O Conselho da Europa é uma organização internacional com 47 países membros. O seu trabalho afecta a vida de 150 milhões de crianças e jovens.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Conselho da Europa é uma organização internacional com 47 países membros. O seu trabalho afecta a vida de 150 milhões de crianças e jovens."

Transcrição

1 Os Serviços de Saúde Amigos das Crianças Crianças e Jovens: digam-nos o que pensam! O Conselho da Europa é uma organização internacional com 47 países membros. O seu trabalho afecta a vida de 150 milhões de crianças e jovens. O Conselho da Europa gostaria que os países membros melhorassem os serviços de saúde para as crianças. As tuas ideias são muito importantes para os países conseguirem fazer com que os serviços de saúde sejam mas amigos das crianças. Este questionário foi escrito para que um grupo de profissionais do Conselho da Europa possa perceber o que é que tu entendes por serviço de saúde amigo da criança. As regras Seria muito útil se pudesses completar este questionário antes do dia 3 de Junho de As tuas opiniões não serão partilhadas com mais ninguém. O Conselho da Europa vai garantir que as respostas recebidas sejam analisadas de tal maneira que ninguém do grupo de profissionais saberá quais são as tuas respostas. Não tens de responder a todas as questões. Responde às que pensas que se aplicam a ti e com as quais te sentes confortáveis. Não tens de responder às perguntas sozinho. Se preferires pedir ajuda a um amigo ou a um adulto, podes fazê-lo. Se alguma das perguntas faz com que fiques aborrecido, por favor conta a um adulto de confiança porque é que estás aborrecido. Se quiseres enviar-nos a tua opinião de maneira diferente (por exemplo através de um desenho, fotografia ou outro modo) podes fazê-lo por ou por correio até ao dia 3 de Junho de Os contactos são: ; Morada: Health Division, A6.47.C, Council of Europe/Conl de l Europe, Agora Building, 1 quai Jacoutot, F Strasbour Cedex França. Carrega aqui se quiseres receber mais informações sobre os teus direitos humanos, antes de preencheres o questionário.

2 INFORMAÇÕES SOBRE TI 1. Em que país é que vives? 2. Quantos anos tens? Menos de 10 / / / És Rapaz / Rapariga 4. Tens alguma condição que limite a tua vida no dia-a-dia? Sim / Não 5. Quanto é que dirias que és feliz? (Escala de 1-10, em que 1 = muito infeliz e 10 = muito feliz) AS TUAS CONSULTAS 6. Quantas vezes é que consultaste as seguintes pessoas no último ano: 1. Médico (a) 1-3 vezes 4 6 vezes 7 10 vezes Mais 2. Enfermeiro (a) 1-3 vezes 4 6 vezes 7 10 vezes Mais 3. Dentista 1-3 vezes 4 6 vezes 7 10 vezes Mais 4. Terapeuta 1-3 vezes 4 6 vezes 7 10 vezes Mais (por exemplo, fisioterapeuta, terapeuta da fala, terapeuta ocupacional) 5. Psicólogo (a)/ Psiquiatra ou outro apoio à saúde mental 1-3 vezes 4 6 vezes 7 10 vezes Mais 6. Outra pessoa (escreve qual) 1-3 vezes 4 6 vezes 7 10 vezes Mais 7. Quem é que costuma ir contigo às consultas? Pais / Outro Familiar Amigo (a) Ninguém Outro A TUA EXPERIÊNCIA Por favor responde às seguintes perguntas sobre a tua última consulta: 8. Foste consultado por quem (escolhe um)? Médico (a) Dentista Hospital Terapeuta Psicólogo (a) Outro

3 9. Quanto tempo é que demoraste a chegar à tua consulta? Não muito (até 30m) Algum tempo (30 60m) Muito tempo (mais de 1 hora) 10. Quanto tempo é que esperaste? Nenhum tempo, fui logo visto Pouco tempo, fui visto em poucos minutos Algum tempo, tive de esperar mas não muito tempo Muito tempo, tive de esperar muito tempo 11. A sala de espera era um espaço agradável? Sim / Não 12. Como é que te sentiste enquanto estavas à espera? Feliz Triste Relaxado (a) Nervoso (a) Com dor Aborrecido (a) 13. Na tua consulta: 1. Ficaste sozinho com a pessoa que te consultou? Sim / Não / Não 2. Deram-te a informação que querias? Sim / Não / Não 3. Percebeste a informação? Sim / Não / Não 4. Tiveste oportunidade de fazer perguntas? Sim / Não / Não 5. Sentiste-te respeitado? Sim / Não / Não 14. O (a) Médico (a) / Enfermeiro (a) / Terapeuta / Dentista falou directamente contigo? Sim / Não / Não 15. Percebeste o que é que ele/ela te disse? Tudo / Quase tudo / Algumas coisas / Nada 16. Quando a consulta terminou, percebeste o que é que iria acontecer a seguir? Sim / Não / Não tenho a certeza 17. Para ti, quanto são importantes os seguintes aspectos? (Escala de 1-10, em que 1 = não muito importante e 10 = muito importante) 1. Estar acompanhado por um dos pais/familiar 2. Saber o nome do médico(a) / enfermeiro (a) / terapeuta 3. Explicarem-te o tratamento com antecedência / estar preparado

4 4. Perceber o que é que o médico (a) está a dizer 5. Poder fazer perguntas 6. Ser ouvido (a) 7. Não ter medo 8. Não me sentir apressado 9. Não sentir dor 10. Outro (explica-nos o quê ) 18. Sentiste que a consulta foi muito comprida ou muito curta? Comprida / Curta A TUA EXPERIÊNCIA NO HOSPITAL Por favor, responde às seguintes questões, caso tenhas estado no hospital no último ano. Se não foi o caso, passa para a questão Quantas vezes foste internado (a) no hospital no último ano? 1 vez 2-3 vezes Mais do que 3 vezes 20. Quanto é que durou a tua estadia no hospital? 1 noite 2 3 noites 4 6 noites 7 10 noites Mais tempo 21. Ficaste num hospital para crianças? Sim / Não / Não 22. Se não, ficaste num departamento para crianças? Sim / Não / Não 23. Partilhaste o quarto com outra criança / rapaz / rapariga? Sim / Não / Não 24. O teu quarto era agradável? Sim / Não / Não 25. A tua cama era confortável? Sim / Não / Não 26. Os teus pais / familiares ficaram contigo durante a noite? Sim / Não / Não 27. Se não, gostarias que um dos teus pais / familiar tivesse ficado contigo? Sim / Não / Não 28. Os teus pais / familiar estiveram contigo quando ti fizeram o tratamento? Sim / Não / Não 29. Se não, gostarias que um dos teus pais / familiar tivesse ficado contigo? Sim / Não / Não 30. Viste algum (a) professor (a) enquanto estiveste no hospital? Sim / Não / Não 31. Tinhas as tuas coisas contigo? Sim / Não / Não

5 32. Havia coisas para um jovem da tua idade fazer? Sim / Não / Não 33. Havia espaço suficiente à volta da tua cama? Sim / Não / Não 34. Podias: Ir à rua? Ir para um quarto silencioso? Ir onde quisesses? 35. Gostaste da comida? Sim / Não / Não 36. Sentiste-te seguro (a) quando estiveste no hospital? Sim / Não / Não SATISFAÇÃO 37. Depois de ter estado no hospital ou consultado o (a) médico (a) / enfermeiro (a) / terapeuta, alguém te fez perguntas sobre a tua experiência? Sim / Não / Não 38. Se foste consultado por várias pessoas sobre a tua saúde, achas que elas trabalham bem em conjunto? (Escala de 1-10, em que 1 = mau e 10 = muito bom) 39. O que é que gostarias de mudar? 1. Os médicos / enfermeiros / terapeutas deviam ser mais simpáticos Sim / Não / Não 2. Os médicos / enfermeiros / terapeutas deviam falar mais com as crianças Sim / Não / Não 3. Os médicos / enfermeiros / terapeutas deviam ouvir mais com as crianças Sim / Não / Não 4. As crianças deviam receber sempre informações sobre o que lhes vai acontecer Sim / Não / Não 5. Gostarias de dar a tua opinião sobre mais alguma coisa? POLÍTICAS DE SAÚDE 40. Gostarias de poder dar a tua opinião sobre as políticas de saúde para crianças na tua área de residência? Sim / Não / Não 41. Como é que gostarias de dar a tua opinião? Com outras crianças, na escola Com uma pessoa, cara a cara Através da Internet Indirectamente (os meus pais poderiam dar a tua opinião por ti)

6 42. Diz-nos se achas que as seguintes frases são Verdadeiras ou Falsas: 1. As crianças têm o direito à informação sobre a sua saúde e o que é que lhes vai acontecer Verdadeiro / Falso / Não 2. Os médicos / enfermeiros /dentistas devias pedir a opinião às crianças Verdadeiro / Falso / Não 3. Os hospitais e centros de saúde deveriam ser sempre agradáveis Verdadeiro / Falso / Não 4. As pessoas que são responsáveis pelos hospitais e centros de saúde deveriam perguntar às crianças o que é que elas pensam Verdadeiro / Falso / Não FINALMENTE 43. Há mais alguma coisa que nos gostarias de dizer? 44. O que é que achaste deste questionário (escolhe quantas quiseres)? Difícil de perceber Fácil de perceber Mais ou menos Demasiado comprido Não muito comprido 45. Gostaria de ter conversar com alguém sobre a tua saúde em vez de preencher o questionário? Sim / Não / Não MUITO OBRIGADO POR TERES PREENCHIDO O QUESTIONÁRIO!

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN)

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Instituto Superior Técnico Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Núcleo de Engenharia Biológica Em primeiro lugar, a direcção do NEB gostaria de deixar claro que a resposta de forma

Leia mais

[Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo]

[Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo] [Visionamento das fotos] [Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo] E- Então o que é que achaste das fotos? E7- Boas. Tá fixe. E- Faz-te lembrar coisas boas ou más? E7-

Leia mais

A Tua Frase Poderosa. Coaches Com Clientes: Carisma. Joana Areias e José Fonseca WWW.COACHESCOMCLIENTES.COM

A Tua Frase Poderosa. Coaches Com Clientes: Carisma. Joana Areias e José Fonseca WWW.COACHESCOMCLIENTES.COM A Tua Frase Poderosa Coaches Com Clientes: Carisma Joana Areias e José Fonseca WWW.COACHESCOMCLIENTES.COM Introdução Neste pequeno texto pretendo partilhar contigo onde os coaches falham ao apresentarem-se

Leia mais

Sinopse I. Idosos Institucionalizados

Sinopse I. Idosos Institucionalizados II 1 Indicadores Entrevistados Sinopse I. Idosos Institucionalizados Privação Até agora temos vivido, a partir de agora não sei Inclui médico, enfermeiro, e tudo o que for preciso de higiene somos nós

Leia mais

Destralhar sem dramas

Destralhar sem dramas Destralhar sem dramas Mafalda Santos Zenida Olá! Sou a Mafalda, do blogue It's (not) so simple! Em primeiro lugar, obrigada pelo teu interesse no meu blogue e neste pequeno guia prático de como destralhar

Leia mais

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero!

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! As pessoas com dificuldades de aprendizagem têm o poder para escolher os seus serviços de apoio. Este folheto está escrito em linguagem fácil. O que é um consumidor?

Leia mais

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos.

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos. Entrevista A2 1. Onde iniciaste o teu percurso na vida associativa? R.: Em Viana, convidaram-me para fazer parte do grupo de teatro, faltava uma pessoa para integrar o elenco. Mas em que associação? Na

Leia mais

Grande Lisboa 1. Amadora 2.Cascais 3.Lisboa 4.Loures 5.Mafra 6.Odivelas 7.Oeiras 8.Sintra 9. Vila F. Xira 10. Queluz 11.

Grande Lisboa 1. Amadora 2.Cascais 3.Lisboa 4.Loures 5.Mafra 6.Odivelas 7.Oeiras 8.Sintra 9. Vila F. Xira 10. Queluz 11. Nº: Com este questionário pretendemos ficar a conhecer-te um bocadinho melhor: os teus gostos, as tuas preferências, e recolher a tua opinião sobre alguns aspetos do teu CED. Podes responder de forma sincera

Leia mais

Coragem, Solidariedade, Confiança, Justiça.

Coragem, Solidariedade, Confiança, Justiça. Valores: Coragem, Solidariedade, Confiança, Justiça. Competências -chave: Saber reagir a atentados à integridade física ou psicológica; Saber medir consequências de um segredo; Ser capaz de confiar e pedir

Leia mais

Navegar NA NET SEM PROBLEMAS

Navegar NA NET SEM PROBLEMAS r Navegar NA NET a SEM PROBLEMAS rr r rrr r rr r REDES SOCIAIS Atualmente a Internet faz parte das nossas vidas e todos utilizamos ou conhecemos alguém que utiliza uma ou várias Redes Sociais, que são

Leia mais

1º Domingo de Julho Conexão Kids -05/07/2015

1º Domingo de Julho Conexão Kids -05/07/2015 1º Domingo de Julho Conexão Kids -05/07/2015 Sinalizar o Amor de Deus através da obediência e do respeito! Objetivo: Mostrar a importância de respeitar as regras e obedecer aos pais e responsáveis. Reforçar

Leia mais

Tudo tem um tempo. Uma hora para nascer e uma hora para morrer.

Tudo tem um tempo. Uma hora para nascer e uma hora para morrer. CAPITULO 3 Ele não é o Homem que eu pensei que era. Ele é como é. Não se julga um Homem pela sua aparência.. Tudo tem um tempo. Uma hora para nascer e uma hora para morrer. Eu costumava saber como encontrar

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Levantamento do Impacto Plataforma de Beijing no desenvolvimento da rapariga

Levantamento do Impacto Plataforma de Beijing no desenvolvimento da rapariga Levantamento do Impacto Plataforma de Beijing no desenvolvimento da rapariga Há 20 anos atrás, no mês de Setembro, as Nações Unidas realizaram a Quarta Conferência sobre a Mulher em Beijing, China. Neste

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

MALDITO. de Kelly Furlanetto Soares. Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012.

MALDITO. de Kelly Furlanetto Soares. Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012. MALDITO de Kelly Furlanetto Soares Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012. 1 Em uma praça ao lado de uma universidade está sentado um pai a

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

A HISTÓRIA DE UM SOBREVIVENTE

A HISTÓRIA DE UM SOBREVIVENTE A HISTÓRIA DE UM SOBREVIVENTE Lisboa 2014 A HISTÓRIA DE UM SOBREVIVENTE O MEU PAI SANGRA HISTÓRIA E AQUI COMEÇARAM OS MEUS PROBLEMAS Tradução de JOANA NEVES Fui visitar o meu pai a Rego Park. Há muito

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

Guia de Campanha. A marca Nº1

Guia de Campanha. A marca Nº1 Guia de Campanha A marca Nº1 de colorações na Europa! ÍNDICE 1 - INTRODUÇÃO À CAMPANHA 1.1 - Como funciona a campanha? 1.2 - Nesta campanha queremos... 2 - SCHWARZKOPF PALETTE 3 - A CAMPANHA 3.1 - Fase

Leia mais

1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015

1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015 1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015 JESUS ESTÁ COMIGO QUANDO SOU DESAFIADO A CRESCER! OBJETIVO - Saber que sempre que são desafiados a crescer ou assumir responsabilidades, Jesus está com

Leia mais

Santos Anjos, intercedam por nós e ajudai-nos a acolher em nosso coração a vontade de Deus.

Santos Anjos, intercedam por nós e ajudai-nos a acolher em nosso coração a vontade de Deus. Novena - final 4º DIA Com os anjos do Senhor Oração de fé contando com os Anjos do Senhor: Pai Bom e misericordioso, Vós que em muitas ocasiões vos valeis dos Santos Anjos para dar-nos a conhecer vossa

Leia mais

Texto: Zainab Aziz Redacção: Andrea Schmidt/Christine Harjes/Guy Degen Tradução: Maria Kremer

Texto: Zainab Aziz Redacção: Andrea Schmidt/Christine Harjes/Guy Degen Tradução: Maria Kremer LEARNING BY EAR - Aprender de Ouvido As Jovens 7º Episódio Violência doméstica Texto: Zainab Aziz Redacção: Andrea Schmidt/Christine Harjes/Guy Degen Tradução: Maria Kremer Personagens: [Characters] Ancora:

Leia mais

Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a

Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a CENTRO DE PSICOLOGIA APLICADA DO EXÉRCITO NÚCLEO DE APOIO PSICOLÓGICO E INTERVENÇÃO NA CRISE Edição - Julho 2014

Leia mais

1- Nem sempre os alunos da tua turma se portam bem na aula de Ciências da Natureza. Porque razão isso acontece?

1- Nem sempre os alunos da tua turma se portam bem na aula de Ciências da Natureza. Porque razão isso acontece? 1.7.2. Regra de reconhecimento e de realização Questionários aos alunos do 2º Ciclo do Ensino Básico (2001) QUESTIONÁRIO AOS ALUNOS Escola Ano Turma Sexo F M Data / / Este questionário tem por objectivo

Leia mais

A.C. Ilustrações jordana germano

A.C. Ilustrações jordana germano A.C. Ilustrações jordana germano 2013, O autor 2013, Instituto Elo Projeto gráfico, capa, ilustração e diagramação: Jordana Germano C736 Quero-porque-quero!! Autor: Alexandre Compart. Belo Horizonte: Instituto

Leia mais

PROVA ERASMUS DA LINGUA PORTUGUESA 25 DE ABRIL DE 2014 25 DE ABRIL DE 2014

PROVA ERASMUS DA LINGUA PORTUGUESA 25 DE ABRIL DE 2014 25 DE ABRIL DE 2014 PROVA ERASMUS DA LINGUA PORTUGUESA 25 DE ABRIL DE 2014 Nome completo: 25 DE ABRIL DE 2014 PARTE 1: Compreensão da leitura e expressão escrita 1. Leia o seguinte texto e responda com verdadeiro ou falso

Leia mais

QUESTIONÁRIO UNIVERSIDADE DO MINHO INSTITUTO DE ESTUDOS DA CRIANÇA MESTRADO EM ESTUDOS DA CRIANÇA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DO MEIO AMBIENTE

QUESTIONÁRIO UNIVERSIDADE DO MINHO INSTITUTO DE ESTUDOS DA CRIANÇA MESTRADO EM ESTUDOS DA CRIANÇA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DO MEIO AMBIENTE QUESTIONÁRIO UNIVERSIDADE DO MINHO INSTITUTO DE ESTUDOS DA CRIANÇA MESTRADO EM ESTUDOS DA CRIANÇA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DO MEIO AMBIENTE INVESTIGADORA: ISABEL ALVES ESTEVES ORIENTADORA: DOUTORA ZÉLIA ANASTÁCIO

Leia mais

1 Narcóticos Anónimos (Texto Básico, página 17).

1 Narcóticos Anónimos (Texto Básico, página 17). Serei um adicto? Tradução de literatura aprovada pela Irmandade de NA. Copyright 1994 by Narcotics Anonymous World Services, Inc. Todos os direitos reservados. Só tu podes responder a esta pergunta. Isto

Leia mais

PREGAÇÃO DO DIA 08 DE MARÇO DE 2014 TEMA: JESUS LANÇA SEU OLHAR SOBRE NÓS PASSAGEM BASE: LUCAS 22:61-62

PREGAÇÃO DO DIA 08 DE MARÇO DE 2014 TEMA: JESUS LANÇA SEU OLHAR SOBRE NÓS PASSAGEM BASE: LUCAS 22:61-62 PREGAÇÃO DO DIA 08 DE MARÇO DE 2014 TEMA: JESUS LANÇA SEU OLHAR SOBRE NÓS PASSAGEM BASE: LUCAS 22:61-62 E, virando- se o Senhor, olhou para Pedro, e Pedro lembrou- se da palavra do Senhor, como lhe havia

Leia mais

Casa Templária, 9 de novembro de 2011.

Casa Templária, 9 de novembro de 2011. Casa Templária, 9 de novembro de 2011. Mais uma vez estava observando os passarinhos e todos os animais que estão ao redor da Servidora. Aqui onde estou agora é a montanha, não poderia ser outro lugar.

Leia mais

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN)

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Instituto Superior Técnico Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Núcleo de Engenharia Biológica Em primeiro lugar, a direcção do NEB gostaria de deixar claro que a resposta de forma

Leia mais

4ª - Sim, já instalei o programa em casa e tudo. Vou fazer muitas músicas e gravar-me a cantar nelas também.

4ª - Sim, já instalei o programa em casa e tudo. Vou fazer muitas músicas e gravar-me a cantar nelas também. Entrevistas: Por escrito: A_5: 1ª - É fazer uma música sozinha, como eu gosto, com a ajuda do computador. Abrimos a Ableton Live, criamos as faixas que precisamos, escolhemos a forma e como é que cada

Leia mais

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor.

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor. Capítulo 2 Ela representa um desafio. O simbolismo existe nas imagens coloridas. As pessoas apaixonam-se e desapaixonam-se. Vão onde os corações se abrem. É previsível. Mereces um lugar no meu baloiço.

Leia mais

Material Didáctico O Rapaz de Bronze A comissão organizadora da Festa das Flores

Material Didáctico O Rapaz de Bronze A comissão organizadora da Festa das Flores O Rapaz de Bronze A comissão organizadora da Festa das Flores NARRADOR No jardim mágico do Rapaz de bronze, à noite, as flores ganham vida, conversam, brincam, saltam como as pessoas. Este jardim era dividido

Leia mais

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo 2:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo Amados de Deus, a paz de Jesus... Orei e pensei muito para que Jesus me usasse para poder neste dia iniciar esta pregação com a

Leia mais

EU Kids Online II (31/3/2010) 9-10 ANOS

EU Kids Online II (31/3/2010) 9-10 ANOS OPIAR Nº DA FOLHA DE ONTATO RESUMO ÓDIGO PAÍS 1 8 Nº PONTO DE AMOSTRAGEM Nº DA MORADA NOME E Nº ENTREVISTADOR MORADA: ÓDIGO REGIÃO ÓDIGO POSTAL NÚMERO DE TELEFONE EU Kids Online II (31/3/2010) 9-10 ANOS

Leia mais

Sou Helena Maria Ferreira de Morais Gusmão, Cliente NOS C827261492, Contribuinte Nr.102 297 878 e venho reclamar o seguinte:

Sou Helena Maria Ferreira de Morais Gusmão, Cliente NOS C827261492, Contribuinte Nr.102 297 878 e venho reclamar o seguinte: Exmos. Senhores. Sou Helena Maria Ferreira de Morais Gusmão, Cliente NOS C827261492, Contribuinte Nr.102 297 878 e venho reclamar o seguinte: Sou cliente desde a época da TVTel nunca, até hoje, mudei de

Leia mais

Dia + Contigo 2015. Porque a TUA SAÚDE MENTAL importa! Estamos CONTIGO!

Dia + Contigo 2015. Porque a TUA SAÚDE MENTAL importa! Estamos CONTIGO! Dia + Contigo 2015 Porque a TUA SAÚDE MENTAL importa! Estamos CONTIGO! A Saúde Mental é um estado de bem-estar emocional e psicológico, mediante o qual o indivíduo é capaz de fazer uso das suas capacidades

Leia mais

36. DÚVIDAS NA ESCOLHA DE UMA NOVA RESIDÊNCIA. DECIDIR É DIFÍCIL. UMA LUTA DA CONVENIÊNCIA COM O CORAÇÃO

36. DÚVIDAS NA ESCOLHA DE UMA NOVA RESIDÊNCIA. DECIDIR É DIFÍCIL. UMA LUTA DA CONVENIÊNCIA COM O CORAÇÃO 36. DÚVIDAS NA ESCOLHA DE UMA NOVA RESIDÊNCIA. DECIDIR É DIFÍCIL. UMA LUTA DA CONVENIÊNCIA COM O CORAÇÃO AQUI TEM UM FATO INUSITADO. QUE PASSA DESPERCEBIDO PELA MAIORIA DAS PESSOAS, NÃO TREINADAS NA ARTE

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM RECUPERAÇÃO DE IMAGEM Quero que saibam que os dias que se seguiram não foram fáceis para mim. Porém, quando tornei a sair consciente, expus ao professor tudo o que estava acontecendo comigo, e como eu

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

Três Marias Teatro. Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter

Três Marias Teatro. Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter Distribuição digital, não-comercial. 1 Três Marias Teatro Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter O uso comercial desta obra está sujeito a direitos autorais. Verifique com os detentores dos direitos da

Leia mais

A PREENCHER PELO ALUNO

A PREENCHER PELO ALUNO Prova Final do 1.º e do 2.º Ciclos do Ensino Básico PLNM (A2) Prova 43 63/2.ª Fase/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura

Leia mais

Categorias Subcategorias Unidades de registo. Situação. Sai da escola e ia para casa da minha mãe (F1) Experiência de assalto

Categorias Subcategorias Unidades de registo. Situação. Sai da escola e ia para casa da minha mãe (F1) Experiência de assalto Categorias Subcategorias Unidades de registo Experiência de assalto Situação Sai da escola e ia para casa da minha mãe (F1) Estava a ir para a escola (F2) Estava a sair da escola e quando cheguei à porta

Leia mais

Quando for grande... QUERO SER PAI!

Quando for grande... QUERO SER PAI! Quando for grande... QUERO SER PAI! Ficha Técnica Autora Susana Teles Margarido Título Quando for grande...quero SER PAI! Ilustrações Joana Dias Paginação/Design Ana do Rego Oliveira Revisão Brites Araújo

Leia mais

European Family Empowerment. Questionário Adolescentes

European Family Empowerment. Questionário Adolescentes European Family Empowerment Questionário Adolescentes CÓDIGO DE ANONIMATO As tuas respostas serão CONFIDENCIAIS e NÃO SERÃO MOSTRADAS a mais ninguém. Como este projecto se focaliza no estudo das famílias,

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Deutsche Welle Learning By Ear Aprender de Ouvido Empregos 07: Desemprego

Deutsche Welle Learning By Ear Aprender de Ouvido Empregos 07: Desemprego Deutsche Welle Learning By Ear Aprender de Ouvido Empregos 07: Desemprego Texto: Emmanuel Rushingabigwi Redacção: Sandrine Blanchard Tradução: Madalena Sampaio 1 Voz para Intro e Outro (Voz 1) Nádia Issufo

Leia mais

Areias 19 de Janeiro de 2005. Querida Mãezita

Areias 19 de Janeiro de 2005. Querida Mãezita Areias 19 de Janeiro de 2005 Querida Mãezita Escrevo-te esta carta para te dizer o quanto gosto de ti. Sem ti, eu não teria nascido, sem ti eu não seria ninguém. Mãe, adoro- -te. Tu és muito importante

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria,

Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria, O Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria, preocupada, pois nunca tinha visto o primo assim tão mal

Leia mais

O PASTOR AMOROSO. Alberto Caeiro. Fernando Pessoa

O PASTOR AMOROSO. Alberto Caeiro. Fernando Pessoa O PASTOR AMOROSO Alberto Caeiro Fernando Pessoa Este texto foi digitado por Eduardo Lopes de Oliveira e Silva, no Rio de Janeiro, em maio de 2006. Manteve-se a ortografia vigente em Portugal. 2 SUMÁRIO

Leia mais

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses?

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses? Transcrição da entrevista: Informante: nº15 Célula: 5 Data da gravação: Agosto de 2009 Geração: 2ª Idade: 35 Sexo: Masculino Tempo de gravação: 10.24 minutos INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por

Leia mais

Rui-Rádio. e a sua luta contra as células más

Rui-Rádio. e a sua luta contra as células más Rui-Rádio e a sua luta contra as células más Rui-Rádio e a sua luta contra as células más Texto original holandês: Radio-Robin en zijn gevecht tegen de slechte kankercellen Texto e ideia: Estudantes de

Leia mais

1.1 - Como funciona a campanha? 1.2 - Nesta campanha queremos...

1.1 - Como funciona a campanha? 1.2 - Nesta campanha queremos... Guia de Campanha ÍNDICE 1 - INTRODUÇÃO À CAMPANHA 1.1 - Como funciona a campanha? 1.2 - Nesta campanha queremos... 2 - APENAS QUATRO PASSOS PARA REALIZAR UM TESTE 3 - A CAMPANHA 3.1 - Fase 1 - Oferta e

Leia mais

Projecto de Desenvolvimento Escolar Comenius Acção Comenius 1 - Parcerias entre escolas

Projecto de Desenvolvimento Escolar Comenius Acção Comenius 1 - Parcerias entre escolas Projecto de Desenvolvimento Escolar Comenius Acção Comenius 1 - Parcerias entre escolas Avaliação: um passo determinante para a implementação da qualidade no ensino O objectivo deste projecto é a compreensão

Leia mais

Actividade: Criar um e-mail e trocar mensagens

Actividade: Criar um e-mail e trocar mensagens Apêndice 7 A Nota Explicativa Actividade: Criar um e-mail e trocar mensagens A aplicação desta actividade pretende dotar os alunos de competências básicas relacionadas com a utilização do e-mail como uma

Leia mais

juditealvespinheiro@gmail.com Doutoranda em Estudos Interdisciplinares de Género Universidade de Salamanca

juditealvespinheiro@gmail.com Doutoranda em Estudos Interdisciplinares de Género Universidade de Salamanca juditealvespinheiro@gmail.com Doutoranda em Estudos Interdisciplinares de Género Universidade de Salamanca Linguagem, Arte e Mudança Social na Violência de Género Minando as Desigualdades, Construindo

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS BRASÍLIA ECHARDT VIEIRA (CENTRO DE ATIVIDADES COMUNITÁRIAS DE SÃO JOÃO DE MERITI - CAC). Resumo Na Baixada Fluminense, uma professora que não está atuando no magistério,

Leia mais

Vai ao encontro! de quem mais precisa!

Vai ao encontro! de quem mais precisa! Vai ao encontro! 2ª feira, 05 de outubro: Dos mais pobres Bom dia meus amigos Este mês vamos tentar perceber como podemos ajudar os outros. Vocês já ouviram falar das muitas pessoas que estão a fugir dos

Leia mais

Sagrada Família de Jesus, Maria e José Natal

Sagrada Família de Jesus, Maria e José Natal Sagrada Família de Jesus, Maria e José Natal 1ª Leitura Eclo 3,3-7.14-17a (gr.2-6.12-14) Leitura do Livro do Eclesiástico 3,3-7.14-17a (gr.2-6.12-14) 3Deus honra o pai nos filhos e confirma, sobre eles,

Leia mais

Juniores aluno 7. Querido aluno,

Juniores aluno 7. Querido aluno, Querido aluno, Por acaso você já se perguntou algumas destas questões: Por que lemos a Bíblia? Suas histórias são mesmo verdadeiras? Quem criou o mundo? E o homem? Quem é o Espírito Santo? Por que precisamos

Leia mais

6 Estimular a Criatividade

6 Estimular a Criatividade OZARFAXINARS N.2 DEZEMBRO 2005 121 6 Estimular a Criatividade Como aspecto menos valorizado pela Escola, a criatividade pode estimular novas formas de o jovem se relacionar com o mundo, desenvolvendo atitudes

Leia mais

DANIEL EM BABILÔNIA Lição 69. 1. Objetivos: Ensinar que devemos cuidar de nossos corpos e recusar coisas que podem prejudicar nossos corpos

DANIEL EM BABILÔNIA Lição 69. 1. Objetivos: Ensinar que devemos cuidar de nossos corpos e recusar coisas que podem prejudicar nossos corpos DANIEL EM BABILÔNIA Lição 69 1 1. Objetivos: Ensinar que devemos cuidar de nossos corpos e recusar coisas que podem prejudicar nossos corpos 2. Lição Bíblica: Daniel 1-2 (Base bíblica para a história e

Leia mais

RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

RESOLUÇÃO DE CONFLITOS RESOLUÇÃO DE CONFLITOS Todas as relações interpessoais implicam duas pessoas distintas e únicas, pelo que é natural que possam ocorrer situações em que não se está de acordo, em que se têm opiniões e pontos

Leia mais

Conferência Crianças e Meios Digitais Móveis em Portugal

Conferência Crianças e Meios Digitais Móveis em Portugal Conferência Crianças e Meios Digitais Móveis em Portugal Painel 1 Meios móveis de acesso à internet: O contexto português Cristina Ponte Co-funded by the European Union Estrutura da apresentação o Locais

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 24

Transcrição de Entrevista n º 24 Transcrição de Entrevista n º 24 E Entrevistador E24 Entrevistado 24 Sexo Feminino Idade 47 anos Área de Formação Engenharia Sistemas Decisionais E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

É a pior forma de despotismo: Eu não te faço mal, mas, se quisesse, fazia

É a pior forma de despotismo: Eu não te faço mal, mas, se quisesse, fazia Entrevista a Carlos Amaral Dias É a pior forma de despotismo: Eu não te faço mal, mas, se quisesse, fazia Andreia Sanches 04/05/2014 O politicamente correcto implica pensar que a praxe é uma coisa horrível.

Leia mais

Como criar um Utilizador no Windows

Como criar um Utilizador no Windows 2013-05-08 11:00:17 Olá, como estás? Hoje vamos falar de um assunto que te vai ajudar a organizar o teu computador, assim como o dos teus pais, se o utilizares para as tuas aventuras informáticas. Muitas

Leia mais

www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria

www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria 2 www.aciportugal.org 11 ORAÇÃO FINAL Senhor Jesus Cristo, hoje sentimos a Tua paixão por cada um de nós e pelo mundo. O

Leia mais

R I T A FERRO RODRIGUES

R I T A FERRO RODRIGUES E N T R E V I S T A A R I T A FERRO RODRIGUES O talento e a vontade de surpreender em cada projecto deixou-me confiante no meu sexto sentido, que viu nela uma das pivôs mais simpáticas da SIC NOTÍCIAS.

Leia mais

PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO. Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima

PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO. Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima PRIOR VELHO 12-05-2007 Cântico de Entrada: 1. A treze de Maio, na Cova da Iria, apareceu brilhando a Virgem Maria. Ave,

Leia mais

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé MÚSICAS Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé Hino da Praznik Do Fá Gosto de aqui estar Sol Do E contigo brincar E ao fim vou arranjar

Leia mais

Amy : Se crianças desescolarizadas não vão a escola, então, como elas aprendem?

Amy : Se crianças desescolarizadas não vão a escola, então, como elas aprendem? Unschooling Life Podcast #2 Por que desescolarizar? Amy : Se crianças desescolarizadas não vão a escola, então, como elas aprendem? Eu fui em busca de pais que desescolarizam seus filhos para fazer essa

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe!

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! *MELHOR MÃE DO MUNDO Coaching para Mães Disponíveis, www.emotionalcoaching.pt 1 Nota da Autora Olá, Coaching

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

A última relação sexual

A última relação sexual PARTE G QUESTIONÁRIO AUTO-PREENCHIDO (V1 - M) As próximas perguntas são sobre a sua vida sexual. É muito importante que responda, pois só assim poderemos ter informação sobre os hábitos sexuais da população

Leia mais

Gabinete de Apoio ao Aluno e à Comunidade Educativa (GACE)

Gabinete de Apoio ao Aluno e à Comunidade Educativa (GACE) Núcleos de Estudo Caderno de Apoio Núcleos de Estudo 1 Podes dizer-me, por favor, que caminho devo seguir para sair daqui? [perguntou a Alice] Isso depende muito de para onde é que queres ir disse o Gato.

Leia mais

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo Era uma vez a família Rebolo, muito simpática e feliz que vivia na Amadora. Essa família era constituída por quatro pessoas, os pais Miguel e Natália e os seus dois filhos Diana e Nuno. Estávamos nas férias

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BS) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BS) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BS) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

Músicos, Ministros de Cura e Libertação

Músicos, Ministros de Cura e Libertação Músicos, Ministros de Cura e Libertação João Paulo Rodrigues Ferreira Introdução Caros irmãos e irmãs; escrevo para vocês não somente para passar instruções, mas também partilhar um pouco da minha experiência

Leia mais

Eu tenho direitos, tu tens direitos, ele/ela tem direitos...

Eu tenho direitos, tu tens direitos, ele/ela tem direitos... Eu tenho direitos, tu tens direitos, ele/ela tem direitos... Uma introdução aos direitos da criança Todas as pessoas têm direitos. Se fores um rapaz ou uma rapariga com menos de 18 anos, tens também certos

Leia mais

Três Regras de Segurança nas Parcerias de Focusing. Por Ann Weiser Cornell

Três Regras de Segurança nas Parcerias de Focusing. Por Ann Weiser Cornell Três Regras de Segurança nas Parcerias de Focusing Por Ann Weiser Cornell Adaptado de um artigo de Ann Weiser Cornell da newsletter The Focusing Connection, Janeiro de 2000. Traduzido e adaptado por João

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

FRASES RITUALÍSTICAS REFLEXÃO DE NOITE ORDEM E PLENITUDE

FRASES RITUALÍSTICAS REFLEXÃO DE NOITE ORDEM E PLENITUDE FRASES RITUALÍSTICAS REFLEXÃO DE NOITE ORDEM E PLENITUDE A ordem é a maneira Em que o diferente funciona junto. Dali que a variedade e a plenitude são próprios. Intercambia, une os dispersos. E o reúne

Leia mais

1. No último ano, alguém fez uso da força para te tirar algo (roubar) que tu transportavas ou vestias?

1. No último ano, alguém fez uso da força para te tirar algo (roubar) que tu transportavas ou vestias? Questionário de Vitimação Juvenil Versão curta, Formato retrospectivo para Jovens (Magalhães, 2008; Adaptado de Hamby, Finkelhor, Ormrod & Turner, 2004) De seguida serão apresentadas algumas questões acerca

Leia mais

Departamento de Especulações.indd 11 03/07/15 16:43

Departamento de Especulações.indd 11 03/07/15 16:43 1 Os antílopes têm uma visão dez vezes melhor do que a nossa, disseste me. Foi no início ou quase. O que significa que numa noite clara eles conseguem ver os anéis de Saturno. Ainda passariam alguns meses

Leia mais

Recados do Espírito. Quem receber um destes meninos em meu nome é a mim que recebe. (Mc 9, 36-37)

Recados do Espírito. Quem receber um destes meninos em meu nome é a mim que recebe. (Mc 9, 36-37) Recados do Espírito Quem receber um destes meninos em meu nome é a mim que recebe. (Mc 9, 36-37) Que a vossa fé e a vossa esperança estejam postas em Deus (1 Pe 1,21) Descarrega sobre o Senhor os teus

Leia mais

COMO PASSAR DE UMA IDEIA A UM PROJETO

COMO PASSAR DE UMA IDEIA A UM PROJETO COMO PASSAR DE UMA IDEIA A UM PROJETO TUTORIAL DE APOIO A IDEIA É O INÍCIO DO PERCURSO, E NÃO O FIM. AGORA QUE JÁ PARTILHASTE IDEIAS COM O TÉCNICO DO PROJETO E/OU COM OUTROS COLEGAS COM QUEM CRIASTE ATÉ

Leia mais

FEED FORWARD #31 SETEMBRO 2014. Coaching, a arte secreta de convidar a Felicidade

FEED FORWARD #31 SETEMBRO 2014. Coaching, a arte secreta de convidar a Felicidade WWW.MINDCOACH.PT FEED FORWARD Coaching, a arte secreta de convidar a Felicidade #31 SETEMBRO 2014 Alexandra Lemos Executive Coach International Coach Trainer da ICC para Portugal MAFALDA FERREIRA TERAPEUTA

Leia mais

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade Nova de Lisboa

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade Nova de Lisboa Este questionário contém perguntas sobre as tuas experiências e tipo de aprendizagem na disciplina de Ciências Naturais. Não há respostas correctas nem erradas, apenas as que correspondem à forma como

Leia mais

COMO TER TEMPO PARA COMEÇAR MINHA TRANSIÇÃO DE CARREIRA?

COMO TER TEMPO PARA COMEÇAR MINHA TRANSIÇÃO DE CARREIRA? COMO TER TEMPO PARA COMEÇAR MINHA TRANSIÇÃO DE CARREIRA? Um guia de exercícios para você organizar sua vida atual e começar a construir sua vida dos sonhos Existem muitas pessoas que gostariam de fazer

Leia mais