GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SEMA I N S TRUME N TO CONVOC ATÓR IO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SEMA I N S TRUME N TO CONVOC ATÓR IO"

Transcrição

1 I. Regência legal: GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA I N S TRUME N TO CONVOC ATÓR IO S EÇÃO A PREÂMBULO Esta licitação obedecerá, integralmente, as disposições da Lei Estadual nº 9.433/05 (alterada pelas Leis Estaduais nº 9.658/05 e nº /08), a Lei Complementar nº 123/06 e a legislação pertinente. II. Órgão/entidade e setor: Secretaria do Meio Ambiente III. Modalidade/número de ordem: IV. Proc. Administrativo nº: V. Tipo de Licitação: ( ) Pregão presencial ( ) Por item ( x ) Pregão eletrônico ( X ) Menor Preço ( ) Por lote ( ) Concorrência nº 02/2012 ( x ) Global ( ) Tomada de Preços ( ) Técnica e Preço ( ) Convite VI. Finalidade da licitação/objeto: Aquisição de Switches VII. Pressupostos para participação (apresentação facultativa ou obrigatória do CRC/CRS): ( x ) Serão admitidos a participar desta licitação os interessados que atenderem a todas as exigências contidas neste instrumento e nos seus anexos, que pertençam ao ramo de atividade pertinente ao objeto licitado, e que tenham realizado seu credenciamento como usuário junto ao Banco do Brasil, para a obtenção de chave de identificação ou senha individual. (Pregão eletrônico) VIII. Documentos passíveis de substituição pelo extrato do Certificado de Registro: ( X ) A licitação se processa com a utilização do SIMPAS: ( X ) O Certificado de Registro Cadastral-CRC, estando no prazo de validade, poderá substituir todos os documentos relativos à habilitação referidos no item XII abaixo, exceto os concernentes à Qualificação Técnica. Caso o certificado consigne algum documento vencido, o licitante deverá apresentar a versão atualizada do referido documento no envelope de habilitação. (Pregão, concorrência e TP) IX. Participação de consórcios: ( x ) Não poderão participar desta licitação pessoas jurídicas reunidas em consórcio. X. Site, data e horário (Brasília-DF) para recebimento de propostas e início da sessão pública: Site: Tempo de disputa: 10 minutos mais o tempo aleatório do sistema Recebimento das propostas: Das 08:30 horas do dia 23/01/2012 às 10:00 horas do dia 25/01/2012 Início da sessão pública: às 10:15 horas do dia 25/01/2012 XI. Dotação orçamentária: Unidade Orçamentária: Fonte: Projeto/Atividade: Natureza da despesa: XII. Para a habilitação dos interessados, exigir-se-ão os documentos relativos a: XII-1. Habilitação jurídica, comprovada mediante a apresentação: a) de registro público no caso de empresário individual. b) em se tratando de sociedades empresárias, do ato constitutivo, estatuto ou contrato social, com suas eventuais alterações supervenientes em vigor, devidamente registrados, acompanhados, quando for o caso, dos documentos societários comprobatórios de eleição ou designação e investidura dos atuais administradores. c) no caso de sociedades simples, do ato constitutivo, estatuto ou contrato social, com suas eventuais alterações supervenientes em vigor, devidamente registrados, acompanhados dos atos comprobatórios de eleição e investidura dos atuais administradores. d) decreto de autorização, no caso de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no País, e ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo órgão competente, quando a atividade assim o exigir. XII-2. Regularidade fiscal, mediante a apresentação de: Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 1 -

2 a) prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica CNPJ. b) prova de inscrição no Cadastro de Contribuinte ( x ) Estadual aquisição, relativo ao domicílio ou sede do licitante, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto contratual. c) prova de regularidade para com a Fazenda Estadual e Municipal do domicílio ou sede do licitante. d) prova de regularidade para com a Fazenda Federal, inclusive INSS, nos termos do Decreto Federal nº 5.586, de 19 de novembro de e) prova de regularidade relativa ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), mediante a apresentação do Certificado de Regularidade do FGTS - CRF. XII-2.1. A prova da inscrição a que se referem os itens a e b será suprida com a apresentação das certidões a que se referem os itens c e d, respectivamente, se estas contiverem o número de inscrição da licitante. XII-2.2 As microempresas e empresas de pequeno porte, beneficiárias do tratamento diferenciado e favorecido previsto na Lei Complementar nº 123/06, deverão apresentar toda a documentação exigida para efeito de comprovação de regularidade fiscal, mesmo que esta apresente alguma restrição. XII Nesta hipótese, havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal, será assegurado o prazo de 2 (dois) dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o proponente for declarado o vencedor do certame, prorrogáveis por igual período, a critério da Administração Pública, para a regularização da documentação, pagamento ou parcelamento do débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de certidão negativa. XII A não-regularização da documentação, no prazo previsto no item anterior, implicará decadência do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas na Lei Estadual nº 9.433/05, especialmente a definida no art. 192, inc. I. XII-2.3 Regularidade trabalhista, mediante a apresentação de: prova de inexistência de débitos inadimplidos perante a Justiça do Trabalho, através de certidão negativa, ou positiva com efeitos de negativa, nos termos do Título VII-A da Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-Lei n o 5.452, de 1 o de maio de XII-3. Qualificação Técnica, comprovada através de: (assinalar o que será exigido) ( x ) a) comprovação de aptidão para o desempenho de atividade pertinente e compatível em características, quantidades e prazos com o objeto da licitação, através da apresentação de um ou mais atestados fornecidos por pessoas jurídicas de direito público ou privado. (aquisições e serviços) ( x ) b) declaração de conhecimento dos requisitos técnicos para o cumprimento das obrigações objeto da licitação, conforme modelo constante do Anexo VI. (aquisições e serviços) XII-4. Qualificação econômico-financeira: ( X ) a ser comprovada mediante: a) balanço patrimonial e demonstrações contábeis do último exercício social, já exigíveis e apresentados na forma da lei, que comprovem a boa situação financeira da empresa, podendo ser atualizado por índices oficiais, quando encerrados há mais de 03 (três) meses da data da apresentação da proposta, vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios. O licitante apresentará, conforme o caso, publicação do Balanço ou cópia reprográfica das páginas do Livro Diário onde foram transcritos o Balanço e a Demonstração de Resultado, com os respectivos Termos de Abertura e Encerramento registrados na Junta Comercial. b) certidão negativa de falência ou recuperação judicial expedida pelo distribuidor da sede do licitante, com data de expedição ou revalidação dos últimos 90 (noventa) dias anteriores à data da realização da licitação, prevista no item X deste preâmbulo, caso o documento não consigne prazo de validade. c) demonstração de patrimônio líquido no montante mínimo indicado abaixo, concernente à data de apresentação das propostas, na forma da lei, admitida a sua atualização com base no INPC do IBGE, permitindo-se, na hipótese de licitação por lotes, a demonstração da qualificação individualizada para cada lote de interesse da proponente. Neste caso, ofertando a licitante proposta para mais de um lote, o patrimônio líquido exigido será a resultante da soma de tantos quantos forem os lotes ofertados. (( X ) Total ) Total R$ ,46 XII-5. Declaração de Proteção ao Trabalho do Menor Conforme o inciso XXXIII do art. 7º da Constituição Federal, para os fins do disposto no inciso V do art. 98 da Lei Estadual nº 9.433/05, deverá ser apresentada declaração quanto ao trabalho do menor, conforme modelo constante do Anexo III deste Instrumento. XIII. Codificação no Certificado de Registro SAEB: Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 2 -

3 XIV. Regime de execução/fornecimento (forma de medição do serviço para efeito de pagamento): Aquisição ( X ) única ( ) parcelada (Aquisições) XV. Prazo do contrato: ( x ) A entrega dos bens, a contar da data assinatura do contrato, admitindo-se a prorrogação do prazo nos termos dos arts. 141 e 142 da Lei Estadual 9.433/05,será: (Aquisições) ( ) Imediata (até 15 dias - art. 82) ( x ) Conforme as especificações definidas na SEÇÃO B DISPOSIÇOES ESPECÍFICAS XVI. Garantia do contrato: ( x ) Não exigível ( ) Por ocasião da assinatura do contrato, a empresa vencedora do certame deverá prestar garantia de 5% (cinco por cento) do valor do contrato, podendo optar por uma das modalidades previstas no 1º do art. 136 da Lei Estadual nº 9.433/05, ficando esclarecido que a garantia deverá ter seu valor atualizado nas mesmas condições do contrato. XVII. Manutenção das Condições da Proposta Reajustamento e Revisão ( ) Durante o curso da execução do contrato, os preços serão corrigidos consoante as seguintes regras: (Aquisição e Serviços, exceto terceirização - Decreto nº /07) XVII-1. Os preços são fixos e irreajustáveis durante o transcurso do prazo de 12 meses da data de apresentação da proposta, após o que a concessão de reajustamento, nos termos do inc. XXV do art. 8º da Lei Estadual nº 9.433/05, será feita mediante a aplicação do INPC/IBGE. XVII-2. A revisão de preços, nos termos do inc. XXVI do art. 8º da Lei Estadual nº 9.433/05, dependerá de requerimento do interessado quando visar recompor o preço que se tornou insuficiente, instruído com a documentação que comprove o desequilíbrio econômico-financeiro do contrato, devendo ser instaurada pela própria administração quando colimar recompor o preço que se tornou excessivo. XVIII. Local, horário e responsável pelos esclarecimentos sobre este instrumento: Servidor responsável e portaria de designação: Ana Raquel Rocha Reis Cruz Portaria n 01/2012 de 05/01/2012, publicada no DOE de 10/01/2012 Endereço: AV. LUIS VIANA FILHO, 390, 3 ª AVENIDA, 4º ANDAR CENTRO ADMINISTRATIVO DA BAHIA SALVADOR BAHIA Horário: 8:30 às 12:00 e das 14:00 às 18:00 Tel.: /6254 Fax: XIX. Índice de anexos: (assinalar os anexos que integram o convocatório) ( x ) I. Disposições Gerais; ( x ) II. Modelo de Procuração para a Prática de Atos Concernentes ao Certame; ( x ) III. Modelo de Prova de Habilitação - Proteção ao Trabalho do Menor; ( x ) IV. Minuta do Contrato; ( x ) V. Modelo de Declaração de Pleno Conhecimento e Enquadramento; ( x ) VI. Modelo de Prova de Qualificação Técnica Declaração de Ciência dos Requisitos Técnicos ( x ) VII. Modelo de Prova de Qualificação Técnica - Indicação das Instalações, do Aparelhamento e do Pessoal Técnico XX. Exame prévio da minuta e aprovação da assessoria jurídica (art. 75 da Lei Estadual nº 9.433/05) Nos termos do art. 1º, Inciso VIII da Ordem de Serviço 011/2010 da Procuradoria Geral do Estado da Bahia fica dispensada a análise por se tratar de edital padrão aprovado através do PARECER Nº PLC-AL-LB-2870/ Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 3 -

4 S EÇÃO B DISPOSIÇ ÕE S ESPECÍFICAS 1. TERMO DE REFERÊNCIA: A presente licitação tem por escopo a aquisição de Switches conforme especificações, quantitativos e condições descritos abaixo: 1.1 Quantitativos LOTE ÚNICO Item Código Simpas Descrição do Objeto Quantitativo SWITCH, ethernet, CORE, modular com 6 slots, 48 portas 10G, 144 portas 1000Base-T, 128 MB flash, 370 Gbps, 280 Mpps, 64K MAC, 2048 VLAN. 1. Características específicas 1.1. Deve possuir 6 slots para módulos de interface; 1.2. Deve suportar 48 portas 10 Gigabit Ethernet; 1.3. Deve suportar 144 portas Gigabit Ethernet 10/100/1000; 1.4. Deve suportar 144 portas Gigabit SFP; 1.5. Deve suportar módulos 10/100/1000 com suporte a IEEE 802.3af e IEEE 802.3at; 1.6. Deve ser fornecido com 44 portas 10/100/1000 com suporte a IEEE 802.3at e IEEE 802.3af e 4 portas SFP 10/100/ Deve ser fornecido 2 conectores 10/100/1000 SFP para conexão Multimodo Deve possuir 128 MB de memória flash; Deve possuir capacidade de comutação de no mínimo 370 Gbps; Deve possuir Certificado de Homologação na Anatel, de acordo com a Resolução nº 242; Deve possuir fonte de alimentação interna 110/220VAC; Deve possuir fonte redundante de alimentação interna 110/220VAC Deve suportar módulos Gigabit e Fast Ethernet nos slots SFP; 2. Disponibilidade Deve suportar a configuração de grupo de agregação de link distribuída em dois switches distintos; 2.2. Deve implementar agregação de links em modo dinâmico (LACP), com suporte a criação de até 60 links agregados, onde cada link agregado suporte até 8 links; 2.3. Deve suportar alimentação redundante, com suporte a hot-swap; 2.4. Deve suportar a adição ou substituição de módulos sem interrupção de funcionamento do sistema (hot-swap); 3. Switching 3.1. Deve possuir tabela para endereços MAC; 3.2. Deve suportar 2048 VLAN simultaneamente; 3.3. Deve implementar registro dinâmico de VLANs (GVRP); 3.4. Deve implementar STP BPDU Protection (BPDU Guard); 3.5. Deve implementar Jumbo frames; 3.6. Deve suportar VLAN baseada em MAC; 3.7. Deve implementar IEEE 802.1w; 3.8. Deve implementar IEEE 802.1s; 3.9. Deve implementar IEEE 802.1Q; 3.10.Deve implementar IEEE 802.1ad QinQ; 3.11.Deve implementar IEEE 802.1v protocol VLANs; 4. Roteamento 4.1. Deve implementar dual stack IPv4/IPv6; 4.2. Deve implementar roteamento estático IPv6 e IPv4; 4.3. Deve implementar RIPv1 e RIPv2; 4.4. Deve suportar OSPF2; 4.5. Deve suportar OSPFv3 (IPv6); 4.6. Deve suportar VRRP; 4.7. Deve suportar entradas na tabela de roteamento; 4.8. Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 4 -

5 Deve suportar RFC 2328 OSPFv2; 4.9. Deve suportar RFC 3101 OSPF NSSA; Deve suportar RFC 5340 OSPFv3 for IPv6; 5. Multicast 5.1. Deve suportar PIM-SM e PIM-DM; 5.2. Deve implementar IGMP snooping; 6. QoS 6.1. Deve implementar 8 filas de porta; 6.2. Deve suportar a atribuição automática de VLAN para telefones IP; 6.3. Deve suportar classificação de tráfego baseada em critério de camadas 2, 3 e 4; 6.4. Deve suportar a escrita de prioridade IEEE 802.1p baseada em endereço IP, ToS, porta TCP/UDP e Diffserv; 6.5. Deve suportar rate limiting de entrada e saída; 6.6. Deve suportar rate limiting por ACL; 6.7. Deve suportar QoS para tráfego IPv6; 6.8. Deve implementar RFC 2474 DiffServ Precedence; 6.9. Deve implementar RFC 2597 DiffServ Assured Forwarding (AF); Deve implementar RFC 2598 DiffServ Expedited Forwarding (EF); 7. Segurança 7.1. Deve implementar autenticação 802.1x de múltiplos usuários por porta; 7.2. Deve implementar autenticação via web para clientes; 7.3. Deve implementar autenticação baseada em MAC; 7.4. Deve suportar a utilização simultânea de 802.1x, autenticação web e autenticação via MAC em uma mesma porta; 7.5. Deve suportar até 32 sessões de autenticação por porta; 7.6. Deve implementar ACLs baseadas em endereços IP de origem e destino, porta TCP/UDP de origem e destino; 7.7. Deve implementar ACLs por porta e por VLAN; 7.8. Deve implementar a aplicaçãod e ACLs para tráfego IPv6; 7.9. Deve implementar funcionalidade que permita a detecção de padrões típicos de worms (vírus) e minimize seu o espalhamento através da rede; Deve possuir proteção contra servidores DHCP não autorizados; Deve implementar proteção contra ataques de ARP; Deve implementar proteção contra IP spoofing; Deve suportar a limitação de taxa de ICMP; Deve implementar SNMPv3, SSL e SSHv2; Deve implementar proteção contra ataques de DoS; Deve implementar funcionalidade que permita que a configuração de root do Spanning Tree seja mantida mesmo no caso de recebimento de BPDU com maior prioridade (root guard); Deve Implementar UDLD ou DLDP; Deve implementar RFC 1492 TACACS+; Deve implementar RFC 2865 RADIUS (cliente); Deve implementar RFC 2866 RADIUS Accounting; 8. Gerenciamento 8.1. Deve permitir autenticação em servidores RADIUS e TACACS+; 8.2. Deve suportar 4 sessões de espelhamento; 8.3. Deve implementar espelhamento remoto; 8.4. Deve permitir a seleção por ACL do tráfego a ser espelhado; 8.5. Deve permitir múltiplos arquivos de configuração; 8.6. Deve o armazenamento de permitir duas imagens de firmware; 8.7. Deve implementar TFTP; 8.8. Deve implementar LLDP e LLDP-MED; 8.9. Deve implementar Sflow; Deve implementar NTP ou SNTP; Deve implementar os seguintes padrões refentes a IPv6: Deve implementar Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 5 -

6 RFC 1981 IPv6 Path MTU Discovery; Deve implementar RFC 2375 IPv6 Multicast Address Assignments; Deve implementar RFC 2460 IPv6 Specification; Deve implementar RFC 2464 Transmission of IPv6 over Ethernet Networks; Deve implementar RFC 2710 Multicast Listener Discovery (MLD) for IPv6; Deve implementar RFC 2925 Definitions of Managed Objects for Remote Ping, Traceroute, and Lookup Operations (Ping only); Deve implementar RFC 3019 MLDv1 MIB; Deve implementar RFC 3315 DHCPv6 (client and relay); Deve implementar RFC 3484 Default Address Selection for IPv6; Deve implementar RFC 3587 IPv6 Global Unicast Address Format; Deve implementar RFC 3596 DNS Extension for IPv6; Deve implementar RFC 3810 MLDv2 (host joins); Deve implementar RFC 4022 MIB for TCP; Deve implementar RFC 4113 MIB for UDP; Deve implementar RFC 4251 SSHv6 Architecture; Deve implementar RFC 4252 SSHv6 Authentication; Deve implementar RFC 4253 SSHv6 Transport Layer; Deve implementar RFC 4254 SSHv6 Connection; Deve implementar RFC 4291 IP Version 6 Addressing Architecture; Deve implementar RFC 4293 MIB for IP; Deve implementar RFC 4294 IPv6 Node Requirements; Deve implementar RFC 4419 Key Exchange for SSH; Deve implementar RFC 4443 ICMPv6; Deve implementar RFC 4541 IGMP & MLD Snooping Switch; Deve implementar RFC 4861 IPv6 Neighbor Discovery; Deve implementar RFC 4862 IPv6 Stateless Address Autoconfiguration; Deve implementar RFC 5095 Deprecation of Type 0 Routing Headers in IPv6; Deve implementar RFC 5453 Reserved IPv6 Interface Identifiers; Deve implementar RFC 5722 Handling of Overlapping IPv6 Fragments; Deve implementar as seguintes MIBs: Deve implementar RFC 1213 MIB II; Deve implementar RFC 1493 Bridge MIB; Deve implementar RFC 1724 RIPv2 MIB; Deve implementar RFC 1850 OSPFv2 MIB; Deve implementar RFC 2021 RMONv2 MIB; Deve implementar RFC 2096 IP Forwarding Table MIB; Deve implementar RFC 2613 SMON MIB; Deve implementar RFC 2618 RADIUS Client MIB; Deve implementar RFC 2620 RADIUS Accounting MIB; Deve implementar RFC 2665 Ethernet-Like-MIB; Deve implementar RFC MAU MIB; Deve implementar RFC p and IEEE 802.1Q Bridge MIB; Deve implementar RFC 2737 Entity MIB (Version 2); Deve implementar RFC 2787 VRRP MIB; Deve implementar RFC 2863 The Interfaces Group MIB; Deve implementar RFC 2925 Ping MIB; Deve ser fornecido com a versão de software mais completa disponível para o equipamento; Deve ser fornecido com todas as licenças de software necessárias para o funcionamento integral de todas as funcionalidades disponíveis para o equipamento; Item Código Simpas Descrição do Objeto Quantitativo SWITCH, de borda, 24 portas Ethernet 1000Base-T POE, 140 Gbps, 105 Mpps, 8K MAC, 255 VLANs, 3 Conectores para porta 10GBase-X, 1 transceiver tipo SFP padrão 1000Base-SX conforme descrição a seguir. 11 Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 6 -

7 1. Características Físicas 1.1 Estrutura tipo Desktop, para instalação em Rack padrão EIA 19; 1.2 Deve ser do tipo?empilhável? através de interfaces específicas para este fim, e com uma capacidade de largura de banda de no mínimo 40 Gbps para empilhamento. Não será aceito o uso das portas minigbic, SFP ou portas 10/100/1000Base-T para realizar o empilhamento; 1.3 Deve permitir que seu empilhamento seja realizado por caminhos redundantes bidirecionais, de forma que a interrupção de uma conexão de stack ou desligamento de uma unidade não cause a ruptura do conjunto; 1.4 Deve permitir o empilhamento de no mínimo, 04 (quatro) unidades e implementar o gerenciamento da pilha através de um único endereço IP; 1.5 A fonte deve operar em 127 VAC e em freqüência 50/60Hz; 1.6 Deve possuir no mínimo 24 portas 10/100/1000 Base-T em conectores do tipo RJ45 diretamente conectados ao equipamento, sendo que todas as portas devem ser PoE (Power over Ethernet) conforme padrão IEEE e deve possuir 4 portas dual-personality 10/100/1000BASE-T ou SFP; 1.8 Deve suportar Fonte de Alimentação redundante externa capaz de prover o mesmo nível de potência exigido acima para as portas PoE; 2. CAPACIDADE E PERFORMANCE 2.1 Deve possuir um throughput mínimo de 65 Mpps por unidade da pilha; 2.2 Deve possuir capacidade mínima de 140 Gbps por unidade; 2.3 Deve permitir no mínimo (oito mil) entradas de endereços MAC em sua tabela de endereçamentos; 2.4 Deve permitir no mínimo 255 VLANs ativas por unidade ou por pilha conforme o padrão IEEE 802.1Q; 2.5 Deve permitir no mínimo 4000 identificadores de Vlan (VID) por unidade ou por pilha; 2.6 Deve possuir no mínimo 4 filas de prioridade por porta; 2.7 Deve implementar roteamento IP por hardware com suporte a no mínimo 16 rotas estáticas; 3. FUNCIONALIDADES 3.1 Deve permitir agregação de links conforme o padrão IEEE802.3ad suportando no mínimo 4 portas agregadas por grupo LAG e a criação de no mínimo 4 grupos LAG por unidade. Deve permitir que as portas agregadas estejam em qualquer unidade da pilha Cross-Stack; 3.2 Deve implementar espelhamento de tráfego para análise de rede, funcionalidade SPAN ou similar; 3.3 Implementar gerenciamento via protocolo SNMP v1, v2c e v3. Sendo que para a versão 3 deve implementar autenticação via MD5 e criptografia DES; 3.4 Deve suportar o gerenciamento via interface gráfica; 3.5 Deve permitir o gerenciamento via HTTP; 3.6 Deve implementar o protocolo de autenticação IEEE802.1x com atribuição dinâmica de VLAN; 3.7 Deve implementar Autenticação MAC; 3.8 Deve implementar IEEE802.1X com Guest Vlan; 3.9 Deve implementar IEEE802.1X com Voice Vlan ou com VLAN e QoS; 3.10 Deve implementar IEEE 802.1p - (Classe de Serviços); 3.11 Deve implementar IEEE 802.1D - (Spanning Tree); 3.12 Deve implementar IEEE 802.1w (Rapid Spanning Tree); 3.13 Deve implementar IEEE 802.1s (Multiple Spanning Tree); 3.14 Deve implementar IEEE 802.3x; 3.15 Deve implementar IEEE 802.1Q; 3.16 Deve implementar IGMP v1,v2 snooping; 3.17 Deve implementar RADIUS Client; 3.19 Deve implementar TFTP Client Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 7 -

8 ou FTP Client; 3.20 Deve implementar Telnet; 3.21 Deve implementar gerenciamento seguro SSHv2; 3.22 Deve implementar Syslog; 3.23 Deve implementar Command Line Interface CLI; 3.24 Deve implementar no mínimo 4 (quatro) grupos de RMON ; 3.25 Deve implementar sincronismo de relógio interno via SNTP ou NTP; 3.26 Deve implementar classificação de tráfego para as camadas 2, 3 e 4 do modelo de referencia OSI; 3.27 Deve implementar classificação e marcação do campo DiffServ; 3.28 Deve suportar a classificação, marcação e remarcação do campo Type of Service (TOS) do cabeçalho IP; 3.29 Deve implementar Jumbo Frames em modo de operação L2 (switch) com tamanho mínimo de 9000 bytes para todas as portas Gigabit Ethernet; 3.30 Deve implementar Rate-Limiting; 3.31 Deve implementar LLDP 3.32 Deve implementar proteção contra ataques de DHCP e ARP Spoofing Deve possuir facilidade de segurança que permita especificar os endereços MAC que são permitidos numa determinada porta, funcionalidade Port Security ou similar; 3.34 Deve Implementar supressão de Broadcast; 3.35 Deve permitir o isolamento de portas pertencente à uma mesma VLAN,funcionalidade Private Vlan ou similar; 3.37 Deve possuir facilidade que permita desabilitar automaticamente uma interface de acesso que esteja recebendo pacotes BPDU (Bridge Protocol Data Unit). Funcionalidade BPDU Guard ou similar; 4. DEVE POSSUIR AS SEGUINTES RFC E MIBS 4.2 RFC 826ARP and ARP Redirect; 4.5 RFC 2819RMON-MIB; 4.6 RFC 1213RFC1213-MIB/MIB II; 4.9 RFC 2233?IF-MIB; 5. ITENS ADICIONAIS 5.1 Deve acompanhar 03 (três) Conectores baseados em XFP, XENPAK, X2, CX4 ou SFP+ para porta 10GBase-X totalmente compatível e do mesmo fabricante do switch de borda ofertado; 5.2 Deve acompanhar 01 (um) transceiver tipo SFP padrão 1000 base SX totalmente compatível e do mesmo fabricante do switch de borda ofertado; 1.2 Prazo de Entrega: Os equipamentos constantes na descrição técnica acima, deverão ser entregues em sua totalidade, no prazo máximo de 30 dias corridos, a contar da data de assinatura da assinatura do Contrato Local de entrega: A entrega do objeto licitado será no Município de Salvador, Estado da Bahia, no seguinte endereço: Avenida Ulisses Guimarães, Nº 4590, Bairro de Sussuarana Não serão aceitos, em nenhuma hipótese, produto(s) que não atenda(m) as especificações contidas nesse Edital Todos os equipamentos deverão ser do mesmo fabricante Constatada a ocorrência de divergência entre os equipamentos e a especificação técnica ou qualquer defeito, fica a CONTRATADA obrigada a providenciar a sua correção ou, a critério da /Coordenação de Modernização (CONTRATANTE) a substituição, em até 72 (setenta e duas) horas, contadas a partir da notificação da ocorrência por parte da Coordenação de Modernização Deverá ser fornecida toda documentação técnica que abranja configuração, instalação e gerenciamento dos produtos envolvidos. Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 8 -

9 1.2.6 Instalação e configuração dos equipamentos A contratada deverá executar os serviços de instalação e de configuração, necessários à operação dos equipamentos. Após a instalação, a empresa em conjunto com a equipe técnica a Coordenação de Modernização deverá realizar os testes necessários à comprovação da conectividade e da interoperabilidade dos equipamentos e componentes novos com os equipamentos já existentes Os equipamentos deverão ser instalados em sua melhor configuração tecnológica (última versão e upgrade de firmware) Compete à Contratante disponibilizar o rack e as condições elétricas e ambientais adequadas à instalação do equipamento Assistência técnica A assistência técnica, durante o prazo de garantia especificado no item desta seção, será prestada nos seguintes termos: a) Durante todo o período de garantia contratual, os serviços de assistência técnica serão prestados por técnicos devidamente habilitados e credenciados pela empresa responsável pela assistência técnica, no local onde os equipamentos estarão instalados, ou seja, na Secretaria do Meio Ambiente, em horário comercial, de segunda a sextafeira. b) A assistência técnica dos equipamentos na modalidade on site deverá ser efetuada no seguinte endereço: Avenida Luís Viana Filho, 3ª Avenida, nº Plataforma IV - Ala Norte - CEP: Centro Administrativo da Bahia Salvador Bahia. c) Em todas as atividades de manutenção ou suporte, deverá ser empregada a língua portuguesa falada e escrita do Brasil Abertura e registro de ocorrências As solicitações de serviços deverão ser registradas pela CONTRATADA, com controle dos mesmos pela Coordenação de Modernização. A abertura dos chamados poderá ser efetuada por website ou por telefone (0800), contendo no mínimo os seguintes registros: a) Data e hora da solicitação; b) Descrição da ocorrência; c) Número do registro/ocorrência; d) Identificação do solicitante / Atendente; Prazos para solução das ocorrências As ocorrências deverão ser atendidas no prazo máximo 12 (doze) horas corridas após a abertura do chamado técnico, sendo todos os atendimentos prestados no endereço descrito no item Caso o problema não seja solucionado em até 48 (quarenta e oito) horas, a contratada deverá providenciar, em até 48 (quarenta e oito) horas, a substituição do equipamento ou módulo defeituoso por um outro (backup) de configuração e especificação técnica igual ou superior, em caráter provisório e temporário, pelo prazo máximo de até 30 (trinta) dias corridos Em caso de substituição definitiva, o equipamento ou módulos substituídos deverão ser novos e originais, recomendados pelo fabricante, de acordo com as especificação do Edital Repasse tecnológico Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 9 -

10 A Contratada deverá prover repasse tecnológico de operação e configuração dos switches a ser realizado em Salvador (dentro ou fora das dependências da CONTRATANTE), relativo aos produtos adquiridos, dentro do prazo máximo de 90 (noventa) dias corridos após a assinatura do respectivo Contrato Deverá conter duração mínima de 30 (trinta) horas e atender um grupo de 04 (quatro) técnicos da Coordenação de Modernização, abrangendo: a) Interface com o usuário; b) Arquitetura de equipamento do fabricante; c) Características do sistema operacional; d) Configurações das interfaces; e) Configurações das características fornecidas na especificação técnica; f) Diagnóstico e resolução de problemas inerentes aos produtos. 1.3 Especificações para elaboração da proposta de preços O proponente deverá elaborar a sua proposta de preços de acordo com as exigências constantes da SEÇÃO B DISPOSIÇOES ESPECÍFICAS, em consonância com o modelo da SEÇÃO C, expressando os valores em moeda nacional reais e centavos, em ( x ) duas casas decimais, ficando esclarecido que não serão admitidas propostas alternativas A marca, o modelo, a referência e demais características, bem como o prazo de garantia dos bens ofertados, deverão, obrigatoriamente, ser informados na proposta A marca indicada será uma só para cada item, sem possibilidade de substituição por qualquer outra Todas as características declaradas devem ser descritas pelos licitantes e comprovadas através de documentos de domínio público emitidos pelo fabricante, tais como: catálogos, manuais, fichas de especificação técnica ou páginas da internet impressas, onde o produto ou componente ofertado seja claramente descrito em forma visual e/ou escrita. Devem ser indicados todos os modelos de todos os produtos ofertados Os materiais informativos utilizados para comprovar as especificações dos produtos cotados, que estejam impressos em idioma diverso do nacional, deverão ser apresentados com tradução para o português O prazo de garantia do produto será de, no mínimo, 36 (trinta e seis) meses, contados a partir da data da assinatura do contrato A garantia deverá ser comprovada por ocasião da entrega do bem, mediante certificado que deverá contemplar o período mínimo solicitado Optando o licitante por ampliar o prazo de garantia ofertado no certificado, deverá apresentar em conjunto a autorização expressa do fabricante permitindo esta ampliação. 2. DETERMINAÇÕES ADICIONAIS: Além das determinações contidas no ANEXO I - DISPOSIÇÕES GERAIS, bem como daquelas decorrentes de lei, deverão ser observados os seguintes itens neste instrumento convocatório: 2.1 É vedada a subcontratação parcial do objeto, a associação da contratada com outrem, a cessão ou transferência, total ou parcial do contrato, bem como a fusão, cisão ou incorporação da contratada, não se responsabilizando o contratante por nenhum compromisso assumido por aquela com terceiros. 2.2 Nas compras para entrega imediata, assim entendidas aquelas com prazo de entrega até quinze dias contados da data da celebração do ajuste, será dispensada a atualização financeira correspondente ao período compreendido entre Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 10 -

11 as datas do adimplemento e a prevista para o pagamento, desde que não superior a quinze dias, em conformidade com o inc. II do art. 82 da Lei nº 9.433/ Tratando-se de equipamentos de grande vulto, o recebimento far-se-á mediante termo circunstanciado e, nos demais, mediante recibo. 3. OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS ESPECÍFICAS: 3.1 A contratação com o licitante vencedor obedecerá as condições do instrumento de contrato constante do Anexo IV, facultada a substituição, a critério da Administração, por instrumento equivalente, desde que presentes as condições do art. 132 da Lei Estadual nº 9.433/ Além das determinações contidas na minuta de contrato, bem como daquelas decorrentes de lei, serão observadas na contratação derivada deste instrumento convocatório as seguintes cláusulas: Obrigações da Contratada: a) fornecer os bens de acordo com as especificações técnicas constantes no instrumento convocatório e no presente contrato, nos locais determinados, nos dias e nos turnos e horários de expediente da Administração; b) zelar pela boa e completa execução do contrato e facilitar, por todos os meios ao seu alcance, a ampla ação fiscalizadora dos prepostos designados pelo CONTRATANTE, atendendo prontamente às observações e exigências que lhe forem solicitadas; c) arcar com todo e qualquer dano ou prejuízo de qualquer natureza causado ao CONTRATANTE e terceiros, por sua culpa, ou em conseqüência de erros, imperícia própria ou de auxiliares que estejam sob sua responsabilidade, bem como ressarcir o equivalente a todos os danos decorrentes de paralisação ou interrupção do fornecimento contratado, exceto quando isto ocorrer por exigência do CONTRATANTE ou ainda por caso fortuito ou força maior, circunstâncias que deverão ser comunicadas no prazo de 48 (quarenta e oito) horas após a sua ocorrência; d) manter durante toda a execução do contrato, em compatibilidade com as obrigações assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas na licitação; e) providenciar e manter atualizadas todas as licenças e alvarás junto às repartições competentes, necessários à execução do contrato; f) efetuar pontualmente o pagamento de todas as taxas e impostos que incidam ou venham a incidir sobre as suas atividades e/ou sobre a execução do objeto do presente contrato, bem como observar e respeitar as Legislações Federal, Estadual e Municipal, relativas ao objeto do contrato; g) adimplir os fornecimentos exigidos pelo instrumento convocatório e pelos quais se obriga, visando à perfeita execução deste contrato; h) promover, por sua conta e risco, o transporte dos bens; i) executar, quando for o caso, a montagem dos equipamentos, de acordo com as especificações e/ou norma exigida, utilizando ferramentas apropriadas e dispondo de infra-estrutura e equipe técnica necessária à sua execução; j) trocar, às suas expensas, o bem que vier a ser recusado; k) oferecer garantia e assistência técnica aos bens objeto deste contrato, através de rede autorizada do fabricante, identificando-a; l) manter, sob sua exclusiva responsabilidade, toda a supervisão, direção e mão-de-obra para execução completa e eficiente do transporte e montagem dos bens; m) emitir notas fiscais/faturas de acordo com a legislação, contendo descrição dos bens, indicação de sua quantidade, preço unitário e valor total; n) comunicar à CONTRATANTE, de imediato, eventuais motivos que impossibilitem o cumprimento das obrigações assumidas em função do Contrato; o) assumir a responsabilidade pelos encargos fiscais e comerciais resultante da Contratação, inclusive quanto ao frete e descarregamento dos produtos; p) os produtos adjudicados deverão ser transportados de forma a mantê-los incólumes e em veículo apropriado em cumprimento das leis vigentes; q) organizar-se técnica e administrativamente de modo a cumprir com eficiência as obrigações assumidas; r) reparar ou substituir qualquer equipamento que apresentar defeito, sem que isso acarrete ônus extra para, caso seja comprovado que o defeito não foi ocasionado por mau uso; Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 11 -

12 s) garantir o sigilo e a inviolabilidade das informações a que eventualmente possa ter acesso, durante os procedimentos de assistência técnica Obrigações da Contratante: a) fornecer ao contratado os elementos indispensáveis ao cumprimento do contrato, dentro de, no máximo, 10 (dez) dias da assinatura; b) realizar o pagamento pela execução do contrato; c) proceder à publicação resumida do instrumento de contrato e de seus aditamentos na imprensa oficial no prazo legal. 4. ORÇAMENTO ESTIMADO EM PLANILHAS LOTE ÚNICO Item Código Simpas Descrição do Objeto Qtd Preço Unitário Estimado (R$) SWITCH, ethernet, core, modular com 6 slots, 48 portas 10G, 144 portas 1000Base-T, 128 MB flash, 370 Gbps, 280 Mpps, 64K MAC, 2048 VLAN. 1. Características específicas 1.1. Deve possuir 6 slots para módulos de interface; 1.2. Deve suportar 48 portas 10 Gigabit Ethernet; 1.3. Deve suportar 144 portas Gigabit Ethernet 10/100/1000; 1.4. Deve suportar 144 portas Gigabit SFP; 1.5. Deve suportar módulos 10/100/1000 com suporte a IEEE 802.3af e IEEE 802.3at; 1.6. Deve ser fornecido com 44 portas 10/100/1000 com suporte a IEEE 802.3at e IEEE 802.3af e 4 portas SFP 10/100/ Deve ser fornecido 2 conectores 10/100/1000 SFP para conexão Multimodo Deve possuir 128 MB de memória flash; Deve possuir capacidade de comutação de no mínimo 370 Gbps; Deve possuir Certificado de Homologação na Anatel, de acordo com a Resolução nº 242; Deve possuir fonte de alimentação interna 110/220VAC; Deve possuir fonte redundante de alimentação interna 110/220VAC Deve suportar módulos Gigabit e Fast Ethernet nos slots Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls Preço Total Estimado (R$) , ,93

13 SFP; 2. Disponibilidade 2.1. Deve suportar a configuração de grupo de agregação de link distribuída em dois switches distintos; 2.2. Deve implementar agregação de links em modo dinâmico (LACP), com suporte a criação de até 60 links agregados, onde cada link agregado suporte até 8 links; 2.3. Deve suportar alimentação redundante, com suporte a hotswap; 2.4. Deve suportar a adição ou substituição de módulos sem interrupção de funcionamento do sistema (hot-swap); 3. Switching 3.1. Deve possuir tabela para endereços MAC; 3.2. Deve suportar 2048 VLAN simultaneamente; 3.3. Deve implementar registro dinâmico de VLANs (GVRP); 3.4. Deve implementar STP BPDU Protection (BPDU Guard); 3.5. Deve implementar Jumbo frames; 3.6. Deve suportar VLAN baseada em MAC; 3.7. Deve implementar IEEE 802.1w; 3.8. Deve implementar IEEE 802.1s; 3.9. Deve implementar IEEE 802.1Q; 3.10.Deve implementar IEEE 802.1ad QinQ; 3.11.Deve implementar IEEE 802.1v protocol VLANs; 4. Roteamento 4.1. Deve implementar dual stack IPv4/IPv6; 4.2. Deve implementar roteamento estático IPv6 e IPv4; 4.3. Deve implementar RIPv1 e RIPv2; 4.4. Deve suportar OSPF2; 4.5. Deve suportar OSPFv3 (IPv6); 4.6. Deve suportar VRRP; 4.7. Deve suportar entradas na tabela de roteamento; 4.8. Deve suportar RFC 2328 OSPFv2; 4.9. Deve suportar RFC 3101 Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 13 -

14 OSPF NSSA; Deve suportar RFC 5340 OSPFv3 for IPv6; 5. Multicast 5.1. Deve suportar PIM-SM e PIM- DM; 5.2. Deve implementar IGMP snooping; 6. QoS 6.1. Deve implementar 8 filas de porta; 6.2. Deve suportar a atribuição automática de VLAN para telefones IP; 6.3. Deve suportar classificação de tráfego baseada em critério de camadas 2, 3 e 4; 6.4. Deve suportar a escrita de prioridade IEEE 802.1p baseada em endereço IP, ToS, porta TCP/UDP e Diffserv; 6.5. Deve suportar rate limiting de entrada e saída; 6.6. Deve suportar rate limiting por ACL; 6.7. Deve suportar QoS para tráfego IPv6; 6.8. Deve implementar RFC 2474 DiffServ Precedence; 6.9. Deve implementar RFC 2597 DiffServ Assured Forwarding (AF); Deve implementar RFC 2598 DiffServ Expedited Forwarding (EF); 7. Segurança 7.1. Deve implementar autenticação 802.1x de múltiplos usuários por porta; 7.2. Deve implementar autenticação via web para clientes; 7.3. Deve implementar autenticação baseada em MAC; 7.4. Deve suportar a utilização simultânea de 802.1x, autenticação web e autenticação via MAC em uma mesma porta; 7.5. Deve suportar até 32 sessões de autenticação por porta; 7.6. Deve implementar ACLs baseadas em endereços IP de origem e destino, porta TCP/UDP de origem e destino; 7.7. Deve implementar ACLs por porta e por VLAN; 7.8. Deve implementar a aplicaçãod e ACLs para tráfego Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 14 -

15 IPv6; 7.9. Deve implementar funcionalidade que permita a detecção de padrões típicos de worms (vírus) e minimize seu o espalhamento através da rede; Deve possuir proteção contra servidores DHCP não autorizados; Deve implementar proteção contra ataques de ARP; Deve implementar proteção contra IP spoofing; Deve suportar a limitação de taxa de ICMP; Deve implementar SNMPv3, SSL e SSHv2; Deve implementar proteção contra ataques de DoS; Deve implementar funcionalidade que permita que a configuração de root do Spanning Tree seja mantida mesmo no caso de recebimento de BPDU com maior prioridade (root guard); Deve Implementar UDLD ou DLDP; Deve implementar RFC 1492 TACACS+; Deve implementar RFC 2865 RADIUS (cliente); Deve implementar RFC 2866 RADIUS Accounting; 8. Gerenciamento 8.1. Deve permitir autenticação em servidores RADIUS e TACACS+; 8.2. Deve suportar 4 sessões de espelhamento; 8.3. Deve implementar espelhamento remoto; 8.4. Deve permitir a seleção por ACL do tráfego a ser espelhado; 8.5. Deve permitir múltiplos arquivos de configuração; 8.6. Deve o armazenamento de permitir duas imagens de firmware; 8.7. Deve implementar TFTP; 8.8. Deve implementar LLDP e LLDP-MED; 8.9. Deve implementar Sflow; Deve implementar NTP ou SNTP; Deve implementar os seguintes padrões refentes a IPv6: Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 15 -

16 8.12. Deve implementar RFC 1981 IPv6 Path MTU Discovery; Deve implementar RFC 2375 IPv6 Multicast Address Assignments; Deve implementar RFC 2460 IPv6 Specification; Deve implementar RFC 2464 Transmission of IPv6 over Ethernet Networks; Deve implementar RFC 2710 Multicast Listener Discovery (MLD) for IPv6; Deve implementar RFC 2925 Definitions of Managed Objects for Remote Ping, Traceroute, and Lookup Operations (Ping only); Deve implementar RFC 3019 MLDv1 MIB; Deve implementar RFC 3315 DHCPv6 (client and relay); Deve implementar RFC 3484 Default Address Selection for IPv6; Deve implementar RFC 3587 IPv6 Global Unicast Address Format; Deve implementar RFC 3596 DNS Extension for IPv6; Deve implementar RFC 3810 MLDv2 (host joins); Deve implementar RFC 4022 MIB for TCP; Deve implementar RFC 4113 MIB for UDP; Deve implementar RFC 4251 SSHv6 Architecture; Deve implementar RFC 4252 SSHv6 Authentication; Deve implementar RFC 4253 SSHv6 Transport Layer; Deve implementar RFC 4254 SSHv6 Connection; Deve implementar RFC 4291 IP Version 6 Addressing Architecture; Deve implementar RFC 4293 MIB for IP; Deve implementar RFC 4294 IPv6 Node Requirements; Deve implementar RFC 4419 Key Exchange for SSH; Deve implementar RFC 4443 ICMPv6; Deve implementar RFC 4541 IGMP & MLD Snooping Switch; Deve implementar RFC 4861 Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 16 -

17 IPv6 Neighbor Discovery; Deve implementar RFC 4862 IPv6 Stateless Address Autoconfiguration; Deve implementar RFC 5095 Deprecation of Type 0 Routing Headers in IPv6; Deve implementar RFC 5453 Reserved IPv6 Interface Identifiers; Deve implementar RFC 5722 Handling of Overlapping IPv6 Fragments; Deve implementar as seguintes MIBs: Deve implementar RFC 1213 MIB II; Deve implementar RFC 1493 Bridge MIB; Deve implementar RFC 1724 RIPv2 MIB; Deve implementar RFC 1850 OSPFv2 MIB; Deve implementar RFC 2021 RMONv2 MIB; Deve implementar RFC 2096 IP Forwarding Table MIB; Deve implementar RFC 2613 SMON MIB; Deve implementar RFC 2618 RADIUS Client MIB; Deve implementar RFC 2620 RADIUS Accounting MIB; Deve implementar RFC 2665 Ethernet-Like-MIB; Deve implementar RFC MAU MIB; Deve implementar RFC p and IEEE 802.1Q Bridge MIB; Deve implementar RFC 2737 Entity MIB (Version 2); Deve implementar RFC 2787 VRRP MIB; Deve implementar RFC 2863 The Interfaces Group MIB; Deve implementar RFC 2925 Ping MIB; Deve ser fornecido com a versão de software mais completa disponível para o equipamento; Deve ser fornecido com todas as licenças de software necessárias para o funcionamento integral de todas as funcionalidades disponíveis para o equipamento; Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 17 -

18 Item Código Simpas Descrição do Objeto Qtd Preço Unitário Estimado (R$) SWITCH, de borda, 24 portas Ethernet 1000Base-T POE, 140 Gbps, 105 Mpps, 8K MAC, 255 VLANs, 3 Conectores para porta 10GBase-X, 1 transceiver tipo SFP padrão 1000Base-SX conforme descrição a seguir (Unidade ). 1. Características Físicas 1.1 Estrutura tipo Desktop, para instalação em Rack padrão EIA 19; 1.2 Deve ser do tipo?empilhável? através de interfaces específicas para este fim, e com uma capacidade de largura de banda de no mínimo 40 Gbps para empilhamento. Não será aceito o uso das portas minigbic, SFP ou portas 10/100/1000Base-T para realizar o empilhamento; 1.3 Deve permitir que seu empilhamento seja realizado por caminhos redundantes bidirecionais, de forma que a interrupção de uma conexão de stack ou desligamento de uma unidade não cause a ruptura do conjunto; 1.4 Deve permitir o empilhamento de no mínimo, 04 (quatro) unidades e implementar o gerenciamento da pilha através de um único endereço IP; 1.5 A fonte deve operar em 127 VAC e em freqüência 50/60Hz; 1.6 Deve possuir no mínimo 24 portas 10/100/1000 Base-T em conectores do tipo RJ45 diretamente conectados ao equipamento, sendo que todas as portas devem ser PoE (Power over Ethernet) conforme padrão IEEE e deve possuir 4 portas dualpersonality 10/100/1000BASE-T ou SFP; 1.8 Deve suportar Fonte de Alimentação redundante externa capaz de prover o mesmo nível de potência exigido acima para as portas PoE; Preço Total Estimado (R$) , ,69 Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 18 -

19 2. CAPACIDADE E PERFORMANCE 2.1 Deve possuir um throughput mínimo de 65 Mpps por unidade da pilha; 2.2 Deve possuir capacidade mínima de 140 Gbps por unidade; 2.3 Deve permitir no mínimo (oito mil) entradas de endereços MAC em sua tabela de endereçamentos; 2.4 Deve permitir no mínimo 255 VLANs ativas por unidade ou por pilha conforme o padrão IEEE 802.1Q; 2.5 Deve permitir no mínimo 4000 identificadores de Vlan (VID) por unidade ou por pilha; 2.6 Deve possuir no mínimo 4 filas de prioridade por porta; 2.7 Deve implementar roteamento IP por hardware com suporte a no mínimo 16 rotas estáticas; 3. FUNCIONALIDADES 3.1 Deve permitir agregação de links conforme o padrão IEEE802.3ad suportando no mínimo 4 portas agregadas por grupo LAG e a criação de no mínimo 4 grupos LAG por unidade. Deve permitir que as portas agregadas estejam em qualquer unidade da pilha Cross- Stack; 3.2 Deve implementar espelhamento de tráfego para análise de rede, funcionalidade SPAN ou similar; 3.3 Implementar gerenciamento via protocolo SNMP v1, v2c e v3. Sendo que para a versão 3 deve implementar autenticação via MD5 e criptografia DES; 3.4 Deve suportar o gerenciamento via interface gráfica; 3.5 Deve permitir o gerenciamento via HTTP; 3.6 Deve implementar o protocolo de autenticação IEEE802.1x com atribuição dinâmica de VLAN; 3.7 Deve implementar Autenticação MAC; 3.8 Deve implementar IEEE802.1X com Guest Vlan; 3.9 Deve implementar IEEE802.1X com Voice Vlan ou com VLAN e QoS; Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 19 -

20 3.10 Deve implementar IEEE 802.1p - (Classe de Serviços); 3.11 Deve implementar IEEE 802.1D - (Spanning Tree); 3.12 Deve implementar IEEE 802.1w (Rapid Spanning Tree); 3.13 Deve implementar IEEE 802.1s (Multiple Spanning Tree); 3.14 Deve implementar IEEE 802.3x; 3.15 Deve implementar IEEE 802.1Q; 3.16 Deve implementar IGMP v1,v2 snooping; 3.17 Deve implementar RADIUS Client; 3.19 Deve implementar TFTP Client ou FTP Client; 3.20 Deve implementar Telnet; 3.21 Deve implementar gerenciamento seguro SSHv2; 3.22 Deve implementar Syslog; 3.23 Deve implementar Command Line Interface CLI; 3.24 Deve implementar no mínimo 4 (quatro) grupos de RMON ; 3.25 Deve implementar sincronismo de relógio interno via SNTP ou NTP; 3.26 Deve implementar classificação de tráfego para as camadas 2, 3 e 4 do modelo de referencia OSI; 3.27 Deve implementar classificação e marcação do campo DiffServ; 3.28 Deve suportar a classificação, marcação e remarcação do campo Type of Service (TOS) do cabeçalho IP; 3.29 Deve implementar Jumbo Frames em modo de operação L2 (switch) com tamanho mínimo de 9000 bytes para todas as portas Gigabit Ethernet; 3.30 Deve implementar Rate- Limiting; 3.31 Deve implementar LLDP 3.32 Deve implementar proteção contra ataques de DHCP e ARP Spoofing Deve possuir facilidade de segurança que permita especificar os endereços MAC que são permitidos numa determinada porta, funcionalidade Port Security ou similar; Pregão Eletrônico nº 02/2012 -fls. 20 -

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch Fast Ethernet com as seguintes configurações mínimas: capacidade de operação em camada 2 do modelo OSI; 24 (vinte e quatro) portas

Leia mais

SWITCH CORE 1.1. - Chassi/Slots. 1.2. - Controle

SWITCH CORE 1.1. - Chassi/Slots. 1.2. - Controle SWITCH CORE 1.1. - Chassi/Slots 1.1.1. Deve possuir no mínimo 06 slots para inserção de módulos de I/O, ou seja, 06 além dos slots para supervisoras; 1.1.2. Deve vir acompanhado de kit de suporte específico

Leia mais

Especificaça o Te cnica

Especificaça o Te cnica Especificaça o Te cnica Esta especificação técnica tem como objetivo possibilitar a implantação da infraestrutura de rede lógica (nível de acesso) na nova sede da DME Distribuição. A solução deverá ser

Leia mais

Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps

Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps Especificações Técnicas Característica/Configurações/Requisitos mínimos: Descrição do Material Switch

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Item I Switch Tipo 1 10/100 Mbps Layer 2 24 Portas

TERMO DE REFERÊNCIA. Item I Switch Tipo 1 10/100 Mbps Layer 2 24 Portas TERMO DE REFERÊNCIA Item I Switch Tipo 1 10/100 Mbps Layer 2 24 Portas Deve ser montável em rack padrão EIA 19 (dezenove polegadas) e possuir kits completos para instalação; Deve possuir, no mínimo, 24

Leia mais

SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA. Subitem Característica Especificação Exigência

SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA. Subitem Característica Especificação Exigência SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA Subitem Característica Especificação Exigência CONEXÕES DESEMPENHO 1.1 Portas RJ-45 1.2 Portas GBIC 1.3 Autoconfiguraçã

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1.UNIDADE REQUISITANTE: ETICE 2. DO OBJETO: ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 2.1. Registro de preços para futuras e eventuais aquisições de EQUIPAMENTOS DE REDE CORPORATIVOS ( SWITCHS e ACESSÓRIOS), todos

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12 TERMO DE REFERÊNCIA I DEFINIÇÃO DO OBJETO O presente Projeto Básico tem por objeto a aquisição de equipamentos para implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE 1 Switch

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Especificação de Referência Switch de Borda Alguns itens apresentam opções de configuração, refletindo nos aspectos originais de preço e características da máquina Código do Material Descrição do Material

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 001 111586 Nobreak Senoidal de Dupla Conversão de no mínimo 3.0 KVa 1. Todos os equipamentos deverão ser novos de primeiro uso e estar na linha de produção atual do fabricante; 2. A garantia

Leia mais

1. LOTE 1 SWITCH REDE OPTICA

1. LOTE 1 SWITCH REDE OPTICA 1. LOTE 1 SWITCH REDE OPTICA Switch de 10 portas, Quantidade unidades. 1.1.1. Deve ser montável em rack padrão EIA 19 (dezenove polegadas) e possuir kits completos para instalação e deve ocupar uma unidade

Leia mais

Por ser uma funcionalidade comum a diversos switches de mercado, sugerimos adicionar os seguintes requisitos:

Por ser uma funcionalidade comum a diversos switches de mercado, sugerimos adicionar os seguintes requisitos: ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 10/2014 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) A ATA REGISTRO PREÇOS FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO SWITCH ÓPTICA E SWITCH BORDA A ADMINISTRAÇÃO DIRETA E INDIRETA DO MUNICÍPIO SÃO PAULO

Leia mais

APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SWITCHES BRB EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº BRB 2013/010

APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SWITCHES BRB EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº BRB 2013/010 APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SWITCHES BRB EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº BRB 2013/010 Brasília-DF, 21 de fevereiro de 2012 Ref.: Apresentação de Sistema de Registro

Leia mais

Construção do Fórum Da Comarca de RIO LARGO - AL

Construção do Fórum Da Comarca de RIO LARGO - AL REFERENTE: CONTRUÇÃO DO FÓRUM DE RIO LARGO -AL Construção do Fórum Da Comarca de RIO LARGO - AL ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DOS EQUIPAMENTOS DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Especificação SWITCH DE 24 PORTAS

Leia mais

Switch Central de Grande Porte

Switch Central de Grande Porte Switch Central de Grande Porte GERAL 1. Estrutura de chassi modular, para instalação em gabinete padrão EIA 19, e kit completo de instalação. Os equipamentos ofertados deverão vir acompanhados de kits

Leia mais

Especificação de Referência Switch de Acesso I

Especificação de Referência Switch de Acesso I 1 Especificação de Referência Switch de Acesso I Código do Objeto Descrição do Objeto Aplicação do Objeto Data da Especificação de Referência Validade da Especificação de Referência AC0000045 Switch de

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SWITCHES

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SWITCHES ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SWITCHES 1 SWITCH Todos os switches objeto deste fornecimento deverão ser do mesmo fabricante e serem entregues com todas as licenças de software necessárias à implementação de todos

Leia mais

Expansão da rede local do CSS Equipamentos para Blocos do Sesc/DN

Expansão da rede local do CSS Equipamentos para Blocos do Sesc/DN Expansão da rede local do CSS Equipamentos para Blocos do Sesc/DN Objeto: Aquisição de infraestrutura de Tecnologia da Informação (TI) para expansão da rede loca do CSS (aumento de pontos de rede) em atendimento

Leia mais

DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO

DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº: 085/2012 PREGÃO PRESENCIAL Nº: 039/2012 OBJETO: FORNECIMENTO PARCELADO DE ATIVOS DE REDE COMPOSTOS POR SWITCHES, CABOS E INTERFACES PARA MANUTENÇÃO E AMPLIAÇÃO

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 067/2013

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 067/2013 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 067/2013 No dia 06 (seis) do mês de novembro de 2013 (dois mil e treze), o MUNICÍPIO DE ANGRA DOS REIS, pessoa jurídica de direito público interno, inscrito no CNPJ sob o nº

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL SESC/MS N.º 016/2012 - PG

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL SESC/MS N.º 016/2012 - PG EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL SESC/MS N.º 016/2012 - PG O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO Administração Regional no Estado do Mato Grosso do Sul, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica

Leia mais

Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE

Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE Especificações Técnicas Mínimas: 1. O equipamento deve ter gabinete único para montagem

Leia mais

Aditamento nº 01 Pregão Eletrônico nº 15/01526 Objeto: CELESC DISTRIBUIÇÃO S/A - Aquisição de Ativos de Rede. Data: 04/05/2015

Aditamento nº 01 Pregão Eletrônico nº 15/01526 Objeto: CELESC DISTRIBUIÇÃO S/A - Aquisição de Ativos de Rede. Data: 04/05/2015 Aditamento nº 01 Pregão Eletrônico nº 15/01526 Objeto: CELESC DISTRIBUIÇÃO S/A - Aquisição de Ativos de Rede. Data: 04/05/2015 1. Por meio deste aditamento, inserimos o Anexo I Especificações Técnicas.

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet 24 portas FE 100BASE-TX, 2 portas 1GbE 1000BASE-T, 2 portas 1GbE SFP;

TERMO DE REFERÊNCIA. Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet 24 portas FE 100BASE-TX, 2 portas 1GbE 1000BASE-T, 2 portas 1GbE SFP; TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO Fornecimento de Switches, Módulos transceiver e Cordões Óticos. LOTE 1 Item Descrição 1.1 Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet 24 portas FE 100BASE-TX, 2 portas 1GbE 1000BASE-T,

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA 1 - OBJETO

TERMO DE REFERENCIA 1 - OBJETO TERMO DE REFERENCIA 1 - OBJETO Contratação de empresa especializada para fornecimento de equipamentos e instalação de Ativos de Rede, destinados à ampliação da infraestrutura física e lógica da Procuradoria

Leia mais

158499.142013.61893.4249.2666355912.198

158499.142013.61893.4249.2666355912.198 158499.142013.61893.4249.2666355912.198 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

S EÇÃO A PREÂM BULO. II. Órgão/entidade e setor: UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CAMPUS X TEIXEIRA DE FREITAS

S EÇÃO A PREÂM BULO. II. Órgão/entidade e setor: UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CAMPUS X TEIXEIRA DE FREITAS I. Regência legal: INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO S EÇÃO A PREÂM BULO Esta licitação obedecerá as disposições da Lei estadual nº 9.433/05 (alterada pelas Leis estaduais nº 9.658/05 e nº 10.967/08), da Lei Complementar

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ COMISSÃO DE LICITAÇÃO PROCESSO N.º 06645/2014 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 11/2014

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ COMISSÃO DE LICITAÇÃO PROCESSO N.º 06645/2014 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 11/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 11/2014-CP TIPO MENOR PREÇO CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA AQUISIÇÃO SWITCH'S PoE (POWER OVER ETHERNET) E ADAPTADORES POE (POWER OVER ETHERNET) PARA

Leia mais

DIRETORIA DE GESTÃO - DG DEPARTAMENTO DE SUPRIMENTOS - DGS

DIRETORIA DE GESTÃO - DG DEPARTAMENTO DE SUPRIMENTOS - DGS PREGÃO ELETRÔNICO N.º 070/2010 ADENDO MODIFICADOR N.º 001 DATA DE EXPEDIÇÃO: 06/01/2011 Às empresas interessadas no pregão eletrônico N.º 070/2010 AQUISIÇÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI, COMPOSTA DE HARDWARE,

Leia mais

ÓRGÃO: UASG: ENDEREÇO DE ENTREGA: RESPONSÁVEL TÉCNICO:

ÓRGÃO: UASG: ENDEREÇO DE ENTREGA: RESPONSÁVEL TÉCNICO: ÓRGÃO: UASG: ENDEREÇO DE ENTREGA: RESPONSÁVEL TÉCNICO: GRUPO 1 Item Quant. Descrição item R$ unitário R$ total 01 123 SWITCH TIPO 01: Equipamento tipo Switch Gigabit Ethernet com capacidade de operação

Leia mais

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS ((TEXTO)) Aos 15 (quinze) dias do mês de junho de dois mil e nove, às 14:00 hs, na sede da Empresa

Leia mais

Câmara Municipal de Itatiba

Câmara Municipal de Itatiba DOCUMENTOS PARA EFETUAR CADASTRO PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES Razão Social: Endereço: Bairro: Cidade: CEP: CNPJ: Inscrição Estadual:

Leia mais

MARÇO / 2009 AQUISIÇÃO DE SWITCHES NÍVEL 2. Diretoria de Infraestrutura de TIC DIT. Departamento de Redes de Telecomunicações DERE

MARÇO / 2009 AQUISIÇÃO DE SWITCHES NÍVEL 2. Diretoria de Infraestrutura de TIC DIT. Departamento de Redes de Telecomunicações DERE TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO DE SWITCHES NÍVEL 2 MARÇO / 2009 RQ DERE 005/2009 Termo de Referência Aquisição de Switches Nível 2 1 / 20 HISTÓRICO DE REVISÕES DATA VERSÃO DESCRIÇÃO AUTOR 26/01/2009 1 Criação

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SWITCH SWITCH CORE SUBITEM CARACTERÍSTICAS GERAIS REDE E DESEMPENHO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Quantidade: 02 unidades DESCRIÇÃO A solução deverá ser composta de um único chassis modular, com 1.0 no mínimo

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE Aquisição de Solução de Criptografia para Backbone da Rede da Dataprev ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE 1.1 Cada appliance deverá ser instalado em rack de 19 (dezenove) polegadas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 018/2011. 2.1 - SWITCHES TIPO A - Camada Núcleo da Rede Campus e Data Center

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 018/2011. 2.1 - SWITCHES TIPO A - Camada Núcleo da Rede Campus e Data Center TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 018/2011 Anexo I 1 DO OBJETO 1.1 - Prestação de serviços de infraestrutura tecnológica de conectividade e de segurança lógica, com fornecimento de equipamentos

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 033/2015 Termo de Referência 1. OBJETO Renovação de licenças de Solução Corporativa do Antivírus Avast, com serviço de suporte técnico e atualização de versão, manutenção

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO

TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO DE SWITCHES NÍVEL 2 MARÇO / 2009 RQ DERE 005/2009 Termo de Referência Aquisição de Switches Nível 2 1 / 22 HISTÓRICO DE REVISÕES DATA VERSÃO DESCRIÇÃO AUTOR 26/01/2009 1 Criação

Leia mais

Switch de borda L3 com 48 portas, sendo 2 portas de 10Gbps

Switch de borda L3 com 48 portas, sendo 2 portas de 10Gbps Switch de borda L3 com 48 portas, sendo 2 portas de 10Gbps ARQUITETURA 1. Permitir instalação em gabinete de 19" (dezenove polegadas). 2. LEDs de identificação de atividades de status do sistema, de cada

Leia mais

Termo de Referência Tecnologia da Informação

Termo de Referência Tecnologia da Informação Termo de Referência Tecnologia da Informação TERMO DE REFERÊNCIA PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE TI E LICENÇAS. GERENCIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS JULHO/2015 CDG CAE 01/2015 1. DO OBJETO Aquisição de

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO E AÇÃO REGIONAL CAR COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO - CPL

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO E AÇÃO REGIONAL CAR COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO - CPL INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO MATRIZ SEÇÃO A PREÂMBULO I. Regência legal: Esta licitação obedecerá as disposições da Lei Estadual nº 9.433/05 (alterada pelas Leis Estaduais nº 9.658/05 e nº 10.967/08), da Lei

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE CARAZINHO SA - ELETROCAR RETIFICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 016/12

CENTRAIS ELÉTRICAS DE CARAZINHO SA - ELETROCAR RETIFICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 016/12 CENTRAIS ELÉTRICAS DE CARAZINHO SA - ELETROCAR RETIFICAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 016/12 1. Objeto : Aquisição de Equipamentos e Acessórios de Informática 2. Os itens 1.1, 1.2 e 1.3 do Termo de Referência

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria Municipal de Finanças Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /10

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria Municipal de Finanças Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /10 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 010/10 Processo nº 36.923/09 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA E MOBILIÁRIOS

Leia mais

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DE SANTA CATARINA, autarquia federal de fiscalização profissional regida pela Lei n 12.378, de 31 de dezembro

Leia mais

RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS:

RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS: Diário Oficial do Legislativo Câmara municipal de Guanambi - Bahia Ano IV Nº 177 11 de Março de 2015 RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS: CARTA CONVITE AVISO DE LICITAÇÃO -

Leia mais

Capítulo I DO OBJETO. LOTE ITEM DESCRIÇÃO UNIDADE QUANT 1 1 Switch 24 portas gerenciável

Capítulo I DO OBJETO. LOTE ITEM DESCRIÇÃO UNIDADE QUANT 1 1 Switch 24 portas gerenciável PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE LICITAÇÕES E CONTRATOS PREGÃO ELETRÔNICO N.º 77/2013 Processo TRE/CE n.º 73.243/2013 O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA DIRETORIA GERAL DIRETORIA DE LICITAÇÕES SEÇÃO A PREÂMBULO

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA DIRETORIA GERAL DIRETORIA DE LICITAÇÕES SEÇÃO A PREÂMBULO I. Regência legal: GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SEÇÃO A PREÂMBULO Esta licitação obedecerá as disposições da Lei estadual nº 9.433/05 (alterada pelas Leis estaduais nº 9.658/05 e

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA INDÚSTRIA, COMÉRCIO E MINERAÇÃO - SICM INSTITUTO BAIANO DE METROLOGIA E QUALIDADE - IBAMETRO

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA INDÚSTRIA, COMÉRCIO E MINERAÇÃO - SICM INSTITUTO BAIANO DE METROLOGIA E QUALIDADE - IBAMETRO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SEÇÃO A PREÂMBULO I. Regência legal: Esta licitação obedecerá, integralmente, as disposições da Lei Estadual nº 9.433/05 (alterada pelas Leis Estaduais nº 9.658/05 e nº 10.697/08),

Leia mais

PREGÃO-e Nº 05/2009 (RETIFICADO)

PREGÃO-e Nº 05/2009 (RETIFICADO) AGÊNCIA BRASILEIRA DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PREGÃO-e Nº 05/2009 (RETIFICADO) A ABDI, Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, mediante a Pregoeira designada

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

ANEXO V MINUTA DO CONTRATO

ANEXO V MINUTA DO CONTRATO ANEXO V MINUTA DO CONTRATO Unidade Administrativa: Processo Administrativo: Contrato Nº CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICIPIO DE JARDIM E A EMPRESA... O MUNICÍPIO DE JARDIM, Estado do Ceará, Pessoa

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

À CPRM COMPANHIA DE PESQUISA DE RECURSOS MINERAIS (SERVIÇO GEOLÓGICO DO BRASIL SEDE RJ)

À CPRM COMPANHIA DE PESQUISA DE RECURSOS MINERAIS (SERVIÇO GEOLÓGICO DO BRASIL SEDE RJ) À CPRM COMPANHIA DE PESQUISA DE RECURSOS MINERAIS (SERVIÇO GEOLÓGICO DO BRASIL SEDE RJ) LEVIT COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE PRODUTOS TECNOLÓGICOS LTDA, pessoa jurídica de direito privado, devidamente

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /05

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº /05 MINUTA 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 010/05 Processo nº 10.091/05 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM TRANSPORTE

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DO EDITAL 20114150

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DO EDITAL 20114150 TERMO DE PARTICIPAÇÃO DO EDITAL 20114150 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual

Leia mais

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte nas contratações públicas de

Leia mais

REGISTRO DE PREÇOS. diovany@worklink.inf.br Diretor Comercial (61) 8538-3245

REGISTRO DE PREÇOS. diovany@worklink.inf.br Diretor Comercial (61) 8538-3245 REGISTRO DE PREÇOS Diovany Moreira Diovany Moreira diovany@worklink.inf.br Diretor Comercial (61) 8538-3245 HISTÓRICO DA EMPRESA Conectividade Armazenamento de dados Segurança Telecomunicações SISTEMA

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO - CONVITE N 01/2014 PROCESSO 08/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO - CONVITE N 01/2014 PROCESSO 08/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO - CONVITE N 01/2014 PROCESSO 08/2014 I - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Por determinação do(a) Senhor(a) GILMAR DE ALMEIDA BOEIRA, Prefeito Municipal, com a autoridade que lhe é atribuida

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT Termo de Referência Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Termo de Referência Aquisição de Servidores Tipo 1A-1B para camada de Banco de Dados / Alta Disponibilidade RQ DEPI nº 11/2009

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria de Infraestrutura MINUTA EDITAL DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N.

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria de Infraestrutura MINUTA EDITAL DE PRÉ-QUALIFICAÇÃO INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N. MINUTA INTERNACIONAL N. 01/2013 PROCESSO N.º 0900130000453 A SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA DO ESTADO DA BAHIA - SEINFRA, com sede na Avenida Luiz Viana Filho, 4ª Avenida, nº 440, Centro Administrativo da

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO DISTRITO FEDERAL

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO DISTRITO FEDERAL SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO DISTRITO FEDERAL PREGÃO PRESENCIAL PARA SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS N.º 15/2015 O do Distrito Federal, Senac-DF, por intermédio

Leia mais

EDITAL CARTA CONVITE N.º 005/2012 MENOR PREÇO GLOBAL DATA DE ABERTURA: 03 ABRIL DE 2012 HORÁRIO: SALA DE REUNIÃO DA COMODORIA PLENÁRIO ENDEREÇO:

EDITAL CARTA CONVITE N.º 005/2012 MENOR PREÇO GLOBAL DATA DE ABERTURA: 03 ABRIL DE 2012 HORÁRIO: SALA DE REUNIÃO DA COMODORIA PLENÁRIO ENDEREÇO: EDITAL CARTA CONVITE N.º 005/2012 TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL DATA DE ABERTURA: 03 ABRIL DE 2012 HORÁRIO: 15H LOCAL: SALA DE REUNIÃO DA COMODORIA PLENÁRIO ENDEREÇO: SCEN TRECHO 02 CONJ. 04 ASA NORTE BRASÍLIA-DF

Leia mais

S EÇÃO A PREÂM BULO. III. Modalidade/número de ordem: IV. Proc. Administrativo nº: 0603140174986. V. Tipo de Licitação:

S EÇÃO A PREÂM BULO. III. Modalidade/número de ordem: IV. Proc. Administrativo nº: 0603140174986. V. Tipo de Licitação: INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO S EÇÃO A PREÂM BULO I. Regência legal: Esta licitação obedecerá as disposições da Lei estadual nº 9.433/05 (alterada pelas Leis estaduais nº 9.658/05 e nº 10.967/08), da Lei Complementar

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA I N S T R U M E N T O C O N V O C AT Ó R I O S E Ç ÃO A P R E ÂM B U L O I.. REGÊNCIA LEGAL: Esta licitação obedecerá, integralmente, as disposições da Lei Federal 10.520/02 e a Lei Federal nº 8.666/93;

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 12ª REGIÃO SERVIÇO DE LICITAÇÕES E COMPRAS WWW.TRT12.JUS.BR PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N.

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 12ª REGIÃO SERVIÇO DE LICITAÇÕES E COMPRAS WWW.TRT12.JUS.BR PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N. TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 12ª REGIÃO SERVIÇO DE LICITAÇÕES E COMPRAS WWW.TRT12.JUS.BR PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N.º 12702/2012 ARILDO DISARO FILHO PAULO CESAR DIAS EDITAL O Tribunal

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1. UNIDADE REQUISITANTE: ETICE 2. DO OBJETO: 2.1. Registro de preços para futuras e eventuais aquisições de EQUIPAMENTOS DE COMUNICAÇÂO DE DADOS (SWITCHS e ACESSÓRIOS), de

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA/DG

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA/DG T ERMO DE REFERÊNCIA D A D I SPENSA D A - N 0 09/2015 ( x ) 1. OBJETO DA DISÈNSA ( x ) 2. ESPECIFICAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA PROPOSTA DE PREÇOS ( x ) 3. DETERMINAÇÕES ADICIONAIS ( x ) 4. OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS

Leia mais

DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DA BAHIA S EÇÃO A PREÂM BULO

DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DA BAHIA S EÇÃO A PREÂM BULO I. Regência legal: DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DA BAHIA INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO S EÇÃO A PREÂM BULO Esta licitação obedecerá as disposições da Lei estadual nº 9.433/05 (alterada pelas Leis estaduais

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO. A seguir, respostas aos questionamentos referentes à Licitação Pública Nacional nº 01/13:

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO. A seguir, respostas aos questionamentos referentes à Licitação Pública Nacional nº 01/13: Senhores, A seguir, respostas aos questionamentos referentes à Licitação Pública Nacional nº 01/13: 1) PERGUNTA: 1- Referente ao Anexo III Dados do Contrato, o item 16.4 menciona: Os pagamentos deverão

Leia mais

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 02/2009 (PERGUNTAS) REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA AQUISIÇÃO DE SWITCH S TIPO 1, 2 e 3

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 02/2009 (PERGUNTAS) REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA AQUISIÇÃO DE SWITCH S TIPO 1, 2 e 3 ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 02/2009 (PERGUNTAS) REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA AQUISIÇÃO DE SWITCH S TIPO 1, 2 e 3 ((TEXTO))Aos 09 (nove) dias do mês de junho de dois mil e nove, às 14:00 hs,

Leia mais

Minuta do Termo de Referência

Minuta do Termo de Referência Minuta do Termo de Referência 1. OBJETO Fornecimento de equipamentos com serviço de manutenção e suporte durante o período de 5 anos; LOTE 1 Item Descrição Quantidade 1.1 Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 007/2008

CARTA CONVITE Nº 007/2008 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO E COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 - JD. PAULISTA -

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 13.179, DE 10 DE JUNHO DE 2009. (publicada no DOE nº 109, de 12 de junho de 2009) Dispõe sobre a Cotação Eletrônica

Leia mais

INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO

INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO Alterações em verde Elaborado com base no edital PA-NLC-LBC-229/2013 PA-NLC-SAM-238/2013 PA-NLC-LBC-CAA-115/2014 INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SEÇÃO A PREÂMBULO I. Regência legal: Esta licitação obedecerá as

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO CONVITE Nº 05/2013 SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL O Conselho Regional de Biologia 3ª Região, através da Comissão Permanente de Licitações, convida V.S.a. a apresentar

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO 1 FUNDAMENTAÇÃO Este Manual contem regras para Cadastramento com fins de Licitação, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. e está disponível no site www.aracaju.se.gov.br/emurb. REGRAS PARA

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

Web Smart Switch DGS-1210-28. Destaques

Web Smart Switch DGS-1210-28. Destaques Destaques Economize energia, economize dinheiro Seja amigável com o planeta e com o seu orçamento; obtenha economias de energia significativas para manter seus custos baixos Gerenciamento Funções avançadas,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO EDITAL CONVOCATÓRIO CONVITE Nº 2013.02.18.2 1.0 EDITAL 1.1 Órgão: SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 1.2 Modalidade: CONVITE 1.3 Tipo de Licitação: Menor preço Global 1.4 Torna público para conhecimento

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 019/08 Processo nº 5935/0/ Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO DE TERMINAIS DE AUTO ATENDIMENTO Pelo

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA DIRETORIA GERAL DIRETORIA DE LICITAÇÕES SEÇÃO A PREÂMBULO

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA DIRETORIA GERAL DIRETORIA DE LICITAÇÕES SEÇÃO A PREÂMBULO I. Regência legal: GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SEÇÃO A PREÂMBULO Esta licitação obedecerá as disposições da Lei estadual nº 9.433/05 (alterada pelas Leis estaduais nº 9.658/05 e

Leia mais

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DE LICITAÇÃO DA MODALIDADE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 18/2013 Nº DO PROCESSO DE COMPRA/PLANEJAMENTO: 2071022 000044/2013

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DE LICITAÇÃO DA MODALIDADE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 18/2013 Nº DO PROCESSO DE COMPRA/PLANEJAMENTO: 2071022 000044/2013 QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DE LICITAÇÃO DA MODALIDADE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 18/2013 Nº DO PROCESSO DE COMPRA/PLANEJAMENTO: 2071022 000044/2013 Encaminhado por: Razão Social : Altas Networks e Telecom

Leia mais

PROJETO BÁSICO AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO DE REDE WIRELESS

PROJETO BÁSICO AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO DE REDE WIRELESS PROJETO BÁSICO AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO DE REDE WIRELESS 1. OBJETO Este Projeto Básico tem por objeto a especificação dos requisitos técnicos necessários para a aquisição de uma solução de Rede Wireless para

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA Nº 103/2010

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA Nº 103/2010 PROCESSO Nº 000386/2010-61 PREGÃO ELETRÔNICO SRP Nº 060/2010 Fornecedor: Maurício Ruthes - ME C N P J: 09.465.579/0001-32 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA Nº 103/2010 Endereço: Av. Senador Salgado Filho,

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO - 29/09/2009 URGENTE. Necessita este Conselho de proposta estimativa de preço nos moldes das descrições abaixo:

SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO - 29/09/2009 URGENTE. Necessita este Conselho de proposta estimativa de preço nos moldes das descrições abaixo: SOLICITAÇÃO DE ORÇAMENTO - 29/09/2009 URGENTE Prezados Senhores, Necessita este Conselho de proposta estimativa de preço nos moldes das descrições abaixo: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. OBJETO Contratação

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007 TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA I NS T RUM E NTO CO NVO CATÓ RIO S E Ç ÃO A PREÂMBULO I. Regência legal: Esta licitação obedecerá às disposições da Lei estadual nº 9.433/05 (alterada pelas Leis estaduais nº 9.658/05 e nº 10.967/08),

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ( MINUTA )

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ( MINUTA ) ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ( MINUTA ) ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº: - TERRACAP PROCESSO Nº: Pregão Presencial Nº: VALIDADE:, a partir da publicação no DODF. Aos dias do mês de do ano de dois mil e treze,

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO ORIGEM DA TOMADA DE PREÇOS: EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 - PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2009.40.38.00182

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais