontem, e o seu café já está pronto, só esperando a sua boa vontade. Felipe tentou voltar a dormir,

Leia mais

ÁREAS DE ATUAÇÃO PROGRAMA DE VOLUNTÁRIOS CBRU 2015

ÁREAS DE ATUAÇÃO PROGRAMA DE VOLUNTÁRIOS CBRU 2015 ÁREAS DE ATUAÇÃO PROGRAMA DE VOLUNTÁRIOS CBRU 2015 *Este informativo foi criado em conjunto com pessoas que já atuaram como voluntárias nos eventos da CBRu. Obrigada a todos pela colaboração! VIVA NOVAS

Leia mais

Quem mais torce, incentiva, acompanha e

Quem mais torce, incentiva, acompanha e Capa esporte de pai para filho Edgard Rondina, o filho Felipe e uma paixão em comum: velejar no Lago Paranoá Por Leane Ribeiro Quem mais torce, incentiva, acompanha e muitas vezes até sofre com a carreira

Leia mais

FICHA SOCIAL Nº 136 INFORMANTE

FICHA SOCIAL Nº 136 INFORMANTE FICHA SOCIAL Nº 136 INFORMANTE : P.C. SEXO: Masculino IDADE: 15 anos Faixa I ESCOLARIZAÇÃO: 5 a 8 anos (6ª série) LOCALIDADE: Alto da Penha (Zona Urbana) DOCUMENTADORA: Maria do Socorro Inácio TRANSCRITORA:

Leia mais

MALDITO. de Kelly Furlanetto Soares. Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012.

MALDITO. de Kelly Furlanetto Soares. Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012. MALDITO de Kelly Furlanetto Soares Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012. 1 Em uma praça ao lado de uma universidade está sentado um pai a

Leia mais

A DIVERSIDADE NA ESCOLA

A DIVERSIDADE NA ESCOLA Tema: A ESCOLA APRENDENDO COM AS DIFERENÇAS. A DIVERSIDADE NA ESCOLA Quando entrei numa escola, na 1ª série, aos 6 anos, tinha uma alegria verdadeira com a visão perfeita, não sabia ler nem escrever, mas

Leia mais

Elaboração de pauta para telejornal

Elaboração de pauta para telejornal Elaboração de pauta para telejornal Pauta é a orientação transmitida aos repórteres pelo pauteiro, profissional responsável por pensar de que forma a matéria será abordada no telejornal. No telejornalismo,

Leia mais

Jairo Martins da Silva. FOTOs: divulgação

Jairo Martins da Silva. FOTOs: divulgação Jairo Martins da Silva FOTOs: divulgação E N T R E V I S T A Disseminando qualidade e cultura Superintendente-geral da Fundação Nacional da Qualidade, Jairo Martins da Silva fala sobre o desafio da qualidade

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

Fernandinho, jogador do Shakhtar Donetsk da Ucrânia, de férias em Londrina, concede entrevista exclusiva, em sua visita a Arena Futsal:

Fernandinho, jogador do Shakhtar Donetsk da Ucrânia, de férias em Londrina, concede entrevista exclusiva, em sua visita a Arena Futsal: Fernandinho, jogador do Shakhtar Donetsk da Ucrânia, de férias em Londrina, concede entrevista exclusiva, em sua visita a Arena Futsal: 1) Arena Futsal: Conte um pouco da sua trajetória no futebol, desde

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

Qual o Sentido do Natal?

Qual o Sentido do Natal? Qual o Sentido do Natal? Por Sulamita Ricardo Personagens: José- Maria- Rei1- Rei2- Rei3- Pastor 1- Pastor 2- Pastor 3-1ª Cena Uma música de natal toca Os personagens entram. Primeiro entram José e Maria

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

Alô, alô. www.bibliotecapedrobandeira.com.br

Alô, alô. www.bibliotecapedrobandeira.com.br Alô, alô Quero falar com o Marcelo. Momento. Alô. Quem é? Marcelo. Escuta aqui. Eu só vou falar uma vez. A Adriana é minha. Vê se tira o bico de cima dela. Adriana? Que Adriana? Não se faça de cretino.

Leia mais

1. Em busca do sonho olímpico

1. Em busca do sonho olímpico 1. Em busca do sonho olímpico O Globo Jornal 22/05/2011 Vale (Sustentabilidade) 6 e 7 Página 1 Página 2 Página 3 Página 4 Adolescentes da seleção brasileira de judô sub-17 abrem mão de programas da idade,

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades?

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades? A Estação Pilh@ também traz uma entrevista com Rodrigo Teaser, cover do Michael Jackson reconhecido pela Sony Music. A seguir, você encontra os ingredientes da longa história marcada por grandes shows,

Leia mais

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 1 JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 ENTREGADOR DE CARGAS 32 ANOS DE TRABALHO Transportadora Fácil Idade: 53 anos, nascido em Quixadá, Ceará Esposa: Raimunda Cruz de Castro Filhos: Marcílio, Liana e Luciana Durante

Leia mais

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate )

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate ) 1 Roteiro de Áudio Episódio 1 A língua, a ciência e a produção de efeitos de verdade Programa Hora de Debate. Campanhas de prevenção contra DST: Linguagem em alerta SOM: abertura (Vinheta de abertura do

Leia mais

Memórias do papai MEMÓRIAS DO PAPAI

Memórias do papai MEMÓRIAS DO PAPAI MEMÓRIAS DO PAPAI 1 2 PREFÁCIO 1 - O PESADELO 2 - A MAMADEIRA 3 - O SHORTS 4 - O IMPROVISO 5 - SOLITÁRIO 6 - A TURMA A 7 - PRIMEIRAS IMPRESSÕES 8 - A TABUADA 9 - O MAU JOGADOR 10 - ARREMESSO DE DANONE

Leia mais

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS Desânimo total Acho que minhas forças estão indo abaixo, ando meio desmotivado!!!! Não quero desanimar, mas os fatores externos estão superando minha motivação... cobrança

Leia mais

Leitura e Mediação Pedagógica

Leitura e Mediação Pedagógica Protocolo Colaborador: 12 Leitura e Mediação Pedagógica G. Pesquisador: Rosineide Magalhães de Sousa Corinthians(2) x Palestra(1)#Rosineide\cor_pal.jpg.jpg# Transcrição 80) P: Então Gabriel... eu vou pedir

Leia mais

O PROJETO PORQUE PATROCINAR

O PROJETO PORQUE PATROCINAR PAIXÃO NACIONAL O gosto pelo futebol parece ser uma das poucas unanimidades nacionais do Brasil. As diferenças sociais, políticas e econômicas, tão marcantes no dia a dia do país diluem-se quando a equipe

Leia mais

Há algumas semanas, aconteceu

Há algumas semanas, aconteceu COLUNA Felipe Mojave @FelipeMojave O dia em que DEI UMA DE MESSI Felipe Mojave é um dos principais jogadores brasileiros da atualidade. Faz parte do time de profissionais do Full Tilt. Há algumas semanas,

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

ALEGRIA ALEGRIA:... TATY:...

ALEGRIA ALEGRIA:... TATY:... ALEGRIA PERSONAGENS: Duas amigas entre idades adolescentes. ALEGRIA:... TATY:... Peça infanto-juvenil, em um só ato com quatro personagens sendo as mesmas atrizes, mostrando a vida de duas meninas, no

Leia mais

Você, no entanto, pode nos ajudar!

Você, no entanto, pode nos ajudar! Este livro pode ser adquirido por educação, negócios, vendas ou uso promocional. Embora toda precaução tenha sido tomada na preparação deste livro, o autor não assume nenhuma responsabilidade por erros

Leia mais

- A gente sabe, mas é politicamente interessante malhar o poderoso, a gente faz ser politicamente correto.

- A gente sabe, mas é politicamente interessante malhar o poderoso, a gente faz ser politicamente correto. {jcomments on} O X-9 vazou a notícia, a culpa é dele, mas a mídia ignora e bate no cartola. - Mas a culpa não é da diretoria! - A gente sabe, mas é politicamente interessante malhar o poderoso, a gente

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

Manual prático de criação publicitária. (O dia-a-dia da criação em uma agência)

Manual prático de criação publicitária. (O dia-a-dia da criação em uma agência) Manual prático de criação publicitária (O dia-a-dia da criação em uma agência) MANUAL final2.indd 1 14/3/2006 23:19:58 Flávio Waiteman Manual prático de criação publicitária (O dia-a-dia da criação em

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo 2:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo Amados de Deus, a paz de Jesus... Orei e pensei muito para que Jesus me usasse para poder neste dia iniciar esta pregação com a

Leia mais

Crianças e adolescentes. Lucas 18:15.17

Crianças e adolescentes. Lucas 18:15.17 Crianças e adolescentes Lucas 18:15.17 Quem tem ensinado as nossas crianças? Nós ou Eles? Jogos eletrônicos Os jogos eletrônicos hoje em dia, cada vez mais próximo da realidade, que incitam a violência,

Leia mais

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1

Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Como a comunicação e a educação podem andar de mãos dadas 1 Entrevista com Ricardo de Paiva e Souza. Por Flávia Gomes. 2 Flávia Gomes Você acha importante o uso de meios de comunicação na escola? RICARDO

Leia mais

Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores?

Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores? Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores? Noemi: É a velha história, uma andorinha não faz verão,

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Cristina Soares Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Quando decidi realizar meu processo de coaching, eu estava passando por um momento de busca na minha vida.

Leia mais

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta

MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta MERGULHO de Betina Toledo e Thuany Motta Copyright Betina Toledo e Thuany Motta Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 MERGULHO FADE IN: CENA 1 PRAIA DIA Fotografia de

Leia mais

O PROGRAMA. Colunistas fixos irão falar sobre moda, gastronomia, tecnologia, cinema e estilo.

O PROGRAMA. Colunistas fixos irão falar sobre moda, gastronomia, tecnologia, cinema e estilo. O PROGRAMA Claquete, sua revista eletrônica de entretenimento. Claquete: Sua revista eletrônica de entretenimento. Com seu bom humor e curiosidade característicos, Otávio Mesquita apresenta os bastidores

Leia mais

PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL JANEIRO DE

PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL JANEIRO DE PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL JANEIRO DE 2013 Temos lido e ouvido muitos comentários nos últimos dias sobre o processo de formação de Atletas no Brasil, emitidas

Leia mais

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE.

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE. OS 4 PASSOS PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA HIGHSTAKESLIFESTYLE. Hey :) Gabriel Goffi aqui. Criei esse PDF para você que assistiu e gostou do vídeo ter sempre por perto

Leia mais

Benedicto Silva. Foto 1. Minha mãe e eu, fotografados pelo meu pai (setembro de 1956).

Benedicto Silva. Foto 1. Minha mãe e eu, fotografados pelo meu pai (setembro de 1956). 1. INTRODUÇÃO 1.1. MINHA RELAÇÃO COM A FOTOGRAFIA Meu pai tinha uma câmara fotográfica. Ele não era fotógrafo profissional, apenas gostava de fotografar a família e os amigos (vide Foto 1). Nunca estudou

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br Guia Prático para Encontrar o Seu Propósito de Vida www.vidadvisor.com.br "Onde os seus talentos e as necessidades do mundo se cruzam: aí está a sua vocação". Aristóteles Orientações Este é um documento

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio Chapecó-SC, 23 de junho de 2006 Presidente: É um programa, talvez

Leia mais

30/07/2009. Entrevista do Presidente da República

30/07/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em conjunto com a presidente do Chile, Michelle Bachelet, após encerramento do seminário empresarial Brasil-Chile

Leia mais

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR 20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR Resultados Processo de aprendizagem EXPLORAÇÃO Busco entender como as coisas funcionam e descobrir as relações entre as mesmas. Essa busca por conexões

Leia mais

Para alcançar o Sucesso é preciso que você tenha a plena convicção de que nossos produtos e nossa Oportunidade podem realmente transformar a vida das

Para alcançar o Sucesso é preciso que você tenha a plena convicção de que nossos produtos e nossa Oportunidade podem realmente transformar a vida das Querida Estrela do Bem, Aqui estão alguns Passos para aplicarmos no dia a dia São passos diários para o sucesso do seu negócio MK. Faça o Plano das 100 CARITAS em 4 semanas com todas as Consultoras de

Leia mais

O mar de Copacabana estava estranhamente calmo, ao contrário

O mar de Copacabana estava estranhamente calmo, ao contrário epílogo O mar de Copacabana estava estranhamente calmo, ao contrário do rebuliço que batia em seu peito. Quase um ano havia se passado. O verão começava novamente hoje, ao pôr do sol, mas Line sabia que,

Leia mais

O Grande Dia. Patrícia Engel Secco. Ilustrado por Daniel Kondo. "O homem deve criar as oportunidades e não somente encontrá-las.

O Grande Dia. Patrícia Engel Secco. Ilustrado por Daniel Kondo. O homem deve criar as oportunidades e não somente encontrá-las. Patrícia Engel Secco "O homem deve criar as oportunidades e não somente encontrá-las." Francis Bacon O Grande Dia Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto. ISBN 85-7694-007-8 Ilustrado por

Leia mais

Atividade: Reflexão sobre Bullying e Uso consciente da internet

Atividade: Reflexão sobre Bullying e Uso consciente da internet Educação Infantil - Ensino Fundamental - Ensino Médio Atividade: Reflexão sobre Bullying e Uso consciente da internet Público: Sextos anos Data: 25/5/2012 Após a realização do Provão, nossos alunos do

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Estórias de Iracema. Maria Helena Magalhães. Ilustrações de Veridiana Magalhães

Estórias de Iracema. Maria Helena Magalhães. Ilustrações de Veridiana Magalhães Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães 2 Era domingo e o céu estava mais azul que o azul mais azul que se pode imaginar. O sol de maio deixava o dia ainda mais bonito

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Para início de conversa 9. Família, a Cia. Ltda. 13. Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35. Cardápio de lembranças 53

Para início de conversa 9. Família, a Cia. Ltda. 13. Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35. Cardápio de lembranças 53 Rio de Janeiro Sumário Para início de conversa 9 Família, a Cia. Ltda. 13 Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35 Cardápio de lembranças 53 O que o homem não vê, a mulher sente 75 Relacionamentos: as Cias.

Leia mais

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe?

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Trecho do romance Caleidoscópio Capítulo cinco. 05 de novembro de 2012. - Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Caçulinha olha para mim e precisa fazer muita força para isso,

Leia mais

Homens. Inteligentes. Manifesto

Homens. Inteligentes. Manifesto Homens. Inteligentes. Manifesto Ser homem antigamente era algo muito simples. Você aprendia duas coisas desde cedo: lutar para se defender e caçar para se alimentar. Quem fazia isso muito bem, se dava

Leia mais

Projeto dia dos Pais 2015 Comemoração dia 15/08/15

Projeto dia dos Pais 2015 Comemoração dia 15/08/15 Projeto dia dos Pais 2015 Comemoração dia 15/08/15 Objetivo:Promover a interação entre pais e filhos, de maneira divertida, prazerosa e colaborativa, dentro do contexto escolar de convivência e socialização.

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Abril2014

Atividades Pedagógicas. Abril2014 Atividades Pedagógicas Abril2014 III A JOGOS DIVERTIDOS Fizemos dois campeonatos com a Turma da Fazenda, o primeiro com o seguinte trajeto: as crianças precisavam pegar água em um ponto e levar até o outro,

Leia mais

12 TIPOS 1ª versão DIFERENTES 2ª versão

12 TIPOS 1ª versão DIFERENTES 2ª versão Após afastar-se das quadras Oscar passou a se dedicar em transmitir ao povo brasileiro sua experiência de 32 anos dentro das quadras, onde defendeu por 20 anos a Seleção Brasileira de Basquetebol. Trabalhando

Leia mais

Revista OBSERVATORIUM (R.O): Conte-nos um pouco sobre sua formação acadêmica até sua chegada à Universidade Federal de Uberlândia.

Revista OBSERVATORIUM (R.O): Conte-nos um pouco sobre sua formação acadêmica até sua chegada à Universidade Federal de Uberlândia. Experiências de uma vida dedicada à Geografia e ao meio ambiente - Marlene Teresinha de Muno Colesanti Instituto de Geografia da Revista OBSERVATORIUM (R.O): Conte-nos um pouco sobre sua formação acadêmica

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 22

Transcrição de Entrevista n º 22 Transcrição de Entrevista n º 22 E Entrevistador E22 Entrevistado 22 Sexo Masculino Idade 50 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica E - Acredita que a educação de uma criança é diferente perante

Leia mais

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º 18. DICAS PARA A PRÁTICA Orientação para o trabalho A- Conhecimento de si mesmo Sugestão: Informativo de Orientação Vocacional Aluno Prezado Aluno O objetivo deste questionário é levantar informações para

Leia mais

ENTRE FRALDAS E CADERNOS

ENTRE FRALDAS E CADERNOS ENTRE FRALDAS E CADERNOS Entre Fraldas e Cadernos Proposta metodológica: Bem TV Educação e Comunicação Coordenação do projeto: Márcia Correa e Castro Consultoria Técnica: Cláudia Regina Ribeiro Assistente

Leia mais

Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1

Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1 Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1 Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 2 ISSO ESTÁ ME GERANDO R$7.278,05 - R$10.588,38 POR SEMANA E VOCÊ PODE FAZER

Leia mais

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance Sobre o autor: Meu nome é Rodrigo Marroni. Sou apaixonado por empreendedorismo e vivo desta forma há quase 5 anos. Há mais de 9 anos já possuía negócios paralelos ao meu trabalho e há um pouco mais de

Leia mais

Cozinha: um prato cheio para a ciência

Cozinha: um prato cheio para a ciência Cozinha: um prato cheio para a ciência Brincar com a ciência é o único jeito de fazer divulgação científica, defende o biólogo, jornalista e divulgador argentino Diego Golombek. Desde 2003, ele vem brincando

Leia mais

Pág. 1. Painel Descrição Diálogo

Pág. 1. Painel Descrição Diálogo Mico Leão Dourado Pág. 1 1.1 (PG) Visão geral da árvore onde Chico mora, com os barracos nos galhos, a pequena comunidade na base, com o campinho onde as crianças jogam futebol. Todos estão assistindo

Leia mais

EMTI JARDIM NOVO MUNDO Goiânia, 14 de junho de 2013 Tabulação do questionário Assembleia do Estudantes

EMTI JARDIM NOVO MUNDO Goiânia, 14 de junho de 2013 Tabulação do questionário Assembleia do Estudantes EMTI JARDIM NOVO MUNDO Goiânia, 14 de junho de 2013 Tabulação do questionário Assembleia do Estudantes Sim (32) Não (00) Sim (12) Nulo (20) 01 Está gostando das aulas? Estão atendendo suas expectativas?

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

produtos que antes só circulavam na Grande Florianópolis, agora são vistos em todo o Estado e em alguns municípios do Paraná.

produtos que antes só circulavam na Grande Florianópolis, agora são vistos em todo o Estado e em alguns municípios do Paraná. SABOR, TRADIÇÃO E PUREZA Uma marca conhecida por sua tradicionalidade, reconhecimento no mercado e sabor irresistível, a empresa Bebidas Leonardo Sell, completa 106 anos em 2011 sendo a primeira empresa

Leia mais

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO.

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. Roteiro de Telenovela Brasileira Central de Produção CAPÍTULO 007 O BEM OU O MAL? Uma novela de MHS. PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. AGENOR ALBERTO FERNANDO GABRIELE JORGE MARIA CLARA MARIA CAMILLA MARÍLIA

Leia mais

GINCANA MATEMÁTICA, UM JEITO NOVO DE APRENDER MATEMÁTICA!

GINCANA MATEMÁTICA, UM JEITO NOVO DE APRENDER MATEMÁTICA! ISSN 2177-9139 GINCANA MATEMÁTICA, UM JEITO NOVO DE APRENDER MATEMÁTICA! Thaís Eduarda Ávila da Silveira thaisuab3@gmail.com Universidade Federal de Pelotas, Pólo Sapucaia do Sul, 92990-000 Sapucaia do

Leia mais

O Torneio Gol de Letra

O Torneio Gol de Letra O Torneio Gol de Letra Um evento que promove uma disputa amistosa entre empresas comprometidas com a responsabilidade social Todos os recursos revertidos para a Fundação Gol de Letra 20 empresas participantes

Leia mais

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede

PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO. Fome e Sede PERDOAR E PEDIR PERDÃO, UM GRANDE DESAFIO HISTÓRIA BÍBLICA: Mateus 18:23-34 Nesta lição, as crianças vão ouvir a Parábola do Servo Que Não Perdoou. Certo rei reuniu todas as pessoas que lhe deviam dinheiro.

Leia mais

Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2. Exercícios Semana 4. 1) Complete os diálogos usando o tempo verbal mais adequado:

Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2. Exercícios Semana 4. 1) Complete os diálogos usando o tempo verbal mais adequado: Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2 Exercícios Semana 4 Revisão Tempos verbais: 1) Complete os diálogos usando o tempo verbal mais adequado: 1 2 2) Revisão verbos SABER, PODER e QUERER: 3)

Leia mais

Vivendo e aprendendo em família

Vivendo e aprendendo em família Vivendo e aprendendo em família VERSÍCULO BÍBLICO Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado

Leia mais

Aprenda a Tirar Vantagem da 2º Maior Ferramenta de Buscas do Mundo!

Aprenda a Tirar Vantagem da 2º Maior Ferramenta de Buscas do Mundo! Aprenda a Tirar Vantagem da 2º Maior Ferramenta de Buscas do Mundo! Usar o Youtube profissionalmente é o upgrade que o seu negócio precisa para alavancar e obter muito mais vendas, contatos e visitas!

Leia mais