Peça para um amigo baixar o programa também, e você pode começar a experimentar o VoIP para ver como funciona. Um bom lugar para procurar é

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Peça para um amigo baixar o programa também, e você pode começar a experimentar o VoIP para ver como funciona. Um bom lugar para procurar é"

Transcrição

1 VOIP Se você nunca ouviu falar do VoIP, prepare-se para mudar sua maneira de pensar sobre ligações de longa distância. VoIP, ou Voz sobre Protocolo de Internet, é um método para pegar sinais de áudio analógico, como aqueles que você ouve quando fala ao telefone, e transformá-los em dados digitais que podem ser transmitidos pela internet. Como isso é útil? O VoIP pode transformar uma conexão de internet em uma maneira de fazer ligações telefônicas gratuitamente. A conclusão prática disso é que usando algum dos softwares VoIP gratuitos que estão disponíveis para fazer ligações pela internet e com isso você está dispensando os serviços da companhia telefônica (e suas tarifas). O VoIP é uma tecnologia revolucionária que tem o potencial de reformular completamente os sistemas telefônicos mundiais. Existem mais de 10 operadoras de VoIP que podem ser usadas no Brasil. Algumas oferecem planos de minutos, mas a maioria trabalha com sistema de créditos: você paga adiantado um valor à operadora, que fica contabilizado como crédito. À medida que você faz ligações, os créditos são debitados são debitados da sua conta. Nos Estados Unidos, existem planos onde é possível fazer ligações VoIP à vontade, pagando apenas uma mensalidade fixa. Acima de tudo, o VoIP é basicamente uma "reinvenção da roda" inteligente. Neste artigo, veremos os princípios do VoIP, suas aplicações e o potencial desta tecnologia emergente, que um dia provavelmente vai substituir o sistema telefônico tradicional completamente. O interessante do VoIP é que não há apenas uma maneira de fazer uma ligação. Existem 3 tipos diferentes de serviços VoIP sendo usados hoje: ATA - a maneira mais simples e comum é pelo uso de um dispositivo chamado ATA (adaptador telefônico analógico). O ATA permite que você conecte um telefone comum ao seu computador ou sua conexão de internet para usar com VoIP. O ATA é um conversor analógico-digital. Pega o sinal analógico de seu telefone e converte em dados digitais para transmissão pela internet. Alguns provedores estão distribuindo ATAs gratuitamente com seus serviços. Você simplesmente tira o ATA da caixa, conecta o fio do seu telefone (que normalmente é conectado na tomada da parede) no ATA, e está pronto para fazer ligações VoIP. Alguns ATAs podem ter software adicional, que é instalado no computador e o configura automaticamente. Telefones IP - estes telefones específicos parecem um telefone comum com monofone, gancho e teclas. Mas ao invés de ter os conectores telefônicos padrão RJ-11, telefones IP têm conectores RJ-45 Ethernet. Os telefones IP conectam-se diretamente em seu roteador e contêm todo o hardware e software integrado para fazer uma ligação IP. Em breve, telefones IP Wi-Fi (Wireless Fidelity) estarão disponíveis, permitindo que os assinantes possam fazer ligações VoIP de qualquer ponto ativo Wi-Fi (tipo de redes locais sem fio). Computador para computador - esta é certamente a maneira mais fácil de usar o VoIP. Você não precisa pagar nem pelas ligações de longa distância. Existem várias empresas oferecendo software grátis ou de baixo custo para serem usados neste tipo de VoIP. Tudo que você precisa é o software, um microfone, alto-falantes, uma placa de som e uma conexão com a internet, preferencialmente uma conexão rápida a cabo ou com modem DSL. Além de sua mensalidade normal do provedor de internet, normalmente não há custos para ligações de computador para computador, não importa a distância. Se você está interessado em usar o VoIP, deve procurar algum dos softwares VoIP disponíveis na internet. Provavelmente vai levar de 3 a 5 minutos para baixar e instalar.

2 Peça para um amigo baixar o programa também, e você pode começar a experimentar o VoIP para ver como funciona. Um bom lugar para procurar é Mas há grandes chances de você já estar fazendo ligações VoIP toda vez que faz uma ligação de longa distância. As companhias telefônicas usam o VoIP para organizar suas redes. Direcionando milhares de ligações através de um circuito comutador e uma porta de comunicação IP, eles podem reduzir a largura da banda que usam a longo prazo. Assim que a ligação é recebida no outro lado da chamada, é descomprimida, reagrupada e direcionada a um comutador de circuitos local. Apesar de levar algum tempo, esteja certo de que no final das contas todas as redes de comunicação de circuitos atuais serão trocadas por tecnologia de comutação de pacotes (veremos mais sobre comutação de pacotes e circuitos mais adiante). A telefonia IP faz sentido em termos de economia e condições de infra-estrutura. Mais e mais empresas estão instalando sistemas VoIP e a tecnologia continuará a crescer em popularidade à medida que entra em nossas casas. Talvez os maiores atrativos da VoIP para usuários domésticos sejam preço e flexibilidade. Com o VoIP, você pode fazer uma ligação de qualquer lugar com conectividade banda larga. Quando os telefones IP ou ATAs transmitem suas informações pela internet, podem ser administrados pelo provedor em qualquer lugar onde haja uma conexão. Então, profissionais podem levar seus telefones ou ATAs em viagens e sempre ter acesso a suas casas. Outra alternativa é o softphone. Um softphone é um software que carrega o serviço VoIP em um computador ou laptop. O Vonage softphone tem uma interface em sua tela que parece um telefone comum. Tendo um fone de ouvido com microfone, você pode fazer ligações de seu laptop de qualquer lugar onde haja conexão banda larga no mundo. Com a eliminação dos custos não regulamentados e as vantagens gratuitas incluídas, estes planos podem ser uma grande economia. As maiorias das empresas VoIP fornecem serviços que as companhias telefônicas normais cobram à parte quando adicionam ao seu plano de serviço. O VoIP inclui: identificação de chamadas; chamada em espera; transferência de chamada; rediscagem; retorno de chamada; teleconferência; Há também opções de seleção de chamadas, disponíveis em algumas operadoras. Estes serviços usam a identificação de chamadas para permitir que você decida como as chamadas de um determinado número devem ser recebidas. Você pode: redirecionar uma chamada para um número determinado; enviar a chamada direto para seu correio de voz; dar sinal de ocupado; tocar uma mensagem de "fora de serviço"; enviar a chamada para uma linha de rejeição de chamadas. Com muitos serviços VoIP, você também pode checar sua caixa de voz via web ou anexar mensagens a um que é enviado para seu computador ou laptop. Nem todos os serviços VoIP oferecem todas as características acima. Os preços e serviços variam, então, se estiver interessado, o melhor é fazer uma pesquisa. Agora que demos uma olhada geral no VoIP, detalharemos o funcionamento dos componentes que fazem parte do sistema. Para entender como o VoIP funciona e descobrir por que é considerado um aprimoramento do sistema de telefonia tradicional, é importante entender antes como funciona um sistema de telefonia tradicional.

3 Prós e contras Vantagens A tecnologia VoIP usa as habilidades da comutação de pacotes da internet para oferecer serviços telefônicos. O VoIP tem muitas vantagens sobre a comutação de circuitos. Por exemplo, a comutação de pacotes permite que várias ligações telefônicas ocupem o mesmo espaço ocupado por somente uma na comutação de circuitos. Usando a rede comutada de telefonia pública, aquela ligação de 10 minutos de que falávamos antes consumia 10 minutos de transmissão à taxa de 128 Kbp/s. Com VoIP, a mesma ligação poderia ter ocupado somente 3,5 minutos de tempo de transmissão a 64 Kbp/s, deixando outros 64 Kbp/s livres pelos 3,5 minutos, mais um adicional de 128 Kbp/s pelos 6,5 minutos restantes. Com base nesta simples estimativa, outras três ou quatro chamadas poderiam caber facilmente no espaço previamente usado por uma única ligação no sistema convencional. Esse exemplo nem mesmo considera a possibilidade de compressão de dados, que reduz ainda mais o tamanho de cada ligação. Vamos considerar que você e seu amigo usam o serviço de um provedor VoIP. Ambos têm telefones analógicos conectados a ATAs fornecidos pelo provedor. Vamos dar mais uma olhada naquela ligação telefônica, mas desta vez usando VoIP em uma rede de comutação de pacotes: "Iniciar" para ver como a comutação de pacotes funciona 1. Você pega o receptor, que envia um sinal para o ATA. 2. O ATA recebe o sinal e envia um sinal de discagem, sabendo com isto que tem uma conexão com a internet.

4 3. Você disca o número do telefone desejado e os tons são convertidos pelo ATA em dados digitais que são armazenados temporariamente. 4. Os dados do número telefônico são enviados na forma de uma solicitação para o processador de chamadas da sua empresa VoIP, que verifica os dados para certificar-se de que estão em um formato válido. 5. O processador de chamadas determina para onde mapear o número telefônico; ao ser mapeado, o número é traduzido como um endereço IP. O softswitch conecta os dois aparelhos nos dois lados da chamada. No outro lado, um sinal é enviado para o ATA do seu amigo, pedindo para que ele mande o telefone conectado tocar. 6. Assim que seu amigo atender ao telefone, uma sessão é estabelecida entre o seu computador e o computador do seu amigo. Isto significa que cada sistema sabe que deve esperar pacotes de dados do outro sistema. No meio disso tudo, a infraestrutura da internet lida com a chamada como se fosse um ou um site. Cada sistema deve usar o mesmo protocolo para se comunicar. Os sistemas implementam dois canais, um para cada direção, como parte da sessão. 7. Você fala por um período de tempo. Durante a conversa, os sistemas transmitem pacotes para frente e para trás quando há dados a serem enviados. Os ATAs em cada lado traduzem esses pacotes à medida que são recebidos e os converte no sinal analógico de áudio que você ouve. Seu ATA também mantém o circuito entre ele e o telefone analógico aberto enquanto troca pacotes de informação com o hospedeiro IP do outro lado da linha. 8. Você termina de falar e desliga. 9. Ao desligar, o circuito entre o ATA e o telefone é fechado. 10. O ATA envia uma sinal para o Softswitch que está conectando à chamada, terminando a sessão. Provavelmente uma das maiores vantagens da comutação de pacotes é que as redes de dados já entendem a tecnologia. Quando a migração de sistema ocorrer, as redes telefônicas imediatamente poderão se comunicar da mesma maneira que os computadores fazem. Ainda vai levar pelo menos uma década até que as empresas de comunicação possam mudar completamente para o VoIP. Como em todas as tecnologias emergentes, existem certas dificuldades que ainda precisam ser superadas. Dificuldades A atual Rede Comutada de Telefonia Pública é um sistema robusto e bastante seguro para fazer ligações telefônicas. Os telefones simplesmente funcionam, e nós dependemos deles. Por outro lado, computadores, e outros aplicativos relacionados ainda são um pouco estranhos. Vamos admitir: poucas pessoas entram em pânico se seu ficar fora do ar por 30 minutos. Isso é esperado de vez em quando. Porém, meia hora sem um sinal de discagem pode facilmente fazer muitas pessoas entrarem em pânico. Tudo o que pode faltar em eficiência na rede comutada de telefonia pública é compensado por sua confiabilidade. Mas a rede de dados da internet é muito mais complexa e tem uma margem de erros muito maior. Isso tudo leva ao maior problema do sistema VoIP: confiabilidade. Antes de tudo, o VoIP depende de energia elétrica - os telefones atuais funcionam com energia fantasma fornecida por uma linha a partir da central telefônica. Mesmo se a energia elétrica acabe, seu telefone (a não ser que seja sem fio) continua funcionando. Com o VoIP, falta de energia elétrica significa sem telefone. Uma fonte de energia estável ainda precisa ser criada para o VoIP. Outra coisa a ser considerada é que muitos outros sistemas em sua casa podem ser integrados à sua linha telefônica - gravadores de vídeo digital, assinatura digital de serviços de TV a cabo e sistemas de seguranças usam uma linha telefônica padrão para funcionar. Atualmente, não há como integrar esses produtos ao VoIP. As empresas envolvidas, em breve, terão que trabalhar juntas para resolver esse problema.

5 Chamadas de emergência também são um desafio com o VoIP - como dito antes, o VoIP usa números telefônicos endereçados por IP, não NANP (plano de numeração norte-americano). Não é possível associar uma localização geográfica com um endereço IP. Desta maneira, se a pessoa que liga não puder dizer à telefonista onde está, não é possível saber para qual central telefônica direcionar a ligação e qual Serviço Médico de Emergência deve ser acionado. Para resolver isso, provavelmente a informação geográfica possa de alguma forma ser integrada aos pacotes de informações. Como uma conexão de internet, o VoIP é suscetível a todos os problemas normalmente associados aos serviços de banda larga - todos esses fatores afetarão a qualidade da chamada: demora a carregar os dados; Jitter (medida de variação do atraso entre os pacotes sucessivos de dados); perda de pacotes. As ligações podem ser corrompidas, distorcidas ou perdidas por causa de erros de transmissão. É preciso garantir um pouco de estabilidade na transmissão de dados pela internet antes que o VoIP possa substituir verdadeiramente os telefones tradicionais. Apesar de ser muito raro, o VoIP é suscetível a vírus e acessos ilegais, portanto os criadores do VoIP estão trabalhando para fazer sua encriptação e resolver isto. Outro problema relacionado ao VoIP é ter o sistema telefônico dependente de computadores de várias especificações e potências. Uma chamada pode ser afetada por sobrecarga do sistema. Vamos supor que você esteja conversando usando seu softphone (programas utilizados no sistema VoIP, que simulam aparelhos de telefones reais) e decide abrir um programa que sobrecarregue seu processador. A perda de qualidade vai aparecer imediatamente. Na pior das hipóteses, o sistema pode cair no meio de uma ligação importante. No VoIP, todas as ligações ficam sujeitas às limitações dos problemas normais dos computadores.

Telefones Fixos RJ-SP R$ 0,14 Telefones Fixos Brasil R$ 0,19 Telefones Celulares BR R$ 0,69

Telefones Fixos RJ-SP R$ 0,14 Telefones Fixos Brasil R$ 0,19 Telefones Celulares BR R$ 0,69 A é uma operadora VoIP, que tem como objetivo oferecer o melhor serviço de Voip com os menores custos possíveis para o cliente. O VoIP (Voice over Internet Protocol), conhecida também por Voz sobre IP,

Leia mais

Se eu tenho o serviço de Voz sobre Internet, para quem posso ligar?

Se eu tenho o serviço de Voz sobre Internet, para quem posso ligar? 1 Conheça o sistema de Voz sobre IP (ou VOIP) O que é Voz sobre IP / Voz sobre Internet Protocolo? R. Voz sobre IP permite que você faça ligações telefônicas utilizando uma rede de computadores, como a

Leia mais

:: Telefonia pela Internet

:: Telefonia pela Internet :: Telefonia pela Internet http://www.projetoderedes.com.br/artigos/artigo_telefonia_pela_internet.php José Mauricio Santos Pinheiro em 13/03/2005 O uso da internet para comunicações de voz vem crescendo

Leia mais

Aprenda a Trabalhar com Telemensagens

Aprenda a Trabalhar com Telemensagens Aprenda a Trabalhar com Telemensagens 5 Incluindo dicas de Cestas, Flores, Presentes e Internet Do Iniciante ao Profissional www.as2.com.br 1 Aprenda a Trabalhar com Telemensagens FASCÍCULO 5 Adquira o

Leia mais

Tecnologias Atuais de Redes

Tecnologias Atuais de Redes Tecnologias Atuais de Redes Aula 5 VoIP Tecnologias Atuais de Redes - VoIP 1 Conteúdo Conceitos e Terminologias Estrutura Softswitch Funcionamento Cenários Simplificados de Comunicação em VoIP Telefonia

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO Profª. Kelly Hannel Novas tecnologias de informação 2 HDTV WiMAX Wi-Fi GPS 3G VoIP Bluetooth 1 HDTV 3 High-definition television (também conhecido por sua abreviação HDTV):

Leia mais

É uma Grande Central Telefônica na Internet. Todas as ligações entre os usuários de AmaVoIP são 100% Grátis

É uma Grande Central Telefônica na Internet. Todas as ligações entre os usuários de AmaVoIP são 100% Grátis Empresa Fornecedora de Serviços e Produtos de Comunicação VoIP. Desenvolve Sistemas de Comunicação e Soluções para celulares. Criadora da Plataforma de Comunicação Red AmaVoIP, sistema que permite a todos

Leia mais

Intelbras GKM 2210T. 1. Instalação

Intelbras GKM 2210T. 1. Instalação 1 Intelbras GKM 2210T 1. Instalação 1º Conecte a fonte de alimentação na entrada PWR, o LED Power acenderá; 2º Conecte a porta WAN do GKM 2210 T ao seu acesso à internet (porta ethernet do modem). O LED

Leia mais

Instalação do InnoMedia MTA 3328-2R Esta seção descreve o passo a passo da instalação do MTA e a configuração do endereço IP de seu computador.

Instalação do InnoMedia MTA 3328-2R Esta seção descreve o passo a passo da instalação do MTA e a configuração do endereço IP de seu computador. Informações sobre sua conta: Complete com as informações de sua conta: Linha 1 Information Número Telefônico: Número da Conta: Senha: Número de acesso a caixa postal: Linha 2 Número Telefônico: Número

Leia mais

IFB INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA TECNOLOGIA VOIP. Nome: Nilson Barros Oliveira Sergio Lopes Turma: Técnico de informática 3 Módulo

IFB INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA TECNOLOGIA VOIP. Nome: Nilson Barros Oliveira Sergio Lopes Turma: Técnico de informática 3 Módulo IFB INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA TECNOLOGIA VOIP Nome: Nilson Barros Oliveira Sergio Lopes Turma: Técnico de informática 3 Módulo Brasília, 09 de Maio de 2012 Tecnologia Voip VoIP (Voice over Internet

Leia mais

VoIP. Voice Over IP. lmedeiros@othos.com.br

VoIP. Voice Over IP. lmedeiros@othos.com.br VoIP Voice Over IP lmedeiros@othos.com.br Índice O que Significa? Como funciona? Porque utilizar? Equipamentos VoIP Desvantagens Provedores VoIP Conclusão O que significa? VoIP é uma tecnologia que usa

Leia mais

Serviço Corporativo de Telefonia IP

Serviço Corporativo de Telefonia IP Universidade Federal de Santa Catarina Pró-Reitoria de Planejamento Superintendência de Governança Eletrônica e Tecnologia da Informação e Comunicação Departamento de Tecnologia da Informação e Redes Serviço

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REDES E SEGURANÇA DE SISTEMAS TELEFONIA IP E VOIP RESUMO

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REDES E SEGURANÇA DE SISTEMAS TELEFONIA IP E VOIP RESUMO INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REDES E SEGURANÇA DE SISTEMAS TELEFONIA IP E VOIP RESUMO Artigo Científico Curso de Pós-Graduação em Redes e Segurança de Sistemas Instituto

Leia mais

HTVix HA 211. Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro)

HTVix HA 211. Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro) 1 HTVix HA 211 1. Interfaces Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro) Conector RJ11 para conexão de aparelho telefônico analógico ou o adaptador para telefone e rede de telefonia convencional

Leia mais

VOIP A REVOLUÇÃO NA TELEFONIA

VOIP A REVOLUÇÃO NA TELEFONIA VOIP A REVOLUÇÃO NA TELEFONIA Introdução Saiba como muitas empresas em todo mundo estão conseguindo economizar nas tarifas de ligações interurbanas e internacionais. A História do telefone Banda Larga

Leia mais

Guia do Usuário. Embratel IP VPBX

Guia do Usuário. Embratel IP VPBX Índice Guia do Usuário EMBRATEL IP VPBX 3 Tipos de Ramais 4 Analógicos 4 IP 4 FACILIDADES DO SERVIÇO 5 Chamadas 5 Mensagens 5 Bloqueio de chamadas 5 Correio de Voz 5 Transferência 6 Consulta e Pêndulo

Leia mais

SOBRE A CALLIX. Por Que Vantagens

SOBRE A CALLIX. Por Que Vantagens Callix PABX Virtual SOBRE A CALLIX Por Que Vantagens SOBRE A CALLIX Por Que Vantagens Por Que Callix Foco no seu negócio, enquanto cuidamos da tecnologia do seu Call Center Pioneirismo no mercado de Cloud

Leia mais

André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes

André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Redes Noções de Redes: Estrutura básica; Tipos de transmissão; Meios de transmissão; Topologia de redes;

Leia mais

Introdução ao Subsistema Multimídia IP (IMS) Conceitos básicos de IMS e terminologia

Introdução ao Subsistema Multimídia IP (IMS) Conceitos básicos de IMS e terminologia Introdução ao Subsistema Multimídia IP (IMS) Conceitos básicos de IMS e terminologia Introdução Formalmente, o IP Multimedia Subsystem (IMS) é definido como:... um novo 'domínio' principal da rede (ou

Leia mais

Manual básico de utilização. Telefone IP Modelo Polycom SoundPoint IP 501

Manual básico de utilização. Telefone IP Modelo Polycom SoundPoint IP 501 Manual básico de utilização Telefone IP Modelo Polycom SoundPoint IP 501 Índice 1 Objetivo deste documento...3 2 Descrição das teclas do telefone...3 3 Ligações com o fone convencional (handset)...4 4

Leia mais

Prof. Manuel A Rendón M

Prof. Manuel A Rendón M Prof. Manuel A Rendón M Kurose Redes de Computadores e a Internet Uma Abordagem Top-Down 5ª. Edição Pearson Cap.: 1 até 1.2.2 2.1.2 2.1.4 Como funciona uma rede? Existem princípios de orientação e estrutura?

Leia mais

Manual básico de configuração. ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo Linksys PAP2T

Manual básico de configuração. ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo Linksys PAP2T Manual básico de configuração ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo Linksys PAP2T Índice 1 Objetivo deste documento... 3 2 Entendendo o que é um ATA... 3 3 Quando utilizar o ATA... 4 4 Requisitos

Leia mais

A EMPRESA SOLUÇÕES CORPORATIVAS SOLUÇÕES PARA OPERADORAS. Wholesale. Servidores SIP. Flat Fixo Brasil em CLI. IPBX Segurança e economia

A EMPRESA SOLUÇÕES CORPORATIVAS SOLUÇÕES PARA OPERADORAS. Wholesale. Servidores SIP. Flat Fixo Brasil em CLI. IPBX Segurança e economia A EMPRESA A ROTA BRASIL atua no mercado de Tecnologia nos setores de TI e Telecom, buscando sempre proporcionar às melhores e mais adequadas soluções aos seus Clientes. A nossa missão é ser a melhor aliada

Leia mais

1. Conhecendo o Pligg

1. Conhecendo o Pligg MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Conhecendo o Pligg....................................................... 1 2. Como instalar o Pligg...................................................... 2 3. Como ativar

Leia mais

Intelbras TIP 100. 1. Instalação

Intelbras TIP 100. 1. Instalação 1 Intelbras TIP 100 1. Instalação É necessário que o TIP 100 e seu computador estejam conectados à Internet através de banda larga. A conexão pode ser feita com hub ou switch ligado ao modem roteador ou

Leia mais

CONVERGÊNCIA, VOIP E TRIBUTAÇÃO. Por Leonardo Mussi da Silva

CONVERGÊNCIA, VOIP E TRIBUTAÇÃO. Por Leonardo Mussi da Silva CONVERGÊNCIA, VOIP E TRIBUTAÇÃO Por Leonardo Mussi da Silva Evolução do sistema telefônico como tudo começou 1875 Alexander Graham Bell e Thomas Watson, em projeto dedicado a telegrafia, se depararam com

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES E REDES

TELECOMUNICAÇÕES E REDES Capítulo 8 TELECOMUNICAÇÕES E REDES 8.1 2003 by Prentice Hall OBJETIVOS Quais são as tecnologias utilizadas nos sistemas de telecomunicações? Que meios de transmissão de telecomunicações sua organização

Leia mais

Teste de Qualidade Web based para Banda Larga FAQs

Teste de Qualidade Web based para Banda Larga FAQs Teste de Qualidade Web based para Banda Larga FAQs Pergunta O que é o teste de velocidade? Quem é o público alvo? O que oferece? Como funciona? Por onde é o acesso? Resposta Um teste de qualidade de banda

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE V: Telecomunicações, Internet e Tecnologia Sem Fio. Tendências em Redes e Comunicações No passado, haviam dois tipos de redes: telefônicas e redes

Leia mais

F n u d n a d ment n os o Vo V I o P Introdução

F n u d n a d ment n os o Vo V I o P Introdução Tecnologia em Redes de Computadores Fundamentos de VoIP Professor: André Sobral e-mail: alsobral@gmail.com Introdução VoIP (Voice over Internet Protocol) A tecnologia VoIP vem sendo largamente utilizada

Leia mais

LINKSYS SPA3102 E PAP2T

LINKSYS SPA3102 E PAP2T CONFIGURANDO TELEFONE PONTO A PONTO COM LINKSYS SPA3102 E PAP2T CONFIGURANDO SPA3102 e PAP2T Conteúdo: 1 Apresentação pag 3 2 Estudo de caso pag 4 3 Conexão dos ATAs pag 6 4 Configurando pag 8 5 SPA 3102

Leia mais

Mude para digital. Sistema de rádio bidirecional digital profissional MOTOTRBO

Mude para digital. Sistema de rádio bidirecional digital profissional MOTOTRBO Sistema de rádio bidirecional digital profissional A solução de comunicação em rádios bidirecionais de próxima geração está aqui, com melhor desempenho, produtividade e preço e mais oportunidades para

Leia mais

APLICAÇÃO REDE APLICAÇÃO APRESENTAÇÃO SESSÃO TRANSPORTE REDE LINK DE DADOS FÍSICA 1/5 PROTOCOLOS DE REDE

APLICAÇÃO REDE APLICAÇÃO APRESENTAÇÃO SESSÃO TRANSPORTE REDE LINK DE DADOS FÍSICA 1/5 PROTOCOLOS DE REDE 1/5 PROTOCOLOS DE O Modelo OSI O OSI é um modelo usado para entender como os protocolos de rede funcionam. Para facilitar a interconexão de sistemas de computadores, a ISO (International Standards Organization)

Leia mais

TUTORIAL: INSTALANDO O SKYPE (VOIP - VOZ SOBRE IP) - ATUALIZAÇÃO

TUTORIAL: INSTALANDO O SKYPE (VOIP - VOZ SOBRE IP) - ATUALIZAÇÃO TUTORIAL: INSTALANDO O SKYPE (VOIP - VOZ SOBRE IP) - ATUALIZAÇÃO Com a popularização da banda larga, uma das tecnologias que ganhou muita força foi o VOIP (Voz sobre IP). Você com certeza já deve ter ouvido

Leia mais

OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR

OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR fevereiro/2011 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 3 2 QUEM SOMOS?... 4 3 PRODUTOS... 5 3.1 SMS... 6 3.2 VOZ... 8 3.3 INFRAESTRUTURA... 12 3.4 CONSULTORIA... 14 4 SUPORTE... 14

Leia mais

Manual do Usuário - Telefone e Facilidades. www.integrati.com.br

Manual do Usuário - Telefone e Facilidades. www.integrati.com.br Manual do Usuário - Telefone e Facilidades www.integrati.com.br Introdução Esta apresentação foi elaborada para auxiliá-lo na utilização do novo sistema de telefonia Alcatel-Lucent. A seguir apresentaremos

Leia mais

Guia do usuário Placa VoIP

Guia do usuário Placa VoIP Guia do usuário Placa VoIP Versão 02/07 Caro usuário, Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A Placa VoIP é um acessório que poderá ser utilizado em todas as

Leia mais

GUIA RÁPIDO. DARUMA Viva de um novo jeito

GUIA RÁPIDO. DARUMA Viva de um novo jeito GUIA RÁPIDO DARUMA Viva de um novo jeito Dicas e Soluções para IPA210 Leia atentamente as dicas a seguir para configurar seu IPA210. Siga todos os tópicos para que seja feita a configuração básica para

Leia mais

MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA

MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA Pioneirismo tecnológico e FLEXIBILIDADE na migração O é uma plataforma de comunicação convergente, aderente às principais necessidades das

Leia mais

COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET

COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET COMO REDUZIR O CUSTO NA COMUNICAÇÃO USANDO A INTERNET Ao mesmo tempo em que hoje se tornou mais fácil falar a longa distância, pela multiplicidade de opções e operadoras de telefonia, também surgem as

Leia mais

Ao terminar o preenchimento clique no botão Avançar.

Ao terminar o preenchimento clique no botão Avançar. guiaskype O Skype é o melhor programa para conversas de voz e vídeo da atualidade. Com ele você realiza conversas de voz em tempo real com uma ou mais pessoas ao mesmo tempo. Além disso o Skype não é um

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 03 Telecomunicações Sistemas de Telecomunicações 1 Sistemas de Telecomunicações Consiste de Hardware e Software transmitindo informação (texto,

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES E REDES

TELECOMUNICAÇÕES E REDES TELECOMUNICAÇÕES E REDES 1 OBJETIVOS 1. Quais são as tecnologias utilizadas nos sistemas de telecomunicações? 2. Que meios de transmissão de telecomunicações sua organização deve utilizar? 3. Como sua

Leia mais

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware)

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware) 1.0 Apresentação 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Call Rec (Hardware) 6.0 Instalando o Software Call Rec 7.0 Configuração do Software Call

Leia mais

YEALINK SIP-T22P. Função de Teclas SÍNTESE DE FUNCIONALIDADES VOIP. Permitir aos usuários o acesso ao Voice Mail;

YEALINK SIP-T22P. Função de Teclas SÍNTESE DE FUNCIONALIDADES VOIP. Permitir aos usuários o acesso ao Voice Mail; YEALINK SIP-T22P SÍNTESE DE FUNCIONALIDADES VOIP Função de Teclas Permitir aos usuários o acesso ao Voice Mail; Redirecionar ligações ao se ausentar; CUIDADO; (ativa o último nº registrado na memória)

Leia mais

LGW4000 Labcom Media Gateway. Labcom Media Gateway Apresentação Geral 10/11/2011

LGW4000 Labcom Media Gateway. Labcom Media Gateway Apresentação Geral 10/11/2011 LGW4000 Labcom Media Gateway Labcom Media Gateway Apresentação Geral 10/11/2011 LGW4000 Labcom Media Gateway LGW4000 é um Media Gateway desenvolvido pela Labcom Sistemas que permite a integração entre

Leia mais

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware)

1.0 Apresentação. 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware) 1.0 Apresentação 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface da Rec-All mono (Hardware) 6.0 Instalando o Software Rec-All mono 7.0 Configuração do Software

Leia mais

Prof. Manuel A Rendón M

Prof. Manuel A Rendón M Prof. Manuel A Rendón M Tanenbaum Redes de Computadores Cap. 1 e 2 5ª. Edição Pearson Padronização de sistemas abertos à comunicação Modelo de Referência para Interconexão de Sistemas Abertos RM OSI Uma

Leia mais

INTRODUÇÃO AO SKYPE... 2 O QUE É SKYPE?... 2 QUANTA CUSTA?... 3 PORQUE ABANDONAR O SISTEMA USUAL DE TELEFONIA E PASSAR A USAR O SKYPE?...

INTRODUÇÃO AO SKYPE... 2 O QUE É SKYPE?... 2 QUANTA CUSTA?... 3 PORQUE ABANDONAR O SISTEMA USUAL DE TELEFONIA E PASSAR A USAR O SKYPE?... INTRODUÇÃO AO SKYPE... 2 O QUE É SKYPE?... 2 QUANTA CUSTA?... 3 PORQUE ABANDONAR O SISTEMA USUAL DE TELEFONIA E PASSAR A USAR O SKYPE?... 3 COMO COMPRAR E PAGAR... 3 CARACTERÍSTICAS IMPORTANTES... 3 DOWNLOAD

Leia mais

LINKSYS SPA3102 E PAP2T

LINKSYS SPA3102 E PAP2T CONFIGURANDO TELEFONE PONTO A PONTO COM LINKSYS SPA3102 E PAP2T Infottecnica Telecom & infor www.infottecnica.com.br Pirapora MG Tel. 38 8404-4430 1 CONFIGURANDO SPA3102 e PAP2T Conteúdo: 1 Apresentação

Leia mais

Há dois tipos de configurações bidirecionais usados na comunicação em uma rede Ethernet:

Há dois tipos de configurações bidirecionais usados na comunicação em uma rede Ethernet: Comunicação em uma rede Ethernet A comunicação em uma rede local comutada ocorre de três formas: unicast, broadcast e multicast: -Unicast: Comunicação na qual um quadro é enviado de um host e endereçado

Leia mais

GlobalPhone - CallShop

GlobalPhone - CallShop CallShop Convidamos sua empresa a conhecer essa ótima oportunidade de ganho de lucros, onde oferecemos uma plataforma para controle de ligações telefônicas, que utilizam o sistema de telefonia VoIP, tornando

Leia mais

Transmissão de Voz em Redes de Dados (VoIP)

Transmissão de Voz em Redes de Dados (VoIP) Transmissão de Voz em Redes de Dados (VoIP) Telefonia Tradicional PBX Telefonia Pública PBX Rede telefônica tradicional usa canais TDM (Time Division Multiplexing) para transporte da voz Uma conexão de

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TELECOMUNICAÇÕES As telecomunicações referem -se à transmissão eletrônica de sinais para as comunicações, incluindo meios como telefone, rádio e televisão. As telecomunicações

Leia mais

------------------------------------------------------------------------- *** Recuperação de senha através do link:

------------------------------------------------------------------------- *** Recuperação de senha através do link: YEALINK SIP-T22P SÍNTESE DE FUNCIONALIDADES VOIP Função de Teclas Permitir aos usuários o acesso ao Voice Mail; Redirecionar ligações ao se ausentar; CUIDADO; (ativa o último nº registrado na memória)

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Capítulo 1 Gustavo Reis gustavo.reis@ifsudestemg.edu.br - O que é a Internet? - Milhões de elementos de computação interligados: hospedeiros = sistemas finais - Executando aplicações

Leia mais

1. O serviço de telefone digital da Nacacomunik está disponível na Madeira e nos Açores? Sim.

1. O serviço de telefone digital da Nacacomunik está disponível na Madeira e nos Açores? Sim. Serviço de Telefone Digital ACN Questões gerais 1. O serviço de telefone digital da Nacacomunik está disponível na Madeira e nos Açores? Sim. 2. Quais são os requisitos do serviço de telefone digital da

Leia mais

Interligação de Redes

Interligação de Redes REDES II HETEROGENEO E CONVERGENTE Interligação de Redes rffelix70@yahoo.com.br Conceito Redes de ComputadoresII Interligação de Redes Quando estações de origem e destino encontram-se em redes diferentes,

Leia mais

Aparelho Digital Meridian M3902. Guia de Operações Básicas

Aparelho Digital Meridian M3902. Guia de Operações Básicas Aparelho Digital Meridian M3902 Guia de Operações Básicas ÍNDICE: ANTES DE COMEÇAR Instruções gerais do aparelho: 2 Para fazer uma chamada: 4 Para receber uma chamada: 4 Transferência de ligações: 4 Procure

Leia mais

Autenticação modo Roteador. Após finalizar a configuração, seu computador obterá o IP e a página de configuração do ATA poderá ser acessada.

Autenticação modo Roteador. Após finalizar a configuração, seu computador obterá o IP e a página de configuração do ATA poderá ser acessada. 2. Conecte a porta WAN do GKM 2210 T ao seu acesso à internet (porta ethernet do modem). O LED WAN acenderá; 3. Conecte a porta LAN à placa de rede do PC. O LED LAN acenderá; 4. Conecte o(s) telefone(s)

Leia mais

MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo.

MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo. MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com URL: http://esganarel.home.sapo.pt GABINETE: 1G1 - A HORA DE ATENDIMENTO: SEG. E QUA. DAS 11H / 12H30 (MARCAÇÃO

Leia mais

Guia Técnico Inatel Guia das Cidades Digitais

Guia Técnico Inatel Guia das Cidades Digitais Guia Técnico Inatel Guia das Cidades Digitais Módulo 3: VoIP INATEL Competence Center treinamento@inatel.br Tel: (35) 3471-9330 As telecomunicações vêm passando por uma grande revolução, resultante do

Leia mais

CoIPe Telefonia com Tecnologia

CoIPe Telefonia com Tecnologia CoIPe Telefonia com Tecnologia A proposta Oferecer sistema de telefonia digital com tecnologia que possibilita inúmeras maneiras de comunicação por voz e dados, integrações, recursos e abertura para customizações.

Leia mais

Capítulo 2 - Conceitos Básicos de Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - agosto de 2007 - Página

Capítulo 2 - Conceitos Básicos de Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - agosto de 2007 - Página Capítulo 2 - Conceitos Básicos de Redes 1 Redes de Dados Inicialmente o compartilhamento de dados era realizado a partir de disquetes (Sneakernets) Cada vez que um arquivo era modificado ele teria que

Leia mais

Voltar. Placas de rede

Voltar. Placas de rede Voltar Placas de rede A placa de rede é o dispositivo de hardware responsável por envio e recebimento de pacotes de dados e pela comunicação do computador com a rede. Existem placas de rede on-board(que

Leia mais

INTERNET CONCEITOS. Internet é a "grande rede mundial de computadores"

INTERNET CONCEITOS. Internet é a grande rede mundial de computadores INTERNET CONCEITOS O que é Internet Estamos acostumados a ouvir que Internet é a "grande rede mundial de computadores" Entretanto, essa definição não é muito simplista. Na realidade, Ela é uma coleção

Leia mais

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul 1 ANEXO VII QUADRO DE QUANTITATIVOS E ESPECIFICAÇÕES DOS ITENS Item Produto Quantidade 1 Aparelhos IP, com 2 canais Sip, visor e teclas avançadas, 2 70 portas LAN 10/100 2 Servidor com HD 500G 4 GB memória

Leia mais

Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP.

Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP. Comparativo entre câmeras analógicas e Câmeras IP. VANTAGENS DAS SOLUÇÕES DE VIGILÂNCIA DIGITAL IP É verdade que o custo de aquisição das câmeras digitais IP, é maior que o custo de aquisição das câmeras

Leia mais

Seja bem-vindo. Um abraço, Bruno Raposo Diretor de Relacionamento com Clientes. *Serviços gratuitos até junho de 2009.

Seja bem-vindo. Um abraço, Bruno Raposo Diretor de Relacionamento com Clientes. *Serviços gratuitos até junho de 2009. Seja bem-vindo. AGORA VOCÊ FARÁ SUAS LIGAÇÕES COM MUITO MAIS ECONOMIA. A partir de agora, você tem acesso a todos os benefícios do telefone via cabo, que reuniu as tecnologias da Embratel e da NET o NET

Leia mais

Prof. Edson Maia Graduado em Web Design e Programação Bacharel e Licenciado em Geografia Especialista em Gestão Ambiental Complementação para

Prof. Edson Maia Graduado em Web Design e Programação Bacharel e Licenciado em Geografia Especialista em Gestão Ambiental Complementação para Prof. Edson Maia Graduado em Web Design e Programação Bacharel e Licenciado em Geografia Especialista em Gestão Ambiental Complementação para Magistério Superior Especialista em Docência para Educação

Leia mais

CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES

CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES O sistema digital de radiocomunicação será constituído pelo Sítio Central, Centro de Despacho (COPOM) e Sítios de Repetição interligados

Leia mais

BlackBerry Mobile Voice System Versão: 5.0 Service pack: 1. Visão geral técnica e dos recursos

BlackBerry Mobile Voice System Versão: 5.0 Service pack: 1. Visão geral técnica e dos recursos BlackBerry Mobile Voice System Versão: 5.0 Service pack: 1 Visão geral técnica e dos recursos SWD-1031491-1025120324-012 Conteúdo 1 Visão geral... 3 2 Recursos... 4 Recursos para gerenciar contas de usuário

Leia mais

IP Camera Tutorial. CNet Technology Jan 2008

IP Camera Tutorial. CNet Technology Jan 2008 IP Camera Tutorial CNet Technology Jan 2008 O que é Câmera IP? Camera IP é a combinação entre câmera e computador. As câmeras podem ser conectadas diretamente na sua rede. Ela possui internamente software

Leia mais

Tecnologias de Banda Larga

Tecnologias de Banda Larga Banda Larga Banda larga é uma comunicação de dados em alta velocidade. Possui diversas tecnologia associadas a ela. Entre essas tecnologias as mais conhecidas são a ADSL, ISDN, e o Cable Modem. Essas tecnologias

Leia mais

UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Disciplina: Sistemas de Telecomunicações 4º período Professor: Maurício AULA 02 Telefonia Fixa

UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Disciplina: Sistemas de Telecomunicações 4º período Professor: Maurício AULA 02 Telefonia Fixa Introdução UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Com o aparecimento dos sistemas de comunicação móvel como a telefonia celular, o termo telefonia fixa passou a ser utilizado para caracterizar

Leia mais

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA 1 Banda Estreita A conexão de banda estreita ou conhecida como linha discada disponibiliza ao usuário acesso a internet a baixas velocidades,

Leia mais

O modelo ISO/OSI (Tanenbaum,, 1.4.1)

O modelo ISO/OSI (Tanenbaum,, 1.4.1) Cenário das redes no final da década de 70 e início da década de 80: Grande aumento na quantidade e no tamanho das redes Redes criadas através de implementações diferentes de hardware e de software Incompatibilidade

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FÓRUM TÉCNICO CONSULTIVO TELEFONIA IP Carlos José Rosa Coletti AI Reitoria Lazaro Geraldo Calestini Rio Claro Tatiana Pinheiro de Brito IA São Paulo Valmir Dotta FCLAr - CSTI Walter Matheos Junior IFT

Leia mais

Seu manual do usuário HP DC72 BLADE CLIENT http://pt.yourpdfguides.com/dref/887902

Seu manual do usuário HP DC72 BLADE CLIENT http://pt.yourpdfguides.com/dref/887902 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para HP DC72 BLADE CLIENT. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a HP DC72

Leia mais

1. O serviço de telefone digital da Nacacomunik está disponível na Madeira e nos Açores? Sim.

1. O serviço de telefone digital da Nacacomunik está disponível na Madeira e nos Açores? Sim. Serviço de Telefone Digital ACN Questões gerais 1. O serviço de telefone digital da Nacacomunik está disponível na Madeira e nos Açores? Sim. 2. Quais são os requisitos do serviço de telefone digital da

Leia mais

Capítulo VI Telecomunicações: Redes e Aplicativos

Capítulo VI Telecomunicações: Redes e Aplicativos Capítulo VI Telecomunicações: Redes e Aplicativos Uma rede nada mais é do que máquinas que se comunicam. Estas máquinas podem ser computadores, impressoras, telefones, aparelhos de fax, etc. Se interligarmos

Leia mais

Estrutura de um Rede de Comunicações. Redes e Sistemas Distribuídos. Tarefas realizadas pelo sistema de comunicação. Redes de comunicação de dados

Estrutura de um Rede de Comunicações. Redes e Sistemas Distribuídos. Tarefas realizadas pelo sistema de comunicação. Redes de comunicação de dados Estrutura de um Rede de Comunicações Profa.. Cristina Moreira Nunes Tarefas realizadas pelo sistema de comunicação Utilização do sistema de transmissão Geração de sinal Sincronização Formatação das mensagens

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Introdução Redes de Computadores Marco Antonio Montebello Júnior marco.antonio@aes.edu.br Rede É um conjunto de computadores chamados de estações de trabalho que compartilham recursos de hardware (HD,

Leia mais

CAMADA DE REDE. UD 2 Aula 3 Professor João Carneiro Arquitetura de Redes 1º e 2º Semestres UNIPLAN

CAMADA DE REDE. UD 2 Aula 3 Professor João Carneiro Arquitetura de Redes 1º e 2º Semestres UNIPLAN CAMADA DE REDE UD 2 Aula 3 Professor João Carneiro Arquitetura de Redes 1º e 2º Semestres UNIPLAN Modelo de Referência Híbrido Adoção didática de um modelo de referência híbrido Modelo OSI modificado Protocolos

Leia mais

Universidade de Brasília

Universidade de Brasília Universidade de Brasília Introdução a Microinformática Turma H Redes e Internet Giordane Lima Porque ligar computadores em Rede? Compartilhamento de arquivos; Compartilhamento de periféricos; Mensagens

Leia mais

COMENTÁRIO PROVA DE INFORMÁTICA SERGIO ALABI LUCCI FILHO www.alabi.net ~ concurso@alabi.net

COMENTÁRIO PROVA DE INFORMÁTICA SERGIO ALABI LUCCI FILHO www.alabi.net ~ concurso@alabi.net COMENTÁRIO PROVA DE INFORMÁTICA SERGIO ALABI LUCCI FILHO www.alabi.net ~ concurso@alabi.net CARGO: TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO ÁREA: APOIO TÉCNICO E ADMINISTRATIVO ESPECIALIDADE: TÉCNICA ADMINISTRATIVA

Leia mais

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - III

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - III APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - III 1 REDE DE COMPUTADORES III 1. Introdução MODELO OSI ISO (International Organization for Standardization) foi uma das primeiras organizações a definir formalmente

Leia mais

Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk. Camada Física: Redes Sem Fio. Equipamentos de Rede. O que já conhecemos.

Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk. Camada Física: Redes Sem Fio. Equipamentos de Rede. O que já conhecemos. Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk Camada Física: Redes Sem Fio Equipamentos de Rede O que já conhecemos. Cabos; Atenas; Tipos de transmissão; 1 O que vamos conhecer. Equipamentos

Leia mais

TIP 100 PoE GUIA DE INSTALAÇÃO

TIP 100 PoE GUIA DE INSTALAÇÃO TIP 100 PoE GUIA DE INSTALAÇÃO Telefone IP Intelbras Modelo TIP 100 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O TIP 100 é um telefone IP com funções de roteador

Leia mais

Soluções convergentes em telefonia para sua empresa. Vantagens competitivas na comunicação entre você e seus clientes.

Soluções convergentes em telefonia para sua empresa. Vantagens competitivas na comunicação entre você e seus clientes. Soluções convergentes em telefonia para sua empresa. Vantagens competitivas na comunicação entre você e seus clientes. A revolução na comunicação da sua empresa. mobilidade mobilidade Voz Voz vídeo vídeo

Leia mais

Revisão de Literatura

Revisão de Literatura Revisão de Literatura VoIP é um conjunto de tecnologias que usa a Internet ou as redes IP privadas para a comunicação de Voz, substituindo ou complementando os sistemas de telefonia convencionais. A telefonia

Leia mais

Guia do Usuário GKM 2210 T

Guia do Usuário GKM 2210 T Guia do Usuário GKM 2210 T ATA Intelbras GKM 2210 T Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O ATA GKM 2210 T é um adaptador para telefone analógico com funções

Leia mais

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Página 1 de 14 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2-NA Este guia irá ajudá-lo a instalar o seu ATA,

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Você conectado ao mundo com liberdade APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL > ÍNDICE Sobre a TESA 3 Telefonia IP com a TESA 5 Portfólio de produtos/serviços 6 Outsourcing 6 Telefonia 7 Web

Leia mais

1. Introdução. 2. Conteúdo da embalagem

1. Introdução. 2. Conteúdo da embalagem 1 1. Introdução / 2. Conteúdo da embalagem 1. Introdução O Repetidor WiFi Multilaser é a combinação entre uma conexão com e sem fio. Foi projetado especificamente para pequenas empresas, escritórios e

Leia mais

Wi-Fi: como solucionar problemas com a conectividade Wi-Fi

Wi-Fi: como solucionar problemas com a conectividade Wi-Fi Wi-Fi: como solucionar problemas com a conectividade Wi-Fi Saiba como solucionar problemas de conectividade da rede Wi-Fi no seu Mac. OS X Mountain Lion 10.8.4 ou versões posteriores Use o aplicativo Diagnóstico

Leia mais

Manual do Usuário de Telefone Analógico. Revisão 1.0 Julho 2010

Manual do Usuário de Telefone Analógico. Revisão 1.0 Julho 2010 Manual do Usuário de Telefone Analógico Revisão 1.0 Julho 2010 DECLARAÇÃO DE RESPONSABILIDADE A NEC reserva-se o direito de modificar as especificações, funções ou características a qualquer hora e sem

Leia mais

Evolução na Comunicação de

Evolução na Comunicação de Evolução na Comunicação de Dados Invenção do telégrafo em 1838 Código Morse. 1º Telégrafo Código Morse Evolução na Comunicação de Dados A evolução da comunicação através de sinais elétricos deu origem

Leia mais

Roteamento e Comutação

Roteamento e Comutação Roteamento e Comutação Uma estação é considerada parte de uma LAN se pertencer fisicamente a ela. O critério de participação é geográfico. Quando precisamos de uma conexão virtual entre duas estações que

Leia mais

1 Redes de comunicação de dados

1 Redes de comunicação de dados 1 Redes de comunicação de dados Nos anos 70 e 80 ocorreu uma fusão dos campos de ciência da computação e comunicação de dados. Isto produziu vários fatos relevantes: Não há diferenças fundamentais entre

Leia mais