Imagem Estática GIMP

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Imagem Estática GIMP"

Transcrição

1 Imagem Estática GIMP

2 Pág. 2 de 30

3 Manual do Gimp Versão Inicial: L. Pinto (2004), supervisão de P. Fonseca e Sérgio Ramos Revisão e adaptações (2006): S. Alves, R. Vaz, J. Borges, M. Gaspar, supervisão de S. Ramos Revisão e adaptações (2007): S. Ramos Introdução O Gimp é uma ferramenta de desenho e tratamento de imagem sob a forma de programa de código-fonte aberto (Open Source) e que funciona quer em ambiente Windows, quer em ambiente Linux. Tem distribuição gratuita e permite realizar tarefas de aquisição e tratamento de imagem estática com bastante simplicidade, rapidez e fiabilidade. A utilização do software Gimp constitui, portanto, uma alternativa de qualidade, a programas existentes no mercado. A estrutura de funcionamento é muito simples, partindo de uma pequena janela que se coloca em qualquer ponto do monitor e a partir da qual se acede às diversas opções de trabalho. Este manual contém alguns esquemas simples e de um modo estruturado, indicando alguns métodos orientados que permitem visualizar exemplos do que é possível conseguir-se com esta interessante aplicação. Instalação do Gimp Informação sobre a Instalação do Gimp em ambiente Windows encontra-se no Apêndice1. Pág. 3 de 30

4 Índice Introdução...3 Instalação do Gimp...3 Barras de Título, Menus, Ferramentas, Funções, Objectos e Estado...6 Caixa de Ferramentas...7 Criar, capturar, abrir e guardar imagens...8 Criar imagens...8 Capturar imagens...8 Abrir imagens...9 Guardar imagens...9 Ferramentas de Desenho...10 Usar Grade...10 Texturas...11 Degradês...11 Lápis e Pincel...12 Spray (Aerógrafo)...13 Ferramenta de preenchimento...13 Bisnaga de imagens...14 Borracha...14 Retoque (Borrar)...15 Substituição da cor...15 Ferramentas de Selecção...16 Seleccionar regiões rectangulares e elípticas...16 Seleccionar regiões manualmente...16 Seleccionar regiões adjuntas...17 Ajustar a profundidade da cor...17 Seleccionar cores...18 Paleta de cores...18 Conta-gotas...19 Camadas...19 Criar e remover camadas...20 Movimentar entre camadas...20 Alterar ordem das camadas...21 Janela de diálogo Camadas...21 Achatar imagem Salvaguarda de imagem com camadas no formato JPEG...21 Abrir uma imagem como camada...22 Atribuir opacidade a uma camada...22 Guardar um conjunto de camadas como animação...23 Adicionar efeitos e deformações...24 Pág. 4 de 30

5 Corrigir olhos vermelhos...25 Ferramentas de edição...26 Adicionar texto...26 Anular, refazer, copiar e colar...27 Duplicar imagem...27 Cortar...27 Adicionar borda...28 Rodar imagem...28 Exportar como JPEG, GIF ou PNG...29 Pág. 5 de 30

6 Barras de Título, Menus, Ferramentas, Funções, Objectos e Estado Barra de Título Barra de Menus Caixa de Ferramentas Opções de Ferramentas Janela principal Janela de edição Pág. 6 de 30

7 Caixa de Ferramentas Ícone Atalho Função R Seleccionar regiões rectangulares E Seleccionar regiões elípticas F Seleccionar regiões manualmente Z Seleccionar regiões adjuntas Seleccionar regiões por cor I Seleccionar formas a partir da imagem B Criar e editar caminhos O Seleccionar cores da imagem (ou Conta-gotas) Aumentar e diminuir Zoom Medir distâncias e ângulos M Mover camadas e selecções Shift + C Recortar ou redimensionar uma imagem Shift + R Rodar camadas ou selecções Shift + T Escalar camadas ou selecções Shift + S Cortar camadas ou selecções Shift + P Alterar a perspectiva de camadas ou selecções Shift + F Inverter camadas ou selecções T Shift + B Inserir texto Preencher com uma cor ou textura L Preencher com um gradiente de cores (ou Misturar) N Pintar pixels com margens vincadas (ou Lápis) P Pintar com traços fracos (ou Pincel) Shift + E Apagar mantendo o fundo ou transparência A Spray com pressão variada K Desenhar a tinta C Pintar utilizando texturas ou regiões de imagens V Desfocar ou realçar S Esborratar imagem (ou Retocar) Shift + D Aclarar sub/sobre-exposição Pág. 7 de 30

8 Criar, capturar, abrir e guardar imagens Criar imagens Para se iniciar uma nova imagem é preciso, antes de tudo, que esta seja criada por exemplo através do menu Arquivo>Novo, ou das teclas de atalho Ctrl+N, seguindo-se uma janela para se definir algumas propriedades da imagem como o tamanho, orientação, tipo de preenchimento e de imagem. O tamanho da imagem é definido em termos de píxeis, (picture elements) que representam a unidade mínima de largura ou altura da imagem. Capturar imagens As imagens podem também ser capturadas directamente a partir da tela ou por meio de um digitalizador (scanner). As função de captura de imagens podem ser acedidas pelo menu Arquivo>Capturar. No caso de digitalização de imagens (opção TWAIN), surge uma janela onde é feita a selecção do dispositivo de digitalização. Após a selecção do digitalizador, o restante processo de digitalização fica a cargo do software que acompanha o dispositivo. Pág. 8 de 30

9 A janela de captura de imagens a partir da tela (opção: Captura de Tela) oferece duas possibilidades de captura: janela activa ou tela completa. O instante em que é feita a captura é determinado usando um relógio que permite definir o tempo necessário para que se possa colocar em primeiro plano a imagem a capturar. Abrir imagens A abertura de imagens existentes é feita recorrendo ao menu Arquivo>Abrir seguindo-se uma janela que permite navegar pelas pastas das unidades disponíveis até encontrar a imagem desejada. O O GIMP oferece uma funcionalidade que torna possível o rápido acesso às imagens abertas mais recentemente (ver figura ao lado). Guardar imagens O menu Arquivo disponibiliza três opções para guardar imagens: Gravar: guarda imagem com o nome actual; Gravar como: guarda imagem com outro nome; Gravar uma cópia: guarda uma cópia da imagem. Pág. 9 de 30

10 A imagem ao lado representa a janela que torna possível escolher o tipo/formato de ficheiro com que a imagem vai ser guardada (lista de formatos disponíveis na imagem mais à direita). Na eventualidade de se fechar acidentalmente uma imagem cuja última alteração não tenha sido guardada surge uma janela de aviso. Ferramentas de Desenho Usar Grade Para facilitar o desenho de imagens usa-se a grelha que oferece um conjunto de referências visuais facilitando assim o desenho de, por exemplo, simetrias em imagens. A grade pode ser activada no menu Visualizar. Imagem sem grelha Imagem com grelha Pág. 10 de 30

11 Texturas As Texturas numa janela encontram-se (Diálogo de Texturas) cujo acesso pode ser feito através do menu Diálogos>Texturas presente na Janela de Edição, do atalho Shift+Ctrl+P ou então clicando Diálogo de Texturas/Padrões directamente no respectivo ícone presente na Caixa de Ferramentas (ver página 2 e 3). A partir da janela Texturas pode-se facilmente preencher uma imagem com determinada textura bastando para tal seleccionar a textura e, sem largar o botão do rato, arrastar para a imagem pretendida. Exemplo de preenchimentos com Texturas O ícone à direita pertence à ferramenta que torna possível a pintura com texturas e a sua utilização é similar à pintura com Lápis ou Pincel (ver página 9). Degradês De forma semelhante às Texturas, os Degradês são também acedidos através do menu Diálogos (atalho Ctrl+G) ou do respectivo ícone da Caixa de Ferramentas. Diálogo de Gradientes Pág. 11 de 30

12 Para se pintar uma imagem com um gradiente (degradê) utiliza-se ferramenta Misturar a (ver página 4) que nos oferece diversas opções das quais se pode destacar a forma geométrica gradiente que de cores Exemplo de preenchimentos com Gradiente o vai representar. Lápis e Pincel As ferramentas Lápis e Pincel estão acessíveis por meio dos respectivos ícones (ver página 3) ou então através do menu Ferramentas>Ferramentas de Pintura presente na Janela de Edição (ver página 2). As opções disponíveis por ambas as ferramentas são similares no entanto, o Pincel permite que a pintura seja feita com linhas de contorno pouco definido visto que a transição entre cores é feita de forma progressiva (antialiasing). Exemplo de pintura com Lápis e Pincel Pág. 12 de 30

13 Spray (Aerógrafo) Acessível através de ícone próprio ou do menu Ferramentas>Ferramentas Pintura, a ferramenta Aerógrafo cria a ilusão de que se está a pintar com um Spray (por exemplo uma lata para pintar Graffitis). As opções mais relevantes são a taxa e a pressão que permitem definir respectivamente o caudal de tinta e a pressão. Exemplo de pintura com Spray No exemplo anterior, as zonas onde a linha apresenta maior espessura são zonas onde o Spray passou com menor velocidade. Ferramenta de preenchimento A Ferramenta de Preenchimento utiliza-se para preencher contornos e pode ser seleccionada de modo similar às ferramentas referidas anteriormente. As opções mais relevantes são, à excepção do Tipo de Preenchimento, a Área Afectada que torna possível o preenchimento de áreas com a mesma cor (Preencher Cores Semelhantes) e o interior de uma selecção (Preencher Toda a Selecção). Para que se consiga obter um resultado Pág. 13 de 30 Exemplo de preenchimento de contornos

14 semelhante ao exemplo ao lado, é necessário utilizar a opção Preencher Cores Semelhantes (deve-se ter em atenção que as áreas a preencher deverão estar completamente fechadas). Bisnaga de imagens Usando as ferramentas Lápis e Pincel (ver página 9), pode-se desenhar usando imagens previamente definidas. Ao traçar o desenho, o percurso da ferramenta será preenchido por uma sequência de imagens iguais. A imagem a utilizar é seleccionada na opção que permite escolher o formato do Lápis/Pincel. No exemplo ao lado, a pintura foi feita com a imagem de um pimento verde. Borracha De forma semelhante a uma borracha real, a ferramenta Borracha é utilizada para determinadas áreas da imagem. É acessível de forma da mesma forma que as ferramentas anteriores. O que a ferramenta Borracha faz é idêntico a pintar com a cor definida como cor de fundo (ver página 18) pelo que se deve ter em atenção que cor está definida. Outra forma de apagar uma área de imagem é Cortar uma selecção previamente feita. Pág. 14 de 30

15 Retoque (Borrar) A ferramenta seleccionada de de Borrar forma é também semelhante às ferramentas Lápis e Pincel (ver página 9) e pode ser utilizada para disfarçar pequenas defeitos em imagens (por exemplo fotografias) ou então para salientar determinado pormenor numa imagem (basta para tal esborratar a parte da imagem que não interessa). Exemplo de retoque Substituição da cor A operação de substituição da cor é feita em dois passos: seleccionar cor a substituir e pintar com cor substituinte. A selecção da cor a substituir é feita por meio da ferramenta Seleccionar regiões por cor que pode ser acedida por meio do respectivo ícone ou do menu Ferramentas>Ferramentas de Selecção. Após seleccionar pinta-se, o interior da selecção, com a nova cor (ver página 9). Exemplo do procedimento para substituição de cor Pág. 15 de 30

16 Ferramentas de Selecção Quando se pretende trabalhar ou manipular uma determinada região (área) de uma imagem é conveniente seleccionar a região desejada para que as operações realizadas sejam restritas a essas regiões. O O GIMP incorpora diversas ferramentas de selecção consoante a geometria e o tipo da região. As ferramentas de selecção estão acessíveis a partir do menu Ferramentas>Ferramentas Selecção disponíveis na Janela de Edição (ver página 3) ou através de ícone próprio. Após a selecção de uma região é possível deslocá-la por meio de um clique e arrasto do rato. Seleccionar regiões rectangulares e elípticas Ícones: Exemplo de selecção de região rectangular Opções Exemplo de selecção de região elíptica Seleccionar regiões manualmente Ícone: Opções Exemplo de selecção manual Pág. 16 de 30

17 Seleccionar regiões adjuntas Ícone: Exemplo de selecção manual com intervalo zero Opções De salientar a opção Intervalo que permite definir a precisão com que é feita a selecção. Nos exemplos ao lado pode-se ver que com intervalo zero só são seleccionados pontos com cor exactamente igual no entanto, no caso do intervalo ser trinta são seleccionadas cores semelhantes (dentro de uma determinada vizinhança) Ajustar a profundidade da cor A profundidade de cor representa o número de cores existentes numa imagem. O ajuste da profundidade de cor pode ser feito através do menu Imagem>Modo disponibilizado na Janela de Edição (ver página 3). Quando se reduz o número de cores, as cores da imagem são alteradas por meio de um algoritmo (ver opção Opções de Mistura) e de acordo com as cores disponíveis na paleta de cores de maneira a que sejam o mais próximas possíveis das cores originais. Pág. 17 de 30 Exemplo de selecção manual com intervalo trinta

18 Imagem com 8 cores (3 bit) Imagem com 16 milhões de cores (24 bit) Quanto menor for o número de cores, menor será também o espaço ocupado pela imagem. Seleccionar cores Paleta de cores Através da paleta de cores é possível seleccionar-se a Cor de primeiro plano e a Cor de fundo. O acesso à paleta de cores é feito por meio de duplo clique no respectivo ícone (na janela principal, ver página 3) consoante se queira seleccionar cor de primeiro plano ou de fundo. Na janela de selecção de cor é possível seleccionar a cor e o seu tom bem como definir a cor mediante os seus valores RGB e outros parâmetros como por exemplo a saturação. Pág. 18 de 30

19 Conta-gotas O conta-gotas é uma ferramenta útil particularmente no caso em que se quer usar uma cor existente numa imagem mas não se conhece o seu tom. O acesso ao conta-gotas faz-se por meio um ícone (ver página 4) e a sua utilização é simples bastando apenas clicar no ponto onde está a cor a obter surgindo então uma janela (ver ao lado) com a informação relativa à cor obtida. De acordo com a opção seleccionada, a imagem obtida será definida como cor de primeiro plano ou cor de fundo. Cor de primeiro plano antes e depois de usar o conta-gotas Camadas As camadas constituem elementos de grande utilidade no desenho gráfico porque permitem trabalhar mais facilmente em imagens com vista criar resultados de grande qualidade. Pode-se estabelecer a analogia entre camada e transparência (ou acetato), e considerar assim que uma imagem pode resultar da sobreposição de várias transparências (como se fosse uma pilha de camadas). A título de exemplo podemos considerar a criação de uma banda desenhada onde existem dois ou três cenários, algumas personagens e vários objectos. Os cenários serão camadas de fundo sobre as quais se vão sobrepor outras camadas (cada personagem e objecto tem a sua própria camada). A vantagem é que sobre uma camada de fundo podemos sobrepor várias outras camadas e trabalhar em cada camada independentemente (poderíamos por exemplo reduzir a dimensão de uma personagem ao ponto de criar a ilusão de que era minúscula sem ser necessário preocupar com o resto da imagem). Pág. 19 de 30

20 Criar e remover camadas A criação de camadas é feita recorrendo ao menu Camadas existente na Janela de Edição. Quando se cria uma nova camada surge uma janela que permite definir as propriedades da camada. No caso de se optar por uma camada de fundo, esta vai ser preenchida com a cor de fundo que estiver definida. A remoção de camadas é feita à camada que está activa (ver Movimentar entre camadas). Movimentar entre camadas Como foi anteriormente referido, as camadas encontram-se sobrepostas sob a forma de pilha. A movimentação de camadas pode ser feita mediante o menu Camadas>Pilha ou então, mais rapidamente, através de teclas de atalho. Na imagem ao lado podemos um exemplo da informação relativa às camadas e que estão presentes na Janela de Edição. Pág. 20 de 30

21 Alterar ordem das camadas O menu Camadas>Pilha permite também realizar operações de alteração da ordem das camadas. Camada com letras vermelhas elevada em relação à camada com letras verdes Camada com letras verdes elevada em relação à camada com letras vermelhas Janela de diálogo Camadas É muito importante manter lado a lado todas as janelas do Gimp: a janela principal e a janela da imagem. Quando se trabalha com camadas, é conveniente visualizar também a janela das Camadas. Esta janela encontra-se no menu Diálogos>Camadas. A parte mais cinzenta da janela Camadas representa a camada seleccionada. O olho significa que esta camada está visível. Se clicar sobre o olho este desaparece. Na imagem desaparece também todo o conteúdo da camada. Achatar imagem Salvaguarda de imagem com camadas no formato JPEG Quando se trabalha com camadas, seja por adição de texto ou por sobreposição de imagens, não é possível guardar a imagem com formato JPEG sem que tenhamos que Pág. 21 de 30

22 achatar a imagem, de modo a que passe a constituir apenas uma camada. Ao guardar uma imagem com camadas com o formato.jpeg surge esta mensagem de erro: É necessário Exportar a imagem. Abrir uma imagem como camada Tendo várias imagens guardadas no computador e pretendendo-se criar uma imagem constituida pela sobreposição de todas elas, ou criar uma animação, é necessário abrir as imagens como camada. Abra uma delas ou crie uma imagem base. Na imagem base (fundo) faça Arquivo>Abrir como Camada. Atribuir opacidade a uma camada Quando se quer sobrepor imagens, com um determinado nível de transparência entre elas é preciso atribuir opacidade a cada uma das camadas. Abra a imagem de fundo e abra como camada a imagem que pretende sobrepor. Pág. 22 de 30

23 Como vimos numa secção anterior, a parte mais cinzenta da janela Camadas representa a camada seleccionada. Variando a barra da opacidade pode observar a transparência da imagem conseguindo a aumentar, visualizar a camada inferior. Guardar um conjunto de camadas como animação No Gimp é possivel construir um Gif animado. Abra as imagens da animação como camada ou crie camadas e desenhe cada uma das fases da animação (ver como em secções anteriores). No fim, guarde a imagem com o formato.gif. Como não se pretende achatar a imagem, sobrepondo todas as camadas numa só, mas sim guardá-la como animação, onde as camadas vão aparecendo uma após outra, selecciona-se a opção Salvar como Animação. Clicar em Exportar. No Gimp não é possível definir tempos diferentes para diferentes camadas. Pág. 23 de 30

24 Defina o atraso entre quadros (em milisegundos). Defina se pretende que a camada seguinte se combine com a anterior ou se pretende que a substitua. Na maioria dos casos pode deixar estar a opção predefinida Não importa. Adicionar efeitos e deformações O O GIMP oferece diversos efeitos acessíveis a partir do menu Filtros existente na Janela Principal. Para cada tipo de efeitos existem várias opções pelo que, sendo a lista tão vasta, apenas vão ser consideradas algumas delas. A imagem abaixo é a imagem original sobre a qual vão ser adicionados os efeitos. Ondas: O efeito Ondas cria a ilusão de como se a imagem fosse um Pág. 24 de 30

25 reflexo sobre uma superfície líquida sobre a qual fora atirado um corpo provocando ondulação. Opções do efeito Ondas Resultado do efeito Ondas Dobrar página O efeito Dobra de página cria a ilusão que um dos cantos da imagem está enrolado como se de papel se tratasse. Opções do efeito Dobra de Página Resultado do efeito Dobra de página Corrigir olhos vermelhos Para retirar os olhos vermelhos é necessário colocar o plug-in redeye.exe na pasta C:\Programas\GIMP-2.0\lib\gimp\2.0\plug-ins. Inicie o Gimp e abra a imagem a ser tratada. Utilize a ferramenta de selecção elíptica para fazer um círculo ao redor das pupilas. Utilize a tecla Shift para fazer múltiplas selecções. Pág. 25 de 30

26 Clique em Filtros>Misc>Auto Red Eye Remove. Caso queira ajustar a região sensível à correcção, escolha Filtros>Misc>Red Eye Remove. Uma caixa de diálogo abrir-se-á, permitindo definir o ajuste de sensibilidade. Ferramentas de edição Adicionar texto A operação de adição de texto a uma imagem pode ser realizada acedendo ao respectivo ícone (ver página 4) ou ao menu Ferramentas>Texto. A nível de opções, a ferramenta de adição de texto apresenta funções básicas de formatação de texto. Na imagem ao lado está visível a operação de adição de texto com a sua respectiva janela onde se escreve o texto. É também possível pré-visualizar automaticamente o texto na imagem. Pág. 26 de 30

27 Anular, refazer, copiar e colar O GIMP permite também as habituais operações de anular, refazer/repetir, cortar, copiar e colar disponíveis em outras aplicações. Duplicar imagem A função de duplicar uma imagem está presente através do menu Imagem>Duplicar (ver Janela Principal, página 3) ou das teclas de atalho Ctrl+D. Cortar A ferramenta Recortar permite o corte de imagens excluindo assim as regiões sem interesse. O acesso a esta ferramenta é também feito através de ícone próprio ou do menu Ferramentas>Ferramentas de Transformação>Corta & Redimensiona ou menu Imagem>Transformar>Guilhotina. Na imagem ao lado está visível a janela que surge quando se realiza a operação de corte. Nela podemos definir, de forma mais rigorosa, a região que se vai cortar ou redimensionar. Antes de se efectuar o corte, é possível ajustar a dimensão da região a cortar Pág. 27 de 30 Antes e após o corte

28 (quadrados nos cantos da região) bem como a posição da região (deslocando a região por meio de um clique e arrasto da linha limite da região. Adicionar borda A adição de borda (margem) permite criar o efeito de moldura. A janela de definição dos parâmetros da margem permite definir a dimensão, cor e a Influência da iluminação da cor. Quando maior for a Influência da iluminação da cor, maior será o contraste entre os tons das cores dos lados da margem criando assim o efeito de moldura. Rodar imagem A imagem pode ser virada ou rodada em passos de 90 graus no menu Imagem>Transformação. Para rodar num ângulo diferente de múltiplos de 90 graus, deve recorrer ao menu Ferramentas>Ferramentas de Transformação>Rotacionar. Pág. 28 de 30

29 Exportar como JPEG, GIF ou PNG O O GIMP permite exportar imagens em diferentes formatos de acordo com o fim a que se destinam. A exportação de imagens pode ser feita através do menu Ficheiro>Gravar uma Cópia (ver página 9). Cada formato apresenta as suas próprias características e destinam-se a uma determinada utilização (por exemplo o formato JPEG é um formato muito utilizado em fotografia digital dada a sua grande capacidade de compressão sem que se perca muita qualidade). Na imagem ao lado encontra-se a janela de gravação de formato JPEG. Especial destaque deve ser dado à opção Qualidade e ao Tamanho. A qualidade de uma imagem é directamente proporcional ao tamanho da mesma e assim, cabe ao utilizador estabelecer o melhor compromisso qualidade/tamanho tendo em conta o fim a que a imagem se destina. Pág. 29 de 30

30 O formato GIF permite a criação de imagens com fundo transparente ou com fotogramas (imagens GIF animadas) no entanto deve-se ter em atenção que as cores devem ser indexadas, i.é., a profundidade de cores tem que ser ajustada para um máximo de 256 cores (ver página 14). O formato PNG permite compressão, tal como os anteriores, e, em certas imagens, apresenta uma melhor relação qualidade/tamanho que o formato JPEG. É também um formato muito utilizado em páginas da Teia Mundial, e daí o seu nome de PNG (Portable Network Graphics), sendo apontado como o sucessor do formato GIF. Pág. 30 de 30

Oficina de Manipulação e Edição de Fotografia e Imagem Digital GIMP

Oficina de Manipulação e Edição de Fotografia e Imagem Digital GIMP Oficina de Manipulação e Edição de Fotografia e Imagem Digital GIMP O que é o GIMP É um programa de criação e edição de imagens. Foi criado como uma alternativa livre ao Photoshop, ou seja, é um software

Leia mais

O TUX VAI À ESCOLA: UMA INTRODUÇÃO À EDIÇÃO DE IMAGEM COM O GIMP

O TUX VAI À ESCOLA: UMA INTRODUÇÃO À EDIÇÃO DE IMAGEM COM O GIMP O TUX VAI À ESCOLA: UMA INTRODUÇÃO À EDIÇÃO DE IMAGEM COM O GIMP O GIMP (GNU Image Manipulation Program) (http://www.gimp.org/) é uma aplicação de Software Livre para desenho e edição de imagem digital.

Leia mais

Seleção Retangular Esta é uma das ferramentas mais usadas. A seleção será indicada pelas linhas tracejadas que fazem a figura de um retângulo.

Seleção Retangular Esta é uma das ferramentas mais usadas. A seleção será indicada pelas linhas tracejadas que fazem a figura de um retângulo. O que é o Gimp? O GIMP é um editor de imagens e fotografias. Seus usos incluem criar gráficos e logotipos, redimensionar fotos, alterar cores, combinar imagens utilizando o paradigma de camadas, remover

Leia mais

Fluxo de trabalho no Picasa

Fluxo de trabalho no Picasa Fluxo de trabalho no Picasa Neste bloco serão abordados: Download e Instalação Aquisição de imagens Tratamento básico de imagem digital fotográfica Opções de impressão Tratamento para envio para a web

Leia mais

Conteúdo Programático do Photo Shop

Conteúdo Programático do Photo Shop O Ambiente Adobe Photoshop Conteúdo Programático do Photo Shop Características das Imagens Imagens Vetoriais e de Bitmap Tamanho e Resolução de Imagens Modos de Cores Formatos de Arquivo A Iniciação de

Leia mais

Trabalhar com Layers em Photoshop

Trabalhar com Layers em Photoshop Painel Layers / Camadas Trabalhar com Layers em Photoshop Existem cinco tipos de layers / camadas, que podem estar listados neste painel: - de imagem, contendo pixéis - de texto, com texto editável - de

Leia mais

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador.

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

Os elementos básicos do Word

Os elementos básicos do Word Os elementos básicos do Word 1 Barra de Menus: Permite aceder aos diferentes menus. Barra de ferramentas-padrão As ferramentas de acesso a Ficheiros: Ficheiro novo, Abertura de um documento existente e

Leia mais

MICROSOFT POWERPOINT

MICROSOFT POWERPOINT MICROSOFT POWERPOINT CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES. O QUE É O POWERPOINT? O Microsoft PowerPoint é uma aplicação que permite a criação de slides de ecrã, com cores, imagens, e objectos de outras aplicações,

Leia mais

Microsoft Office FrontPage 2003

Microsoft Office FrontPage 2003 Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Gestão Área Interdepartamental de Tecnologias de Informação e Comunicação Microsoft Office FrontPage 2003 1 Microsoft Office FrontPage 2003 O Microsoft

Leia mais

COFFEE BREAK!!: CRIAÇÃO DE UM CARTAZ COM INKSCAPE

COFFEE BREAK!!: CRIAÇÃO DE UM CARTAZ COM INKSCAPE COFFEE BREAK!!: CRIAÇÃO DE UM CARTAZ COM INKSCAPE O Inkscape (http://www.inkscape.org/) é uma aplicação de Software Livre para desenho e edição electrónica de imagem vectorial. É uma ferramenta para edição

Leia mais

Microsoft Windows. Aspectos gerais

Microsoft Windows. Aspectos gerais Aspectos gerais É um sistema operativo desenvolvido pela Microsoft Foi desenhado de modo a ser fundamentalmente utilizado em computadores pessoais Veio substituir o sistema operativo MS-DOS e as anteriores

Leia mais

COREL PHOTO-PAINT 10. Editar uma imagem digitalizada. Rodar ou Cortar uma imagem. Corrigir a Luminosidade e o Contraste de uma imagem

COREL PHOTO-PAINT 10. Editar uma imagem digitalizada. Rodar ou Cortar uma imagem. Corrigir a Luminosidade e o Contraste de uma imagem 10 Editar uma imagem digitalizada Após a digitalização de uma imagem pode-se fazer uma série de correcções no Photo-Paint rodar ou cortar a imagem, trabalhar a luz ou a cor, converter para outro formato,

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo Conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior; Windows: sistema operativo mais utilizado nos

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011 Manual Avançado Gestão de Stocks Local v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Produto... 5 b) Activar gestão de stocks... 5 i. Opção: Faz gestão de stocks... 5 ii.

Leia mais

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest/ZSPos FrontOffice... 4 4. Produto... 5 Activar gestão de stocks... 5 5. Armazém... 7 a) Adicionar Armazém... 8 b) Modificar Armazém... 8 c)

Leia mais

Manual PowerPoint 2000

Manual PowerPoint 2000 Manual PowerPoint 2000 Índice 1. INTRODUÇÃO 1 2. DIRECTRIZES PARA APRESENTAÇÕES DE DIAPOSITIVOS 1 3. ECRÃ INICIAL 2 4. TIPOS DE ESQUEMA 2 5. ÁREA DE TRABALHO 3 5.1. ALTERAR O ESQUEMA AUTOMÁTICO 4 6. MODOS

Leia mais

Iniciação ao MS Windows XP. Ana Loureiro 2002/03 TIC ESEV Pólo de Lamego

Iniciação ao MS Windows XP. Ana Loureiro 2002/03 TIC ESEV Pólo de Lamego Iniciação ao MS Windows XP Ana Loureiro 2002/03 TIC ESEV Pólo de Lamego Sistema Operativo (SO) É a primeira camada de s/w indispensável para que um sistema informático (SI) possa funcionar. Um SO é concebido

Leia mais

Manual do Utilizador do Scanner

Manual do Utilizador do Scanner Manual do Utilizador do Scanner A caixa de diálogo TWAIN Apêndices Índice 2 A caixa de diálogo TWAIN... 3 Obter (Adquirir) e utilizar a caixa de diálogo TWAIN... 4 Desempenhar uma digitalização simples...

Leia mais

E ainda uma terceira com as opções deste último exemplo, em que a cor de fundo deve ser verdeescuro.

E ainda uma terceira com as opções deste último exemplo, em que a cor de fundo deve ser verdeescuro. E ainda uma terceira com as opções deste último exemplo, em que a cor de fundo deve ser verdeescuro. Atenção a cor de fundo deve estar definida no antes de criar a nova imagem. Comprovação do trabalho

Leia mais

Manipulação de Células, linhas e Colunas

Manipulação de Células, linhas e Colunas Manipulação de Células, linhas e Colunas Seleccionar células Uma vez introduzidos os dados numa folha de cálculo, podemos querer efectuar alterações em relação a esses dados, como, por exemplo: apagar,

Leia mais

OURO MODERNO www.ouromoderno.com.br. Designer Gráfico APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo)

OURO MODERNO www.ouromoderno.com.br. Designer Gráfico APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) Designer Gráfico APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 Índice Aula 1... 3 Apresentação do Photoshop... 3 Barra de Menus... 3 Barra de Opções... 3 Barra de Ferramentas...4

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente Gráfico Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e que comunique com o exterior. Actualmente o Windows é

Leia mais

Evolution3.0. Manual do Utilizador

Evolution3.0. Manual do Utilizador Evolution3.0 Manual do Utilizador 1 Conteúdos Conteúdos... 2 Principais Características... 3 Requisitos de Sistema... 4 Instalar e Desinstalar a Aplicação... 5 Instalar... 5 Desinstalar... 8 Evolution

Leia mais

Uruaçu - 2009. Professoras Formadoras do NTE Uruaçu

Uruaçu - 2009. Professoras Formadoras do NTE Uruaçu Professoras Formadoras do NTE Uruaçu Uruaçu - 2009 Núcleo de Tecnologia Educacional de Uruaçu Rua Maranhão Quadra 02 Lote 01 Bairro JK Uruaçu Goiás Telefone: (62)3357-4237 - Fax : 3357-4217 E-mail nteuruacu@hotmail.com

Leia mais

GeoMafra Portal Geográfico

GeoMafra Portal Geográfico GeoMafra Portal Geográfico Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar

Leia mais

1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento

1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento Configurar o Word FIGURA 1.26 Serviços ligados 1.4.5 Ligar outros serviços de armazenamento O Microsoft Office 2013 apenas tem disponíveis ligações a serviços de armazenamento proprietários da Microsoft.

Leia mais

MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo

MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo MICROSOFT WINDOWS XP Sistema Operativo Índice 1. O que é o Windows XP 1 2. Para que serve o Windows XP 1 3. O Ambiente de Trabalho 2 4. Menu Iniciar 3 5. Janelas 4 6. Vistas 5 7. Iniciar 10 8. Encerrar

Leia mais

Paint Brush. 1- Conhecendo o Paint Brush...2. 2- Tamanho do desenho...2

Paint Brush. 1- Conhecendo o Paint Brush...2. 2- Tamanho do desenho...2 Paint Brush 1- Conhecendo o Paint Brush...2 2- Tamanho do desenho...2 3- Barra de Ferramentas...3 a) Recortar...3 b) Borracha...4 c) Balde...4 d) Conta-gotas...4 e) Lupa...4 f) Lápis...5 g) Pincel...5

Leia mais

[CURSO DE FÉRIAS FIREWORKS] JULHO / 2011

[CURSO DE FÉRIAS FIREWORKS] JULHO / 2011 Conteúdo 1. OBJETIVO DO FIREWORKS... 2 1.1 - Diferença entre imagem Vetorial e Bitmap... 2 1.2 - Formato de Arquivos... 3 2. AMBIENTE DO FIREWORKS... 3 2.1 - INICIANDO UM PROJETO... 4 3. DESENHANDO NO

Leia mais

ESCOLA BÁSICA 2 / 3 DE MARTIM DE FREITAS Informática - Ano letivo de 2013 / 2014

ESCOLA BÁSICA 2 / 3 DE MARTIM DE FREITAS Informática - Ano letivo de 2013 / 2014 Objetivos Tratamento de Imagem Conhecer as potencialidades dos programas de tratamento de imagem nas suas múltiplas funções. Criar, editar e retocar imagens, utilizando software de edição de imagem. Usar

Leia mais

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/ Crie uma pasta (0) no ambiente de trabalho com o seu nome. Inicie o Internet Explorer através do: W O R K S H O P Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Leia mais

Prática 2 Características do Flash

Prática 2 Características do Flash Prática 2 Características do Flash 1. Objetivos Se familiarizar com os Painéis, Frames e Timelines. Desenvolver uma animação simples. 2. Recursos Necessários Computador com o programa Macromedia Flash

Leia mais

ESCOLA EB2,3/S Dr. ISIDORO DE SOUSA

ESCOLA EB2,3/S Dr. ISIDORO DE SOUSA ESCOLA EB2,3/S Dr. ISIDORO DE SOUSA Passos para Ligar 1. Verificar se o projector de Vídeo está ligado à corrente tomada do lado esquerdo do quadro, junto à porta, caso não esteja ligue a ficha tripla

Leia mais

Spelling Tabelas Apagar linhas numa tabela Merge e Split numa tabela Alinhamento vertical da tabela Introduzir texto na vertical

Spelling Tabelas Apagar linhas numa tabela Merge e Split numa tabela Alinhamento vertical da tabela Introduzir texto na vertical Word II Título: Iniciação ao WORD 2003. Nível: 1 Duração: 2 Tempos Objectivo: Iniciar o estudo da aplicação Microsoft Office Word. Dar a conhecer algumas ferramentas do Microsoft Office Word. Microsoft

Leia mais

Migrar para o Access 2010

Migrar para o Access 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Access 2010 é muito diferente do Access 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as

Leia mais

Oficina de Construção de Páginas Web

Oficina de Construção de Páginas Web COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina de Construção de Páginas Web Criação e Publicação Actividades de exploração Objectivo Explorar as funcionalidades essenciais do Programa, na perspectiva da construção/actualização

Leia mais

BREVE TUTORIAL DO PAINT PARTE I Prof. Reginaldo Brito - Informática

BREVE TUTORIAL DO PAINT PARTE I Prof. Reginaldo Brito - Informática BREVE TUTORIAL DO PAINT PARTE I Prof. Reginaldo Brito - Informática O Paint é o programa de edição de imagens padrão do Windows, ao instalar o sistema o Paint é instalado automaticamente. Provavelmente,

Leia mais

Microsoft PowerPoint. Prof. Rafael Vieira

Microsoft PowerPoint. Prof. Rafael Vieira Microsoft PowerPoint Prof. Rafael Vieira Características do Microsoft PowerPoint O que é? Éuma aplicação utilizada sobretudo para criar apresentações Permite utilizar animação, efeitos de transição entre

Leia mais

Manual do Utilizador do BearPaw 1200F/2400

Manual do Utilizador do BearPaw 1200F/2400 Manual do Utilizador do BearPaw 1200F/2400 A caixa de diálogo TWAIN Apêndices Métodos de digitalização: São disponibilizadas duas ferramentas de software para digitalização. O Painel do BearPaw é ideal

Leia mais

Introdução ao Microsoft Windows

Introdução ao Microsoft Windows Introdução ao Microsoft Windows Interface e Sistema de Ficheiros Disciplina de Informática PEUS, 2006 - U.Porto Iniciar uma Sessão A interacção dos utilizadores com o computador é feita através de sessões.

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER Capítulo 1: Iniciação da digitalização Capítulo 2: A caixa de diálogo TWAIN Apêndices 2 Índice Iniciação da digitalização Get (Acquire) and Use the Scan Dialog Box... 3

Leia mais

PROGRAMAÇÃO Microsoft WINDOWS XP

PROGRAMAÇÃO Microsoft WINDOWS XP Mais que um Sistema Operativo, o MS-Windows é um ambiente de trabalho que simula no ecrã o trabalho diário sobre uma secretária. A ideia base do MS-Windows foi a de esconder a organização do MS-DOS e apresentar

Leia mais

HeadMouse. Grupo de Investigação em Robótica. Universidade de Lérida

HeadMouse. Grupo de Investigação em Robótica. Universidade de Lérida HeadMouse Grupo de Investigação em Robótica Universidade de Lérida Manual de utilização e perguntas frequentes O que é o HeadMouse? O HeadMouse é um programa gratuito desenhado para substituir o rato convencional.

Leia mais

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior. Actualmente, o Windows é

Leia mais

Corel Draw 12. Enviado por: Jair Marcolino Felix. Rua Dr. Osvaldo Assunção nº 72 Tucano BA Próximo a Escola de Artes e Ofícios (antigo CESG)

Corel Draw 12. Enviado por: Jair Marcolino Felix. Rua Dr. Osvaldo Assunção nº 72 Tucano BA Próximo a Escola de Artes e Ofícios (antigo CESG) Corel Draw 12 Enviado por: Jair Marcolino Felix Corel Draw 12 O Corel Draw é um programa de design gráfico pertencente à Corel.O Corel Draw é um aplicativo de ilustração e layout de página que possibilita

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER Capítulo 1: Iniciação da digitalização Capítulo 2: A caixa de diálogo TWAIN Apêndices Índice 2 Iniciação da digitalização Get (Acquire) and Use the Scan Dialog Box... 3

Leia mais

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011 Manual Profissional BackOffice Mapa de Mesas v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar ZSRest Backoffice... 3 4. Confirmar desenho de mesas... 4 b) Activar mapa de mesas... 4 c) Zonas... 4 5. Desenhar

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT E s t u d o s o b r e a i n t e g r a ç ã o d e f e r r a m e n t a s d i g i t a i s n o c u r r í c u l o d a d i s c i p l i n a d e E d u c a ç ã o V i s u a l e T e c n o l ó g i c a Cloud canvas

Leia mais

SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR

SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR Leaseplan Portugal Bertrand Gossieaux SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR Page2 INDICE 1. LOGIN, ESTRUTURA E SAÍDA DO SIM... 3 a) Login... 3 b) Estrutura principal... 4 c) Saída da

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado Manual Avançado Menus v2011 - Certificado 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar o ZSRest... 3 4. Menus... 4 b) Novo Produto:... 5 i. Separador Geral.... 5 ii. Separador Preços e Impostos... 7 iii.

Leia mais

ZS Rest. Manual de Iniciação. BackOffice

ZS Rest. Manual de Iniciação. BackOffice Manual de Iniciação BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar o ZSRest... 3 a) BackOffice:... 4 b) Acesso BackOffice:... 4 4. Zonas... 6 c) Criar Zona:... 7 d) Modificar Zona:... 8 e) Remover

Leia mais

Aprendendo Corel Draw 2

Aprendendo Corel Draw 2 ÍNDICE Introdução Ferramentas do Trabalhando com cores Trabalhando com objetos Transformando objetos desenhados Clonagem de objetos Formatando objetos Preenchimentos e Contornos Preenchimento Gradiente

Leia mais

Início rápido. Ahead Software AG

Início rápido. Ahead Software AG Início rápido Ahead Software AG Informações sobre copyright e marcas comerciais O manual do utilizador Nero Cover Designer e a totalidade do respectivo conteúdo estão protegidos por copyright e são propriedade

Leia mais

Capítulo 1 - PHOTOSHOP

Capítulo 1 - PHOTOSHOP Capítulo 1 - PHOTOSHOP O Adobe Photoshop é um dos mais completos editores gráficos. Ele permite Que você faça os mais variados desenhos e ilustrações e ainda apresenta inúmeras operações de efeitos visuais.

Leia mais

TRATAMENTO DE IMAGEM

TRATAMENTO DE IMAGEM Projecto Escola Inter@ctiva As Tecnologias no Ensino 4ª sessão: 17 de Novembro de 2005 TRATAMENTO DE IMAGEM A. PAINT SHOP PRO 8.0 (introdução) O PSP é um Software de edição e tratamento de imagem digital,

Leia mais

6.5. Renomeando Arquivos ou Pastas

6.5. Renomeando Arquivos ou Pastas 50 II. Para mover um arquivo, pasta, objeto dentro do Windows: 1) Clique com o mouse sobre a pasta, arquivo a serem movidos; 2) Mantenha o botão esquerdo do mouse pressionado; 3) Arraste o objeto para

Leia mais

PS02_02-08: Exercícios: Photoshop CS3. Objetivo: FERRAMENTAS DE PINTURA. 1) Abra um novo arquivo e altere os valores para a seguinte configuração:

PS02_02-08: Exercícios: Photoshop CS3. Objetivo: FERRAMENTAS DE PINTURA. 1) Abra um novo arquivo e altere os valores para a seguinte configuração: PS02_02-08: Objetivo: FERRAMENTAS DE PINTURA Exercícios: 1) Abra um novo arquivo e altere os valores para a seguinte configuração: 2) Finalize a configuração. A janela da imagem, também chamada de tela

Leia mais

Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo

Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo O Excel é uma folha de cálculo capaz de guardar dados, executar cálculos e gerar gráficos. Introdução à Folha de Cálculo Uma folha de cálculo, por exemplo o Excel, permite

Leia mais

Microsoft Windows: # 1

Microsoft Windows: # 1 Microsoft Windows Microsoft Windows: # 1 Ambiente de trabalho Microsoft Windows: # 2 Botão Iniciar I Lado Esquerdo Para guardar atalhos para as aplicações mais genéricas (Internet, E-mail) e para aquelas

Leia mais

Como Fazer um Vídeo no Windows Movie Maker

Como Fazer um Vídeo no Windows Movie Maker Como Fazer um Vídeo no Windows Movie Maker Versão deste documento: 1 1 Data de edição deste documento: 20 de Julho de 2011 1. Vá ao Iniciar -> Todos os Programas -> Movie Maker 2..Este é o aspecto do Movie

Leia mais

MULTIMÍDIA - GIMP TRABALHANDO COM TEXTOS

MULTIMÍDIA - GIMP TRABALHANDO COM TEXTOS MULTIMÍDIA - GIMP TRABALHANDO COM TEXTOS Utilizando Camadas As camadas representam uma forma efetiva para organização do trabalho. Podemos imaginar as camadas como películas sobrepostas onde podemos desenhar.

Leia mais

Tour pela área de trabalho

Tour pela área de trabalho Tour pela área de trabalho Bem-vindo ao CorelDRAW, um programa abrangente de desenho e design gráfico baseado em vetor para o profissional gráfico. Neste tutorial, você se familiarizará com a terminologia

Leia mais

Configuração do Ambiente de Trabalho

Configuração do Ambiente de Trabalho pag. 1 Configuração do Ambiente de Trabalho 1. Utilização da Área de Trabalho Criação de Atalhos: O Windows NT apresenta um Ambiente de Trabalho flexível, adaptável às necessidades e preferências do utilizador.

Leia mais

Adobe Photoshop CS5. Aula 5

Adobe Photoshop CS5. Aula 5 Adobe Photoshop CS5 Aula 5 Tema da aula: Mudando a cor dos olhos Assuntos tratados nesta aula: Criar nova camada Renomear camada Ferramenta Zoom Ferramenta Pincel Definindo Cor do Primeiro Plano Regulagem

Leia mais

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida Ministério Público Ministério Público Guia de Consulta Rápida Versão 3 (Outubro de 2009) - 1 - ÍNDICE 1. ACEDER AO CITIUS MINISTÉRIO PÚBLICO... 4 2. BARRA DE TAREFAS:... 4 3. CONFIGURAR O PERFIL DO UTILIZADOR...

Leia mais

Índice Apresentando o software Programa aberto Criando nova animação Trabalhando as animações Ferramentas Abrir uma figura como animação

Índice Apresentando o software Programa aberto Criando nova animação Trabalhando as animações Ferramentas Abrir uma figura como animação Apostila Índice Apresentando o software...o que são GIF s animadas Programa aberto 2 Criando nova animação 3 Trabalhando as animações 3 Ferramentas 4 Abrir uma figura como animação 5 Barras de ferramentas

Leia mais

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho Outlook 2003 Nivel 1 Objectivos gerais Enviar e Responder a mensagens de correio electrónico, e gestão de contactos, marcação de compromissos e trabalhar com notas. Objectivos específicos Começar a trabalhar

Leia mais

Por Günther Natusch Desenvolvido para o Projeto Aprendi NESTA-UFRGS/Petrobrás Cultural

Por Günther Natusch Desenvolvido para o Projeto Aprendi NESTA-UFRGS/Petrobrás Cultural TUTORIAL BÁSICO DE GIMP 2.2 Por Günther Natusch Desenvolvido para o Projeto Aprendi NESTA-UFRGS/Petrobrás Cultural Introdução: O programa gráfico GIMP - The GNU Image Manipulation Program - foi desenvolvido

Leia mais

Quadro Interactivo GUIÃO DE APOIO

Quadro Interactivo GUIÃO DE APOIO Quadro Interactivo GUIÃO DE APOIO Para o correcto funcionamento do Quadro Interactivo é necessário: Quadro Interactivo; Projector de Vídeo; Software específico (ActivInspire); Caneta ActivPen. 1 CALIBRAÇÃO

Leia mais

18-10-2009. Microsoft Office 2007 Processador de texto. UFCD 3772 Informática na óptica do utilizador fundamentos. Formadora: Sónia Rodrigues

18-10-2009. Microsoft Office 2007 Processador de texto. UFCD 3772 Informática na óptica do utilizador fundamentos. Formadora: Sónia Rodrigues Objectivos da UFCD: Utilizar um processador de texto. Pesquisar informação na. Utilizar uma aplicação de correio electrónico. UFCD 3772 Informática na óptica do utilizador fundamentos Duração: 25 Horas

Leia mais

Curso de Adobe Illustrator CS4

Curso de Adobe Illustrator CS4 Curso de Adobe Illustrator CS4 Apresentação do Programa O Adobe Illustrator CS4 é um programa de desenho e ilustração vectorial, que coloca à disposição dos profissionais poderosas ferramentas para a concepção

Leia mais

BPstat. manual do utilizador. Banco de Portugal BPstat Estatísticas online Manual do Utilizador 1/24

BPstat. manual do utilizador. Banco de Portugal BPstat Estatísticas online Manual do Utilizador 1/24 BPstat manual do utilizador Banco de Portugal BPstat Estatísticas online Manual do Utilizador 1/24 BANCO DE PORTUGAL Av. Almirante Reis, 71 1150-012 Lisboa www.bportugal.pt Edição Departamento de Estatística

Leia mais

GeoMafra SIG Municipal

GeoMafra SIG Municipal GeoMafra SIG Municipal Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar a

Leia mais

Centro de Competência Entre Mar e Serra. Guia

Centro de Competência Entre Mar e Serra. Guia SMART Notebook Software Guia O Software Notebook permite criar, organizar e guardar notas num quadro interactivo SMART Board (em modo projectado e não-projectado), num computador pessoal e, em seguida,

Leia mais

GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT

GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT Nuno Azevedo 2005/06 ESCOLA BÁSICA B INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT A Janela de apresentação do Programa Barras de menus, padrão e de formatação Área

Leia mais

Tutorial do programa

Tutorial do programa 1 Tutorial do programa I. Guia Rápido 1. Clique no produto. 2. Clique na pasta de imagens. 3. Clique em preenchimento auto. 4. Verificar pedido. 5. Finalizar pedido. 6. Fazer pagamento / Entrega. 7. Fazer

Leia mais

WEB DESIGN ELEMENTOS GRÁFICOS

WEB DESIGN ELEMENTOS GRÁFICOS ELEMENTOS GRÁFICOS Parte 4 José Manuel Russo 2005 24 A Imagem Bitmap (Raster) As imagens digitais ou Bitmap (Raster image do inglês) são desenhadas por um conjunto de pontos quadrangulares Pixel alinhados

Leia mais

Módulo 1 Microsoft Word 2007 ( 4 Horas)

Módulo 1 Microsoft Word 2007 ( 4 Horas) No final deste módulo o formando deverá estar apto a: Enunciar a definição do Microsoft Word 2007; Reconhecer as principais vantagens da utilização; Distinguir as diferentes áreas do ambiente de trabalho

Leia mais

Gabarito. Adobe Photoshop - Essencial. 1 - Ferramenta Pincel (Utilizado para colorir com o tom e tamanho definidos)

Gabarito. Adobe Photoshop - Essencial. 1 - Ferramenta Pincel (Utilizado para colorir com o tom e tamanho definidos) Aula Questão Resposta Introdução ao Adobe Photoshop - N - A área de trabalho do Photoshop pode ser dividida em quatro áreas: Barra Superior, Barra de Ferramentas, Área de Uso e Área das Paletas. - A área

Leia mais

OBJECTIVO Alterar o fundo de uma foto

OBJECTIVO Alterar o fundo de uma foto ICHA OBJECTIVO Alterar o fundo de uma foto O objectivo principal deste exercício consiste em alterar o fundo de uma foto. No final deste exercício o utilizador deverá estar apto a realizar as seguintes

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Oficina de Construção de Páginas Web

Oficina de Construção de Páginas Web COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina de Construção de Páginas Web Criação e Publicação Microsoft FrontPage2002 Guião Elementar 1. Apresentação Geral do programa Programa Competências Básicas em

Leia mais

Digitalização no laboratório da barra de sobredentadura de implantes NobelProcera Implant Bars Overdenture

Digitalização no laboratório da barra de sobredentadura de implantes NobelProcera Implant Bars Overdenture Digitalização no laboratório da barra de sobredentadura de implantes NobelProcera Implant Bars Overdenture Guia Rápido versão 2 Desfrute da melhor eficiência proporcionada pela NobelProcera com a digitalização

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Microsoft PowerPoint 2003

Microsoft PowerPoint 2003 Página 1 de 36 Índice Conteúdo Nº de página Introdução 3 Área de Trabalho 5 Criando uma nova apresentação 7 Guardar Apresentação 8 Inserir Diapositivos 10 Fechar Apresentação 12 Abrindo Documentos 13 Configurar

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME Nenhuma informação do TUTORIAL DO PHOTO- SHOP CS 8.0 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha. Programador: Roberto Oliveira

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

Manual do Utilizador de Software

Manual do Utilizador de Software Manual do Utilizador de Software Brother série QL O conteúdo deste manual e as especificações do produto estão sujeitos a alteração sem aviso prévio. A Brother reserva o direito de alterar sem aviso prévio

Leia mais

HeadMouse. Grupo de Investigação em Robótica. Universidade de Lérida

HeadMouse. Grupo de Investigação em Robótica. Universidade de Lérida HeadMouse Grupo de Investigação em Robótica Universidade de Lérida Manual de utilização e perguntas frequentes O que é o HeadMouse? O HeadMouse é um programa gratuito desenhado para substituir o mouse

Leia mais

IMPRESS Trata-se do software pertencente ao pacote BrOffice.org, seu papel é a criação de apresentações

IMPRESS Trata-se do software pertencente ao pacote BrOffice.org, seu papel é a criação de apresentações IMPRESS Trata-se do software pertencente ao pacote BrOffice.org, seu papel é a criação de apresentações O que é uma Apresentação? É um arquivo em que são exibidos textos, gráficos, imagens, sons e animações,

Leia mais

Windows Live Movie Maker

Windows Live Movie Maker Windows Live Movie Maker Passo-a-passo para Professores Criar um filme com o Windows Live Movie Maker Descarregue o programa 1. Visite o site http://explore.live.com/windows-live-movie-maker e descarregue

Leia mais

Como criar Gif s Animados. - Utilizando o Paint. e o Image Ready

Como criar Gif s Animados. - Utilizando o Paint. e o Image Ready Como criar Gif s Animados - Utilizando o Paint e o Image Ready 2003 O que são gif's? Ora, GIF atende por Graphics Interchange Format e é o tipo de compressão de imagem (não confundir com compressão de

Leia mais

O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS

O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

MICROSOFT PowerPoint 2000 SUMÁRIO

MICROSOFT PowerPoint 2000 SUMÁRIO MICROSOFT PowerPoint 2000 SUMÁRIO 01 - INTRODUÇÃO 02 - INICIANDO O PowerPoint 2000 03 - ASSISTENTE DE AUTOCONTEÚDO 04 - MODELO DE ESTRUTURA 05 - INICIAR COM UM MODELO DE ESTRUTURA 06 - ESCOLHER UM AUTOLAYOUT

Leia mais

20 Aula Digital Manual do Utilizador do Professor

20 Aula Digital Manual do Utilizador do Professor 20 Aula Digital Manual do Utilizador do Professor Versão 1.0 Índice I. Começar a utilizar o 20 Aula Digital... 4 1. Registo... 4 2. Autenticação... 4 2.1. Recuperar palavra-passe... 5 II. Biblioteca...

Leia mais

PAINT SHOP PRO. No mundo do SOLUÇÕES

PAINT SHOP PRO. No mundo do SOLUÇÕES Edição de fotografias SOLUÇÕES No mundo do PAINT SHOP PRO Aprenda a alterar os fundos das suas fotos com muita imaginação. Tudo com o Paint Shop Pro que pode encontrar no CD/DVD deste mês. P n Texto Pedro

Leia mais

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária)

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) /curriculum Julho de 2008 Versão 1.1 1 Introdução O objectivo deste guia é auxiliar o utilizador da Plataforma

Leia mais

PORTUGUÊS. Mesa Digitalizadora. Manual do Utilizador. Windows 2000 / XP / Vista

PORTUGUÊS. Mesa Digitalizadora. Manual do Utilizador. Windows 2000 / XP / Vista Mesa Digitalizadora Manual do Utilizador Windows 2000 / XP / Vista 1 I. Informação Geral 1. Visão Geral Bem-vindo ao mundo das canetas digitais! Irá descobrir que é muito fácil controlar o seu computador

Leia mais

Lista de Contactos. Clique em OK e o Handset Manager transferirá imediatamente a lista telefónica do telemóvel para o PC.

Lista de Contactos. Clique em OK e o Handset Manager transferirá imediatamente a lista telefónica do telemóvel para o PC. Lista de Contactos O Handset Manager a Lista telefónica do seu telemóvel com os Contactos do Outlook/ Outlook Express numa única lista telefónica actualizada. Sincronize a lista telefónica do sei telemóvel

Leia mais