O pensar e a cultura do NT. Jörg Garbers Ms. de Teologia

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O pensar e a cultura do NT. Jörg Garbers Ms. de Teologia"

Transcrição

1 O pensar e a cultura do NT Jörg Garbers Ms. de Teologia

2 Introdução A ligação entre religião e cultura Arquitetura Moda Ritmo do ano Convivência

3 Introdução Conseqüências para o nosso tema Compreender Contextualizar Praticar

4 A Família O Homem Ele é cabeça da família Pai, Senhor e Dono Sacerdote Professor Ele tem a maior autoridade

5 A Família A mulher como mãe Respeitada Abençoada pelos filhos Carregadora de vida Uma mulher sem crianças é uma mulher de desgraça

6 A Família A mulher na sociedade Depreciação Separadas dos homens nos cultos Suspeitas de bruxaria Mulheres, escravos, crianças Rabi Juda ben Elai: Três agradecimentos deveriam ser ditos todo dia: Exaltado é aquele que não me fez como gentio, exaltado é aquele que não me fez como mulher, exaltado é aquele que não me fez como pessoa que não sabe nada.

7 A Família A mulher na sociedade Não recebe a tora Não pode ser testemunha O direito dela é representado através do pai ou do marido A viúva não tem proteção e direitos Não pode comprar escravos É desalojada da vida pública É vista como sedutora ou apenas ser sexual É vista sob as categorias: puro e impuro A razão de viver: Dar luz à crianças Ester e Judite mostram que tinha mulheres que foram respeitadas além da sua posição como mãe. Pode ser que no interior e nas famílias ricas mais helenizadas a situação da mulher era um pouco mais liberal

8 Festas Dia da expiação Data: Dez dias depois do ano novo. Motivo: Recepção das novas tábuas Circuncisão de Abraão Significado: Perdão dos pecados. Recepção de um novo coração. Costumes: É o grande dia do sumo sacerdote. Três sacrifícios principais eram feitos. Neste dia os judeus jejuaram. O dia era chamado "o grande jejum Era proibido: lavar, relação íntima, ungir e vestir as sandálias.

9 Festas Páscoa Data: 14 dias depois da primeira lua cheia após a primavera. Os sete dias seguintes também se chamaram páscoa. Era a festa dos pães ázimos. Motivo: Êxodo de Egito do povo de Israel ( a.c.) Significado: Lembrar da ação de Deus no momento do Êxodo. Testemunhar que Deus é o Deus da história. Costumes: Uma ceia de pelo menos 10 pessoas Contar a história do Êxodo Tinha muitos peregrinos Comer uma ovelha inteira A ovelha tinha que ser matado em Jerusalém. Vinho / ervas / mus de frutas / pão / canela

10 Festas Sábado Data: Sétimo dia da semana. Motivo: Deus descansou Lembrança da escravidão Significado: Sinal de identificação Caso Israel cumpre 2 vezes os mandamentos do sábado: O Messias chegará. Costumes: Começa com toques de trombetas Descanso, vestir roupas boas Acender a vela e janta Culto 39 proibições É proibido jejuar

11 O Templo

12 A Economia Agricultura A agricultura fez parte de toda região Trigo é plantado nas regiões baixas e planas A região de Judá não permitiu plantar frutos do campo Na região de Jerusalém e Judá cresceram vinho, azeitona e figos Animais etc. encontramos na maioria no lado leste do Jordão ou no litoral O mar de Galiléia ofereceu peixes

13 A Economia Profissão e mercado Os artesãos eram respeitados Existiam vários tipos: Sapateiro / Costureiro / Escritor / Construtor etc. Algumas profissões eram consideradas como impuras ou fraudulentas: Guia de burros e camelos / Carroceiro / Pastores / Médicos / Cobradores / Atores / Marinheiros O templo era o maior empregador Palestina não tinha muitas riquezas naturais, a importação sempre era importante As ruas eram perigosas Existiam muitos pontos de alfândega A base da mercadoria era a troca de bens Palestina tinha no máximo habitantes Palestina não podia dar emprego e sustento para todos Existia desemprego e emigração

14 A jurisdição O direito nos tempos de Jesus Menores delitos: Julgados por um único juiz (Rabi) Delitos maiores: Julgados por três juízes Delitos capitais: Julgados por sinédriosque tinham 23 membros A maior jurisdição tinha o sinédrio em Jerusalém Formado de 72 pessoas Tinha 3 grupos no sinédrio: Sumo-sacerdotecom os seus colaboradores / Pessoas da nobreza / Fariseus O sinédrioera a administração do templo e maior jurisdição

15 O pensar e a cultura do NT

A VIDA DIÁRIA NA ÉPOCA DE JESUS

A VIDA DIÁRIA NA ÉPOCA DE JESUS A VIDA DIÁRIA NA ÉPOCA DE JESUS Família Costumes Festas Economia Jörg Garbers A vida diária nos tempos de Jesus: Introdução A ligação entre religião e cultura Arquitetura Moda Ritmo do ano Convivência

Leia mais

1ª Leitura - Gn 1,20-2,4a

1ª Leitura - Gn 1,20-2,4a 1ª Leitura - Gn 1,20-2,4a Façamos o homem à nossa imagem e segundo a nossa semelhança. Leitura do Livro do Gênesis 1,20-2,4a 20Deus disse: 'Fervilhem as águas de seres animados de vida e voem pássaros

Leia mais

O Movimento de Jesus

O Movimento de Jesus O Movimento de Jesus Tudo começou na Galiléia Quando Jesus começou a percorrer a Palestina, indo das aldeias às cidades, anunciando a Boa Nova do Evangelho, o povo trabalhador ia atrás dele. A fama de

Leia mais

Como funcionava a sociedade no tempo de Jesus

Como funcionava a sociedade no tempo de Jesus Bíblia: Sociedade no tempo de Jesus e sua proposta Como funcionava a sociedade no tempo de Jesus A LEI: Instrumento de dominação Sexta parte A Lei do sábado era muito rigorosa. Não se podia fazer nada,

Leia mais

GRUPOS NO JUDAISMO NA ÉPOCA DE JESUS

GRUPOS NO JUDAISMO NA ÉPOCA DE JESUS Jörg Garbers GRUPOS NO JUDAISMO NA ÉPOCA DE JESUS ORIGEM CARACTERÍSTICAS CONCEITOS RELIGIOSOS 1 FARISEUS 1.1 O NOME O nome fariseu provavelmente significa, os que se separam, os separados. O nome já expressa

Leia mais

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ http://cachorritosdelsenor.blogspot.com/ A páscoa Volume 29 Escola: Nome : Professor (a): Data : / / 11 Ola Filhotes, vocês sabem o que é páscoa e quando ela começou?

Leia mais

As festas judaicas acontecem no ritmo das estações,

As festas judaicas acontecem no ritmo das estações, No que diz respeito à moral judaica, há uma concepção profundamente otimista e unitária do homem, porque Deus só pode tê-lo criado livre e responsável. Mas a relação homem-deus pode ser rompida: isso é

Leia mais

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros.

O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. O Antigo Testamento tem como seus primeiros livros a TORÀ, ou Livro das leis. É um conjunto de 5 livros. A Torá é o texto mais importante para o Judaísmo. Nele se encontram os Mandamentos, dados diretamente

Leia mais

Porque Deus mandou construir o tabernáculo?

Porque Deus mandou construir o tabernáculo? Aula 39 Área da Adoração Êxodo 19:5~6 Qual o significado de: vós me sereis reino sacerdotal? Significa que toda a nação, não parte, me sereis reino sacerdotal, povo santo, nação santa. Israel era uma nação

Leia mais

Aulas 6 e 7. A Antiguidade Oriental

Aulas 6 e 7. A Antiguidade Oriental Aulas 6 e 7 A Antiguidade Oriental Hebreus (Monoteísmo e judaísmo) III- I- Local: Economia: região da agricultura, Palestina pastoreio ( Canaã (rio ou Jordão) terra prometida ). e comércio Atualmente:

Leia mais

O povo da Bíblia HEBREUS

O povo da Bíblia HEBREUS O povo da Bíblia HEBREUS A FORMAÇÃO HEBRAICA Os hebreus eram pastores nômades que se organizavam em tribos lideradas por chefes de família denominado patriarca. Principais patriarcas: Abraão, Jacó e Isaac.

Leia mais

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP Êxodo! DATA: 1445 a.c.; na caminhada pelo deserto do Sinai. NOME: No hebraico Shemot, nomes, e no grego Êxodo,

Leia mais

Introdução ao Evangelho

Introdução ao Evangelho Introdução ao Evangelho CENTRO ESPÍRITA ISMAEL DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO CURSO DE INTRODUÇÃO AO EVANGELHO AULA 6 OS POVOS HEBREU E JUDEU Diáspora (dispersão) De acordo com a Moderna Historia,

Leia mais

Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES

Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

A VIDA DIÁRIA NA ÉPOCA DE JESUS

A VIDA DIÁRIA NA ÉPOCA DE JESUS Jörg Garbers A VIDA DIÁRIA NA ÉPOCA DE JESUS FAMÍLIA - COSTUMES RELIGIÃO - ECONOMIA 1 INTRODUÇÃO A cultura da época de Jesus é bem diferente da nossa. Jesus estava inserido na cultura da sua época. Do

Leia mais

O povo judeu e sua religião

O povo judeu e sua religião A Vida de JESUS O povo judeu e sua religião O POVO JUDEU Religião Deus e o relacionamento com o homem O Tabernáculo A Arca da Aliança O Templo As Escrituras As Sinagogas Grupos religiosos O POVO JUDEU

Leia mais

Pérsia, fenícia e palestina

Pérsia, fenícia e palestina Pérsia, fenícia e palestina Região desértica Atuais estados de Israel e Palestina Vários povos (semitas) estabelecidos no curso do Rio Jordão Palestina Hebreus (Palestina) Um dos povos semitas (cananeus,

Leia mais

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO SERIEDADE NA PALAVRA CURSO BÁSICO DE TEOLOGIA MÓDULO I 1º SEMESTRE DE 2015 INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO PR. ROGÉRIO DE ANDRADE CHAGAS Introdução ao Novo Testamento. A nossa aula introduzirá a parte histórica

Leia mais

A Cura de Naamã - O Comandante do Exército da Síria

A Cura de Naamã - O Comandante do Exército da Síria A Cura de Naamã - O Comandante do Exército da Síria Samaria: Era a Capital do Reino de Israel O Reino do Norte, era formado pelas 10 tribos de Israel, 10 filhos de Jacó. Samaria ficava a 67 KM de Jerusalém,

Leia mais

QUEM É JESUS. Paschoal Piragine Jr 1 31/08/2015

QUEM É JESUS. Paschoal Piragine Jr 1 31/08/2015 1 QUEM É JESUS Jo 1 26 Respondeu João: Eu batizo com água, mas entre vocês está alguém que vocês não conhecem. 27 Ele é aquele que vem depois de mim, e não sou digno de desamarrar as correias de suas sandálias

Leia mais

Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio

Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio FB MED, M3, 3 ANO, ANUAL, INTENSIVO Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio Todavia, eu sou o SENHOR teu Deus desde a terra do Egito; portanto não reconhecerás outro deus além de mim, porque não há Salvador

Leia mais

O PLANO CONTRA LÁZARO

O PLANO CONTRA LÁZARO João 12 Nesta Lição Estudará... Jesus em Betânia O Plano Contra Lázaro Jesus Entra em Jerusalém Alguns Gregos Vão Ver Jesus Anuncia a Sua Morte Os Judeus Não Crêem As Palavras de Jesus Como Juiz JESUS

Leia mais

No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! SÉRIE: QUEM É JESUS? Jesus é o Cordeiro de Deus Data: / 09 / 2010 - Semana 4. No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! 1 / 7 1)

Leia mais

o amor andou entre nós

o amor andou entre nós o amor andou entre nós Amados, amemo-nos uns aos outros, pois o amor procede de Deus. Aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. 1 João 4:7-11

Leia mais

ESBOÇO DO EVANGELHO DE MATEUS

ESBOÇO DO EVANGELHO DE MATEUS Esboço do Evangelho de Mateus 1 ESBOÇO DO EVANGELHO DE MATEUS FILIPE DUNAWAY I. Prólogo (Mt 1.1 2.23). A. A genealogia messiânica de Jesus (1.1-17). B. O nascimento de Jesus Cristo, o filho de Davi e Deus

Leia mais

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO

SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO Quinta-feira depois da Santíssima Trindade ou no Domingo seguinte SANTÍSSIMO CORPO E SANGUE DE CRISTO Solenidade LEITURA I Ex 24, 3-8 «Este é o sangue da aliança que Deus firmou convosco» Leitura do Livro

Leia mais

AS FESTAS JUDAÍCAS E AS COISAS QUE HÃO DE VIR

AS FESTAS JUDAÍCAS E AS COISAS QUE HÃO DE VIR 1 AS FESTAS JUDAÍCAS E AS COISAS QUE HÃO DE VIR As festas judaicas trazem uma simbologia com respeito às coisas espirituais, especialmente as vindouras. À primeira vista estas festas seriam apenas comemorativas,

Leia mais

BATISMO HISTÓRIA E SIGNIFICADO

BATISMO HISTÓRIA E SIGNIFICADO BATISMO HISTÓRIA E SIGNIFICADO 1 INTRODUÇÃO Jesus mandou seus discípulos: Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a

Leia mais

Nascimento e infância de Jesus

Nascimento e infância de Jesus FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa I Religião à Luz do Espiritismo Tomo I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 1 Nascimento e infância

Leia mais

JESUS CRISTO: o seu tempo e a sua mensagem

JESUS CRISTO: o seu tempo e a sua mensagem Jesus Cristo: JESUS CRISTO: o seu tempo e a sua mensagem 1 1. O país de Jesus. No tempo de Jesus a Palestina estava dividida em 5 regiões: Galileia; Samaria; Decápolis; Judeia; Pereia. Politicamente estava

Leia mais

GANHADO O MUNDO SEM PERDER A FAMILIA

GANHADO O MUNDO SEM PERDER A FAMILIA TEXTO: 1 SAMUEL CAPITULO 3 HOJE NÃO É SOBRE SAMUEL QUE VAMOS CONHECER, SABEMOS QUE SAMUEL foi o último dos juízes e o primeiro dos profetas. Ele foi comissionado para ungir asaul, o primeiro rei, e a David,

Leia mais

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ O BATISMO DO SENHOR JESUS CRISTO E O COMEÇO DE SEU MINIST ÉRIO Volume 03 Escola: Nome : Professor (a): Data : / / 5) VAMOS BRINCAR DE FORCA? Marque com um x na letra

Leia mais

Pr. Ademilson Ribeiro Presidente do Ministério Graça Plena

Pr. Ademilson Ribeiro Presidente do Ministério Graça Plena Pr. Ademilson Ribeiro Presidente do Ministério Graça Plena Texto: (2º cor 9.6) "Celebrai com júbilo ao Senhor" Introdução Ao completar dez anos (10) de existência, o Ministério Graça Plena chega em 2014,

Leia mais

O NOVO NASCIMENTO. Texto base: Jo 3: 1 a 21

O NOVO NASCIMENTO. Texto base: Jo 3: 1 a 21 O NOVO NASCIMENTO Texto base: Jo 3: 1 a 21 I. INTRODUÇÃO II. QUEM ERA NICODEMOS? Povo de Deus JUDEU MEMBRO DO SINÉDRIO FARISEU COM POSSES Instruído na Lei de Deus e Tradição Oral. Conhecido por ser puro,

Leia mais

A n é s i o R o d r i g u e s

A n é s i o R o d r i g u e s A n é s i o R o d r i g u e s 1 Pedro 2:9-17 Os Judaizantes de Hoje Eu me recuso a rejeitar a graça de Deus. Pois, se é por meio da lei que as pessoas são aceitas por Deus, então a morte de Cristo não

Leia mais

OS LEVITAS Dicionário Internacional de Teologia Novo Testamento,

OS LEVITAS Dicionário Internacional de Teologia Novo Testamento, OS LEVITAS Vamos ao um breve estudo sobre os levitas, que há muito tempo, nas igrejas evangélicas e até mesmo nos templos católicos, é um título dado aos instrumentistas e cantores. Biblicamente falando,

Leia mais

1- INTRODUÇÃO. A história da vida de Jesus Cristo encontra-se em toda Bíblia. VT Jesus em profecia NT Jesus histórico

1- INTRODUÇÃO. A história da vida de Jesus Cristo encontra-se em toda Bíblia. VT Jesus em profecia NT Jesus histórico Vida de Cristo 1- INTRODUÇÃO A história da vida de Jesus Cristo encontra-se em toda Bíblia. VT Jesus em profecia NT Jesus histórico Entre o VT e o NT 400 anos de silêncio. No tempo de Jesus a Judéia estava

Leia mais

segunda-feira, 20 de agosto de 12

segunda-feira, 20 de agosto de 12 o perigo: abordagens contemporâneas (remakes) Sempre e sempre, de novo, a figura de Jesus tem sido terrivelmente amputada a fim de adaptar-se ao gosto de cada geração. Durante toda a história da igreja

Leia mais

Catequese sobre José O pai adoptivo de Jesus

Catequese sobre José O pai adoptivo de Jesus Catequese sobre José O pai adoptivo de Jesus S. José modelo e protector de todos os pais materialdecatequese.webnode.pt 1 A terra de José (Mapa) O seu país era a Palestina e a aldeia onde morava chamava-se

Leia mais

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO 25-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Como se deu a entrada messiânica em Jerusalém? No tempo estabelecido,

Leia mais

Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano

Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano Professor Sebastião Abiceu Colégio Marista São José Montes Claros MG 6º ano A Bíblia, na parte denominada Antigo Testamento (Torá), é o principal documento da história dos hebreus. Foi escrita ao longo

Leia mais

O NASCIMENTO DE JESUS

O NASCIMENTO DE JESUS Bíblia para crianças apresenta O NASCIMENTO DE JESUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:M. Maillot Adaptado por: E. Frischbutter; Sarah S. O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da

Leia mais

O JULGAMENTO DE CRISTO

O JULGAMENTO DE CRISTO Por Constantino Ferreira O JULGAMENTO DE CRISTO O julgamento de Cristo teve dois aspectos processados em seis partes, três religiosas e três civis, entre a uma e as sete horas. 1. Jesus foi interrogado

Leia mais

Nasce uma nova Igreja

Nasce uma nova Igreja Nasce uma nova Igreja O Livro dos Atos dos Apóstolos é a segunda parte do Evangelho de São Lucas. No Evangelho, Lucas apresenta a vida e a atividade terrena de Jesus como a grande viagem que vai da Galiléia

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula III - O Judaísmo

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula III - O Judaísmo IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula III - O Judaísmo CARACTERÍSTICAS GERAIS O judaísmo é essencial ao entendimento do Novo Testamento: Todos os livros

Leia mais

www.linkchurch.net É o que vamos fazer rapidamente sem nos atermos muito a datas e nomes de pessoas.

www.linkchurch.net É o que vamos fazer rapidamente sem nos atermos muito a datas e nomes de pessoas. www.linkchurch.net Todo estudo deste Periodo tem e será fundamentado em fatos históricos. Não ha registro na Biblia deste periodo, muitas literaturas sacras surgiram neste periodo mas foram consideradas

Leia mais

CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICAS

CIVILIZAÇÕES MESOPOTÂMICAS 25 MESOPOTÂMIA: REGIÃO ENTRE DOIS RIOS (GREGO) 1. Sumérios e Acádios (antes de 2000 a. C) - Cidades Estados - Religião politeísta cada cidade possuía um Deus principal - A terra era dos deuses - Trabalhavam

Leia mais

A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA

A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA Ap 21.9-11 - E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das sete últimas pragas, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro.10

Leia mais

Assunto: Estudo das várias leis que estavam em operação no tempo de Cristo. 1) Lei Romana = Lei que os cidadãos obedeciam

Assunto: Estudo das várias leis que estavam em operação no tempo de Cristo. 1) Lei Romana = Lei que os cidadãos obedeciam Lição 1 Leis no tempo de Cristo Assunto: Estudo das várias leis que estavam em operação no tempo de Cristo 1) Lei Romana = Lei que os cidadãos obedeciam 2) Lei Civil do A.T. = Tinha a ver com os costumes

Leia mais

Moisés Bezerril OS CINCO PONTOS DO CALVINISMO NO PERÍODO MOSAICO. Artigos Digitais. Os uritanos

Moisés Bezerril OS CINCO PONTOS DO CALVINISMO NO PERÍODO MOSAICO. Artigos Digitais. Os uritanos Moisés Bezerril OS CINCO PONTOS DO CALVINISMO NO PERÍODO MOSAICO Artigos Digitais Os uritanos Os Cinco Pontos do Calvinismo no Período Mosaico 2012, Editora os Puritanos/Clire 1ª Edição em Português dezembro

Leia mais

A LIÇÃO DAS GENEALOGIAS

A LIÇÃO DAS GENEALOGIAS A LIÇÃO DAS GENEALOGIAS Gn 5 1 Esta é a lista dos descendentes de Adão. Quando criou os seres humanos, Deus os fez parecidos com ele. 2 Deus os criou homem e mulher, e os abençoou, e lhes deu o nome de

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI

Bíblia para crianças. apresenta O SÁBIO REI Bíblia para crianças apresenta O SÁBIO REI SALOMÃO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

IV Domingo do Advento (Ano B) EVANGELHO Lc 1,26-38. «Eis a escrava do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra»

IV Domingo do Advento (Ano B) EVANGELHO Lc 1,26-38. «Eis a escrava do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra» segundo a tua palavra» Ambiente: O Evangelho que nos é hoje proposto deve ser entendido a esta luz: não interessa, pois, estar aqui à procura de factos históricos; interessa, sobretudo, perceber o que

Leia mais

Mais um ano está começando... Tempo de pensar no que passou Avaliar. Tempo de pensar no que virá Planejar

Mais um ano está começando... Tempo de pensar no que passou Avaliar. Tempo de pensar no que virá Planejar Mais um ano está começando... Tempo de pensar no que passou Avaliar Tempo de pensar no que virá Planejar Hámomentos em nossa vida em que temos duas opções: Desistir Recomeçar Quando a VIDA decepciona João

Leia mais

Historicismo. Cumprimento Contínuo

Historicismo. Cumprimento Contínuo Historicismo Cumprimento Contínuo Tempo do profeta 2º Advento Preterismo Cumprimento dentro dos limites do 1º Advento 2º Advento Daniel Apocalipse Nenhum cumprimento nos dias de hoje Futurismo 1º Advento

Leia mais

sumário 1. rumo ao SINAI... 3 3. rebelião no deserto... 31 4. o deserto ouve... 46 5. jericó... 62

sumário 1. rumo ao SINAI... 3 3. rebelião no deserto... 31 4. o deserto ouve... 46 5. jericó... 62 sumário 1. rumo ao SINAI... 3 2. os mandamentos... 14 3. rebelião no deserto... 31 4. o deserto ouve... 46 5. jericó... 62 6. israel avança... 78 7. o cântico de débora... 95 8. gideão, o guerreiro...

Leia mais

A Antiguidade Oriental Hebreus

A Antiguidade Oriental Hebreus A Antiguidade Oriental Hebreus (Monoteísmo e judaísmo) Mar Mediterrâneo Delta do Nilo Egito NASA Photo EBibleTeacher.com Península nsula do Sinai Mt. Sinai Mar Vermelho Canaã Tradicional Rota do Êxodo

Leia mais

IIIDomingo Tempo Pascal- ANO A «..Ficai connosco, Senhor, porque o dia está a terminar e vem caindo a noite

IIIDomingo Tempo Pascal- ANO A «..Ficai connosco, Senhor, porque o dia está a terminar e vem caindo a noite Ambiente: Os comentadores destacaram, muitas vezes, a intenção teológica deste relato. Que é que isto significa? Significa que não estamos diante de uma reportagem jornalística de uma viagem geográfica,

Leia mais

O ANO NOVO SEGUNDO A BÍBLIA. Números 10: 10

O ANO NOVO SEGUNDO A BÍBLIA. Números 10: 10 O ANO NOVO SEGUNDO A BÍBLIA Números 10: 10 Semelhantemente, no dia da vossa alegria e nas vossas solenidades, e nos princípios de vossos meses, também tocareis as trombetas sobre os vossos holocaustos,

Leia mais

Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA

Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2013 Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA Série: 1ª Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Linha do tempo. A História é a grande mestra. Aprendamos dela! Importa saber ler

Linha do tempo. A História é a grande mestra. Aprendamos dela! Importa saber ler Linha do tempo A História é a grande mestra Aprendamos dela! Importa saber ler 1 Como ler a História Linha reta: tudo já está determinado. Não há participação, nem liberdade Círculo: tudo se repete. O

Leia mais

JOÁS, O MENINO REI Lição 65. 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo.

JOÁS, O MENINO REI Lição 65. 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo. JOÁS, O MENINO REI Lição 65 1 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo. 2. Lição Bíblica: 2 Reis 11; 2 Crônicas 24.1-24 (Base bíblica para a história

Leia mais

LIVRO INFANTIL PARA COLORIR

LIVRO INFANTIL PARA COLORIR LIVRO INFANTIL PARA COLORIR Este livro foi formulado de tal maneira que os pais podem interagir e ensinar seus filhos a Palavra de Deus. Colorindo uma página por dia, e preenchendo as frases que acompanham

Leia mais

ÊXODO INTRODUÇÃO TEOLOGIA 1 INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 NOME DO LIVRO 1.2 CONTEÚDO 1.3 CRONOLOGIA. Jörg Garbers

ÊXODO INTRODUÇÃO TEOLOGIA 1 INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 NOME DO LIVRO 1.2 CONTEÚDO 1.3 CRONOLOGIA. Jörg Garbers Jörg Garbers ÊXODO INTRODUÇÃO TEOLOGIA 1 INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 NOME DO LIVRO O nome do livro vem da palavra grega "êxodo", que significa saída. 1.2 CONTEÚDO Podemos dividir o livro em cinco partes: 1-18

Leia mais

A gente tenta acertar, mas o que conseguimos é VERGONHA DECEPÇÃO CULPA MEDO

A gente tenta acertar, mas o que conseguimos é VERGONHA DECEPÇÃO CULPA MEDO A gente tenta acertar, mas o que conseguimos é VERGONHA DECEPÇÃO CULPA MEDO ÁGUA QUE PURIFICA Água como ilustração para purificação Pilatos lavou as mãos Os fariseus lavam as mãos O cego lavou os olhos

Leia mais

Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO.

Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO. Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO. TEXTO: 1 Entrando em Jericó, atravessava Jesus a cidade. 2 Eis que um homem, chamado Zaqueu, maioral dos publicanos e rico, 3 procurava ver

Leia mais

O DESCANSO. Coloque o descanso na sua agenda

O DESCANSO. Coloque o descanso na sua agenda O DESCANSO Coloque o descanso na sua agenda Lembra-te do dia de sábado, para santificá-lo. Trabalharás seis dias e neles farás todos os teus trabalhos, mas o sétimo dia é o sábado dedicado ao Senhor, o

Leia mais

O Espírito de Religiosidade

O Espírito de Religiosidade O Espírito de Religiosidade Pr. Alcione Emerich Como vive um Cristão Salvo contaminado ou infectado pelo Espírito de Religiosidade Hoje será um Culto de Libertação, vamos quebrar esta maldição em nossas

Leia mais

Grandes coisas fez o Senhor!

Grandes coisas fez o Senhor! Grandes coisas fez o Senhor! Sl 126:3 "Grandes coisas fez o Senhor por nós, e, por isso, estamos alegres." Este Salmo é um cântico cheio de alegria que se refere ao retorno do povo judeu do cativeiro babilônico,

Leia mais

Mensagem de 20/02/2011 Pr. Jacson Andrioli

Mensagem de 20/02/2011 Pr. Jacson Andrioli Mensagem de 20/02/2011 Pr. Jacson Andrioli A Oração de Simeão Lucas 2.29-32 Esperando o cumprimento de uma promessa de Deus. (((Ler Texto de Lucas 2.25-35))) Texto chave v. 29-32 sua oração Quem foi Simeão?

Leia mais

HISTÓRIA 7 O ANO FUNDAMENTAL. PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA

HISTÓRIA 7 O ANO FUNDAMENTAL. PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA 7 O ANO FUNDAMENTAL PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA Unidade III Cidadania e Movimentos Sociais Aula 14.2 Conteúdos Os maias Os incas 2 Habilidades Conhecer as principais características

Leia mais

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar:

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: Meditação Crianças de 7 a 9 anos NOME:DATA: 03/03/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: 1 - O Espírito de Deus me fez; o sopro do Todo-poderoso me dá vida. (Jó 33:4) 2-

Leia mais

Obs.: José recebeu em sonho a visita de um anjo que lhe disse que seu filho deveria se chamar Jesus.

Obs.: José recebeu em sonho a visita de um anjo que lhe disse que seu filho deveria se chamar Jesus. Anexo 2 Primeiro momento: contar a vida de Jesus até os 12 anos de idade. Utilizamos os tópicos abaixo. As palavras em negrito, perguntamos se eles sabiam o que significava. Tópicos: 1 - Maria e José moravam

Leia mais

Um pouco mais de história

Um pouco mais de história Um pouco mais de história Narrativa bíblica De acordo com João, este milagre ocorreu perto da "Porta das Ovelhas", perto de uma fonte ou "piscina" que é chamada de Betesda em aramaico. Ali costumava juntar

Leia mais

Apresentação do Projeto Apresentamos aqui, numa forma didática e moderna o projeto:

Apresentação do Projeto Apresentamos aqui, numa forma didática e moderna o projeto: Apresentação do Projeto Apresentamos aqui, numa forma didática e moderna o projeto: A Sociedade no tempo de Jesus e sua Proposta Este é um trabalho com vários anos de experiências com grupos diferentes

Leia mais

Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.

Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. PRIMEIRA LEI ESPIRITUAL: O AMOR DE DEUS TEXTO: João 3:16 Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Jo 3:16 1 Qual

Leia mais

Roteiro 3 João Batista, o precursor

Roteiro 3 João Batista, o precursor FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro 1 Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 3 João Batista, o precursor Objetivo Identificar a missão de João

Leia mais

A VIDA DO REI SALOMÃO

A VIDA DO REI SALOMÃO Momento com Deus Crianças de 07 a 08 anos NOME: DATA: 17/08//2014 A VIDA DO REI SALOMÃO Versículos para Decorar: 1 - Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente,

Leia mais

SUMÁRIO. Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21

SUMÁRIO. Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21 SUMÁRIO NARRATIVA TEXTOS PÁG Prefácio 09 Introdução 11 Agradecimentos 13 Apresentação 15 Cronologia do Velho Testamento 21 Gráfico: A Integração dos Livros do Velho Testamento em Ordem Cronológica Gráfico:

Leia mais

Filho de Zebedeu. Irmão de Tiago. João 21:20-24 descreve o autor como sendo "o discípulo que Jesus amava Filhos do trovão; Marcos 3:17

Filho de Zebedeu. Irmão de Tiago. João 21:20-24 descreve o autor como sendo o discípulo que Jesus amava Filhos do trovão; Marcos 3:17 Aula 4 05/11/2014 Filho de Zebedeu Irmão de Tiago João 21:20-24 descreve o autor como sendo "o discípulo que Jesus amava Filhos do trovão; Marcos 3:17 João provavelmente morava em Betsaida, na Galileia

Leia mais

De um Povo Heróico O Brado Retumbante

De um Povo Heróico O Brado Retumbante De um Povo Heróico O Brado Retumbante De um Povo Heróico O Brado Retumbante Cristianismo e Resp. Social Sabedoria Bíblica e Responsabilidade Social Quando vocês estiverem fazendo a colheita da sua lavoura

Leia mais

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus

FEB EADE - Livro III - Módulo II Roteiro 2 A autoridade de Jesus OBJETIVOS 1) Analisar em que se resume a autoridade do Cristo. 2) Esclarecer como o Espiritismo explica essa autoridade. IDEIAS PRINCIPAIS 1) Sob a autoridade moral do Cristo, somos guiados na busca pela

Leia mais

1º VESTIBULAR BÍBLICO DA UMADUP. Livro de João

1º VESTIBULAR BÍBLICO DA UMADUP. Livro de João Upanema/RN, 03 de Agosto de 2013 1º VESTIBULAR BÍBLICO DA Livro de João Leia com atenção as instruções abaixo: 1. Verifique se o caderno de prova contém 30 (trinta) questões. Em caso negativo, comunique

Leia mais

EVANGELHO Mt 22,1-14 «.Na verdade, muitos são os chamados, mas poucos os escolhidos.».

EVANGELHO Mt 22,1-14 «.Na verdade, muitos são os chamados, mas poucos os escolhidos.». «.Na verdade, muitos são os chamados, mas poucos os escolhidos.». Ambiente: Continuamos em Jerusalém, nos dias que antecedem a Páscoa. Os dirigentes religiosos judeus aumentam a pressão sobre Jesus. Instalados

Leia mais

UM FORTE HOMEM DE DEUS

UM FORTE HOMEM DE DEUS Bíblia para crianças apresenta SANSÃO, UM FORTE HOMEM DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Lyn Doerksen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia

Leia mais

REIS BONS E REIS MAUS

REIS BONS E REIS MAUS Bíblia para crianças apresenta REIS BONS E REIS MAUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 16 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 16 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 16 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) II CICLO B IDADES: 09/10 1. TEMA: João Batista, precursor de Jesus. PLANO DE AULA 2. OBJETIVO:

Leia mais

Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII

Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII Quando, porém, chegou a plenitude do tempo, enviou Deus o seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a Lei,

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

Segundo os Evangelhos, Jesus teria vivido toda sua infância, adolescência e juventude em Nazaré com sua família e com o povo dessa pequena aldeia.

Segundo os Evangelhos, Jesus teria vivido toda sua infância, adolescência e juventude em Nazaré com sua família e com o povo dessa pequena aldeia. Jesus e sua vida Segundo os Evangelhos, Jesus teria vivido toda sua infância, adolescência e juventude em Nazaré com sua família e com o povo dessa pequena aldeia. Seu nascimento foi no meio de muitas

Leia mais

Recapitulando: quaresma. um tempo de olhar pra dentro e para o evangelho. um tempo de preparação para a Páscoa

Recapitulando: quaresma. um tempo de olhar pra dentro e para o evangelho. um tempo de preparação para a Páscoa Recapitulando: quaresma um tempo de preparação para a Páscoa um tempo de olhar pra dentro e para o evangelho Recapitulando: o caminho de Jerusalém Lc 9.51 Lc 19.41 perigos e distrações: esquecer o foco

Leia mais

Estes capítulos introduzem a última série de visões de Ezequiel, nas quais ele vê

Estes capítulos introduzem a última série de visões de Ezequiel, nas quais ele vê Lição 14 Ezequiel Mede o Templo Restaurado (Ezequiel 40:1-42:20) Estes capítulos introduzem a última série de visões de Ezequiel, nas quais ele vê o templo restaurado. Nesta lição, vamos considerar alguns

Leia mais

UM FILHO FAVORITO QUE SE TORNA UM ESCRAVO

UM FILHO FAVORITO QUE SE TORNA UM ESCRAVO Bíblia para crianças apresenta UM FILHO FAVORITO QUE SE TORNA UM ESCRAVO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Byron Unger; Lazarus Adaptado por: M. Kerr; Sarah S. Traduzido por: Judith Menga Produzido

Leia mais

A criação do Homem e a sua relação com Deus segundo as narrativas de Génesis 1 e 2 - A importância da compreensão dos textos antigos, para se poder

A criação do Homem e a sua relação com Deus segundo as narrativas de Génesis 1 e 2 - A importância da compreensão dos textos antigos, para se poder A criação do Homem e a sua relação com Deus segundo as narrativas de Génesis 1 e 2 - A importância da compreensão dos textos antigos, para se poder entender o mundo atual - Génesis 1 e 2 (Citações da A

Leia mais

LIÇÃO 2 O Ensino Cristão É Importante

LIÇÃO 2 O Ensino Cristão É Importante LIÇÃO 2 O Ensino Cristão É Importante Na Lição 1, estudámos sobre o ensino cristão como ministério, assinalando a diferença entre ensinar, pregar e testemunhar. Aprendemos também que Jesus Cristo nos mandou

Leia mais

Decida buscar o Senhor

Decida buscar o Senhor Decida buscar o Senhor Textos bíblicos: 2º Reis 22.8, 10-11; 23.1-3 e 24-25: 8. Então, disse o sumo sacerdote Hilquias ao escrivão Safã: Achei o Livro da Lei na Casa do Senhor. Hilquias entregou o livro

Leia mais

Lição 6 Actos 2, 10, 15, e 21 Epístola aos Gálatas Enxertados

Lição 6 Actos 2, 10, 15, e 21 Epístola aos Gálatas Enxertados Lição 6 Actos 2, 10, 15, e 21 Epístola aos Gálatas Enxertados E uma voz lhe disse: Levanta-te, Pedro, mata e come. 14 Mas Pedro respondeu: De modo nenhum, Senhor, porque nunca comi coisa alguma comum e

Leia mais

AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4.

AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4. AULA 4 O MESSIAS: SATISFAÇÃO DEFINITIVA, ADORAÇÃO VERDADEIRA E EVANGELIZAÇÃO SEM FRONTEIRAS TEMA: A PRIORIDADE DA EVANGELIZAÇÃO TEXTO: JOÃO 4.1-42 INTRODUÇÃO A narrativa da Mulher Samaritana se desenvolve

Leia mais

Igreja Internacional da Graça de Deus

Igreja Internacional da Graça de Deus Igreja Internacional da Graça de Deus 1 O Batismo nas Águas Igreja Internacional da Graça de Deus Fevereiro de 2010 São Paulo - Brasil 2 Nova Vida com Jesus J esus respondeu : - Na verdade, na verdade

Leia mais

Os ídolos do coração

Os ídolos do coração Os ídolos do coração Êxodo 20.1-17 As Dez Palavras 1. E Deus falou todas estas palavras: 2. Eu sou o Senhor, o teu Deus, que te tirou do Egito, da terra da escravidão. 3. Não terás outros deuses além de

Leia mais