SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO"

Transcrição

1 SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO 1. Objetivos da Diplomação e Premiação A diplomação SINEPE-ES em Ação é uma iniciativa do Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Estado do Espírito Santo SINEPE/ES, que tem como objetivos incentivar, divulgar e premiar a atuação de instituições e indivíduos que tenham apresentado contribuições valiosas para a inclusão social dos cidadãos e iniciativas voltadas para a sustentabilidade ambiental. A premiação contempla ações que promovam a inclusão social de cidadãos no meio onde vivem e, ações voltadas à preservação e manutenção saudável do meio ambiente. 2. Organização da Diplomação e Premiação A Comissão Julgadora será composta de pessoas de diversas áreas, como: social, jurídica, técnica, ambiental, administrativa e de imprensa, que conduzirá as decisões relacionadas à avaliação e trabalhos inscritos, mantendo-se isenta em relação a tais atividades. 3. Categorias de Diplomação Têm-se como as categoria de diplomação, os segmentos Educação Infantil, Básico e Superior. Regulamento SINEPE em Ação (pag. 1 de 6)

2 4. Bases para avaliação Tem-se a perspectiva sócio ambiental onde busca-se valorizar ações dos associados que tenham se destacado pela qualidade, planejamento e execução de trabalhos relacionados ao atendimento ou assistência social de cidadãos, apresentando resultados efetivos de inclusão social e melhoria da qualidade de vida, bem como àqueles relacionados à preservação e manutenção saudável do meio ambiente, apresentando resultados efetivos de sustentabilidade. 5. Inscrições 5.1 Podem se inscrever nas categorias os trabalhos de associados adimplentes, que demonstrem atuação nas áreas desenvolvidas no último ano corrente. Os dados constantes da Ficha Cadastral, a Categoria e o Relatório de Atividades são de total responsabilidade de quem os enviar, em todos os aspectos, tanto legais quanto os previstos neste regulamento Os projetos já premiados pelo SINEPE/ES neste programa poderão participar da diplomação e concorrer novamente à nova premiação As inscrições serão processadas em duas etapas. Ao preencher e enviar a Ficha Cadastral disponível no site do SINEPE-ES (www.sinepe-es.org.br), o candidato terá efetuado a primeira etapa e receberá um com o protocolo eletrônico correspondente à sua pré-inscrição. Esse protocolo eletrônico será enviado para o(s) (s) que tenha(m) sido indicado(s) na Ficha Cadastral, contendo o número da inscrição, instruções para elaboração e senha para envio do Relatório de Atividades (segunda etapa ou efetivação da inscrição). Após o envio do Relatório de Atividades, o que deverá ser feito diretamente no site, pela anexação do mesmo à respectiva Ficha Cadastral, o candidato receberá automaticamente o protocolo eletrônico correspondente à realização da segunda e última etapa da inscrição. As instruções detalhadas sobre a forma de realização das inscrições, elaboração e envio do Relatório de Atividades encontram-se reproduzidas no Anexo I do item 12 e constituem-se em parte integrante deste regulamento As inscrições serão avaliadas pela Comissão Julgadora, que poderá validá-las ou não, de acordo com a observância aos critérios deste regulamento. Nenhuma confirmação de validação ou invalidação de inscrição será comunicada Ao critério da Comissão Julgadora, as inscrições recebidas poderão ser divulgadas no site do SINEPE-ES: O período relativo às inscrições tem início no mês de julho, e término no dia 22 de setembro, bem como este é o último dia para anexação do Relatório de Atividades à Ficha Cadastral no site do Prêmio Todas as informações necessárias para efetivação da inscrição, incluindo este regulamento completo, estarão à disposição no site Para Regulamento SINEPE em Ação (pag. 2 de 6)

3 dirimir dúvidas, os interessados podem recorrer para o endereço eletrônico: 5.7 As instituições, com seus respectivos projetos, participantes à Diplomação e Premiação do SINEPE em Ação autorizam a utilização de seu nome, bem como o nome das pessoas citadas e participantes, imagem e dados enviados nos Relatórios de Atividades sem ônus para o SINEPE/ES, para divulgação em qualquer meio de comunicação nacional ou internacional. Todo e qualquer tipo de material enviado à Comissão Julgadora por parte dos inscritos não será devolvido e poderá ser utilizado pelo SINEPE-ES para reprodução e divulgação. Materiais não utilizados, bem como documentos considerados sigilosos, serão destruídos após o encerramento oficial das atividades do concurso É de total responsabilidade das instituições inscritas o material enviado ao SINEPE/ES, para participação do SINEPE em Ação Estão impedidas de participar do SINEPE em Ação instituições inadimplentes ou desfiliadas ao Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Estado do Espírito Santo (SINEPE/ES) Se ocorrer a condição de que uma inscrição, em qualquer das categorias seja referente aos projetos, organizações ou estabelecimentos com que membro(s) da Comissão Julgadora mantenha(m) relações institucionais, este(s) membro(s) não poderá(ão) participar da avaliação de tal trabalho, sendo-lhe(s) vedado o conhecimento dos votos dos outros membros da Comissão julgadora quanto àquela inscrição. Essas eventuais ocorrências serão comunicadas ao presidente da Comissão Julgadora para acompanhamento, mas não constituirão impedimento para o prosseguimento da avaliação da inscrição, e tampouco para a permanência da Comissão Julgadora conforme sua constituição original É vedada a apresentação de mais de uma inscrição de um mesmo grupo, projeto, programa ou serviço em diferentes categorias, sendo permitidas, no entanto, inscrições de diferentes grupos, projetos, programas ou serviços que pertençam a uma mesma instituição No caso de verificarem inscrições de diferentes grupos, projetos, programas ou serviços que pertençam a uma mesma instituição, a Comissão Julgadora, ao seu exclusivo critério, poderá decidir pelo exame unificado das diversas inscrições, avaliando as iniciativas apresentadas pela instituição em conjunto O ato da inscrição implica na plena aceitação das normas e regras estabelecidas neste regulamento e seus Anexos. 6. A Comissão Julgadora A Comissão Julgadora é soberana e realizará os trabalhos de avaliação dos trabalhos inscritos a partir dos critérios de julgamento deste regulamento, seguindo normas definidas em seu Regimento Interno. As decisões referentes aos pontos não descritos neste regulamento, serão tomadas por meio do voto aberto de seus membros, da Comissão Julgadora, em reuniões reservadas, respeitado o previsto neste regulamento. A Comissão Julgadora fará o julgamento dos projetos segundo critérios deste regulamento, e poderá recorrer a Assessoria Técnica (composta por dois especialistas Regulamento SINEPE em Ação (pag. 3 de 6)

4 previamente cadastrados no SINEPE/ES) para realizar visitas in loco, caso seja identificada a necessidade por parte dos Julgadores O voto do presidente da Comissão Julgadora tem o mesmo peso dos votos dos demais membros. Na ocorrência de empates a premiação deve acontecer de forma não distintiva Finalizada a avaliação em cada categoria, o resultado será homologado pela Comissão Julgadora, não cabendo qualquer tipo de recurso relacionado às decisões homologadas em relação aos diplomados. 6.4 O presidente de cada edição deve ser eleito pela própria Comissão Julgadora, quando necessário. 7. Critérios de Avaliação A Comissão Julgadora utilizará como critérios os seguintes itens: a) Histórico e implementação do projeto; b) Descrição das atividades atuais; c) Relevância e aspectos inovadores da atuação. Impacto da atuação na comunidade/ meio-ambiente; d) Resultados do trabalho quanto aos objetivos propostos; e) Parecer técnico, quando solicitado; f) Perspectivas de aperfeiçoamento. 8. Apresentação Serão apresentadas as atividades que tenham sido consideradas as melhores pela Comissão Julgadora, até o limite de três em cada categoria. ( Em caso de empate os projetos serão premiados na colocação classificada) 7.2 As instituições inscritas poderão ser visitadas por representantes da Comissão Julgadora, quando esta considerar necessário, para subsidiar a decisão final relativa à determinação de ações a serem apresentadas A Comissão Julgadora, ao seu exclusivo critério, poderá solicitar informações e dados complementares às instituições. 9. Diplomas 9.1 Todos os trabalhos e programas aprovadas pela Comissão Julgadora receberão diplomas de participação no programa SINEPE-ES em Ação A Comissão Julgadora se reserva ao direito de não outorgar diplomas em qualquer das categorias, caso nenhum trabalho atenda aos critérios pré-estabelecidos neste regulamento. Regulamento SINEPE em Ação (pag. 4 de 6)

5 10. Entrega dos Diplomas A cerimônia oficial de entrega dos prêmios será realizada junto da atividade de encerramento do exercício do ano em curso. A Comissão Julgadora entrará em contato com as instituições que apresentarão seus trabalhos, em tempo hábil, para os arranjos finais. 11. Casos não previstos Os casos não previstos neste regulamento serão analisados e decididos pela Comissão Julgadora. 12. Anexos ANEXO I - Relatório de Atividades O responsável pelo grupo, projeto, programa ou serviço (ou a pessoa autorizada a fazê-lo) deverá preencher a Ficha Cadastral constante no site do SINEPE-ES. (primeira etapa da inscrição). Ao enviar essa Ficha Cadastral, o responsável pela inscrição receberá por o roteiro para elaboração e a senha para inclusão do Relatório de Atividades (segunda etapa da inscrição), em que deverá oferecer informações objetivas sobre a atuação objeto da inscrição, conforme os tópicos abaixo solicitados. Roteiro para elaboração e inclusão do Relatório de Atividades 1. Ao iniciar os procedimentos para inclusão de seu Relatório de Atividades, o site solicitará a senha fornecida, abrindo em seguida uma página denominada "Sinopse do Projeto". O preenchimento dos dados solicitados é obrigatório; sem cumprir essa etapa, não será possível prosseguir no envio de seu Relatório de Atividades e sua inscrição não será efetivada. Os dados a serem solicitados estão listados abaixo. Tenha-os à mão para rapidez e facilidade no momento do preenchimento. Sinopse do grupo, projeto, programa ou serviço: data de início das atividades número de profissionais envolvidos número de alunos envolvidos observações 2. Após o preenchimento dos dados de Sinopse do Projeto, o site apresentará os campos para envio de 07 (sete) tópicos (incluindo o Resumo e as Ilustrações), relativos ao seu Relatório de Atividades. Esses textos deverão ter sido previamente elaborados em Word, utilizando-se a fonte Arial tamanho 12, em perfeita observância do tamanho máximo permitido para cada um, conforme indicado em cada tópico. O campo para a inclusão dos tópicos não permitirá textos que excedam o tamanho indicado (para verificar o tamanho exato de seu texto, utilize o mecanismo "contar palavras" constante do cabeçalho "Ferramentas" em seu programa Word). Regulamento SINEPE em Ação (pag. 5 de 6)

6 Para efetivar a inclusão no site dos textos relativos a cada tópico, utilize o mecanismo de "copiar/colar" de seu programa Word, seguindo os passos que o site indicará. Após a inclusão dos 6 (seis) tópicos, pode-se finalizar os procedimentos, ou optar pela anexação adicional de até 10 (dez) fotos, 05 (cinco) gráficos e 05 (cinco) tabelas, desde que pertinentes ao projeto. Após finalização dos procedimentos de inclusão, o site enviará para os s indicados na Ficha Cadastral protocolo de recebimento do Relatório de Atividades e a inscrição será considerada efetivada. Abaixo estão indicados os 07 (sete) tópicos (incluindo o Resumo e as Ilustrações) que comporão o Relatório de Atividades, e o limite máximo de tamanho dos campos do site reservados para a inclusão de textos e ilustrações. É obrigatório o preenchimento de todos os campos, exceto ilustrações. RESUMO - Apresente um Resumo da Atuação do grupo, projeto, programa ou serviço com um máximo de 300 palavras. a. Discorra sobre o Histórico e a Implementação do projeto, indicando as formas de planejamento utilizadas com um máximo de 600 palavras. b. Descreva as atividades atuais, indicando pontos fortes e deficiências com um máximo de 600 palavras. c. Indique a relevância e aspectos inovadores da atuação, caracterizando o impacto obtido na comunidade com um máximo de 600 palavras. d. Relate os Resultados de Inclusão Social/Ambiental obtidos com o desenvolvimento da atuação, apresentando dados quantitativos e qualitativos indicativos de melhoria da Qualidade de Vida com um máximo de 600 palavras. e. E - Informe qual a Importância desta Diplomação para a continuidade da atuação, indicando as perspectivas de desenvolvimento no futuro próximo com um máximo de 300 palavras. ILUSTRAÇÕES - Anexação de Fotos, Gráficos e Tabelas (Opcional). Programas disponíveis e tamanhos máximo dos arquivos conforme discriminação; Gráficos e Tabelas: podem ser utilizados os programas Word ou Excel, com o tamanho máximo de 2MB (Megabytes) para cada arquivo. Fotos: podem ser enviadas em formatos GIF, JPG, JPEG ou BMP, com o tamanho máximo de 2MB(Megabytes) por foto. Regulamento SINEPE em Ação (pag. 6 de 6)

REGULAMENTO DO PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015

REGULAMENTO DO PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO DO PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015 I OBJETIVO DA PREMIAÇÃO 1.1 - O PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015 é uma iniciativa do SINEPE/PR

Leia mais

Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal

Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal A Fundação Escola Nacional de Administração Pública (Enap) torna público o regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal.

Leia mais

REGULAMENTO 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015

REGULAMENTO 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 REGULAMENTO 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 Resumo do Prêmio O Prêmio Empresa Cidadã ADVB/SC 2015 vai homenagear as empresas catarinenses que fazem da responsabilidade social o seu melhor exemplo,

Leia mais

2ª EDIÇÃO DO PRÊMIO MULHER DE NEGÓCIOS DE CAIEIRAS REGULAMENTO

2ª EDIÇÃO DO PRÊMIO MULHER DE NEGÓCIOS DE CAIEIRAS REGULAMENTO REGULAMENTO Este Regulamento estabelece normas, condições e diretrizes para a realização da II Edição do Prêmio Mulher de Negócios de Caieiras, promovido pela Prefeitura Municipal de Caieiras, Secretaria

Leia mais

A1. A partir de 2013, a modalidade Gestão de Pessoas/Empresas contará com as seguintes categorias:

A1. A partir de 2013, a modalidade Gestão de Pessoas/Empresas contará com as seguintes categorias: PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCIA 2013 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS/EMPRESAS A. OBJETIVO A modalidade Gestão de Pessoas/Empresas premia os casos relacionados à gestão de pessoas desenvolvidos e implantados,

Leia mais

B2. Os casos poderão ser de autoria individual ou em co-autoria, porém será entregue apenas um troféu por caso vencedor.

B2. Os casos poderão ser de autoria individual ou em co-autoria, porém será entregue apenas um troféu por caso vencedor. PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCIA 2013 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS/PROFISSIONAL A. OBJETIVO A modalidade Gestão de Pessoas/Profissionais premia casos de caráter técnico ou organizacional, relacionados

Leia mais

MEIO AMBIENTE E CIDADANIA

MEIO AMBIENTE E CIDADANIA REGULAMENTO A Universidade Comunitária da Região de Chapecó, em conjunto com a Caixa Econômica Federal, abre inscrições para 6º Prêmio Unochapecó/Caixa de Jornalismo Ambiental 2014 e dá outras providências.

Leia mais

Regulamento Prêmio Telecentros Brasil 2015

Regulamento Prêmio Telecentros Brasil 2015 Regulamento Prêmio Telecentros Brasil 2015 Seção I - Introdução Art. 1º O Prêmio Telecentros Brasil, criado pela Associação Telecentro de Informação e Negócios (ATN) em parceria com o SEBRAE, TICKET, Ministério

Leia mais

I PREMIO BRASILEIRO DE FOTOGEOGRAFIA Tema: Paisagens Brasileiras Edição 2015 REGULAMENTO RETIFICADO

I PREMIO BRASILEIRO DE FOTOGEOGRAFIA Tema: Paisagens Brasileiras Edição 2015 REGULAMENTO RETIFICADO I PREMIO BRASILEIRO DE FOTOGEOGRAFIA Tema: Paisagens Brasileiras Edição 2015 DISPOSIÇÕES INICIAIS REGULAMENTO RETIFICADO O PREMIO BRASILEIRO DE FOTOGEOGRAFIA, é uma iniciativa do Laboratório de Geoiconografia

Leia mais

Regulamento Prêmio Bom Design 2015

Regulamento Prêmio Bom Design 2015 Regulamento Prêmio Bom Design 2015 (Projetos de janeiro de 2014 até julho 2015) a. CARACTERIZAÇÃO O Prêmio Bom Design é uma premiação dos trabalhos de graduação e equivalentes das instituições de ensino

Leia mais

2.1 Fazer um justo reconhecimento a todos os alunos e professores que contribuem no empenho em ações que resultem em um mundo melhor;

2.1 Fazer um justo reconhecimento a todos os alunos e professores que contribuem no empenho em ações que resultem em um mundo melhor; REGULAMENTO 3º Prêmio UniBH de Sustentabilidade 1 CARACTERIZAÇÃO 1.1 O Prêmio UniBH de Sustentabilidade tem o propósito de identificar, reconhecer, valorizar e premiar os esforços dos alunos e dos professores

Leia mais

12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015

12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015 12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO A ABRH-ES (Associação Brasileira de Recursos Humanos Seccional Espírito Santo) é integrante do Sistema Nacional ABRH e configura-se como instituição

Leia mais

V Prêmio AMRIGS de Jornalismo

V Prêmio AMRIGS de Jornalismo 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS 1.1 Conceitos V Prêmio AMRIGS de Jornalismo REGULAMENTO O Prêmio AMRIGS de Jornalismo, quinta edição, é uma iniciativa da Associação Médica do Rio Grande do Sul, com o apoio do

Leia mais

I CONCURSO CULTURA REGISTRANDO O PASSADO

I CONCURSO CULTURA REGISTRANDO O PASSADO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL 2009/2012 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA MUSEU MUNICIPAL DOMINGOS BATTISTEL I CONCURSO CULTURA REGISTRANDO O PASSADO

Leia mais

REGULAMENTO 1º CONCURSO INOVAÇÃO NO TCE-PE

REGULAMENTO 1º CONCURSO INOVAÇÃO NO TCE-PE 1 REGULAMENTO 1º CONCURSO INOVAÇÃO NO TCE-PE A Escola de Contas Públicas Professor Barreto Guimarães (ECPBG) torna público o regulamento do 1º Concurso Inovação no TCE-PE, que será regido de acordo com

Leia mais

B2. Os cases poderão ser de autoria individual ou em coautoria, porém será entregue apenas um troféu por case vencedor.

B2. Os cases poderão ser de autoria individual ou em coautoria, porém será entregue apenas um troféu por case vencedor. PRÊMIO SER HUMANO PAULO FREIRE 2014 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS / PROFISSIONAL A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Paulo Freire Modalidade Gestão de Pessoas / Profissional premia casos de caráter técnico

Leia mais

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS - ORGANIZAÇÃO

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS - ORGANIZAÇÃO Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH PB - Modalidade Gestão de Pessoas - Profissional, premia casos de caráter técnico ou organizacional, relacionados à projetos implantados pelo profissional,

Leia mais

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL RESPONSABILIDADE SOCIAL- TERCEIRO SETOR

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL RESPONSABILIDADE SOCIAL- TERCEIRO SETOR Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH-PB - Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social / Organização do Terceiro Setor tem o objetivo de reconhecer e premiar projetos desenvolvidos

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO

EDITAL DE INSCRIÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO EDITAL DE INSCRIÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO REGULAMENTO PARA ENVIO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Poderão ser inscritos trabalhos científicos de todo o território brasileiro que se enquadrem na área temática

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA O Prêmio Mulheres que Fazem a Diferença é uma realização do Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA O Desafio Criativos da Escola é um concurso promovido pelo Instituto Alana com sede na Rua Fradique Coutinho, 50, 11 o. andar, Bairro Pinheiros São Paulo/SP, CEP

Leia mais

Modalidade Franqueado

Modalidade Franqueado PRÊMIO o cumprimento ABF DESTAQUE de todos os critérios FRANCHISING deste Categoria regulamento, selecionando Sustentabilidade os melhores trabalhos. Modalidade Franqueado REGULAMENTO Objetivos O Prêmio

Leia mais

B1. Os cases deverão constituir real contribuição prática ao avanço técnico ou operacional da gestão de pessoas.

B1. Os cases deverão constituir real contribuição prática ao avanço técnico ou operacional da gestão de pessoas. PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCIA 2014 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS / ORGANIZAÇÃO A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia - Modalidade Gestão de Pessoas / Organização, premia os cases ou

Leia mais

REGULAMENTO. Modalidade Gestão de Pessoas Categoria Empresa

REGULAMENTO. Modalidade Gestão de Pessoas Categoria Empresa A. Objetivo O Prêmio Ser Humano ABRH Amazonas, premia casos relacionados à Gestão de Pessoas, implantados, preferencialmente desenvolvidos por equipes, no âmbito da organização, seja ela de qualquer ramo

Leia mais

CONCURSO DE FOTOGRAFIAS UMA COMUNIDADE VÁRIOS OLHARES EDITAL 05/2015 PROEX-UEMG / FRA

CONCURSO DE FOTOGRAFIAS UMA COMUNIDADE VÁRIOS OLHARES EDITAL 05/2015 PROEX-UEMG / FRA CONCURSO DE FOTOGRAFIAS UMA COMUNIDADE VÁRIOS OLHARES EDITAL 05/2015 PROEX-UEMG / FRA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG FUNDAÇÃO DE APOIO E DESENVOLVIMENTO DE EDUCAÇÃO,

Leia mais

Prêmio Planeta Casa 2012 Regulamento categoria Produtos de decoração

Prêmio Planeta Casa 2012 Regulamento categoria Produtos de decoração Prêmio Planeta Casa 2012 Regulamento categoria Produtos de decoração O Prêmio Planeta Casa 2012 busca valorizar empresas, organizações da sociedade civil e profissionais das áreas de arquitetura, design,

Leia mais

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2012 REGULAMENTO

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2012 REGULAMENTO PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2012 REGULAMENTO Calendário ATIVIDADES Lançamento e Abertura das Inscrições Encerramento das Inscrições Anúncio Oficial dos Finalistas Cerimônia de Premiação dos Vencedores

Leia mais

Dos objetivos do concurso

Dos objetivos do concurso CONCURSO DE FOTOGRAFIA 50 OLHARES SOBRE O CONHECIMENTO Dos objetivos do concurso O concurso de fotografias 50 olhares sobre o conhecimento tem o objetivo de integrar acadêmicos, egressos, funcionários

Leia mais

REGULAMENTO - 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 - Categoria Micro e Pequena Empresa

REGULAMENTO - 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 - Categoria Micro e Pequena Empresa REGULAMENTO - 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 - Categoria Micro e Pequena Empresa Resumo do Prêmio O Prêmio Empresa Cidadã ADVB/SC 2015 Categoria MPE Homenageia as Micro e Pequenas Empresas catarinenses

Leia mais

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO. Encerramento das inscrições. Cerimônia de premiação dos vencedores

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO. Encerramento das inscrições. Cerimônia de premiação dos vencedores PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO Calendário ATIVIDADES DATA Lançamento no site Encerramento das inscrições Anúncio oficial dos finalistas Cerimônia de premiação dos vencedores 03 de

Leia mais

XVI MOSTRA ABMR&A DE COMUNICAÇÃO EM MARKETING RURAL E AGRONEGÓCIO REGULAMENTO. Período de Inscrições: 24 de Agosto a 30 de Setembro de 2010.

XVI MOSTRA ABMR&A DE COMUNICAÇÃO EM MARKETING RURAL E AGRONEGÓCIO REGULAMENTO. Período de Inscrições: 24 de Agosto a 30 de Setembro de 2010. XVI MOSTRA ABMR&A DE COMUNICAÇÃO EM MARKETING RURAL E AGRONEGÓCIO REGULAMENTO Período de Inscrições: 24 de Agosto a 30 de Setembro de 2010. A Mostra ABMR&A de Comunicação em Marketing Rural e Agronegócio

Leia mais

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social REGULAMENTO 10º Prêmio de Responsabilidade Social I DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO II DAS CATEGORIAS III DAS INSCRIÇÕES IV DOS PROJETOS V DO JULGAMENTO VI DAS DATAS VII DA COORDENAÇÃO I DA INSTITUIÇÃO DA

Leia mais

REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013. 1ª edição

REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013. 1ª edição REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013 1ª edição 1 DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO 1.1 O Sinduscon Premium Etapa Litoral Norte 1ª edição instituído pelo SINDUSCON RS, Sindicato das Indústrias

Leia mais

A1. A modalidade Gestão de Pessoas/Acadêmica está dividida nas seguintes categorias:

A1. A modalidade Gestão de Pessoas/Acadêmica está dividida nas seguintes categorias: PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCIA 2013 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS/ACADÊMICA A. OBJETIVO A modalidade Gestão de Pessoas/Acadêmica premia trabalhos de caráter técnico ou científico produzidos por alunos

Leia mais

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO 15ª EDIÇÃO REGULAMENTO

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO 15ª EDIÇÃO REGULAMENTO PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO 15ª EDIÇÃO REGULAMENTO 1. Objetivo O Prêmio FINEP de Inovação foi criado para reconhecer e divulgar esforços inovadores realizados por empresas, instituições sem fins lucrativos

Leia mais

REGULAMENTO DO OBJETIVO

REGULAMENTO DO OBJETIVO REGULAMENTO DO OBJETIVO Art. 1º. O Prêmio Jovem Talento Empreendedor edição 2012 é uma iniciativa da Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Trabalho

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5)

REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5) REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5) 1. PARTICIPAÇÃO 1.1 Os trabalhos acadêmicos inscritos deverão ter sido implementados nos últimos 02 anos e os autores deverão ser portadores de diplomas de

Leia mais

1º Prêmio de Comunicação - Grupo SMS 2014

1º Prêmio de Comunicação - Grupo SMS 2014 1º Prêmio de Comunicação - Grupo SMS 2014 1 INTRODUÇÃO O 1º Prêmio de Comunicação Grupo SMS 2014, com o tema Mobilidade Urbana é uma iniciativa do Grupo SMS, formado pelas empresas Auto Viação Salineira,

Leia mais

Modalidades/Categorias

Modalidades/Categorias 1 VII Prêmio EBAPE-FGV/MTur Monografias e Reportagens do Setor de Turismo REGULAMENTO O VII Prêmio EBAPE-FGV/MTur de Monografias e Reportagens do Setor de Turismo, idealizado pela Fundação Getulio Vargas

Leia mais

REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA

REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA 1. OBJETIVOS O 1º Prêmio Sport Infratech de Infraestrutura Esportiva visa reconhecer o esforço de organizações e profissionais envolvidos

Leia mais

REGULAMENTO TOP DE MARKETING E VENDAS ADVB/SC 2015

REGULAMENTO TOP DE MARKETING E VENDAS ADVB/SC 2015 REGULAMENTO TOP DE MARKETING E VENDAS ADVB/SC 2015 1. INTRODUÇÃO A ADVB/SC promove o Top de Marketing e Vendas ADVB/SC 2015. Nele, serão premiados os melhores cases de marketing e vendas do mercado catarinense.

Leia mais

IV Prêmio de Jornalismo AMRIGS Edição Especial REGULAMENTO

IV Prêmio de Jornalismo AMRIGS Edição Especial REGULAMENTO IV Prêmio de Jornalismo AMRIGS Edição Especial REGULAMENTO 1. Considerações gerais 1.1 Conceitos O Prêmio AMRIGS de Jornalismo, quarta edição, é uma iniciativa da Associação Médica do Rio Grande do Sul.

Leia mais

Para que os empreendedores sejam elegíveis para este prêmio, eles devem satisfazer os seguintes requisitos:

Para que os empreendedores sejam elegíveis para este prêmio, eles devem satisfazer os seguintes requisitos: 1. Objetivo O objetivo do prêmio é divulgar, promover e premiar o espírito empreendedor dos empresários Brasileiros, além de divulgar e reconhecer empreendedores de sucesso que muito contribuem para o

Leia mais

REGULAMENTO V - DRUMS CONTEST. A categoria Junior define como participantes os inscritos com 11 à 17 anos de idade no dia 04/12/2012.

REGULAMENTO V - DRUMS CONTEST. A categoria Junior define como participantes os inscritos com 11 à 17 anos de idade no dia 04/12/2012. REGULAMENTO V - DRUMS CONTEST O festival terá duas categorias: Junior e Senior A categoria Junior define como participantes os inscritos com 11 à 17 anos de idade no dia 04/12/2012. A categoria Senior

Leia mais

REGULAMENTO CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2012 CATEGORIA ESTUDANTE

REGULAMENTO CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2012 CATEGORIA ESTUDANTE REGULAMENTO CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2012 CATEGORIA ESTUDANTE ARTIGO I DEFINIÇÃO E NATUREZA O Prêmio Cidadania, categoria Estudante, premia trabalhos de caráter técnico ou científico, referente a implementação

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O R E G U L A M E N T O www.premioeticanosnegocios.org.br Iniciativa e Realização 2ª Edição - 2011 Inscrições Prorrogadas até 30/09/11 R E G U L A M E N T O INICIATIVA E REALIZAÇÃO A instituição realizadora

Leia mais

MOSTRA DE PROJETOS 2015. Iniciativas Sociais que contribuem para o desenvolvimento local. REGULAMENTO Anexos I e II

MOSTRA DE PROJETOS 2015. Iniciativas Sociais que contribuem para o desenvolvimento local. REGULAMENTO Anexos I e II MOSTRA DE PROJETOS 2015 Iniciativas Sociais que contribuem para o desenvolvimento local REGULAMENTO Anexos I e II O Sesi Paraná, por meio do programa Sesi Indústria e Sociedade e do Movimento Nós Podemos

Leia mais

Regulamento Prêmio SINCOMÉRCIO de Jornalismo- 2a Edição

Regulamento Prêmio SINCOMÉRCIO de Jornalismo- 2a Edição Regulamento Prêmio SINCOMÉRCIO de Jornalismo- 2a Edição 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO 1.1 O PRÊMIO SINCOMÉRCIO DE JORNALISMO (2ª edição) possui como objetivo premiar as melhores reportagens inscritas referentes

Leia mais

PRÊMIO SER HUMANO ABRH/MA REGULAMENTO 2016 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL / EMPRESA CIDADÃ

PRÊMIO SER HUMANO ABRH/MA REGULAMENTO 2016 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL / EMPRESA CIDADÃ Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH/MA - Modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social / Empresa Cidadã tem o objetivo de certificar projetos, a seguir denominados de

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS

REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS A Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio do Governo de Alagoas torna público o VI CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS NA GESTÃO DO PODER EXECUTIVO

Leia mais

DESAFIO PORTO DIGITAL PARA SUSTENTABILIDADE DAS CIDADES

DESAFIO PORTO DIGITAL PARA SUSTENTABILIDADE DAS CIDADES DESAFIO PORTO DIGITAL PARA SUSTENTABILIDADE DAS CIDADES Porto Digital Recife, Maio de 2011 1. OBJETIVOS O DESAFIO PORTO DIGITAL PARA SUSTENTABILIDADE DAS CIDADES, promovido pelo Porto Digital, visa reconhecer

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO ADERÊNCIA LMC 2014

REGULAMENTO PRÊMIO ADERÊNCIA LMC 2014 REGULAMENTO PRÊMIO ADERÊNCIA LMC 2014 Prêmio de Incentivo à Aderência ao Tratamento da Leucemia Mieloide Crônica (LMC). Uma iniciativa: Bristol-Myers Squibb com apoio da Associação Brasileira de Hematologia,

Leia mais

5º PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR

5º PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR 5º PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR R E G U L A M E N T O 1. O PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR 1.1. O PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR é uma iniciativa do Comitê Consultivo

Leia mais

Campanha #TND em Foco REGULAMENTO DO I CONCURSO DE FOTOGRAFIA A ARTE DA NUTRIÇÃO

Campanha #TND em Foco REGULAMENTO DO I CONCURSO DE FOTOGRAFIA A ARTE DA NUTRIÇÃO Campanha #TND em Foco REGULAMENTO DO I CONCURSO DE FOTOGRAFIA A ARTE DA NUTRIÇÃO 1.Disposições Gerais 1.1 O I Concurso de Fotografias A Arte da Nutrição, comemorativo ao Dia do Técnico em Nutrição e Dietética

Leia mais

Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo. 16º Concurso de Roteiro Capixaba

Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo. 16º Concurso de Roteiro Capixaba 1 Festival de Vitória 21º Vitória Cine Vídeo 16º Concurso de Roteiro Capixaba A GALPÃO PRODUÇÕES, empresa privada com sede à Rua Professora Maria Cândida da Silva, nº 115 - Bairro República Vitória - Espírito

Leia mais

PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL

PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO O Prêmio OAB-GO de Jornalismo é um concurso jornalístico instituído pela Seção de Goiás da Ordem dos Advogados do Brasil para premiar matérias

Leia mais

Inscrições: 2 de julho a 27 de agosto, para trabalhos veiculados no período de 6 de setembro de 2011 a 27 de agosto de 2012. R$ 90 mil em prêmios

Inscrições: 2 de julho a 27 de agosto, para trabalhos veiculados no período de 6 de setembro de 2011 a 27 de agosto de 2012. R$ 90 mil em prêmios R$ 90 mil em prêmios Inscrições: 2 de julho a 27 de agosto, para trabalhos veiculados no período de 6 de setembro de 2011 a 27 de agosto de 2012. UM GRANDE PRÊMIO PARA GRANDES PROFISSIONAIS SUMÁRIO 1.

Leia mais

Para inscrever o projeto ambiental de sua organização no 23º Prêmio Expressão de Ecologia, basta seguir as orientações deste regulamento.

Para inscrever o projeto ambiental de sua organização no 23º Prêmio Expressão de Ecologia, basta seguir as orientações deste regulamento. REGULAMENTO Apresentação Reconhecido pelo Ministério do Meio Ambiente, o Prêmio Expressão de Ecologia é realizado anualmente pela Editora Expressão desde 1993, um ano após a Rio 92, a conferência da ONU

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO FORTALECER

REGULAMENTO PRÊMIO FORTALECER REGULAMENTO PRÊMIO FORTALECER 1. O Prêmio 1.1. Apresentação O Prêmio Fortalecer é uma iniciativa da ThyssenKrupp CSA Siderúrgica do Atlântico (TKCSA), dentro do escopo do PROGRAMA FORTALECER. Este prêmio

Leia mais

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO Objetivo: O Prêmio FINEP de Inovação foi criado para reconhecer e divulgar esforços inovadores realizados por empresas, Instituições Científicas e Tecnológicas - ICTs e inventores

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA - 7ª Região

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA - 7ª Região Ofício Circular CRP07-187/2009 Porto Alegre, 23 de julho de 2009. I MOSTRA DE PRÁTICAS EM PSICOLOGIA NO CAMPO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS PSICÓLOGO, SEU FAZER NOS INTERESSA. Em 2009, o Conselho Regional de

Leia mais

Regulamento do Concurso. III Prêmio Sustentart. Realização: Memorial do Empreendedorismo da Acipi e CJE Conselho do Jovem Empresário

Regulamento do Concurso. III Prêmio Sustentart. Realização: Memorial do Empreendedorismo da Acipi e CJE Conselho do Jovem Empresário Regulamento do Concurso III Prêmio Sustentart Realização: Memorial do Empreendedorismo da Acipi e CJE Conselho do Jovem Empresário Apoio: Diretoria de Ensino Região de Piracicaba A ACIPI (Associação Comercial

Leia mais

MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR

MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCIA 2013 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR A. OBJETIVO A modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade

Leia mais

M a n u a l d o S i s u 2 0 1 4 P á g i n a 1

M a n u a l d o S i s u 2 0 1 4 P á g i n a 1 M a n u a l d o S i s u 2 0 1 4 P á g i n a 1 O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) consiste num ambiente virtual criado e gerenciado pelo Ministério da Educação desde 2010. Funciona com um processo seletivo

Leia mais

Grupo Educacional UNIS - MG Núcleo de Empreendedorismo do UNIS - NEUNIS

Grupo Educacional UNIS - MG Núcleo de Empreendedorismo do UNIS - NEUNIS 2º CONCURSO UNIVERSITÁRIO DE PLANOS DE NEGÓCIO DO UNIS 2015 REALIZAÇÃO: UNIS/MG REGULAMENTO CAPÍTULO 1 DOS OBJETIVOS Art. 1º O 2º Concurso Universitário de Planos de Negócio do Unis-MG é uma iniciativa

Leia mais

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS E 2) TERCEIRO SETOR MODALIDADE 2: Desenvolvimento Sustentável CATEGORIA

Leia mais

EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA

EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA 1. APRESENTAÇÃO Com base nos valores da economia solidária e da cultura livre, o Estúdio Gunga empresa de comunicação focada na criação de sites, editoração gráfica,

Leia mais

I. Da Instituição e Objetivos:

I. Da Instituição e Objetivos: Regulamento I. Da Instituição e Objetivos: 1.1. O, abreviadamente CEME, é órgão integrante da FACIAP FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES COMERCIAIS E EMPRESARIAIS DO PARANÁ, subordinando-se ao seu estatuto e às

Leia mais

Valorizando ideias e experiências participativas que promovam o direito humano à educação REGULAMENTO

Valorizando ideias e experiências participativas que promovam o direito humano à educação REGULAMENTO REGULAMENTO 1. O RECONHECIMENTO PÚBLICO DE OLHO NOS PLANOS 1.1. O Reconhecimento Público é uma ação da iniciativa De Olho nos Planos, composta pelos seguintes parceiros: Ação Educativa, UNICEF, Campanha

Leia mais

Regulamento Prêmio Distribuidor Destaque 2011 REGULAMENTO OFICIAL

Regulamento Prêmio Distribuidor Destaque 2011 REGULAMENTO OFICIAL REGULAMENTO OFICIAL CAPÍTULO I DO OBJETIVO GERAL Art. 1º - Reconhecer empresas associadas ao SINCADES que mais se destacaram no seu segmento sob a avaliação de seus clientes. CAPÍTULO II DOS OBJETIVOS

Leia mais

Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar

Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar Regulamento 2013 1 - Do Objetivo 1.1 O tem por objetivo o incentivo à pesquisa na área de saúde suplementar, reconhecendo os trabalhos de qualidade

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO FOLHABV DE CRIAÇÃO PUBLICITÁRIA

REGULAMENTO PRÊMIO FOLHABV DE CRIAÇÃO PUBLICITÁRIA REGULAMENTO PRÊMIO FOLHABV DE CRIAÇÃO PUBLICITÁRIA A EDITORA BOA VISTA LTDA, pessoa jurídica de direito privado, com sede na Rua Lobo D almada, 43, na cidade Boa Vista, Estado de Roraima, inscrita no CNPJ

Leia mais

A Mostra de Pôsteres tem como objetivo traçar um painel atual das Práticas em Psicologia desenvolvidas no Espírito Santo e estados vizinhos.

A Mostra de Pôsteres tem como objetivo traçar um painel atual das Práticas em Psicologia desenvolvidas no Espírito Santo e estados vizinhos. REGULAMENTO 1. - OBJETIVOS E ESCOPO A Mostra de Pôsteres tem como objetivo traçar um painel atual das Práticas em Psicologia desenvolvidas no Espírito Santo e estados vizinhos. O trabalho deve ter seus

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DA SECRETÁRIA

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DA SECRETÁRIA EDITAL SEED-AP Nº 001/2014 GAB/PERGE/SEED. A Secretária de Estado de Educação do Amapá, no uso de suas atribuições, torna pública a realização do II Prêmio Estadual de Referência em Gestão Escolar 2014,

Leia mais

Regulamento CAPÍTULO I SOBRE O PRÊMIO

Regulamento CAPÍTULO I SOBRE O PRÊMIO A COORDENAÇÃO GERAL da III SECITEC por meio deste edital abre inscrições para o 1º Prêmio de Fotografia - Arte e Ciência. Regulamento CAPÍTULO I SOBRE O PRÊMIO Parágrafo único Tema: luz, ciência e vida.

Leia mais

1º Prêmio Instituto Sprinkler Brasil de Trabalhos Técnicos

1º Prêmio Instituto Sprinkler Brasil de Trabalhos Técnicos 1º Prêmio Instituto Sprinkler Brasil de Trabalhos Técnicos APRESENTAÇÃO O Instituto Sprinkler Brasil ISB (www.sprinklerbrasil.org.br) é uma organização sem fins lucrativos dedicada a fomentar a prevenção

Leia mais

1.1 O concurso exclusivamente cultural denominado Prêmio Científico Julio Voltarelli de

1.1 O concurso exclusivamente cultural denominado Prêmio Científico Julio Voltarelli de REGULAMENTO 1 - DO CONCURSO 1.1 O concurso exclusivamente cultural denominado Prêmio Científico Julio Voltarelli de iniciativa da SBMTO Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea- SBTMO com apoio

Leia mais

PRÊMIO CNH INDUSTRIAL DE JORNALISMO ECONÔMICO

PRÊMIO CNH INDUSTRIAL DE JORNALISMO ECONÔMICO PRÊMIO CNH INDUSTRIAL DE JORNALISMO ECONÔMICO REGULAMENTO EDIÇÃO 2015 O Prêmio CNH Industrial de Jornalismo Econômico é um concurso cultural, promovido pela CNH Industrial, que tem como objetivo valorizar

Leia mais

1º PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO. Regulamento

1º PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO. Regulamento 1º PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO Regulamento 1. OBJETIVO: O PRÊMIO SESCAP-PR DE JORNALISMO é uma iniciativa do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias,

Leia mais

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS E 2) TERCEIRO SETOR

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS E 2) TERCEIRO SETOR PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS E 2) TERCEIRO SETOR MODALIDADE: Desenvolvimento Sustentável CATEGORIA: EMPRESA

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO QUIZ AMB 60 ANOS

PROPOSTA DE REGULAMENTO QUIZ AMB 60 ANOS PROPOSTA DE REGULAMENTO QUIZ AMB 60 ANOS APRESENTAÇÃO Este concurso cultural/recreativo é promovido pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), sociedade civil sediada em Brasília, capital do Distrito

Leia mais

B.3. Os projetos que concorrerem ao PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON, deverão ser apresentados conforme a seguir:

B.3. Os projetos que concorrerem ao PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON, deverão ser apresentados conforme a seguir: MODALIDADE: Desenvolvimento Sustentável CATEGORIA: EMPRESA A. Objetivo: O PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON, Modalidade: Desenvolvimento Sustentável, Categoria: Empresa objetiva premiar projetos sociais

Leia mais

Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social - 2013 Regulamento

Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social - 2013 Regulamento 1. Do Conceito de Tecnologia Social 1.1 Tecnologia Social compreende produtos, técnicas ou metodologias reaplicáveis, desenvolvidas na interação com a comunidade e que representem efetivas soluções de

Leia mais

SEDE SÃO PAULO SUBSEDE SANTOS SUBSEDE CAMPINAS

SEDE SÃO PAULO SUBSEDE SANTOS SUBSEDE CAMPINAS SINDICATO DOS TRABALHADORES NO SISTEMA DE OPERAÇÃO, SINALIZAÇÃO, FISCALIZAÇÃO, MANUTENÇÃO E PLANEJAMENTO VIÁRIO E URBANO DO ESTADO DE SÃO PAULO - SINDVIÁRIOS 1º CONCURSO DE FOTOGRAFIA DO SINDVIÁRIOS TEMA:

Leia mais

Regulamento Prêmio CNT de Jornalismo 2010

Regulamento Prêmio CNT de Jornalismo 2010 Regulamento Prêmio CNT de Jornalismo 2010 1. Objetivo 1.1. O Prêmio CNT de Jornalismo tem como objetivos estimular, divulgar e prestigiar trabalhos jornalísticos sobre o transporte. Com a finalidade de

Leia mais

INSTRUÇÕES NORMATIVAS

INSTRUÇÕES NORMATIVAS INSTRUÇÕES NORMATIVAS INSCRIÇÃO DE TRABALHOS ATÉ 30/09/2015 A Comissão organizadora da XIX Jornada Científica sugere que, antes de iniciarem o processo de inscrição, todos os autores leiam as orientações

Leia mais

PRÊMIO CAERN DE FOTOGRAFIA. Regulamento do Prêmio

PRÊMIO CAERN DE FOTOGRAFIA. Regulamento do Prêmio PRÊMIO CAERN DE FOTOGRAFIA Regulamento do Prêmio O PRÊMIO CAERN DE FOTOGRAFIA é uma iniciativa da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) com o objetivo de premiar os melhores trabalhos

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PROGRAMA CAIXA DE APOIO A FESTIVAIS DE TEATRO E DANÇA PATROCÍNIO 2013 REGULAMENTO

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PROGRAMA CAIXA DE APOIO A FESTIVAIS DE TEATRO E DANÇA PATROCÍNIO 2013 REGULAMENTO CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PROGRAMA CAIXA DE APOIO A FESTIVAIS DE TEATRO E DANÇA PATROCÍNIO 2013 REGULAMENTO 1. OBJETO 1.1 O presente Regulamento tem por objeto a seleção para patrocínio de projetos de festivais

Leia mais

II PRÊMIO OCB/MS DE JORNALISMO

II PRÊMIO OCB/MS DE JORNALISMO O II PRÊMIO OCB/MS DE JORNALISMO é um programa institucional desenvolvido pelo Sistema OCB-SESCOOP/MS - Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado no Mato Grosso do Sul e Serviço Nacional

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O Premiação para associações comunitárias, empreendedores sociais, institutos de pesquisa, micro e pequenas empresas, ONGs e universidades sobre Iniciativas Inovadoras em Sustentabilidade R E G U L A M E

Leia mais

PRÊMIO TALENTO EM SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO 2015

PRÊMIO TALENTO EM SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO 2015 PRÊMIO TALENTO EM SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO 2015 1. O PRÊMIO O Prêmio Talento em Sustentabilidade foi criado para reconhecer o trabalho de empregados, estagiários e terceiros do Grupo Votorantim que

Leia mais

Regulamento da Premiação Estudante do Bem 2014

Regulamento da Premiação Estudante do Bem 2014 Regulamento da Premiação Estudante do Bem 2014 1.1. O concurso Estudante do Bem realizado pela Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) Turma do Bem, sediada à Rua Sousa Ramos, nº 311,

Leia mais

B1. Os cases deverão constituir real contribuição prática ao avanço técnico ou operacional da gestão de pessoas.

B1. Os cases deverão constituir real contribuição prática ao avanço técnico ou operacional da gestão de pessoas. PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCHIA 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS / EMPRESA A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia Modalidade Gestão de Pessoas / Empresa premia os cases ou projetos implantados

Leia mais

CONCURSO DE FOTOGRAFIA AMADORA DA 1ª SEMANA INTERMUNICIPAL DA FRONTEIRA.

CONCURSO DE FOTOGRAFIA AMADORA DA 1ª SEMANA INTERMUNICIPAL DA FRONTEIRA. CONCURSO DE FOTOGRAFIA AMADORA DA 1ª SEMANA INTERMUNICIPAL DA FRONTEIRA. 1 O Concurso Consórcio Intermunicipal da Fronteira CIF, juntamente com as Secretárias de Educação dos municípios de Bom Jesus do

Leia mais

REGULAMENTO. 1) Indústria 2) Comércio 3) Serviços 4) Agronegócio DO OBJETIVO

REGULAMENTO. 1) Indústria 2) Comércio 3) Serviços 4) Agronegócio DO OBJETIVO REGULAMENTO DO OBJETIVO Art. 1º. O PRÊMIO JOVEM TALENTO EMPREENDEDOR é uma iniciativa da Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego,

Leia mais

REGULAMENTO. Concurso de Fotografia com Texto

REGULAMENTO. Concurso de Fotografia com Texto REGULAMENTO Concurso de Fotografia com Texto INSTITUTO DE IDIOMAS YÁZIGI Av. 9 de julho, 3166, Jardim Paulista, SP/SP - CEP 01406-900 CNPJ nº 61.343.000/0001-89 Prazo para a participação: 1º/07 /2010 a

Leia mais

Troféu O Construtor 2014/2015

Troféu O Construtor 2014/2015 Troféu O Construtor 2014/2015 1. Objetivos da premiação: Fortalecer e estimular o desenvolvimento do setor da Indústria da Construção, com iniciativas inovadoras economicamente viáveis, ambientalmente

Leia mais

critérios para indicação referem-se à abrangência e qualidade do trabalho, sua permanência, amplitude e articulação das ações.

critérios para indicação referem-se à abrangência e qualidade do trabalho, sua permanência, amplitude e articulação das ações. Art. 1º O Prêmio VIVALEITURA foi criado por meio da Portaria Interministerial nº 214, de 23 de novembro de 2005, publicado no D.O.U. de 28.11.2005, do Ministério da Cultura e do Ministério da Educação.

Leia mais

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS e 2) ESTUDANTES

PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS e 2) ESTUDANTES PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIAS: 1) EMPRESAS PRIVADAS E ÓRGÃOS PÚBLICOS e 2) ESTUDANTES MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS CATEGORIA: EMPRESAS PRIVADAS E

Leia mais

II CONCURSO PROJETOS AMBIENTAIS ESCOLARES Edição -2014- REGULAMENTO GERAL

II CONCURSO PROJETOS AMBIENTAIS ESCOLARES Edição -2014- REGULAMENTO GERAL II CONCURSO PROJETOS AMBIENTAIS ESCOLARES Edição -2014- REGULAMENTO GERAL Disposições iniciais Este regulamento é um documento composto pelo conjunto de disposições que regem o Concurso de Projetos Ambientais

Leia mais