Sessões. Cookies HTTP Sessões Atributos de sessão

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sessões. Cookies HTTP Sessões Atributos de sessão"

Transcrição

1 Sessões Cookies HTTP Sessões Atributos de sessão

2 O problema O protocolo HTTP não mantém estado entre transações distintas Ao término do atendimento da requisição, a conexão TCP é fechada pelo servidor Toda requisição é vista como nova e nunca como continuação de uma anterior Problema Como implementar aplicações que necessitam de estado entre transações HTTP distintas, tais como, carrinhos de compras, web-mail, etc?

3 O problema Exemplo: uma sessão de web-mail.

4 Cookies Problema Como fazer o servidor "entender" que a terceira transação HTTP é um pedido de listagem de um usuário que já se logou no sistema? A Netscape definiu o conceito de cookie Um cookie é um pedaço de informação importante O servidor envia o cookie para o cliente O cliente mantém o cookie em memória ou disco Cada vez que o cliente se conectar com o servidor devolve o cookie para ele

5 Cookies Exemplo: Depois que o login do usuário foi validado com sucesso.

6 Cookies Exemplo: Ao solicitar a listagem das mensagens, o browser envia o cookie de identificação do cliente

7 Sessões e Cookies Cookie é uma forma de implementar sessões no HTTP

8 Cookies Problemas com esse mecanismo: É chato ficar tendo que identificar o cookie com a identificação dos outros cookies existentes; Deve-se definir datas de expiração para o cookie (não é automático); É dever do programador criar estruturas que associem objetos de negócio com a sessão criada pelo cookie; É dever do programador gerar os números de identificação únicos para cada sessão; A API possui objetos para lidar com cookies HTTP em alto nível.

9 Reescrita de URL Outra forma de implementar sessões no protocolo HTTP Um identificador é anexado a toda URL trocada entre o browser e o cliente =123 Qualquer URL que o servlet produza como parte da resposta deve ter a identificação anexada O browser não trata essa identificação, apenas a devolve intacta no final da URL "Ping-pong" de identificador!

10 Reescrita de URL Problemas com esse mecanismo: É chato ficar anexando identificadores em todas as URLs O mecanismo de identificação da sessão é feito pelo programador É dever do programador criar estruturas que associem objetos de negócio com a sessão criada pelo mecanismo de reescrita A API de servlets possui métodos para gerar os identificadores de URL automaticamente

11 Resumo: Cookies e Reescrita

12 Sessões em servlets A interface HttpSession define um objeto de sessão O objeto da requisição é responsável por criar uma nova sessão ou devolver a sessão atualmente aberta: HttpSession sessao = request.getsession(true); HttpSession sessao = request.getsession(); Ou então devolver null se a sessão não existir: HttpSession sessao = request.getsession(false); A próxima requisição fará parte da sessão aberta por este servlet

13 Atributos de sessão O mecanismo de sessões apenas identifica a qual cliente pertence a sessão Quaisquer dados associados ao cliente precisam ser mantidos no servidor pelo programador Ex: produtos já comprados numa sessão de compras ou permissões e outras informações Métodos para ler/criar/remover atributos de sessão Object getattribute (String nome) void setattribute (String nome, Object atributo) void removeattribute (String nome)

14 Atributos de sessão Exemplo do carrinho de compras

15 Atributos de sessão Trecho de código no doget() de CompraServlet! " #$ % $& "

16 Atributos de sessão Exemplo de webmail

17 Atributos de sessão Trecho de código no doget() de LoginServlet ' $$ ()!) *+$ $ ",!+$ "

18 Atributos de sessão Trecho de código no doget() de AbreMsgServlet -!. ( /+ ' 0! $ " ) ) )'12!!*34!

19 Finalização de sessões Quando não se deseja mais manter a sessão entre requisições, deve-se invalidá-la void invalidate () void setmaxinactiveinterval (int seg) Outros métodos de HttpSession public String getid(): identificador da sessão public boolean isnew(): true se a sessão for recém criada public long getcreationtime(): data em que a sessão foi criada public long getlasaccessedtime(): data do último acesso public int getmaxinactiveinterval(): valor do maior intervalo sem uso para a sessão

Programação Na Web. Sessão II. Índice. Visão geral da API Sessão. Obter dados sobre uma sessão. Extrair informação sobre uma Sessão

Programação Na Web. Sessão II. Índice. Visão geral da API Sessão. Obter dados sobre uma sessão. Extrair informação sobre uma Sessão Programação Na Web Sessão II António Gonçalves Índice Visão geral da API Sessão Obter dados sobre uma sessão Extrair informação sobre uma Sessão Adicionar Dados a uma sessão 1 Programação Na Web Motivação

Leia mais

Objetos Implícitos. Conceito. Instanciados pelo próprio contêiner. Disponíveis em quaisquer páginas JSP.

Objetos Implícitos. Conceito. Instanciados pelo próprio contêiner. Disponíveis em quaisquer páginas JSP. Slide 1 Conceito Instanciados pelo próprio contêiner. Disponíveis em quaisquer páginas JSP. Instruções de criação inseridas no método _jspservice( ). Slide 2 Identificação e tipo Identificação Tipo application

Leia mais

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Java II Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Servlets Servlet Aplicação Java que é executada no servidor que estende a capacidade do servidor Web Alternativa Java para os scripts CGI Gerenciado

Leia mais

Laboratórios 5, 6, 7 - Servlets

Laboratórios 5, 6, 7 - Servlets Laboratórios 5, 6, 7 - Servlets Introdução Como já deverão ter noção, uma Servlet é uma classe Java utilizada para estender as capacidades dos servidores web, utilizando para tal um modelo de pedido-resposta.

Leia mais

JSP (Java Server Pages)

JSP (Java Server Pages) JSP (Java Server Pages) Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro Prof. Edwar Saliba Júnior 1 Introdução Tecnologia para desenvolvimento de aplicações WEB fundamentada na

Leia mais

Aula 8: Servlets (III)

Aula 8: Servlets (III) Aula 8: Servlets (III) Diego Passos Universidade Federal Fluminense Técnicas de Projeto e Implementação de Sistemas II Diego Passos (UFF) Servlets (III) TEPIS II 1 / 30 Última Aula Respostas de requisições.

Leia mais

Desenvolvimento de aplicações Web. Java Server Pages

Desenvolvimento de aplicações Web. Java Server Pages Desenvolvimento de aplicações Web Java Server Pages Hamilton Lima - athanazio@pobox.com 2003 Como funciona? Servidor web 2 Internet 1 Browser 3 Arquivo jsp 4 JSP Compilado 2 Passo a passo 1 browser envia

Leia mais

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 Conteúdo JavaServer Pages (JSP) Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2013.2/tcc-00.226

Leia mais

J550. Sessões. Helder da Rocha

J550. Sessões. Helder da Rocha J550 Sessões Helder da Rocha (helder@acm.org) www.argonavis.com.br 1 Sessões Como o HTTP não mantém estado de sessão, são as aplicações Web que precisam cuidar de mantê-lo quando necessário Sessões representam

Leia mais

Java para Desenvolvimento Web

Java para Desenvolvimento Web Java para Desenvolvimento Web Cookies Um nada mais é que um bloco de informação que é enviado do servidor para o navegador no cabeçalho da página. A partir de então, dependendo do tempo de validade do,

Leia mais

4 MODELAGEM DA APLICAÇÃO J2ME

4 MODELAGEM DA APLICAÇÃO J2ME 4 MODELAGEM DA APLICAÇÃO J2ME O Sistema de Apoio Policial tem como objetivo facilitar o trabalho da Polícia Militar. Utilizando tecnologias recentes descritas nos capítulos anteriores, este sistema propõe

Leia mais

Java para Desenvolvimento Web

Java para Desenvolvimento Web Java para Desenvolvimento Web Servlets A tecnologia Servlet foi introduzida pela Sun Microsystems em 1996, aprimorando e estendendo a funcionalidade e capacidade de servidores Web. Servlets é uma API para

Leia mais

Java Server Pages. Arquitectura de uma aplicação distribuída em Internet. Figura 1 Modelo 2

Java Server Pages. Arquitectura de uma aplicação distribuída em Internet. Figura 1 Modelo 2 Java Server Pages Arquitectura de uma aplicação distribuída em Internet Figura 1 Modelo 2 A implementação desta arquitectura, com um controlador que direcciona a execução de s, de Servlets e de JavaBeans,

Leia mais

Programação para a Internet. Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr sbacala@gmail.com www.facom.ufu.br/~bacala

Programação para a Internet. Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr sbacala@gmail.com www.facom.ufu.br/~bacala Programação para a Internet Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr sbacala@gmail.com www.facom.ufu.br/~bacala A plataforma WEB Baseada em HTTP (RFC 2068) Protocolo simples de transferência de arquivos Sem estado

Leia mais

Uso de servlets nas aplicações web desenvolvidas para a plataforma java 1

Uso de servlets nas aplicações web desenvolvidas para a plataforma java 1 Uso de servlets nas aplicações web desenvolvidas para a plataforma java 1 Resumo Em uma interação feita em uma aplicação Web existem tarefas que devem ser executadas no servidor, tais como processamento

Leia mais

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Java II Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Por quê JSP? Com Servlets é fácil Ler dados de um formulário Recuperar dados de uma requisição Gerar informação de resposta Fazer gerenciamento

Leia mais

Programação Na Web. Servlets: Como usar as Servlets. Agenda. Template genérico para criar Servlets Servlet 2.4 API

Programação Na Web. Servlets: Como usar as Servlets. Agenda. Template genérico para criar Servlets Servlet 2.4 API Programação Na Web Servlets: Como usar as Servlets 1 António Gonçalves Agenda Template genérico para criar Servlets Servlet 2.4 API Exemplo: Hello World Output: Texto, HTML e hora local. Compilar uma Servlets

Leia mais

Desenvolvimento WEB II. Professora: Kelly de Paula Cunha

Desenvolvimento WEB II. Professora: Kelly de Paula Cunha Desenvolvimento WEB II Professora: Kelly de Paula Cunha O Java EE (Java Enterprise Edition): série de especificações detalhadas, dando uma receita de como deve ser implementado um software que utiliza

Leia mais

Capítulo II Modelos de Programação Distribuída

Capítulo II Modelos de Programação Distribuída Capítulo II Modelos de Programação Distribuída From: Coulouris, Dollimore and Kindberg Distributed Systems: Concepts and Design Edition 4, Addison-Wesley 2005 From: M. Ben-Ari Principles of Concurrent

Leia mais

Programação II Programação para a Web. Christopher Burrows

Programação II Programação para a Web. Christopher Burrows Programação II Programação para a Web Christopher Burrows Apache Tomcat O Apache Tomcat é um Servlet Container desenvolvido pela Apache Software Foundation. Implementa as tecnologias Java Servlets e Java

Leia mais

JSF - Controle de Acesso FERNANDO FREITAS COSTA

JSF - Controle de Acesso FERNANDO FREITAS COSTA JSF - Controle de Acesso FERNANDO FREITAS COSTA ESPECIALISTA EM GESTÃO E DOCÊNCIA UNIVERSITÁRIA JSF Controle de Acesso Antes de iniciarmos este assunto, é importante conhecermos a definição de autenticação

Leia mais

PadrãoIX. Módulo II JAVA. Marcio de Carvalho Victorino. Servlets A,L,F,M

PadrãoIX. Módulo II JAVA. Marcio de Carvalho Victorino. Servlets A,L,F,M JAVA Marcio de Carvalho Victorino 1 Servlets 2 1 Plataforma WEB Baseada em HTTP (RFC 2068): Protocolo simples de transferência de arquivos Sem estado (não mantém sessão aberta) Funcionamento (simplificado):

Leia mais

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 Conteúdo Arquitetura de Aplicações Distribuídas na Web Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2013.2/tcc-00.226

Leia mais

INF1013 MODELAGEM DE SOFTWARE

INF1013 MODELAGEM DE SOFTWARE INF1013 MODELAGEM DE SOFTWARE Departamento de Informática Ivan Mathias Filho ivan@inf.puc-rio.br Programa Capítulo 18 Sockets OLadoServidor O Lado Cliente Múltiplos Clientes 1 Programa Capítulo 18 Sockets

Leia mais

Camada de Aplicação. Prof. Eduardo

Camada de Aplicação. Prof. Eduardo Camada de Aplicação RC Prof. Eduardo Introdução Você sabe que existem vários tipos de programas na Internet? - Talvez você já tenha notado que existem vários programas diferentes para cada um desses tipos.

Leia mais

Introdução. Servlet. Ciclo Vida. Servlet. Exemplos. Prof. Enzo Seraphim

Introdução. Servlet. Ciclo Vida. Servlet. Exemplos. Prof. Enzo Seraphim Introdução Servlet Ciclo Vida Exemplos Servlet Prof. Enzo Seraphim Visão Geral São objetos de uma subclasse de javax.servlet (javax.servlet.httpservlet). Possuem um ciclo de vida. Incluem em seu código,

Leia mais

Servlets API. Aplicações web usando recursos da Servlets API no desenvolvimento de aplicações web. Professor J. c o l u n a

Servlets API. Aplicações web usando recursos da Servlets API no desenvolvimento de aplicações web. Professor J. c o l u n a c o l u n a Professor J Servlets API Aplicações web usando recursos da Servlets API no desenvolvimento de aplicações web Everton Coimbra de Araújo (everton@utfpr.edu.br): desde 1987 atua na área de treinamento

Leia mais

J550 Segurança e Controle de erros

J550 Segurança e Controle de erros J550 Segurança e Controle de erros Helder da Rocha (helder@acm.org) www.argonavis.com.br 1 Assuntos abordados Este módulo trata de dois assuntos Como mapear erros HTTP e exceções Java a servlets ou páginas

Leia mais

Como funciona a plataforma Superlógica? - Livro 4 de 4. Como funciona a interface de integração? Como você poderá complementar o sistema?

Como funciona a plataforma Superlógica? - Livro 4 de 4. Como funciona a interface de integração? Como você poderá complementar o sistema? Como funciona a plataforma Superlógica? - Livro 4 de 4 API SUPERLÓGICA Como funciona a interface de integração? Como você poderá complementar o sistema? www.superlogica.com 0800 709 6800 https://github.com/superlogica/api

Leia mais

Olho por olho, e o mundo acabará cego. Mohandas Gandhi

Olho por olho, e o mundo acabará cego. Mohandas Gandhi Sockets Olho por olho, e o mundo acabará cego. Mohandas Gandhi Conectando-se a máquinas remotas. Protocolo Da necessidade de dois computadores se comunicarem surgiram diversos protocolos que permitissem

Leia mais

Aula 03 - Projeto Java Web

Aula 03 - Projeto Java Web Aula 03 - Projeto Java Web Para criação de um projeto java web, vá em File/New. Escolha o projeto: Em seguida, na caixa Categorias selecione Java Web. Feito isso, na caixa à direita selecione Aplicação

Leia mais

JSP e Servlet Princípio de MVC

JSP e Servlet Princípio de MVC UNIPÊ Centro Universitário de João Pessoa Desenvolvimento para Web HTTP e Servlets JSP e Servlet Princípio de MVC ducaribas@gmail.com 1 12 JSP e Servlets Desvantagens de JSP e Servlets Servlets Escrever

Leia mais

Java Servlets. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Java Servlets. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Java Servlets Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Especificação/IDE/Implementação Esse curso foi preparado em 03/2015 usando a seguinte especificação, IDE e implementação Especificação Java

Leia mais

Introdução à Camada de Aplicação. Prof. Eduardo

Introdução à Camada de Aplicação. Prof. Eduardo Introdução à Camada de Aplicação RC Prof. Eduardo Introdução Você sabe que existem vários tipos de programas na Internet? - Talvez você já tenha notado que existem vários programas diferentes para cada

Leia mais

Rede de Computadores (REC)

Rede de Computadores (REC) Rede de Computadores (REC) Aula 04 Camada de Aplicação Prof. Jackson Mallmann dcc2jm@joinville.udesc.br Exemplos de requisição via telnet. iniciar / executar / cmd (Windows) telnet endereço telnet 192.168.1.3

Leia mais

Java para WEB. Servlets

Java para WEB. Servlets Servlets Servlets são classes Java que são instanciadas e executadas em associação com servidores Web, atendendo requisições realizadas por meio do protocolo HTTP. Servlets é a segunda forma que veremos

Leia mais

Prova Específica Cargo Desenvolvimento

Prova Específica Cargo Desenvolvimento UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ Centro de Educação Aberta e a Distância CEAD/UFPI Rua Olavo Bilac 1148 - Centro CEP 64.280-001 Teresina PI Brasil Fones (86) 3215-4101/ 3221-6227 ; Internet: www.uapi.edu.br

Leia mais

Web. Até a década de 1990, a Internet era utilizada. por pesquisadores, acadêmicos e universitários, para troca de arquivos e para correio eletrônico.

Web. Até a década de 1990, a Internet era utilizada. por pesquisadores, acadêmicos e universitários, para troca de arquivos e para correio eletrônico. A Web e o HTTP Web Até a década de 1990, a Internet era utilizada por pesquisadores, acadêmicos e universitários, para troca de arquivos e para correio eletrônico. Então, no início dessa década, iniciou-se

Leia mais

J820. Testes de interface Web com. HttpUnit. argonavis.com.br. Helder da Rocha (helder@acm.org)

J820. Testes de interface Web com. HttpUnit. argonavis.com.br. Helder da Rocha (helder@acm.org) J820 Testes de interface Web com HttpUnit Helder da Rocha (helder@acm.org) O que é HttpUnit API Java para comunicação com servidores HTTP Permite que programas construam e enviem requisições, e depois

Leia mais

Aula 30 - Sockets em Java

Aula 30 - Sockets em Java Aula 30 - Sockets em Java Sockets Sockets são estruturas que permitem que funções de software se interconectem. O conceito é o mesmo de um soquete (elétrico, telefônico, etc...), que serve para interconectar

Leia mais

Guia Prático para importação de Mensagens do Gears para o MAilArchiver

Guia Prático para importação de Mensagens do Gears para o MAilArchiver Guia Prático para importação de Mensagens do Gears para o MAilArchiver Import Gears O que é o Import Gears? Trata-se de um utilitário acessório que faz parte da solução MailArchiver: sua finalidade é realizar

Leia mais

SDK Moip-PHP. O MoIP-PHP utiliza o padrão Fluent Interfaces, portanto, você pode fazer o exemplo acima da seguinte forma:

SDK Moip-PHP. O MoIP-PHP utiliza o padrão Fluent Interfaces, portanto, você pode fazer o exemplo acima da seguinte forma: SDK Moip-PHP Documento de integração Moip O Moip-PHP é uma biblioteca que implementa uma camada de abstração para geração do XML de instruções do Moip, permitindo que você integre aos serviços de API sem

Leia mais

Wireshark. Captura de Protocolos da camada de aplicação. Maicon de Vargas Pereira

Wireshark. Captura de Protocolos da camada de aplicação. Maicon de Vargas Pereira Wireshark Captura de Protocolos da camada de aplicação Maicon de Vargas Pereira Camada de Aplicação Introdução HTTP (Hypertext Transfer Protocol) 2 Introdução Camada de Aplicação Suporta os protocolos

Leia mais

Passo-a-passo: Pedido Combinado

Passo-a-passo: Pedido Combinado Passo-a-passo: Pedido Combinado O pedido combinado é simples assim! PEDIDO COMBINADO PAGAMENTO PONTOS ENDEREÇO DE ENTREGA SEPARAÇÃO CAIXAS DANFE DEVOLUÇÕES Somente um Empresário é responsável pelo pedido

Leia mais

Capítulo 3. Redes Sociais 24

Capítulo 3. Redes Sociais 24 3 Redes Sociais No contexto da Internet, redes sociais podem ser definidas como locais (sites) em que pessoas se conectam umas às outras através de laços sociais baseados em afinidades, interesses em comum

Leia mais

J2EE. Exemplo completo Utilização Servlet. Instrutor HEngholmJr

J2EE. Exemplo completo Utilização Servlet. Instrutor HEngholmJr J2EE Exemplo completo Utilização Servlet Instrutor HEngholmJr Page 1 of 9 AT09 Exemplo complete Utilização Servlet Version 1.1 December 5, 2014 Indice 1. BASEADO NOS EXEMPLOS DE CÓDIGO DESTA APOSTILA,

Leia mais

ÇÃO COM OBJECTOS PROGRAMAÇÃ. Programação com Objectos. Programação com Objectos TUDO É UM OBJECTO TUDO É UM OBJECTO ÍNDICE.

ÇÃO COM OBJECTOS PROGRAMAÇÃ. Programação com Objectos. Programação com Objectos TUDO É UM OBJECTO TUDO É UM OBJECTO ÍNDICE. PROGRAMAÇÃ ÇÃO COM OBJECTOS TUDO É UM OBJECTO Programação com Objectos ÍNDICE Introdução aos objectos Polimorfismo TUDO É UM OBJECTO Interface e classes internas Instruções de controlo Guardar os objectos

Leia mais

Arquiteturas de Aplicações Web. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Arquiteturas de Aplicações Web. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Arquiteturas de Aplicações Web Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Aplicações Convencionais vs. Web Aplicações convencionais Escritas usando uma linguagem de programação (ex.: Java) Sites de

Leia mais

Criação de Servlets Name Directory Build WAR JSP/Servlet frameworks Launch URL Package Class name Generate header comments

Criação de Servlets Name Directory Build WAR JSP/Servlet frameworks Launch URL Package Class name Generate header comments Criação de Servlets 1. Crie um novo projeto através do Menu File New Project. 2. Acesse o Menu File New. 3. Na janela Object Gallery que surgirá, selecione a guia Web. 4. Escolha o ícone que corresponde

Leia mais

Guia de Integração para Pagamento Fácil (Cartão de Débito Bradesco)

Guia de Integração para Pagamento Fácil (Cartão de Débito Bradesco) Guia de Integração para Pagamento Fácil (Cartão de Débito Bradesco) Índice Capítulo 1... 3 Introdução... 3 Capítulo 2... 4 Links de Pagamento... 4 Capítulo 3... 5 Configurando o Gerenciador de Compras...

Leia mais

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas)

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Web Container: e JSP Sumário Protocolo HTTP Exemplos de JSP (Java Server Pages) Exemplos JSP 2 Protocolo HTTP URL: Um URL (Uniform

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES. Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação. Programação WEB

Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES. Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação. Programação WEB Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES Programação WEB Desenvolvimento de Sistemas para WEB

Leia mais

PHP e MySQL Autenticação de Usuários

PHP e MySQL Autenticação de Usuários PHP e MySQL Autenticação de Usuários Programação de Servidores Marx Gomes Van der Linden http://marx.vanderlinden.com.br/ Controle de Acesso A maioria das aplicações web envolve em algum ponto um mecanismo

Leia mais

Introdução à Programação Orientada a Objetos

Introdução à Programação Orientada a Objetos Introdução à Programação Orientada a Objetos Prof. Marcelo Cohen 1. Contextualizando o problema O que leva um programador a mudar do paradigma procedimental para um novo? A resposta esta na complexidade

Leia mais

J550 Testes em Aplicações Web com Cactus

J550 Testes em Aplicações Web com Cactus J550 Testes em Aplicações Web com Cactus Helder da Rocha (helder@acm.org) www.argonavis.com.br 1 Sobre este módulo Este módulo descreve um framework - o Jakarta Cactus - que pode ser utilizado para testar

Leia mais

Desenvolvimento OO com Java Orientação a objetos básica

Desenvolvimento OO com Java Orientação a objetos básica Desenvolvimento OO com Java Orientação a objetos básica Vítor E. Silva Souza (vitor.souza@ufes.br) http://www.inf.ufes.br/~vitorsouza Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade Federal

Leia mais

O espaço de nomes DNS Registros de recursos de domínio Servidores de nome

O espaço de nomes DNS Registros de recursos de domínio Servidores de nome DNS Sistema de Nomes de Domínio O espaço de nomes DNS Registros de recursos de domínio Servidores de nome Camada de Aplicação DNS Telnet e SSH SNMP SMTP, POP e IMAP WWW FTP O espaço de nomes DNS Parte

Leia mais

FICHA DE ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. x PRODUTO PROCESSO DATA: 04/02/2013. PRODUTO: IcBox SUB-PRODUTO: DESCRIÇÃO: API DLL c++ (C++ builder e Delphi)

FICHA DE ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. x PRODUTO PROCESSO DATA: 04/02/2013. PRODUTO: IcBox SUB-PRODUTO: DESCRIÇÃO: API DLL c++ (C++ builder e Delphi) x PRODUTO PROCESSO DATA: 04/02/2013 PRODUTO: IcBox SUB-PRODUTO: DESCRIÇÃO: API DLL c++ (C++ builder e Delphi) ELABORAÇÃO: Wagner ÁREA: PDI API DLL ICBOX Recomendado para uso com C++ Builder e Delphi ///////////////////////////////////////////////////////

Leia mais

1 - Logando no Sistema

1 - Logando no Sistema 1 1 - Logando no Sistema Acesse o site: www.mobite.com.br Ou de forma privada : http://sms.mobite.com.br Conforme tela abaixo Informe em usuário o seu telefone celular e em senha, a senha que vc recebeu

Leia mais

Servlets e Applets, funcionamento e comparativo.

Servlets e Applets, funcionamento e comparativo. Servlets e Applets, funcionamento e comparativo. Airon Rabel Teixeira Rua Guarapuava Joinville SC airon@ymail.com Resumo: Este artigo explica de maneira breve o funcionamento de servlets e applets, mostrando

Leia mais

CA Nimsoft Service Desk. Guia de serviços web

CA Nimsoft Service Desk. Guia de serviços web CA Nimsoft Service Desk Guia de serviços web Outono de 2013 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada Documentação),

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO DE CONTEÚDO QUESTÕES DISSERTATIVAS

EXERCÍCIOS DE REVISÃO DE CONTEÚDO QUESTÕES DISSERTATIVAS EXERCÍCIOS DE REVISÃO DE CONTEÚDO QUESTÕES DISSERTATIVAS 1. Explique a(s) diferença(s) entre design pattern e framework. 2. Analisar o arquivo de configurações (web.xml) abaixo identificando quais suas

Leia mais

ruirossi@ruirossi.pro.br

ruirossi@ruirossi.pro.br Persistência Com JPA & Hibernate Rui Rossi dos Santos ruirossi@ruirossi.pro.br Mediador: Rui Rossi dos Santos Slide 1 Mapeamento Objeto-Relacional Contexto: Linguagem de programação orientada a objetos

Leia mais

Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk. Redes de Computadores e Telecomunicações. Camada de Aplicação. Camada de Aplicação

Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk. Redes de Computadores e Telecomunicações. Camada de Aplicação. Camada de Aplicação Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk Redes de Computadores e Telecomunicações. A camada da aplicação serve como a janela na qual os utilizadores e processos da aplicação podem

Leia mais

Curso de Java. Geração de Páginas WEB. TodososdireitosreservadosKlais

Curso de Java. Geração de Páginas WEB. TodososdireitosreservadosKlais Curso de Java Geração de Páginas WEB Aplicação WEB Numa aplicação WEB de conteúdo dinâmico As páginas são construídas a partir de dados da aplicação (mantidos num banco de dados). Usuários interagem com

Leia mais

Faculdade de Computação Programação para Internet Trabalho Servlets

Faculdade de Computação Programação para Internet Trabalho Servlets Faculdade de Computação Programação para Internet Trabalho Servlets Prof. Flávio de Oliveira Silva, M.SC. 1. Casos de Uso A aplicação consiste dos casos de uso mostrados na Figura 1: uc Contacts Application

Leia mais

A ) O cliente terá que implementar uma interface remota. . Definir a interface remota com os métodos que poderão ser acedidos remotamente

A ) O cliente terá que implementar uma interface remota. . Definir a interface remota com os métodos que poderão ser acedidos remotamente Java RMI - Remote Method Invocation Callbacks Folha 9-1 Vimos, na folha prática anterior, um exemplo muito simples de uma aplicação cliente/ servidor em que o cliente acede à referência remota de um objecto

Leia mais

Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II

Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II Linguagem de Programação III Aula 2 Revisão Parte II Prof. Moser Fagundes Curso Técnico em Informática (Modalidade Integrada) Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) Campus Charqueadas Revisão de PHP

Leia mais

Guia de Integração para Transferência

Guia de Integração para Transferência Guia de Integração para Transferência Índice Capítulo 1... 3 Introdução... 3 Capítulo 2... 4 Links de Pagamento... 4 Capítulo 3... 5 Configurando o Gerenciador de Compras... 5 Capítulo 4... 7 Fluxo de

Leia mais

Associação Carioca de Ensino Superior Centro Universitário Carioca

Associação Carioca de Ensino Superior Centro Universitário Carioca Desenvolvimento de Aplicações Web Lista de Exercícios Métodos HTTP 1. No tocante ao protocolo de transferência de hipertexto (HTTP), esse protocolo da categoria "solicitação e resposta" possui três métodos

Leia mais

Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e

Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO - SEA Sistema de Gestão de Protocolo Eletrônico Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e Apresentação Este documento tem como objetivo auxiliar os usuários

Leia mais

Exercício 1 : As classes abaixo serão utilizadas neste exercício: public class Ponto { int x; int y; public Ponto(int x, int y){ this.

Exercício 1 : As classes abaixo serão utilizadas neste exercício: public class Ponto { int x; int y; public Ponto(int x, int y){ this. Exercício 1 : As classes abaixo serão utilizadas neste exercício: public class Ponto { int x; int y; public Ponto(int x, int y){ this.x = x; this.y = y; public String tostring(){ return "(" + x + "," +

Leia mais

Programação Web. Professor: Diego Oliveira. Conteúdo 02: JSP e Servlets

Programação Web. Professor: Diego Oliveira. Conteúdo 02: JSP e Servlets Programação Web Professor: Diego Oliveira Conteúdo 02: JSP e Servlets JSP JSP é um template de uma página Web que usa Java para gerar HTML dinamicamente JSP é considerado server-side e roda em um objeto

Leia mais

Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br

Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br INFORMÁTICA Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br CONCEITOS DE INTERNET E INTRANET CONCEITOS DE INTERNET E INTRANET INTERNET => CONJUNTO DE REDES LIGANDO COMPUTADORES MUNDO A FORA. INTRANET => REDE

Leia mais

EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER

EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER EMULADOR 3270 VIA WEB BROWSER Host On-Demand - HOD Versão 6.0 Fev/2002 Suporte Técnico: Central de Atendimento SERPRO CAS 0800-782323 Gilson.Pereira@serpro.gov.br Marcio.Nunes@serpro.gov.br O que é o serviço

Leia mais

JSP (Java Server Pages)

JSP (Java Server Pages) JSP (Java Server Pages) André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br JSP A linguagem surgiu por volta de 1995. JSP foi inicialmente inventado por Anselm Baird-Smith durante um final de semana e depois Satish

Leia mais

Redes de Computadores. TCP Orientação à Conexão. Prof. Othon M. N. Batista (othonb@yahoo.com) Mestre em Informática

Redes de Computadores. TCP Orientação à Conexão. Prof. Othon M. N. Batista (othonb@yahoo.com) Mestre em Informática Redes de Computadores TCP Orientação à Conexão Prof. Othon M. N. Batista (othonb@yahoo.com) Mestre em Informática Tópicos Orientação à Conexão Estabelecimento de Conexão Diagrama de Estudo de Caso Wireshark

Leia mais

Java NET: Interaja com a Internet. Ricardo Terra (rterrabh [at] gmail.com) Java NET: Interaja com a Internet Maio, 2011 1

Java NET: Interaja com a Internet. Ricardo Terra (rterrabh [at] gmail.com) Java NET: Interaja com a Internet Maio, 2011 1 Java NET: Interaja com a Internet Ricardo Terra rterrabh [at] gmail.com Ricardo Terra (rterrabh [at] gmail.com) Java NET: Interaja com a Internet Maio, 2011 1 CV Nome: Ricardo Terra Email: rterrabh [at]

Leia mais

Guia do Usuário do Aplicativo Desktop Client

Guia do Usuário do Aplicativo Desktop Client Guia do Usuário do Aplicativo Desktop Client Versão 6 20/08/2010 OAISYS 7965 S. Priest Drive, Suite 105 Tempe, AZ 85284 (480) 496-9040 Guia do Usuário do Aplicativo OAISYS Desktop Client 1 Instalação Navegue

Leia mais

Java na WEB Servlet. Sumário

Java na WEB Servlet. Sumário 1 Java na WEB Servlet Objetivo: Ao final da aula o aluno será capaz de: Utilizar Servlets para gerar páginas web dinâmicas. Utilizar Servlets para selecionar páginas JSPs. Utilizar Servlets como elemento

Leia mais

Front-End: corresponde ao que será visualizado pelo utilizador via web. Deve ser acessível para todo e qualquer utilizador.

Front-End: corresponde ao que será visualizado pelo utilizador via web. Deve ser acessível para todo e qualquer utilizador. Projecto Final Introdução O objectivo do projecto final da disciplina de Computação na Internet é colocar em prática todos os conhecimentos adquiridos na disciplina e, assim, desenvolver um sistema que

Leia mais

Sistemas de Telecomunicações

Sistemas de Telecomunicações Departamento de Engenharia Electrotécnica Sistemas de Telecomunicações 2014/2015 Trabalho 1: Aplicação sobre sockets procurador web Mestrado integrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores http://tele1.dee.fct.unl.pt

Leia mais

UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação. Estrutura de Dados. AULA 6 Filas

UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação. Estrutura de Dados. AULA 6 Filas UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação Estrutura de Dados AULA 6 Filas Estrutura de Dados A Estrutura de Dados Fila Fila é uma estrutura de dados usada em programação, que tem regras para

Leia mais

Use a Cabeça! FREEMAN, Eric e Elisabeth. HTML com CSS e XHTML BASHMAN, Brian / SIERRA Kathy / BATES, Bert. Servlets & JSP

Use a Cabeça! FREEMAN, Eric e Elisabeth. HTML com CSS e XHTML BASHMAN, Brian / SIERRA Kathy / BATES, Bert. Servlets & JSP Use a Cabeça! FREEMAN, Eric e Elisabeth. HTML com CSS e XHTML BASHMAN, Brian / SIERRA Kathy / BATES, Bert. Servlets & JSP Software cliente: browser e outros Protocolo HTTP Infraestrutura de transporte

Leia mais

MADALENA PEREIRA DA SILVA SLA Sociedade Lageana de Educação DCET Departamento de Ciências Exatas e Tecnológica

MADALENA PEREIRA DA SILVA SLA Sociedade Lageana de Educação DCET Departamento de Ciências Exatas e Tecnológica MADALENA PEREIRA DA SILVA SLA Sociedade Lageana de Educação DCET Departamento de Ciências Exatas e Tecnológica Desenvolvimento de Web Services com SOAP. 1. Introdução. Com a tecnologia de desenvolvimento

Leia mais

Formação Java Enterprise Edition

Formação Java Enterprise Edition Formação Java Enterprise Edition Módulo II: Camada Web Formador João Paulo Fernandes NOTA: NOTA: Proibida a reprodução (total ou ou parcial) parcial) ou a distribuição deste deste documento documento sem

Leia mais

Web Browser como o processo cliente. Servidor web com páginas estáticas Vs. Aplicações dinâmicas para a Web:

Web Browser como o processo cliente. Servidor web com páginas estáticas Vs. Aplicações dinâmicas para a Web: Web Browser como o processo cliente Servidor web com páginas estáticas Vs Aplicações dinâmicas para a Web: 1 Cliente Web browser HTTP porto 80 Servidor web... JDBC RMI XML... Base de Dados Aplicação em

Leia mais

Tecnologias para Web

Tecnologias para Web Tecnologias para Web Carlos Lucena lucena@inf.puc-rio.br Vitor Pellegrino vitorp@gmail.com Cidiane Lobato cidianelobato@yahoo.com.br Andrew Diniz andrew@les.inf.puc-rio.br Agenda Servlets MVC JSP Taglibs

Leia mais

Política de Privacidade A Dellínea Preza pela sua segurança

Política de Privacidade A Dellínea Preza pela sua segurança Política de Privacidade A Dellínea Preza pela sua segurança Por favor, leia com atenção a política de privacidade para conhecer os termos e condições em que suas informações pessoais serão armazenadas,

Leia mais

Java Beans e Servlets

Java Beans e Servlets 6 Java Beans e Servlets Prof. Autor: Daniel Morais dos Reis e-tec Brasil Programação Avançada Para Web Página1 Meta Apresentar os recursos de orientação à objetos Java em JSP e integrá-los a tecnologia

Leia mais

Programação com sockets (em Java)

Programação com sockets (em Java) com sockets (em Java) Prof. Dr. Julio Arakaki Depto. Ciência da 1 Comunicação entre processos // aplicações - é um dos mecanismos mais utilizados - Java oferece modos de utilização:. TCP ( Transmission

Leia mais

Parte I. Demoiselle Mail

Parte I. Demoiselle Mail Parte I. Demoiselle Mail Para o envio e recebimento de e-s em aplicativos Java, a solução mais natural é usar a API JavaMail [http:// www.oracle.com/technetwork/java/java/index.html]. Ela provê um framework

Leia mais

Como o FIT funciona. FIT: Framework for Integrated Tests FIT. http://fit.c2.com. Dados de testes. Programa. Fixtures. classes. Resultados de testes

Como o FIT funciona. FIT: Framework for Integrated Tests FIT. http://fit.c2.com. Dados de testes. Programa. Fixtures. classes. Resultados de testes Como o FIT funciona FIT: Framework for Integrated Tests http://fit.c2.com Dados de testes Fixtures Programa classes FIT Resultados de testes Universidade Portucalense Engenharia de Software ES04 2014-2015

Leia mais

Ajax não é dependente dos servidores Web, e como tal poderá ser usado com PHP, JSP, ASP e ASP.NET.

Ajax não é dependente dos servidores Web, e como tal poderá ser usado com PHP, JSP, ASP e ASP.NET. 1 2 Ajax não é dependente dos servidores Web, e como tal poderá ser usado com PHP, JSP, ASP e ASP.NET. 3 Por todo o documento subentende-se: todos os seus componentes já anteriormente carregados: imagens,

Leia mais

Cenários do CEL. Acessar ao sistema

Cenários do CEL. Acessar ao sistema Cenários do CEL Acessar ao sistema Permitir que o usuário acesse ao Sistema de Léxicos e Cenários nas seguintes condições: logando-se, quando já estiver cadastrado; ou incluindo usuário independente, quando

Leia mais

Conexão com Banco de Dados

Conexão com Banco de Dados Conexão com Banco de Dados Projeto 1 A pasta Programas distribuída no início do semestre letivo acompanha a versão do MySQL Coneector/J um driver JDBC que permite aos programadores acessar bancos de dados

Leia mais

DSS 08/09. Camada de Dados - JDBC. Aula 1. António Nestor Ribeiro /António Ramires Fernandes/ José Creissac Campos {anr,arf,jfc}@di.uminho.

DSS 08/09. Camada de Dados - JDBC. Aula 1. António Nestor Ribeiro /António Ramires Fernandes/ José Creissac Campos {anr,arf,jfc}@di.uminho. Universidade do Minho Departamento de Informática Camada de Dados - JDBC Aula 1 António Nestor Ribeiro /António Ramires Fernandes/ José Creissac Campos {anr,arf,jfc}@di.uminho.pt 2 Camada de Dados A camada

Leia mais