Google Android. SMS Short Message Service

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Google Android. SMS Short Message Service"

Transcrição

1 SMS Short Message Service

2 A API Telephony do Android permite monitorar e gerenciar Conexão de Dados, Entrada e Saída de Chamadas, Envio e recebimento de mensagens SMS.

3 É possível criar o próprio Cliente de SMS, substituindo a aplicação nativa ou construir aplicativos que se comuniquem via SMS. SMS Manager é responsável por possibilitar a reescrita completa de uma aplicação nativa como a de SMS.

4 SMS em Aplicações Contras Comparado ao uso de IP, o uso de SMS para transmitir dados entre aplicações é baixo; Forma de comunicação cara; Não indicado para sistemas que requerem real-time e que sejam responsivos. Prós Adoção de redes SMS faz com que seja uma alternativa para entrega de conteúdos não android; Reduz a dependências de servidores de terceiros.

5 Enviando SMS pelo Cliente Nativo Android Disparar Activity com a intenção Intent.ACTION_SENDTO Data sms: numero Extra sms_body: mensagem

6 Intent smsintent = new Intent(Intent.ACTION_SENDTO, Uri.parse("sms: ")); smsintent.putextra("sms_body", "Press send to send me"); startactivity(smsintent); SMS Project SMSActivity.java

7 Implementando o próprio envio de SMS s android.telephony.smsmanager SmsManager smsmanager = SmsManager.getDefault(); String numero = ; String mensagem = Olá, Estou te enviando essa msg... ; smsmanager.sendtextmessage(numero, null, mensagem, null, null); <uses-permission android:name="android.permission.send_sms"/>

8 Tratando Envio e Entrega de SMS s sendtextmessage (String destinationaddress, String scaddress, String text, PendingIntent sentintent, PendingIntent deliveryintent); Parametro Descrição Tipo destinationaddress Endereço do destino String scaddress Endereço central do serviço de rede, por padrão é utilizado null para utilizar SMSC. String text Mensagem a ser enviada String sentintent Broadcast de quando a mensagem é enviada ou o envio falhou deliveryintent Broadcast indicando quando a mensagem é entregue ao destino PendingIntent PendingIntent

9 String SENT = "SENT_SMS_ACTION"; String DELIVERED = "DELIVERED_SMS_ACTION"; SMS Project PendingIntent sentpi = PendingIntent.getBroadcast(SMSActivity.this, 0, new Intent(SENT), 0); PendingIntent deliveredpi = PendingIntent.getBroadcast( SMSActivity.this, 0, new Intent(DELIVERED), 0); SMSActivity.java

10 registerreceiver(new BroadcastReceiver() public void onreceive(context arg0, Intent arg1) { switch (getresultcode()) { case Activity.RESULT_OK: Toast.makeText(SMSActivity.this, "SMS sent, Toast.LENGTH_SHORT).show(); break; case SmsManager.RESULT_ERROR_GENERIC_FAILURE: Toast.makeText(SMSActivity.this, "Generic failure, Toast.LENGTH_SHORT).show(); break; case SmsManager.RESULT_ERROR_NO_SERVICE: Toast.makeText(SMSActivity.this, "No service, Toast.LENGTH_SHORT).show(); break; case SmsManager.RESULT_ERROR_NULL_PDU: Toast.makeText(SMSActivity.this, "Null PDU, Toast.LENGTH_SHORT).show(); break; case SmsManager.RESULT_ERROR_RADIO_OFF: Toast.makeText(getBaseContext(), "Radio off, Toast.LENGTH_SHORT).show(); break;, new IntentFilter(SENT)); SMSActivity.java

11 registerreceiver(new BroadcastReceiver() public void onreceive(context arg0, Intent arg1) { switch (getresultcode()) { case Activity.RESULT_OK: Toast.makeText(SMSActivity.this, "SMS delivered, Toast.LENGTH_SHORT).show(); break; case Activity.RESULT_CANCELED: Toast.makeText(SMSActivity.this, "SMS not delivered, break;, new IntentFilter(DELIVERED)); Toast.LENGTH_SHORT).show(); SMSActivity.java

12 Enviar passando os objetos PendingIntents SmsManager sms = SmsManager.getDefault(); sms.sendtextmessage(numero, null, mensagem, sentpi, deliveredpi); SMSActivity.java

13 Ouvindo recebimento de SMS s Todas as vezes que um SMS é recebido, um novo broadcast Intent é disparado com a ação: android.provider.telephony.sms_received Detalhes da mensagem Extração do PDU para obter os dados

14 SMS Project <uses-permission android:name="android.permission.receive_sms /> <receiver android:name=.smsreceiver" > <intent-filter> <action android:name="android.provider.telephony.sms_received" /> </intent-filter> </receiver> AndroidManifest.xml

15 public class SMSReceiver extends BroadcastReceiver public void onreceive(context context, Intent intent) { if (intent.getaction().equals(sms_received)) { Bundle bundle = intent.getextras(); if (bundle!= null) { Object[] pdus = (Object[]) bundle.get("pdus"); SmsMessage[] messages = new SmsMessage[pdus.length]; for (int i = 0; i < pdus.length; i++) messages[i] = SmsMessage.createFromPdu((byte[]) pdus[i]); for (SmsMessage message : messages) { String msg = message.getmessagebody(); String from = message.getoriginatingaddress(); Log.i(SMSReceiver.class.getName(),"Mensagem: "+ msg); Log.i(SMSReceiver.class.getName(),"De: "+ from); SMSReceiver.java

16 Refatorando o código private SmsMessage[] getmessagefromintent(intent intent) { Bundle bundle = intent.getextras(); if (bundle!= null) { Object[] pdus = (Object[]) bundle.get("pdus"); SmsMessage[] messages = new SmsMessage[pdus.length]; for (int i = 0; i < pdus.length; i++) messages[i] = SmsMessage.createFromPdu((byte[]) pdus[i]); return messages; return null; SMSReceiver.java

17 Refatorando o código private SmsMessage getmessage(intent intent){ SmsMessage[] mensagens = getmessagefromintent(intent); if (mensagens!= null){ return mensagens[0]; return null; SMSReceiver.java

18 Software Auto-Response Possibilitar o Envio de SMS s; Ao receber um SMS, enviar um SMS de resposta com a mensagem Estou Ocupado, Logo mais te ligo. Ass: Seu Nome.

Desenv. Para Dispositivos Móveis. Prof. Clayton Almeida

Desenv. Para Dispositivos Móveis. Prof. Clayton Almeida Desenv. Para Dispositivos Móveis Prof. Clayton Almeida Um BroadCastReceiver é um receptor broadcast para processamento de tempo curto; Permite um processo em background escutar eventos do sistema ou aplicação;

Leia mais

Google Android. Broadcast Receiver

Google Android. Broadcast Receiver Broadcast Receiver Permite que aplicações possam reagir a determinado evento gerado por uma intenção (Intent) que nada mais é que uma mensagem (Message-Passing) enviada ao SO. App1 App Client Intent App2

Leia mais

Programação para Android. Aula 10: Acesso a câmera, sms e recursos do aparelho

Programação para Android. Aula 10: Acesso a câmera, sms e recursos do aparelho Programação para Android Aula 10: Acesso a câmera, sms e recursos do aparelho Objetivos Nesta aula iremos aprender como invocar os recursos do aparelho: Fazer chamadas telefônicas Enviar SMS Utilizar a

Leia mais

Desenvolvimento de um aplicativo básico usando o Google Android

Desenvolvimento de um aplicativo básico usando o Google Android Desenvolvimento de um aplicativo básico usando o Google Android (BroadcastReceiver) Programação de Dispositivos Móveis Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte

Leia mais

Android Core. Felipe Silveira felipesilveira.com.br. Aula 6

Android Core. Felipe Silveira felipesilveira.com.br. Aula 6 Android Core Felipe Silveira felipesilveira.com.br Aula 6 Aplicações II Services Services Service é um dos componentes principais da plataforma Android. Executado em background Sem interface com o usuário

Leia mais

Um Exemplo de Refatoração. Prof. Alberto Costa Neto DComp/UFS alberto@ufs.br

Um Exemplo de Refatoração. Prof. Alberto Costa Neto DComp/UFS alberto@ufs.br Um Exemplo de Refatoração Prof. Alberto Costa Neto DComp/UFS alberto@ufs.br Exemplo Programa para calcular e imprimir o valor devido por um cliente de uma vídeo locadora Filme códigopreço:int 1 * * 1 Locação

Leia mais

Programação para Android. Aula 08: Persistência de dados SQL

Programação para Android. Aula 08: Persistência de dados SQL Programação para Android Aula 08: Persistência de dados SQL Persistência de dados Na maioria das aplicações precisamos ter algum tipo de persistência de dados. Para guardar informações de forma persistente

Leia mais

Google Android. Intents

Google Android. Intents Intents Intents Intents são usados como mecanismo de passagem de mensagens na sua aplicação ou entre aplicações distintas. Intents podem ser usadas para: Declarar a intenção de iniciar uma Activity ou

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CIELO MOBILE CHAMADA EXTERNA. Maio de 2015

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CIELO MOBILE CHAMADA EXTERNA. Maio de 2015 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CIELO MOBILE CHAMADA EXTERNA Maio de 2015 Fevereiro, 2015 Í N D I C E VERSÃO DO DOCUMENTO... 7 INTRODUÇÃO... 7 OBJETIVO... 7 CENÁRIO... 7 FUNCIONAMENTO... 7 INTEGRAÇÃO... 8 MENSAGENS...

Leia mais

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null Palavras -chave de JAV A abstract catch do final implements long private static throw void boolean char double finally import native protected super throws volatile break class float insfcanceof new public

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CIELO MOBILE CAIXA RÁPIDO. Julho de 2015

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CIELO MOBILE CAIXA RÁPIDO. Julho de 2015 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CIELO MOBILE CAIXA RÁPIDO Julho de 2015 Fevereiro, 2015 Í N D I C E VERSÃO DO DOCUMENTO... 7 INTRODUÇÃO... 7 OBJETIVO... 7 CENÁRIO... 7 FUNCIONAMENTO... 7 INTEGRAÇÃO... 8 MENSAGENS...

Leia mais

Aula 30 - Sockets em Java

Aula 30 - Sockets em Java Aula 30 - Sockets em Java Sockets Sockets são estruturas que permitem que funções de software se interconectem. O conceito é o mesmo de um soquete (elétrico, telefônico, etc...), que serve para interconectar

Leia mais

Design Patterns (Factory Method, Prototype, Singleton)

Design Patterns (Factory Method, Prototype, Singleton) DesignPatterns (FactoryMethod,Prototype,Singleton) JoãoAntónioPaz LuísMiguelClaro AlbertoManuelGomes N.º12812 N.º12817 N.º12818 FACTORYMETHOD Padrãoquedefineumainterfaceparacriaçãodeobjectos,masdeixaassubclassesdecidirque

Leia mais

Programação para a Plataforma Android Aula 17. Broadcasts

Programação para a Plataforma Android Aula 17. Broadcasts Programação para a Plataforma Android Aula 17 Broadcasts O que são eventos de difusão? Como capturar eventos de chamadas telefônicas? Como verificar o estado da bateria? Como implementar receptores de

Leia mais

Log, Ciclo de Vida e Diálogos. Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br)

Log, Ciclo de Vida e Diálogos. Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br) Log, Ciclo de Vida e Diálogos Prof. Fellipe Aleixo (fellipe.aleixo@ifrn.edu.br) Conteúdo Log Classe android.u:l.log LogCat Ciclo de Vida Pilha de a:vidades Métodos e estados da a:vidade Instance State

Leia mais

O comando switch. c Professores de ALPRO I 04/2012. Faculdade de Informática PUCRS. ALPRO I (FACIN) O comando switch 04/2012 1 / 31

O comando switch. c Professores de ALPRO I 04/2012. Faculdade de Informática PUCRS. ALPRO I (FACIN) O comando switch 04/2012 1 / 31 O comando switch c Professores de ALPRO I Faculdade de Informática PUCRS 04/2012 ALPRO I (FACIN) O comando switch 04/2012 1 / 31 Sumário 1 Relembrando... 2 Comando de Seleção (Parte III) Menus e o comando

Leia mais

GUIA DE INTEGRAÇÃO APP2APP APLICATIVO PAGSEGURO 1. Guia de Integração App2App Aplicativo PagSeguro VERSÃO 1.0.0

GUIA DE INTEGRAÇÃO APP2APP APLICATIVO PAGSEGURO 1. Guia de Integração App2App Aplicativo PagSeguro VERSÃO 1.0.0 GUIA DE INTEGRAÇÃO APP2APP APLICATIVO PAGSEGURO 1 Guia de Integração App2App Aplicativo PagSeguro GUIA DE INTEGRAÇÃO APP2APP APLICATIVO PAGSEGURO 2 Histórico de Alterações Date Description 28/06/2014 Visão

Leia mais

Módulo 2 - Novas Activities Android. Programação Orientada a Objetos Prof. Rone Ilídio - UFSJ

Módulo 2 - Novas Activities Android. Programação Orientada a Objetos Prof. Rone Ilídio - UFSJ Módulo 2 - Novas Activities Android Programação Orientada a Objetos Prof. Rone Ilídio - UFSJ Inserindo a segunda activity Para inserir uma nova activity basta clicar com o botão direito sobre o pacote,

Leia mais

Criar um novo projecto

Criar um novo projecto Criar um novo projecto Criar um novo projecto (2) Criar um novo projecto (3) Criar um novo projecto (4) Criar um novo projecto (5) Criar um novo projecto (6) Estrutura do projecto O Eclipse criou-nos um

Leia mais

Programação para Android. Aula 06: Activity, menus e action bar

Programação para Android. Aula 06: Activity, menus e action bar Programação para Android Aula 06: Activity, menus e action bar Activity A classe Activity é quem gerencia a interface com o usuário. Ela quem recebe as requisições, as trata e processa. Na programação

Leia mais

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this.

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Aula 2 Objetivos Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Encapsulamento, data hiding é um conceito bastante importante em orientação a objetos. É utilizado para restringir o acesso

Leia mais

Provedores de Conteúdo

Provedores de Conteúdo Programação para a Plataforma Android Aula 12 Provedores de Conteúdo O que são provedores de conteúdo? Como ler dados de outras aplicações? Como iden@ficar recursos de forma única? Como deixar dados disponíveis

Leia mais

Introdução ao Desenvolvimento para Sistema Operacional Android

Introdução ao Desenvolvimento para Sistema Operacional Android Dr. prof.sylvio@fatecriopreto.edu.br Conteúdo: 1) Introdução ao Android e Mercado de Dispositivos Móveis; 2) Plataforma: 2.1) Arquitetura; 2.2) Framework; 2.3) Bibliotecas; 2.4) Android Runtime; 2.5) Linux

Leia mais

Threads e Sockets em Java. Threads em Java. Programas e Processos

Threads e Sockets em Java. Threads em Java. Programas e Processos Threads em Java Programas e Processos Um programa é um conceito estático, isto é, um programa é um arquivo em disco que contém um código executável por uma CPU. Quando este programa é executado dizemos

Leia mais

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. Sintaxe Geral Tipos de Dados Comentários Comentários: De linha: // comentário 1 // comentário 2 De bloco: /* linha 1 linha 2 linha n */ De documentação: /** linha1 * linha2 */ Programa Exemplo: ExemploComentario.java

Leia mais

Construção de um protótipo de comunicação por tecnologia Bluetooth para o servidor Open Simulator

Construção de um protótipo de comunicação por tecnologia Bluetooth para o servidor Open Simulator Construção de um protótipo de comunicação por tecnologia Bluetooth para o servidor Open Simulator (Technical report APEX-TR04) PTDC/EIA-EIA/116069/2009 André dossantoslealgomes This work is funded by ERDF

Leia mais

Programação de Dispositivos Móveis

Programação de Dispositivos Móveis Aula 07 Programação de Dispositivos Móveis Interface Gráfica ListView com ArrayAdapter Um elemento muito utilizado em aplicativos é a ListView, com ela pode-se criar uma lista de objetos. A partir dos

Leia mais

Comunicação entre A0vidades

Comunicação entre A0vidades Programação para a Plataforma Android Aula 8 Comunicação entre A0vidades Como invocar uma a0vidade a par0r de outra? Como descrever um serviço em Android? Como duas a0vidades se comunicam? Como abrir uma

Leia mais

Desenvolvimento para Android Prá3ca 3. Prof. Markus Endler

Desenvolvimento para Android Prá3ca 3. Prof. Markus Endler Desenvolvimento para Android Prá3ca 3 Prof. Markus Endler Exercício 3.1 Solicitando permissão para abrir uma página Web ü Criaremos uma Ac.vity com um EditText (para entrada de uma URL), um Bu?on e uma

Leia mais

UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação. Estrutura de Dados. AULA 6 Filas

UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação. Estrutura de Dados. AULA 6 Filas UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação Estrutura de Dados AULA 6 Filas Estrutura de Dados A Estrutura de Dados Fila Fila é uma estrutura de dados usada em programação, que tem regras para

Leia mais

Programação para Dispositivos Móveis

Programação para Dispositivos Móveis Programação para Dispositivos Móveis Fatec Ipiranga Análise e Desenvolvimento de Sistemas Aula 06 Controlando o fluxo de eventos e passando parametro para Activities. Dalton Martins dmartins@gmail.com

Leia mais

Chromecast. Seu aplicativo na TV. Ivan de Aguirre @IvAguirre ivan.aguirre@gmail.com

Chromecast. Seu aplicativo na TV. Ivan de Aguirre @IvAguirre ivan.aguirre@gmail.com Chromecast Seu aplicativo na TV Ivan de Aguirre @IvAguirre ivan.aguirre@gmail.com Cast Sender: Sender: Android, ios, Chrome App Sender: Android, ios, Chrome App Receiver: Sender: Android, ios, Chrome

Leia mais

JADE : Java Agent DEvelopment Framework JADE

JADE : Java Agent DEvelopment Framework JADE : Java Agent DEvelopment Framework http:// sharon.cselt.it/projects/jade Framework para desenvolvimento de software, no projecto de sistemas multi-agente e aplicações conforme as normas da FIPA Escrito

Leia mais

Plataforma para Agentes

Plataforma para Agentes Plataforma para es JATLite - Java Template, Lite O que é o JATLite? http://java.stanford.edu/ http://www.fe.up.pt/~eol/aiad/jatlite/doc/index.html Pacote de programas em Java permitindo: rápida criação

Leia mais

Trabalho Prático Nº4 Porta Série

Trabalho Prático Nº4 Porta Série Trabalho Prático Nº4 Porta Série 1. OBJECTIVOS - Desenvolver aplicações sobre a porta série em Ambiente Windows 32 bits 2. INTRODUÇÃO Este trabalho prático é baseado no artigo Use P/Invoke to Develop a.net

Leia mais

Android Banco de Dados. Ivan Nicoli

Android Banco de Dados. Ivan Nicoli Android Banco de Dados Ivan Nicoli SQLite O Android tem suporte ao SQLite (http://www.sqlite.org), um leve e poderoso banco de dados. Cada aplicação pode criar um ou mais banco de dados, que ficam localizados

Leia mais

AlarmManager. Programação em Dispositivos Móveis (PDM) Centro de Cálculo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

AlarmManager. Programação em Dispositivos Móveis (PDM) Centro de Cálculo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa AlarmManager (PDM) Centro de Cálculo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Pedro Alexandre Pereira (palex@cc.isel.ipl.pt) Notificar o utilizador passado determinado tempo 2 Mostrar janela com mensagem

Leia mais

Como o FIT funciona. FIT: Framework for Integrated Tests FIT. http://fit.c2.com. Dados de testes. Programa. Fixtures. classes. Resultados de testes

Como o FIT funciona. FIT: Framework for Integrated Tests FIT. http://fit.c2.com. Dados de testes. Programa. Fixtures. classes. Resultados de testes Como o FIT funciona FIT: Framework for Integrated Tests http://fit.c2.com Dados de testes Fixtures Programa classes FIT Resultados de testes Universidade Portucalense Engenharia de Software ES04 2014-2015

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS COLEGIADO DE INFORMÁTICA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS COLEGIADO DE INFORMÁTICA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS COLEGIADO DE INFORMÁTICA Disciplina: Redes de Computadores Ano: 2007 Professor: Luiz Antonio Trabalho 1º Bimestre Cliente/Servidor

Leia mais

Definições de Projeto

Definições de Projeto App Alunos Definições de Projeto Implementação de uma app para Manipulação de Dados de Alunos Em linhas gerais, a app consiste em: Manter dados de alunos; Entrar em contato com alunos; Trocar dados com

Leia mais

Redes de Computadores. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Redes de Computadores. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Redes de Computadores Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Nível de Transporte Responsável pela comunicação fim-a-fim entre dois ou mais computadores As redes são normalmente complexas

Leia mais

Programação Orientada a Objectos - P. Prata, P. Fazendeiro. Cartão de fidelização de clientes das distribuidoras de combustível.

Programação Orientada a Objectos - P. Prata, P. Fazendeiro. Cartão de fidelização de clientes das distribuidoras de combustível. Caso de estudo O cartão fidelidade Cartão de fidelização de clientes das distribuidoras de combustível. Definição em JAVA da classe CartaoFidelidade, que deverá apresentar uma funcionalidade semelhante

Leia mais

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS SISTEMAS DISTRIBUÍDOS Modelo cliente e servidor Slide 2 Nielsen C. Damasceno Modelos Cliente - Servidor A principal diferença entre um sistema centralizado e um sistema distribuído está na comunicação

Leia mais

Comunicação em Sistemas Distribuídos

Comunicação em Sistemas Distribuídos Comunicação em Sistemas Distribuídos A diferença mais importante entre os Sistemas Distribuídos e os Sistemas Uniprocessadores é a comunicação inter-processo. Nos uniprocessadores esta comunicação é feita

Leia mais

A ) O cliente terá que implementar uma interface remota. . Definir a interface remota com os métodos que poderão ser acedidos remotamente

A ) O cliente terá que implementar uma interface remota. . Definir a interface remota com os métodos que poderão ser acedidos remotamente Java RMI - Remote Method Invocation Callbacks Folha 9-1 Vimos, na folha prática anterior, um exemplo muito simples de uma aplicação cliente/ servidor em que o cliente acede à referência remota de um objecto

Leia mais

Minicurso - Android Fábio Silva / João Paulo Ribeiro

Minicurso - Android Fábio Silva / João Paulo Ribeiro Minicurso - Android Fábio Silva / João Paulo Ribeiro Quem somos? :D Graduando em Ciência da Computação na Universidade Federal de Campina Grande @ffosilva www.fabiosilva.org Quem somos? :D Graduando em

Leia mais

Seu App na TV: Desenvolvimento para ChromeCast

Seu App na TV: Desenvolvimento para ChromeCast Seu App na TV: Desenvolvimento para ChromeCast Ivan de Aguirre! ivan.aguirre@gmail.com! Twitter: IvAguirre! G+: plus.google.com/+ivanaguirrebr Sender App: Sender App: Android Sender App: Android ios Sender

Leia mais

Programa de Dispositivos Móveis

Programa de Dispositivos Móveis Aula 02 Programa de Dispositivos Móveis A Classe Activity A classe Actvity é similar a classe JFrame do Swing representa basicamente uma tela. Quase todas as atividades interagem com o usuário, então ela

Leia mais

Java Básico. Matrícula de Alunos. Marco Antonio, Arquiteto de Software TJDF ma@marcoreis.eti.br. Novembro/2005

Java Básico. Matrícula de Alunos. Marco Antonio, Arquiteto de Software TJDF ma@marcoreis.eti.br. Novembro/2005 Java Básico Matrícula de Alunos Marco Antonio, Arquiteto de Software TJDF ma@marcoreis.eti.br Novembro/2005 Objetivos OO: trocar mensagens entre os objetos Exception: tratar exceções Análise: implementar

Leia mais

DESENVOLVIMENTO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

DESENVOLVIMENTO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO DESENVOLVIMENTO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Dialogs Dialogs são caixas de informações que servem para alertar o usuário sobre algo ou para solicitar algum tipo de informação

Leia mais

Programa de Computador que funciona em Rede

Programa de Computador que funciona em Rede Programa de Computador que funciona em Rede professor Robinson Vida Noronha 1 Paradigma Um programa rodando em rede é como uma loja. 2 Uma loja é composta por Vendedores Vendedores 3 Um loja deve servir

Leia mais

Programação para Android. Aula 05: Estilos e temas; galeria de imagens

Programação para Android. Aula 05: Estilos e temas; galeria de imagens Programação para Android Aula 05: Estilos e temas; galeria de imagens Objetivos Aplicar estilos e temas Criar uma galeria de imagens com o widget Gallery Parte 01: Estilos e temas Interface de Usuários

Leia mais

Universidade da Beira Interior Cursos: Matemática /Informática e Ensino da Informática

Universidade da Beira Interior Cursos: Matemática /Informática e Ensino da Informática Folha 1-1 Introdução à Linguagem de Programação JAVA 1 Usando o editor do ambiente de desenvolvimento JBUILDER pretende-se construir e executar o programa abaixo. class Primeiro { public static void main(string[]

Leia mais

TCC 00.174 Prof.: Leandro A. F. Fernandes www.ic.uff.br/~laffernandes. Conteúdo: Tipos Genéricos

TCC 00.174 Prof.: Leandro A. F. Fernandes www.ic.uff.br/~laffernandes. Conteúdo: Tipos Genéricos Programação de Computadores II TCC 00.174 Prof.: Leandro A. F. Fernandes www.ic.uff.br/~laffernandes Conteúdo: Material elaborado pelos profs. Anselmo Montenegro e Marcos Lage com contribuições do prof.

Leia mais

JavaScript 2.0X 1.0 3.0X 1.1 4.0 4.05 1.2 4.06 4.61 1.3 5.0 1.4 6.0 1.5

JavaScript 2.0X 1.0 3.0X 1.1 4.0 4.05 1.2 4.06 4.61 1.3 5.0 1.4 6.0 1.5 JavaScript Diego R. Frank, Leonardo Seibt FIT Faculdades de Informática de Taquara Fundação Educacional Encosta Inferior do Nordeste Av. Oscar Martins Rangel, 4500 Taquara RS Brasil difrank@terra.com.br,

Leia mais

Exclusão Mútua em Sistemas Distribuídos

Exclusão Mútua em Sistemas Distribuídos Exclusão Mútua em Sistemas Distribuídos Recurso deve ser utilizado por apenas um processo de cada vez, com garantia de justiça ausência de deadlock ausência de livelock Premissas: processos não falham

Leia mais

Android e Facebook. Felipe Silveira

Android e Facebook. Felipe Silveira Android e Facebook Felipe Silveira Android? Sistema Operacional + Plataforma de desenvolvimento + Aplicações Padrão (SMS, Maps, Calendar...) Código aberto (AOSP - Android Open Source Project) Desenvolvido

Leia mais

Visualizador de Mensagens

Visualizador de Mensagens PROJECTO DE AUTOMAÇÃO Visualizador de Mensagens Pretende-se com este projecto desenvolver a interface de comunicação série com um telemóvel, de forma a permitir o controlo e monitorização de sistemas à

Leia mais

Prof. Jhonatan Fernando

Prof. Jhonatan Fernando Prof. Jhonatan Fernando É uma classe gerenciadora de UI. É possível informar qual layout (arquivo xml) que será carregado para uma determinada activity. O método responsável por informar qual layout será

Leia mais

MÓDULO Programação para Web 2

MÓDULO Programação para Web 2 MÓDULO Programação para Web 2 USANDO O JSF Continuação Interdependência e Injeção Instâncias de Managed Beans podem conversar entre si para dividir o processamento das requisições dos usuários de acordo

Leia mais

public Agenda() { compromissos = null; } public int getnumerodecompromissos() { if (compromissos==null) return 0; else return compromissos.

public Agenda() { compromissos = null; } public int getnumerodecompromissos() { if (compromissos==null) return 0; else return compromissos. import java.util.scanner; class Data... class Compromisso... public class Agenda private Compromisso[] compromissos; private Compromisso[] realoquecompromissos (Compromisso[] vetor, int tamanhodesejado)

Leia mais

MIDDLEWARE Aplicativos RMI, RPC e eventos Camadas Protocolo Requesição-Respostal Middleware Representação Externa dos Dados Sistemas Operacionais

MIDDLEWARE Aplicativos RMI, RPC e eventos Camadas Protocolo Requesição-Respostal Middleware Representação Externa dos Dados Sistemas Operacionais RMI JAVA MIDDLEWARE Aplicativos RMI, RPC e eventos Protocolo Requesição-Respostal Camadas Middleware Representação Externa dos Dados Sistemas Operacionais RMI REMOTE METHOD INVOCATION Invocação remota

Leia mais

Especialização em Engenharia de Software - CEUT

Especialização em Engenharia de Software - CEUT Até aqui Programação com interfaces gráficas Sérgio Soares scbs@cin.ufpe.br Criamos a infra-estrutura para a aplicação bancária classes que representam os tipos de conta classe que implementa regras de

Leia mais

Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.0

Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.0 Desenvolvimento Web com Framework Demoiselle versão 1.0 Módulo 07: Outros Componentes Autor: Rodrigo Hjort Serpro / Coordenação Estratégica de Tecnologia / Curitiba www.frameworkdemoiselle.org.br Modificado

Leia mais

A Linguagem Java. Alberto Costa Neto DComp - UFS

A Linguagem Java. Alberto Costa Neto DComp - UFS A Linguagem Java Alberto Costa Neto DComp - UFS 1 Roteiro Comentários Variáveis Tipos Primitivos de Dados Casting Comandos de Entrada e Saída Operadores Constantes 2 Comentários /** Classe para impressão

Leia mais

Programa de Dispositivos Móveis

Programa de Dispositivos Móveis Aula 02 - Exercício Programa de Dispositivos Móveis PDM - Aula02 - Exercício- Ver 02-04/06/2014 08:56 Criando Aplicação Android (BasicView) Vamos continuar a criar interfaces gráficas (UI) básicas com

Leia mais

FTP FILE F TRANSFER PROTOCOL. Tópicos

FTP FILE F TRANSFER PROTOCOL. Tópicos FTP FILE F TRANSFER PROTOCOL Tópicos Revisão da aplicação FTP Implementação simples em Java de uma conexão FTP Implementação simples em Java de um comando de transferência de arquivo Descrição dos exercícios

Leia mais

ANDROID MARSHMALLOW O QUE MUDA PARA O DESENVOLVEDOR. Ubiratan Soares Agosto de 2015

ANDROID MARSHMALLOW O QUE MUDA PARA O DESENVOLVEDOR. Ubiratan Soares Agosto de 2015 ANDROID MARSHMALLOW O QUE MUDA PARA O DESENVOLVEDOR Ubiratan Soares Agosto de 2015 @ubiratanfsoares +UbiratanSoares ubiratansoares ubiratansoares.github.io RUNTIME PERMISSIONS RUNTIME PERMISSIONS Modelo

Leia mais

CONECTO. Tecnologia Java. Rua Henrique Setter, 85 Itoupava Central 89062-440 - Blumenau SC www.cechinel.com.br Página - 1

CONECTO. Tecnologia Java. Rua Henrique Setter, 85 Itoupava Central 89062-440 - Blumenau SC www.cechinel.com.br Página - 1 Apresentação CONECTO Tecnologia Java Página - 1 Sumário 1. Descrição...3 2. Estrutura da comunicação... 4 3. Apresentação...5 4. Funcionamento...6 5. Transmissão das Ocorrências...7 6. Mensagens...8 7.

Leia mais

Programação para Dispositivos Móveis

Programação para Dispositivos Móveis Programação para Dispositivos Móveis Fatec Ipiranga Análise e Desenvolvimento de Sistemas Aula 05 Programando formularios, activities e intents. Dalton Martins dmartins@gmail.com São Paulo, Março, 2012

Leia mais

Grupo I [6v] Considere o seguinte extracto de um programa de definição de uma calculadora apenas com a função soma de dois valores reais

Grupo I [6v] Considere o seguinte extracto de um programa de definição de uma calculadora apenas com a função soma de dois valores reais Número: Nome: Página 1 de 5 LEIC/LERC 2012/13, Repescagem do 1º Teste de Sistemas Distribuídos, 25 de Junho de 2013 Responda no enunciado, apenas no espaço fornecido. Identifique todas as folhas. Duração:

Leia mais

5 Caso de estudo O cartão fidelidade

5 Caso de estudo O cartão fidelidade 5 Caso de estudo O cartão fidelidade Cartão de fidelização de clientes das distribuidoras de combustível. Definição em JAVA da classe CartaoFidelidade, que deverá apresentar uma funcionalidade semelhante

Leia mais

Programação de Dispositivos Móveis

Programação de Dispositivos Móveis Aula 04 Programação de Dispositivos Móveis A Classe Activity É obrigatório que cada activity do projeto esteja declarada no arquivo AndroidManisfest.xml, caso contrário não é possível utilizá-la. Para

Leia mais

Capítulo 2. Charm++ 16

Capítulo 2. Charm++ 16 2 Charm++ O Charm++ é uma linguagem orientada a objetos para programação paralela baseada em C++ (34). Ela possui uma biblioteca de execução para suporte a computação paralela que se chama Kernel do Charm

Leia mais

Um sistema SMS 1 simplificado

Um sistema SMS 1 simplificado 1 Introdução Um sistema SMS 1 simplificado Projecto de Redes de Computadores I - 2007/2008 LEIC IST, Tagus Park 10 de Setembro de 2007 Pretende-se com este projecto que os alunos implementem um sistema

Leia mais

DESENVOLVIMENTO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

DESENVOLVIMENTO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO DESENVOLVIMENTO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Threads, Handler e AsyncTask No Android, cada aplicação é executada em um único processo. Cada processo por sua vez tem uma thread

Leia mais

Programação para Dispositivos Móveis

Programação para Dispositivos Móveis Programação para Dispositivos Móveis Fatec Ipiranga Análise e Desenvolvimento de Sistemas Aula 04 Anatomia de uma aplicação Android Dalton Martins dmartins@gmail.com São Paulo, Fevereiro, 2012 24/02/12

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 3 Invocação de Objetos

Leia mais

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA 1) Qual será o valor da string c, caso o programa rode com a seguinte linha de comando? > java Teste um dois tres public class Teste { public static void main(string[] args) { String a = args[0]; String

Leia mais

Módulo 06 Desenho de Classes

Módulo 06 Desenho de Classes Módulo 06 Desenho de Classes Última Atualização: 13/06/2010 1 Objetivos Definir os conceitos de herança, polimorfismo, sobrecarga (overloading), sobreescrita(overriding) e invocação virtual de métodos.

Leia mais

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel Programação de Computadores - I Profª Beatriz Profº Israel As 52 Palavras Reservadas O que são palavras reservadas São palavras que já existem na linguagem Java, e tem sua função já definida. NÃO podem

Leia mais

Apresentação de um Processo Cria4vo de Desenvolvimento de uma App Android. Realização de Dinâmica Hands- On para Construção de uma App Android

Apresentação de um Processo Cria4vo de Desenvolvimento de uma App Android. Realização de Dinâmica Hands- On para Construção de uma App Android Apresentação de um Processo Cria4vo de Desenvolvimento de uma App Android Realização de Dinâmica Hands- On para Construção de uma App Android Dr. Eduardo Manuel de Freitas Jorge, PMP Realização de Dinâmica

Leia mais

Modelagem e Implementação (Incremental de um Software para Controle) de Aquário de Peixes

Modelagem e Implementação (Incremental de um Software para Controle) de Aquário de Peixes Modelagem e Implementação de Aquário de Peixes- por Jorge Fernandes - Página 1 Modelagem e Implementação (Incremental de um Software para Controle) de Aquário de Peixes Jorge Fernandes Natal, Agosto de

Leia mais

Java Spaces Exemplos

Java Spaces Exemplos Java Spaces Exemplos Programação com Objetos Distribuídos (C. Geyer) Java Spaces - Exemplos V0 1 Autoria! Autores! Local " Cláudio Geyer " Instituto de Informática " UFRGS " disciplina: Programação com

Leia mais

Java : Comunicação Cliente-Servidor.

Java : Comunicação Cliente-Servidor. Java : Comunicação Cliente-Servidor. Objetivo: Capacitar o aluno a desenvolver uma aplicação servidora para múltiplos clientes. Apresentar as classes Socket e ServerSocket, classes de fluxo de dados, a

Leia mais

JSR 120 (SMS), JSR 205 (WMAPI 2.0) JULIAN PRADA SANIMIGUEL Grupo 6

JSR 120 (SMS), JSR 205 (WMAPI 2.0) JULIAN PRADA SANIMIGUEL Grupo 6 JSR 120 (SMS), JSR 205 (WMAPI 2.0) e JSR 180 (SIP) JULIAN PRADA SANIMIGUEL Grupo 6 Protocolo SIP Desenho do Protocolo Funcionamento do Protocolo API JSR 180 (SIP) Exemplos Protocolo de iniciação de sessão

Leia mais

Padrões de Projeto e Persistência com DAO

Padrões de Projeto e Persistência com DAO Curso de Análise de Sistemas Análise de Sistemas II Padrões de Projeto e Persistência com DAO Prof. Giuliano Prado de Morais Giglio, M.Sc. Introdução a Padrões de Projeto Padrões de Projeto foram inicialmente

Leia mais

Técnicas de Programação II

Técnicas de Programação II Técnicas de Programação II Aula 06 Orientação a Objetos e Classes Edirlei Soares de Lima Orientação a Objetos O ser humano se relaciona com o mundo através do conceito de objetos.

Leia mais

LINGUAGEM ORIENTADA A OBJETOS

LINGUAGEM ORIENTADA A OBJETOS LINGUAGEM ORIENTADA A OBJETOS TI MÓDULO II O ECLIPSE O eclipse é uma IDE Open Source (código fonte aberto) que serve para o desenvolvimento em muitas linguagens: PHP Java Python HTML C/C++ A IDE Eclipse

Leia mais

Exemplo de Aplicaça o Facebook

Exemplo de Aplicaça o Facebook HCIM Summer Workshop Guião Hands-on Exemplo de Aplicaça o Facebook 1. Download do Software Development Kit (SDK) O download do SDK do Facebook encontra-se disponível aqui. Depois de fazer o download do

Leia mais

Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte

Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte Este tutorial explica basicamente como se implementa a API chamada RMI (Remote Method Invocation). O RMI nada mais é que a Invocação de Métodos

Leia mais

Computação II - Java Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Aula Prática - Herança, Polimorfismo e Construtores

Computação II - Java Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Aula Prática - Herança, Polimorfismo e Construtores Computação II - Java Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Aula Prática - Herança, Polimorfismo e Construtores 1 Exercícios Exercício 1: Construtores e Testes Analise a classe Conta.java, mostrada na

Leia mais

Sessões. Cookies HTTP Sessões Atributos de sessão

Sessões. Cookies HTTP Sessões Atributos de sessão Sessões Cookies HTTP Sessões Atributos de sessão O problema O protocolo HTTP não mantém estado entre transações distintas Ao término do atendimento da requisição, a conexão TCP é fechada pelo servidor

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos Aula 5 Msc. Daniele Carvalho Oliveira Doutoranda em Ciência da Computação - UFU Mestre em Ciência da Computação UFU Bacharel em Ciência da Computação - UFJF Estrutura básica Uma aplicação

Leia mais

Monitoramento de Sistemas P05.002

Monitoramento de Sistemas P05.002 1. IDENTIFICAÇÃO Padrão Segmento Código P05.002 Revisão v. 2014 2. PUBLICAÇÃO Sistemas Arquitetura de Soluções Versão Data para adoção Publicação v. 2014 29 de dezembro de 2014 PORTARIA N Nº 228 de 23

Leia mais

Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos

Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Assuntos abordados Este módulo explora detalhes da construção de classes e objetos Construtores Implicações da

Leia mais

Desenvolvimento Android. http://www.larback.com.br

Desenvolvimento Android. http://www.larback.com.br Desenvolvimento Android http://www.larback.com.br Introdução ao Android O Android é a resposta da Google ao mercado crescente de dispositivos móveis. É uma nova plataforma de desenvolvimento baseado no

Leia mais

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS João Gabriel Ganem Barbosa Sumário Motivação História Linha do Tempo Divisão Conceitos Paradigmas Geração Tipos de Dados Operadores Estruturada vs

Leia mais

Manual de Integração WebService

Manual de Integração WebService Manual de Integração WebService Sumário 1. O que é a Integração WebService? 2. Envio Simples 3. Consultar Status da Mensagem 3.1 Consultar Mensagens Recebidas 4. Tecnologia do WebService Facilita 1. O

Leia mais