Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão ENSINO RELIGIOSO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão ENSINO RELIGIOSO"

Transcrição

1

2 A Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão 2

3 A Habilidades: Identificas as diferenças e semelhanças entre as religiões ocidentais e orientais para aprender a respeitar a diversidade religiosa. 3

4 A Mundo Oriental O divino está presente em tudo. Ele se manifesta em muitas divindades (panteísmo), ou como uma força impessoal que permeia a tudo e a todos. 4

5 A O Hinduismo - índia É a união de diferentes manifestações culturais e religiosas. Os hindus são politeístas (acreditam em vários deuses) 5

6 A O Hinduismo - índia Salienta a unidade do universo em 3 princípios básicos: Dharma ( Verdade), Samsara (vida) e Karma (Ação); 6

7 A Crenças: Respeitar as coisas antigas e a tradição; Acreditar nos livros sagrados(vedas); Crer nas divindades; Confiar nos guias espirituais; Acreditar na existência de encarnações anteriores. 7

8 A Budismo - Índia A filosofia é baseada em verdades: a existência está relacionada a dor, a origem da dor é a falta de conhecimentos e os desejos materiais. 8

9 A Budismo - Índia Para livrar-se da dor, o homem tem oito caminhos a percorrer: compreensão correta, pensamento correto, palavra, ação, modo de vida, esforço, atenção e Meditação. 9

10 A Budismo - Índia Líderes religiosos: Monges, onde raspam a cabeça. Buscam alcançar o Nirvana, que é o objetivo de cada budista. Nirvana é o estágio em que a reencarnação acaba. 10

11 A Budismo - Índia Livro Sagrado Tripitaka significa "três cestas": numa referência às três partes do livro: 11

12 A Budismo - Índia "Vinaya", As regras de conduta, "Sutta", Discursos de Buda. "Abhidhamma", reflexões filosóficas. 12

13 A 1. O que você sabia sobre o Budismo? 2. O que mais lhe chamou atenção na religião Budista? Por que? 13

14 A Tradições Religiosas de Matriz Ocidental Taoísmo - China Religião surgida na China do século II e originária de uma filosofia oriental, conhecida como Tao (caminho). A origem do componente filosófico do taoísmo é atribuída ao filósofo chinês Lao Tse, que viveu no século VI a.c. 14

15 A Taoísmo - China Aspectos da filosofia taoísta: A sabedoria do Tao (caminho) é a única fonte do universo; 15

16 A Taoísmo - China A vida é regida por dois elementos (dualismo): yin (feminino) yang (masculino). Estas duas forças se complementam e não podem existir uma sem a outra. 16

17 A Taoísmo - divindades 17

18 A Os Três deuses - O refúgio 18

19 A Taoísmo - Livro Sagrado Reverenciado como escritura sagrada pelos mistérios que revela, o ensinamento contido neste livro corresponde a uma tradição que integra filosofia, ciência e religião à experiência. 19

20 A Taoísmo - China O ser humano deve buscar o desprendimento do mundo material, não devendo desejar nada. De acordo com o taoísmo, quando um desejo é satisfeito, outro aparece em seu lugar. 20

21 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE 1. O que você sabia sobre o Taoismo? 2. O que mais lhe chamou atenção na religião Taoista? Por que? 21

22 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE Vídeo - A História das Religiões 22

23 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE Mundo Ocidental Deus é o criador; Ele é Todo-Poderoso e é único. O monoteísmo é tipicamente ocidental. 23

24 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE Mundo Oriental O divino está presente em tudo. Ele se manifesta em muitas divindades (panteísmo). 24

25 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE Tradições Religiosas de Matriz Ocidental O Judaismo - Javé Acreditam no Deus vivo, onipotente e justo. Páscoa - Libertação da escravidão do povo judeu no Egito, em 1300 a.c. 25

26 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE Tradições Religiosas de Matriz Ocidental Livro Sagrado Torá (Pentateuco: Gênesis, o Êxodo, o Levítico, os Números e o Deuteronômio). 26

27 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE Tradições Religiosas de Matriz Ocidental O Cristianismo - Jesus Cristo De acordo com a fé cristã, Deus mandou ao mundo seu filho para ser o salvador (Messias) dos homens. 27

28 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE Tradições Religiosas de Matriz Ocidental Ofereceu a possibilidade da salvação e da vida eterna após a morte, a todos aqueles que acreditam em Deus e seguem seus mandamentos. 28

29 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE Tradições Religiosas de Matriz Ocidental O Islamismo - Maomé A expressão islã representa submissão e traduz a obediência às regras e aos desejos de Alá. Os que seguem esta doutrina são conhecidos como muçulmanos os que se submetem a Deus. 29

30 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE Tradições Religiosas de Matriz Ocidental O Hinduismo - Índia É a união de diferentes manifestações culturais e religiosas. Os hindus são politeístas (acreditam em vários deuses) 30

31 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE Tradições Religiosas de Matriz Ocidental Salienta a unidade do universo em 3 princípios básicos: Dharma ( Verdade), Samsara (vida) e Karma (Ação); 31

32 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE Tradições Religiosas de Matriz Ocidental Budismo - Índia O budismo não é só uma religião, mas também um sistema ético e filosófico. Foi criado por Sidarta Gautama (563? a.c.?), também conhecido como Buda. 32

33 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE Tradições Religiosas de Matriz Ocidental Ele é considerado pelos seguidores da religião como sendo um guia espiritual e não um deus. 33

34 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE Tradições Religiosas de Matriz Ocidental Taoísmo - Lao Tse Religião surgida na China do século II e originária de uma filosofia oriental, conhecida como Tao (caminho). 34

35 HOJE EU APRENDI INTERATIVIDADE Por que tantas religiões? 35

EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO

EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II As tradições religiosas e os textos sagrados. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 6.2 Conteúdo: Religiões de matriz Orientais Hinduísmo Índia;

Leia mais

Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES

Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

Web-aula 5. Judaísmo, Cristianismo, Islamismo. José Roberto Bonome

Web-aula 5. Judaísmo, Cristianismo, Islamismo. José Roberto Bonome Web-aula 5 Judaísmo, Cristianismo, Islamismo José Roberto Bonome Pra começo de conversa! Nas diversas sociedades, em tempos remotos, as pessoas tiveram experiências diferentes com o ambiente onde viviam

Leia mais

Aula 7.1 Conteúdo: Textos Sagrados: orais e escritos O que são os textos sagrados? O texto sagrado nas tradições religiosas ENSINO RELIGIOSO

Aula 7.1 Conteúdo: Textos Sagrados: orais e escritos O que são os textos sagrados? O texto sagrado nas tradições religiosas ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 7.1 Conteúdo: Textos Sagrados: orais e escritos O que são os textos sagrados? O texto sagrado nas tradições religiosas 2 CONTEÚDO E HABILIDADES

Leia mais

INTRODUÇÃO Introdução ao Hinduísmo

INTRODUÇÃO Introdução ao Hinduísmo INTRODUÇÃO Introdução ao Hinduísmo Denominação do conjunto de princípios, doutrinas e práticas religiosas que surgiram na Índia, a partir de 2000 a.c. O termo é ocidental e é conhecido pelos seguidores

Leia mais

Roteiro 2 AS RELIGIÕES NÃO CRISTÃS (1)

Roteiro 2 AS RELIGIÕES NÃO CRISTÃS (1) FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo I Antecedentes do Cristianismo Roteiro 2 AS RELIGIÕES NÃO CRISTÃS (1) OBJETIVOS 1. Identificar,

Leia mais

COLÉGIO MARISTA S.LUÍS ENSINO RELIGIOSO PROF.:Francisco Ferreira. Evolução histórica das reflexões sobre a Felicidade

COLÉGIO MARISTA S.LUÍS ENSINO RELIGIOSO PROF.:Francisco Ferreira. Evolução histórica das reflexões sobre a Felicidade COLÉGIO MARISTA S.LUÍS ENSINO RELIGIOSO PROF.:Francisco Ferreira Evolução histórica das reflexões sobre a Felicidade O Bem Pessoal e o Comunitário O que é o Bem? Bem é a qualidade de excelência ética que

Leia mais

EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO

EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade II As tradições religiosas e os textos sagrados. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO

Leia mais

O Budismo começou com a história do príncipe Siddartha Gautama que um dia abandonou: Buda e passou a pregar pelos quatro cantos da

O Budismo começou com a história do príncipe Siddartha Gautama que um dia abandonou: Buda e passou a pregar pelos quatro cantos da BUDISMO O Budismo começou com a história do príncipe p Siddartha Gautama que um dia abandonou: 1. Seu palácio; 2. Sua família 3. Suas riquezas; 4. Seu poder. Para ir em busca da iluminação. Atingiu o estado

Leia mais

Disciplina: Ensino Religioso Professor(a): Rosemary de Souza Gelati

Disciplina: Ensino Religioso Professor(a): Rosemary de Souza Gelati ESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO Disciplina: Ensino Religioso Professor(a): Rosemary de Souza Gelati Paranavaí / / 6º ANO TRADIÇÕES RELIGIOSAS TEXTOS SAGRADOS Se as religiões estão para humanizar

Leia mais

PESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO

PESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO PESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO Disciplina: Ensino Religioso Professor(a): Rosemary de Souza Gelati Paranavaí / / 6º ANO Sois meu refúgio e minha cidadela, meu Deus, em que eu confio (Sl 90,2) OS

Leia mais

INSTITUIÇÕES RELIGIOSAS

INSTITUIÇÕES RELIGIOSAS INSTITUIÇÕES RELIGIOSAS 1 Não interessa responder se a religião é ou não verdadeira; Analisa a religião como fenômeno social. Enfoque da Sociologia 2 Encontrada em todas as sociedades Única que não se

Leia mais

EDUCAÇÃO RELIGIOSA 8º ANO 18 A, B

EDUCAÇÃO RELIGIOSA 8º ANO 18 A, B EDUCAÇÃO RELIGIOSA 8º ANO 18 A, B CONTEÚDOS DO EXAME Autoconhecimento. Relacionamento, amor, formação da identidade e afetividade. Sexualidade na perspectiva religiosa. Campanha da Fraternidade 2015 Práticas

Leia mais

Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio

Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio FB MED, M3, 3 ANO, ANUAL, INTENSIVO Aula 05 - Hebreus Prof. Dawison Sampaio Todavia, eu sou o SENHOR teu Deus desde a terra do Egito; portanto não reconhecerás outro deus além de mim, porque não há Salvador

Leia mais

Leia estas instruções:

Leia estas instruções: Leia estas instruções: 1 2 3 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Caso se identifique em qualquer outro local deste

Leia mais

satyanātha bio Natyam Sadhaka, Hinduism Today o monastério

satyanātha bio Natyam Sadhaka, Hinduism Today o monastério satyanātha bio Satyanātha é um místico nascido no Brasil. Viveu por quase sete anos recluso em um dos mais sagrados monastérios indianos do mundo, o Kauai Aadheenam, um lugar de paz aos pés de um vulcão

Leia mais

4ª. Apostila de Filosofia História da Filosofia: Filosofia Grega: Período Helenístico Filosofia Medieval. Introdução

4ª. Apostila de Filosofia História da Filosofia: Filosofia Grega: Período Helenístico Filosofia Medieval. Introdução 1 4ª. Apostila de Filosofia História da Filosofia: Filosofia Grega: Período Helenístico Filosofia Medieval Introdução O último período da Filosofia Grega é o Helenístico (Sec. III a.c.-vi d.c.). É um período

Leia mais

CURSO: LICENCIATURA EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO EMENTA DAS DISCIPLINAS

CURSO: LICENCIATURA EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO EMENTA DAS DISCIPLINAS CURSO: LICENCIATURA EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO EMENTA DAS DISCIPLINAS PRODUÇÃO E RECEPÇÃO DE TEXTOS Lingüística Textual : Recepção e Produção de Textos Visão Sistemática e Particular. Gêneros e Estruturas

Leia mais

A VISÃO DE SWAMI VIVEKANANDA SOBRE VEDANTA

A VISÃO DE SWAMI VIVEKANANDA SOBRE VEDANTA A VISÃO DE SWAMI VIVEKANANDA SOBRE VEDANTA Swami Tyagananda A visão de Swami Vivekananda a respeito da Vedanta é o seu permanente legado para o pensamento espiritual contemporâneo. Quando o seu trabalho

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO. Símbolos Religiosos

ENSINO RELIGIOSO. Símbolos Religiosos SÍMBOLOS RELIGIOSOS Símbolos são imagens que identificam ou representam algo, como também comunicam de maneira resumida e única, ideias, conceitos, mensagens, avisos, e muito mais. Se analisarmos o nosso

Leia mais

Religião e Espiritualidade

Religião e Espiritualidade Religião e Espiritualidade Há mais coisas entre o céu e a terra do que sonha vossa vã filosofia. Shakespeare A Mudança de Modelos Mentais O que é Religião? O que é espiritualidade? O que é Meditação? Como

Leia mais

O budismo como religião mundial: uma análise sócio-histórica weberiana. Roteiro de Atividades Didáticas

O budismo como religião mundial: uma análise sócio-histórica weberiana. Roteiro de Atividades Didáticas O budismo como religião mundial: uma análise sócio-histórica weberiana Herber Fernandes Pinheiro 2 o semestre/2013 Roteiro de Atividades Didáticas Atividade 1: A história de Sidharta Gautama (Buda) e a

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

Lista de exercícios para pra final de História. 5ª série

Lista de exercícios para pra final de História. 5ª série Lista de exer PROVÍNCIA BRASILEIRA DA CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS FILHAS DA CARIDADE DE SÃO VICENTE DE PAULO COLÉGIO VICENTINO SÃO JOSÉ Rua Pe. José Joaquim Goral, 182 Abranches Curitiba Fone (041) 3355-2200

Leia mais

BUDISMO - A RELIGIÃO DE BUDA: O ILUMINADO 1

BUDISMO - A RELIGIÃO DE BUDA: O ILUMINADO 1 1 BUDISMO - A RELIGIÃO DE BUDA: O ILUMINADO 1 (por ) Ali [em Jesus] estava a luz verdadeira, que ilumina a todo o homem que vem ao mundo (Jo 1.9) O budismo é uma das mais antigas religiões não-cristãs,

Leia mais

Bilhões de estrelas no Universo. Imensidão de mundos.

Bilhões de estrelas no Universo. Imensidão de mundos. ROGER BOTTINI PARANHOS Bilhões de estrelas no Universo. Imensidão de mundos. "Há muitas moradas na casa de meu Pai" Jesus. www.ramatislajeado.org.br 1 Ciclos de evolução planetária. Nós, espíritos imortais,

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

Aula 106 Conteúdos: Gênero textual: texto descritivo Obras de artes visuais Multiplicação de números decimais Os símbolos religiosos

Aula 106 Conteúdos: Gênero textual: texto descritivo Obras de artes visuais Multiplicação de números decimais Os símbolos religiosos 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Aula 106 Conteúdos: Gênero textual: texto descritivo Obras de artes visuais Multiplicação de números decimais Os símbolos

Leia mais

Recensões. Os Fundadores das Grandes Religiões

Recensões. Os Fundadores das Grandes Religiões Recensões Os Fundadores das Grandes Religiões Recensão do Livro Os Fundadores das Grandes Religiões, de Emma Brunner-Traut (Org.) (Petrópolis: Editora Vozes, 1999. 254 p.) Não há dúvida de que o interesse

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO

PLANEJAMENTO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO 6ºs Anos PROFESSOR: André

Leia mais

LEIA AS INTRUÇÕES ABAIXO

LEIA AS INTRUÇÕES ABAIXO } LEIA AS INTRUÇÕES ABAIXO 1. Este caderno consta de uma folha a ser utilizada para a transcrição do texto definitivo da Redação e de trinta questões de múltipla escolha assim distribuídas: Conhecimentos

Leia mais

As Três Grandes Religiões Cristianismo, Islamismo e Judaísmo

As Três Grandes Religiões Cristianismo, Islamismo e Judaísmo TRABALHO SOBRE As Três Grandes Religiões Cristianismo, Islamismo e Judaísmo Matéria: Cultura Religiosa Professor: Drº Aluno: Sérgio Moreira dos Santos, RA: 304395781. º do Curso de Direito, período noturno.

Leia mais

Budismo: uma religião sem Deus

Budismo: uma religião sem Deus Budismo: uma religião sem Deus O budismo é uma das religiões que não reconhece a idéia ia de Deus, mas suas práticas carregam uma profunda espiritualidade. A doutrina budista ultrapassa o campo da filosofia

Leia mais

As três revelações divinas: Moisés, Jesus e Kardec

As três revelações divinas: Moisés, Jesus e Kardec FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo I Metodologia para o estudo do Evangelho à luz da Doutrina Espírita As três revelações

Leia mais

A NOVA ERA NEW AGE. Bruno Glaab

A NOVA ERA NEW AGE. Bruno Glaab A NOVA ERA NEW AGE A Nova Era (New Age) é uma mistura de crenças filosóficas e religiosas orientais: espiritualistas, animistas, teológicas, etc. Quer criar uma nova moral integrada no cosmos. Na realidade,

Leia mais

História. Povos da China e da Índia

História. Povos da China e da Índia História Primeiro ano do ensino médio Escola José de Anchieta Povos da China e da Índia Reno Schmidt maio 2015 schmidt.reno@gmail.com renoschmidt.wordpress.com Onde estamos? Hebreus, Fenícios e Persas

Leia mais

O Deus testemunhado por Jesus Cristo o Pai. Objetivos 12/4/2012. Identidade e relevância da cristologia. Cláudio Ribeiro

O Deus testemunhado por Jesus Cristo o Pai. Objetivos 12/4/2012. Identidade e relevância da cristologia. Cláudio Ribeiro O Deus testemunhado por Jesus Cristo o Pai Cláudio Ribeiro Objetivos Avaliar a doutrina de Trindade suas raízes, premissas fundamentais, ênfases e mudanças no contexto global da história da Igreja e as

Leia mais

Lembrança da Primeira Comunhão

Lembrança da Primeira Comunhão Lembrança da Primeira Comunhão Jesus, dai-nos sempre deste pão Meu nome:... Catequista:... Recebi a Primeira Comunhão em:... de... de... Local:... Pelas mãos do padre... 1 Lembrança da Primeira Comunhão

Leia mais

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz?

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? A Unidade de Deus Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? Vejamos a seguir alguns tópicos: Jesus Cristo é o Único Deus Pai Filho Espírito Santo ILUSTRAÇÃO Pai, Filho e Espírito

Leia mais

A IDENTIDADE BUDISTA EM DIÁLOGO COM A DIVERSIDADE RELIGIOSA

A IDENTIDADE BUDISTA EM DIÁLOGO COM A DIVERSIDADE RELIGIOSA 191 USARSKI, Frank. O budismo e as outras: encontros e desencontros entre as grandes religiões mundiais. Aparecida-SP: Editora Idéias e Letras, 2009, 304pp. A IDENTIDADE BUDISTA EM DIÁLOGO COM A DIVERSIDADE

Leia mais

História Geral. 3ª Edição - 2007

História Geral. 3ª Edição - 2007 História Geral 3ª Edição - 2007 Os Hebreus Localizado a leste da Mesopotâmia, constituía de um vasto planalto desértico rodeado de montanhas, entre a Mesopotâmia e a Índia. O Império Persa constituiu um

Leia mais

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDO 1 NOVA VIDA O presente curso ajudará você a descobrir fatos da Palavra de Deus, fatos os quais você precisa para viver a vida em toda a sua plenitude. Por este estudo

Leia mais

Diversidade Cultural

Diversidade Cultural Diversidade Cultural As grandes Civilizações: - Da África Negra; - Ocidental; - Chinesa; - Japonesa; - Hindu; - Eslava; - Ibero-Americana; - Islâmica. As Civilizações apresentam: - Factores de identidade

Leia mais

Cultura Religiosa. Prof. Ismar Dias de Matos. Belo Horizonte, 09 de outubro de 2007

Cultura Religiosa. Prof. Ismar Dias de Matos. Belo Horizonte, 09 de outubro de 2007 Cultura Religiosa Prof. Ismar Dias de Matos Belo Horizonte, 09 de outubro de 2007 Ano 2007 no calendário cristão - ocidental, mas... Ano 5768 para os judeus. Ano 1428 para os muçulmanos. RELIGIÃO: OBJETO

Leia mais

Eu acredito que a Bíblia é a melhor dádiva que Deus deu à humanidade. Todas as coisas boas do Salvador do mundo nos são ditas através deste Livro.

Eu acredito que a Bíblia é a melhor dádiva que Deus deu à humanidade. Todas as coisas boas do Salvador do mundo nos são ditas através deste Livro. A importância do estudo bíblico para a vida cristã 2 Pedro 1.12-2121 Pr. Fernando Fernandes Eu acredito que a Bíblia é a melhor dádiva que Deus deu à humanidade. Todas as coisas boas do Salvador do mundo

Leia mais

5ª Lição: O que o Islam? As Crenças Essenciais do Islam

5ª Lição: O que o Islam? As Crenças Essenciais do Islam 5ª Lição: O que o Islam? As Crenças Essenciais do Islam Existem muitos aspectos da crença nos quais aquele que adere ao Islam deve ter firme convicção. Desses aspectos, os mais importantes são seis, conhecidos

Leia mais

A Palavra PENTATEUCO vem do grego e significa cinco livros. São os cinco primeiros livros da Bíblia. Esses livros falam da formação do mundo, da

A Palavra PENTATEUCO vem do grego e significa cinco livros. São os cinco primeiros livros da Bíblia. Esses livros falam da formação do mundo, da O Pentateuco A Palavra PENTATEUCO vem do grego e significa cinco livros. São os cinco primeiros livros da Bíblia. Esses livros falam da formação do mundo, da humanidade, do povo escolhido. As histórias

Leia mais

Fenômeno Religioso. Pontos de partida ao Fenômeno Religioso

Fenômeno Religioso. Pontos de partida ao Fenômeno Religioso Fenômeno Religioso Joachim Andrade Plenitude por toda parte. Da plenitude origina-se plenitude. Quando a plenitude se origina da plenitude, a plenitude permanece. Om Paz. paz. paz. (Invocação precedendo

Leia mais

Disciplina ENSINO RELIGIOSO Ano Letivo 2015 Carga Horária 2 Turma 6º B Regime Anual Curso Ensino Fundamental Anos Finais Bimestre 1º

Disciplina ENSINO RELIGIOSO Ano Letivo 2015 Carga Horária 2 Turma 6º B Regime Anual Curso Ensino Fundamental Anos Finais Bimestre 1º PLANO DE TRABALHO DOCENTE (PTD) Curso Ensino Fundamental Anos Finais Bimestre 1º * Respeito à diversidade religiosa * Declaração universal dos direitos Humanos e Constituição brasileira: respeito à liberdade

Leia mais

SUTRA DOS OITO CONHECIMENTOS DOS GRANDES SERES

SUTRA DOS OITO CONHECIMENTOS DOS GRANDES SERES SUTRA DOS OITO CONHECIMENTOS DOS GRANDES SERES O discípulo do Buda constantemente, dia e noite, com devoção sincera, recita o Sutra dos Oito Conhecimentos dos Grandes Seres. Primeiro conhecimento: O mundo

Leia mais

A missão no contexto asiático

A missão no contexto asiático A missão no contexto asiático Pe. Joachim Andrade SVD Introdução O continente asiático é tão grande e tão diverso é muito difícil dar uma visão clara e contextual da missão dentro de poucos minutos. Além

Leia mais

A escrita primitiva da China, que era feita em ossos e utilizava desenhos simples para representar palavras, tornou-se a base da língua escrita

A escrita primitiva da China, que era feita em ossos e utilizava desenhos simples para representar palavras, tornou-se a base da língua escrita História da China A China tem mais de quatro mil anos. Ela teve uma das civilizações mais velhas do mundo e, durante a Idade Média, a ciência e as artes chinesas eram mais avançadas do que as européias.

Leia mais

Bandeira Budista. As cinco cores da bandeira reflectem as cores da aura que emanou do corpo de Buda quando este alcançou a Iluminação

Bandeira Budista. As cinco cores da bandeira reflectem as cores da aura que emanou do corpo de Buda quando este alcançou a Iluminação Budismo Introdução Budismo é uma religião e filosofia baseada nos ensinamentos deixados por Sidarta Gautama, ou Sakyamuni (o sábio do clã dos Sakya), o Buda histórico, que viveu aproximadamente entre 563

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL PAPA JOÃO XXIII ENSINO FUNDAMENTAL. ENSINO RELIGIOSO Professora Sileane Ribeiro FOGO

ESCOLA MUNICIPAL PAPA JOÃO XXIII ENSINO FUNDAMENTAL. ENSINO RELIGIOSO Professora Sileane Ribeiro FOGO ENSINO RELIGIOSO FOGO O fogo é um elemento que parece ter vida, consome e ilumina, aquece e também causa dor e morte. Muitas vezes, é tido como sagrado, simbolizando, por exemplo, no cristianismo, o Espírito

Leia mais

Teologia da Ásia Leitura e adaptação de Jorge Pinheiro, PhD, a partir de Asian Theology / BELIEVE.

Teologia da Ásia Leitura e adaptação de Jorge Pinheiro, PhD, a partir de Asian Theology / BELIEVE. Teologia da Ásia Leitura e adaptação de Jorge Pinheiro, PhD, a partir de Asian Theology / BELIEVE. Há muito tempo, missionários na Ásia tentaram introduzir e desenvolver na Ásia um cristianismo na forma

Leia mais

TRABALHO DO PIA EM ENSINO RELIGIOSO 2013 / 2

TRABALHO DO PIA EM ENSINO RELIGIOSO 2013 / 2 SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR UNIDADE POLIVALENTE MODELO VASCO DOS REIS SÉRIE/ANO:6º

Leia mais

Conhecer as manifestações religiosas orientais com o intuito de levar o aprendiz a respeitar as diferenças entre cada religião.

Conhecer as manifestações religiosas orientais com o intuito de levar o aprendiz a respeitar as diferenças entre cada religião. 01. TEMA: Budismo e Xintoísmo uma experiência religiosa 02. SÉRIE 2 etapa do ciclo II ou 4 série. 03.ACADEMICA: Haydée Augusta Zanuncini haydeezinha@yahoo.com.br; haydeeaugusta@yahoo.com.br, haydeeaugusta@hotmail.com.

Leia mais

Uma biblioteca composta de 66 livros. 1.1 O significado da Palavra Bíblia

Uma biblioteca composta de 66 livros. 1.1 O significado da Palavra Bíblia Aula 1 10/09/2014 Uma biblioteca composta de 66 livros 39 antigo testamento 27 novo testamento 1.1 O significado da Palavra Bíblia Grego = Livros ou coleção de pequenos livros João Crisostomos disseminação

Leia mais

Rômulo B. Rodrigues OS ENSINAMENTOS DE SIDDARTHA GAUTAMA, O BUDA

Rômulo B. Rodrigues OS ENSINAMENTOS DE SIDDARTHA GAUTAMA, O BUDA 1 Rômulo B. Rodrigues OS ENSINAMENTOS DE SIDDARTHA GAUTAMA, O BUDA 1ª edição São Paulo 2014 2 Copyright Rômulo Borges Rodrigues O conteúdo desta obra é de responsabilidade do autor. Proibida a reprodução

Leia mais

Aulas 6 e 7. A Antiguidade Oriental

Aulas 6 e 7. A Antiguidade Oriental Aulas 6 e 7 A Antiguidade Oriental Hebreus (Monoteísmo e judaísmo) III- I- Local: Economia: região da agricultura, Palestina pastoreio ( Canaã (rio ou Jordão) terra prometida ). e comércio Atualmente:

Leia mais

Dic. Michaelis: sandice = falta de senso

Dic. Michaelis: sandice = falta de senso Livro: Plenitude 1 Considerando a problemática humana, existente no próprio indivíduo o desconhecimento de si mesmo e tendo em vista os urgentes fatores que desencadeiam o sofrimento, arrastando multidões

Leia mais

A Liderança do Espírito

A Liderança do Espírito A Liderança do Espírito Autor : Andrew Murray Para muitos Cristãos a liderança do Espírito é considerada como uma sugestão de pensamentos para nossa orientação. Eles almejam e pedem por ela em vão. Quando

Leia mais

Caminhando Com as Estrelas

Caminhando Com as Estrelas Caminhando Com as Estrelas Espiritualidade que Liberta Com Alessandra França e Jaqueline Salles Caminhando Com as Estrelas Espiritualidade que Liberta Aula 1 Com Alessandra França Temas: O Reino dos Céus

Leia mais

ISLAMISMO. Islã: submissão Muçulmano; o que se submete e rende a Alá

ISLAMISMO. Islã: submissão Muçulmano; o que se submete e rende a Alá ISLAMISMO Islã: submissão Muçulmano; o que se submete e rende a Alá MAOMÉ OU MOHAMMED Maomé (em áraabe:muḥammad ou Moḥammed; Meca. 570 - Medina, 8 de Junho de 632) foi um líder religioso e político árabe.

Leia mais

O CÂNON Sagrado compreende 46 Livros no ANTIGO TESTAMENTO e 27 Livros no NOVO TESTAMENTO.

O CÂNON Sagrado compreende 46 Livros no ANTIGO TESTAMENTO e 27 Livros no NOVO TESTAMENTO. Ao contrário do que parece à primeira vista, a Bíblia não é um livro único e independente, mas uma coleção de 73 livros, uma mini biblioteca que destaca o a aliança e plano de salvação de Deus para com

Leia mais

A NOVA ERA NEW AGE Bruno Glaab

A NOVA ERA NEW AGE Bruno Glaab A NOVA ERA NEW AGE Bruno Glaab Introdução Com o presente estudo queremos oferecer uma possibilidade de conhecer um dos fenômenos religiosos de nosso tempo. Trata-se da Nova Era, ou então, New Age. Este

Leia mais

MEMORIZANDO O QUE APRENDEMOS NAS 13 LIÇÕES DA REVISTA RELIGIÕES, SEITAS E HERESIAS

MEMORIZANDO O QUE APRENDEMOS NAS 13 LIÇÕES DA REVISTA RELIGIÕES, SEITAS E HERESIAS MEMORIZANDO O QUE APRENDEMOS NAS 13 LIÇÕES DA REVISTA RELIGIÕES, SEITAS E HERESIAS Lição 1 Como identificar e refutar as seitas e heresias Na primeira lição entendemos que o cristão deve estar atento acerca

Leia mais

Easinfluências do Oriente.

Easinfluências do Oriente. IMPÉRIO BIZANTINO (séc IV a XV) Easinfluências do Oriente. PROFESSOR NICHOLAS GABRIEL MINOTTI LOPES FERREIRA INTRODUÇÃO O império romano caiu, dividiu-se em dois: Ocidental e Oriental. Oi Sua sede Bizâncio

Leia mais

CONFLITOS POLÍTICO-CULTURAIS

CONFLITOS POLÍTICO-CULTURAIS CONFLITOS POLÍTICO-CULTURAIS CULTURA CONCEITO São todas as obras e valores de um povo ou de uma sociedade CIVILIZAÇÃO CONCEITO É um agrupamento de culturas menores, formando, assim, uma ampla cultura.

Leia mais

DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano

DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano DICAS DO PROFESSOR História 6º Ano OS POVOS DA ANTIGUIDADE ORIENTAL: ORIENTE PRÓXIMO E EXTREMO ORIENTE QUAIS A PRINCIPAL HERANÇA DEIXADA PELOS HEBREUS A maior contribuição dos hebreus foi religiosa.

Leia mais

Jesus revela-nos que Deus é. Pai. Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008

Jesus revela-nos que Deus é. Pai. Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008 Jesus revela-nos que Deus é Pai Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008 Quem inventou Deus? Desde sempre que os homens acreditaram na existência de forças muito poderosas

Leia mais

CURRÍCULO 2014/2015. Disciplina: EMRC Ano de Escolaridade: 7º. 1.º Período Aulas Previstas: 13

CURRÍCULO 2014/2015. Disciplina: EMRC Ano de Escolaridade: 7º. 1.º Período Aulas Previstas: 13 CURRÍCULO 2014/2015 Disciplina: EMRC Ano de Escolaridade: 7º 1.º Período Aulas Previstas: 13 Conteúdos As origens 7. ano Unidade Lectiva 1 A maravilha do Universo e a grandeza do ser humano Os dados da

Leia mais

PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO

PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO 1 MANUSCRITOLOGIA BÍBLICA 2 Quem escreveu a Bíblia? O 2 Pedro 1:20-21 sabendo, primeiramente, isto: que nenhuma profecia da Escritura provém de particular elucidação; porque

Leia mais

Ciclo de Seminários Não Técnicos 2010

Ciclo de Seminários Não Técnicos 2010 Ciclo de Seminários Não Técnicos 2010 Introdução à Bíblia Segundo a Igreja Católica Márcio Saraiva (marcio@dsc.ufcg.edu.br) 1 AVISO!!! Deixe o celular com o bluetooth ligado! 2 Agenda Motivação Introdução

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO. PROVAS ÁREAS DE CONHECIMENTO N QUESTÕES Língua Portuguesa Matemática Conhecimentos Gerais CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 20

ENSINO RELIGIOSO. PROVAS ÁREAS DE CONHECIMENTO N QUESTÕES Língua Portuguesa Matemática Conhecimentos Gerais CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 20 Processo Seletivo Público Código: 395 PROFESSOR/1ª A 9ª SÉRIE ENSINO RELIGIOSO Escreva seu nome e número de inscrição de forma legível nos locais indicados: Nome do(a) Candidato(a) Nº de inscrição Este

Leia mais

PIBID - História e(m) imagens HISTÓRIA UFPR

PIBID - História e(m) imagens HISTÓRIA UFPR Oficina i de Quadrinhos e Cinema PIBID - História e(m) imagens HISTÓRIA UFPR Uso de Histórias em Quadrinhos (HQs) em Sala de Aula Diferentes gêneros e formatos para se escrever e publicar uma HQ; As temáticas

Leia mais

TRÊS VALORES ESPÍRITAS

TRÊS VALORES ESPÍRITAS TRÊS VALORES ESPÍRITAS 1 2 ENCONTROS E DESENCONTROS DE DOIS MUNDOS Dados internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Azevedo, Israel Belo de O espiritismo

Leia mais

Panorama do Antigo Testamento INTRODUÇÃO. Aula 1 IBCU

Panorama do Antigo Testamento INTRODUÇÃO. Aula 1 IBCU Panorama do Antigo Testamento INTRODUÇÃO Aula 1 IBCU Estrutura do Curso 1. Introdução (09.03) 2. O Pentateuco (16.03) 3. Livros Históricos Parte 1 (23.03) 4. Livros Históricos Parte 2 (30.03) 5. Livros

Leia mais

LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ

LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ 2015 MDA REDE JOVEM Tornar-se um cristão espiritualmente maduro é a ação de maior valor que podemos fazer por nós mesmos. LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ Jesus foi maior evangelista que o mundo já viu.

Leia mais

O hinduísmo é tipicamente indiano. Oitenta por cento dos quase 1 bilhões de indianos são hindus. O nome Hindu é um nome aplicado pelos muçulmanos e

O hinduísmo é tipicamente indiano. Oitenta por cento dos quase 1 bilhões de indianos são hindus. O nome Hindu é um nome aplicado pelos muçulmanos e O hinduísmo é tipicamente indiano. Oitenta por cento dos quase 1 bilhões de indianos são hindus. O nome Hindu é um nome aplicado pelos muçulmanos e também pelos ocidentais aos povos da Índia. O nome u-

Leia mais

O seu conceito das religiões é como o seguinte quadro?

O seu conceito das religiões é como o seguinte quadro? ...as religiões? Sim, eu creio que sim, pois não importa a qual religião pertença. O importante é apoiar a que tem e saber levá-la. Todas conduzem a Deus. Eu tenho minha religião e você tem a sua, e assim

Leia mais

Nascimento e infância de Jesus

Nascimento e infância de Jesus FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Programa I Religião à Luz do Espiritismo Tomo I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 1 Nascimento e infância

Leia mais

Hinduísmo Joachim Andrade 1

Hinduísmo Joachim Andrade 1 Hinduísmo Joachim Andrade 1 Hinduísmo Religioso e Cultural O que é o Hinduísmo? Segundo a visão que tem de si o hinduismo não possui origem: é o caminho eterno que segue as regras e exigências básicas

Leia mais

O projeto será aplicado em turmas da 3ª série do ensino fundamental, na faixa etária entre 8 e 9 anos.

O projeto será aplicado em turmas da 3ª série do ensino fundamental, na faixa etária entre 8 e 9 anos. 1 TEMA Símbolos religiosos lembranças de uma história 2 SÉRIE 3ª série ou 1ª etapa do ciclo II 3 ALUNO Simone do Rocio Sueke simonesueke@yahoo.com.br 4 OBJETIVOS Perceber a existência de diferentes símbolos

Leia mais

O ANO NOVO SEGUNDO A BÍBLIA. Números 10: 10

O ANO NOVO SEGUNDO A BÍBLIA. Números 10: 10 O ANO NOVO SEGUNDO A BÍBLIA Números 10: 10 Semelhantemente, no dia da vossa alegria e nas vossas solenidades, e nos princípios de vossos meses, também tocareis as trombetas sobre os vossos holocaustos,

Leia mais

As novas religiões em Portugal

As novas religiões em Portugal As novas religiões em Portugal Carla Costa Coimbra, 2010 As novas religiões em Portugal Nome: Carla Marisa Sá Costa Nº da aluna: 2010148319 Curso: Sociologia Disciplina: Fontes de Informação Sociológica

Leia mais

A BÍBLIA. Bíblia: do grego Biblion = Livro, Livro por excelência

A BÍBLIA. Bíblia: do grego Biblion = Livro, Livro por excelência Conhecendo a Bíblia A BÍBLIA Bíblia: do grego Biblion = Livro, Livro por excelência Divisão em capítulos: Stephen Langton, em 1227 e Cardeal Hugo de Sancto Caro, por volta de 1260. Divisão por versículos:

Leia mais

A Filosofia A origem da Filosofia 1

A Filosofia A origem da Filosofia 1 A Filosofia A origem da Filosofia 1 A PALAVRA FILOSOFIA A palavra filosofia é grega. É composta por duas outras: philo e sophia. Philo deriva-se de philia, que significa amizade, amor fraterno, respeito

Leia mais

Apologética Cristã V. Paulo em Atenas (Atos 17:16-34)

Apologética Cristã V. Paulo em Atenas (Atos 17:16-34) 1 Apologética Cristã V Paulo em Atenas (Atos 17:16-34) Alan Myatt A Bíblia nos dá um exemplo da metodologia apologética de Paulo no discurso no Areópago de Atos 17. Paulo enfrentou as filosofias gregas

Leia mais

O CAMINHO PARA A ESPIRITUALIDADE

O CAMINHO PARA A ESPIRITUALIDADE José Carlos Pezini Luis Alexandre Ribeiro Branco O CAMINHO PARA A ESPIRITUALIDADE Uma Espiritualidade Cristocêntrica 1 Revisão: Bruna Perrella Brito 2 Prefácio Introdução 1 Índice O Que é Espiritualidade

Leia mais

CONSOLADOR PROMETIDO A TERCEIRA REVELAÇÃO

CONSOLADOR PROMETIDO A TERCEIRA REVELAÇÃO CONSOLADOR PROMETIDO A TERCEIRA REVELAÇÃO Se me amais, guardai os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro consolador, para que fique eternamente convosco, o Espírito da Verdade, a quem

Leia mais

Lição 8 Trabalhar com Líderes

Lição 8 Trabalhar com Líderes Lição 8 Trabalhar com Líderes Já havia mais de um ano que o António se tornara membro da sua igreja. Ele tinha aprendido tanto! Começou a pensar nos líderes da igreja que o tinham ajudado. Pensava naqueles

Leia mais

Leia o texto: 1- A partir do texto acima e, das discussões nossas em aula, marque a alternativa que expressa à finalidade dos textos sagrados:

Leia o texto: 1- A partir do texto acima e, das discussões nossas em aula, marque a alternativa que expressa à finalidade dos textos sagrados: SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR UNIDADE POLIVALENTE MODELO VASCO DOS REIS SÉRIE/ANO:7º

Leia mais

Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Planificação do 7º Ano - Educação Moral e Religiosa Católica Unidades Temáticas Conteúdos Competências Específicas Instrumentos de Avaliação UL1- AS ORIGENS

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA PATRÍCIA FONSECA PROF. LUIS CLÁUDIO BATISTA

ENSINO RELIGIOSO 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA PATRÍCIA FONSECA PROF. LUIS CLÁUDIO BATISTA ENSINO RELIGIOSO 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA PATRÍCIA FONSECA PROF. LUIS CLÁUDIO BATISTA Avaliação da unidade III Pontuação: 7,5 pontos 2 Questão 01 (1,0) As religiões orientais desenvolveram-se

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação Educação Moral e Religiosa Católica. Ano Letivo 2015/2016 3º Ciclo 7º Ano

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação Educação Moral e Religiosa Católica. Ano Letivo 2015/2016 3º Ciclo 7º Ano Unidade Letiva: 1 - As Origens Período: 1º 1. Questionar a origem, o destino e o sentido do universo e do ser humano. As origens na perspetiva científica L. Estabelecer um diálogo entre a cultura e a fé.

Leia mais

Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas. Aprendendo com Jesus

Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas. Aprendendo com Jesus Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas Aprendendo com Jesus Apresentação É com a maior confiança na compreensão e aceitação dos nossos queridos catequistas que levo a público

Leia mais

PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDA e SÃO LOURENÇO Em obediência à vossa palavra, lançarei as redes (Lc 5,5b)

PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDA e SÃO LOURENÇO Em obediência à vossa palavra, lançarei as redes (Lc 5,5b) Evangelho A palavra Evangelho significa: Boas Novas. Portando, não temos quatro evangelhos, mas quatro evangelistas que escreveram, cada um, conforme sua visão, as boas-novas de salvação, acerca do Senhor

Leia mais