IPv6. Situação atual e desafios. Congresso SET Antonio M. Moreiras

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IPv6. Situação atual e desafios. Congresso SET 2012. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br"

Transcrição

1 IPv6 Situação atual e desafios Congresso SET 2012 Antonio M. Moreiras

2 O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) foi criado pela Portaria Interministerial nº 147, de 31 de maio de 1995, alterada pelo Decreto Presidencial nº 4.829, de 3 de setembro de 2003, para coordenar e integrar todas as iniciativas de serviços Internet no país, promovendo a qualidade técnica, a inovação e a disseminação dos serviços ofertados.

3 Nomes de domínio.br Números IP Segurança na Internet brasileira Indicadores sobre uso das TICs Infraestrutura PTTs IPv6 SIMET = medição de qualidade Censo Web Zappiens Padrões Web

4 O IP na Internet IPv4 Jan 1983 Esgotamento do IPv4 O IP é o protocolo mais básico da Internet. Ele tem a função de identificar, sem duplicidade ou possibilidade de confusão, cada dispositivo na rede, por meio de endereços. Ele também é responsável por encapsular a informação em pacotes com informações suficientes para que cheguem a seu destino. O IPv4 que está em uso na Internet desde 1983 tem capacidade para numerar aproximadamente 4.3 bilhões de dispositivos, e desde a década de 90 sabe-se que haveria problemas de capacidade

5 Distribuição dos IPs

6 Esgotamento

7 Novos endereços = ~ 6,6x10 23 IPs por m 2 na superfície da Terra (incluindo oceanos). ~ 1x10 23 número estimado de estrelas no Universo. A representação dos endereços IPv6, divide o endereço em oito grupos de 16 bits, separando-os por :, escritos com dígitos hexadecimais. 2001:0DB8:AD1F:25E2:CADE:CAFE:F0CA:84C1 2 Bytes Autoconfiguração sem uso de DHCP O NAT não é mais usado Fragmentação apenas nos hosts Sub-redes de tamanho fixo: /64 Grandes blocos para provedores (/32), empresas (/48) e usuários domésticos (/56).

8 Projeto Plano inicial para a transição IPv4 Jan 1983 Esgotamento do IPv4 Desativação do IPv4 IPv IPv Implantação IPv6 em toda a Internet Técnicas de Transição / Túneis IPv6 e IPv4 não são compatíveis, não interoperam diretamente

9 Projeto Situação atual da transição IPv4 Jan 1983 Esgotamento do IPv4 IPv4 Desativação do IPv4 Compart. IPv IPv Implantação IPv6 em toda a Internet Novas téc. / Túneis / Tradução Técnicas de Transição / Túneis Estamos em algum momento por aqui

10 Provedores e operadoras de telecom devem oferecer IPv6 para alguns de seus grandes clientes, em especial provedores de conteúdo Cronograma proposto para o Brasil Semana IPv6 Provedores e operadoras devem oferecer IPv6 em seus produtos trânsito Internet para o mercado corporativo Os que puderem devem participar do World IPv6 Launch Sites Web e outros serviços devem ativar o IPv6 em definitivo. IPv6 & IPv4 para novos usuários Internet IPv6 & IPv4 para todos Dez 2011 Fev 2012 Jun/Jul 2012 Jan 2013 Jan anos de IPv4 na Internet!

11 Alocação do IPv6 no Brasil ftp://ftp.registro.br/pub/stats/delegated-ipv6-nicbr-latest

12 Implantação Número de sites.br com IPv6 listados pelo Alexa (na lista dos de sites mais acessados): World IPv6 Day Regional IPv6 Week World IPv6 Launch

13 Implantação Tráfego IPv6 no PTTMetro São Paulo World IPv6 Day Regional IPv6 Week World IPv6 Launch

14 Impactos e desafios Conteúdos Seus sites devem suportar IPv6 o quanto antes. Façam como Google, Youtube, Facebook, Yahoo, Terra e UOL e evitem o risco da perda de audiência. Usuários Equipamentos são ainda um desafio: roteadores domésticos, TVs, videogames, etc. Rede corporativa Mudem sua política de compras e contratações. Façam uma implantação planejada e paulatina.

15 NAT IPv4 no provedor e logs Hoje: Provedor de acesso: Usuário X conectou-se em 05/07/ h10m32s com IP Usuário Y conectou-se em 05/07/ h10m33s com IP ( ) Provedor de serviços (banco ou loja, por exemplo): IP fez transação Z em 05/07/ h20m39s

16 IPv4 compartilhado e logs Situação de transição Provedor de acesso: Usuário X conectou-se em 05/07/ h10m32s com IP , portas=f(x) Usuário Y conectou-se em 05/07/ h10m33s com IP , portas=f(y) ( ) Provedor de serviços A (banco ou loja, por exemplo): IP fez transação Z em 05/07/ h20m39s Provedor de serviços B (banco ou loja, por exemplo): IP , porta de origem 12341, fez transação W em 05/07/ h20m39s

17 Treinamentos e material gratuito

18 Semana da Infraestrutura 3 a 8 de Dezembro em São Paulo participação gratuita 6 o. PTT Fórum: encontro dos Sistemas Autônomos ION (Internet Society) III Fórum IPv6 Reunião do GTER (Grupo de Trab. Eng. de Redes) Reunião do GTS (Grupo de Trab. Segurança)

19 Obrigado. Antonio M. Moreiras

Esgotamento do IPv4 e implantação do IPv6

Esgotamento do IPv4 e implantação do IPv6 Esgotamento do IPv4 e implantação do IPv6 Reunião Itinerante do CGI.br Curitiba 19/03/2013 Milton Kaoru Kashiwakura Antonio Marcos Moreiras O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) foi criado pela

Leia mais

IPv6 nas Universidades e Redes Acadêmicas

IPv6 nas Universidades e Redes Acadêmicas IPv6 nas Universidades e Redes Acadêmicas O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) foi criado pela Portaria Interministerial nº 147, de 31 de maio de 1995, alterada pelo Decreto Presidencial nº 4.829,

Leia mais

Transição IPv4 è IPv6: Desafios e Riscos

Transição IPv4 è IPv6: Desafios e Riscos Transição IPv4 è IPv6: Desafios e Riscos Cristine Hoepers cristine@cert.br! Apresentação desenvolvida em conjunto com a equipe do CEPTRO.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança

Leia mais

Introdução ao IPv6. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br

Introdução ao IPv6. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Introdução ao IPv6 Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Agenda O CGI.br e o NIC.br O CGI.br e o NIC.br Breve Introdução ao IPv6 Agenda O CGI.br e o NIC.br O CGI.br e o NIC.br Breve Introdução ao IPv6 Sobre

Leia mais

Ensinando Redes com Emuladores. Edwin Cordeiro NIC.br

Ensinando Redes com Emuladores. Edwin Cordeiro NIC.br Ensinando Redes com Emuladores Edwin Cordeiro NIC.br Agenda Sobre o CGI.br e o NIC.br Curso IPv6.br Laboratórios reais Laboratórios virtuais Opções de emuladores Exemplos Conclusões O Comitê Gestor da

Leia mais

18/05/2014. Problemas atuais com o IPv4

18/05/2014. Problemas atuais com o IPv4 Problemas atuais com o IPv4 Fundamentos de Redes de Computadores Prof. Marcel Santos Silva Falhas de segurança: A maioria dos ataques contra computadores hoje na Internet só é possível devido a falhas

Leia mais

IPv6 nas redes de sensores o 6LoWPAN e a Internet das coisas

IPv6 nas redes de sensores o 6LoWPAN e a Internet das coisas IPv6 nas redes de sensores o 6LoWPAN e a Internet das coisas Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Agenda O CGI.br e o NIC.br O CGI.br e o NIC.br O LAA Redes ubíquas e a Internet das coisas Breve Introdução

Leia mais

O que é a Internet e como ela funciona?

O que é a Internet e como ela funciona? IPv6: Introdução O que é a Internet e como ela funciona? Como o usuário vê a Internet Camadas Física e Lógica Aplicações na Internet web e-mail vídeos troca de arquivos http ftp smtp pop imap sip tcp udp

Leia mais

Tendências Web Estatísticas da rede. Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br

Tendências Web Estatísticas da rede. Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br Tendências Web Estatísticas da rede Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) foi criado pela Portaria Interministerial nº 147, de 31 de maio

Leia mais

IPv6: a próxima geração de IPs na Internet!

IPv6: a próxima geração de IPs na Internet! IPv6: a próxima geração de IPs na Internet! Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br CONIP 14 o. Congresso de Inovação da Gestão Pública Governança da informação backoffice 05 de Junho de 2008 São Paulo - SP

Leia mais

Fundamentos de Redes de Computadores. IPv6. Prof. Claudemir

Fundamentos de Redes de Computadores. IPv6. Prof. Claudemir Fundamentos de Redes de Computadores IPv6 Prof. Claudemir Implantação do IPv6 Implantação do IPv6 Implantação do IPv6 Implantação do IPv6 RIR Regional Internet Registries (Registrador Regional de Internet)

Leia mais

Implementação do IPv6 na Vivo Estratégia, Status e Desafios

Implementação do IPv6 na Vivo Estratégia, Status e Desafios Implementação do IPv6 na Vivo Estratégia, Status e Desafios 09.12.2015 1 103,3MM Clientes Vivo e GVT juntas a partir de 2015 Em 2015, a Vivo adquiriu a GVT, consolidando o maior grupo de telecomunicações

Leia mais

Desafios no Tratamento de Incidentes de

Desafios no Tratamento de Incidentes de Desafios no Tratamento de Incidentes de Segurança Klaus Steding-Jessen jessen@cert.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil Núcleo de Informação e Coordenação do

Leia mais

Implementação do IPv6 na Vivo Status e Desafios

Implementação do IPv6 na Vivo Status e Desafios Implementação do IPv6 na Vivo Status e Desafios 26.11.2014 1 01 Endereçamento IPv4 Alocação na Vivo A Vivo possui amplo portfólio de serviços baseados em IP, tanto para usuários domésticos quanto corporativos.

Leia mais

IPv6: O que é, e como se preparar para a transição? Humberto Galiza

IPv6: O que é, e como se preparar para a transição? Humberto Galiza IPv6: O que é, e como se preparar para a transição? Humberto Galiza Consultor em redes IP humbertogaliza@gmail.com / galiza@ufba.br Salvador, BA, 17de outubro de 2012 Agenda IP: como chegamos até aqui?

Leia mais

3) Na configuração de rede, além do endereço IP, é necessário fornecer também uma máscara de subrede válida, conforme o exemplo:

3) Na configuração de rede, além do endereço IP, é necessário fornecer também uma máscara de subrede válida, conforme o exemplo: DIRETORIA ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DOS CURSOS DA ÁREA DE INFORMÁTICA! Atividade em sala de aula. 1) A respeito de redes de computadores, protocolos TCP/IP e considerando uma rede

Leia mais

Guia de implantação de IPv6 para empresas. Edwin Cordeiro NIC.br ecordeiro@nic.br

Guia de implantação de IPv6 para empresas. Edwin Cordeiro NIC.br ecordeiro@nic.br Guia de implantação de IPv6 para empresas Edwin Cordeiro NIC.br ecordeiro@nic.br O grupo v6ops do IETF O IETF é o local onde os protocolos e recomendações para a Internet são desenvolvidos O grupo v6ops

Leia mais

Troca de Tráfego : criando uma infraestrutura Internet melhor e mais barata (http://ptt.br). Milton Kaoru Kashiwakura mkaoruka@nic.

Troca de Tráfego : criando uma infraestrutura Internet melhor e mais barata (http://ptt.br). Milton Kaoru Kashiwakura mkaoruka@nic. Troca de Tráfego : criando uma infraestrutura Internet melhor e mais barata (http://ptt.br). Milton Kaoru Kashiwakura mkaoruka@nic.br Agenda O CGI.br e o NIC.br O que é a Internet? E o protocolo IP? Quais

Leia mais

Alguns dos Desafios para a Infraestrutura de Internet Projetos do CGI.br e NIC.br

Alguns dos Desafios para a Infraestrutura de Internet Projetos do CGI.br e NIC.br Alguns dos Desafios para a Infraestrutura de Internet no Brasil e os Projetos do CGI.br e NIC.br 24 de Julho de 2008 Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Agenda O que são o CGI.br e o NIC.br? Desafios da

Leia mais

Web Crawlers Open Source. Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br

Web Crawlers Open Source. Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br Web Open Source Heitor de Souza Ganzeli Analista de Projetos do nic.br O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) foi criado pela Portaria Interministerial nº 147, de 31 de maio de 1995, alterada pelo

Leia mais

PTT Fórum 6 Encontro dos Sistemas Autônomos da Internet no Brasil 3 e 4 de dezembro de 2012

PTT Fórum 6 Encontro dos Sistemas Autônomos da Internet no Brasil 3 e 4 de dezembro de 2012 PTT Fórum 6 Encontro dos Sistemas Autônomos da Internet no Brasil 3 e 4 de dezembro de 2012 MILTON KAORU KASHIWAKURA Diretor de Projetos Especiais e de Desenvolvimento NIC.br Sobre o CGI.br e o NIC.br

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br

FACULDADE PITÁGORAS. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA FUNDAMENTOS DE REDES REDES DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Material elaborado com base nas apresentações

Leia mais

Implementação do IPv6 na Vivo. Status e Principais Desafios

Implementação do IPv6 na Vivo. Status e Principais Desafios Implementação do IPv6 na Vivo Status e Principais Desafios 01 Endereçamento IPv4 Alocação na Vivo A Vivo possui amplo portfólio de serviços baseados em IP, tanto para usuários domésticos quanto corporativos.

Leia mais

Endereçamento IP. Figura 1 Estrutura hierárquica do endereço IP

Endereçamento IP. Figura 1 Estrutura hierárquica do endereço IP Endereçamento IP 1. Introdução: A partir da segunda metade dos anos 90, a Internet se tornou uma rede muito diferente daquela existente em sua concepção no início dos anos 80. Hoje, a Internet tornou-se

Leia mais

Endereçamento. Um endereço IPv4 é formado por 32 bits. 2 32 = 4.294.967.296. Um endereço IPv6 é formado por 128 bits.

Endereçamento. Um endereço IPv4 é formado por 32 bits. 2 32 = 4.294.967.296. Um endereço IPv6 é formado por 128 bits. Um endereço IPv4 é formado por 32 bits. 2 32 = 4.294.967.296 Um endereço IPv6 é formado por 128 bits. 2 128 = 340.282.366.920.938.463.463.374.607.431.768.211.456 ~ 48 octilhões (5,6x10 28 ) de endereços

Leia mais

Transição para o IPv6 com IPv4 Compartilhado

Transição para o IPv6 com IPv4 Compartilhado Transição para o IPv6 com IPv4 Compartilhado DS-Lite, NAT64/DNS64, MAP-E, MAP-T e 464XLAT Edwin Cordeiro ecordeiro@nic.br GTER 23 de maio de 2013 Agenda A transição para o IPv6 Técnicas de transição para

Leia mais

Audiência Pública Senado Federal Escolha da EAQ da Banda Larga

Audiência Pública Senado Federal Escolha da EAQ da Banda Larga Audiência Pública Senado Federal Escolha da EAQ da Banda Larga Demi Getschko demi@cgi.br Brasília, 22 de março de 2012 Internet, características distintivas Colaboração A Internet é uma coleção de milhares

Leia mais

Sistemas Autônomos (AS) Brasileiros Introdução

Sistemas Autônomos (AS) Brasileiros Introdução Sistemas Autônomos (AS) Brasileiros Introdução Cleber Martim de Alexandre Eduardo Ascenco Reis GTER28 20091204 GTER28 Sistemas Autônomos (AS) Brasileiros Introdução

Leia mais

A Internet e o TCP/IP

A Internet e o TCP/IP A Internet e o TCP/IP 1969 Início da ARPANET 1981 Definição do IPv4 na RFC 791 1983 ARPANET adota o TCP/IP 1990 Primeiros estudos sobre o esgotamento dos endereços 1993 Internet passa a ser explorada comercialmente

Leia mais

Gestão de Incidentes e Resiliência das Infraestruturas Críticas de Internet

Gestão de Incidentes e Resiliência das Infraestruturas Críticas de Internet Gestão de Incidentes e Resiliência das Infraestruturas Críticas de Internet Cristine Hoepers cristine@cert.br! Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil Núcleo de Informação

Leia mais

IPv6 em rede de Campus Case UFSC & PoP-SC

IPv6 em rede de Campus Case UFSC & PoP-SC I WORKSHOP DE TECNOLOGIA DE REDES Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina Rede Metropolitana de Educação e Pesquisa da Região de Florianópolis 04 e 05 Outubro/2012 IPv6 em rede de Campus Case UFSC &

Leia mais

IPv6.br. Planejando o endereçamento IPv6 de uma rede. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Rodrigo Regis dos Santos rsantos@nic.br

IPv6.br. Planejando o endereçamento IPv6 de uma rede. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Rodrigo Regis dos Santos rsantos@nic.br IPv6.br Planejando o endereçamento IPv6 de uma rede Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Rodrigo Regis dos Santos rsantos@nic.br Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR NIC.br 28º. Reunião do GTER

Leia mais

PROTOCOLO IP O esgotamento dos endereços IP.

PROTOCOLO IP O esgotamento dos endereços IP. 1 PROTOCOLO IP O IP é o protocolo mais importante na Internet. Ele é quem define as regras através das quais as informações fluem na rede mundial. Uma das principais regras diz que: Cada computador deve

Leia mais

Unesp e IPv6. Carlos Coletti carlos@unesp.br Coordenador do Grupo de Redes Unesp - Reitoria

Unesp e IPv6. Carlos Coletti carlos@unesp.br Coordenador do Grupo de Redes Unesp - Reitoria Unesp e IPv6 Carlos Coletti carlos@unesp.br Coordenador do Grupo de Redes Unesp - Reitoria Valdinei Rodrigues nei@unesp.br Analista de Redes Unesp - Reitoria Unesp e IPv6 Cardápio Cenário da Unesp Por

Leia mais

Os Pontos de Troca de Tráfego, o PTTMetro, e seu papel na Internet brasileira. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br

Os Pontos de Troca de Tráfego, o PTTMetro, e seu papel na Internet brasileira. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Os Pontos de Troca de Tráfego, o PTTMetro, e seu papel na Internet brasileira. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Agenda O CGI.br e o NIC.br O que é a Internet? E o protocolo IP? Quais as relações possíveis

Leia mais

Técnicas de Transição

Técnicas de Transição Capacitação IPv6.br Técnicas de Transição Agenda Introdução 464XLAT Cenários 4rd Classificação das Técnicas 6PE e 6VPE Pilha Dupla 6rd 6in4 e 6over4 6to4 GRE Teredo Tunnel Brokers ISATAP DS-Lite e DS-Lite

Leia mais

Capítulo 9 - Conjunto de Protocolos TCP/IP e Endereçamento. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página

Capítulo 9 - Conjunto de Protocolos TCP/IP e Endereçamento. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página Capítulo 9 - Conjunto de Protocolos TCP/IP e Endereçamento IP 1 História e Futuro do TCP/IP O modelo de referência TCP/IP foi desenvolvido pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos (DoD). O DoD exigia

Leia mais

Regulamentação da Internet e seus impactos nos modelos de negócio

Regulamentação da Internet e seus impactos nos modelos de negócio Regulamentação da Internet e seus impactos nos modelos de negócio Virgilio Almeida Secretário de Política de Informática Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Brasilia Setembro de 2015 Elementos

Leia mais

Esgotamento dos Endereços IPv4 Migração para o IPv6 FÓRUM BRASILEIRO DE IMPLEMENTADORES DE IPV6 SÃO PAULO, 26 DE NOVEMBRO DE 2014

Esgotamento dos Endereços IPv4 Migração para o IPv6 FÓRUM BRASILEIRO DE IMPLEMENTADORES DE IPV6 SÃO PAULO, 26 DE NOVEMBRO DE 2014 Esgotamento dos Endereços IPv4 Migração para o IPv6 FÓRUM BRASILEIRO DE IMPLEMENTADORES DE IPV6 SÃO PAULO, 26 DE NOVEMBRO DE 2014 Somos a PLATAFORMA sobre a qual MILHÕES de SERVIÇOS são PRESTADOS a todo

Leia mais

SUMÁRIO 1. AULA 6 ENDEREÇAMENTO IP:... 2

SUMÁRIO 1. AULA 6 ENDEREÇAMENTO IP:... 2 SUMÁRIO 1. AULA 6 ENDEREÇAMENTO IP:... 2 1.1 Introdução... 2 1.2 Estrutura do IP... 3 1.3 Tipos de IP... 3 1.4 Classes de IP... 4 1.5 Máscara de Sub-Rede... 6 1.6 Atribuindo um IP ao computador... 7 2

Leia mais

Esgotamento dos blocos IPv4 e o Protocolo IPv6

Esgotamento dos blocos IPv4 e o Protocolo IPv6 Esgotamento dos blocos IPv4 e o Protocolo IPv6 Oripide Cilento Filho oripide@nic.br SET 2008 Agenda Apresentação do CGI.br e do NIC.br A Internet e o Protocolo Internet ( IP ) Necessidade de uma nova versão

Leia mais

Endereçamento IP Roteamento Internet. Ricardo Patara NIC.BR

Endereçamento IP Roteamento Internet. Ricardo Patara NIC.BR Endereçamento IP Roteamento Internet Ricardo Patara NIC.BR Introdução Visão geral de funcionamento da Internet Usuário e sua conexão Provedor de acesso, provedor de provedor Interconexão Distribuição de

Leia mais

Redes de Computadores II. Professor Airton Ribeiro de Sousa

Redes de Computadores II. Professor Airton Ribeiro de Sousa Redes de Computadores II Professor Airton Ribeiro de Sousa 1 PROTOCOLO IP IPv4 - Endereçamento 2 PROTOCOLO IP IPv4 - Endereçamento A quantidade de endereços possíveis pode ser calculada de forma simples.

Leia mais

Projeto PTT.br Atualização 2008 CGI.br - Comitê Gestor da Internet no Brasil NIC.br Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR Maio de 2008 Agenda Sobre o CGI.br e NIC.br Projeto PTTMetro Alguns dados

Leia mais

Desafios do IPv6 para profissionais de segurança

Desafios do IPv6 para profissionais de segurança Desafios do IPv6 para profissionais de segurança 2 o. Fórum Brasileiro de CSIRTS - 2013 Caso alguém ainda não saiba, no mundo IPv4... 2o. Fórum Brasileiro de CSIRTS - 2013 Desafios do NAT Dificuldade de

Leia mais

Segurança da Informação na Internet no Brasil: Últimos Estudos do Comitê Gestor da Internet no Brasil e Iniciativas para Aumentar a Segurança

Segurança da Informação na Internet no Brasil: Últimos Estudos do Comitê Gestor da Internet no Brasil e Iniciativas para Aumentar a Segurança Segurança da Informação na Internet no Brasil: Últimos Estudos do Comitê Gestor da Internet no Brasil e Iniciativas para Aumentar a Segurança Cristine Hoepers cristine@cert.br Centro de Estudos, Resposta

Leia mais

Técnicas de Transição em 45 minutos

Técnicas de Transição em 45 minutos Capacitação IPv6.br Técnicas de Transição em 45 minutos Agenda Introdução Classificação das Técnicas Pilha Dupla DS-Lite e DS-Lite + A+P 6rd 6PE e 6VPE NAT64 e DNS64 464XLAT IVI, divi e divi-pd Considerações

Leia mais

Cenários do CGI.br. My Fire. Diretoria de Projetos 13 de setembro de 2011

Cenários do CGI.br. My Fire. Diretoria de Projetos 13 de setembro de 2011 Cenários do CGI.br My Fire Diretoria de Projetos 13 de setembro de 2011 Sobre o CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) Criado em maio de 1995 Pela Portaria Interministerial Nº 147 de 31/05/1995,

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web 2010

Introdução à Tecnologia Web 2010 IntroduçãoàTecnologiaWeb2010 Internet ÓrgãosRegulamentadores ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger Internet Órgãosregulamentadores Índice 1 Breve Histórico da Internet... 2 2 Surgimento

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores edes de Computadores edes de Computadores Nível de ede edes de Computadores 2 1 Esquema de endereçamento original: cada rede física tem seu endereço de rede, cada host em uma rede tem o endereço de rede

Leia mais

Fórum IPv6 Plano de Disseminação do Uso IPv6

Fórum IPv6 Plano de Disseminação do Uso IPv6 Fórum IPv6 Plano de Disseminação do Uso IPv6 Novembro 2014 Competência da SLTI Propor políticas, planejar, coordenar, supervisionar e orientar normativamente as atividades: de administração dos recursos

Leia mais

Certificação de produtos para telecomunicações quanto ao suporte ao protocolo IPv6.

Certificação de produtos para telecomunicações quanto ao suporte ao protocolo IPv6. Superintendência de Outorga e Recursos à Prestação Gerência de Certificação e Numeração Certificação de produtos para telecomunicações quanto ao suporte ao protocolo IPv6. Motivação Esgotamento dos endereços

Leia mais

Capítulo 6 - Protocolos e Roteamento

Capítulo 6 - Protocolos e Roteamento Capítulo 6 - Protocolos e Roteamento Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática 1 de 53 Roteiro (1 / 2) O Que São Protocolos? O TCP/IP Protocolos de Aplicação Protocolos de Transporte Protocolos

Leia mais

Redes de Computadores Endereçamento IP

Redes de Computadores Endereçamento IP Redes de Computadores Endereçamento IP Prof. Eduardo Endereçamento IP o TCP/IP utiliza um endereçamento lógico; Cada dispositivo conectado em rede necessita usar pelo menos um endereço IP (identifica o

Leia mais

IPv6 A nova versão do Protocolo IP

IPv6 A nova versão do Protocolo IP IPv6 A nova versão do Protocolo IP A internet precisa continuar crescendo... Agenda A Internet e o TCP/IP Entendendo o esgotamento do IPv4 Por que IPv6? O que melhorou? Nova estrutura do IPv6 Técnicas

Leia mais

Disciplina Fundamentos de Redes. Introdução ao Endereço IP. Professor Airton Ribeiro de Sousa Outubro de 2014

Disciplina Fundamentos de Redes. Introdução ao Endereço IP. Professor Airton Ribeiro de Sousa Outubro de 2014 Disciplina Fundamentos de Redes Introdução ao Endereço IP 1 Professor Airton Ribeiro de Sousa Outubro de 2014 PROTOCOLO TCP - ARQUITETURA Inicialmente para abordamos o tema Endereço IP, é necessário abordar

Leia mais

Segurança e IPv6 Aspectos teóricos e práticos. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br

Segurança e IPv6 Aspectos teóricos e práticos. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Segurança e IPv6 Aspectos teóricos e práticos Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Agenda O CGI.br e o NIC.br Breve Introdução ao IPv6 Segurança no IPv6 aspectos teóricos e práticos. Agenda O CGI.br e o

Leia mais

FÓRUM IPv6 CENÁRIO TIM BRASIL. Classificação de informação: Público

FÓRUM IPv6 CENÁRIO TIM BRASIL. Classificação de informação: Público FÓRUM IPv6 CENÁRIO TIM BRASIL AGENDA. Contexto IPv4 / IPv6. Desenvolvimento do IPv6. Descrição da Solução. Desafios do IPv6. Estatísticas IPv6 TIM Brasil. Estratégia de Transição IPv4 para IPv6 Contexto

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS NO WINDOWS Se todos os computadores da sua rede doméstica estiverem executando o Windows 7, crie um grupo doméstico Definitivamente, a forma mais

Leia mais

PTTMetro. Interconexão de Sistemas Autônomos (AS) 15 Agosto 2010. Equipe de Engenharia PTTMetro <eng@ptt.br>

PTTMetro. Interconexão de Sistemas Autônomos (AS) 15 Agosto 2010. Equipe de Engenharia PTTMetro <eng@ptt.br> PTTMetro Interconexão de Sistemas Autônomos (AS) 15 Agosto 2010 Equipe de Engenharia PTTMetro 1 Sobre o CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) Criado em maio de 1995 Pela Portaria

Leia mais

PTTMetro. Frederico Neves Milton Kaoru Kashiwakura

PTTMetro. Frederico Neves Milton Kaoru Kashiwakura PTTMetro Frederico Neves Milton Kaoru Kashiwakura O que é PTTMetro? PTTMetroé o nome dado ao projeto do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGIbr) que promove e cria a infra-estrutura necessária (Ponto

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores CAMADA DE REDE DHCP NAT IPv6 Slide 1 Protocolo DHCP Protocolo de Configuração Dinâmica de Hospedeiros (Dynamic Host Configuration Protocol DHCP), RFC 2131; Obtenção de endereço de

Leia mais

IPv6 no café da manhã Universidade Federal de Santa Catarina Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina. 28 de maio de 2013

IPv6 no café da manhã Universidade Federal de Santa Catarina Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina. 28 de maio de 2013 IPv6 no café da manhã Universidade Federal de Santa Catarina Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina 28 de maio de 2013 Experiências com IPv6 em rede de Campus UFSC & PoP-SC Universidade Federal de

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores IPv6. Prof.: Roberto Franciscatto

Projeto e Instalação de Servidores IPv6. Prof.: Roberto Franciscatto Projeto e Instalação de Servidores IPv6 Prof.: Roberto Franciscatto Introdução Problema Escassez de endereços IPs disponíveis Algumas empresas são detentoras de faixas de endereços classe A inteiras Introdução

Leia mais

Endereço de Rede. Comumente conhecido como endereço IP Composto de 32 bits comumente divididos em 4 bytes e exibidos em formato decimal

Endereço de Rede. Comumente conhecido como endereço IP Composto de 32 bits comumente divididos em 4 bytes e exibidos em formato decimal IP e DNS O protocolo IP Definir um endereço de rede e um formato de pacote Transferir dados entre a camada de rede e a camada de enlace Identificar a rota entre hosts remotos Não garante entrega confiável

Leia mais

Aula 5 Cálculo de máscara e de subredes

Aula 5 Cálculo de máscara e de subredes 1 Aula 5 Cálculo de máscara e de subredes 5.1 Conceitos Quando um host se comunica com outro usa o endereço de enlace dele. Os endereços de hardware das placas de rede, ou MAC Address, são constituídos

Leia mais

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - I I

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - I I APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES PARTE - I I 1 Índice 1. INTRODUÇÃO... ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 2. ENDEREÇOS IP... 3 3. ANALISANDO ENDEREÇOS IPV4... 4 4. MÁSCARA DE SUB-REDE... 5 5. IP ESTÁTICO E

Leia mais

Ipv6. Instituto Federal de Educação e Tecnologia de Brasília. Campus Taguatinga. PROFESSOR: Bruno Pontes ALUNAS: Clésia da Silva Rosane M.

Ipv6. Instituto Federal de Educação e Tecnologia de Brasília. Campus Taguatinga. PROFESSOR: Bruno Pontes ALUNAS: Clésia da Silva Rosane M. Instituto Federal de Educação e Tecnologia de Brasília Campus Taguatinga Matéria: REDES Professor: Frederico PROFESSOR: Bruno Pontes ALUNAS: Clésia da Silva Rosane M. da Silva Ipv6 Taguatinga-DF 2012 INTRODUÇÃO

Leia mais

Formação para Sistemas Autônomos. Boas Práticas PTT. Formação para Sistemas Autônomos

Formação para Sistemas Autônomos. Boas Práticas PTT. Formação para Sistemas Autônomos Boas Práticas PTT Licença de uso do material Esta apresentação está disponível sob a licença Creative Commons Atribuição Não a Obras Derivadas (by-nd) http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/legalcode

Leia mais

PTTMetro. 11 Jan 2010

PTTMetro. 11 Jan 2010 PTTMetro 11 Jan 2010 Antonio Galvao de Rezende Filho Eduardo Ascenço Reis Milton Kaoru Kashiwakura PTTMetro http://ptt.br/ Apresentação 1 Sobre o CGI.br

Leia mais

PTTMetro Informações e Destaques

PTTMetro Informações e Destaques PTTMetro Informações e Destaques 3 o PTT Forum 3 Dez 2009 Antonio Galvao de Rezende Filho Eduardo Ascenço Reis Milton Kaoru Kashiwakura 3o PTT Forum

Leia mais

Configuração de Roteadores e Switches CISCO

Configuração de Roteadores e Switches CISCO Configuração de Roteadores e Switches CISCO Introdução ao CISCO IOS Endereçamento IPv6 Módulo - III Professor do Curso de CISCO Prof. Robson Vaamonde, consultor de Infraestrutura de Redes de Computadores

Leia mais

Configuração de Roteadores e Switches CISCO

Configuração de Roteadores e Switches CISCO Configuração de Roteadores e Switches CISCO Introdução ao CISCO IOS Endereçamento IPV4 - CIDR Módulo - II Professor do Curso de CISCO Prof. Robson Vaamonde, consultor de Infraestrutura de Redes de Computadores

Leia mais

IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc.

IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc. Endereços IP Endereços IP IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc.) precisam ter endereços. Graças

Leia mais

Redes de Computadores Modelo de referência TCP/IP. Prof. MSc. Hugo Souza

Redes de Computadores Modelo de referência TCP/IP. Prof. MSc. Hugo Souza Redes de Computadores Modelo de referência TCP/IP Prof. MSc. Hugo Souza É uma pilha de protocolos de comunicação formulada em passos sequenciais de acordo com os serviços subsequentes das camadas pela

Leia mais

Mecanismos para Medição da Qualidade de Tráfego da Internet Brasileira. Fabricio Tamusiunas fabricio@nic.br César Linhares Rosa cesar@nic.

Mecanismos para Medição da Qualidade de Tráfego da Internet Brasileira. Fabricio Tamusiunas fabricio@nic.br César Linhares Rosa cesar@nic. Mecanismos para Medição da Qualidade de Tráfego da Internet Brasileira Fabricio Tamusiunas fabricio@nic.br César Linhares Rosa cesar@nic.br Necessidades para Medições de Qualidade na Internet Garantia

Leia mais

IX (PTT) FÓRUM 9 07 e 08 de Dezembro de 2015

IX (PTT) FÓRUM 9 07 e 08 de Dezembro de 2015 IX (PTT) FÓRUM 9 07 e 08 de Dezembro de 2015 Milton Kaoru Kashiwakura mkaoruka@nic.br 1. Inimputabilidade da Rede 2. O combate a ilícitos na rede deve atingir os responsáveis finais e não os meios de

Leia mais

Aula 4. Pilha de Protocolos TCP/IP:

Aula 4. Pilha de Protocolos TCP/IP: Aula 4 Pilha de Protocolos TCP/IP: Comutação: por circuito / por pacotes Pilha de Protocolos TCP/IP; Endereçamento lógico; Encapsulamento; Camada Internet; Roteamento; Protocolo IP; Classes de endereços

Leia mais

Os Pontos de Troca de Tráfego, o PTTMetro e a Internet Brasileira

Os Pontos de Troca de Tráfego, o PTTMetro e a Internet Brasileira Os Pontos de Troca de Tráfego, o PTTMetro e a Internet Brasileira Por Antonio M. Moreiras e Demi Getschko A Internet é uma construção coletiva que integra milhares de redes pelo mundo afora. Os brasileiros

Leia mais

Implantação ASN na Unoesc IPv6 e IPv4

Implantação ASN na Unoesc IPv6 e IPv4 Implantação ASN na Unoesc IPv6 e IPv4 Leandro M. Dall Agnol leandro.dallagnol@unoesc.edu.br Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC A Unoesc Em 1995 foi reconhecida como Universidade;

Leia mais

IPv6.br. Tutorial para os Sistemas Autônomos e Provedores Internet no Brasil

IPv6.br. Tutorial para os Sistemas Autônomos e Provedores Internet no Brasil IPv6.br Tutorial para os Sistemas Autônomos e Provedores Internet no Brasil Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR NIC.br 3º. PTT Fórum 02-03 Dezembro 2009 São

Leia mais

Brasília, DF 03 de setembro de 2015

Brasília, DF 03 de setembro de 2015 Brasília, DF 03 de setembro de 2015 Atividades do NIC.br para Segurança e Estabilidade da Internet no Brasil Cristine Hoepers, D.Sc. Gerente Geral, CERT.br/NIC.br Comitê Gestor da Internet no Brasil CGI.br

Leia mais

Capítulo 5. A camada de rede

Capítulo 5. A camada de rede Capítulo 5 A camada de rede slide slide 1 1 2011 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. Computer Networks, Fifth Edition by Andrew Tanenbaum and David Wetherall, Pearson Education-Prentice

Leia mais

Técnicas de Transição

Técnicas de Transição IPv6.br Técnicas de Transição Agenda Introdução 4rd Classificação das Técnicas 6PE e 6VPE Pilha Dupla 6rd 6in4 e 6over4 6to4 GRE Teredo Tunnel Brokers ISATAP DS-Lite e DS-Lite + A+P A+P IVI, divi e divi-pd

Leia mais

Rio de Janeiro, Brasil 29 de Maio de 2015. CIX Uma categoria Intermediária GTER 39 29 e 30 de Maio de 2015 Rio de Janeiro - BR - PTT.

Rio de Janeiro, Brasil 29 de Maio de 2015. CIX Uma categoria Intermediária GTER 39 29 e 30 de Maio de 2015 Rio de Janeiro - BR - PTT. Rio de Janeiro, Brasil 29 de Maio de 2015 CIX Uma categoria Intermediária GTER 39 29 e 30 de Maio de 2015 Rio de Janeiro - BR - PTT.br PTT.br CIX Uma nova categoria GTER 39 Antonio Galvão de Rezende Filho

Leia mais

ENDEREÇO IP ENDEREÇO IP 13/04/2015

ENDEREÇO IP ENDEREÇO IP 13/04/2015 ENDEREÇO IP ENDEREÇO IP PROF. FABRÍCIO ALESSI STEINMACHER Os endereços IP identificam cada host na rede. A regra básica é que cada host deve ter um endereço IP diferente e devem ser utilizados endereços

Leia mais

A Camada de Rede. A Camada de Rede

A Camada de Rede. A Camada de Rede Revisão Parte 5 2011 Modelo de Referência TCP/IP Camada de Aplicação Camada de Transporte Camada de Rede Camada de Enlace de Dados Camada de Física Funções Principais 1. Prestar serviços à Camada de Transporte.

Leia mais

CCNA 1 Modelos OSI e TCP/IP. Kraemer

CCNA 1 Modelos OSI e TCP/IP. Kraemer CCNA 1 Modelos OSI e TCP/IP Modelos OSI e TCP/IP Modelo em camadas Modelo OSI Modelo TCP/IP Comparação dos modelos Endereçamento de rede Modelo de camadas Encapsulamento Desencapsulamento Modelo OSI Sistema

Leia mais

Endereços IP Sem Classe, Endereços Privados e NAT. Prof. Othon M. N. Batista (othonb@yahoo.com) Mestre em Informática

Endereços IP Sem Classe, Endereços Privados e NAT. Prof. Othon M. N. Batista (othonb@yahoo.com) Mestre em Informática Endereços IP Sem Classe, Endereços Privados e NAT Prof. Othon M. N. Batista (othonb@yahoo.com) Mestre em Informática Tópicos Máscaras de Rede com Classe Classless Inter-Domain Routing - CID Notação CIDR

Leia mais

Infraestrutura Internet

Infraestrutura Internet IV Semana de Infraestrutura da Internet no Brasil IV Semana de Infraestrutura Internet da no Brasil De 24 a 28 de novembro de 2014 Hotel Blue Tree Premium Morumbi São Paulo SP http://nic.br/semanainfrabr/

Leia mais

Os Pontos de Troca de Tráfego

Os Pontos de Troca de Tráfego 16 Os Pontos de Troca de Tráfego > > Demi Getschko Diretor presidente do Núcleo de Informação e Comunicação do Comitê Gestor da Internet no Brasil (NIC.br), Conselheiro do Comitê Gestor da Internet no

Leia mais

SIMET Medindo a qualidade das conexões Internet no Brasil. Fabricio Tamusiunas fabricio@nic.br César Linhares Rosa cesar@nic.br

SIMET Medindo a qualidade das conexões Internet no Brasil. Fabricio Tamusiunas fabricio@nic.br César Linhares Rosa cesar@nic.br SIMET Medindo a qualidade das conexões Internet no Brasil Fabricio Tamusiunas fabricio@nic.br César Linhares Rosa cesar@nic.br NIC.br Criado para implementar os projetos e decisões do CGI.br Registro e

Leia mais

IPv6 Provedor PyTown.com. Fabiano Weimar dos Santos [Xiru] xiru@xiru.org

IPv6 Provedor PyTown.com. Fabiano Weimar dos Santos [Xiru] xiru@xiru.org IPv6 Provedor PyTown.com Fabiano Weimar dos Santos [Xiru] xiru@xiru.org Roteiro Um pouco sobre mim... Histórico Endereçamento Implementação Desafios Configuração IPv6 - Provedor PyTown.com 2 Um pouco sobre

Leia mais

Capacitação. Capacitação IPv6.br. Segurança em IPv6. Segurança rev 2012.07.13-01

Capacitação. Capacitação IPv6.br. Segurança em IPv6. Segurança rev 2012.07.13-01 IPv6.br Segurança em IPv6 O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) foi criado pela Portaria Interministerial nº 147, de 31 de maio de 1995, alterada pelo Decreto Presidencial nº 4.829, de 3 de setembro

Leia mais

Fabrício Tamusiunas. Michel Vale Ferreira

Fabrício Tamusiunas. Michel Vale Ferreira PTT-Forum 6 Panorama das Medições de Qualidade Internet em 2012 e Novas Medições Fabrício Tamusiunas NIC.br Michel Vale Ferreira NIC.br Projetos de Medições no NIC.br Banda Larga Fixa Qualidade da conexão

Leia mais

Prof. Rafael Gross. rafael.gross@fatec.sp.gov.br

Prof. Rafael Gross. rafael.gross@fatec.sp.gov.br Prof. Rafael Gross rafael.gross@fatec.sp.gov.br Todo protocolo define um tipo de endereçamento para identificar o computador e a rede. O IP tem um endereço de 32 bits, este endereço traz o ID (identificador)

Leia mais

26/2/2014. Numero de Web Sites no mundo. 1993 1996 1999 Agosto/2002

26/2/2014. Numero de Web Sites no mundo. 1993 1996 1999 Agosto/2002 História da Internet? No final dos anos 50, os EUA formaram uma instituição de investigação, a qual designaram por ARPA (Advanced Research Projec Agency). O objectivo desta instituição, parte integrante

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos FTIN Formação Técnica em Informática Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos Aula 03 SISTEMA OPERACIONAL PROPRIETÁRIO WINDOWS Competências Instalação do Active Directory e serviços

Leia mais

Impactos da Gerência de Porta 25 para os Sistemas Autônomos no Brasil ou Agora Vai! :-)

Impactos da Gerência de Porta 25 para os Sistemas Autônomos no Brasil ou Agora Vai! :-) Impactos da Gerência de Porta 25 para os Sistemas Autônomos no Brasil ou Agora Vai! :-) Cristine Hoepers cristine@cert.br Klaus Steding-Jessen jessen@cert.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de

Leia mais

Fraudes via Internet Estatísticas e Tendências Cristine Hoepers cristine@cert.br

Fraudes via Internet Estatísticas e Tendências Cristine Hoepers cristine@cert.br Fraudes via Internet Estatísticas e Tendências Cristine Hoepers cristine@cert.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto

Leia mais