Simulador de Casa Bancária - SCB

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Simulador de Casa Bancária - SCB"

Transcrição

1 Versão: 1.1 Identificador do documento: 03 Data: 11/12/2013

2 HISTÓRICO DE REVISÕES Versão 1.0 Data 02/12/ /12/2013 Autor Ana Luíza Cruvinel Ana Luíza Cruvinel Maikon Franczak Murillo Victor Lemos Luiz Guilherme Mendes Descrição Versão inicial Versão Final Página 2 de 11

3 ÍNDICE ÍNDICE DE FIGURAS...4 ÍNDICE DE TABELAS INTRODUÇÃO PROPÓSITO PÚBLICO ALVO ESCOPO REFERÊNCIAS REQUISITOS E REGRAS DE NEGÓCIO REQUISITOS REGRAS DE NEGÓCIO MODELAGEM DOS CASOS DE USO DIAGRAMA ATOR CASOS DE USO CSU001 Cadastrar Cliente CSU002 Simular Empréstimos MODELAGEM DAS CLASSES DE DOMÍNIO CLASSES DE DOMÍNIO CD001 - SCB MODELAGEM DE ATIVIDADES DIAGRAMA DE ATIVIDADES DA001 Cadastrar Cliente DA002 Simular Empréstimos Página 3 de 11

4 ÍNDICE DE FIGURAS FIGURA 1: DIAGRAMA DE CASO DE USO DO SCB...8 FIGURA 2: DIAGRAMA DAS CLASSES DO SCB FIGURA 3: DIAGRAMA DE ATIVIDADE - CADASTRAR CADASTRO FIGURA 4: DIAGRAMA DE ATIVIDADES - SIMULAR EMPRÉSTIMO Página 4 de 11

5 Índice de Tabelas TABELA 1: REQUISITOS...7 TABELA 2: REGRAS DE NEGÓCIO...7 Página 5 de 11

6 1. Introdução 1.1. Propósito Este documento especifica os aspectos arquiteturais do sistema do projeto, fornecendo aos desenvolvedores as informações necessárias para a construção do sistema Público Alvo Este documento se destina aos engenheiros de software e testadores Escopo Este documento descreve os requisitos, casos de uso, classes de domínio e diagrama de atividades do Simulador de Casa Bancária SCB Referências [1] Capítulos 01 a 10. Localização: BEZERRA, Eduardo. Princípios de análise e projeto de sistemas com UML. Rio de Janeiro: Elsevier, ª Reimpressão. Página 6 de 11

7 2. Requisitos e Regras de Negócio Nesta seção enumeramos todas as regras de negócio e requisitos identificados durante a fase de levantamento de requisitos Requisitos Apresenta os requisitos identificados durante a fase de análise. Identificação Tipo Descrição R1 Funcional O sistema deve permitir o cadastro do cliente (nome, CPF, tipo de cliente e idade). R2 Funcional O sistema deve realizar o cálculo da margem consignável do salário líquido (30% - trinta por cento). R3 Funcional O sistema deve realizar o cálculo do valor ainda disponível dentro da margem consignável, de forma que o valor da prestação seja igual ou inferior aos 30% calculados no R2. R4 Funcional O sistema deve simular o empréstimo informando as possibilidades de tabela financeiras e prazos. Tabela 1: Requisitos 2.2. Regras de negócio Apresenta a lista de regras de negócio identificadas durante o ciclo de vida do sistema. Identificação RN001 RN002 RN003 RN004 Descrição O valor das prestações de empréstimos, já realizados pelo cliente, deve ser descontado da margem consignável. O valor da prestação do empréstimo não pode ultrapassar a margem consignável (30% do salário líquido). Para o cálculo dos empréstimos, só podem ser utilizadas as tabelas financeiras PRICE e SAC. Os prazos possíveis de empréstimo são 24, 36, 48 e 72 meses. Tabela 2: Regras de negócio Página 7 de 11

8 3. Modelagem dos Casos de Uso Nesta seção enumeramos os casos de uso relacionados aos requisitos levantados Diagrama Figura 1: Diagrama de Caso de Uso do SCB 3.2. Ator Atendente: indivíduo que trabalha na Casa Bancária e realiza o atendimento ao cliente Casos de Uso CSU001 Cadastrar Cliente Descrição: Atendente realiza o cadastro do cliente no sistema. Ator Primário: Atendente Pré-condições: O Atendente estar acessando o sistema. Pós-condições: O cliente teve seus dados inseridos no sistema. Fluxo principal 1. O atendente solicita realizar o cadastro do cliente. 2. O sistema abre a tela de cadastro com os itens: nome, CPF, idade e tipo de cliente. 3. O atendente informa os dados solicitados e solicita que o sistema grave as informações. 4. O sistema envia os dados para o BD, informa que os dados foram gravados com sucesso e o caso de uso termina. Página 8 de 11

9 CSU002 Simular Empréstimos Descrição: O atendente realiza a simulação de empréstimos disponíveis para o cliente. Ator Primário: Atendente Pré-condições: O Atendente estar acessando o sistema. Pós-condições: O cliente foi informado se possui margem consignável disponível e os empréstimos disponíveis. Fluxo principal 1. O atendente informa o CPF do cliente. 2. O sistema informa os dados do cliente (nome, CPF, tipo de cliente e idade). 3. O atendente informa o valor das parcelas de empréstimos já existentes, valor do salário líquido, valor solicitado, a taxa, a tabela (Price ou SAC) e o prazo. 4. O sistema informa os valores possíveis de acordo com os dados informados pelo atendente 5. O caso de uso é encerrado. Fluxo de exceção (4): Cliente sem margem consignável a. Se o cliente não tiver margem consignável (MC < valor da prestação) o sistema informa que não existe margem consignável disponível e encerra o caso de uso. Regras de Negócio: RN001, RN002, RN003, RN004. Página 9 de 11

10 4. Modelagem das Classes de Domínio Nesta seção enumeramos as classes de domínio relacionadas aos casos de uso apresentados Classes de Domínio CD001 - SCB Descrição: Visão das classes de domínio do Simulador de Casa Bancária-SCB. Figura 2: Diagrama das Classes do SCB Página 10 de 11

11 5. Modelagem de Atividades Nesta seção enumeramos algumas classes de domínio relacionadas aos casos de uso apresentados Diagrama de Atividades DA001 Cadastrar Cliente Descrição: Visão das atividades da realização de cadastro. Figura 3: Diagrama de Atividade - Cadastrar Cadastro DA002 Simular Empréstimos Descrição: Visão das atividades da simulação de empréstimos. Figura 4: Diagrama de Atividades - Simular Empréstimo Página 11 de 11

SSB Sistema de simulação bancária. Versão: 1.0 Data: 26/05/2014 Identificador do documento: 001

SSB Sistema de simulação bancária. Versão: 1.0 Data: 26/05/2014 Identificador do documento: 001 SSB Sistema de simulação bancária. Versão: 1.0 Data: 26/05/2014 Identificador do documento: 001 Histórico de revisões Versão Data Autor Descrição Localização 1.0 26/05/2014 Fernando Henrique José Rodrigue

Leia mais

Simulador de Financiamento. Versão: 1.0 Data: 26/05/14 Identificador do documento: SF

Simulador de Financiamento. Versão: 1.0 Data: 26/05/14 Identificador do documento: SF Versão: 1.0 Data: 26/05/14 Identificador do documento: SF Histórico de revisões Versão Data Autor Descrição Localização (XX.YY) (DD/MMM/YYYY) 1.0 26/05/14 Misael, Documento de Goiânia GO Sandro, Almeida

Leia mais

E-Commerce Master. Versão: 1.0 Data: 05/06/2013 Identificador do documento: EM

E-Commerce Master. Versão: 1.0 Data: 05/06/2013 Identificador do documento: EM E-Commerce Master Versão: 1.0 Data: 05/06/2013 Identificador do documento: EM Histórico de revisões Versão Data Autor Descrição Localização 1.0 05/06/2013 Thyago Ferreira 1.0 05/06/2013 Vilmar de Sousa

Leia mais

Simulador de Pagamento

Simulador de Pagamento Simulador de Pagamento Versão: VS01 Data: 10/03/13 Identificador do documento: Wytor, Náthilla, Pedro Náthilla 1 Histo rico de reviso es Versão Data Autor Descrição Localização VS01 05/006/2013 Wytor Náthilla

Leia mais

DIAGRAMA DE CASO DE USO

DIAGRAMA DE CASO DE USO Simulador de uma casa bancária: que faz empréstimo para aposentados, pensionistas e funcionários públicos. Onde deve-se calcular a margem de consignação, o valor das parcelas de cada empréstimo e o valor

Leia mais

Banco Omega. Versão: 1.0 Data: 26/05/14 Identificador do documento: (BO)

Banco Omega. Versão: 1.0 Data: 26/05/14 Identificador do documento: (BO) Banco Omega Versão: 1.0 Data: 26/05/14 Identificador do documento: (BO) Histórico de revisões Versão Data Autor Descrição Localização (XX.YY) (DD/MMM/YYYY) 1.0 26/05/14 Kaysmier, Simulador de Goiânia -

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO

ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO CASO DE USO: INCLUIR CLIENTE Sumário: este caso de uso se inicia quando o usuário precisa incluir um cliente no sistema. Atores: Atendente Pré-condições: Documentação do

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA - BA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA - BA Áreas Envolvidas: Área Responsável Negócio Gerência Geral Comercial Ricardo Silva Roteiro Operacional Promotora Gerência Regional Comercial Ricardo Silva Versão: 01/13 Gerência Comercial Comercial Itana

Leia mais

Simular de Financiamento

Simular de Financiamento Simular de Financiamento Versão: PI001 1. Objetivo deste documento Este documento tem como objetivo autorizar formalmente o início de um projeto e contém informações necessárias para o entendimento do

Leia mais

Especificação Técnica. Sistema: Automação Bancária Caso de Uso: Simular Empréstimo Bancário

Especificação Técnica. Sistema: Automação Bancária Caso de Uso: Simular Empréstimo Bancário Especificação Técnica Sistema: Automação Bancária Caso de Uso: Simular Empréstimo Bancário 1 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 10/01/2008 1.0 Criação da primeira versão da especificação

Leia mais

InfoMix Tecnologia. SYSFARM Sistema de Gerenciamento de Farmácias. Especificação de Caso de Uso UC - 0001 - Efetuar Vendas. Versão 1.

InfoMix Tecnologia. SYSFARM Sistema de Gerenciamento de Farmácias. Especificação de Caso de Uso UC - 0001 - Efetuar Vendas. Versão 1. SYSFARM Sistema de Gerenciamento de Farmácias Especificação de Caso de Uso UC - 0001 - Efetuar Vendas Versão 1.0 Histórico de Revisão Data 23/10/2 009 Vers Descrição Autor ão 1.0 Versão inicial do documento

Leia mais

Especificação de Caso de Uso

Especificação de Caso de Uso Versão: 1.1 Especificação de Caso de Uso UCCITES04 Versão: 1.1 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 03/09/2008 0.1 Criação do documento. Ana Ornelas 09/09/2008 0.2 Atualização gerais no documento.

Leia mais

Curso de Licenciatura em Informática

Curso de Licenciatura em Informática Curso de Licenciatura em Informática Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas Professor: Rafael Vargas Mesquita EXERCÍCIOS SOBRE MODELAGEM DE CASOS DE USO Exercício 1: construa um Diagrama de Casos de

Leia mais

Especificação de Caso de Uso

Especificação de Caso de Uso Versão: 1.1 Especificação de Caso de Uso UCCITES015 Versão: 1.1 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 27/08/2008 0.1 Criação do documento. Ana Ornelas 02/09/2008 0.2 Atualização de alguns termos

Leia mais

MODELAGEM DE CASOS DE USO PARA UM SISTEMA DE CLÍNICA VETERINÁRIA

MODELAGEM DE CASOS DE USO PARA UM SISTEMA DE CLÍNICA VETERINÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE TECNOLOGIA FACULDADE DE ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO ADAM DREYTON FERREIRA DOS SANTOS CARLOS ROGÉRIO CAMPOS ANSELMO FELIPE BATISTA CABRAL FRANK GOMES DE AZEVEDO NAGIB

Leia mais

Regulamento de Empréstimo

Regulamento de Empréstimo Regulamento $ de Empréstimo Para participantes do Plano Complementar de Benefícios Previdenciais - Plano BD $ Fundação de Previdência dos Empregados da CEB Regulamento aprovado pelo Conselho Deliberativo

Leia mais

Especificação de Caso de Uso

Especificação de Caso de Uso Versão: 1.1 Especificação de Caso de Uso UCCITES017 Versão: 1.1 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 29/10/2008 0.1 Criação do documento. Ana Ornelas 29/10/2008 1.0 Revisão e versionamento

Leia mais

Histórico da Revisão. Data Versão Descrição Autor

Histórico da Revisão. Data Versão Descrição Autor Sistema de Gerenciamento de Loja - SIGEL Documento de Visão Versão 1.0.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 13/01/2011 0.1 Versão preliminar do levantamento de requisitos funcionais e não

Leia mais

CAGEPREV - REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS

CAGEPREV - REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS 1 - OBJETIVO CAGEPREV - REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS 1.1 Estabelecer normas para concessão de empréstimos aos participantes ativos e assistidos. 2 - QUALIFICAÇÃO PARA O EMPRÉSTIMO 2.1 Ser

Leia mais

A Linguagem de Modelagem Unificada (UML)

A Linguagem de Modelagem Unificada (UML) Aécio Costa A Linguagem de Modelagem Unificada (UML) Percebeu-se a necessidade de um padrão para a modelagem de sistemas, que fosse aceito e utilizado amplamente. Surge a UML (Unified Modeling Language)

Leia mais

InfoMix Tecnologia. Soluções em Tecnologia da Informação

InfoMix Tecnologia. Soluções em Tecnologia da Informação SYSFARM Sistema de Gerenciamento de Farmácias Documento Caso de uso UC 0003 Manter Produto Versão 2. Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 18/09/2009 1.0 Confecção do documento Sandro 20/09/2009

Leia mais

Fundação COELCE de Seguridade Social - FAELCE

Fundação COELCE de Seguridade Social - FAELCE Fundação COELCE de Seguridade Social - FAELCE MANUAL DO PREVSYSTEM WEB Índice Objetivo... 2 Iniciando... 2 Menu de Opções... 3 Opção Participantes... 3 Opção Benefícios... 4 Opção Empréstimos... 4 Opção

Leia mais

Documentação de visão: Sistema de Controle de ponto eletrônico para empresas. Documentados por: Halison Miguel e Edvan Pontes

Documentação de visão: Sistema de Controle de ponto eletrônico para empresas. Documentados por: Halison Miguel e Edvan Pontes Documentação de visão: Sistema de Controle de ponto eletrônico para empresas Documentados por: Halison Miguel e Edvan Pontes Versão do documento: 1.4 Data de atualização: 04 de Fevereiro de 2012 Histórico

Leia mais

Especificação de Caso de Uso

Especificação de Caso de Uso Versão: 1.1 Especificação de Caso de Uso UCCITES03 Versão: 1.1 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 06/10/2008 0.1 Criação do documento. Soraya Silva 08/10/2008 0.2 Ajuste na formatação do

Leia mais

NORMA PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTES (Aprovada pela Deliberação n 005/2012, de 29 de março de 2012)

NORMA PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTES (Aprovada pela Deliberação n 005/2012, de 29 de março de 2012) NORMA PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTES (Aprovada pela Deliberação n 005/2012, de 29 de março de 2012) 1. DA FINALIDADE A presente Norma tem por finalidade regulamentar e definir condições para

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO - SP

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO - SP Áreas Envolvidas: Área Responsável Negócio Gerência Geral Comercial Ricardo Silva Roteiro Operacional Promotora Gerência Regional Comercial Leandro Moraes Versão: 01/13 Gerência Comercial Comercial Leandro

Leia mais

Especificação de Caso de Uso

Especificação de Caso de Uso Versão: 1.0 Especificação de Caso de Uso UCCITES018 Versão: 1.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 13/08/2013 1.0 Criação do documento. Naiana Lima Celso Normal.dotmNormal.dotmNormal.dotmDocumento1

Leia mais

Ricardo Roberto de Lima UNIPÊ 2008.1 APS-I. Históricos e Modelagem Orientada a Objetos

Ricardo Roberto de Lima UNIPÊ 2008.1 APS-I. Históricos e Modelagem Orientada a Objetos Históricos e Modelagem Orientada a Objetos Histórico Diversas metodologias e métodos surgiram para apoiar OO. Evolução a partir de linguagens C++ e SmallTalk. Anos 80 Anos 80-90: diversidade de autores.

Leia mais

Cartilha de Empréstimo 1

Cartilha de Empréstimo 1 Cartilha de Empréstimo 1 Empréstimo Economus: Como é? Quem tem direito? Que tipo de empréstimos o Economus oferece? O Economus oferece apenas a modalidade de empréstimo pessoal. Quem poderá solicitar empréstimos?

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO SIAPE MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO SIAPE MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM siape@bancodaycoval.com.br Versão: 05/15 MESA DE

Leia mais

Especificação de Requisitos

Especificação de Requisitos Projet o Nidus Cen t r o d e Pe sq u isa, De sen v o lv i m en t o e En g e n h ar i a d e So f t w a r e Li v r e Sistema de Protocolo Especificação de Requisitos Identificador do Documento: Versão: 00.01

Leia mais

IF-718 Análise e Projeto de Sistemas

IF-718 Análise e Projeto de Sistemas Centro de Informática - Universidade Federal de Pernambuco Especificação de Requisitos do Software Sistema de Gerenciamento de Restaurantes IF-718 Análise e Projeto de Sistemas Equipe: Jacinto Filipe -

Leia mais

Diagrama de Caso de Uso. Biblioteca

Diagrama de Caso de Uso. Biblioteca Diagrama de Caso de Uso Biblioteca Caso de Uso -Reservar Livro Objetivo: Este caso de uso possibilita a um usuário da biblioteca fazer a reserva de um livro. Esta reserva é efetuada diretamente pelo Usuário

Leia mais

Documento de Diagrama de Classes. MC436 Introdução à Engenharia de Software Profª Ariadne Maria Brito Rizzoni Carvalho

Documento de Diagrama de Classes. MC436 Introdução à Engenharia de Software Profª Ariadne Maria Brito Rizzoni Carvalho Documento de Diagrama de Classes MC436 Introdução à Engenharia de Software Profª Ariadne Maria Brito Rizzoni Carvalho 1. Índice 2. Introdução 3 3. Diagrama de casos de uso simplificado 3 4. Dicionário

Leia mais

CORRESPONDENTE CAIXA AQUI NEGOCIAL

CORRESPONDENTE CAIXA AQUI NEGOCIAL CORRESPONDENTE CAIXA AQUI NEGOCIAL Renovação de Crédito Consignado Modelo Automatizado VERSÃO 2.0 Julho 2014 ÍNDICE 1. CADASTRO DE CLIENTES... 3 2. SIMULAÇÃO DA OPERAÇÃO... 6 3. SOLICITAÇÃO DA PROPOSTA

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA CAIXA DE FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO DA AERONÁUTICA GABINETE ADMINISTRATIVO DATAS NS Nº 038G/DE/2014 10/09/2014 10/09/2014 GERAL

COMANDO DA AERONÁUTICA CAIXA DE FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO DA AERONÁUTICA GABINETE ADMINISTRATIVO DATAS NS Nº 038G/DE/2014 10/09/2014 10/09/2014 GERAL COMANDO DA AERONÁUTICA CAIXA DE FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO DA AERONÁUTICA GABINETE ADMINISTRATIVO DATAS EMISSÃO EFETIVAÇÃO DISTRIBUIÇÃO NS Nº 038G/DE/2014 10/09/2014 10/09/2014 GERAL ASSUNTO ANEXOS 1 DISPOSIÇÕES

Leia mais

ACESSAR: www.bmgconsig.com.br. Digite seu Usuário e Senha Digite os algarismos Clique em OK

ACESSAR: www.bmgconsig.com.br. Digite seu Usuário e Senha Digite os algarismos Clique em OK ROTEIRO OPERACIONAL ACESSAR: www.bmgconsig.com.br Digite seu Usuário e Senha Digite os algarismos Clique em OK ACESSO A DIGITAÇAO Clique em Proposta no Menu Selecione Nova IDENTIFICAR A OPERAÇÃO Entidade:

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2)

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Roteiro (1) Método para Modelagem de Casos De Uso Estudo de Caso: Sistema de Controle para Videolocadora Levantamento Inicial dos Casos de Uso Identificação dos Casos

Leia mais

ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com

ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com Análise Descrição do problema a ser implementado Descrição dos objetos e classes que fazem parte do problema, Descrição

Leia mais

SERVIDOR CORRESPONDENTE

SERVIDOR CORRESPONDENTE CONVÊNIO EMDEC CNPJ: 44.602.720/0001-00 UF: SP. PÚBLICO ALVO Efetivos/Concursados, Ativos, Inativos e Pensionistas. CÁLCULO DE MARGEM Margem = Assumir a informação do site. PERCENTUAL DE MARGEM 100% QUANTIDADE

Leia mais

Roteiro Operacional de Refinanciamento de Empréstimo Consignado - INSS

Roteiro Operacional de Refinanciamento de Empréstimo Consignado - INSS 1. OBJETIVO Refinanciamento de dívida de Empréstimos vinculados a Consignação em Folha de Pagamento dos aposentados e pensionistas do INSS, contraídas com o Banco Industrial. 2. REGRAS OPERACIONAIS O Banco

Leia mais

Consignação Manual do Correspondente Consignação

Consignação Manual do Correspondente Consignação Manual do Correspondente Consignação Banestes S.A. - Banco do Estado do Espírito Santo GCONS - Gerência de Consignação SUMÁRIO 1. Conceito...3 2. Apresentação...3 3. Informações Gerais...3 3.1. Condições

Leia mais

Documento de Casos de Uso. MC436 Introdução à Engenharia de Software Profª Ariadne Maria Brito Rizzoni Carvalho

Documento de Casos de Uso. MC436 Introdução à Engenharia de Software Profª Ariadne Maria Brito Rizzoni Carvalho Documento de Casos de Uso MC436 Introdução à Engenharia de Software Profª Ariadne Maria Brito Rizzoni Carvalho 1. Índice 2. Introdução 3 3. Descrição dos atores 3 4. Diagrama de caso de uso 4 5. 5.1 5.2

Leia mais

Análise Orientada a Objetos Modelagem Requisitos usando Casos de Uso

Análise Orientada a Objetos Modelagem Requisitos usando Casos de Uso Análise Orientada a Objetos Modelagem Requisitos usando Casos de Uso Não diga pouco em muitas palavras, mas sim, muito em poucas. Pitágoras Especificação e Modelagem de Requisitos Regras de Negócio Glossário

Leia mais

Sistema de Inteligência Patrimônial. Especificação dos Requisitos

Sistema de Inteligência Patrimônial. Especificação dos Requisitos Sistema de Inteligência Patrimônial Especificação dos Requisitos Especificação dos Requisitos Data Versão: 18 / 11 / 2015 Histórico das Revisões Data Versão Descrição Autor 23 / 11/ 2015 1.0 Versão Inicial

Leia mais

Especificação do Caso de Uso. Manter Cliente. Versão 1.0

Especificação do Caso de Uso. Manter Cliente. Versão 1.0 Especificação do Caso de Uso Manter Cliente Versão 1.0 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 27/05/2011 1.0 Elaboração do documento Isaque J. Barbosa Índice 1. Manter Cliente 3 1.1 Breve Descrição...

Leia mais

COOPERATIVA DE CRI:DfTO DO SERVIDOR FEDERAL LTOA. SIC008 CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL

COOPERATIVA DE CRI:DfTO DO SERVIDOR FEDERAL LTOA. SIC008 CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL SICOOB Credfaz Federal Servidor COOPERATIVA DE CRI:DfTO DO SERVIDOR FEDERAL LTOA. SIC008 CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL &I. CREDFAZ- SCS - Q. 05 81.C - EnL 165/9 CEP 70.305-921 Brasllia - DF - Fone - (611 3035-8299

Leia mais

Casos de Uso - definições

Casos de Uso - definições Casos de Uso - definições Um caso de uso é uma descrição narrativa de uma seqüência de eventos que ocorre quando um ator (agente externo) usa um sistema para realizar uma tarefa [Jacobson 92] Um caso de

Leia mais

Especificação de Requisitos

Especificação de Requisitos Projeto/Versão: Versão 11.80 Melhoria Requisito/Módulo: 000552 / Conector Sub-Requisito/Função: Multas Tarefa/Chamado: 01.08.01 País: Brasil Data Especificação: 13/05/13 Rotinas Envolvidas Rotina Tipo

Leia mais

PAGAMENTO: MESMO DIA (D+0) APÓS ESSE HORÁRIO O PAGAMENTO SERA REALIZADO NO PROXIMO DIA UTIL (D+1) REFINANCIAMENTO PRAZO LIMITE PARA DIGITAÇÃO: 14:30

PAGAMENTO: MESMO DIA (D+0) APÓS ESSE HORÁRIO O PAGAMENTO SERA REALIZADO NO PROXIMO DIA UTIL (D+1) REFINANCIAMENTO PRAZO LIMITE PARA DIGITAÇÃO: 14:30 Áreas Envolvidas: Área Responsável Negócio Gerência Geral Comercial Ricardo Silva Roteiro Operacional Promotora Gerência Regional Comercial Leandro Moraes Versão: 01/13 Gerência Comercial Comercial Walter

Leia mais

Roteiro Operacional do Crédito Consignado Exército do Brasil

Roteiro Operacional do Crédito Consignado Exército do Brasil 1. DEFINIÇÃO DO PRODUTO Operação de Crédito Consignado em Folha de Pagamento para os Militares do Exército (ativos e pensionistas), abrangendo o Comando do Exército do, mediante convênio com o Banco Industrial.

Leia mais

CNPJ: 46.634.507/0001-06 UF: SP. SERVIDOR CORRESPONDENTE

CNPJ: 46.634.507/0001-06 UF: SP. SERVIDOR CORRESPONDENTE CONVÊNIO PREFEITURA MUNICIPAL DE SALTO CNPJ: 46.634.507/0001-06 UF: SP. PÚBLICO ALVO CLT Cargo Efetivo Ativo e CLT Cargo Efetivo Comissionado - Ativo. Observação: Para os casos de (CLT Cargo Efetivo Comissionado

Leia mais

Unidade III MODELAGEM DE PROCESSOS. Profa. Gislaine Stachissini

Unidade III MODELAGEM DE PROCESSOS. Profa. Gislaine Stachissini Unidade III MODELAGEM DE PROCESSOS Profa. Gislaine Stachissini Diagrama UML Visões do Sistema Diagrama UML Objetivo: fornecer múltiplas visões do sistema a ser modelado, analisando e modelando sobre diversos

Leia mais

Especificação do Caso de Uso Manter Cliente

Especificação do Caso de Uso Manter Cliente Especificação do Caso de Uso Manter Cliente Grupo 01 - Projeto Systrack Versão 2.0 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 24/05/2011 1.0 Início do documento João Ricardo 31/06/2011 2.0 Alteração

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE PORTABILIDADE BANRISUL COMO PROPONENTE

MANUAL OPERACIONAL DE PORTABILIDADE BANRISUL COMO PROPONENTE Emissor: Departamento Operacional do Crédito Consignado Versão: 8 Vigência: 17.07.2015 Código MO: OCC 01 MANUAL OPERACIONAL DE PORTABILIDADE BANRISUL COMO PROPONENTE SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 3 2 CONCEITOS...

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS MA

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS MA E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE portabilidadeconsignado@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM margemconsignado@bancodaycoval.com.br

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. CURSO: Ciência da Computação DATA: / / 2013 PERÍODO: 4 o.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. CURSO: Ciência da Computação DATA: / / 2013 PERÍODO: 4 o. CURSO: Ciência da Computação DATA: / / 2013 PERÍODO: 4 o. PROFESSOR: Andrey DISCIPLINA: Técnicas Alternativas de Programação AULA: 08 APRESENTAÇÃO Na aula de hoje vamos apresentar e discutir como definir

Leia mais

InfoMix Tecnologia. Soluções em Tecnologia da Informação. InfoMix Tecnologia Soluções em Tecnologia da Informação

InfoMix Tecnologia. Soluções em Tecnologia da Informação. InfoMix Tecnologia Soluções em Tecnologia da Informação SYSFARM Sistema de Gerenciamento de Farmácias Documento Caso de uso Manter Fluxo de Caixa. Versão 1.0. Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 20/10/2009 1.0 Especificação de Caso de Uso Manter

Leia mais

Diagramas de Sequência e Contrato das Operações

Diagramas de Sequência e Contrato das Operações UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS, LETRAS E CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E ESTATÍSTICA Projeto e Desenvolvimento de Sistemas de informação Comportamento

Leia mais

DIAGRAMA DE ATIVIDADES

DIAGRAMA DE ATIVIDADES DIAGRAMA DE ATIVIDADES Profª Lucélia Oliveira Email: lucelia.com@gmail.com DIAGRAMA DE ATIVIDADES É o diagrama com maior ênfase ao nível de algoritmo da UML e provavelmente um dos mais detalhistas. Era

Leia mais

Especificação do Caso de Uso Obter Cotação

Especificação do Caso de Uso Obter Cotação Especificação do Caso de Uso Obter Cotação Sistema de e-commerce de Ações Versão 1.3 1 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 11 de Setembro de 2008 1.0 Criação do documento. Adriana Silva 16

Leia mais

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Fortaleza CE Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Fortaleza CE Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Prefeitura de Fortaleza CE RO. 05.060 Versão: 1 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Fortaleza CE Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO

Leia mais

Palavras-Chaves: estoque, modelagem, requisitos, UML, vendas.

Palavras-Chaves: estoque, modelagem, requisitos, UML, vendas. UTILIZAÇÃO DA UML NO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA DE CONTROLE DE VENDAS E ESTOQUE GILBERTO FRANCISCO PACHECO DOS SANTOS Discente da AEMS Faculdades Integradas de Três Lagoas JACKSON LUIZ ARROSTI Discente

Leia mais

Especificação dos Requisitos do Software: Sistema de Gerenciamento de Planos Corporativo de Celulares

Especificação dos Requisitos do Software: Sistema de Gerenciamento de Planos Corporativo de Celulares Empresa de Informática Infinity LTDA Especificação dos Requisitos do Software: Sistema de Gerenciamento de Planos Corporativo de Celulares Autores: Bruno Alexandre de Souza Emerson Diogo de Lima Muzambinho/MG

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Trabalho 1 Modelagem Estática do Sistema ViajarFácil.com.br Disciplina: INF318 - Modelagem Orientada a Objetos e Projeto Arquitetural Profa. Dra. Cecília M. F. Rubira Equipe 5 Jeniffer

Leia mais

DIAGRAMA DE CASO DE USO

DIAGRAMA DE CASO DE USO DIAGRAMA DE CASO DE USO Descrição do Caso de Uso R1. O sistema permite o atendente cadastrar cliente. R2. O sistema permite o atendente atualizar dados do cliente. R3. O sistema permite o atendente listar

Leia mais

Norma de Empréstimos Financeiros

Norma de Empréstimos Financeiros Gestão de Atendimento AFAF D.GA.03 1/11 ÍNDICE 1. Objetivo... 2 2. Responsabilidades... 2 3. Conceitos... 2 4. Critérios... 3 4.1. Modalidades de Empréstimos Financeiros... 3 4.2. Limite de Contratos...

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2)

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Roteiro (1) Método para Modelagem de Casos De Uso Estudo de Caso: Sistema de Controle para Videolocadora Levantamento Inicial dos Casos de Uso Identificação dos Casos

Leia mais

Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa

Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa 1. Calcule o valor presente do fluxo de caixa indicado a seguir, para uma taxa de desconto de 1 % ao mês, no Resposta: $13.147,13 2.

Leia mais

UML & Padrões Aula 3. UML e Padrões - Profª Kelly Christine C. Silva

UML & Padrões Aula 3. UML e Padrões - Profª Kelly Christine C. Silva UML & Padrões Aula 3 UML e Padrões - Profª Kelly Christine C. Silva 1 UML & Padrões Aula 3 Diagrama de Casos de Uso Profª Kelly Christine C. Silva O que vamos tratar: Modelos de Caso de Uso Diagrama de

Leia mais

SIAPE PORTAL SIAPENET

SIAPE PORTAL SIAPENET Órgão: SIAPE - Siapenet Página 1 de 16 SIAPE PORTAL SIAPENET Siapenet é o novo Sistema de Gestão de Margem Consignável disponibilizado pelo Serpro no âmbito do Sistema Integrado de Administração de Recursos

Leia mais

IPREM Instituto de Previdência Municipal de São Paulo

IPREM Instituto de Previdência Municipal de São Paulo ROTEIRO OPERACIONAL CDC SERVIDOR PÚBLICO IPREM Instituto de Previdência Municipal de São Paulo Entidades: 225 - Servidor 241 - Pensionista Publicação: 01.07.2015 Próxima atualização: 01.07.2016 Classificação

Leia mais

No artigo anterior explicamos. Desenvolvimento de Software Dirigido por Caso de Uso. Parte II: Especificando Caso de Uso

No artigo anterior explicamos. Desenvolvimento de Software Dirigido por Caso de Uso. Parte II: Especificando Caso de Uso Desenvolvimento de Software Dirigido por Caso de Uso Parte II: Especificando Caso de Uso Vinicius Lourenço de Sousa viniciuslsousa@gmail.com Atua no ramo de desenvolvimento de software há mais de 10 anos,

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS Março/2008 Sumário Sistema Automatizado de Consignação...3 PRconsig...3 Orientações

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS CONTATO COMERCIAL ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando

Leia mais

REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS SIMPLES. 1.1 Estabelecer as diretrizes para a concessão de empréstimo simples.

REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS SIMPLES. 1.1 Estabelecer as diretrizes para a concessão de empréstimo simples. REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS SIMPLES 1 OBJETIVO 1.1 Estabelecer as diretrizes para a concessão de empréstimo simples. 2 CONCESSÃO 2.1 O empréstimo simples poderá ser concedido exclusivamente

Leia mais

ViajarFácil Sistema de Reserva de Viagens

ViajarFácil Sistema de Reserva de Viagens ViajarFácil Sistema de Reserva de Viagens Modelagem Estática UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas Especialização Engenharia de Software - INF318/2011 Equipe Aline Gomes André Rodrigues Fonseca Diego

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL BANCO DAYCOVAL SIAPE - CONSIST

ROTEIRO OPERACIONAL BANCO DAYCOVAL SIAPE - CONSIST ROTEIRO OPERACIONAL BANCO DAYCOVAL SIAPE - CONSIST Seguem abaixo as regras que deverão ser seguidas a partir do início das atividades do Correspondente Bancário Daycoval. Este documento é parte integrante

Leia mais

REGULAMENTO DO PLANO DE EMPRÉSTIMO ESPECIAL PEE

REGULAMENTO DO PLANO DE EMPRÉSTIMO ESPECIAL PEE REGULAMENTO DO PLANO DE EMPRÉSTIMO ESPECIAL PEE 1. FINALIDADE Dispõe o presente Regulamento sobre o Empréstimo Especial a ser concedido pela PREVIG aos seus Participantes e Assistidos. 2. DEFINIÇÕES 2.1

Leia mais

NORMA DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS AOS PARTICIPANTES

NORMA DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS AOS PARTICIPANTES 1. OBJETIVO Esta norma tem por objetivo estabelecer os critérios e procedimentos a serem adotados para concessão e liberação de empréstimos aos participantes. 2. CAMPO DE APLICAÇÃO As operações de empréstimos

Leia mais

Sistel. É bom para você, é bom para a Sistel! Novas regras para a concessão do seu empréstimo. Novo. Novo. Sistel

Sistel. É bom para você, é bom para a Sistel! Novas regras para a concessão do seu empréstimo. Novo. Novo. Sistel Novo Novo SETEMBRO 2009 Novas regras para a concessão do seu empréstimo É bom para você, é bom para a! A lança em 1 o /10/2009 novas regras para concessão do seu empréstimo. O empréstimo é uma modalidade

Leia mais

O Processo Unificado: Captura de requisitos

O Processo Unificado: Captura de requisitos O Processo Unificado: Captura de requisitos Itana Gimenes Graduação em Informática 2008 Captura de Requisitos Modelagem do negócio: Visão de negócios Modelo de objetos de negócio de negócio Especificação

Leia mais

Os casos de uso dão conta da maioria dos requisitos de um sistema computacional.

Os casos de uso dão conta da maioria dos requisitos de um sistema computacional. Unidade 3: Modelagem de requisitos e de soluções (Parte a) 1 Casos de uso 1.1 Conceitos básicos e parâmetros de descrição Os casos de uso dão conta da maioria dos requisitos de um sistema computacional.

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO AUTARQUIA HOSPITALAR MUNICIPAL SP

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO AUTARQUIA HOSPITALAR MUNICIPAL SP E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE portabilidadeconsignado@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM margemconsignado@bancodaycoval.com.br

Leia mais

RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Prefeitura de Manaus AM Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Prefeitura de Manaus AM Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Prefeitura de Manaus - AM ROC.05.17 Versão: 08 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional Cartão de Crédito Consignado Prefeitura de Manaus AM Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

Leia mais

Efetivos ativos 3400 Aposentados e Pensionistas 600 Pensionistas Estatutários 200

Efetivos ativos 3400 Aposentados e Pensionistas 600 Pensionistas Estatutários 200 PUBLICO ALVO Efetivos ativos, aposentados e pensionistas, identificados através do site. Nº DE FUNCIONARIOS Efetivos ativos 3400 Aposentados e Pensionistas 600 Pensionistas Estatutários 200 FOLHA DE PAGAMENTO

Leia mais

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA. Regulamento de Empréstimos Plano CV- 03

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA. Regulamento de Empréstimos Plano CV- 03 1/6 TÍTULO: CLASSIFICAÇÃO: REFERENCIAL NORMATIVO: ASSUNTO: GESTOR: ELABORADOR: APROVAÇÃO: Documento Executivo Resolução CMN nº 3456/2007 PO-GEREL-002_Solicitação de Empréstimo Estabelece as regras para

Leia mais

Sistema de Automação Comercial de Pedidos

Sistema de Automação Comercial de Pedidos Termo de Abertura Sistema de Automação Comercial de Pedidos Cabana - Versão 1.0 Iteração 1.0- Release 1.0 Versão do Documento: 1.5 Histórico de Revisão Data Versão do Documento Descrição Autor 18/03/2011

Leia mais

SCRIPTS BANCO DO BRASIL

SCRIPTS BANCO DO BRASIL SCRIPTS BANCO DO BRASIL DICAS & REGRAS Esse manual auxiliará o corretor na venda e formalização do Banco do Brasil. Para todos os parceiros que possuem sistema call center (ligação telefônica gravada),

Leia mais

É uma forma do engenheiro de requisitos especificar os limites e as funcionalidades do sistema.

É uma forma do engenheiro de requisitos especificar os limites e as funcionalidades do sistema. Definindo o Escopo: Modelo de Caso de Uso Agradei-me, particularmente, da possibilidade de que Joshua estivesse tão preso ao seu modo clássico de pensar que me permitisse realizar o incrível feito de chegar

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO COMANDO DA AERONÁUTICA

ROTEIRO OPERACIONAL EMPRÉSTIMO CONSIGNADO SETOR PÚBLICO COMANDO DA AERONÁUTICA E-MAILS DE CONTATO BANCO DAYCOVAL Negócio Roteiro Operacional Promotora MESA DE ANALISE PORTABILIDADE portabilidadeconsignado@bancodaycoval.com.br Empréstimo Cartão Débito C/C MESA DE ANALISE MARGEM margemconsignado@bancodaycoval.com.br

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica

Pontifícia Universidade Católica Pontifícia Universidade Católica Curso de Professor Rodrigues Neto Trabalho de Modelagem 2003.3 Turma A (Centro) Gerenciamento das Atividades da Pet Shop Boys Grupo: Evaldo Porto evaldoporto@ig.com.br

Leia mais

ALTERAÇÃO NAS NORMAS DE EMPRÉSTIMOS AVALISTAS E SEGURO PRESTAMISTA

ALTERAÇÃO NAS NORMAS DE EMPRÉSTIMOS AVALISTAS E SEGURO PRESTAMISTA ALTERAÇÃO NAS NORMAS DE EMPRÉSTIMOS AVALISTAS E SEGURO PRESTAMISTA Segundo deliberação da Diretoria Executiva do Sicoob Cecremef, a partir de 03/12/2012, passam a complementar as Normas para concessão

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS MANUAL DE CONTROLES INTERNOS Classificação da Informação: INTERNA Seção: PS1 Produtos e Serviços Operações Ativas Referencia: 03 CDC FUNCIONÁRIO EMPRESA PRIVADA 1 - Características Gerais 2 - Documentação

Leia mais

Conteúdo. 1. Introdução. 2. Levantamento de Requisitos. 3. Análise Orientada a Objetos. 4. Projeto Orientado a Objetos 5. UML. 6.

Conteúdo. 1. Introdução. 2. Levantamento de Requisitos. 3. Análise Orientada a Objetos. 4. Projeto Orientado a Objetos 5. UML. 6. Conteúdo 1. Introdução 2. Levantamento de Requisitos 3. Análise Orientada a Objetos 4. Projeto Orientado a Objetos 5. UML 6. Métodos Ágeis Análise Orientada a Objetos Exercícios Exercício 1 Defina o diagrama

Leia mais

Processo: Vender Produto

Processo: Vender Produto Pág. 1/5 Nome da Empresa Cliente: Acme Computadores Responsável Cliente: Dono do Projeto Consultor: Nome Consultor Data: Nome do Projeto: Processo de Venda de Produtos Entrevistados Perfil Consultores

Leia mais

Se observarmos nos diferentes livros. Planejamento de Testes a partir de Casos de Uso

Se observarmos nos diferentes livros. Planejamento de Testes a partir de Casos de Uso Planejamento de Testes a partir de Casos de Uso Arilo Cláudio Dias Neto ariloclaudio@gmail.com É Bacharel em Ciência da Computação formado na Universidade Federal do Amazonas, Mestre em Engenharia de Sistemas

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Trabalho 2 Modelagem Dinâmica do Sistema ViajarFácil.com.br Disciplina: INF318 - Modelagem Orientada a Objetos e Projeto Arquitetural Profa. Dra. Cecília M. F. Rubira Equipe 5 Jeniffer

Leia mais