Linux Controle de Redes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Linux Controle de Redes"

Transcrição

1 André Stato Filho Linux Controle de Redes Visual Books

2 Sumário 1ª Parte - IP Tables Protocolo Modelo de Referência OSI Camada Física Camada de Enlace Camada de Rede Camada de Transporte Camada de Sessão Camada de Apresentação Camada de Aplicação Modelo de Referência TCP/IP Protocolo TCP Estabelecimento e Término de Conexão Multiplexação Controle de Fluxo Confiabilidade Protocolo UDP Protocolo IP Protocolo ICMP Firewall Componentes do Firewall Tipos de Firewall Packet Filtering Proxy Services Circuit-Level Gateways Arquitetura de Firewall Dual-Homed Host Screened Host Screened Subnet Firewall Introdução ao Iptables NetFilter Comandos do Iptables Inserindo Regras Inserindo uma Regra no Início da Tabela Deletando uma Regra Substituindo uma Regra Listando Regras Removendo Todas as Regras Zerando Contadores Criando Chains Renomeando Chains Deletando um Chain... 51

3 3.4 Políticas-padrão Consultando o Help Opções do Iptables Parâmetros Genéricos do Iptables Alvos-padrão Usando o Iptables Tabela Filter O Início Parâmetros TCP/UDP Especificando Porta de Origem Especificando Porta de Destino Especificando Flags TCP Especificando Flags TCP de Início de Conexão Especificando Flags TCP através de Valores Parâmetros ICMP Exemplos de Uso na Tabela Filter Permitindo que o Firewall Acesse ao DNS Permitindo WWW e SSH no Firewall Permitindo que o Firewall Acesse a WEB Permitindo Acesso ao Firewall da Rede Internet Bloqueando Ping NAT Utilizando SNAT Habilitando Forwarding no Kernel Compartilhando a Internet para uma Máquina Compartilhando a Internet para uma Rede Comunicação entre Redes Privadas Usando SNAT para um Range de IPs Usando SNAT para Vários Ranges de IPs Usando Exceções Utilizando MASQUERADING Utilizando DNAT Usando DNAT para um Único Servidor Fazendo DNAT para um Web Server Fazendo DNAT para um Terminal Service Fazendo DNAT para Vários Servidores (Load Balance) Evitando Problemas de Roteamento Interno Utilizando REDIRECT Redirecionado o Tráfego HTTP para o Proxy Squid Utilizando o NETMAP Outros Targets Log no Iptables Usando o Alvo LOG Conhecendo o Formato do Log Iptables Opções de LOG Colando uma Descrição no LOG Especificando qual Nível de Log do Syslog... 83

4 6.3.3 Logando Sequência do TCP Logando Opções Adicionais TCP Logando Opções Adicionais IP Usando Fwlogwatch Gerando Relatórios Gerando Relatórios Simples Gerando Relatórios de Dois Dias Atrás Gerando Relatórios dos Últimos 200 Registros Gerando Relatórios de Conexões Específicas Automatizando Fwlogwatch O Arquivo Fwlogwatch.config Utilizando Fwlogwatch como Daemon Configurando Manualmente o Fwlogwatch para Trabalhar com Daemon Trabalhando o Fwlogwatch com um Servidor WEB Tabela Mangle Trabalhando com TOS Dando Prioridade às Conexões Ssh Priorizando o Tráfego para o DNS Priorizando Tráfego Smb Priorizando Tráfego HTTP de Saída Priorizando Tráfego Ssh de Entrada Trabalhando com o Alvo TTL Setando o TTL de um Pacote Decrementando o TTL de um Pacote Incrementando o TTL de um Pacote Trabalhando com o Alvo TCPMSS Setando o Valor de MSS Setando o Valor de MSS Automaticamente Módulos Adicionais Módulo State Módulo Limit Módulo Multiport Módulo Mac Módulo Owner Módulo String Módulo Iprange Módulo Quota Módulo Ttl Módulo Recent Módulo Ipp2p Módulo Time Módulo Connlimit Módulo 7 Filtering Instalando o Layer Configurando e Compilando o Kernel Entendendo o Layer

5 2ª Parte - Balanceamentode Link Introdução ao Ip Route Ip Route Introdução à Ferramenta Ip Verificando nossas Configurações com o Ip Route Ip Link Verificando as Configurações de Rota com Ip Route Verificando Vizinhos com Ip Neigh Usando o Ip Address Ip Address Add Exemplos do Ip Address Add Ip Address Delete Exemplos do Ip Address Del Ip Address Show Exemplos do Ip Address Show Ip Address Flush Usando o Ip Link Ip Link Set Exemplos Ip Link Set Ip Link Show Usando o Ip Neighbor Ip Neighbor Add, Ip Neighbor Change e Ip Neighbor Replace Exemplos do Ip Neighbor Add, Change e Replace Ip Neighbor Delete Exemplos do Ip Neighbor Delete Ip Neighbor Show Ip Neighbor Flush Usando o Ip Route Ip Route Show Ip Route Add Exemplos do Ip Route Add, Change e Replace Ip Route Delete Exemplos do Ip Route Del Ip Route Flush Ip Route Get Gerenciando com o Ip Rule Ip Rule Show Ip Rule Add e Delete Exemplos do Ip Route Add, Change e Replace Fazendo Balanceamento Fazendo Balanceamento de uma Rede com Dois ou Mais Links Fazendo Balanceamento de Links por Serviços Usando Iptables com o Alvo MARK Usando Ip Route com Fwmark

6 3ª Parte - Qualidade de Serviços - QOS Introdução ao QOS Conceitos de QOS Alguns Tipos de QOS MPLS IntServ Best Effort DiffServ Serviços Diferenciados Funcionamento do DiffServ PHB no DiffServ Conhecendo o Traffic Control Introdução ao Traffic Control Manipulando o Traffic Control Algoritmo FIFO First in, First out Algoritmo PRIO Prio Queuing Exemplos Usando o Algoritmo Prio Exemplo de Criação de Fila Baseado no TOS Exibindo uma Consulta na Qdisc Baseada em TOS: Exemplo de Criação de Filas Usando Filtros Exibindo uma Consulta na Qdisc Baseada em Filtros Removendo Regras e Filtros Algoritmo TBF Token Bucket Filter Usando o Algoritmo TBF Algoritmo SFQ Stochastic Fair Queuing Usando o Algoritmo SBF Algoritmo RED Random Early Detection Parâmetros do RED Algoritmo GRED GRED x RED Usando o Algoritmo GRED Calculando os Valores dos Parâmetros Criando a Qdisc Principal de GRED Visualizando as Entradas do GRED Algoritmo GRED com Filtros e Iptables Algoritmo CBQ Class Based Queueing Usando o Algoritmo CBQ Usando o Shaper Instalação do Script Shaper Criando um Laboratório para Testes

7 Criação do Script Shaper Consultando Algoritmo HTB Hierarchical Token Bucket Usando o Algoritmo HTB HTB com Iptables Exemplo do Uso de HTB Exemplo do Uso de HTB por Tipo de Pacote HTB com Script htb.init Exemplo do Uso de HTB.INIT HTB-tools Checando os Arquivos Iniciando o Serviço DSMARK DSMARK Queuing Discipline Usando o DSMARK Usando os Campos Mask e Value Exemplo do Uso com Mask Value Uso com Mask Value com Iptables Usando o Campo Tc_index Exemplo do Uso com o Campo Tc_index Policing Policiamento Usando o Police ª Parte - Roteamento Dinâmico Protocolos de Roteamento Dinâmico Quagga Instalação do Quagga Utilizando o Quagga Usando o Zebra O Zebra Estudo de Caso: Redes Estáticas Configurando a Rede Consultando a Rede RIP Configuração RIP Acessando o Menu RIP Habilitando Propagação do RIP em Redes Habilitando RIP em Interfaces Especificando um Vizinho RIP Especificar uma Interface como Passiva Habilitar Split-horizont em uma Interface Controle de Versão no RIP Removendo a Versão Global Configurando a Versão RIP para Envio

8 Configurando a Versão RIP para Recebimento Anúncios de Rotas RIP Distribuindo Rotas do Kernel via RIP Distribuindo Rotas Conectadas via RIP Distribuindo Rotas Estáticas via RIP Distribuindo Rotas OSPF via RIP Distribuindo Rotas BGP via RIP Rotas Estáticas no RIP Filtrando Rotas RIP RIP Manipulação de Métrica Distância RIP Alterando Distâncias Administrativas Alterando Distâncias Administrativas por Rede Alterando Distâncias Administrativas por Access-list Autenticação RIP Habilitando a Autenticação em uma Interface Habilitando a Autenticação sem Criptografia em uma Interface Configurando a Senha de Autenticação Configurando uma Chave Md Timers do RIP Exibindo Informações RIP Exibindo Rotas no RIP Exibindo o Status do RIP Comandos de Debug no RIP Debug de Eventos Debug de Pacotes Debug entre o Zebra e o RIP Debug Total no RIP Lab RIP Dados dos Hosts no Laboratório Configuração do Laboratório OSPF Configuração Ospfd Acessando o Menu OSPF Habilitando Router-id no OSPF Configurando a Forma de Envio no OSPF Logando Alterações nas Adjacências OSPF Especificando uma Interface como Passiva Configurando Delay Inicial e Máximo Habilitando OSPF nas Interfaces OSPF Área Sumarizando Caminhos Habilitando Autenticação em uma Área Usando Md Especificando uma Senha de Autenticação para o OSPF Comandos OSPF para Interface Autenticando Pacotes OSPF Habilitando Autenticação Md5 na Interface

9 Configurando uma Chave Md5 de Autenticação Alterando o Valor da Métrica para o OSPF Alterando o Timer de Inatividade Alterando o Timer para Envio de Pacotes Hello Alterando a Prioridade do Roteador para Eleição do DR (Designated Router) Alterando o Tempo para Retransmissão de Estado do Link e Base de Dados Anúncios de Rotas OSPF Exibindo Informações do OSPF Exibindo Informações do OSPF Exibindo o Estado e a Configuração na Interface Outros Comandos OSPF Debugging OSPF Lab OSPF Dados dos Hosts no Laboratório Configuração do Laboratório BGP Configuração BGP Configurando o AS do BGP Configurando Router-id Distância BGP Alterando as Distâncias para o BGP Alterando as Distâncias para Rede Específica Anunciando Redes Anunciando uma Rede Específica Agregando Redes com o BGP Redistribute para BGP BGP Peer Exibindo Rotas BGP Autonomous System (AS) Expressões Regulares com AS Path Exibindo Rotas Exibindo Rotas BGP com Path Exibindo Rotas BGP Exibindo Rotas com Show Ip Bgp Exibindo Rotas com Show Ip Bgp Neighbor Outros Comandos Lab OSPF Dados dos Hosts no Laboratório Configuração do Laboratório Configuração do Roteador Linux Configuração do Roteador Router A com mesmo AS Configuração do Roteador Router B com AS Diferente

Curso Firewall. Sobre o Curso de Firewall. Conteúdo do Curso

Curso Firewall. Sobre o Curso de Firewall. Conteúdo do Curso Curso Firewall Sobre o Curso de Firewall Este treinamento visa prover conhecimento sobre a ferramenta de Firewall nativa em qualquer distribuição Linux, o "iptables", através de filtros de pacotes. Este

Leia mais

Implementação de QoS em um roteador Linux

Implementação de QoS em um roteador Linux Implementação de QoS em um roteador Linux Redes Multimídia Prof. Emerson Ribeiro de Mello Instituto Federal de Santa Catarina IFSC campus São José mello@ifsc.edu.br 28 de setembro de 2011 1 / 26 Sumário

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Sistema Operacional Linux > Firewall NetFilter (iptables) www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução O firewall é um programa que tem como objetivo proteger

Leia mais

Obs: Endereços de Rede. Firewall em Linux Kernel 2.4 em diante. Obs: Padrões em Intranet. Instalando Interface de Rede.

Obs: Endereços de Rede. Firewall em Linux Kernel 2.4 em diante. Obs: Padrões em Intranet. Instalando Interface de Rede. Obs: Endereços de Rede Firewall em Linux Kernel 2.4 em diante Classe A Nº de IP 1 a 126 Indicador da Rede w Máscara 255.0.0.0 Nº de Redes Disponíveis 126 Nº de Hosts 16.777.214 Prof. Alexandre Beletti

Leia mais

Iptables. Adailton Saraiva Sérgio Nery Simões

Iptables. Adailton Saraiva Sérgio Nery Simões Iptables Adailton Saraiva Sérgio Nery Simões Sumário Histórico Definições Tabelas Chains Opções do Iptables Tabela NAT Outros Módulos Histórico Histórico Ipfwadm Ferramenta padrão para o Kernel anterior

Leia mais

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços Italo Valcy - italo@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal

Leia mais

PROJETO DE IMPLEMENTAÇÃO DE UM SERVIDOR FIREWALL LIVRE UTILIZANDO IPTABLES

PROJETO DE IMPLEMENTAÇÃO DE UM SERVIDOR FIREWALL LIVRE UTILIZANDO IPTABLES PROJETO DE IMPLEMENTAÇÃO DE UM SERVIDOR FIREWALL LIVRE UTILIZANDO IPTABLES 1. Introdução O IPTABLES é um software usado para analisar os pacotes que passam entre redes. A partir desse princípio podemos

Leia mais

Segurança de Redes. Firewall. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br

Segurança de Redes. Firewall. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Segurança de Redes Firewall Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Introdução! O firewall é uma combinação de hardware e software que isola a rede local de uma organização da internet; Com ele é possível

Leia mais

Instalação e Configuração Iptables ( Firewall)

Instalação e Configuração Iptables ( Firewall) Instalação e Configuração Iptables ( Firewall) Pág - 1 Instalação e Configuração Iptables - Firewall Desde o primeiro tutorial da sequencia dos passo a passo, aprendemos a configurar duas placas de rede,

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES I LINUX. Firewall. Frederico Madeira LPIC 1, CCNA fred@madeira.eng.br www.madeira.eng.br

ADMINISTRAÇÃO DE REDES I LINUX. Firewall. Frederico Madeira LPIC 1, CCNA fred@madeira.eng.br www.madeira.eng.br ADMINISTRAÇÃO DE REDES I LINUX Firewall Frederico Madeira LPIC 1, CCNA fred@madeira.eng.br www.madeira.eng.br São dispositivos que têm com função regular o tráfego entre redes distintas restringindo o

Leia mais

Elaboração de Script de Firewall de Fácil administração

Elaboração de Script de Firewall de Fácil administração Elaboração de Script de Firewall de Fácil administração Marcos Monteiro http://www.marcosmonteiro.com.br contato@marcosmonteiro.com.br IPTables O iptables é um firewall em NÍVEL DE PACOTES e funciona baseado

Leia mais

01 - Entendendo um Firewall. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

01 - Entendendo um Firewall. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com 01 - Entendendo um Firewall. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com O que são Firewalls? São dispositivos constituídos por componentes de hardware (roteador capaz de filtrar

Leia mais

Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira

Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira Orientador de Curso: Rodrigo Caetano Filgueira Definição O Firewal é um programa que tem como objetivo proteger a máquina contra acessos indesejados, tráfego indesejado, proteger serviços que estejam rodando

Leia mais

Firewall. Tutorial Firewall em Linux Acadêmicos: Felipe Zottis e Cleber Pivetta

Firewall. Tutorial Firewall em Linux Acadêmicos: Felipe Zottis e Cleber Pivetta Tutorial Firewall em Linux Acadêmicos: Felipe Zottis e Cleber Pivetta Firewall Firewall é um quesito de segurança com cada vez mais importância no mundo da computação. À medida que o uso de informações

Leia mais

Tipos de Firewalls. porta de origem/destino, endereço de origem/destino, estado da conexão, e outros parâmetros do pacote.

Tipos de Firewalls. porta de origem/destino, endereço de origem/destino, estado da conexão, e outros parâmetros do pacote. IPTables Firewall: o que é? Qualquer máquina capaz de tomar decisões em relação ao tráfego de rede. Mecanismo que separa a rede interna e externa, objetivando aumentar o processo de segurança e controle

Leia mais

VoIP com QoS (Linux e Cisco)

VoIP com QoS (Linux e Cisco) VoIP com QoS (Linux e Cisco) Sistemas Telemáticos, 2005 costa@di.uminho.pt, macedo@di.uminho.pt Sumário l Caso de estudo: VoIP Telefone VoIP com sinalização SIP l Definição de uma política de QoS adequada

Leia mais

EN-3611 Segurança de Redes Aula 07 Firewalls Prof. João Henrique Kleinschmidt

EN-3611 Segurança de Redes Aula 07 Firewalls Prof. João Henrique Kleinschmidt EN-3611 Segurança de Redes Aula 07 Firewalls Prof. João Henrique Kleinschmidt Santo André, novembro de 2012 Middleboxes RFC 3234: Middleboxes: Taxonomy and Issues Middlebox Dispositivo (box) intermediário

Leia mais

FIREWALL COM IPTABLES. www.eriberto.pro.br/iptables. by João Eriberto Mota Filho 3. TABELAS. Tabela Filter ESQUEMA DA TABELA FILTER

FIREWALL COM IPTABLES. www.eriberto.pro.br/iptables. by João Eriberto Mota Filho 3. TABELAS. Tabela Filter ESQUEMA DA TABELA FILTER FIREWALL COM IPTABLES www.eriberto.pro.br/iptables by João Eriberto Mota Filho 3. TABELAS Tabela Filter Vejamos o funcionamento da tabela filter (default) e as suas respectivas chains: ESQUEMA DA TABELA

Leia mais

Autor: Armando Martins de Souza Data: 12/04/2010

Autor: Armando Martins de Souza <armandomartins.souza at gmail.com> Data: 12/04/2010 http://wwwvivaolinuxcombr/artigos/impressoraphp?codig 1 de 12 19-06-2012 17:42 Desvendando as regras de Firewall Linux Iptables Autor: Armando Martins de Souza Data: 12/04/2010

Leia mais

Mecanismos de QoS em Linux tc Traffic Control

Mecanismos de QoS em Linux tc Traffic Control Mecanismos de QoS em Linux tc Traffic Control Este módulo descreve os principais mecanismos de QoS disponíveis no kernel do Linux. Para utilizar esses mecanismos, é necessário criar uma política coerente

Leia mais

Firewall - IPTABLES. Conceitos e Prática. Tópicos em Sistemas de Computação 2014. Prof. Dr. Adriano Mauro Cansian adriano@acmesecurity.

Firewall - IPTABLES. Conceitos e Prática. Tópicos em Sistemas de Computação 2014. Prof. Dr. Adriano Mauro Cansian adriano@acmesecurity. Firewall - IPTABLES Conceitos e Prática Tópicos em Sistemas de Computação 2014 Prof. Dr. Adriano Mauro Cansian adriano@acmesecurity.org Estagiário Docente: Vinícius Oliveira viniciusoliveira@acmesecurity.org

Leia mais

Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O

Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O Guia de Conectividade Worldspan Go Res! A V A N Ç A D O Í n d i c e Considerações Iniciais...2 Rede TCP/IP...3 Produtos para conectividade...5 Diagnosticando problemas na Rede...8 Firewall...10 Proxy...12

Leia mais

Segurança em Sistemas de Informação

Segurança em Sistemas de Informação Segurança em Sistemas de Informação Introdução O Iptables é um código de firewall presente nas versões a partir da 2.4 do kernel, que substituiu o Ipchains (presente nas séries 2.2 do kernel). Ele foi

Leia mais

Conteúdo do pacote de 05 cursos hands-on Linux

Conteúdo do pacote de 05 cursos hands-on Linux Conteúdo do pacote de 05 cursos hands-on Linux Linux Básico Linux Intermediário Proxy Squid Firewall Netfilter / Iptables Samba 4 C o n t e ú d o d o c u r s o H a n d s - on L i n u x 2 Sumário 1 Linux

Leia mais

phptcadmin: Uma Solução Para o Planejamento e Implementação de Qualidade de Serviço em Redes de Computadores

phptcadmin: Uma Solução Para o Planejamento e Implementação de Qualidade de Serviço em Redes de Computadores phptcadmin: Uma Solução Para o Planejamento e Implementação de Qualidade de Serviço em Redes de Computadores Reinaldo Carvalho 1, Weverton Cordeiro 2, Antônio Abelém 3 Instituto de Informática Universidade

Leia mais

IPTABLES. Helder Nunes Haanunes@gmail.com

IPTABLES. Helder Nunes Haanunes@gmail.com IPTABLES Helder Nunes Haanunes@gmail.com Firewall Hoje em dia uma máquina sem conexão com a internet praticamente tem o mesmo valor que uma máquina de escrever. É certo que os micros precisam se conectar

Leia mais

Segurança de redes com Linux. Everson Scherrer Borges Willen Borges de Deus

Segurança de redes com Linux. Everson Scherrer Borges Willen Borges de Deus Segurança de redes com Linux Everson Scherrer Borges Willen Borges de Deus Segurança de Redes com Linux Protocolo TCP/UDP Portas Endereçamento IP Firewall Objetivos Firewall Tipos de Firewall Iptables

Leia mais

comando parâmetro alternativo parâmetro REGRA função iptables -t tabela -N --new chain cria uma nova chain. iptables -t tabela -E --rename-chain

comando parâmetro alternativo parâmetro REGRA função iptables -t tabela -N --new chain cria uma nova chain. iptables -t tabela -E --rename-chain comando parâmetro alternativo parâmetro REGRA função iptables -t tabela -N --new chain cria uma nova chain. iptables -t tabela -E --rename-chain antiga_chain nova_chain renomeia uma chain. iptables -t

Leia mais

Mecanismos de QoS em Linux Hierarchical Token Bucket (HTB)

Mecanismos de QoS em Linux Hierarchical Token Bucket (HTB) Mecanismos de QoS em Linux Hierarchical Token Bucket (HTB) Este roteiro descreve um cenário prático onde o algoritmo Hierarchical Token Bucket (HTB) é utilizado para criar uma política de QoS flexível,

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II Prof. Celio Trois portal.redes.ufsm.br/~trois/redes2 Roteamento Dinâmico Os protocolos de roteamento utilizados em redes pertencem a duas categorias: IGP (Interior Gateway Protocol)

Leia mais

4 1 0 ilh F. 2 o 6, 1 rto e rib, G rib e d Eo aãd JorinT Eriberto ago. 14

4 1 0 ilh F. 2 o 6, 1 rto e rib, G rib e d Eo aãd JorinT Eriberto ago. 14 Controle de tráfego com Iptables e HTB João Eriberto Mota Filho Trindade, GO, 16 ago. 2014 Sumário 1. Por que controlar o tráfego de rede? 2. Unidades de medida 3. Disciplinas de controle de tráfego 4.

Leia mais

O Protocolo IP (2) Prof. José Gonçalves Pereira Filho Departamento de Informática zegonc@inf.ufes.br

O Protocolo IP (2) Prof. José Gonçalves Pereira Filho Departamento de Informática zegonc@inf.ufes.br O Protocolo IP (2) Prof. José Gonçalves Pereira Filho Departamento de Informática zegonc@inf.ufes.br O IP e a Máscara de Sub-Rede O IP se baseia em duas estruturas para efetuar o roteamento de datagramas:

Leia mais

Pós Graduação Tecnologia da Informação UNESP Firewall

Pós Graduação Tecnologia da Informação UNESP Firewall Pós Graduação Tecnologia da Informação UNESP Firewall Douglas Costa Fábio Pirani Fernando Watanabe Jefferson Inoue Firewall O que é? Para que serve? É um programa usado para filtrar e dar segurança em

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II Prof. Celio Trois portal.redes.ufsm.br/~trois/redes2 Roteamento Dinâmico As principais vantagens do roteamento dinâmico são: Simplifica o gerenciamento da rede. Viável em grandes

Leia mais

Capítulo 6 - Protocolos e Roteamento

Capítulo 6 - Protocolos e Roteamento Capítulo 6 - Protocolos e Roteamento Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática 1 de 53 Roteiro (1 / 2) O Que São Protocolos? O TCP/IP Protocolos de Aplicação Protocolos de Transporte Protocolos

Leia mais

AGENTE PROFISSIONAL - ANALISTA DE REDES

AGENTE PROFISSIONAL - ANALISTA DE REDES Página 1 CONHECIMENTO ESPECÍFICO 01. Suponha um usuário acessando a Internet por meio de um enlace de 256K bps. O tempo mínimo necessário para transferir um arquivo de 1M byte é da ordem de A) 4 segundos.

Leia mais

Compartilhamento da internet, firewall

Compartilhamento da internet, firewall da internet, firewall João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) 1 / 29 Exemplo de transmissão 2 / 29 Exemplo de transmissão Dados trafegam em pacotes com até 1460 bytes de dados e dois headers de 20 bytes

Leia mais

Curso de extensão em Administração de Redes

Curso de extensão em Administração de Redes Curso de extensão em Administração de Redes Italo Valcy da Silva Brito1,2 1 Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia 2 Ponto de Presença

Leia mais

Redes de Computadores I Conceitos Básicos

Redes de Computadores I Conceitos Básicos Redes de Computadores I Conceitos Básicos (11 a. Semana de Aula) Prof. Luís Rodrigo lrodrigo@lncc.br http://lrodrigo.lncc.br 2011.02 v1 2011.11.03 (baseado no material de Jim Kurose e outros) Algoritmos

Leia mais

Segurança de Redes de Computadores

Segurança de Redes de Computadores Segurança de Redes de Computadores Aula 8 Segurança nas Camadas de Rede, Transporte e Aplicação Firewall (Filtro de Pacotes) Prof. Ricardo M. Marcacini ricardo.marcacini@ufms.br Curso: Sistemas de Informação

Leia mais

Firewalls em Linux. Tutorial Básico. André Luiz Rodrigues Ferreira alrferreira@carol.com.br

Firewalls em Linux. Tutorial Básico. André Luiz Rodrigues Ferreira alrferreira@carol.com.br Firewalls em Linux Tutorial Básico André Luiz Rodrigues Ferreira alrferreira@carol.com.br 1 O que é um Firewall? Uma série de mecanismos de proteção dos recursos de uma rede privada de outras redes. Ferramenta

Leia mais

FireWall no Linux FIREWALL COM IPTABLES. www.iptablesbr.cjb.net. by João Eriberto Mota Filho

FireWall no Linux FIREWALL COM IPTABLES. www.iptablesbr.cjb.net. by João Eriberto Mota Filho FireWall no Linux FIREWALL COM IPTABLES www.iptablesbr.cjb.net by João Eriberto Mota Filho Arquivo elaborado por LinuxClube.com http://www.linuxclube.com 1. ROTEAMENTO DINÂMICO Considerações iniciais O

Leia mais

Administração de Sistemas Operacionais

Administração de Sistemas Operacionais Diretoria de Educação e Tecnologia da Informação Análise e Desenvolvimento de Sistemas INSTITUTO FEDERAL RIO GRANDE DO NORTE Administração de Sistemas Operacionais Serviço Proxy - SQUID Prof. Bruno Pereira

Leia mais

Roteiro de Práticas de Roteamento IGP usando Quagga

Roteiro de Práticas de Roteamento IGP usando Quagga Roteiro de Práticas de Roteamento IGP usando Quagga OSPF O objetivo desse roteiro é mostrar como o pacote Quagga pode ser utilizado para construir roteadores com suporte a protocolos de roteamento utilizando

Leia mais

Serviços Diferenciados em Sistemas Operacionais Linux

Serviços Diferenciados em Sistemas Operacionais Linux Universidade Federal de Santa Catarina UFSC Programa de Pós Graduação em Ciências da Computação PPGCC Disciplina: Sistemas Operaciaonais Aluno: Luiz Henrique Vicente Serviços Diferenciados em Sistemas

Leia mais

Capítulo 10 - Conceitos Básicos de Roteamento e de Sub-redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página

Capítulo 10 - Conceitos Básicos de Roteamento e de Sub-redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página Capítulo 10 - Conceitos Básicos de Roteamento e de Sub-redes 1 Protocolos Roteáveis e Roteados Protocolo roteado: permite que o roteador encaminhe dados entre nós de diferentes redes. Endereço de rede:

Leia mais

Administração de Redes e Conectividade ao PoP-BA. III WTR do PoP-BA Luiz Barreto luiz@pop-ba.rnp.br PoP-BA: Ponto de Presença da RNP na Bahia

Administração de Redes e Conectividade ao PoP-BA. III WTR do PoP-BA Luiz Barreto luiz@pop-ba.rnp.br PoP-BA: Ponto de Presença da RNP na Bahia Administração de Redes e Conectividade ao PoP-BA III WTR do PoP-BA Luiz Barreto luiz@pop-ba.rnp.br PoP-BA: Ponto de Presença da RNP na Bahia Sumário Fundamentos Arquitetura OSI e TCP/IP Virtual LAN: Dispositivos

Leia mais

A camada de rede. A camada de rede. A camada de rede. 4.1 Introdução. 4.2 O que há dentro de um roteador

A camada de rede. A camada de rede. A camada de rede. 4.1 Introdução. 4.2 O que há dentro de um roteador Redes de computadores e a Internet Capitulo Capítulo A camada de rede.1 Introdução.2 O que há dentro de um roteador.3 IP: Protocolo da Internet Endereçamento IPv. Roteamento.5 Roteamento na Internet (Algoritmos

Leia mais

Firewall: Redes Protegidas. III WTR do PoP-BA Ibirisol Fontes Ferreira PoP-BA: Ponto de Presença da RNP na Bahia

Firewall: Redes Protegidas. III WTR do PoP-BA Ibirisol Fontes Ferreira <ibirisol@pop-ba.rnp.br> PoP-BA: Ponto de Presença da RNP na Bahia Firewall: Redes Protegidas III WTR do PoP-BA Ibirisol Fontes Ferreira PoP-BA: Ponto de Presença da RNP na Bahia Todo o material aqui disponível pode, posteriormente, ser utilizado

Leia mais

Capítulo 4 TCP/IP FIREWALLS.

Capítulo 4 TCP/IP FIREWALLS. Capítulo 4 TCP/IP FIREWALLS. O que é uma firewall? É um router entre uma rede privada e uma rede pública que filtra o tráfego com base num conjunto de regras. GRS - Capitulo 4 1/1 Arquitecturas de redes

Leia mais

Professor Claudio Silva

Professor Claudio Silva Filtragem caso o pacote não seja permitido, ele é destruído caso seja permitido, ele é roteado para o destino Além das informações contidas nos pacotes o filtro sabe em que interface o pacote chegou e

Leia mais

Roteamento avançado. e controle de banda em Linux

Roteamento avançado. e controle de banda em Linux e controle de banda em Linux Hélio Loureiro Sumário Sintaxe Exemplo Sintaxe Exemplo NOTA: os exemplos são baseados na distribuição Debian mas funcionam similarmente em todas as

Leia mais

P L A N O D E D I S C I P L I N A

P L A N O D E D I S C I P L I N A INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA CAMPUS SÃO JOSÉ SC CURSO TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES / REDES DE COMPUTADORES P L A N O D E D I S C I P L I N A DISCIPLINA: Redes de Computadores Carga Horária: 95 HA

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers Firewall Nos tempos atuais tem se falado muito em segurança, pois a internet se tornou um ambiente perigoso. Todos nossos servidores que estão expostos para a internet necessitam de uma proteção para que

Leia mais

A Camada de Rede. Romildo Martins Bezerra CEFET/BA Redes de Computadores II

A Camada de Rede. Romildo Martins Bezerra CEFET/BA Redes de Computadores II A Camada de Rede Romildo Martins Bezerra CEFET/BA Redes de Computadores II A Camada de Rede e o protocolo IP... 2 O protocolo IP... 2 Formato do IP... 3 Endereçamento IP... 3 Endereçamento com Classes

Leia mais

Firewall iptables e criação de regras.

Firewall iptables e criação de regras. FIREWALL IPTABLES agosto/2015 Firewall iptables e criação de regras. 1 Introdução A palavra firewall é traduzida como parede de fogo ou parede anti-chamas. Esse termo é empregado há muito tempo em veículos

Leia mais

Formação para Sistemas Autônomos. Boas Práticas BGP. Formação para Sistemas Autônomos

Formação para Sistemas Autônomos. Boas Práticas BGP. Formação para Sistemas Autônomos Boas Práticas BGP Licença de uso do material Esta apresentação está disponível sob a licença Creative Commons Atribuição Não a Obras Derivadas (by-nd) http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/legalcode

Leia mais

Palestra: Mikrotik: Histórico, Características, Instalação e Configurações Básicas. Apresentação: Prof. Vinícius Ferreira de Souza

Palestra: Mikrotik: Histórico, Características, Instalação e Configurações Básicas. Apresentação: Prof. Vinícius Ferreira de Souza Palestra: Mikrotik: Histórico, Características, Instalação e Configurações Básicas Apresentação: Prof. Vinícius Ferreira de Souza Referencial Teórico: 1 Minicurso ministrado pelo prof. José Ferreira Neto

Leia mais

Firewalls. A defesa básica e essencial. SO Linux Prof. Michel Moron Munhoz AES 1

Firewalls. A defesa básica e essencial. SO Linux Prof. Michel Moron Munhoz AES 1 Firewalls A defesa básica e essencial SO Linux Prof. Michel Moron Munhoz AES 1 Por que Firewall? Internet Uma imensa rede descentralizada e não gerenciada, rodando sob uma suíte de protocolos denominada

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Camada de Rede Roteamento IP RIP OSPF e BGP Slide 1 Roteamento Determinar o melhor caminho a ser tomado da origem até o destino. Se utiliza do endereço de destino para determinar

Leia mais

Mecanismos de QoS em Linux DiffServ (Marcação e Policiamento)

Mecanismos de QoS em Linux DiffServ (Marcação e Policiamento) Mecanismos de QoS em Linux DiffServ (Marcação e Policiamento) Este roteiro descreve um cenário prático que ilustra o funcionamento dos mecanismos de policiamento e marcação utilizados pela metodologia

Leia mais

www.professorramos.com

www.professorramos.com Iptables www.professorramos.com leandro@professorramos.com Introdução O netfilter é um módulo que fornece ao sistema operacional Linux as funções de firewall, NAT e log de utilização de rede de computadores.

Leia mais

SEG. EM SISTEMAS E REDES. Firewall

SEG. EM SISTEMAS E REDES. Firewall SEG. EM SISTEMAS E REDES Firewall Prof. Ulisses Cotta Cavalca Belo Horizonte/MG 2014 SUMÁRIO 1) Firewall 2) Sistema de detecção/prevenção de intrusão (IDS) 3) Implementação de

Leia mais

Packet Tracer 4.0: Overview Session. Conceitos e práticas

Packet Tracer 4.0: Overview Session. Conceitos e práticas Packet Tracer 4.0: Overview Session Conceitos e práticas Processo de Flooding ou Inundação envia informações por todas as portas, exceto aquela em que as informações foram recebidas; Cada roteador link-state

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Segurança da Informação 1 Agenda Sistemas de Firewall 2 1 SISTEMAS DE FIREWALL 3 Sistemas de Firewall Dispositivo que combina software e hardware para segmentar e controlar o acesso entre redes de computadores

Leia mais

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1 Segurança na Web Capítulo 6: Firewall Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW Page 1 Introdução Qual a função básica de um firewall? Page 2 Introdução Qual a função básica de um firewall? Bloquear

Leia mais

Tema do Minicurso: Firewall IPTABLES. Carga horária 3h

Tema do Minicurso: Firewall IPTABLES. Carga horária 3h Orientador: Mirla Rocha de Oliveira Ferreira Bacharel em Engenharia da Computação Orientadora do Curso de Formação Profissional em Redes de Computadores - SENAC Tema do Minicurso: Firewall IPTABLES Carga

Leia mais

Firewalls, um pouco sobre...

Firewalls, um pouco sobre... Iptables Firewalls, um pouco sobre... Firewalls Realizam a filtragem de pacotes Baseando-se em: endereço/porta de origem; endereço/porta de destino; protocolo; Efetuam ações: Aceitar Rejeitar Descartar

Leia mais

Prática NAT/Proxy. Edgard Jamhour. Esses exercícios devem ser executados através do servidor de máquinas virtuais: espec.ppgia.pucpr.

Prática NAT/Proxy. Edgard Jamhour. Esses exercícios devem ser executados através do servidor de máquinas virtuais: espec.ppgia.pucpr. Prática NAT/Proxy Edgard Jamhour Exercícios práticos sobre NAT e Proxy, usando Linux. Esses exercícios devem ser executados através do servidor de máquinas virtuais:.ppgia.pucpr.br OBS. Esse roteiro utiliza

Leia mais

Camadas da Arquitetura TCP/IP

Camadas da Arquitetura TCP/IP Camadas da Arquitetura TCP/IP A arquitetura TCP/IP divide o processo de comunicação em quatro camadas. Em cada camada atuam determinados protocolos que interagem com os protocolos das outas camadas desta

Leia mais

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação O ProApps Security O ProApps Security é um componente da suíte de Professional Appliance focada na segurança de sua empresa ou rede. A solução pode atuar como gateway e como solução IDS/IPS no ambiente.

Leia mais

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços - italo@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia,

Leia mais

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br

Revisão. Karine Peralta karine.peralta@pucrs.br Revisão Karine Peralta Agenda Revisão Evolução Conceitos Básicos Modelos de Comunicação Cliente/Servidor Peer-to-peer Arquitetura em Camadas Modelo OSI Modelo TCP/IP Equipamentos Evolução... 50 60 1969-70

Leia mais

Fernando Albuquerque - fernando@cic.unb.br ADMINISTRAÇÃO TCP/IP. Fernando Albuquerque 061-2733589 fernando@cic.unb.br

Fernando Albuquerque - fernando@cic.unb.br ADMINISTRAÇÃO TCP/IP. Fernando Albuquerque 061-2733589 fernando@cic.unb.br ADMINISTRAÇÃO TCP/IP Fernando Albuquerque 061-2733589 fernando@cic.unb.br Protocolos TCP/IP - Tópicos Introdução IP Endereçamento Roteamento UDP, TCP Telnet, FTP Correio DNS Web Firewalls Protocolos TCP/IP

Leia mais

Roteamento na Internet

Roteamento na Internet Roteamento na Internet IntraAS RIP OSPF InterAS BGP RIP Protocolo de informação de roteamento (Routing Information Protocol) Definido nas RFCs 1058 (versão 1) e 2453 (versão 2) RIPng IPv6 Protocolo de

Leia mais

Documento: Treinamentos pfsense Versão do documento: 2014. Treinamentos pfsense. Página 1 de 10

Documento: Treinamentos pfsense Versão do documento: 2014. Treinamentos pfsense. Página 1 de 10 Treinamentos pfsense Página 1 de 10 Definições, Acrônimos e Abreviações Abreviação / Sigla WAN LAN UTM pfsense BGP Descrição Wide Area Network - Rede de longa distância (interface de rede para links de

Leia mais

Firewall e Proxy. Relatório do Trabalho Prático nº 2. Segurança em Sistemas de Comunicação

Firewall e Proxy. Relatório do Trabalho Prático nº 2. Segurança em Sistemas de Comunicação Segurança em Sistemas de Comunicação Relatório do Trabalho Prático nº 2 Firewall e Proxy Documento elaborado pela equipa: Jorge Miguel Morgado Henriques Ricardo Nuno Mendão da Silva Data de entrega: 07.11.2006

Leia mais

** Distance Vector - Trabalha com a métrica de Salto(HOP),. O protocolo que implementa o Distance Vector é o RIP.!

** Distance Vector - Trabalha com a métrica de Salto(HOP),. O protocolo que implementa o Distance Vector é o RIP.! Laboratório wireshark Número de sequencia: syn syn ack ack Cisco Packet Tracer Roteador trabalha em dois modos de operação: - Modo Normal - símbolo > - Modo Root - símbolo # ##################################################################

Leia mais

Configuração de Rede

Configuração de Rede Configuração de Rede 1. Configuração de rede no Windows: A finalidade deste laboratório é descobrir quais são as configurações da rede da estação de trabalho e como elas são usadas. Serão observados a

Leia mais

Endereçamento Privado Proxy e NAT. 2008, Edgard Jamhour

Endereçamento Privado Proxy e NAT. 2008, Edgard Jamhour Endereçamento Privado Proxy e NAT Motivação para o Endereçamento IP Privado Crescimento do IPv4 07/2007 490 milhões de hosts 01/2008 542 milhões de hosts IPv4 permite endereçar 4 bilhões de hosts. PREVISÃO

Leia mais

Prof. Luís Rodolfo. Unidade III REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÃO

Prof. Luís Rodolfo. Unidade III REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÃO Prof. Luís Rodolfo Unidade III REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÃO Redes de computadores e telecomunicação Objetivos da Unidade III Apresentar as camadas de Transporte (Nível 4) e Rede (Nível 3) do

Leia mais

LABORATÓRIO V. NAT E FIREWALL Documento versão 0.1. Aluno: Paulo Henrique Moreira Gurgel #5634135

LABORATÓRIO V. NAT E FIREWALL Documento versão 0.1. Aluno: Paulo Henrique Moreira Gurgel #5634135 LABORATÓRIO V NAT E FIREWALL Documento versão 0.1 Aluno: Paulo Henrique Moreira Gurgel #5634135 Orientado pela Professora Kalinka Regina Lucas Jaquie Castelo Branco Julho / 2010 Laboratório V NAT e Firewall

Leia mais

Roteador de Perímetro DMZ Hosts de Segurança Gateway de Aplicativo

Roteador de Perímetro DMZ Hosts de Segurança Gateway de Aplicativo Roteador de Perímetro DMZ Hosts de Segurança Gateway de Aplicativo Conectando-se à Internet com Segurança Soluções mais simples. Sistemas de Segurança de Perímetro Zona Desmilitarizada (DMZ) Roteador de

Leia mais

Otimização do consumo de banda utilizando Iptables Layer 7 e HTB

Otimização do consumo de banda utilizando Iptables Layer 7 e HTB Otimização do consumo de banda utilizando Iptables Layer 7 e HTB Carlos Alberto de Avila Junior / Rafael Zen de Azevedo Curso de Especialização em Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade

Leia mais

1.1 Motivação e âmbito... 1 1.2 Objetivos e abordagem... 3 1.3 Organização do presente texto... 4

1.1 Motivação e âmbito... 1 1.2 Objetivos e abordagem... 3 1.3 Organização do presente texto... 4 Índice de figuras XVII Índice de tabelas XXII Agradecimentos XXIII Nota prévia XXIV 1- Introdução 1 1.1 Motivação e âmbito... 1 1.2 Objetivos e abordagem... 3 1.3 Organização do presente texto... 4 2 -

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 6 Firewall e Proxy

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 6 Firewall e Proxy Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 6 Firewall e Proxy Prof.: Roberto Franciscatto Introdução FIREWALL Introdução Firewall Tem o objetivo de proteger um computador ou uma rede de computadores,

Leia mais

Arquitectura de Redes

Arquitectura de Redes Arquitectura de Redes Network Address Translation NAT Rui Prior 2006/07 (adap. Pedro Brandão) 1 Objectivo / Motivação Escassez de endereços IPs Pequenas / médias empresas com ligação dial-up, ADSL ou cabo

Leia mais

Encaminhamento interior OSPF

Encaminhamento interior OSPF Encaminhamento interior OSPF (terceiro trabalho laboratorial) FEUP/DEEC Redes de Banda Larga MIEEC 2009/10 José Ruela Bancada de trabalho Topologia genérica (OSPF e BGP) Objectivo e descrição sumária Os

Leia mais

Segurança com Iptables

Segurança com Iptables Universidade Federal de Lavras Departamento de Ciência da Computação Segurança com Iptables Alunos : Felipe Gutierrez e Ronan de Brito Mendes Lavras MG 11/2008 Sumário 1 - Introdução...1 2 Softwares de

Leia mais

Exercícios de Fixação TCP/IP

Exercícios de Fixação TCP/IP Capítulo 2 Endereço de Rede Exercícios de Fixação TCP/IP a) (V) Os pacotes IP são datagramas não-confiáveis b) (F) Os endereços do tipo 127.x.x.x são utilizados em redes do tipo Intranet c) (F) Os endereços

Leia mais

TREINAMENTO AVANÇADO DE PFSENSE

TREINAMENTO AVANÇADO DE PFSENSE DEPOIMENTOS DOS ALUNOS DE PFSENSE Esse foi um momento de conhecimento consistente ao uso de uma ferramenta de segurança Open Source, o pfsense, o qual possibilitou um aprendizado de TREINAMENTO AVANÇADO

Leia mais

Roteiro de Práticas de Roteamento IGP usando Quagga

Roteiro de Práticas de Roteamento IGP usando Quagga Roteiro de Práticas de Roteamento IGP usando Quagga RIP O objetivo desse roteiro é mostrar como o pacote Quagga pode ser utilizado para construir roteadores com suporte a protocolos de roteamento utilizando

Leia mais

Protocolo OSPF. O p e n S h o r t e s t P at h F i r s t. E s pec i a li s ta

Protocolo OSPF. O p e n S h o r t e s t P at h F i r s t. E s pec i a li s ta Ebook Exclusivo Protocolo OSPF O p e n S h o r t e s t P at h F i r s t E s pec i a li s ta em S e rv i ços G e r e n c i a do s Segurança de de Perímetro Sumário Introdução P.3 Ententendendo o Protocolo

Leia mais

Uma combinação de hardware e software que protege redes mediante a análise do tráfego de entrada e saída

Uma combinação de hardware e software que protege redes mediante a análise do tráfego de entrada e saída Sistemas de Firewall Luiz Henrique Barbosa luiz@oluiz.com Firewalls Um Firewall é um método de proteger hosts e redes conectados a outros computadores e redes contra ataques como: tentativas de obter acesso

Leia mais

Firewall IPTables e Exemplo de Implementação no Ambiente Corporativo.

Firewall IPTables e Exemplo de Implementação no Ambiente Corporativo. Firewall IPTables e Exemplo de Implementação no Ambiente Corporativo. Guilherme de C. Ferrarezi 1, Igor Rafael F. Del Grossi 1, Késsia Rita Marchi 1 1Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí PR Brasil

Leia mais

GTS-8. Implementação de uma solução baseada em Software Livre para o controle de tráfego P2P. Helder Jean Brito da Silva (helder@info.ufrn.

GTS-8. Implementação de uma solução baseada em Software Livre para o controle de tráfego P2P. Helder Jean Brito da Silva (helder@info.ufrn. GTS-8 Implementação de uma solução Helder Jean Brito da Silva (helder@info.ufrn.br) Ricardo Kléber Martins Galvão (rk@info.ufrn.br) Introdução Necessidades Soluções prévias Solução adotada na UFRN Problemas

Leia mais

Comunicação de Dados

Comunicação de Dados Comunicação de Dados Roteamento Prof. André Bessa Faculade Lourenço Filho 22 de Novembro de 2012 Prof. André Bessa (FLF) Comunicação de Dados 22 de Novembro de 2012 1 / 26 1 Introdução 2 Roteamento na

Leia mais

Encaminhamento exterior BGP-4

Encaminhamento exterior BGP-4 Encaminhamento exterior BGP-4 (quarto trabalho laboratorial) FEUP/DEEC Redes de Banda Larga MIEEC 2009/10 José Ruela Bancada de trabalho Topologia genérica (OSPF e BGP) Objectivo e descrição sumária Os

Leia mais

Modelo de referência OSI. Modelo TCP/IP e Internet de cinco camadas

Modelo de referência OSI. Modelo TCP/IP e Internet de cinco camadas Modelo de referência OSI. Modelo TCP/IP e Internet de cinco camadas Conhecer os modelo OSI, e TCP/IP de cinco camadas. É importante ter um padrão para a interoperabilidade entre os sistemas para não ficarmos

Leia mais