FÓRUM IPv6 CENÁRIO TIM BRASIL. Classificação de informação: Público

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FÓRUM IPv6 CENÁRIO TIM BRASIL. Classificação de informação: Público"

Transcrição

1 FÓRUM IPv6 CENÁRIO TIM BRASIL

2 AGENDA. Contexto IPv4 / IPv6. Desenvolvimento do IPv6. Descrição da Solução. Desafios do IPv6. Estatísticas IPv6 TIM Brasil. Estratégia de Transição IPv4 para IPv6

3 Contexto IPv4 e IPv6: Onde Estamos?

4 CONTEXTO IPv4 / IPv6 Contexto IPv4 na TIM Brasil:. Anúncio Fim do IPv4 para o LACNIC em 10 de Junho de CGNAT (NAT-44) já disponível em Novembro de Atualmente 21% das conexões móveis são atendidas pelo CGNAT. Capacidade disponível de CGNAT de aproximadamente 50% das conexões Móveis Contexto IPv6:. No Brasil (*): o Percentual de Páginas em IPv6 47,08% o Usuários IPv6 (Google Search) 0,11% - Aproximadamente 102k. Na TIM Brasil: o 0,95% dos clientes corporativos já ativados com IPv6 DS o 0,05% do tráfego corporativo é IPv6. (*) Fonte -

5 Desenvolvimento do IPv6: O que fizemos? Próximas etapas?

6 STATUS DE DESENVOLVIMENTO DO IPv6 IP Backbone Trânsito / Peering CorporaAvo Móvel Residencial Desenho da Solução Validação Técnica Implementação Produto

7 STATUS DE DESENVOLVIMENTO DO IPv6 Rede Móvel APN de Teste em IPv6 (laboratory) Homologação da solução Dual Stack (laboratory) Serviço Móvel disponível Rede UBB Capacitação + Infraestrutura BB IP IPv6 Produto IPv6 Conteúdo Internet IPv6 Resolução de Nomes URLs para IPv6 UBB IPv6 Ready (laboratory) Validação de Escalabilidade Serviço UBB disponível Backbone IP DNS/TI BB IP IPv6 Ready Trânsito IPv6 IPv6 Peerings DNS IPv6 Ready Internet IPv6 CorporaJvo Validação e Teste Broadband IPv6 Adequação de Sistemas

8 DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO Peering Core BB- IP Nós de Serviço Terminais de Acesso TRÂNSITO PE CPE CORPORATIVO IP/ MPLS GGSN PEERING MÓVEL BRAS CPE RESIDENCIAL SOLUÇÃO ADOTADA: 6PE + DUAL STACK 6PE / 6VPE 6PE + DUAL STACK DUAL STACK IPv4 + IPv6

9 PONTOS DE PRESENÇA IPv6 SEGMENTO CORPORATIVO Localidades: Aracaju Belém Belo Horizonte Brasília Campo Grande Cuiabá CuriAba Florianópolis Fortaleza Goiânia João Pessoa Maceió Manaus Natal Porto Alegre Recife Rio de Janeiro Salvador Santo André Campinas São Paulo 21 Pontos de Presença IPv6 Provider EDGE Dual Stack

10 Desafios do IPv6: Principais dificuldades na Implementação do IPv6?

11 DESAFIOS DO IPv6 Inerente a implementação de qualquer nova tecnologia ou funcionalidade, o IPv6 também traz um fator adicional de complexidade e impactos técnicos: - Redução da escalabilidade dos Elementos de Rede com a adoção do IPv6 DS; - Introdução de mais um protocolo na rede: o o o o Incremento da complexidade de Configuração; Incremento da complexidade de Troubleshooting; Impacto na estabilidade da Rede; e Gerenciamento de duas Redes IPs (2 Planos de Controle e 2 Planos de Dados). - Desenvolvimento das equipes técnicas.

12 Estatísticas IPv6 TIM Brasil: Evolução do IPv6 na TIM Brasil?

13 ESTATÍSTICAS IPv6 TIM BRASIL Conteúdo IPv6 Clientes corporaavos IPv6 (Trânsito e Internet) Cobertura Tráfego Médio Cenário 2012: Cenário 2012: Cenário 2012: 46Mbps - Trânsito IPv6-18 cidades - 3 Peerings IPv6 385% - Produto:. Trânsito CorporaJvo Mês Out/12 Cenário 2014: Cenário 2014: Cenário 2014: 31Mbps - Trânsito IPv6-21 cidades; - 14 Peerings IPv6 (100%) Produtos:. Trânsito CorporaJvo Mês Nov/14. Acesso Internet CorporaJvo IPv6 - - Tráfego IPv6 Médio:. Out12 > Nov14 Influência IPv6 Launch Day em 2012?

14 Estratégia de Transição IPv4 para IPv6: Como suportar o negócio neste período de transição?

15 ESTRATÉGIA DE TRANSIÇÃO IPv4 PARA IPv6 CorporaJvo Oferta de Trânsito e Acesso Internet em IPv6 DS Móvel NAT 44 NAT 44 + IPv6 DS NAT 64 + IPv6 DS Somente IPv6 Residencial IPv4 + IPv6 DS NAT 64 + IPv6 DS DS Dual Stack Cenário Atual 2ª Etapa 3ª Etapa Cenário Desejado

16 PROPÓSITO VALORES Conectar e cuidar de cada um para que todos possam fazer mais. Cuidar do cliente / Transparência / Comprometimento / Inovação / Agilidade

VI Fórum Brasileiro de IPv6

VI Fórum Brasileiro de IPv6 TIM BRASIL São Paulo, 09/12/2015 IPv6 na TIM Brasil Carlos Figueira Transport Network Engineering Classificação da Informação: Público Agenda Contexto IPv4 / IPv6 Desenvolvimento do IPv6 Desafios do IPv6

Leia mais

Implementação do IPv6 na Vivo Estratégia, Status e Desafios

Implementação do IPv6 na Vivo Estratégia, Status e Desafios Implementação do IPv6 na Vivo Estratégia, Status e Desafios 09.12.2015 1 103,3MM Clientes Vivo e GVT juntas a partir de 2015 Em 2015, a Vivo adquiriu a GVT, consolidando o maior grupo de telecomunicações

Leia mais

Implementação do IPv6 na Vivo Status e Desafios

Implementação do IPv6 na Vivo Status e Desafios Implementação do IPv6 na Vivo Status e Desafios 26.11.2014 1 01 Endereçamento IPv4 Alocação na Vivo A Vivo possui amplo portfólio de serviços baseados em IP, tanto para usuários domésticos quanto corporativos.

Leia mais

Implementação do IPv6 na Vivo. Status e Principais Desafios

Implementação do IPv6 na Vivo. Status e Principais Desafios Implementação do IPv6 na Vivo Status e Principais Desafios 01 Endereçamento IPv4 Alocação na Vivo A Vivo possui amplo portfólio de serviços baseados em IP, tanto para usuários domésticos quanto corporativos.

Leia mais

IPv6 em rede de Campus Case UFSC & PoP-SC

IPv6 em rede de Campus Case UFSC & PoP-SC I WORKSHOP DE TECNOLOGIA DE REDES Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina Rede Metropolitana de Educação e Pesquisa da Região de Florianópolis 04 e 05 Outubro/2012 IPv6 em rede de Campus Case UFSC &

Leia mais

Processo de Implantação IPv6 A Ç Õ E S N R S

Processo de Implantação IPv6 A Ç Õ E S N R S Processo de Implantação IPv6 A Ç Õ E S N R S Histórico do IPv6 na NET Até 2010 2011 2012 2013-14 2015 * Idéia era apenas IPv6 c/nat64 * Piloto nos EUA e Laboratorio para verificar impactos e suporte IPv6

Leia mais

TRAJETÓRIA BEM SUCEDIDA

TRAJETÓRIA BEM SUCEDIDA CORPORATE TRAJETÓRIA BEM SUCEDIDA De empresa regional para empresa nacional De 24 cidades em 9 estados para 95 cidades em 17 estados De 800 funcionários em 2000 para 8 mil atualmente Oferta completa de

Leia mais

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Analista de Correios / Administrador AC / Rio Branco 123 1 123,00 Analista de Correios / Técnico em Comunicação Social Atuação: Jornalismo AC / Rio Branco 27 1 27,00 Médico do Trabalho Formação: Medicina

Leia mais

GT- IPv6 Grupo de Trabalho para Implantação do Protocolo IPv6 na rede das Prestadoras de Telecomunicações.

GT- IPv6 Grupo de Trabalho para Implantação do Protocolo IPv6 na rede das Prestadoras de Telecomunicações. GT- IPv6 Grupo de Trabalho para Implantação do Protocolo IPv6 na rede das Prestadoras de Telecomunicações. Anatel Novembro de 2014 GT-IPv6 1. Origem do Grupo. 2. Prazos acordados. 3. Outros pontos acordados.

Leia mais

GERÊNCIA INFRAESTRUTURA Divisão Intragov - GIOV INTRAGOV Rede IP Multisserviços

GERÊNCIA INFRAESTRUTURA Divisão Intragov - GIOV INTRAGOV Rede IP Multisserviços GERÊNCIA INFRAESTRUTURA Divisão Intragov - GIOV INTRAGOV Rede IP Multisserviços Julho 2013 Milton T. Yuki Governo Eletrônico (e-gov) Público Alvo Cidadão/Sociedade Órgãos de Governo Serviços e-gov para

Leia mais

IPv6 no café da manhã Universidade Federal de Santa Catarina Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina. 28 de maio de 2013

IPv6 no café da manhã Universidade Federal de Santa Catarina Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina. 28 de maio de 2013 IPv6 no café da manhã Universidade Federal de Santa Catarina Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina 28 de maio de 2013 Experiências com IPv6 em rede de Campus UFSC & PoP-SC Universidade Federal de

Leia mais

Esgotamento dos Endereços IPv4 Migração para o IPv6 FÓRUM BRASILEIRO DE IMPLEMENTADORES DE IPV6 SÃO PAULO, 26 DE NOVEMBRO DE 2014

Esgotamento dos Endereços IPv4 Migração para o IPv6 FÓRUM BRASILEIRO DE IMPLEMENTADORES DE IPV6 SÃO PAULO, 26 DE NOVEMBRO DE 2014 Esgotamento dos Endereços IPv4 Migração para o IPv6 FÓRUM BRASILEIRO DE IMPLEMENTADORES DE IPV6 SÃO PAULO, 26 DE NOVEMBRO DE 2014 Somos a PLATAFORMA sobre a qual MILHÕES de SERVIÇOS são PRESTADOS a todo

Leia mais

Endereçamento IPv4. Banda Larga Móvel. Banda Larga Fixa. Trânsito Internet. VPN IP Móvel Fixa IPTV. Alocação na Vivo

Endereçamento IPv4. Banda Larga Móvel. Banda Larga Fixa. Trânsito Internet. VPN IP Móvel Fixa IPTV. Alocação na Vivo IPv6 na Vivo 01 Endereçamento IPv4 Alocação na Vivo A Vivo possui amplo portfólio de serviços baseados em IP, tanto para usuários domésticos quanto corporativos: Banda Larga Fixa Banda Larga Móvel Trânsito

Leia mais

Guia de implantação de IPv6 para empresas. Edwin Cordeiro NIC.br ecordeiro@nic.br

Guia de implantação de IPv6 para empresas. Edwin Cordeiro NIC.br ecordeiro@nic.br Guia de implantação de IPv6 para empresas Edwin Cordeiro NIC.br ecordeiro@nic.br O grupo v6ops do IETF O IETF é o local onde os protocolos e recomendações para a Internet são desenvolvidos O grupo v6ops

Leia mais

PACOTE AEREO PARA CAMPO GRANDE SAÍDAS DAS SEGUINTES CIDADES HOTEL BURITI 3*** ARACAJU VALOR POR PESSOA. R$ 874,00 + taxa de embarque BELÉM

PACOTE AEREO PARA CAMPO GRANDE SAÍDAS DAS SEGUINTES CIDADES HOTEL BURITI 3*** ARACAJU VALOR POR PESSOA. R$ 874,00 + taxa de embarque BELÉM PACOTE AEREO PARA CAMPO GRANDE APTO SAÍDAS DAS SEGUINTES CIDADES HOTEL BURITI 3*** ARACAJU VALOR POR PESSOA R$ 1.324,00 + taxa de embarque R$ 1.445,00 + taxa de embarque BELÉM R$ 1.420,00 + taxa de embarque

Leia mais

Implementação do IPv6 na Vivo Estratégia, Status e Desafios

Implementação do IPv6 na Vivo Estratégia, Status e Desafios Implementação do IPv6 na Vivo Estratégia, Status e Desafios 25.05.2017 1 Visão Geral Vivo A Vivo, marca comercial da Telefonica no Brasil, é a operadora líder em receita e acessos no país e atua em todo

Leia mais

GERÊNCIA INFRAESTRUTURA Divisão Intragov - GIOV INTRAGOV Rede IP Multisserviços

GERÊNCIA INFRAESTRUTURA Divisão Intragov - GIOV INTRAGOV Rede IP Multisserviços GERÊNCIA INFRAESTRUTURA Divisão Intragov - GIOV INTRAGOV IP Multisserviços Julho 2013 Walter Luiz de A. Silva INTRAGOV 4 Agenda Consulta Pública - Resumo Novidades SCM Serviço de Comunicação Multimídia;

Leia mais

Implantação de IPv6. O Caso de sucesso do Parque Tecnológico Itaipu

Implantação de IPv6. O Caso de sucesso do Parque Tecnológico Itaipu Implantação de IPv6 O Caso de sucesso do Parque Tecnológico Itaipu Parque Tecnológico Itaipu (PTI) Mas o que é o PTI... Missão ITAIPU Binacional: Gerar energia elétrica de qualidade, com responsabilidade

Leia mais

Técnicas de Transição em 45 minutos

Técnicas de Transição em 45 minutos Capacitação IPv6.br Técnicas de Transição em 45 minutos Agenda Introdução Classificação das Técnicas Pilha Dupla DS-Lite e DS-Lite + A+P 6rd 6PE e 6VPE NAT64 e DNS64 464XLAT IVI, divi e divi-pd Considerações

Leia mais

Implantação do IPv6 na Copel Telecom. Joelson Tadeu Vendramin

Implantação do IPv6 na Copel Telecom. Joelson Tadeu Vendramin Implantação do IPv6 na Copel Telecom Joelson Tadeu Vendramin Dez/2007: Designado bloco IPv6 (registro.br); Fev/2008: Testes de troca de tráfego IPv6 no PTT Curitiba; Mai/2010: Ativação do túnel IPv6 sobre

Leia mais

Como escolher um Satélite para DTH Broadcast Day SSPI 03/05/2011. Antônio Paolino Iannelli Geraldo Cesar de Oliveira

Como escolher um Satélite para DTH Broadcast Day SSPI 03/05/2011. Antônio Paolino Iannelli Geraldo Cesar de Oliveira Broadcast Day SSPI 03/05/2011 Antônio Paolino Iannelli Geraldo Cesar de Oliveira Panorama do Mercado Penetração da TV por Assinatura por classe Termaisopçõesdecanaiséoprincipal motivador... A TV por assinatura

Leia mais

Censo Demográfico - 2000 : Educação: Resultados da Amostra

Censo Demográfico - 2000 : Educação: Resultados da Amostra Comunicação Social 02 de dezembro de 2003 Censo Demográfico - 2000 : Educação: Resultados da Em 2000, 5,8 milhões de brasileiros de 25 anos ou mais de idade tinham o curso superior concluído e proporção

Leia mais

IPv6. Situação atual e desafios. Congresso SET 2012. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br

IPv6. Situação atual e desafios. Congresso SET 2012. Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br IPv6 Situação atual e desafios Congresso SET 2012 Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) foi criado pela Portaria Interministerial nº 147, de 31 de maio de 1995,

Leia mais

EMPRESA BRASILEIRA OTIMIZANDO SEU SERVIÇO DE CALL- CENTER

EMPRESA BRASILEIRA OTIMIZANDO SEU SERVIÇO DE CALL- CENTER EMPRESA BRASILEIRA OTIMIZANDO SEU SERVIÇO DE CALL- CENTER Este documento descreve uma análise executada na infraestrutura de telecomunicações de uma corporação prestadora de serviços líder de mercado no

Leia mais

A quantas anda a adoção de IPv6? - IPv6 Forum Dez/2012. Marcus.Grando@corp.terra.com.br

A quantas anda a adoção de IPv6? - IPv6 Forum Dez/2012. Marcus.Grando@corp.terra.com.br A quantas anda a adoção de IPv6? - IPv6 Forum Dez/2012 Marcus.Grando@corp.terra.com.br Sobre o Terra Presente em 17 países da América Latina, EUA e Espanha. +100MM visitantes cada mês. (ComScore Nov/ 2011).

Leia mais

RELATÓRIO DE MARKETING DIGITAL. PERÍODO DE REFERÊNCIA Março/2014 a Setembro/2014

RELATÓRIO DE MARKETING DIGITAL. PERÍODO DE REFERÊNCIA Março/2014 a Setembro/2014 RELATÓRIO DE MARKETING DIGITAL PERÍODO DE REFERÊNCIA Março/2014 a Setembro/2014 CLIENTE: Expotáxi RJ MÍDIA: FACEBOOK Análise Final + de 4000 envolvidos 160 fãs + de 500 curtidas, compartilhamentos e comentários

Leia mais

VoIP Peering. Operação, Tecnologia e Modelos de Negócio

VoIP Peering. Operação, Tecnologia e Modelos de Negócio VoIP Peering Operação, Tecnologia e Modelos de Negócio Histórico 2005 2004 2004 2003 2002 2001 2000 1999 1998 1996 1995 1993 Plataformas de Suporte ao Cliente Final Suporte ao protocolo SIP POP em Miami

Leia mais

PTTMetro BRAZIL - IXP - Update

PTTMetro BRAZIL - IXP - Update PTTMetro BRAZIL - IXP - Update LACNIC XIII NAPLA 2010 Antonio Galvão de Rezende Eduardo Ascenço May / 2010 PTTMetro IXP Brazil The PTTMetro (PTT- Internet Exchange Point)

Leia mais

A venda do conceito Outer. está acima da venda de nossos produtos. Breno Bulus - sócio e designer

A venda do conceito Outer. está acima da venda de nossos produtos. Breno Bulus - sócio e designer Tudo começou a partir do sonho de desenvolver uma marca sólida e de personalidade única no cenário carioca, com o objetivo de fornecer lazer e bem estar. E foi com essa ideia na cabeça que em 2004 foi

Leia mais

Seminário Rio Metrópole Mobilidade, Conectividade, Custos e Logística. Paulo Fernando Fleury Presidente Instituto Ilos

Seminário Rio Metrópole Mobilidade, Conectividade, Custos e Logística. Paulo Fernando Fleury Presidente Instituto Ilos Realização Seminário Rio Metrópole Mobilidade, Conectividade, Custos e Logística Paulo Fernando Fleury Presidente Instituto Ilos O Paradoxo da Logística A logística é ao mesmo tempo uma das atividades

Leia mais

Case automação de processos internos

Case automação de processos internos Case automação de processos internos Novembro, 2014 2014 Deloitte Touche Tohmatsu 1 Agenda 1 A Deloitte 2 A Necessidade 3 A Solução 4 Por que Bizagi 5 Fatores críticos de sucesso 2014 Deloitte Touche Tohmatsu

Leia mais

Pioneirismo não se inventa. Mas pode ser reinventado todos os dias.

Pioneirismo não se inventa. Mas pode ser reinventado todos os dias. Pioneirismo não se inventa. Mas pode ser reinventado todos os dias. A velocidade das respostas é cada vez mais decisiva para o sucesso de uma empresa. Se estar conectado já não basta, é preciso sempre

Leia mais

Panorama do Mercado Imobiliário. Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP

Panorama do Mercado Imobiliário. Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP Panorama do Mercado Imobiliário Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP Município de São Paulo Lançamentos Residenciais Mun. de São Paulo Mil Unidades Média = 31,7 22,6 24,9 25,7 39,0 34,5 31,6 38,2

Leia mais

Esclarecimentos no Pregão 19/2014 (prestação de serviços de telecomunicação de acesso dedicado à Internet):

Esclarecimentos no Pregão 19/2014 (prestação de serviços de telecomunicação de acesso dedicado à Internet): Esclarecimentos no Pregão 19/2014 (prestação de serviços de telecomunicação de acesso dedicado à Internet): PEDIDO DE ESCLARECIMENTOS 4 (OI) E RESPOSTAS: TRT- TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO, EM

Leia mais

Introdução ao Active Directory AD

Introdução ao Active Directory AD Introdução ao Active Directory AD Curso Técnico em Redes de Computadores SENAC - DF Professor Airton Ribeiro O Active Directory, ou simplesmente AD como é usualmente conhecido, é um serviço de diretórios

Leia mais

Audiência Pública CFFC - Comissão de Fiscalização Financeira e Controle

Audiência Pública CFFC - Comissão de Fiscalização Financeira e Controle Audiência Pública CFFC - Comissão de Fiscalização Financeira e Controle Brasília, 17 de abril de 2012 Visão Geral AC Rio Branco Venezuela Boa Vista Manaus AM Hub Satélite RR Porto Velho Rede de fibra ótica

Leia mais

A QUESTÃO METROPOLITANA NO BRASIL

A QUESTÃO METROPOLITANA NO BRASIL A RONALDO GUIMARÃES GOUVEA A QUESTÃO METROPOLITANA NO BRASIL FGV EDITORA Sumário Apresentação 11 Edésio Fernandes Introdução 17 1. Urbanização e planejamento no Brasil 27 O processo brasileiro de urbanização

Leia mais

Tabela 11 - Capacidade total de hóspedes, por tipos de estabelecimentos, segundo os Municípios das Capitais - 2011

Tabela 11 - Capacidade total de hóspedes, por tipos de estabelecimentos, segundo os Municípios das Capitais - 2011 segundo os - 2011 Total Suítes Apartamentos Quartos (continua) Chalés Total 554 227 92 908 442 600 15 526 3 193 Porto Velho 5 028 293 4 569 104 62 Rio Branco 2 832 30 2 779 23 - Manaus 14 212 1 349 12

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO Nota Técnica elaborada em 01/2014 pela CGAN/DAB/SAS. MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NOTA TÉCNICA Nº15/2014-CGAN/DAB/SAS/MS

Leia mais

Seminário Transição do IPv4 para o IPv6: Acesso, Privacidade e Coibição de Ilícitos BRASÍLIA, 07 DE DEZEMBRO DE 2015 ALEXANDER CASTRO

Seminário Transição do IPv4 para o IPv6: Acesso, Privacidade e Coibição de Ilícitos BRASÍLIA, 07 DE DEZEMBRO DE 2015 ALEXANDER CASTRO Seminário Transição do IPv4 para o IPv6: Acesso, Privacidade e Coibição de Ilícitos BRASÍLIA, 07 DE DEZEMBRO DE 2015 ALEXANDER CASTRO Quem somos Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços

Leia mais

1.A HUGHES. 2.Visão geral comunicação por satélite. 3.Aplicações

1.A HUGHES. 2.Visão geral comunicação por satélite. 3.Aplicações COMUNICAÇÃO SATELITAL COMO ALAVANCA PARA O DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA FÁBIO RICCETTO DIRETOR DE VENDAS HUGHES Agenda 1.A HUGHES 2.Visão geral comunicação por satélite 3.Aplicações A HUGHES Nosso Fundador

Leia mais

As limitações da actual versão IPv4

As limitações da actual versão IPv4 A Emergência do na Administração Pública: Enquadramento da transição Mário de Almeida ISOC P As limitações da actual versão A que hoje conhecemos tem vindo a ser suportada no sucesso da Versão 4 do Protocolo

Leia mais

Implementação do protocolo IPv6 em uma operadora nacional. Aluísio da Silva Tiago C. Setti

Implementação do protocolo IPv6 em uma operadora nacional. Aluísio da Silva Tiago C. Setti Implementação do protocolo IPv6 em uma operadora nacional Aluísio da Silva Tiago C. Setti Algar Telecom 55 anos no mercado de Telecomunicações. Empresa de capital aberto debêntures Mais de 1,3 milhão de

Leia mais

Hotelaria Hospitalar. Comunicação e Treinamentos Histórico da Empresa e Sua Sócia Fundadora

Hotelaria Hospitalar. Comunicação e Treinamentos Histórico da Empresa e Sua Sócia Fundadora Hotelaria Hospitalar Comunicação e Treinamentos Histórico da Empresa e Sua Sócia Fundadora Hotelaria Hospitalar Comunicação e Treinamentos Histórico da Empresa Data da Fundação e Público Alvo; Missão,

Leia mais

AGENDA DE CURSOS E EVENTOS

AGENDA DE CURSOS E EVENTOS AGENDA DE CURSOS E EVENTOS 2014 CATEGORIAS DE CURSOS Introdução à Governança Primeiro passo dentro da Governança Corporativa, os cursos de Introdução à Governança fornecem uma visão de toda a estrutura,

Leia mais

Final da Transição ao Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD)

Final da Transição ao Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD) Final da Transição ao Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD) Início das transmissões 100% digitais Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro Agência Nacional de Telecomunicações Brasília, 07 de abril

Leia mais

Audiência Pública Senado Federal Escolha da EAQ da Banda Larga

Audiência Pública Senado Federal Escolha da EAQ da Banda Larga Audiência Pública Senado Federal Escolha da EAQ da Banda Larga Demi Getschko demi@cgi.br Brasília, 22 de março de 2012 Internet, características distintivas Colaboração A Internet é uma coleção de milhares

Leia mais

ABRANGÊNCIA: atendimento a no mínimo 60% dos municípios 853 mineiros conforme padrões Anatel

ABRANGÊNCIA: atendimento a no mínimo 60% dos municípios 853 mineiros conforme padrões Anatel Comentários MINUTA TERMO DE REFERENCIA Lote 9A ABRANGÊNCIA: atendimento a no mínimo 60% dos municípios 853 mineiros conforme padrões Anatel Resposta: Fica mantido o texto da minuta do TR. 2.2 O provimento

Leia mais

Network Access Point. Wilson Harada ImpSat Brasil Tel. 011 5506-7515 harada@impsat.com.br

Network Access Point. Wilson Harada ImpSat Brasil Tel. 011 5506-7515 harada@impsat.com.br 1$33ULYDGR,QWHUQHW Network Access Point Wilson Harada ImpSat Brasil Tel. 011 5506-7515 harada@impsat.com.br Agenda: - Apresentação da Impsat - Conceito Básico de NAP - NAP com valor adicionado - Implementação

Leia mais

UN 4 0,00 Catraca pedestal com cofre com leitor smart card

UN 4 0,00 Catraca pedestal com cofre com leitor smart card ITEM 1 - Município - Rio de Janeiro - RJ ANEXO II DO TERMO DE REFERÊNCIA QT Valor Unitário R$ Valor Total R$ 1 - Projeto (verba para infraestrutura e ativação local) VB 1 Software de Acesso - Licença Web

Leia mais

Regulamento OFERTA DO PLANO DE SERVIÇO Oi Internet móvel SEM FIDELIZAÇÃO

Regulamento OFERTA DO PLANO DE SERVIÇO Oi Internet móvel SEM FIDELIZAÇÃO Oi MÓVEL S.A., autorizatária do Serviço Móvel Pessoal com sede no Setor Comercial Norte, quadra 03, Bloco A, Ed. Estação Telefônica Térreo Parte 2, Brasília, inscrita no CNPJ sob o nº 05.423.963/0001-11,

Leia mais

O Desempenho do ISS após a L/C 116/03

O Desempenho do ISS após a L/C 116/03 O Desempenho do ISS após a L/C 116/03 Sancionada em 2003, no início do mandato do Presidente Lula, a Lei Complementar nº. 116 foi festejada até como pilar de sustentação financeira dos s, graças ao significativo

Leia mais

PTT Fórum 6 Encontro dos Sistemas Autônomos da Internet no Brasil 3 e 4 de dezembro de 2012

PTT Fórum 6 Encontro dos Sistemas Autônomos da Internet no Brasil 3 e 4 de dezembro de 2012 PTT Fórum 6 Encontro dos Sistemas Autônomos da Internet no Brasil 3 e 4 de dezembro de 2012 MILTON KAORU KASHIWAKURA Diretor de Projetos Especiais e de Desenvolvimento NIC.br Sobre o CGI.br e o NIC.br

Leia mais

PTTMetro/PTT.br. Evolução, Atualizações e Planejamento http://ptt.br/ Encontro PTT-BA. 25 Setembro 2013

PTTMetro/PTT.br. Evolução, Atualizações e Planejamento http://ptt.br/ Encontro PTT-BA. 25 Setembro 2013 PTTMetro/PTT.br Evolução, Atualizações e Planejamento http://ptt.br/ Encontro PTT-BA 25 Setembro 2013 Julimar Lunguinho Mendes Equipe PTT.br 1 CGI.br NIC.br - PTT.br CGI.br

Leia mais

Agenda de Treinamento de Produtos para Corretores - Matriz - 2014. PRODUTO julho Agosto Setembro AUTO 13 3156-1353 CONJUGADO COMPLETO 17 3156-1353

Agenda de Treinamento de Produtos para Corretores - Matriz - 2014. PRODUTO julho Agosto Setembro AUTO 13 3156-1353 CONJUGADO COMPLETO 17 3156-1353 Agenda de Treinamento de Produtos para Corretores - Matriz - 2014 PRODUTO julho Agosto Setembro AUTO 13 CONJUGADO COMPLETO 17 CONJUGADO AVANÇADO SAÚDE - COMPLETO 27 VIDA 20 10 SAÚDE PME GARANTIA RESIDENCIAL

Leia mais

Regulamento Oferta Internet para celular SEM FIDELIZAÇÃO

Regulamento Oferta Internet para celular SEM FIDELIZAÇÃO Oi MÓVEL S.A., no Setor Comercial Norte, quadra 03, Bloco A, Ed. Estação Telefônica Térreo Parte 2, Brasília, inscrita no CNPJ sob o nº 05.423.963/0001-11, doravante denominada simplesmente Oi oferece

Leia mais

Funcionalidade Escalabilidade Adaptabilidade Gerenciabilidade

Funcionalidade Escalabilidade Adaptabilidade Gerenciabilidade Projeto de Redes Requisitos Funcionalidade -- A rede precisa funcionar. A rede precisa permitir que os usuários desempenhem os seus deveres profissionais. A rede precisa oferecer conectividade de usuário-para-usuário

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES CARGO/ FORMÇÃO ÚLTIMA CLASSIFICAÇÃO CONVOCADA EDITAL 01/2011 PROFISSIONAL JÚNIOR ADMINISTRAÇÃO NACIONAL 51ª

ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES CARGO/ FORMÇÃO ÚLTIMA CLASSIFICAÇÃO CONVOCADA EDITAL 01/2011 PROFISSIONAL JÚNIOR ADMINISTRAÇÃO NACIONAL 51ª ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES PROFISSIONAL JÚNIOR ADMINISTRAÇÃO NACIONAL 51ª PROFISSIONAL JÚNIOR ADMINISTRAÇÃO NACIONAL 3ª PCD * PROFISSIONAL JÚNIOR ANALISTA DE SISTEMAS - ÊNFASE EM INFRAESTRUTURA RJ

Leia mais

Regulamento Oferta Internet para celular

Regulamento Oferta Internet para celular Oi MÓVEL S.A., autorizatária do Serviço Móvel Pessoal com sede no Setor Comercial Norte, quadra 03, Bloco A, Ed. Estação Telefônica Térreo Parte 2, Brasília, inscrita no CNPJ sob o nº 05.423.963/0001-11,

Leia mais

Resolução nº 089/CONSUNI/2012 (MG) 10. Ciências Contábeis Resolução nº 105/CONSUNI/2009. Resolução nº 103/CONSUNI/2009 (MG) 45

Resolução nº 089/CONSUNI/2012 (MG) 10. Ciências Contábeis Resolução nº 105/CONSUNI/2009. Resolução nº 103/CONSUNI/2009 (MG) 45 Edital A Universidade Estácio de Sá faz saber que estarão abertas, no período de 10 de Novembro à 25 de Março de 2015, as inscrições para os Processos Seletivos Agendados e Processos de Seleção destinados

Leia mais

Caio Bonilha 10 out 2012

Caio Bonilha 10 out 2012 Caio Bonilha 10 out 2012 1. Banda Larga no Brasil Cobertura do Mercado de Banda Larga Conexões Banda Larga por Região 62% 17% 8% 3% 10% Centro-Oeste Nordeste Norte Sudeste Sul Fonte: Anatel SICI Junho/2012

Leia mais

Cenários do CGI.br. My Fire. Diretoria de Projetos 13 de setembro de 2011

Cenários do CGI.br. My Fire. Diretoria de Projetos 13 de setembro de 2011 Cenários do CGI.br My Fire Diretoria de Projetos 13 de setembro de 2011 Sobre o CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) Criado em maio de 1995 Pela Portaria Interministerial Nº 147 de 31/05/1995,

Leia mais

- Voos: Pontos de encontro. Procurar as lideranças no local. embarque doméstico. 6:0 5 AD-5018 6:0 5 G3-2199. 6:1 Salvador, Recife, Petrolina O6-6312

- Voos: Pontos de encontro. Procurar as lideranças no local. embarque doméstico. 6:0 5 AD-5018 6:0 5 G3-2199. 6:1 Salvador, Recife, Petrolina O6-6312 Procurar as lideranças no local. Pontos de encontro - Guarulhos: Terminal, piso de embarque, em frente à entrada do portão de embarque doméstico. - AD- : Brasília G-99 : Salvador O- Salvador, Recife, Petrolina

Leia mais

INFORMATIVO ENTREGA DE COMERCIAIS

INFORMATIVO ENTREGA DE COMERCIAIS Recebimento de comerciais em XDCAM HD A Rede Globo está implantando uma modificação em suas operações para simplificar a entrega dos comerciais HD. Atualmente os comerciais HD são entregues em duas versões,

Leia mais

Parque Estadual Marinho do Parcel Manuel Luiz Sítio Ramsar SÃO LUIZ Sítios do Patrimônio Mundial Natural FORTALEZA Reserva Biológica do Atol das Rocas Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha Área

Leia mais

Rio de Janeiro - BH / MG Gol Tarifa W Adulto R$ 226,00 Sab, 30 Ago 08 Vôo 1746 18:30 Partida RIO-Galeão-RJ (GIG) 19:30 Chegada BHZ-Confins-MG (CNF

Rio de Janeiro - BH / MG Gol Tarifa W Adulto R$ 226,00 Sab, 30 Ago 08 Vôo 1746 18:30 Partida RIO-Galeão-RJ (GIG) 19:30 Chegada BHZ-Confins-MG (CNF LEVANENTO PASSAGENS AÉREAS DO RIO DE JANEIRO PARA AS DEMAIS CAPITAIS (EM 2 DE JUNHO DE 2008) Rio de Janeiro - Aracaju / Sergipe Tarifa M Adulto R$ 620, Vôo 1714 19:00 Partida RIO-Galeão-RJ (GIG) Escala

Leia mais

REGULAMENTO TIM LIBERTY WEB

REGULAMENTO TIM LIBERTY WEB REGULAMENTO TIM LIBERTY WEB O plano TIM Liberty Web é composto por seis pacotes para utilização em computadores, notebooks ou tablets com as seguintes características. Pacote de dados Volume de Valor do

Leia mais

Fundamentos de Redes de Computadores. IPv6. Prof. Claudemir

Fundamentos de Redes de Computadores. IPv6. Prof. Claudemir Fundamentos de Redes de Computadores IPv6 Prof. Claudemir Implantação do IPv6 Implantação do IPv6 Implantação do IPv6 Implantação do IPv6 RIR Regional Internet Registries (Registrador Regional de Internet)

Leia mais

Sistema de Desenvolvimento da Tecnologia da Informação e Comunicação de PE

Sistema de Desenvolvimento da Tecnologia da Informação e Comunicação de PE Secretaria de Administração e Reforma do Estado SARE LVI FÓRUM NACIONAL DE SECRETÁRIOS DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO CONSAD FLORIANÓPOLIS SC 09 e 10 de dezembro de 2004 Sistema de Desenvolvimento da Tecnologia

Leia mais

4. População de estudo

4. População de estudo 4. População de estudo A população de estudo é representada por 23.457 indivíduos, residentes em 10.172 domicílios, conforme figura 4.1 abaixo. No Anexo C encontram-se as informações referentes à distribuição

Leia mais

Governança de TI. Heleno dos Santos Ferreira

Governança de TI. Heleno dos Santos Ferreira Governança de TI Heleno dos Santos Ferreira Agenda Governança de TI Heleno dos Santos Ferreira ITIL Publicação dos Livros revisados 2011 ITIL Correções ortográficas e concordâncias gramaticais; Ajustes

Leia mais

PTTMetro/PTT.br. 27 Junho 2013. Milton Kaoru Kashiwakura <mkaoruka@nic.br> Equipe PTT.br <eng@ptt.br>

PTTMetro/PTT.br. 27 Junho 2013. Milton Kaoru Kashiwakura <mkaoruka@nic.br> Equipe PTT.br <eng@ptt.br> PTTMetro/PTT.br 27 Junho 2013 Milton Kaoru Kashiwakura Equipe PTT.br 1 Referência IXP - Internet exchange Point PTT Ponto de Troca de Tráfego 2 PTT Historico e Datas Marcantes

Leia mais

ANEXO II INFORMAÇÕES TÉCNICAS DE REFERÊNCIA

ANEXO II INFORMAÇÕES TÉCNICAS DE REFERÊNCIA CHAMAMENTO PÚBLICO PROCEDIMENTO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE N o 001/CISCEA/2015 ANEXO II INFORMAÇÕES TÉCNICAS DE REFERÊNCIA PMI - GESTÃO DE REDE DE CUNICAÇÕES INTEGRADA DO CAER (GRCIC) 2 Concepção Operacional

Leia mais

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2013.

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2013. DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PROGRAMA DE TREINAMENTO A CLIENTES 2013 Caro cliente, Você tem acompanhado o compromisso da Marcopolo em oportunizar treinamentos para a capacitação e o aperfeiçoamento

Leia mais

Transição para o IPv6 com IPv4 Compartilhado

Transição para o IPv6 com IPv4 Compartilhado Transição para o IPv6 com IPv4 Compartilhado DS-Lite, NAT64/DNS64, MAP-E, MAP-T e 464XLAT Edwin Cordeiro ecordeiro@nic.br GTER 23 de maio de 2013 Agenda A transição para o IPv6 Técnicas de transição para

Leia mais

RNP2: Política de Uso Comitê Gestor RNP

RNP2: Política de Uso Comitê Gestor RNP ANEXO 1 À RESOLUÇÃO Nº 04/2001, DO COMITÊ GESTOR RNP RNP2: Política de Uso Comitê Gestor RNP Novembro de 2000 Este documento apresenta as condições e políticas de uso aceitável do backbone RNP2, incluindo

Leia mais

Análise do Estoque Imobiliário das Principais Cidades Brasileiras 2014 URBAN SYSTEMS TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Análise do Estoque Imobiliário das Principais Cidades Brasileiras 2014 URBAN SYSTEMS TODOS OS DIREITOS RESERVADOS Análise do Estoque Imobiliário das Principais Cidades Brasileiras Hoje o Brasil vive um cenário de incertezas. A retração técnica do PIB, anunciada semanas atrás, e as especulações geradas pelas pesquisas

Leia mais

Técnicas de Transição

Técnicas de Transição Capacitação IPv6.br Técnicas de Transição Agenda Introdução 464XLAT Cenários 4rd Classificação das Técnicas 6PE e 6VPE Pilha Dupla 6rd 6in4 e 6over4 6to4 GRE Teredo Tunnel Brokers ISATAP DS-Lite e DS-Lite

Leia mais

Comitê Gestor do Programa de Divulgação da Qualificação dos Prestadores de Serviço na Saúde Suplementar COGEP

Comitê Gestor do Programa de Divulgação da Qualificação dos Prestadores de Serviço na Saúde Suplementar COGEP Comitê Gestor do Programa de Divulgação da Qualificação dos Prestadores de Serviço na Saúde Suplementar COGEP 1 ªReunião do GT de Indicadores de SADT 19/07/2012 GERPS/GGISE/DIDES/ANS Agenda Categorias

Leia mais

A rede Multiserviços da AcessoLINE Introdução ao MPLS

A rede Multiserviços da AcessoLINE Introdução ao MPLS 2015 1 A rede Multiserviços da AcessoLINE Introdução ao MPLS Marcelo Balbinot marcelo@alt.net.br Acessoline Telecom Agenda 2 Apresentação. A Empresa. Evolução do backbone. A tecnologia MPLS. Os serviços

Leia mais

- O Desafio 24 horas das capitais será realizado:

- O Desafio 24 horas das capitais será realizado: - O Desafio 24 horas das capitais será realizado: - Pelo atleta ultramaratonista Carlos Dias e pessoas de ambos os sexos convidadas; - Devidamente inscritas; - Doravante denominados atletas e iniciantes

Leia mais

Congresso SAE BRASIL 2013

Congresso SAE BRASIL 2013 Congresso SAE BRASIL 2013 Painel Máquinas Agrícolas e de Construção Ferramentas de treinamento para clientes da construção civil 07 à 09 de outubro de 2013 Fabio Tonani Mazzieiro Gerente de Inteligência

Leia mais

SIMET Medindo a qualidade das conexões Internet no Brasil. Fabricio Tamusiunas fabricio@nic.br César Linhares Rosa cesar@nic.br

SIMET Medindo a qualidade das conexões Internet no Brasil. Fabricio Tamusiunas fabricio@nic.br César Linhares Rosa cesar@nic.br SIMET Medindo a qualidade das conexões Internet no Brasil Fabricio Tamusiunas fabricio@nic.br César Linhares Rosa cesar@nic.br NIC.br Criado para implementar os projetos e decisões do CGI.br Registro e

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Cobertura de Plano de Saúde Notas Técnicas

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Cobertura de Plano de Saúde Notas Técnicas Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Cobertura de Plano de Saúde Notas Técnicas Sumário Origem dos dados... 2 Descrição das variáveis disponíveis para tabulação... 3 Variáveis de conteúdo... 3 %Pessoas

Leia mais

Título da Proposta: Modificação 2.3.3- Alocação e designação inicial de endereços IPv4

Título da Proposta: Modificação 2.3.3- Alocação e designação inicial de endereços IPv4 DADOS DO AUTOR: Nome: ALEJANDRO GUZMAN GIRALDO Organização: INTERNEXA Nome: ALEJANDRO ACOSTA Organização: BT DADOS da PROPOSTA: Título da Proposta: Modificação 2.3.3- Alocação e designação inicial de endereços

Leia mais

Melhores práticas e aspectos de segurança para o serviço de correio eletrônico

Melhores práticas e aspectos de segurança para o serviço de correio eletrônico Melhores práticas e aspectos de segurança para o serviço de correio eletrônico Agenda Crescimento do correio eletrônico. Crescimento do Spam. Outbound Spam. Spam e IPv6. Boas Práticas para Sistemas Automatizados

Leia mais

ANEXO II - PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS - MODELO DE PROPOSTA PROPOSTADEFORNECIMENTO

ANEXO II - PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS - MODELO DE PROPOSTA PROPOSTADEFORNECIMENTO ANEXO II - PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS - MODELO DE PROPOSTA PROPOSTADEFORNECIMENTO Ref.:COTAÇÃO ELETRÔNICANº003/2015 ApresentamosnossapropostaparafornecimentodosItensabaixodiscriminados,conformeAnexoI

Leia mais

Cesta básica tem alta moderada na maioria das capitais

Cesta básica tem alta moderada na maioria das capitais 1 São Paulo, 06 de julho de 2009. NOTA À IMPRENSA Cesta básica tem alta moderada na maioria das capitais Em junho, a Pesquisa Nacional da Cesta Básica, realizada pelo DIEESE - Departamento Intersindical

Leia mais

Ministério das Cidades. Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas

Ministério das Cidades. Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas Ministério das Cidades Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas UMA VISÃO GERAL DO QUADRO METROPOLITANO BRASILEIRO Definição Formal 26 26 Regiões Metropolitanas definidas em em

Leia mais

Configurações para utilização de IPv6.

Configurações para utilização de IPv6. Configurações para utilização de IPv6. Devido a escassez de endereços IPv4 muitos países começaram a utilizar o IPv6 para solucionar este problema. Entretanto, para continuar utilizando os recursos do

Leia mais

Experiências de APLs e outros Arranjos de Empresas no Estado do Rio de Janeiro: resultados alcançados e cenários futuros

Experiências de APLs e outros Arranjos de Empresas no Estado do Rio de Janeiro: resultados alcançados e cenários futuros Experiências de APLs e outros Arranjos de Empresas no Estado do Rio de Janeiro: resultados alcançados e cenários futuros > Lia Hasenclever (IE/UFRJ) 10º Encontro da ReINC 08 e 09 de novembro de 2007 Grupo

Leia mais

Desde as primeiras edições do

Desde as primeiras edições do TV POR ASSINATURAanálise Disputa acirrada Segmento é hoje um competidor importante em novos serviços, mas aia há espaço a ocupar. Desde as primeiras edições do Atlas Brasileiro de Telecomunicações o mercado

Leia mais

TIM faz teste inédito no Brasil de conexão móvel de alta velocidade na Futurecom

TIM faz teste inédito no Brasil de conexão móvel de alta velocidade na Futurecom TIM faz teste inédito no Brasil de conexão móvel de alta velocidade na Futurecom Demonstração é a primeira de uma rede LTE Advanced agregando três faixas de frequências distintas (2600 MHz, 1800 MHz e

Leia mais

Seja certificado pelo CENP ou associado ao SINAPRO e tenha acesso a análises de audiência de TV

Seja certificado pelo CENP ou associado ao SINAPRO e tenha acesso a análises de audiência de TV Consulta.net Seja certificado pelo CENP ou associado ao SINAPRO e tenha acesso a análises de audiência de TV Pequenas e médias agências de publicidade podem ter acesso a dados e relatórios de audiência

Leia mais

Aula Prática Roteador

Aula Prática Roteador Aula Prática Roteador INTRODUÇÃO Os roteadores são os equipamentos empregados na função de interconexão das redes como, por exemplo, redes IP. Diferentes redes IPs enviam suas informações/tráfego por meio

Leia mais

O NOVO FORMATO PARA MATERIAIS DE EXIBIÇÃO NA GLOBO

O NOVO FORMATO PARA MATERIAIS DE EXIBIÇÃO NA GLOBO BOLETIM DE INFORMAÇÃO PARA PUBLICITÁRIOS comercialredeglobocombr Maio de 2010 n 570 XDCAM O NOVO FORMATO PARA MATERIAIS DE EXIBIÇÃO NA GLOBO As emissoras da Rede Globo inovam mais uma vez, lançando um

Leia mais

Regiões Metropolitanas do Brasil

Regiões Metropolitanas do Brasil Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia IPPUR/UFRJ CNPQ FAPERJ Regiões Metropolitanas do Brasil Equipe responsável Sol Garson Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro Juciano Martins Rodrigues Regiões Metropolitanas

Leia mais

INTERNET Edital de Licitação. Anexo I Termo de Referência PREGÃO CONJUNTO Nº. 39/2007 PROCESSO N 14761/2007

INTERNET Edital de Licitação. Anexo I Termo de Referência PREGÃO CONJUNTO Nº. 39/2007 PROCESSO N 14761/2007 INTERNET Edital de Licitação Anexo I Termo de Referência PREGÃO CONJUNTO Nº. 39/2007 PROCESSO N 14761/2007 Anexo I - página 1 Índice 1. OBJETIVO... 3 2. VISÃO GERAL DO ESCOPO DO SERVIÇO... 3 3. ENDEREÇOS

Leia mais

Relação dos cargos do próximo concurso da empresa, que formará cadastro reserva: Analista Superior I

Relação dos cargos do próximo concurso da empresa, que formará cadastro reserva: Analista Superior I Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) Relação dos cargos do próximo concurso da empresa, que formará cadastro reserva: AS I - Arquivista AS I Assistente Social AS I Biólogo Analista

Leia mais

Programa de Requalificação de UBS. Março/2015

Programa de Requalificação de UBS. Março/2015 Programa de Requalificação de UBS Março/2015 PROGRAMA DE REQUALIFICAÇÃO DE UBS Instituído no ano de 2011 OBJETIVOS: Criar incentivo financeiro para as UBS Contribuir para estruturação e o fortalecimento

Leia mais